A Tecnologia da Informação como Ferramenta de Efetividade na Gestão da Saúde

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A Tecnologia da Informação como Ferramenta de Efetividade na Gestão da Saúde"

Transcrição

1 A Tecnologia da Informação como Ferramenta de Efetividade na Gestão da Saúde Lincoln de Assis Moura Jr, MSc, DIC, PhD

2 Convicção Métodos artesanais são incompatíveis com a entrega de serviços de massa. Para entregar serviços de Saúde de qualidade a milhares e centenas de milhares de pessoas é necessário utilizar métodos industriais; Bons Sistemas de Informação são essenciais para a organizar, gerenciar e operar o Sistema de Saúde; capazes de produzir melhoria da qualidade, aumento da produtividade e redução de custos em Saúde. O Sistema de Informação deve ser o motor da Organização de Saúde. 16/11/2011 2

3 Complexidade da Saúde Informação extremamente variada dificuldade de se estabelecer padrões: vocabulário cuidados com a semântica: obesidade SNOMED: possibilidades diagnósticas Informação muito pouco estruturada prescrição médica, laudo médico, prontuário médico dificuldades de se estabelecer padrões: estrutura Serviços de Saúde são empresas muito complexas clientes e tipos de procedimentos com atendimento absolutamente personalizado! A Saúde é Federada O Atendimento é Distribuído É um Mercado de Insatisfeitos! Não existe muita noção de Cadeia de Valor 16/11/2011 3

4 A Fragmentação do Mercado Mercado Extremamente Fragmentado: R$ 220 Bi / ano SUS é a grande fonte pagadora: ~ 66% em volume e 50% em $ Cerca de hospitais e OPS no País Mais de 50% dos Hospitais têm menos de 50 leitos Menos de 10% dos Hospitais têm algum Sistema de Informação Mais de 70% das OPS têm menos de vidas Não há grandes redes de hospitais, clínicas ou centros de diagnóstico Não há padrões nacionais universalmente aceitos para a informação 16/11/2011 4

5 Na Saúde Suplementar 16/11/2011 5

6 Consequências da Fragmentação Retrabalho, desperdício de recursos, perda de informação Gasto com recursos expressivos fora da atividade fim Exemplo: Empresas de Saúde (OPS ou Prestadores) que utilizaram recursos humanos de TI próprios de para implantar a TISS. 16/11/2011 6

7 Infraestrutura Compartilhada Hospitais Clínicas e Consultórios Gestores de Saúde Fornecedores Indivíduos (Pacientes) A Nuvem Médicos e Profissionais de Saúde Gestão e Operação de Saúde Gestão de Crônicos Evidências e Protocolos Home Care Telemedicina 16/11/2011 7

8 Registro Eletrônico de Saúde Contra-referência Média Compelxidade Gestão do Fluxo de Pacientes axes Regulação do Atendimento Alta Complexidade - Hospitais Hospital Privado Hospital Universitário Hospital Público Policlínicas Centro de Diagnóstico Centro Especializado Centro de Diagnóstico Consultório UBS Consultório Consultório UBS Consultótio Entrada Atenção Primária 16/11/2011 8

9 O Santo Graal Apoio à Atenção em Saúde Registro Eletrônico de Saúde Informação no Ponto de Atenção Agregação de dados não-identificados (datawarehousing) Alertas Protocolos Evidências Conhecimento Gestão Operacional Gestão Clínica Faturamento Gestão da Qualidade Gestão Estratégica Best Practice Automação Suporte à Operação Conhecimento Apoio à Decisão Gestão 16/11/2011 9

10 Barreiras Plataforma B Plataforma A Plataforma C 16/11/

11 ...Barreiras Profissionais Profissionais Profissionais Profissionais Pacientes Pacientes Pacientes Pacientes Cadastro EAS de Cadastro EAS de Cadastro EAS de EAS Cadastro Empresas Cadastro Empresas Cadastro Empresas Cadastro Empresas Tasy Tasy Tasy Sistema 1 Profissionais Pacientes EAS Cadastro Empresas Sistema 2 Profissionais Pacientes EAS Cadastro Empresas XX Profissionais Pacientes EAS Cadastro Empresas Sistema X Profissionais Pacientes EAS Cadastro Empresas Sistema S Profissionais Pacientes EAS Cadastro Empresas Sistema Z 16/11/

12 e mais Barreiras! Plataforma B Plataforma A Plataforma C 16/11/

13 Arquitetura Moderna Serviço de Mensagens Profissionais Pacientes Registro Eletrônico de Saúde Compartilhado Cadastro Empresas Mat & Med Serviço de Terminologia EAS Indicadores Camada de Interoperabilidade: Padrões!!!! Sistema 1 Sistema 2 Sistema 3 Sistema 4 Sistema 5 16/11/

14 A Comunidade de Saúde Hospitais Clínicas e Consultórios Gestores de Saúde Fornecedores Indivíduos (Pacientes) A Nuvem Médicos e Profissionais de Saúde Gestão e Operação de Saúde Gestão de Crônicos Evidências e Protocolos Home Care Telemedicina 16/11/

15 Resumo Sistemas de Informação de qualidade são essenciais para a Gestão e a Operação dos Sistemas de Saúde; Pensar em Gestão Integrada de Saúde em vez de gestão de unidades ou de programas de saúde; OPS de Pequeno e Médio porte precisam compartilham serviços e infraestrutura; Entender a complexidade da informação em Saúde; Participar de fóruns de normatização ou padronização; Procurar parceiros tecnológicos que compartilhem destes conceitos; Estimular organizações de classe a liderarem estas iniciativas. 16/11/

16 O Processo é necessariamente Incremental e Iterativo. 16/11/

17 Royal Palm Plaza Resort Campinas/SP 04 a 06 de Dezembro de /11/

18 Obrigado! 16/11/

Parte 1: Sistemas de Informação em Saúde I

Parte 1: Sistemas de Informação em Saúde I Curso: Sistemas de Informação para Gestão da Saúde Parte 1: Sistemas de Informação em Saúde I Beatriz de Faria Leão, MD, PhD http://www.pep.com.br/unidasabril2006 São Paulo, 6 a 7 de abril de 2006 As 4

Leia mais

Por onde começar na implantação de um PEP? Lincoln de Assis Moura Jr - ZILICS, SP Cláudio Giulliano Alves da Costa - SBIS, SP

Por onde começar na implantação de um PEP? Lincoln de Assis Moura Jr - ZILICS, SP Cláudio Giulliano Alves da Costa - SBIS, SP Por onde começar na implantação de um PEP? Lincoln de Assis Moura Jr - ZILICS, SP Cláudio Giulliano Alves da Costa - SBIS, SP Crença Métodos artesanais são incompatíveis com a entrega de serviços de massa.

Leia mais

Aspectos do Prontuário Eletrônico. Lincoln de Assis Moura Jr., MSc, DIC, PhD lincoln.moura@zilics.com.br +55 11 8426-6276

Aspectos do Prontuário Eletrônico. Lincoln de Assis Moura Jr., MSc, DIC, PhD lincoln.moura@zilics.com.br +55 11 8426-6276 Aspectos do Prontuário Eletrônico Lincoln de Assis Moura Jr., MSc, DIC, PhD lincoln.moura@zilics.com.br +55 11 8426-6276 Sumário Complexidade da Informação em Saúde Declaração de Convicção Aspectos Éticos

Leia mais

Sistemas de Informação em Saúde: Um Olhar Crítico. Lincoln de Assis Moura Jr, MSc, PhD lincoln.moura@vidatis.com.br

Sistemas de Informação em Saúde: Um Olhar Crítico. Lincoln de Assis Moura Jr, MSc, PhD lincoln.moura@vidatis.com.br Sistemas de Informação em Saúde: Um Olhar Crítico Lincoln de Assis Moura Jr, MSc, PhD lincoln.moura@vidatis.com.br As 4 Estações do Ano Cerca de 95% dos graduados por Harvard crêem que as 4 estações do

Leia mais

Agenda. Parte 1: Sistemas de Informação em Saúde: estado da arte e desafios. Copyright Zilics, Junho 20081

Agenda. Parte 1: Sistemas de Informação em Saúde: estado da arte e desafios. Copyright Zilics, Junho 20081 Copyright Zilics, Junho 20081 Curso de Sistemas de Informação para a Gestão da Saúde 26 e 27 de junho de 2008 São Paulo, SP Parte 1: Sistemas de Informação em Saúde: estado da arte e desafios Beatriz de

Leia mais

Registro Eletrônico de Saúde para a Odontologia 9º SINPLO. Painel Tecnológico 09 de maio de 2014

Registro Eletrônico de Saúde para a Odontologia 9º SINPLO. Painel Tecnológico 09 de maio de 2014 Registro Eletrônico de Saúde para a Odontologia 9º SINPLO Painel Tecnológico 09 de maio de 2014 Registro Eletrônico de Saúde 9º SINPLO SP 09/05/2014. 1 Marizélia Leão Moreira Graduada em Ciências Sociais

Leia mais

CLOUD HEALTHCARE Vida Única. Como a Tecnologia da Informação vai revolucionar o cuidado com o PACIENTE

CLOUD HEALTHCARE Vida Única. Como a Tecnologia da Informação vai revolucionar o cuidado com o PACIENTE Vida Única Como a Tecnologia da Informação vai revolucionar o cuidado com o PACIENTE SOMOS... 2 Problemas com a Gestão da Saúde no Brasil Atualmente são 2 médicos por cada mil brasileiros. 55% estão vinculados

Leia mais

A perspectiva e atuação da ANS no desenvolvimento de padrões no Brasil. Jussara M P Rötzsch ANS/DIDES/GGSUS

A perspectiva e atuação da ANS no desenvolvimento de padrões no Brasil. Jussara M P Rötzsch ANS/DIDES/GGSUS A perspectiva e atuação da ANS no desenvolvimento de padrões no Brasil Jussara M P Rötzsch ANS/DIDES/GGSUS Avanços (tecnológico e científico) na Saúde Maior conhecimento sobre os determinantes de saúde

Leia mais

E-Saúde e soluções mobile

E-Saúde e soluções mobile MINISTÉRIO DA SAÚDE GOVERNO FEDERAL E-Saúde e soluções mobile Fórum RNP O Brasil é o único país com mais de 100 milhões de habitantes que assumiu o desafio de ter um sistema universal, público e gratuito

Leia mais

Registro Eletrônico de Saúde Unimed. Números do Sistema

Registro Eletrônico de Saúde Unimed. Números do Sistema Números do Sistema Números do Sistema 36 Prestadoras 300 Operadoras (30% das operadoras de saúde) 15 Federações Institucionais 351 Cooperativas 1 Confederação Nacional 1 Confederação Regional 1 Central

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação. Sistemas de Informação no SUS Informação para Gestão

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação. Sistemas de Informação no SUS Informação para Gestão Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação Sistemas de Informação no SUS Informação para Gestão Contato Cláudio Giulliano Alves da Costa, MD, MSc. Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo Assessoria

Leia mais

Registro Eletrônico de Saúde. SE / Ministério da Saúde Assessoria de TI Rogério Sugai

Registro Eletrônico de Saúde. SE / Ministério da Saúde Assessoria de TI Rogério Sugai Registro Eletrônico de Saúde SE / Ministério da Saúde Assessoria de TI Rogério Sugai Planejamento Estratégico do MS para 2008-2011 - MAIS SAÚDE - ALINHAMENTO COM O PLANO ESTRATÉGICO Mais Saúde ADERENTE

Leia mais

PADRÕES EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EM SAÚDE NO BRASIL

PADRÕES EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EM SAÚDE NO BRASIL 1er Congreso Iberoamericano de Informática Médica M Normalizada PADRÕES EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EM SAÚDE NO BRASIL Dr. Marivan Santiago Abrahão Presidente HL7 BRASIL Agenda 1. Brasil - the soft power

Leia mais

Sistemas de Informação em Saúde. Informatização da Atenção Básica Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo (SMS-SP)

Sistemas de Informação em Saúde. Informatização da Atenção Básica Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo (SMS-SP) Sistemas de Informação em Saúde Informatização da Atenção Básica Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo (SMS-SP) Contato Cláudio Giulliano Alves da Costa, MD, MSc. Secretaria Municipal de Saúde de

Leia mais

GSUS Sistema de Gestão da Assistência de Saúde do SUS

GSUS Sistema de Gestão da Assistência de Saúde do SUS GSUS Sistema de Gestão da Assistência de Saúde do SUS Sigla do Sistema: GSUS Nome do Sistema: Sistema de Gestão da Assistência de Saúde do SUS Responsável pelo Projeto: Antonio Francisco Peixoto Baptista

Leia mais

PEX Process Excellence Week Brasil 2013 Caso Prático:

PEX Process Excellence Week Brasil 2013 Caso Prático: PEX Process Excellence Week Brasil 2013 Caso Prático: Como criar uma plataforma de negócios com um conjunto de estruturas determinantes em prol a sustentabilidade das estratégias organizacionais? Jacson

Leia mais

Junho 2013 1. O custo da saúde

Junho 2013 1. O custo da saúde Junho 2013 1 O custo da saúde Os custos cada vez mais crescentes no setor de saúde, decorrentes das inovações tecnológicas, do advento de novos procedimentos, do desenvolvimento de novos medicamentos,

Leia mais

Empresa de Consultoria especializada em Gestão do Negócio Saúde

Empresa de Consultoria especializada em Gestão do Negócio Saúde Empresa de Consultoria especializada em Gestão do Negócio Saúde Consultoria Técnica para a Gestão da Sinistralidade Suporte para Organização das Auditorias Operadora Consultoria Técnica em OPME Auditorias,

Leia mais

GSUS Sistema de Gestão Hospitalar e Ambulatorial do SUS

GSUS Sistema de Gestão Hospitalar e Ambulatorial do SUS GSUS Sistema de Gestão Hospitalar e Ambulatorial do SUS O sistema GSUS é uma aplicação WEB para gestão operacional da assistência de saúde executada a nível hospitalar ou ambulatorial, tendo como foco

Leia mais

Sistemas de Informação em Saúde Uma Visão Estratégica Parte 2

Sistemas de Informação em Saúde Uma Visão Estratégica Parte 2 Sistemas de Informação em Saúde Uma Visão Estratégica Parte 2 06 de março de 2012 Lincoln de Assis Moura Jr, MSc, DIC, PhD Assis Moura ehealth 11 8426-6276, lincoln.a.moura@gmail.com Objetivo de Hoje Repensar

Leia mais

Conceitos e definições da ANS (Agencia Nacional de Saúde)

Conceitos e definições da ANS (Agencia Nacional de Saúde) Conceitos e definições da ANS (Agencia Nacional de Saúde) Demonstrativo de retorno: modelo formal de representação e descrição documental do padrão TISS sobre o pagamento dos eventos assistenciais realizados

Leia mais

Sobre o curso Value-Based Health Care Delivery. Ana Maria Malik 11/02/09 Apresentação EAESP

Sobre o curso Value-Based Health Care Delivery. Ana Maria Malik 11/02/09 Apresentação EAESP Sobre o curso Value-Based Health Care Delivery Ana Maria Malik 11/02/09 Apresentação EAESP 1 Um pouquinho de teoria Cobertura e acesso universais são essenciais mas não suficientes Valor: patient health

Leia mais

Telebrasil 2006. TeleComunicações para a Inclusão Social. Prefeitura Municipal de São Paulo Secretaria Municipal de Saúde (SMS-SP)

Telebrasil 2006. TeleComunicações para a Inclusão Social. Prefeitura Municipal de São Paulo Secretaria Municipal de Saúde (SMS-SP) Telebrasil 2006 PANORAMA DA REGULAÇÃO SMS-SP Diagnóstico Não possui dados sistematizados; TeleComunicações para a Inclusão Social não existe uma uniformidade nas ações; as atividades da área, não estão

Leia mais

TISS. I Implanta TISS Prestadores e Operadoras em direção à padronização

TISS. I Implanta TISS Prestadores e Operadoras em direção à padronização TISS I Implanta TISS Prestadores e Operadoras em direção à padronização Roteiro Panorama da Saúde Padrão TISS Reflexões Avanços (tecnológico e científico) na Saúde Maior conhecimento sobre os determinantes

Leia mais

Como a Tecnologia pode democratizar o acesso à saúde

Como a Tecnologia pode democratizar o acesso à saúde Como a Tecnologia pode democratizar o acesso à saúde Smartcity Business América 2015 Curitiba PR Brazil Maio de 2015 Sociedades Inteligentes e Governaça Airton Coelho, MsC, PMP Secretário de Ciência e

Leia mais

REGULAÇÃO DOS SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS DO COMPLEXO REGULADOR DE FLORIANÓPOLIS

REGULAÇÃO DOS SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS DO COMPLEXO REGULADOR DE FLORIANÓPOLIS TÍTULO DA PRÁTICA: REGULAÇÃO DOS SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS DO COMPLEXO REGULADOR DE FLORIANÓPOLIS CÓDIGO DA PRÁTICA: T66 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 Complexo Regulador caracteriza-se

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DOS ITENS DE VERIFICAÇÃO - UPA

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DOS ITENS DE VERIFICAÇÃO - UPA RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DOS ITENS DE VERIFICAÇÃO - UPA Quando da apresentação de protocolos, manual de normas e rotinas, procedimento operacional padrão (POP) e/ou outros documentos,

Leia mais

A Dinâmica Competitiva das OPS e sua Interface com o Setor de Serviços e a Indústria

A Dinâmica Competitiva das OPS e sua Interface com o Setor de Serviços e a Indústria A Dinâmica Competitiva das OPS e sua Interface com o Setor de Serviços e a Indústria Rio de Janeiro, Maio de 2008 Alfredo de Almeida Cardoso Diretor de Normas e Habilitação de Operadoras ANS Boa Tarde!

Leia mais

SISTEMAS CORPORATIVOS

SISTEMAS CORPORATIVOS SISTEMAS CORPORATIVOS ERPEnterprise Resource Planning Saúde Hospitais Clínicas Consultórios Medicina Diagnóstica Laboratorial Medicina Diagnóstica Imagem Projetado com módulos que se comunicam entre si,

Leia mais

Organização dos Estados Ibero-americanos. Para a Educação, a Ciência e a Cultura TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA

Organização dos Estados Ibero-americanos. Para a Educação, a Ciência e a Cultura TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA 1. Projeto: OEI/BRA/09/004 - Aprimoramento da sistemática de gestão do Ministério da Educação (MEC) em seus processos de formulação, implantação e

Leia mais

SAÚDE. Coordenador: Liliane Espinosa de Mello

SAÚDE. Coordenador: Liliane Espinosa de Mello Coordenador: Liliane Espinosa de Mello SAÚDE Visão: Que Santa Maria seja o principal Polo na Área de Saúde do interior do Rio Grande do Sul, contribuindo para a melhor qualidade de vida da população da

Leia mais

Marco Legal en Brasil (Uma visão pessoal)

Marco Legal en Brasil (Uma visão pessoal) V Congreso Iberoamericano de Informática Médica Normalizada 13 y 14 de Octubre 2011 Intendencia de Montevideo Marco Legal en Brasil (Uma visão pessoal) Lincoln de Assis Moura Jr, EE, MSc, DIC, PhD Assis

Leia mais

E-SUS ATENÇÃO BÁSICA. Julho / 2013

E-SUS ATENÇÃO BÁSICA. Julho / 2013 E-SUS ATENÇÃO BÁSICA Julho / 2013 Estratégia de Qualificação da AB Saúde Bucal PMAQ Requalifica UBS PSE Telessaúde Brasil Redes Academia da Saúde Atenção Básica Financiamento Consultório na Rua Provimento

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA RN n 114, DE 26 DE OUTUBRO DE 2005.

RESOLUÇÃO NORMATIVA RN n 114, DE 26 DE OUTUBRO DE 2005. RESOLUÇÃO NORMATIVA RN n 114, DE 26 DE OUTUBRO DE 2005. Estabelece padrão obrigatório para a troca de informações entre operadoras de plano privado de assistência à saúde e prestadores de serviços de saúde

Leia mais

Objetivos Parceria Motorola

Objetivos Parceria Motorola Aliança Estratégica Objetivos Parceria Motorola Diversificar e ampliar o consumo dos produtos e serviços da Motorola/Next/Edumed através de soluções customizadas e integradas para o Setor de Saúde Publica,

Leia mais

Prontuário Eletrônico em MT - estado atual relacionado às exigências do CFM. Cláudio de Souza Corregedor do CRMMG

Prontuário Eletrônico em MT - estado atual relacionado às exigências do CFM. Cláudio de Souza Corregedor do CRMMG Prontuário Eletrônico em MT - estado atual relacionado às exigências do CFM Cláudio de Souza Corregedor do CRMMG Prontuário médico É um documento único constituído de um conjunto de informações, sinais

Leia mais

Projeto de Implantação do Serviço de Registro Eletrônico no Estado de. Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais

Projeto de Implantação do Serviço de Registro Eletrônico no Estado de. Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais Projeto de Implantação do Serviço de Registro Eletrônico no Estado de Minas Gerais Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais Origem O Modelo de Redes O projeto Origem O Edifício 2011 1935 Fonte:

Leia mais

Case de Sucesso. Integrando CIOs, gerando conhecimento. FERRAMENTA DE BPM TORNA CONTROLE DE FLUXO HOSPITALAR MAIS EFICAZ NO HCFMUSP

Case de Sucesso. Integrando CIOs, gerando conhecimento. FERRAMENTA DE BPM TORNA CONTROLE DE FLUXO HOSPITALAR MAIS EFICAZ NO HCFMUSP Case de Sucesso Integrando CIOs, gerando conhecimento. FERRAMENTA DE BPM TORNA CONTROLE DE FLUXO HOSPITALAR MAIS EFICAZ NO HCFMUSP Perfil O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade

Leia mais

II Seminário de Hospitais de Ensino do Estado de São Paulo

II Seminário de Hospitais de Ensino do Estado de São Paulo II Seminário de Hospitais de Ensino do Estado de São Paulo Conhecendo o Grupo 18 COLÉGIOS - PR / SC / RJ / SP/ RS 1 HOSPITAL UNIVERSITÁRIO - HUSF FUNCLAR FUNDAÇÃO CLARA DE ASSIS UNIFAG UNIDADE DE PESQUISA

Leia mais

DOCUMENTO FINAL 11ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DO PARANÁ

DOCUMENTO FINAL 11ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DO PARANÁ DOCUMENTO FINAL 11ª CONFERÊNCIA DE SAÚDE DO PARANÁ EIXO 1 DIREITO À SAÚDE, GARANTIA DE ACESSO E ATENÇÃO DE QUALIDADE Prioritária 1: Manter o incentivo aos Programas do Núcleo Apoio da Saúde da Família

Leia mais

Objetivo Principal. Objetivos Secundários

Objetivo Principal. Objetivos Secundários Objetivo Principal O Personal Med Hospitalar foi resultado de um longo esforço de O&M em hospitais de vários portes e regiões do Brasil. O sistema foi concebido a partir do detalhamento de 176 processos

Leia mais

COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR?

COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR? COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR? Descubra os benefícios que podem ser encontrados ao se adaptar as novas tendências de mercado ebook GRÁTIS Como o investimento em TI pode

Leia mais

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2008/prt1559_01_08_2008.html

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2008/prt1559_01_08_2008.html Página 1 de 5 ADVERTÊNCIA Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União Ministério da Saúde Gabinete do Ministro PORTARIA Nº 1.559, DE 1º DE AGOSTO DE 2008 Institui a Política Nacional

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA 1. Projeto: OEI/BRA/09/004 - Aprimoramento da sistemática de gestão do Ministério da Educação (MEC) em seus processos de formulação, implantação e

Leia mais

Repensando e construindo o sistema de saúde do futuro

Repensando e construindo o sistema de saúde do futuro A contribuição das PPPs perante os desafios da gestão do SUS Repensando e construindo o sistema de saúde do futuro Eduard Portella São Paulo - Março, 2013 As Parcerias Público Privadas são um bom instrumento

Leia mais

Web2Doctors: Saúde Fora da Caixa

Web2Doctors: Saúde Fora da Caixa Com uma interface intuitiva feita com recursos da Web 2.0, pela qual se acessa um Prontuário Eletrônico do Paciente configurável com um workflow para todos os departamentos de uma clínica ou hospital,

Leia mais

O PEP: Uma Visão Unificada

O PEP: Uma Visão Unificada O PEP: Uma Visão Unificada Beatriz de Faria Leão, MD, PhD bleao@atech.br Fundação Atech Vidatis Sistemas de Informação em Saúde Rua do Rocio, 351-5º andar - cj 51 04552-000 São Paulo, SP Fone: 11 3053-3770

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA 1. Projeto: OEI/BRA/09/004 - Aprimoramento da sistemática de gestão do Ministério da Educação (MEC) em seus processos de formulação, implantação e

Leia mais

SISTEMA DE SOLUÇÕES PARA GESTÃO DE CLÍNICAS DE DIAGNÓSTICO POR IMAGENS

SISTEMA DE SOLUÇÕES PARA GESTÃO DE CLÍNICAS DE DIAGNÓSTICO POR IMAGENS SISTEMA DE SOLUÇÕES PARA GESTÃO DE CLÍNICAS DE DIAGNÓSTICO POR IMAGENS OBJETIVO DA SOLUÇÃO GERCLIM WEB A solução GERCLIM WEB tem por objetivo tornar as rotinas administrativas e profissionais de sua clínica,

Leia mais

ilupas da informação e comunicação na área de Saúde entrevista

ilupas da informação e comunicação na área de Saúde entrevista ilupas Pesquisa Nacional identifica investimentos em tecnologias da informação e comunicação na área de Saúde Por Kelly de Souza O baixo grau de investimento em Tecnologias da Informação e Comunicação

Leia mais

4º SEMINÁRIO AUTOGESTÃO COMO MODELO IDEAL PARA A SAÚDE CORPORATIVA A SUSTENTABILIDADE DA SAÚDE NAS -

4º SEMINÁRIO AUTOGESTÃO COMO MODELO IDEAL PARA A SAÚDE CORPORATIVA A SUSTENTABILIDADE DA SAÚDE NAS - 4º SEMINÁRIO AUTOGESTÃO COMO MODELO IDEAL PARA A SAÚDE CORPORATIVA A SUSTENTABILIDADE DA SAÚDE NAS - EMPRESAS - OS DESAFIOS PARA O SEGMENTO DE AUTOGESTÃO Vilma Dias GERENTE DA UNIDADE CASSI SP AGENDA 1.

Leia mais

Nova Plataforma Tecnológica. Barramento/Cartão SUS. XXVII CONGRESSO DE SECRETÁRIOS MUNICIPAIS DE SAÚDE DO ESTADO DE SÃO PAULO 05 a 08 de Março de 2013

Nova Plataforma Tecnológica. Barramento/Cartão SUS. XXVII CONGRESSO DE SECRETÁRIOS MUNICIPAIS DE SAÚDE DO ESTADO DE SÃO PAULO 05 a 08 de Março de 2013 Nova Plataforma Tecnológica A construção atual feita pelo DATASUS: Barramento/Cartão SUS XXVII CONGRESSO DE SECRETÁRIOS MUNICIPAIS DE SAÚDE DO ESTADO DE SÃO PAULO 05 a 08 de Março de 2013 Principais ações

Leia mais

www.ctcpt.net Uma vida em cada palavra.

www.ctcpt.net Uma vida em cada palavra. www.ctcpt.net Uma vida em cada palavra. SPMS Serviços Partilhados do Ministério da Saúde Comunicação Segura (Interoperabilidade das Tecnologias de Informação e Comunicação) Anabela Santos 23 de outubro

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA 1. Projeto: OEI/BRA/09/004 - Aprimoramento da sistemática de gestão do Ministério da Educação (MEC) em seus processos de formulação, implantação e

Leia mais

ORDEM CAMILIANA: Idealizada em 1582, no Brasil desde 1922

ORDEM CAMILIANA: Idealizada em 1582, no Brasil desde 1922 ORDEM CAMILIANA: Idealizada em 1582, no Brasil desde 1922 Fundada por Camillo de Lellis, é uma fundação humanitária com objetivo de dedicar-se à cura dos enfermos Presente nos cinco continentes, em aproximadamente

Leia mais

A Tecnologia da Informação e a saúde em Campinas.

A Tecnologia da Informação e a saúde em Campinas. A Tecnologia da Informação e a saúde em Campinas. BENATO, L. Informática dos Municípios Associados (IMA) Resumo Campinas-SP conta com mais de 1 milhão de usuários do SUS, incluindo os munícipes de Campinas

Leia mais

qualidade do cuidado em saúde A segurança

qualidade do cuidado em saúde A segurança A Segurança nos serviços de saúde é um problema tão grande e as causas tão diversas e complexas que não é mais possível não separar as práticas da Qualidade e as práticas da Segurança. A qualidade do cuidado

Leia mais

Integração de Sistemas Laboratoriais na SMS-SP. Adriana Claudia Martins adriana.martins@zilics.com.br

Integração de Sistemas Laboratoriais na SMS-SP. Adriana Claudia Martins adriana.martins@zilics.com.br Integração de Sistemas Laboratoriais na SMS-SP Adriana Claudia Martins adriana.martins@zilics.com.br Objetivo Apresentar estado atual do projeto de integração do sistema SIGA Saúde, em uso na Secretaria

Leia mais

Qualihosp. T e c n o l o g i a e i n o v a ç ã o e m s a ú d e. Desenvolvimento de negócios ehealth Diretoria P&S Verticais

Qualihosp. T e c n o l o g i a e i n o v a ç ã o e m s a ú d e. Desenvolvimento de negócios ehealth Diretoria P&S Verticais Qualihosp T e c n o l o g i a e i n o v a ç ã o e m s a ú d e Estamos evoluindo para um mundo digital Número de dispositivos Em 2020, serão 10 dispositivos por pessoa, somando 50 bilhões de dispositivos

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DA TABELA TUSS Terminologia Unificada em Saúde Suplementar. Visão dos Prestadores

IMPLANTAÇÃO DA TABELA TUSS Terminologia Unificada em Saúde Suplementar. Visão dos Prestadores IMPLANTAÇÃO DA TABELA TUSS Terminologia Unificada em Saúde Suplementar Visão dos Prestadores HISTÓRICO 2003 TISS 2004 OFICINAS ANS TISS Porto Alegre: Importância do tema = 95,2% importante / muito importante

Leia mais

Projeto de Informatização. Como implantar um Sistema de Informação para a Saúde Pública em SP?

Projeto de Informatização. Como implantar um Sistema de Informação para a Saúde Pública em SP? Projeto de Informatização Como implantar um Sistema de Informação para a Saúde Pública em SP? Contato Cláudio Giulliano Alves da Costa, MD, MSc. Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo Assessoria Técnica

Leia mais

PADRÃO TISS. Troca de Informação em Saúde Suplementar

PADRÃO TISS. Troca de Informação em Saúde Suplementar PADRÃO TISS Troca de Informação em Saúde Suplementar DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO SETORIAL Leôncio Feitosa Diretor Jussara Macedo Gerente Geral de Integração com o SUS - GGSUS A Visão da ANS/Diretoria

Leia mais

Logística e distribuição de medicamentos Gestão compartilhada Vanusa Barbosa Pinto Coordenadora do Núcleo de Assistência Farmacêutica HCFMUSP

Logística e distribuição de medicamentos Gestão compartilhada Vanusa Barbosa Pinto Coordenadora do Núcleo de Assistência Farmacêutica HCFMUSP Logística e distribuição de medicamentos Gestão compartilhada Vanusa Barbosa Pinto Coordenadora do Núcleo de Assistência Farmacêutica HCFMUSP Diretora da Divisão de Farmácia ICHC Agenda Perfil Farmácia

Leia mais

Solução completa e integrada

Solução completa e integrada Solução completa e integrada Philips Tasy sistema de gestão em saúde Integração e segurança que contribuem com a vida A solução de gestão em saúde Tasy foi desenvolvida para gerenciar as atividades administrativas,

Leia mais

AUTOMAÇÃO DA REGULAÇÃO SISREG

AUTOMAÇÃO DA REGULAÇÃO SISREG AUTOMAÇÃO DA REGULAÇÃO DIRETRIZES PARA TECNOLOGIA DE SUPORTE AOS COMPLEXOS REGULADORES/CENTRAIS DE REGULAÇÃO SISREG CGRA/DRAC/SAS/MS MAR/2013 AUTOMAÇÃO DA REGULAÇÃO DIRETRIZES PARA TECNOLOGIA DE SUPORTE

Leia mais

LINHA DE APRENDIZADO. Departamento de Compras. Modelo de Negócio. Central de Compras. Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar

LINHA DE APRENDIZADO. Departamento de Compras. Modelo de Negócio. Central de Compras. Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar AGOSTO/2015 LINHA DE APRENDIZADO Departamento de Compras Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar Central de Compras Modelo de Negócio Fundada há 120 anos. Atendimento de média e alta

Leia mais

ORGANIZAÇÃO ATENÇÃO BÁSICA SISTEMA DE SAÚDE E ATENÇÃO A TUBERCULOSE AÇÕES DE CONTROLE DA TUBERCULOSE. Diagnóstico Maioria hospital

ORGANIZAÇÃO ATENÇÃO BÁSICA SISTEMA DE SAÚDE E ATENÇÃO A TUBERCULOSE AÇÕES DE CONTROLE DA TUBERCULOSE. Diagnóstico Maioria hospital O DESEMPENHO DOS SERVIÇOS DE ATENÇÃO BÁSICA DE SAÚDE NAS AÇÕES DE CONTROLE DA TUBERCULOSE EM SÃO JOSÉ DO RIO PRETO - SP GRUPO DE PESQUISA EM TUBERCULOSE FAMERP Iniciações Científicas 2 Doutores 12 em andamento

Leia mais

NOTA TÉCNICA 33 2012

NOTA TÉCNICA 33 2012 NOTA TÉCNICA 33 2012 Proposta de regulamentação da base nacional de dados das ações e serviços do Componente Básico da Assistência Farmacêutica no SUS Assembleia do CONASS de 17 outubro de 2012 Brasília,

Leia mais

Ações do Ministério da Saúde no âmbito da Farmácia Hospitalar

Ações do Ministério da Saúde no âmbito da Farmácia Hospitalar Ações do Ministério da Saúde no âmbito da Farmácia Hospitalar Panorama das ações do Ministério da Saúde no âmbito da Farmácia Hospitalar Portaria N 4.283 de 30 de dezembro de 2010 - Diretrizes para ações

Leia mais

CLICK TO EDIT MASTER TITLE STYLE

CLICK TO EDIT MASTER TITLE STYLE CLICK TO EDIT MASTER TITLE STYLE Click to edit Master text styles Second level Third level Fourth level» Fifth level Digital Hospital: How to improve patient care and profitability Cláudio Giulliano Alves

Leia mais

Atualmente, as organizações de saúde estão reavaliando seus modelos de negócios tendo em vista as regulamentações governamentais, pressões das fontes

Atualmente, as organizações de saúde estão reavaliando seus modelos de negócios tendo em vista as regulamentações governamentais, pressões das fontes Atualmente, as organizações de saúde estão reavaliando seus modelos de negócios tendo em vista as regulamentações governamentais, pressões das fontes pagadoras e a exigência dos pacientes por serviços

Leia mais

Márcia Mascarenhas Alemão Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais

Márcia Mascarenhas Alemão Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais PREMIO CHICO RIBEIRO SOBRE INFORMAÇÃO DE CUSTOS E QUALIDADE DO GASTO NO SETOR Público O Modelo de Gestão FHEMIG e a Prestação de Contas ao Paciente: a implantação do sistema de custos hospitalares e o

Leia mais

O que é o projeto? Resultante da integração de diferentes esforços que já estavam em curso no âmbito do Governo Federal.

O que é o projeto? Resultante da integração de diferentes esforços que já estavam em curso no âmbito do Governo Federal. O que é o projeto? Iniciativa, coordenada pelo governo federal, que reúne órgãos e entidades de diversas esferas para a construção de uma infraestrutura pública de Processo Administrativo Eletrônico. Resultante

Leia mais

Gestão das Tecnologias da Informação em Saúde: Novas Tecnologias e Novos Rumos. Renato M.E. Sabbatini UNICAMP Instituto Edumed

Gestão das Tecnologias da Informação em Saúde: Novas Tecnologias e Novos Rumos. Renato M.E. Sabbatini UNICAMP Instituto Edumed Gestão das Tecnologias da Informação em Saúde: Novas Tecnologias e Novos Rumos Renato M.E. Sabbatini UNICAMP Instituto Edumed Informações em Saúde Clínicas Administrativas Operacionais Financeiras Os Focos

Leia mais

MATERNIDADE UNIMED UNIDADE GRAJAÚ

MATERNIDADE UNIMED UNIDADE GRAJAÚ MATERNIDADE UNIMED UNIDADE GRAJAÚ Larissa Fernanda Silva Borges de Carvalho Enfermeira, Especialista em Gestão de Serviços de Saúde Gerente Assistencial da Maternidade Unimed BH Unidade Grajaú Governança

Leia mais

Sistema Integrado de Saúde

Sistema Integrado de Saúde Sistema Integrado de Saúde Além de gerar automaticamente todas as informações obrigatórias para o SUS, o sistema permite a identificação de cada pessoa dentro da sua família, com seu histórico de saúde,

Leia mais

Programas de Qualificação dos Prestadores de Serviços - ANS

Programas de Qualificação dos Prestadores de Serviços - ANS Programas de Qualificação dos Prestadores de Serviços - ANS São Paulo - 18 de junho de 2013 GERPS/GGISE/DIDES/ANS Agenda Cenário Atual da Qualidade no Setor. Programas de Qualificação dos Prestadores de

Leia mais

Unimed Norte Capixaba. "Menos Burocracia Mais Produtividade"

Unimed Norte Capixaba. Menos Burocracia Mais Produtividade Unimed Norte Capixaba "Menos Burocracia Mais Produtividade" Sobre Nós! Unimed Norte Capixaba, fundada em 09 de maio de 1990 no município de Linhares no Norte do Estado do Espírito Santo. Conta com 279

Leia mais

Wilson Modesto Pollara Secretário Adjunto da Saúde Do Estado de São Paulo. wpollara@saude.sp.gov.br

Wilson Modesto Pollara Secretário Adjunto da Saúde Do Estado de São Paulo. wpollara@saude.sp.gov.br Wilson Modesto Pollara Secretário Adjunto da Saúde Do Estado de São Paulo wpollara@saude.sp.gov.br ACESSO QUALIDADE CUSTO ATENDER ÀS NECESSIDADES ASSISTENCIAIS A S S I S T Ê N C I A R E G U L A Ç Ã O R

Leia mais

Melhorar sua vida, nosso compromisso Redução da Espera: tratar câncer em 60 dias é obrigatório

Melhorar sua vida, nosso compromisso Redução da Espera: tratar câncer em 60 dias é obrigatório Melhorar sua vida, nosso compromisso Redução da Espera: tratar câncer em 60 dias é obrigatório Maio de 2013 Magnitude do Câncer no Brasil 518 mil novos casos em 2013 Câncer de pele não melanoma deve responder

Leia mais

O PEP como Instrumento de Otimização Clinica Marcos Sobral

O PEP como Instrumento de Otimização Clinica Marcos Sobral O PEP como Instrumento de Otimização Clinica Marcos Sobral São Paulo, 19 de setembro de 2005 Agenda Introdução Desafios MVPEP Formas de acessos Funcionalidades Formulários eletrônicos Índices clínicos

Leia mais

Por que criar um padrão?

Por que criar um padrão? Tópicos Abordados Por que padronizar O que regulamenta Prazos Responsabilidades Entendendo a norma Webservices Mensagens TUSS Demonstração de uso de Webservices TISS Por que criar um padrão? Para colocar

Leia mais

2. O que informatizar?

2. O que informatizar? A INFORMÁTICA NO CONSULTÓRIO MÉDICO No fascículo anterior, comentamos como a gestão de custos, mesmo sendo feita de maneira simplista, auxilia o consultório a controlar e avaliar seus resultados, permitindo

Leia mais

COMO OTIMIZAR AS ATIVIDADES EM SEU CONSULTÓRIO

COMO OTIMIZAR AS ATIVIDADES EM SEU CONSULTÓRIO GUIA DEFINITIVO DE COMO OTIMIZAR AS ATIVIDADES EM SEU CONSULTÓRIO 10 DICAS DE COMO ORGANIZAR O DIA A DIA DE SEU CONSULTÓRIO INTRODUÇÃO O dia a dia de clínicas e consultórios, se não for organizado, pode

Leia mais

A IMPLEMENTAÇÃO DE UM PROJETO DE CERTIFICAÇÃO DIGITAL EM AMBIENTE HOSPITALAR

A IMPLEMENTAÇÃO DE UM PROJETO DE CERTIFICAÇÃO DIGITAL EM AMBIENTE HOSPITALAR A IMPLEMENTAÇÃO DE UM PROJETO DE CERTIFICAÇÃO DIGITAL EM AMBIENTE HOSPITALAR Flávio Osete Gonçalves da Silva, Camila Ramos de Moura Diretoria de Operações e Tecnologia da Informação Instituto do Câncer

Leia mais

Agenda. Copyright 2015 Accenture. All rights reserved. 2

Agenda. Copyright 2015 Accenture. All rights reserved. 2 Agenda Visão Geral da Saúde Relação Provedor-Pagador Relação Pagador-Médico Relação Médico-Provedor Relação Provedor-Fornecedor Nossa Visão: Rede Integrada Copyright 2015 Accenture. All rights reserved.

Leia mais

Agilizando o processo de compras para aumentar a eficiência e comprar melhor

Agilizando o processo de compras para aumentar a eficiência e comprar melhor Agilizando o processo de compras para aumentar a eficiência e comprar melhor Toda empresa privada deseja gerar lucro e para que chegue com sucesso ao final do mês ela precisa vender, sejam seus serviços

Leia mais

Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte SISTEMA SAÚDE EM REDE - SISREDE

Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte SISTEMA SAÚDE EM REDE - SISREDE Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte SISTEMA SAÚDE EM REDE - SISREDE Belo Horizonte Pop. estimada: 2.375.151 hab. (estimativas IBGE 2010) Informatização da Rede

Leia mais

ANEXO I-a ARQUITETURA DA REDE INFOSUS II

ANEXO I-a ARQUITETURA DA REDE INFOSUS II ANEXO I-a ARQUITETURA DA REDE INFOSUS II 1. Descrição da rede INFOSUS II A Rede INFOSUS II, Infovia Integrada do Sistema Único de Saúde (SUS), consistirá em infra-estrutura de telecomunicações, a ser utilizada

Leia mais

Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP): Hospital sem papel (paperless) Cláudio Giulliano Alves da Costa Presidente da SBIS

Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP): Hospital sem papel (paperless) Cláudio Giulliano Alves da Costa Presidente da SBIS Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP): Hospital sem papel (paperless) Cláudio Giulliano Alves da Costa Presidente da SBIS 1 Contato Claudio Giulliano Alves da Costa, MD, MSc. claudio.giulliano@gmail.com

Leia mais

Reformas dos sistemas nacionais de saúde: experiência brasileira 5º Congresso Internacional dos Hospitais

Reformas dos sistemas nacionais de saúde: experiência brasileira 5º Congresso Internacional dos Hospitais Reformas dos sistemas nacionais de saúde: experiência brasileira 5º Congresso Internacional dos Hospitais Carlos Figueiredo Diretor Executivo Agenda Anahp Brasil: contexto geral e econômico Brasil: contexto

Leia mais

CPI da OPME 6.Abr. 2015. Dr. Eudes de Freitas Aquino Presidente da Unimed do Brasil

CPI da OPME 6.Abr. 2015. Dr. Eudes de Freitas Aquino Presidente da Unimed do Brasil CPI da OPME 6.Abr. 2015 Dr. Eudes de Freitas Aquino Presidente da Unimed do Brasil SISTEMA UNIMED 351 Cooperativas contribuindo com a interiorização dos médicos da medicina de qualidade no Brasil. SISTEMA

Leia mais

Visita Técnica Equipa de Florianópolis

Visita Técnica Equipa de Florianópolis Visita Técnica Equipa de Florianópolis AGENDA I Reforma Cuidados Saude Primarios II Sistema de Informação III BI das USFs Dispositivo de gestão do conhecimento José Luis Biscaia Médico de Familia USF S

Leia mais

Seminário: "TURISMO DE SAÚDE NO BRASIL: MERCADO EM ASCENSÃO"

Seminário: TURISMO DE SAÚDE NO BRASIL: MERCADO EM ASCENSÃO Seminário: "TURISMO DE SAÚDE NO BRASIL: MERCADO EM ASCENSÃO" FLEURY LINHA DO TEMPO Uma história de sucesso Uma história de sucesso Uma história de sucesso Uma história de sucesso Uma história de sucesso

Leia mais

Márcia Mascarenhas Alemão Gerência Observatório de Custos/ Diretoria de Desenvolvimento Estratégico Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais

Márcia Mascarenhas Alemão Gerência Observatório de Custos/ Diretoria de Desenvolvimento Estratégico Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais O Modelo de Gestão FHEMIG e a Prestação de Contas ao Paciente: a implantação do sistema de custos hospitalares e o uso da informação de custos como ferramenta gerencial da transparência do gasto público

Leia mais

Márcia Mascarenhas Alemão Gerência Observatório de Custos/ Diretoria de Desenvolvimento Estratégico Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais

Márcia Mascarenhas Alemão Gerência Observatório de Custos/ Diretoria de Desenvolvimento Estratégico Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais O Modelo de Gestão FHEMIG e a Prestação de Contas ao Paciente: a implantação do sistema de custos hospitalares e o uso da informação de custos como ferramenta gerencial da transparência do gasto público

Leia mais

Estruturação da Arquitetura Estadual de Sistemas de Informação por Meio da Orientação a Serviços

Estruturação da Arquitetura Estadual de Sistemas de Informação por Meio da Orientação a Serviços Estruturação da Arquitetura Estadual de Sistemas de Informação por Meio da Orientação a Serviços Relato de Experiência da ATI-PE WCGE 2010 20/07/2010 1 Introdução 2 Sobre a ATI Agência Estadual de Tecnologia

Leia mais

Administração do Servidor da Aplicação e-sus Hospitalar

Administração do Servidor da Aplicação e-sus Hospitalar Administração do Servidor da Aplicação e-sus Hospitalar Guia do Usuário - Versão 1.0 01/06/2015 Sumário 1 Introdução... 2 2 Objetivo... 3 3 Documentos Relacionados... 4 4 Administração do Servidor da Aplicação

Leia mais

Para a Educação, a Ciência e a Cultura TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA

Para a Educação, a Ciência e a Cultura TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA Organização dos Estados Ibero-americanos Para a Educação, a Ciência e a Cultura TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA 1. Projeto: OEI/BRA/09/004 - Aprimoramento da sistemática de gestão

Leia mais

Sistema Gerenciador de Unidades de Saúde. Descritivo

Sistema Gerenciador de Unidades de Saúde. Descritivo Sistema Gerenciador de Unidades de Saúde Descritivo SIGUS Sistema Gerenciador de Unidades de Saúde Visando atender as demandas de informatização dos estabelecimentos das redes públicas de saúde, a Attiva

Leia mais