UMA PROPOSTA PARA A UTILIZAÇÃO DE PLANILHAS ELETRÔNICAS EM PROBLEMAS DE SISTEMAS DE EQUAÇÕES LINEARES

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UMA PROPOSTA PARA A UTILIZAÇÃO DE PLANILHAS ELETRÔNICAS EM PROBLEMAS DE SISTEMAS DE EQUAÇÕES LINEARES"

Transcrição

1 UMA PROPOSTA PARA A UTILIZAÇÃO DE PLANILHAS ELETRÔNICAS EM PROBLEMAS DE SISTEMAS DE EQUAÇÕES LINEARES Resumo Hugo Luiz Gonzaga Honório¹ Marinalva Passamai Alvarenga² ¹ Ufjf/Educação Matemática/ ² Ufjf/ Educação Matemática/ Este trabalho apresenta sugestões de exercícios exploratórios que visam utilizar as potencialidades de planilhas eletrônicas no ensino de Sistemas de Equações Lineares. Devido a facilidade de manipulação das ferramentas e fácil acesso ao seu pacote, a planilha eletrônica escolhida foi o Excel. Um fator que contribuiu para a escolha da planilha eletrônica como a tecnologia utilizada na atividade é a representação por Equação Matricial de Sistemas Lineares que torna a planilha eletrônica uma tecnologia adequada à representação de um sistema. Os problemas resolvidos na atividade são contextualizados e representam situações reais que podem ser modelados por sistemas de equações lineares. Palavras-chave: Matemática, Tecnologias, Planilhas Eletrônicas, Matrizes, Sistemas Lineares. INTRODUÇÃO As reflexões sobre a utilização das novas tecnologias de informação e de comunicação (NTICs) nas aulas de matemática estão cada vez mais presentes nas pesquisas em Educação Matemática, que procuram maneiras de aplicá-las de modo a contribuir no processo de aprendizagem. A partir do final da década de 90, os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) acompanhando o desenvolvimento das tecnologias no país, já apontavam a importância das NTICs na educação, bem como sua utilização integrada ao ensino da matemática. Segundo Castro (2000): Para os PCNs o computador é, ao mesmo tempo ferramenta e instrumento de mediação. Ferramenta porque permite ao usuário realizar atividades que, sem ele, seriam muito difíceis ou mesmo impossíveis: construir objetos virtuais, fazer simulações, realizar cálculos complexos com rapidez e eficiência, editar textos. (CASTRO, 2000, p. 1) A utilização de computadores nas aulas de matemática no ensino médio pode ter vários objetivos pedagógicos, como por exemplo desenvolver atividades com softwares que possibilitem aos alunos a investigar, pensar e resolver problemas. Atualmente, existe uma grande diversidade de softwares livres. E, Campos (2009) define como sendo estes softwares que podem ser usados, copiados, estudados, modificados e redistribuídos sem restrição. Como exemplos de softwares livres temos o Geogebra, o Cabri, Graphiquation e Winplot, que são chamados softwares educacionais, pois foram projetados por uma metodologia que o inserem no processo de aprendizagem.

2 Outro software com um grande potencial pedagógico é a planilha eletrônica. A planilha eletrônica é um software aplicativo, ou seja, é um tipo de software concebido para desempenhar tarefas práticas ao usuário para que este possa concretizar determinados trabalhos. Elas possuem uma forma de registro de dados muito comum no dia-a-dia de nossas anotações Pacotes de programas para escritório contêm vários tipos de programas, incluindo as planilhas eletrônicas. Os mais populares são o Microsoft Office e MS Works, LotusWorks, iwork, AppleWorks, WordPerfect e StarOffice/BrOffice. Os programas de planilhas eletrônicas de cada um deles são respectivamente: Excel, Lotus 123, Numbers, AppleWorks Spreadsheet, Quattro Pro e Calc. O Excel da Microsoft será a planilha eletrônica utilizada nas atividades descritas nesse trabalho. Muitos são os trabalhos que discutem o uso de softwares como a planilha eletrônica do Excel no ensino da matemática: Shinoda (1998), Stieler (2007) e Branco (2005) relataram o uso do Excel no ensino da Matemática Financeira. Sampaio (2008) relatou sua experiência no ensino de proporcionalidade, Lapponi (2005) na Estatística, Neurath & Stephens (2006) estudaram o efeito do uso do Excel no ensino de álgebra em turmas de ensino médio nos EUA, observando o aumento do interesse dos alunos. Neste contexto, o presente trabalho explora as potencialidades de uma planilha eletrônica, no caso o Microsoft Excel, aplicada à resolução de problemas de Sistemas Lineares, fazendo o uso de sua representação na forma matricial. SISTEMAS LINEARES, MATRIZES E PLANILHAS ELETRÔNICAS A importância do estudo de sistemas lineares é destacada por vários autores. Segundo Lima (1993), os sistemas lineares configuram um tópico importante na grade curricular do ensino médio devido seu grande potencial de aplicação. Ainda para ele, a utilização de computadores em problemas de sistemas lineares oferece a oportunidade de explorar diversas estratégias de resolução. Nesse sentido, ao pensar na resolução de sistemas lineares com o auxílio de um computador, deve-se levar em consideração se a metodologia tecnológica utilizada é adequada à sua forma de representação. No que se refere a representação de sistemas lineares, a representação por equação matricial trazida em livros pode justificar a utilização de planilhas eletrônicas em resolução de problemas. De fato, um sistema de equações algébricas de ordem n, que é um conjunto de n equações com n incógnitas, Podemos representá-lo pela equação matricial

3 onde é a matriz dos coeficientes, é a matriz das variáveis e é a matriz dos termos independentes. Dessa forma, pode-se ver a relação entre matrizes e sistemas lineares quanto à representação, já que todo sistema pode ser escrito na forma de equação matricial. Para Boldrini (1980) a matriz é uma tabela de elementos dispostos em linhas e colunas, assim como a planilha eletrônica, que é um software que utiliza tabelas para realização de cálculos, tornando-a uma ferramenta tecnológica adequada para se utilizar nas atividades propostas. Para a resolução dos sistemas propostos nas atividades, será utilizado o Método da Matriz Inversa, pois: Os problemas serão modelados em sistemas quadrados, ou seja, cuja matriz dos coeficientes é uma matriz quadrada e, no caso dos exercícios propostos é inversível. Os cálculos que serão necessários são facilmente executados com os comandos do Excel, que será a planilha utilizada. O interesse em utilizar matrizes inversíveis é pelo fato de dado um sistema de equações e incógnitas, de equação matricial, se soubermos que a matriz é inversível ou soubermos calcular sua inversa, então o sistema se resolve apenas efetuando a multiplicação da matriz com, pois A partir da metodologia descrita nesse tópico serão apresentadas no próximo tópico as resoluções de exercícios de sistemas lineares por meio da planilha eletrônica. ATIVIDADES REALIZADAS O primeiro exercício a ser resolvido trata de um problema de adubação de um terreno. Os dados do problema são números decimais que são difíceis de serem manipulados sem o auxílio de calculadora ou algum software. Exercício 1: Para adubar um terreno, um agrônomo necessita acrescentar a ele 210 g de nitrogênio, 260g de fósforo, 280g de potássio e 310g de magnésio. Ele dispõe de quatro marcas de adubo: O adubo A que em cada quilograma contém 10g de nitrogênio, 50g de fósforo, 90g de potássio e 45g de magnésio. O adubo B que em cada quilograma contém 10g de nitrogênio, 75g de fósforo, 40g de potássio e 30g de magnésio

4 O adubo C que em cada quilograma contém 55g de nitrogênio, 20g de fósforo, 20g de potássio e 40g de magnésio. O Adubo D que em cada quilograma contém 10g de nitrogênio, 25g de fósforo, 20g de potássio e 60g de magnésio Quanto de cada adubo esse agrônomo deve misturar para obter a mistura comercial desejada? Para a resolução desse exercício, o problema foi modelado pelo seguinte sistema: Onde representam as quantidades dos adubos A, B, C e D respectivamente. Na figura 1 que é apresentada abaixo, temos a resolução do problema na planilha eletrônica do Excel. Figura 1 Resolução do exercício 1 na planilha Excel Pode-se observar na resolução que a matriz e o produto foram calculados através das fórmulas da planilha eletrônica do Excel. Respondendo à questão, temos que serão necessários 1,53g do adubo A, 1,17g do adubo B, 3g do adubo C e 1,4g do adubo D. O segundo exercício proposto foi retirado do livro Álgebra Linear, 3 edição do autor José Luiz Boldrini, na página 54. Exercícios 2: Sabe se que uma alimentação diária equilibrada em vitaminas deve constar de 170 unidades (u) de vitamina A, 180 u de vitamina B, 140 u de vitamina C, 180 u de vitamina D e 350 u de vitamina E. Com o objetivo de descobrir como deverá ser uma refeição equilibrada, foram estudados 5 alimentos. Fixada a mesma quantidade (1g) de cada alimento, determinou-se que: (i) o alimento I tem 1 u de vitamina A, 10 u de vitamina B, 1 u de vitamina C, 2 u de vitamina D e 2 u de vitamina E. (ii) o alimento II tem 9 u de vitamina A, 1 u de B, 0 u de C, 1 u de D e 1 u de E. (iii) o alimento III tem 2 u de vitamina A, 2 u de B, 5 u de C, 1 u de D e 2 u de E. (iv) o alimento IV tem 1 u de A, 1 u de B, 1 u de C, 2 u de D e 13 u de E.

5 (v) o alimento V tem 1 u de A, 1 u de B, 1 u de C, 9 u de D e 2 u de E. Quantos gramas de cada um dos alimentos I, II, III, IV e V devemos ingerir diariamente para que nossa alimentação seja equilibrada? Se denotamos por a quantidade de alimento 1 (em gramas) ingeridas diariamente e assim sucessivamente, denota a quantidade do alimento j ingerida diariamente, teremos o sistema linear Onde a resolução na planilha eletrônica é apresentada na figura 2 a seguir. Figura 2 Resolução do exercício 2 na planilha Excel Assim como na primeira atividade, as matrizes e o produto foram obtidos pelas fórmulas da planilha eletrônica do Excel. Assim, respondendo à questão serão necessários 10g do alimento I, 10g do alimento II, 20g do alimento III, 20g do alimento IV e 10g do alimento V. A atividade pode ser mais explorada pelo professor, percebendo que a medida em que mudamos os valores na matriz dos coeficientes ou dos termos independentes, o resultado final também muda, sem a necessidade de fazer novamente os mesmos cálculos. Por exemplo, se nessa mesma planilha alterarmos o valor do elemento da primeira linha e primeira coluna da matriz dos coeficientes para 0, teremos um resultado final diferente, como segue abaixo na figura 3. Figura 3 Resolução do exercício 2 com alterações em elementos da matriz A

6 Para tal alteração teríamos como resultado 9,89g do alimento I, 11,11g do alimento II, 20,05g do alimento III, 19,93g do alimento IV e 9,9g do alimento V. CONSIDERAÇÕES FINAIS O conteúdo de sistemas lineares tem um grande potencial exploratória quanto a resolução de questões de aplicação. A utilização da planilha eletrônica nas atividades descritas pode proporcionar aos alunos um momento de investigação, pois como descrito no exercício dois, a medida em que se modifica algum valor da matriz dos coeficientes ou a matriz dos termos Independentes, é possível verificar as alterações na resposta final sem a necessidade de colocar novamente as matrizes na planilha. Essas atividades podem ser trabalhadas com turmas do ensino médio ou até mesmo com alunos do ensino superior. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BOLDRINI, J. L.; COSTA, S. I.; FIGUEREDO, V.; WETZLER, H. G. Álgebra linear. 3ª ed. São Paulo: Harper & Row do Brasil, 1980 CAMPOS, A. O que é um software livre. Disponível em: < >. Acesso em: 28 maio CASTRO, J. A. d., Barreto, A. R., & Corbucci, P. R. A reestruturação das políticas federais para o ensino fundamental: descentralização e novos mecanismos de gestão. Rio de Janeiro: Ipea, LAPPONI, J. C. Estatística usando excel. Rio de Janeiro: Elsevier, LIMA, E. L. Sobre o ensino de sistemas lineares. Revista do Professor de Matemática, São Paulo, n. 23, p. 8-18, mês NEURATH, R. A., & STEPHENS, L. J. (2006). The effect of using Microsoft Excel in a high school algebra class. International Journal of Mathematical Education in Science and Technology, v. 37, n.6, p SAMPAIO, P. A. S. R. Uma experiência com o Excel sobre proporcionalidade directa, utilizando o quadro interactivo. In ProfMat2008. Elvas: APM, SHINODA, Carlos. Matemática Financeira para usuários do Excel. 2. Ed. São Paulo: Atlas, STIELER, E. C. Uso da tecnologia da informática no Ensino Superior: um estudo da aplicação da planilha eletrônica Excel na disciplina de Matemática Financeira f. Dissertação (Mestrado Profissionalizante em Ensino de Física e de Matemática) Centro Universitário Franciscano, Unifra, Santa Maria, 2007.

Ensino da Estatística na Educação Básica: Ferramenta Computacional como proposta para o processo pedagógico

Ensino da Estatística na Educação Básica: Ferramenta Computacional como proposta para o processo pedagógico Ensino da Estatística na Educação Básica: Ferramenta Computacional como proposta para o processo pedagógico José Carlos Coelho Saraiva 1 GD6 Educação Matemática, Tecnologias Informáticas e Educação à Distância

Leia mais

EXPLORANDO O ÍNDICE DE MASSA CORPORAL POR MEIO DA MODELAGEM MATEMÁTICA

EXPLORANDO O ÍNDICE DE MASSA CORPORAL POR MEIO DA MODELAGEM MATEMÁTICA ISSN 2177-9139 EXPLORANDO O ÍNDICE DE MASSA CORPORAL POR MEIO DA MODELAGEM MATEMÁTICA. Caroline Conrado Pereira 1 caroline_conrado@ymail.com Centro Universitário Franciscano, Rua Silva Jardim, 1175 Santa

Leia mais

Título: Sistemas Lineares no CAp UFRJ: Interpretações Algébrica e Gráfica

Título: Sistemas Lineares no CAp UFRJ: Interpretações Algébrica e Gráfica Autor Letícia Guimarães Rangel Co-autor(es): Fernando Celso Villar Marinho Lílian Káram Parente Cury Spiller Rita Maria Cardoso Meirelles Tipo de Pesquisa Ensino Médio Números e Operações Componente Curricular

Leia mais

GERENCIANDO UMA MICROEMPRESA COM O AUXÍLIO DA MATEMÁTICA E DO EXCEL: UM CONTEXTO DE MODELAGEM

GERENCIANDO UMA MICROEMPRESA COM O AUXÍLIO DA MATEMÁTICA E DO EXCEL: UM CONTEXTO DE MODELAGEM GERENCIANDO UMA MICROEMPRESA COM O AUXÍLIO DA MATEMÁTICA E DO EXCEL: UM CONTEXTO DE MODELAGEM Fernanda Maura M. da Silva Lopes 1 Lorena Luquini de Barros Abreu 2 1 Universidade Salgado de Oliveira/ Juiz

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE - UNICENTRO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MÍDIAS NA EDUCAÇÃO MARIA MAZUR

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE - UNICENTRO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MÍDIAS NA EDUCAÇÃO MARIA MAZUR UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE - UNICENTRO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MÍDIAS NA EDUCAÇÃO MARIA MAZUR A INFORMÁTICA E A MÍDIA IMPRESSA: COMO ELAS PODEM Prudentópolis 2013 MARIA MAZUR A INFORMÁTICA

Leia mais

TRANSFORMAÇÕES LINEARES NO PLANO E O SOFTWARE GEOGEBRA

TRANSFORMAÇÕES LINEARES NO PLANO E O SOFTWARE GEOGEBRA TRANSFORMAÇÕES LINEARES NO PLANO E O SOFTWARE GEOGEBRA Débora Dalmolin Universidade Federal de Santa Maria debydalmolin@gmail.com Lauren Bonaldo Universidade Federal de Santa Maria laurenmbonaldo@hotmail.com

Leia mais

Um modelo para construção de materiais didáticos para o ensino de Matemática baseado em Tecnologias de Informação

Um modelo para construção de materiais didáticos para o ensino de Matemática baseado em Tecnologias de Informação Um modelo para construção de materiais didáticos para o ensino de Matemática baseado em Ednilson Luiz Silva Vaz Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, UNESP Brasil ednilson_vaz@hotmail.com

Leia mais

SOFTWARES LIVRES: UMA REDE PARA O ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA NA REGIÃO CARBONÍFERA

SOFTWARES LIVRES: UMA REDE PARA O ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA NA REGIÃO CARBONÍFERA SOFTWARES LIVRES: UMA REDE PARA O ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA NA REGIÃO CARBONÍFERA Ms. Jeferson Fernando de Souza Wolff RESUMO O computador, como ferramenta pedagógica para ensino e aprendizagem

Leia mais

O olhar do professor das séries iniciais sobre o trabalho com situações problemas em sala de aula

O olhar do professor das séries iniciais sobre o trabalho com situações problemas em sala de aula O olhar do professor das séries iniciais sobre o trabalho com situações problemas em sala de aula INTRODUÇÃO Josiane Faxina Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Câmpus Bauru e-mail: josi_unesp@hotmail.com

Leia mais

PROJETO CURSO DE INFORMÁTICA

PROJETO CURSO DE INFORMÁTICA PROJETO CURSO DE INFORMÁTICA 1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO 1.1. TÍTULO: Curso Básico de LibreOffice.org 1.2. CURSO: Curso de Capacitação - Servidores Públicos 1.3.1. IDENTIFICAÇÃO DO(A) PROFESSOR(A) /PROPONENTE

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ENSINO EQUIPE TÉCNICO-PEDAGÓGICA PLANO DE ENSINO

COORDENAÇÃO DE ENSINO EQUIPE TÉCNICO-PEDAGÓGICA PLANO DE ENSINO COORDENAÇÃO DE ENSINO EQUIPE TÉCNICO-PEDAGÓGICA 1 - IDENTIFICAÇÃO PLANO DE ENSINO CURSO: Técnico Subsequente em Agricultura DISCIPLINA/ COMPONENTE CURRICULAR: Matemática Aplicada a Agricultura ANO/ CARGA

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER-EXTENSÃO CLAUDEMIR FORATINI DE OLIVEIRA. INTEGRANDO AS TICs NO ENSINO DE MATEMÁTICA

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER-EXTENSÃO CLAUDEMIR FORATINI DE OLIVEIRA. INTEGRANDO AS TICs NO ENSINO DE MATEMÁTICA ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER-EXTENSÃO CLAUDEMIR FORATINI DE OLIVEIRA INTEGRANDO AS TICs NO ENSINO DE MATEMÁTICA IVINHEMA MS MAIO DE 2010 ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER-EXTENSÃO CLAUDEMIR

Leia mais

USO DO LABORATÓRIO DE INFOMÁTICA NAS DE MATEMÁTICA

USO DO LABORATÓRIO DE INFOMÁTICA NAS DE MATEMÁTICA USO DO LABORATÓRIO DE INFOMÁTICA NAS DE MATEMÁTICA Resumo: Neste mini-curso os participantes terão a oportunidade de conhecer uma metodologia, bem como também construir e trabalhar com a mesma, na tentativa

Leia mais

Secretária de Educação Profissional e Tecnologia Instituto Federal Catarinense - Câmpus Avançado Sombrio Curso de Licenciatura em Matemática

Secretária de Educação Profissional e Tecnologia Instituto Federal Catarinense - Câmpus Avançado Sombrio Curso de Licenciatura em Matemática Ministério da Educação Secretária de Educação Profissional e Tecnologia Instituto Federal Catarinense - Câmpus Avançado Sombrio Curso de Licenciatura em Matemática Plano de Aula 1- IDENTIFICAÇÃO Secretaria

Leia mais

Trabalhando Matemática: percepções contemporâneas

Trabalhando Matemática: percepções contemporâneas CONSTRUINDO CONCEITOS SOBRE FAMÍLIA DE FUNÇÕES POLINOMIAL DO 1º GRAU COM USO DO WINPLOT Tecnologias da Informação e Comunicação e Educação Matemática (TICEM) GT 06 MARCOS ANTONIO HELENO DUARTE Secretaria

Leia mais

JOGOS ONLINE NA CONSTRUÇÃO DE CONCEITOS MATEMÁTICOS

JOGOS ONLINE NA CONSTRUÇÃO DE CONCEITOS MATEMÁTICOS JOGOS ONLINE NA CONSTRUÇÃO DE CONCEITOS MATEMÁTICOS Lucas Gabriel Seibert Universidade Luterana do Brasil lucasseibert@hotmail.com Roberto Luis Tavares Bittencourt Universidade Luterana do Brasil rbittencourt@pop.com.br

Leia mais

ANÁLISE DOS ERROS NA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE EQUAÇÕES DO 1º GRAU DOS ALUNOS DA 6ª SÉRIE

ANÁLISE DOS ERROS NA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE EQUAÇÕES DO 1º GRAU DOS ALUNOS DA 6ª SÉRIE ANÁLISE DOS ERROS NA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE EQUAÇÕES DO 1º GRAU DOS ALUNOS DA 6ª SÉRIE Adriane Trindade Lopes Universidade do Estado do Pará adriane_lopes18@yahoo.com.br Gleida Tayanna Conde de Sousa

Leia mais

O USO DO SOFTWARE MATHEMATICA PARA O ENSINO DE CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL

O USO DO SOFTWARE MATHEMATICA PARA O ENSINO DE CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL O USO DO SOFTWARE MATHEMATICA PARA O ENSINO DE CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL Edward Luis de Araújo edward@pontal.ufu.br Evaneide Alves Carneiro eva@pontal.ufu.br Germano Abud de Rezende germano@pontal.ufu.br

Leia mais

A ELABORAÇÃO DE ALGORITMOS REFERENTE A SISTEMAS LINEARES ATRAVÉS DO SOFTWARE PASCALZIM

A ELABORAÇÃO DE ALGORITMOS REFERENTE A SISTEMAS LINEARES ATRAVÉS DO SOFTWARE PASCALZIM A ELABORAÇÃO DE ALGORITMOS REFERENTE A SISTEMAS LINEARES ATRAVÉS DO SOFTWARE PASCALZIM José Robyson Aggio Molinari Universidade Estadual do Centro-Oeste aggio13@hotmail.com Resumo: O presente trabalho

Leia mais

Sistemas Lineares no CAp UFRJ: Resolvendo Equações Matriciais no Excel

Sistemas Lineares no CAp UFRJ: Resolvendo Equações Matriciais no Excel Sistemas Lineares no CAp UFRJ: Resolvendo Equações Matriciais no Excel O que o aluno poderá aprender com esta aula Escrever um sistema linear que corresponda a uma situação-problema. Interpretar um sistema

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Dr. José Luiz Viana Coutinho Código: 073 Município: Jales Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Habilitação Profissional

Leia mais

UMA PROPOSTA PARA O ENSINO-APRENDIZAGEM DE INTERVALOS REAIS POR MEIO DE JOGOS

UMA PROPOSTA PARA O ENSINO-APRENDIZAGEM DE INTERVALOS REAIS POR MEIO DE JOGOS UMA PROPOSTA PARA O ENSINO-APRENDIZAGEM DE INTERVALOS REAIS POR MEIO DE JOGOS Jéssica Ayumi Uehara Aguilera 1 j.ayumi@hotmail.com Alessandra Querino da Silva 2 alessandrasilva@ufgd.edu.br Cintia da Silva

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE. MATEMÁTICA 7º ano

PLANEJAMENTO ANUAL DE. MATEMÁTICA 7º ano COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE MATEMÁTICA 7º ano PROFESSORAS: SANDRA MARA

Leia mais

REFLEXÕES SOBRE A EFICIÊNCIA DO USO DE UM AMBIENTE VIRTUAL NO ENSINO DE PADRÕES E SEQUÊNCIAS: UMA EXPERIÊNCIA A PARTIR DO PIBID

REFLEXÕES SOBRE A EFICIÊNCIA DO USO DE UM AMBIENTE VIRTUAL NO ENSINO DE PADRÕES E SEQUÊNCIAS: UMA EXPERIÊNCIA A PARTIR DO PIBID REFLEXÕES SOBRE A EFICIÊNCIA DO USO DE UM AMBIENTE VIRTUAL NO ENSINO DE PADRÕES E SEQUÊNCIAS: UMA EXPERIÊNCIA A PARTIR DO PIBID Aline Cordeiro da Silva 1 acs_uepb@hotmail.com Izailma Nunes de Lima 2 izailmanunes@gmail.com

Leia mais

Equações do primeiro grau

Equações do primeiro grau Módulo 1 Unidade 3 Equações do primeiro grau Para início de conversa... Você tem um telefone celular ou conhece alguém que tenha? Você sabia que o telefone celular é um dos meios de comunicação que mais

Leia mais

EXPLORANDO A CONSTRUÇÃO DE MACROS NO GEOGEBRA

EXPLORANDO A CONSTRUÇÃO DE MACROS NO GEOGEBRA EXPLORANDO A CONSTRUÇÃO DE MACROS NO GEOGEBRA Valdeni Soliani Franco Universidade Estadual de Maringá vsfranco@uem.br Karla Aparecida Lovis Universidade Estadual de Maringá vsfranco@uem.br Resumo: Em geral,

Leia mais

ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções)

ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) 13. CONEX Pôster Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( X ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO

Leia mais

Trabalhando números negativos e equações do 1 o grau

Trabalhando números negativos e equações do 1 o grau PPGECE Trabalhando números negativos e equações do 1 o grau Maria Madalena Dullius Adriana Belmonte Bergmann Fernanda Eloisa Schmitt Gabriele Born Marques Geovana Luiza Kliemann Marli Teresinha Quartieri

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGOCIOS Habilitação Profissional: TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO

Leia mais

AS DIFICULDADES DOS ALUNOS DO 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL NA COMPREENSÃO DE EQUAÇÕES E INEQUAÇÕES

AS DIFICULDADES DOS ALUNOS DO 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL NA COMPREENSÃO DE EQUAÇÕES E INEQUAÇÕES AS DIFICULDADES DOS ALUNOS DO 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL NA COMPREENSÃO DE EQUAÇÕES E INEQUAÇÕES Silmara Cristina Manoel UNESP Ilha Solteira Silmaracris2@hotmail.com Inocêncio Fernandes Balieiro Filho

Leia mais

DIFERENCIAÇÃO IMPLÍCITA: VISUALIZANDO AS RETAS TANGENTES E NORMAIS COM O AUXÍLIO DO WINPLOT

DIFERENCIAÇÃO IMPLÍCITA: VISUALIZANDO AS RETAS TANGENTES E NORMAIS COM O AUXÍLIO DO WINPLOT DIFERENCIAÇÃO IMPLÍCITA: VISUALIZANDO AS RETAS TANGENTES E NORMAIS COM O AUXÍLIO DO WINPLOT Silmara Alexandra da Silva Vicente Universidade Presbiteriana Mackenzie Gisela Hernandes Gomes Universidade Presbiteriana

Leia mais

SEQÜÊNCIA DE DEPÓSITOS

SEQÜÊNCIA DE DEPÓSITOS TÓPICOS DE MATEMÁTICA FINANCEIRA PARA O ENSINO MÉDIO - PROF. MARCELO CÓSER 1 SEQÜÊNCIA DE DEPÓSITOS Vimos que a variação de um capital ao longo do tempo pode ser ilustrada em uma planilha eletrônica. No

Leia mais

ESTRATÉGIAS DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE PESQUISA OPERACIONAL

ESTRATÉGIAS DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE PESQUISA OPERACIONAL ESTRATÉGIAS DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE PESQUISA OPERACIONAL André Luis Trevisan Universidade Tecnológica Federal do Paraná andrelt@utfpr.edu.br Magna Natalia Marin Pires Universidade Estadual de Londrina

Leia mais

O ENSINO DAS FUNÇÕES ATRAVÉS DO JOGO BINGO DE FUNÇÕES

O ENSINO DAS FUNÇÕES ATRAVÉS DO JOGO BINGO DE FUNÇÕES O ENSINO DAS FUNÇÕES ATRAVÉS DO JOGO BINGO DE FUNÇÕES Marcos Aurélio Alves e Silva- UFPE/CAA Alcicleide Ramos da Silva- UFPE/CAA Jucélia Silva Santana- UFPE/CAA Edelweis José Tavares Barbosa- UFPE/CAA

Leia mais

UM OLHAR PARA AS REPRESENTAÇÕES GRÁFICAS ATRAVÉS DO SOFTWARE GRAFEQ

UM OLHAR PARA AS REPRESENTAÇÕES GRÁFICAS ATRAVÉS DO SOFTWARE GRAFEQ ISSN 2316-7785 UM OLHAR PARA AS REPRESENTAÇÕES GRÁFICAS ATRAVÉS DO SOFTWARE GRAFEQ Marinela da Silveira Boemo Universidade Federal de Santa Maria marinelasboemo@hotmail.com Carmen Reisdoerfer Universidade

Leia mais

FRANCISCO JORGE DE SOUZA JOBSON DE FARIAS LIMA MARIA JOSIVÂNIA DE LIMA ABDALA MAXSUEL DA SILVA EMILIANO NÉLTTER NEYSON FREIRE DE PONTES

FRANCISCO JORGE DE SOUZA JOBSON DE FARIAS LIMA MARIA JOSIVÂNIA DE LIMA ABDALA MAXSUEL DA SILVA EMILIANO NÉLTTER NEYSON FREIRE DE PONTES FRANCISCO JORGE DE SOUZA JOBSON DE FARIAS LIMA MARIA JOSIVÂNIA DE LIMA ABDALA MAXSUEL DA SILVA EMILIANO NÉLTTER NEYSON FREIRE DE PONTES A APLICAÇÃO DE ELEMENTOS TECNOLÓGICOS NO ENSINO DA MATEMÁTICA E SUAS

Leia mais

Jogos e Aprendizagem Matemática: A utilização de jogos com alunos do 6º ano do Ensino Fundamental

Jogos e Aprendizagem Matemática: A utilização de jogos com alunos do 6º ano do Ensino Fundamental Jogos e Aprendizagem Matemática: A utilização de jogos com alunos do 6º ano do Ensino Fundamental Camila Schimite Molero e-mail: ca_schi@hotmail.com Italo Gonçalves da Silva e-mail: igsilva423@gmail.com

Leia mais

13. COMPRE NA BAIXA, VENDA NA ALTA

13. COMPRE NA BAIXA, VENDA NA ALTA ENSINO MÉDIO 13. COMPRE NA BAIXA, VENDA NA ALTA Gestão de uma carteira de investimentos Áreas: M, LP SOFTWARES NECESSÁRIOS: MICROSOFT WORD 2000 MICROSOFT EXCEL 2000 MICROSOFT POWERPOINT 2000 SOFTWARE OPCIONAL:

Leia mais

Um mundo de formas do concreto ao abstrato

Um mundo de formas do concreto ao abstrato Um mundo de formas do concreto ao abstrato Orientadora: Marcela dos Santos Nunes Matrícula SIAPE: 1673276 Orientado: Bruno da Silva Santos Matrícula UFF: 007705/06 Palavras-chave: Geometria, modelagem,

Leia mais

ESTUDANDO E APRENDENDO ESTATISTICA EM AULAS DE MATEMÁTICA UTILIZANDO OBJETO DE APRENDIZAGEM ESTATÍSTICANET.

ESTUDANDO E APRENDENDO ESTATISTICA EM AULAS DE MATEMÁTICA UTILIZANDO OBJETO DE APRENDIZAGEM ESTATÍSTICANET. ESTUDANDO E APRENDENDO ESTATISTICA EM AULAS DE MATEMÁTICA UTILIZANDO OBJETO DE APRENDIZAGEM ESTATÍSTICANET. AUTORES: Maria Helena Schneid de Vasconcelos Ana Cecília Togni (Profª. Orientadora) CONTEXTUALIZAÇÃO:

Leia mais

Curso de especialização em Educação Matemática. Faculdade Campo Limpo Paulista (FACCAMP)

Curso de especialização em Educação Matemática. Faculdade Campo Limpo Paulista (FACCAMP) Curso de especialização em Educação Matemática. Faculdade Campo Limpo Paulista (FACCAMP) 1. Apresentação/Público Alvo Este curso de Pós-Graduação Lato Sensu é destinado especialmente a alunos graduados

Leia mais

DESCOBRINDO NÚMEROS NA PRODUÇÃO DE SUCO. GT 01 Educação Matemática no Ensino Fundamental: Anos Iniciais e Anos Finais

DESCOBRINDO NÚMEROS NA PRODUÇÃO DE SUCO. GT 01 Educação Matemática no Ensino Fundamental: Anos Iniciais e Anos Finais DESCOBRINDO NÚMEROS NA PRODUÇÃO DE SUCO GT 01 Educação Matemática no Ensino Fundamental: Anos Iniciais e Anos Finais Leila Cristina Maldaner, leila.maldaner@unijui.edu.br Rosana Ledur, rosana.ledur@unijui.edu.br

Leia mais

Educação Matemática. Prof. Andréa Cardoso 2013/2

Educação Matemática. Prof. Andréa Cardoso 2013/2 Educação Matemática Prof. Andréa Cardoso 2013/2 UNIDADE II Tendências em Educação Matemática Educação Busca desenvolver pesquisas para inovar a prática docente adequada às necessidades da sociedade. Educação

Leia mais

ANEXO I - EDITAL Nº 15/2015 QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINA E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA

ANEXO I - EDITAL Nº 15/2015 QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINA E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA INSTITUTO FEDERAL DO AMAZONAS PRÓ-REITORIA DE ENSINO PROCESSO SELETIVO DO 2º SEMESTRE 205 ANEXO I - EDITAL Nº 5/205 QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINA E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA

Leia mais

NÚCLEO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA E ENSINO DE FÍSICA E AS NOVAS TECNOLOGIAS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES

NÚCLEO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA E ENSINO DE FÍSICA E AS NOVAS TECNOLOGIAS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES NÚCLEO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA E ENSINO DE FÍSICA E AS NOVAS TECNOLOGIAS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES Edson Crisostomo dos Santos Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES edsoncrisostomo@yahoo.es

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Professor Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de nível médio de Técnico

Leia mais

Faculdade de Ciências Humanas Programa de Pós-Graduação em Educação RESUMO EXPANDIDO DO PROJETO DE PESQUISA

Faculdade de Ciências Humanas Programa de Pós-Graduação em Educação RESUMO EXPANDIDO DO PROJETO DE PESQUISA RESUMO EXPANDIDO DO PROJETO DE PESQUISA TÍTULO: TRABALHO DOCENTE NO ESTADO DE SÃO PAULO: ANÁLISE DA JORNADA DE TRABALHO E SALÁRIOS DOS PROFESSORES DA REDE PÚBLICA PAULISTA RESUMO O cenário atual do trabalho

Leia mais

FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA: UMA PROPOSTA UTILIZANDO TECNOLOGIAS

FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA: UMA PROPOSTA UTILIZANDO TECNOLOGIAS I Mostra de Iniciação Científica I MIC 23 e 24 de setembro de 2011 Instituto Federal Catarinense Campus Concórdia Concórdia SC INSTITUTO FEDERAL CATARINENSE CAMPUS CONCÓRDIA FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES

Leia mais

Trabalhando Matemática: percepções contemporâneas

Trabalhando Matemática: percepções contemporâneas DOMÍNIO E IMAGEM DE UMA FUNÇÃO: UMA ABORDAGEM POR MEIO DO JOGO BINGO DAS FUNÇÕES Educação Matemática nos Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio (EMAIEFEM) GT 10 ADELSON CARLOS MADRUGA Universidade

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 201 Ensino Técnico ETEC DR. FRANCISCO NOGUEIRA DE LIMA Código: 0059 Município: Casa Branca Área Profissional: Eixo Tecnológico: Ambiente, Saúde e Segurança Habilitação Profissional:

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS Habilitação Profissional: Técnica de Nível

Leia mais

Analisando a construção e a interpretação de gráficos e tabelas por estudantes do Ensino Médio Regular e EJA

Analisando a construção e a interpretação de gráficos e tabelas por estudantes do Ensino Médio Regular e EJA Analisando a construção e a interpretação de gráficos e tabelas por estudantes do Ensino Fabiano Fialho Lôbo Universidade Federal de Pernambuco fabiano_lobo@yahoo.com.br Luciana Rufino de Alcântara Universidade

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (FIC)

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (FIC) SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL

Leia mais

Questão - 01. Essência do Excel 2003...

Questão - 01. Essência do Excel 2003... Valdir Questão - 01 Como deve proceder o usuário do Microsoft para que sejam atualizados os cálculos das funções ou fórmulas utilizadas nas planilhas? a) Pressionar a tecla F9 no teclado b) Pressionar

Leia mais

A importância dos Registros de Representação Semiótica no Ensino da Matemática

A importância dos Registros de Representação Semiótica no Ensino da Matemática A importância dos Registros de Representação Semiótica no Ensino da Matemática PROF. MS. JOSÉ JOÃO DE MELO (josejoaomelo@gmail.com) PROF ESP. AUGUSTO RATTI FILHO (gutoratti@outlook.com.br) PROF DR. ROGERIO

Leia mais

A APROXIMAÇÃO DA MATEMÁTICA COM USO DAS MÍDIAS DE COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO DO COTIDIANO FAVORECENDO O PROCESSO DE APRENDIZAGEM E CIDADANIA

A APROXIMAÇÃO DA MATEMÁTICA COM USO DAS MÍDIAS DE COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO DO COTIDIANO FAVORECENDO O PROCESSO DE APRENDIZAGEM E CIDADANIA A APROXIMAÇÃO DA MATEMÁTICA COM USO DAS MÍDIAS DE COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO DO COTIDIANO FAVORECENDO O PROCESSO DE APRENDIZAGEM E CIDADANIA Autores: Marione Inês Posselt Thomas Ana Cecilia Togni (Orientadora)

Leia mais

DESENVOLVENDO HABILIDADES E CONSTRUINDO CONHECIMENTOS NO AMBIENTE VIRTUAL CYBERNAUTAS. Maio/2005 216-TC-C3

DESENVOLVENDO HABILIDADES E CONSTRUINDO CONHECIMENTOS NO AMBIENTE VIRTUAL CYBERNAUTAS. Maio/2005 216-TC-C3 1 DESENVOLVENDO HABILIDADES E CONSTRUINDO CONHECIMENTOS NO AMBIENTE VIRTUAL CYBERNAUTAS Maio/2005 216-TC-C3 José Antonio Gameiro Salles UNISUAM / CCET / Desenv. de Softwares & UNISUAM/LAPEAD - antoniosalles@gmail.com

Leia mais

LABORATÓRIO VIRTUAL DE MATEMÁTICA EM DVD

LABORATÓRIO VIRTUAL DE MATEMÁTICA EM DVD LABORATÓRIO VIRTUAL DE MATEMÁTICA EM DVD Tânia Michel Pereira Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul tmichel@unijui.edu.br Angéli Cervi Gabbi Universidade Regional do Noroeste

Leia mais

A importância da Informática na Educação

A importância da Informática na Educação A importância da Informática na Educação AGUIAR, Juliana Discente da Faculdade de Ciências Jurídicas e Gerenciais FAEG - Rua das Flores, 740 Bairro Labienópolis - CEP 17400-000 Garça (SP) Brasil Telefone

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2010. Ensino Técnico. Habilitação Profissional: habilitação Profissional técnica de nível médio de técnico em administração

Plano de Trabalho Docente 2010. Ensino Técnico. Habilitação Profissional: habilitação Profissional técnica de nível médio de técnico em administração Plano de Trabalho Docente 2010 Ensino Técnico ETEc de Ribeirão Pires Código: 141 Município: Ribeirão Pires/Mauá Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: habilitação Profissional técnica

Leia mais

A UTILIZAÇÃO DO SOFTWARE GEOGEBRA E DO AMBIENTE COMPUTACIONAL EXCEL NA EXPLORAÇÃO DE CONCEITOS MATEMÁTICOS.

A UTILIZAÇÃO DO SOFTWARE GEOGEBRA E DO AMBIENTE COMPUTACIONAL EXCEL NA EXPLORAÇÃO DE CONCEITOS MATEMÁTICOS. 56 A UTILIZAÇÃO DO SOFTWARE GEOGEBRA E DO AMBIENTE COMPUTACIONAL EXCEL NA EXPLORAÇÃO DE CONCEITOS MATEMÁTICOS. Antônio Carlos Marangoni 2 (Unifran) Antônio César Geron 2 (Unifran) Lucinda M. de F. Rodrigues

Leia mais

A CONSTRUÇÃO DE MATERIAIS VIRTUAIS INTERATIVOS EM CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA

A CONSTRUÇÃO DE MATERIAIS VIRTUAIS INTERATIVOS EM CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA A CONSTRUÇÃO DE MATERIAIS VIRTUAIS INTERATIVOS EM CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA GT 06 Formação de professores de matemática: práticas, saberes e desenvolvimento profissional Tânia Michel Pereira UNIJUÍ

Leia mais

Excel 2010 Módulo i. Incrementando. Seus conhecimentos

Excel 2010 Módulo i. Incrementando. Seus conhecimentos Excel 2010 Módulo i Incrementando Seus conhecimentos Aperfeiçoando A sua prática Página 1/10 ÍNDICE. Histórico... 003. Definição de Planilha Eletrônica... 006. Formas de Ponteiro... 013. Referências...

Leia mais

O ENSINO DE FRAÇÕES SEGUNDO A OPINIÃO DOCENTE

O ENSINO DE FRAÇÕES SEGUNDO A OPINIÃO DOCENTE O ENSINO DE FRAÇÕES SEGUNDO A OPINIÃO DOCENTE Nazaré do Socorro Moraes da Silva Universidade do Estado do Para/UEPA Secretaria Executiva de Educação/SEDUC nazaresocorro@hotmail.com Elise Cristina Pinheiro

Leia mais

BrOffice Calc Inserindo Funções

BrOffice Calc Inserindo Funções C U R S O T É C N I C O E M S E G U R A N Ç A D O T R A B A L H O 14 Informática BrOffice Calc Inserindo Funções Raimundo Nonato Camelo Parente Governo Federal Ministério da Educação Projeto Gráfico Secretaria

Leia mais

UTILIZANDO PROGRAMAS EDUCACIONAIS

UTILIZANDO PROGRAMAS EDUCACIONAIS LINUX EDUCACIONAL UTILIZANDO PROGRAMAS EDUCACIONAIS PROFESSOR GERSON VALENCIO Caro professor: As novas Tecnologias de Informação e Comunicação(TICs) estão mudando nossa forma de pensar, agir, relacionar-se,

Leia mais

Introdução à Engenharia de Controle e Automação

Introdução à Engenharia de Controle e Automação Introdução à Engenharia de Controle e Automação O CURSO DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO DA FACIT Renato Dourado Maia Faculdade de Ciência e Tecnologia de Montes Claros Fundação Educacional Montes

Leia mais

MESTRADO EM MACROECONOMIA e FINANÇAS Disciplina de Computação. Aula 04. Prof. Dr. Marco Antonio Leonel Caetano

MESTRADO EM MACROECONOMIA e FINANÇAS Disciplina de Computação. Aula 04. Prof. Dr. Marco Antonio Leonel Caetano MESTRADO EM MACROECONOMIA e FINANÇAS Disciplina de Computação Aula 04 Prof. Dr. Marco Antonio Leonel Caetano Guia de Estudo para Aula 04 Aplicação de Produto Escalar - Interpretação do produto escalar

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: Astronomia, Metodologia, Ensino, Software livre

PALAVRAS-CHAVE: Astronomia, Metodologia, Ensino, Software livre DESENVOLVIMENTO DE UMA METODOLOGIA DE ENSINO DE ASTRONOMIA COM O USO DE SOFTWARE LIVRE FILHO, Valdinei Bueno Lima 1, PRADO, Valdiglei Borges 2, SOARES, Fabrízzio Alphonsus A. M. N. 3, MARTINS, Alessandro

Leia mais

Programação Linear com o Microsoft Excel R

Programação Linear com o Microsoft Excel R Programação Linear com o Microsoft Excel R Adriano Verdério 1, Clezio A. Braga 1 1 Colegiado do Curso de Matemática - Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas da Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Leia mais

REALIDADE AUMENTADA APLICADA NA EDUCAÇÃO: ESTUDOS DOS SEUS BENEFÍCIOS

REALIDADE AUMENTADA APLICADA NA EDUCAÇÃO: ESTUDOS DOS SEUS BENEFÍCIOS REALIDADE AUMENTADA APLICADA NA EDUCAÇÃO: ESTUDOS DOS SEUS BENEFÍCIOS Kelly Cristina de Oliveira 1, Júlio César Pereira 1. 1 Universidade Paranaense (UNIPAR) Paranavaí PR Brasil kristhinasi@gmail.com,

Leia mais

O USO DE PROGRAMAS COMPUTACIONAIS COMO RECURSO AUXILIAR PARA O ENSINO DE GEOMETRIA ESPACIAL

O USO DE PROGRAMAS COMPUTACIONAIS COMO RECURSO AUXILIAR PARA O ENSINO DE GEOMETRIA ESPACIAL O USO DE PROGRAMAS COMPUTACIONAIS COMO RECURSO AUXILIAR PARA O ENSINO DE GEOMETRIA ESPACIAL Angélica Menegassi da Silveira UNIFRA Eleni Bisognin - UNIFRA Resumo: O presente artigo tem como objetivo apresentar

Leia mais

Migrando de Usuários Microsoft Office para BrOffice.org / OpenOffice.org

Migrando de Usuários Microsoft Office para BrOffice.org / OpenOffice.org Migrando de Usuários Microsoft Office para BrOffice.org / OpenOffice.org Tempo de Duração: 24 Horas. Investimento: Solicitar proposta comercial. Sobre o treinamento Nos últimos anos inúmeras instituições,

Leia mais

Bolsistas: Guimara Bulegon, Maiara Ghiggi e Viviane Polachini. Recursos: Sala de informática, Software GeoGebra, folha de atividades.

Bolsistas: Guimara Bulegon, Maiara Ghiggi e Viviane Polachini. Recursos: Sala de informática, Software GeoGebra, folha de atividades. COLÉGIO ESTADUAL VISCONDE DE BOM RETIRO Plano de aula 10 Funções do 1º Grau Bolsistas: Guimara Bulegon, Maiara Ghiggi e Viviane Polachini Supervisora: Raquel Marchetto Disciplina: Matemática Série: 1º

Leia mais

PESQUISA OPERACIONAL: UMA ABORDAGEM À PROGRAMAÇÃO LINEAR. Rodolfo Cavalcante Pinheiro 1,3 Cleber Giugioli Carrasco 2,3 *

PESQUISA OPERACIONAL: UMA ABORDAGEM À PROGRAMAÇÃO LINEAR. Rodolfo Cavalcante Pinheiro 1,3 Cleber Giugioli Carrasco 2,3 * PESQUISA OPERACIONAL: UMA ABORDAGEM À PROGRAMAÇÃO LINEAR 1 Graduando Rodolfo Cavalcante Pinheiro 1,3 Cleber Giugioli Carrasco 2,3 * 2 Pesquisador - Orientador 3 Curso de Matemática, Unidade Universitária

Leia mais

Geogebra na Aula de Matemática: uma proposta para a formação e prática docente

Geogebra na Aula de Matemática: uma proposta para a formação e prática docente Geogebra na Aula de Matemática: uma proposta para a formação e prática docente Renan Marques Pereira 1 GD6 Educação Matemática, Tecnologias Informáticas e Educação à Distância Resumo: este projeto tem

Leia mais

EDITAL Nº 001/2014 DED/PROEN/IFAM ANEXO I QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINAS E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA.

EDITAL Nº 001/2014 DED/PROEN/IFAM ANEXO I QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINAS E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA. EDITAL Nº 00/204 DED/PROEN/IFAM ANEXO I QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINAS E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA Módulo I Educação a Distância e Ambiente Virtual de Aprendizagem História e

Leia mais

contexto escolar: o contributo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária para o Uso Racional de Medicamentos

contexto escolar: o contributo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária para o Uso Racional de Medicamentos Projeto: Educação e promoção da saúde no contexto escolar: o contributo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária para o Uso Racional de Medicamentos Supervisão Maria José Delgado Fagundes Ana Paula

Leia mais

O USO DO SOFTWARE GEOGEBRA COMO METODOLOGIA DE ENSINO DE MATEMÁTICA NO 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DO COLÉGIO SÃO JOÃO BATISTA, CEDRO-CE

O USO DO SOFTWARE GEOGEBRA COMO METODOLOGIA DE ENSINO DE MATEMÁTICA NO 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DO COLÉGIO SÃO JOÃO BATISTA, CEDRO-CE O USO DO SOFTWARE GEOGEBRA COMO METODOLOGIA DE ENSINO DE MATEMÁTICA NO 9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DO COLÉGIO SÃO JOÃO BATISTA, CEDRO-CE ¹C. J. F. Souza (ID); ¹M. Y. S. Costa (ID); ²A. M. Macêdo (CA)

Leia mais

ESTUDANDO CONCEITOS DE GEOMETRIA PLANA ATRAVÉS DO SOFTWARE GEOGEBRA

ESTUDANDO CONCEITOS DE GEOMETRIA PLANA ATRAVÉS DO SOFTWARE GEOGEBRA ESTUDANDO CONCEITOS DE GEOMETRIA PLANA ATRAVÉS DO SOFTWARE GEOGEBRA Cristina Girotto; Adriana Teresina de Campos; Damares Kessler; Juarez Dumke Streda; Vanessa Günzel; Vilson Hennemann; Julhane Thomas

Leia mais

Ciência, Educação e Tecnologia Tecnologia e Educação: Possibilidades Pedagogia Portal do Professor Objetivo

Ciência, Educação e Tecnologia Tecnologia e Educação: Possibilidades Pedagogia Portal do Professor Objetivo Ciência, Educação e Tecnologia Teleaula 6 Profa. Mônica Caetano Vieira da Silva tutoriapedagogia@grupouninter.com.br Tecnologia e Educação: Possibilidades Pedagogia Portal do Professor

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Como ensinar os porquês dos conceitos básicos da Matemática, visando a melhora do processo ensino e aprendizado

Mostra de Projetos 2011. Como ensinar os porquês dos conceitos básicos da Matemática, visando a melhora do processo ensino e aprendizado Mostra de Projetos 2011 Como ensinar os porquês dos conceitos básicos da Matemática, visando a melhora do processo ensino e aprendizado Mostra Local de: Paranavaí Categoria do projeto: II - Projetos finalizados

Leia mais

PENSAMENTO ALGÉBRICO: Equações no Ensino Fundamental

PENSAMENTO ALGÉBRICO: Equações no Ensino Fundamental PENSAMENTO ALGÉBRICO: Equações no Ensino Fundamental Antonia Zulmira da Silva (autor) 1 GD2 Educação Matemática nos anos finais do Ensino Fundamental Resumo: Este artigo tem por objetivo apresentar, analisar

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Dr. José Luiz Viana Coutinho Código: 073 Município: Jales Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação: Técnico em Informática para Internet

Leia mais

Estudando Matrizes e Determinantes utilizando o Software Winmat

Estudando Matrizes e Determinantes utilizando o Software Winmat DIRETORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO/GERÊNCIA DE PESQUISA PROJETO: TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA Estudando Matries e Determinantes utiliando

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL LUIZ SOARES ANDRADE PLANO DE AÇÃO 2015

ESCOLA ESTADUAL LUIZ SOARES ANDRADE PLANO DE AÇÃO 2015 ESCOLA ESTADUAL LUIZ SOARES ANDRADE PLANO DE AÇÃO 2015 NOVA ANDRADINA MS MARÇO DE 2015 ESCOLA ESTADUAL LUIZ SOARES ANDRADE PLANO DE AÇÃO 2015 Plano de ação a ser desenvolvido no ano letivo de 2015, pelo

Leia mais

PROJETO OUVIDORIA VAI À ESCOLA

PROJETO OUVIDORIA VAI À ESCOLA PROJETO OUVIDORIA VAI À ESCOLA SALVADOR 2012 GOVERNADOR Jaques Wagner VICE-GOVERNADOR Otto Alencar SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO Osvaldo Barreto Filho SUB-SECRETÁRIO DA EDUCAÇÃO Aderbal de Castro Meira Filho

Leia mais

X Encontro Nacional de Educação Matemática Educação Matemática, Cultura e Diversidade Salvador BA, 7 a 9 de Julho de 2010

X Encontro Nacional de Educação Matemática Educação Matemática, Cultura e Diversidade Salvador BA, 7 a 9 de Julho de 2010 INVESTIGAÇÃO MATEMÁTICA: UMA EXPERIÊNCIA DE ENSINO Bruno Rodrigo Teixeira 1 Universidade Estadual de Londrina - UEL bruno_matuel@yahoo.com.br Camila Rosolen 2 Universidade Estadual de Londrina - UEL camilarosolen@yahoo.com.br

Leia mais

O USO DE VÍDEO E DO SOFTWARE MODELLUS PARA ANALISAR UM FENÔMENO BIOLÓGICO

O USO DE VÍDEO E DO SOFTWARE MODELLUS PARA ANALISAR UM FENÔMENO BIOLÓGICO O USO DE VÍDEO E DO SOFTWARE MODELLUS PARA ANALISAR UM FENÔMENO BIOLÓGICO Débora da Silva Soares 1 Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho debbie_mat@yahoo.com.br Nilton Silveira Domingues

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Prof. Mário Antônio Verza Código: 164 Município: Palmital Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de TÉCNICO

Leia mais

SOFTWARE CHEMSKETCH: FERRAMENTA PARA ENSINO E APRENDIZAGEM EM QUÍMICA

SOFTWARE CHEMSKETCH: FERRAMENTA PARA ENSINO E APRENDIZAGEM EM QUÍMICA SOFTWARE CHEMSKETCH: FERRAMENTA PARA ENSINO E APRENDIZAGEM EM QUÍMICA Rejane Maria Ghisolfi da Silva (IQ/UFU) (e-mail: rmgsilva@ufu.br); João Ribeiro Franco Neto (Colégio Santa Teresa/ Rede SESI Minas

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL MARECHAL RONDON OFFICES NAS NUVENS

ESCOLA ESTADUAL MARECHAL RONDON OFFICES NAS NUVENS ESCOLA ESTADUAL MARECHAL RONDON OFFICES NAS NUVENS NOVA ANDRADINA MS Abril/2013 ESCOLA ESTADUAL MARECHAL RONDON OFFICES NAS NUVENS Projeto elaborado pela professora Valéria dos Santos Pereira (Professora

Leia mais

ENSINO DA DISCIPLINA DE GEOMETRIA ANALÍTICA PARA ALUNOS COM DEFICIÊNCIA VISUAL: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA

ENSINO DA DISCIPLINA DE GEOMETRIA ANALÍTICA PARA ALUNOS COM DEFICIÊNCIA VISUAL: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA ENSINO DA DISCIPLINA DE GEOMETRIA ANALÍTICA PARA ALUNOS COM DEFICIÊNCIA VISUAL: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA Divane Marcon Fundação Universidade Federal do Pampa divanemarcon@unipampa.edu.br Fabiane C. Höpner

Leia mais

SOFTWARE HAGÁQUÊ: FERRAMENTA PEDAGÓGICA DE AUXÍLIO AO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM COMO PRÁTICA INOVADORA

SOFTWARE HAGÁQUÊ: FERRAMENTA PEDAGÓGICA DE AUXÍLIO AO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM COMO PRÁTICA INOVADORA SOFTWARE HAGÁQUÊ: FERRAMENTA PEDAGÓGICA DE AUXÍLIO AO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM COMO PRÁTICA INOVADORA Marília Gerlane Guimarães da Silva graduanda UEPB mariliagerlany@hotmail.com Jocélia Germano

Leia mais

ATIVIDADE WEBQUEST COMO ABORDAGEM DIDÁTICA

ATIVIDADE WEBQUEST COMO ABORDAGEM DIDÁTICA ATIVIDADE WEBQUEST COMO ABORDAGEM DIDÁTICA Renato dos Santos Diniz renatomatematica@hotmail.com Adelmo de Andrade Carneiro adelmomatematico@yahoo.com.br Wesklemyr Lacerda wesklemyr@hotmail.com Abigail

Leia mais

UMA PROPOSTA PARA INTEGRAÇÃO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NAS LICENCIATURAS EM MATEMÁTICA

UMA PROPOSTA PARA INTEGRAÇÃO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NAS LICENCIATURAS EM MATEMÁTICA 1 UMA PROPOSTA PARA INTEGRAÇÃO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NAS LICENCIATURAS EM MATEMÁTICA Resumo. Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa realizada nas Instituições de Ensino

Leia mais

O ENSINO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA COM TECNOLOGIAS: UM ESTUDO COM PROFESSORES DE UM GRUPO DE FORMAÇÃO CONTINUADA

O ENSINO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA COM TECNOLOGIAS: UM ESTUDO COM PROFESSORES DE UM GRUPO DE FORMAÇÃO CONTINUADA O ENSINO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA COM TECNOLOGIAS: UM ESTUDO COM PROFESSORES DE UM GRUPO DE FORMAÇÃO CONTINUADA GT 06 Formação de professores de matemática: práticas, saberes e desenvolvimento profissional

Leia mais

Palavras-chaves: Jogos matemáticos; Ensino e aprendizagem.

Palavras-chaves: Jogos matemáticos; Ensino e aprendizagem. Emanuella Filgueira Pereira Universidade Federal do Recôncavo da Bahia O JOGO NO ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA Resumo O presente artigo apresenta resultados parciais de uma pesquisa mais ampla que

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA LUCIENE MARIA DA SILVA OLIVEIRA NÚMEROS INTEIROS UMA NOVA MANEIRA DE CONSTRUIR CONCEITOS OPERATÓRIOS

ESCOLA ESTADUAL IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA LUCIENE MARIA DA SILVA OLIVEIRA NÚMEROS INTEIROS UMA NOVA MANEIRA DE CONSTRUIR CONCEITOS OPERATÓRIOS ESCOLA ESTADUAL IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA LUCIENE MARIA DA SILVA OLIVEIRA NÚMEROS INTEIROS UMA NOVA MANEIRA DE CONSTRUIR CONCEITOS OPERATÓRIOS NOVA ANDRADINA/MS MARÇO 2010 ESCOLA ESTADUAL IRMAN RIBEIRO

Leia mais