OPERAÇÃO LOGÍSTICA CL PILKINGTON

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "OPERAÇÃO LOGÍSTICA CL PILKINGTON"

Transcrição

1 1. OBJETIVO Estabelecer procedimento padrão, para todos os colaboradores da Irapuru que estão envolvidos na operação logística da Pilkington (OE-Operação Marcopolo) e Pilkington AGR de recebimento, armazenagem e expedição. 2. REGRAS / CONSIDERAÇOES GERAIS Todo serviço logístico, realizado nas dependências da Irapuru deverá ser executado e processado utilizando-se do Sistema de Gerenciamento de Armazém WMS, dos coletores de dados RF radio freqüência e recebimento de dados da requisição e nota fiscal. Devoluções devem ser registradas no Check list de Devolução (RQLOG-18). Referências Normativas: NBR ISO Produção e Fornecimento de Serviços Propriedade do Cliente Preservação do Produto 3. PROCEDIMENTO 3.1 RECEBIMENTO DE MERCADORIA E NOTA FISCAL PARA ARMAZENAGEM Chegada do Caminhão Na chegada ao armazém da Irapuru, o motorista deverá entregar as notas fiscais correspondentes ao setor administrativo da logística e aguardar orientações para estacionar o veículo no recebimento Recebimento da mercadoria Ao receber orientação para descarregar, o operador de empilhadeira deverá iniciar o descarregamento. Sempre manuseando e movimentando o material com cuidado, a fim de preservar as condições e características originais do produto, devendo estar atento para que os pallets sejam colocados uns sobre os outros de maneira a não comprometer a segurança dos colaboradores. O material deve ser segregado em local indicado pelo Encarregado, deixando este a disposição para iniciar o processo de apuração. Emitente: Aprovador: Data: Adair Kayser Supervisor de Logística Fábio Copelli - Gerente de Logística 04/09/2012 Reprodução só é válida com carimbo CÓPIA CONTROLADA autorizado em vermelho Página 1 de 9

2 3.1.3 Recebimento das Notas Fiscais Sistema Receber as notas fiscais do motorista e iniciar processo de lançamento no sistema WMS. A entrada de notas fiscais da Pilkington é feita de forma manual. Cadastro básico / regras de negócios Recebimento de notas fiscais WMS Recebimento fiscal para WMS Selecionar a ultima opção, pressionar F2 e iniciar o lançamento da nota fiscal: Ao verificar os códigos da nota, se algum item não estiver cadastrado, efetuar o cadastro do mesmo no sistema SMK acessando a opção suprimentos: Cadastro básico / regras de negócios Estoque Materiais Selecionar a ultima opção, pressionar F2 e digitar os dados obrigatórios conforme abaixo: Reprodução só é válida com carimbo CÓPIA CONTROLADA autorizado em vermelho Página 2 de 9

3 Acessar: Cadastro básico / regras de negócios Estoque Vínculos estoque Selecionar a ultima opção, pressionar F2 e digitar os campos obrigatórios conforme abaixo: Reprodução só é válida com carimbo CÓPIA CONTROLADA autorizado em vermelho Página 3 de 9

4 Acessar: Cadastro básico / regras de negócios Requisição de entrega - WMS Vinculação materiais x fornecedores Selecionar a ultima opção, pressionar F2 e digitar os campos obrigatórios conforme tela abaixo: Acessar no SMK: Recebimento de notas fiscais WMS Etiqueta interna qtde teórica Selecionar a ultima opção, pressionar F2 e preencher os dados obrigatórios: Reprodução só é válida com carimbo CÓPIA CONTROLADA autorizado em vermelho Página 4 de 9

5 Imprimir as etiquetas de controle Irapuru para cada nota fiscal. Anexar o Espelho da Nota Fiscal com a cópia da mesma Apuração e Conferência da Carga De posse das etiquetas de controle Irapuru, efetuar apuração e conferência do material: 1. Conferir se o número de caixas, ou peças, e etiquetas está de acordo com o Espelho da Nota Fiscal. 2. Conferir o código da etiqueta de controle Irapuru com a identificação da etiqueta da Pilkington na caixa ou peça. 3. Colar as etiquetas de controle Irapuru nas caixas ou peças, confrontando com os códigos das mesmas (vidros). NOTA: Caso encontre material sobrando, faltando ou que não esteja de acordo, comunicar imediatamente o Encarregado para abrir um Relatório de Não conformidade (RNC). Após a apuração e conferência, liberar para endereçamento (guardar). Vistar no carimbo Conferência do Espelho da Nota Fiscal e liberar para efetuar a guarda Armazenamento Separar o material de acordo com o tipo / código do vidro. Levar até o setor, observando o cuidado na hora de empilhar as caixas ou rack s, colocar as peças ou pallets nos box. 3.2 REQUISIÇÕES SISTEMA WMS Ao Receber o da Pilkington com os pedidos ou OF(Ordem de Faturamento) dos pedidos, acessar Suprimentos: Requisição de entregas Requisições de Entrega WMS Selecionar a ultima opção, pressionar F2 e inserir os dados: tipo, centro de custo, conta memo, setor, requisitante, destinatário, transportadora e salvar. Reprodução só é válida com carimbo CÓPIA CONTROLADA autorizado em vermelho Página 5 de 9

6 Na tela seguinte, informar o cadastro, material, tipo de despesa, quantidade requisitada e salvar. Após salvar, clicar na opção aprovação. Se for necessário selecionar um lote especifico, sair da tela, entrar novamente e selecionar a opção rateio. Selecionar o lote, quantidade e salvar. Sair e clicar em aprovação. Acessar a opção: Entrega WMS, opção Atendimento de requisições WMS: Entrega WMS Reprodução só é válida com carimbo CÓPIA CONTROLADA autorizado em vermelho Página 6 de 9

7 Atendimento de Requisições Selecionar a ultima opção, digitar o tipo da requisição e de romaneio, selecionar não agrupa em romaneio pendente e PESQUISA, após seleciona e atende. Acessar: Entrega WMS Romaneio Selecionar a opção romaneio, informar o número da requisição, situação em aberto e pesquisa. Pressionar enter ou clicar em pesquise. Após selecionar o ícone onde aparece o numero do romaneio. Preencher os dados obrigatórios, salvar e aprovar. Imprimir o Boletim de Separação - Romaneio e deixar disponível para o separador. 3.3 SEPARAÇÃO DO ROMANEIO / PEDIDO De posse do Boletim de Separação Romaneio, o auxiliar de logística ou almoxarife vai até o setor onde os vidros estão armazenados e começa a separação de acordo com o romaneio. Reprodução só é válida com carimbo CÓPIA CONTROLADA autorizado em vermelho Página 7 de 9

8 Verificar na requisição o código e quantidade solicitada. Encontrar o código do vidro que está sendo pedido. Separar o produto correspondente, conforme abaixo: 1. Opção 1 Etiqueta Interna. 2. Opção 13 Separação. 3. Colocar no numero 5 Almoxarifado Pilkington ou Almoxarifado Pilkington AGR. 4. Opção 6 Separação Colocar nº Romaneio e começar a leitura. 3.4 MONTAGEM DOS PEDIDOS Montar os pedidos de acordo com cada cliente e tipo de vidro, conferindo conforme Boletim de Separação Romaneio. 3.5 EMISSÃO DAS NOTAS FISCAIS DA As notas fiscais são recebidas via e impressas. Confrontar a nota fiscal com o material solicitado x romaneio de separação de carregamento, havendo divergência, contatar a Pilkington. Após o recebimento das notas, avisar o setor operacional sobre a entrega do produto (para que seja providenciado veículo). 3.6 LIBERAÇÃO DO MATERIAL Após a separação dos vidros, o conferente fará a conferência dos mesmos, utilizando do coletor RD (rádio freqüência) opção Tecla laranja / letra Q / Login, conforme segue: 1. Separar as notas fiscais correspondentes. 2. Identificar os volumes a serem carregados através de etiqueta interna 3. Passar as informações ao responsável pelo carregamento. 4. Liberar as notas fiscais para o setor de expedição. 3.7 EXPEDIÇÃO DO MATERIAL/ CARREGAMENTO 1. Separar as notas correspondentes. 2. Identificar as caixas, paleteiras ou peças a serem carregadas. 3. Com o coletor, na opção de carregamento (número 7), scanear todas as etiquetas de controle Irapuru, ou manualmente através do Romaneio de Carregamento, efetuar a conferencia. Carimbar o Romaneio de Carregamento com a data e hora de saída. Após liberar o romaneio, acessando: Entrega WMS Reprodução só é válida com carimbo CÓPIA CONTROLADA autorizado em vermelho Página 8 de 9

9 Romaneio Inserir o numero do romaneio, pesquisar, acessar e inserir o numero da nota e data de liberação, marca e libera. 3.8 ENCERRAMENTO DO PROCESSO A expedição dos materiais (carregamento físico) se dá através de veículo Irapuru ou através de outra transportadora Veículo Irapuru Em caso de expedição de materiais pela Irapuru, após o carregamento e conferência das notas, enviar a documentação para o setor de expedição. O motorista deverá passar no setor (expedição) e retirar o Relatório de Conhecimentos para Entrega (RE) ou Manifesto de Carga com os seus respectivos CTRC s e DANFE s antes da liberação na portaria. Preencher o romaneio de carregamento com as informações: data do carregamento, hora inicial e hora final, conferente, operador, motorista, placa do veículo Veículo Outra Transportadora Liberar entrada do veículo de outra transportadora na portaria Irapuru. Realizar o carregamento do caminhão. Preencher a data e hora de saída no item nota fiscal no carimbo e solicitar ao motorista a assinatura do Romaneio de Carregamento bem como no canhoto da NFE (assinatura e data). Passar na portaria com as Notas Fiscais para liberação. 4. REGISTRO RQLOG-01 Relatório de Incidente Logístico RIL RQLOG-18 Check List Pilkington Espelho da Nota Fiscal Boletim de Separação - Romaneio Romaneio de Carregamento Relação de Conhecimentos para Entrega (RE) Conhecimento de Transporte Rodoviário de Cargas CTRC Manifesto de Cargas MA CONTROLE DE REVISÕES Revisão Descrição Data 00 Emissão Inicial 19/05/ Revisão adequação ISO 9001: /12/ Revisão geral e alteração na formatação do documento 31/01/ Inclusão da Pilkington AGR. Revisão: Item / / 3.2 / 3.3 / 3.4 / 3.6 /3.7 e registros 25/06/ Revisão do item 3.8., Inclusão de registro Item 4 04/09/2012 Reprodução só é válida com carimbo CÓPIA CONTROLADA autorizado em vermelho Página 9 de 9

OPERAÇÃO LOGÍSTICA GRV SCB NAKATA

OPERAÇÃO LOGÍSTICA GRV SCB NAKATA 1. OBJETIVO Estabelecer procedimento padrão para todos os colaboradores da Irapuru que estão envolvidos na operação logística de recebimento, armazenagem e expedição do fornecedor DANA SCB e DANA NAKATA

Leia mais

OPERAÇÃO LOGÍSTICA CL CLIENTES DIVERSOS

OPERAÇÃO LOGÍSTICA CL CLIENTES DIVERSOS 1. OBJETIVO Estabelecer procedimento padrão para todos os colaboradores da Irapuru que estão envolvidos na operação logística dos de recebimento, armazenagem e expedição. 2. REGRAS/CONSIDERAÇÕES GERAIS

Leia mais

MANIFESTO E EXPEDIÇÃO DE CARGAS (PROCESSO DE EMISSÃO DE CT-e)

MANIFESTO E EXPEDIÇÃO DE CARGAS (PROCESSO DE EMISSÃO DE CT-e) 1. OBJETIVO Padronizar a sistemática de emissão do Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) e Manifesto de Cargas Intermunicipais e Interestaduais da Irapuru. 2. REGRAS / CONSIDERAÇÕES GERAIS É de

Leia mais

OPERAÇÃO LOGÍSTICA GRV SCB NAKATA

OPERAÇÃO LOGÍSTICA GRV SCB NAKATA 1. OBJETIVO Estabelecer procedimento padrão para todos os colaboradores da Irapuru que estão envolvidos na operação logística de recebimento, armazenagem e expedição do fornecedor DANA SCB e DANA NAKATA

Leia mais

Sistema de Devolução Web

Sistema de Devolução Web Manual Sistema de Devolução Web Usuário Cliente ÍNDICE Sumário 1. Prazos...3 2. Solicitação de Devolução... 4 3. Autorização de Devolução... 4 4. Coleta de Mercadoria... 4 5. Acompanhamento da Devolução...

Leia mais

ALMOXARIFADO 1. CONTROLE DE ACESSO AO SISTEMA 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA 3. MENUS DO SISTEMA 4. PADRÕES DE OPERAÇÃO 5.

ALMOXARIFADO 1. CONTROLE DE ACESSO AO SISTEMA 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA 3. MENUS DO SISTEMA 4. PADRÕES DE OPERAÇÃO 5. ALMOXARIFADO 1. CONTROLE DE ACESSO AO SISTEMA 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA 3. MENUS DO SISTEMA 4. PADRÕES DE OPERAÇÃO 5. MENU DE CADASTROS 1. FORNECEDORES 2. ELEMENTOS DE DESPESA 3. GRUPOS 4. PRODUTOS 5. ESTOQUE

Leia mais

NVSABRE - SISTEMA DE INFORMÁTICA LTDA

NVSABRE - SISTEMA DE INFORMÁTICA LTDA Goiânia, 23 de Dezembro de 2011 Bom dia! Aos clientes Sabre, Novos procedimentos após atualização do sistema para versão 2.1.289.12 Será disponibilizada versão 2.1.289.12, nossos colaboradores devem seguir

Leia mais

MÓDULO COMERCIAL. OBJETIVO: Feito para gerenciar entrada e saída de notas, caixa, estoque. SAÍDAS clique na aba que deseja cadastrar ou

MÓDULO COMERCIAL. OBJETIVO: Feito para gerenciar entrada e saída de notas, caixa, estoque. SAÍDAS clique na aba que deseja cadastrar ou MÓDULO COMERCIAL OBJETIVO: Feito para gerenciar entrada e saída de notas, caixa, estoque. SAÍDAS clique na aba que deseja cadastrar ou consultar. Em Devolução de Compras, usado para realizar uma devolução

Leia mais

Resumo para Geração e Emissão da MDF-e (Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais)

Resumo para Geração e Emissão da MDF-e (Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais) Resumo para Geração e Emissão da MDF-e (Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais) Requisito 1 - Ao ver mencionar no sistema VPN as palavras: Romaneio de Transporte Manifesto de Transporte E Manifesto

Leia mais

SISTEMA DE REGISTRO ELETRÔNICO

SISTEMA DE REGISTRO ELETRÔNICO SISTEMA DE REGISTRO ELETRÔNICO Prezados Srs. Transportadores O Sistema de Registro Eletrônico faz parte de um composto ( Averbação Eletrônica + Registro Eletrônico ), que propicia a Transportadora um rápido

Leia mais

MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE LUCAS DO RIO VERDE CONTROLE INTERNO

MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE LUCAS DO RIO VERDE CONTROLE INTERNO 1/5 1) DOS OBJETIVOS: 1.1) Normatizar os procedimentos de entrada e saída de materiais adquiridos pelo Município; 1.2) Garantir recebimento dos materiais no que se refere a quantidade, qualidade e prazo

Leia mais

Recebimento, Armazenagem, Movimentação e Expediçao de Produtos à Granel

Recebimento, Armazenagem, Movimentação e Expediçao de Produtos à Granel Recebimento, Armazenagem, Movimentação e Expediçao de Produtos à Granel Produto : Logix, WMS, 12 Chamado : PCREQ-1926 Data da criação : 03/07/2015 Data da revisão : 24/07/15 País(es) : Todos Banco(s) de

Leia mais

EMPRESA DE SANEAMENTO DE MATO GROSSO DO SUL S.A. SUMÁRIO. Acessar o sistema MICROSIGA... 3. Elaborar Solicitação de Compra... 5

EMPRESA DE SANEAMENTO DE MATO GROSSO DO SUL S.A. SUMÁRIO. Acessar o sistema MICROSIGA... 3. Elaborar Solicitação de Compra... 5 Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul S.A. SANESUL MANUAL OPERACIONAL COMPRAS Gerência de Suprimentos SUP/GESU SUMÁRIO Acessar o sistema MICROSIGA... 3 Elaborar Solicitação de Compra... 5 Gerar Relatório

Leia mais

Será instalados no terminal da loja, o ícone, conforme imagem abaixo: LinxPos Manager

Será instalados no terminal da loja, o ícone, conforme imagem abaixo: LinxPos Manager Será instalados no terminal da loja, o ícone, conforme imagem abaixo: LinxPos Manager O sistema pedirá a senha para entrar. Clicar com o botão esquerdo do mouse no ícone Estoque Entrará na tela de Entrada

Leia mais

INÍCIO. Definição da Operação de Entrada ou Saída. Cadastro do Tipo de Movimento. Gera Financeiro? Vai Contabilizar? Vai ter Centros de Custos?

INÍCIO. Definição da Operação de Entrada ou Saída. Cadastro do Tipo de Movimento. Gera Financeiro? Vai Contabilizar? Vai ter Centros de Custos? INÍCIO Toda Operação a Ser Criada ou Modificada no Atak Precisa Ser Registrada no Suporte do Atak Redmine. Definição da Operação de Entrada ou Saída Cadastro do Tipo de Movimento Contabilidade Cria o Movimento

Leia mais

EMISSÃO E GESTÃO MDFE ITR TR 0306

EMISSÃO E GESTÃO MDFE ITR TR 0306 EMISSÃO E GESTÃO MDFE ITR TR 0306 Sumário 1. O que é MDFe? 2. Quem deve emitir o MDFe? 3. Acesso ao sistema 4. Emissão MDFe 5. Gerenciando MDFe 6. Encerramento 7. Cancelamento 1. O que é MDFe? Manifesto

Leia mais

Manual para Transportadoras

Manual para Transportadoras Índice 1 Objetivo... 3 2 O Projeto e-suprir... 3 3 Introdução... 3 4 Informações Básicas... 4 4.1 Painel de Controle Compras... 4 5 Acessando o Pedido... 5 6 Digitando o Espelho de Nota Fiscal... 7 6.1

Leia mais

1. PRAZOS... 1 2. SOLICITAÇÃO DE DEVOLUÇÃO... 1 3. MOTIVOS DE DEVOLUÇÃO... 2 4. TIPOS DE DEVOLUÇÃO...

1. PRAZOS... 1 2. SOLICITAÇÃO DE DEVOLUÇÃO... 1 3. MOTIVOS DE DEVOLUÇÃO... 2 4. TIPOS DE DEVOLUÇÃO... ÍNDICE 1. PRAZOS... 1 2. SOLICITAÇÃO DE DEVOLUÇÃO... 1 3. MOTIVOS DE DEVOLUÇÃO... 2 4. TIPOS DE DEVOLUÇÃO... 3 4.1. Integral ato da entrega... 3 4.2. Integral pós-recebimento... 3 4.3. Parcial pós-recebimento...

Leia mais

W3SAC Automação Comercial

W3SAC Automação Comercial Automação Comercial Elaborado pela W3 Automação e Sistemas Informação de Propriedade do Grupo Jomóveis Este documento, com todas as informações nele contidas, é confidencial e de propriedade do Grupo Jomóveis,

Leia mais

DECISÃO TÉCNICA DT-124/2007 R-00

DECISÃO TÉCNICA DT-124/2007 R-00 /27 R- RECEBIMENTO, ARMAZENAMENTO, EXPEDIÇÃO E CONTROLE DE MATERIAIS DE ESTOQUE NAS DOCUMENTO NORMATIVO I MAR/27 Í N D I C E 1 OBJETIVO...1 2 DISPOSIÇÕES GERAIS...1 2.1 APLICAÇÃO...1 2.2 RESPONSABILIDADE...1

Leia mais

WMSL Warehouse Management System Lite

WMSL Warehouse Management System Lite WMSL Warehouse Management System Lite Tela Inicial Esta é a tela inicial do sistema WMSL (Warehouse Management System - Lite) da Logistock. Cadastro Administrativo Pesquisa Movimentação Encerrar Cadastro

Leia mais

Remessa Armazenagem. 1 Detalhe do Armazém. 2 Detalhes Vendas

Remessa Armazenagem. 1 Detalhe do Armazém. 2 Detalhes Vendas Remessa Armazenagem Desenvolvimento do processo de Remessa Armazenagem. Este processo consiste em enviar uma carga determinada para um depósito de terceiro e permitir controlar o estoque da mercadoria

Leia mais

SISTEMA DE REQUISIÇÃO ON-LINE

SISTEMA DE REQUISIÇÃO ON-LINE Manual elabora por: Benedito Elias Neto FCL - Araraquara Seção Técnica de Materiais SISTEMA DE REQUISIÇÃO ON-LINE MANUAL DE UTILIZAÇÃO Implantação do Sistema de Requisição ON-LINE (RMS) REQUISIÇÃO DE MATERIAL

Leia mais

COMO EFETUAR UMA VENDA.

COMO EFETUAR UMA VENDA. COMO EFETUAR UMA VENDA. Há duas formas de iniciar o processo para efetuar uma venda: 1. Menu ESTOQUE > SAÍDA MERC/SERVIÇOS ou 2. Clicar no ícone: A seguinte tela será apresentada: Obs.: Por via de regra

Leia mais

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE ❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE a) Checagem de Estoque - Verifique o estoque dos produtos desejados. b) Listar produtos com a quantia de estoque mínimo atingido: ESTOQUE / RELATÓRIO / ALERTA DE COMPRA

Leia mais

Manual NOV - PDV. Versão 1.0

Manual NOV - PDV. Versão 1.0 Manual NOV - PDV Versão 1.0 Sumário 01 Captura de Nota Fiscal...3 02 Remessa de Entrada...6 03 Remessa de Saída......9 04 Pedido Normal...12 05 Pedido Especial...16 06 Nota Fiscal Avulsa...18 07 Controle

Leia mais

Este manual tem como principal finalidade, ajudar os usuários nos cadastros e movimentações do WMS.

Este manual tem como principal finalidade, ajudar os usuários nos cadastros e movimentações do WMS. Página 1 de 40 Descrição Este manual tem como principal finalidade, ajudar os usuários nos cadastros e movimentações do WMS. Relação dos Tópicos a serem vistos neste manual - Faturamento - Cadastro o Contrato

Leia mais

CADASTROS DE VENDAS, PEDIDOS, ORÇAMENTOS OU DEVOLUÇÕES

CADASTROS DE VENDAS, PEDIDOS, ORÇAMENTOS OU DEVOLUÇÕES Vamos detalhar neste tutorial o processamento de lançamento das vendas, pedidos de representantes, orçamentos para clientes e devoluções de mercadorias. No sistema TOPONe todas estas operações podem ser

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços.

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. 1 Apresentação: O Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços ou SIG-ISS é um sistema para gerenciamento do Imposto sobre

Leia mais

Desenvolvido o processo de geração e transmissão do MDFe, tanto para a forma manual quanto para a forma automática (Faturamento Saída e Viagem).

Desenvolvido o processo de geração e transmissão do MDFe, tanto para a forma manual quanto para a forma automática (Faturamento Saída e Viagem). Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais - MDFe Desenvolvido o processo de geração e transmissão do MDFe, tanto para a forma manual quanto para a forma automática (Faturamento Saída e Viagem). 1 Manifesto

Leia mais

Diretor Técnico 01/10/2009 Dr. Jose Carlos dos Santos. Diretor Executivo 01/10/2009

Diretor Técnico 01/10/2009 Dr. Jose Carlos dos Santos. Diretor Executivo 01/10/2009 Versão: 2 Pg: 1/5 ELABORADO POR DE ACORDO APROVADO POR NOME FUNÇÃO ASSINATURA DATA Dr. Ivo Gerente da Fernandes Qualidade 01/10/2009 Dr. Renato de Lacerda Diretor Técnico 01/10/2009 Dr. Jose Carlos dos

Leia mais

ÍNDICE. Operações com o Cartão Ticket Car...

ÍNDICE. Operações com o Cartão Ticket Car... ÍNDICE Operações com o Cartão Ticket Car... POS Ticket Car :... Funções... Mensagens... Terminal TEF: Ticket Car Novo... Funções... Mensagens... Transação de Venda Manual... Procedimento... Obter boleto...

Leia mais

Checklist dos Principais Processos do WinThor Atacado

Checklist dos Principais Processos do WinThor Atacado Checklist dos Principais Processos do WinThor Atacado Após atualizar a versão em ambiente de teste, faça o checklist abaixo executando todas as rotinas listadas. Esta validação dos principais processos

Leia mais

MÓDULO DE NOTA FISCAL ELETRONICA

MÓDULO DE NOTA FISCAL ELETRONICA MANUAL DO SISTEMA Versão 6.08 Introdução... 2 Requisitos para Utilização do Módulo NF-e... 2 Termo de Responsabilidade... 2 Certificados... 2 Criação de Séries... 2 Framework... 3 Teste de Comunicação...

Leia mais

MANIFESTO DE DOCUMENTOS FISCAIS ELETRÔNICOS MDF - E

MANIFESTO DE DOCUMENTOS FISCAIS ELETRÔNICOS MDF - E MANIFESTO DE DOCUMENTOS FISCAIS ELETRÔNICOS MDF - E RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para

Leia mais

Manual do. Almoxarifado

Manual do. Almoxarifado Manual do Almoxarifado Parnaíba 2013 APRESENTAÇÃO O Almoxarifado é o local destinado à guarda, localização, segurança e preservação do material adquirido, adequado à sua natureza, a fim de suprir as necessidades

Leia mais

para outro) 23 ÍNDICE ERP 1- Cadastro de Produtos (Implantação no Almoxarifado) 04

para outro) 23 ÍNDICE ERP 1- Cadastro de Produtos (Implantação no Almoxarifado) 04 1 2 ÍNDICE ERP 1- Cadastro de Produtos (Implantação no Almoxarifado) 04 2- Notas de Compra (Incluindo Quantidades no Almoxarifado) 07 2.1 - Notas complementares 12 2.2 - Desmembramento de bens 13 3- Requisições

Leia mais

Curso de Capacitação ao Sistema CDV. - GID Desmanches -

Curso de Capacitação ao Sistema CDV. - GID Desmanches - Curso de Capacitação ao Sistema CDV - GID Desmanches - Coordenadoria de Gestão de Desmanches Divisão de Desmanches Conteúdo Módulo 1 Como utilizar o Moodle... 4 Módulo 2 - Acessando o GID CDV... 4 Aula

Leia mais

Excelência. Recursos. Faturamento/Financeiro Faturamento Contas a Receber Contas a Pagar Fiscal Contábil

Excelência. Recursos. Faturamento/Financeiro Faturamento Contas a Receber Contas a Pagar Fiscal Contábil Competência Sistemas para Transportadoras e Soluções Você e sua Empresa em perfeita sintonia Excelência Recursos Tms EXPERIÊNCIA O sistema é composto por módulos que controlam e integram os processos operacionais

Leia mais

Gestor Empresarial - Financeiro. Release Versão 1.076

Gestor Empresarial - Financeiro. Release Versão 1.076 Gestor Empresarial - Financeiro Release Versão 1.076 Maio/2013 Produto : AeroSoft Gestor Empresarial - Financeiro Versão : v1.076 Data Liberação : 21/04/2013 A seguir são apresentadas as novas funções

Leia mais

Passo a Passo para Iniciar o Carregamento pelo código de Barras

Passo a Passo para Iniciar o Carregamento pelo código de Barras Passo a Passo para Iniciar o Carregamento pelo código de Barras Neste processo iremos utilizar os sistemas SysDif e Tecnocargas Passo 1: No SYSDIF inicie o carregamento, pela ordem de carregamento criada

Leia mais

1/5 NORMA INTERNA Nº: DATA DA VIGÊNCIA: 26/2010 ASSUNTO: SISTEMA OPERACIONAL DO ALMOXARIFADO CENTRAL

1/5 NORMA INTERNA Nº: DATA DA VIGÊNCIA: 26/2010 ASSUNTO: SISTEMA OPERACIONAL DO ALMOXARIFADO CENTRAL 1/5 1) DOS OBJETIVOS: 1.1) Normatizar os procedimentos de entrada e saída de materiais adquiridos pelo Município; 1.2) Garantir recebimento dos materiais no que se refere a quantidade, qualidade e prazo

Leia mais

Sistema de Automaçaõ de Vendas Manual Passo a Passo

Sistema de Automaçaõ de Vendas Manual Passo a Passo Sistema de Automaçaõ de Vendas Manual Passo a Passo Transmissão Antes de começar a trabalhar, vamos entender o item do menu transmissão, é nele que se faz atualização dos dados do moinho para o seu computador,

Leia mais

Módulo SAC Atendimento ao Cliente

Módulo SAC Atendimento ao Cliente Módulo SAC Atendimento ao Cliente Objetivo O Módulo SAC ou Serviço de Atendimento ao Cliente é uma ferramenta que gerencia, cria e administra informações num canal de comunicação informatizado entre a

Leia mais

PEDIDO Manual OPERACIONAL

PEDIDO Manual OPERACIONAL SISTEMA DE GESTÃO HDIAS HAMILTON DIAS (31) 8829.9195 8540.8872 www.hdias.com.br hamilton-dias@ig.com.br PEDIDO Manual OPERACIONAL Pagina 2 de 34 ÍNDICE Pedido... 4 Como Acessar... 4 Como Localizar Pedido...

Leia mais

Manual do e-dimed 4.0

Manual do e-dimed 4.0 Manual do e-dimed 4.0 Instalação e Configuração - Módulo Cliente Após a instalação do e-dimed ser efetuada, clique no atalho criado no desktop do computador. Será exibida a janela abaixo: A instalação

Leia mais

GERENCIAMENTO DE NF-e (VEND0079)

GERENCIAMENTO DE NF-e (VEND0079) GERENCIAMENTO DE NF-e (VEND0079) 1. IDENTIFICAÇÃO DAS INFORMAÇÕES NA TELA.... 2 2. FUNCIONALIDADES.... 3 2.1 EMISSÕES DE NOTAS... 3 2.2 DESTINATÁRIO DE NF-E... 4 2.3 ENVIAR NOTA POR E-MAIL... 7 2.4 VISUALIZAÇÃO...

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços.

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. Módulo Gráfica: 1 Sumário: Tópico: Página: 2 Apresentação: O Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços ou SIG-ISS é um sistema

Leia mais

MANIFESTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS FISCAIS (MDF-e) NO TRC

MANIFESTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS FISCAIS (MDF-e) NO TRC MANIFESTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS FISCAIS (MDF-e) NO TRC 1 Conceito do MDF-e: MDF-e é o documento emitido e armazenado eletronicamente por contribuinte credenciado pela Secretaria da Fazenda como emitente

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO SOLICITAÇÃO DE PAGAMENTO PELO SISTEMA E GARANTIA

BOLETIM INFORMATIVO SOLICITAÇÃO DE PAGAMENTO PELO SISTEMA E GARANTIA BOLETIM INFORMATIVO N 103 julho 2013 SOLICITAÇÃO DE PAGAMENTO PELO SISTEMA E GARANTIA A partir de Agosto de 2013, todas as Notas Fiscais de; prestações de serviços, peças, pedágio, sedex e deslocamento,

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA

NOTA FISCAL ELETRÔNICA NOTA FISCAL ELETRÔNICA Instalação do certificado digital Para cada empresa certificadora existe um manual de instalação. Antes de emitir o certificado no cliente, leia atentamente as instruções do manual.

Leia mais

Passo a Passo para Iniciar o Carregamento pelo código de Barras com Rota Mista

Passo a Passo para Iniciar o Carregamento pelo código de Barras com Rota Mista Passo a Passo para Iniciar o Carregamento pelo código de Barras com Rota Mista Neste processo iremos utilizar os sistemas SysDif e Tecnocargas Passo 1: No SYSDIF inicie o carregamento, pela ordem de carregamento

Leia mais

LOGÍSTICA E FATURAMENTO

LOGÍSTICA E FATURAMENTO LOGÍSTICA E FATURAMENTO 1. Geração lote de separação 1 2. Impressão Picking list 3 2.1. Por pedidos 3 2.2 Por lote 5 2.3 Controle do Picking List por Lote 7 3. Registro de operação por Caixa 10 3.1 Separação

Leia mais

Procedimento Quanto a Solicitação e Emissão de Cheque Avulso

Procedimento Quanto a Solicitação e Emissão de Cheque Avulso I - FINALIDADE: Informatizar o processo de solicitação e emissão de cheques avulsos, além de proporcionar maior segurança e sigilo das informações. II - ÂMBITO DE APLICAÇÃO: Este procedimento se aplica

Leia mais

Conteúdo 1.0 - GERACÃO DO ARQUIVO PARA EMISSÃO DA NF ELETRÔNICA... 2

Conteúdo 1.0 - GERACÃO DO ARQUIVO PARA EMISSÃO DA NF ELETRÔNICA... 2 Tutorial UltraPDV - GERAÇÃO DO ARQUIVO ELETRÔNICO DE NOTA FISCAL ULT-027-GERAÇÃO DO ARQUIVO ELETRÔNICO DE NOTA FISCAL Conteúdo 1.0 - GERACÃO DO ARQUIVO PARA EMISSÃO DA NF ELETRÔNICA.... 2 1.1 - GERAR UMA

Leia mais

Faturamento Finanças Controle de Crédito Sintegra Cobrança Eletrônica. Clientes / Fornecedores Comercial Expedição Estoque Compras

Faturamento Finanças Controle de Crédito Sintegra Cobrança Eletrônica. Clientes / Fornecedores Comercial Expedição Estoque Compras MÓDULO Básico ÍNDICE Clientes / Fornecedores Comercial Expedição Estoque Compras 03 04 05 06 07 Faturamento Finanças Controle de Crédito Sintegra Cobrança Eletrônica 08 09 10 10 11 Esta apresentação exemplifica

Leia mais

Prodata Informática LTDA Sistema Integrado de Gestão Pública Manual Requisição de Compras

Prodata Informática LTDA Sistema Integrado de Gestão Pública Manual Requisição de Compras MANUAL DE REQUISIÇÃO DE COMPRAS SISTEMA INTEGRADO DE GESTAO PUBLICA PRODATA Teclas de Atalho Sistema WEB: F2 Salvar F8 Percorre próximo registro F7 Percorre registro anterior F9 Pesquisar SHIFT + DEL Excluir

Leia mais

Novidades da Versão 3.0.0.30

Novidades da Versão 3.0.0.30 Novidades da Versão 3.0.0.30 Alteração Equipamento Unidade Instalação Inserida informação Telemetria na Tela de Alteração de Equipamento Unidade de Instalação (326). A informação Roaming Internacional

Leia mais

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br PARÂMETROS DE LANÇAMENTOS PARAMETRIZAÅÇO PARA O MÉDULO LANÅAMENTOS NO SISTEMA ARQUIVO > LANÅAMENTOS > PARÑMETROS E CONFIGURAÅÖES PREENCHIMENTO DAS GUIAS: 1. GUIA IMPOSTOS: a) Contas relacionadas à apuração

Leia mais

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS. 11 2699-0008 www.rms.com.br

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS. 11 2699-0008 www.rms.com.br PRESTAÇÃO DE CONTAS RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio e varejo.

Leia mais

ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6

ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6 1 ÍNDICE 1. CADASTRO ITENS...1 2. EMISSAO DE PEDIDOS E NOTAS...5 3. PEDIDO DE COMPRA...6 4. CONTRA-NOTA PRODUTOR RURAL...6 5. CADASTRO OPERAÇÕES FISCAIS (CFOP)...7 6. GERAR SINTEGRA...8 7. CONTROLE DE

Leia mais

Manual do Módulo. MerchNotas

Manual do Módulo. MerchNotas Manual do Módulo MerchNotas Bento Gonçalves (RS), Agosto de 2010 Índice 1. Introdução... 4 2. Menu Entrada de Notas... 5 2.1. Entrada de Notas (F11)... 5 2.2. Entrada de Notas NFe (F12)... 8 2.3. Apuração

Leia mais

1. Reordenação da aba Fiscal 1. 2. Consulta simplificada de itens vendidos por NCM, CFOP e Alíquotas 2. 3. Parametrização de NCM 4

1. Reordenação da aba Fiscal 1. 2. Consulta simplificada de itens vendidos por NCM, CFOP e Alíquotas 2. 3. Parametrização de NCM 4 CADASTROS FISCAIS 1. Reordenação da aba Fiscal 1 2. Consulta simplificada de itens vendidos por NCM, CFOP e Alíquotas 2 3. Parametrização de NCM 4 4. Faturamento de pedidos entregues no endereço do revendedor

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO ALMOXARIFADO 1 SOLICITAÇÃO DE INCLUSÃO DE NOVOS ITENS NO CADASTRO DE MATERIAIS NO SISERGE

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO ALMOXARIFADO 1 SOLICITAÇÃO DE INCLUSÃO DE NOVOS ITENS NO CADASTRO DE MATERIAIS NO SISERGE UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI - UFSJ INSTITUÍDA PELA LEI N O 10.425, DE 19/04/2002 D.O.U. DE 22/04/2002 PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO - PROAD DIVISÃO DE MATERIAS E PATRIMÔNIO DIMAP MANUAL DE

Leia mais

Configuração Empresa/Filial

Configuração Empresa/Filial Configuração Empresa/Filial Para definir as configurações (Parâmetros) de cada empresa ou filial cadastrada no sistema, proceda da seguinte forma: Acesse o módulo Administrativo. Clique no menu Cadastros

Leia mais

PROCEDIMENTO GERENCIAL PADRÃO Ref.: FIN-PGP-001_00 Emissão: 22/05/2013 P. 1/14 CARTÃO CORPORATIVO

PROCEDIMENTO GERENCIAL PADRÃO Ref.: FIN-PGP-001_00 Emissão: 22/05/2013 P. 1/14 CARTÃO CORPORATIVO Ref.: FIN-PGP-001_00 Emissão: 22/05/2013 P. 1/14 CARTÃO CORPORATIVO Ref.: FIN-PGP-001_00 Emissão: 22/05/2013 P. 2/14 SUMÁRIO 1. RESUMO DO PROCESSO... 3 2. FLUXOGRAMA... 4 3. OBJETIVO... 5 4. APLICAÇÃO...

Leia mais

Cadastro de um novo Tipo de Operação e Vinculação deste às Funções dos Tipos de Operações

Cadastro de um novo Tipo de Operação e Vinculação deste às Funções dos Tipos de Operações Cadastro de um novo Tipo de Operação e Vinculação deste às Funções dos Tipos de Operações O cadastro de TIPOS DE OPERAÇÃO é um dos mais importantes cadastros do Siagri Agribusiness. Ele é o principal,

Leia mais

Emissão: 16/09/2010 Revisão: 23/04/2015 Revisado por: Juliana PEDIDO DE VENDAS SHP. PPV0102 v. 3.2.7.39 Help Desk

Emissão: 16/09/2010 Revisão: 23/04/2015 Revisado por: Juliana PEDIDO DE VENDAS SHP. PPV0102 v. 3.2.7.39 Help Desk Emissão: 16/09/2010 Revisão: 23/04/2015 Revisado por: Juliana PEDIDO DE VENDAS SHP PPV0102 v. 3.2.7.39 Help Desk 1 Conteúdo Introdução:... 3 CAMINHO:... 4 Inclusão e inicio do PEDIDO DE VENDAS... 5 DETALHES

Leia mais

Manifesto de Documentos Fiscais Eletrônico (MDF-e)

Manifesto de Documentos Fiscais Eletrônico (MDF-e) Manifesto de Documentos Fiscais Eletrônico (MDF-e) Os passos citados abaixo servem de documento auxiliar na emissão do manifesto eletrônico, que entrou em vigor no ano de 2015. Resumo das informações:

Leia mais

Manual Agendamento de Importação Cheio e Carregamento Expresso

Manual Agendamento de Importação Cheio e Carregamento Expresso Manual Agendamento de Importação Cheio e Carregamento Expresso Sumário 1. Objetivo... 3 2. Introdução... 3 3. Agendamento Importação... 4 3.1 Reservar Janela de Agendamento... 6 3.2 Excluir Janela de Agendamento...

Leia mais

EMISSOR DE NOTA FISCAL GRATUITO GUIA DE USO. 2014 - VALID Certificadora Digital

EMISSOR DE NOTA FISCAL GRATUITO GUIA DE USO. 2014 - VALID Certificadora Digital EMISSOR DE NOTA FISCAL GRATUITO GUIA DE USO 2014 - VALID Certificadora Digital Controle de Versões Autor Descrição Versão Data Lays Almeida Versão Inicial 1.0 06.11.2014 2014 - VALID Certificadora Digital

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.04

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.04 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.04 Estoque...2 Controlando a Garantia - Honda Motocicletas...2 Controlando a Boutique...6 Entrada de Peças no Estoque...7 Entrada de Mercadorias...7 Importação do Faturamento

Leia mais

Nota Fiscal de Serviço Eletrônica ISSQN NFSE DANFE. Manual de Utilização

Nota Fiscal de Serviço Eletrônica ISSQN NFSE DANFE. Manual de Utilização Nota Fiscal de Serviço Eletrônica ISSQN NFSE DANFE Manual de Utilização 1 Descrição O ISSNet e um aplicativo Cliente desenvolvido pela Empresa FogaçaSoft Desenvolvimento para emissão de Notas Fiscais de

Leia mais

TROCA E DEVOLUÇÃO E CLIENTES

TROCA E DEVOLUÇÃO E CLIENTES TROCA E DEVOLUÇÃO E CLIENTES RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio

Leia mais

Treinamento de utilização dos processos do Módulo SD

Treinamento de utilização dos processos do Módulo SD Treinamento de utilização dos processos do Módulo SD Objetivo... 3 SD.002.020 - Criar Clientes... 4 SD.003.010 - Criar parâmetros de impostos (J1BTAX)... 14 SD.003.020 / SD.003.030 Venda de Produção (ZORB)...17

Leia mais

MARISOL ON LINE MANUAL. IDMarisol 1

MARISOL ON LINE MANUAL. IDMarisol 1 MANUAL Índice Tela de Login.... ª Via do Boleto Bancário.... Quero me Cadastrar.... Esqueci Minha Senha...... Consulta de Ordens... Consulta de Duplicatas...0 Consulta de Notas Fiscais... Peça Fácil Proposta

Leia mais

Treinamento de. Linx Pos

Treinamento de. Linx Pos Treinamento de caixa Linx Pos Será instalados no terminal da loja, o ícone, conforme imagem abaixo: Linx POS ÍNDICE Abertura de caixa e leitura X Lançamentos Cancelamento de itens Consulta preços no ato

Leia mais

Definir os procedimentos para gestão dos bens e materiais do TJAC.

Definir os procedimentos para gestão dos bens e materiais do TJAC. Código: MAP-DILOG-004 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013 Elaborado por: Gerência de Bens e Materiais Aprovado por: Diretoria de Logística 1 OBJETIVO Definir os procedimentos para gestão dos bens e

Leia mais

PRACTICO LIVE! ENTRADA DE DOCUMENTO FISCAL BASEADO EM NOTA ESPELHO

PRACTICO LIVE! ENTRADA DE DOCUMENTO FISCAL BASEADO EM NOTA ESPELHO PRACTICO LIVE! ENTRADA DE DOCUMENTO FISCAL BASEADO EM NOTA ESPELHO ATENÇÃO: Os dados utilizados no manual são fictícios. Não os utilize quando executarem os procedimentos. Para dar entrada em um documento

Leia mais

MANUAL DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Venda, Troca, Transferência e Uso e consumo.

MANUAL DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Venda, Troca, Transferência e Uso e consumo. MANUAL DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Venda, Troca, Transferência e Uso e consumo. MANUAL DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA. TRANSFERÊNCIAS LOJAS BH e SP Toda transferência entre lojas e escritório deve ser preenchida

Leia mais

Entrada de Produtos por arquivo XML. Varejo-Vestuário

Entrada de Produtos por arquivo XML. Varejo-Vestuário Entrada de Produtos por arquivo XML Varejo-Vestuário 1 Objetivo: A importação de produtos através do arquivo XML da nota fiscal eletrônica permite o controle de estoque. Não há erros no cadastro de entrada

Leia mais

MANUAL USUÁRIO AUDATEX WEB

MANUAL USUÁRIO AUDATEX WEB MANUAL USUÁRIO AUDATEX WEB Audatex Web Nível Usuário (Versão 1.0) Gerência de Suporte Técnico Departamento de Treinamento Resp.: Roberto de Luca Jr. Versão 1.0 Revisão 1 Data 13/02/2007 SUMÁRIO GERAL Introdução...

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA - NIVEL BÁSICO PAF-ECF / NFe

MANUAL DO SISTEMA - NIVEL BÁSICO PAF-ECF / NFe MANUAL DO SISTEMA - NIVEL BÁSICO PAF-ECF / NFe ÍNDICE PAG. 01 ACESSO AO SISTEMA PAG. 02 INFORMANDO USUÁRIO E SENHA PAG. 03 MENU DE CADASTROS PAG. 04 CADASTRANDO FORNECEDORES PAG. 05 CADASTRANDO GRUPOS

Leia mais

epontual Passo a passo

epontual Passo a passo epontual Passo a passo Sumário epontual... 3 Instalação... 5 Registro do aplicativo...13 Novo pedido...15 Pedido não transmitido...19 Pedido transmitido......20 Financeiro...21 NFe Nota fiscal eletrônica...22

Leia mais

MÓDULO. Básico. Grupo Acert - 1

MÓDULO. Básico. Grupo Acert - 1 MÓDULO Básico Grupo Acert - 1 ÍNDICE Clientes / Fornecedores Comercial Expedição Estoque Compras 03 04 05 06 07 Faturamento Finanças Controle de Crédito Sintegra Cobrança Eletrônica 08 09 10 10 11 Esta

Leia mais

www.gerenciadoreficaz.com.br

www.gerenciadoreficaz.com.br Fone: (62) 4141-8464 E-mail: regraconsultoria@hotmail.com www.gerenciadoreficaz.com.br Guia Prático do Usuário Manual de Instalação Gerenciador Eficaz 7 2 Manual do Usuário Gerenciador Eficaz 7 Instalando

Leia mais

SSPlus (8.0) REA Relatório Explicativo de Alterações. REA SSPlus 8.0 1

SSPlus (8.0) REA Relatório Explicativo de Alterações. REA SSPlus 8.0 1 REA SSPlus 8.0 1 REA Relatório Explicativo de Alterações SSPlus (8.0) Autor : Alana Trindade Criado em 30/09/2015 Impresso Arquivo REA Relatório Explicativo de Alterações Versão 8.0.125a REA SSPlus 8.0

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização WebEDI - Tumelero Manual de Utilização Pedidos de Compra Notas Fiscais Relação de Produtos 1. INTRODUÇÃO Esse documento descreve o novo processo de comunicação e troca de arquivos entre a TUMELERO e seus

Leia mais

Processo: Produção. Acesso. Motivação. Parâmetros. Nome do Processo: Geração de numeração de chassi

Processo: Produção. Acesso. Motivação. Parâmetros. Nome do Processo: Geração de numeração de chassi Pendências 21026/23314/23604/23809 Versão 2009 Release 2 Autor Jaciara Processo: Produção Nome do Processo: Geração de numeração de chassi Acesso PRODUÇÃO Andamento de produção Motivação Manter um histórico

Leia mais

Gerencial Software MANUAL DO USUÁRIO 1

Gerencial Software MANUAL DO USUÁRIO 1 MANUAL DO USUÁRIO 1 SUMÁRIO Tela de Login... 3 Telas de Atualização e Informação... 3 Cadastro de Clientes... 7 Cadastro de Grupos... 7 Cadastro de Subgrupos... 8 Cadastro de Fornecedores... 8 Cadastro

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE GERENCIAMENTO DO ISSQN

SISTEMA INTEGRADO DE GERENCIAMENTO DO ISSQN SISTEMA INTEGRADO DE GERENCIAMENTO DO ISSQN MIGRAÇÃO DAS INFORMACOES DO ATUAL SISTEMA PARA O SIGISSWEB 1ª FASE: Em 1º de Maio de 2015, o sistema SIGISSWEB deverá estar carregado com todos os cadastros

Leia mais

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Página 1 de 9 Este é um dos principais módulos do SIGLA Digital. Utilizado para dar entrada de produtos no estoque, essa ferramenta segue a seguinte

Leia mais

UNICO... 3. Clientes/Fornecedores/Técnicos/Transportadoras/Vendedores... 5. Produtos... 6. Serviços... 6. Outros... 6. Vendas... 7. Notas Fiscais...

UNICO... 3. Clientes/Fornecedores/Técnicos/Transportadoras/Vendedores... 5. Produtos... 6. Serviços... 6. Outros... 6. Vendas... 7. Notas Fiscais... Sumário UNICO...... 3 Cadastros... 4 Clientes/Fornecedores/Técnicos/Transportadoras/Vendedores... 5 Produtos...... 6 Serviços...... 6 Outros...... 6 Vendas... 7 Notas Fiscais... 7 Estoque...8 Financeiro......

Leia mais

!!!!!!!!!! NF-e. Manual do Usuário

!!!!!!!!!! NF-e. Manual do Usuário NF-e Manual do Usuário ÍNDICE CADASTROS NECESSÁRIOS PARA EMISSÃO DE NFE... 3 CADASTRO DE PRODUTOS... 3 CFOP... 5 PERFIL TRIBUTÁRIO... 7 CADASTRO DE CLIENTES... 9 CADASTRO DE FORNECEDOR... 10 CADASTRO DE

Leia mais

Megasale NFe. 2013 Aob Software Informatica ltda

Megasale NFe. 2013 Aob Software Informatica ltda 2 Tabela de Conteúdo Nota Fiscal Eletrônica 3 1 Tela de... Acesso 4 Digitalizando o Pedido 4 1 Preenchendo... o Item 6 2 Recebimento... A Vista 7 3 Recebimento... A Prazo 7 Gerando Proposta Comercial Emissão

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE CONSIGNADOS COMPRAS/ RECEBIMENTO/ ARMAZENAGEM E DISTRIBUIÇÃO

SOLICITAÇÃO DE CONSIGNADOS COMPRAS/ RECEBIMENTO/ ARMAZENAGEM E DISTRIBUIÇÃO 1 de 8 Data de Emissão: Histórico de Revisão / Versões Data Versão/Revisões Descrição Autor 1.00 Processo MTQ, OAP, JBM 1 Objetivo Gestão de material de alto custo consignado, estabelecendo fluxo de solicitação,

Leia mais

SISAUT/FC Sistema de Controle de Transporte Fretado Contínuo de Passageiros

SISAUT/FC Sistema de Controle de Transporte Fretado Contínuo de Passageiros SISAUT/FC Sistema de Controle de Transporte Fretado Contínuo de Passageiros O que é o SISAUT/FC? MANUAL DO USUÁRIO O SISAUT/FC é o sistema por meio do qual são feitos os requerimentos para as autorizações

Leia mais

Tutorial Agendamento para Carregamento de Container Regime: IMPORTAÇÃO Solicitação via WEB

Tutorial Agendamento para Carregamento de Container Regime: IMPORTAÇÃO Solicitação via WEB Tutorial Agendamento para Carregamento de Container Regime: IMPORTAÇÃO Solicitação via WEB Agendamento WEB Dando continuidade ao Programa de Agendamento para programação de carregamento de contêineres

Leia mais