MINISTÉRIO DA FAZENDA BRADESCO VIDA E PREVIDÊNCIA S/A SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP RECORRIDA:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MINISTÉRIO DA FAZENDA BRADESCO VIDA E PREVIDÊNCIA S/A SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP RECORRIDA:"

Transcrição

1 MINISTÉRIO DA FAZENDA r CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSI 2O9 Sessão Recurso Processo SUSEP n i / RECORRENTE: RECORRIDA: BRADESCO VIDA E PREVIDÊNCIA S/A SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP EMENTA: RECURSO ADMINISTRATIVO. Denúncia. Item 1 - descumprimento do prazo para realização de junta médica, para dirimir as divergências de enquadramento da lesão e Item 2 - inclusão de segurada em apólices de seguro coletiva sem o preenchimento da proposta de adesão e Item 3 - não envio do certificado individual à segurada. Recurso conhecido e provido em parte. PENALIDADE ORIGINAL: Item 1 - multa no valor de R$ 9.000,00; Item 2 - multa no valor de R$ ,00; Item 3 - multa no valor de R$ 9.000,00. BASE NORMATIVA: Item 1 - art. 88 do Decreto-Lei n 73/66, c.c. art. 6, caput, da Circular SUSEP n 302/2005; Item 2 - Art. 88 do Decreto-Lei n 73/66, c.c. art. 17, 1, da Resolução CNSP n 1 17/04; Item 3 - Art. 88 do Decreto-Lei n 73/66, c.c. art. 3 da Circular SUSEP n0 317/06. ACÓRDÃO/CRSNSP N 5175/15. Vistos, relatados e discutidos os presentes autos, decidem os membros do Conselho de Recursos do Sistema Nacional de Seguros Privados, de Previdência Privada Aberta e de Capitalização, por unanimidade, nos termos do Voto da Relatora: (i) dar provimento ao recurso da Bradesco Vida e Previdência S/A, quanto ao item 1 da Denúncia; (ii) negar provimento ao recurso quanto aos itens 2 e 3 da denúncia. Presente o advogado Dr. Juraí Monteiro que sustentou oralmente em favor da recorrente, intervindo nos termos do Regimento Interno deste Conselho o Senhor representante da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, Dr. José Eduardo de Araújo Duarte.

2 Participaram do julgamento os Conselheiros Ana Maria Meio Netto Oliveira, Claudio Carvalho Pacheco, Carmen Diva Beltrão Monteiro, Washington Luis Bezerra da Silva e Marcelo Augusto Camacho Rocha. Presentes o Senhor Representante da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, Dr. José Eduardo de Araújo Duarte, e a Secretária-Executiva, Senhora Theresa Christina Cunha Martins. Ausentes, justificadamente, os Conselheiros Paulo Antonio Costa de Almeida Penido e Henrique Finco Mariani. Sala das Sessões (Ri), 2 de fevereiro de 2015.,/ ÁNA MARIA MELO ~ ETTO OLIVEIRA fr ( J7 o DUARTE ional

3 MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO RECURSO CRSNSP N 6629 PROCESSO SUSEPN / RECORRENTE: BRADESCO VIDA E PREVIDÊNCIA S/A RELATORA: ANA MARIA MELO NETTO OLIVEIRA RELATÓRIO Trata-se de processo administrativo em que se apura (1) descumprimento do prazo para realização de junta médica, para dirimir as divergência de enquadramento da lesão e (ii) a inclusão de segurada em apólices de seguro coletiva sem o preenchimento da proposta de adesão e (iii) não envio do certificado individual à segurada, do qual resultou a condenação de BRADESCO VIDA E PREVIDÊNCIA S/A, tendo-lhe sido aplicadas penalidades de multa no valor de R$ 9.000,00, para as infrações descritas nos itens 1 e 3, e de R$ para a infração descrita no item 2, majorada em virtude de reincidências, conforme decisão de fis. 266/267, de 23 de agosto de Consta dos autos que o segurado teve seu pedido de indenização por invalidez permanente e total por doença negado, pois a seguradora teria constatado durante a regulação do sinistro que a invalidez constatada era parcial e temporária (ti. 56), decorrente de LERIDORT, risco excluído da garantia de invalidez permanente e total por doença, conforme itens III. IV, e VII da Cláusula a das Condições Complementares da Apólice. Todavia, a declaração médica de fi. 26, datada de , considera a invalidez do segurado como permanente e total. Ante a divergência, o segurado solicitou a realização de junta médica, que foi negada pela seguradora, sob o fundamento de que não haveria necessidade de realização da junta, por tratar-se de risco excluído, e tendo em vista que a segurada sequer tinha sido considerada inválida para a atividade laborativa (fi. 76). Após ser oficiada pela SUSEP (fl. 121), a seguradora informa que adotaria providências com vistas à realização de junta médica (fi. 128). No entanto, não houve acordo para a realização da junta, eis que o segurado não aceitou a indicação de médico assistente, por não possuir inscrição no Conselho Regional de Medicina da Bahia (fi. 125). Intimada para defesa, a seguradora apresentou petição de fls. 173/1 86, alegando que a hipótese trata de invalidez decorrente de doença ocupacional, expressamente excluída da cobertura contratada, inexistindo divergência a justificar a realização de junta médica. Ainda assim, tendo consentido na realização da junta médica, a não realização deu-se em

4 CRSNSP RECURSO N 6629 virtude exclusivamente de resistência do segurado que não acatou a designação dos médicos apresentados pela seguradora, em virtude de não possuírem registro no CRM/BA, o que não constituiria óbice à atuação na perícia. Alega que não houve preenchimento do cartão proposta porque à época em que entrou em vigor a apólice o denunciante se encontrava afastado de sua atividade profissional, sem retorno ao trabalho. Ademais, a nova apólice apenas teria dado continuidade à cobertura prevista em apólices anteriores, trazendo somente adaptações à nova regulação vigente, sem ônus ou deveres adicionais aos segurados. Quanto ao não envio do certificado, argumenta que o certificado foi devidamenle emitido (ti. 186), e que, nos seguros de vida em grupo, as apólices e endossos ficariam em poder da estipulante. Questiona a aplicação das reincidências, por ausência de fundamentação. Ante o questionamento da seguradora quanto à inespecificidade das reincidências apontadas, foram extraídos novos relatórios de lis. 195/197, que apontou a existência de processo paradigma referente à infração caracterizada como ausência de proposta de seguro, proposta de adesão ou proposta de inscrição". Houve nova intimação da acusada (ti. 199/201). Em nova defesa de lis. 215/232, a acusada reitera seus argumentos anteriores, acrescentando que haveria duplicidade entre o presente processo e os de número /2008/78 e / , requerendo seja reconhecida a continuidade da conduta, sob pena de incorrer-se em vedado bis in idem. Requer, ainda, a suspensão do processo, para aguardar a conclusão dos demais que tratam da mesma matéria, e que lhe seriam conexos, ou a anulação das condenações referentes aos itens 2 e 3, por litispendência. Requer concessão da atenuante quanto ao item 3. O parecer técnico de lis. 252/256, acolhido pelo parecer jurídico de fis. 257/260, opina pela procedência da denúncia, consignando que: 12. Tendo em vista que a seguradora deveria ter proposto a junta médica à segurada até o dia (/ dia após tomar ciência nos autos da divergência/contesta ção apresentada pela segurada à fi. 26 por intermédio da cópia integral do processo). Gonzo não apresentou qualquer comprovante de proposta e suas razões de de /sa não a justificam, concluímos que ficou caracterizada a sua responsabilidade na infração. (..) 14. Adiciona/mente, ainda que a segurada realmente estivesse aflistada de suas atividades à época. a Proposta de Adesão poderia ter sido colhida Clii sua residência ou em local pré-determinado. Como a Proposta de Adesão é obri,gatória na contratação (nos termos do Ar!. 65 cc o 2 do ar!. 17 da Res. C'VSP n 117/2004) e a mesma reconhecidamente não foi colhida, entendemos que restou caracterizada a infração. (..) 2

5 CRSNSP RECURSO N Como a seguradora não apresentou comprovante de envio do certuicado à época, associado à reclamação da seguradora à.fi. 01 de não recebimento nesmo após reiteradas solicitações, entendemos que restou caracterizada sua responsabilidade no cometimento da infração. (..) 18. Em relação à atenuante solicitada àfl. 231 para o 3 item, considerados o seguinte:o certtficado individual (1) deve ser enviado ao se.urado (ii,) durante a vigência do seguro (para fins de segurança jurídica) e (iii) apresentar as datas de início e término de vi.ência da cobertura individual (inciso 1 do 2 do Ar!. 3 da Circular SUSEP n 317/2006). Como o documento às fls. 168/169 não atendeu a nenhum desses requisitos, entendemos que a Cia. não faz jus à atenuante." 1- O Despacho da Subprocuradora Chefe da Subprocuradoria de Contencioso Administrativo de , consigna que "não há que seflilar na hipótese de ocorrência de bis in idein, como alega a sociedade, pois os tipos infracionais descrilos nos itens 02 e 03 da intimação acostada, às fis. se materializam em relação a cada segurado que é aceito sem apresentação de proposta de adesão e/ou não receba o certificado individual. Assim, considerando que as condutas infracionais apontadas nos processos nomeados pela de,fèndente são refrrentes a segurados distintos, não resta configurado o instituto em questão". Intimada da decisão condenatória em 06/09/2013, a seguradora recorreu tempestivamente ao CRSNSP, reiterando, em razões recursais de lis. 304/3 1 7, seus argumentos anteriores. Requer a concessão de atenuante quanto ao item 3 e exclusão de reincidência quanto ao item 2. Em parecer de lis. 323/325, a Representação da PGFN junto ao CRSNSP manifesta-se pelo conhecimento do recurso e, no mérito, pelo não provimento. É o relatório. a ANA JAIRI"IA MELO NETTO OLIVEIRA Relatora Representante do Ministério da Fazenda Brasília, 18 de novembro de

6 MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO RECURSO CRSNSP N 6629 PROCESSO SUSEP N / RECORRENTE: BRADESCO VIDA E PREVIDÊNCIA S/A RELATORA: ANA MARIA MELO NETTO OLIVEIRA VOTO 1. O recurso é tempestivo e atende aos critérios de admissibilidade, pelo que dele conheço. 2. Impende-se examinar, antes de mais, a alegação de que as condutas apuradas no presente processo guardam correspondência com condutas investigadas em outros processos administrativos pela SUSEP, alertadas pela recorrente convocando diferentes institutos como bis in idem, litispendência, continuidade delitiva e conexão. 3. Sem pretender fazer uma relação exaustiva, recordo que o Conselho já teve oportunidade de examinar as condutas objeto do presente processo, consubstanciadas no descumprimento do prazo para realização de junta médica, na ausência de proposta de seguro ou de cartão proposta e no não envio de certificado individual ao segurado, quando da migração da apólice 7900 para a de número , em diversas outras oportunidades, a saber: Recursos 6022, 6079, 6271 e 6432, julgados na 200 Sessão do CRSNSP; Recursos 6268 e 6664,julgados na 202' Sessão do CRSNSP; Recurso 6258,julgado na 204 Sessão do CRSNSP; e Recursos 6363 e 6425, julgados na 205 Sessão do CRSNSP. 4. O Conselho, naquelas oportunidades, entendeu que restara caracterizada a infração consistente no não preenchimento de cartão proposta, afastando a tese da conexão. litispendência ou bis in idem, prevalecendo a autonomia das infrações, em que pesem refiram-se a segurados incluídos em uma mesma apólice. Confira-se, a respeito, o o voto do Conselheiro Relator André Faoro quando do julgamento do Recurso 6363: "1-Já, ainda, a alegação de que as práticas objeto do presente processo seriam infrações continuadas. De falo existem outros processos em que são apontadas os mesmos procedimentos. Porém, para que fosse considerada a existência de infrações continuadas, seria, a meu ver, necessário que os cartões proposta não tenham sido enviados a todos ou a uni grande núinem de participantes da apólice, o mesmo ocorrendo como não envio dos cer/ulcados. A flua de cartões proposta e dos certificados individuais em

7 CRSNSP RECURSO N 6629 relação a uma meia dúzia de participantes não representa, a meu ver, infração continuada, nem bis in idem." Adentrando a análise de mérito, em todos os precedentes, ao examinar a infração por descumprimento do prazo para realização de junta médica, o Conselho entendeu por afastar a irregularidade da conduta, tendo em vista que a realização da junta foi frustrada em vista de objeções opostas pelo segurado, que recusou-se a aceitar a indicação de médico não inscrito no CRM/BA. Essa é exatamente a situação fática que se apresenta nesse caso, conforme demonstra o documento de ti Dessa forma, quanto ao item 1, dou provimento ao recurso. Quanto ao item 2, a infração encontra-se materializada e é admitida pela própria recorrente, que limita-se a justificar razões pelas quais seria prescindível a coleta de proposta. Nos precedentes acima citados, o Conselho tem reiteradamente entendido caracterizada a infração, atribuindo à seguradora a responsabilidade pela observância ao art. P da Circular SUSEP n 251/2004. Dessa forma, quanto ao item 2, nego provimento ao recurso. Quanto ao item 3. entendo, também com suporte em precedentes deste Conselho, que não há na norma especificação sobre a forma como deve ocorrer o envio do certificado ao segurado, não havendo comando que prescreva o envio por AR do que deva a seguradora se valer para demonstrar o efetivo envio. Acrescente-se que, em determinados casos, tem o Conselho decidido que a obrigação de envio do certificado ao segurado, nos seguros coletivos, recai sobre o estipulante, nos termos do art. 3 da Resolução CNSP n. 107/2004, competindo à seguradora demonstrar a emissão do certificado individual. Ocorre que, no presente caso, não se trata de estipulante autêntico, pois à toda evidência o Top Clube Bradesco é entidade vinculada à seguradora Bradesco. Ademais, o não cumprimento da obrigação de emissão do certificado está demonstrado, tendo em vista que o certificado juntado à fl. 188/189, referente à apólice , cuja vigência teve início em 01/12/2006, foi emitido apenas em 08/08/2011. Dessa forma, entendo que não houve cumprimento da disposição do Art. 3 da Circular SUSEP n 317/2006, que determina a emissão e envio do certificado no início do seguro, pelo que nego provimento ao recurso quanto ao item 3. Entendendo, ademais, que não é cabível a aplicação de atenuante para o 3 item, tendo em vista que o certificado individual deve ser emitido e enviado no início do contrato de seguro, durante sua vigência, e deve apresentar, inclusive, a data de término da vigência, requisitos que não foram observados pelo documento de fis. 188/189. É o voto. (V\ )/J 1X eá Ct iï 'ANA MARIA MELO NETTO OLIVEIRA Relatora Representante do Ministério da Fazenda Em 02 de fevereiro de 2015.

PENALIDADE ORIGINAL: Multa de R$ 17.000,00.

PENALIDADE ORIGINAL: Multa de R$ 17.000,00. MINISTÉRIO DA FAZENDA 1 r. CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS... PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 2O8 Sessão Recurso n 6382 Processo SUSEP n 15414.003591/2008-48

Leia mais

(4' IRA DE ALMEIDA Presidente

(4' IRA DE ALMEIDA Presidente (çk - MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP--- --- -- 196 Sessão Recurso n 5886 Processo SUSEP n

Leia mais

W PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 2O8 Sessão Recurso n 5443 Processo SUSEP n 15414.

W PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 2O8 Sessão Recurso n 5443 Processo SUSEP n 15414. . MINISTÉRIO DA FAZENDA W PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 2O8 Sessão Recurso n 5443 Processo SUSEP n 15414.004535/2002-35 RECORRENTE: RECORRIDA: COMPANIIIA DE SEGUROS

Leia mais

Vida Seguradora S.A. PENALIDADE ORIGINAL: Multa de R$ 9.000,00. Sala das Sessões (Ri), 12 de dezembro de 2014.

Vida Seguradora S.A. PENALIDADE ORIGINAL: Multa de R$ 9.000,00. Sala das Sessões (Ri), 12 de dezembro de 2014. CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, - CRSNSP 208' Sessão Recurso n 5898 Processo SUSEP n 15414.100701/2008-19 RECORRENTE: RECORRIDA: Vida Seguradora S.A. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS

Leia mais

ASTRAU - ASSOCIAÇÃO DOS TRANSPORTADORES DE CARGAS DO NORDESTE PAULISTA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS -

ASTRAU - ASSOCIAÇÃO DOS TRANSPORTADORES DE CARGAS DO NORDESTE PAULISTA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - J MINISTÉRIO DA FAZENDA I'RIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 2O9 Sessão Recurso n 6085 Processo SUSEP n 15414.004044/2010-02 RECORRENTE: RECORRIDA: ASTRAU - ASSOCIAÇÃO DOS

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO RELATÓRIO

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO RELATÓRIO MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO Recurso n2 5.550 - CRSNSP Processo n2 15414.005009/2005-35- SUSEP Recorrente

Leia mais

COMPANHIA DE SEGUROS PREVIDÊNCIA DO SUL SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP. BASE NORMATIVA: Art. 88 do Decreto-Lei n 73/66.

COMPANHIA DE SEGUROS PREVIDÊNCIA DO SUL SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP. BASE NORMATIVA: Art. 88 do Decreto-Lei n 73/66. MINISTÉRIO DA FAZENDA PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃOa CRSNSP J95 Sessão Recurso n 4232 Processo SUSEP n 15414.00134 1/2006-lO RECORRENTE: RECORRIDA: COMPANHIA DE SEGUROS PREVIDÊNCIA

Leia mais

EMENTA: RECURSO. PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 8.000,00. BASE NORMATIVA: Arts. 36 e 88 do Decreto-Lei n 73/66.

EMENTA: RECURSO. PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 8.000,00. BASE NORMATIVA: Arts. 36 e 88 do Decreto-Lei n 73/66. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS W>' PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 21P Sessão Recurso n 6719 Processo SIJSEP n 154 14.000299/2012-50

Leia mais

TAT CORRETORA DE SEGUROS SC LTI)A EMENTA: RECURSO. PENALIDADE ORIGINAL: Advertência. BASE NORMATIVA: Art. 8 da Circular SUSEP n 127/2000.

TAT CORRETORA DE SEGUROS SC LTI)A EMENTA: RECURSO. PENALIDADE ORIGINAL: Advertência. BASE NORMATIVA: Art. 8 da Circular SUSEP n 127/2000. MINISTERIO DA FAZENDA CONSELhO DE RECURSOS 1)0 SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS I'RIVADOS, DE PREVII)ÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CA11TALIZAÇÃ0 - CRSNSP 209' Sessão Recurso n 6062 Processo SUSEP n 15414.000572/2008-60

Leia mais

PINALII)ADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 9.000,00. BASE NORMATIVA: 1 do art. 17 da Resolução CNSP n 1172004.

PINALII)ADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 9.000,00. BASE NORMATIVA: 1 do art. 17 da Resolução CNSP n 1172004. MINISTÉRIO DA FAZENI)A CONSELHO DE RECURSOS 1)0 SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 2O6 Sessão Recurso n 6092 Processo SUSEP n 15414.002217/2011-21

Leia mais

a MINISTERIO DA FAZENDA

a MINISTERIO DA FAZENDA 32 a MINISTERIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS FRI VADOS, DE PREVIDENCIA FRI VADA ABERTA E DE capitalizacac) - CRSNSP 204' Sessão Recurso no 6670 Processo SUSEP no 15414.005872/2011-3

Leia mais

RECORRENTE: COMPANHIA DE SEGUROS ALIANÇA DO BRASIL SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 64.000,00.

RECORRENTE: COMPANHIA DE SEGUROS ALIANÇA DO BRASIL SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 64.000,00. MINISTÉRIO DA FAZENDA PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 206 Sessão Recurso n 4703 Processo SUSEP n 15414.100262/2005-00 RECORRENTE: COMPANHIA DE SEGUROS ALIANÇA DO BRASIL

Leia mais

4t PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO -

4t PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS 4t PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 195 Sessão Recurso n 5404 Processo SUSEP n RECORRENTE: RECORRIDA:

Leia mais

4 PRIVAI)OS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO -

4 PRIVAI)OS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - 4 PRIVAI)OS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 2O6 Sessão Recurso n 5762 Processo SUSEI' n 15414.004002/2006-87 RECORRENTE: RECORRII)A: SUL AMÉRICA COMPANHIA NACIONAL DE SEGUROS

Leia mais

r CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS.. PR! VADOS, DE PREVIDENCIA PR! VADA ABERTA E DE CAPITALIZAçAO - CRSNSP

r CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS.. PR! VADOS, DE PREVIDENCIA PR! VADA ABERTA E DE CAPITALIZAçAO - CRSNSP MINISTERIO DA FAZENDA r CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS.. PR! VADOS, DE PREVIDENCIA PR! VADA ABERTA E DE CAPITALIZAçAO - CRSNSP 213' Sessão Recurso n 5818 Processo SUSEP n 15414.003205/2008-18

Leia mais

PREVIMAX PREVIDÊNCIA PRIVADA E SEGURADORA S.A. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: Multa no valor de R$ 16.000,00.

PREVIMAX PREVIDÊNCIA PRIVADA E SEGURADORA S.A. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: Multa no valor de R$ 16.000,00. Recurso nº 4481 Processo SUSEP nº 15414.004750/2006-60 PREVIMAX PREVIDÊNCIA PRIVADA E SEGURADORA S.A. EMENTA: RECURSO ADMINISTRATIVO. Representação. Realizar operação financeira com pessoa jurídica ligada

Leia mais

ITAU XL SEGUROS CORPORATIVOS S.A. SUPERINTENDENCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP EMENTA: RECURSO. PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 9.000,00.

ITAU XL SEGUROS CORPORATIVOS S.A. SUPERINTENDENCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP EMENTA: RECURSO. PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 9.000,00. PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAcAO - CRSNSP 2O7 Sessão Recurso no 4676 Processo SUSEP no 15414.000468/2007-94 RECORRENTE: RECORRIDA: ITAU XL SEGUROS CORPORATIVOS S.A. SUPERINTENDENCIA

Leia mais

SUL AMÉRICA SEGUROS DE VIDA E PREVIDÊNCIA S/A. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 9.000,00.

SUL AMÉRICA SEGUROS DE VIDA E PREVIDÊNCIA S/A. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 9.000,00. Recurso nº 1847 Processo SUSEP nº 15414.002869/2002-74 SUL AMÉRICA SEGUROS DE VIDA E PREVIDÊNCIA S/A. EMENTA: RECURSO ADMINISTRATIVO. Representação. Não atender à Carta SUSEP/DECON/GERES/DISEC/ nº 352/02.

Leia mais

PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 34.000,00. Sala dassõ,de evereiro e 20 5. WALDIR QUINTILIA O DA SILVA res4te ;RRe a

PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 34.000,00. Sala dassõ,de evereiro e 20 5. WALDIR QUINTILIA O DA SILVA res4te ;RRe a MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA I'RIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 2O9 Sessão Recurso n 6538 Processo SUSEP n0 15414.005489/2011-82

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS. COMPANI lia DE SEGUROS PREV1I)INCIA 1)0 SUL

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS. COMPANI lia DE SEGUROS PREV1I)INCIA 1)0 SUL 11 MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS -f PRIVADOS, DE PREVII)ÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - (;RSNSP I99 Sessão Recurso n 5954 Processo SUSEJ n 15414.200189/2007-29

Leia mais

MINISTERIO DA FAZENDA - CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS, PR! VADOS, DE PREVIDENCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAçAO - CRSNSP

MINISTERIO DA FAZENDA - CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS, PR! VADOS, DE PREVIDENCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAçAO - CRSNSP - CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS, PR! VADOS, DE PREVIDENCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAçAO - CRSNSP 213' Sessão Recurso n 5464 Processo SUSEP n 15414.200152/2004-58 RECORRENTE:

Leia mais

PENALIDADE ORIGINAL: Multa de R$ 17.000,00. Sala das Sessões (RI), 12 de dezembro de 2014. /24. N A MARIA M ELO NETTO OLIVEIRA Presidente e Relatora

PENALIDADE ORIGINAL: Multa de R$ 17.000,00. Sala das Sessões (RI), 12 de dezembro de 2014. /24. N A MARIA M ELO NETTO OLIVEIRA Presidente e Relatora MINISTÉRIO DA FAZENDA r CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 208 Sessão Processo SUSEP 0 15414.100329/2006-89 RECORRENTE:

Leia mais

SUL AMÉRICA SEGUROS DE VIDA E PREVIDÊNCIA S.A. Sala das Sessões (RJ) 8 de maio de 2014. IRA DE ALMEIDA President e Relator

SUL AMÉRICA SEGUROS DE VIDA E PREVIDÊNCIA S.A. Sala das Sessões (RJ) 8 de maio de 2014. IRA DE ALMEIDA President e Relator MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP i96sessão Recurso n 1608 Processo SUSEP no 10.006118/99-27

Leia mais

J CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS

J CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS MINISTÉRIO DA FAZENDA J CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, - CRSNSP 208 Sessão Recurso n 5753 Processo SUSEP no 15414.300042/2005-76 RECORRENTE: RECORRIDA: AMERICAN LIFE COMPANHIA

Leia mais

PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 5.000,00. Sala das Sessões (RJ), 2 de fevereiro de 2015. ANA MARIA MELO NETTO OLIVEIRA PresidenteÁ Relatora

PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 5.000,00. Sala das Sessões (RJ), 2 de fevereiro de 2015. ANA MARIA MELO NETTO OLIVEIRA PresidenteÁ Relatora 3á2o MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 2O9 Sessão Recurso n 6443 Processo SUSEP n 154 14.400007/2008-07

Leia mais

MINISTERIO DA FAZENDA / Y CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS. PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 18.000,00.

MINISTERIO DA FAZENDA / Y CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS. PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 18.000,00. MINISTERIO DA FAZENDA / Y CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS d 4W PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAçAO - CRSNSP 214 Sessão Recurso n 5859 Processo SUSEP n i 5414.00404/2005-95

Leia mais

UNIAO DOS PREVIDENCIARIOS DO BRASIL SUPERINTENDENCIA DE SEGUROS PR! VADOS - PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 20.674,58.

UNIAO DOS PREVIDENCIARIOS DO BRASIL SUPERINTENDENCIA DE SEGUROS PR! VADOS - PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 20.674,58. 1 oministerio DA FAZENDA PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAçAO - CRSNSP 199' Sessão Recurso n 5229 Processo SUSEP n 15414.000912/2007-71 RECORRENTE: RECORRIDA: UNIAO DOS PREVIDENCIARIOS

Leia mais

BRADESCO VIDA E PREVIDÊNCIA S.A. SUPERiNTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP. PENALIDADE ORIGINAL: Multa de R$ 9.000,00.

BRADESCO VIDA E PREVIDÊNCIA S.A. SUPERiNTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP. PENALIDADE ORIGINAL: Multa de R$ 9.000,00. MINISTÉRIO DA FAZENDA -. CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 208 Sessão Recurso n 6602 RECORRENTE: RECORRIDA: BRADESCO

Leia mais

CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO.

CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO. CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO. Processo SUSEP n 10.006508/0 1-48 Recurso ao CRSNSP n 5745 Recorrente: Nelson Gregory Giaretta

Leia mais

f PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO -

f PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - , r1 MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS f PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 2O9 Sessão Recurso n 5513 Processo SUSEP n 15414.001732/2003-83

Leia mais

ACÓRDÃOS DA 153ª SESSÃO SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: Multa no valor de R$ 32.115,68.

ACÓRDÃOS DA 153ª SESSÃO SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: Multa no valor de R$ 32.115,68. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP Recurso nº 3258 Processo SUSEP nº 010-00195/00 ACÓRDÃOS DA 153ª

Leia mais

15414.003223/2005-57. SUL AMERICA CAPITALIZAcAO S.A. RECORRENTE: SUPERINTENDENCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP RECORRIDA:

15414.003223/2005-57. SUL AMERICA CAPITALIZAcAO S.A. RECORRENTE: SUPERINTENDENCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP RECORRIDA: 1 MINISTERIO 1)A FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS 1)0 SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAçAO - CRSNSP 200' Sessão Recurso no 3946 Processo SUSEP RECORRENTE:

Leia mais

SUPERINTENDENCIA DE SEGUROS PRJVADOS - PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 3 8.000,00. BASE NORMATIVA: Art. 88 do Decreto-Lei n 73/66.

SUPERINTENDENCIA DE SEGUROS PRJVADOS - PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 3 8.000,00. BASE NORMATIVA: Art. 88 do Decreto-Lei n 73/66. IN. *r- MINISTERIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PR! VADOS, DE PREVIDENCIA PR! VADA ABERTA E DE capitalizacao - CRSNSP 207k Sessão Recurso n 6687 RECORRENTE: HSBC VIDA

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. BASE LEGAL: 2º do art. 801 do Código Civil.

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. BASE LEGAL: 2º do art. 801 do Código Civil. Recurso nº 5656 Processo SUSEP nº 15414.004271/2007-24 FEDERAL DE SEGUROS S/A EMENTA: RECURSO ADMINISTRATIVO. Denúncia. Alterar unilateralmente apólice de seguro de vida em grupo. Recurso conhecido e PENALIDADE

Leia mais

of PENALJJ)ADE ORIGINAL: Multa 110 valor de R$ 34.000,00.

of PENALJJ)ADE ORIGINAL: Multa 110 valor de R$ 34.000,00. MINISTERIO DA FAZENI)A t.... 4 PR! VADOS, DE PREVIDENCIA PRIVAI)A ABERTA E DE capitalizaca0 - CRSNSP 200' Sessão Recurso n 5924 Processo SUSEI n 1 5414.001466/2005-51 RECORRENTE: RECORRIDA: MAPFRE VERA

Leia mais

MINISTERIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS, PR! VADOS, DE PREVIDENCIA PR! VADA ABERTA E DE CAPITALIZAcAO - CRSNSP

MINISTERIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS, PR! VADOS, DE PREVIDENCIA PR! VADA ABERTA E DE CAPITALIZAcAO - CRSNSP , PR! VADOS, DE PREVIDENCIA PR! VADA ABERTA E DE CAPITALIZAcAO - CRSNSP 213 Sessão Recurso no 6346 Processo SUSEP no 15414.100179/2011-71 RECORRENTE: RECORRIDA: ALIANA DO BRASIL SEGUROS S/A SUPERINTENDENCIA

Leia mais

COMPANHIA EXCELSIOR DE SEGUROS SUPERINTENDI.LNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP. PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 18.000.00.

COMPANHIA EXCELSIOR DE SEGUROS SUPERINTENDI.LNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP. PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 18.000.00. c35i. MJNISTERIO DA FAZENDA CONSELUO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAcAO - CRSNSP 215 Sessão Recurso n 6628 Processo SUSEP no 15414.005212/2011-50

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP 75ª Sessão Recurso nº 1130 Processo SUSEP nº 001-06805/96 PORTO

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: Multa no valor de R$ 52.000,00. BASE LEGAL: Art. 88 do Decreto-Lei nº 73/66.

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: Multa no valor de R$ 52.000,00. BASE LEGAL: Art. 88 do Decreto-Lei nº 73/66. Recurso nº 1643 Processo SUSEP nº 15414.002059/2002-18 ITAÚ SEGUROS S.A. EMENTA: RECURSO ADMINISTRATIVO. Representação. Não atender as solicitações feitas por meio da Carta SUSEP/DETEC/GEBER/DICEB Nº 578/2002.

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP r MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS ' PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA I'RIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 195 Sessão Recurso n 5868 Processo SUSEP n 15414.002771/2006-41

Leia mais

202a SessAo Recurso no 6352 Processo SUSEP n 15414.100238/2008-13 RECORRENTE BRADESCO AUTO/RE COMPANHIA DE SEGUROS

202a SessAo Recurso no 6352 Processo SUSEP n 15414.100238/2008-13 RECORRENTE BRADESCO AUTO/RE COMPANHIA DE SEGUROS I * L-.AQ MINISTERIO PA FAZENDA CONSELSO DE RECUIISOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAcAO - CRSNSP 202a SessAo Recurso no 6352 Processo SUSEP n 15414.100238/2008-13

Leia mais

ÇflJ4 CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGURO fi! PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO -

ÇflJ4 CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGURO fi! PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - MINISTÉRIO DA FAZENDA ÇflJ4 CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGURO fi! PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 194' Sessão Recurso n 4699 Processo SUSEP no i 5414.000246/2003-48

Leia mais

SCI-IMITZ CORRETORA DE SEGUROS LTDA SUPERINTENDENCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP. PENALIDADE ORIGINAL: Cancelamento de registro.

SCI-IMITZ CORRETORA DE SEGUROS LTDA SUPERINTENDENCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP. PENALIDADE ORIGINAL: Cancelamento de registro. MINISTERIO DA FAZENDA Sj4 PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAcAO - CRSNSP 2O3 Sessäo Recurso n 5946 Processo SUSEP n 15414.200323/2006-19 RECORRENTE: RECORRIDA: SCI-IMITZ CORRETORA

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS I I'RIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS I I'RIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS I I'RIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 210' Sessão Recurso n 6781 Processo SUSEP n 15414.200195/2012-43

Leia mais

MINISTERLO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PRIVAI)A ABERTA E DE capjtalizacao - CRSNSP

MINISTERLO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PRIVAI)A ABERTA E DE capjtalizacao - CRSNSP MINITERLO DA FAZENDA CONELHO DE RECURO DO ITEMA NACIONAL DE EGURO PRIVADO, DE PREVIDENCIA PRIVAI)A ABERTA E DE capjtalizacao - CRNP 212' essão Recurso n 3113 Processo UEP n 10.003464/00-87 RECORRENTE:

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP Recurso nº 0871 Processo SUSEP nº 001-04106/96 81ª SESSÃO DE

Leia mais

MINISTERIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONALESEIIIJROScAPITALIzAcA0 RECORRENTE: CLUBE SUL AMERICA SAJDE, VIDA E PREVIDENCIA

MINISTERIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONALESEIIIJROScAPITALIzAcA0 RECORRENTE: CLUBE SUL AMERICA SAJDE, VIDA E PREVIDENCIA MINISTERIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONALESEIIIJROScAPITALIzAcA0-10,7~ CRSNSP 2O4 Sessäo Recurso O 4747 Proccsso SUSEP n 15414.200092/2006-35 - Apenso Recurso n. 4738 - Processo Susep

Leia mais

BRADESCO AUTO/RE CIA DE SEGUROS SUPER[NTENDENCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP

BRADESCO AUTO/RE CIA DE SEGUROS SUPER[NTENDENCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP MINISTERIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PR! VADOS, DE PREVIDENCIA PR! VADA ABERTA E DE cap!talizaca0 - CRSNSP 20O Sessão Recurso n 6025 Processo SUSEP n 15414.002800/2006-74

Leia mais

MINISTERIO PA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITAUZAcAO - CRSNSP

MINISTERIO PA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITAUZAcAO - CRSNSP i& fla MINISTERIO PA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITAUZAcAO - CRSNSP 204' Sessâo Recurso n 5999 Processo SUSEP n 15414.003673/2006-21

Leia mais

SICURA CORRETORA DE SEGUROS LTDA. PENALIDADE ORIGINAL: Cancelamento de registro. Sala das SessOes (RJ), 7 de outubro de 2014.

SICURA CORRETORA DE SEGUROS LTDA. PENALIDADE ORIGINAL: Cancelamento de registro. Sala das SessOes (RJ), 7 de outubro de 2014. 10 MINISTERIO DA FAZENDA : CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS FRI VADOS, DE PREVIDENCIA FRI VADA ABERTA E DE CAPITALIZAcAO - CRSNSF 2O4 Sessao Recurso no 5655 Processo SUSEP n i 5414.100660/2006-07

Leia mais

4 PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAcAO -

4 PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAcAO - t MINISTERIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS 4 PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAcAO - CRSNSP 212' Sessão Recurso no 5958 Processo SUSEP n 15414.002074/2009-32

Leia mais

MINISTERIO l)a FAZENI)A CONSELHO DE RECURSOS 1)0 SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PR! VAI)A ABERTA E DE capitalizaca0 - CRSNSP

MINISTERIO l)a FAZENI)A CONSELHO DE RECURSOS 1)0 SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PR! VAI)A ABERTA E DE capitalizaca0 - CRSNSP n MINISTERIO l)a FAZENI)A CONSELHO DE RECURSOS 1)0 SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PR! VAI)A ABERTA E DE capitalizaca0 - CRSNSP 210 Sessão Recurso n 6170 l'rocesso SUSEP n 15414.100475/2008-76

Leia mais

INDIANA SEGUROS S.A. PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 34.000,00. Sala das Sessões (RJ), 22 de maio de 2014. 'i-áj Q

INDIANA SEGUROS S.A. PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 34.000,00. Sala das Sessões (RJ), 22 de maio de 2014. 'i-áj Q MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 197 Sessão Recurso n 5932 Processo SUSEP n 15414.200419/2007-50

Leia mais

82ª SESSÃO DE JULGAMENTO - ACÓRDÃOS RECURSO ADMINISTRATIVO COMPANHIA DE SEGUROS ALIANÇA DA BAHIA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP.

82ª SESSÃO DE JULGAMENTO - ACÓRDÃOS RECURSO ADMINISTRATIVO COMPANHIA DE SEGUROS ALIANÇA DA BAHIA SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP Recurso nº 0765 Processo SUSEP nº 10.005600/99-59 82ª SESSÃO

Leia mais

DBASIS CORRETORA DE SEGUROS E MARLY APARECIDA MACHADO ESTE VES. PENALIDADE ORIGINAL: Cancelamento de registro.

DBASIS CORRETORA DE SEGUROS E MARLY APARECIDA MACHADO ESTE VES. PENALIDADE ORIGINAL: Cancelamento de registro. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS 4 PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 2O9 Sessão Recurso n 5994 Processo SUSEP n 15414.100180/2007-19

Leia mais

PR! VADOS, DE PREVIDENCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAcAO - CRSNSP 212' Sessão Recurso n 6840 Processo SUSEP no 15414.

PR! VADOS, DE PREVIDENCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAcAO - CRSNSP 212' Sessão Recurso n 6840 Processo SUSEP no 15414. MINISTERIO DA FAZENDA r CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PR! VADOS, DE PREVIDENCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAcAO - CRSNSP 212' Sessão Recurso n 6840 Processo SUSEP no 15414.001829/2011-04

Leia mais

ACÓRDÃOS 100ª SESSÃO RECURSO ADMINISTRATIVO COMPANHIA DE SEGUROS MINAS BRASIL SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP

ACÓRDÃOS 100ª SESSÃO RECURSO ADMINISTRATIVO COMPANHIA DE SEGUROS MINAS BRASIL SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP Recurso nº 1205 Processo SUSEP nº 010-0018/00 ACÓRDÃOS 100ª SESSÃO

Leia mais

W>4 PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAçAO -

W>4 PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAçAO - MINISTERIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS W>4 PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAçAO - CRSNSP 223' Sessão Recurso n 6171 Processo SUSEP n 15414.002104/201

Leia mais

RECURSO ADMINISTRATIVO. EMENTA: RECURSO ADMINISTRATIVO. Representação. Não atendeu a carta SUSEP. Recurso conhecido e provido.

RECURSO ADMINISTRATIVO. EMENTA: RECURSO ADMINISTRATIVO. Representação. Não atendeu a carta SUSEP. Recurso conhecido e provido. ,çt MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS E.. PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÀO - CRSNSP 32 Sessão Recurso n 1065 Processo SUSEP n 10.004903/00-5

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP 77ª Sessão Recurso nº 0479 Processo SUSEP nº 15414.001740/97-93

Leia mais

ACÓRDÃOS DA 162ª SESSÃO SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. BASE LEGAL: Art. 88 do Decreto-Lei nº 73/66.

ACÓRDÃOS DA 162ª SESSÃO SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. BASE LEGAL: Art. 88 do Decreto-Lei nº 73/66. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP Recurso nº 1715 Processo SUSEP nº 15414.100907/2002-53 ACÓRDÃOS

Leia mais

BRADESCO VIDA E PREVIDÊNCIA S.A. EMENTA: RECURSO. PENALIDADE ORIGINAL: Multa de R$ 9.000,00. Sala das Sessões (RJ), 12 de dezembro de 2014.

BRADESCO VIDA E PREVIDÊNCIA S.A. EMENTA: RECURSO. PENALIDADE ORIGINAL: Multa de R$ 9.000,00. Sala das Sessões (RJ), 12 de dezembro de 2014. MINISTÉRIO DA FAZENDA - CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS. PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 208 Sessão Recurso n 6220 Processo SUSEP 0 15414.002477/2009-8

Leia mais

RECORRENTE: BRADESCO VIDA E PREVIDÊNCIA S.A. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - PENALIDADE ORIGINAL: Multa de R$ 9.000,00.

RECORRENTE: BRADESCO VIDA E PREVIDÊNCIA S.A. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS - PENALIDADE ORIGINAL: Multa de R$ 9.000,00. MINISTÉRIO DA FAZENDA : r CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS. PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 208 Sessão Recurso n 6202 Processo SUSEP n 15414.000936/2010-26

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP ACÓRDÃOS DA 97ª SESSÃO Recurso nº 0739 Processo SUSEP nº 15414.003029/97-18

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP ACÓRDÃOS DA 99ª SESSÃO Recurso nº 1662 Processo SUSEP nº 15414.002046/2002-49

Leia mais

PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 9.000,00. SaIa das Sessões (Ri), 10 de abril de 2014. 'ANA M!ARIA DE MItLO NETTO OLIVEIRA Presidente

PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 9.000,00. SaIa das Sessões (Ri), 10 de abril de 2014. 'ANA M!ARIA DE MItLO NETTO OLIVEIRA Presidente k42-( MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGURO PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP / 195 Sessão Recurso n 6169 Processo SUSEP n 15414.003019/2009-60

Leia mais

ACÓRDÃOS DA 161ª SESSÃO SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. BASE LEGAL: Art. 88 do Decreto-Lei nº 73/66.

ACÓRDÃOS DA 161ª SESSÃO SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. BASE LEGAL: Art. 88 do Decreto-Lei nº 73/66. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP Recurso nº 0753 Processo SUSEP nº 15414.002596/97-94 ACÓRDÃOS

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP Recurso nº 0056 Processo SUSEP nº 15414.000079/97-71 80ª SESSÃO

Leia mais

ACÓRDÃOS DA 163ª SESSÃO CHUBB DO BRASIL COMPANHIA DE SEGUROS. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: Multa no valor de R$ 8.028,92.

ACÓRDÃOS DA 163ª SESSÃO CHUBB DO BRASIL COMPANHIA DE SEGUROS. SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: Multa no valor de R$ 8.028,92. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP Recurso nº 2642 Processo SUSEP nº 006-00311/00 ACÓRDÃOS DA 163ª

Leia mais

fl CONSELITIO DE RECURSOS DO SJSTEMA NACIONAL DE SEGUROS WT PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PRJVADA ABERTA E DE CAPITALIZAcAO - CRSNSP

fl CONSELITIO DE RECURSOS DO SJSTEMA NACIONAL DE SEGUROS WT PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PRJVADA ABERTA E DE CAPITALIZAcAO - CRSNSP i L.thS MINJSTERIO DA FAZENDA fl CONSELITIO DE RECURSOS DO SJSTEMA NACIONAL DE SEGUROS WT PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PRJVADA ABERTA E DE CAPITALIZAcAO - CRSNSP 2O4 Sessao Recurso n 5446 Processo SUSEP n

Leia mais

RECURSO ADMINISTRATIVO SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: multa de R$ 16.057,84. BASE LEGAL: Art. 88 do Decreto-Lei nº 73/66.

RECURSO ADMINISTRATIVO SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: multa de R$ 16.057,84. BASE LEGAL: Art. 88 do Decreto-Lei nº 73/66. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP ACÓRDÃOS DA 88ª SESSÃO Recurso nº 0754 Processo SUSEP nº 15414.005763/97-31

Leia mais

BRADESCO VIDA E PREVIDÊNCIA S.A. PENALIDADE ORIGINAL: Multa de R$ 9.000,00.

BRADESCO VIDA E PREVIDÊNCIA S.A. PENALIDADE ORIGINAL: Multa de R$ 9.000,00. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 208 Sessão Recurso n 6083 Processo SUSEP n 154 14.002279/2009-18

Leia mais

PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 34.000,00. Saia das Sessões (RJ), 6 de novembro de 2014. NA MARIA MELO ÊDITALIVEIRA Presidente e R1atora

PENALIDADE ORIGINAL: Multa no valor de R$ 34.000,00. Saia das Sessões (RJ), 6 de novembro de 2014. NA MARIA MELO ÊDITALIVEIRA Presidente e R1atora - CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP 206' Sessão Recurso n 5843 Processo SUSEP n 15414.003992/2005-55 RECORRENTE: RECORRIDA:

Leia mais

ACÓRDÃOS DA 87ª SESSÃO RECURSO ADMINISTRATIVO SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: multa de R$ 8.028,92.

ACÓRDÃOS DA 87ª SESSÃO RECURSO ADMINISTRATIVO SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: multa de R$ 8.028,92. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP Recurso nº 1056 Processo SUSEP nº 001-00687/96 ACÓRDÃOS DA 87ª

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP ACÓRDÃO DA 98ª SESSÃO Recurso nº 0684 Processo SUSEP nº 15414.003257/97-34

Leia mais

69ª SESSÃO DE JULGAMENTO - ACÓRDÃOS

69ª SESSÃO DE JULGAMENTO - ACÓRDÃOS MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP Recurso n.º 0703 Processo SUSEP nº 10.001414/00-38 69ª SESSÃO

Leia mais

ACÓRDÃOS DA 149ª SESSÃO PORTO SEGURO COMPANHIA DE SEGUROS GERAIS SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP

ACÓRDÃOS DA 149ª SESSÃO PORTO SEGURO COMPANHIA DE SEGUROS GERAIS SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP Recurso nº 1538 Processo SUSEP nº 15414.002160/2002-79 ACÓRDÃOS DA 149ª SESSÃO PORTO SEGURO COMPANHIA DE SEGUROS GERAIS EMENTA: RECURSO ADMINISTRATIVO. Representação. Não remeter à SUSEP, no prazo determinado,

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP Recurso n.º 269 Processo SUSEP nº 15414.004089/97-77 45ª SESSÃO

Leia mais

14 MARIA MELO NETFO 011 VEIRA Presidente

14 MARIA MELO NETFO 011 VEIRA Presidente t CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAçAO - CRSNSP 2262 Sessâo Recurson 7055 Processo Susep no 15414.001044/2012-12 RECORRENTE: MAPFRE

Leia mais

181ª Sessão Recurso nº 1971 Processo SUSEP nº 10.002142/99-60 Apenso: Processo Susep nº 10.003049/01-96 SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP

181ª Sessão Recurso nº 1971 Processo SUSEP nº 10.002142/99-60 Apenso: Processo Susep nº 10.003049/01-96 SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP Recurso nº 1971 Processo SUSEP nº 10.002142/99-60 Apenso: Processo Susep nº 10.003049/01-96 FEDERAL DE SEGUROS S/A EMENTA: RECURSO ADMINISTRATIVO. Denúncia. Pagar indenização em valor menor que o devido,

Leia mais

SUPERINTENDENCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP. BASE LEGAL: Art. 24 do Decreto-Lel no 73/66. Sala das Sessoes (RJ), 31 dejulho de 2014.

SUPERINTENDENCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP. BASE LEGAL: Art. 24 do Decreto-Lel no 73/66. Sala das Sessoes (RJ), 31 dejulho de 2014. W.r...$ MIMSTERIO DA FAZENIA CONSELBO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAcAO - CRSNSP 199 Sessao Recurso n 5894 Processo SUSEP 0 15414.000844/2003-17

Leia mais

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda, CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTARIO CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda, CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTARIO CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS "'.- GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda, CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTARIO CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS Resolução N ~1168 Sessão: 211 a Ordinária de 12 de Novembro de 2007. Processo

Leia mais

ACÓRDÃOS DA 151ª SESSÃO SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: Multa no valor de R$ 16.057,84.

ACÓRDÃOS DA 151ª SESSÃO SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: Multa no valor de R$ 16.057,84. Recurso nº 1628 Processo SUSEP nº 15414.003515/97-28 ACÓRDÃOS DA 151ª SESSÃO FEDERAL DE SEGUROS S.A. EMENTA: RECURSO ADMINISTRATIVO. Denúncia. Negar pagamento de indenização referente a seguro de vida

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP PAUTA DE JULGAMENTO DA 210 a SESSÃO Pauta de Julgamento de

Leia mais

VISTOS, relatados e discutidos estes autos, em que são partes as acima identificadas:

VISTOS, relatados e discutidos estes autos, em que são partes as acima identificadas: . ' ESTADO DA PARAÍBA t-n " PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Apelação Civel n 200.2004.038313-1/001 Relator: Des. Luiz Silvio Ramalho Júnior Apelante: Executivos Administração e Promoção de Seguros

Leia mais

BRADESCO VIDA E PREVIDENCIA S/A SUPERINTENDENCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP. PENALIDADE ORIGINAL: Duas multas nos valores de R$ 9.000,00, cada.

BRADESCO VIDA E PREVIDENCIA S/A SUPERINTENDENCIA DE SEGUROS PRIVADOS - SUSEP. PENALIDADE ORIGINAL: Duas multas nos valores de R$ 9.000,00, cada. MINISTERIO DA F'AZENDA " CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PR! VADOS, DE PREVIDENCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAcAO - CRSNSP 2OO SessAo Recurso no 6116 Processo SUSEP no 15414.001258/2008-02

Leia mais

r CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS

r CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS MINISTERIO DA FAZENDA r CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS. PRIVADOS, DE PREVIDENCIA PR! VADA ABERTA E DE CAPITALIZAçAO - CRSNSP 2O7 Sessão Recurso n 5488 Processo SUSEP n 15414.004227/2007-14

Leia mais

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER

Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Referência: 12649.010650201-50 Assunto: Restrição de acesso: Ementa: Recurso contra decisão denegatória ao pedido de acesso à informação requerido

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP 43ª SESSÃO DE JULGAMENTO - ACÓRDÃOS Recurso Nº 0352 Processo

Leia mais

COMPANHIA DE SEGUROS DO ESTADO DE SÃO PAULO - COSESP SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: Multa no valor de R$ 64.231,36.

COMPANHIA DE SEGUROS DO ESTADO DE SÃO PAULO - COSESP SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: Multa no valor de R$ 64.231,36. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP ACÓRDÃOS DA 142ª SESSÃO Recurso nº 1740 Processo SUSEP nº 10.002636/00-03

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS PROCESSO Nº : 0213/2013-CRF PAT Nº : 0535/2013-6ªURT RECURSO : EX OFFICIO RECORRENTE : SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO/RN RECORRIDO

Leia mais

Vistos, relatados e discutidos os presentes autos.

Vistos, relatados e discutidos os presentes autos. Fls. 231 nfls txtfls230 Old MINISTÉRIO DA FAZENDA TERCEIRO CONSELHO DE CONTRIBUINTES PRIMEIRA CÂMARA Processo nº 10245.000475/92-13 Recurso nº 130.698 De Ofício Matéria ADMISSÃO TEMPORÁRIA Acórdão nº 301-34.185

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS ACÓRDÃO N o : 074/2013 RECURSO VOLUNTÁRIO N o : 8.125 PROCESSO

Leia mais

RECURSO ADMINISTRATIVO SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: multa de R$ 32.115,68. BASE LEGAL: Art. 88 do Decreto-Lei nº 73/66.

RECURSO ADMINISTRATIVO SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUSEP. PENALIDADE: multa de R$ 32.115,68. BASE LEGAL: Art. 88 do Decreto-Lei nº 73/66. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP 89ª Sessão Recurso nº 0864 Processo SUSEP nº 010-0147/99 COMPANHIA

Leia mais

OITAVA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

OITAVA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO OITAVA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO APELAÇÃO CÍVEL Nº 2008.001.56923 APELANTE: BRADESCO SAÚDE S/A APELADA: VÂNIA FERREIRA TAVARES RELATORA: DES. MÔNICA MARIA COSTA APELAÇÃO

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO - CRSNSP PAUTA DE JULGAMENTO DA 187 a SESSÃO Pauta de Julgamento de

Leia mais

ACÓRDÃOS DA 123ª SESSÃO

ACÓRDÃOS DA 123ª SESSÃO MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO CRSNSP Recurso nº 0267 Processo SUSEP nº 005-00288/91 II volumes ACÓRDÃOS

Leia mais

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social Conselho Pleno

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social Conselho Pleno Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social Conselho Pleno Nº de Protocolo do Recurso: 35551.000744/2009-19 Unidade de Origem: APS Frederico Westphalen/RS Documento: 0146.911.094-3

Leia mais

Vistos, relatados e discutidos os autos deste Processo, etc...

Vistos, relatados e discutidos os autos deste Processo, etc... Acórdão nº 272/2010 Recurso VOL/CRF-384/2009 Recorrente : TRANSPORTADORA JPN LTDA. Recorrida : GERÊNCIA EXECUTIVO DE JULGAMENTO DE PROCESSOS FISCAIS. Preparadora : COLETORIA ESTADUAL DE ALHANDRA. Autuante

Leia mais

EMENTA: ICMS. IMUNIDADE FISCAL.

EMENTA: ICMS. IMUNIDADE FISCAL. 1 RESOLUÇÃO N )0'" / 2008 1 ao CÂMARA SESSÃO DE: 22 /01 / 2008 PROCESSO DE RECURSO N 1/4535/2006 AUTO DE INFRAÇÃO: 2/200605772-4 RECORRENTE: JOSÉ CARLOS DE CASTRO. RECORRIDO: CÉLULA DE JULGAMENTO DE 1

Leia mais