NORMAS DE USO DE ESPAÇOS FÍSICOS DA UFCSPA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NORMAS DE USO DE ESPAÇOS FÍSICOS DA UFCSPA"

Transcrição

1 NORMAS DE USO DE ESPAÇOS FÍSICOS DA UFCSPA Art. 1º - Os espaços serão utilizados preferencialmente por atividades administrativas, de ensino, de extensão e de pesquisa da UFCSPA. 1º - O horário de realização das atividades está sujeito ao horário de funcionamento da Universidade. 2º - Caso o evento ocorra, total ou parcialmente, em horário extraordinário de funcionamento da UFCSPA (de segunda à sexta, das 7h30min às 22h30min e sábados, das 7h30min às 14h), ou haja necessidade de convocação de pessoal específico para o evento, o responsável pela atividade deverá arcar com os custos de pessoal necessário para o funcionamento da mesma, na ordem de meio salário mínimo nacional para eventos de até 100 (cem) pessoas, e de um salário mínimo nacional para eventos com previsão de público maior que 100 (cem) pessoas, recolhido através de GRU. 3º - Devem ser respeitadas as normas de convivência, principalmente no que se refere à circulação de pessoas e ao andamento adequado das atividades acadêmicas, com especial atenção à questão do ruído. 4º - Quando os eventos a serem realizados contarem com recurso financeiro advindo de inscrições, devem seguir os trâmites legais para arrecadação, prevendo taxa de utilização de espaço e equipamento equivalente a 10% (dez por cento) do valor bruto arrecadado, recolhido através de GRU. 5º - Quando houver disponibilidade de espaços, os mesmos poderão ser destinados a outras atividades, promovidas por entidades não vinculadas à UFCSPA, por cedência (Formulário Anexo I) ou aluguel (Formulário Anexo II), mediante aprovação da PROPLAN. Art. 2º A reserva de espaços será realizada de acordo com a solicitação do responsável, mediante descrição das atividades a serem realizadas, do número de participantes e da infraestrutura necessária a sua execução, bem como data e horário a serem disponibilizados. único: A PROPLAN é responsável pela análise da solicitação e designação do local, de acordo com a disponibilidade dos espaços adequados nas datas e horários solicitados. Art. 3º - A liberação do espaço não prevê a instalação por terceiros de quaisquer equipamentos, seja de iluminação, sonorização ou outros, bem como é vedada a modificação das estruturas móveis e imóveis dos espaços utilizados sem a prévia autorização da PROPLAN. Art. 4º - Os espaços deverão ser entregues nas mesmas condições de manutenção, ordem e limpeza em que foram recebidos. Art. 5º Não é permitido o consumo de alimentos e bebidas nos espaços da UFCSPA, com exceção de áreas próprias para refeições, como restaurantes, cafeterias e lancherias. 1º - Nestes espaços serão permitidos coffee-breaks e eventos de confraternização vinculados a atividades institucionais. 2º - Em casos excepcionais, o terraço frontal externo do Prédio II poderá ser disponibilizado para coffeebreaks e eventos de confraternização vinculados a atividades institucionais. Art. 6º - A realização de coffee-breaks e confraternizações depende de autorização prévia da PROPLAN (Formulário Anexo III) e deve seguir normas específicas para sua realização. 1º - Só poderão ser utilizados alimentos prontos para o consumo, sem processamento no local. A procedência dos alimentos é de inteira responsabilidade do coordenador da atividade. 2º - A UFCSPA não dispõe de salas de apoio a estas atividades, bem como mobiliário, toalhas, louças, equipamentos de refrigeração ou similares. 3º - A entrada e saída dos materiais e utensílios para a realização do coffee-break não poderá interferir nas rotinas da universidade, devendo ocorrer segundo instruções da Prefeitura do Campus.

2 4º - Quando o coffee-break ocorrer em espaço locado pela UFCSPA a terceiros, a negociação deverá ser realizada diretamente com o ecônomo do local, respeitadas as condições normativas e contratuais. 5º - Quando se tratar de atividades de extensão, a indicação de realização de coffee-break e a prévia autorização da PROPLAN deverão fazer parte do processo de proposta da atividade. Art. 7º - A utilização de espaços para exposições será concedida mediante aprovação da PROPLAN (Formulário Anexo IV). 1º - As exposições acadêmicas ou culturais, vinculadas à administração ou a eventos aprovados nas instâncias competentes, tais como exposição de pôsteres, poderão ocupar o hall do 3º e/ou 4º pavimentos do Prédio II, sendo o proponente do evento responsável pela locação dos expositores, bem como sua colocação e retirada, sob supervisão e autorização da Prefeitura do Campus. 2º - Em eventos vinculados à administração ou aprovados nas instâncias competentes, será permitida a permanência de patrocinador do evento na área de exposição, sendo o proponente do evento responsável pela colocação e retirada dos materiais necessários à exposição, sob supervisão e autorização da Prefeitura do Campus. 3º - A UFCSPA não se responsabiliza pelo material exposto durante a atividade. 4º - No espaço de exposição não é permitida a comercialização de qualquer produto e a distribuição de alimentos pelos expositores. 5º - Quando se tratar de atividades de extensão, a solicitação de realização de exposição e a prévia autorização da PROPLAN deverão fazer parte do processo de proposta da atividade. Art. 8º - A utilização dos espaços se fará mediante assinatura de Termo de Responsabilidade (Formulário Anexo V), disponível no site institucional. Porto Alegre, 22 de setembro de Liane Nanci Rotta Pró-Reitora de Planejamento

3 ANEXO I FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE CEDÊNCIA DE ESPAÇOS NA UFCSPA Entidade promotora do evento: Nome do evento: Data prevista para realização do evento: Horário de realização do evento: Número estimado de participantes: Justificativa da solicitação: Local pretendido: ( ) Salão Nobre 670 lugares ( ) Teatro Prédio II 199 lugares ( ) Teatro Prédio III 93 lugares ( ) Anfiteatro Alimena 100 lugares ( ) salas de aula Equipamentos necessários: ( ) projetor multimídia/datashow ( ) computador ( ) tela de projeção ( ) quadro branco ( ) outros Especifique: Observações: 1) A entrega do formulário deverá ser feita à PROPLAN, via protocolo, com período mínimo de 90 dias antes do evento. O resultado da avaliação da solicitação se dará em até 30 dias da solicitação. A UFCSPA se reserva o direito de cancelamento até 45 dias antes do evento, em razão de impedimentos ou necessidades institucionais que inviabilizem a realização da atividade. 2) Anexo ao Formulário de Solicitação de Cedência de espaço deverá ser entregue o TERMO DE RESPONSABILIDADE DE USO DE ESPAÇO FÍSICO NA UFCSPA, devidamente preenchido e assinado. 3) Todo evento em que houver concessão de espaço pela UFCSPA deverá ser divulgado tendo a indicação da Universidade como apoiadora. O material de divulgação deverá ser previamente avaliado pela ASCOM.

4 ANEXO II FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE ALUGUEL DE ESPAÇOS NA UFCSPA A UFCSPA poderá realizar ALUGUEL de seus espaços (Salão Nobre, Anfiteatro, salas de aulas, Auditórios) a qualquer entidade que vier a solicitar os mesmos, mediante preenchimento deste formulário, desde que sejam obedecidas as normas para solicitação constantes neste documento, bem como as normas de uso de espaço físico da UFCSPA, mediante assinatura do Termo de Responsabilidade do Uso dos Espaços. Entidade promotora do evento: Nome do evento: Data prevista para realização do evento: Justificativa da solicitação: Local pretendido: ( ) Salão Nobre 670 lugares ( ) Anfiteatro Prédio II 199 lugares ( ) Teatro Prédio III 93 lugares ( ) Anfiteatro Alimena 100 lugares ( ) salas de aula Equipamentos necessários: ( ) projetor multimídia/datashow ( ) computador ( ) tela de projeção ( ) quadro branco ( ) outros Especifique: Observações: 1) A entrega do formulário deverá ser feita à PROPLAN, via protocolo, com período mínimo de 120 dias antes do evento. O resultado da avaliação da solicitação se dará em até 30 dias da solicitação. A UFCSPA se reserva o direito de cancelamento até 45 dias antes do evento, em razão de impedimentos ou necessidades institucionais que inviabilizem a realização da atividade. 2) Anexo ao Formulário de Solicitação de Cedência de espaço deverá ser entregue o TERMO DE RESPONSABILIDADE DE USO DE ESPAÇO FÍSICO NA UFCSPA, devidamente preenchido e assinado. 3) O pagamento, conforme tabela anexa, deverá ser realizado em até 72 horas após a aprovação da solicitação, através de pagamento de Guia de Recolhimento da União, emitida pela UFCSPA especificamente para este fim.

5 ANEXO III FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO PARA REALIZAÇÃO DE COFFEE- BREAK NAS DEPENDÊNCIAS DA UFCSPA Nome do evento: Coordenador: Data do evento: Local solicitado para realização de coffee-break, de acordo com o estabelecido nos artigos 5º e 6º desta Norma: (Caso o coffee-break seja realizado em espaço locado da Universidade, deve constar deste formulário a autorização do locatário) Dias e horários de realização: Declaro estar ciente das normas que regem a realização de coffee-break na UFCSPA e comprometo-me a respeitar as condições estabelecidas pelas estas e outras normas da Universidade. Assinatura do Coordenador da Ação Autorização da PROPLAN

6 ANEXO IV FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO PARA REALIZAÇÃO DE EXPOSIÇÕES NAS DEPENDÊNCIAS DA UFCSPA Nome do evento: Coordenador: Data do evento: Natureza da exposição: ( ) acadêmica ( ) comercial/patrocinador Explicite detalhes da exposição: (número de pessoas envolvidas, número de pôsteres, material que será montado, horário da montagem) Local solicitado para realização da exposição, de acordo com o estabelecido no artigo 7º desta Norma: Dias e horários de realização: Declaro estar ciente das normas que regem a realização de exposições na UFCSPA e comprometo-me a respeitar as condições estabelecidas pelas estas e outras normas da Universidade. Assinatura do Coordenador da Ação Autorização da PROPLAN

7 ANEXO V TERMO DE RESPONSABILIDADE DE USO DE ESPAÇO FÍSICO NA UFCSPA 1) A reserva dos espaços da UFCSPA somente será permitida para realização de eventos de cunho acadêmico, científico ou cultural. 2) Quando os eventos a serem realizados contarem com recurso financeiro advindo de inscrições, devem seguir os trâmites legais para arrecadação, prevendo taxa de utilização de espaço e equipamento equivalente a 10% (dez por cento) do valor bruto arrecadado, recolhido através de GRU. 3) É vedada a entrada e o consumo de bebidas e alimentos nos locais destinados à realização das atividades. a) A realização de coffee-break somente é permitida nos locais destinados para este fim. 4) É vedado o uso de materiais que provoquem dano ao patrimônio da UFCSPA, bem como aqueles que deixem marcas ou resíduos. a) Fica estabelecida multa de um salário mínimo nacional em caso de dano, mais o custo de reposição do dano provocado, caso houver. 5) É vedada a utilização de equipamentos eletrônicos, de iluminação e sonorização não pertencentes à UFCSPA sem a prévia autorização da PROPLAN. 6) O responsável pela atividade deverá providenciar a retirada de todo o material utilizado no evento no prazo indicado pelo setor de Apoio Salas. 7) É de responsabilidade da UFCSPA fornecer os recursos disponíveis no espaço reservado para utilização durante a atividade, conforme solicitação prévia, em condições de uso. a) O responsável deverá, ao final do evento, entregar este material nas mesmas condições recebidas. 8) A entrada/saída de qualquer equipamento ou mobiliário externo deverá ser feita mediante indicação de acesso e autorização prévia da Prefeitura do Campus. a) Toda entrada/saída de material deverá estar devidamente detalhada em documento escrito, para conferência de ambas as partes. 9) Caso o evento ocorra, total ou parcialmente, em horário extraordinário de funcionamento da UFCSPA (de segunda à sexta, das 7h30min às 22h30min e sábados, das 7h30min às 14h), ou haja necessidade de convocação de pessoal específico para o evento, o responsável pela atividade deverá arcar com os custos de pessoal necessário para o funcionamento da mesma, na ordem de meio salário mínimo nacional para eventos de até 100 (cem) pessoas, e de um salário mínimo nacional para eventos com previsão de público maior que 100 (cem) pessoas, recolhido através de GRU. a) A determinação das necessidades de pessoal é estabelecida pela Prefeitura da UFCSPA. 10) A UFCSPA não disponibiliza estacionamento aos participantes da atividade. 11) É concedida à UFCSPA a possibilidade de cancelamento da reserva, mediante aviso prévio de, no mínimo, 45 (quarenta e cinco) dias de antecedência, em razão de impedimentos ou necessidades institucionais que inviabilizem a realização da atividade. 12) Casos excepcionais serão analisados pela Pró-Reitoria de Planejamento. Porto Alegre, de de. Contratante Nome: Fone:

8 Assinatura: TABELA DE VALORES ALUGUEL DE ESPAÇOS PARA EVENTOS EXTERNOS NA UFCSPA Local Capacidade Valor Salão Nobre Salários Mínimos por turno Auditório Prédio II Salários Mínimos por turno Auditório Prédio III Salários Mínimos por turno Anfiteatro Alimena Salários Mínimos por turno Salas de Aula Salários Mínimos por turno Salas de Aula 50 1 Salário Mínimo por turno Salas de Aula 30 1 Salário Mínimo por turno 1) Demais espaços solicitados serão avaliados pela PROPLAN. 2) Todos os espaços são climatizados e dispõem de equipamentos de datashow. 3) O manuseio dos equipamentos só poderá ser realizado por técnicos da UFCSPA.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. FUNDAÇÃO FACULDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS MÉDICAS DE PORTO ALEGRE RESOLUÇÃO Nº 06/2005, de 24 de outubro de 2005

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. FUNDAÇÃO FACULDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS MÉDICAS DE PORTO ALEGRE RESOLUÇÃO Nº 06/2005, de 24 de outubro de 2005 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO FACULDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS MÉDICAS DE PORTO ALEGRE RESOLUÇÃO Nº 06/2005, de 24 de outubro de 2005 Estabelece normas para uso de dependências físicas da FFFCMPA, fixa

Leia mais

PORTARIA Nº 008, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2014.

PORTARIA Nº 008, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2014. PORTARIA Nº 008, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2014. Aprova o regulamento de utilização do auditório e das salas de treinamentos da GRANFPOLIS. O PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DA REGIÃO DA GRANDE FLORIANÓPOLIS

Leia mais

AGENDAMENTO E REALIZAÇÃO DE EVENTOS (DA SMCC E DE TERCEIROS)

AGENDAMENTO E REALIZAÇÃO DE EVENTOS (DA SMCC E DE TERCEIROS) FINALIDADE: Esta norma por finalidade normatizar a realização de eventos, tanto da própria SMCC (Diretoria ou Departamentos e Comitês Científicos da SMCC) quanto eventos de terceiros, realizados nas dependências

Leia mais

PREFEITURA DE BETIM Estado de Minas Gerais Secretaria Adjunta de Administração

PREFEITURA DE BETIM Estado de Minas Gerais Secretaria Adjunta de Administração PORTARIA SEAAD Nº 001/2012, de 25 de junho de 2012. REGULAMENTA A CESSÃO E UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS FÍSICOS E MATERIAIS DA ESCOLA DE FORMAÇÃO DO SERVIDOR E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Secretário Adjunto de

Leia mais

PORTARIA Nº 81, DE 18 DE SETEMBRO DE 2012.

PORTARIA Nº 81, DE 18 DE SETEMBRO DE 2012. PORTARIA Nº 81, DE 18 DE SETEMBRO DE 2012. EMENTA: Disciplina a cessão e locação de espaços destinados a reuniões e eventos na sede do CRMV-RJ. O PRESIDENTE DO CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA VETERINÁRIA

Leia mais

O CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA VETERINÁRIA DE PERNAMBUCO, no uso das atribuições que lhe confere o Artigo 10 da Lei nº 5.

O CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA VETERINÁRIA DE PERNAMBUCO, no uso das atribuições que lhe confere o Artigo 10 da Lei nº 5. Resolução nº 007, de 27 de maio de 2015 Disciplina a cessão e locação do auditório e das salas de treinamento destinados à eventos e reuniões na sede do CRMV-PE O CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA VETERINÁRIA

Leia mais

NORMAS PARA UTILIZAÇÃO DO(S) ESPAÇO(S) DO CRMPR CURITIBA ANO DE VIGÊNCIA 2009

NORMAS PARA UTILIZAÇÃO DO(S) ESPAÇO(S) DO CRMPR CURITIBA ANO DE VIGÊNCIA 2009 1 NORMAS PARA UTILIZAÇÃO DO(S) ESPAÇO(S) DO CRMPR CURITIBA ANO DE VIGÊNCIA 2009 1. Os procedimentos para a realização de evento(s) na sede do Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRMPR) em Curitiba

Leia mais

Universidade Federal de Itajubá - Unifei Campus de Itabira

Universidade Federal de Itajubá - Unifei Campus de Itabira Revisão: 001 Página 1 de 7 Dispõe sobre conjunto de regras relativas à concessão do direito de uso dos espaços de convivência vinculados à Diretoria de Infraestrutura, da Universidade Federal de Itajubá

Leia mais

MANUAL DE ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS UTFPR CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO

MANUAL DE ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS UTFPR CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO MANUAL DE ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS UTF CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO Evento é toda ocorrência ou acontecimento como, por exemplo, palestras, conferências, semanas acadêmicas, seminários, debates, assembleias,

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ODONTOLOGIA NORMAS PARA REALIZAÇÃO DE EVENTOS NAS DEPENDÊNCIAS DA DA USP Os eventos acadêmicos, científicos ou comemorativos nas dependências da FOUSP devem ser coordenados por servidores não-docentes, docentes, alunos

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 002/2009 PROGRAD

RESOLUÇÃO Nº. 002/2009 PROGRAD RESOLUÇÃO Nº. 002/2009 PROGRAD Dispõe normas sobre atividades prestadas por Empresas Produtoras de Eventos contratadas para a realização de solenidades de formatura dos cursos de Graduação da UFCSPA. A

Leia mais

Associação Comercial Industrial e Agrícola de Ouro Fino

Associação Comercial Industrial e Agrícola de Ouro Fino REGULAMENTO DO USO DA SALA DE TREINAMENTO E AUDITÓRIO DA ACIA OURO FINO 01 - As Salas e espaços na sede da ACIA Ouro Fino poderão ser utilizados por seus associados e por não associados conforme os termos

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE RESOLUÇÃO N o 016/2009-CONSAD, de 18 de junho de 2009. Fixa normas para uso de equipamentos e dependências físicas da UFRN por terceiros,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 12/2011

RESOLUÇÃO Nº 12/2011 RESOLUÇÃO Nº 12/2011 O CONSELHO UNIVERSITÁRIO da Universidade Federal de Viçosa, órgão superior de administração, no uso de suas atribuições legais, considerando a Lei 8112, de 11/12/1990, Regime Jurídico

Leia mais

FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE VÍDEO - UNIRITTER

FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE VÍDEO - UNIRITTER FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE VÍDEO - UNIRITTER Aprovado na Sessão nº 07 do NDE de Jornalismo, em 5/12/13. Este regulamento versa sobre as regras e atividades para o pleno

Leia mais

M A. Projeto Exposições 2010. Museu Universitário de Arte

M A. Projeto Exposições 2010. Museu Universitário de Arte M A Museu Universitário de Arte Projeto Exposições 2010 Termos para inscrições de artistas, curadores e demais interessados em participar do calendário de exposições do ano de 2010/2011 do Museu Universitário

Leia mais

Universidade Federal de Ouro Preto

Universidade Federal de Ouro Preto Portaria Propp n o 03, de 26 de março de 2015. O Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da, no uso de suas atribuições legais, considerando: a) A necessidade de implementar uma política de apoio e incentivo

Leia mais

NORMA PROCEDIMENTAL UTILIZAÇÃO DO CENTRO DE CONVENÇÕES 1. FINALIDADE

NORMA PROCEDIMENTAL UTILIZAÇÃO DO CENTRO DE CONVENÇÕES 1. FINALIDADE 50.03.001 1/13 1. FINALIDADE Regulamentar e disciplinar os procedimentos para a utilização do Centro de Convenções da UFTM. 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO Toda comunidade, interna e externa, que eventualmente

Leia mais

Normas para reserva de equipamentos para eventos de interesse da UNILAB

Normas para reserva de equipamentos para eventos de interesse da UNILAB MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira UNILAB Coordenação de Logística Normas para reserva de equipamentos para eventos de interesse da UNILAB Divisão

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília EDITAL Nº 011 /IFB DE 08 DE SETEMBRO DE 2015

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília EDITAL Nº 011 /IFB DE 08 DE SETEMBRO DE 2015 EDITAL Nº 011 /IFB DE 08 DE SETEMBRO DE 2015 PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO TÉCNICO-CIENTÍFICO O Diretor Geral do Campus Riacho Fundo, nomeado pela Portaria 597, publicada no Diário Oficial da União

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR. Prezado Expositor,

MANUAL DO EXPOSITOR. Prezado Expositor, MANUAL DO EXPOSITOR Prezado Expositor, Este manual foi elaborado para orientá-lo sobre todas as providências necessárias à sua participação na Área de Exposição do DCTM 15 6ª Reunião do Departamento Científico

Leia mais

Regimento da Colônia de Férias em Garopaba/SC

Regimento da Colônia de Férias em Garopaba/SC Regimento da Colônia de Férias em Garopaba/SC CAPITULO I - DA UTILIZAÇÃO Artigo 1º - A Colônia de Férias da ASSUFRGS, localizada em Garopaba/SC, é de uso exclusivo dos seus filiados, servidores da UFRGS,

Leia mais

EDITAL 02/2015 EDITAL DE CONCESSÃO DO AUXÍLIO EVENTOS

EDITAL 02/2015 EDITAL DE CONCESSÃO DO AUXÍLIO EVENTOS EDITAL 02/2015 EDITAL DE CONCESSÃO DO AUXÍLIO EVENTOS A Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), por meio da Pró-Reitoria de Sustentabilidade e Integração Social (PROSIS) torna público o presente EDITAL

Leia mais

Ministério da Educação MEC Instituto Federal de Brasília - IFB Campus Samambaia

Ministério da Educação MEC Instituto Federal de Brasília - IFB Campus Samambaia EDITAL Nº 006 DGSA/CDAE/CSAM/IFB, DE 17 DE SETEMBRO DE 2015 PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO TÉCNICO-CIENTÍFICO O Diretor-Geral do campus Samambaia do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

8 Colloquium Internacional SAE BRASIL de. Suspensões e Implementos Rodoviários & Mostra de Engenharia. 07 a 09 de maio de 2014

8 Colloquium Internacional SAE BRASIL de. Suspensões e Implementos Rodoviários & Mostra de Engenharia. 07 a 09 de maio de 2014 8 Colloquium Internacional SAE BRASIL de Suspensões e Implementos Rodoviários & Mostra de Engenharia 07 a 09 de maio de 2014 Hotel InterCity Premium - Caxias do Sul RS REGULAMENTOS E NORMAS ESPECÍFICAS

Leia mais

Regulamento de Utilização dos Auditórios, Sala do Senado e Átrio

Regulamento de Utilização dos Auditórios, Sala do Senado e Átrio Regulamento de Utilização dos Auditórios, Sala do Senado e Átrio Reitoria da NOVA www.unl.pt ÍNDICE I PRINCÍPIOS GERAIS 2 II - CAPACIDADE 2 III MATERIAL DE APOIO 2 IV - ÁTRIO 4 V - CATERING 4 VI EXPOSIÇÕES

Leia mais

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL PROGRAMA CAIXA DE APOIO AO ARTESANATO BRASILEIRO PATROCÍNIO 2012 REGULAMENTO

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL PROGRAMA CAIXA DE APOIO AO ARTESANATO BRASILEIRO PATROCÍNIO 2012 REGULAMENTO CAIXA ECONÔMICA FEDERAL PROGRAMA CAIXA DE APOIO AO ARTESANATO BRASILEIRO PATROCÍNIO 2012 REGULAMENTO 1. OBJETO 1.1. A CAIXA receberá, de 16 de maio a 17 de junho de 2011 projetos a serem realizados ao

Leia mais

Horário de Início. Horário de Término 30/03/2015 19:00 22:00 Apresentacao

Horário de Início. Horário de Término 30/03/2015 19:00 22:00 Apresentacao São Paulo, 3 de fevereiro de 2015 Código da Proposta: HU7S Sra. Isabel Ramos Onde Fazer Eventos Fone: 55 27 9234 6265 E-mail: isabel2@ondefazereventos.com.br A. EVENTOS E BANQUETES REF.: Evento Segmento

Leia mais

Regulamento dos Laboratórios de Informática da Faculdade Arthur Thomas REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA DA FACULDADE ARTHUR THOMAS

Regulamento dos Laboratórios de Informática da Faculdade Arthur Thomas REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA DA FACULDADE ARTHUR THOMAS REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA DA FACULDADE ARTHUR THOMAS TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS Art. 1º. Os Laboratórios de Informática visam atender: I. alunos dos cursos, das áreas de Graduação,

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR FORMULÁRIOS

MANUAL DO EXPOSITOR FORMULÁRIOS MANUAL DO EXPOSITOR FORMULÁRIOS Formulário Prazo Status 1. Apresentação da Montadora 2. Credenciamento da Montadora 3. Responsabilidade da Montadora 4. Hidráulica e Elétrica 5. Credenciamento Expositor

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE VOLTA REDONDA - UniFOA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE EXTENSÃO PIBEx

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE VOLTA REDONDA - UniFOA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE EXTENSÃO PIBEx CENTRO UNIVERSITÁRIO DE VOLTA REDONDA - UniFOA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE EXTENSÃO PIBEx REGULAMENTO O Presidente do CONSUN e CONSEPE do Centro

Leia mais

Regulamento dos Laboratórios de Informática da Faculdade Arthur Thomas REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA DA FACULDADE ARTHUR THOMAS

Regulamento dos Laboratórios de Informática da Faculdade Arthur Thomas REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA DA FACULDADE ARTHUR THOMAS REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA DA FACULDADE ARTHUR THOMAS TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS Art. 1º. Os Laboratórios de Informática visam atender: I. alunos dos cursos, das áreas de Graduação,

Leia mais

SIATEX NOVO MANUAL SIATEX. www.siatex.ufba.br

SIATEX NOVO MANUAL SIATEX. www.siatex.ufba.br NOVO MANUAL SIATEX www.siatex.ufba.br Outubro 2013 1 ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 3 CADASTRO... 4 ACOMPANHAMENTO... 7 CANCELAMENTO... 7 RELATÓRIO... 8 Inscrição Externa... 8 Upload da assinatura... 10 CERTIFICAÇÃO...

Leia mais

Regulamento dos Laboratórios do Departamento de Ciências Agrárias

Regulamento dos Laboratórios do Departamento de Ciências Agrárias Regulamento dos Laboratórios do Departamento de Ciências Agrárias Laboratório de Bromatologia e Nutrição Animal- ( LABNA ) Laboratório Multidisciplinar de Biologia- ( LAMUBI ) Laboratório de Análises Microbiológicas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO O Reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, IFRJ, no uso de suas atribuições legais, em consonância com a lei nº 12.513 de 26 de outubro de 2011, alterada pela lei

Leia mais

RESOLUÇÃO COTEA nº 03, de 25 de fevereiro de 2010

RESOLUÇÃO COTEA nº 03, de 25 de fevereiro de 2010 RESOLUÇÃO COTEA nº 03, de 25 de fevereiro de 2010 Normas de Utilização do Laboratório de Interpretação e Dança e do Laboratório de Musicalidade do Curso de Teatro. O Colegiado do Curso de Teatro do Departamento

Leia mais

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL PROGRAMA CAIXA DE APOIO AO ARTESANATO BRASILEIRO PATROCÍNIO 2013 REGULAMENTO

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL PROGRAMA CAIXA DE APOIO AO ARTESANATO BRASILEIRO PATROCÍNIO 2013 REGULAMENTO CAIXA ECONÔMICA FEDERAL PROGRAMA CAIXA DE APOIO AO ARTESANATO BRASILEIRO PATROCÍNIO 2013 REGULAMENTO 1. OBJETO 1.1 O presente regulamento tem por objeto a seleção para patrocínio de projetos a serem realizados

Leia mais

MANUAL DO ALUNO PARA O CURSO INTENSIVO DE QUALIFICAÇÃO DE INSPETOR DE PINTURA INDUSTRIAL NÍVEL 1

MANUAL DO ALUNO PARA O CURSO INTENSIVO DE QUALIFICAÇÃO DE INSPETOR DE PINTURA INDUSTRIAL NÍVEL 1 INDUSTRIAL NÍVEL Pág.: /7 Elaborado/Data: dezembro/204. OBJETIVO O Manual do aluno é um importante guia para a realização do curso INTENSIVO de Inspetor de Pintura Industrial Nível. Aqui contém informações

Leia mais

REGULAMENTO UNIDADE PAULISTA ATENÇÃO:

REGULAMENTO UNIDADE PAULISTA ATENÇÃO: REGULAMENTO UNIDADE PAULISTA ATENÇÃO: 1) Este regulamento SÓ se aplica aos contratos celebrados na unidade Paulista, por alunos matriculados nos cursos preparatórios para concursos públicos semestrais

Leia mais

SISTEMA DE BIBLIOTECAS - SISBAM REGULAMENTO

SISTEMA DE BIBLIOTECAS - SISBAM REGULAMENTO 1 Art.1 CAPÍTULO I - NATUREZA E FINALIDADE O Sistema de Bibliotecas da Anhembi Morumbi - SISBAM, órgão vinculado à Pró-reitoria Acadêmica reportando-se à Diretoria de Planejamento e Suporte Acadêmico,

Leia mais

58ª Feira do Livro de Porto Alegre 2012

58ª Feira do Livro de Porto Alegre 2012 58ª Feira do Livro de Porto Alegre 2012 REGULAMENTO DAS SESSÕES DE AUTÓGRAFOS As inscrições para sessões de autógrafos na 58ª Feira do Livro de Porto Alegre deverão ser solicitadas através de formulário

Leia mais

EDITAL Nº 03 de 06 de agosto de 2015

EDITAL Nº 03 de 06 de agosto de 2015 EDITAL Nº 03 de 06 de agosto de 2015 Dispõe sobre a oferta de vagas para participar da Comissão da Semana de Ciência e Tecnologia do IFMG campus Sabará, como cômputo de horas de atividades complementares.

Leia mais

SINERGIA SISTEMA DE ENSINO LTDA FACULDADE SINERGIA Portaria Recredenciamento MEC nº 1.424 D.O.U, de 10/10/2011.

SINERGIA SISTEMA DE ENSINO LTDA FACULDADE SINERGIA Portaria Recredenciamento MEC nº 1.424 D.O.U, de 10/10/2011. REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS Art. 1º O laboratório de Informática constitui-se em espaço de apoio técnico pedagógico da Faculdade Sinergia. Art. 2º O Laboratório

Leia mais

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA REGULAMENTO PARA UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA REGULAMENTO PARA UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA REGULAMENTO PARA UTILIZAÇÃO DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA 1. DOS HORÁRIOS DE FUNCIONAMENTO 1.1 O Laboratório de informática pode ser utilizado das 7:30 às 22:30

Leia mais

NORMAS DE FUNCIONAMENTO NÚCLEO DE INFORMÁTICA

NORMAS DE FUNCIONAMENTO NÚCLEO DE INFORMÁTICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS ESCOLA DE ENFERMAGEM CENTRO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL EM ENFERMAGEM NÚCLEO DE INFORMÁTICA NORMAS DE FUNCIONAMENTO NÚCLEO DE INFORMÁTICA ELABORADO POR PROF. MARK ANTHONY

Leia mais

FACULDADE ESTÁCIO DE BELÉM ESTÁCIO BELÉM REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA

FACULDADE ESTÁCIO DE BELÉM ESTÁCIO BELÉM REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA FACULDADE ESTÁCIO DE BELÉM ESTÁCIO BELÉM REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA BELÉM PA 2015 1 TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS Art. 1º. Os Laboratórios de Informática visam atender: I. alunos dos

Leia mais

REGULAMENTO DO CENTRO DE CONGRESSOS DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA

REGULAMENTO DO CENTRO DE CONGRESSOS DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA REGULAMENTO DO CENTRO DE CONGRESSOS DO INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA Aprovado pelo Presidente do ISEL a NOTA INTRODUTÓRIA Criado a 19 de Setembro de 2006 e tendo iniciado as suas funções a

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO EDITAL DE EXTENSÃO Nº 037/2013 PROCESSO DE SELEÇÃO DE ESTUDANTE-BOLSISTA DO PROGRAMA DE EXTENSÃO - DIÁLOGOS TÉCNICA E ARTE: REFLEXÕES E AÇÕES PARA A EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA EM CULTURA. O Reitor

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 03, de 14 de abril de 2014.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 03, de 14 de abril de 2014. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 03, de 14 de abril de 2014. Regulamenta o Programa de Concessão de Bolsas para a Participação dos Estudantes do Câmpus Restinga em Atividades Curriculares Externas. O Diretor Geral

Leia mais

Edital de Seleção para o Programa de Assistência Estudantil PAE UCB -2015.2. Edital 3

Edital de Seleção para o Programa de Assistência Estudantil PAE UCB -2015.2. Edital 3 Edital 3 Seleção de Bolsa de Estudos conforme Lei Federal n.º 12.101, de 27 de Novembro de 2009 A Universidade Castelo Branco mantida pelo Centro Educacional de Realengo, no uso de suas competências e

Leia mais

III FMEPT - INFORMAÇÕES GERAIS

III FMEPT - INFORMAÇÕES GERAIS III FMEPT - INFORMAÇÕES GERAIS TODOS OS HORÁRIOS FAZEM REFERÊNCIA AO HORÁRIO DE BRASÍLIA (HORÁRIO DE VERÃO) INSCRIÇÕES Inscrições de participantes realizadas diretamente no site: http://www.fmept.org/pt/

Leia mais

[Ano] NORMATIZAÇÃO DE USO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA DO INSTITUTO FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL CÂMPUS IBIRUBÁ

[Ano] NORMATIZAÇÃO DE USO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA DO INSTITUTO FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL CÂMPUS IBIRUBÁ [Ano] NORMATIZAÇÃO DE USO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA DO INSTITUTO FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL CÂMPUS IBIRUBÁ Coordenadoria de Tecnologia da Informação 2013 AUTORES Aurélio Ricardo Batú Maicá Laura

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA - TURMA 2015

CHAMADA PÚBLICA - TURMA 2015 CHAMADA PÚBLICA - TURMA 2015 CURSO DE ANÁLISE ESPACIAL E GEOPROCESSAMENTO EM SAÚDE Periodicidade: Anual Coordenadores: Christovam Barcellos e Mônica Magalhães Objetivos do Curso Introduzir conceitos básicos

Leia mais

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNIPAMPA SISBI REGULAMENTO DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNIPAMPA

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNIPAMPA SISBI REGULAMENTO DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNIPAMPA SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNIPAMPA SISBI REGULAMENTO DO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UNIPAMPA Art. 1º Este regulamento fixa normas e procedimentos para o serviço circulação das coleções pertencentes às bibliotecas

Leia mais

EDITAL nº 03/2015 TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADORES DE DIPLOMA

EDITAL nº 03/2015 TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADORES DE DIPLOMA EDITAL Nº 03/2015 O Diretor da Faculdade Metropolitana de Anápolis FAMA, no uso de suas atribuições e demais disposições legais, aprova e torna público o processo seletivo para transferência de candidatos

Leia mais

PRESSUPOSTOS, REGRAS E PROCEDIMENTOS 2015 ENSINO MÉDIO

PRESSUPOSTOS, REGRAS E PROCEDIMENTOS 2015 ENSINO MÉDIO São Paulo, 26 de novembro de 2014. PRESSUPOSTOS, REGRAS E PROCEDIMENTOS 2015 ENSINO MÉDIO O Colégio Santa Maria acredita que responsabilidade social e liberdade se aprendem e se exercitam na interação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA UNILA EDITAL PROGRAD Nº 79 DE 15 DE SETEMBRO DE 2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA UNILA EDITAL PROGRAD Nº 79 DE 15 DE SETEMBRO DE 2014 EDITAL PROGRAD Nº 79 DE 15 DE SETEMBRO DE 2014 CONSIDERANDO as normas estabelecidas pela Resolução COSUEN 013/2014, de 23 de julho de 2014, a Pró-Reitoria de Graduação, no uso de suas atribuições, torna

Leia mais

Analise e Desenvolvimento de Sistemas

Analise e Desenvolvimento de Sistemas EDITAL FATEC DA ZONA LESTE Nº. 01/2015 DE 22 DE MAIO DE 2015. O Diretor da Faculdade de Tecnologia da Zona Leste no uso de suas atribuições legais faz saber que estão reabertas as inscrições para participação

Leia mais

ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DOM BOSCO FACULDADES DOM BOSCO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSA DE INICIAÇÃO A PESQUISA DA AEDB

ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DOM BOSCO FACULDADES DOM BOSCO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSA DE INICIAÇÃO A PESQUISA DA AEDB FACULDADES DOM BOSCO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSA DE INICIAÇÃO A PESQUISA DA AEDB RESENDE RJ 2012 CAPÍTULO I DEFINIÇÕES E OBJETIVOS Art. 1º - O Programa de Iniciação à Pesquisa da AEDB configura-se

Leia mais

Edital para Exposições na Galeria de Artes do SESC

Edital para Exposições na Galeria de Artes do SESC Edital para Exposições na Galeria de Artes do SESC A Coordenação Cultura do SESC-TO; através da Promotoria de Artes Plásticas, comunica aos interessados que estará recebendo de 20 de março a 20 de novembro

Leia mais

INSTRUÇÕES BÁSICAS. Locatário Pessoa Física:

INSTRUÇÕES BÁSICAS. Locatário Pessoa Física: INSTRUÇÕES BÁSICAS O que é necessário para alugar um imóvel na Bandeirantes Imóveis? Para alugar quaisquer dos imóveis disponíveis na carteira de locação da Bandeirantes Imóveis siga os seguintes passos:

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ UVA PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS - PROARES. Edital 04/2014

UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ UVA PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS - PROARES. Edital 04/2014 UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ UVA PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS - PROARES Edital 04/2014 Dispõe sobre a disposição e liberação de recursos para a participação de discentes em eventos científico-culturais

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília EDITAL Nº 007/RIFB, DE 28 DE ABRIL DE 2015.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília EDITAL Nº 007/RIFB, DE 28 DE ABRIL DE 2015. EDITAL Nº 007/RIFB, DE 28 DE ABRIL DE 2015. SELEÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS E VOLUNTARIADO EM INICIAÇÃO CIENTÍFICA NAS AÇÕES AFIRMATIVAS (ENSINO

Leia mais

INSTRUÇÃO INTERNA DE PROCEDIMENTOS - IIP Nº 007, de 05 de setembro de 2011.

INSTRUÇÃO INTERNA DE PROCEDIMENTOS - IIP Nº 007, de 05 de setembro de 2011. INSTRUÇÃO INTERNA DE PROCEDIMENTOS - IIP Nº 007, de 05 de setembro de 2011. Disciplina no âmbito do IFPR as Normas para solicitação de demandas relativas à criação de sites hospedados no domínio ifpr.edu.br

Leia mais

Convocatória para programa de residências 2015 DISPOSITIVO MÓVEL PARA AÇÕES COMPARTILHADAS

Convocatória para programa de residências 2015 DISPOSITIVO MÓVEL PARA AÇÕES COMPARTILHADAS DISPOSITIVO MÓVEL PARA AÇÕES COMPARTILHADAS Convocatória para programa de residências 2015 Inscrições online em www.jaca.center até às 23:00* do dia 30 de janeiro de 2015 *Horário de Brasília (-2 GMT devido

Leia mais

A matrícula será realizada nos dias 8 e 9 de dezembro de 2015, no horário das 8 às 16 horas.

A matrícula será realizada nos dias 8 e 9 de dezembro de 2015, no horário das 8 às 16 horas. Perguntas frequentes: 1) Quais os dias de prova do Vestibular Univale 2016? Você pode escolher qual o melhor dia para fazer as provas do Vestibular Univale 2016. 28 de novembro de 2015 (sábado), das 15

Leia mais

11º SIMPÓSIO SUL-RIO-GRANDENSE DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA

11º SIMPÓSIO SUL-RIO-GRANDENSE DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA 11º SIMPÓSIO SUL-RIO-GRANDENSE DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA 1. QUEM DEVE PARTICIPAR DO 11º SIMPÓSIO SUL-RIO-GRANDENSE DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA a) Professores da educação básica,

Leia mais

-0> INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 65, DE 30 DE OUTUBRO DE 2012.

-0> INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 65, DE 30 DE OUTUBRO DE 2012. -0> INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 65, DE 30 DE OUTUBRO DE 2012. Dispõe sobre os critérios e os procedimentos para promoção, organização e participação da ANAC em eventos internos e externos. A DIRETORIA DA AGÊNCIA

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DA CASA CIVIL COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO DA REGIÃO DO PORTO DO RIO DE JANEIRO S/A

SECRETARIA MUNICIPAL DA CASA CIVIL COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO DA REGIÃO DO PORTO DO RIO DE JANEIRO S/A SECRETARIA MUNICIPAL DA CASA CIVIL COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO DA REGIÃO DO PORTO DO RIO DE JANEIRO S/A Esclarecimentos Processo Seletivo n 001/2014 Processo n 24/100.025/2014 Pergunta: O pavimento

Leia mais

Coordenadoria de Desenvolvimento Cultural (Centro de Convenções e Ginásio Multidisciplinar da UNICAMP) NORMAS INTERNAS PARA USO DO COMPLEXO DE EVENTOS

Coordenadoria de Desenvolvimento Cultural (Centro de Convenções e Ginásio Multidisciplinar da UNICAMP) NORMAS INTERNAS PARA USO DO COMPLEXO DE EVENTOS NORMAS INTERNAS PARA USO DO COMPLEXO DE EVENTOS A Coordenadoria de Desenvolvimento Cultural, em consonância com o disposto na Deliberação CONSU A-09/ 2009, determina suas Normas Internas sobre a utilização

Leia mais

EDITAL PRPPG 001/2011 MINTER EM EDUCAÇÃO UFES-IFES

EDITAL PRPPG 001/2011 MINTER EM EDUCAÇÃO UFES-IFES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO ESPÍRITO SANTO Autarquia criada pela Lei n o. 11.892, de 29 de dezembro de 2008 PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Avenida

Leia mais

C rédito Imobiliário Assessoria Imobiliária Repasse

C rédito Imobiliário Assessoria Imobiliária Repasse C rédito Imobiliário Assessoria Imobiliária Repasse Informações Gerais e Listas de Documentos ATENÇÃO As regras deste informativo são apenas orientativas e a qualquer momento podem ser alteradas, sem aviso

Leia mais

Instrução Normativa nº 13 I DA CARACTERIZAÇÃO

Instrução Normativa nº 13 I DA CARACTERIZAÇÃO Instrução Normativa nº 13 O Diretor Geral, no uso das atribuições regimentais, ouvido o Conselho Acadêmico, RESOLVE: regulamentar os procedimentos para as visitas e palestras I DA CARACTERIZAÇÃO Art. 1º.

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS PARA REALIZAÇÃO DE EVENTOS

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS PARA REALIZAÇÃO DE EVENTOS MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS PARA REALIZAÇÃO DE EVENTOS PARTE I Passo a Passo PARTE II Manual para Apresentação de Projetos PARTE III Modelo de Projeto para Execução PROPOSTA DE

Leia mais

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO - ANEXOS - ANEXO I - PROCEDIMENTOS PARA CAPACITAÇÃO INTERNA DO REQUERIMENTO Art. 1º - A capacitação interna poderá ser proposta pela Reitoria, Pró-Reitorias ou Diretorias

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR FORMULÁRIOS

MANUAL DO EXPOSITOR FORMULÁRIOS MANUAL DO EXPOSITOR FORMULÁRIOS Formulário Prazo Status 1. Apresentação da Montadora 2. Credenciamento da Montadora 3. Responsabilidade da Montadora 4. Hidráulica e Elétrica 5. Credenciamento Expositor

Leia mais

FAPAC Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Acre

FAPAC Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Acre PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NO ENSINO MÉDIO ICJ EDITAL COMPLEMENTAR 002/2012 A Fundação de Tecnologia do Estado do Acre FUNTAC, através do Fundo de Desenvolvimento Científico

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO MÓDULO EDITAL 2015/2

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO MÓDULO EDITAL 2015/2 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO MÓDULO EDITAL 2015/2 Abertura de Processo Seletivo para o Programa de Iniciação Científica do Universitário Módulo A Reitoria do Universitário

Leia mais

MANUAL DE MONITORIA. Agosto de 2010

MANUAL DE MONITORIA. Agosto de 2010 MANUAL DE MONITORIA Agosto de 2010 1 A Faculdade São Francisco de Assis - UNIFIN oferece ao aluno a oportunidade de iniciar-se na função docente através do exercício de monitorias. Apenas será considerado

Leia mais

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA SUMÁRIO 1 - DOS HORÁRIOS DE FUNCIONAMENTO... 3 2 - DOS USUÁRIOS... 3 3 - DAS RESERVAS... 4 4 - DA UTILIZAÇÃO... 5 5 - DA SEGURANÇA... 6 6 - DA DISCIPLINA... 7

Leia mais

Procedimentos para Solicitação Registro na Jucesp do Ato Cancelamento de Microempreendedor Individual - MEI. (via Capa Marrom )

Procedimentos para Solicitação Registro na Jucesp do Ato Cancelamento de Microempreendedor Individual - MEI. (via Capa Marrom ) Procedimentos para Solicitação Registro na Jucesp do Ato Cancelamento de Microempreendedor Individual - MEI (via Capa Marrom ) Versão 21/05/2013 Sumário Instruções ao usuário... 2 Documentos que devem

Leia mais

FACULDADE 7 DE SETEMBRO LABORATÓRIO DE PESQUISA DE OPINIÃO E MERCADO

FACULDADE 7 DE SETEMBRO LABORATÓRIO DE PESQUISA DE OPINIÃO E MERCADO FACULDADE 7 DE SETEMBRO LABORATÓRIO DE PESQUISA DE OPINIÃO E MERCADO CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO, FINS E OBJETIVOS Art. 1º As presentes normas visam regulamentar e disciplinar, em termos de sua administração,

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UEMA PIBIC-CNPq/UEMA/FAPEMA EDITAL UEMA/PPG Nº 03/2015

PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UEMA PIBIC-CNPq/UEMA/FAPEMA EDITAL UEMA/PPG Nº 03/2015 PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UEMA PIBIC-CNPq/UEMA/FAPEMA EDITAL UEMA/PPG Nº 03/2015 A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Estadual do Maranhão - PPG UEMA em conjunto

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal Catarinense Reitoria

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal Catarinense Reitoria RESOLUÇÃO Nº 064 CONSUPER/2014 Dispõe sobre as normas reguladoras de prestação de serviços tecnológicos do Instituto Federal Catarinense. O Presidente do Conselho Superior do Instituto Federal Catarinense

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO 64ª REUNIÃO ANUAL DA SBPC 22 a 27 de julho de 2012, São Luís MA..

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO 64ª REUNIÃO ANUAL DA SBPC 22 a 27 de julho de 2012, São Luís MA.. 22 a 27 de julho de 2012, São Luís MA EDITAL PARA MONITORIA DA SBPC / UFMA Nº 01/ 2012 Seleção Interna de Monitores para apoiar as atividades da 64ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso

Leia mais

RETIFICAÇÃO EDITAL Nº 17/2015 AUXÍLIO DE DIÁRIAS PARA PUBLICAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS INTERNACIONAIS

RETIFICAÇÃO EDITAL Nº 17/2015 AUXÍLIO DE DIÁRIAS PARA PUBLICAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS INTERNACIONAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS RETIFICAÇÃO EDITAL Nº 17/2015 AUXÍLIO DE DIÁRIAS PARA

Leia mais

Número : IA-PCI-006/01 Assunto : INSTRUÇÃO ADMINISTRATIVA. RESERVAS PARA EVENTOS Folha : 1 de 7

Número : IA-PCI-006/01 Assunto : INSTRUÇÃO ADMINISTRATIVA. RESERVAS PARA EVENTOS Folha : 1 de 7 RESERVAS PARA EVENTOS Folha : 1 de 7 Elaborado por: Daniel Ribeiro / Fabiana Cantelmo Revisado por : Aprovado: Leandro L. Trindade. Data emissão: 18/06/2014 Data Revisão: 21/07/2014 Natureza da Modificação:

Leia mais

BOLSAS DE APOIO À INOVAÇÃO DESENVOLVIMENTO DE PROTÓTIPOS OU PRODUTOS INOVADORES FEIRA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA DO IFPR - IFTECH EDITAL N

BOLSAS DE APOIO À INOVAÇÃO DESENVOLVIMENTO DE PROTÓTIPOS OU PRODUTOS INOVADORES FEIRA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA DO IFPR - IFTECH EDITAL N BOLSAS DE APOIO À INOVAÇÃO DESENVOLVIMENTO DE PROTÓTIPOS OU PRODUTOS INOVADORES FEIRA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA DO IFPR - IFTECH EDITAL N.º 024/2014 PROEPI/IFPR A Pró-Reitoria de Extensão, Pesquisa e Inovação

Leia mais

CASA DA CULTURA DA AMÉRICA LATINA CONVOCAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS 2015

CASA DA CULTURA DA AMÉRICA LATINA CONVOCAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS 2015 CASA DA CULTURA DA AMÉRICA LATINA CONVOCAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS 2015 A Casa da Cultura da América Latina do Decanato de Extensão da UnB (CAL/DEX/UnB) comunica aos artistas que atuam no campo

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO DOS DISCENTES DESTE CAMPUS EM: VISITAS TÉCNICAS CAPÍTULO I

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO DOS DISCENTES DESTE CAMPUS EM: VISITAS TÉCNICAS CAPÍTULO I REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO DOS DISCENTES DESTE CAMPUS EM: VISITAS TÉCNICAS CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO E OBJETIVOS Artigo 1º - Visita técnica é atividade complementar dos componentes curriculares dos cursos

Leia mais

AGES EMPREENDIMENTOS EDUCACIONAIS LTDA SMALL SHOPPING AGES

AGES EMPREENDIMENTOS EDUCACIONAIS LTDA SMALL SHOPPING AGES AGES EMPREENDIMENTOS EDUCACIONAIS LTDA SMALL SHOPPING AGES CARTA CONVITE: N 001/2012 A AGES EMPREENDIMENTOS EDUCACIONAIS LTDA, situada à Avenida Universitária, n 23, Parque das Palmeiras, Paripiranga (BA),

Leia mais

Edital de Seleção para o Programa de Assistência Estudantil PAE CAP -2016. Edital 1

Edital de Seleção para o Programa de Assistência Estudantil PAE CAP -2016. Edital 1 Edital 1 Seleção de Bolsa de Estudos conforme Lei Federal n.º 12.101, de 27 de Novembro de 2009 O Colégio de Aplicação Dr. Paulo Gissoni, mantido pelo Centro Educacional de Realengo, no uso de suas competências

Leia mais

CAPÍTULO I DO OBJETIVO

CAPÍTULO I DO OBJETIVO REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DIDÁTICO DE DESENHO TÉCNICO DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ CAPÍTULO I DO OBJETIVO Art.

Leia mais

FABEL - FACULDADE DE BELÉM EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1

FABEL - FACULDADE DE BELÉM EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 FABEL - FACULDADE DE BELÉM EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A Diretora da FABEL FACULDADE DE BELÉM, instituição de ensino superior autorizada a funcionar pela Portaria Ministerial nº. 675 de 17 de março

Leia mais

Carta de apresentação

Carta de apresentação Associação Brasileira de Engenharia Agrícola Sede: FCAV/UNESP - Departamento de Engenharia Rural - 14884.900 - Jaboticabal - SP CNPJ: 51.330.132/0001-12 - Fone/Fax: (0XX16) 3203.3341 - e-mail: sbea@sbea.org.br

Leia mais

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS De acordo com a Lei nº 9.394 de 20/12/96 e o Regimento Geral, a Reitora da Universidade Salvador - UNIFACS, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura das inscrições do Processo Seletivo UNIFACS

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS CORNÉLIO PROCÓPIO Diretoria de Graduação e Educação Profissional

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS CORNÉLIO PROCÓPIO Diretoria de Graduação e Educação Profissional 1. Edital 02/2015 DIRGRAD-CP Retificado em 16/03/2015 Seleção de alunos para projetos de Melhoria dos Cursos de Graduação e Técnicos de Nível Médio da UTFPR O Diretor de Graduação e Educação Profissional

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS FUNDAÇÃO CULTURAL DE PALMAS FCP

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS FUNDAÇÃO CULTURAL DE PALMAS FCP PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS FUNDAÇÃO CULTURAL DE PALMAS FCP EDITAL Nº. 007/2015 FCP CONCESSÃO DE PAUTA PARA USO PÚBLICO DA GALERIA MUNICIPAL DE ARTES DO NÚCLEO INTEGRADO DE LEITURA E ARTES NILA DO ESPAÇO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO - PREX EDITAL Nº 039/2013

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO - PREX EDITAL Nº 039/2013 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO - PREX EDITAL Nº 039/2013 A Pró-Reitoria de Extensão (PREX), da Universidade Federal do Piauí (UFPI), no uso das atribuições

Leia mais

SELEÇÃO PÚBLICA PETROBRAS CULTURAL MINAS GERAIS EDIÇÃO 2014 REGULAMENTO GERAL

SELEÇÃO PÚBLICA PETROBRAS CULTURAL MINAS GERAIS EDIÇÃO 2014 REGULAMENTO GERAL SELEÇÃO PÚBLICA PETROBRAS CULTURAL MINAS GERAIS EDIÇÃO 2014 REGULAMENTO GERAL 1. OBJETO Este regulamento estabelece as regras gerais da Seleção Pública Petrobras Cultural Minas Gerais Edição 2014. São

Leia mais