O lugar certo para todos os acontecimentos da sua empresa

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O lugar certo para todos os acontecimentos da sua empresa"

Transcrição

1 DANIEL MALHÃO O lugar certo para todos os acontecimentos da sua empresa PROPOSTA GERAL DE ESPAÇ OS

2 Índice CCB [CIDADE ABERTA] introdução Grande Auditório Pequeno Auditório Sala Luís de Freitas Branco Sala Almada Negreiros Sala Sophia de Mello Breyner Sala Fernando Pessoa Sala Maria Helena Vieira da Silva Sala Amália Rodrigues Sala Eugénio de Andrade Sala Glicínia Quartin Sala Amadeo de Souza-Cardoso Sala Daciano da Costa Sala Cottinelli Telmo Sala Carlos Paredes Sala Vianna da Mota Sala Vitorino Nemésio (Sala de Banquetes) Restaurante Commenda Garagem-Sul Outras Informações Mastros das Bandeiras Condições Gerais de Utilização Contactos

3 O Centro Cultural de Belém, da autoria dos arquitectos Vittorio Gregotti e Manuel Salgado, foi concebido como uma cidade aberta, formado por edifícios, ruas, praças e pontes. Em diálogo com o rio Tejo e com a monumental Praça do Império, ladeada pelo Mosteiro dos Jerónimos e por extensos jardins, celebra a cultura, abrindo a sua intensa programação a todas as formas de manifestação cultural. Mas este Centro Cultural de referência nacional e internacional, esta microcidade de monumentalidade contemporânea, é também o espaço ideal, em Lisboa, para a realização de congressos, de conferências e de todo o tipo de acontecimentos institucionais e empresariais. Com efeito, um dos três módulos que o constituem, o Centro de Reuniões, que configura a fachada da Praça do Império, com vista para o Mosteiro dos Jerónimos e o rio Tejo, foi concebido especialmente para esse uso. Aqui poderá encontrar uma descrição ilustrada dos dois auditórios, das 13 salas, dos restaurantes, bares, terraços, praças e jardins de que poderá dispor. Apresentamos, ainda, a equipa do CCB, especializada em organização e gestão de eventos, que poderá conceber, organizar e produzir todos os acontecimentos da sua empresa. 3

4 Grande Auditório O Grande Auditório é um espaço de referência nacional e a maior sala de que o Centro Cultural de Belém dispõe. Preparado para acolher produções artísticas e espectáculos de grande exigência técnica, está também equipado para a realização de grandes eventos, como congressos e conferências, funcionando como uma grande sala plenária. Tem acesso a dois foyers que podem ser utilizados como espaços expositivos ou de catering; o foyer do piso 2 dá acesso a um terraço virado para o rio Tejo. O Grande Auditório pode ainda articular-se com o Pequeno Auditório e as restantes salas do CCB para acolher grandes congressos, com várias sessões a decorrer em simultâneo. Á REA 1700 m 2 DIMENSÃO DO PALCO LARGURA X ALTURA X PROFUNDIDADE BOCA DE CENA ALTURA X LARGURA 29 m x 25 x 28 m 9,33 m x 16,95 m SALA COMPLETA PRIMEIR A E SEGUNDA PLATEIAS LATERAIS ÍMPAR E PAR TRIBUNAS ÍMPAR E PAR 1459 lugares 931 lugares 24 lugares 40 lugares CAMAROTES CENTRAIS 6 LUGARES CADA 54 lugares CAMAROTES LATERAIS ÍMPAR E PAR 4 LUGARES CADA 72 lugares PRIMEIRO BALCÃO BALCÕES LATERAIS ÍMPAR E PAR SEGUNDO BALCÃO GALERIAS ÍMPAR E PAR 83 lugares 64 lugares 91 lugares 100 lugares DANIEL MALHÃO FOYER DE ENTRADA DO PISO 0 COM RECEPÇÃO BENGALEIRO BARES FOYER DO PISO 1 COM 360 m 2 DE ÁREA FOYER DO PISO 2 COM 460 m 2 DE ÁREA 5.000,00 (+ I.V.A.) 4

5 Pequeno Auditório O Pequeno Auditório é a segunda maior sala do Centro Cultural de Belém. Utilizado como sala de espectáculos e, frequentemente, para congressos, conferências, debates ou seminários, serve também como complemento ao Grande Auditório em grandes eventos. Dispõe de vários corredores circundantes e, em exclusivo, de um terraço com jardim, com vista para o rio Tejo e o Padrão dos Descobrimentos, possibilitando, assim, a realização de serviços de catering ou de exposições complementares ao evento que decorre na sala. Á REA 600 m 2 DIMENSÃO DO PALCO LARGURA X ALTURA X PROFUNDIDADE BOCA DE CENA ALTURA X LARGURA 13 m x 7,10 x 10,50 m 10,70 m x 5,60 m PLATEIA LATERAIS 272 lugares 76 lugares FOYER DE ENTRADA RECEPÇÃO BENGALEIRO BAR C ORREDORES LATERAIS DO PISO 0, COM 270 m 2 DE ÁREA C ORREDORES LATERAIS NO PISO 1 COM 260 m 2 DE ÁREA TERRAÇ O DO PISO 1 COM 531 m 2 DE ÁREA 2.600,00 (+ I.V.A.) POSSIBILIDADE DE AUMENTAR A LOTAÇÃO ATÉ 400 LUGARES DANIEL MALHÃO 5

6 Sala Luís de Freitas Branco Esta sala extraordinária situa-se no piso 1, junto da recepção do Centro de Reuniões do Centro Cultural de Belém, e é uma sala de média dimensão. A sua arquitectura e localização fazem dela um dos espaços de referência do CCB. Por sua vez, as suas características e os seus equipamentos permitem uma grande diversidade de eventos. Tem ainda o apoio de três salas, régie e nove cabines de tradução simultânea. Conta com várias áreas adjacentes, sendo antecedida por um foyer de 276 m 2, onde também se localiza a Sala Eugénio de Andrade, o que permite uma utilização conjunta em caso de necessidade. O foyer é ideal para pequenas exposições e/ou catering. Á REA 253 m 2 ZONA CENTRAL RESTANTES ZONAS 7,50 m 2,81 m LAYOUT PLATEIA LAYOUT ESCOLA LAYOUT PALMATÓRIA U 200 lugares 100 lugares 150 lugares 28 lugares 60 lugares DISPÕE DE TRÊS SALAS DE APOIO COM 40 m 2, 39 m 2 E 34,50 m 2 FOYER DE ENTRADA COM 276 m 2 DE ÁREA E DE 2,81m A 7,96 m JARDIM CONTÍGUO, COM LAGO BL ACKOUT 9 CABINES DE TRADUÇÃO SIMULTÂNEA PARA 11 LÍNGUAS DANIEL MALHÃO 1.600,00 (+ I.V.A.) CONJUNTO SALAS DE APOIO 400,00 (+ I.V.A.) FOYER (EXPOSIÇÃO) 1.200,00 (+ I.V.A.) 6

7 Sala Almada Negreiros Situa-se no piso 2 do Centro de Reuniões do Centro Cultural de Belém e é uma sala de média dimensão. Está equipada com nove cabines de tradução simultânea, sala de apoio e todo o equipamento audiovisual necessário para que as reuniões se tornem um sucesso. É uma sala formal devido ao seu tipo de decoração, nomeadamente as suas cadeiras em pele, muito confortáveis, da autoria do designer Daciano da Costa. Possui um corredor frontal que é utilizado para apoio aos coffee breaks e/ou para exposições técnicas. Á REA 247 m 2 2,81 m 3,50 m LAYOUT PLATEIA LAYOUT ESCOLA LAYOUT PALMATÓRIA U 250 lugares 120 lugares 200 lugares 76 lugares 70 lugares SALA DE APOIO ESPAÇ O ADJACENTE IDEAL PARA EXPOSIÇÃO E/OU CATERING BL ACKOUT 9 CABINES DE TRADUÇÃO SIMULTÂNEA PARA 11 LÍNGUAS 1.400,00 (+ I.V.A.) CORREDOR (EXPOSIÇÃO) 660,00 (+ I.V.A.) DANIEL MALHÃO 7

8 Sala Sophia de Mello Breyner Situa-se no piso 2 do Centro de Reuniões do Centro Cultural de Belém e integra um conjunto de salas de média dimensão. Esta magnífica sala tem vista para a Praça do Império, dispõe de equipamento audiovisual e de nove cabines de tradução simultânea. A sala de apoio tem também acesso para pessoas com dificuldades de locomoção. Dispõe ainda de um foyer com cerca de 200 m 2, muito utilizado para catering lazer e ou para exposições técnicas. Neste foyer, existem quatro salas de menores dimensões, adequadas a eventos com breakout rooms. Á REA 205 m 2 2,81 m 3,74 m LAYOUT PLATEIA LAYOUT ESCOLA LAYOUT PALMATÓRIA U 220 lugares 110 lugares 150 lugares 60 lugares 54 lugares SALA DE APOIO ASSOCIADO A FOYER COM 200 m 2 DE ÁREA BL ACKOUT 9 CABINES DE TRADUÇÃO SIMULTÂNEA PARA 11 LÍNGUAS 1.300,00 (+ I.V.A.) FOYER 1.200,00 (+ I.V.A.) 8

9 Sala Fernando Pessoa Situa-se no piso 2 do Centro de Reuniões do Centro Cultural de Belém. A sua versatilidade permite a realização de reuniões, conferências, assinatura de protocolos, apresentações de produtos e exposições. Permite também a organização de almoços, jantares e cocktails, uma vez que está equipada com uma copa contígua. Tem o apoio de um gabinete de trabalho e, devido à proximidade da Sala Glicínia Quartin e dos corredores anexos, possibilita várias soluções adequadas. Á REA 185 m 2 2,77 m 3,47 m LAYOUT PLATEIA LAYOUT ESCOLA LAYOUT PALMATÓRIA U COCKTAIL ALMOÇ O JANTAR SEM BUFFET ALMOÇ O JANTAR COM BUFFET 130 lugares 60 lugares 80 lugares 50 lugares 45 lugares 200 pessoas 150 lugares 120 lugares ANTECÂMAR A, SALA DE APOIO E COPA, BL ACKOUT 1.500,00 (+ I.V.A.) UTILIZ AÇÃO DA SALA FERNANDO PESSOA PA R A ALMOÇ OS / JANTARES / COCK TAILS* COCKTAILS / 200 PAX BANQUETING C/ BUFFET / 12 X 10 PAX BANQUETING S/ BUFFET / 15 X 10 PAX 500,00 (+ I.V.A.) CATERING SEM / OUTROS ESPAÇ OS COCKTAIL / 200 PAX BANQUETING C/ BUFFET / 12 X 10 PAX BANQUETING S/ BUFFET / 15 X 10 PAX 700,00 (+ I.V.A.) * no âmbito de um evento 9

10 Sala Maria Helena Vieira da Silva Situa-se no piso 2 do Centro de Reuniões do Centro Cultural de Belém e faz parte de um conjunto de cinco salas de menores dimensões, com uma capacidade-limite de 100 pessoas (plateia). Poderá ser utilizada para reuniões, acções de formação e apresentações de produtos. Tem a possibilidade de se articular com os espaços envolventes, nomeadamente o foyer, que poderá dar apoio aos coffee breaks ou a outras soluções de catering, bem como a exposições. As salas Amadeo de Souza-Cardoso, Cottinelli Telmo, Vianna da Mota e Daciano da Costa poderão ser utilizadas como breakouts. Á REA 105 m 2 2,81 m LAYOUT PLATEIA LAYOUT ESCOLA LAYOUT PALMATÓRIA U 100 lugares 50 lugares 80 lugares 50 lugares 45 lugares FOYER DE ENTRADA COM 200 m 2 DE ÁREA BL ACKOUT 550,00 (+ I.V.A.) 10

11 Sala Amália Rodrigues Situa-se no piso 2. É uma sala com muita luz e com acesso a um terraço com vista para o rio Tejo, onde poderão decorrer coffee breaks. Pode ser usada para eventos de menores dimensões, com uma capacidade máxima de 100 pessoas (em plateia), como reuniões, acções de formação ou apresentações de produtos. Poderá articular-se a utilização desta sala com a Sala Carlos Paredes, que tem uma capacidade-limite de 30 pessoas (plateia) e lhe é contígua. Á REA 96 m 2 2,81 m LAYOUT PLATEIA LAYOUT ESCOLA LAYOUT PALMATÓRIA U 100 lugares 45 lugares 80 lugares 40 lugares 35 lugares BL ACKOUT 550,00 (+ I.V.A.) 11

12 Sala Eugénio de Andrade Situa-se no piso 1 do Centro de Reuniões do Centro Cultural de Belém, no foyer Luís de Freitas Branco. Poderá ser utilizada como Sala VIP, de reuniões, acções de formação e eventos de menores dimensões, tendo como capacidade-limite 45 pessoas (plateia). Á REA 59 m 2 3,28 m 4,21 m LAYOUT PLATEIA LAYOUT ESCOLA LAYOUT PALMATÓRIA U 45 lugares 20 lugares 30 lugares 16 lugares 24 lugares SALA DE APOIO FOYER DE ENTRADA COM 200 m 2 DE ÁREA BL ACKOUT 350,00 (+ I.V.A.) 12

13 Sala Glicínia Quartin Situa-se no piso 2 do Centro de Reuniões do Centro Cultural de Belém e está vocacionada para eventos de menores dimensões, como reuniões e acções de formação, ou para complementar eventos maiores que decorram na Sala Fernando Pessoa ou na Sala Almada Negreiros. Á REA 55 m 2 2,81 m LAYOUT PLATEIA LAYOUT ESCOLA LAYOUT PALMATÓRIA U 40 lugares 30 lugares 30 lugares 30 lugares 25 lugares BL ACKOUT 275,00 (+ I.V.A.) 13

14 Sala Amadeo de Souza-Cardoso Situa-se no piso 2 do Centro de Reuniões do Centro Cultural de Belém e faz parte de um conjunto de cinco salas de menores dimensões, com acesso pelo foyer Sophia de Mello Breyner. Está vocacionada para eventos de pequenas dimensões, como reuniões e acções de formação. Poderá servir de apoio a eventos que decorram na Sala Sophia de Mello Breyner ou na Sala Maria Helena Vieira da Silva. Á REA 51 m 2 2,81 m LAYOUT PLATEIA LAYOUT ESCOLA LAYOUT PALMATÓRIA U 40 lugares 24 lugares 30 lugares 24 lugares 20 lugares BL ACKOUT 275,00 (+ I.V.A.) 14

15 Sala Daciano da Costa Situa-se no piso 2 do Centro de Reuniões do Centro Cultural de Belém e faz parte de um conjunto de cinco salas de menores dimensões, com acesso pelo foyer Sophia de Mello Breyner. É adequada para eventos de pequenas dimensões, como reuniões e acções de formação. Poderá servir de apoio ou complemento a eventos que decorram na Sala Sophia de Mello Breyner ou na Sala Maria Helena Vieira da Silva. Á REA 39 m 2 2,81 m LAYOUT PLATEIA LAYOUT ESCOLA LAYOUT PALMATÓRIA U 30 lugares 20 lugares 25 lugares 24 lugares 20 lugares BL ACKOUT 250,00 (+ I.V.A.) 15

16 Sala Cottinelli Telmo Situa-se no piso 2 do Centro de Reuniões do Centro Cultural de Belém e integra um conjunto de cinco salas de menores dimensões, com acesso pelo foyer Sophia de Mello Breyner. Está vocacionada para eventos de pequenas dimensões, como reuniões e acções de formação. Poderá servir de apoio a eventos que decorram na Sala Sophia de Mello Breyner ou na Sala Maria Helena Vieira da Silva. Á REA 39 m 2 2,81 m LAYOUT PLATEIA LAYOUT ESCOLA LAYOUT PALMATÓRIA U 30 lugares 20 lugares 25 lugares 24 lugares 20 lugares BL ACKOUT 250,00 (+ I.V.A.) 16

17 Sala Carlos Paredes Situa-se no piso 2. Tem acesso para um terraço com vista para o rio Tejo, podendo ser servidos aí os coffee breaks e ser utilizado como espaço de lazer. Está vocacionada para eventos de pequenas dimensões, como reuniões e acções de formação. Pode ainda complementar a Sala Amália Rodrigues, servindo como apoio. Á REA 37 m 2 2,81 m LAYOUT PLATEIA LAYOUT ESCOLA LAYOUT PALMATÓRIA U 30 lugares 20 lugares 25 lugares 20 lugares 15 lugares BL ACKOUT 250,00 (+ I.V.A.) 17

18 Sala Vianna da Mota Situa-se no piso 2 do Centro de Reuniões do Centro Cultural de Belém, faz parte de um conjunto de 5 salas de menores dimensões, com acesso pelo foyer Sophia de Mello Breyner, que poderá servir de break out a eventos a decorrer na Sala Sophia de Mello Breyner ou na Sala Maria Helena Vieira da Silva, bem como poderá dar lugar a próprios eventos de pequenas dimensões, como reuniões em mesa ou encontros informais com implantação de sofás e pequenas mesas. Á REA 24 m 2 2,81 m 10 lugares 150,00 (+ I.V.A.) 18

19 Sala Vitorino Nemésio (Sala de Banquetes) Sala Terraço Esta sala e este terraço extraordinários situam-se no piso 1 do Centro de Reuniões do Centro Cultural de Belém. É um espaço amplo que se destina a todo o tipo de serviços de catering. Possui uma ampla vista sobre o rio Tejo e o Padrão dos Descobrimentos, sendo o grande terraço adjacente ideal para prolongamento da sala, para o aumento da sua capacidade ou, ainda, para servir um aperitivo ou um cocktail. A anteceder a Sala Vitorino Nemésio, existem duas antecâmaras para apoio de bengaleiro e recepção. ÁREA 314 m 2 2,81 m 3,75 m INTERIOR COCKTAIL ALMOÇ O JANTAR SEM BUFFET ALMOÇ O JANTAR COM BUFFET 400 pessoas 300 lugares 250 lugares TERRAÇ O CONTÍGUO O Centro de Reuniões oferece várias possibilidades de espaços para serviço de refeições, cocktail, almoço volante, buffets, etc. a definir de acordo com as áreas a afectar ao vosso evento e número de pessoas a servir. Qualquer alteração no que respeita ao número de participantes relativo ao serviço de Banqueting deverá ser feita por escrito com a antecedência mínima de 3 dias úteis (5 dias no caso da Tenda), sob pena de se proceder à facturação na íntegra do serviço previsto. 19

20 Restaurante Commenda Encontra ainda no Centro de Reuniões, o Restaurante A Commenda, com sala e terraço com vista privilegiada sobre o Tejo. A sua gastronomia, de carácter mediterrânico e inovador, privilegia a alta cozinha portuguesa e os seus produtos tradicionais, numa conjugação perfeita. 20

21 Garagem-Sul O Centro Cultural de Belém, no conjunto dos três módulos que compõem o edifício, inaugurado em 1992, inclui no módulo Centro de Exposições a galeria Garagem Sul Exposições de Arquitectura, cuja actividade teve início a 7 de Dezembro de Localizada no Piso 0, do lado sul do edifício, com acesso pelo Jardim das Oliveiras, esta galeria resulta do reaproveitamento de um dos espaços definido para estacionamento no projecto inicial e que foi utilizado, apenas, para armazém de materiais diversos. Esta galeria, com uma área total de 2206 m 2, é ampla, apenas estruturada por 11 pilares, de formato rectangular, com 76 m de comprimento, 23 m de largura e com luz natural. ESPAÇO DISPONÍVEL PARA EVENTOS COMERCIAIS, DE CURTA DURAÇÃO, NO INTERVALO DAS EXPOSIÇÕES. Á REA TOTAL m 2 RECEPÇÃO 128 m 2 BENGALEIRO 27 m 2 ZONA DE EXPOSIÇÕES 1997 m 2 ARMAZENAMENTO 54 m 2 A GALERIA DISPÕE DE UMA ZONA DE RESERVAS PARA CARGA, DESCARGA, RESERVA E/OU ACONDICIONAMENTO DE CONTEÚDOS EXPOSITIVOS E DE MATERIAIS DE EXPOSIÇÃO LOCALIZ ADA NO PISO -1, SUBJACENTE AO ESPAÇ O DA GALERIA. O, EM TODA A GALERIA, É DE 3,37m. NO ALÇADO SUL EXISTEM CINCO VÃO S (35 m 2 ) E EQUIPAMENTO PARA PROJECÇÃO VÍDEO. ACESSOS A galeria dispõe de dois tipos de acesso: o do público e o de serviço. O público acede ao espaço da galeria através de dois acessos verticais, a partir do Jardim das Oliveiras, um localizado a nascente e outro a poente, permitindo, se for conveniente para o percurso da exposição, um circuito independente, de entrada e saída. O público com mobilidade reduzida acede à galeria através da rua 3/4, do lado poente do edifício, módulo do Centro de Exposições. Os materiais e os conteúdos expositivos acedem do exterior através de uma porta de serviço ampla, corta-fogo, comunicante com a recepção da galeria e circulam internamente através do circuito Piso -1 / Piso 0, na mesma zona do edifício. G. CAR VA L HO 5.000,00 (+ I.V.A.) 21

22 Outras informações Condições Gerais de Utilização AUDIOVISUAL E SONORO RESERVAS CANCELAMENTOS VALIDADE DA RESERVA O equipamento audiovisual e sonoro e a realização de filmagens a operar no Centro de Reuniões do Centro Cultural de Belém é, obrigatoriamente, fornecido pela Fundação Centro Cultural de Belém ou por entidades por ela contratadas. A reserva é garantida com a liquidação a pronto pagamento de 100% do valor do espaço acrescidos de 50% do valor dos serviços. Os restantes 50% serão facturados na data do evento e liquidados a 30 dias da data da factura, assim como os extras apurados após o evento. O cancelamento ou adiamento de um evento confirmado e facturado, até 30 dias antes do início do mesmo, implicará o pagamento de 20% do total orçamentado em espaços. Qualquer cancelamento ou adiamento inferior a este prazo, implicará o pagamento total dos serviços confirmados. Caso a Direcção de Comunicação e Marketing receba outro pedido para os mesmos espaços/datas, ser-vos-á solicitada uma resposta por escrito num prazo de 48 horas úteis. Na ausência de resposta por escrito no prazo estipulado, a pré reserva será considerada sem efeito. Todas as salas são alugadas com climatização e sistema de iluminação instalado e com o respectivo mobiliário de acordo com o layout escolhido (Plateia; Escola; Mesa Redonda; Mesa U ; Palmatória, ou outro). Alterações ao layout confirmado no dia do evento serão cobradas em 10% do valor do espaço. Outras alterações de layout serão orçamentadas caso a caso. O preço dos espaços não inclui afectação de equipamento técnico e/ ou audiovisual, o qual será orçamentado caso a caso. Serão imputados aos organizadores dos eventos quaisquer custos adicionais relativos ao reforço de medidas de segurança ou de higiene determinados pela realização dos eventos. O horário de funcionamento do Centro de Reuniões do Centro Cultural de Belém, para este efeito, é das 8 às 20 horas, nos dias da semana, e das 10 às 18 horas, aos sábados, domingos e feriados. Qualquer alteração ao horário de funcionamento do Centro de Reuniões será orçamentado, caso a caso, de acordo com o solicitado pelo cliente. Os períodos de montagem e/ou desmontagem são cobrados em 50% do valor do espaço. Salvo mediante o prévio acordo escrito da Fundação, nenhuma alteração estrutural ou de decoração pode ser feita nas áreas cedidas e o utilizador não poderá, sem prévio consentimento, afixar, pregar ou colar o que quer que seja nas paredes, pavimento, pilares, tecto, etc., nem poderá cortar ou perfurar tais elementos. Mastros das Bandeiras Se o espaço cedido não for restituído nas condições em que se encontrava a Fundação mandará executar as obras que se mostrem necessárias e imputará ao utilizador as despesas e custos incorridos com tais obras. 45 MASTROS 2.250,00 (+ I.V.A.) À UNIDADE 100,00 (+ I.V.A.) O serviço de catering é exclusivamente fornecido por empresas contratadas pelo Centro Cultural de Belém em todos os espaços. Agradecemos que nos informem se o seu evento contará com participantes com dificuldades de mobilidade. Para mais informações sobre os nossos espaços e serviços consultar o nosso site na Internet em 22

23 Contacte-nos Faça a sua reserva CENTRO CULTURAL DE BELÉM DEPARTAMENTO DE MARKETING

24 No CCB alugamos espaços. No CCB organizamos eventos. DANIEL MALHÃO

CENTRO DE CONGRESSOS APTO PARA SERVIÇOS DE APOIO

CENTRO DE CONGRESSOS APTO PARA SERVIÇOS DE APOIO CENTRO DE CONGRESSOS APTO PARA SERVIÇOS DE APOIO Inserido no Parque de Congressos e Conferências Restauração Ciência e Tecnologia Foruns, Feiras e Exposições Agências bancárias - MB A 20 minutos de Lisboa

Leia mais

Normas de funcionamento e utilização do Mercado de Sant Ana Centro Cultural 1

Normas de funcionamento e utilização do Mercado de Sant Ana Centro Cultural 1 1 6 Normas de funcionamento e utilização do Mercado de Sant Ana Centro Cultural 1 I Disposições Gerais 1. Objecto O presente regulamento tem por finalidade estabelecer as condições gerais a que ficam sujeitos

Leia mais

Museu Nacional de Soares dos Reis Porto

Museu Nacional de Soares dos Reis Porto Museu Nacional de Soares dos Reis Porto 4 Museu Nacional de Soares dos Reis APRESENTAÇÃO O Museu ocupa, desde 1940, o Palácio dos Carrancas, construído nos finais do séc. XVIII para habitação e fábrica

Leia mais

Regulamento de Cedência e Utilização do Auditório da FEUP

Regulamento de Cedência e Utilização do Auditório da FEUP Regulamento de Cedência e Utilização do Auditório da FEUP Serviços de Imagem, Comunicação e Cooperação Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto 11 de Maio de 2005 Capitulo I - Disposições Gerais

Leia mais

Regulamento para a utilização do auditório e salas de reunião do INFARMED, I.P.

Regulamento para a utilização do auditório e salas de reunião do INFARMED, I.P. Artigo 1º (Objeto) Regulamento para a utilização do auditório e salas de reunião do INFARMED, I.P. O presente regulamento estabelece as condições de utilização do auditório, salas de reunião e espaços

Leia mais

Regulamento de Utilização dos Auditórios, Sala do Senado e Átrio

Regulamento de Utilização dos Auditórios, Sala do Senado e Átrio Regulamento de Utilização dos Auditórios, Sala do Senado e Átrio Reitoria da NOVA www.unl.pt ÍNDICE I PRINCÍPIOS GERAIS 2 II - CAPACIDADE 2 III MATERIAL DE APOIO 2 IV - ÁTRIO 4 V - CATERING 4 VI EXPOSIÇÕES

Leia mais

Centro Empresarial AIMinho

Centro Empresarial AIMinho Domiciliação de empresas Eventos e negócios Espaços para ações de formação Centro Empresarial AIMinho Um espaço polivalente para o seu negócio O Centro Empresarial AIMinho é um espaço de excelência localizado

Leia mais

Separata do Guia Técnico Monumentos e Museus de Portugal, 2009. Museu Nacional de Arqueologia Lisboa

Separata do Guia Técnico Monumentos e Museus de Portugal, 2009. Museu Nacional de Arqueologia Lisboa Separata do Guia Técnico Monumentos e Museus de Portugal, 2009 Museu Nacional de Arqueologia Lisboa Museu Nacional de Arqueologia APRESENTAÇÃO O Museu Nacional de Arqueologia (MNA), fundado em 1893, ocupa,

Leia mais

O palco para os grandes eventos de sucesso...um espaço para cada momento

O palco para os grandes eventos de sucesso...um espaço para cada momento O palco para os grandes eventos de sucesso......um espaço para cada momento O Estádio José Alvalade é um complexo único com capacidade para receber os mais diversos eventos corporate e particulares. A

Leia mais

Torre de Belém Lisboa

Torre de Belém Lisboa Torre de Belém Lisboa 12 Torre de Belém APRESENTAÇÃO Construída entre 1514 e 1519, estrategicamente localizada no rio Tejo, para defender a barra, a Torre de Belém é um misto de torre medieval e de baluarte

Leia mais

banquetes e conferencias

banquetes e conferencias banquetes e conferencias almada negreiros lounge Title Text Uma das salas mais bonitas em Lisboa, o Salão Almada Negreiros é perfeito para cocktails, com capacidade para até 300 pessoas. lobby pedro leitao

Leia mais

Mosteiro dos Jerónimos Lisboa

Mosteiro dos Jerónimos Lisboa Mosteiro dos Jerónimos Lisboa 10 Mosteiro dos Jerónimos APRESENTAÇÃO Associado pela sua fundação às figuras de D. Manuel e de Vasco da Gama, o Mosteiro dos Jerónimos é uma obra-prima da arquitectura manuelina,

Leia mais

O Hotel do Sado Business & Nature * * * * é uma unidade hoteleira completamente equipada para os seus encontros de negócios.

O Hotel do Sado Business & Nature * * * * é uma unidade hoteleira completamente equipada para os seus encontros de negócios. O Hotel do Sado Business & Nature * * * * é uma unidade hoteleira completamente equipada para os seus encontros de negócios. As várias salas de reuniões, com diferentes disposições e utilizações, para

Leia mais

Id Serviços de Apoio

Id Serviços de Apoio Id Serviços de Apoio Cafetaria do Museu Calouste Gulbenkian e seu prolongamento no jardim. Serviços Centrais Valores em euros Encargos com pessoal 6 219 770 Despesas de funcionamento 9 606 628 Investimento

Leia mais

1ª MARATONA DE PROJETOS ATELIÊ VERTICAL PROF. LUCIANO ARRUSSUL

1ª MARATONA DE PROJETOS ATELIÊ VERTICAL PROF. LUCIANO ARRUSSUL Programa de necessidades e pré-dimensionamento SETORES: -Administrativo - Artístico - Técnico - Público e de Convivência Programa de necessidades e pré-dimensionamento Setor Administrativo Ambiente Descrição

Leia mais

Daniel Malhão CCB, 2014 Unprocessed RAW files

Daniel Malhão CCB, 2014 Unprocessed RAW files DANIEL MALHÃO e m p r e s a a m i g a E m p r e s a A m i g a C C B G o l d Desconto de 20% no aluguer de salas do Centro de Reuniões. com capacidade até 150 pessoas em plateia. Cedência de um espaço no

Leia mais

CENTRO DE CONGRESSOS ISEP

CENTRO DE CONGRESSOS ISEP CENTRO DE CONGRESSOS ISEP ÍNDICE 02 > CENTRO DE CONGRESSOS ISEP 03 > ESPAÇOS & SERVIÇOS 04 > Auditório Magno 05 > Auditório E 06 > Sala de Atos 07 > Sala de Reuniões 08 > Sala de Refeições Receção 09

Leia mais

Mosteiro de São Bento da Vitória Dossier de Apresentação

Mosteiro de São Bento da Vitória Dossier de Apresentação Mosteiro de São Bento da Vitória Dossier de Apresentação Índice I II III Nota histórica Informação sobre o espaço Descrição Planta Capacidade Equipamento disponível Outras informações úteis Localização

Leia mais

Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa Braga

Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa Braga Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa Braga 1 Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa APRESENTAÇÃO Edifício de traça actual, construído de raiz, implantado no centro histórico de Braga, na proximidade

Leia mais

REGULAMENTO FJC PORTO DE EMPREGO 2016

REGULAMENTO FJC PORTO DE EMPREGO 2016 1 2 REGULAMENTO FJC PORTO DE EMPREGO 2016 1 Data, Local e Horário O FJC Porto de Emprego realiza-se nos dias 1, 2 e 3 de março de 2016, na Faculdade de Economia da Universidade do Porto, localizada no

Leia mais

EVENTOS. Use os links abaixo ou as setas na barra do rodapé da página e conheça um pouco mais da Arena Multiuso. ÍNDICE. Navegue por aqui. 1.

EVENTOS. Use os links abaixo ou as setas na barra do rodapé da página e conheça um pouco mais da Arena Multiuso. ÍNDICE. Navegue por aqui. 1. Use os links abaixo ou as setas na barra do rodapé da página e conheça um pouco mais da Arena Multiuso. EVENTOS 1. Sumário 2. Introdução 3. Espaços 4. Contato Navegue por aqui 1. S U M Á R I O E V E N

Leia mais

SALA DO ARQUIVO PISO 2

SALA DO ARQUIVO PISO 2 SALA DO ARQUIVO 1200 60 x 20,5 6,80 5/ 2,45 x 3,33 Soalho 1200 650 141 1200 2000 Climatização Insonorizada Sistema de iluminação por sectores e com regulação de fluxo Palco amovível 10m x 10m em módulos

Leia mais

Museu de Artes Decorativas Portuguesas Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva Lisboa

Museu de Artes Decorativas Portuguesas Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva Lisboa Museu de Artes Decorativas Portuguesas Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva Lisboa 18 Museu de Artes Decorativas Portuguesas Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva APRESENTAÇÃO Instalado no Palácio

Leia mais

Eventos Bourbon Mais de 26.000 m 2 em área de convenções

Eventos Bourbon Mais de 26.000 m 2 em área de convenções Eventos Bourbon Mais de 26.000 m 2 em área de convenções Com 14 empreendimentos na América Latina, possui a maior estrutura de convenções em hotéis no Brasil com mais de 12.000 m 2, e é gestora do maior

Leia mais

serralves, Muito mais do que um espaço para o seu evento

serralves, Muito mais do que um espaço para o seu evento serralves, Muito mais do que um espaço para o seu evento A Casa é sua Localizada no centro do Porto, junto à Avenida da Boavista, a Casa de Serralves e os seus jardins envolventes são os espaços ideais

Leia mais

Forte de S. Julião da Barra

Forte de S. Julião da Barra Ministério da Defesa Nacional Forte de S. Julião da Barra um Palco para os seus Eventos História O Forte de S. Julião da Barra foi construído na segunda metade do séc. XVI, na Foz do Tejo, como um reforço

Leia mais

Eventos Empresariais e Institucionais. Seminários Simpósios Workshops Serviços de apoio a Congressos Welcome coffee Coffee - Breaks

Eventos Empresariais e Institucionais. Seminários Simpósios Workshops Serviços de apoio a Congressos Welcome coffee Coffee - Breaks Eventos Empresariais e Institucionais Seminários Simpósios Workshops Serviços de apoio a Congressos Welcome coffee Coffee - Breaks Eventos Empresariais e Institucionais Reuniões de Trabalho Cocktails Almoços

Leia mais

Hotel 4 estrelas + Moradias em Malanje -Estudo Prévio

Hotel 4 estrelas + Moradias em Malanje -Estudo Prévio Tendo como base o programa fornecido, o presente estudo tem como objectivo dar a conhecer as intenções da nossa proposta para a elaboração do projecto para um Hotel 4 estrelas, mais moradias em Malanje

Leia mais

Pavimento em mármore, paredes de alvenaria, tomadas eléctricas, iluminação na sanca ou com candeeiros de pé.

Pavimento em mármore, paredes de alvenaria, tomadas eléctricas, iluminação na sanca ou com candeeiros de pé. Nome: Palácio Nacional de Mafra Endereço: Terreiro D. João V, 2640-492 Mafra Telf. 261 817 550; fax 261 811 947 E-mail: g eral@pnmafra.dgpc.pt ESPAÇOS E SERVIÇOS PARA ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS 1 1.Apresentação

Leia mais

CENTRO DE CONGRESSOS DO IST

CENTRO DE CONGRESSOS DO IST REGULAMENTO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NO CENTRO DE CONGRESSOS DO IST 2010 Nota prévia O Centro de Congressos do IST, funcionando sob a tutela directa do Conselho de Gestão, destina-se a satisfazer as necessidades

Leia mais

IMPRESCINDÍVEL SABER

IMPRESCINDÍVEL SABER IMPRESCINDÍVEL SABER Caro Sr. Expositor, Este Manual reúne as informações mais importantes que podem garantir uma presença na Feira o mais produtiva possível. No entanto, por favor tenha em atenção que

Leia mais

Regulamento de Utilização e Aluguer do Auditório

Regulamento de Utilização e Aluguer do Auditório I PRINCÍPIOS GERAIS 1 - O Auditório é um espaço destinado à realização de eventos e cerimónias do Centro Ciência Viva da Floresta e de entidades externas ao Centro, em regime de aluguer, sempre que solicitados

Leia mais

Estádio do SLB EVENTOS BENFICA ESPAÇO PARA BRILHAR

Estádio do SLB EVENTOS BENFICA ESPAÇO PARA BRILHAR Estádio do SLB EVENTOS BENFICA ESPAÇO PARA BRILHAR 1 202 Muito mais do que um simples ícone desportivo, o Benfica é a marca portuguesa com maior projeção nos 4 cantos do Mundo. Premiada como Superbrand

Leia mais

Manual do Utilizador

Manual do Utilizador Manual do Utilizador Este documento visa reunir informações úteis sobre a forma de proceder e o funcionamento de alguns serviços de apoio que o DECivil faculta internamente e aos utentes exteriores que

Leia mais

MERCADO ABASTECEDOR DA REGIÃO DE LISBOA. Regulamento de Utilização de Espaços para Exposições

MERCADO ABASTECEDOR DA REGIÃO DE LISBOA. Regulamento de Utilização de Espaços para Exposições MERCADO ABASTECEDOR DA REGIÃO DE LISBOA Regulamento de Utilização de Espaços para Exposições Regulamento de Utilização de Espaços para Exposições Artigo 1.º (Objecto e Âmbito) 1. A MARL Mercado Abastecedor

Leia mais

Este Manual reúne as informações mais importantes que podem garantir uma presença na Feira o mais produtiva possível.

Este Manual reúne as informações mais importantes que podem garantir uma presença na Feira o mais produtiva possível. IMPRESCINDÍVEL SABER Caro Sr. Expositor, Este Manual reúne as informações mais importantes que podem garantir uma presença na Feira o mais produtiva possível. No entanto, por favor tenha em atenção que

Leia mais

Situação existente CÂMARA MUNICIPAL DA RIBEIRA GRANDE CASA - MUSEU DA FREIRA DO ARCANO PROJECTO DE EXECUÇÃO MEMÓRIA DESCRITIVA

Situação existente CÂMARA MUNICIPAL DA RIBEIRA GRANDE CASA - MUSEU DA FREIRA DO ARCANO PROJECTO DE EXECUÇÃO MEMÓRIA DESCRITIVA Situação existente A cidade da Ribeira Grande, cabeça de um concelho que este ano celebra o meiomilénio de existência, é das mais notáveis construções urbanas açóricas, e constitui uma das mais originais

Leia mais

Hotel Apartamento Dom Pedro Portobelo

Hotel Apartamento Dom Pedro Portobelo Hotel Apartamento Dom Pedro Portobelo Algarve - Portugal Vilamoura... o resort perfeito Dom Pedro Portobelo De frente para o Oceano Atlântico e Casino de Vilamoura Lobby Piscina exterior com espreguiçadeiras

Leia mais

Apresentação pública do projecto do Anfiteatro da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. URI:http://hdl.handle.net/10316.

Apresentação pública do projecto do Anfiteatro da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. URI:http://hdl.handle.net/10316. Apresentação pública do projecto do Anfiteatro da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra Autor(es): Publicado por: URL persistente: Távora, Fernando CEDOUA URI:http://hdl.handle.net/10316.2/6161

Leia mais

O Centro de Eventos AMRIGS possui o selo de qualidade ISO 9001, certificando qualidade e padrão de atendimento em uma ampla e moderna estrutura, com

O Centro de Eventos AMRIGS possui o selo de qualidade ISO 9001, certificando qualidade e padrão de atendimento em uma ampla e moderna estrutura, com O Centro de Eventos AMRIGS possui o selo de qualidade ISO 9001, certificando qualidade e padrão de atendimento em uma ampla e moderna estrutura, com segurança monitorada por câmera, estacionamento, além

Leia mais

NORMAS REGULADORAS DAS CONDIÇÕES DE INSTALAÇÃO E FUNCIONAMENTO DOS CENTROS DE ACTIVIDADES DE TEMPOS LIVRES COM FINS LUCRATIVOS

NORMAS REGULADORAS DAS CONDIÇÕES DE INSTALAÇÃO E FUNCIONAMENTO DOS CENTROS DE ACTIVIDADES DE TEMPOS LIVRES COM FINS LUCRATIVOS A leitura deste documento, que transcreve o conteúdo do Despacho Normativo n.º 96/89, de 21 de Outubro, não substitui a consulta da sua publicação em Diário da República. Despacho Normativo n.º 96/89 de

Leia mais

Eventos Corporativos

Eventos Corporativos Eventos Corporativos 2 FUNDIÇÃO PROGRESSO ESPAÇOS Fundição Progresso ESPAÇOS A Fundição Progresso é um centro multicultural que abriga em seus espaços diversas atividades e grupos artísticos. A Fundição

Leia mais

CASA DE ARTES E CULTURA DO TEJO BIBLIOTECA MUNICIPAL VILA VELHA DE RÓDÃO

CASA DE ARTES E CULTURA DO TEJO BIBLIOTECA MUNICIPAL VILA VELHA DE RÓDÃO CASA DE ARTES E CULTURA DO TEJO BIBLIOTECA MUNICIPAL VILA VELHA DE RÓDÃO Casa de Artes e Cultura do Tejo uma porta aberta à cultura A Casa de Artes e Cultura do Tejo é verdadeiramente, o ponto de encontro

Leia mais

Panteão Nacional Igreja de Santa Engrácia Lisboa

Panteão Nacional Igreja de Santa Engrácia Lisboa Panteão Nacional Igreja de Santa Engrácia Lisboa 11 Panteão Nacional Igreja de Santa Engrácia APRESENTAÇÃO Sobranceiro à zona histórica e ao rio Tejo, o Panteão Nacional é uma referência na imagem da

Leia mais

ESPAÇOS MUNICIPAIS. Normas de Utilização

ESPAÇOS MUNICIPAIS. Normas de Utilização ESPAÇOS MUNICIPAIS Normas de Utilização Janeiro 2010 DIRECÇÃO MUNICIPAL DE CULTURA 1 ÍNDICE INTRODUÇÃO 3 PARTE 1. NORMAS PARA UTILIZAÇÃO DOS ESPAÇOS 3 1.1. COMO APRESENTAR UMA PROPOSTA? 3 1.2. RESPONSABILIDADES

Leia mais

UMA REINTERPRETAÇÃO CONTEMPORÂNEA DA ALDEIA DO PATACÃO: Um ensaio crítico para uma arquitectura bioclimática. ANEXOS

UMA REINTERPRETAÇÃO CONTEMPORÂNEA DA ALDEIA DO PATACÃO: Um ensaio crítico para uma arquitectura bioclimática. ANEXOS UMA REINTERPRETAÇÃO CONTEMPORÂNEA DA ALDEIA DO PATACÃO: Um ensaio crítico para uma arquitectura bioclimática. ANEXOS DISSERTAÇÃO DE MESTRADO INTEGRADO EM ARQUITECTURA apresentada ao Departamento de Arquitectura

Leia mais

NORMAS GERAIS DA CASA DA CRIATIVIDADE DE S. JOÃO DA MADEIRA

NORMAS GERAIS DA CASA DA CRIATIVIDADE DE S. JOÃO DA MADEIRA NORMAS GERAIS DA CASA DA CRIATIVIDADE DE S. JOÃO DA MADEIRA PREÂMBULO As presentes normas dispõem sobre as condições de utilização das instalações da Casa da Criatividade, equipamento que visa a promoção

Leia mais

3 a 7 Dezembro 2014 feira internacional de lisboa

3 a 7 Dezembro 2014 feira internacional de lisboa 3 a 7 Dezembro 2014 feira internacional de lisboa Organização Parceiros A Grande Festa da Família Para muitos o inverno é uma época fria, escura e sem graça. Para outros, um período festivo cheio de encantos.

Leia mais

Dom Pedro Palace ##### Lisboa - Portugal Lisboa... cidade das 7 colinas

Dom Pedro Palace ##### Lisboa - Portugal Lisboa... cidade das 7 colinas Dom Pedro Palace Lisboa - Portugal Lisboa... cidade das 7 colinas Dom Pedro Palace localizado no centro da cidade de Lisboa e a 7 km do aeroporto Internacional de Lisboa Lobby Bistrot "Le Café" situado

Leia mais

X Conferência Nacional de Assistência Social INFORME CNAS Nº 03/2015

X Conferência Nacional de Assistência Social INFORME CNAS Nº 03/2015 X Conferência Nacional de Assistência Social INFORME CNAS Nº 03/2015 Recomendações aos Conselhos para garantir a acessibilidade nas Conferências de Assistência Social Ranieri Braga - Informes Conselho

Leia mais

O programa previsto para o Centro Escolar é o seguinte: Área útil unitária

O programa previsto para o Centro Escolar é o seguinte: Área útil unitária MUNICÍPIO DA FIGUEIRA DA FOZ CÂMARA MUNICIPAL Freguesia de Tavarede CENTRO ESCOLAR DE S.JULIÃO / TAVAREDE Projecto de Arquitectura _ Projecto Base Memória Descritiva e Justificativa Refere-se a presente

Leia mais

MONTADORA OFICIAL HORÁRIOS DE MONTAGEM / FUNCIONAMENTO / DESMONTAGEM. Dia 13 de abril de 2014 DOMINGO

MONTADORA OFICIAL HORÁRIOS DE MONTAGEM / FUNCIONAMENTO / DESMONTAGEM. Dia 13 de abril de 2014 DOMINGO MONTADORA OFICIAL Metro Quadrado Estandes Rua Tenente Américo Moretti, 200 Cep 04372-060 - São Paulo - SP Telefone: (11) 5671-2022 E-mail: metro.quadrado@metro2.com.br HORÁRIOS DE MONTAGEM / FUNCIONAMENTO

Leia mais

ANTEPROJETO DE UM CENTRO DE EVENTOS E CONVENÇÕES NA CIDADE DE JACAREÍ

ANTEPROJETO DE UM CENTRO DE EVENTOS E CONVENÇÕES NA CIDADE DE JACAREÍ ANTEPROJETO DE UM CENTRO DE EVENTOS E CONVENÇÕES NA CIDADE DE JACAREÍ Thais Ragagnan Carvalho 1 Orientador Prof. Dr. Selso Dal Belo 2 1 Universidade do Vale do Paraíba/Faculdade de Engenharia, Arquitetura

Leia mais

Altis Hotels Hotéis com Alma em Lisboa

Altis Hotels Hotéis com Alma em Lisboa Altis Hotels Hotéis com Alma em Lisboa Desde 1973 que nos dedicamos a criar hotéis sofisticados, inovadores e integrados na sua envolvente, onde se sente a verdadeira hospitalidade lisboeta. Clássico ou

Leia mais

Curitiba, 18 de fevereiro de 2015

Curitiba, 18 de fevereiro de 2015 Curitiba, 18 de fevereiro de 2015 ORÇAMENTO Nº EV-2015.02.519 EMPRESA EMPRESA DO RAMO DE LUBRIFICANTES E MOTORES RESPONSÁVEL AGENCIA ONDE FAZER EVENTOS DATA DO EVENTO 04 E 05/03/2015 N.º PAX 50 PAX É com

Leia mais

SALA SÃO PAULO FUNDAÇÃO OSESP

SALA SÃO PAULO FUNDAÇÃO OSESP SALA SÃO PAULO A Sala São Paulo é considerada a melhor sala de concertos da América Latina, além de estar entre as mais belas do mundo, é também sede da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. Recebe

Leia mais

Beach Villas & Golf Resort

Beach Villas & Golf Resort Dom Pedro Laguna Beach Villas & Golf Resort O paraíso começa aqui... Um Resort incomparável Situado entre a praia e o Golfe no Ceará Integrado no Eco-Resort Aquiraz-Riviera Acesso rápido e fácil a 35 km

Leia mais

Prove Viseu Dão Lafões 2014

Prove Viseu Dão Lafões 2014 Prove Viseu Dão Lafões 2014 FICHA DE INSCRIÇÃO ORGANIZAÇÃO APOIO INSTITUCIONAL CO-FINANCIAMENTO 1/3 Prove Viseu Dão Lafões 2014 1. CALENDÁRIO HORÁRIO DO EVENTO 4 julho / 18:00 24:00 5 julho / 12:00 24:00

Leia mais

A Fundação Paula Rego compromete-se a analisar cada proposta individualmente.

A Fundação Paula Rego compromete-se a analisar cada proposta individualmente. O Auditório da Casa das Histórias Paula Rego é prioritariamente um espaço vocacionado para o acolhimento de eventos culturais/ institucionais, sendo no entanto passível a sua utilização por parte de outras

Leia mais

Projeto de Alteração do Regulamento do Cineteatro Constantino Nery - Teatro Municipal. Preâmbulo

Projeto de Alteração do Regulamento do Cineteatro Constantino Nery - Teatro Municipal. Preâmbulo Projeto de Alteração do Regulamento do Cineteatro Constantino Nery - Teatro Municipal Preâmbulo O Cineteatro Constantino Nery - Teatro Municipal, propriedade da Câmara Municipal de Matosinhos, representa

Leia mais

MANUAL DA FEIRA NORMAS E PROCEDIMENTOS MANUAL DA FEIRA ÍNDICE:

MANUAL DA FEIRA NORMAS E PROCEDIMENTOS MANUAL DA FEIRA ÍNDICE: NORMAS E PROCEDIMENTOS ÍNDICE: 1 CALENDÁRIO E LOCALIZAÇÃO... Pág. 2 2 HORÁRIO... Pág. 2 3 HORA H... Pág. 2 4 TIPOLOGIAS DE PAVILHÃO... Pág. 3 5 ESTRADOS PARA AS LATERAIS... Pág. 4 6 EQUIPAMENTOS COMPLEMENTARES...

Leia mais

Coordenadoria de Desenvolvimento Cultural (Centro de Convenções e Ginásio Multidisciplinar da UNICAMP) NORMAS INTERNAS PARA USO DO COMPLEXO DE EVENTOS

Coordenadoria de Desenvolvimento Cultural (Centro de Convenções e Ginásio Multidisciplinar da UNICAMP) NORMAS INTERNAS PARA USO DO COMPLEXO DE EVENTOS NORMAS INTERNAS PARA USO DO COMPLEXO DE EVENTOS A Coordenadoria de Desenvolvimento Cultural, em consonância com o disposto na Deliberação CONSU A-09/ 2009, determina suas Normas Internas sobre a utilização

Leia mais

NH Liberdade. Serviços e características. www.nh-hoteles.pt Informação e reservas +800 0115 0116. Instalações do hotel. Comodidades dos quartos

NH Liberdade. Serviços e características. www.nh-hoteles.pt Informação e reservas +800 0115 0116. Instalações do hotel. Comodidades dos quartos Serviços e características Instalações do hotel Comodidades dos quartos Piscina externa Ligação à Internet Berços Ligação Internet Wifi Bar e café Almofadas à escolha Lobby bar Ar-condicionado Restaurante

Leia mais

L AND Vineyards www.l-and.com NIF 505 185 938 HERDADE DAS VALADAS ESTRADA NACIONAL 4 7050 MONTEMOR-O-NOVO T +351 266 242 400 FAX +351 266 242 401

L AND Vineyards www.l-and.com NIF 505 185 938 HERDADE DAS VALADAS ESTRADA NACIONAL 4 7050 MONTEMOR-O-NOVO T +351 266 242 400 FAX +351 266 242 401 Meeting Court Localizado no coração do Alentejo, numa paisagem única definida pela vinha e por um grande lago, o L'AND Vineyards é um "wine resort exclusivo, com apenas 22 suites, que integra a arquitectura

Leia mais

NORMAS DE USO DE ESPAÇOS FÍSICOS DA UFCSPA

NORMAS DE USO DE ESPAÇOS FÍSICOS DA UFCSPA NORMAS DE USO DE ESPAÇOS FÍSICOS DA UFCSPA Art. 1º - Os espaços serão utilizados preferencialmente por atividades administrativas, de ensino, de extensão e de pesquisa da UFCSPA. 1º - O horário de realização

Leia mais

Cruzeiro de Páscoa, 7 noites, Porto / Barca d Alva / Porto

Cruzeiro de Páscoa, 7 noites, Porto / Barca d Alva / Porto Cruzeiro de Páscoa, 7 noites, Porto / Barca d Alva / Porto Partida exclusiva a 4 de Abril 2009 Sábado, 4 de Abril 2009 18h00 Check in em Vila Nova de Gaia Welcome cocktail Estadia a bordo em Vila Nova

Leia mais

MONTEBELO VISEU HOTEL & SPA*****

MONTEBELO VISEU HOTEL & SPA***** MONTEBELO VISEU HOTEL & SPA***** O Montebelo Viseu Hotel & Spa constitui a essência de um cinco estrelas, no requinte dos espaços, no ambiente exclusivo, na atenção aos menores detalhes. Um conjunto notável

Leia mais

02_03 SUCESSOS OPORTUNIDADES EMOÇÕES

02_03 SUCESSOS OPORTUNIDADES EMOÇÕES 02_03 SUCESSOS OPORTUNIDADES EMOÇÕES 04_05 Tudo no mesmo palco Mais de 6.000 m2 quadrados completamente adaptáveis a todo o tipo de evento, enquadrados no seio de uma região onde sol, animação, hospitalidade

Leia mais

NORMAS PARA UTILIZAÇÃO DO(S) ESPAÇO(S) DO CRMPR CURITIBA ANO DE VIGÊNCIA 2009

NORMAS PARA UTILIZAÇÃO DO(S) ESPAÇO(S) DO CRMPR CURITIBA ANO DE VIGÊNCIA 2009 1 NORMAS PARA UTILIZAÇÃO DO(S) ESPAÇO(S) DO CRMPR CURITIBA ANO DE VIGÊNCIA 2009 1. Os procedimentos para a realização de evento(s) na sede do Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRMPR) em Curitiba

Leia mais

Dossier Promocional. Moradia em Abrantes Santarém

Dossier Promocional. Moradia em Abrantes Santarém Dossier Promocional Moradia em Abrantes Santarém 1 1. Contexto e a Oportunidade 2. Localização do Imóvel 3. Características Gerais do Imóvel 4. Descrição Detalhada 5. Condições de Comercialização 6. Contactos

Leia mais

ALOJAMENTO AXIS PORTO BUSINESS & SPA HOTEL 59,00 65,00

ALOJAMENTO AXIS PORTO BUSINESS & SPA HOTEL 59,00 65,00 AXIS PORTO BUSINESS & SPA HOTEL O Axis Porto Business & SPA Hotel, é o novo hotel de 4 estrelas do Grupo AXIS, situado em pleno pólo universitário, numa das zonas de melhor acessibilidade à Invicta, junto

Leia mais

EXPO MILÃO PARTICIPAÇÃO DO SETOR PRIVADO APRESENTAÇÃO

EXPO MILÃO PARTICIPAÇÃO DO SETOR PRIVADO APRESENTAÇÃO EXPO MILÃO PARTICIPAÇÃO DO SETOR PRIVADO APRESENTAÇÃO A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (), sob a coordenação de uma Comissão Interministerial presidida pelo Ministério do

Leia mais

RECOMENDAÇÕES PARA A ACESSIBILIDADE EM ETAPAS DA 2 CONFERÊNCIA NACIONAL DE JUVENTUDE

RECOMENDAÇÕES PARA A ACESSIBILIDADE EM ETAPAS DA 2 CONFERÊNCIA NACIONAL DE JUVENTUDE RECOMENDAÇÕES PARA A ACESSIBILIDADE EM ETAPAS DA 2 CONFERÊNCIA NACIONAL DE JUVENTUDE Este documento foi organizado pela Comissão Organizadora Nacional (CON) da 2 Conferência Nacional de Políticas Públicas

Leia mais

Festas do Barreiro 2015. Normas de Funcionamento da Mostra Empresarial e Institucional

Festas do Barreiro 2015. Normas de Funcionamento da Mostra Empresarial e Institucional Festas do Barreiro 2015 Normas de Funcionamento da Mostra Empresarial e Institucional As presentes normas de funcionamento dispõem sobre as regras da Mostra Empresarial e Institucional 2015, adiante designada

Leia mais

REUNIÃO ADMINISTRATIVA. 5ª REUNIÃO DE De PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. De 21 a 24 de Junho de 2007. 21 à 24 de Junho de 2007,

REUNIÃO ADMINISTRATIVA. 5ª REUNIÃO DE De PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. De 21 a 24 de Junho de 2007. 21 à 24 de Junho de 2007, 5ª REUNIÃO DE De PLANEJAMENTO 21 à 24 de Junho de, & ESTRATÉGICO. De 21 a 24 de Junho de. Traga sua Empresa ao evento que determinará o futuro da Cardiologia Nacional Grupo CONCEITO: As Reuniões de Planejamento

Leia mais

OPORTUNIDADES DE PATROCÍNIO

OPORTUNIDADES DE PATROCÍNIO 02 OPORTUNIDADES DE PATROCÍNIO www.criminalistica2015.com.br Benefícios 01 Acesse e contate profissionais trabalhando nas variadas áreas da perícia face a face e por um período prolongado de exposição

Leia mais

ANEXO I NORMAS E PROCEDIMENTOS

ANEXO I NORMAS E PROCEDIMENTOS ANEXO I NORMAS E PROCEDIMENTOS ÍNDICE: 1 CALENDÁRIO... Pág. 2 2 LOCALIZAÇÃO... Pág. 2 3 HORÁRIO... Pág. 2 4 TIPOLOGIAS DE PAVILHÃO NORMALIZADO... Pág. 3 5 ESTRADOS PARA AS LATERAIS... Pág. 4 6 EQUIPAMENTOS

Leia mais

Direcção-Geral da Solidariedade e Segurança Social

Direcção-Geral da Solidariedade e Segurança Social Direcção-Geral da Solidariedade e Segurança Social Janeiro/2004 INTRODUÇÃO A experiência da acção social no âmbito da intervenção e acompanhamento das famílias em situação de grande vulnerabilidade social,

Leia mais

75% 15 a 18 de Maio 2015 Praça da Independência - Maputo Moçambique Pavilhão de Portugal

75% 15 a 18 de Maio 2015 Praça da Independência - Maputo Moçambique Pavilhão de Portugal aposta no Sistema Educativo Formação e Criação de Novas Infra-Estruturas UMA OPORTUNIDADE PARA O SEU SECTOR CO-FINANCIADO 75% 1ª PARTICIPAÇÃO PORTUGUESA DA FILEIRA DA EDUCAÇÃO AIP - Feiras, Congressos

Leia mais

REGULAMENTO DA INCUBADORA DO TAGUSPARK

REGULAMENTO DA INCUBADORA DO TAGUSPARK REGULAMENTO DA INCUBADORA DO TAGUSPARK Data: Outubro de 2013 PARTE I Aspectos Gerais Artigo 1º (Âmbito) No presente regulamento definem-se os procedimentos de funcionamento da Incubadora do Taguspark,

Leia mais

MUNICIPIO DE ALPIARÇA ALPIAGRA 2014 FEIRA AGRÍCOLA E COMERCIAL DE ALPIARÇA NORMAS

MUNICIPIO DE ALPIARÇA ALPIAGRA 2014 FEIRA AGRÍCOLA E COMERCIAL DE ALPIARÇA NORMAS MUNICIPIO DE ALPIARÇA ALPIAGRA 2014 FEIRA AGRÍCOLA E COMERCIAL DE ALPIARÇA NORMAS A Alpiagra Feira Agrícola e Comercial de Alpiarça é uma organização da Câmara Municipal de Alpiarça. Artigo 1º (Condições

Leia mais

Conte com a estrutura inigualável do Vale Suiço Resort para realizar com perfeição tudo o que planeja para seus eventos. www.valesuico.com.

Conte com a estrutura inigualável do Vale Suiço Resort para realizar com perfeição tudo o que planeja para seus eventos. www.valesuico.com. A 1 hora de São Paulo, reunimos em 150.000 m ² o máximo conforto e a excelência em serviço de hospedagem, gastronomia e eventos. Acrescente a isso os recursos profissionais e tecnológicos do novíssimo

Leia mais

F) 13.392.0168.2650.0001 - Funcionamento de Bibliotecas da União

F) 13.392.0168.2650.0001 - Funcionamento de Bibliotecas da União Brasileira I Vol. de vários autores; Brasileira II Vol. de vários autores; Brasileira III Vol. de vários autores; Brasileira IV Vol. de vários autores; Brasileira V Vol. de vários autores; Editions du

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DE UTILIZAÇÃO

REGULAMENTO GERAL DE UTILIZAÇÃO REGULAMENTO GERAL DE UTILIZAÇÃO «Todas as coisas excelentes são tão difíceis quanto raras.» Espinosa O Centro de Arte não é mais um sonho ou uma promessa. É um objectivo alcançado e conseguido. E é nosso

Leia mais

PROGRAMA INTEGRADO DE REGENERAÇÃO DA CIDADE DE ÁGUEDA REGENERAÇÃO URBANA DA CIDADE DE ÁGUEDA OS PROJECTOS QUE VÃO MARCAR A TRANSFORMAÇÃO DA CIDADE

PROGRAMA INTEGRADO DE REGENERAÇÃO DA CIDADE DE ÁGUEDA REGENERAÇÃO URBANA DA CIDADE DE ÁGUEDA OS PROJECTOS QUE VÃO MARCAR A TRANSFORMAÇÃO DA CIDADE PROGRAMA INTEGRADO DE REGENERAÇÃO DA CIDADE DE ÁGUEDA REGENERAÇÃO URBANA DA CIDADE DE ÁGUEDA OS PROJECTOS QUE VÃO MARCAR A TRANSFORMAÇÃO DA CIDADE ÁGUEDA: A INDÚSTRIA E A CIDADE AO SERVIÇO DA INOVAÇÃO

Leia mais

ENERGIA PARA O DESENVOLVIMENTO DA CPLP

ENERGIA PARA O DESENVOLVIMENTO DA CPLP I CONFERÊNCIA ENERGIA PARA O DESENVOLVIMENTO DA CPLP CADERNO DE CONFERENCISTA ÍNDICE 2 4 6 7 8 9 10 11 12 ENQUADRAMENTO A ENERGIA NA CPLP OBJETIVOS A ENERGIA NA CPLP ESTRUTURA DO EVENTO LOCAL ALTO PATROCÍNIO

Leia mais

PARCERIA DE FUTURO 2015 年 第 二 届 中 国 葡 萄 牙 庆 典 未 来 的 合 作 关 系 COM FÓRUM EMPRESARIAL E CONFERÊNCIA DE NEGÓCIOS 含 商 务 论 坛 及 商 业 贸 易 会 议

PARCERIA DE FUTURO 2015 年 第 二 届 中 国 葡 萄 牙 庆 典 未 来 的 合 作 关 系 COM FÓRUM EMPRESARIAL E CONFERÊNCIA DE NEGÓCIOS 含 商 务 论 坛 及 商 业 贸 易 会 议 II GALA PARCERIA DE FUTURO 2015 年 第 二 届 中 国 葡 萄 牙 庆 典 未 来 的 合 作 关 系 COM FÓRUM EMPRESARIAL E CONFERÊNCIA DE NEGÓCIOS 含 商 务 论 坛 及 商 业 贸 易 会 议 PRAÇA DO COMÉRCIO LISBOA 2015 年 10 月 29 日, 里 斯 本 商 业 广 场, Pátio

Leia mais

Nº 11 - Setembro 2012 - GRATUITO newsletter E I P D A AGENDA. copywright Escola Intercultural, empresa municipal

Nº 11 - Setembro 2012 - GRATUITO newsletter E I P D A AGENDA. copywright Escola Intercultural, empresa municipal Nº 11 - Setembro 2012 - GRATUITO newsletter copywright Escola Intercultural, empresa municipal E I P D A ENSINO INTERVENÇÃO PARCERIAS DESENVOLVIMENTO AGENDA 01 EDITORIAL Dedicamos este número à divulgação

Leia mais

DEPARTAMENTO DE OBRAS E GESTÃO DE INFRA-ESTRUTURAS MUNICIPAIS FICHA TÉCNICA R U A D R. P A U L O Q U I N T E L A

DEPARTAMENTO DE OBRAS E GESTÃO DE INFRA-ESTRUTURAS MUNICIPAIS FICHA TÉCNICA R U A D R. P A U L O Q U I N T E L A PARTAMENTO OBRAS E GESTÃO FICHA TÉCNICA 1. INTIFICAÇÃO Construção do Jardim de Infância de Vale das Flores R U A D R. P A U L O Q U I N T E L A 2. LOCALIZAÇÃO Rua Dr. Paulo Quintela, Santo António dos

Leia mais

Recuperação e Readaptação Funcional de um Palacete para o Arquivo Municipal de Fafe

Recuperação e Readaptação Funcional de um Palacete para o Arquivo Municipal de Fafe Recuperação e Readaptação Funcional de um Palacete para o Arquivo Municipal de Fafe ANEXO II PROGRAMA PRELIMINAR Programa_Preliminar_JC_DOM 1 Recuperação e Readaptação Funcional de um Palacete para o Arquivo

Leia mais

Separata do Guia Técnico Monumentos e Museus de Portugal, 2009. Palácio Nacional da Ajuda Lisboa

Separata do Guia Técnico Monumentos e Museus de Portugal, 2009. Palácio Nacional da Ajuda Lisboa Separata do Guia Técnico Monumentos e Museus de Portugal, 2009 Palácio Nacional da Ajuda Lisboa Palácio Nacional da Ajuda APRESENTAÇÃO O Real Paço de Nossa Senhora da Ajuda, iniciado em 1796, veio substituir

Leia mais

MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA DE SERRALVES

MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA DE SERRALVES MUSEU DE ARTE CONTEMPORÃ NEA DE SERRALVES www.serralves.pt 1 MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA DE SERRALVES APRESENTAÇÃO O Museu tem como objectivos essenciais a constituição de uma colecção representativa da

Leia mais

Ref.: COTAÇÃO 22.03.2015 60 PESSOAS

Ref.: COTAÇÃO 22.03.2015 60 PESSOAS À ONDE FAZER EVENTOS Recife, 20 de janeiro de 2015. Orçamento Nº 2015 / 052 Att.: Isabel Ramos Telefone: 27.3349.2948 E-mail: contato@ondefazereventos.com.br Prezado (a) Senhor (a), Ref.: COTAÇÃO 22.03.2015

Leia mais

PARTICIPAÇÃO PORTUGUESA NA EXPO 2010 SHANGHAI

PARTICIPAÇÃO PORTUGUESA NA EXPO 2010 SHANGHAI PARTICIPAÇÃO PORTUGUESA NA EXPO 2010 SHANGHAI 1. ENQUADRAMENTO... 2 2. O ENVOLVIMENTO DA AICEP PORTUGAL GLOBAL... 3 3. OPORTUNIDADE PARA AS EMPRESAS... 3 4. DESCRIÇÃO CENTRO NEGÓCIOS E SALA PROTOCOLAR...

Leia mais

Regulamento de Acesso, Circulação e Permanência nas Instalações da Assembleia da República

Regulamento de Acesso, Circulação e Permanência nas Instalações da Assembleia da República Regulamento de Acesso, Circulação e Permanência nas Instalações da Assembleia da República Despacho n.º 1/93, de 19 de março publicado no Diário da Assembleia da República, II Série C, n.º 22 de 22 de

Leia mais

Organização de Eventos

Organização de Eventos Organização de Eventos Exponor 02/2009 Copyright Portaldoser 2007 1 Conceitos Básicos O que é um Evento? Um EVENTO é um acontecimento planeado, que ocorre num dado tempo e lugar, que visa promover a relação

Leia mais

PARCERIA DE FUTURO 2015 年 第 二 届 中 国 葡 萄 牙 庆 典 未 来 的 合 作 关 系 COM FÓRUM EMPRESARIAL E CONFERÊNCIA DE NEGÓCIOS 含 商 物 论 坛 及 商 业 贸 易 会 议

PARCERIA DE FUTURO 2015 年 第 二 届 中 国 葡 萄 牙 庆 典 未 来 的 合 作 关 系 COM FÓRUM EMPRESARIAL E CONFERÊNCIA DE NEGÓCIOS 含 商 物 论 坛 及 商 业 贸 易 会 议 II GALA PARCERIA DE FUTURO 2015 年 第 二 届 中 国 葡 萄 牙 庆 典 未 来 的 合 作 关 系 COM FÓRUM EMPRESARIAL E CONFERÊNCIA DE NEGÓCIOS 含 商 物 论 坛 及 商 业 贸 易 会 议 PRAÇA DO COMÉRCIO LISBOA 2015 年 10 月 29 日, 里 斯 本 商 业 广 场, Pátio

Leia mais

REGULAMENTO HUB PORTO

REGULAMENTO HUB PORTO REGULAMENTO HUB PORTO Preâmbulo O Hub Porto é uma comunidade global, constituída por pessoas das mais diversas áreas profissionais, técnicas, culturais e/ou sociais, que procuram responder de forma inovadora

Leia mais