GOLD ON SALE, SAYS THE RATIONAL INVESTOR

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GOLD ON SALE, SAYS THE RATIONAL INVESTOR"

Transcrição

1 11 de agosto de 2015 O conteúdo das matérias é de inteira responsabilidade dos meios de origem A missão da ADIMB é a de promover o desenvolvimento técnico-científico e a capacitação de recursos humanos para a Indústria Mineral Brasileira GOLD ON SALE, SAYS THE RATIONAL INVESTOR The leveraged gold futures derivatives market is knocking down the precious metal, yet in massive contrast, this drop has ignited a shopping frenzy according to gold coin dealers. I spoke with several friends and industry experts last week who confirmed the record sales numbers for the month. In fact, American Gold Eagle sales reached 161,500 ounces in July, the highest monthly figure since April What gives? Gold often attracts conspiracy theories when it falls so abruptly, especially on Mondays. Interestingly, in a recent article on Zero Hedge, ABC Bullion out of Sydney, Australia, details some of the speculation behind the precious metal s beatdown, which I ve also discussed in my blog. Price manipulation, or a bear raid, could be a factor. Last week, gold prices experienced a mini flash crash the first one in 18 months after five tonnes of the metal appeared on the Shanghai market. Whether front-running or fat fingers are to blame, the sell order for what many are calling a bear raid was initially thought to have originated in China, but we now believe it came from New York City. Did investors anticipate China s negative flash purchasing managers index (PMI) last week? China is the largest consumer of gold, and the PMI is a useful leading indicator of commodities demand as well as job growth. What about the Greek crisis? This type of debt fear crisis often has the effect of boosting the price of gold, but we didn t see that happen. Did European central banks sell gold down to dampen the psychological impact of the event? Understating the seriousness of the debt crisis may have prevented investors from seeking gold as protection.

2 Conspiracy theories or not, I believe none of this tarnishes gold s sustainable allure. It s important to look at the two key demand drivers for gold: the Fear Trade and the Love Trade. The Fear Trade is related to money supply and negative real interest rates. The Love Trade comes from the purchase of gold due to cultural affinity and the rising GDP per capita in Asia and the Middle East. I ve always advocated, and continue to advocate, a 10 percent weighting: 5 percent in gold stocks and 5 percent in bullion, then rebalance every year. From Crisis to Opportunity Take a look at the chart, which shows that the bearish trend is obvious. And yet many investors are still buying. In an interview this week with Money Metals Exchange and in talking to Bart Kitner, founder of Kitco, both conversations confirmed that smart investors are enthusiastically buying gold during this downdraft in prices. Rational Investors Know a Deal When They See One, and Feel One With so much gloom and doom in the media surrounding gold right now, you might wonder why coin sales are soaring at multiyear highs. The reason is pretty simple: Gold is on sale. High net worth individuals and other savvy investors realize that even now, as herds of people are rushing for the exit, owning gold is one of the best ways to manage systemic risk. They follow that Greeks had their cash in banks frozen like in Cyprus only a few years ago. Ray Dalio, founder of Bridgewater Associates, said it best: If you don t own gold, you know neither history nor economics. Indeed, some investors fail to take a long-term perspective on gold. Their sentiment toward the metal extends only as far back as the most recent selloff, induced by the strong U.S. dollar, weak global manufacturing activity and fears that interest rates will soon rise. Many investors have that sinking feeling with a deterioration in global PMI, leading economic indicators, falling commodity prices and the threat of rising U.S. interest rates. Many have raised their cash levels due to decelerating global growth

3 prospects. I ve written that bad news is good news because when governments accelerate monetary policy, this can be a good opportunity for investors to add to their gold exposure. I m not the only one who takes this position. Besides the investors gobbling up American Gold Eagles, central banks around the world continue to buy, hold and repatriate bullion. The U.S. Federal Reserve maintains its 8,133 tonnes, the most of any central bank. Germany, the Netherlands and other countries have brought home mounds of the yellow metal in the last 12 months. China has increased its reserves 60 percent in the last six years. And Texas is in the early stages of establishing its own gold depository, the first state to do so. If there were no faith left in the metal, why would banks even bother with it? At the same time, massive amounts of paper money are still being printed. In fact, the International Monetary Fund has asked the Bank of Japan to be ready to increase its monetary stimulus further, according to Bloomberg. Let the paper printing roll! In the U.S., where quantitative easing was supposed to have ended back in October, the Fed s balance sheet is still within 0.3 percent of its all-time high, according to Sovereign Man. Based on Historical Volatility Models Gold Is Extremely Oversold Before the bottom fell out, gold s support seemed to have been around $1,150, whereas the resistance trend line was breaking down. The descending triangle pattern, seen below, indicates that demand was weakening and downside momentum was gathering force. A useful tool that traders and analysts use is Bloomberg s relative strength indicator (RSI). Below is gold s RSI over the same one-year period. It shows that gold has passed below the 30 mark into oversold territory. When this happens, many analysts see it as a buying opportunity. Between November 3 the last time gold fell this significantly below 30 and January 20, the yellow metal ended up rallying 13 percent.

4 A similar tool we use to identify buy and sell signals is the price oscillator, which I often explain while speaking at conferences. This tool measures how many standard deviations an asset s value has moved from its mean (and in which direction). When the number crosses above two standard deviations, it s often interpreted as an opportunity to take some profits, and when it crosses below negative two, it might be a good time to think about accumulating. Love Trade and Fear Trade: Gold s Tailwinds and Headwinds I always look at two demand factors for gold, the Fear Trade and the Love Trade. The Love Trade is the purchase of gold for weddings, anniversaries and cultural celebrations while the Fear Trade is gold s reaction to monetary and fiscal policies, particularly real interest rates. Historically, the Love Trade has been on the upswing starting around this time late July and early August in anticipation of international festivals and holidays such as Diwali, Christmas and the Chinese New Year. But as you can see in the oscillator chart above, gold is down 1.4 standard deviations for the 10-year period. This suggests gold may be at an attractive level to accumulate, and gold stocks can offer greater beta when gold begins to revert to its mean. The Fear Trade, on the other hand, involves the Fear Trade and real interest rates (inflation CPI = real interest rates). Several times in the past I ve

5 explained how gold tends to benefit when real interest rates turn negative. When the rate of inflation exceeds the yield on a five-year Treasury note, it makes gold much more attractive to many investors. At this time, the five-year Treasury yield sits at 1.58 percent while inflation is crawling along at 0.1 percent. This means that real rates are a positive 1.48 percent a headwind for gold. As I told Daniela Cambone during last week s Gold Game Film, the U.S. has some of the highest real rates of return in the world right now. To see gold gain traction again, not only do we need to see negative real interest rates in the U.S. we need to see rising real GDP per capita in China and rising PMI in China. On a final note, there appears to be a battle between the debt markets and equity markets. The debt market yields suggest rates will not be rising next month or quarter, while equity markets suggest they will. I think the bond market is more accurate. With a struggling global economy and commodity deflation odds favor rates will not rise soon in America, and gold will revert back to the mean. Past performance does not guarantee future results. All opinions expressed and data provided are subject to change without notice. Some of these opinions may not be appropriate to every investor. By clicking the links above, you will be directed to third-party websites. U.S. Global Investors does not endorse all information supplied by these websites and is not responsible for their content. The Relative Strength Index (RSI) is a technical indicator used in the analysis of financial markets. It is intended to chart the current and historical strength or weakness of a stock or market based on the closing prices of a recent trading period. The indicator should not be confused with relative strength. Standard deviation is a measure of the dispersion of a set of data from its mean. The more spread apart the data, the higher the deviation. Standard deviation is also known as historical volatility. M2 Money Supply is a broad measure of money supply that includes M1 in addition to all time-related deposits, savings deposits, and non-institutional moneymarket funds Beta is a measure of the volatility, or systematic risk, of a security or a portfolio in comparison to the market as a whole. The Purchasing Manager s Index is an indicator of the economic health of the manufacturing sector. The PMI index is based on five major indicators: new orders, inventory levels, production, supplier deliveries and the employment environment. The Consumer Price Index (CPI) is one of the most widely recognized price measures for tracking the price of a market basket of goods and services purchased by individuals. The weights of components are based on consumer spending patterns. Autor(es): Frank Holmes Fonte: Mining.com Data: 04/08/2015

6 ARRECADAÇÃO DE ROYALTIES DA MINERAÇÃO TEM QUEDA DE 33% EM JULHO O Brasil recolheu em julho deste ano cerca de R$ 100,2 milhões em Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), os royalties da mineração. O valor representa uma queda de 33,1% na comparação com os R$ 149,8 milhões arrecadados no mesmo período do ano passado. Os dados são do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM). No acumulado de janeiro a julho deste ano a arrecadação com a CFEM foi cerca de R$ 791,9 milhões, o que representa queda de 25,4% em relação aos R$ 1,06 bilhão arrecadados no mesmo período do ano passado. O total arrecadado com a CFEM em julho de 2015, também apresentou queda em relação ao mês de junho, quando foram arrecadados R$ 108,8 milhões, isto é, uma queda de 7,9%. O maior Estado arrecadador em julho foi Minas Gerais, com R$ 43,6 milhões, de acordo com os dados publicados no website do DNPM. O total arrecadado registrou uma queda de 36% em relação aos R$ 68,1 milhões arrecadados no mesmo mês do ano de 2014 e queda de 6,8% na comparação com os R$ 46,8 milhões registrados no mês de junho deste ano. O Pará foi o segundo Estado que mais arrecadou CFEM durante julho, com R$ 25,4 milhões, uma queda de 43,6% se comparado aos R$ 45,2 milhões registrados no mesmo mês de Em relação ao mês de junho o valor representou queda de 13,6%. O produto que mais gerou receita durante o mês de julho foi o minério de ferro, responsável pela arrecadação de R$ 45,9 milhões, sou seja, uma queda de 50,3% se comparado aos 92,3 milhões do mesmo mês do ano passado. Já na comparação com junho deste ano, o valor representa uma queda de 13,4%. O cobre ocupou o segundo lugar na arrecadação de receita em julho, com cerca de R$ 7,1 milhões, alta de 18,2% em relação aos R$ 6 milhões registrados no mesmo período de Em relação a junho, a arrecadação com royalties de cobre significou queda de 3,1%. Logo após o cobre está a bauxita, com R$ 5,8 milhões e o granito com 4,2 milhões arrecadados com a CFEM em julho deste ano. Segundo relatório do DNPM, que é atualizado diariamente, já foram pagos aproximadamente R$ 57,2 milhões de Taxa Anual por Hectare (TAH), cerca de 86,36% do valor total previsto de R$ 66,3 milhões. Fonte: Notícias de Mineração Data: 03/08/2015

7 CHARTS: IRON ORE PRICE ONLY GETTING MORE VOLATILE Iron ore's recent rally appears to have some legs with the steelmaking ingredient holding onto 28% gains since hitting a record low of $44.10 on July 8. Despite the strong recent showing, the iron ore price is still down 20% in And that's after nearly halving over the course of After 2011 and 2012's ups and downs, during the second half of 2013, ore was pegged between $130 and $140 a tonne for 148 days straight. The decline last year was also at a relatively steady pace. But new data from the Singapore Exchange, the first to launch iron ore derivative contracts in April 2009, shows price volatility is now back with a vengeance. And traders in other commodities bar crude oil are coasting compared to the wild swings ore traders have to contend with on a daily basis.

8 It wasn't always thus. The SteelIndex, a unit of Platts, first started tracking the spot price in November Before the emergence of quarterly contract pricing and eventually a spot and futures price, the seaborne trade was controlled by the Big 3 producers Vale, Rio Tinto and BHP Billiton which set prices during secretive negotiations with Japanese steelmakers and signed annual contracts. The annual contract price of iron ore had never strayed far from $10 $14 per tonne since the 1970s. Then at the end of 2004 all hell (for Chinese steelmakers that is) broke loose. After months of tough often acrimonious benchmark negotiations, the 2005 price was hiked a whopping 71.5%, marking the start of a supercycle and the beginning of the end of the old pricing system. But a tonne of ore was still only $ From 2005 onwards signs of ore shortages were everywhere as China's 500 licensed importers chased tonnage on the sidelines of the global trade and buy fines for as much as three times the benchmark contract price, still pegged at less than $40. During 2008 negotiations the contract price was upped 68%, but the majors continued to lose out on billions under annual contract pricing. Growing Chinese port stockpiles saw action in the industry shift to mills and traders, ushering in the era of rapidly rising and volatile prices. In a push by BHP Billiton CEO Marius Kloppers (against the wishes of his larger competitors), 2009 saw the collapse of the old benchmark system and at the same time a move away from a free-on-board pricing system to one where miners accept freight costs (and the profits they can make off them). The spot price scaled $100 for the first time in November 2009 and on February reached an all-time high of $ a tonne. While a price near $200 a tonne is out of whack as the graph shows, at today's prices iron ore is cheap compared to bellwether metals copper and gold. Autor(es): Frik Els Fonte: Mining.com Data: 06/08/2015 IRON ORE PRICE RALLY HAS LEGS The price of iron ore jumped on Wednesday as the market for the steelmaking raw material in top consumer China picks up and traders square positions ahead of a public holiday in the Singapore hub. The benchmark 62% Fe import price including freight and insurance at the Chinese port of Tianjin advanced $1.40 or 2.5% to $56.40 a tonne, according to data provided by The SteelIndex. That's up just under 28% from record lows hit July 8.

9 The advance in the Metal Bulletin's benchmark 62%-index at the ports of Qingdao-Rizhao-Lianyungang in China was $1.49 to $56.78 while lower grade 58% fines soared $2.91 a tonne to $52.46, a 5.9% gain on the day. Chinese steel prices have come off one-month highs hit yesterday but at $337 a tonne the most-traded rebar contract on the Shanghai Futures Exchange is up sharply from a record low of $305 hit early July. Platts News reports that some Chinese steel mills have begun to raise output on the back of the higher rebar and billet prices: "Many mills near Beijing will be mandated to reduce their steel output so as to ensure a clear blue sky in the capital," the source said. "Mills in the south that not affected by the output cut are producing as much as possible so that they have steel products on hand to sell when steel prices are expected to hike by end of this month." That blue sky would be courtesy of the Chinese government which has halted all construction inside the capital city and ordered steelmakers in areas surrounding to make drastic cuts in production and ahead of September 3 military parade marking the 70th anniversary of the end of World War II. Not everyone is convinced that the rally in steel and iron has much further to go. One steel trader told Reuters that "some traders and mills are trying to sell more as buying isn't as strong as the rally in prices and they are worried that prices might have hit the ceiling at the moment." A slowing economy and rapidly cooling property market have seen the country's steel consumption contract by 4.7% in the first six months of 2015 according to the country's Iron and Steel Association (CISA). China forges almost as much steel as the rest of the world combined and the country sucks in more than 70% of the world's seaborne iron ore. Autor(es): Frik Els Fonte: Mining.com Data: 05/08/2015

10 IF YOU'RE SELLING GOLD, RUSSIA'S BUYING Aside from China's surprise announcement of the purchase of more than 600 tonnes since 2009, buying by the world's central banks picked up pace in June. Data compiled by the World Gold Council shows Russia added 24.1 tonnes to its vaults in June, bringing its six-month haul to 67 tonnes. Only Turkey sold gold in any quantity in June, but that came in at less than 2 tonnes. Turkey has reduced its gold reserves by 25 tonnes this year, but the fluctuation can be explained by the fact that the figures from the middle-eastern nation also include commercial banks' gold holdings. The People s Bank of China's addition of 604 tonnes for a total of 1,658 tonnes makes the Asian nation the world s fifth largest gold hoarder, ahead of Russia. China is also the world's top gold miner, a position it has held since 2007 when it overtook South Africa, with output of 440 tonnes last year. Gold still makes up only 1.6% of the country's $3.7 trillion in forex reserves however. That compares to more than 70% for the United States which holds 8,133 tonnes of gold in vaults. The top percentage holder of gold in reserves is Portugal and across developed economies it's above 70% compared to 10% among emerging economies even when taking into account Venezuela's 68% of reserves. The world's central banks changed from being net sellers of the metal in 2009 after two decades of decreasing holdings. Autor(es): Frik Els Fonte: Mining.com Data: 06/08/2015 VALE COMEÇA MONTAGEM DO SISTEMA TRUCKLESS EM CARAJÁS A Vale iniciou a montagem eletromecânica do sistema Truckless, para manuseio de minério de ferro, canga e estéril, no projeto S11D, em Carajás, no Sudeste do Pará. As informações são de nota publicada hoje (7) pela mineradora. O sistema Truckless usa correias transportadoras e o britador é móvel, enquanto que, em sistemas tradicionais, caminhões fora de estrada são utilizados para levar o minério até britadores fixos

11 Segundo a Vale, a tecnologia está sendo utilizada, em grande escala, pela primeira vez em um projeto de minério de ferro da empresa e, além de reduzir custos operacionais, também auxilia na conservação do meio ambiente. As primeiras máquinas que estão sendo montadas são os sistemas móveis de britagem. Os britadores serão responsáveis por receber o material lavrado por escavadeiras elétricas ou hidráulicas, fragmentá-lo e depositá-lo nos transportadores móveis. Estamos montando dois tipos de britadores: o tipo sizer, para materiais friáveis, menos resistentes, e tipo mandíbulas, para materiais compactos, disse o inspetor de Planejamento, Rogério Senna. No sistema Truckless, a escavadeira retira o material da cava e deposita no britador móvel localizado próximo a ela. O material é transportado por um sistema de correias até uma casa de transferência, onde o produto é classificado e pode seguir para três destinos: para a pilha de canga, que é o minério superficial com alto teor de contaminantes; para a pilha de estéril, referente ao material sem valor comercial; ou para a usina, onde o minério de ferro será processado e comercializado. Depois desse processo, a canga e o estéril seguem por correias até a área das pilhas, onde são estocados por meio de empilhadeiras sobre esteiras. O minério de ferro segue pelo transportador de correia de longa distância (TCLD) até a britagem secundária, onde começa o processamento na usina. As informações são da Vale. Fonte: Notícias de Mineração Data: 07/08/2015 RISCO POLÍTICO ASSUSTA INVESTIDOR A deterioração do cenário político, com maior risco de um impeachment da presidente Dilma Rousseff, dominou a pauta do mercado financeiro e impôs uma forte correção dos preços dos ativos. Na visão de profissionais do mercado, a fragilidade da liderança do governo junto ao Congresso exacerba os riscos econômicos, amplia a chance de um rebaixamento do rating soberano, diminui a visibilidade de quem tem que tomar decisões de investimento e leva à fuga do risco. Pesquisa realizada pela XP Investimentos junto a cem instituições mostra que a fatia dos que acreditam que as chances de impeachment superam 50% passou de 1% em levantamento feito em abril para 23% nessa última pesquisa, feita ao longo da semana passada. Em abril, 47% dos entrevistados acreditavam que o processo não aconteceria. Essa fatia caiu para zero agora. Já sondagem realizada pela Nomura Securities, entre 31 de julho e 4 de agosto com 71 agentes do mercado e da academia, aponta que o impeachment da presidente Dilma ainda não é o cenário base, mas tem maior risco hoje. Enquanto 1,6% dos entrevistados em março viam uma chance maior do que 30% de isso acontecer, o número agora é de 19,7%.

12 É desse risco que investidores estão se defendendo, em um movimento que gera forte instabilidade dos preços. "É um movimento de proteção, e não uma aposta no pior", afirma um gestor de um grande fundo de São Paulo. Em relatório da Verde Asset distribuído ontem, Luis Stuhlberger, pondera que, para que o risco de impeachment temido pelo mercado se concretize, "as coisas precisam piorar de maneira relevante". "Lava-Jato faz vítimas dentro e fora do governo, e a gravidade da acusação sobre diversos atores, com a devida comprovação, determinará a viabilidade do processo de impeachment, que hoje não existe." O mercado reage, de todo modo, a um ambiente onde a gama de cenários possíveis se amplia e a busca por segurança faz do dólar um destino certo. A moeda americana atingiu R$ 3,5361, alta de 1,34%, o que coloca o real entre os piores desempenhos dentre as moedas emergentes. A pressão levou o Banco Central a atuar novamente. No início da noite de ontem, anunciou o aumento da rolagem do lote de US$ 10,027 bilhões que vence em setembro. A partir de hoje, o BC ofertará 11 mil contratos diariamente, e não mais 6 mil. Se esse ritmo for mantido, o BC vai renovar integralmente o vencimento, e não apenas 59,84%, como sinalizou anteriormente. Para o economista-chefe da Modal Asset Management, Alexandre de Azara, mesmo com essa deterioração, não é possível dizer que o cenário de impeachment está nos preços. "Se isso ocorrer, o dólar vai subir mais", afirma. A piora que está em curso reflete a mudança na meta fiscal pelo governo e a alteração da perspectiva do rating brasileiro para negativo pela S&P, eventos que mostram que a equipe econômica liderada por Joaquim Levy "perdeu parte da batalha". "Agora, com o aumento das incertezas, a ordem é ficar comprado em ativos de proteção, como dólar", diz. Para o estrategista de câmbio e juros para emergentes do Société Générale, Bernd Berg, a moeda americana pode ganhar ainda mais terreno em relação ao real a alcançar a marca de R$ 4,00 até outubro. "O real está na linha de tiro sob vários ângulos", afirma, acrescentando que a moeda brasileira não precifica totalmente nem um rebaixamento do "rating" soberano nem um impeachment da presidente. Berg avalia que o real está no meio de uma "tempestade perfeita", sofrendo uma "severa" pressão de venda. Segundo o diretor de mercados emergentes e estratégia do Citibank em Londres, Luis Costa, há um claro movimento de redução de posição de investidores estrangeiros por causa da preocupação com o cenário político e fiscal. Essa saída já foi observada no último dado do fluxo de capital externo, que ficou negativo em US$ 1,598 bilhão na semana passada. No mercado de juros, nem mesmo a indicação feita pela ata do Copom de que a taxa Selic deve parar de subir foi capaz de limitar a alta das taxas futuras. O contrato DI de janeiro de 2017 atingiu na máxima o patamar de 14,27%, maior nível desde 16 de dezembro de Já o DI de janeiro de 2021 subiu a 13,69%, ante 13,21% na véspera. O rendimento da NTN-B 2022, papel atrelado ao IPCA, superou os 7%, nível recorde. Para o sócio-diretor da Quantitas, Rogério Braga, a alta dos juros mostra que o risco de impeachment não é mais uma "hipótese remota, mas um risco real". Ele concorda que o evento não está completamente "no preço", o que significa que, se acontecer, pode gerar uma piora adicional dos ativos.

13 Na bolsa, os estrangeiros também foram destaque na ponta vendedora. Mas o desempenho de papéis de peso no índice, como Petrobras PN (3,09%) e Vale PNA (1,81%), evitou uma queda maior. O Ibovespa caiu 0,55%, aos pontos, com bom volume de R$ 7,026 bilhões. "Estrangeiro não gosta de volatilidade política fora de ano eleitoral", alerta o americano James Gulbrandsen, que reside há vários anos no Brasil e é responsável pela gestão do Fundo Maracanã, da NCH Capital. "O que está na percepção do investidor agora é o risco de ocorrer uma transferência de poder com instabilidade." Autor(es): Lucinda Pinto, Aline Cury Zampieri, José de Castro, Silvia Rosa, Téo Takar e Luciana Seabra Fonte: Valor Econômico Data: 07/08/2015 HAS THE GOLD PRICE FINALLY GOT THE RATE MONKEY OFF ITS BACK? An inline US payroll report which makes a rate hike next month more of a certainty lifted the gold price to within sight of the psychologically important $1,100 an ounce level on Friday. In massive volumes, gold for delivery in December the most active futures contract fell to a low of $1, shortly before the release of the data. But after a series of huge buy orders gold shot up to $1, an ounce by mid-morning. Shortly before the close gains were pared to $1, According to the latest figures from the Department of Labor 215,000 jobs were created in July while the jobless rate of 5.3% stayed at its lowest level since the financial crisis. While not stellar numbers, a steady increase in average hourly wages and number of hours worked strengthen the hawks on the Fed's decision making committee who want to raise rates at its September meeting. It would be the first US rate hike since June 29, 2006 (incidentally a day the gold price jumped 3%). What has now almost become a rule of thumb is that rising real interest rates raises the opportunity costs of holding gold because the metal provides no yield and therefore the price should decline. Higher rates also boost the value of the dollar up 20% in a year which usually move in the opposite direction of the gold price. Since the global financial crisis the relationship between interest rate expectations and the gold price has only become tighter with some analysts believing the metal can serve as an early warning system of both the direction and magnitude of the move in rates. But Friday's reaction on the gold market suggests a rate hike so long in the making is now finally baked into the price.

14 A rate hike will also remove uncertainty in the market and encourage focus on fundamentals in the industry characterized by declining supply and robust physical demand. In a recent note from Capital Economics, an independent research house, said that while the negative relationship between rates and gold is real "this link can be overdone": "Note first that it is a question of degree. An eventual rise in annual US interest rates to, say, 4%, would not have a huge impact on the relative attractiveness of holding gold, given its value as insurance against extreme events and the scope for prices to move by significantly more than 4% in a relatively short period. "Suppose, for example, that the Fed is tightening policy because US inflation is picking up. In this case there may actually be increased demand for gold as an inflation hedge. Alternatively, suppose that Fed tightening triggers a sell-off in other asset markets, including equities as well as bonds. This may well increase demand for gold as a safe haven." And 4% rates remain a long way off, if the Fed gets there at all consensus forecast for US short term interest is a climb to 3%. And only by the end of Autor(es): Frik Els Fonte: Mining.com Data: 07/08/2015 CONSUMO DE ENERGIA NA MINERAÇÃO SOBE 17% NO PRIMEIRO SEMESTRE O segmento de extração de minerais metálicos é o único de dez indústrias que continua com crescimento sustentado desde o ano passado em função dos avanços na extração de minério de ferro e do aumento da pelotização no primeiro semestre, diz a Resenha Mensal da Empresa de Pesquisa Energética (EPE). No mesmo período, o consumo total de eletricidade teve queda de 1,1%. No semestre, o crescimento médio do setor mineral situou-se em torno de 17,3%, e, em junho, este progresso foi de 11,6%. Os demais segmentos apresentaram queda, sendo que o alimentício ficou praticamente estável. De acordo com o documento da EPE, o consumo industrial de eletricidade no país no primeiro semestre de 2015 foi de GWh, um decréscimo de 4,2% em relação ao mesmo período de Em junho, a queda foi de 3,7% e na comparação da série dessazonalizada foi o quarto mês consecutivo de declínio do consumo industrial (-0,84%). Quando se analisa o consumo industrial por região no semestre, não se observa crescimento em nenhuma delas. No mês de junho, a região Norte foi a única a

15 apresentar taxa positiva (+4,7%), explicada em parte pelo crescimento do consumo na metalurgia e na extração de minerais no Pará (+6,5%), estado que representa cerca de 85% do consumo regional de eletricidade da indústria. As outras regiões apresentaram resultados negativos: Centro-Oeste (-9,7%), Sudeste (-5%), Nordeste (-4%) e Sul (- 1,7%). O segmento de fabricação de produtos minerais não-metálicos apresentou queda no consumo do semestre (-1,0%). Fazem parte do setor os fabricantes de cimento, cerâmicas e vidro que representam cerca de 9% do consumo industrial. O setor, de forma geral, vem sendo impactado pelo quadro adverso da construção civil desde o ano passado, diz a resenha. No semestre, o consumo nacional de energia elétrica na rede alcançou GWh, uma queda de 1,1% em relação ao primeiro semestre de O setor mais afetado foi o industrial, que encolheu 4,2%, com o consumo residencial (0,3%) e comercial (1,7%) com baixo crescimento. Entre as principais causas estão tarifas mais elevadas, redução do poder aquisitivo e temperaturas mais amenas no inverno. Para ler resenha na integra acesse: Mensal do Mercado de Energia Elétrica - Junho 2015.pdf Fonte: Notícias de Mineração Data: 07/08/2015 CONGRESSO DE GEOFÍSICA ENCARA CRISE COM RESILIÊNCIA Nem a queda dos preços das commodities ou a crise econômica e política brasileira conseguiram ofuscar o 14º Congresso Internacional da Sociedade Brasileira de Geofísica (CISBGf) realizado esta semana no Rio de Janeiro. Com números ligeiramente menores que as edições anteriores, o 14º CISBGf apresentou 315 trabalhos técnicos e 37 empresas contrataram estandes na Expogef, feira comercial paralela que reúne empresas de aquisição e processamento de dados. A participação registrada ficou em torno de congressistas e expositores, sem contar os visitantes avulsos. Foram apresentados 315 trabalhos técnicos entre sessões orais e posters. Participaram do evento 15 universidades e quatro sociedades científicas. 21 empresas patrocinaram e três agências de fomento deram apoio ao maior evento dedicado à geofísica da América Latina. A ausência de algumas empresas tradicionais como Schlumberger/WesternGeco e Geokinetics foi sentida e o retorno da Paradigm, ausente nos dois últimos eventos (2011 e 2013), foi um dos destaques.

16 Abertura As turbulências por que passa a indústria global do petróleo aponta o olhar dos geocientistas para outras direções em busca de novas oportunidades e um tema importante, apesar de incomum, abriu os trabalhos do evento: "Variabilidade e mudanças climáticas e a crise hídrica brasileira de 2014". Na palestra inaugural, o Prof. Augusto José Pereira Filho (IAG/USP) demonstrou, do ponto de vista da meteorologia, que as influências físicas dos oceanos, da atmosfera e do sol agem mais fortemente sobre as mudanças climáticas do planeta do que as intervenções humanas. Estas podem alterar o clima, sim, mas de forma regional e nunca global. O pesquisador citou o exemplo da região metropolitana de São Paulo que, impermeabilizada pelo asfaltamento de ruas e avenidas, fez subir a temperatura média regional e como compensação do sistema hidrológico natural atraiu maior volume de chuvas, provocando enchentes e inundações e, como efeito secundário, intensificou a seca dos reservatórios que abastecem de água a região, como Cantareira, Guarapiranga etc. Forum Um dos destaques do evento foi o forum "Desafios e Oportunidades da Indústria de Óleo e Gás, que contou com a presença do presidente da Shell Brasil, André Araújo, da diretora de E&P da Petrobras, Solange Guedes, do diretor da Nova Petróleo, Murilo Marroquim, e do consultor da IHS Bob Fryklund. O debate abordou diversos temas ligados ao petróleo e foi mediado pelo geofísico Jorge Camargo, presidente do Instituto Brasileiro do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP). Após o debate, Camargo fez um resumo: "O destaque foi o imenso potencial exploratório em contraste com os obstáculos regulatórios e de licenciamento ambiental existentes no Brasil que impedem o país de receber mais investimentos da indústria. Em um momento que o mundo todo ficou mais escasso em termos de investimentos, não vimos que os órgãos reguladores tenham percebido que são necessárias mudanças para tornar o setor mais competitivo. Mas de um modo geral ficou demonstrada a confiança no futuro e uma preocupação com o presente. Não podemos esperar mais por inércia. Necessário que haja uma ação mais efetiva, não são grandes mudanças estruturais, mas de itens como um licenciamento ambiental mais célere, um contrato de concessão mais atraente e com menos riscos para os investidores. Coisas que poderiam dar um outro ânimo para a indústria. O IBP tem uma agenda prioritária com cinco pontos que no entendimento do instituto precisam ser melhorados com urgência. São cinco pontos, que não dependem de mudanças de políticas radicais, mas de ajustes e aperfeiçoamentos para tornar o setor mais atrativo. 1) A questão do operador único no pré-sal. Falamos aqui no valor da diversidade de atores. No momento em que a Petrobras está enfrentando uma crise com galhardia e coragem, seria importante ter outros players atuando no Brasil para sustentar uma cadeia de fornecedores que se viu caindo como um efeito dominó. Todos estão sofrendo a crise do cliente quase único. 2) Conteúdo local. É uma política importante que a gente apoia mas tem que ser mais racional e mais focada, para que o país busque competitividade. Nenhum país consegue fazer tudo. Necessário um ajuste na política de conteúdo local.

17 3) Licenciamento ambiental. Desde a 11ª Rodada, há dois anos e meio, não saiu nenhuma licença para sísmica offshore. Isso tem que acontecer. Falamos aqui como o setor está disfuncional. Precisamos trabalhar nesta área. 4) Segurança regulatória. O Repetro, por exemplo, um regime temporário de admissão de bens para a indústria do petróleo, que é fundamental para o setor, tem um prazo de vigência até Depois ninguém sabe é "hoje à tarde" para a indústria do petróleo. Como é que vai ser depois? 5) Regularidade de leilões. É isso que movimenta a indústria. Empresas A maioria dos empresários que participaram com estandes na Expogef 2015 admitiu que veio ao Centro de Convenções Sul América para prestigiar a SBGf e marcar presença no terceiro maior encontro mundial de geofísica mais do que prospectar negócios em um ciclo marcadamente de baixa do setor. "Não me arrependo e acho que seria muito pior não ter vindo, afirmou Heron Schots, da CPGeo. Mesmo não havendo grandes oportunidades para novos negócios é importante estar presente no maior evento de geofísica do Brasil". Para Stephane Dezaunay, da PGS do Brasil, houve uma diminuição visível do público participante, mas o lado positivo foi a presença de estudantes interessados visitando os estandes. "A SBGf é muito importante para a nossa indústria no Brasil e a PGS é um dos cinco maiores patrocinadores. Apoiamos desde o início. Todos os congressos no mundo estão sendo afetados pela crise do petróleo", analisou Dezaunay, que elogiou a qualidade dos trabalhos técnicos do congresso. A PGS contribuiu não apenas com seus especialistas do Rio de Janeiro, mas também de Houston e de Londres para apresentar suas tecnologias. "O congresso está excelente", afirmou o diretor-presidente da IES Brasil, Carlos Eiffel Arbex Belem. Extremamente otimista, Belem diz que é necessário pensar para frente. "O nosso estande com apresentações e palestras ficou sempre cheio, principalmente com estudantes, que são os profissionais de amanhã. Já vivemos várias crises no Brasil e no exterior e esta é só mais uma. Espero que o cenário internacional mude, enquanto isso vamos investindo e trabalhando." "Considerando a crise brasileira, o momento da Petrobras, e o momento do mercado de óleo e gás no mundo todo, podemos considerar uma vitória a realização deste evento no Brasil", salientou Carlos Vieira, country manager da Halliburton Serviços. Segundo ele, a Halliburton fez um esforço muito grande para estar presente e reconhece que outras empresas também fizeram. "Esse é um compromisso que essas empresas estão demonstrando com o mercado brasileiro. Apesar de um tamanho menor, é importante conseguirmos realizar o evento em ano de crise", completou. "O congresso da SBGf é válido e é um prazer estar aqui", afirmou Marcelo Fonseca, diretor presidente da Sinergeo e representante da Polarcus. Segundo Fonseca, o evento da SBGf reflete o momento da indústria, do país e do mundo. "É positiva a presença de estudantes. O Brasil está formando muitos geólogos e geofísicos. Isso é extremamente importante e nos motiva a trabalhar mais para o setor voltar a crescer. Mais do que isso, temos o compromisso de absorver estes jovens que saem das faculdades à procura de experiência, porque o país vai voltar a crescer. É importante haver uma troca de conhecimentos com técnicos de fora mas também

18 ajudar na formação destes jovens estudantes. E desenvolver isso em conjunto. Neste contexto achei o congresso muito interessante." O presidente da Dolphin Goephysics para Américas do Norte e Latina, Andrew Phipps, se disse surpreso com a qualidade e a animação das pessoas que participaram do evento." O momento é difícil, mas as pessoas estão otimistas para o futuro. Foi bom ver que as pessoas não estão chorando sobre a situação." Phipps elogiou o espaço (Centro de Convenções SulAmérica) onde o encontro foi realizado pela terceira vez. "Espero que daqui a dois anos seja de novo aqui. É um espaço tão bom quanto qualquer lugar lá fora. Gosto muito." "Estamos muito felizes com este evento da SBGf. Num momento em que a indústria do petróleo passa por turbulências, não é por isso que vamos deixar de existir e de fazer o nosso trabalho e divulgar os nossos serviços e produtos para todos os clientes", afirmou Luciano Pimentel, gerente regional de contas da Beicip do Brasil. Segundo Pimentel, a Expogef 2015 teve palestras e apresentações de alto nível, não apenas de técnicos da Petrobras, mas também de fornecedores. E a movimentação de pessoas no estande aconteceu dentro da expectativa da Beicip. "O evento reflete a realidade do mercado. Há poucas possibilidades de negócios, mas é importante estar presente. Do nosso ponto de vista tivemos uma feira excelente com contatos bons e importantes, disse Douglas Allinson, VP Latin America da Ion, acrescentando: "Somos uma empresa pequena, no Brasil há alguns anos e conhecemos muitas pessoas. Esta exposição é uma ótima oportunidade de estar aqui. Valeu a pena vir". Para Celso Magalhães, que acaba de adquirir a Go Tratch e representa a MagSeis, "a crise nos aborda de maneira meio cruel, mas ao mesmo tempo nos obriga a realinhar e a reinventar. Nesta feira, que nunca foi muito grande, mas este ano está menor ainda, vejo áreas onde o serviço está até aumentando, como é o caso da sísmica de produção, dos processos de completação de poços, tudo que é ligado ao desenvolvimento e melhoria de produção, além da revisão logística que terá que baratear os custos." "A quantidade de público reduziu mais do que 40 por cento, aparentemente", avaliou o vice-presidente de Geomarket América Latina da CGG, Luiz Braga, que foi além: "Conversando nas palestras, ouvi de várias pessoas que a qualidade dos trabalhos técnicos melhorou. Do ponto de vista do conhecimento técnico e científico a crise não teve impacto considerável. A crise de hoje só vai refletir daqui a dois ou três anos. Comparando com a edição anterior, Braga ressalta que pouco se falou sobre negócios e muito se comentou sobre a capacidade ociosa das empresas. "Tivemos poucas reuniões com clientes e durante a feira recebemos muitos geofísicos procurando novas oportunidades. Muita gente desempregada e o número é assustador." Fonte: Geofísica Brasil Data: 07/08/2015

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 14/2014

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 14/2014 TEXTO Brazil Leads Decline Among World's Biggest Companies THE losses OF São Paulo's stock market AND THE decline OF Brazil's real made Brazilian companies THE biggest losers among THE world's major companies,

Leia mais

Guião A. Descrição das actividades

Guião A. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Ponto de Encontro Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO

Leia mais

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER

SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER SINOPSE DE CLIPPING SEMANAL SINDISIDER 1ª SEMANA DE MARÇO O Press Release divulgado pela SD&PRESS Consultoria, que aborda os números do setor de distribuição de aços planos em fevereiro, recebeu destaque

Leia mais

Guião M. Descrição das actividades

Guião M. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Inovação Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do trabalho Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO Guião M Intervenientes

Leia mais

Preposições em Inglês: www.napontadalingua.hd1.com.br

Preposições em Inglês: www.napontadalingua.hd1.com.br Preposições na língua inglesa geralmente vem antes de substantivos (algumas vezes também na frente de verbos no gerúndio). Algumas vezes é algo difícil de se entender para os alunos de Inglês pois a tradução

Leia mais

GUIÃO A. What about school? What s it like to be there/here? Have you got any foreign friends? How did you get to know them?

GUIÃO A. What about school? What s it like to be there/here? Have you got any foreign friends? How did you get to know them? GUIÃO A Prova construída pelos formandos e validada pelo GAVE, 1/7 Grupo: Chocolate Disciplina: Inglês, Nível de Continuação 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas 1º Momento Intervenientes

Leia mais

ADJUSTMENTS IN BRAZIL S ECONOMIC POLICY IN 2015 WILL LIKELY PRODUCE MORE SUSTAINABLE GDP GROWTH RATES GOING FORWARD

ADJUSTMENTS IN BRAZIL S ECONOMIC POLICY IN 2015 WILL LIKELY PRODUCE MORE SUSTAINABLE GDP GROWTH RATES GOING FORWARD PRESENTATION APIMEC BRASÍLIA ADJUSTMENTS IN BRAZIL S ECONOMIC POLICY IN 2015 WILL LIKELY PRODUCE MORE SUSTAINABLE GDP GROWTH RATES GOING FORWARD 1 1 Brasília, February, 5th 2015 Ellen Regina Steter WORLD

Leia mais

GUIÃO A. Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades

GUIÃO A. Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades Ano: 9º Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho GUIÃO A 1º Momento Intervenientes e Tempos Descrição das actividades Good morning / afternoon / evening, A and B. For about three minutes, I would like

Leia mais

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio

Inglês. Guião. Teste Intermédio de Inglês. Parte IV Interação oral em pares. Teste Intermédio Teste Intermédio de Inglês Parte IV Interação oral em pares Teste Intermédio Inglês Guião Duração do Teste: 10 a 15 minutos De 25.02.2013 a 10.04.2013 9.º Ano de Escolaridade D TI de Inglês Página 1/ 7

Leia mais

GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO

GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO PROJECTO PROVAS EXPERIMENTAIS DE EXPRESSÃO ORAL DE LÍNGUA ESTRANGEIRA - 2005-2006 Ensino Secundário - Inglês, 12º ano - Nível de Continuação 1 1º Momento GUIÃO Domínio de Referência: CIDADANIA E MULTICULTURALISMO

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 74/2013

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 74/2013 PASSO A PASSO DO DYNO Ao final desse passo a passo você terá o texto quase todo traduzido. Passo 1 Marque no texto as palavras abaixo. (decore essas palavras, pois elas aparecem com muita frequência nos

Leia mais

COSEC. Valorização do Real e Mercado Futuro de Câmbio

COSEC. Valorização do Real e Mercado Futuro de Câmbio COSEC 8 de Agosto de 2011 Valorização do Real e Mercado Futuro de Câmbio Roberto Giannetti da Fonseca Diretor Titular Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior Mitos e Mistérios do Mercado

Leia mais

O Sistema Expectativas de Mercado: Ferramenta de Suporte à Política Monetária

O Sistema Expectativas de Mercado: Ferramenta de Suporte à Política Monetária O Sistema Expectativas de Mercado: Ferramenta de Suporte à Política Monetária André Marques Março de 2015 I. Histórico II. Características Principais III. Relatórios IV. Uso no Processo de Política Monetária

Leia mais

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS THE CAPITAL STRUCTURE: AN ANALYSE ON INSURANCE COMPANIES FREDERIKE MONIKA BUDINER METTE MARCO ANTÔNIO DOS SANTOS MARTINS PAULA FERNANDA BUTZEN

Leia mais

Searching for Employees Precisa-se de Empregados

Searching for Employees Precisa-se de Empregados ALIENS BAR 1 Searching for Employees Precisa-se de Empregados We need someone who can prepare drinks and cocktails for Aliens travelling from all the places in our Gallaxy. Necessitamos de alguém que possa

Leia mais

Eventos Internacional

Eventos Internacional Eventos Internacional Site Inspection Novembro 2014 Apoio Elisabete Sorrentino, Cintia Hayashi Evento: ESOMAR Latin American Conference Entidade Apoiada: World Association of Research Professionals -ESOMAR-

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 67/2013

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 67/2013 PASSO A PASSO DO DYNO Ao final desse passo a passo você terá o texto quase todo traduzido. Passo 1 Marque no texto as palavras abaixo. (decore essas palavras, pois elas aparecem com muita frequência nos

Leia mais

01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS

01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS 01-A GRAMMAR / VERB CLASSIFICATION / VERB FORMS OBS1: Adaptação didática (TRADUÇÃO PARA PORTUGUÊS) realizada pelo Prof. Dr. Alexandre Rosa dos Santos. OBS2: Textos extraídos do site: http://www.englishclub.com

Leia mais

Portugal Hub Logístico Global

Portugal Hub Logístico Global Portugal Hub Logístico Global Intervenção de Ricardo Félix 10/11/2009 Logistema - Consultores em Logística Portugal Hub Logístico Global - Agenda Portugal Logístico O conceito e a oportunidade Plataformas

Leia mais

Teoria Económica Clássica e Neoclássica

Teoria Económica Clássica e Neoclássica Teoria Económica Clássica e Neoclássica Nuno Martins Universidade dos Açores Jornadas de Estatística Regional 29 de Novembro, Angra do Heroísmo, Portugal Definição de ciência económica Teoria clássica:

Leia mais

Descrição das actividades

Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Em Acção Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho Duração da prova: 15 a 20 minutos Guião D 1.º MOMENTO Intervenientes

Leia mais

NOTA: Professor(a): Bispo, Suzamara Apª de Souza Nome: n.º 3º Web. 3ª Postagem Exercícios de reposição ( listening )

NOTA: Professor(a): Bispo, Suzamara Apª de Souza Nome: n.º 3º Web. 3ª Postagem Exercícios de reposição ( listening ) Professor(a): Bispo, Suzamara Apª de Souza Nome: n.º 3º Web Barueri, / / 2009 Trimestre: 3ª Postagem Exercícios de reposição ( listening ) NOTA: ACTIVITY ONE: Put the verses in order according to what

Leia mais

Como dizer quanto tempo leva para em inglês?

Como dizer quanto tempo leva para em inglês? Como dizer quanto tempo leva para em inglês? Você já se pegou tentando dizer quanto tempo leva para em inglês? Caso ainda não tenha entendido do que estou falando, as sentenças abaixo ajudarão você a entender

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO Questão: 26 30 41 A questão 26 do código 02, que corresponde à questão 30 do código 04 e à questão 41 do código 06 Nº de Inscrição: 2033285 2041257 2030195 2033529 2032517 2080361 2120179 2120586 2037160

Leia mais

Conteúdo Programático Anual

Conteúdo Programático Anual INGLÊS 1º BIMESTRE 5ª série (6º ano) Capítulo 01 (Unit 1) What s your name? What; Is; My, you; This; Saudações e despedidas. Capítulo 2 (Unit 2) Who s that? Who; This, that; My, your, his, her; Is (afirmativo,

Leia mais

Processo de exportação de perecíveis aos EUA. (Frederico Tavares - Gerente de Comércio Internacional, UGBP: Union of Growers of Brazilian Papaya)

Processo de exportação de perecíveis aos EUA. (Frederico Tavares - Gerente de Comércio Internacional, UGBP: Union of Growers of Brazilian Papaya) Processo de exportação de perecíveis aos EUA (Frederico Tavares - Gerente de Comércio Internacional, UGBP: Union of Growers of Brazilian Papaya) World Production of Tropical Fruit World production of tropical

Leia mais

What is Bullying? Bullying is the intimidation or mistreating of weaker people. This definition includes three important components:1.

What is Bullying? Bullying is the intimidation or mistreating of weaker people. This definition includes three important components:1. weaker people. This definition includes three important components:1. Bullying is aggressive behavior that involves unwanted, negative actions. 2. Bullying involves a pattern of behavior repeated over

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 75/2013

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 75/2013 PASSO A PASSO DO DYNO Ao final desse passo a passo você terá o texto quase todo traduzido. Passo 1 Marque no texto as palavras abaixo. (decore essas palavras, pois elas aparecem com muita frequência nos

Leia mais

Câmbio MONEY CHANGER. I d like to exchange some money. Gostaria de cambiar um pouco de dinheiro. Where can I find a money changer?

Câmbio MONEY CHANGER. I d like to exchange some money. Gostaria de cambiar um pouco de dinheiro. Where can I find a money changer? MONEY CHANGER Câmbio I d like to exchange some money. Where can I find a money changer? Gostaria de cambiar um pouco de dinheiro. Onde posso encontrar um câmbio? I d like to exchange (I would) Where can

Leia mais

WORKING CHILDREN. a) How many children in Britain have part-time jobs?. b) What do many Asian children do to make money in Britain?.

WORKING CHILDREN. a) How many children in Britain have part-time jobs?. b) What do many Asian children do to make money in Britain?. Part A I. TEXT. WORKING CHILDREN Over a million school children in Britain have part-time Jobs. The number is growing, too. More and more teenagers are working before school, after school or on weekends.

Leia mais

Juros caem em semana de forte ingresso de capital estrangeiro no mercado;

Juros caem em semana de forte ingresso de capital estrangeiro no mercado; 31-mar-2014 Juros caem em semana de forte ingresso de capital estrangeiro no mercado; Dólar se deprecia 2,7% na semana, influenciado por entrada de fluxo positivo; Ibovespa sobe 5,0% na semana, se aproximando

Leia mais

SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009

SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009 SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009 A SAP continua a demonstrar um forte crescimento das suas margens, aumentando a previsão, para o ano de 2009, referente à sua margem operacional Non-GAAP

Leia mais

Inglês 11 The Present Perfect.

Inglês 11 The Present Perfect. Inglês 11 The Present Perfect. O Present Perfect é um tempo verbal em inglês que mostra uma ação que ocorreu no passado, mas os efeitos estão no presente. My grandfather has recovered from his illness.

Leia mais

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Portuguese Lesson A Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Story Time is a program designed for students who have already taken high school or college courses or students who have completed other

Leia mais

Inglês 22 Passive Voice

Inglês 22 Passive Voice Inglês 22 Passive Voice A voz passiva é muito utilizada em inglês. Por sorte, ela não é difícil de entender. Observe como ela é organizada. To be + Participle = Passive Usando-se então o verbo to be, em

Leia mais

Cultural Identity of Young Volunteers Differences and understanding Empowering People. Volunteer Profile Questionnaire

Cultural Identity of Young Volunteers Differences and understanding Empowering People. Volunteer Profile Questionnaire Volunteer Profile Questionnaire 1 Índice 1 VOLUNTEER PROFILE QUESTIONNAIRE... 1.1 Country... 1. AGE... 1. GENDER... 1..1 GENDER vs... 1. Qualification... 1..1 QUALIFICATION GREECE VS PORTUGAL... 1. Are

Leia mais

ENEM 2011 English. Linguagens, códigos e suas tecnologias QUESTÃO 91

ENEM 2011 English. Linguagens, códigos e suas tecnologias QUESTÃO 91 Linguagens, códigos e suas tecnologias QUESTÃO 91 GLASBERGEN, R. Today s cartoon. Disponível em: http://www.glasbergen.com. Acesso em: 23 jul. 2010. Na fase escolar, é prática comum que os professores

Leia mais

Definição de competitividade

Definição de competitividade TRIBUTAÇÃO E COMPETITIVIDADE VII Jornadas do IPCA 25.11.2006 Claudia Dias Soares Universidade Católica Portuguesa Definição de competitividade EC 2004: a sustained rise in the standards of living of a

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho Prova Escrita de Inglês 6º Ano de Escolaridade Prova 06 / 2.ª Fase 7 Páginas Duração da Prova: 90 minutos. 2014 Prova 06/ 2.ª F.

Leia mais

Addition of Fields in Line Item Display Report Output for TCode FBL1N/FBL5N

Addition of Fields in Line Item Display Report Output for TCode FBL1N/FBL5N Addition of Fields in Line Item Display Report Output for TCode FBL1N/FBL5N Applies to: Any business user who uses the transactions FBL1N and FBL5N to display line item reports for vendors and customers.

Leia mais

BR-EMS MORTALITY AND SUVIVORSHIP LIFE TABLES BRAZILIAN LIFE INSURANCE AND PENSIONS MARKET

BR-EMS MORTALITY AND SUVIVORSHIP LIFE TABLES BRAZILIAN LIFE INSURANCE AND PENSIONS MARKET BR-EMS MORTALITY AND SUVIVORSHIP LIFE TABLES BRAZILIAN LIFE INSURANCE AND PENSIONS MARKET 2015 1 e-mail:mario@labma.ufrj.br Tables BR-EMS, mortality experience of the Brazilian Insurance Market, were constructed,

Leia mais

1- Cenário Macroeconômico

1- Cenário Macroeconômico RELATÓRIO PREVI NOVARTIS 1 de Abril de 214 1- Cenário Macroeconômico No cenário global, o evento chave foi a reunião de política monetária do banco central americano, o FED, que sinalizou a continuidade

Leia mais

Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos. Érica Amorim Simon Schwartzman IETS

Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos. Érica Amorim Simon Schwartzman IETS Educação Vocacional e Técnica nos Estados Unidos Érica Amorim Simon Schwartzman IETS Os principais modelos Modelo europeu tradicional: diferenciação no secundário entre vertentes acadêmicas e técnico-profissionais

Leia mais

Exercícios extras. Na aula de hoje, você deverá arregaçar as

Exercícios extras. Na aula de hoje, você deverá arregaçar as Exercícios extras Assunto do dia Na aula de hoje, você deverá arregaçar as mangas e entrar de cabeça nos exercícios extras, que têm como tema tudo que vimos nas aulas do Segundo Grau. Atenção: 3, 2, 1...

Leia mais

Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino - LTDA Faculdade Sete de Setembro FASETE Bacharelado em Administração

Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino - LTDA Faculdade Sete de Setembro FASETE Bacharelado em Administração Organização Sete de Setembro de Cultura e Ensino - LTDA Faculdade Sete de Setembro FASETE Bacharelado em Administração VICTOR HUGO SANTANA ARAÚJO ANÁLISE DAS FORÇAS DE PORTER NUMA EMPRESA DO RAMO FARMACÊUTICO:

Leia mais

Treinamento para Pais Cidadania digital No Nível Fundamental. Parent Academy Digital Citizenship. At Elementary Level

Treinamento para Pais Cidadania digital No Nível Fundamental. Parent Academy Digital Citizenship. At Elementary Level Parent Academy Digital Citizenship At Elementary Level Treinamento para Pais Cidadania digital No Nível Fundamental Pan American School of Bahia March 18 and 29, 2016 Digital Citizenship Modules Cyberbullying

Leia mais

As Novas Formas de Financiamento da Economia

As Novas Formas de Financiamento da Economia As Novas Formas de Financiamento da Economia Francisco Fonseca Vice-Presidente ANJE 2º CONGRESSO DAS EMPRESAS E DAS ACTIVIDADES ECONÓMICAS - LISBOA O que são? Formas alternativas de financiamento incluem

Leia mais

Lição 27: Preposições de direção. Como usar preposições de direção.

Lição 27: Preposições de direção. Como usar preposições de direção. Lesson 27: Prepositions of Direction (from, to, into, onto, away from) Lição 27: Preposições de direção Como usar preposições de direção.. Reading (Leituras) I come from Austria. ( Eu venho da Áustria.)

Leia mais

Prova Oral de Inglês Duração da Prova: 20 a 25 minutos 2013/2014. 1.º Momento. 4 (A), are you a health-conscious person?

Prova Oral de Inglês Duração da Prova: 20 a 25 minutos 2013/2014. 1.º Momento. 4 (A), are you a health-conscious person? Prova Oral de Inglês Duração da Prova: 20 a 25 minutos 2013/2014 GUIÃO A Disciplina: Inglês, Nível de Continuação 11.º ano Domínio de Referência: O Mundo do Trabalho 1.º Momento Intervenientes e Tempos

Leia mais

PRESENT PERFECT. ASPECTOS A SEREM CONSIDERADOS: 1. Não existe este tempo verbal na Língua Portuguesa;

PRESENT PERFECT. ASPECTOS A SEREM CONSIDERADOS: 1. Não existe este tempo verbal na Língua Portuguesa; ASPECTOS A SEREM CONSIDERADOS: 1. Não existe este tempo verbal na Língua Portuguesa; 2. Associa-se o Present Perfect entre uma ação do passado que tenha uma relação com o presente; My life has changed

Leia mais

ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS. Prova-modelo. Instruções. Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM.

ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS. Prova-modelo. Instruções. Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM. ACFES MAIORES DE 23 ANOS INGLÊS Prova-modelo Instruções Verifique se o exemplar da prova está completo, isto é, se termina com a palavra FIM. A prova é avaliada em 20 valores (200 pontos). A prova é composta

Leia mais

Centro Educacional Brasil Central Nível: Educação Básica Modalidade: Educação de Jovens e Adultos a Distância Etapa: Ensino Médio APOSTILA DE INGLÊS

Centro Educacional Brasil Central Nível: Educação Básica Modalidade: Educação de Jovens e Adultos a Distância Etapa: Ensino Médio APOSTILA DE INGLÊS Centro Educacional Brasil Central Nível: Educação Básica Modalidade: Educação de Jovens e Adultos a Distância Índice APOSTILA DE INGLÊS Módulo I - EXPRESSÕES PARA USO COTIDIANO - SUBJECT PRONOUNS - VERBO

Leia mais

Erasmus Student Work Placement

Erasmus Student Work Placement Erasmus Student Work Placement EMPLOYER INFORMATION Name of organisation Address Post code Country SPORT LISBOA E BENFICA AV. GENERAL NORTON DE MATOS, 1500-313 LISBOA PORTUGAL Telephone 21 721 95 09 Fax

Leia mais

Aqui estamos para a Lição 2 da série Guitarra Solo Blues. O que nós vamos falar nesta lição são as escales de blues mais comuns e utilizadas.

Aqui estamos para a Lição 2 da série Guitarra Solo Blues. O que nós vamos falar nesta lição são as escales de blues mais comuns e utilizadas. Language: Portuguese Translated by: Romeu and Bruno BL-012 Blues Lead Guitar #2 Scales Translation of the video lesson OK. Welcome back. So here we are now for Lesson 2 of my Blues Lead Guitar series.

Leia mais

Alguns preferem papéis federais mais curtos, de menor risco, mas há os que sugerem títulos um pouco mais longos corrigidos pela inflação.

Alguns preferem papéis federais mais curtos, de menor risco, mas há os que sugerem títulos um pouco mais longos corrigidos pela inflação. Empírica Investimentos na mídia EXAME Janeiro 23/12/2014 Com juro alto, renda fixa é mais atrativa e Petrobras, opção A alta dos juros na semana passada por conta da instabilidade externa tornou mais atrativos

Leia mais

AT A HOTEL NO HOTEL. I d like to stay near the station. Can you suggest a cheaper hotel? Poderia sugerir um hotel mais barato?

AT A HOTEL NO HOTEL. I d like to stay near the station. Can you suggest a cheaper hotel? Poderia sugerir um hotel mais barato? I d like to stay near the station. Can you suggest a cheaper hotel? Gostaria de ficar por perto da estação. Poderia sugerir um hotel mais barato? I d like to stay near the station. (I would ) in a cheaper

Leia mais

Serviços: API REST. URL - Recurso

Serviços: API REST. URL - Recurso Serviços: API REST URL - Recurso URLs reflectem recursos Cada entidade principal deve corresponder a um recurso Cada recurso deve ter um único URL Os URLs referem em geral substantivos URLs podem reflectir

Leia mais

Lloyd s no brasil. 2 anos após a abertura do mercado de resseguros MARCO ANTONIO DE SIMAS CASTRO

Lloyd s no brasil. 2 anos após a abertura do mercado de resseguros MARCO ANTONIO DE SIMAS CASTRO Lloyd s no brasil 2 anos após a abertura do mercado de resseguros MARCO ANTONIO DE SIMAS CASTRO July 2010 Lloyd s no Brasil abril 2008: O Lloyd s foi o primeiro ressegurador a receber a licença da SUSEP,

Leia mais

Relatório de Acção Action Report

Relatório de Acção Action Report Relatório de Acção Action Report CasA+ Building Codes 17 Novembro Expo Energia 09 16 de Dezembro de 2009 Data: 17 Novembro Título: Casas dos anos 70 e 90 revelam mais ineficiência energética Meio: Rádio

Leia mais

O SEU NEGÓCIO ESTÁ NA MODA Your Business is in fashion

O SEU NEGÓCIO ESTÁ NA MODA Your Business is in fashion O SEU NEGÓCIO ESTÁ NA MODA Your Business is in fashion Fazemos parte do processo de retalho de moda com o objetivo de aumentar as suas vendas Desde a fundação em 1980 que somos um operador ativo e inovador,

Leia mais

Colégio de Aplicação UFRGS. Name: Group:

Colégio de Aplicação UFRGS. Name: Group: Present Perfect: FOOD for THOUGHT Colégio de Aplicação UFRGS Name: Group: Present Perfect Simple Os Perfect Tenses são formados com o presente simples do verbo to have (have / has), que, neste caso, funciona

Leia mais

Transação de Ações na sua Conta de Planos de Ações (Stock Plan Account)

Transação de Ações na sua Conta de Planos de Ações (Stock Plan Account) Transação de Ações na sua Conta de Planos de Ações (Stock Plan Account) Português - Portuguese Siga os passos que se seguem para vender as ações da sua empresa.* Antes de fazer a sua transação Recomendamos

Leia mais

Cowboys, Ankle Sprains, and Keepers of Quality: How Is Video Game Development Different from Software Development?

Cowboys, Ankle Sprains, and Keepers of Quality: How Is Video Game Development Different from Software Development? Cowboys, Ankle Sprains, and Keepers of Quality: How Is Video Game Development Different from Software Development? Emerson Murphy-Hill Thomas Zimmermann and Nachiappan Nagappan Guilherme H. Assis Abstract

Leia mais

Bárbara Rodrigues da Silva 3ALEN, 2015

Bárbara Rodrigues da Silva 3ALEN, 2015 Pets reality There are about 30 millions abandoned pets only in Brazil. Among these amount, about 10 millions are cats and the other 20 are dogs, according to WHO (World Health Organization). In large

Leia mais

AVALIAÇÃO PROSPECTIVA DA GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO MUNDO E NO BRASIL. Marcio Soares Dias

AVALIAÇÃO PROSPECTIVA DA GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO MUNDO E NO BRASIL. Marcio Soares Dias AVALIAÇÃO PROSPECTIVA DA GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NO MUNDO E NO BRASIL Marcio Soares Dias Centro de Desenvolvimento da Tecnologia Nuclear CDTN Comissão Nacional de Energia Nuclear- CNEN Tel. (031) 3499

Leia mais

Intellectual Property. IFAC Formatting Guidelines. Translated Handbooks

Intellectual Property. IFAC Formatting Guidelines. Translated Handbooks Intellectual Property IFAC Formatting Guidelines Translated Handbooks AUTHORIZED TRANSLATIONS OF HANDBOOKS PUBLISHED BY IFAC Formatting Guidelines for Use of Trademarks/Logos and Related Acknowledgements

Leia mais

Letra da música Gypsy da Lady Gaga em Português

Letra da música Gypsy da Lady Gaga em Português Letra da música Gypsy da Lady Gaga em Português Letra da música Gypsy da Lady Gaga em Português Cigana Às vezes uma história não tem fim Às vezes acho que nós poderíamos ser apenas amigos Porque eu sou

Leia mais

Inglês 12 Present perfect continuous

Inglês 12 Present perfect continuous Inglês 12 Present perfect continuous Este tempo é ligeiramente diferente do Present Perfect. Nele, notamos a presença do TO BE na forma BEEN, ou seja, no particípio. Conseqüentemente, nota-se também a

Leia mais

Commodities Research (Mining & Metals)

Commodities Research (Mining & Metals) May 215 Global Metals Monthly Outlook: Prices rebound as US Dollar weakens Summary Helcio S. Takeda Head of Commodities Research 55 (11) 3582 559 hstakeda@pezco.com.br The change in the prices of non-ferrous

Leia mais

Lição 24: Preposições de tempo. Como usar preposições de tempo.

Lição 24: Preposições de tempo. Como usar preposições de tempo. Lesson 24: Prepositions of Time (in, on, at, for, during, before, after) Lição 24: Preposições de tempo Como usar preposições de tempo. Reading (Leituras) I was born in 2000. (Eu nasci em 2000.) We work

Leia mais

Guia de conversação básica em inglês

Guia de conversação básica em inglês 2013 Guia de conversação básica em inglês Centercon Av. Dom Pedro I, 2.053 8º andar (31) 3304-2862 SUMÁRIO 1 CUMPRIMENTOS...3 2 APRESENTAÇÕES...3 3 COMEÇANDO UMA CONVERSA...3 4 DESPEDIDAS...4 5 AGRADECENDO...4

Leia mais

106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico

106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico 106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico B.7.1.1 Taxas de juro sobre novas operações de empréstimos (1) concedidos por instituições financeiras monetárias a residentes na área do euro (a) Interest rates

Leia mais

Verbs - Simple Tenses

Verbs - Simple Tenses Inglês Prof. Davi Verbs - Simple Tenses Simple Present Simple Past Simple Future Simple Present - Formação Infinitivo sem o to Ausência do auxiliar (usa-se to do ) Inclusão de s na 3ª pessoa do singular

Leia mais

LÍNGUA INGLESA CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA AULA. Conteúdo: Reading - Typographic Marks

LÍNGUA INGLESA CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA AULA. Conteúdo: Reading - Typographic Marks Conteúdo: Reading - Typographic Marks Habilidades: Utilizar as Marcas Tipográficas para facilitar a compreensão e também chamar a atenção do leitor. Typographic Marks O que são marcas tipográficas? As

Leia mais

Hoje trago um texto traduzido para vocês com um tema quentíssimo para todos os certames: O programa Mais Médicos.

Hoje trago um texto traduzido para vocês com um tema quentíssimo para todos os certames: O programa Mais Médicos. Hi, students! Hoje trago um texto traduzido para vocês com um tema quentíssimo para todos os certames: O programa Mais Médicos. Além disso, tenho uma super novidade para vocês: minha página no facebook!

Leia mais

WORLD CUP BRAZIL 2014

WORLD CUP BRAZIL 2014 WORLD CUP BRAZIL 2014 Match Date Match Stadium City Cat 1 Cat 2 Cat 3/4 VIP 1 12 jun Brazil vs. Croatia Arena De São Paulo Sao Paulo $2,900 $2,500 $1,800 2 13 jun Mexico vs. Cameroon Estadio Das Dunas

Leia mais

Português: (Profa. Marcia) leitura do livro Quando o sol encontra a lua, de Renata Tufano, Editora Moderna.

Português: (Profa. Marcia) leitura do livro Quando o sol encontra a lua, de Renata Tufano, Editora Moderna. Lição de Férias 8º ano (AB) 2013 Português: (Profa. Marcia) leitura do livro Quando o sol encontra a lua, de Renata Tufano, Editora Moderna. Inglês: (Profa. Marlucia) 1-Escolha uma música ( em inglês)

Leia mais

Relatório Semanal de Estratégia de Investimento

Relatório Semanal de Estratégia de Investimento 12 de janeiro de 2015 Relatório Semanal de Estratégia de Investimento Destaques da Semana Economia internacional: Deflação na Europa reforça crença no QE (22/11); Pacote de U$1 trilhão em infraestrutura

Leia mais

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas

Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas Red Econolatin www.econolatin.com Expertos Económicos de Universidades Latinoamericanas BRASIL Agosto 2013 Profa. Anita Kon PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS GRADUADOS

Leia mais

Nele, retomaremos as técnicas e estratégias de resolução de questões de interpretação de texto descritas e estudadas anteriormente.

Nele, retomaremos as técnicas e estratégias de resolução de questões de interpretação de texto descritas e estudadas anteriormente. Introdução Almiro Lara* Neste capítulo trabalharemos a resolução de questões de interpretação de texto de uma recente prova para o cargo de Analista e Inspetor da Comissão de Valores Mobiliários, a CVM.

Leia mais

Inglês 17 Past Perfect

Inglês 17 Past Perfect Inglês 17 Past Perfect O Past Perfect é um tempo verbal utilizado quando temos duas ações que ocorreram no passado, porém uma delas ocorreu antes da outra. When you called, she had just received the bad

Leia mais

Visitor, is this is very important contact with you. WATH DO WE HERE?

Visitor, is this is very important contact with you. WATH DO WE HERE? Visitor, is this is very important contact with you. I m Gilberto Martins Loureiro, Piraí s Senior Age Council President, Rio de Janeiro State, Brazil. Our city have 26.600 habitants we have 3.458 senior

Leia mais

REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL

REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL JOÃO CRESTANA President of Secovi SP and CBIC National Commission of Construction Industry SIZE OF BRAZIL Population distribution by gender, according to age group BRAZIL 2010

Leia mais

Gerenciamento de projetos SMART GRID

Gerenciamento de projetos SMART GRID Gerenciamento de projetos SMART GRID OBJETIVO Em razão da (o): Grandiosidade e complexidade dos projetos SMART GRID Contexto econômico local e global vs. QUALIDADE dos serviços públicos. p Exigências de

Leia mais

Modelos de Gestão de Estoques e Otimização do Sistema de Ressuprimento para uma rede de Drogarias

Modelos de Gestão de Estoques e Otimização do Sistema de Ressuprimento para uma rede de Drogarias Dayves Pereira Fernandes de Souza Modelos de Gestão de Estoques e Otimização do Sistema de Ressuprimento para uma rede de Drogarias Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial

Leia mais

Português 207 Portuguese for Business

Português 207 Portuguese for Business Português 207 Portuguese for Business Spring 2012: Porugal and the EU Instructor: Jared Hendrickson Office: 1149 Van Hise Office Hours: Monday and Thursday, 11:00 am-12:00 pm e-mail: jwhendrickso@wisc.edu

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS UMA VANTAGEM COMPETITIVA COM A TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS AMANDA ZADRES DANIELA LILIANE ELIANE NUNES ELISANGELA MENDES Guarulhos

Leia mais

Avaliação de Projeto de Mineração Aplicando a Teoria de Opções Reais

Avaliação de Projeto de Mineração Aplicando a Teoria de Opções Reais Alexandre Panza Vidal Avaliação de Projeto de Mineração Aplicando a Teoria de Opções Reais Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do título de Mestre pelo

Leia mais

Manual de Apresentação de Dados REACH-IT

Manual de Apresentação de Dados REACH-IT Manual de Apresentação de Dados REACH-IT Parte 16 - Pedidos de Anexo I: Instruções para o modelo de documento justificativo de pedido de Versão 1.0 Página 1 de 7 Instruções Na IUCLID, por cada informação

Leia mais

Relatório Econômico Mensal Junho de 2015. Turim Family Office & Investment Management

Relatório Econômico Mensal Junho de 2015. Turim Family Office & Investment Management Relatório Econômico Mensal Junho de 2015 Turim Family Office & Investment Management ESTADOS UNIDOS TÓPICOS ECONOMIA GLOBAL Economia Global: EUA: Reunião do FOMC...Pág.3 Europa: Grécia...Pág.4 China: Condições

Leia mais

E o Vento Levou: A experiência da Fitch com Estudos de Vento. Bruno Pahl, Associate Director

E o Vento Levou: A experiência da Fitch com Estudos de Vento. Bruno Pahl, Associate Director E o Vento Levou: A experiência da Fitch com Estudos de Vento Bruno Pahl, Associate Director Agenda Panorama Geral: Porfolio de ratings da Fitch Produção real vs. Cenários da Fitch Perfomance financeira

Leia mais

My English Language Passport

My English Language Passport My English Language Passport Personal information First name: Address: Surname: Date of birth: First language: Languages spoken: Email address: English learnt at school Type of school Primary school Number

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM. Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 23/2012

WWW.ADINOEL.COM. Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 23/2012 TEXTO Obama in Chicago for NATO Summit President Barack Obama is in his home town of Chicago, Illinois, where he will host leaders of the 28 trans-atlantic allies for the NATO summit beginning Sunday.

Leia mais

manualdepsiquiatriainfant il manual de psiquiatria infantil

manualdepsiquiatriainfant il manual de psiquiatria infantil manualdepsiquiatriainfant il manual de psiquiatria infantil These guides possess a lot information especially advanced tips such as the optimum settings configuration for manualdepsiquiatriainfantil manual

Leia mais

INFORME ECONÔMICO 22 de maio de 2015

INFORME ECONÔMICO 22 de maio de 2015 RESENHA SEMANAL E PERSPECTIVAS Setor de construção surpreende positivamente nos EUA. Cenário de atividade fraca no Brasil impacta o mercado de trabalho. Nos EUA, os indicadores do setor de construção registraram

Leia mais

BRIGHAM AND EHRHARDT PDF

BRIGHAM AND EHRHARDT PDF BRIGHAM AND EHRHARDT PDF ==> Download: BRIGHAM AND EHRHARDT PDF BRIGHAM AND EHRHARDT PDF - Are you searching for Brigham And Ehrhardt Books? Now, you will be happy that at this time Brigham And Ehrhardt

Leia mais

ANTECEDENTES DA RIO + 10

ANTECEDENTES DA RIO + 10 ANTECEDENTES DA RIO + 10 RIO + 5 - evento organizado pela ONG Conselho da Terra, foi realizado no Rio de Janeiro de 13 e 19/3/1997 e teve forte participação empresarial e a presença de apenas 50 ONGs.Como

Leia mais

Altos Níveis de Estoque nas Indústrias de Conexões de PVC

Altos Níveis de Estoque nas Indústrias de Conexões de PVC Altos Níveis de Estoque nas Indústrias de Conexões de PVC Junior Saviniec Ferreira; Letícia Stroparo Tozetti Faculdade Educacional de Araucária RESUMO O problema de estoque elevado é cada vez menos frequente

Leia mais

Agência de Vigilância Sanitária - ANVISA ITEM 8

Agência de Vigilância Sanitária - ANVISA ITEM 8 2ª Reunião Extraordinária da Câmara Setorial de Alimentos Agência de Vigilância Sanitária - ANVISA ITEM 8 INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS PARA O MONITORAMENTE E GERENCIAMENTO DA CADEIA DE FRIO Luis Madi / Eloísa

Leia mais

ENSINO MÉDIO 1. MEMBROS DA FAMÍLIA 2. ALIMENTOS 3. DIAS DA SEMANA 4. MESES 5. ESTAÇÕES DO ANO 6. NUMERAIS CARDINAIS E ORDINAIS

ENSINO MÉDIO 1. MEMBROS DA FAMÍLIA 2. ALIMENTOS 3. DIAS DA SEMANA 4. MESES 5. ESTAÇÕES DO ANO 6. NUMERAIS CARDINAIS E ORDINAIS SÍNTESE DA AULA DE INGLÊS ENSINO MÉDIO I VOCABULÁRIO IMPORTANTE: 1. MEMBROS DA FAMÍLIA 2. ALIMENTOS 3. DIAS DA SEMANA 4. MESES 5. ESTAÇÕES DO ANO 6. NUMERAIS CARDINAIS E ORDINAIS II - PERSONAL PRONOUNS

Leia mais