Roteiro do Programa e Entrada/Saída

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Roteiro do Programa e Entrada/Saída"

Transcrição

1 Roteiro do Programa e Entrada/Saída c Professores de ALPRO I Faculdade de Informática PUCRS 03/2012 ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

2 Sumário 1 Relembrando 2 Programa Definição de programa A aplicação 3 Entrada e Saída Exibindo informações na tela Papéis de variáveis Obtendo informações pelo teclado ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

3 Relembrando Sumário 1 Relembrando 2 Programa Definição de programa A aplicação 3 Entrada e Saída Exibindo informações na tela Papéis de variáveis Obtendo informações pelo teclado ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

4 Relembrando Classes, Objetos, Atributos e Métodos Até agora já criamos classes completas contendo atributos e métodos. As classes foram criadas através da interface gráfica do BlueJ. As mensagem foram enviadas manualmente com o BlueJ. Veremos agora como agrupar essas chamadas em um roteiro especificado por uma sequência de passos: um programa. ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

5 Programa Sumário 1 Relembrando 2 Programa Definição de programa A aplicação 3 Entrada e Saída Exibindo informações na tela Papéis de variáveis Obtendo informações pelo teclado ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

6 Programa Definição de programa Revendo a classe Conta O comportamento da classe Conta é definido por 5 métodos: Construtor. depositar. sacar. transferir. getsaldo. public class Conta { private double saldo; public Conta() { saldo = 0; public void depositar(double valor) { saldo = saldo + valor; public void sacar(double valor) { saldo = saldo - valor; public void transferir(conta destino, double valor) { sacar(valor); destino.depositar(valor); public double getsaldo() { return saldo; ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

7 Programa Definição de programa Definindo uma sequência de passos Como definir uma sequência de passos que realizem as seguintes ações: Criar uma conta. Depositar inicialmente R$ 4000,00. Sacar R$ 100,00. Sacar R$ 280,00. Obter o saldo final? ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

8 Programa Definição de programa Definindo uma sequência de passos Como definir uma sequência de passos que realizem as seguintes ações: Criar uma conta. Depositar inicialmente R$ 4000,00. Sacar R$ 100,00. Sacar R$ 280,00. Obter o saldo final? Solução: criar um método que controle essa sequência de passos. Método executa Método que executa ações definidas, na ordem especificada. É que se costuma chamar de programa principal. ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

9 Programa Definição de programa O método executa public void executa() { Conta conta1 = new Conta(); conta1.depositar(4000); conta1.sacar(100); conta1.sacar(280); O primeiro passo é criar uma instância. ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

10 Programa Definição de programa O método executa public void executa() { Conta conta1 = new Conta(); conta1.depositar(4000); conta1.sacar(100); conta1.sacar(280); O primeiro passo é criar uma instância. Chamamos conta1 de variável local, pois só existe neste método. conta1 é uma variável de objeto, pois armazena uma referência para a instância criada pelo comando new. conta1 ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

11 Programa Definição de programa O uso do comando new Conta conta1 = new Conta(); Classe da variável Variável Comando de instanciação Nome do método construtor conta1 Instância ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

12 Programa Definição de programa Enviando mensagens no programa public void executa() { Conta conta1 = new Conta(); conta1.depositar(4000); conta1.sacar(100); conta1.sacar(280); O comando de instanciação cria objetos da mesma forma que o BlueJ. Usando a variável de objeto conta1 podemos ativar os métodos do objeto referenciado. conta1 ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

13 Programa A aplicação Modelando a aplicação A classe Conta descreve os atributos e métodos relacionados com a descrição de uma conta bancária. Dizemos que a classe Conta modela uma conta bancária. Mas o método executa não faz parte dela, então onde devemos localizá-lo? ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

14 Programa A aplicação Modelando a aplicação A classe Conta descreve os atributos e métodos relacionados com a descrição de uma conta bancária. Dizemos que a classe Conta modela uma conta bancária. Mas o método executa não faz parte dela, então onde devemos localizá-lo? Ele descreve a sequência de passos que a aplicação deverá realizar. Portanto, ele faz parte da modelagem da aplicação. Conclusão: deve haver uma classe que represente a aplicação. ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

15 Programa A aplicação A classe App Classe App Classe que representa a aplicação ou sistema. Deve conter o método executa. Dizemos que a execução de um programa depende da existência de um objeto App. Fazemos isso no BlueJ, da mesma forma que criamos objetos de outras classes. ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

16 Programa A aplicação Complementando... Código completo da classe App: public class App { public void executa() { Conta conta1 = new Conta(); conta1.depositar(4000); conta1.sacar(100); conta1.sacar(280); ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

17 Programa A aplicação A classe App no BlueJ Diagrama de classes da aplicação: A seta denota que App faz uso dos serviços (métodos) de Conta. Para que uma classe possa referenciar objetos de outra, basta que as duas estejam dentro do mesmo projeto. ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

18 Programa A aplicação Executando aplicações no BlueJ Para executar uma aplicação dentro do BlueJ: Crie uma instância de App. Envie a mensagem executa() para ela. Mas qual o resultado da execução? Você saberia explicá-lo? ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

19 Entrada e Saída Sumário 1 Relembrando 2 Programa Definição de programa A aplicação 3 Entrada e Saída Exibindo informações na tela Papéis de variáveis Obtendo informações pelo teclado ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

20 Entrada e Saída Comunicação com o usuário Entrada e Saída A classe Terminal representa os principais dispositivos de comunicação de um computador: Teclado (entrada) Tela (saída) Denominamos esse conjunto de Terminal, ou seja, um terminal de computador com teclado e tela. Classe Terminal Classe que representa o teclado e a tela do computador. Oferece métodos capazes de realizar entrada e saída de dados. ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

21 Entrada e Saída Exibindo informações na tela Exibindo mensagens para o usuário Para utilizar a classe Terminal é necessário indicar a utilização do pacote pucrs.alpro. A partir daí, basta utilizar os métodos adequados: O método println exibe mensagens de texto na tela. import pucrs.alpro.*; public class App { public void executa() { Conta conta1 = new Conta(); conta1.depositar(4000); conta1.sacar(100); conta1.sacar(280); Terminal.println("Saldo atual: " + conta1.getsaldo()); ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

22 Entrada e Saída Exibindo informações na tela Entendendo o método println O método println é capaz de exibir informações diversas na tela: valores numéricos ou texto. Porém, se for necessário agrupar valores com texto, deve-se empregar o operador +. Novidade: para exibir um texto qualquer, coloque este entre aspas duplas. Esse tipo de dado é denominado cadeia de caracteres ou texto (String of characters). Terminal.println("Saldo atual: "+conta1.getsaldo()); Java converte automaticamente o resultado double do método getsaldo para uma String que pode ser concatenada com o texto inicial. ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

23 Entrada e Saída Exibindo informações na tela Importando a classe Terminal Para usar a classe Terminal em seus projetos, proceda da seguinte maneira: Faça dowload do arquivo terminal-1.0.jar; Mova o arquivo para a pasta lib/userlib na sua instalação do BlueJ A classe Terminal possui diversos outros métodos para entrada e saída de dados, que veremos mais adiante. Obs: essa classe não faz parte da biblioteca de classes padrão de Java. ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

24 Entrada e Saída Exibindo informações na tela Exercício ➊ Escreva um programa Java que: Cria duas contas bancárias conta1 e conta2; Deposita R$ 1000,00 em conta1 e R$ 2000,00 em conta2; Transfere R$ 250,00 de conta2 para conta1; Exibe na tela o saldo das duas contas. ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

25 Entrada e Saída Papéis de variáveis Papéis de variáveis Dizemos que as variáveis em um programa têm papéis definidos, ou seja, desempenham funções específicas. Já conhecemos um desses papéis: o acumulador. Acumulador Variável que armazena a soma de um conjunto de valores. A soma é acumulada ao longo do tempo. Exemplos: Dinheiro no parquímetro. Saldo na conta bancária. Combustível e quilometragem no carro. ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

26 Entrada e Saída Papéis de variáveis Exemplo: acumulando quilometragem Considerando uma classe Automovel, podemos ter um atributo que represente a quilometragem total do veículo. Esse atributo é um acumulador. public class Automovel { private double litros; private double distancia;... public void mover(double dist) { distancia = distancia + dist; // Assume 15 km/l de consumo litros = litros - dist/15;... public double getdistancia() { return distancia; ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

27 Entrada e Saída Papéis de variáveis Outro papel: o contador Contador Variável que armazena um valor que representa a quantidade de ocorrências de um evento. Geralmente é incrementada de uma em uma unidade. Exemplos: Quantos tickets o parquímetro já imprimiu? Quantos saques foram feitos de uma conta? Quantas pessoas visitaram o zoológico? Quantas pessoas foram à sessão de cinema? ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

28 Entrada e Saída Papéis de variáveis Exemplo: contar tickets impressos Considerando a classe Parquimetro, podemos ter um atributo que represente a quantidade de tickets já impressos. Esse atributo é um contador. public class Parquimetro { private int quanttickets; private double total;... public void pagarcentavos(double valor) { total = total + valor; public void imprimirticket() {... quanttickets = quanttickets + 1; public int getquanttickets() { return quanttickets; ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

29 Entrada e Saída Obtendo informações pelo teclado Entrada de dados Até o momento, nossos programas só manipulam valores fixos. Para que seja possível a entrada de dados, devem ser empregados métodos da classe Terminal: readint: lê e retorna um valor numérico inteiro. readdouble: lê e retorna um valor numérico real; Esses métodos devem ser sempre usados no lado direito de atribuições. ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

30 Entrada e Saída Obtendo informações pelo teclado Exemplo: depositando um valor digitado Este programa cria uma conta, pergunta ao usuário o valor a ser depositado e realiza o depósito: public void executa() { Conta conta1 = new Conta(); Terminal.print("Digite o valor do depósito: "); double valor = Terminal.readDouble(); conta1.depositar(valor); Terminal.println("O saldo inicial da conta é: "+conta1.getsaldo ()); O método print faz o mesmo que println, mas não move o cursor para a linha seguinte. ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

31 Entrada e Saída Obtendo informações pelo teclado Declarando e usando variáveis locais Armazenar o resultado de cálculos intermediários ou expressões em variáveis locais facilita a leitura do programa: public void executa() { Conta conta1 = new Conta(); Terminal.print("Digite o valor do depósito: "); double valor = Terminal.readDouble(); conta1.depositar(valor); double saldo = conta.getsaldo(); Terminal.println("O saldo inicial da conta é: "+saldo); ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

32 Entrada e Saída Obtendo informações pelo teclado Manipulando variáveis locais Além disso, evita a alteração indesejada de valores: Por exemplo, vamos supor que o banco ofereça 1% em juros para o saldo inicial depositado. Podemos utilizar a variável local saldo para armazenar esse resultado temporário: public void executa() { Conta conta1 = new Conta(); Terminal.print("Digite o valor do depósito: "); double valor = Terminal.readDouble(); conta1.depositar(valor); double saldo = conta.getsaldo(); saldo = saldo + saldo * 0.01; Terminal.println("O saldo inicial da conta (mais juros) será: "+ saldo); Observe que o atributo saldo do objeto conta1 não foi alterado! ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

33 Entrada e Saída Obtendo informações pelo teclado Exercício ➋ Em Impostolândia, o governo tarifa todas as movimentações bancárias em 2%. Em função disso, escreva um programa que: Cria uma instância de Conta. Faz um depósito de R$ 4000,00. Calcula o valor do imposto. Exibe o saldo real, o valor do imposto e o saldo restante após o desconto do imposto. ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

34 Entrada e Saída Obtendo informações pelo teclado Exercício ➌ Escreva um programa que: Crie duas instâncias de Conta: conta1 e conta2. Solicita ao usuário o valor do depósito inicial de conta1. Realiza o depósito na conta1. Solicita o valor a ser transferido de conta1 para conta2. Executa a transferência. Exibe o saldo final das duas contas. ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

35 Entrada e Saída Obtendo informações pelo teclado Leitura adicional recomendada HORSTMANN, Cay. Big Java, Capítulo 2 - Introdução a objetos e classes. In: Big Java. Porto Alegre: Bookman, p ALPRO I (FACIN) Roteiro do Programa e E/S 03/ / 32

O comando switch. c Professores de ALPRO I 04/2012. Faculdade de Informática PUCRS. ALPRO I (FACIN) O comando switch 04/2012 1 / 31

O comando switch. c Professores de ALPRO I 04/2012. Faculdade de Informática PUCRS. ALPRO I (FACIN) O comando switch 04/2012 1 / 31 O comando switch c Professores de ALPRO I Faculdade de Informática PUCRS 04/2012 ALPRO I (FACIN) O comando switch 04/2012 1 / 31 Sumário 1 Relembrando... 2 Comando de Seleção (Parte III) Menus e o comando

Leia mais

Coleções. Conceitos e Utilização Básica. c Professores de ALPRO I 05/2012. Faculdade de Informática PUCRS

Coleções. Conceitos e Utilização Básica. c Professores de ALPRO I 05/2012. Faculdade de Informática PUCRS Coleções Conceitos e Utilização Básica c Professores de ALPRO I Faculdade de Informática PUCRS 05/2012 ALPRO I (FACIN) Coleções: Básico 05/2012 1 / 41 Nota Este material não pode ser reproduzido ou utilizado

Leia mais

Objetivos: Entender o funcionamento dos programas Java via linha de comando

Objetivos: Entender o funcionamento dos programas Java via linha de comando Algoritmos e Programação I Aula de Laboratório Objetivos: Entender o funcionamento dos programas Java via linha de comando 1. A Linha de Comando: DOS ou Shell Apesar dos usuários geralmente não enxergarem

Leia mais

DEFINIÇÃO DE MÉTODOS

DEFINIÇÃO DE MÉTODOS Cursos: Análise, Ciência da Computação e Sistemas de Informação Programação I - Prof. Aníbal Notas de aula 2 DEFINIÇÃO DE MÉTODOS Todo o processamento que um programa Java faz está definido dentro dos

Leia mais

Orientação a Objetos com Java

Orientação a Objetos com Java Orientação a Objetos com Java Julio Cesar Nardi julionardi@yahoo.com.br 2011/2 Apresentação 3: Orientação Objetos: Conceitos Básicos Objetivos: Compreender os Conceitos Básicos da Orientação a Objetos;

Leia mais

Introdução a Java. Hélder Nunes

Introdução a Java. Hélder Nunes Introdução a Java Hélder Nunes 2 Exercício de Fixação Os 4 elementos básicos da OO são os objetos, as classes, os atributos e os métodos. A orientação a objetos consiste em considerar os sistemas computacionais

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALAGOAS CURSO TECNICO EM INFORMATICA DISCIPLINA:

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALAGOAS CURSO TECNICO EM INFORMATICA DISCIPLINA: INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALAGOAS CURSO TECNICO EM INFORMATICA DISCIPLINA: PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS PROFESSOR: REINALDO GOMES ASSUNTO: REVISÃO DA INTRODUÇÃO A ORIENTAÇÃO

Leia mais

LP II Estrutura de Dados. Introdução e Linguagem C. Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br

LP II Estrutura de Dados. Introdução e Linguagem C. Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br LP II Estrutura de Dados Introdução e Linguagem C Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br Resumo da aula Considerações Gerais Introdução a Linguagem C Variáveis e C Tipos de

Leia mais

Aula Inicial. c Professores de ALPRO I 08/2010. Faculdade de Informática PUCRS. ALPRO I (FACIN) Aula Inicial 08/2010 1 / 23

Aula Inicial. c Professores de ALPRO I 08/2010. Faculdade de Informática PUCRS. ALPRO I (FACIN) Aula Inicial 08/2010 1 / 23 Aula Inicial c Professores de ALPRO I Faculdade de Informática PUCRS 08/2010 ALPRO I (FACIN) Aula Inicial 08/2010 1 / 23 Nota Este material não pode ser reproduzido ou utilizado de forma parcial sem a

Leia mais

Lab de Programação de sistemas I

Lab de Programação de sistemas I Lab de Programação de sistemas I Apresentação Prof Daves Martins Msc Computação de Alto Desempenho Email: daves.martins@ifsudestemg.edu.br Agenda Orientação a Objetos Conceitos e Práticas Programação OO

Leia mais

Introdução a lógica de programação. Aula 02: Linguagens de Programação e Introdução ao Visual C# Express

Introdução a lógica de programação. Aula 02: Linguagens de Programação e Introdução ao Visual C# Express Introdução a lógica de programação Aula 02: Linguagens de Programação e Introdução ao Visual C# Express Roteiro da aula Linguagem de Programação Visual C#: Introdução a C# através de comandos de entrada

Leia mais

Bacharelado em Ciência e Tecnologia Processamento da Informação. Equivalência Portugol Java. Linguagem Java

Bacharelado em Ciência e Tecnologia Processamento da Informação. Equivalência Portugol Java. Linguagem Java Linguagem Java Objetivos Compreender como desenvolver algoritmos básicos em JAVA Aprender como escrever programas na Linguagem JAVA baseando-se na Linguagem Portugol aprender as sintaxes equivalentes entre

Leia mais

Introdução à orientação a objetos. João Tito Almeida Vianna 25/05/2013

Introdução à orientação a objetos. João Tito Almeida Vianna 25/05/2013 Introdução à orientação a objetos João Tito Almeida Vianna 25/05/2013 Roteiro Aula 2 Motivação Revisão dos conceitos da aula 1 Preparação para os exercícios Exercícios propostos 2 Motivação A orientação

Leia mais

Capítulo 2: Introdução à Linguagem C

Capítulo 2: Introdução à Linguagem C Capítulo 2: Introdução à Linguagem C INF1005 Programação 1 Pontifícia Universidade Católica Departamento de Informática Programa Programa é um algoritmo escrito em uma linguagem de programação. No nosso

Leia mais

Orientação a Objetos

Orientação a Objetos 1. Domínio e Aplicação Orientação a Objetos Um domínio é composto pelas entidades, informações e processos relacionados a um determinado contexto. Uma aplicação pode ser desenvolvida para automatizar ou

Leia mais

Programação de Computadores II TCC 00.174/Turma A 1

Programação de Computadores II TCC 00.174/Turma A 1 Programação de Computadores II TCC 00.174/Turma A 1 Professor Leandro A. F. Fernandes http://www.ic.uff.br/~laffernandes Conteúdo: Entrada e saída de dados Material elaborado pelos profs. Anselmo Montenegro

Leia mais

2. OPERADORES... 6 3. ALGORITMOS, FLUXOGRAMAS E PROGRAMAS... 8 4. FUNÇÕES... 10

2. OPERADORES... 6 3. ALGORITMOS, FLUXOGRAMAS E PROGRAMAS... 8 4. FUNÇÕES... 10 1. TIPOS DE DADOS... 3 1.1 DEFINIÇÃO DE DADOS... 3 1.2 - DEFINIÇÃO DE VARIÁVEIS... 3 1.3 - VARIÁVEIS EM C... 3 1.3.1. NOME DAS VARIÁVEIS... 3 1.3.2 - TIPOS BÁSICOS... 3 1.3.3 DECLARAÇÃO DE VARIÁVEIS...

Leia mais

Noções sobre Objetos e Classes

Noções sobre Objetos e Classes Noções sobre Objetos e Classes Prof. Marcelo Cohen 1. Elementos de programação Revisão de programação variáveis, tipos de dados expressões e operadores cadeias de caracteres escopo de variáveis Revisão

Leia mais

Aula 01: Linguagens de Programação e Introdução ao Visual C# Express

Aula 01: Linguagens de Programação e Introdução ao Visual C# Express Aula 01: Linguagens de Programação e Introdução ao Visual C# Express EMENTA: Introdução ao Visual C#. Fundamentos da Linguagem. Estruturas de decisão e repetição. Modularização de Programas: Funções. Arrays

Leia mais

Prova de Java. 1) Copie o programa abaixo no eclipse e complete-o, utilizando os conceitos aprendidos durante o curso. (4 pontos)

Prova de Java. 1) Copie o programa abaixo no eclipse e complete-o, utilizando os conceitos aprendidos durante o curso. (4 pontos) Prova de Java 1) Copie o programa abaixo no eclipse e complete-o, utilizando os conceitos aprendidos durante o curso. (4 pontos) O programa consiste em uma aplicação que simula o comportamento de dois

Leia mais

POO Programação Orientada a Objetos. Classes em Java

POO Programação Orientada a Objetos. Classes em Java + POO Programação Orientada a Objetos Classes em Java + Classes 2 Para que a JVM crie objetos: Ela precisa saber qual classe o objeto pertence Na classe estão definidos os atributos e métodos Programamos

Leia mais

Criar a classe Aula.java com o seguinte código: Compilar e Executar

Criar a classe Aula.java com o seguinte código: Compilar e Executar Introdução à Java Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br Programação Orientada a Objetos Código Exemplo da Aula Criar a classe Aula.java com o seguinte código: public class Aula { public static void

Leia mais

JSP - ORIENTADO A OBJETOS

JSP - ORIENTADO A OBJETOS JSP Orientação a Objetos... 2 CLASSE:... 2 MÉTODOS:... 2 Método de Retorno... 2 Método de Execução... 2 Tipos de Dados... 3 Boolean... 3 Float... 3 Integer... 4 String... 4 Array... 4 Primeira:... 4 Segunda:...

Leia mais

Desenvolvimento Web TCC-00.226 Turma A-1 / 2013.2

Desenvolvimento Web TCC-00.226 Turma A-1 / 2013.2 1 Desenvolvimento Web TCC-00.226 Turma A-1 / 2013.2 Professor Leandro A. F. Fernandes Instituto de Computação Universidade Federal Fluminense Lista de Exercícios 02 Orientação a Objetos 1) Identifique

Leia mais

Para desenvolver a atividade a atividade desta aula utilizaremos o ambiente de desenvolvimento integrado NetBeans.

Para desenvolver a atividade a atividade desta aula utilizaremos o ambiente de desenvolvimento integrado NetBeans. 1 - Criando uma classe em Java Para desenvolver a atividade a atividade desta aula utilizaremos o ambiente de desenvolvimento integrado NetBeans. Antes de criarmos a(s) classe(s) é necessário criar o projeto

Leia mais

INF 1005 Programação I

INF 1005 Programação I INF 1005 Programação I Aula 03 Introdução a Linguagem C Edirlei Soares de Lima Estrutura de um Programa C Inclusão de bibliotecas auxiliares: #include Definição de constantes:

Leia mais

2 Um Primeiro Programa em C

2 Um Primeiro Programa em C 2 Um Primeiro Programa em C Ronaldo F. Hashimoto, Carlos H. Morimoto e José A. R. Soares OobjetivodessaaulaéintroduzirvocêàlinguagemCemambienteLinux,primeiramentemostrandoasua estrutura, e a seguir com

Leia mais

Modelagem e Implementação (Incremental de um Software para Controle) de Aquário de Peixes

Modelagem e Implementação (Incremental de um Software para Controle) de Aquário de Peixes Modelagem e Implementação de Aquário de Peixes- por Jorge Fernandes - Página 1 Modelagem e Implementação (Incremental de um Software para Controle) de Aquário de Peixes Jorge Fernandes Natal, Agosto de

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Departamento de Ciência da Computação

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Departamento de Ciência da Computação Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Departamento de Ciência da Computação LP: Laboratório de Programação Apontamento 4 Prof. ISVega Fevereiro de 2004 Ambiente BlueJ CONTEÚDO 4.1 BlueJ como Ferramenta

Leia mais

2 Orientação a objetos na prática

2 Orientação a objetos na prática 2 Orientação a objetos na prática Aula 04 Sumário Capítulo 1 Introdução e conceitos básicos 1.4 Orientação a Objetos 1.4.1 Classe 1.4.2 Objetos 1.4.3 Métodos e atributos 1.4.4 Encapsulamento 1.4.5 Métodos

Leia mais

Laboratório de Programação

Laboratório de Programação Ambiente BlueJ 1 Laboratório de Programação Dr. Italo Santiago Vega Curso de Graduação Ciência da Computação Pontifícia Universidade de São Paulo Copyright 1998-2004, Italo S. Vega Ambiente BlueJ 1-1 Semana

Leia mais

Linguagem C. Programação Estruturada. Fundamentos da Linguagem. Prof. Luis Nícolas de Amorim Trigo nicolas.trigo@ifsertao-pe.edu.

Linguagem C. Programação Estruturada. Fundamentos da Linguagem. Prof. Luis Nícolas de Amorim Trigo nicolas.trigo@ifsertao-pe.edu. Programação Estruturada Linguagem C Fundamentos da Linguagem Prof. Luis Nícolas de Amorim Trigo nicolas.trigo@ifsertao-pe.edu.br Sumário Estrutura Básica Bibliotecas Básicas Tipos de Dados Básicos Variáveis/Declaração

Leia mais

Lista de Exercícios da 3ª Unidade. ( Ponteiros, Alocação dinâmica, Arquivos, Estruturas de Dados)

Lista de Exercícios da 3ª Unidade. ( Ponteiros, Alocação dinâmica, Arquivos, Estruturas de Dados) Lista de Exercícios da 3ª Unidade ( Ponteiros, Alocação dinâmica, Arquivos, Estruturas de Dados) 1. (Seg. chamada - 2014.1) Construa um programa em C que realize as seguintes operações: a) Faça uma função

Leia mais

Programação Orientada a Objetos. Pacotes e CLASSPATH: Definifdo e Usando Pacotes

Programação Orientada a Objetos. Pacotes e CLASSPATH: Definifdo e Usando Pacotes + Programação Orientada a Objetos Pacotes e CLASSPATH: Definifdo e Usando Pacotes + Pacotes 2 Um pacote é uma coleção de classes e interfaces que provem proteção de acesso e gerenciamento de espaços de

Leia mais

PROVA DE NOÇÕES DE INFORMÁTICA Cargo 15. Uma pessoa, utilizando o sistema operacional Microsoft Windows, executou a seguinte seqüência de comandos:

PROVA DE NOÇÕES DE INFORMÁTICA Cargo 15. Uma pessoa, utilizando o sistema operacional Microsoft Windows, executou a seguinte seqüência de comandos: 8 PROVA DE NOÇÕES DE INFORMÁTICA Cargo 15 QUESTÃO 16 Uma pessoa, utilizando o sistema operacional Microsoft Windows, executou a seguinte seqüência de comandos: I. acessou a pasta Relatorios, selecionou

Leia mais

Java Como Programar, 8/E

Java Como Programar, 8/E Capítulo 2 Introdução aos aplicativos Java Java Como Programar, 8/E (C) 2010 Pearson Education, Inc. Todos os 2.1 Introdução Programação de aplicativo Java. Utilize as ferramentas do JDK para compilar

Leia mais

Componentes da linguagem C++

Componentes da linguagem C++ Componentes da linguagem C++ C++ é uma linguagem de programação orientada a objetos (OO) que oferece suporte às características OO, além de permitir você realizar outras tarefas, similarmente a outras

Leia mais

Programação com Acesso a BD. Programação com OO Acesso em Java

Programação com Acesso a BD. Programação com OO Acesso em Java Programação com OO Acesso em Java a BD Curso: Técnico em Informática Campus: Ipanguaçu José Maria Monteiro Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro PUC-Rio Departamento Clayton Maciel de Informática

Leia mais

Conversão de Tipos e Arrays

Conversão de Tipos e Arrays Conversão de Tipos e Arrays Universidade Católica de Pernambuco Ciência da Computação Prof. Márcio Bueno poonoite@marciobueno.com Fonte: Material da Profª Karina Oliveira Conversão de Tipos Permite converter

Leia mais

ESTRUTURA DE UM PROGRAMA EM C++ Estrutura de um Programa em C++

ESTRUTURA DE UM PROGRAMA EM C++ Estrutura de um Programa em C++ ESTRUTURA DE UM PROGRAMA EM C++ Estrutura de um Programa em C++ #include { Este trecho é reservado para o corpo da função, com a declaração de suas variáveis locais, seus comandos e funções

Leia mais

Aula 1 Tipo Abstrato de Dados

Aula 1 Tipo Abstrato de Dados Aula 1 Tipo Abstrato de Dados Luiz Chaimowicz e Raquel O. Prates Livro Projeto de Algoritmos Capítulo 1 2009-1 O que é um algoritmo? O que é um programa? Algoritmos Sequência de ações executáveis para

Leia mais

Exercícios de Revisão Java Básico

Exercícios de Revisão Java Básico Exercícios de Revisão Java Básico (i) Programação básica (estruturada) 1) Faça um programa para calcular o valor das seguintes expressões: S 1 = 1 1 3 2 5 3 7 99... 4 50 S 2 = 21 50 22 49 23 48...250 1

Leia mais

Linguagem de Programação I

Linguagem de Programação I Linguagem de Programação I Curso de Sistemas de Informação Karla Donato Fook karladf@ifma.edu.br DESU / DAI 2016 Linguagem de Programação C 2 1 Linguagem de Programação C Os programas em C consistem em

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação Introdução a Computação Aula 02 Introdução a Linguagem C Edirlei Soares de Lima Lógica de Programação Lógica de Programação é a técnica de criar sequências lógicas de ações para

Leia mais

Roteiro 1: Dados, variáveis, operadores e precedência

Roteiro 1: Dados, variáveis, operadores e precedência 1. Introdução Universidade Federal do ABC Disciplina: Processamento da Informação (BC-0505) Assunto: Dados, variáveis, operadores e precedência Roteiro 1: Dados, variáveis, operadores e precedência Nesta

Leia mais

3 Classes e instanciação de objectos (em Java)

3 Classes e instanciação de objectos (em Java) 3 Classes e instanciação de objectos (em Java) Suponhamos que queremos criar uma classe que especifique a estrutura e o comportamento de objectos do tipo Contador. As instâncias da classe Contador devem

Leia mais

EXERCÍCIOS SOBRE ORIENTAÇÃO A OBJETOS

EXERCÍCIOS SOBRE ORIENTAÇÃO A OBJETOS Campus Cachoeiro de Itapemirim Curso Técnico em Informática Disciplina: Análise e Projeto de Sistemas Professor: Rafael Vargas Mesquita Este exercício deve ser manuscrito e entregue na próxima aula; Valor

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CURSO: Ciência da Computação DATA: / / 2013 PERÍODO: 4 o. PROFESSOR: Andrey DISCIPLINA: Técnicas Alternativas de Programação AULA: 05 APRESENTAÇÃO: Nesta aula vamos ver como se faz a criação de Métodos

Leia mais

Módulo 02 Programação Orientada a Objetos. Última atualização: 07/06/2010

Módulo 02 Programação Orientada a Objetos. Última atualização: 07/06/2010 Módulo 02 Programação Orientada a Objetos Última atualização: 07/06/2010 1 Objetivos Definir conceitos de orientação a objetos: o abstração, encapsulamento, pacotes. Discutir reutilização de código em

Leia mais

FBV - Linguagem de Programação II. Um pouco sobre Java

FBV - Linguagem de Programação II. Um pouco sobre Java FBV - Linguagem de Programação II Um pouco sobre Java História 1992: um grupo de engenheiros da Sun Microsystems desenvolve uma linguagem para pequenos dispositivos, batizada de Oak Desenvolvida com base

Leia mais

Sintaxe Básica de Java Parte 1

Sintaxe Básica de Java Parte 1 Sintaxe Básica de Java Parte 1 Universidade Católica de Pernambuco Ciência da Computação Prof. Márcio Bueno poonoite@marcioubeno.com Fonte: Material da Profª Karina Oliveira Estrutura de Programa Um programa

Leia mais

Introdução a conceitos e a prática de programação

Introdução a conceitos e a prática de programação Instituto de Informática - UFG Disciplina: Introdução à Computação Introdução a conceitos e a prática de programação Autores: Marcelo Akira e Anderson Soares Fevereiro de 2011 Alguns direitos autorais

Leia mais

Programação Visual TIC - 3PA. Lista de Exercícios 02

Programação Visual TIC - 3PA. Lista de Exercícios 02 Programação Visual TIC - 3PA Lista de Exercícios 02 Professor: Edwar Saliba Júnior 1) Elabore um programa para simular uma conta de poupança. Crie uma classe contacorrente com os seguintes atributos: saldo,

Leia mais

Programação Orientada a Objetos - 3º semestre AULA 08 Prof. André Moraes

Programação Orientada a Objetos - 3º semestre AULA 08 Prof. André Moraes Pág 50 Programação Orientada a Objetos - 3º semestre AULA 08 Prof. André Moraes 10 CORREÇÃO DE QUESTÕES DE AVALIAÇÃO 1 PARTE I - AVALIAÇÃO TEÓRICA 11 RESPONDA AS QUESTÕES ABAIXO: A) Qual a diferença entre

Leia mais

LINGUAGEM ORIENTADA A OBJETOS

LINGUAGEM ORIENTADA A OBJETOS LINGUAGEM ORIENTADA A OBJETOS TI MÓDULO II O ECLIPSE O eclipse é uma IDE Open Source (código fonte aberto) que serve para o desenvolvimento em muitas linguagens: PHP Java Python HTML C/C++ A IDE Eclipse

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Departamento de Ciência da Computação

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Departamento de Ciência da Computação Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Departamento de Ciência da Computação LP: Laboratório de Programação Apontamento 15 Prof. ISVega Maio de 2004 Arquivos de Texto CONTEÚDO 15.1Processamento

Leia mais

Algoritmos e Programação Estruturada

Algoritmos e Programação Estruturada Algoritmos e Programação Estruturada Virgínia M. Cardoso Linguagem C Criada por Dennis M. Ritchie e Ken Thompson no Laboratório Bell em 1972. A Linguagem C foi baseada na Linguagem B criada por Thompson.

Leia mais

Introdução à Programação

Introdução à Programação Introdução à Programação Introdução a Linguagem C Construções Básicas Programa em C #include int main ( ) { Palavras Reservadas } float celsius ; float farenheit ; celsius = 30; farenheit = 9.0/5

Leia mais

Conceitos básicos da linguagem C

Conceitos básicos da linguagem C Conceitos básicos da linguagem C 2 Em 1969 Ken Thompson cria o Unix. O C nasceu logo depois, na década de 70. Dennis Ritchie, implementou-o pela primeira vez usando o sistema operacional UNIX criado por

Leia mais

Python. Introdução à Programação SI1 - BSI

Python. Introdução à Programação SI1 - BSI Python Introdução à Programação SI1 - BSI Conteúdo História Instalação Apresentação da Interface Comandos Básicos Exercícios 07/06/2013 2 História Criada em 1989 pelo holandês Guido van Rossum no Centrum

Leia mais

Robótica com Arduino

Robótica com Arduino Robótica com Arduino Nesta apresentação veremos conceitos sobre contadores, estrutura de condição if, e trabalharemos com a comunicação Serial entre o Arduino e o Computador. Professor: Paulo Marcos Trentin

Leia mais

Java 2 Standard Edition Como criar classes e objetos

Java 2 Standard Edition Como criar classes e objetos Java 2 Standard Edition Como criar classes e objetos Helder da Rocha www.argonavis.com.br 1 Assuntos abordados Este módulo explora detalhes da construção de classes e objetos Construtores Implicações da

Leia mais

BSI UFRPE Prof. Gustavo Callou gcallou@gmail.com

BSI UFRPE Prof. Gustavo Callou gcallou@gmail.com BSI UFRPE Prof. Gustavo Callou gcallou@gmail.com HelloWorld.java: public class HelloWorld { public static void main (String[] args) { System.out.println( Hello, World ); } } Identificadores são usados

Leia mais

Fundamentos de Programação II. Introdução à linguagem de programação C++

Fundamentos de Programação II. Introdução à linguagem de programação C++ Fundamentos de Programação II Introdução à linguagem de programação C++ Prof. Rafael Henrique D. Zottesso Material cedido por Prof. Msc. Everton Fernando Baro Agenda IDE HelloWorld Variáveis Operadores

Leia mais

Implementando uma Classe e Criando Objetos a partir dela

Implementando uma Classe e Criando Objetos a partir dela Análise e Desenvolvimento de Sistemas ADS Programação Orientada a Obejeto POO 3º Semestre AULA 04 - INTRODUÇÃO À PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETO (POO) Parte: 2 Prof. Cristóvão Cunha Implementando uma Classe

Leia mais

ATRIBUTOS PRIVADOS 6. ENCAPSULAMENTO MÉTODOS PRIVADOS MÉTODOS PRIVADOS

ATRIBUTOS PRIVADOS 6. ENCAPSULAMENTO MÉTODOS PRIVADOS MÉTODOS PRIVADOS ATRIBUTOS PRIVADOS Podemos usar o modificador private, para tornar um atributo privado, obtendo um controle centralizado Definimos métodos para implementar todas as lógicas que utilizam ou modificam o

Leia mais

Aula 4 Instruções Primitivas

Aula 4 Instruções Primitivas Aula 4 Instruções Primitivas 1. Introdução Instruções primitivas são comandos básicos que realizam tarefas de entrada e saída de dados do computador. São muito importantes, pois um programa que não se

Leia mais

Criando um script simples

Criando um script simples Criando um script simples As ferramentas de script Diferente de muitas linguagens de programação, você não precisará de quaisquer softwares especiais para criar scripts de JavaScript. A primeira coisa

Leia mais

Projeto de Software Orientado a Objeto

Projeto de Software Orientado a Objeto Projeto de Software Orientado a Objeto Ciclo de Vida de Produto de Software (PLC) Analisando um problema e modelando uma solução Prof. Gilberto B. Oliveira Estágios do Ciclo de Vida de Produto de Software

Leia mais

NetBeans. Conhecendo um pouco da IDE

NetBeans. Conhecendo um pouco da IDE NetBeans Conhecendo um pouco da IDE Professor: Edwar Saliba Júnior Sumário Apresentação:...1 Criando Um Novo Projeto de Software:...1 Depurando Um Código-fonte:...4 Entendendo o Código-fonte:...7 Dica

Leia mais

Curso de Linguagem C

Curso de Linguagem C Curso de Linguagem C 1 Aula 1 - INTRODUÇÃO...4 AULA 2 - Primeiros Passos...5 O C é "Case Sensitive"...5 Dois Primeiros Programas...6 Introdução às Funções...7 Introdução Básica às Entradas e Saídas...

Leia mais

Objetivos: Sun recomenda que utilize o nome de domínio da Internet da empresa, para garantir um nome de pacote único

Objetivos: Sun recomenda que utilize o nome de domínio da Internet da empresa, para garantir um nome de pacote único Pacotes e Encapsulamento Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br Programação Orientada a Objetos Introdução Permite o agrupamento de classes em uma coleção chamada pacote Um pacote é uma coleção de classes

Leia mais

Prof. Esp. Adriano Carvalho

Prof. Esp. Adriano Carvalho Prof. Esp. Adriano Carvalho Um arquivo contendo uma sequência de comandos em uma linguagem de programação especifica Esses comandosrespeitam regras de como serem escritos e quais são as palavras que podem

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALAGOAS CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA DISCIPLINA:

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALAGOAS CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA DISCIPLINA: INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALAGOAS CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA DISCIPLINA: PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS PROFESSOR: REINALDO GOMES ASSUNTO: PRIMEIRO PROGRAMA EM JAVA (COMPILAÇÃO

Leia mais

José Romildo Malaquias 2011-1

José Romildo Malaquias 2011-1 Programação de Computadores I Aula 08 Programação: Estruturas de Repetição José Romildo Malaquias Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2011-1 1/58 Motivação Como imprimir os três

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO DO TERMINAL VIRTUAL - AVPOS

GUIA DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO DO TERMINAL VIRTUAL - AVPOS GUIA DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO DO TERMINAL VIRTUAL - AVPOS Bem vindo ao MOVER BRASIL-CARD, este guia tem como finalidade básica auxiliar o usuário na instalação e operação do software AVPos, Terminal Virtual

Leia mais

Java TM e o Modelo de Objetos

Java TM e o Modelo de Objetos Java TM e o Modelo de Objetos Java Deployment Course: Aula 1 por Jorge H C Fernandes (jorge@dimap.ufrn.br) DIMAp-UFRN Java e o Modelo de Objetos Objetivos desta Aula Introduzir conceitos básicos do modelo

Leia mais

Exercício 1 : As classes abaixo serão utilizadas neste exercício: public class Ponto { int x; int y; public Ponto(int x, int y){ this.

Exercício 1 : As classes abaixo serão utilizadas neste exercício: public class Ponto { int x; int y; public Ponto(int x, int y){ this. Exercício 1 : As classes abaixo serão utilizadas neste exercício: public class Ponto { int x; int y; public Ponto(int x, int y){ this.x = x; this.y = y; public String tostring(){ return "(" + x + "," +

Leia mais

Aula 04 Operadores e Entrada de Dados. Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.

Aula 04 Operadores e Entrada de Dados. Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com. Aula 04 Operadores e Entrada de Dados Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/ Agenda da Aula Operadores: Aritméticos; Atribuição; Concatenação;

Leia mais

Organização Básica do Computador

Organização Básica do Computador Organização Básica do Computador Modelo de Von Neumann MEMÓRIA ENTRADA ARITMÉTICA LÓGICA SAÍDA CONTROLE Modelo de Von Neumann Introduziu o conceito do computador controlado por programa armazenado. Todo

Leia mais

Lógica de Programação

Lógica de Programação Lógica de Programação Unidade 4 Ambiente de desenvolvimento Java QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática SUMÁRIO A LINGUAGEM JAVA... 3 JVM, JRE, JDK... 3 BYTECODE... 3 PREPARANDO O AMBIENTE

Leia mais

Orientação a Objetos

Orientação a Objetos Orientação a Objetos 1. Sobrecarga (Overloading) Os clientes dos bancos costumam consultar periodicamente informações relativas às suas contas. Geralmente, essas informações são obtidas através de extratos.

Leia mais

1 Resumo: Strings e vetores de caracteres. Departamento de Ciência da Computação IME/USP

1 Resumo: Strings e vetores de caracteres. Departamento de Ciência da Computação IME/USP Departamento de Ciência da Computação MAC2166 Introdução a Computação IME/USP Strings e vetores de caracteres 1 Resumo: O uso de strings facilita a manipulação de palavras e textos. Strings são basicamente

Leia mais

Manual do Usuário Acesso ao Sistema

Manual do Usuário Acesso ao Sistema Dispositivo de Monitoramento, Rastreamento e Bloqueio por Satélite Manual do Usuário Acesso ao Sistema www.kgk-global.com Conteúdo Conteúdo... 2 Entrar no sistema... 3 Interface... 4 Monitoramento on-line...

Leia mais

INF1007 - PROGRAMAÇÃO II LISTA DE EXERCÍCIOS 4

INF1007 - PROGRAMAÇÃO II LISTA DE EXERCÍCIOS 4 INF1 - PROGRAMAÇÃO II LISTA DE EXERCÍCIOS 4 1. Considere uma aplicação que utiliza pontos, retângulos e círculos para representações gráficas. Um ponto é composto pelas suas coordenadas x e y, um retângulo

Leia mais

public Agenda() { compromissos = null; } public int getnumerodecompromissos() { if (compromissos==null) return 0; else return compromissos.

public Agenda() { compromissos = null; } public int getnumerodecompromissos() { if (compromissos==null) return 0; else return compromissos. import java.util.scanner; class Data... class Compromisso... public class Agenda private Compromisso[] compromissos; private Compromisso[] realoquecompromissos (Compromisso[] vetor, int tamanhodesejado)

Leia mais

Curso de Java. Orientação a objetos e a Linguagem JAVA. TodososdireitosreservadosKlais

Curso de Java. Orientação a objetos e a Linguagem JAVA. TodososdireitosreservadosKlais Curso de Java Orientação a objetos e a Linguagem JAVA Roteiro A linguagem Java e a máquina virtual Objetos e Classes Encapsulamento, Herança e Polimorfismo Primeiro Exemplo A Linguagem JAVA Principais

Leia mais

Curitiba PR www.softwar.com.br Responsável Técnico: Fábio Bastos suporte@softwar.com.br

Curitiba PR www.softwar.com.br Responsável Técnico: Fábio Bastos suporte@softwar.com.br Curitiba PR www.softwar.com.br Responsável Técnico: Fábio Bastos suporte@softwar.com.br INSTALAÇÃO Para instalar o sistema clique duas vezes sobre o arquivo sispark.exe e o sistema será instalado automaticamente,

Leia mais

PHP: Programando com Orientação a Objetos

PHP: Programando com Orientação a Objetos PHP: Programando com Orientação a Objetos Pablo Dall'Oglio Adianti Solutions www.adianti.com.br Roteiro Conceitos de Orientação a Objetos; Classes, objetos, propriedades, métodos; Métodos construtores

Leia mais

Modelagem de Casos de Uso! Um modelo funcional

Modelagem de Casos de Uso! Um modelo funcional Modelagem de Casos de Uso Diagrama de Casos de Uso Especificação de Cenários! Um modelo funcional! Mostra como os valores são processados, sem preocupações com:! ordenamento (seqüência) das ações;! as

Leia mais

Como usar o bluej. Laboratório I Prof.ª Vera Alves

Como usar o bluej. Laboratório I Prof.ª Vera Alves Como usar o bluej O BlueJ é um IDE (Integrated Development Environment), ou seja, um ambiente para desenvolvimento de programas na linguagem Java. Você pode fazer o download do BlueJ, gratuitamente, no

Leia mais

Lista de Contas: Assinatura. Lista de Contas. Listas de Contas: Descrição. Listas de Contas: Descrição. Listas de Contas: Descrição

Lista de Contas: Assinatura. Lista de Contas. Listas de Contas: Descrição. Listas de Contas: Descrição. Listas de Contas: Descrição Lista de Contas Lista de Contas: Assinatura null Quais são os métodos necessários? class ListaDeContas { void inserir (Conta c) { void retirar (Conta c) { Conta procurar (String num) { Listas de Contas:

Leia mais

Módulo 07 Características Avançadas de Classes

Módulo 07 Características Avançadas de Classes Módulo 07 Características Avançadas de Classes Última Atualização: 15/06/2010 1 Objetivos Descrever variáveis, métodos e iniciadores static Descrever a semântica do modificador final em classes, métodos

Leia mais

Laboratório I Aula 4

Laboratório I Aula 4 Laboratório I Aula 4 Prof. Msc. Anderson da Cruz 1. Faça o diagrama de classe UML e programe a classe Data com três atributos inteiros: dia, mês e ano. Faça dois construtores: 1. Um construtor com três

Leia mais

28/9/2010. Unidade de Controle Funcionamento e Implementação

28/9/2010. Unidade de Controle Funcionamento e Implementação Arquitetura de Computadores Unidade de Controle Funcionamento e Implementação Prof. Marcos Quinet Universidade Federal Fluminense P.U.R.O. Operação da Unidade de Controle Unidade de controle: parte do

Leia mais

Unidade IV: Ponteiros, Referências e Arrays

Unidade IV: Ponteiros, Referências e Arrays Programação com OO Acesso em Java a BD Curso: Técnico em Informática Campus: Ipanguaçu José Maria Monteiro Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro PUC-Rio Departamento Clayton Maciel de Informática

Leia mais

Prof. Esp. Adriano Carvalho

Prof. Esp. Adriano Carvalho Prof. Esp. Adriano Carvalho O que é um Programa? Um arquivo contendo uma sequência de comandos em uma linguagem de programação especifica Esses comandosrespeitam regras de como serem escritos e quais

Leia mais

Trabalho Final. Data da Submissão: das 8h do dia 16/06 às 24h do dia 17/06. Data da Entrega do Relatório: das 15h às 18h no dia 18/06.

Trabalho Final. Data da Submissão: das 8h do dia 16/06 às 24h do dia 17/06. Data da Entrega do Relatório: das 15h às 18h no dia 18/06. ICMC-USP ICC - SCC-0 Turmas B e D - º. Semestre de 00 - Prof. João Luís. PAE: Jefferson F. Silva. Trabalho Final Submissão Automática da implementação pelo sistema Boca (http://blacklabel.intermidia.icmc.usp.br/boca/scc00/.)

Leia mais