ADEALQ. Revista da. ano 30. Nova Série. repúblicas com a Primeira república de estudantes de Piracicaba vai completar 91 anos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ADEALQ. Revista da. ano 30. Nova Série. repúblicas com a Primeira república de estudantes de Piracicaba vai completar 91 anos"

Transcrição

1 Revista da ADEALQ UMA PUBLICAÇãO DA ASSOCIAÇãO DOS EX-ALUNOS DA ESALQ Nova Série ano 30 Edição n o repúblicas com a Primeira república de estudantes de Piracicaba vai completar 91 anos ousadia Coragem e preparação para mudar os rumos profissionais e ser feliz ex-alq Conheça o esalqueano criador dos tubetes para mudas de café A ESALQ HOJE Panorama atualizado da ESALQ, os novos cursos, o perfil dos estudantes, a importância dos departamentos e laboratórios

2 Revista da ADEALQ 2 Cultive solidariedade Ajude o Corsini a continuar seu trabalho, que é referência nacional no tratamento de crianças e adolescentes infectados pela AIDS no Brasil. Plante esperança. Faça sua doação e colha a satisfação de ajudar: Banco do Brasil Agência: Conta: Centro de Controle e Investigação Imunológica Dr. Antonio Carlos Corsini CNPJ: / Atendimento: +55 [19] ou [19] Falar com Marina De segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.

3 Revista da ADEALQ UMA PUBLICAÇãO DA ASSOCIAÇãO DOS EX-ALUNOS DA ESALQ EDITORIAL Presidente da ADEALQ Antony H. M. Sewell (Cancro) Vice-Presidente Claudio Tomazela (Polegar) Secretário Geral Luiz Gustavo Nussio (Bambu) 1 o Secretário Fernando C. Mendonça (Burdog) 2 o Secretário João Carlos Teixeira Mendes (Tadando) 1 o Tesoureiro Valdomiro S. Miyada 2 o Tesoureiro Carlos A. Baptista (Pino) ESALQ Diretor José Vicente Caixeta Filho Vice-Diretora MARISA A. B. REGITANO D ARCE CONSELHO EDITORIAL André M. S. Dias (RG) Luiz Reynaldo F. Alleoni (Arara) Mauricio Palma Nogueira (Big Ben) Paulo Henrique Groke Jr. (Grogue) REDAÇÃO Bureau de Ideias, Imprensa e Comunicação Estratégica Av. Paulista, o andar Conjunto 1707D Caixa Postal 483 Bela Vista São Paulo SP Telefone: (11) Unidade RMC: (19) JORNALISTA RESPONSÁVEL Romualdo Venâncio (MTB ) PROJETO GRáFICO E PRODUÇÃO MAKE comunicação com atitude (19) DEPARTAMENTO COMERCIAL MAKE comunicação com atitude REPORTAGEM Romualdo Venâncio Ana Lúcia Neiva COLABORAção Tatiana Ferro Fotografia Juntos, podemos muito mais A história centenária da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, a nossa ESALQ, é marcada por revelar e projetar importantes nomes do agronegócio brasileiro, como secretários e ministros, que projetam os conceitos desta escola às diferentes instâncias do governo nacional. Tão importantes quanto esses notáveis são os milhares de profissionais que saem das salas de aula e laboratórios da ESALQ para compartilhar conhecimento no campo, nos centros de pesquisa, nas indústrias e nas escolas. Está aí a grande prioridade da Associação de Ex-Alunos da ESALQ (ADEALQ): integrar e compartilhar. A aproximação dos especialistas que estão distribuídos pelo Brasil e também fora dele é fundamental para que todos possam aprender muito mais. Independentemente do ano de formação e dos caminhos trilhados, cada um tem algo importante para dividir. E o que não falta é gente para contar história: já são mais de 14 mil diplomas entregues. Se é para integrar, sejam bem-vindos também os ex-alunos dos cursos de pós-graduação. Somando mestres e doutores, são quase 8,5 mil estudantes formados. A partir de agora, todos podem e devem fazer parte da ADEALQ. Para incentivar e facilitar essa aproximação, a Associação ampliará as possibilidades de comunicação e acesso, a exemplo da retomada da Revista da ADEALQ, da atualização do site, da criação de aplicativos para smartphones e outras novidades que serão apresentadas oportunamente. O conteúdo editorial que preparamos para você mostra exatamente as experiências de alguns esalqueanos, suas superações e conquistas, suas contribuições ao agronegócio e outros setores da economia nacional, o aprendizado tanto do ponto de vista técnico quanto social e boas lições de vida. Acompanhe, aproveite e participe. Estamos à disposição para receber sua opinião. Boa leitura! A Equipe Editorial

4 SUMÁRIO

5 03 EDITORIAL Adealq amplia esforços para aproximar ex-alunos da ESALQ 30 MUNDO AFORA Graduação e Pós abriram horizontes para esalqueano ultrapassar fronteiras 06 REPúBLICAS COM A Primeira república de estudantes de Piracicaba vai completar 91 anos 08 RESPOSTA DE SUCESSO CEO da Adama Brasil conta como a Esalq influenciou sua carreira profissional 10 GERAÇões O que a vida acadêmica tem a ver com a origem da família Carlucci 16 A ESALQ HOJE Conquistas já alcançadas incentivam ainda mais a permanente renovação 32 ESPAço empresarial 36 Indústria nacional aposta na biotecnologia para otimizar a produção agrícola 50 ANOS DE Pós-graduação Em cinco décadas são quase 8,5 mil graduados entre mestres e doutores 38 REVISTA DA ADEALQ De volta, aos 30 anos 22 EX-ALQ Conheça o esalqueano criador dos tubetes para mudas de café 42 57a SEMANA LUIZ DE QUEIROZ Imagens de uma inesquecível reunião de congraçamento 24 OUSADIA Coragem e preparação para mudar os rumos profissionais e ser feliz 46 RELACIONAMENTO Nova plataforma espera pelos esalqueanos 26 GESTão É preciso confiar no próprio conhecimento para se propor quebra de paradigmas 48 NOTAS E EVENTOS Notícias sobre a própria Esalq e as conquistas dos esalqueanos

6 Revista da ADEALQ 6 REPÚBLICAS COM A Lucas Ingold, o Fiúq, à esquerda, e membros da organização do Interrepúblicas, em evento no qual os alunos arrecadaram quatro toneladas de alimentos destinadas a ONGs DE piracicaba. Gerhard Waller (USP/ESALQ-Acom) COPACABANA VAI COMPLETAR 91 ANOS Romualdo Venâncio A primeira república de estudantes de Piracicaba foi fundada por alunos que deixaram o Rio de Janeiro para estudar na ESALQ. O célebre esalqueano e ex-ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Roberto Rodrigues costuma descrever as repúblicas compostas pelos estudantes da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, a ESALQ, como microcosmos e escolas de vida. Além de ser, para a grande maioria, a primeira experiência de morar longe de casa e da família, é um encontro permanente com a di- versidade e a tarefa de administrar a própria vida. A república é a síntese da liberdade com responsabilidade, define Rodrigues. É exatamente pelo o que está passando Lucas Ingold, estudante do terceiro ano de Engenharia Agronômica. Natural de Campo Grande (MS), nasceu em uma família de pecuaristas e foi apresentado à esco la por seu pai, Daniel Ingold, esalqueano e ex-

7 Repúblicas com A 7 Não é o imóvel que representa a Copacabana, mas, sim, a instituição que foi criada Lucas Ingold (Fiúq) -morador da República Sobradão. Além da opção pela Esalq, Lucas também foi morar em uma república e chegou à mais antiga de Piracicaba (SP), a Copacabana. Fundada em 1923 por estudantes que vinham do Rio de Janeiro, foi batizada de República Copacabana Palace por conta da inauguração, também naquele ano, do luxuoso Hotel Copacabana Palace na capital fluminense (à época, também capital federal). As décadas passam, mas permanecem o espírito de amizade e o respeito entre os moradores da Copacabana. Acervo República Copacabana Diferente do hotel, a essência histórica da república vai muito além da edificação. Não é o imóvel que representa Copacabana, mas, sim, a instituição que foi criada, explica Lucas. Tanto é verdade que já esteve em diferentes endereços. Hoje está na Rua Padre José Conceição Meireles, 158, na Vila Independência, a cerca de dois quilômetros da entrada da ESALQ. Procuramos manter os valores e costumes que são passados há décadas. Lucas chegou à Copacabana por intermédio de um colega sul-mato-grossense, Fausto Nimer Terrabuio, de Rio Brilhante. Nós nos conhecemos no ônibus, quando Fausto prestava o vestibular. Também fiz a prova, mas apenas como experiência. Entrei no ano seguinte, recorda. Claro que, estando em Piracicaba, os nomes deram lugar aos apelidos. Fausto já havia se tornado o Orrameu e Lucas passou a atender por Fiúq, mais por uma questão de herança. O apelido do meu pai quando estudou na ESALQ era Emo, aí acabei virando Fiúq, explica. A experiência de morar em uma república é vista por Lucas como uma evolução pessoal. Segundo conta, passou a dar valor a diversos fatores com os quais não se importava tanto. Não me via, por exemplo, sendo um representante de alunos ou estando à frente de algum grupo. Atualmente é o caixinha ou o gerente financeiro da república e também presidente da Associação Atlética Acadêmica Luiz de Queiroz (AAALQ). Sempre participamos de algo dentro da escola, pois a ideia não é apenas vir aqui, estudar e ir embora; procuramos deixar algo, comenta o estudante. Para se ter ideia do compromisso citado por Lucas, a mais recente edição do Torneio Interrepúblicas, organizada pela AAALQ e realizado entre 11 de agosto e 4 de setembro deste ano, reuniu cerca de 350 alunos da ESALQ e 47 repúblicas. Durante o período das competições, os estudantes arrecadaram quatro toneladas de alimentos, cerca de dez mil peças de roupa e cinco mil livros. As doações foram encaminhadas à ONG Irmãos de Ideal e Igreja Obra de Maria, e vão garantir a sobrevivência dos atendidos por seis meses. É uma oportunidade de retribuirmos à cidade de Piracicaba todo acolhimento e hospitalidade, afirma Lucas.

8 Revista da ADEALQ 8 RESPOSTA DE SUCESSO Divulgação Adama Vista Aérea, ADAMA. O DESAFIO DE SE ADAPTAR Romualdo Venâncio Rodrigo Gutierrez está à frente de uma empresa que deve faturar R$ 500 milhões este ano e sua meta é dobrar o valor em quatro anos. O aprendizado do período em que estudou na ESALQ contou muito para chegar onde está. Quando tiverem 18 anos de idade, meus filhos vão morar em república. Vão aprender a viver o mundo. A frase dita por Rodrigo de Souza Dias Gutierrez, CEO da Adama Brasil, empresa do segmento de agroquímicos, com sede em Londrina (PR), reflete um conceito de vida formado por uma trajetória acadêmica e profissional que começou com o Speto. Esse era o apelido de Gutierrez quando cursava Engenharia Agronômica na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, a ESALQ/USP. For- mado em 1993, foi morador da República Lesma Lerda e nasceu em uma família de esalqueanos. Gutierrez comenta, sempre com declarado orgulho, que a influência da ESALQ em sua vida é muito grande. A soma do aprendizado adquirido em sala de aula àquele obtido da vivência no ambiente de república é a estrutura do profissional que ele se tornou. O compromisso de cumprir os estudos e a necessidade de saber lidar com diferenças contribuem para que sejamos ágeis e flexíveis, comen-

9 Resposta de sucesso 9 A ESALQ PREPARA SEUS ALUNOS PARA QUE APRENDAM RAPIDAMENTE ta. O executivo também destaca a importância de a escola preparar seus alunos para aprenderem rapidamente. Essa é uma das principais características que diferenciam o profissional formado pela ESALQ quando chega ao mercado de trabalho. Ao sair da escola, Gutierrez trabalhou por três anos com o pai, que plantava café e tinha uma empresa de sistemas de irrigação. Quando decidiu trilhar seu caminho de forma mais independente, chegou à Monsanto do Brasil, onde ficou por oito anos e desempenhou diversas funções, de representante de Vendas a gerente de Marketing. Em seguida, passou cinco anos na Bayer CropScience. Trabalhou ainda em um fundo de investimentos que atuava no agronegócio, por menos de dois anos, até ser convidado para, em 2011, assumir a presidência da Milênia, que pertencia ao grupo israelense Makhteshim Agan. Na nova função, a missão de Gutierrez era promover a recuperação da empresa, que não passava por um bom momento. Encontrei um ambiente favorável à aplicação do que eu trazia da ESALQ. Em pouco tempo conseguimos bons resultados e houve rápido crescimento, relata o executivo. Mais do que a superação, a companhia passou por significativa transformação. Ainda em 2011, a empresa estatal chinesa ChemChina adquiriu 60% do capital do Makhteshim Agan. Este ano, todas as empresas do grupo foram unificadas, surgindo, assim, a Adama. Pela origem das companhias em meu currículo, digo que tenho uma das trajetórias profissionais mais multinacionais, brinca o executivo. A perspectiva a partir de agora é a melhor possível. Apostamos em nosso portfólio híbrido de produtos; no crescimento na China, que é o maior fabricante de matérias-primas e tem se tornado um grande centro de pesquisas; e nos avanços digitais na agricultura. Estamos preparados para crescer nesse universo, comenta Gutierrez. As características e condições da produção agrícola no Brasil também animam o CEO. Em nenhum lugar há sol e água como aqui. Essa combinação é única e torna o país bastante competitivo. O crescimento da Adama significa também mais oportunidades para estudantes dos cursos relacionados ao agronegócio. Contratamos entre 25 e 30 agrônomos por ano, confirma Gutierrez. Entender as demandas do produtor rural é primordial. O foco do nosso trabalho é desenvolver facilidades para o agricultor, pois ele já tem de lidar com uma série de fatores que complicam seu dia a dia, como clima, mercado futuro e insumos, entre outros. Divulgação Adama O compromisso de cumprir os estudos e a necessidade de saber lidar com diferenças contribuem para que sejamos ágeis e flexíveis, diz Rodrigo Gutierrez sobre o período em que estudou na Esalq e residiu na república lesma lerda.

10 Revista da ADEALQ 10 Gerações Heloisa e Pedro, de noivos, em frente à ESALQ. Milena Jordão Laços de amor e respeito eternos Ana Lúcia Neiva Conheça a trajetória universitária e profissional de quatro integrantes da Família Carlucci, que, mesmo vivendo momentos diferentes na escola, se sentem orgulhosos por fazerem parte de uma família ainda maior: a da ESALQ. Nivaldo conheceu Marisa numa sala de aula do cursinho. Olharam-se, enamoraram-se, formaram- -se juntos engenheiros agrônomos e casaram-se. Dos três filhos, o caçula Pedro decidiu obter a mesma graduação que os pais e também se encantou por uma colega de turma, Heloisa. Eles na- moraram, receberam o diploma juntos, seguiram carreiras prósperas e trocaram alianças. As duas histórias de amor têm como cupido a escola que até hoje ocupa um lugar muito especial no coração desses quatro eternos esalqueanos, integrantes da família Carlucci. Apelidos, repúblicas, profes-

11 Gerações 11 Eles namoraram, receberam o diploma juntos, seguiram carreiras prósperas e trocaram alianças sores, amigos, estágios, vida profissional, encontros... Confira, a seguir, as boas lembranças que cada um traz dos tempos dourados em Piracicaba (SP), revividos sempre que se encontram com os amigos. Nivaldo (Dury) Nasci em Álvares Machado, na região da Alta Sorocabana, em 23 de setembro de Sou o caçula de seis irmãos, filhos de Luiz Carlucci e Idalina Sanvezzo Carlucci. Na antiga Casa da Lavoura da cidade trabalhava o engenheiro agrônomo dr. Negrini, que ajudava muita gente a produzir mais e melhor. Então decidi fazer o mesmo. Fui para Piracicaba fazer o cursinho CLQ, onde conheci minha adorável esposa, Marisa. Entramos juntos na ESALQ em 1972 e nos formamos em 1975 (F75) no curso de Engenharia Agronômica. Morei na República Ktapu(l)ta, que não existe mais. Com alguns amigos mantenho contato frequente, como o José Eduardo Borela (Moita), o Álvaro Eleuté rio da Silva (Salim) e Ricardo Montew ka (Alem ão), entre tantos outros. Estagi ei no Departamento de Química por três anos, sob a orientação do prof. José Carlos Alcarde, que era muito gente boa. Lembro também do prof. Julio Marcos, que foi diretor na época do Pedro e da Heloisa, que foram alunos de alguns colegas de turma, como Claudião, Quirino, Valdomiro, Ivan e outros. Depois estagiei na Dow Quími ca, onde trabalhei por 25 anos. Iniciei como pesquisador de campo, fui supervisor e gerente de pesquisa e desenvolvimento, e aposentei como diretor de Marketing, cargo que assumi quando morei por sete anos nos Estados Unidos. Durante todo esse tempo, fiz MBA no Babson College, Boston, e mestrado em Gestão de Negócios na Universidade Católica de Santos. Hoje sou consultor e decidi cultivar seringueiras. A ESALQ é sempre assunto em família, inclusive com o pai da Marisa, dr. Jayme Vazquez Cortez, que se formou, também na GLORIOSA, em São três gerações com tempos bem distintos, mas uma coisa em comum o orgulho de fazer parte de uma instituição que tem o ARQUIVO PESSOAL São três gerações com tempos bem distintos, mas uma coisa em comum o orgulho de fazer parte de uma instituição que tem o respeito do País todo. Nivaldo, o dury Marisa e Dury no Baile do Bicho em 1972.

12 Revista da ADEALQ 12 respeito do país todo. Acredite: a vida esalqueana é única durante o curso e, depois dele, na vida profissional. Como dizemos, no Brasil existem os agrônomos e existem os esalqueanos. Duas coisas completamente diferentes. ARQUIVO PESSOAL Marisa Quando nasci, em 31 de maio de 1953, na cidade de Campinas, meu pai, que era esalqueano, trabalhava no Instituto Agronômico (IAC). Minha mãe é piracicabana e o conheceu quando ele foi estudar na ESALQ. Meu avô paterno já tinha uma propriedade em Santos (SP) que produzia banana para exportação. Por influência deles decidi ser agrônoma. No cursinho CLQ, conheci o Nivaldo; entramos na Esalq em 1972, nos casamos e tivemos três filhos. Durante o período da faculdade, morei com meus tios e minha avó materna. Assim que me formei, fui trabalhar no Instituto de Botânica, em São Paulo. Fiz mestrado em Agricultura na ESALQ e também trabalhei no IAC. Meu doutorado em Biologia foi feito na Unicamp e, em 1990, quando nos mudamos para Indiana, nos Estados Unidos, cursei o pós-doutorado em Fisiologia Vegetal na Purdue University. Em 1992, Heloisa e Pedro no Baile de Formatura em Parece que, quando a gente sabe que o outro é esalqueano, ele já começa a fazer parte da nossa família. Marisa Marisa dança com o pai, dr. Jayme, no Baile de Formatura de ARQUIVO PESSOAL fomos para Miami e trabalhei no Fairchild Botanical Garden, com plantas ornamentais. Especializei-me em palmeiras e, ao voltar para o Brasil, em 1997, comecei um viveiro de produção de palmeiras ornamentais, raras, exóticas e nativas, o qual gerencio até hoje. Mesmo com esse indo-e-vindo, mantivemos contato com os amigos de turma. São vários! Nós todos temos o maior orgulho de fazermos parte dessa elite dos agrônomos do Brasil. Temos muito respeito por essa instituição, que nos ensinou a trabalhar com ética, dedicação e profissionalismo. Parece que, quando a gente sabe que o outro é esalqueano, ele já começa a fazer parte da nossa família. É uma sensação de cumplicidade. É muito bom. Na minha família, além do meu pai, falecido em 2011, tenho uma prima formada em 1980 e a esposa do meu primo, a Marta Spoto, que atualmente é professora da ESALQ.

13 Gerações Pedro (7-Ouro) Sou paulistano, nascido no dia 23 de fevereiro de 1982, o caçula de três irmãos e o único dos filhos que seguiu a mesma carreira que os pais e meu avô materno, dr. Jayme Vazquez Cortez. Ingressei na ESALQ em 2001 e me formei em 2005 (F05) como engenheiro agrônomo. Morei na República Pau-A-Pique, fundada em Foi uma das melhores experiências em minha vida a ESALQ me ensinou engenharia agronômica e a república, a vida. Conservo muitas amizades, principalmente com o João Paulo de Luchio, o Chichá, e o Cauê Bernardo, o Uga-Uga, ambos colegas de turma e de república. Estagiei por dois anos e meio no Grupo de Experimentação Agrícola (GEA) do Departamento de Produção Vegetal, antigo Departamento da Agricultura, sob orientação do prof. dr. José Laércio Favarin. Alguns dos principais professores que marcaram minha formação foram o próprio Favarin, Godofredo César Vitti, Paulo Sentelhas e Antonio Fancelli. Tive a oportunidade de Ser esalqueano é fazer parte de algo muito maior. É saber conviver com pessoas de cultura, educação, situação financeira etc. diferentes e se adaptar. PEDRO, O 7-OURO 13 ARQUIVO PESSOAL Colação de grau ao lado dos amigos Xapéuzin e Iena.

14 Revista da ADEALQ 14 Natal em família em 2010, em IndianApolis, EUA. ARQUIVO PESSOAL A ESALQ tem uma tradição de irmandade que cria uma intimidade quase que instantânea quando se conhece outro esalqueano na vida profissional. Essa afinidade facilita a comunicação inicial e a troca de experiências. Heloisa, a pitãga ter aulas com professores que são colegas de turma dos meus pais, como Cláudio Haddad, Valdomiro Miyada, Quirino Carmelo e Clarice Demétrio. Ainda no meu último ano da ESALQ estagiei nos EUA pela Dow AgroSciences na área comercial, desenvolvendo um treinamento com fungicidas em soja. Quando me formei, fui convidado pela empresa para retornar aos EUA como trainee de Vendas e foi assim que iniciei minha carreira. Passei a ser Representante Técnico de Vendas, Gerente de Projetos e Gerente de Marketing. Atualmente atuo como Gerente Regional de Vendas para o segmento de sementes no sudoeste dos EUA pela Dow AgroSciences. Heloisa e eu começamos a namorar em nosso segundo ano, em 2002, e nos casamos em Somos da mesma turma, mesmo curso; entramos juntos e nos formamos juntos na ESALQ, assim como meus pais. Como nos formamos em 2005 e meus pais, em 1975, comemoramos nossos quinquênios juntos. Comentamos que a ESALQ nos preparou para futuros desafios e faremos sempre o que pudermos para ajudá-la a continuar sendo referência no ensino agrícola superior. Ser esalqueano é fazer parte de algo muito maior, é uma irmandade, uma família. É cultivar o companheirismo que se mantém vivo ao se reencontrar colegas, conhecer novos e expandir nosso leque de apoio a outros esalqueanos. ACREDITO QUE NÓS, ESALQUEANOS, QUEREMOS RETRIBUIR O QUE APRENDEMOS FAZENDO ESTÁGIOS (DENTRO E FORA DA ESCOLA) E LEVANDO O NOME DA GLORIOSA PARA OUTRAS PARTES DO BRASIL. Heloisa, a pitãga Heloisa (Pitãga) Sou piracicabana, como meu pai, que é engenheiro geólogo. Nasci em 26 de agosto de 1983, mas ainda pequena morei com minha família na capital paulista e, depois, em Goiânia, Goiás, onde minha mãe, que é geógrafa, nasceu. Duas tias paternas e esalquea nas me motivaram a estudar na escola, que conheci ainda pequena. Eu era apaixonada pelo campus! Meu irmão mais velho, Leonardo, o Pi-qui, entrou na escola um ano antes de mim, em Fiz parte da República Reboq como agregada, isto é, eu não mora va lá e, sim, com meus avós paternos, mas participava de todas as atividades. Fazer parte de uma república ajudou no meu amadurecimento, na formação de liderança e na preparação para a vida profissional. Mantenho contato com muitos de meus colegas por meio de um grupo de , redes sociais e encontros ocasionais.

15 Gerações 15 Ainda estudante, estagiei como pesquisadora na área de fertilidade do solo por três anos e meio sob a orientação do prof. Alleoni, que também é meu tio. No último semestre, fiz estágio profissionalizante em Juazeiro (BA), com produção de uva e manga para exportação. Depois de formada, trabalhei no Carrefour na área de controle de qualidade dos produtos de origem vegetal e posteriormente passei a atuar no desenvolvimento de produtos para o Programa Garantia de Origem. Saí do Carrefour em 2009, quando me casei com o 7-Ouro e resolvi ir para os EUA. Chegando lá, estudei inglês por um ano e comecei a me preparar para fazer um mestrado. Em janeiro de 2012, fui aceita no programa de MBA da Butler University, em Indianapolis, onde estudei por dois anos e meio, e me formei em maio de A ESALQ tem uma tradição de irmandade que cria uma intimidade quase que instantânea quando se conhece outro esalqueano na vida profissional. Essa afinidade facilita a comunicação inicial e a troca de experiências. Acho que a maioria dos esalqueanos se sente muito grato por ter estudado numa instituição tão conceituada. Acredito que nós, esalqueanos, queremos retribuir o que aprendemos, fazendo estágios (dentro e fora da escola) e levando o nome da gloriosa para outras partes do Brasil. ARQUIVO PESSOAL Réveillon em família em 2012.

16 Revista da ADEALQ 16 A ESALQ HOJE Edifício central da Esalq. Semear o futuro é uma arte Romualdo Venâncio Quando se fala sobre uma instituição centenária, como a Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ/USP), fundada em 1901 na cidade de Piracicaba (SP), é inevitável relacioná-la com a palavra tradição. Afinal de contas, é mais de um século de costumes que passam de geração para geração nas salas de aula, nos laboratórios, nas repúblicas, enfim, em todo o universo da escola. No entanto, para o professor do Departamento de Economia, Administra-

17 A ESALQ hoje 17 Gerhard Waller (USP/ESALQ-Acom) MUSEU LUIZ DE QUEIROZ A história da ESALQ se confunde com a trajetória do agronegócio brasileiro e uma das principais semelhanças é a constante necessidade de se reinventar. Tal desafio instiga a permanente atualização de pessoas, conceitos e estruturas, pois o amanhã está sempre muito próximo. ção e Sociologia (LES) e diretor da ESALQ, José Vicente Caixeta Filho, o sentido vai além. Para a ESALQ, tradição significa fazer o melhor possível, seguindo as trilhas da inovação e do empreendedorismo. Sempre em equipe e aprendendo a reconhecer as competências de cada um de seu grupo de trabalho, define. A explicação de Caixeta Filho reflete bem a trajetória da escola, que tem uma importância histórica no desenvolvimento de uma das atividades econômicas mais importantes do país, o agronegócio. A contribuição das pesquisas desenvolvidas na ESALQ não foi interrompida um único dia na distribuição de conhecimentos e aperfeiçoamentos técnicos e científicos sobre plantio, manejo de culturas, criação, colheita e armazenamento, e aproveitamento tecnológico de produtos, declara. O diretor ressalta que o principal papel da escola está relacionado à formação de recursos humanos. Daí a constante preocupação em proporcionar uma formação acadêmica eclética, preferencialmente de natureza transversal e interdisciplinar, que permita o surgimento de profissionais diferenciados. Serão pessoas que trabalharão com entusiasmo e qualidade, e que irão se pautar pela ética e pela responsabilidade social e ambiental, acrescenta Caixeta Filho. Da mesma maneira que contribuiu para que segmentos agropecuários evoluíssem, a ESALQ também teve que se atualizar para

18 Revista da ADEALQ 18 Gerhard Waller (USP/ESALQ-Acom) José Vicente Caixeta Filho, diretor da ESALQ: Tradição significa fazer sempre o melhor possível. ESALQ 430 novos alunos por ano e 14 mil já formados shutterstock enfrentar os desafios da modernização no ensino e na própria sociedade. O aluno de hoje é bem diferente daquele que estudava em nosso campus há 20 anos. As aspirações são distintas, assim como a educação que recebe em seu lar. Apresenta um grau de ansiedade mais alto, mais imediatista, comenta Caixeta Filho. Hoje os alunos chegam à ESALQ mais novos, com idade entre 17 e 19 anos. A professora do Departamento de Agroindústria, Alimentos e Nutrição (LAN) e vice-diretora da ESALQ, Marisa d Arce, acrescenta que os estudantes são mais urbanos atualmente. Eles vêm de uma formação no ensino médio e trazem uma provocação diferente. Chegam à escola bem informados e com grande perspectiva; pensam no agronegócio além do meio rural,

19 A ESALQ hoje 19 Gerhard Waller (USP/ESALQ-Acom) Excelência em pós-graduação Em setembro deste ano, o número de estudantes nos cursos de pós-graduação da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ/USP) era de Na década de 1960, a lista girava em torno de 50 alunos. Tamanho avanço é consequência de tudo o que a escola representa em termos de qualidade de ensino e do reconhecimento que esses estudantes encontram no mercado profissional. Prova de que a procura por esses cursos é ampla e diversa, 80% desses alunos não foram graduados pela ESALQ. Em relação ao perfil dos pós-graduandos, 587 são homens (49%) e 601 são mulheres (51%). A idade média é de aproximadamente 27 anos para os cursos de mestrado e em torno de 30 anos para os cursos de doutorado. As referências sobre o padrão de qualidade vêm também por outras vias. Na última avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), fundação do Ministério da Educação (MEC), referente ao triênio 2010/2011/2012, treze dos programas de pós- -graduação da Esalq entraram na escala muito bom, ótimo e excelente. Sete alcançaram a melhor qualificação: Ciência Animal e Pastagens; Entomologia; Fitopatologia; Fitotecnia; Genética e Melhoramento de Plantas; Solos e Nutrição de Plantas; e Ecologia Aplicada. Vale ressaltar que os seis primeiros foram precursores da pós-graduação da Esalq na década de 1960, ou seja, há cinco décadas, comenta o prof. José Vicente Caixeta Filho, diretor da Esalq. Marisa d Arce, vice-diretora da ESALQ: Alunos chegam à escola bem informados e com grande perspectiva. como um setor que lhes oferece oportunidade de trabalhar no meio urbano, explica. Para acompanhar essa mudança de perfil dos alunos, a escola precisa ter um corpo docente bem preparado. Os professores têm que se atualizar e quem entende bem esse desafio continua colhendo ótimos resultados. É fundamental que tenham as ferramentas necessárias para desenvolver seu trabalho com eficiência, mas a alma de professor será sempre primordial. Para o diretor da ESALQ, reside nesta questão um dos principais desafios da instituição na gestão de pessoas: Não podemos errar nas contratações. A renovação no quadro de docentes é evidente, pois há uma busca constante por jovens professores que apresentem entusiasmo suficiente para ajudar na construção do paradigma didático da escola, que gradativamente vai se firmando. É uma nova geração de reais formadores de opinião que entendem, por exemplo, quanto o relacionamento com a iniciativa privada é fundamental para o futuro sustentável da instituição, observa Caixeta Filho.

20 Revista da ADEALQ 20 Exemplos de contribuição da ESALQ ao agronegócio brasileiro A introdução de genótipo adaptado para obtenção de verduras e hortaliças reduziu o problema de sazonalidade e a dependência de genótipos importados. O método científico aplicado à agricultura permitiu alcançar produtividade até quatro vezes maior que a observada até os anos A introdução e a adaptação de raças de animais para leite, carne e ovos ajudaram a tornar o Brasil o maior exportador de carne do mundo. Os ganhos de produtividade agrícola e pecuária decorreram de pesquisas de manejo de solos e nutrição de plantas e animais, trocando o ambiente extrativista por padrões internacionais de produtividade sustentável. Revolução da área florestal com a introdução de espécies adaptadas, fomentando a indústria de papel, energia, madeira certificada, móveis e re composição florestal, e priorizando a redução do desmatamento e a proteção do solo e dos recursos hídricos. A indústria de açúcar e álcool garantiu sua fundamentação a partir de referências científicas e tecnológicas da ESALQ, que permitiram melhor exploração da cultura de cana e ganhos importantes em eficiência no processo de fermentação industrial. Pesquisas em defesa sanitária para o controle de doenças como o carvão da cana-de-açúcar e o cancro cítrico. Informações para a formação de políticas públicas junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento com vistas à concessão de financiamentos e contratação de seguros agrícolas. O ambiente técnico, acadêmico e profissional da ESALQ foi determinante para a formação da Embrapa. Pesquisas da ESALQ ajudaram a ampliar a oferta de verduras, hortaliças e diversos outros alimentos ao consumidor final. Essa transformação é, praticamente, uma reação em cadeia. Os anseios dos estudantes e o posicionamento dos novos docentes são acompanhados por oferta de novos cursos e adequações das instalações. Para se ter ideia de como esse avanço tem se intensificado, o intervalo de tempo entre o primeiro e o segundo curso de graduação oferecido pela escola, respectivamente Engenharia Agronômica e Engenharia Florestal, foi de quase 70 anos. Em 1998, foi criado o curso de Ciências Econômicas; em 2001, veio o de Ciências dos Alimentos (o primeiro curso noturno); no ano seguinte, surgiram o de Ciências Biológicas e o de Gestão Ambiental; e, em 2013, teve início o de Administração. Entre os 7 cursos de graduação e os 17 de pós- -graduação (entre exclusivos da ESALQ e de parcerias com outras instituições de ensino), já são 14 mil estudantes formados e 430 novos alunos todos os anos. Só em Engenharia Agronômica são 200 estudantes a mais anualmente. Ainda há muito a ser feito, tanto obras de infraestrutura quanto projetos acadêmicos. Certamente, todos os gestores que passarem por essa diretoria o farão com a mesma satisfação, afirma Caixeta Filho. Gerhard Waller (USP/ESALQ-Acom)

Só vence nos negócios quem se preocupa com as pessoas

Só vence nos negócios quem se preocupa com as pessoas Só vence nos negócios quem se preocupa com as pessoas Dezoito anos à frente da maior empresa de inseminação Artificial Bovina do Brasil, Heverardo Rezende Carvalho conta o que teve que aprender para se

Leia mais

MBA IBMEC 30 anos. No Ibmec, proporcionamos a nossos alunos uma experiência singular de aprendizado. Aqui você encontra:

MBA IBMEC 30 anos. No Ibmec, proporcionamos a nossos alunos uma experiência singular de aprendizado. Aqui você encontra: MBA Pós - Graduação QUEM SOMOS Para pessoas que têm como objetivo de vida atuar local e globalmente, ser empreendedoras, conectadas e bem posicionadas no mercado, proporcionamos uma formação de excelência,

Leia mais

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LI ESTAMOS PASSANDO PELA MAIOR TRANSFORMAÇÃO NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE. VALORIZAR PESSOAS

Leia mais

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social O Projeto Social Luminando O LUMINANDO O Luminando surgiu como uma ferramenta de combate à exclusão social de crianças e adolescentes de comunidades

Leia mais

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ

PROGRAMA JOVEM APRENDIZ JOVEM APRENDIZ Eu não conhecia nada dessa parte administrativa de uma empresa. Descobri que é isso que eu quero fazer da minha vida! Douglas da Silva Serra, 19 anos - aprendiz Empresa: Sinal Quando Douglas

Leia mais

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 Humberto Cordeiro Carvalho admitido pela companhia em 1 de julho de 1981. Eu nasci em 25 de maio de 55 em Campos do Goytacazes. FORMAÇÃO Segundo grau Escola

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Rafael Marques Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Minha idéia inicial de coaching era a de uma pessoa que me ajudaria a me organizar e me trazer idéias novas,

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Educação que valoriza o seu tempo: presente e futuro Educação a Distância Os mesmos professores. A mesma aula. O mesmo diploma. A única diferença é a sala de aula que fica em suas

Leia mais

Informativo EDIÇÃO 12 ANO IV. Julho/ Agosto/ Setembro 2015. PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS:

Informativo EDIÇÃO 12 ANO IV. Julho/ Agosto/ Setembro 2015. PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS: EDIÇÃO 12 ANO IV (11) 3648-4700 / (21) 3161-8600 www.pacer.com.br Informativo Julho/ Agosto/ Setembro 2015 PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS: 10 ANOS PACER:

Leia mais

Como as empresas podem minimizar os efeitos da crise e manterem-se competitivas?

Como as empresas podem minimizar os efeitos da crise e manterem-se competitivas? Como as empresas podem minimizar os efeitos da crise e manterem-se competitivas? Professor e consultor Álvaro Camargo explica a importância dos processos de aproveitamento de lições aprendidas nas organizações

Leia mais

Uma trufa e... 1000 lojas depois!

Uma trufa e... 1000 lojas depois! Uma trufa e... 1000 lojas depois! Autor: Alexandre Tadeu da Costa. Aluna: Lays Roberta Caçandro. Turma: 1º Ciências Contábeis. Venda Nova do Imigrante, Maio de 2012. Qual o principal assunto do livro.

Leia mais

Conheça a trajetória da empresa no Brasil através desta entrevista com o Vice- Presidente, Li Xiaotao.

Conheça a trajetória da empresa no Brasil através desta entrevista com o Vice- Presidente, Li Xiaotao. QUEM É A HUAWEI A Huawei atua no Brasil, desde 1999, através de parcerias estabelecidas com as principais operadoras de telefonia móvel e fixa no país e é líder no mercado de banda larga fixa e móvel.

Leia mais

Uma Experiência Empreendedora da Educação Cooperativa

Uma Experiência Empreendedora da Educação Cooperativa Uma Experiência Empreendedora da Educação Cooperativa Prá colher, temos que plantar, compadre, temos que pensar no futuro. José Dionízio Leite É TICA L IDERANÇA L IBERDADE O RGANIZAÇÃO S OLIDARIEDADE

Leia mais

ACS Assessoria de Comunicação Social

ACS Assessoria de Comunicação Social DISCURSO DO MINISTRO DA EDUCAÇÃO, HENRIQUE PAIM Brasília, 3 de fevereiro de 2014 Hoje é um dia muito especial para mim. É um dia marcante em uma trajetória dedicada à gestão pública ao longo de vários

Leia mais

Lean na agroindústria: a transformação da indústria de café torrado e moído no Grupo 2 Irmãos

Lean na agroindústria: a transformação da indústria de café torrado e moído no Grupo 2 Irmãos Lean na agroindústria: a transformação da indústria de café torrado e moído no Grupo 2 Irmãos Julio César Paneguini Corrêa A filosofia lean não mais se restringe às empresas de manufatura. Muitos setores

Leia mais

HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com

HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com HERÓIS SEM ROSTOS - A Saga do Imigrante para os EUA Autor: Dirma Fontanezzi - dirma28@hotmail.com TRECHO: A VOLTA POR CIMA Após me formar aos vinte e seis anos de idade em engenharia civil, e já com uma

Leia mais

WORLDSKILLS... PROMOVENDO A EXCELÊNCIA ENTRE AS OCUPAÇÕES. v1 2

WORLDSKILLS... PROMOVENDO A EXCELÊNCIA ENTRE AS OCUPAÇÕES. v1 2 WORLDSKILLS... PROMOVENDO A EXCELÊNCIA ENTRE AS OCUPAÇÕES v1 2 3 v2 CONTEÚDO MoVE international 3 Aprendizagem para a Vida 4 5 O Caminho para a identidade profissional 6 7 Líderes na preparação 8 9 Fortalecendo

Leia mais

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Palestrante: Pedro Quintanilha Freelapro Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Quem sou eu? Eu me tornei um freelancer

Leia mais

UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS

UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS www.empreende.com.br emp@empreende.com.br FAZENDO ACONTECER Programa de ensino de empreendedorismo inovador em nível mundial, desenvolvido

Leia mais

Turma de intercâmbio FAPPES na McGill University - Canadá

Turma de intercâmbio FAPPES na McGill University - Canadá Turma de intercâmbio FAPPES na McGill University - Canadá O Programa Futuro Executivo da FAPPES foi concebido para mudar sua vida Se você possui um perfil diferenciado e deseja estudar no exterior, esse

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é Alexandre da Silva França. Eu nasci em 17 do sete de 1958, no Rio de Janeiro. FORMAÇÃO Eu sou tecnólogo em processamento de dados. PRIMEIRO DIA

Leia mais

ações de cidadania ONG estimula o protagonismo de jovens para que eles atuem transformando a realidade de região castigada pela seca no Ceará

ações de cidadania ONG estimula o protagonismo de jovens para que eles atuem transformando a realidade de região castigada pela seca no Ceará ações de cidadania Onde o sol nasce ONG estimula o protagonismo de jovens para que eles atuem transformando a realidade de região castigada pela seca no Ceará O triste cenário já é um velho conhecido por

Leia mais

Escola Luiz César de Siqueira Melo

Escola Luiz César de Siqueira Melo Escola Luiz César de Siqueira Melo PROJETO: PRODUÇÃO DO AÇÚCAR ORGÂNICO NA JALLES MACHADO S.A Elaboração: Prof. Elias Alves de Souza I - APRESENTAÇÃO O cultivo de açúcar foi introduzido no Brasil em 1532

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

PROPOSTA COMERCIAL LINKS PATROCINADOS

PROPOSTA COMERCIAL LINKS PATROCINADOS PROPOSTA COMERCIAL LINKS PATROCINADOS O que você vai encontrar nesta proposta: Problemas comuns em empresas que usam Google Adwords A solução está mais perto do que imagina Por que a Dynamo é a empresa

Leia mais

Vida Universitária Maio 2007 Ano XVII Nº 172

Vida Universitária Maio 2007 Ano XVII Nº 172 Mercado exige velocidade na atualização profissional Trabalhadores precisam estar capacitados para solucionar problemas, ser criativos e flexíveis e gostar da sua atividade A competição pela colocação

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

MEMÓRIAS GEOGRÁFICAS À TONA:

MEMÓRIAS GEOGRÁFICAS À TONA: MEMÓRIAS GEOGRÁFICAS À TONA: Uma retomada da história do Curso de Geografia da UFU a partir de uma entrevista com a Profa. Dra. Suely Regina Del Grossi Revista OBSERVATORIUM: Qual (ais) a (s) razão (ões)

Leia mais

Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008

Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008 Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008 Seção: Entrevista Pág.: www.catho.com.br SABIN: A MELHOR EMPRESA DO BRASIL PARA MULHERES Viviane Macedo Uma empresa feita sob medida para mulheres. Assim

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DE APOIO À REALIZAÇÃO DE EVENTOS

RELATÓRIO TÉCNICO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DE APOIO À REALIZAÇÃO DE EVENTOS RELATÓRIO TÉCNICO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DE APOIO À REALIZAÇÃO DE EVENTOS Intituição: Embrapa Cerrados / Centro de Pesquisa Agropecuária do Projeto: IV Reunião Técnica de Pesquisas em Maracujazeiro Responsável:

Leia mais

Análise dos dados da Pesquisa de Clima Relatório

Análise dos dados da Pesquisa de Clima Relatório Recursos Humanos Coordenação de Gestão de Pessoas Pesquisa de Clima Análise dos dados da Pesquisa de Clima Relatório Introdução No dia 04 de Agosto de 2011, durante a reunião de Planejamento, todos os

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 Even e Junior Achievement de Minas Gerais UMA PARCERIA DE SUCESSO 1 SUMÁRIO Resultados Conquistados... 3 Resultados do Projeto... 4 Programa Finanças Pessoais... 5 Conceitos

Leia mais

PARA SEMPRE CERTIFICAÇÃO FLORESTAL FSC. Carmen Figueiredo

PARA SEMPRE CERTIFICAÇÃO FLORESTAL FSC. Carmen Figueiredo PARA SEMPRE CERTIFICAÇÃO FLORESTAL FSC Carmen Figueiredo PARA SEMPRE CERTIFICAÇÃO FLORESTAL FSC 1ª edição 2005 Realização Apoio CRÉDITOS Produção Ethnos estratégias socio ambientais - ethnosconsultoria@uol.com.br

Leia mais

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PROPOSTA DE AÇÃO Criar um fórum permanente onde representantes dos vários segmentos do poder público e da sociedade civil atuem juntos em busca de uma educação

Leia mais

Curso de Formação Pedagógica para Docentes da FEI. Coordenação Prof. Dr. Marcos T. Masetto

Curso de Formação Pedagógica para Docentes da FEI. Coordenação Prof. Dr. Marcos T. Masetto Curso de Formação Pedagógica para Docentes da FEI Coordenação Prof. Dr. Marcos T. Masetto 1 Curso de Formação Pedagógica para Docentes da FEI Professor Doutor Marcos T. Masetto Objetivos Desenvolver competências

Leia mais

Pesquisa com Professores de Escolas e com Alunos da Graduação em Matemática

Pesquisa com Professores de Escolas e com Alunos da Graduação em Matemática Pesquisa com Professores de Escolas e com Alunos da Graduação em Matemática Rene Baltazar Introdução Serão abordados, neste trabalho, significados e características de Professor Pesquisador e as conseqüências,

Leia mais

Entrevista da Professora Rosa Trombetta à rádio Jovem Pan.

Entrevista da Professora Rosa Trombetta à rádio Jovem Pan. Entrevista da Professora Rosa Trombetta à rádio Jovem Pan. A Professora Rosa Trombetta, Coordenadora de Cursos da FIPECAFI aborda o assunto elearning para os ouvintes da Jovem Pan Online. Você sabe o que

Leia mais

FORMAÇÃO PLENA PARA OS PROFESSORES

FORMAÇÃO PLENA PARA OS PROFESSORES Fundação Carlos Chagas Difusão de Idéias dezembro/2006 página 1 FORMAÇÃO PLENA PARA OS PROFESSORES Bernardete Gatti: o país enfrenta uma grande crise na formação de seus professores em especial, de alfabetizadores.

Leia mais

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões 8 Passos para o Recrutamento Eficaz Por Tiago Simões Uma das coisas que aprendi na indústria de marketing de rede é que se você não tem um sistema de trabalho que comprovadamente funcione, muito provavelmente

Leia mais

Jairo Martins da Silva. FOTOs: divulgação

Jairo Martins da Silva. FOTOs: divulgação Jairo Martins da Silva FOTOs: divulgação E N T R E V I S T A Disseminando qualidade e cultura Superintendente-geral da Fundação Nacional da Qualidade, Jairo Martins da Silva fala sobre o desafio da qualidade

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

O IMPACTO DO ENSINO DE EMPREENDEDORISMO NA GRADUAÇÃO DE ENGENHARIA : RESULTADOS E PERSPECTIVAS.

O IMPACTO DO ENSINO DE EMPREENDEDORISMO NA GRADUAÇÃO DE ENGENHARIA : RESULTADOS E PERSPECTIVAS. O IMPACTO DO ENSINO DE EMPREENDEDORISMO NA GRADUAÇÃO DE ENGENHARIA : RESULTADOS E PERSPECTIVAS. Fernando Toledo Ferraz - ferraz@cybernet.com.br Departamento de Engenharia de Produção Myriam Eugênia R.

Leia mais

DA INCUBAÇÃO À ACELERAÇÃO DE NEGÓCIOS: NOVAS ROTAS DE DESENVOLVIMENTO

DA INCUBAÇÃO À ACELERAÇÃO DE NEGÓCIOS: NOVAS ROTAS DE DESENVOLVIMENTO 1 DA INCUBAÇÃO À ACELERAÇÃO DE NEGÓCIOS: NOVAS ROTAS DE DESENVOLVIMENTO Cesar Simões Salim Professor e Autor de livros de empreendedorismo cesar.salim@gmail.com Visite meu blog: http://colecaoempreendedorismo.blogspot.com/

Leia mais

A Suzano e o Fomento na Bahia

A Suzano e o Fomento na Bahia A Suzano e o Fomento na Bahia Como é a atuação da Suzano na região? Fundada há 85 anos, a Suzano começou a produzir papel em 1940 e celulose em 1950 sempre abastecendo o mercado brasileiro e os de diversos

Leia mais

Campus Cabo Frio. Projeto: Incubadora de Empresas criação de emprego e renda.

Campus Cabo Frio. Projeto: Incubadora de Empresas criação de emprego e renda. Campus Cabo Frio Trabalho de Microeconomia Prof.: Marco Antônio T 316 / ADM Grupo: Luiz Carlos Mattos de Azevedo - 032270070 Arildo Júnior - 032270186 Angélica Maurício - 032270410 Elias Sawan - 032270194

Leia mais

DESENVOLVIMENTO E SUCESSO

DESENVOLVIMENTO E SUCESSO DESENVOLVIMENTO E SUCESSO Janeiro de 2014 número 1 DISBEME COMEMORA UM ANO DO SEU PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Neste mês, a Disbeme Distribuidora de Tanhaçú/BA, comemorou um ano do lançamento do seu planejamento

Leia mais

PLANO DE GOVERNO 2015-2018 EXPEDITO JÚNIOR....o futuro pode ser melhorado por uma intervenção ativa no presente. Russel Ackoff

PLANO DE GOVERNO 2015-2018 EXPEDITO JÚNIOR....o futuro pode ser melhorado por uma intervenção ativa no presente. Russel Ackoff PLANO DE GOVERNO 2015-2018 EXPEDITO JÚNIOR...o futuro pode ser melhorado por uma intervenção ativa no presente. Russel Ackoff Julho/2014 0 APRESENTAÇÃO Se fôssemos traduzir o Plano de Governo 2015-2018

Leia mais

NOTÍCIAS. Parque da Cidade é o escolhido para grandes eventos em Natal. V.4 - N.4 - Setembro de 2015

NOTÍCIAS. Parque da Cidade é o escolhido para grandes eventos em Natal. V.4 - N.4 - Setembro de 2015 V.4 - N.4 - Setembro de 2015 Vilma Lúcia da Silva 05 Assessora de Comunicação do Parque da Cidade Parque da Cidade é o escolhido para grandes eventos em Natal Só no mês de setembro o Parque da Cidade recebeu

Leia mais

Título do Case: O papel do Movimento Empresa Júnior na formação de empreendedores que transformam a vida das pessoas Categoria: EJ Empreendedora

Título do Case: O papel do Movimento Empresa Júnior na formação de empreendedores que transformam a vida das pessoas Categoria: EJ Empreendedora Título do Case: O papel do Movimento Empresa Júnior na formação de empreendedores que transformam a vida das pessoas Categoria: EJ Empreendedora Resumo: O Movimento Empresa Júnior (MEJ) brasileiro há mais

Leia mais

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio CBA Comércio Internacional Comércio Internacional A intensidade das relações comerciais e produtivas das empresas no atual contexto econômico tem exigido das empresas um melhor entendimento da complexidade

Leia mais

Cliocar Acessórios: A construção de um negócio. A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso.

Cliocar Acessórios: A construção de um negócio. A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso. Cliocar Acessórios: A construção de um negócio A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso. 2 Conteúdo Resumo executivo... 2 Conhecendo o mercado... 2 Loja

Leia mais

Perfil do egresso dos cursos de computação da UFS no mercado de trabalho

Perfil do egresso dos cursos de computação da UFS no mercado de trabalho Perfil do egresso dos cursos de computação da UFS no mercado de trabalho SEMINFO/UFS/ITA 2012 Leonardo Nogueira Matos Outubro de 2012 Leonardo Nogueira Matos (DCOMP/UFS) Perfil do egresso dos cursos de

Leia mais

Se você acredita que as escolas são o único e provável destino dos profissionais formados em Pedagogia, então, está na hora de abrir os olhos

Se você acredita que as escolas são o único e provável destino dos profissionais formados em Pedagogia, então, está na hora de abrir os olhos Se você acredita que as escolas são o único e provável destino dos profissionais formados em Pedagogia, então, está na hora de abrir os olhos O pedagogo David Bomfin, 50 anos, deixou, há algum tempo, de

Leia mais

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br Realização e Organização www.vamaislonge.com.br Quem somos... Leonardo Alvarenga, tenho 23 anos, sou criador do Não Tenho Ideia e do #VáMaisLonge. Sou formado em Educação Física mas larguei tudo logo após

Leia mais

Suzano: atualização e mais qualidade de informações com SAP Business Suite powered by HANA

Suzano: atualização e mais qualidade de informações com SAP Business Suite powered by HANA Suzano: atualização e mais qualidade de informações com SAP Business Suite powered by HANA Geral Executiva Nome da Suzano Papel e Celulose Indústria Papel e celulose Produtos e Serviços Celulose de eucalipto,

Leia mais

Associação Lar do Neném

Associação Lar do Neném Criança Esperança 80 Associação Lar do Neném Recife-PE Marília Lordsleem de Mendonça Abraço solidário Todas as crianças são de todos : esse é o lema do Lar do Neném, uma instituição criada há 26 anos em

Leia mais

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade O caminho para o sucesso Promovendo o desenvolvimento para além da universidade Visão geral Há mais de 40 anos, a Unigranrio investe em ensino diferenciado no Brasil para cumprir com seu principal objetivo

Leia mais

Padrão exclusivo para sua empresa. nsanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar

Padrão exclusivo para sua empresa. nsanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar especial gestão Padrão exclusivo para sua empresa nsanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes. A frase consagrada de Albert Einstein não poderia ser mais clara: quer

Leia mais

agricultura familiar

agricultura familiar saúde A importância da agricultura familiar na merenda escolar Iniciativas em Santa Rosa do Viterbo são exemplos de sucesso Por Danielle Lautenschlaeger Inúmeras famílias brasileiras ainda obtêm sua renda

Leia mais

A INFLUÊNCIA DO SALÁRIO NA ESCOLHA DA PROFISSÃO Professor Romulo Bolivar. www.proenem.com.br

A INFLUÊNCIA DO SALÁRIO NA ESCOLHA DA PROFISSÃO Professor Romulo Bolivar. www.proenem.com.br A INFLUÊNCIA DO SALÁRIO NA ESCOLHA DA PROFISSÃO Professor Romulo Bolivar www.proenem.com.br INSTRUÇÃO A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao longo

Leia mais

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os melhores resultados. 2 ÍNDICE SOBRE O SIENGE INTRODUÇÃO 01

Leia mais

Uso da biotecnologia garante US$ 3,6 bilhões à agricultura brasileira, aponta novo estudo da ABRASEM

Uso da biotecnologia garante US$ 3,6 bilhões à agricultura brasileira, aponta novo estudo da ABRASEM Uso da biotecnologia garante US$ 3,6 bilhões à agricultura brasileira, aponta novo estudo da ABRASEM Resultados incluem primeiro ano de cultivo de milho geneticamente modificado, além das já tradicionais

Leia mais

MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL

MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL Lembro-me que haviam me convocado para uma entrevista de trabalho no NOVOTEL. Lembro-me de estar ansioso e ter passado a noite anterior preparando a minha entrevista. Como iria

Leia mais

CBA. Certification in Business Administration

CBA. Certification in Business Administration CBA Pós - Graduação QUEM SOMOS PARA PESSOAS QUE TÊM COMO OBJETIVO DE VIDA ATUAR LOCAL E GLOBALMENTE, SEREM EMPREENDEDORAS, CONECTADAS E BEM POSICIONADAS NO MERCADO, PROPORCIONAMOS UMA FORMAÇÃO DE EXCELÊNCIA

Leia mais

VOCÊ SABE DO QUE É FEITO NOSSO SUCESSO?

VOCÊ SABE DO QUE É FEITO NOSSO SUCESSO? MBA... VOCÊ SABE DO QUE É FEITO NOSSO SUCESSO? PÓS-GRADUAÇÃO MBA - LL.M. - MASTER - PÓS-GRADUAÇÃO ENTRE OS 5 MELHORES DESTINOS PARA CURSAR MBA, SEGUNDO A Marketing Direito Gestão Esportiva Finanças e Controladoria

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ. Proposta de Parceria. Piracicaba SP

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ. Proposta de Parceria. Piracicaba SP UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ Proposta de Parceria Piracicaba SP Esalq Jr. Consultoria A ESALQ Jr. Consultoria é uma associação formada e gerida por alunos da

Leia mais

Empresas descobrem a importância da educação no trabalho e abrem as portas para pedagogos

Empresas descobrem a importância da educação no trabalho e abrem as portas para pedagogos Empresas descobrem a importância da educação no trabalho e abrem as portas para pedagogos Já passou a época em que o pedagogo ocupava-se somente da educação infantil. A pedagogia hoje dispõe de uma vasta

Leia mais

Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe!

Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe! Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe! *MELHOR MÃE DO MUNDO Coaching para Mães Disponíveis, www.emotionalcoaching.pt 1 Nota da Autora Olá, Coaching

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID): UMA AVALIAÇÃO DA ESCOLA SOBRE SUAS CONTRIBUIÇÕES

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID): UMA AVALIAÇÃO DA ESCOLA SOBRE SUAS CONTRIBUIÇÕES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID): UMA AVALIAÇÃO DA ESCOLA SOBRE SUAS CONTRIBUIÇÕES Silva.A.A.S. Acadêmica do curso de Pedagogia (UVA), Bolsista do PIBID. Resumo: O trabalho

Leia mais

Não é o outro que nos

Não é o outro que nos 16º Plano de aula 1-Citação as semana: Não é o outro que nos decepciona, nós que nos decepcionamos por esperar alguma coisa do outro. 2-Meditação da semana: Floresta 3-História da semana: O piquenique

Leia mais

"O MEC não pretende abraçar todo o sistema"

O MEC não pretende abraçar todo o sistema "O MEC não pretende abraçar todo o sistema" Data: 30/11/2008 Veículo: O Globo Editoria: Boa Chance Ministro diz que governo não vai regular MBAs e que empresas já mantêm certo controle sobre a qualidade

Leia mais

Intercâmbio tem relatos de boas experiências e muita superação

Intercâmbio tem relatos de boas experiências e muita superação Intercâmbio tem relatos de boas experiências e muita superação Professora Áurea Santos, com o grupo de estudantes do Instituto Federal do Piauí pioneiro no intercâmbio com Espanha e a Portugal: A experiência

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

Proposta de Candidatura Diretoria da Presidência Agrobio Consultoria Júnior Gestão 2013. Isabella Assunção Cerqueira Procópio

Proposta de Candidatura Diretoria da Presidência Agrobio Consultoria Júnior Gestão 2013. Isabella Assunção Cerqueira Procópio Proposta de Candidatura Diretoria da Presidência Agrobio Consultoria Júnior Gestão 2013 Isabella Assunção Cerqueira Procópio Janeiro de 2013 1 Sumário 1. Dados Básicos de Identificação...3 2. Histórico

Leia mais

Seis dicas para você ser mais feliz

Seis dicas para você ser mais feliz Seis dicas para você ser mais feliz Desenvolva a sua Espiritualidade A parte espiritual é de fundamental importância para o equilíbrio espiritual, emocional e físico do ser humano. Estar em contato com

Leia mais

USANDO A REDE SOCIAL (FACEBOOK) COMO FERRAMENTA DE APRENDIZAGEM

USANDO A REDE SOCIAL (FACEBOOK) COMO FERRAMENTA DE APRENDIZAGEM Introdução USANDO A REDE SOCIAL (FACEBOOK) COMO FERRAMENTA DE APRENDIZAGEM Paula Priscila Gomes do Nascimento Pina EEEFM José Soares de Carvalho EEEFM Agenor Clemente dos Santos paulapgnascimento@yahoo.com.br

Leia mais

PERSONAL SHOPPER MARY KAY

PERSONAL SHOPPER MARY KAY PERSONAL SHOPPER MARY KAY O QUE É? Personal shopping é uma ocupação, na qual se ajuda alguém a fazer suas compras, dando conselhos e fazendo sugestões para os clientes. A personal shopper vai dar ao cliente

Leia mais

Produção de grãos na Bahia cresce 14,64%, apesar dos severos efeitos da seca no Estado

Produção de grãos na Bahia cresce 14,64%, apesar dos severos efeitos da seca no Estado AGROSSÍNTESE Produção de grãos na Bahia cresce 14,64%, apesar dos severos efeitos da seca no Estado Edilson de Oliveira Santos 1 1 Mestre em Economia, Gestor Governamental da SEAGRI; e-mail: edilsonsantos@seagri.ba.gov.br

Leia mais

Pequenas e Médias Empresas no Canadá. Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios

Pequenas e Médias Empresas no Canadá. Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios Pequenas e Médias Empresas no Canadá Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios De acordo com a nomenclatura usada pelo Ministério da Indústria do Canadá, o porte

Leia mais

introdução Trecho final da Carta da Terra 1. O projeto contou com a colaboração da Rede Nossa São Paulo e Instituto de Fomento à Tecnologia do

introdução Trecho final da Carta da Terra 1. O projeto contou com a colaboração da Rede Nossa São Paulo e Instituto de Fomento à Tecnologia do sumário Introdução 9 Educação e sustentabilidade 12 Afinal, o que é sustentabilidade? 13 Práticas educativas 28 Conexões culturais e saberes populares 36 Almanaque 39 Diálogos com o território 42 Conhecimentos

Leia mais

ATENDIMENTO 3D O diferencial para o sucesso em vendas

ATENDIMENTO 3D O diferencial para o sucesso em vendas Perfil... Atuando há 20 anos em vendas Jean Oliveira já viveu na pele cada experiência que essa profissão promove, é especialista com MBA em Estratégias de Negócios e graduado em Tecnologia de Processamento

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS 3º trimestre 2012

PLANO DE ESTUDOS 3º trimestre 2012 PLANO DE ESTUDOS 3º trimestre 2012 ano: 9º disciplina: geografia professor: Meus caros (as) alunos (as): Durante o 2º trimestre, você estudou as principais características das cidades globais e das megacidades

Leia mais

Esterofoto Geoengenharia SA. Álvaro Pombo. Administrtador. (www.estereofoto.pt)

Esterofoto Geoengenharia SA. Álvaro Pombo. Administrtador. (www.estereofoto.pt) Esterofoto Geoengenharia SA Álvaro Pombo Administrtador (www.estereofoto.pt) Q. Conte-nos um pouco da historia da empresa, que já tem mais de 30 anos. R. A Esterofoto é uma empresa de raiz, a base da empresa

Leia mais

Entrevista Noemi Rodrigues (Associação dos Pescadores de Guaíba) e Mário Norberto, pescador. Por que de ter uma associação específica de pescadores?

Entrevista Noemi Rodrigues (Associação dos Pescadores de Guaíba) e Mário Norberto, pescador. Por que de ter uma associação específica de pescadores? Entrevista Noemi Rodrigues (Associação dos Pescadores de Guaíba) e Mário Norberto, pescador. Por que de ter uma associação específica de pescadores? Noemi: É a velha história, uma andorinha não faz verão,

Leia mais

Teste sua empregabilidade

Teste sua empregabilidade Teste sua empregabilidade 1) Você tem noção absoluta do seu diferencial de competência para facilitar sua contratação por uma empresa? a) Não, definitivamente me vejo como um título de cargo (contador,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 49 Discurso no encontro com grupo

Leia mais

PESQUISA DE CABELEIREIRA/TÉCNICO DE ESTÉTICA:

PESQUISA DE CABELEIREIRA/TÉCNICO DE ESTÉTICA: Fundo Perpétuo de Educação PESQUISA DE CABELEIREIRA/TÉCNICO DE ESTÉTICA: Os depoimentos, ensinamentos e metas dos participantes mais bem sucedidos. A escolha da escola fez a diferença na sua colocação

Leia mais

Ensinar ciências fazendo ciência com professores e alunos da educação básica

Ensinar ciências fazendo ciência com professores e alunos da educação básica Ensinar ciências fazendo ciência com professores e alunos da educação básica Pavão, Antonio, C.¹, Rocha, Claudiane, F..S.², Silva, Ana, P.³ Espaço Ciência - www.espacociencia.pe.gov.br pavao@ufpe.br¹,

Leia mais

CNS - ISERJ: RETRATOS DA RESISTÊNCIA DISCENTE. Palavras-chave: Curso Normal Superior (CNS), perfil, pretensões e motivações.

CNS - ISERJ: RETRATOS DA RESISTÊNCIA DISCENTE. Palavras-chave: Curso Normal Superior (CNS), perfil, pretensões e motivações. 24 CNS - ISERJ: RETRATOS DA RESISTÊNCIA DISCENTE Profª Ms Angela Maria Venturini Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro/ISERJ RESUMO O Curso Normal Superior (CNS) do Instituto Superior de Educação

Leia mais

HISTÓRIAREAL. Como o Rodrigo passou do estresse total para uma vida mais balanceada. Rodrigo Pinto. Microsoft

HISTÓRIAREAL. Como o Rodrigo passou do estresse total para uma vida mais balanceada. Rodrigo Pinto. Microsoft HISTÓRIAREAL Rodrigo Pinto Microsoft Como o Rodrigo passou do estresse total para uma vida mais balanceada Com a enorme quantidade de informação, o funcionário perde o controle do que é prioritário para

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 37 Discurso na cerimónia de retomada

Leia mais

UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL REGIONAL RIO GRANDE DOS SUL GRUPO ESCOTEIRO SANTA CRUZ 181/RS RELATÓRIO. Levando Alegria aos moradores da ASAN

UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL REGIONAL RIO GRANDE DOS SUL GRUPO ESCOTEIRO SANTA CRUZ 181/RS RELATÓRIO. Levando Alegria aos moradores da ASAN UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL REGIONAL RIO GRANDE DOS SUL GRUPO ESCOTEIRO SANTA CRUZ 181/RS RELATÓRIO Levando Alegria aos moradores da ASAN Período fevereiro/2013 a julho/2013 Relatório do Projeto desenvolvido

Leia mais

Como transformar a sua empresa numa organização que aprende

Como transformar a sua empresa numa organização que aprende Como transformar a sua empresa numa organização que aprende É muito interessante quando se fala hoje com profissionais de Recursos Humanos sobre organizações que aprendem. Todos querem trabalhar em organizações

Leia mais

A modalidade de ensino que cresce a passos largos no Brasil, ainda provoca desconfiança em muita gente. VOCÊ ESTUDARIA A DISTÂNCIA?

A modalidade de ensino que cresce a passos largos no Brasil, ainda provoca desconfiança em muita gente. VOCÊ ESTUDARIA A DISTÂNCIA? O formato é bem antigo, mas ele voltou a ganhar notoriedade na década de 90, com o avanço da tecnologia e, principalmente, devido ao alcance da internet pela população. Ainda assim, ele está longe de ser

Leia mais

Encontro de Estudantes. Como Planejar sua carreira??!! Daniel Coêlho

Encontro de Estudantes. Como Planejar sua carreira??!! Daniel Coêlho Encontro de Estudantes Como Planejar sua carreira??!! Daniel Coêlho CURRÍCULO Universidade de Fortaleza Unifor: 2000 a 2004; Estagiário da Marpe Contadores: 2000 a 2003; Sócio Diretor da Giro s Contabilidade

Leia mais

Diversidade e Inclusão na Escola: Necessidades Especiais

Diversidade e Inclusão na Escola: Necessidades Especiais Diversidade e Inclusão na Escola: Necessidades Especiais Ex ore parvulorum veritas A A verdade sai da boca das crianças as. Ditado Latino Inclusão a qualquer custo? Má Inclusão Inferiorização + Aprendizado

Leia mais

Apesar de colocar-se no campo das Engenharias, profissional destaca-se, também, pelo aprimoramento das relações pessoais

Apesar de colocar-se no campo das Engenharias, profissional destaca-se, também, pelo aprimoramento das relações pessoais Lustre sem graxa Engenharia de Produção Apesar de colocar-se no campo das Engenharias, profissional destaca-se, também, pelo aprimoramento das relações pessoais Falo sempre com a minha família que não

Leia mais

RELATÓRIO DE INTERCÂMBIO CRInt ECA. Dados do Intercâmbio

RELATÓRIO DE INTERCÂMBIO CRInt ECA. Dados do Intercâmbio RELATÓRIO DE INTERCÂMBIO CRInt ECA Nome: Juliana Malacarne de Pinho No. USP 7166759 Curso ECA: Jornalismo Dados do Intercâmbio Universidade: Universidade NOVA de Lisboa Curso: Comunicação Social Período:

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais