Manual. ID REP Config Versão 1.0

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual. ID REP Config Versão 1.0"

Transcrição

1 Manual ID REP Config Versão 1.0

2 Sumário 1. Introdução Pré-Requisitos Atualização Instalação do ID REP Config Visão Geral do Programa Tela Principal Tela de Pesquisa Login Usuário Padrão Alteração de Senha do Usuário Cadastros Cadastrando Empregador Cadastrando Grupo de Trabalhador Cadastrando Trabalhador Cadastro de Biometria Cadastrando ID REP Cadastrando Cartão Ferramentas Exportar Marcação Importar Trabalhador Exportar Trabalhador Importar AFD Relatórios PIS Sem Trabalhador Marcações ID REP do Empregador Considerações Gerais Aba Geral Aba Trabalhadores Aba Funções

3 1. Introdução O ID REP Config foi desenvolvido para facilitar e agilizar o gerenciamento de múltiplos equipamentos ID REP. Este software gerenciará múltiplos equipamentos em uma rede local ou remota. Além disso, o ID REP Config permite coletar as marcações dos equipamentos e armazená-las em uma base de dados. O software possibilita exportar essas marcações para um arquivo texto (*.txt) facilitando a integração com sistemas de ponto disponíveis no mercado. O ID REP Config oferece a flexibilidade de importar trabalhadores do equipamento via TCP\IP ou pendrive. O operador, também, poderá exportar trabalhadores via TCT\IP ou pendrive para o equipamento. Outra utilidade é enviar um empregador cadastrado na base de dados para o equipamento. Se for necessário apagar um trabalhador do equipamento, o software tem a função que realiza este processo. Se os horários dos equipamentos ID REP apresentarem diferenças, o ID REP Config permite sincronizar este horário sem a necessidade do operador configurar cada equipamento manualmente. A sincronização pelo sistema é rápida e conseqüentemente causando parcimônia no trabalho do operador. 2. Pré-Requisitos Banco de dados: SQLite. Sistemas operacionais: Windows XP, Windows Vista (32/64 bits) e Windows Seven (32/64 bits). Memória: - Computador com 512 (recomendável 1 GB) MB de RAM para Windows XP; - Computador com 1 GB (recomendável 2 GB) MB de RAM para Windows Vista e Seven. Disco rígido: Espaço mínimo em disco rígido 10 GB; Framework Atualização Verifique atualizações através do link: 3

4 3. Instalação do ID REP Config Abra o instalador Setup.exe Clique no botão avançar. (Figura 3.1) Figura 3.1 Instalação concluída Escolha o local onde você deseja instalar o programa e clique no botão avançar. (Figura 3.2) Figura 3.2 Selecionar a pasta de instalação 4

5 Clique no botão avançar. (Figura 3.3) Figura 3.3 Confirmação de instalação Clique no botão fechar. (Figura 3.4) Figura 3.4 Instalação concluída 5

6 Árvore de Menus 4. Visão Geral do Programa 4.1. Tela Principal Menu Principal Painel de Controle Figura Tela Principal Observação: Os menus que existem na árvore de menus também encontram-se no menu o principal, exceto ID REP do Empregador. 6

7 Cadastros Empregador Área destinada para cadastrar, alterar, excluir e filtrar empregador. Área destinada para cadastrar, alterar, excluir e filtrar grupo de trabalhador. O grupo de trabalhado deve ser associado ao um empregador. Área destinada para cadastrar, alterar, excluir e filtrar trabalhador. O trabalhado deve ser associado a um empregador. O operador pode ser associado a um grupo de trabalhador. Além disso, o operador deve escolher pelo menos uma forma de marcação de ponto (código, biometria, cartão e senha). Área destinada para cadastrar, alterar, excluir e filtrar equipamentos ID REP. Área destinada para cadastrar, alterar, excluir e filtrar cartão proximidade e\ou barras. Comunicação Área destinada para ajustar a data e hora dos equipamentos. Ferramentas 7

8 Área destinada para exportar as marcações coletadas dos equipamentos de acordo com o período selecionado. O destino da exportação é configurado no cadastro de equipamentos. Área destinada para importar trabalhadores de um arquivo texto (*.txt) ou de um arquivo gerado de um equipamento (Users.ubs). Área destinada para exportar trabalhados da base de dados do ID REP Config (Users.ubs) e, posteriormente, serem importados por um equipamento. Área destinada para importar arquivo AFD (criptografado) gerado pelos equipamentos. Área destinada para que operador altere senha do usuário do sistema. Relatórios Área destinada para visualização de marcações, cujo PIS não tem um trabalhador associado. Este relatório facilitará o cadastramento do trabalhado no menu Cadastros Trabalhador. Área destinada para visualizar as marcações coletadas dos equipamentos de acordo com o período selecionado. ID REP do Empregador 8

9 No menu ID REP do Empregador, é visualizado todos os empregadores cadastrados com seu respectivo CNPJ. Ao clicar em um desses empregadores, então, são mostrados todos os equipamentos que pertencem o trabalhado selecionado. Clicando em um desses equipamentos, é possível realizar as seguintes operações: Alterar os dados do equipamento na base de dados do ID REP Config; Enviar um empregador para e equipamento; Verificar o empregador que está cadastrado no equipamento; Enviar trabalhadores para o equipamento; Importar ou exportar trabalhadores do equipamento; Realizar coleta de marcações do equipamento. 9

10 4.2. Tela de Pesquisa Nas telas de pesquisa é possível realizar as seguintes operações: alteração, exclusão, inclusão e pesquisa. Botão excluir Botão pesquisar Botão alterar Figura Tela de Pesquisa 10

11 5. Login 5.1. Usuário Padrão Todo vez que for utilizar o ID REP Config será solicitado um usuário e uma senha. Se as informações solicitadas não forem preenchidas de forma correta, não será possível acessar o software. O operador e a senha padrão são: - Operador: admin - Senha: Figura Tela de login 5.2. Alteração de Senha do Usuário Para alterar a senha do operador: - Insira a senha atual; - Insira a nova senha; - Insira a nova senha, novamente, para confirmar; - Pressione Salva. Figura Alteração de Senha 11

12 Se a operação for executada com sucesso, será exibida a seguinte mensagem: Figura Alteração realizada com sucesso 6. Cadastros 6.1. Cadastrando Empregador Para adicionar um empregador: - Preencha o campo Razão social. É obrigatório o preenchimento deste campo. - Escolha o tipo de documento (CNPJ ou CPF). - Após escolher o tipo de documento, digite o número do documento. Neste campo serão aceitos somente números e número de documentos válidos. É obrigatório o preenchimento deste campo. - O preenchimento do campo Cei é opcional. Se for preenchido, o campo deve ter valores numéricos e o Cei deve ser válido. - Preencha o Campo Endereço. É obrigatório o preenchimento deste campo. Figura Cadastro de Empregador 12

13 Se a operação for executada com sucesso, será exibida a seguinte mensagem: Figura Cadastro realizado com sucesso 6.2. Cadastrando Grupo de Trabalhador Para adicionar um grupo de trabalhador: - Preencha o campo Descrição. É obrigatório o preenchimento deste campo. - Selecione um empregador clicando no botão:. Ao clicar no botão abrirá uma tela de pesquisa (figura 6.2.2) do empregador. Nesta tela, o operador deve escolher um empregador para o grupo. Esta tela de pesquisa permite filtrar empregador pela razão social ou CNPJ/CPF. Botão que abre a tela de pesquisa Figura Cadastrando Grupo de Trabalhador 13

14 Figura Pesquisa de Empregador Clique em Ok e em seguida Incluir. Se a operação for executada com sucesso, será exibida a seguinte mensagem: Figura Cadastro Realizado com Sucesso 6.3. Cadastrando Trabalhador Para adicionar trabalhador: - Definir se o trabalhador é administrador. Um trabalhador administrador, quando enviado para o equipamento, pode alterar as configurações do equipamento (exceto alterar a senha do administrador master). 14

15 - Preencher o campo PIS do trabalhador. Neste campo serão aceitos somente números. O PIS deve ser válido. É obrigatório o preenchimento deste campo. - Selecione um empregador clicando no botão:. Ao clicar no botão abrirá uma tela de pesquisa (figura 6.3.2) do empregador. Nesta tela, o operador deve escolher um empregador para o trabalhador. Esta tela de pesquisa permite filtrar empregador pela razão social ou CNPJ/CPF. É obrigatório o preenchimento deste campo. - O grupo do trabalhador é opcional. Para escolher o grupo de empregador deve clicar no botão:. Ao clicar no botão abrirá uma tela de pesquisa (figura 6.3.3) do grupo do trabalhador. Nesta tela, o operador pode escolher um grupo do trabalhador para o trabalhador. Esta tela de pesquisa permite filtrar grupo pela descrição. Importante: Na tela de pesquisa de grupo do trabalhador serão visualizados somente os grupos que estão associados ao empregador do trabalhador. - Selecionar a forma de marcação de ponto. É obrigatório selecionar pelo menos uma forma de marcação. Existem as seguintes formas de marcação: Código: Se esta forma for selecionada, então o campo código de acesso de ser preenchido com valor numérico maior que zero. Biometria: Se está forma for selecionada, então a biometria deve ser cadastrada (ver o tópico: 6.3.1). Cartão: Se esta forma for selecionada, então o operador deve associar ao trabalhador a um cartão proximidade e\ou barras. Após escolher um cartão proximidade e\ou barras, o operador deve salvar a escolha (ver a figura 6.3.4). Para associar um cartão proximidade e\ou barras, os mesmos devem ser cadastrados antes (ver o tópico 6.5). Senha: Esta forma estará disponível somente quando a forma de marcação por código estiver selecionada. Este campo deve ser preenchido com valor numérico. 15

16 Ver tópico Figura Figura Figura Figura Incluindo um Trabalhador Figura Pesquisando Empregador 16

17 Figura Pesquisando Grupo de Trabalhador Figura Associando Cartão Se a operação for executada com sucesso, será exibida a seguinte mensagem: Figura Cadastro Realizado com Sucesso 17

18 Cadastro de Biometria Para capturar biometria através de um Hamster ou Fingerprint, siga os seguintes passos: Quando aparecer a tela de apresentação da captura de templates, clique no botão Next. Figura Cadastrando Biometria - Selecione o dedo que deseja cadastrar clicando no marcador azul acima do dedo escolhido (ver a figura ). Figura Selecionando o Dedo O sensor do módulo se ativará e aparecerá a seguinte tela: (ver a figura ) 18

19 - Coloca o dedo escolhido no sensor. Figura Coloque o Dedo no sensor - O sensor irá capturar a biometria e o software pedirá para retirar seu dedo do sensor. Ao retirar o dedo do sensor, o software pedirá que o coloque novamente. Coloque o mesmo dedo novamente no sensor. O software irá capturar uma segunda amostra do dedo e voltará para seguinte tela: (ver a figura ). Figura Confirmando Biometria 19

20 Figura Visualizando dedo cadastrado O dedo cadastrado, agora apresenta um marcador verde. Para concluir a captura clique no botão Next. Aparecerá a seguinte tela: Figura Finalizando cadastro de Biometria Clique no botão Finish. 20

21 6.4. Cadastrando ID REP Para adicionar ID REP: (Figura 6.4.1) - Preencha o campo Descrição. É obrigatório o preenchimento deste campo. Não pode existir um ID REP com a mesma descrição para um mesmo empregador. - Preencha o campo Local. É obrigatório o preenchimento deste campo. - Selecione um empregador clicando no botão:. Ao clicar no botão abrirá uma tela de pesquisa (figura 6.4.2) do empregador. Nesta tela, o operador deve escolher um empregador para o ID REP. Esta tela de pesquisa permite filtrar empregador pela razão social ou CNPJ/CPF. É obrigatório o preenchimento deste campo. - Preencha o campo NFR ( Número de Fabricação, encontrado na lateral do equipamento na plaqueta de identificação). Este campo receberá somente valor numérico. É obrigatório o preenchimento deste campo. - Escolha o módulo biométrico. O ID REP Config trabalha com os seguintes módulos: Nitgen 100, Nitgen 1000, Nitgen 4000, Nitgen 5000 e Virdi 480. Se o equipamento não tem módulo biométrico, então deve ser escolhido a opção Sem biometria. Importante: O módulo biométrico cadastrado no ID REP Config deve ser compatível com o módulo biométrico do equipamento. Se não for, existirá incompatibilidade quando um trabalhador do configurador for transferido para o equipamento via TCP\IP ou pendrive. - Escolher o local do arquivo onde serão gravadas as marcações ao serem exportadas. Este campo é opcional, porém, se não for preenchido não será possível exportar as marcações para este ID REP cadastrado. - Preencher o campo IP. Neste campo é permitido colocar somente IP s válidos e que não estejam sendo utilizados por outro ID REP cadastrado. É obrigatório o preenchimento deste campo. - Preencher o campo Porta comunicação. Por padrão o ID REP preenche o campo com Importante: Não utilizar portas padrões, tais como 80, 8080, 23, etc. 21

22 Figura Figura Cadastrando um ID REP Figura Selecionando o Empregador 22

23 Se a operação for executada com sucesso, será exibida a seguinte mensagem: Figura Inserção concluída 6.5. Cadastrando Cartão Para adicionar cartão proximidade e/ou barras: (Figura 6.5.1) - Preencha o campo Identificação do cartão. Este campo receberá somente valor numérico. É obrigatório o preenchimento deste campo. - Selecione um empregador clicando no botão:. Ao clicar no botão abrirá uma tela de pesquisa (figura 6.5.2) do empregador. Nesta tela, o operador deve escolher um empregador para o cartão proximidade e/ou barras. Esta tela de pesquisa permite filtrar empregador pela razão social ou CNPJ/CPF. É obrigatório o preenchimento deste campo. - Selecione o campo Código de barras e preencha o campo. Este campo receberá somente valor numérico. Não é permitido redundância de código de barras para empregador selecionado. - Selecione o campo Proximidade e preencha o campo. Este campo receberá somente valor numérico. Não é permitido redundância de cartão proximidade para empregador selecionado. Figura Figura Cadastrando Cartão 23

24 Figura Selecionando Empregador Se a operação for executada com sucesso, será exibida a seguinte mensagem: Figura Cadastro concluído 7. Ferramentas 7.1. Exportar Marcação A função Exportar Marcação tem como objetivo exportar as marcações que foram coletadas dos equipamentos para um arquivo texto. Para exportar as marcações: - É necessário filtrar as marcações antes de realizar e exportação. 24

25 - Escolha se o filtro será por empregador ou por ID REP. Importante: Se o filtro for por empregador, então o PIS (que está associado à marcação) deve estar associado a um empregador (ver o tópico 6.3). Caso contrário, a marcação não irá aparecer no filtro. - Escolha o período que deseja filtrar as marcações. - Se existir marcações, então será habilitado o botão Exportar. - Clicar no botão Exportar. Importante: Se o ID REP que gerou a marcação não tiver um arquivo associado, então não será possível exportar as marcações (ver o tópico 6.3). Figura Exportando Marcações 25

26 7.2. Importar Trabalhador O ID REP Config tem dois modos de importação de dados de trabalhadores via arquivo, que são as seguintes: arquivo texto (*.txt) e via arquivo gerado pelo equipamento (Users.ubs). Para importar trabalhadores via arquivo texto (*.txt): - O operador deve preparar o arquivo no seguinte formato: PIS;NOME;CODIGO_TECLADO;CODIGO_SENHA;CODIGO_PROXIMIDADE; CODIGO_BARRAS;TIPO_TEMPLATE;TEMPLATE01;TEMPLATE02;CNPJ_CPF // PIS = 11 DIGITOS NUMÉRICOS (OBRIGATÓRIO) // NOME = DE 1 ATÉ 52 DIGITOS ALFANUMÉRICOS (OBRIGATÓRIO) // CODIGO_TECLADO = ATÉ 8 DIGITOS NUMERICOS // CODIGO_SENHA = ATÉ 8 DIGITOS NUMERICOS // CODIGO_PROXIMIDADE = ATÉ 10 DIGITOS NUMERICOS // CODIGO_BARRAS = ATÉ 20 DIGITOS NUMERICOS // TIPO_TEMPLATE = 1 DIGITO NUMERICO // TEMPLATE01 = ATÉ 808 DIGITOS ALFANUMERICOS // TEMPLATE02 = ATÉ 808 DIGITOS ALFANUMERICOS // CNPJ_CPF = ATÉ 14 DIGITOS NUMERICOS (OBRIGATÓRIO) O CNPJ_CPF deve contem apenas os números deve ter no máximo 14 dígitos e o CODIGO_PROXIMIDADE não pode ser maior do que 10 digitos. - Exemplos de formatos válidos: ;bruno de Oliveira ;;; ; ;;;; Sem senha e código: ;Marco de Oliveira ;;;;;;;; Escolher o tipo de arquivo txt: (ver a figura 7.2.1); - Escolher o caminho de arquivo, onde está o arquivo texto. Para escolher o caminho clique no botão: 26

27 - Clique no botão importar. Figura Selecionando tipo de arquivo Para importar trabalhadores via arquivo Users.ubs (*.ubs): - O operador deve ir ao equipamento e exportar os trabalhadores do equipamento para o arquivo. Para exportar trabalhadores do equipamento pára um dispositivo externo: - Colocar o pedrive na porta USB DADOS ; - Entrar no menu Menu Adminitrador ; - Selecionar a opção USB DADOS ; - Clicar em Exportar Usuários ; - Em seguida, iniciará o processo, conforme ilustra a figura Concluído o processo corretamente, a mensagem OPERAÇÂO Figura Importanto Usuário via Pen drive FINALIZADA RETIRE O PENDRIVE aparecerá no display (ver a figura 7.2.3) Figura Operação finalizada 27

28 - Escolher o tipo de arquivo ubs (ver a figura 7.2.4); - Após colocar o pendrive no computador, apontar para a unidade criada pelo sistema operacional e selecionar o arquivo Users.ubs. Para escolher o caminho clique no botão: - Clique no botão importar. Figura Selecionando tipo de Arquivo 7.3. Exportar Trabalhador O ID REP Config possibilita exportar os trabalhadores para um arquivo (User.ubs). Após a exportação, o operador poderá importar estes trabalhadores para o equipamento (via pendrive). Para exportar trabalhador: - Selecione a unidade em que será gravado o arquivo que conterá os trabalhadores (Users.ubs); Se a unidade não estiver na lista, então clique no. Este botão irá atualizar a lista de unidades. - Escolha o módulo biométrico do equipamento em que serão importados os trabalhadores. O ID REP Config trabalha com os seguintes módulos: Nitgen 100, Nitgen 1000, Nitgen 4000, Nitgen 5000 e Virdi 480. Se o equipamento não tem módulo biométrico, então deve ser escolhida a opção Sem biometria. - Selecione o empregador que contém os trabalhadores que serão exportados. - Clique no botão Filtrar ; - Clique no botão Exportar 28

29 Figura Exportanto Trabalhador via Pen drive Para Importar Usuários para o equipamento de um dispositivo externo: - Ao importar usuários de um dispositivo externo, pendrive, para o equipamento, é importante ressaltar que caso no equipamento já possua um usuário com um PIS cadastrado com todas as formas de registrar o ponto como Biometria, Cartão Proximidade, Cartão Código de Barras, Código e Senha, e no pendrive o usuário com o mesmo PIS cadastrado tiver, por exemplo, somente Cartão Proximidade para registrar o ponto, será sobrescrito o usuário e a forma de registrar o ponto será apenas com Cartão Proximidade, anulando as outras formas de registrar o ponto. - Coloque o pendrive na porta USB DADOS ; - Entre no Menu Administrador ; - Selecionar a opção USB DADOS - Clicar em Importar Usuários ; Em seguida, iniciará o processo, conforme a figura

30 Figura Carregando Usuários via Pen Drive - Concluído o processo corretamente, a mensagem OPERAÇÃO FINALIZADA RETIRE O PENDRIVE aparecerá no display (ver a figura 7.3.3) Importar AFD A finalidade de importar AFD (arquivo de fonte de dados) é gravar os eventos que estão no equipamento para a base de dados do ID REP Config. Os eventos são: - Registro de inclusão ou alteração da identificação da empresa do ID REP; - Registro de marcação de ponto; - Registro de ajuste do relógio de tempo real do ID REP; - Registro de inclusão ou alteração ou exclusão de empregado do ID REP. Para importar AFD: Figura Inclusão Realizada com Sucesso - Ir ao equipamento ID REP e colocar o pendrive na porta USB DADOS ; - Entrar no Menu Administrador ; - Selecionar a opção USB DADOS ; - Clique em Exportar AFD; 30

31 - Em seguida, iniciará o processo, conforme a figura Figura Exportando AFD - Concluído o processo corretamente, a mensagem OPERAÇÃO FINALIZADARETIRE O PENDRIVE aparecerá no display (ver a figura 7.4.2). Figura Exportação concluída 8. Relatórios 8.1. PIS Sem Trabalhador Cada marcação que é coletada do equipamento e associado a um PIS. Este PIS pode não estar cadastrado na base de dados do ID REP Config. Sendo assim, o operador poderá cadastrar o PIS com seu respectivo trabalhador (ver o tópico 6.3). Para auxiliar o operador foi desenvolvido relatório o relatório PIS Sem Trabalhador (ver a figura 8.1.2). Para gerar o relatório: - Clique no relatório (ver a figura 8.1.1). Figura Gerar Relatório 31

32 Figura Relatório de PIS sem Trabalhador 8.2. Marcações O relatório de Marcações tem como objetivo visualizar as marcações que foram coletadas dos equipamentos. Para gerar o relatório de marcações: - É necessário filtrar as marcações antes de clicar no botão Relatório. - Escolha se o filtro será por empregador ou por ID REP. Importante: Se o filtro for por empregador, então o PIS (que está associado à marcação) deve estar associado a um empregador (ver o tópico 6.3). Caso contrário, a marcação não irá aparecer no filtro. - Escolha o período que deseja filtrar as marcações. 32

33 - Clicar no botão Relatório. Figura Gerando Relatório de Marcações 33 Figura Relatório de Marcações

34 34

35 9. ID REP do Empregador O menu ID REP do Empregado contém os empregadores cadastrados. Ao clicar em um empregador você verá todos os equipamentos associados a ele. Neste menu, o operador poderá gerenciar as informações entre o ID REP Config e o equipamento via TCP\IP. Figura 9.1 Equipamentos associados ao empregador 35

36 9.1. Considerações Gerais Antes de efetuar qualquer tipo de troca de informação entre ID REP Config e o equipamento, é importante: - Que o IP e a porta cadastrada no ID REP Config correspondam com o que está cadastrado no equipamento. - Se o NFR do ID REP Config não for compatível com o NFR do equipamento não será possível efetuar qualquer troca de informações entre as duas pontas. Quando o operador clica no botão Conectar ID REP, o ID REP Config verifica se o NFR é compatível o do equipamento. Se não for, então o software abrirá uma tela solicitando a alteração de NFR conforme com a figura Figura NFR precisa ser alterado - O ID REP Config deve estar conectado com o equipamento. Para realizar a conexão deve clicar no botão Conectar (ver a figura 9.1.2); - Verificar o status de qualquer comando executado no monitor. No monitor será possível verificar se o comando foi executado com êxito ou aconteceu alguma inconsistência. 36

37 Figura Conexão com o equipamento 9.2. Aba Geral Na aba Geral, contém os dados do equipamento. É possível alterar estes dados do equipamento. Para alterar os dados do equipamento: - O software deve estar desconectado com o equipamento. Caso contrário, o botão Alterar estará desabilitado. - Clique no botão Alterar. Abrirá uma tela para alteração de dados (ver a figura 9.2.1). - Após realizar a alteração, clicar no botão Salvar. 37

38 Figura Alterar cadastro do REP Na aba Geral, o operador poderá verificar qual empregador está no equipamento e enviar um empregador que está na base de dados para equipamento. Para verificar um empregador o equipamento: - Clique no botão Verificar (ver a figura 9.1.2). Para enviar um empregador da base de dado para o equipamento: - Clique no botão (ver a figura 9.1.2) Aba Trabalhadores Na aba trabalhadores, é possível enviar trabalhadores ou um grupo de trabalhadores que estão na base de dados para o equipamento, importar trabalhadores que estão no equipamento para a base de dados e excluir trabalhadores que estão no equipamento. Para enviar trabalhadores para equipamento: - O operador pode selecionar um grupo de trabalhadores que deseja enviar para o equipamento. Quando o operador escolher um grupo, então serão listados somente os trabalhadores do grupo desejado. Se não for selecionado um grupo, então serão listados todos os trabalhadores. - Escolher os trabalhadores que serão enviados para o equipamento (ver a figura 9.3.1) 38

39 Seleciona todos os trabalhadores Seleciona trabalhador individualmente. Figura Selecionando Trabalhadores - Clicar no botão - Importante: Não será possível enviar trabalhador para o equipamento se no cadastro do ID REP tem um módulo biométrico e no equipamento outro. Para importar trabalhadores do equipamento: - Clicar no link Importar Todos. - Importante: No momento da importação, o ID REP Config verificar se o trabalhador a ser importado existe na base de dados. Se existir, então o software irá sobrescrever o trabalhador que está na base de dados, ou seja, sempre vão prevalecer os dados que estão no equipamento. Para excluir trabalhadores do equipamento: - Escolher os trabalhadores que serão excluídos do equipamento (ver a figura 9.3.2) Seleciona todos os trabalhadores Seleciona trabalhador individualmente. Figura Selecionando Trabalhadores - Clicar no link Excluir Selecionados. (ver a figura 9.3.3) 39

40 Figura Aba Geral de Trabalhadores 9.4. Aba Funções Na aba funções é encontramos as seguintes funcionalidades: (É necessário estar conectado ao equipamento) - Ajuste de Data e Hora/sincronização: É possível ajustar a data e hora do equipamento de duas maneiras. Selecionando a Opção Atual, automaticamente o software irá buscar as informações de data e hora no sistema operacional do computador. Se a opção Atual estiver desabilitada, é possível programar um horário e data manualmente. Após selecionado a opção, clicar em Enviar. - Horário de verão: Nessa opção, pode ser configurado a data de inicio e fim do horário de verão. Após ajustado, clicar em Enviar. Pode-se verificar também o horário cadastrado no equipamento clicando em Verificar. 40

41 - Ajuste de timeout de conexão: Nessa opção, pode ser configurado o tempo de timeout de conexão. Após ajustado, clicar em Enviar. Pode-se verificar também o tempo cadastrado no equipamento clicando em Verificar - Alerta de Impressão de Ticket: Essa opção, possibilita a ativação da mensagem Não Puxe quando uma marcação de ponto for efetuada e a emissão do comprovante estiver sendo executada. Pode-se verificar se esta habilitado ou desabilitado essa opção no equipamento clicando em Verificar. Para Habilitar ou Desabilitar, clique em Alterar. - Ajuste da qualidade da Imagem Biométrica: Para verificar a qualidade da imagem biométrica que esta cadastrada no equipamento, clicar em Verificar. Para alterar o percentual, configurar a porcentagem e clicar em Enviar. Uma vez alterado o percentual da qualidade da imagem biométrica, é necessário o recadastramento das biometrias dos trabalhadores. - Coleta de Eventos: Esse campo permite coletar os registros de evento do equipamento e gravar na base de dados do ID REP Config. Os eventos são: - Registro de inclusão ou alteração da identificação da empresa do ID REP; - Registro de marcação de ponto; - Registro de ajuste do relógio de tempo real do ID REP; - Registro de inclusão ou alteração ou exclusão de empregado do ID REP. Para realizar a coleta, clicar em Atualizar, para atualizar a quantidade de eventos registrados no equipamento e em seguida em Coletar, para salvar na base de dados do ID REP Config. - AFD Arquivo Fonte de Dados: O Arquivo Fonte de Dados AFD, contem os eventos coletados no equipamento. É um arquivo gerado pelo ID REP Congif. para ser importado nos mais diversos softwares de tratamento de ponto encontrados no mercado. Esse arquivo é gerado no padrão da portaria 41

42 1.510 do MTE no formato *.TXT. Para gerar o arquivo AFD, há duas opções: Exportar todas as marcações ou exportar por período. Selecionada a opção desejada, clicar em Gerar. Irá abrir a tela para escolher o caminho para salvar o arquivo AFD.TXT. Clicar em Salvar. O arquivo será salvo automaticamente na pasta selecionada no computador. Figura Aba Geral de Funções 42

Manual. ID REP Config Versão 1.0

Manual. ID REP Config Versão 1.0 Manual ID REP Config Versão 1.0 Sumário 1. Introdução... 3 2. Pré-Requisitos... 3 3. Instalação do ID REP Config... 4 4. Visão Geral do Programa... 8 4.1. Tela Principal... 8 4.2. Tela de Pesquisa... 12

Leia mais

Manual. ID DATA Config Versão 3.3

Manual. ID DATA Config Versão 3.3 Manual ID DATA Config Versão 3.3 Sumário 1. Introdução... 4 2. Pré-Requisitos... 4 2.1. Atualização... 4 3. Instalação do ID DATA Config... 5 4. Visão Geral do Programa... 8 4.1. Tela Principal... 8 4.2.

Leia mais

Manual de Utilização SCI-Ponto

Manual de Utilização SCI-Ponto Manual de Utilização SCI-Ponto Sumário 1. Cadastro de Empregador... 2 2. Cadastro de Locais... 3 3. Cadastro de REPs... 3 4. Cadastro de Horário de Verão... 5 5. Cadastro de Funcionários... 6 6. Exportação

Leia mais

Manual de Operação. Chega de preocupações. O Orion 6 cuida de tudo sozinho. Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda.

Manual de Operação. Chega de preocupações. O Orion 6 cuida de tudo sozinho. Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Manual de Operação Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis Código Postal 83.322-010 Pinhais - Paraná - Brasil Chega de preocupações. O Orion 6 cuida de

Leia mais

GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014

GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014 GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014 A partir da versão 9.0 (BETA 3) do Software HCS 2010 é possível monitorar e gerenciar as biometrias

Leia mais

Manual do Aplicativo de Configurações

Manual do Aplicativo de Configurações Registrador Eletrônico de Ponto Manual do Aplicativo de Configurações Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis Código Postal 83.322-010 Pinhais - Paraná

Leia mais

Modelo R02 - Volume 2 - Operacional

Modelo R02 - Volume 2 - Operacional Modelo R02 - Volume 2 - Operacional INTRODUÇÃO Este manual foi elaborado com a finalidade de exemplificar todas as operações possíveis de serem executadas no equipamento. O equipamento Prisma Super Fácil

Leia mais

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda.

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. +55 41 3661-0100 Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis - Pinhais/PR - Brasil CEP: 83322-010 CNPJ: 01.245.055/0001-24 Inscrição Estadual: 90.111.008-53

Leia mais

www.lojatotalseg.com.br

www.lojatotalseg.com.br Manual do Aplicativo de Configurações J INTRODUÇÃO Este manual visa explicar a utilização do software embarcado do equipamento Prisma. De fácil utilização e com suporte a navegadores de internet de todos

Leia mais

Modelo R02 - Volume 4 - Aplicativo Web Embarcado

Modelo R02 - Volume 4 - Aplicativo Web Embarcado Modelo R02 - Volume 4 - Aplicativo Web Embarcado INTRODUÇÃO O equipamento Prisma Super Fácil foi desenvolvido com a finalidade de registrar a frequência dos colaboradores obedecendo às especificações da

Leia mais

VISTORIA DO SISTEMA REGIN PREFEITURAS

VISTORIA DO SISTEMA REGIN PREFEITURAS Página 1 / 29 ÍNDICE ÍNDICE... 2 APRESENTAÇÃO... 3 MÓDULO DE ACESSO... 3 CONFIGURAÇÃO MÓDULO VISTORIA... 4 ANÁLISE DOS PROTOCOLOS... 5 CONTROLE DE EXPORTAÇÃO MÓDULO VISTORIA... 8 DISPOSITIVO REGIN PREFEITURA...

Leia mais

Portaria Express 3.0

Portaria Express 3.0 Portaria Express 3.0 A portaria do seu condomínio mais segura e eficiente. Com a preocupação cada vez mais necessária de segurança nos condomínio e empresas, investe-se muito em segurança. Câmeras, cercas,

Leia mais

Manual de operação. BS Ponto Versão 5.1

Manual de operação. BS Ponto Versão 5.1 Manual de operação BS Ponto Versão 5.1 conteúdo 1. Instalação do sistema Instalando o BS Ponto Configurando o BS Ponto 2. Cadastrando usuários Cadastro do usuário Master Alterando a senha Master Cadastro

Leia mais

Obs: É necessário utilizar um computador com sistema operacional Windows 7.

Obs: É necessário utilizar um computador com sistema operacional Windows 7. Instalando os Pré-Requisitos Os arquivos dos 'Pré-Requisitos' estão localizados na pasta Pré-Requisitos do CD HyTracks que você recebeu. Os arquivos também podem ser encontrados no servidor. (www.hytracks.com.br/pre-requisitos.zip).

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda.

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. +55 41 3661-0100 Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis - Pinhais/PR - Brasil CEP: 83322-010 CNPJ: 01.245.055/0001-24 Inscrição Estadual: 90.111.008-53

Leia mais

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Criação de backups importantes... 3 3. Reinstalação do Sisloc... 4 Passo a passo... 4 4. Instalação da base de dados Sisloc...

Leia mais

Manual Captura S_Line

Manual Captura S_Line Sumário 1. Introdução... 2 2. Configuração Inicial... 2 2.1. Requisitos... 2 2.2. Downloads... 2 2.3. Instalação/Abrir... 3 3. Sistema... 4 3.1. Abrir Usuário... 4 3.2. Nova Senha... 4 3.3. Propriedades

Leia mais

Madis Rodbel Soluções de Ponto e Acesso Ltda.

Madis Rodbel Soluções de Ponto e Acesso Ltda. Elaborado: Qualidade de Software Versão: 3.00 Data: 11/06/2012 Apresentação O software Ativador REP é um software desenvolvido pela MADIS, para efetuar o controle das ativações do MD REP, MD REP NF, MD

Leia mais

Manual do Ponto Digital 3.5

Manual do Ponto Digital 3.5 Manual do Ponto Digital 3.5 Índice 1 Conhecendo o sistema (Cadastros) 1.1 Cadastro de Carga Horária 1.2 Cadastro de Funcionários 1.2.1 Selecionando Carga Horária para funcionário 1.2.2 Capturando impressão

Leia mais

1- Requisitos mínimos. 2- Instalando o Acesso Full. 3- Iniciando o Acesso Full pela primeira vez

1- Requisitos mínimos. 2- Instalando o Acesso Full. 3- Iniciando o Acesso Full pela primeira vez Manual Conteúdo 1- Requisitos mínimos... 2 2- Instalando o Acesso Full... 2 3- Iniciando o Acesso Full pela primeira vez... 2 4- Conhecendo a barra de navegação padrão do Acesso Full... 3 5- Cadastrando

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. - INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Manual do usuário MINIREP

Manual do usuário MINIREP Manual do usuário MINIREP Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida sem permissão da Diponto Ltda. As informações e especificações técnicas podem mudar a qualquer momento sem aviso prévio. Leitura

Leia mais

Manual de instalação Priority HIPATH 1100 versão 7.0

Manual de instalação Priority HIPATH 1100 versão 7.0 Manual de instalação Priority HIPATH 1100 versão 7.0 2014 Innova Soluções Tecnológicas Este documento contém 28 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Novembro de 2014. Impresso

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

Este documento consiste em 48 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Janeiro de 2010.

Este documento consiste em 48 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Janeiro de 2010. Manual de Configuração Este documento consiste em 48 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Janeiro de 2010. Impresso no Brasil. Sujeito a alterações técnicas. A reprodução

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: ADMINISTRATIVO VERSÃO 1.0 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 08/01/2013 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 3 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO...

Leia mais

Inner Rep. Manual de Instruções REP - MP084001-01 Rev 14-19/03/2012 PG - 1 -

Inner Rep. Manual de Instruções REP - MP084001-01 Rev 14-19/03/2012 PG - 1 - Inner Rep Manual de Instruções REP - MP084001-01 Rev 14-19/03/2012 PG - 1 - Índice ÍNDICE NOTA AO USUÁRIO... 5 NOTA SOBRE O INNER REP... 7 FIQUE POR DENTRO DA PORTARIA... 8 1 APRESENTAÇÃO... 9 1.1 MODELOS

Leia mais

Sistema de Bilhetagem Eletrônica

Sistema de Bilhetagem Eletrônica GUIA DE REFERÊNCIA SIB Sistema de Bilhetagem Eletrônica Projeto Sistema de Bilhetagem Eletrônica Documento MR (17/Maio/2011) Tabela 1 Histórico das alterações no documento Data Versão Autor Descrição 09/11/2010

Leia mais

Conteúdo BIOTRONIC PLUS

Conteúdo BIOTRONIC PLUS 0 Conteúdo Manual de Instalação...3 RECURSOS DESTE RELÓGIO...5 1 - REGISTRANDO O ACESSO...7 1.1 Acesso através do sensor biométrico:...7 1.2 Acesso através de cartão de código de barras:...7 1.3 Acesso

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: PROPOSTAS VERSÃO 1.1 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 10/11/2011 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 07/01/2013 1.1 Atualização do

Leia mais

2 de maio de 2014. Remote Scan

2 de maio de 2014. Remote Scan 2 de maio de 2014 Remote Scan 2014 Electronics For Imaging. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos dos Avisos de caráter legal deste produto. Conteúdo 3 Conteúdo...5 Acesso ao...5

Leia mais

Resumo das funcionalidades

Resumo das funcionalidades Resumo das funcionalidades Menu MENU Dados Cadastrais Atualizar Cadastro Troca Senha Grupo Usuários Incluir Atualizar Funcionários Incluir Atualizar Atualizar Uso Diário Importar Instruções Processar Status

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

1. Especificações Técnicas

1. Especificações Técnicas SUMÁRIO 1.Especificações Técnicas...2 2.Passfinger 2040...3 3.Instalação...4 4.Operação...5 4.1.Ligar o REP...5 4.2.Modo de Espera (Idle)...5 4.3.Navegação nos Menus...5 4.4.Escrever texto...6 4.4.1.Modo

Leia mais

SIGEP WEB - Gerenciador de Postagens dos Correios Manual do Usuário

SIGEP WEB - Gerenciador de Postagens dos Correios Manual do Usuário MANUAL DO USUÁRIO 2 ÍNDICE 1. PRÉ REQUISITOS PARA UTILIZAÇÃO DO SIGEP WEB 04 2. PROCEDIMENTOS PARA DOWNLOAD DO SISTEMA 04 3. INSTALANDO O SIGEP WEB 07 4. CONFIGURAÇÕES DO SISTEMA 09 COMPARTILHANDO O BANCO

Leia mais

Manual de Administração

Manual de Administração Manual de Administração Produto: n-mf Xerox Versão do produto: 4.7 Autor: Bárbara Vieira Souza Versão do documento: 1 Versão do template: Data: 04/04/01 Documento destinado a: Parceiros NDDigital, técnicos

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup MANUAL DO USUÁRIO Software de Ferramenta de Backup Software Ferramenta de Backup Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para

Leia mais

O serviço de Gateway Remoto é instalado em um computador, onde um ou diversos rádios móveis Hytera podem ser conectados via cabo USB e áudio.

O serviço de Gateway Remoto é instalado em um computador, onde um ou diversos rádios móveis Hytera podem ser conectados via cabo USB e áudio. Visão Geral O Gateway Remoto Hytracks tem por objetivo atuar como uma extensão do Servidor principal, visando atender regiões muito distantes do servidor através de um link IP. O serviço de Gateway Remoto

Leia mais

Manual SISVI V6 Sistema Integrado ao SISCSV DENATRAN

Manual SISVI V6 Sistema Integrado ao SISCSV DENATRAN Sistema Auto Consulta 2011 Sumário 1. Instalação... 5 1.1. Solicitando Chave de Licença (Serial)... 5 1.2. Registrando o Software com Serial... 6 1.3. Dados de Acesso... 6 1.4. Primeiro Acesso ao Sistema...

Leia mais

Manual de Instalação ProJuris8

Manual de Instalação ProJuris8 Manual de Instalação ProJuris8 Sumário 1 - Requisitos para a Instalação... 3 2 - Instalação do Firebird.... 4 3 - Instalação do Aplicativo ProJuris 8.... 8 4 - Conexão com o banco de dados.... 12 5 - Ativação

Leia mais

A SOLUÇÃO EM AUTOMAÇÃO COMERCIAL

A SOLUÇÃO EM AUTOMAÇÃO COMERCIAL Futura Ponto (REP) A SOLUÇÃO EM AUTOMAÇÃO COMERCIAL Website: www.futurasistemas.com.br Telefone: (11) 3227-8984/ (11) 3929-8980 ÍNDICE Futura Ponto (REP)...03 Configurações Iniciais...04 Cadastrar Empresa...05

Leia mais

Manual Ponto System CB7 WWW.PONTOSYSTEM.COM.BR. Telefones: (041) 3333-4740

Manual Ponto System CB7 WWW.PONTOSYSTEM.COM.BR. Telefones: (041) 3333-4740 Manual Ponto System CB7 WWW.PONTOSYSTEM.COM.BR Telefones: (041) 3333-4740 1 ÍNDICE Instalação do Sistema... 3 Atualização do Sistema... 4 Acesso ao Sistema... 5 Janela principal... 6 Cadastros Cadastro

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Criação de Formulários no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Criação de Formulários no Google Drive Introdução...

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 26 de agosto de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é uma

Leia mais

ÍNDICE. Futura Ponto (REP)...03. Configurações Iniciais...04. Cadastrar Horário...05. Configurar Hora Extra...07. Cadastrar Departamento...

ÍNDICE. Futura Ponto (REP)...03. Configurações Iniciais...04. Cadastrar Horário...05. Configurar Hora Extra...07. Cadastrar Departamento... Futura Ponto (REP) ÍNDICE Futura Ponto (REP)...03 Configurações Iniciais...04 Cadastrar Horário...05 Configurar Hora Extra...07 Cadastrar Departamento...10 Cadastrar Função...11 Cadastrar Funcionário...12

Leia mais

Certificado Digital A1

Certificado Digital A1 Certificado Digital A1 Geração Todos os direitos reservados. Imprensa Oficial do Estado S.A. - 2012 Página 1 de 41 Pré-requisitos para a geração Dispositivos de Certificação Digital Para que o processo

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

MARQUE PONTO. Registrador Eletrônico de Ponto - Manual de Operação 1.3

MARQUE PONTO. Registrador Eletrônico de Ponto - Manual de Operação 1.3 w MARQUE PONTO Registrador Eletrônico de Ponto - Manual de Operação 1.3 1 2 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO 4 1.1. APRESENTAÇÃO 4 1.2. MODO DE USO 4 1.3. APRESENTAÇÃO E INFORMAÇÕES INICIAIS 5 2 FIXAÇÃO DO EQUIPAMENTO

Leia mais

DRIVE CONTÁBIL NASAJON

DRIVE CONTÁBIL NASAJON DRIVE CONTÁBIL NASAJON Módulo Gestão de Documentos Versão 1.0 Manual do Usuário 1 Sumário Os Módulos do Gerenciador de NFe: Informações Básicas Primeiro Acesso: Requisitos Acesso ao Drive Contábil Nasajon

Leia mais

Manual de Configuração e Utilização TabFisc Versão Mobile 09/2013 Pag. 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TABLET VERSÃO MOBILE

Manual de Configuração e Utilização TabFisc Versão Mobile 09/2013 Pag. 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TABLET VERSÃO MOBILE Pag. 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TABLET VERSÃO MOBILE Pag. 2 INTRODUÇÃO Esse documento contém as instruções básicas para a utilização do TabFisc Versão Mobile (que permite ao fiscal a realização do seu trabalho

Leia mais

BH PARK Software de Estacionamento

BH PARK Software de Estacionamento BH PARK Software de Estacionamento WWW.ASASSOFTWARES.COM.BR Índice 1 Informações Básicas... 1 1.1 Sair da aplicação... 1 1.2 Travar aplicação... 1 1.3 Licenciando a aplicação... 1 1.4 Contrato de Manutenção...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SIGEP WEB

MANUAL DO USUÁRIO SIGEP WEB MANUAL DO USUÁRIO SIGEP WEB Sumário PRÉ- REQUISITOS PARA UTILIZAÇÃO DO SIGEP WEB... 4 PROCEDIMENTOS PARA DOWNLOAD DO SISTEMA... 4 INSTALANDO O SIGEP WEB... 6 INICIANDO O SISTEMA... 6 INICIANDO O SISTEMA...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL TISS. Manual. Usuário. Versão 1.3 atualizado em 13/06/2013

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL TISS. Manual. Usuário. Versão 1.3 atualizado em 13/06/2013 Manual do Usuário Versão 1.3 atualizado em 13/06/2013 1. CONFIGURAÇÕES E ORIENTAÇÕES PARA ACESSO... 4 2 GUIAS... 11 2.1 DIGITANDO AS GUIAS... 11 2.2 SALVANDO GUIAS... 12 2.3 FINALIZANDO UMA GUIA... 13

Leia mais

Manual d o usuário DATAREPi8T

Manual d o usuário DATAREPi8T Manual d o usuário DATAREPi8T Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida sem permissão da Diponto Ltda. As informações e especificações técnicas podem mudar a qualquer momento sem aviso prévio.

Leia mais

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda.

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Manual do equipamento Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. +55 41 3661-0100 Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis - Pinhais/PR - Brasil CEP: 83322-010 CNPJ: 01.245.055/0001-24 Inscrição

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Home -------------------------------------------------------------------------------------------------------- 7 2. Cadastros -------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Procedimentos para Instalação do Sisloc

Procedimentos para Instalação do Sisloc Procedimentos para Instalação do Sisloc Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Instalação do Sisloc... 3 Passo a passo... 3 3. Instalação da base de dados Sisloc... 16 Passo a passo... 16 4. Instalação

Leia mais

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual Aplicativo da Manifestação do Destinatário Manual Novembro de 2012 1 Sumário 1 Aplicativo de Manifestação do Destinatário...4 2 Iniciando o aplicativo...4 3 Menus...5 3.1 Manifestação Destinatário...5

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Utilizando conversor Serial/Ethernet com Mini-Impressora DR600/DR700.

STK (Start Kit DARUMA) Utilizando conversor Serial/Ethernet com Mini-Impressora DR600/DR700. STK (Start Kit DARUMA) Utilizando conversor Serial/Ethernet com Mini-Impressora DR600/DR700. Neste STK mostraremos como comunicar com o conversor Serial/Ethernet e instalar o driver Genérico Somente Texto

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 18 de fevereiro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é

Leia mais

Manual NOV - PDV. Versão 1.0

Manual NOV - PDV. Versão 1.0 Manual NOV - PDV Versão 1.0 Sumário 01 Captura de Nota Fiscal...3 02 Remessa de Entrada...6 03 Remessa de Saída......9 04 Pedido Normal...12 05 Pedido Especial...16 06 Nota Fiscal Avulsa...18 07 Controle

Leia mais

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Sumário PRESTAÇÃO DE CONTAS DE ETIQUETAS DE REPARO...3 Figura 1.0...3 Figura 2.0...4 Figura 3.0...5 Figura 4.0...5 1. Proprietário

Leia mais

Este guia foi escrito para ajudar os administradores de sistema ou qualquer um que usa o Avast Small Office. 1.0 Requisitos do sistema...

Este guia foi escrito para ajudar os administradores de sistema ou qualquer um que usa o Avast Small Office. 1.0 Requisitos do sistema... Este guia foi escrito para ajudar os administradores de sistema ou qualquer um que usa o Avast Small Office. 1.0 Requisitos do sistema... 3 1.1 Console de Administração Small Office... 3 1.2 Gerenciamento

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração MG-Soft

Manual de Instalação e Configuração MG-Soft Manual de Instalação e Configuração MG-Soft V 1.5.3 www.pinaculo.com.br (51)3541-0700 Sumário Apresentação... 3 1. Instalando o MG-Soft Server... 3 1.1. Liberar as portas do Firewall... 3 1.2. Autorun...

Leia mais

Token SafeNet Authentication Cliente 8.3 (x32 e x64)

Token SafeNet Authentication Cliente 8.3 (x32 e x64) Token SafeNet Authentication Cliente 8.3 (x32 e x64) Manual do Usuário Índice O que é Token?... 03 Instalação do Token... 04 Verificação do Certificado... 07 Troca de Senhas... 10 O que é Token? É um dispositivo

Leia mais

Manual para Envio de Petição Inicial

Manual para Envio de Petição Inicial Manual para Envio de Petição Inicial 1. Após abrir a página do PROJUDI, digite seu usuário e senha 1.1. Para advogados o usuário é o cpf.adv (ex: 12345678900.adv) 1.2. Após digitar os dados (login e senha),

Leia mais

jfisc al Versão 3.0 - Fevereiro/2015

jfisc al Versão 3.0 - Fevereiro/2015 jfiscal Versão 3.0 - Fevereiro/2015 Índice 1 INTRODUÇÃO E VISÃO GERAL... 1 2 INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO INICIAL DO JFISCAL... 2 2.1 Download... 3 2.2 Instalação do jfiscal... 3 3 ADQUIRIR UMA LICENÇA DO

Leia mais

Sumário 1. Apresentação Janela Principal 2.1. Cadastrar dispositivo 2.1.1. Gerenciamento de equipamento 2.2. Cadastro de Usuários 2.2.1.

Sumário 1. Apresentação Janela Principal 2.1. Cadastrar dispositivo 2.1.1. Gerenciamento de equipamento 2.2. Cadastro de Usuários 2.2.1. VERSÃO DO MANUAL 3.0 de 22/01/2014 Sumário 1. Apresentação... 3 2. Janela Principal... 3 2.1. Cadastrar dispositivo... 4 2.1.1. Gerenciamento de equipamento... 4 2.2. Cadastro de Usuários... 6 2.2.1. Cadastro

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

MANUAL INOVA RECARGA 29/01/2015

MANUAL INOVA RECARGA 29/01/2015 2015 MANUAL INOVA RECARGA 29/01/2015 Manual de Instalação e Utilização do InovaRecarga Para confecção desse manual, foi usado o Sistema Operacional Windows 7 Ultimate 64 Bits. Algumas divergências podem

Leia mais

CONFIGURADOR DO PAINEL FP1 v 1.3

CONFIGURADOR DO PAINEL FP1 v 1.3 CONFIGURADOR DO PAINEL FP1 v 1.3 1. INTRODUÇÃO Este software permite a configuração dos dispositivos de detecção manuais e ou automáticos do sistema digital de alarme de incêndio FP1. Pode-se, por intermédio

Leia mais

Rua: Alegre,355 São Caetano SP Fone: 11-4227 1666 Fax: 4228 1153 Internet: www.lintec.com.br / www.biochave.com.br

Rua: Alegre,355 São Caetano SP Fone: 11-4227 1666 Fax: 4228 1153 Internet: www.lintec.com.br / www.biochave.com.br Cadastro da Biochave Clique no menu Biochaves Clique no menu Incluir Você terá que preencher os seguintes campos: Descrição: Nome da Biocahve. Endereço IP: Endereço IP na qual foi configurado no Módulo

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5

Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5 Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5 09 de julho de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação

Leia mais

Manual de Administração

Manual de Administração Manual de Administração Produto: NDDigital n-access Versão: 4.2 Versão do Doc.: 1.1 Autor: Lucas Santini Data: 27/04/2011 Aplica-se à: NDDigital n-billing Detalhamento de Alteração do Documento Alterado

Leia mais

Inner Rep. Manual de Instruções REP - Rev 20 25/04/2013 PG - 1 -

Inner Rep. Manual de Instruções REP - Rev 20 25/04/2013 PG - 1 - Inner Rep Manual de Instruções REP - Rev 20 25/04/2013 PG - 1 - Índice ÍNDICE NOTA AO USUÁRIO... 5 NOTA SOBRE O INNER REP... 7 FIQUE POR DENTRO DA PORTARIA... 8 1 APRESENTAÇÃO... 9 1.1 MODELOS DE INNER

Leia mais

Manual do Usuário CFCWeb BA

Manual do Usuário CFCWeb BA ÍNDICE Acesso ao sistema... 2 Tela Principal... 3 Cadastro de Candidatos... 5 Agenda Teórico... 6 Agenda Prático... 7 Consulta Agendamentos do Candidato por Serviço... 9 Cadastro de Grade Horária... 10

Leia mais

Sistema Futura Ponto. Aparecida Legori Futura Sistemas 27/05/2014

Sistema Futura Ponto. Aparecida Legori Futura Sistemas 27/05/2014 2014 Sistema Futura Ponto Aparecida Legori Futura Sistemas 27/05/2014 Índice Cadastro 1. Departamentos 2. Função 3. Empresa 4. Eventos 5. Feriados 6. Grade Horária 7. Justificativas 8. Funcionários 9.

Leia mais

Instalação Cliente Notes 6.5

Instalação Cliente Notes 6.5 Instalação Cliente Notes 6.5 1/1 Instalação Cliente Notes 6.5 LCC.008.2005 Versão 1.0 Versão Autor ou Responsável Data 1.0 Fabiana J. Santos 18/11/2005 RESUMO Este documento apresenta um roteiro de instalação

Leia mais

Sistema de Registro das Atividades do RT - Tutorial de utilização

Sistema de Registro das Atividades do RT - Tutorial de utilização Sistema de Registro das Atividades do RT - Tutorial de utilização Acesso WEB 1. Primeiro acesso Para acessar o sistema, abra seu navegador de internet e vá até o site http://sistemart.crmv pr.org.br. Você

Leia mais

Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge. Manual do Usuário. Versão 1.1. ExpressoMG

Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge. Manual do Usuário. Versão 1.1. ExpressoMG Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais - Prodemge Manual do Usuário Versão 1.1 ExpressoMG 14/10/2015 Sumário 1. Apresentação... 4 1.1 Objetivos do Manual... 4 1.2 Público Alvo...

Leia mais

Certificado A1 Manual de Renovação online

Certificado A1 Manual de Renovação online Página1 Certificado A1 Manual de Renovação online Manual do Usuário Página2 Índice Requisitos... 03 Plug-ins e ActiveX... 04 Renovação... 06 Exportação: Backup PFX... 12 Página3 Requisitos Este manual

Leia mais

SAPEwin Guia Rápido Ver 4.xxx. Informamos que este software esta de acordo com a portaria 1.510 de 21/08/2009 publicada pelo M.T.E.

SAPEwin Guia Rápido Ver 4.xxx. Informamos que este software esta de acordo com a portaria 1.510 de 21/08/2009 publicada pelo M.T.E. SAPEwin Guia Rápido Ver 4.xxx Informamos que este software esta de acordo com a portaria 1.510 de 21/08/2009 publicada pelo M.T.E. Tela de Acesso insira sua Senha Menu Rápido Aba de Cadastro Menu Estender

Leia mais

SUMÁRIO IDENTIFIQUE O MODELO. Conhecendo o equipamento INTRODUÇÃO:

SUMÁRIO IDENTIFIQUE O MODELO. Conhecendo o equipamento INTRODUÇÃO: Guia do Usuário SUMÁRIO INTRODUÇÃO: Este manual foi desenvolvido com a finalidade de apresentar os recursos do equipamento, modos de registro de ponto e comunicação. O equipamento IDNOX foi desenvolvido

Leia mais

MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S

MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 CADASTRANDO-SE NO SISTEMA... 4 CADASTRANDO UM FAMILIAR... 7 ACESSANDO O SISTEMA já sou cadastrado... 8 COMO AGENDAR UMA CONSULTA pesquisar horários...

Leia mais

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Conteúdo Etapa 1: Saiba se o computador está pronto para o Windows 7... 3 Baixar e instalar o Windows 7 Upgrade Advisor... 3 Abra e execute o Windows 7

Leia mais

TUTORIAL INSTALAÇÃO DA ROTINA 2075 NO LINUX

TUTORIAL INSTALAÇÃO DA ROTINA 2075 NO LINUX Apresentação O departamento de varejo da PC Sistemas inovou seu produto de frente de caixa, permitindo seu funcionamento no sistema operacional do Linux com a distribuição Ubuntu. O cliente poderá usar

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO GCD GERENCIADOR DE CERTIFICADOS DIGITAIS

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO GCD GERENCIADOR DE CERTIFICADOS DIGITAIS MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO GCD GERENCIADOR DE Versão 2 Atualizado em 03/05/2012 Página 1 de 77 ÍNDICE 1 - O QUE É O GCD... 3 2 - COMO EXECUTAR O GCD GERENCIADOR DE... 4 2.3 - COMO CONFIGURAR O PROXY DO GCD...

Leia mais

manual Sistema de Gestão de Contribuições

manual Sistema de Gestão de Contribuições manual Sistema de Gestão de Contribuições Conteúdo 1. Login 4 2. Home 5 3. Informações básicas 3.1. Menus 6 3.2. Números e status 7 3.3. Ações 8 4. Ambientes da ferramenta 4.1. Sindicato 13 4.2. Empresas

Leia mais

LASERTECK SOFTECK MANUAL DO USUÁRIO

LASERTECK SOFTECK MANUAL DO USUÁRIO LASERTECK SOFTECK MANUAL DO USUÁRIO 2013 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 REQUISITOS DO SISTEMA... 3 3 INSTALAÇÃO... 3 4 COMO COMEÇAR... 3 5 FORMULÁRIOS DE CADASTRO... 4 6 CADASTRO DE VEÍCULO... 6 7 ALINHAMENTO...

Leia mais

TUTORIAL REP IDX CONTROLID

TUTORIAL REP IDX CONTROLID 1 TUTORIAL REP IDX CONTROLID Orientações para integração do sistema de Ponto x ControlID IDx Opções impactadas: Cadastro > Cadastro de REP Integração -> Gerenciador de REP Objetivo: Atender ao novo equipamento

Leia mais

Revisão: Introdução. - Integração com o AutoManager; 1 Atualização de versão do banco de dados PostgreSQL

Revisão: Introdução. - Integração com o AutoManager; 1 Atualização de versão do banco de dados PostgreSQL Urano Indústria de Balanças e Equipamentos Eletrônicos Ltda. Rua Irmão Pedro 709 Vila Rosa Canoas RS Fone: (51) 3462.8700 Fax: (51) 3477.4441 Características do Software Urano Integra 2.2 Data: 12/05/2014

Leia mais

Manual de uso PSIM Client 2010

Manual de uso PSIM Client 2010 MANUAL DE USO PSIM CLIENT VERSÃO 2010 ÍNDICE Manual de uso PSIM Client 2010 INSTALAÇÃO...2 INSTALAÇÃO LOCAL...2 INICIANDO O SISTEMA...13 UTILIZANDO O ÍCONE DA ÁREA DE TRABALHO...13 UTILIZANDO O MENU INICIAR...16

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.6.0

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.6.0 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.6.0 09 de novembro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é uma

Leia mais

Manual Digifort Evidence Versão 1.0.1 Rev. A

Manual Digifort Evidence Versão 1.0.1 Rev. A Manual Digifort Evidence Versão 1.0.1 Rev. A Índice ANTES DE VOCÊ COMEÇAR... 4 PRÉ-REQUISITOS... 4 SCREEN SHOTS... 4 A QUEM SE DESTINA ESTE MANUAL... 4 COMO UTILIZAR ESTE MANUAL... 4 Introdução... 5 INSTALANDO

Leia mais

Instalação do SisAlu 1. Apostila de Instalação do SisAlu

Instalação do SisAlu 1. Apostila de Instalação do SisAlu Instalação do SisAlu 1 Apostila de Instalação do SisAlu 2 Instalação do SisAlu Instalação do SisAlu 3 Índice 1. Objetivo... 4 2. Instalação... 5 2.1. Kit de Instalação... 5 2.2. Requisitos do sistema...

Leia mais

Manual de renovação online de Certificado Digital

Manual de renovação online de Certificado Digital online de Certificado Página 2 de 24 Sumário 1. Requisitos... 3 2. Primeiro passo... 4 3. Instalando o Certificado... 15 4. Cópia de segurança... 18 Página 3 de 24 1. Requisitos O Certificado válido e

Leia mais