Museu Nacional de Soares dos Reis Porto

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Museu Nacional de Soares dos Reis Porto"

Transcrição

1 Museu Nacional de Soares dos Reis Porto 4

2

3 Museu Nacional de Soares dos Reis APRESENTAÇÃO O Museu ocupa, desde 1940, o Palácio dos Carrancas, construído nos finais do séc. XVIII para habitação e fábrica da família Morais e Castro, mais tarde comprado pela Família Real. Foi o único Paço Real no Porto. Expõe Pintura Portuguesa dos séculos XIX e XX, com obras de Roquemont a Júlio Resende e outros pintores da Escola do Porto do século XX. Na Escultura destaca-se a Galeria de Soares dos Reis, artista que dá o nome ao Museu. No andar nobre, encontra-se a rica e variada colecção de Artes Decorativas. Na cerâmica, o destaque vai para a faiança Portuguesa, dos séculos XVII ao XX, em conjunto com a porcelana Chinesa (séc. XVI a XIX). HORÁRIO De Quarta a Domingo, das 10h00 às 18h00 Às Terças, das 14h00 às 18h00 Encerrado: Segunda 1 de Janeiro Domingo de Páscoa 1 de Maio 25 de Dezembro PREÇOS Bilhete Individual: 5,00 Desconto de 50%: Utentes com mais de 65 anos ou portadores de deficiência Famílias com dois ou mais filhos menores (15 18), desde que acompanhados por um dos pais Portadores de cartões pré-comprados Porto Card (adquiridos nos Postos de Turismo municipais. Mais informações em Desconto de 60%: Cartão Jovem Passes dos Museus do IMC (podem ser adquiridos em qualquer bilheteira dos museus do IMC) 2 dias 7,00 5 dias 11,00 7 dias 14,00 Entrada Livre: Domingos e Feriados até às 14h00 Jornalistas e Profissionais de Turismo (devidamente credenciados e no desempenho das suas funções) INFORMAÇÃO DISPONÍVEL Desdobrável (português, inglês) gratuito Roteiro (português, inglês) 25,00 ACESSIBILIDADE Acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida: rampas de acesso à porta principal e no résdo-chão. Elevador. Para a realização da visita, o Museu poderá ceder cadeira de rodas mediante solicitação prévia na recepção ESTACIONAMENTO Há parques de estacionamento públicos em frente ao Museu e nas imediações BENGALEIRO Horário de funcionamento do Museu. Preço: gratuito CAFETARIA Horário: encerra à Segunda, abre à Terça à hora de almoço e às 10h nos restantes dias (sábado e domingo inclusivé). Fecha às 18h. Capacidade: 30 pessoas sentadas, aumentando a capacidade para 70 pessoas sentadas, com a esplanada LOJA Horário de funcionamento do museu. Acervo: publicações; peças que reproduzem ou são inspiradas em obras deste e de outros Museus do IMC BIBLIOTECA Horário: de 2ª a 6ª das 10h às 18h mediante contacto e marcação prévia. Especializada em História de Arte

4 Grupos / Serviços para Organização de Eventos DIMENSÃO DO GRUPO Dimensão máxima de 15 pessoas por grupo Máximo de 7 grupos em visita simultânea ao Museu HORÁRIOS Horário do museu, salvo em casos excepcionais PREÇOS Mediante consulta prévia PERCURSOS TEMÁTICOS Romantismo, Naturalismo, Colecção Henrique Pousão, Pintura e Escultura do séc.xx, Ourivesaria sacra e profana sécs. XVII, XVIII e XIX, Joalharia sécs. XVII, XVIII e XIX, Arte Oriental e Faiança Portuguesa. Duração aproximada de 1h VISITAS GUIADAS PRÓPRIAS Mediante marcação prévia CATERING PRÓPRIO Inexistente. Os organizadores dos eventos contratam empresas de catering que são autorizadas a servir no Museu, mediante condições prévias EVENTOS PERMITIDOS Jantares, recepções, conferências e outros de natureza cultural, social ou empresarial. Em dias de funcionamento normal do Museu, à excepção do auditório, dos seus anexos e da Sala / Copa (cujo horário pode coincidir com o do normal funcionamento do museu), os espaços só podem ser utilizados depois das horas. Excepcionalmente, podem ser utilizados à Segunda (todo o dia) e à Terça (durante a manhã). REFEIÇÕES ESPECIAIS Inexistentes OUTRO EQUIPAMENTO Inexistente VISITAS PRIVADAS Dentro da temática associada ao espólio do museu, os percursos podem ser ajustados às solicitações expressas. Horário: depois das 18h. Custo de 120 /grupo, para um máximo de 5 grupos (15 pessoas cada) em simultâneo. Mediante marcação prévia ESPECTÁCULOS FORNECIDOS Inexistentes ESPECTÁCULOS PERMITIDOS Animação contratada pelo Museu, mediante solicitação prévia CONDICIONAMENTOS TÉCNICOS / SEGURANÇA Deverão ser cumpridas as Normas de utilização do Museu, destacando-se as seguintes: é obrigatória a permanência de pessoal de vigilância na preparação e decorrer do evento; só são permitidas refeições já cozinhadas; a realização de fotos carece de autorização prévia; as reservas dos espaços devem ser confirmadas com antecedência mínima de 2 meses.

5

6 Espaços disponíveis ESPAÇOS ÁREA ÚTIL CARACTERÍSTICAS CAPACIDADE EQUIPAMENTO Auditório (com palco) Como espaços de apoio tem um foyer com balcão (para secretariado), copa para serviço de coffee-break, camarim e lavabos Palco: 7 x 9 m 2 Foyer: 9 x 10m 2 Paredes e pavimento revestidos a madeira. Pontos de luz 176 lugares sentados duas cabines de tradução simultânea (não equipadas); equipamento de som; equipamento de projecção; iluminação c/ controlo remoto Átrio das Exposições Temporárias (entre a Galeria das Exposições Temporárias, a Galeria de Escultura e o foyer do auditório 26 x 4,5 m 2 + 8,7 x 9 m 2 Paredes brancas e pavimento de mármore 120/130 lugares sentados calhas de iluminação; espaço desprovido de mobiliário Jardim das Camélias (área limitada pelas galerias de exposição e de pintura) 25 x 30 m 2 Átrio da Galeria de Escultura: 25 x 3 m 2 30 lugares sentados ou 70/80 lugares de pé Átrio da Cerca (com abertura para o Jardim da Cerca) 4,20 x 24 m 2 50 lugares sentados ou 80 lugares de pé Jardim da Cerca (pode ser utilizado para recepções para apoio do espaço, o seu organizador pode recorrer a uma tenda ou alugar simultaneamente o Átrio da Cerca) Antigo Picadeiro (o antigo picadeiro do palácio serve de esplanada à cafetaria até às 18 horas. Pode ser utilizado para a realização de diversas actividades) Informação não disponível Espaço exterior Informação não disponível 200 lugares sentados ou 300 de pé Inexistente

7

8 Informações INFORMAÇÕES ÚTEIS Como chegar: Autocarros da rede STCP: 800, 166, 201, 207, 501, 76, 96, 302, 601 Venda de bilhetes: no local Meios de pagamento: dinheiro, multibanco, cheque CONTACTOS Nome: Maria Lobato Guimarães Cargo: Responsável pelo sector Endereço: Rua D. Manuel II, nº 44, Porto Telefone: Site: OUTROS CONTACTOS Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte Telefone: / Câmara Municipal do Porto Telefone: Site: R. do Campo Alegre R. da Torrinha R. dos Bragas R. da Piedade Porto R. de Breyner R. de Cedofeita R. do Rosário R. de Júlio Dinis R. de Dom Pedro V R. da Boa Nova R. de Miguel Bombarda R. do Rosário R. de Dom Manuel II R de Clemente Menéres R. de Entre Quintas Jardins do Palácio de Cristal R. da Restauração R. do Carmo N12 R. Nova da Alfândega

Museu de Artes Decorativas Portuguesas Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva Lisboa

Museu de Artes Decorativas Portuguesas Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva Lisboa Museu de Artes Decorativas Portuguesas Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva Lisboa 18 Museu de Artes Decorativas Portuguesas Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva APRESENTAÇÃO Instalado no Palácio

Leia mais

Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa Braga

Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa Braga Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa Braga 1 Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa APRESENTAÇÃO Edifício de traça actual, construído de raiz, implantado no centro histórico de Braga, na proximidade

Leia mais

Separata do Guia Técnico Monumentos e Museus de Portugal, 2009. Museu Nacional de Arqueologia Lisboa

Separata do Guia Técnico Monumentos e Museus de Portugal, 2009. Museu Nacional de Arqueologia Lisboa Separata do Guia Técnico Monumentos e Museus de Portugal, 2009 Museu Nacional de Arqueologia Lisboa Museu Nacional de Arqueologia APRESENTAÇÃO O Museu Nacional de Arqueologia (MNA), fundado em 1893, ocupa,

Leia mais

Torre de Belém Lisboa

Torre de Belém Lisboa Torre de Belém Lisboa 12 Torre de Belém APRESENTAÇÃO Construída entre 1514 e 1519, estrategicamente localizada no rio Tejo, para defender a barra, a Torre de Belém é um misto de torre medieval e de baluarte

Leia mais

Panteão Nacional Igreja de Santa Engrácia Lisboa

Panteão Nacional Igreja de Santa Engrácia Lisboa Panteão Nacional Igreja de Santa Engrácia Lisboa 11 Panteão Nacional Igreja de Santa Engrácia APRESENTAÇÃO Sobranceiro à zona histórica e ao rio Tejo, o Panteão Nacional é uma referência na imagem da

Leia mais

Mosteiro dos Jerónimos Lisboa

Mosteiro dos Jerónimos Lisboa Mosteiro dos Jerónimos Lisboa 10 Mosteiro dos Jerónimos APRESENTAÇÃO Associado pela sua fundação às figuras de D. Manuel e de Vasco da Gama, o Mosteiro dos Jerónimos é uma obra-prima da arquitectura manuelina,

Leia mais

Paço dos Duques de Bragança Guimarães

Paço dos Duques de Bragança Guimarães Paço dos Duques de Bragança Guimarães 3 Paço dos Duques de Bragança APRESENTAÇÃO Situado na cidade de Guimarães, cujo centro histórico se encontra classificado pela UNESCO como Património da Humanidade,

Leia mais

Separata do Guia Técnico Monumentos e Museus de Portugal, 2009. Palácio Nacional da Ajuda Lisboa

Separata do Guia Técnico Monumentos e Museus de Portugal, 2009. Palácio Nacional da Ajuda Lisboa Separata do Guia Técnico Monumentos e Museus de Portugal, 2009 Palácio Nacional da Ajuda Lisboa Palácio Nacional da Ajuda APRESENTAÇÃO O Real Paço de Nossa Senhora da Ajuda, iniciado em 1796, veio substituir

Leia mais

Museu Monográfico de Conímbriga Condeixa-a-Nova

Museu Monográfico de Conímbriga Condeixa-a-Nova Museu Monográfico de Conímbriga Condeixa-a-Nova 7 Museu Monográfico de Conímbriga APRESENTAÇÃO Ruínas de uma cidade romana extensamente escavada, notáveis pela conservação do urbanismo antigo e pelos

Leia mais

Museu Nacional do Azulejo Lisboa

Museu Nacional do Azulejo Lisboa Museu Nacional do Azulejo Lisboa 15 Museu Nacional do Azulejo APRESENTAÇÃO O Museu Nacional do Azulejo está instalado na zona oriental de Lisboa, no antigo convento da Madre de Deus, Casa da Ordem de

Leia mais

Museu Nacional da Arte Antiga

Museu Nacional da Arte Antiga Museu Nacional da Arte Antiga Índice 1. Horários e localização: 2. Ingresso 3. História do museu 4. Informações acerca do museu 5. As 10 obras de referência do MNAA 6. Coleções 1 - Horário e Localização

Leia mais

Convento de Cristo Tomar

Convento de Cristo Tomar Convento de Cristo Tomar 8 Convento de Cristo APRESENTAÇÃO O Convento de Cristo forma, com o Castelo Templário de Tomar fundado por Gualdim Pais (1118-1195), Mestre da Ordem do Templo em Portugal, um

Leia mais

Museu Nacional de Arte Antiga Lisboa

Museu Nacional de Arte Antiga Lisboa Museu Nacional de Arte Antiga Lisboa 14 Museu Nacional de Arte Antiga APRESENTAÇÃO O Museu Nacional de Arte Antiga está situado na rua das Janelas Verdes, em ligação com o Largo de Santos-o-Velho, a nascente,

Leia mais

Distrito de Aveiro Concelho de Ílhavo MUSEU MARÍTIMO DE ÍLHAVO

Distrito de Aveiro Concelho de Ílhavo MUSEU MARÍTIMO DE ÍLHAVO Distrito de Aveiro Concelho de Ílhavo MUSEU MARÍTIMO DE ÍLHAVO HISTORIAL Data da fundação: 7 de Agosto de 1937. Breve Historial: O Museu Marítimo de Ílhavo surgiu como um museu de vocação etnográfica e

Leia mais

CENTRO DE CONGRESSOS APTO PARA SERVIÇOS DE APOIO

CENTRO DE CONGRESSOS APTO PARA SERVIÇOS DE APOIO CENTRO DE CONGRESSOS APTO PARA SERVIÇOS DE APOIO Inserido no Parque de Congressos e Conferências Restauração Ciência e Tecnologia Foruns, Feiras e Exposições Agências bancárias - MB A 20 minutos de Lisboa

Leia mais

MUSEU DO AZULEJO APRESENTAÇÃO

MUSEU DO AZULEJO APRESENTAÇÃO MUSEU DO AZULEJO APRESENTAÇÃO O Museu Nacional do Azulejo tem por missão recolher, conservar, estudar e divulgar exemplares representativos da evolução da Cerâmica e do Azulejo em Portugal, promovendo

Leia mais

Palácio Nacional de Queluz Sintra

Palácio Nacional de Queluz Sintra Palácio Nacional de Queluz Sintra 23 Palácio Nacional de Queluz APRESENTAÇÃO A história do Palácio remonta aos finais do século XVI, mas é a partir de 1747 que ganha o estatuto de palácio real, como residência

Leia mais

Pavimento em mármore, paredes de alvenaria, tomadas eléctricas, iluminação na sanca ou com candeeiros de pé.

Pavimento em mármore, paredes de alvenaria, tomadas eléctricas, iluminação na sanca ou com candeeiros de pé. Nome: Palácio Nacional de Mafra Endereço: Terreiro D. João V, 2640-492 Mafra Telf. 261 817 550; fax 261 811 947 E-mail: g eral@pnmafra.dgpc.pt ESPAÇOS E SERVIÇOS PARA ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS 1 1.Apresentação

Leia mais

Regulamento de Utilização dos Auditórios, Sala do Senado e Átrio

Regulamento de Utilização dos Auditórios, Sala do Senado e Átrio Regulamento de Utilização dos Auditórios, Sala do Senado e Átrio Reitoria da NOVA www.unl.pt ÍNDICE I PRINCÍPIOS GERAIS 2 II - CAPACIDADE 2 III MATERIAL DE APOIO 2 IV - ÁTRIO 4 V - CATERING 4 VI EXPOSIÇÕES

Leia mais

Museu Nacional de Arqueologia

Museu Nacional de Arqueologia Museu Nacional de Arqueologia - História O atual Museu Nacional de Arqueologia (MNA) foi fundado em 1893 pelo Doutor José Leite de Vasconcelos (e daí a designação oficial mais completa do Museu, conforme

Leia mais

Horários: 10h30 12h30 / 15h00 20h00 (com marcação prévia)

Horários: 10h30 12h30 / 15h00 20h00 (com marcação prévia) MUSEU DO CARRO ELÉTRICO Inaugurado em 1992, o Museu do Carro Elétrico nasceu da dedicação e voluntarismo de um pequeno grupo de entusiastas e apaixonados por este meio de transporte coletivo, impulsionados

Leia mais

Normas de funcionamento e utilização do Mercado de Sant Ana Centro Cultural 1

Normas de funcionamento e utilização do Mercado de Sant Ana Centro Cultural 1 1 6 Normas de funcionamento e utilização do Mercado de Sant Ana Centro Cultural 1 I Disposições Gerais 1. Objecto O presente regulamento tem por finalidade estabelecer as condições gerais a que ficam sujeitos

Leia mais

Palácio Nacional de Sintra Sintra

Palácio Nacional de Sintra Sintra Palácio Nacional de Sintra Sintra 24 Palácio Nacional de Sintra APRESENTAÇÃO Visitar o Palácio Nacional de Sintra é fazer uma viagem no tempo ao longo de sete séculos de história. Único sobrevivente íntegro

Leia mais

Distrito de Lisboa Concelho de Lisboa OCEANÁRIO DE LISBOA

Distrito de Lisboa Concelho de Lisboa OCEANÁRIO DE LISBOA Distrito de Lisboa Concelho de Lisboa OCEANÁRIO DE LISBOA HISTORIAL Data da Fundação: 5 de Outubro de 1995. Breve Historial : Em 1989, a Comissão Nacional para a Comemoração dos Descobrimentos, liderada

Leia mais

Distrito de Faro Concelho de Olhão PARQUE NATURAL DA RIA FORMOSA

Distrito de Faro Concelho de Olhão PARQUE NATURAL DA RIA FORMOSA Distrito de Faro Concelho de Olhão PARQUE NATURAL DA RIA FORMOSA Galinha sultana porphyrio porphyrio HISTORIAL Data da Fundação: 1991 Breve Historial: O Centro de Educação Ambiental de Marim foi criado

Leia mais

Regulamento de Utilização e Aluguer do Auditório

Regulamento de Utilização e Aluguer do Auditório I PRINCÍPIOS GERAIS 1 - O Auditório é um espaço destinado à realização de eventos e cerimónias do Centro Ciência Viva da Floresta e de entidades externas ao Centro, em regime de aluguer, sempre que solicitados

Leia mais

Museu do Louvre - virtual. Lígia Oliveira

Museu do Louvre - virtual. Lígia Oliveira Estudo sobre a integração de ferramentas digitais no currículo da disciplina de Educação Visual e Tecnológica Museu do Louvre - virtual Manual e Guia de exploração do Museu do Louvre - virtual para utilização

Leia mais

Museu Nacional de Arte Contemporânea Museu do Chiado Lisboa

Museu Nacional de Arte Contemporânea Museu do Chiado Lisboa Museu Nacional de Arte Contemporânea Museu do Chiado Lisboa 17 Museu Nacional de Arte Contemporânea Museu do Chiado APRESENTAÇÃO Situado no centro de Lisboa, na zona histórica do Chiado, o Museu Nacional

Leia mais

Palácio Nacional de Mafra Mafra

Palácio Nacional de Mafra Mafra Palácio Nacional de Mafra Mafra 9 Palácio Nacional de Mafra APRESENTAÇÃO Mandado construir por D. João V para cumprir um voto de sucessão, é o mais importante monumento do barroco em Portugal. Construído

Leia mais

programa jul./set. 2010

programa jul./set. 2010 programa programa Foto: Júlio Marques apresentação Museu de São Roque, da Santa Casa O da Misericórdia de Lisboa, tem vindo a desenvolver um conjunto de actividades que têm por objectivo captar e fidelizar

Leia mais

Mosteiro de Santa Maria da Vitória Batalha

Mosteiro de Santa Maria da Vitória Batalha Mosteiro de Santa Maria da Vitória Batalha 6 Mosteiro de Santa Maria da Vitória APRESENTAÇÃO O Mosteiro de Santa Maria da Vitória é um memorial à batalha que garantiu a independência total do reino de

Leia mais

Estação Guanabara 2001

Estação Guanabara 2001 Anexo 1.30 Estação Guanabara 2001 1. EDIFÍCIO HISTÓRICO Endereço: Rua Mário Siqueira, Campinas SP, Brasil. Autoria: desconhecida. Data do Projeto: desconhecida. Data da Construção: 1915. Área do Terreno:

Leia mais

CAPÍTULO I - DISPOSIÇÕES LEGAIS. Artigo 1º PREÂMBULO

CAPÍTULO I - DISPOSIÇÕES LEGAIS. Artigo 1º PREÂMBULO REGULAMENTO INTERNO CAPÍTULO I - DISPOSIÇÕES LEGAIS Artigo 1º PREÂMBULO O presente regulamento do Museu da Ciência da Universidade de Coimbra estabelece-se de acordo com os Estatutos da Fundação Museu

Leia mais

agenda de novembro Feltros do mundo. Arquitecturas de cabeça

agenda de novembro Feltros do mundo. Arquitecturas de cabeça agenda de novembro Feltros do mundo. Arquitecturas de cabeça :: EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS Feltros do Mundo. Arquitecturas de Cabeça Inserida no âmbito das actividades promovidas em S. João da Madeira a propósito

Leia mais

Ficha de Proposta de Exposição

Ficha de Proposta de Exposição Ficha de Proposta de Exposição (Sff. preencher com letra legível ou datilografar) 1. PROPOSTA DE EXPOSIÇÃO (* O preenchimento de todos os campos é obrigatório, exceto quando informado no próprio campo

Leia mais

turismo industrial AGENDAMarinhaGrande GUIA CULTURAL APRESENTAÇÃO OFICIAL Circuitos Industriais Marinha Grande

turismo industrial AGENDAMarinhaGrande GUIA CULTURAL APRESENTAÇÃO OFICIAL Circuitos Industriais Marinha Grande 11.MARÇO.2013 25 anos da elevação a cidade APRESENTAÇÃO OFICIAL Circuitos Industriais Marinha Grande turismo industrial Marinha Grande www.cm-mgrande.pt MARÇO 2013 AGENDAMarinhaGrande GUIA CULTURAL DESTAQUE

Leia mais

FAQs. 1. Os bilhetes já estão à venda? 2. Quais são os meios de pagamento disponíveis nos canais de venda online?

FAQs. 1. Os bilhetes já estão à venda? 2. Quais são os meios de pagamento disponíveis nos canais de venda online? FAQs BILHETES E INSCRIÇÕES 1. Os bilhetes já estão à venda? R: Sim, poderá proceder à compra de bilhetes em www.presentenofuturo.pt, na loja online da Fundação Francisco Manuel dos Santos (www.ffms.pt/loja),

Leia mais

Centro Empresarial AIMinho

Centro Empresarial AIMinho Domiciliação de empresas Eventos e negócios Espaços para ações de formação Centro Empresarial AIMinho Um espaço polivalente para o seu negócio O Centro Empresarial AIMinho é um espaço de excelência localizado

Leia mais

EMBARQUEM NUMA AVENTURA E NUMA AULA DE HISTÓRIA VIVA!

EMBARQUEM NUMA AVENTURA E NUMA AULA DE HISTÓRIA VIVA! EMBARQUEM NUMA AVENTURA E NUMA AULA DE HISTÓRIA VIVA! Em parceria com: PARA RESERVAR VISITA 1. Reúna toda a informação necessária Dia e horário pretendidos*; número de participantes; idades/ciclo de ensino;

Leia mais

REGULAMENTO PARA UTILIZAÇÃO DO ESPAÇO VERDE DA QUINTA DO CONVENTINHO

REGULAMENTO PARA UTILIZAÇÃO DO ESPAÇO VERDE DA QUINTA DO CONVENTINHO REGULAMENTO PARA UTILIZAÇÃO DO ESPAÇO VERDE DA QUINTA DO CONVENTINHO (Aprovado na 16.ª Reunião Ordinária de Câmara Municipal, realizada em 20 de Agosto de 2008) REGULAMENTO PARA UTILIZAÇÃO DO ESPAÇO VERDE

Leia mais

Situação existente CÂMARA MUNICIPAL DA RIBEIRA GRANDE CASA - MUSEU DA FREIRA DO ARCANO PROJECTO DE EXECUÇÃO MEMÓRIA DESCRITIVA

Situação existente CÂMARA MUNICIPAL DA RIBEIRA GRANDE CASA - MUSEU DA FREIRA DO ARCANO PROJECTO DE EXECUÇÃO MEMÓRIA DESCRITIVA Situação existente A cidade da Ribeira Grande, cabeça de um concelho que este ano celebra o meiomilénio de existência, é das mais notáveis construções urbanas açóricas, e constitui uma das mais originais

Leia mais

Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo CALENDÁRIO PROGRAMAÇÃO DE MARÇO 2011

Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo CALENDÁRIO PROGRAMAÇÃO DE MARÇO 2011 Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo CALENDÁRIO PROGRAMAÇÃO DE MARÇO 2011 Diariamente, de terça a domingo Exposição Islã: Arte e Civilização Subsolo, térreo, 1º, 2º e 3º andares Até 27 de março, de

Leia mais

Dia Internacional dos Museus Noite dos Museus. Museus num Mundo em Mudança: Novos Desafios, Novas Inspirações 2012

Dia Internacional dos Museus Noite dos Museus. Museus num Mundo em Mudança: Novos Desafios, Novas Inspirações 2012 Museus num Mundo em Mudança: Novos Desafios, Novas Inspirações Porto Casa-Museu Guerra Junqueiro 10h00 20h00 Exposição O Vestir da Arte Percurso expositivo inspirado na coleção de artes decorativas de

Leia mais

:: EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS

:: EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS agenda de janeiro :: EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS Feltros do Mundo. Arquitecturas de Cabeça Estará patente até ao fim do mês de Janeiro a exposição Feltros do Mundo, Arquitecturas de Cabeça. Esta será a última

Leia mais

Para todas as idades!

Para todas as idades! POUSADAS DE JUVENTUDE Para todas as idades! Numa lógica de descentralização e de promoção da mobilidade juvenil, o Governo Regional da Madeira tem feito uma aposta crescente na criação e modernização de

Leia mais

IMPRESCINDÍVEL SABER

IMPRESCINDÍVEL SABER IMPRESCINDÍVEL SABER Caro Sr. Expositor, Este Manual reúne as informações mais importantes que podem garantir uma presença na Feira o mais produtiva possível. No entanto, por favor tenha em atenção que

Leia mais

Casa do Infante. Porto MUSEUS E COLECÇÕES VISITÁVEIS. Contactos

Casa do Infante. Porto MUSEUS E COLECÇÕES VISITÁVEIS. Contactos Casa do Infante Rua da Alfândega, 10 4050-029 PORTO Tel: 22 206 04 00 Fax : 22 206 04 01 email : dmarquivos@cm-porto.pt www.cm-porto.pt 3ª a Sábado : 10.00 às 12.30 e 14.00 às 17.30 Domingo : 14.00 às

Leia mais

O lugar certo para todos os acontecimentos da sua empresa

O lugar certo para todos os acontecimentos da sua empresa DANIEL MALHÃO O lugar certo para todos os acontecimentos da sua empresa PROPOSTA GERAL DE ESPAÇ OS Índice CCB [CIDADE ABERTA] introdução Grande Auditório Pequeno Auditório Sala Luís de Freitas Branco Sala

Leia mais

Cruzeiro de Páscoa, 7 noites, Porto / Barca d Alva / Porto

Cruzeiro de Páscoa, 7 noites, Porto / Barca d Alva / Porto Cruzeiro de Páscoa, 7 noites, Porto / Barca d Alva / Porto Partida exclusiva a 4 de Abril 2009 Sábado, 4 de Abril 2009 18h00 Check in em Vila Nova de Gaia Welcome cocktail Estadia a bordo em Vila Nova

Leia mais

São Bartolomeu dos Regatos Ilha Terceira Açores

São Bartolomeu dos Regatos Ilha Terceira Açores São Bartolomeu dos Regatos Ilha Terceira Açores Carta de boas-vindas Oferta Preçário Reservas e pagamentos Distâncias relevantes Autocarros Farmácias Carta de boas-vindas Uma plataforma de estadia confortável,

Leia mais

LUGAR DO DESENHO FUNDAÇÃO JÚLIO RESENDE

LUGAR DO DESENHO FUNDAÇÃO JÚLIO RESENDE 1- PRESERVAR E DIVULGAR O SEU ACERVO EXPOSIÇÕES DO ACERVO (sala do acervo da Fundação) DATA DESIGNAÇÃO DAS EXPOSIÇÕES LOCAL 23.Out.2010 a 09.Out.2011 23.Out.2011 a 14.Out.2012 RESENDE- A INTUIÇÃO ATENTA

Leia mais

31OUTUBRO EM NOVEMBRO. arte. 30-10-2015 Evasões Norte (DN + JN) 131011TUBRO

31OUTUBRO EM NOVEMBRO. arte. 30-10-2015 Evasões Norte (DN + JN) 131011TUBRO Pág: 36 Área: 18,08 x 25,88 cm² Corte: 1 de 5 atividades À BORLA Assinala-se este sábado o Dia Mundial da Poupança, efeméride criada em Itália, em 1924. No Porto e seus arredores, é possível celebrar o

Leia mais

Apartamento Janelas Verdes 74

Apartamento Janelas Verdes 74 JANELAS VERDES 74 Apartamento Janelas Verdes 74 Maio 2015 localização área bruta tipologia Rua das Janelas Verdes, 74-1ºD - Lisboa Portugal 38.70567,-9.16014 150 m 2 + 20 m 2 [pátio + varandas] T3 Bairro

Leia mais

Banco. Tendo tomado conhecimento do Regulamento Geral de Feiras e Aditamento da Ecorex, Lda., declaramos aceitar todas as condições aí descritas.

Banco. Tendo tomado conhecimento do Regulamento Geral de Feiras e Aditamento da Ecorex, Lda., declaramos aceitar todas as condições aí descritas. BOLETIM DE INSCRIÇÃO N.º LISBOA NORTE 008 Empresa: CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO Assinalar a opção pretendida Direitos de Inscrição - 150 por expositor Contribuinte N.º: Morada: A - Espaço Livre (Mínimo 9

Leia mais

O Ç R A M E D A D N E G A

O Ç R A M E D A D N E G A AGENDA DE MARÇO :: PROGRAMAÇÃO 2008 2008 será dedicado ao tema da moda Sendo o chapéu um elemento determinante do ponto de vista da evolução do traje, este seria necessariamente um tema obrigatório dentro

Leia mais

CATEGORIA A7 OUTROS SERVIÇOS E EQUIPAMENTOS DE APOIO IDENTIFICAÇÃO

CATEGORIA A7 OUTROS SERVIÇOS E EQUIPAMENTOS DE APOIO IDENTIFICAÇÃO Ministério do Turismo Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Departamento de Estruturação, Articulação e Ordenamento Turístico Coordenação Geral de Regionalização Inventário da Oferta Turística uf:

Leia mais

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE NISA. - Normas de Funcionamento -

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE NISA. - Normas de Funcionamento - BIBLIOTECA MUNICIPAL DE NISA - Normas de Funcionamento - 1º - Definição A Biblioteca Municipal de Nisa é um equipamento cultural da Câmara Municipal de Nisa, estando ao dispor de toda a população, sem

Leia mais

REGULAMENTO PARA PROFISSIONAIS E EMPRESAS DE FOTO E FILMAGEM NAS SOLENIDADES DE FORMATURA NO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

REGULAMENTO PARA PROFISSIONAIS E EMPRESAS DE FOTO E FILMAGEM NAS SOLENIDADES DE FORMATURA NO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES O presente regulamento expressa normas a serem cumpridas pelos profissionais e empresas contratados pelos formandos para realização de atividades de fotografia e filmagem nas formaturas realizadas no Centro

Leia mais

Este Manual reúne as informações mais importantes que podem garantir uma presença na Feira o mais produtiva possível.

Este Manual reúne as informações mais importantes que podem garantir uma presença na Feira o mais produtiva possível. IMPRESCINDÍVEL SABER Caro Sr. Expositor, Este Manual reúne as informações mais importantes que podem garantir uma presença na Feira o mais produtiva possível. No entanto, por favor tenha em atenção que

Leia mais

manual liga elo7 2.0 ORIENTAÇÕES E RECOMENDAÇÕES PARA PLANEJAMENTO DE EVENTOS

manual liga elo7 2.0 ORIENTAÇÕES E RECOMENDAÇÕES PARA PLANEJAMENTO DE EVENTOS ORIENTAÇÕES E RECOMENDAÇÕES PARA PLANEJAMENTO DE EVENTOS Olá Elosetter, Então você está com vontade de organizar um evento? O Elo7 incentiva as ações que fortaleçam e integram a comunidade artesanal e

Leia mais

Regulamento da 1ª Mostra/Venda Ordem para Criar!

Regulamento da 1ª Mostra/Venda Ordem para Criar! Regulamento da 1ª Mostra/Venda Ordem para Criar! (escultura, pintura, fotografia, instalação, vídeo, joalharia, moda,...) Armazém das Artes 1,2,3 e 4 de Dezembro de 2011 quinta-feira, sexta-feira, sábado

Leia mais

MUSEUS Casa Fernando Pessoa Casa Museu João da Silva Casa Museu Dr. Anastácio Gonçalves Centro de Arte Moderna Convento dos Cardaes Museu Antoniano

MUSEUS Casa Fernando Pessoa Casa Museu João da Silva Casa Museu Dr. Anastácio Gonçalves Centro de Arte Moderna Convento dos Cardaes Museu Antoniano Casa Fernando Pessoa Salas de exposições, visionamentos, conferências, colóquios e gabinetes de estudos Pessoanos. Biblioteca de poesia. Acesso a micro-filmes sobre temas necessários para os estudos. Aberto:

Leia mais

Objectivo: desenvolver o interesse pela História de Portugal.

Objectivo: desenvolver o interesse pela História de Portugal. Versão Adobe Portable Document Format Boletim do Publicação trimestral Junho - Julho de 2009 N.º 12 Ano II O Rosto de Afonso Henriques numa escultura do Século XIII Um jogo no Claustro da SMS 1 a 31 de

Leia mais

Natal Luz 2014 Gramado/RS

Natal Luz 2014 Gramado/RS Natal Luz 2014 Gramado/RS Dúvidas Frequentes O que é o Natal Luz de Gramado? Considerado o maior evento natalino do Brasil e um dos maiores do mundo, o Natal Luz transforma Gramado em um grande parque

Leia mais

banquetes e conferencias

banquetes e conferencias banquetes e conferencias almada negreiros lounge Title Text Uma das salas mais bonitas em Lisboa, o Salão Almada Negreiros é perfeito para cocktails, com capacidade para até 300 pessoas. lobby pedro leitao

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA ESCOLA DAS ARTES

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA ESCOLA DAS ARTES UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA ESCOLA DAS ARTES LICENCIATURA DE ARTE - CONSERVAÇÃO E RESTAURO HISTÓRIA DAS ARTES METÁLICAS ANO LECTIVO 2013/2014 Docente: Prof. Doutor Gonçalo de Vasconcelos e Sousa OBJECTIVOS:

Leia mais

SNATTI The Art of Guiding. A Historia do Azeite EHTM- MIRANDELA

SNATTI The Art of Guiding. A Historia do Azeite EHTM- MIRANDELA SNATTI The Art of Guiding O Guia Intérprete como Embaixador de Portugal Seminários de Formação Activa A Historia do Azeite EHTM- MIRANDELA Dia 02 E 03 DE DEZEMBRO DE 2015 Seminário Técnico História do

Leia mais

Câmara Municipal da Figueira da Foz Divisão de Cultura NORMAS DE PARTICIPAÇÃO

Câmara Municipal da Figueira da Foz Divisão de Cultura NORMAS DE PARTICIPAÇÃO Câmara Municipal da Figueira da Foz Divisão de Cultura NORMAS DE PARTICIPAÇÃO 1 Câmara Municipal da Figueira da Foz Divisão de Cultura Normas de Participação 1.Objetivo 1.1.O CRIATIVA - Encontro de Criadores

Leia mais

ALOJAMENTOS NA VILA DE CASTRO VERDE

ALOJAMENTOS NA VILA DE CASTRO VERDE ALOJAMENTOS NA VILA DE CASTRO VERDE HOTEL A ESTEVA *** Rua das Orquídeas, nº 1-7780 Castro Verde Telefone: 286 320 110 Fax: 286 320 119 URL: http://www.aesteva.pt//entrada.php?set_idi=1 32 quartos (1 quarto

Leia mais

CENTRO DE CONGRESSOS DO IST

CENTRO DE CONGRESSOS DO IST REGULAMENTO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NO CENTRO DE CONGRESSOS DO IST 2010 Nota prévia O Centro de Congressos do IST, funcionando sob a tutela directa do Conselho de Gestão, destina-se a satisfazer as necessidades

Leia mais

ALOJAMENTO AXIS PORTO BUSINESS & SPA HOTEL 59,00 65,00

ALOJAMENTO AXIS PORTO BUSINESS & SPA HOTEL 59,00 65,00 AXIS PORTO BUSINESS & SPA HOTEL O Axis Porto Business & SPA Hotel, é o novo hotel de 4 estrelas do Grupo AXIS, situado em pleno pólo universitário, numa das zonas de melhor acessibilidade à Invicta, junto

Leia mais

Vila Franca de Xira Em representação do GART Grupo de Artistas e Amigos da Arte

Vila Franca de Xira Em representação do GART Grupo de Artistas e Amigos da Arte P I N T U R A 12 12 2013 22 02 2014 Vila Franca de Xira Em representação do GART Grupo de Artistas e Amigos da Arte I N F O R M A Ç Õ E S [Patente] Galeria de Exposições da Biblioteca Municipal de Vila

Leia mais

1. COMPLEXO DE PISCINAS MUNICIPAIS DE CASTELO BRANCO

1. COMPLEXO DE PISCINAS MUNICIPAIS DE CASTELO BRANCO TARIFÁRIO 2011 (1.ª alteração) Agosto de 2011 Aprovado pela Câmara Municipal de Castelo Branco, na reunião de 02/09/2011 1. COMPLEXO DE PISCINAS MUNICIPAIS DE CASTELO BRANCO 1.1. PISCINA PRAIA Ingresso

Leia mais

MUNICIPIO DE ALPIARÇA ALPIAGRA 2014 FEIRA AGRÍCOLA E COMERCIAL DE ALPIARÇA NORMAS

MUNICIPIO DE ALPIARÇA ALPIAGRA 2014 FEIRA AGRÍCOLA E COMERCIAL DE ALPIARÇA NORMAS MUNICIPIO DE ALPIARÇA ALPIAGRA 2014 FEIRA AGRÍCOLA E COMERCIAL DE ALPIARÇA NORMAS A Alpiagra Feira Agrícola e Comercial de Alpiarça é uma organização da Câmara Municipal de Alpiarça. Artigo 1º (Condições

Leia mais

Fica o convite para mais um ano de experiências interativas e sensoriais num Museu que é de todos e para todos.

Fica o convite para mais um ano de experiências interativas e sensoriais num Museu que é de todos e para todos. Antigo espaço de encontro e de comunicação em torno do comércio e das mercadorias, a Alfândega é agora a casa do Museu dos Transportes e Comunicações, que tem vindo a construir e a solidificar uma relação

Leia mais

Regulamento para a utilização do auditório e salas de reunião do INFARMED, I.P.

Regulamento para a utilização do auditório e salas de reunião do INFARMED, I.P. Artigo 1º (Objeto) Regulamento para a utilização do auditório e salas de reunião do INFARMED, I.P. O presente regulamento estabelece as condições de utilização do auditório, salas de reunião e espaços

Leia mais

REGULAMENTO DO MUSEU DO CARRO ELÉCTRICO REGRAS DE UTILIZAÇÃO DOS BENS DO MUSEU DO CARRO ELÉCTRICO

REGULAMENTO DO MUSEU DO CARRO ELÉCTRICO REGRAS DE UTILIZAÇÃO DOS BENS DO MUSEU DO CARRO ELÉCTRICO REGULAMENTO DO MUSEU DO CARRO ELÉCTRICO REGRAS DE UTILIZAÇÃO DOS BENS DO MUSEU DO CARRO ELÉCTRICO Mário Castro Marques 26.11.2002 Regulamento de Utilização do Museu do Carro Eléctrico Título I Da Propriedade

Leia mais

F) 13.392.0168.2650.0001 - Funcionamento de Bibliotecas da União

F) 13.392.0168.2650.0001 - Funcionamento de Bibliotecas da União Brasileira I Vol. de vários autores; Brasileira II Vol. de vários autores; Brasileira III Vol. de vários autores; Brasileira IV Vol. de vários autores; Brasileira V Vol. de vários autores; Editions du

Leia mais

O DIREITO DE AUTOR E A DISPONIBILIZAÇÃO DE OBRAS AO PÚBLICO ATRAVÉS DAS REDES DIGITAIS. Cláudia Trabuco

O DIREITO DE AUTOR E A DISPONIBILIZAÇÃO DE OBRAS AO PÚBLICO ATRAVÉS DAS REDES DIGITAIS. Cláudia Trabuco O DIREITO DE AUTOR E A DISPONIBILIZAÇÃO DE OBRAS AO PÚBLICO ATRAVÉS DAS REDES DIGITAIS Cláudia Trabuco Centro Português de Fotografia, Porto, 30.10.2007 Plano da exposição 1. Direitos de autor e direitos

Leia mais

TASQUINHAS. Critérios de Atribuição ÂMBITO OBJECTIVOS LOCAL E HORÁRIO

TASQUINHAS. Critérios de Atribuição ÂMBITO OBJECTIVOS LOCAL E HORÁRIO TASQUINHAS Critérios de Atribuição ÂMBITO 1. A Câmara Municipal de Moura em colaboração com diversas entidades locais, pretende realizar a XI Feira Empresarial de Moura / IV Fórum das Energias Renováveis

Leia mais

ROTEIRO TURISTICO DO ALENTEJO

ROTEIRO TURISTICO DO ALENTEJO 2014 ROTEIRO TURISTICO DO ALENTEJO ROTEIRO TIPO Enoturismo Sabores da Rolha ROTEIRO ENOTURÍSTICO ALENTEJO DIA 1 Transfere do aeroporto da Portela (Lisboa) para o hotel Miraparque, (aprox. 30m). Acolhimento

Leia mais

Histórico. Conceituação

Histórico. Conceituação MEMORIAL DESCRITIVO Histórico O Solar, antiga sede da fazenda do Barão de Muriaé, que foi construído por volta de 1844, tem profunda importância histórica, pois foi palco de marcantes acontecimentos em

Leia mais

BIBLIOTECA MUNICIPAL DAS CALDAS DA RAINHA PERGUNTAS FREQUENTES

BIBLIOTECA MUNICIPAL DAS CALDAS DA RAINHA PERGUNTAS FREQUENTES BIBLIOTECA MUNICIPAL DAS CALDAS DA RAINHA PERGUNTAS FREQUENTES CARTÃO DE LEITOR 1- Efectuar a inscrição como leitor? Para poder efectuar a inscrição como leitor, tem de residir no concelho. Os não residentes

Leia mais

MUNICÍPIO DO FUNCHAL

MUNICÍPIO DO FUNCHAL ANEXO A Anexo ao art. 1 do Programa de Concurso A empresa adjudicatária deverá assegurar a limpeza das instalações, tendo em conta as exigências dos serviços, designadamente, serviços de limpeza a serem

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES

PERGUNTAS FREQUENTES PERGUNTAS FREQUENTES O que é a Jornada Mundial da Juventude (JMJ)? É o maior encontro mundial de jovens católicos com o papa. A jornada começou com o Papa João Paulo II, em 1984, no Vaticano. Desde então

Leia mais

ANEXO I ESPAÇOS CEDIDOS E ATIVIDADES AFETAS

ANEXO I ESPAÇOS CEDIDOS E ATIVIDADES AFETAS ANEXO I ESPAÇOS CEDIDOS E ATIVIDADES AFETAS MULTIUSOS DE GUIMARÃES Designação: Multiusos de Guimarães Morada: Alameda Cidade de Lisboa, Creixomil, 4835-037 Guimarães Tipologia: Espaço multifuncional /

Leia mais

Todas as actividades do salão, serão levadas a efeito no Museu da Chapelaria e nos Paços da Cultura, que se situam em S. João da Madeira.

Todas as actividades do salão, serão levadas a efeito no Museu da Chapelaria e nos Paços da Cultura, que se situam em S. João da Madeira. SALÃO INTERNACIONAL DE ARTES PLÁSTICAS 2007 28 de Abril a 13 Maio 2007 S. JOÃO DA MADEIRA A organização deste Salão Internacional de Artes Plásticas de S. João da Madeira, é da responsabilidade do Rotary

Leia mais

Regulamento de Cedência e Utilização do Auditório da FEUP

Regulamento de Cedência e Utilização do Auditório da FEUP Regulamento de Cedência e Utilização do Auditório da FEUP Serviços de Imagem, Comunicação e Cooperação Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto 11 de Maio de 2005 Capitulo I - Disposições Gerais

Leia mais

O FLAUTISTA DE HAMELIN

O FLAUTISTA DE HAMELIN Apresentam: ERA UMA VEZ...ERAM DUAS...ERAM TRÊS O FLAUTISTA DE HAMELIN Fae 20 de julho de 2014 Teatro Bom Jesus 23 de junho de 2014 Jornal e Notícias (Blog do Ruy) 20 de junho de 2014 Descubra Curitiba

Leia mais

Categoria: 3* Morada: Avenida António de Serpa, 13 1069-199 Lisboa. Telefone: (+351) 217 814 300. Web site: http://www.viphotels.

Categoria: 3* Morada: Avenida António de Serpa, 13 1069-199 Lisboa. Telefone: (+351) 217 814 300. Web site: http://www.viphotels. Categoria: 3* Avenida António de Serpa, 13 1069-199 Lisboa Telefone: (+351) 217 814 300 Web site: http://www.viphotels.com/ Distância para a Partida: 7 Km Distância para o Centro da Cidade: 3 Km Distância

Leia mais

Viagem Cultural Rosário São Paulo 8ª série

Viagem Cultural Rosário São Paulo 8ª série Viagem Cultural Rosário São Paulo 8ª série Aprendizagem é mais do que aquisição ou apreensão da rede de determinados corpos de conhecimentos conceituais, selecionados socialmente como relevantes e organizados

Leia mais

ALOJAMENTO - VII CIDU Porto, 24 a 27 Junho

ALOJAMENTO - VII CIDU Porto, 24 a 27 Junho AXIS PORTO BUSINESS & SPA HOTEL O Axis Porto Business & SPA Hotel, é o novo hotel de 4 estrelas do Grupo AXIS, situado em pleno pólo universitário, numa das zonas de melhor acessibilidade à Invicta, junto

Leia mais

MUSEU NACIONAL DE HISTÓRIA NATURAL E DA CIÊNCIA

MUSEU NACIONAL DE HISTÓRIA NATURAL E DA CIÊNCIA MUSEU NACIONAL DE HISTÓRIA NATURAL E DA CIÊNCIA Apresentação do Museu O Museu Nacional de História Natural é um organismo da Universidade de Lisboa, vocacionado para a investigação científica e atividades

Leia mais

NORMAS DE FUNCIONAMENTO DA CASA MUNICIPAL DA JUVENTUDE DE AVEIRO

NORMAS DE FUNCIONAMENTO DA CASA MUNICIPAL DA JUVENTUDE DE AVEIRO NORMAS DE FUNCIONAMENTO DA CASA MUNICIPAL DA JUVENTUDE DE AVEIRO CAPÍTULO I Art. 1º - Definição a. A Casa Municipal da Juventude de Aveiro é um equipamento que a Câmara Municipal de Aveiro coloca ao dispor

Leia mais

CATEGORIA C5 EVENTOS PROGRAMADOS IDENTIFICAÇÃO. Subtipos:

CATEGORIA C5 EVENTOS PROGRAMADOS IDENTIFICAÇÃO. Subtipos: Ministério do Turismo Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Departamento de Estruturação, Articulação e Ordenamento Turístico Coordenação Geral de Regionalização Inventário da Oferta Turística uf:

Leia mais

M A. Projeto Exposições 2010. Museu Universitário de Arte

M A. Projeto Exposições 2010. Museu Universitário de Arte M A Museu Universitário de Arte Projeto Exposições 2010 Termos para inscrições de artistas, curadores e demais interessados em participar do calendário de exposições do ano de 2010/2011 do Museu Universitário

Leia mais

E s c a p a d a a P a r i s e o s m a i s B e l o s C a s t e l o s n o s a r r e d o r e s D e 1 5 a 2 5 d e J u l h o d e 2 0 1 6

E s c a p a d a a P a r i s e o s m a i s B e l o s C a s t e l o s n o s a r r e d o r e s D e 1 5 a 2 5 d e J u l h o d e 2 0 1 6 A Magnífica Paris E s c a p a d a a P a r i s e o s m a i s B e l o s C a s t e l o s n o s a r r e d o r e s D e 1 5 a 2 5 d e J u l h o d e 2 0 1 6 1º Dia 15/07 (Sexta-Feira) Curitiba / São Paulo / Paris

Leia mais

Anexo Técnico I Programa de Trabalho/Prestação de Serviços (tipo e descrição dos serviços memorial descritivo)

Anexo Técnico I Programa de Trabalho/Prestação de Serviços (tipo e descrição dos serviços memorial descritivo) Anexo Técnico I Programa de Trabalho/Prestação de Serviços (tipo e descrição dos serviços memorial descritivo) OBJETIVO GERAL O objetivo geral da Associação dos Amigos da Pinacoteca do Estado é a implementação

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DA CASA CIVIL COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO DA REGIÃO DO PORTO DO RIO DE JANEIRO S/A

SECRETARIA MUNICIPAL DA CASA CIVIL COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO DA REGIÃO DO PORTO DO RIO DE JANEIRO S/A SECRETARIA MUNICIPAL DA CASA CIVIL COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO DA REGIÃO DO PORTO DO RIO DE JANEIRO S/A Esclarecimentos Processo Seletivo n 001/2014 Processo n 24/100.025/2014 Pergunta: O pavimento

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE URUGUAIANA ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Tipologia Construtiva. Prefeitura Municipal de Uruguaiana (RS), Maio de 2015.

PREFEITURA MUNICIPAL DE URUGUAIANA ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL. Tipologia Construtiva. Prefeitura Municipal de Uruguaiana (RS), Maio de 2015. PREFEITURA MUNICIPAL DE URUGUAIANA ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Tipologia Construtiva Prefeitura Municipal de Uruguaiana (RS), Maio de 2015. TIPOLOGIA CONSTRUTIVA 1 SUB HABITAÇÃO 1.1- Sub-habitação Compostos

Leia mais