Objetivos. Medir o grau de informação, opinião e interesse sobre microgeração de energia entre a população brasileira

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Objetivos. Medir o grau de informação, opinião e interesse sobre microgeração de energia entre a população brasileira"

Transcrição

1 Nov / 2016

2 Objetivos Medir o grau de informação, opinião e interesse sobre microgeração de energia entre a população brasileira

3 Metodologia Técnica A pesquisa foi realizada através de metodologia quantitativa, por meio de entrevistas pessoais e individuais em pontos de fluxo populacional, distribuídos geograficamente nas áreas pesquisadas, utilizando metodologia desenvolvida pelo Datafolha. Universo População brasileira, com 16 anos ou mais, pertencente a todas as classes econômicas. Data de campo De 20 a 24 de outubro de As entrevistas foram realizadas com a utilização de tablet.

4 Metodologia Abrangência e amostra Abrangência nacional, incluindo Regiões Metropolitanas e Cidades do Interior de diferentes portes, em todas as Regiões do Brasil. As entrevistas foram realizadas em 178 municípios de pequeno, médio e grande porte.

5 Metodologia Distribuição da amostra A amostra total de entrevistas foi distribuída pelas cinco regiões brasileiras, na proporção abaixo: 27% A margem de erro para o total da amostra é de 2,0 pontos percentuais para mais ou para menos.

6 Perfil dos entrevistados

7 Perfil dos entrevistados Em % Sexo Idade Média = 41 anos Masculino Feminino 16 a 24 anos 25 a 34 anos 35 a 44 anos 45 a 59 anos 60 anos ou mais Escolaridade Renda familiar mensal Fundamental Médio Superior Até 2 S.M. + de 2 a 3 S.M + de 3 a 5 S.M + de 5 a 10 + S.M de 10 a 20 + S.M de 20 a 50 S.M

8 Perfil dos entrevistados Em % Ocupação principal PEA Assalariado registrado Free-lance/ bico Assalariado sem registro Autônomo regular (Paga ISS) Funcionário público Empresário Estagiário/ aprendiz (remunerado) Outros PEA Desempregado (procura emprego) NÃO PEA Aposentado Dona de casa Estudante Outros NAO PEA Desempregado (Não procura Classificação sócioeconômica A/B C D/E

9 Em % Perfil dos entrevistados Região do país Natureza do município Sudeste Sul Nordeste Norte / Centro-Oeste Capital + RM Interior Porte do município Até 50 mil habitantes Mais de 50 a 200 mil Mais de 200 a 500 mil Mais de 500 mil habitantes

10 Grau de informação, opinião e interesse sobre microgeração de energia

11 Conceito apresentado aos entrevistados Desde 2012, o governo permite que os brasileiros gerem sua própria eletricidade por meio de fontes renováveis, como por exemplo a energia solar. Isso se chama microgeração de energia. Essa energia gerada é descontada da conta de luz. Se em um mês, a pessoa produz mais do que precisa, os créditos vão para os meses seguintes. Para isso é necessário ter um sistema de energia solar fotovoltaica, isto é, um conjunto de placas que captam a luz do Sol e a transformam em eletricidade. Essa eletricidade é utilizada em nossas casas de forma direta, reduzindo a quantidade de energia que temos que comprar do governo. Essas placas podem ser instaladas em áreas livres ou nos telhados das casas ou de edifícios.

12 Grau de conhecimento sobre geração de energia Resposta estimulada e única, em % 80% já tinham tomado conhecimento sobre a geração de energia TOMOU CONHECIMENTO Está bem informado Mais ou menos informado Está mal informado NÃO TOMOU CONHECIMENTO Mais escolarizados: 33% Mais ricos: 39% Fonte: Você já tinha ouvido falar ou lido sobre essa possibilidade de gerar sua própria energia, por exemplo usando a energia solar, e receber descontos na conta de luz? Você diria que está bem informado, mais ou menos informado ou mal informado sobre esse assunto? Base: total da amostra

13 Grau de conhecimento sobre geração de energia Resposta estimulada e única, em % Total Sudeste Sul Nordeste Norte / Centro Oeste Capital + RM Interior TOMOU CONHECIMENTO Está bem informado Está mais ou menos informado Está mal informado NÃO TOMOU CONHECIMENTO Fonte: Você já tinha ouvido falar ou lido sobre essa possibilidade de gerar sua própria energia, por exemplo usando a energia solar, e receber descontos na conta de luz? Você diria que está bem informado, mais ou menos informado ou mal informado sobre esse assunto? Base: total da amostra

14 Principal motivação para gerar a própria energia Resposta estimulada e única, em % Redução na conta de luz é principal motivação para geração da própria energia 1º lugar Reduzir o quanto pago na conta de luz Gerar minha própria energia e me tornar independente da distribuidora Pelos benefícios ambientais Para ajudar a criar empregos e melhorar a economia da minha cidade Saber que estou valorizando meu imóvel Por ser uma opção de investimento rentável Menos escolarizados: 54% Mais velhos: 57% Mais jovens: 22% Mais escolarizados: 26% Cidades com mais de 200 mil até 500 mil habitantes: 23% Fonte: Neste cartão estão algumas motivações para gerar sua própria energia. Qual seria em 1º lugar a principal motivação para você gerar a sua própria energia? Base: Total da amostra

15 Principal motivação para gerar a própria energia Resposta estimulada e única, em % 1º lugar Total Sudeste Sul Nordeste Norte / Centro Oeste Capital + RM Interior Reduzir o quanto pago na conta de luz Gerar minha própria energia e me tornar independente da distribuidora Pelos benefícios ambientais Para ajudar a criar empregos e melhorar a economia da minha cidade Saber que estou valorizando meu imóvel Por ser uma opção de investimento rentável Fonte: Neste cartão estão algumas motivações para gerar sua própria energia. Qual seria em 1º lugar a principal motivação para você gerar a sua própria energia? Base: Total da amostra

16 Motivações para gerar a própria energia Resposta estimulada e múltipla, em % Benefícios ambientais aparecem em segundo lugar no total de menções 85 1º + 2º + 3º lugares Reduzir o quanto pago na conta de luz Pelos benefícios ambientais Gerar minha própria energia e me tornar independente da distribuidora Saber que estou valorizando meu imóvel Para ajudar a criar empregos e melhorar a economia da minha cidade Por ser uma opção de investimento rentável Fonte: Neste cartão estão algumas motivações para gerar sua própria energia. Qual seria em 1º lugar a principal motivação para você gerar a sua própria energia? E em 2º lugar? E em 3º lugar? Base: Total da amostra

17 Motivações para gerar a própria energia Resposta estimulada e múltipla, em % 1º + 2º + 3º lugares Total Sudeste Sul Nordeste Norte / Centro Oeste Capital + RM Interior Reduzir o quanto pago na conta de luz Pelos benefícios ambientais Gerar minha própria energia e me tornar independente da distribuidora Saber que estou valorizando meu imóvel Para ajudar a criar empregos e melhorar a economia da minha cidade Por ser uma opção de investimento rentável Fonte: Neste cartão estão algumas motivações para gerar sua própria energia. Qual seria em 1º lugar a principal motivação para você gerar a sua própria energia? E em 2º lugar? E em 3º lugar? Base: Total da amostra

18 Resposta estimulada e única, em % Grau de concordância de algumas frases sobre microgeração de energia solar Microgeração de energia gera alto grau de interesse e adesão Resumo Concorda Discorda Ao adotar a microgeração, serei um exemplo no meu bairro e poderei influenciar meus vizinhos Eu compraria um sistema de energia solar fotovoltaica se houvesse linhas de crédito com juros baixos Estou muito interessado em saber mais sobre a microgeração de energia Gerar a própria energia só é uma opção para quem tem casa própria Energia solar é uma possibilidade apenas para quem tem dinheiro Eu entraria em um consórcio para ter sistema de energia solar fotovoltaica A microgeração de energia é um tema complexo demais para mim Fonte: Eu vou ler algumas frases sobre a microgeração de energia solar e gostaria de saber de cada uma se você concorda ou discorda. Totalmente ou em parte? Base: Total da amostra

19 Resposta estimulada e única, em % Grau de concordância de algumas frases sobre microgeração de energia solar Maioria acredita que se tornaria um exemplo no bairro ao adotar a microgeração de energia Ao adotar a microgeração, serei um exemplo no meu bairro e poderei influenciar meus vizinhos a 13/03/ a 24/10/ CONCORDA Totalmente Em parte NÃO CONCORDA, NEM DISCORDA DISCORDA Em parte Totalmente NÃO SABE 35 a 44 anos: 88% Mais ricos: 90% Fonte: Eu vou ler algumas frases sobre a microgeração de energia solar e gostaria de saber de cada uma se você concorda ou discorda. Totalmente ou em parte? Base: Total da amostra

20 Resposta estimulada e única, em % Grau de concordância de algumas frases sobre microgeração de energia solar Ao adotar a microgeração, serei um exemplo no meu bairro e poderei influenciar meus vizinhos Total Sudeste Sul Nordeste Norte / Centro Oeste Capital + RM Interior CONCORDA Totalmente Em parte NÃO CONCORDA, NEM DISCORDA DISCORDA Em parte Totalmente NÃO SABE Fonte: Eu vou ler algumas frases sobre a microgeração de energia solar e gostaria de saber de cada uma se você concorda ou discorda. Totalmente ou em parte? Base: Total da amostra

21 Resposta estimulada e única, em % Grau de concordância de algumas frases sobre microgeração de energia solar 72% comprariam um sistema de energia solar se houvesse linhas de crédito com juros baixos Eu compraria um sistema de energia solar fotovoltaica se houvesse linhas de crédito com juros baixos CONCORDA Totalmente Em parte NÃO CONCORDA, NEM DISCORDA Mais escolarizados: 77% 35 a 44 anos: 78% Classes A/B: 79% Mais ricos: 88% DISCORDA Em parte Totalmente NÃO SABE Classes D/E: 22% Mais velhos: 24% Fonte: Eu vou ler algumas frases sobre a microgeração de energia solar e gostaria de saber de cada uma se você concorda ou discorda. Totalmente ou em parte? Base: Total da amostra

22 Resposta estimulada e única, em % Grau de concordância de algumas frases sobre microgeração de energia solar Eu compraria um sistema de energia solar fotovoltaica se houvesse linhas de crédito com juros baixos Total Sudeste Sul Nordeste Norte / Centro Oeste Capital + RM Interior CONCORDA Totalmente Em parte NÃO CONCORDA, NEM DISCORDA DISCORDA Em parte Totalmente NÃO SABE Fonte: Eu vou ler algumas frases sobre a microgeração de energia solar e gostaria de saber de cada uma se você concorda ou discorda. Totalmente ou em parte? Base: Total da amostra

23 Resposta estimulada e única, em % Grau de concordância de algumas frases sobre microgeração de energia solar Maioria tem muito interesse em saber mais sobre o tema Estou muito interessado em saber mais sobre a microgeração de energia CONCORDA Totalmente Em parte NÃO CONCORDA, NEM DISCORDA DISCORDA Em parte Totalmente NÃO SABE Mais escolarizados: 77% 35 a 44 anos: 81% Mais ricos: 84% Mais velhos: 22% Fonte: Eu vou ler algumas frases sobre a microgeração de energia solar e gostaria de saber de cada uma se você concorda ou discorda. Totalmente ou em parte? Base: Total da amostra

24 Resposta estimulada e única, em % Grau de concordância de algumas frases sobre microgeração de energia solar Estou muito interessado em saber mais sobre a microgeração de energia Total Sudeste Sul Nordeste Norte / Centro Oeste Capital + RM Interior CONCORDA Totalmente Em parte NÃO CONCORDA, NEM DISCORDA DISCORDA Em parte Totalmente NÃO SABE Fonte: Eu vou ler algumas frases sobre a microgeração de energia solar e gostaria de saber de cada uma se você concorda ou discorda. Totalmente ou em parte? Base: Total da amostra

25 Resposta estimulada e única, em % Grau de concordância de algumas frases sobre microgeração de energia solar Para 59%, a geração da própria energia só é possível para quem tem casa própria Gerar a própria energia só é uma opção para quem tem casa própria CONCORDA Totalmente Em parte NÃO CONCORDA, NEM DISCORDA Mais velhos: 64% Menos escolarizados: 64% Classes D/E: 65% DISCORDA Em parte Totalmente NÃO SABE 25 a 34 anos: 39% Classes A/B: 42% Mais escolarizados: 43% Mais ricos: 52% Fonte: Eu vou ler algumas frases sobre a microgeração de energia solar e gostaria de saber de cada uma se você concorda ou discorda. Totalmente ou em parte? Base: Total da amostra

26 Resposta estimulada e única, em % Grau de concordância de algumas frases sobre microgeração de energia solar Gerar a própria energia só é uma opção para quem tem casa própria Total Sudeste Sul Nordeste Norte / Centro Oeste Capital + RM Interior CONCORDA Totalmente Em parte NÃO CONCORDA, NEM DISCORDA DISCORDA Em parte Totalmente NÃO SABE Fonte: Eu vou ler algumas frases sobre a microgeração de energia solar e gostaria de saber de cada uma se você concorda ou discorda. Totalmente ou em parte? Base: Total da amostra

27 Resposta estimulada e única, em % Grau de concordância de algumas frases sobre microgeração de energia solar Para 54%, a energia solar é para quem tem dinheiro Energia solar é uma possibilidade apenas para quem tem dinheiro CONCORDA Totalmente Em parte NÃO CONCORDA, NEM DISCORDA Menos escolarizados: 60% DISCORDA Em parte Totalmente NÃO SABE Mais jovens: 42% Mais escolarizados: 42% Classes A/B: 43% Mais ricos: 56% Fonte: Eu vou ler algumas frases sobre a microgeração de energia solar e gostaria de saber de cada uma se você concorda ou discorda. Totalmente ou em parte? Base: Total da amostra

28 Resposta estimulada e única, em % Grau de concordância de algumas frases sobre microgeração de energia solar Energia solar é uma possibilidade apenas para quem tem dinheiro Total Sudeste Sul Nordeste Norte / Centro Oeste Capital + RM Interior CONCORDA Totalmente Em parte NÃO CONCORDA, NEM DISCORDA DISCORDA Em parte Totalmente NÃO SABE Fonte: Eu vou ler algumas frases sobre a microgeração de energia solar e gostaria de saber de cada uma se você concorda ou discorda. Totalmente ou em parte? Base: Total da amostra

29 Resposta estimulada e única, em % Grau de concordância de algumas frases sobre microgeração de energia solar 54% estariam dispostos a entrar em um consórcio para ter acesso ao sistema de energia solar Eu entraria em um consórcio para ter sistema de energia solar fotovoltaica CONCORDA Totalmente Em parte NÃO CONCORDA, NEM DISCORDA DISCORDA Em parte Totalmente NÃO SABE Homens: 59% 35 a 44 anos: 60% Mais ricos: 65% Mais velhos: 39% Fonte: Eu vou ler algumas frases sobre a microgeração de energia solar e gostaria de saber de cada uma se você concorda ou discorda. Totalmente ou em parte? Base: Total da amostra

30 Resposta estimulada e única, em % Grau de concordância de algumas frases sobre microgeração de energia solar Eu entraria em um consórcio para ter sistema de energia solar fotovoltaica Total Sudeste Sul Nordeste Norte / Centro Oeste Capital + RM Interior CONCORDA Totalmente Em parte NÃO CONCORDA, NEM DISCORDA DISCORDA Em parte Totalmente NÃO SABE Fonte: Eu vou ler algumas frases sobre a microgeração de energia solar e gostaria de saber de cada uma se você concorda ou discorda. Totalmente ou em parte? Base: Total da amostra

31 Resposta estimulada e única, em % Grau de concordância de algumas frases sobre microgeração de energia solar Metade dos entrevistados considera o tema muito complexo; índice menor do que o observado em 2015 A microgeração de energia é um tema complexo demais para mim 11 a 13/10/ a 24/10/ CONCORDA Totalmente Em parte NÃO CONCORDA, NEM DISCORDA Mais velhos: 56% Menos escolarizados: 58% Classes D/E: 61% DISCORDA Em parte Totalmente NÃO SABE Mais jovens: 48% Classes A/B: 57% Mais escolarizados: 64% Mais ricos 72% Fonte: Eu vou ler algumas frases sobre a microgeração de energia solar e gostaria de saber de cada uma se você concorda ou discorda. Totalmente ou em parte? Base: Total da amostra

32 Resposta estimulada e única, em % Grau de concordância de algumas frases sobre microgeração de energia solar A microgeração de energia é um tema complexo demais para mim Total Sudeste Sul Nordeste Norte / Centro Oeste Capital + RM Interior CONCORDA Totalmente Em parte NÃO CONCORDA, NEM DISCORDA DISCORDA Em parte Totalmente NÃO SABE Fonte: Eu vou ler algumas frases sobre a microgeração de energia solar e gostaria de saber de cada uma se você concorda ou discorda. Totalmente ou em parte? Base: Total da amostra

33 Uso do FGTS para compra de sistema de energia solar Resposta e stimulada e única, em % Dos assalariados registrados, metade utilizaria os recursos do FGTS para comprar o sistema de energia solar Utilizaria o FGTS se fosse possível para comprar Não utilizaria Fonte: Se fosse possível, você utilizaria seu FGTS para comprar um sistema de energia solar fotovoltaica e gerar sua própria eletricidade? Base: Assalariados registrados

34 Uso do FGTS para compra de sistema de energia solar Resposta estimulada e única, em % Total Sudeste Sul Nordeste Norte / Centro Oeste Capital + RM Utilizaria o FGTS se fosse possível Interior Não utilizaria Fonte: Se fosse possível, você utilizaria seu FGTS para comprar um sistema de energia solar fotovoltaica e gerar sua própria eletricidade? Base: Assalariados registrados

35 Você se associaria a uma cooperativa com sistema de energia solar? Resposta estimulada e única, em % Dos assalariados registrados, a maioria se associaria a uma cooperativa com sistema de energia solar SIM NÃO Não sabe Fonte: Hoje, se uma cooperativa tiver um sistema de energia solar fotovoltaica, a economia na conta de luz pode ser dividida entre as pessoas associadas. Você se associaria a uma cooperativa para isso? Base: Assalariados registrados

36 Você se associaria a uma cooperativa com sistema de energia solar? Resposta estimulada e única, em % Se associaria a uma cooperativa com sistema de energia solar fotovoltaica para que a economia na conta de luz fosse dividida entre os associados? Total Sudeste Sul Nordeste Norte / Centro Oeste Capital + RM Interior SIM NÃO Não sabe Fonte: Hoje, se uma cooperativa tiver um sistema de energia solar fotovoltaica, a economia na conta de luz pode ser dividida entre as pessoas associadas. Você se associaria a uma cooperativa para isso? Base: Assalariados registrados

37 Relatório

38 Relatório MAIORIA TEM CONHECIMENTO SOBRE MICROGERAÇÃO DE ENERGIA; 19% CONSIDERAM-SE BEM INFORMADOS SOBRE O ASSUNTO Redução na conta de luz é o principal motivo para geração de energia própria Pesquisa Datafolha realizada entre 20 e 24 de outubro de 2016 em todo o Brasil, revela que a maioria (80%) tomou conhecimento sobre a possibilidade de gerar sua própria energia utilizando, por exemplo, a energia solar, recebendo assim descontos na conta de luz. Consideram-se bem informados sobre o assunto 19% dos entrevistados, principalmente os moradores da região Sudeste (24%), os mais escolarizados (33%) e os mais ricos (39%). Outros 42% estão mais ou menos informados e 20% tomaram conhecimento e estão mal informados sobre o tema, e outros 20% não tomaram conhecimento. Os pesquisadores apresentaram aos entrevistados um cartão com o conceito sobre microgeração de energia solar. O Datafolha apresentou aos entrevistados uma série de itens, perguntando qual seria, em primeiro lugar, a principal motivação para gerar sua própria energia. O motivo mais citado foi: reduzir o quanto pago na conta de luz (48%), índice que sobe para 54% entre os menos escolarizados, 56% na região Sul e 57% entre os mais velhos. Em outro patamar aparecem as seguintes motivações: gerar minha própria energia e me tornar independente da distribuidora (17%), especialmente entre os moradores das regiões Norte e Centro Oeste (25%), pelos benefícios ambientais (16%), motivo esse citado principalmente pelos jovens (22%) e pelos mais escolarizados (26%), para ajudar a criar empregos e melhorar a economia da minha cidade (10%), saber que estou valorizando meu imóvel (5%) e por ser uma opção de investimento rentável (4%).

39 Relatório Considerando-se os motivos citados em primeiro, segundo e terceiro lugares, os índices atingidos foram: reduzir o quanto pago na conta de luz (85%), pelos benefícios ambientais (62%), gerar minha própria energia e me tornar independente da distribuidora (53%), saber que estou valorizando meu imóvel (32%), para ajudar a criar empregos e melhorar a economia da minha cidade (29%) e por ser uma opção de investimento rentável (23%). Também foi apresentado aos entrevistados, algumas frases sobre microgeração de energia, com o objetivo de avaliar o grau de concordância de cada uma delas. A frase com a maior taxa de concordância foi: Ao adotar a microgeração, serei um exemplo no meu bairro e poderei influenciar meus vizinhos, 83% concordam com a frase, especialmente os que têm de 35 a 44 anos (88%) e os mais ricos (90%), 63% dizem concordar totalmente e 21% em parte, 5% não concordam e nem discordam, 6% discordam (4% totalmente e 2% em parte) e 8% não souberam responder. A seguir aparece: Eu compraria um sistema de energia solar fotovoltaica se houvesse linhas de crédito com juros baixos, 72% concordam com a frase (53% totalmente e 20% em parte), em especial os mais escolarizados (77%), os que têm de 35 a 44 anos (78%), os que pertencem às classes A e B (79%) e os mais ricos (88%) Outros 7% não concordam e nem discordam, 17% discordam (13% totalmente e 4% em parte), especialmente entre os que são das classes D e E, e os mais velhos, com 23% e 24%, respectivamente. Não opinaram 4%. Também com 72% de concordância ficou Estou muito interessado em saber mais sobre a microgeração de energia, com destaque para os mais escolarizados (77%), faixa etária de 35 a 44 anos (81%) e os mais ricos (84%). Metade (51%) concorda totalmente com a frase e 21% concorda em parte, 7% não concordam nem discordam, 17% discordam (22% entre os mais velhos), sendo que 11% discordam totalmente e 7% em parte, e 3% não responderam.

40 Relatório Gerar a própria energia só é uma opção para quem tem casa própria, obteve índice de concordância de 59% (41% totalmente e 18% em parte), especialmente os mais velhos, os menos escolarizados (64%, cada) e as classes D e E (65%), 5% não concordam nem discordam, um terço (33%) discorda (25% totalmente e 8% em parte), com destaque para os que têm de 25 a 34 anos (39%), classes A e B (42%), mais escolarizados (43%) e para os mais ricos (52%). Não opinaram 3% dos entrevistados. Concordam com a frase Energia solar é uma possibilidade apenas para quem tem dinheiro 54% dos entrevistados (60% entre os menos escolarizados), 36% concordam totalmente e 18% em parte. Não concordam e nem discordam 5% e 37% discordam (26% totalmente e 11% em parte). Dos que discordam destacam-se os mais jovens e os mais escolarizados (42%, cada), os que pertencem às classes A e B (43%) e os mais ricos (56%). Eu entraria em um consórcio para ter sistema de energia solar fotovoltaica, 54% concordam com a afirmação (34% totalmente e 21% em parte), especialmente os homens (59%), os que têm de 35 a 44 anos (60%) e os mais ricos (65%), 7% não concordam, nem discordam, 34% discordam (39% entre os mais velhos), sendo 26% totalmente e 8% em parte e outros 5% não souberam responder. A frase com a menor taxa de concordância foi: a microgeração de energia é um tema complexo demais para mim, 48% (26% totalmente e 22% em parte), ficando acima da média entre os mais velhos (56%), entre os menos escolarizados (58%) e entre as classes D e E (61%). Cerca de 8% não concordam nem discordam e 41% discordam da afirmação (28% totalmente e 13% em parte), com destaque para os mais jovens (48%), classes A e B (57%), mais escolarizados (64%) e para os mais ricos (72%).

41 Relatório Metade (50%) dos assalariados registrados entrevistados disseram que, se fosse possível, utilizaria o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (F.G.T.S.) para comprar um sistema de energia solar fotovoltaica e gerar sua própria eletricidade, contra outra metade (50%) que não utilizaria. A maioria (63%) se associaria a uma cooperativa com sistema de energia solar fotovoltaica, para que a economia na conta de luz fosse dividida entre os associados, uma parcela de 28% não se associaria a uma cooperativa para esse fim e 9% não souberam responder. O perfil dos entrevistados é composto de 49% de homens e 51% de mulheres, 21% têm entre 16 e 24 anos, outros 21% entre 25 e 34 anos, 20% entre 35 e 44 anos, outros 20% de 45 a 59 anos e 19% têm 60 anos ou mais, 37% estudaram até o ensino fundamental, 45% até o ensino médio e 18% têm nível superior, 41% possuem renda familiar mensal de até dois salários mínimos, 22% mais de dois a três salários, 15% mais de três a cinco salários, 9% mais de cinco a dez, 3% mais de dez a vinte e apenas 1% mais de vinte salários mínimos. A distribuição da classificação econômica é composta de 26% de classes A e B, 46% de classe C e 28% de classes D e E, são pessoas economicamente ativas (PEA) 66%, contra 34% que não. A amostra se divide em 43% dos entrevistados na região Sudeste, 15% na região Sul, 27% na região Nordeste e 15% nas regiões Norte e Centro Oeste, 41% dos municípios encontram-se nas capitais e regiões metropolitanas e 59% no interior, classificados pelo porte até 50 mil habitantes (30%), mais de 50 mil a 200 mil habitantes (23%), mais de 200 mil a 500 mil habitantes (16%) e mais de 500 mil habitantes (31%).

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO ANO VI POPULAÇÃO E COMÉRCIO

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO ANO VI POPULAÇÃO E COMÉRCIO MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO ANO VI POPULAÇÃO E COMÉRCIO 2013 OBJETIVO E PÚBLICO ALVO O objetivo principal deste estudo é investigar a utilização dos Meios Eletrônicos de pagamento e as percepções

Leia mais

Jus>fica>va. Obje>vos

Jus>fica>va. Obje>vos Jus>fica>va O Brasil está entre os dez maiores emissores de gases de efeito estufa do mundo e a cada ano os brasileiros de Norte a Sul do país são mais afetados pelas consequências das mudanças climá>cas

Leia mais

Detalhamento da Pesquisa

Detalhamento da Pesquisa Projeto Voluntariado Brasil 2011 Job 11/0274 09/12/2011 Detalhamento da Pesquisa Contexto: Estudo geral: Estudo específico: Contribuir com a produção de conhecimento em 2001+10, marcando os 10 anos do

Leia mais

POPULARIDADE DA INTERNET

POPULARIDADE DA INTERNET POPULARIDADE DA INTERNET Inayara Soares da Silva Atualmente, a população encontra grande facilidade no acesso à internet. Tal facilidade e popularização da rede vem atraindo de jovens a idosos, que não

Leia mais

Intenção de voto para presidente da República 20/08/2010. www.datafolha.com.br

Intenção de voto para presidente da República 20/08/2010. www.datafolha.com.br Intenção de voto para presidente da República 20/08/2010 APÓS HORÁRIO ELEITORAL, DILMA DOBRA A VANTAGEM SOBRE SERRA Se a eleição fosse hoje, petista venceria no primeiro turno com 54% dos votos válidos

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS NOVEMBRO/ DEZEMBRO DE 2013 JOB2726-13 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Trata-se de uma pesquisa de acompanhamento

Leia mais

Consumo como alcance da felicidade Julho/2015

Consumo como alcance da felicidade Julho/2015 Consumo como alcance da felicidade Julho/2015 Seis em cada dez consumidores consideram-se felizes O estudo O consumo como alcance da felicidade, conduzido pelo SPC Brasil e Meu Bolso feliz, busca compreender

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ELEIÇÕES 2016

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ELEIÇÕES 2016 PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ELEIÇÕES 2016 DEZEMBRO DE 2015 JOB1629 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO O principal objetivo desse projeto é levantar opiniões sobre as eleições municipais

Leia mais

Educação Financeira no Brasil - abertura

Educação Financeira no Brasil - abertura Educação Financeira no Brasil - abertura Investimentos Fevereiro 2014 Pesquisa do SPC Brasil traça perfil dos brasileiros em relação a investimento; maioria prefere consumir a poupar. O brasileiro não

Leia mais

FACULDADES PARTICULARES E QUALIDADE NO ENSINO

FACULDADES PARTICULARES E QUALIDADE NO ENSINO FACULDADES PARTICULARES E QUALIDADE NO ENSINO Dihego Pansini de Souza O crescimento de faculdades particulares ocorre de forma vertiginosa, crescimento esse que pode ser constatado no gráfico a seguir.

Leia mais

VOLUME 3 / 7 RELATÓRIO FINAL DE RESULTADOS SEGMENTO: USUÁRIOS DE TELEFONES RESIDENCIAIS (STFC-R)

VOLUME 3 / 7 RELATÓRIO FINAL DE RESULTADOS SEGMENTO: USUÁRIOS DE TELEFONES RESIDENCIAIS (STFC-R) VOLUME 3 / 7 RELATÓRIO FINAL DE RESULTADOS SEGMENTO: USUÁRIOS DE TELEFONES RESIDENCIAIS (STFC-R) CONTRATANTE: AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES ANATEL EXECUTANTES: FUNDAÇÃO INSTITUTO DE ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Certificado de Recebíveis Imobiliários CRI

Certificado de Recebíveis Imobiliários CRI Renda Fixa Certificado de Recebíveis Imobiliários CRI Certificado de Recebíveis Imobiliários - CRI O produto O Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI) é um título que gera um direito de crédito ao

Leia mais

www.datafolha.com.br INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE 07 e 08/05/2014

www.datafolha.com.br INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE 07 e 08/05/2014 www.datafolha.com.br INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE 07 e 08/05/2014 www.datafolha.com.br INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE MAIO DE 2014 DILMA ESTABILIZA E AÉCIO CRESCE; SE FOSSE HOJE, ELEIÇÃO PODERIA

Leia mais

Junho / 2014. Reformas políticas

Junho / 2014. Reformas políticas Junho / 2014 Reformas políticas Metodologia Metodologia AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO 2.125 pessoas foram entrevistadas, a partir de 16, de todos os níveis econômicos em todas as regiões do

Leia mais

PESQUISA COM EMPRESÁRIOS

PESQUISA COM EMPRESÁRIOS PESQUISA COM EMPRESÁRIOS OBJETIVO DA PESQUISA AVALIAR A EXPECTATIVA DE VENDAS DOS EMPRESÁRIOS DO COMÉRCIO VAREJISTA DE BELO HORIZONTE PARA O NATAL DE 2015 INFORMAÇÕES METODOLÓGICAS Coleta de dados de 26/10

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE O GOVERNO FEDERAL

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE O GOVERNO FEDERAL PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE O GOVERNO FEDERAL OUTUBRO DE 2013 JOB1642 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL O principal objetivo desse projeto é monitorar a administração do Governo

Leia mais

Crack: moradores da Grande Vitória, desconhecem os serviços públicos disponíveis para apoio aos usuários.

Crack: moradores da Grande Vitória, desconhecem os serviços públicos disponíveis para apoio aos usuários. Crack: moradores da Grande Vitória, desconhecem os serviços públicos disponíveis para apoio aos usuários. Inayara Soares O Brasil vem vivendo hoje um grave problema em consequência em função do crescente

Leia mais

BARÓMETRO DE OPINIÃO PÚBLICA: Atitudes dos portugueses perante Leitura e o Plano Nacional de Leitura

BARÓMETRO DE OPINIÃO PÚBLICA: Atitudes dos portugueses perante Leitura e o Plano Nacional de Leitura BARÓMETRO DE OPINIÃO PÚBLICA: Atitudes dos portugueses perante Leitura e o Plano Nacional de Leitura António Firmino da Costa Elsa Pegado Patrícia Ávila CIES-ISCTE 2008 BARÓMETRO DE OPINIÃO PÚBLICA: Atitudes

Leia mais

PED - PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA CIDADE DE SANTOS

PED - PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA CIDADE DE SANTOS PED - PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA CIDADE DE SANTOS MARÇO-2009 OBJETIVO Os principais objetivos desta pesquisa são: conhecer e divulgar a situação do emprego e desemprego na cidade de Santos, de

Leia mais

INTENÇÃO DE VOTO ELEIÇÕES 2014

INTENÇÃO DE VOTO ELEIÇÕES 2014 INTENÇÃO DE VOTO ELEIÇÕES 2014 Agosto de 2014 1-24 ÍNDICE 1 METODOLOGIA... 3 2 CARACTERIZAÇÃO DO ENTREVISTADO... 4 3 ELEIÇÕES 2014... 8 4 AVALIAÇÃO DO GOVERNO DO ESTADO... 18 5 CAMPANHA... 20 REALIZADORES...

Leia mais

SONDAGEM DATAS COMEMORATIVAS DIA DOS PAIS

SONDAGEM DATAS COMEMORATIVAS DIA DOS PAIS SONDAGEM DATAS COMEMORATIVAS DIA DOS PAIS Agosto 2016 INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DOS PAIS 2016 Intenção de Presentear 48,9% Têm intenção de presentear no Dia dos Pais 38,1% Não pretendem comprar presentes,

Leia mais

EMPREENDEDORISMO FEMININO

EMPREENDEDORISMO FEMININO EMPREENDEDORISMO FEMININO Março 2013 0 APRESENTAÇÃO As mulheres representam 51% da população brasileira e em Minas Gerais já são aproximadamente 10 milhões. A participação do empreendedorismo feminino

Leia mais

METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais.

METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais. METODOLOGIA METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO 2.085 pessoas foram entrevistadas, a partir de 16 anos, de todos os níveis econômicos em todas as regiões do país. As entrevistas foram

Leia mais

Situação do jovem no mercado de trabalho no Brasil: um balanço dos últimos 10 anos 1

Situação do jovem no mercado de trabalho no Brasil: um balanço dos últimos 10 anos 1 Situação do jovem no mercado de trabalho no Brasil: um balanço dos últimos 1 anos 1 Marcio Pochmann 2 São Paulo fevereiro de 2.7. 1 Texto preliminar, sujeito a modificações. Situação do jovem no mercado

Leia mais

O futuro da aposentadoria Um ato de equilíbrio. Relatório do Brasil

O futuro da aposentadoria Um ato de equilíbrio. Relatório do Brasil O futuro da aposentadoria Um ato de equilíbrio Relatório do Brasil A pesquisa O futuro da aposentadoria é uma pesquisa independente de referência mundial sobre tendências globais de aposentadoria realizada

Leia mais

PROJETO PROLICEN INFORMÁTICA NA ESCOLA : A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA E O ENSINO MÉDIO PÚBLICO

PROJETO PROLICEN INFORMÁTICA NA ESCOLA : A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA E O ENSINO MÉDIO PÚBLICO PROJETO PROLICEN INFORMÁTICA NA ESCOLA : A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA E O ENSINO MÉDIO PÚBLICO Formação de Professores e Educação Matemática (FPM) GT 08 RESUMO Melquisedec Anselmo da Costa AZEVEDO

Leia mais

mercado de cartões de crédito, envolvendo um histórico desde o surgimento do produto, os agentes envolvidos e a forma de operação do produto, a

mercado de cartões de crédito, envolvendo um histórico desde o surgimento do produto, os agentes envolvidos e a forma de operação do produto, a 16 1 Introdução Este trabalho visa apresentar o serviço oferecido pelas administradoras de cartões de crédito relacionado ao produto; propor um produto cartão de crédito calcado na definição, classificação

Leia mais

Eixo Temático ET-07-010 - Desenvolvimento de Estratégias Didáticas

Eixo Temático ET-07-010 - Desenvolvimento de Estratégias Didáticas 75 Eixo Temático ET-07-010 - Desenvolvimento de Estratégias Didáticas SANEAMENTO BÁSICO E A PERSPECTIVA DA COMUNIDADE COM RELAÇÃO AOS BENEFÍCIOS E IMPACTOS AMBIENTAIS Mara Araújo Ferreira*; Edna Lúcia

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLE NCIA DO CONSUMIDOR - PEIC CAMPO GRANDE - MS MARÇO/2016 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela

Leia mais

Estudos. População e Demografia

Estudos. População e Demografia População e Demografia Prof. Dr. Rudinei Toneto Jr. Guilherme Byrro Lopes Rafael Lima O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), desde 1991, divulga anualmente uma base com a população dos

Leia mais

Opinião do. brasileiro sobre Voluntariado. Fundação Itaú Social Resultados em outubro de 2014

Opinião do. brasileiro sobre Voluntariado. Fundação Itaú Social Resultados em outubro de 2014 Opinião do brasileiro sobre Voluntariado Fundação Itaú Social Resultados em outubro de 2014 Índice 2 Objetivo e Metodologia Perfil demográfico da população brasileira Exercício da Atividade Voluntária

Leia mais

Pesquisa Quantitativa CNMP Conselho Nacional do Ministério Público

Pesquisa Quantitativa CNMP Conselho Nacional do Ministério Público Pesquisa Quantitativa CNMP Conselho Nacional do Ministério Público www.institutoanalise.com Instituto.analise@institutoanalise.com Objetivos Gerais: Mostrar para a população o papel do MP e do CNMP; Ampliar

Leia mais

GESTÃO DO AGRONEGÓCIO

GESTÃO DO AGRONEGÓCIO Pós-Graduação em GESTÃO DO AGRONEGÓCIO Ingresso agosto de 2016 Informações: (51) 3218-1355 ernani.neto@espm.br O Curso tem por objetivo capacitar os participantes na utilização de práticas contemporâneas

Leia mais

ESTUDO TÉCNICO N.º 12/2014

ESTUDO TÉCNICO N.º 12/2014 ESTUDO TÉCNICO N.º 12/2014 Principais resultados da PNAD 2013 potencialmente relacionados às ações e programas do MDS MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA DE AVALIAÇÃO E GESTÃO

Leia mais

Opinião da População Sobre a Cobrança das Sacolas Plásticas Reutilizáveis. Agosto de 2015

Opinião da População Sobre a Cobrança das Sacolas Plásticas Reutilizáveis. Agosto de 2015 Opinião da População Sobre a Cobrança das Sacolas Plásticas Reutilizáveis Agosto de 2015 2 A Lei nº 15.374 de 2011 proíbe a disponibilização de sacolas plásticas descartáveis nos estabelecimentos comerciais

Leia mais

Março/2016 Março/2016

Março/2016 Março/2016 São Paulo 2030 Março/2016 Março/2016 2 de 80 OBJETIVO Mapear as opiniões e as percepções dos moradores da cidade da São Paulo em relação a temas do cotidiano e à prestação de políticas públicas, bem como

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO CONSELHO SUPERIOR DA RELATÓRIO DE DIAGNÓSTICO DA QUALIDADE NO USO DO SISTEMA PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO DA Fase 1 (magistrados e servidores da Justiça do Trabalho) Secretaria de Tecnologia da Informação

Leia mais

Instruções para o cadastramento da Operação de Transporte e geração do Código Identificador da Operação de Transporte CIOT.

Instruções para o cadastramento da Operação de Transporte e geração do Código Identificador da Operação de Transporte CIOT. Instruções para o cadastramento da Operação de Transporte e geração do Código Identificador da Operação de Transporte CIOT. Versão: 16/03/12 As instruções abaixo aplicam-se a todas as Operações de Transportes

Leia mais

F.17 Cobertura de redes de abastecimento de água

F.17 Cobertura de redes de abastecimento de água Comentários sobre os Indicadores de Cobertura até 6 F.17 Cobertura de redes de abastecimento de água Limitações: Requer informações adicionais sobre a quantidade per capita, a qualidade da água de abastecimento

Leia mais

Sondagem O Futuro da ADSE

Sondagem O Futuro da ADSE Sondagem ADSE Junho 2016 Sondagem O Futuro da ADSE Com o apoio científico da 1 Metodologia 1 FICHA TÉCNICA DESTINADA A PUBLICAÇÃO E ELABORADA DE ACORDO COM UM MODELO PROPOSTO À ERC PARA A IMPRENSA FICHA

Leia mais

DENGUE. Jamila Rainha Jamila Rainha é cientista social e consultora de Pesquisa 3235-5436/9959-2986

DENGUE. Jamila Rainha Jamila Rainha é cientista social e consultora de Pesquisa 3235-5436/9959-2986 DENGUE A Secretaria de Saúde do Estado do Espírito Santo confirmou a primeira morte causada por dengue hemorrágica no ano de 2009. A vítima era moradora da Serra (terceiro município em números de casos

Leia mais

1. Uma pesquisa de mercado sobre o consumo de três marcas A, B e C de um determinado produto apresentou os seguintes resultados:

1. Uma pesquisa de mercado sobre o consumo de três marcas A, B e C de um determinado produto apresentou os seguintes resultados: 1. Uma pesquisa de mercado sobre o consumo de três marcas A, B e C de um determinado produto apresentou os seguintes resultados: A - 48% A e B - 18% B - 45% B e C - 25% C - 50% A e C - 15% nenhuma das

Leia mais

Indíce. Indice... 1. 1) Identificar a sua persona (Cliente ideal)...erro! Indicador não definido. Exemplo... 4

Indíce. Indice... 1. 1) Identificar a sua persona (Cliente ideal)...erro! Indicador não definido. Exemplo... 4 Indíce Sumário Indice... 1 1) Identificar a sua persona (Cliente ideal)...erro! Indicador não definido. Exemplo... 4 2) Gerar relacionamento / lista de emails... 5 Exemplo... 6 3)Faça a oferta... 7 Exemplo...

Leia mais

Estudo aponta influência do código de barras e da tecnologia na decisão de compra do consumidor e na estratégia do varejo

Estudo aponta influência do código de barras e da tecnologia na decisão de compra do consumidor e na estratégia do varejo Estudo aponta influência do código de barras e da tecnologia na decisão de compra do consumidor e na estratégia do varejo Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil revela resultado da terceira edição

Leia mais

RECUPERAÇÃO DE CRÉDITO Empréstimo de nome para terceiros. Abril de 2016

RECUPERAÇÃO DE CRÉDITO Empréstimo de nome para terceiros. Abril de 2016 RECUPERAÇÃO DE CRÉDITO Empréstimo de nome para terceiros Abril de 2016 OBJETIVOS DO ESTUDO Compreender o processo da inadimplência resultante do empréstimo do nome para terceiros. METODOLOGIA Público alvo:

Leia mais

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação.

Antes de investir, compare o fundo com outros da mesma classificação. LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BNP PARIBAS SOBERANO FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO RENDA FIXA - SIMPLES CNPJ/MF: Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém

Leia mais

Salario mínimo ideal deveria ser 50% maior que o atual

Salario mínimo ideal deveria ser 50% maior que o atual Salario mínimo ideal deveria ser 50% maior que o atual Inayara Soares Com a definição do salário mínimo para 2013, que passou de 622,00 para 678,00 começando a valer no dia 1º de Janeiro de 2013, a Futura

Leia mais

SONDAGEM ESPECIAL. Exportações ganham importância para indústria brasileira. Comércio Exterior. Opinião CNI

SONDAGEM ESPECIAL. Exportações ganham importância para indústria brasileira. Comércio Exterior. Opinião CNI Indicadores CNI SONDAGEM ESPECIAL 64 Comércio Exterior Exportações ganham importância para indústria brasileira A queda na demanda doméstica e a desvalorização da moeda estão estimulando o aumento das

Leia mais

Instituto Acende Brasil

Instituto Acende Brasil www.pwc.com Instituto Acende Brasil Estudo sobre a Carga Tributária & Encargos do setor elétrico brasileiro ano base 2014 Dezembro 2015 Sumário Item Descrição Página - Sumário Executivo 3 1. O setor 4

Leia mais

IMPACTO DA CRISE ECONÔMICA NA GESTÃO DAS FINANÇAS PESSOAIS DO BRASILEIRO

IMPACTO DA CRISE ECONÔMICA NA GESTÃO DAS FINANÇAS PESSOAIS DO BRASILEIRO IMPACTO DA CRISE ECONÔMICA NA GESTÃO DAS FINANÇAS PESSOAIS DO BRASILEIRO Fevereiro 2016 IMPACTO DA CRISE ECONÔMICA NA GESTÃO DAS FINANÇAS PESSOAIS DO BRASILEIRO 53,3% Não tiveram sobras financeiras no

Leia mais

Projeto 10Envolver. Nota Técnica

Projeto 10Envolver. Nota Técnica Nota Técnica Referência: Análise dos dados do componente Educação do Índice de Desenvolvimento Humano dos municípios de 2013 (Atlas do Desenvolvimento Humano 2013, PNUD, IPEA, FJP) para os municípios incluídos

Leia mais

PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: ALUGUÉIS

PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: ALUGUÉIS PESQUISA DO MERCADO IMOBILIÁRIO EM BELO HORIZONTE: ALUGUÉIS Março de 2015 APRESENTAÇÃO DA PESQUISA Esta pesquisa é realizada pela Fundação IPEAD/UFMG com o apoio da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte

Leia mais

A aposta em investimento em energias renovaveis em STP

A aposta em investimento em energias renovaveis em STP A aposta em investimento em energias renovaveis em STP I. Apresentação da HET - Service Lda. II. Situação das energias renováveis III.Possibilidade de Investimentos em E.R. Privado Estatal IV.Barreiras

Leia mais

Estudo sobre a dependência espacial da dengue em Salvador no ano de 2002: Uma aplicação do Índice de Moran

Estudo sobre a dependência espacial da dengue em Salvador no ano de 2002: Uma aplicação do Índice de Moran Estudo sobre a dependência espacial da dengue em Salvador no ano de 2002: Uma aplicação do Índice de Moran Camila Gomes de Souza Andrade 1 Denise Nunes Viola 2 Alexandro Teles de Oliveira 2 Florisneide

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER YIELD VIP REFERENCIADO DI CRÉDITO PRIVADO 01.615.744/0001-83 Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER YIELD VIP REFERENCIADO DI CRÉDITO PRIVADO 01.615.744/0001-83 Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER YIELD VIP REFERENCIADO DI CRÉDITO PRIVADO 01.615.744/0001-83 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

CURSO PRÉ-VESTIBULAR DA UFSCar

CURSO PRÉ-VESTIBULAR DA UFSCar CURSO PRÉ-VESTIBULAR DA UFSCar PROCESSO SELETIVO 2013/2014 MANUAL DO CANDIDATO CALENDÁRIO DO PROCESSO SELETIVO: ETAPAS DO PROCESSO SELETIVO DATAS/INFORMAÇÕES 13 DE MAIO A 9 DE JUNHO, pelo site: www.cursinho.ufscar.br

Leia mais

Cenários. A Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) nas MPE. Goiás

Cenários. A Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) nas MPE. Goiás Cenários A Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) nas MPE Goiás Introdução Objetivo: - avaliar o nível de utilização de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) nas MPE em Goiás Amostra: - 274

Leia mais

Curso de Desenvolvimento de Negócios Sociais e Inclusivos

Curso de Desenvolvimento de Negócios Sociais e Inclusivos Curso de Desenvolvimento de Negócios Sociais e Inclusivos O curso de Desenvolvimento de Negócios Sociais e Inclusivos visa a despertar o interesse de pessoas que queiram empreender na área social. Trata-se

Leia mais

a) Quantos estudantes não estudam nenhum desses idiomas? b) Quantos estudantes estudam apenas um desses idiomas?

a) Quantos estudantes não estudam nenhum desses idiomas? b) Quantos estudantes estudam apenas um desses idiomas? Conjuntos 1- Conjuntos A, B e C são tais que A possui 10 elementos; A U B, 16 elementos; A U C, 15 elementos; A B, 5 elementos; A C, 2 elementos; B C, 6 elementos; e A B C, 2 elementos. Calcule o número

Leia mais

Indicadores Sociais Municipais 2010. Uma análise dos resultados do universo do Censo Demográfico 2010

Indicadores Sociais Municipais 2010. Uma análise dos resultados do universo do Censo Demográfico 2010 Diretoria de Pesquisas Coordenação de População e Indicadores Sociais Indicadores Sociais Municipais 2010 Uma análise dos resultados do universo do Censo Demográfico 2010 Rio, 16/11/ 2011 Justificativa:

Leia mais

PERÍODO AMOSTRA ABRANGÊNCIA MARGEM DE ERRO METODOLOGIA. População adulta: 148,9 milhões

PERÍODO AMOSTRA ABRANGÊNCIA MARGEM DE ERRO METODOLOGIA. População adulta: 148,9 milhões OBJETIVOS CONSULTAR A OPINIÃO DOS BRASILEIROS SOBRE A SAÚDE NO PAÍS, INVESTIGANDO A SATISFAÇÃO COM SERVIÇOS PÚBLICO E PRIVADO, ASSIM COMO HÁBITOS DE SAÚDE PESSOAL E DE CONSUMO DE MEDICAMENTOS METODOLOGIA

Leia mais

CARACTERÍSTICAS DA TRAJETÓRIA PROFISSIONAL DE UMA AMOSTRA DE PSICÓLOGOS FORMADOS NA UNISA

CARACTERÍSTICAS DA TRAJETÓRIA PROFISSIONAL DE UMA AMOSTRA DE PSICÓLOGOS FORMADOS NA UNISA CARACTERÍSTICAS DA TRAJETÓRIA PROFISSIONAL DE UMA AMOSTRA DE PSICÓLOGOS FORMADOS NA UNISA Resultados parciais da pesquisa realizada pelo aluno Rodrigo Silva Fonseca - Trabalho de Conclusão do Curso de

Leia mais

Esta Pesquisa foi registrada em 28/03/2012 no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco e está protocolizada sob o número PE-00012/2012.

Esta Pesquisa foi registrada em 28/03/2012 no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco e está protocolizada sob o número PE-00012/2012. PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PETROLINA 27 29 MARÇO 2012 1 Metodologia 1. LOCAL E PERÍODO Pesquisa quantitativa face a face realizada no período de 27 a 29 de março de 2012 em Petrolina. 2. AMOSTRA Foi extraída

Leia mais

PROCEDIMENTOS UTILIZADOS NA REALIZAÇÃO DA PESQUISA:

PROCEDIMENTOS UTILIZADOS NA REALIZAÇÃO DA PESQUISA: Curitiba, 07 de abril de 2016. Apresentamos a seguir os resultados da pesquisa de opinião pública realizada no Brasil, com o objetivo de consultar a população sobre situação eleitoral, avaliação da administração

Leia mais

Gestão de PCB: Visão do Setor de Distribuição

Gestão de PCB: Visão do Setor de Distribuição Gestão de PCB: Visão do Setor de Distribuição Daniel Mendonça - Abradee Brasília, 28 de novembro de 2014. Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica QUEM SOMOS A Associação Brasileira

Leia mais

Mudanças nos Preços Relativos

Mudanças nos Preços Relativos Mudanças nos Preços Relativos Tabela 1 Variação acumulada do IPCA: eiro/ junho/ Discriminação Brasil Belém 1/ Nordeste Sudeste Sul Centro- Gráfico 1 - Alteração no peso do IPCA por segmento de consumo:

Leia mais

PESQUISA FUTURA CORREIO DA BAHIA MERCADO IMOBILIÁRIO

PESQUISA FUTURA CORREIO DA BAHIA MERCADO IMOBILIÁRIO PESQUISA FUTURA CORREIO DA BAHIA MERCADO IMOBILIÁRIO 1 CASA É A PREFERÊNCIA DOS SOTEROPOLITANOS PARA MORADIA Roberta Atherton Conforme pesquisa realizada pela Futura em março de 2012, a casa própria permeia

Leia mais

EDITAL Nº 08/2015 PROCESSO SELETIVO ESPECIAL DA FACULDADE METROPOLITANA DE MARABÁ METROPOLITANA 2016/1

EDITAL Nº 08/2015 PROCESSO SELETIVO ESPECIAL DA FACULDADE METROPOLITANA DE MARABÁ METROPOLITANA 2016/1 EDITAL Nº 08/2015 PROCESSO SELETIVO ESPECIAL DA FACULDADE METROPOLITANA DE MARABÁ METROPOLITANA 2016/1 Abre o processo seletivo especial para ingresso nos cursos de Graduação da Faculdade Metropolitana

Leia mais

Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação. Processo Seletivo para o 1º semestre de 2013

Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação. Processo Seletivo para o 1º semestre de 2013 Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação Processo Seletivo para o 1º semestre de 2013 PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EDITAL INTRODUÇÃO A Reitoria da Universidade Presbiteriana Mackenzie, por seu Decanato de Pesquisa

Leia mais

2. COMPARAÇÃO DE PERFIL ENTRE ADIMPLENTES E INADIMPLENTES

2. COMPARAÇÃO DE PERFIL ENTRE ADIMPLENTES E INADIMPLENTES PERFIL DO CONSUMIDOR COM E SEM DÍVIDAS NO BRASIL 1. PESQUISA Pesquisa inédita realizada pela CNDL e SPC Brasil buscou avaliar o perfil dos brasileiros adimplentes e inadimplentes, sendo consideradoscomo:

Leia mais

CONSELHO DE CLASSE. A visão dos professores sobre educação no Brasil

CONSELHO DE CLASSE. A visão dos professores sobre educação no Brasil CONSELHO DE CLASSE A visão dos professores sobre educação no Brasil INTRODUÇÃO Especificações Técnicas Data do Campo 19/06 a 14/10 de 2014 Metodologia Técnica de coleta de dados Abrangência geográfica

Leia mais

DESIGUALDADE DE RENDA NAS REGIÕES NAS REGIÕES DO ESTADO DE SÃO PAULO

DESIGUALDADE DE RENDA NAS REGIÕES NAS REGIÕES DO ESTADO DE SÃO PAULO 535 DESIGUALDADE DE RENDA NAS REGIÕES NAS REGIÕES DO ESTADO DE SÃO PAULO Rosycler Cristina Santos Simão (USP) 1. INTRODUÇÃO É de conhecimento geral que o Brasil destaca-se no cenário mundial como um dos

Leia mais

Código ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas. Novo Mercado de. Renda Fixa

Código ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas. Novo Mercado de. Renda Fixa Código ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas Novo Mercado de Renda Fixa CAPÍTULO I PROPÓSITO E ABRANGÊNCIA Art. 1º - O objetivo deste Código ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas para o Novo Mercado

Leia mais

MATEMÁTICA. Professor Diego Viug

MATEMÁTICA. Professor Diego Viug MATEMÁTICA Professor Diego Viug PORCENTAGEM QUESTÃO 1 Os dados do gráfico foram coletados por meio da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios. Supondo-se que, no Sudeste, 14900 estudantes foram entrevistados

Leia mais

Inteligência de negócios do laboratório DESCUBRA INFORMAÇÕES ÚTEIS DE DADOS OPERACIONAIS DO LABORATÓRIO

Inteligência de negócios do laboratório DESCUBRA INFORMAÇÕES ÚTEIS DE DADOS OPERACIONAIS DO LABORATÓRIO Inteligência de negócios do laboratório DESCUBRA INFORMAÇÕES ÚTEIS DE DADOS OPERACIONAIS DO LABORATÓRIO INTELIGÊNCIA DE NEGÓCIOS DO LABORATÓRIO AS DECISÕES SOBRE O LABORATÓRIO COMEÇAM COM A INTELIGÊNCIA

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRZ4012 EDITAL Nº 005/2010 1. Perfil: TR 007/2010-CGS - CIÊNCIAS SOCIAIS APLICÁVEIS 3. Qualificação educacional: Graduação na área de CIÊNCIAS SOCIAIS

Leia mais

VALE RIO DOCE S/A. No resultado de 2013 a receita líquida da companhia tinha a seguinte divisão:

VALE RIO DOCE S/A. No resultado de 2013 a receita líquida da companhia tinha a seguinte divisão: VALE RIO DOCE S/A Empresa: A companhia é uma das maiores mineradoras do mundo, sendo a maior das Américas, baseada na capitalização de mercado. É a maior produtora mundial de minério de ferro e pelotas

Leia mais

Folheto Taxa de Juros

Folheto Taxa de Juros s Banco Interatlântico. BO nº 21 de 12/04/2013 - IIª Série Site: www.bi.cv *e-mail: bi@bi.cv FOLHETO TAXA DE JUROS FTJ - CLIENTES PARTICULARES 17. CONTAS DE DEPÓSITOS 17.1 Depósito a Prazo 17.2 Contas

Leia mais

Retratos da Leitura no Brasil - 4ª edição

Retratos da Leitura no Brasil - 4ª edição Retratos da Leitura no Brasil - 4ª edição Março/ 2016 JOB 15/0203 Realização e Coordenação Apoio 2 4ª edição da Pesquisa Retratos da Leitura no Brasil Realização Execução 3 1 Introdução: Background, Objetivos,

Leia mais

Experiência: Gestão Estratégica de compras: otimização do Pregão Presencial

Experiência: Gestão Estratégica de compras: otimização do Pregão Presencial Experiência: Gestão Estratégica de compras: otimização do Pregão Presencial Hospital de Clínicas de Porto Alegre Responsável: Sérgio Carlos Eduardo Pinto Machado, Presidente Endereço: Ramiro Barcelos,

Leia mais

GT 3. Classes sociais e transformações no mundo do trabalho - Painel. Ana Lúcia Kraiewski Ana Patrícia Nalesso **

GT 3. Classes sociais e transformações no mundo do trabalho - Painel. Ana Lúcia Kraiewski Ana Patrícia Nalesso ** Anais do IV Simpósio Lutas Sociais na América Latina ISSN: 2177-9503 Imperialismo, nacionalismo e militarismo no Século XXI 14 a 17 de setembro de 2010, Londrina, UEL GT 3. Classes sociais e transformações

Leia mais

O JOVEM COMERCIÁRIO: TRABALHO E ESTUDO

O JOVEM COMERCIÁRIO: TRABALHO E ESTUDO O JOVEM COMERCIÁRIO: TRABALHO E ESTUDO O comércio sempre foi considerado como porta de entrada para o mercado de trabalho sendo, assim, um dos principais setores econômicos em termos de absorção da população

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC FIC REF DI LP EMPRESA 04.044.634/0001-05 Informações referentes a Abril de 2013

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O HSBC FIC REF DI LP EMPRESA 04.044.634/0001-05 Informações referentes a Abril de 2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o HSBC FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO REFERENCIADO DI LONGO PRAZO. As informações completas sobre esse fundo podem

Leia mais

População brasileira Música - Internet Propaganda. Outubro/ 2007

População brasileira Música - Internet Propaganda. Outubro/ 2007 População brasileira Música - Internet Propaganda Outubro/ 00 Objetivo Este estudo têm como objetivo identificar entre a população brasileira os seguintes aspectos: Música estilo musical mais ouvido; Internet

Leia mais

O sistema gestor já contem uma estrutura completa de categorias que são transferidas automaticamente para cada empresa nova cadastrada.

O sistema gestor já contem uma estrutura completa de categorias que são transferidas automaticamente para cada empresa nova cadastrada. Página2 Cadastro de Categorias O cadastro de categoria é utilizado dentro do gestor para o controle financeiro da empresa, por ela é possível saber a origem e a aplicação dos recursos, como por exemplo,

Leia mais

Maio 2004. São Paulo. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE

Maio 2004. São Paulo. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Maio 2004 Região Metropolitana de São Paulo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE 1 I) INTRODUÇÃO PESQUISA MENSAL DE EMPREGO ESTIMATIVAS PARA O MÊS DE MAIO DE

Leia mais

M =C J, fórmula do montante

M =C J, fórmula do montante 1 Ciências Contábeis 8ª. Fase Profa. Dra. Cristiane Fernandes Matemática Financeira 1º Sem/2009 Unidade I Fundamentos A Matemática Financeira visa estudar o valor do dinheiro no tempo, nas aplicações e

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE A GESTÃO DE RISCOS BANCO ABN AMRO S.A. Setembro de 2013

RELATÓRIO SOBRE A GESTÃO DE RISCOS BANCO ABN AMRO S.A. Setembro de 2013 RELATÓRIO SOBRE A GESTÃO DE RISCOS BANCO ABN AMRO S.A. Setembro de 2013 SP Rua Leopoldo Couto de Magalhães Júnior, 700, 4º andar Itaim Bibi São Paulo SP CEP: 04542000 Tel: (11) 30737400 Fax: (11) 30737404

Leia mais

PACOTE DE PARTICIPAÇÃO

PACOTE DE PARTICIPAÇÃO REALIZADO POR: PACOTE DE PARTICIPAÇÃO 7, 8 e 9 de maio de 2015 Centro de Convenções Rebouças São Paulo/SP www.cnremax.com.br Convenção Nacional RE/MAX 2012 Convenção Nacional RE/MAX 2013 Convenção Nacional

Leia mais

Como Contabilizar os investimento de aplicação financeira do RPPS em renda fixa ou variável?

Como Contabilizar os investimento de aplicação financeira do RPPS em renda fixa ou variável? ASSUNTO: Contabilização da aplicação financeira do RPPS. Como Contabilizar os investimento de aplicação financeira do RPPS em renda fixa ou variável? O registro da aplicação de recursos do RPPS em renda

Leia mais

BLUMENAU: SITUAÇÃO FINANCEIRA A economia dos municípios depende do cenário nacional

BLUMENAU: SITUAÇÃO FINANCEIRA A economia dos municípios depende do cenário nacional BLUMENAU: SITUAÇÃO FINANCEIRA A economia dos municípios depende do cenário nacional - A arrecadação municipal (transferências estaduais e federais) vem crescendo abaixo das expectativas desde 2013. A previsão

Leia mais

PEQUENAS EMPRESAS E PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS TENDÊNCIAS E PRÁTICAS ADOTADAS PELAS EMPRESAS BRASILEIRAS

PEQUENAS EMPRESAS E PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS TENDÊNCIAS E PRÁTICAS ADOTADAS PELAS EMPRESAS BRASILEIRAS PEQUENAS EMPRESAS E PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS TENDÊNCIAS E PRÁTICAS ADOTADAS PELAS EMPRESAS BRASILEIRAS EMENTA O presente estudo tem por finalidade abordar o comportamento recente das pequenas empresas na

Leia mais

Os passos a seguir servirão de guia para utilização da funcionalidade Acordo Financeiro do TOTVS Gestão Financeira.

Os passos a seguir servirão de guia para utilização da funcionalidade Acordo Financeiro do TOTVS Gestão Financeira. Acordo Financeiro Produto : RM - Totvs Gestão Financeira 12.1.1 Processo : Acordo Financeiro Subprocesso : Template de Acordo Controle de Alçada Negociação Online Data da publicação : 29 / 10 / 2012 Os

Leia mais

Pesquisa Mensal de Emprego

Pesquisa Mensal de Emprego Comunicação Social 25 de março de 2004 Pesquisa Mensal de Emprego Taxa de desocupação é de 12% em fevereiro Em fevereiro de 2004, a taxa de desocupação ficou estável tanto em relação ao mês anterior (11,7%)

Leia mais

Tabela 1 Taxa de Crescimento do Produto Interno Bruto no Brasil e em Goiás: 2011 2013 (%)

Tabela 1 Taxa de Crescimento do Produto Interno Bruto no Brasil e em Goiás: 2011 2013 (%) 1 PANORAMA ATUAL DA ECONOMIA GOIANA A Tabela 1 mostra o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil e de Goiás no período compreendido entre 211 e 213. Nota-se que, percentualmente, o PIB goiano cresce relativamente

Leia mais

Pesquisa Nacional Fiesp/IBOPE sobre o Perfil do Consumo de Alimentos no Brasil

Pesquisa Nacional Fiesp/IBOPE sobre o Perfil do Consumo de Alimentos no Brasil Pesquisa Nacional Fiesp/IBOPE sobre o Perfil do Consumo de Alimentos no Brasil São Paulo, 18 de maio de 2010 Objetivos gerais Avaliar o grau de aderência da sociedade brasileira às tendências internacionais

Leia mais

Terapia Ocupacional. Indicadores das Graduações em Saúde Estação de Trabalho IMS/UERJ do ObservaRH

Terapia Ocupacional. Indicadores das Graduações em Saúde Estação de Trabalho IMS/UERJ do ObservaRH Indicadores das Graduações em Saúde Estação de Trabalho IMS/UERJ do ObservaRH Terapia Ocupacional Na década de 50 do último século se situa a gênese do processo de surgimento de diversos profissionais

Leia mais

Avaliação dos planos e seguros saúde

Avaliação dos planos e seguros saúde 1 Avaliação dos planos e seguros saúde Estado de São Paulo Agosto/2012 Objetivo 2 Conhecer a opinião dos usuários de planos ou seguros de saúde do Estado de São Paulo, investigando a utilização dos serviços

Leia mais

CONVÊNIO ICMS 108, DE 28 DE SETEMBRO DE 2012

CONVÊNIO ICMS 108, DE 28 DE SETEMBRO DE 2012 CONVÊNIO ICMS 108, DE 28 DE SETEMBRO DE 2012 Autoriza o Estado de São Paulo a dispensar ou reduzir multas e demais acréscimos legais mediante parcelamento de débitos fiscais relacionados com o ICM e o

Leia mais