CAPÍTULO 1. O problema

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CAPÍTULO 1. O problema"

Transcrição

1 O problema CAPÍTULO 1 O problema todo é o tempo. O tempo que você investiu: anos, às vezes décadas, desenvolvendo as habili - dades necessárias para comunicar as virtudes de um produto ou serviço. O tempo que você gastou: meses planejando o lançamento do qual depende a continuidade de seu sucesso. As centenas de horas que você passou em reuniões de brainstorming, enchendo a lata de lixo com dezenas de projetos rejeitados. As noites em claro examinando números até que eles implorassem clemência. À medida que o relógio marca a aproximação do Dia D, você se pergunta, pela centésima vez, se está o mais preparado possível. Talvez você precise de mais um dia de prazo, talvez não consiga esperar nem mais um minuto. Tudo gira em torno do tempo. Na verdade, você entrou na negociação que desejava, trocando o seu tempo, e o tempo de seus colegas, por alguns minutos ou horas, ou dias do tempo de outra pessoa. A outra pessoa, é claro, é seu consumidor-alvo: aquele de quem depende o seu futuro. Como você pode, porém, saber se essa pessoa está disposta a trocar o tempo dela pelo seu? Como você sabe se ela tem tempo para ouvir sua mensagem? Como sabe se ela reservará algum tempo para se deixar ser vendida? E, o mais importante, quanto tempo ela lhe oferecerá para que você tente convencê-la? Entender as respostas a essas perguntas de quanto tempo? e aprender a usar essas respostas para aumentar o seu volume e o seu lucro é a promessa deste livro. Por exemplo, como a rede de supermercados Whole Foods consegue convencer os consumidores a passar horas em suas lojas quando esses mesmos consumidores ficam loucos para sair de um super mercado tradicional? O que há no marketing

2 MARKETING CRONOMETRADO por trás da apre sentação dos pneus de tecnologia TripleTred, da Goodyear, que atrai a atenção do consumidor naquele breve momento de decisão na loja de pneus? Como a montadora de veículos Lexus conseguiu transformar uma ativida de de pechincha desagradável numa experiência prazerosa na concessionária? E como a Microsoft encontrou uma maneira de reduzir a zero o tempo que os consumidores passam comparando marcas? Em resumo, a premissa deste livro é que a compra ou o consumo desses produtos está sujeita a uma espécie de cronômetro interno dos consumidores. Retardar a passagem de tempo nesse cronômetro (Whole Foods) ou detê-la completamente (Microsoft) para fechar a venda é o desafio crítico enfrentado pelos profissionais de marketing. Imagine, por exemplo, que sua pesquisa de mercado identificou como alvo consumidores com nível superior; duas fontes de renda; 28 a 44 anos; dois a quatro filhos com menos de 14 anos; e rendimentos equivalentes às classes A e B, residindo em bairros residenciais de classe média nos arredores da cidade. Agora imagine duas casas num bairro de classe média nos arredores de Cleveland. Uma é azul e a outra, verde-claro, mas ambas têm quatro quartos, dois banheiros grandes, um lavabo, um gramado bem cuidado, uma garagem anexa... e em cada garagem há uma minivan e um carro menor e mais esportivo. As famílias que moram nas duas casas são igualmente parecidas: se você alinhasse aleatoria - mente os quatro adultos e as cinco crianças que vivem nessas casas, um estranho acharia impossível dizer quem mora onde. Eles têm aparência semelhante, se vestem de forma parecida e, até certo ponto, têm comportamentos similares. Dentro de cada uma das casas, um dos adultos foi escolhido como responsável pelo planejamento de uma viagem de fim de semana para Washington, D.C. Os componentes da viagem são: passagem aérea (incluindo o transporte de casa até o aeroporto e o caminho inverso), acomodações, reservas de jantar para a noite de chegada, ingressos para um espetáculo no Kennedy Center for the Performing Arts... o de costume. E aqui a semelhança desaparece. A pessoa que mora na casa azul vamos chamá-la de sra. Azul vai viajar para Washington a negócios. Sua pesquisa de preços para todas as decisões da viagem não é nada prazerosa, e ela está extremamente limitada pelo fato de que só tem 24 horas antes da partida. No viva-voz, ela escuta enquanto o agente de viagens de 14

3 O PROBLEMA sua empresa dá detalhes da companhia aérea, do hotel, do aluguel do carro e das reservas de restaurante e gasta tão pouca energia mental no processo, que consegue, ao mesmo tempo, fazer a mala, acondicionando algumas peças de roupa que, combinadas, a levarão da reunião com o cliente ao entretenimento durante os dois dias seguintes. Enquanto isso, na outra casa, o sr. Verde está sentado diante da tela de um computador, planejando as férias familiares com dois meses de antecedência. Guias de viagem, com as páginas cuidadosamente viradas nas pontas, estão empilhados à sua esquerda; a última edição de uma revista que classifica as redes de hotéis americanas está à sua direita. Uma busca rápida no seu serviço on-line de viagens preferido produziu uma lista de 31 hotéis diferentes que atendem a seus critérios. Ele está pesando as vantagens da localização (como foi determinado por um mapa em um de seus três guias diferentes) em relação a uma academia de ginástica maior e à disponibilidade de uma piscina. Estabelece comparações entre uma suíte e dois quartos duplos com bastante facilidade, visto que um tour virtual on-line está disponível em nove de suas 31 escolhas possíveis; sem contar o fato de que ele é membro do programa de prêmios de um desses hotéis. As opções de aluguel de carro são complicadas o bastante para que ele tenha aberto uma planilha de Excel, a fim de comparar as taxas para a viagem de quatro dias... ou simplesmente seria mais barato alugar a semana toda? A sra. Azul e a família Verde parecem ser dois consumidores fundamental - mente diferentes, não é mesmo? No entanto, tanto a sra. Azul quanto a família Verde acabam no mesmo hotel de Washington. Alugam automóveis da mesma companhia. Não fazem reservas de jantar no mesmo lugar, mas apenas porque clientes e crianças exigem ambientes um pouco diferentes. Seis meses depois, quando a sra. Azul está planejando as férias de sua família, em vez de uma viagem de negócios, ela pesquisa e compara exatamente da mesma maneira como fez o sr. Verde. Como esses consumidores se assemelham quando estão comprando outros tipos de produtos? Quando chegou a hora de comprar um bem durável caro um carro mais esportivo, algo com o qual teria de conviver por quatro ou cinco anos, o sr. Verde efetuou a compra em duas horas, voltando para casa com o carro na mesma manhã. A sra. Azul fez um test-drive com cinco modelos diferentes e 15

4 MARKETING CRONOMETRADO esperou seis meses até que a combinação correta de cor e acessórios opcionais estivesse disponível. As hipotéticas famílias Azul e Verde são modelos de comportamento do consumidor contemporâneo, mas estes são bastante vagos. Multiplique o número de modelos comportamentais exibidos pela sra. Azul e pelo sr. Verde pelos cerca de 100 milhões de lares americanos e você se confrontará com o desafio de marketing enfrentado por todas as empresas do país. O modelo que mais importa hoje não é mensurado por estatísticas de renda, nível de escolaridade ou filiação partidária. É medido pelo relógio. Apesar dos milhares de avanços tecnológicos feitos, dos códigos de barras ao telemarketing, à mala direta, à TV a cabo de 500 canais, ao acesso à internet de banda larga, os quais, supunha-se, mudariam a maneira como os negócios são feitos, a constante mais importante do marketing não se modificou desde que a des coberta do fogo permitiu que os humanos ficassem acordados após o pôr do sol. O número de horas que uma pessoa teoricamente consegue passar no comércio não sofreu mudança significativa desde então, e a quantidade de horas que ela realmente passa comprando algo aumentou muito pouco desde a invenção da televisão. O que de fato mudou, é claro, foi o número de mensagens que competem por essas horas... e a maneira como essas horas são controladas hoje. Os consumi - dores não gastam mais tempo do que seus avós gastavam numa fila para examinar um produto, mas eles têm muito mais filas de produtos para examinar. Então, se uma fila não está andando na velocidade que eles querem, eles imediata mente passam para outra. Os profissionais de marketing que quiserem ter sucesso hoje devem oferecer a seus consumidores mais do que os tradicionais quatro Ps (produto, preço, pro - moção e praça); eles têm de reduzir o tamanho da fila de espera para penetrarem na mente de um cliente potencial. Se quiserem convencer o sr. Verde a fazer uma reserva em seu hotel, eles precisam começar a fazer isso semanas, meses às vezes anos antes que o sr. Verde esteja pronto para decidir. Se quiserem alugar um carro para a sra. Azul, não podem desperdiçar um segundo do tempo dela. Se quiserem obter êxito em qualquer esforço de marketing, eles têm de furar a fila no exato lugar em que se encontram seus clientes, e no mesmo momento que eles. Devem ter certeza de que podem fornecer o que seus clientes desejam antes que eles deem uma olhada em seus relógios metafóricos e decidam não comprar ou o que é 16

5 O PROBLEMA pior ir para a fila da concorrência. Eles devem cronometrar suas mensagens de vendas para que elas não sejam mais extensas que a quantidade de tempo que os compradores reservaram para escutá-las. Deter esse consumidor exatamente no momento certo exige um conjunto de disciplinas que chamamos de marketing cronometrado. UMA PROMESSA Milhares de gurus de marketing, e Philip Kotler em especial, têm nos lembrado que uma marca é, em sua essência, uma promessa. Acreditamos que um livro também é. A promessa deste livro que você tem nas mãos é que ele mostrará como analisar, avaliar e explorar o tempo (que é o recurso mais importante de todo comprador); como medir a quantidade de tempo que seu consumidor gastará buscando seu produto ou serviço... e como ter certeza absoluta de que seu produto ou serviço está próximo ao início da fila do seu cliente: aquela fila de opções de compra que fica mais comprida para os consumidores a cada ano. Ninguém duvida de que o poder das marcas está em forte declínio. A proporção do público comprador que tenta se ater a marcas muito conhecidas caiu quase 25% entre 1975 e A quantidade de consumidores que passam a vida dirigindo sedãs da Chevrolet, comprando televisores da Sony, bebendo Coca-Cola e usando jeans Levi s diminui a cada dia. A razão mais provável para esse declínio no poder das marcas é a combinação entre o número crescente de opções para o consumidor e a quantidade crescente de informações sobre elas. O tempo de compra disponível para escolher entre essas opções continua o mesmo, é claro. Além disso, não estamos apenas falando de escolher entre duas marcas semelhantes. O supermercado americano típico dos dias de hoje contém mais de 30 mil produtos diferentes; uma única loja da rede de livrarias Barnes & Noble pode comportar até 90 mil títulos, e o site da rede comporta mais de 1 milhão.* * Como parte da pesquisa para seu livro A cauda longa, o jornalista Chris Anderson relatou um levantamento de 1,2 milhão de títulos publicados, dos quais mais de 3/4 venderam menos de cem exemplares num dado ano. 17

6 MARKETING CRONOMETRADO Os consumidores precisam de muita ajuda para peneirar esse número de opções sem precedentes, e os anunciantes têm ajudado: em 1985, o consumidor típico recebia em torno de 650 mensagens de marketing por dia; hoje, estima-se que esse número seja maior que 3 mil. 2 A consequência desse excesso de mensagens era pre - vi sível: a fragmentação da atenção. Em 1980, um único anúncio de televisão de 30 segundos fora do horário de pico podia alcançar quase 80% do público-alvo daquele produto; com a média dos assinantes de TV a cabo agora dividida entre dez vezes o número de canais, hoje podem ser necessárias centenas de anúncios em horário nobre para se atingir a mesma audiência... se é que ela pode ser alcançada. 3 Estamos completamente convencidos de que o número avassalador de opções disponíveis ao cidadão americano do século XXI tem complicado a tarefa do marketing, principalmente porque as horas diárias disponíveis para fazer essas escolhas só diminuíram desde a época em que os catálogos da Sears, Roebuck e da Montgomery Ward representavam o que havia de mais moderno em termos de opções de compras. Os acadêmicos de Adam Smith, no século XVIII, a Theodore Levitt, no século XXI têm debatido se a prioridade para o marketing está no produto ou no comprador. Acreditamos, porém, que: (a) os consumidores têm um comporta - mento diferente dependendo do produto que estejam buscando e da ocasião em que o estejam buscando; e (b) todo produto e/ou ocasião tem compradores cujos modelos de comportamento cujos cronômetros ocupam cada ponto diferente ao longo de uma série contínua. Em razão de uma perversidade da era da internet, a informação é tão onipre - sente que alavancá-la para criar um cliente leal está se tornando mais caro a cada dia. Nunca antes na história das empresas a posse do tempo de um consumidor foi tão valiosa, como também nunca foi tão perigoso renunciar a isso. Não era assim que deveria acontecer. A economia básica da oferta e da deman - da nos ensina que, à medida que a oferta de qualquer mercadoria aumenta, seu preço cai. Até mesmo a economia não tão básica ensina que, embora a deman da por algumas mercadorias seja mais elástica do que por outras, nada deve se tornar mais caro quando se torna mais disponível e mais fácil de comprar. Durante os últimos vinte anos, as informações sobre o preço de qualquer produto, suas características e sua disponibilidade não só explodiram, mas sua aquisição se tornou mais fácil que nunca. Qualquer indivíduo americano com uma conexão à 18

7 O PROBLEMA internet 4 e são 147 milhões de americanos adultos, quase 85 milhões com acesso à internet de banda larga pode, com uma dúzia de cliques, encontrar o preço e as características de violinos, sofás-camas, brinquedos, utensílios de cozinha e de milhares de outros produtos. São capazes de encontrar avaliações (relativa mente) imparciais, comparações de preço, informação sobre envio... até mesmo avaliações de companhias que vendem os produtos, com comentários de clientes satisfeitos e insatisfeitos. Podem ler análises de novos automóveis, obter preços vantajosos para carros usados e ter acesso aos resultados dos testes de colisão do governo americano, bem como aos cálculos de quilometragem de ambos. Em uma hora, uma mulher da Califórnia pode encontrar uma peça de reposição para um automóvel modelo MG 1964 à venda em Minnesota, comprá-la em um minuto e receber em sua casa no prazo de um dia. Os consumidores nunca tiveram tanta informação para tomar uma decisão de compra quanto agora. As suposições humanas sobre tendências costumam ser lineares: se um pouco é bom, mais deve ser melhor, e um gráfico exibindo a disponibilidade de informa - ção e seu custo deveria, naturalmente, ser uma linha reta, como mostra a Figura 1.1. INFORMAÇÃO: Suposição linear de custo versus disponibilidade À medida que a quantidade de informação aumenta, o custo por unidade de informação cai... infinitamente. Custo A promessa Há tanta informação disponível, que é quase GRÁTIS. Disponibilidade de informação FIGURA 1.1 Na verdade, porém, esse gráfico apresenta a forma hiperbólica em formato de de U, como na Figura

8 MARKETING CRONOMETRADO INFORMAÇÃO: Realidade hiperbólica de custo versus disponibilidade À medida que a quantidade de informação aumenta, o custo por unidade de informação UTILIZÁVEL aumenta. Custo O problema Há tanta informação disponível, que ela é quase GRÁTIS, mas selecioná-la e usá-la CUSTA MUITO TEMPO. Disponibilidade de informação FIGURA 1.2 À medida que fica mais fácil encontrar informação, seu custo diminui... por um tempo. Em determinado momento, no entanto, a quantidade de dados que precisam ser analisados se torna avassaladora. Como no mundo on-line o maior custo de aqui sição de informação é o tempo, e mais informação significa mais gasto de tempo, o custo da informação aumenta. Para manter o custo da informação sob controle, os consumidores do seu produto ou do seu serviço (carros, seguro, quartos de hotel, romances de mistério ou atum em lata) aplicam regras (a palavra pomposa é algoritmos). Às vezes, os consumidores simplesmente descobrem essas regras; outras vezes, eles (ou aqueles que influenciam sua escolha) as inventam: o famoso sistema de 100 pontos para a classificação de vinhos criado por Robert Parker é um exemplo disso. E, às vezes, elas são criadas por vende dores, como acontece com as classificações de filmes feitas pela Motion Picture Association, a associação que representa os seis maiores estúdios dos Estados Unidos. Essas regras são bastante úteis. Na realidade, normalmente refere-se a elas como elementos poupadores de tempo. Agora imagine como seria se o uso da regra o uso do poupador de tempo fosse ele próprio uma experiência agradável? Em 1961, George Stigler, um economista da Universidade de Chicago que mais tarde veio a ganhar o prêmio Nobel, escreveu um artigo no qual traçava uma famosa distinção entre os dois tipos de consumidores: os pesquisadores e os não 20

9 O PROBLEMA pesqui sadores aqueles que tentam achar o melhor vendedor (ou comprador), e os que não o fazem. Nas palavras de Stigler, o custo de pesquisa para um consumi - dor pode ser tomado como aproximadamente proporcional ao número de vende - dores abor dados, já que o custo principal é o tempo... A assimilação da informação não é tarefa fácil nem agradável para a maioria das pessoas, e elas podem muito bem estar dispostas a pagar mais pela informação quando ela é fornecida de forma agradável. 5 (Grifo nosso.) Óbvio em retrospecto, poderoso na aplicação, o artigo de Stigler estabeleceu as bases para uma empresa familiar acadêmica que passou décadas calculando a importância do comportamento de busca. O sucesso merecidamente celebrado do mecanismo de busca on-line conhecido como Google é apenas o comentário a mais, recente na percepção de Stigler: ao relacionar anúncios relevantes aos termos de busca, o Google não apenas agrega valor aos seus usuários na forma de tempo de compra poupado e cobra dos anunciantes com base no número de vezes que o anúncio é visto (nada de novo aqui; as revistas cobravam um percentual para cartões de assinatura e outros anúncios há trinta anos), mas, na verdade, ele criou um mercado nas próprias palavras-chave, para as quais os anunciantes fazem ofertas de forma ativa. Aparentemente, cada pessoa atribui um valor diferente à busca pela informação antes de comprar... é o que as pessoas comuns chamam de ir às compras. Algumas delas gostam de ir às compras o tempo todo; todo mundo gosta de ir às compras por algum tempo. Às vezes, ir às compras buscar a informação leva poucos minutos e, ainda assim, é tempo demais; às vezes, ir às compras leva meses, e o comprador fica triste quando esse período termina. Em mais de 25 anos ajudando clientes a convencerem consumidores a comprar de tudo, de frutas exóticas vindas da Ásia a fundos de investimento e peças de automóvel, nós aprendemos a aplicar os insights de Stigler e das dezenas de gurus de marketing que trilharam seu caminho. O CUSTO DO TEMPO Há vinte anos, o teórico de gestão empresarial Michael Porter descreveu o fenômeno de forma mais elegante, ao observar que uma das duas maneiras por 21

10 MARKETING CRONOMETRADO meio das quais as empresas criam valor para os compradores é diminuindo o custo do comprador, 6 e um desses custos é sempre a quantidade de tempo que se investe para ir às compras. Fornecer a maior persuasão na menor quantidade de tempo possível sinais efetivos de valor do produto (marcas, características de design, texturas etc.), como uma placa Sub-Zero numa geladeira de US$ 10 mil é tão importante que, como explica Porter: Uma empresa que oferece apenas produtos de valor mais baixo, mas os sinaliza de forma mais eficaz, pode cobrar um preço mais alto que uma empresa que oferece produtos de valor mais elevado, mas os sinaliza mal. 7 Armen Alchian e William Allen propuseram que, à medida que os consumido - res absorvem custos fixos mais altos, eles estão mais dispostos a escolher produtos mais caros. O exemplo original, que passou a ser conhecido como a Teoria de Alchian-Allen, supunha que, como custa o mesmo transportar tanto uvas-padrão quanto uvas selecionadas da Califórnia para Nova York, o diferencial de preço de 100% se reduziria ao ponto que relativamente mais uvas selecionadas seriam com - pradas em Nova York que na Califórnia, embora o preço absoluto fosse mais alto. As pesquisas demonstram de forma consistente que é assim que ocorre. O custo, como no custo de fabricação, é apenas parte do preço ou o custo total da entrega. O impacto da proximidade, a frequência de compra, a familiaridade, a exclusivi - dade e, mais importante, o tempo, devem ser considerados pelos consumidores. Como reforço para a proposição básica do marketing cronometrado que a maneira como o tempo gasto em compras é percebido é a variável-chave que impulsiona o volume de vendas e as margens de lucro, é importante lembrar que a proposição geral funciona ao contrário. Os viajantes que voam de Seattle, na costa oeste dos Estados Unidos, para a Disney World, em Orlando, na costa leste, por exemplo, tendem a demonstrar menos resistência ao preço das guloseimas à venda na Disney World do que os viajantes que partem de Miami ou Atlanta. Gastar mais tempo diminui a resistência aos produtos de preços mais altos e mudar os recursos de marketing de uma área onde os consumidores passam menos tempo comprando para uma em que eles têm probabilidade de gastar mais pode ter um impacto enorme nas margens de lucro. O que aprendemos, e vamos explicar nas páginas e nos capítulos a seguir, é que tempo não é dinheiro; é muito mais importante do que isso. 22

Aviso Legal...6. Sobre o autor... 7. Prefácio... 8. 1. Empreendimento Online Por Que Criar Um?... 11. 2. Importação Seus Mistérios...

Aviso Legal...6. Sobre o autor... 7. Prefácio... 8. 1. Empreendimento Online Por Que Criar Um?... 11. 2. Importação Seus Mistérios... Conteúdo Aviso Legal...6 Sobre o autor... 7 Prefácio... 8 1. Empreendimento Online Por Que Criar Um?... 11 2. Importação Seus Mistérios... 14 2.1 Importar é Legal?... 15 2.2 Por Que Importar?... 15 2.3

Leia mais

Este documento provê informação atualizada, e simples de entender, para o empreendedor que precisa iniciar ou avaliar suas operações online.

Este documento provê informação atualizada, e simples de entender, para o empreendedor que precisa iniciar ou avaliar suas operações online. Os segredos dos negócios online A Internet comercial está no Brasil há menos de 14 anos. É muito pouco tempo. Nesses poucos anos ela já mudou nossas vidas de muitas maneiras. Do programa de televisão que

Leia mais

O ABC do Programa de Fidelização

O ABC do Programa de Fidelização O ABC do Programa de Fidelização COMO E POR QUÊ RETER CLIENTES? Diagnóstico As empresas costumam fazer um grande esforço comercial para atrair novos clientes. Isso implica Investir um alto orçamento em

Leia mais

Ficha Técnica 2015 Mania de Empreender Informações e Contatos

Ficha Técnica 2015 Mania de Empreender Informações e Contatos FORMAR SEU PREÇO Ficha Técnica 2015 Mania de Empreender TODOS OS DIREITOS RESERVADOS Não é permitida a reprodução total ou parcial de qualquer forma ou por qualquer meio. Informações e Contatos Mania de

Leia mais

Metodologia. Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online.

Metodologia. Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online. Assunto E-commerce Metodologia Entrevistas com amostra de usuárias brasileiras de internet via questionário online. Quantidade de entrevistas realizadas: 1.652 mulheres Perfil: 18 a 50 anos Mercado: Brasil

Leia mais

Crie seu mecanismo de engajamento: parte 2. David Mogensen. Novembro 2013

Crie seu mecanismo de engajamento: parte 2. David Mogensen. Novembro 2013 Crie seu mecanismo de engajamento: ESCRITO POR David Mogensen PUBLICADO Novembro 2013 parte 2 O RESUMO A jornada de decisão do consumidor já foi uma linha reta, mas agora é um caminho circular e em desenvolvimento.

Leia mais

INTERNET. Como vender mais. Capítulo 1. pela. Aprenda a atingir o potencial máximo de sua loja online

INTERNET. Como vender mais. Capítulo 1. pela. Aprenda a atingir o potencial máximo de sua loja online Como vender mais pela INTERNET Capítulo 1 Aprenda a atingir o potencial máximo de sua loja online Índice Introdução 1/ Encontre um Nicho 2/ Crie e Otimize Seu E-Commerce 3/ Seja Encontrado 4/ Atendimento

Leia mais

- GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins

- GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins - GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins Planeta Contábil 2008 Todos os Direitos Reservados (www.planetacontabil.com.br) 1/5 Lucros Bons e Lucros Ruins Podemos pensar que lucrar é sempre bom,

Leia mais

Paradigmas e paradoxos da sociedade da informação

Paradigmas e paradoxos da sociedade da informação Paradigmas e paradoxos da sociedade da informação As mudanças DebatePapo Mídia Dalton Pastore - ABAP Caio Barsotti - SECOM José Alves - IVC Orlando Lopes - ABA Impacto da Tecnologia Individualização Acesso

Leia mais

7 PASSOS PARA RESERVAR O HOTEL PERFEITO

7 PASSOS PARA RESERVAR O HOTEL PERFEITO Olá! Queremos deixar aqui o nosso MUITO OBRIGADO! Sim, porque se você está com este e-book em mãos é porque se cadastrou na nossa newsletter e para nós o seu interesse no nosso trabalho é a melhor motivação

Leia mais

Financiando meus sonhos

Financiando meus sonhos Financiando meus sonhos O futuro pertence a quem crê na beleza de seus sonhos. Eleanor Roosevelt, Ex-Primeira Dama Q uando você sonha acordado com o futuro, que tipo de trabalho pensa que pode ter? Os

Leia mais

12 dicas para baixar o preço do seguro do carro

12 dicas para baixar o preço do seguro do carro 12 dicas para baixar o preço do seguro do carro Especialistas ensinam a pagar mais barato sem assumir riscos demais cortando coberturas necessárias Carros antigos: seguros mais caros devido aos custos

Leia mais

manual básico de mídia

manual básico de mídia manual básico de mídia Manual Básico de Mídia 1 2 Manual Básico de Mídia 2015 Índice_ 01. Amostra...4 02. Público-alvo...6 03. Audiência de TV...8 04. GRP...12 05. Alcance e frequência...14 06. Custo por

Leia mais

A confluência dos vídeos e a Internet

A confluência dos vídeos e a Internet WHITEPAPER A confluência dos vídeos e a Internet Por que sua empresa deveria investir em vídeos em 2013 e como a Construção Civil pode utilizar os vídeos como diferencial competitivo. 1 Saiba como os vídeos

Leia mais

Índice. Informações sobre conteúdo do site...04

Índice. Informações sobre conteúdo do site...04 Índice Informações sobre conteúdo do site...04 Como usar o site...05 Conhecendo o site... 06 Conectando ao site...10 Resumo de suas reservas...11 Iniciando a pesquisa...12 Como fazer reserva de hotel Definindo

Leia mais

MIDIA KIT. Aqui você fica atualizado. www.noticiasdealagoinhas.com.br

MIDIA KIT. Aqui você fica atualizado. www.noticiasdealagoinhas.com.br MIDIA KIT Aqui você fica atualizado. www.noticiasdealagoinhas.com.br Sobre nosso site O Notícias de Alagoinhas hoje é o portal mais completo da cidade. Somos um Canal de comunicação online que integra

Leia mais

GANHE DINHEIRO FACIL GASTANDO APENAS ALGUMAS HORAS POR DIA

GANHE DINHEIRO FACIL GASTANDO APENAS ALGUMAS HORAS POR DIA GANHE DINHEIRO FACIL GASTANDO APENAS ALGUMAS HORAS POR DIA Você deve ter em mente que este tutorial não vai te gerar dinheiro apenas por você estar lendo, o que você deve fazer e seguir todos os passos

Leia mais

GUIa Prático para enfrentar a concorrência no e-commerce

GUIa Prático para enfrentar a concorrência no e-commerce GUIa Prático para enfrentar a concorrência no e-commerce Você é do tipo que quer arrancar os cabelos toda vez que um concorrente diminui o preço? Então você precisa ler este guia rápido agora mesmo. Aqui

Leia mais

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA?

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA? MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA? Que nome estranho! O que é isso? Essa expressão, Margem de Contribuição, pode soar estranha aos ouvidos, mas entender o que significa ajudará muito

Leia mais

Como lutar em uma guerra de preços

Como lutar em uma guerra de preços Como lutar em uma guerra de preços Juliana Kircher Macroplan Prospectiva, Estratégia e Gestão Julho de 2006 Guerras de preços já são fatos concretos que ocorrem frequentemente em todos os mercados, seja

Leia mais

PLANEJAMENTO FINANCEIRO PESSOAL O GUIA PARA COMEÇAR A TER SUCESSO NAS FINANÇAS

PLANEJAMENTO FINANCEIRO PESSOAL O GUIA PARA COMEÇAR A TER SUCESSO NAS FINANÇAS PLANEJAMENTO FINANCEIRO PESSOAL O GUIA PARA COMEÇAR A TER SUCESSO NAS FINANÇAS SUMÁRIO INTRODUÇÃO 03 CONTROLE DE CONTAS 04 ENTENDER E CONTROLAR AS DESPESAS FIXAS E VARIÁVEIS 05 DEFINIR PRIORIDADES 07 IDENTIFICAR

Leia mais

COMO VIAJAR BARATO EM 7 SIMPLES PASSOS O Seu guia definitivo para viajar pelo mundo sem gastar uma fortuna.

COMO VIAJAR BARATO EM 7 SIMPLES PASSOS O Seu guia definitivo para viajar pelo mundo sem gastar uma fortuna. COMO VIAJAR BARATO EM 7 SIMPLES PASSOS O Seu guia definitivo para viajar pelo mundo sem gastar uma fortuna. aprendaaviajarbarato.com.br ALINE BALTAZAR 1 Don t let your dreams be dreams... Jack Johnson

Leia mais

Inovação & Criatividade

Inovação & Criatividade PORTFÓLIO DE TREINAMENTOS O cursos, treinamentos e palestras da KaminskiAvalca Consultoria Empresarial possuem índice de satisfação superior a 95%. Realizados de forma dinâmica e prática, buscam utilizar

Leia mais

Como escrever um estudo de caso que é um estudo de caso? Um estudo so é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a

Como escrever um estudo de caso que é um estudo de caso? Um estudo so é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a Página 1 1 Como escrever um Estudo de Caso O que é um estudo de caso? Um estudo de caso é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a lembre-se de escrever um estudo de caso é que o caso

Leia mais

Fundamentos e procedimentos para uma análise de mercado na elaboração de projetos de investimentos Parte I

Fundamentos e procedimentos para uma análise de mercado na elaboração de projetos de investimentos Parte I Fundamentos e procedimentos para uma análise de mercado na elaboração de projetos de investimentos Parte I! Como fazer a análise de mercado?! Qual a diferença entre análise de mercado e análise da indústria?!

Leia mais

Tire suas dúvidas sobre os leitores digitais

Tire suas dúvidas sobre os leitores digitais Tire suas dúvidas sobre os leitores digitais Amazon anuncia lançamento do Kindle no Brasil por cerca de R$ 1 mil. G1 lista o que você precisa saber antes de comprar esse tipo de eletrônico. Juliana Carpanez

Leia mais

ÍNDICE. Introdução. Os 7 Segredos. Como ser um milionário? Porque eu não sou milionário? Conclusão. \\ 07 Segredos Milionários

ÍNDICE. Introdução. Os 7 Segredos. Como ser um milionário? Porque eu não sou milionário? Conclusão. \\ 07 Segredos Milionários ÍNDICE Introdução Os 7 Segredos Como ser um milionário? Porque eu não sou milionário? Conclusão 3 4 6 11 12 INTRODUÇÃO IMPORTANTE Neste e-book você terá uma rápida introdução sobre as chaves que movem

Leia mais

Princípios e Conceitos de Marketing. Prof. Felipe A. Pires

Princípios e Conceitos de Marketing. Prof. Felipe A. Pires Princípios e Conceitos de Marketing Prof. Felipe A. Pires O que é Marketing? É a execução de um conjunto de atividades comerciais, tendo como objetivo final a troca de produtos ou serviços entre produtores

Leia mais

Como usar perguntas filtro em pesquisas online

Como usar perguntas filtro em pesquisas online Como usar perguntas filtro em pesquisas online Muitas vezes precisamos fazer uma pesquisa em um grupo de indivíduos caracterizados por algum traço comum: que sejam consumidores de um determinado produto,

Leia mais

1 Onde estou e aonde quero chegar

1 Onde estou e aonde quero chegar Seu futuro é agora O Programa RENDA MAIS da Fundação Atlântico tem como objetivo fomentar o conhecimento sobre educação financeira e previdenciária junto aos seus Participantes. No módulo de Educação Financeira

Leia mais

Como criar um clube de vantagens em sua empresa

Como criar um clube de vantagens em sua empresa Como criar um clube de vantagens em sua empresa Uma publicação Introdução Atrair e reter bons funcionários no mundo competitivo atual é cada vez mais difícil e caro. Por este motivo, torna-se muito importante

Leia mais

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça?

Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Você Gostaria Que Eu Lhe Desse Um Plano, Para ATRAIR 3 Ou 4 Vezes Mais Clientes Para O Seu Negócio, De Graça? Caro amigo (a) Se sua empresa está sofrendo com a falta de clientes dispostos a comprar os

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2013 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 26 % da

Leia mais

www.trabalhandoonline.net 4 Técnicas para Ganhar Dinheiro Online. 1

www.trabalhandoonline.net 4 Técnicas para Ganhar Dinheiro Online. 1 www.trabalhandoonline.net 4 Técnicas para Ganhar Dinheiro Online. 1 Produção Este E-book é Produzido por www.trabalhandoonline.net Visite o site e conheça várias outras Dicas GRÁTIS para Ganhar Dinheiro

Leia mais

Cliocar Acessórios: A construção de um negócio. A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso.

Cliocar Acessórios: A construção de um negócio. A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso. Cliocar Acessórios: A construção de um negócio A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso. 2 Conteúdo Resumo executivo... 2 Conhecendo o mercado... 2 Loja

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2012 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 14% da população,

Leia mais

FUNDAMENTOS DE MARKETING

FUNDAMENTOS DE MARKETING FUNDAMENTOS DE MARKETING Há quatro ferramentas ou elementos primários no composto de marketing: produto, preço, (ponto de) distribuição e promoção. Esses elementos, chamados de 4Ps, devem ser combinados

Leia mais

Nos últimos anos o mercado brasileiro de imóveis vivenciou um crescimento inacreditável, o lançamento de novas unidades mais a valorização de imóveis

Nos últimos anos o mercado brasileiro de imóveis vivenciou um crescimento inacreditável, o lançamento de novas unidades mais a valorização de imóveis Nos últimos anos o mercado brasileiro de imóveis vivenciou um crescimento inacreditável, o lançamento de novas unidades mais a valorização de imóveis usados, além do crescimento de renda da população e

Leia mais

4 Passos Para Criar Um Ebook Lucrativo Em Menos de 30 Dias

4 Passos Para Criar Um Ebook Lucrativo Em Menos de 30 Dias 4 Passos Para Criar Um Ebook Lucrativo Em Menos de 30 Dias Copyright 2014 por Mindbank Publicado por: Mindbank Autor: Matheus Beirão Primeira edição: Maio de 2014 Todos os direitos reservados. Nenhuma

Leia mais

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo IV

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo IV Mark Ford 11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo IV Capítulo Quatro O Guia Definitivo para enfrentar suas Dívidas Em algum nível, mesmo que rudimentar, todos sabemos que o endividamento é perigoso.

Leia mais

ESTUDO DE CASO Circuit City: Vendendo carros como quem vende aparelhos estéreo

ESTUDO DE CASO Circuit City: Vendendo carros como quem vende aparelhos estéreo ESTUDO DE CASO Circuit City: Vendendo carros como quem vende aparelhos estéreo Um tormento! Comprar um carro usado. É só mencionar o assunto e qualquer um que já tenha passado por essa experiência provavelmente

Leia mais

PARANÁ GOVERNO DO ESTADO

PARANÁ GOVERNO DO ESTADO PARANÁ GOVERNO DO ESTADO COLÉGIO ESTADUAL DE PARANAVAÍ ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO, NORMAL E PROFISSIONAL CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA DISCIPLINA: INTERNET E PROGRAMAÇÃO WEB 1º MÓDULO SUBSEQUENTE MECANISMOS

Leia mais

A busca pela retenção do valor Por Vitor Hugo De Castro Cunha

A busca pela retenção do valor Por Vitor Hugo De Castro Cunha A busca pela retenção do valor Por Vitor Hugo De Castro Cunha Diversos fatores influenciam na percepção de valor para o cliente ou mercado, dependendo do tipo de produto. Para alguns produtos a confiabilidade

Leia mais

Preciso anunciar mais...

Preciso anunciar mais... Na maioria dos projetos que participamos, temos certeza de que quando o empreendedor inicia um trabalho de CRM, ele busca sempre é por uma vantagem competitiva: uma equipe de vendas mais eficiente, processos

Leia mais

Problemas de incentivo: Depende da experiência de especialistas (artistas) É difícil fazer contratos que alinhem incentivos

Problemas de incentivo: Depende da experiência de especialistas (artistas) É difícil fazer contratos que alinhem incentivos Propaganda Desafios É difícil medir a resposta à propaganda A demanda é afetada pela concorrência e pelas decisões relativas ao composto de marketing A resposta pode não ocorrer imediatamente Problemas

Leia mais

UNIDADE IV AUTO RESPONDER

UNIDADE IV AUTO RESPONDER UNIDADE IV AUTO RESPONDER Vamos agora entrar num dos pontos mais importantes do e-mail marketing. O serviço de auto responder. O QUE É O AUTO RESPONDER? Esse serviço muda de nome dependendo da ferramenta

Leia mais

Capítulo 1 Por que Google Marketing?

Capítulo 1 Por que Google Marketing? Capítulo 1 Por que Google Marketing? O Google modificou substancialmente a maneira como o mercado lida com a informação e informação, na nossa sociedade pós terceira onda, é tudo. Do dinheiro ao eletrodoméstico,

Leia mais

Como sua empresa pode

Como sua empresa pode Como sua empresa pode [ O guia de segmentação por IP ] Tecnologia de Inteligência de IP e de geolocalização O método de encontrar a localização física e geográfica de um usuário com base unicamente em

Leia mais

DICA 1. VENDA MAIS ACESSÓRIOS

DICA 1. VENDA MAIS ACESSÓRIOS DICA 1. VENDA MAIS ACESSÓRIOS Uma empresa sem vendas simplesmente não existe, e se você quer ter sucesso com uma loja você deve obrigatoriamente focar nas vendas. Pensando nisso começo este material com

Leia mais

200 Opportunities to Discover PORTUGUESE. www.second-language-now.com

200 Opportunities to Discover PORTUGUESE. www.second-language-now.com BASIC QUESTIONS 200 Opportunities to Discover PORTUGUESE Basic Questions - Portuguese TABLE OF CONTENTS 1. SABE?...3 2. COMO?...4 3. QUANTO TEMPO?...5 4. QUANTOS?...6 5. QUANTO?...7 6. COM QUE FREQUÊNCIA?...8

Leia mais

MAKING YOUR BUSINESS WALK THE BRAND YOU TALK.

MAKING YOUR BUSINESS WALK THE BRAND YOU TALK. MAKING YOUR BUSINESS WALK THE BRAND YOU TALK. Pesquisa sobre a experiência de compra em lojas de brinquedos Outubro 2012 Amostra 200 homens e mulheres com filhos entre 3 e 11 anos Mais de 51 anos 3% Sexo

Leia mais

Guia Rápido de Viagem

Guia Rápido de Viagem Guia Rápido de Viagem Habilitação para uso no exterior Para aumentar sua segurança, seu cartão tem um bloqueio para uso no exterior. Antes de iniciar sua viagem para destinos internacionais, habilite-o

Leia mais

A Lição de Lynch. O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros

A Lição de Lynch. O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros A Lição de Lynch O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros Por Laura Somoggi, de Marblehead (EUA) É muito provável que o nome Peter Lynch não lhe seja familiar. Ele

Leia mais

Leia os textos e assinale a alternativa correta: 1) O que Ana quer que Pedro faça?

Leia os textos e assinale a alternativa correta: 1) O que Ana quer que Pedro faça? UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL PROGRAMA DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS PLE CERIFICADO INTERNACIONAL DE LÍNGUA PORTUGUESA CILP SIMULADO COMPREENSÃO LEITORA E ASPECTOS LINGUÍSTICOS NÍVEL BÁSICO ESCOLAR A2 Leia os

Leia mais

AS DECISÕES REFERENTES AOS CANAIS DE MARKETING ESTÃO ENTRE AS MAIS CRÍTICAS COM QUE AS GERÊNCIAS PRECISAM LIDAR

AS DECISÕES REFERENTES AOS CANAIS DE MARKETING ESTÃO ENTRE AS MAIS CRÍTICAS COM QUE AS GERÊNCIAS PRECISAM LIDAR KOTLER, 2006 AS DECISÕES REFERENTES AOS CANAIS DE MARKETING ESTÃO ENTRE AS MAIS CRÍTICAS COM QUE AS GERÊNCIAS PRECISAM LIDAR. OS CANAIS AFETAM TODAS AS OUTRAS DECISÕES DE MARKETING Desenhando a estratégia

Leia mais

UNOCHAPECÓ Programação Econômica e Financeira

UNOCHAPECÓ Programação Econômica e Financeira Estruturas de mercado UNOCHAPECÓ Programação Econômica e Financeira Texto para Discussão 1 De acordo com a natureza do mercado em que estão inseridas, as empresas deparam-se com decisões políticas diferentes,

Leia mais

CLIPPING Mídias de Primeiro Foco. Cliente: Fharos Veículo: revista da Farmácia Seção: Artigos Data: Agosto/2008

CLIPPING Mídias de Primeiro Foco. Cliente: Fharos Veículo: revista da Farmácia Seção: Artigos Data: Agosto/2008 CLIPPING Mídias de Primeiro Foco Cliente: Fharos Veículo: revista da Farmácia Seção: Artigos Data: Agosto/2008 2 Cliente: Fharos Veículo: Revista Posto de Observação Data: Agosto/2008 3 4 Cliente: Fharos

Leia mais

Prof. Esp. Lucas Cruz

Prof. Esp. Lucas Cruz Prof. Esp. Lucas Cruz Nota do Professor. Prova 1 - Conteúdo. Prova 2 Livro. Projeto. O que é Marketing O marketing envolve a identificação e a satisfação das necessidades humanas e sociais kotler De

Leia mais

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR INTRODUÇÃO Você está cansado de falsas promessas uma atrás da outra, dizendo

Leia mais

OS ANÚNCIOS DA REDE DE PESQUISA MELHORAM O CONHECIMENTO DA MARCA

OS ANÚNCIOS DA REDE DE PESQUISA MELHORAM O CONHECIMENTO DA MARCA ESCRITO POR Bao Lam Koppel Verma PUBLICADO Junho 2014 OS ANÚNCIOS DA REDE DE PESQUISA MELHORAM O CONHECIMENTO DA MARCA RESUMO E se a publicidade na Rede de Pesquisa pudesse impactar não apenas as taxas

Leia mais

Prof. Dr. João Muccillo Netto

Prof. Dr. João Muccillo Netto Prof. Dr. João Muccillo Netto INTRODUÇÃO 1. Juros Segundo a Teoria Econômica, o homem combina Terra Trabalho Capital Aluguel Salário Juro para produzir os bens de que necessita. Juro é a remuneração do

Leia mais

COMO GERAR MAIS RESULTADO NA INTERNET PARA A VENDA DE VEÍCULOS Congresso Fenauto 2 de setembro de 2015

COMO GERAR MAIS RESULTADO NA INTERNET PARA A VENDA DE VEÍCULOS Congresso Fenauto 2 de setembro de 2015 COMO GERAR MAIS RESULTADO NA INTERNET PARA A VENDA DE VEÍCULOS Congresso Fenauto 2 de setembro de 2015 > O MERCADO AUTOMOTIVO TAMBÉM MONTADORAS VENDO SUAS VENDAS CAIREM 3.500.000 3.000.000 2.500.000 2.000.000

Leia mais

Introdução...3. O que é marca?...4. Marcas x produtos...4. Kotler apresenta cinco níveis para um produto:...5

Introdução...3. O que é marca?...4. Marcas x produtos...4. Kotler apresenta cinco níveis para um produto:...5 Marcas Marcas Introdução...3 O que é marca?...4 Marcas x produtos...4 Kotler apresenta cinco níveis para um produto:...5 Exemplo de diferentes níveis de produto...6 Desafios do branding...8 Conceito de

Leia mais

Estratégias para aumentar a rentabilidade. Indicadores importantes. Controle a produção. Reduza filas. Trabalhe com promoções.

Estratégias para aumentar a rentabilidade. Indicadores importantes. Controle a produção. Reduza filas. Trabalhe com promoções. Uma publicação: Estratégias para aumentar a rentabilidade 04 Indicadores importantes 06 Controle a produção 08 Reduza filas 09 Trabalhe com promoções 10 Conclusões 11 Introdução Dinheiro em caixa. Em qualquer

Leia mais

Introdução à Arte da Ciência da Computação

Introdução à Arte da Ciência da Computação 1 NOME DA AULA Introdução à Arte da Ciência da Computação Tempo de aula: 45 60 minutos Tempo de preparação: 15 minutos Principal objetivo: deixar claro para os alunos o que é a ciência da computação e

Leia mais

As 10 Melhores Dicas de Como Fazer um Planejamento Financeiro Pessoal Poderoso

As 10 Melhores Dicas de Como Fazer um Planejamento Financeiro Pessoal Poderoso As 10 Melhores Dicas de Como Fazer um Planejamento Financeiro Pessoal Poderoso Nesse artigo quero lhe ensinar a fazer um Planejamento Financeiro Pessoal Poderoso. Elaborei 10 dicas para você fazer um excelente

Leia mais

Dica 2 - Tenha todos os dados na frente.

Dica 2 - Tenha todos os dados na frente. Cartões de Negócios Dica 1 - Tenha sempre os seus cartões de negócios. Parece óbvio falar sobre cartões de negócios quando se trata de networking, mas não é. É incrível verificar o elevado número e percentual

Leia mais

Empresário. Você curte moda? Gosta de cozinhar? Não existe sorte nos negócios. Há apenas esforço, determinação, e mais esforço.

Empresário. Você curte moda? Gosta de cozinhar? Não existe sorte nos negócios. Há apenas esforço, determinação, e mais esforço. Empresário Não existe sorte nos negócios. Há apenas esforço, determinação, e mais esforço. Sophie Kinsella, Jornalista Econômica e autora Você curte moda? Gosta de cozinhar? Ou talvez apenas goste de animais?

Leia mais

Estar presente quando seu cliente está buscando seus serviços e produtos é fundamental.

Estar presente quando seu cliente está buscando seus serviços e produtos é fundamental. Estar presente quando seu cliente está buscando seus serviços e produtos é fundamental. Atualmente o meio mais imediato e eficaz, desde que bem configurado e com acompanhamento constante, são as campanhas

Leia mais

Administração Mercadológica I

Administração Mercadológica I Administração Mercadológica I O preço também informa ao mercado o posicionamento de valor pretendido pela empresa para seu produto ou marca. Um produto bem desenvolvido e comercializado pode cobrar um

Leia mais

Crie seu mecanismo de envolvimento: parte 3

Crie seu mecanismo de envolvimento: parte 3 ESCRITO POR David Mogensen PUBLICADO EM Dezembr o 2013 Crie seu mecanismo de envolvimento: parte 3 RESUMO Em um período em que os profissionais de marketing acham que seu trabalho mudou mais em dois anos

Leia mais

Introdução do módulo 7: Faça uma introdução sobre as vantagens e necessidade de se vender Valor e não Preço.

Introdução do módulo 7: Faça uma introdução sobre as vantagens e necessidade de se vender Valor e não Preço. Preparação do Instrutor Trazer para a reunião/encontro de vendas: DVD : Módulo 7 Aparelho de DVD e monitor de TV Flip chart e canetas ( pincel atômico) Canetas/lápis apontados Manuais dos participantes

Leia mais

Como Processos Criam Valor?

Como Processos Criam Valor? Como Processos Criam Valor? Eu comecei este Advisor há um mês. Li um artigo sobre processos e valor que pensei estar inadequado e decidi ver se eu poderia disponibilizar uma descrição mais clara e compreensível.

Leia mais

FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA

FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA Profº Paulo Barreto Paulo.santosi9@aedu.com www.paulobarretoi9consultoria.com.br 1 DO MARKETING À COMUNICAÇÃO Conceitualmente, Marketing é definido por Kotler

Leia mais

Premium até 10 S.M. 180 60 30 20 10 a 20 S.M. 80 40 40 40 20 a 30 S.M. 60 30 60 70 mais de 30 S.M. 40 20 70 160

Premium até 10 S.M. 180 60 30 20 10 a 20 S.M. 80 40 40 40 20 a 30 S.M. 60 30 60 70 mais de 30 S.M. 40 20 70 160 1 MQI 2003 Estatística para Metrologia semestre 2008.01 LISTA DE EXERCÍCIOS # 1 PROBLEMA 1 Uma empresa de TV a cabo toma uma amostra de 1000 clientes, com o objetivo de verificar a relação entre a renda

Leia mais

Como criar um clube de vantagens para seus clientes

Como criar um clube de vantagens para seus clientes Como criar um clube de vantagens para seus clientes Introdução Adquirir clientes no mundo competitivo atual é cada vez mais difícil e caro. Por este motivo, torna-se muito importante ações que fidelize

Leia mais

Glossário. Anúncios no Facebook

Glossário. Anúncios no Facebook Glossário Anúncios no Facebook Ações O número de vezes que as pessoas curtiram sua Página, curtiram publicações em sua Página, comentaram, @ mencionaram, fizeram o check-in em um local, marcaram sua marca

Leia mais

Encontrar o Cliente Certo Maximizar a Internet Fidelizar o Cliente Outras Tendências de Mercado

Encontrar o Cliente Certo Maximizar a Internet Fidelizar o Cliente Outras Tendências de Mercado Tendências de Marketing Modelando o Varejo Automotivo Hoje PROFESSOR TIMOTHY GILBERT MARKETING AUTOMOTIVO NORTHWOOD UNIVERSITY Tendências de Marketing Encontrar o Cliente Certo Maximizar a Internet Fidelizar

Leia mais

Fundamentos de design

Fundamentos de design Fundamentos de design Uma das empresas de comunicação e marketing mais destacadas de Ottawa, Canadá, o gordongroup oferece um design premiado para uma oferta completa de produtos de comunicação de identidades

Leia mais

Diagnosticando os problemas da sua empresa

Diagnosticando os problemas da sua empresa Diagnosticando os problemas da sua empresa O artigo que você vai começar a ler agora é a continuação da matéria de capa da edição de agosto de 2014 da revista VendaMais. O acesso é restrito a assinantes

Leia mais

08 Capital de giro e fluxo de caixa

08 Capital de giro e fluxo de caixa 08 Capital de giro e fluxo de caixa Qual o capital que sua empresa precisa para funcionar antes de receber o pagamento dos clientes? Como calcular os gastos, as entradas de dinheiro, e as variações de

Leia mais

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE.

OS 4 PASSOS ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM HIGHSTAKESLIFESTYLE. OS 4 PASSOS PARA VOCÊ COMEÇAR A VIVER EM ALTA PERFORMANCE A PARTIR DE AGORA HIGHSTAKESLIFESTYLE. Hey :) Gabriel Goffi aqui. Criei esse PDF para você que assistiu e gostou do vídeo ter sempre por perto

Leia mais

Para Entender o Resultado Do Seu Autodiagnóstico: EM QUE CASOS O EMAIL É MAIS RECOMENDADO?

Para Entender o Resultado Do Seu Autodiagnóstico: EM QUE CASOS O EMAIL É MAIS RECOMENDADO? Para Entender o Resultado Do Seu Autodiagnóstico: EM QUE CASOS O EMAIL É MAIS RECOMENDADO? Saber se o email é mais ou menos apropriado para o seu negócio depende do tipo de produto ou serviço que vende,

Leia mais

Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL

Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL INTRODUÇÃO Já imaginou ter acesso a dados e estatísticas do website do concorrente? Com alguns aplicativos e ferramentas, isso já é possível. Com ajuda deles, você

Leia mais

Estudo de Caso 1: Sistema de Controle de Cinema

Estudo de Caso 1: Sistema de Controle de Cinema Estudo de Caso 1: Sistema de Controle de Cinema Desenvolva o diagrama de casos de uso sabendo que: I. Um cinema pode ter muitas salas, sendo necessário, portanto, registrar informações a respeito de cada

Leia mais

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Informática - Básico Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Índice Apresentação...06 Quais são as características do Windows?...07 Instalando o Windows...08 Aspectos Básicos...09 O que há na tela do Windows...10

Leia mais

10 Dicas Matadoras para o Viajante Corporativo. Ou como fazer uma viagem de negócios sem stress (e ainda se divertir!)

10 Dicas Matadoras para o Viajante Corporativo. Ou como fazer uma viagem de negócios sem stress (e ainda se divertir!) 10 Dicas Matadoras para o Viajante Corporativo Ou como fazer uma viagem de negócios sem stress (e ainda se divertir!) Introdução Todos nós adoramos viajar. Praia, fazenda, exterior, shows, etc. É sempre

Leia mais

MARKETING DE PERMISSÃO

MARKETING DE PERMISSÃO Programa de Pós Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento MARKETING DE PERMISSÃO Transformando desconhecidos em amigos e amigos em clientes Seth Godin Disciplina: Sociedade da Informação Alunos:

Leia mais

Há 200 vezes mais probabiblidade de um usuário clicar em um anúncio In-Stream que em um Banner Standard

Há 200 vezes mais probabiblidade de um usuário clicar em um anúncio In-Stream que em um Banner Standard 10 Fatos que você deveria conhecer sobre a publicidade In-Stream A publicidade In-Stream representa uma enorme oportunidade para os publicitários. Na verdade, é um dos segmentos da publicidade online que

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA Autor: Jeferson Correia dos Santos ARTIGO TÉCNICO INOVAÇÃO NA GESTÃO DE PÓS-VENDAS: SETOR AUTOMOTIVO RESUMO A palavra inovação tem sido atualmente umas das mais mencionadas

Leia mais

COMO CONQUISTAR CLIENTES COM APLICATIVOS PARA CELULAR

COMO CONQUISTAR CLIENTES COM APLICATIVOS PARA CELULAR COMO CONQUISTAR CLIENTES COM APLICATIVOS PARA CELULAR CONTEÚDO 1 2 3 4 5 6 Por que as empresas precisam estar conectadas ao mundo mobile Como os aplicativos mobile podem atrair mais clientes. Como os aplicativos

Leia mais

Cover. Guia de Gestão de Contatos para Clínicas. Como converter novos contatos em agendamentos

Cover. Guia de Gestão de Contatos para Clínicas. Como converter novos contatos em agendamentos Cover Aprimorando o Atendimento ao Cliente para melhor Performance em Produtividade e Receita Text Guia de Gestão de Contatos para Clínicas Como converter novos contatos em agendamentos Gestão de contatos

Leia mais

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresas Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Ferramentas e experimentos para conseguir melhores resultados

Leia mais

COMO FICAR NAS PRIMEIRAS POSIÇÕES DO GOOGLE E PAGAR MENOS QUE O CONCORRENTE.

COMO FICAR NAS PRIMEIRAS POSIÇÕES DO GOOGLE E PAGAR MENOS QUE O CONCORRENTE. COMO FICAR NAS PRIMEIRAS POSIÇÕES DO GOOGLE E PAGAR MENOS QUE O CONCORRENTE. e ainda aumentar o numero de cliques em seu anúncio Por Maurício Oliveira www.empreendernaweb.com.br M a u r í c i o O l i v

Leia mais

P A R T E I I A n á l i s e G e r e n c i a l 159

P A R T E I I A n á l i s e G e r e n c i a l 159 P A R T E I I A n á l i s e G e r e n c i a l 159 C A P Í T U L O 1 4 Empresas de serviços Pergunta aos consultores e aposto que, para a maioria, a primeira afirmação do cliente é: Nossa empresa é diferente.

Leia mais

Os Segredos da Internet / John Heine http://www.ganheaki.com

Os Segredos da Internet / John Heine http://www.ganheaki.com John Heine 2011 Acesse para obter mais informações! 1 Distribua livremente Você tem agora permissão para distribuir livremente este e-book, ou seja, você pode estar vendendo, ou distribuindo livremente,

Leia mais