Eli Lilly and Company. Relatório anual 2006, aviso de assembléia anual de 2007 e ata para procuração

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Eli Lilly and Company. Relatório anual 2006, aviso de assembléia anual de 2007 e ata para procuração"

Transcrição

1 Eli Lilly and Company Relatório anual 2006, aviso de assembléia anual de 2007 e ata para procuração

2 Na capa Jackie WiseSpirit, membro da Cahuilla Band, é presidente do conselho administrativo da Indian Health, Inc., que oferece programas para índios norteamericanos que sofrem de diabetes e outras doenças nos municípios de Riverside e San Bernardino, na Califórnia. Jack se identifica com as pessoas que ajuda em seu trabalho, pois foi diagnosticada com diabetes há sete anos; ela é o sexto dos nove membros da família que possui a doença. Em 2006, seu médico recomendou-lhe Byetta. Naturalmente avessa a injeções, ela ficou feliz com a escolha que fez. Agora, tenho muito mais energia, o açúcar no meu sangue está sob controle, perdi peso e me sinto bem. Na verdade, todos os meus amigos dizem: Você está ótima! Byetta é o primeiro tratamento da categoria para a diabetes tipo 2 usado em conjunto com os medicamentos orais normalmente prescritos e é um produto da colaboração entre a Lilly e a Amylin Pharmaceuticals. O controle glicêmico e a relação com o fato de a maioria dos pacientes perder peso, em vez de ganhar, transformam o círculo vicioso tão comum na diabetes tipo 2 em um círculo virtuoso. Por causa do efeito sobre as pessoas como Jackie, o Byetta tornou-se o quarto medicamento de marca mais prescrito no tratamento da diabetes tipo 2, em número de novas prescrições, após completar seu primeiro ano no mercado.

3 Destaques financeiros em 2006 ELI LILLY AND COMPANY E SUBSIDIÁRIAS (Milhões de dólares, salvo nos dados por ação) Ano encerrado em 31 de dezembro Variação % Vendas líquidas... $15.691,0 $14.645,3 7 Pesquisa e desenvolvimento , ,5 3 Pesquisa e desenvolvimento em porcentagem de vendas líquidas... 19,9% 20,7% Renda líquida... $ 2.662,7 $ 1.979,6 35 Lucro por ação diluído... 2,45 1,81 35 Itens de reconciliação: 1 Encargos de responsabilidade pelo produto, basicamente relativos ao Zyprexa... 0,42 0,90 Redução de ativos, reestruturação e outros encargos especiais... 0,31 0,14 Efeito cumulativo de um encargo em um princípio contábil ,02 Lucro revisado por ação diluído... 3,18 2,87 11 Dividendos pagos por ação... 1,60 1,52 5 Dispêndio de capital , ,1 (17) Funcionários Para obter mais informações sobre os itens de reconciliação, consulte a seção Resultados financeiros da Visão geral executiva na página 10. 1

4 CARTA aos acionista s Carta aos acionistas A ciência da descoberta e o desenvolvimento de medicamentos, as necessidades de nossos clientes e o sistema no qual os tratamentos de saúde são realizados e pagos no mundo, tudo está sofrendo profundas mudanças. A Eli Lilly and Company está se transformando para ter êxito no ambiente de negócios emergentes do futuro, mesmo com os sólidos resultados financeiros e operacionais produzidos atualmente. A divisão de responsabilidades entre nós reflete esse desafio conjunto. Como presidente do conselho administrativo e CEO, Sidney Taurel dedica uma atenção especial à transformação da empresa para alcançar o sucesso a longo prazo. Como presidente e chefe de operações, John Lechleiter procura alcançar todo o potencial comercial de nosso rico portfólio de produtos e um desempenho superior em toda a empresa. Na Lilly, falamos sobre esses programas usando os termos transformar e alcançar, reconhecendo que eles são totalmente complementares. Na verdade, eles convergem para o grande teste de nosso negócio: se podemos ou não atender às crescentes expectativas de nossos clientes ao produzir medicamentos valiosos definidos em termos econômicos e terapêuticos. Estamos confiantes de que a Lilly passará no teste com louvor. Analisando o desempenho da Lilly em 2006, começamos com nossos resultados financeiros e operacionais. Sidney Taurel Presidente do conselho administrativo e CEO John C. Lechleiter, Ph.D. Presidente e chefe de operações Resultados financeiros No período de um ano inteiro, as vendas da Lilly cresceram 7%, para US$ bilhões. As vendas de nossos novos produtos as nove terapias novas aprovadas pelos órgãos fiscalizadores desde 2001 cresceram coletivamente 47% no ano. Esses produtos agora respondem por 24% das vendas totais, acima dos 18% em 2005, o que demonstra um progresso animador, quando a Lilly se prepara para o vencimento de patentes de produtos mais antigos a partir de Combinadas com um aumento significativo de produtividade e um rígido controle de despesas em 2006, os resultados de nossas vendas permitiram publicar um crescimento de 11% na renda líquida revisada e lucros por ação, de US$ 3,46 bilhões e US$ 3,18, respectivamente. Os maiores encargos contra a renda líquida foram em função do acordo no processo de responsabilidade pelo produto envolvendo o Zyprexa e da redução de ativos e da reestruturação relativas basicamente ao fechamento de diversas instalações (para obter uma reconciliação de nossos lucros por ação revisados com os relatados de US$ 2,45, consulte a página 1). Metas e resultados de vendas O efeito de nossos programas de transformar e alcançar em 2006 ficou claro, particularmente nos esforços de vendas da Lilly. Por exemplo, todas as principais organizações de vendas em nossa afiliada nos Estados Unidos reconstituíram-se durante 2006 no que chamamos de nossa Força de vendas do futuro. Deixamos para trás um sistema construído em torno de produtos individuais e que prolongava a cobertura dos mesmos médicos. Em seu lugar, criamos uma estrutura em torno de nossas principais áreas terapêuticas e segmentos únicos de clientes. E agora recompensamos os membros de nossa força de vendas mais deliberadamente por fornecerem aos clientes as informações, o conhecimento e o serviço que eles esperam. Na área da neurociência, como resultado, nossos clientes médicos não recebem mais do que dois representantes de vendas da 2 Lilly atualmente em comparação a cinco nos anos anteriores. As novas estruturas e mentalidades inerentes à nossa Força de vendas do futuro qualificam-na como um exemplo de transformação absoluta, exatamente por ter aumentado, quase que imediatamente, a nossa capacidade de alcançar os objetivos atuais. Começamos 2006 com um claro conjunto de metas de vendas. Para realizar nosso potencial para o ano, sabíamos que precisávamos acelerar o crescimento de vendas do Cymbalta, estabilizar a venda de Zyprexa nos Estados Unidos e continuar a aumentar a venda no exterior, além de reverter nosso recente declínio de ações no mercado de insulina. Veja o que fizemos para atingir essas importantes metas: Em 2006, o Cymbalta tornou-se um dos poucos produtos em nossa indústria a atingir a cifra de US$ 1 bilhão em vendas em seu segundo ano no mercado US$ 1,3 bilhões, para ser preciso, quase o dobro das vendas de O Cymbalta beneficiou-se significativamente nos Estados Unidos com nossa campanha de marketing direto ao consumidor, que instruiu os

5 CARTA aos acionista s pacientes sobre os diversos sintomas da depressão, incluindo os dolorosos sintomas físicos e emocionais da doença. O Cymbalta superou todos os antidepressivos de marca em termos de crescimento de parcela no mercado nos Estados Unidos em E, fora dos Estados Unidos, o Cymbalta experimentou uma série de lançamentos ainda mais bem-sucedidos, levando-se em conta a rapidez no crescimento de nossa parcela no mercado. Para o Zyprexa, nosso maior produto, 2006 foi um momento decisivo nos Estados Unidos. Estabilizamos os níveis de prescrição, que estavam em declínio há vários anos. Um dos principais elementos de nosso sucesso foi o foco no tratamento da esquizofrenia e do transtorno bipolar em pacientes com necessidades mais urgentes, para os quais a proposta de valor do Zyprexa é inegável. Nossos representantes de vendas procuram prestar assistência prática aos médicos, ajudando-os a, primeiro, estabilizar os pacientes e, depois, avaliar o nível de tolerância, segurança e eficácia do tratamento. Disponível para todos os pacientes com doenças mentais, nosso programa de Soluções de saúde ajuda os médicos a usarem dieta e exercícios como parte de um plano geral de controle de doenças. Fora dos Estados Unidos, o impacto de nossos programas de saúde e de nossa grande influência sobre os médicos permitiu que o Zyprexa crescesse ou, pelo menos, se mantivesse na maioria dos grandes mercados. Em termos de volume de crescimento este ano, Japão, Espanha e Reino Unido se destacam com 14%, 11% e 12% respectivamente; o Japão, em particular, ainda tem um grande potencial a ser explorado. No final de 2006, o Tribunal de Apelações dos Estados Unidos confirmou uma decisão anterior que confirmava a patente da Lilly sobre o Zyprexa. Essa resolução jurídica aumenta ainda mais a confiança de que o Zyprexa continuará a contribuir significativamente para nossos resultados de vendas até 2011, quando sua patente vence. Também entramos em acordo com os advogados dos reclamantes no início de 2007 para resolver boa parte dos outros processos de responsabilidade pelo produto contra o Zyprexa. Nosso recorde e realização dos principais objetivos de vendas em 2006 não ficou imaculado. Não progredimos o quanto esperávamos ao reacelerar o comércio de insulina da Lilly nos Estados Unidos. Nosso objetivo é tornar o Humalog a marca de insulina preferida na hora da refeição. Embora entre os médicos sua imagem avaliada em pesquisas de marketing esteja seguindo na direção correta, acreditamos que ela pode, e deve, melhorar ainda mais. Portanto, no início de 2007, aumentamos a capacidade da nossa força de vendas no tratamento da diabetes em 40% nos Estados Unidos para impulsionar o crescimento de nossa parcela no mercado. Progresso no tratamento da diabetes Estamos confiantes no sucesso em longo prazo da nossa proposta de tratamento da diabetes por três motivos principais. Primeiro, a abordagem de tratamento da diabetes pela Lilly é global, e nosso investimento reflete isso. As vendas do Humalog, por exemplo, estão crescendo não apenas nos Estados Unidos, mas também em outros grandes mercados. Em 2006, incluímos 100 representantes de vendas na nossa proposta de tratamento da diabetes na China para atender à enorme demanda, dobramos a força de vendas de produtos para o tratamento de diabetes no Reino Unido e triplicamos nosso alcance no Brasil. Em segundo lugar, de uma forma que acreditamos ser inédita na indústria farmacêutica, os produtos da Lilly abrangem todo o espectro de tratamento da diabetes, e estamos empenhados em ajudar os médicos a entenderem as opções. Nosso portfólio engloba desde o estágio inicial de controle glicêmico até o gerenciamento de complicações. Também temos uma forma inalável de insulina no último estágio de desenvolvimento, em colaboração com a Alkermes. Os clínicos gerais que enfrentam um número sempre crescente de casos de diabetes informaram que precisam conhecer melhor os diversos produtos que compartilhamos em um único ponto de contato, e estamos atendendo a esse pedido. Nos Estados Unidos, por exemplo, nossa Força de vendas do futuro agora apresenta 3

6 CARTA aos acionista s um verdadeiro portfolio de conhecimento, enquanto permite que nossos representantes de vendas sejam mais produtivos do que eram durante o antigo sistema de detalhamento de medicamentos individuais. Finalmente, estamos direcionando o negócio da diabetes diretamente para as necessidades e preferências dos pacientes. Por exemplo, os pacientes estão claramente buscando formas menos complicadas e invasivas para gerenciar seus medicamentos. Estamos respondendo a isso lançando vários dispositivos novos no formato de canetas para usuários de insulina, com base em uma pesquisa cultural específica sobre as preferências dos pacientes. Enquanto isso, organizações de pesquisa e defesa buscam parcerias que sirvam para melhorar as opções de tratamento dos pacientes. Nossa filantropia global atendeu a dois compromissos de US$ 10 milhões em 2006 com o programa de pesquisa da Universidade de Indiana para diabetes juvenil e com o programa da Federação Internacional de Diabetes, BRIDGES, que traduz as descobertas clínicas em aplicações de tratamento do mundo real. Byetta, a nossa mais nova terapia, reflete todas essas aspirações. Desenvolvido e fabricado como resultado da parceria Lilly-Amylin, esse produto da biotecnologia está atendendo a uma necessidade importante dos pacientes que não estão obtendo um controle adequado de glicose, mas não estão prontos para a insulina. Três estudos agora demonstram que a capacidade do Byetta de reduzir os níveis de glicose no sangue é comparável à insulina, o padrão ouro. E diferentemente da insulina, que muitas vezes causa ganho de peso, o Byetta está associado em todo estudo à perda de peso. Você pode ver um dos milhares de pacientes satisfeitos com o Byetta na capa deste relatório. No final de 2006, depois de menos de 18 meses no mercado, o Byetta já figurava em quarto lugar na lista de novas prescrições entre todos os produtos de marca para a diabetes tipo 2 nos Estados Unidos, e começará a ser lançado globalmente em Para ajustar o Byetta ainda mais às necessidades de grupos específicos de pacientes, também estamos desenvolvendo uma fórmula de liberação da droga de longa duração. Pipeline Linha de desenvolvimento Em 2006, a Lilly Research Laboratories (LRL) encaminhou o Cymbalta para a aprovação do órgão fiscalizador norteamericano no tratamento do transtorno da ansiedade generalizada e o Evista para uma nova indicação na redução do risco de câncer de mama. No Japão, o Alimta ganhou aprovação, para o tratamento do mesotelioma pleural maligno, em combinação com cispladin, em apenas seis meses após o pedido, um feito quase sem precedentes no rígido sistema fiscalizador japonês. O Byetta foi aprovado na Europa e ganhou nova indicação nos Estados Unidos para uso com tiazoledionas (TZDs). No lado menos positivo em 2006, o órgão fiscalizador norte-americano, Food and Drug Administration (FDA), solicitou ensaio clínico de Fase III para demonstrar a eficácia do Arxxant no tratamento de retinopatia diabética uma decisão da qual recorreremos no momento da impressão deste documento e um comitê de monitoramento de dados independente concluiu que o ensaio de Fase III da Lilly do enzastaurin para glioblastoma recorrente, uma forma de câncer cerebral, dificilmente alcançaria o parâmetro primário de eficácia em sobrevida sem progressão com quimioterapia pré-existente. O desenvolvimento do enzastaurin para outras formas de câncer continua. Também continuamos muito animados com os prospectos do prasugrel, inicialmente para síndrome coronária aguda em pacientes submetidos à intervenção coronária percutânea (incluindo stent coronário), que estamos desenvolvendo com a Daiichi Sankyo. Nosso principal estudo de Fase III um ensaio de superioridade do prasugrel em relação ao padrão atual de tratamento será concluído em meados de 2007, e seu êxito nos colocará em busca da aprovação do FDA até o final do ano. Também pretendemos encaminhar para aprovação uma nova e importante ampliação de linha em 2007, uma formulação de liberação gradativa, de longa duração (depot) do Zyprexa para o tratamento da esquizofrenia, além de uma nova indicação para o Cymbalta no tratamento de fibromialgia. Além da insulina inalável, também estamos programando o envio do arzoxifeno, um possível tratamento de nova geração para osteoporose, para aprovação do órgão fiscalizador em Transformação: uma prioridade em toda a empresa Transformação não é um termo que usamos levianamente. Na Lilly, a transformação é motivada por mudanças profundas na ciência de descoberta e desenvolvimento de medicamentos, pela maior demanda de medicamentos eficazes resultante do envelhecimento da população mundial e pelas intensas pressões para controlar os gastos com tratamentos de saúde. Dessa forma, a transformação não pode consistir em remendar nosso atual modelo de negócios, mas em encontrar novas maneiras de produzir e fornecer o valor total de nossos produtos. Acima de tudo, estamos convencidos de que a Lilly do futuro deve ser uma empresa voltada ao paciente, dedicada a melhorar os resultados de cada tratamento. O processo de tornar-se uma empresa mais centrada no paciente implica diversas mudanças, entre elas, uma capacidade muito maior de fabricar medicamentos para grupos específicos de pacientes, novas ligações com nossos clientes e parceiros globais para conhecer a opinião dos pacientes e desenvolver as melhores práticas e um aumento de produtividade significativo para conter os custos e aumentar a eficiência geral. Nenhum setor da Lilly ficará a salvo de uma grande mudança. Em P&D, a transformação está ganhando impulso, embora o desafio seja assustador. Durante décadas, o custo e o tempo necessários para introduzir um novo medicamento no mercado aumentaram inexoravelmente em até US$ 1 bilhão e, no mínimo, 12 anos por molécula em toda a indústria. Nossa meta não é apenas parar, mas reverter essas tendências, mesmo ao produzir novos medicamentos claramente fabricados para a eficácia em grupos específicos de pacientes. Para esses fins, a LRL está buscando o melhor caminho para todas as fases de desenvolvimento e descobrindo alternativas mais eficientes. Em muitos casos, o resultado será uma abordagem mais global. Na China, por exemplo, alcançamos o êxito em especial com parcerias para filtragem química e outras fases iniciais de P&D. E, na Índia, iniciamos diversas alianças em 2006, incluindo um contrato de gerenciamento de dados clínicos, uma colaboração para identificar novos tratamentos para dependência química e acordos para usar moléculas candidatas no estágio inicial de desenvolvimento. Em toda linha de desenvolvimento de nosso departamento de P&D, além dos produtos que já estão no mercado, estamos buscando maneiras de adaptar nossas terapias a grupos de pacientes para que revelem todo seu valor. Por exemplo, em nossa subsidiária AME, criamos uma molécula que pode ajudar os pacientes que não respondem bem ao Rituxan, que é usado 4

7 para tratar do linfoma não-hodgkin e de artrite reumatóide. No caso do Xigris da Lilly no mercado desde 2001 para sepse grave, estabelecemos uma parceria com a Biosite para oferecer uma ferramenta diagnóstica oportuna que permitirá aos médicos determinar quais pacientes podem se beneficiar com o Xigris e qual a dose apropriada em todo tratamento. Principais indicadores Acreditamos que há vários indicadores principais da extensão e do impacto de nossos esforços de transformação na Lilly. Um deles é o Six Sigma. No fim de 2006, implantamos 400 Six Sigma Black Belts e 700 Green Belts em toda a empresa. Ultrapassamos nossa meta de US$ 250 milhões em benefícios do Six Sigma em 2006 e esse número está perto de dobrar em A produtividade por funcionário é outro indicador-chave de mudança. Nossas vendas por funcionário cresceram mais de 45% desde 2002, refletindo uma redução de pessoal de 10% desde nosso pico em 2004, mas também, e mais importante, os esforços coletivos de trabalhar com mais eficiência em toda a nossa empresa. Em terceiro lugar, consolidamos nossas operações em P&D e manufatura. Em 2006, tomamos a difícil decisão de fechar os centros de pesquisa da Bélgica e da Alemanha que duplicavam outras capacidades. E fechamos instalações de fabricação no Reino Unido e no norte da Virgínia devido ao excesso de capacidade. Essas decisões fazem parte de uma transformação mais ampla de nossa base manufatureira para uma nova era, que inclui expansões no lado da biotecnologia. Em 2006, por exemplo, iniciamos com êxito nossa indústria de insulina biossintética em Porto Rico, abrimos uma instalação piloto de manufatura para medicamentos de biotecnologia em Indianápolis e anunciamos planos para construir uma nova indústria de biotecnologia na Irlanda, além de expandir nossas operações de produtos parenterais de Indianápolis. Finalmente, o retorno da Lilly sobre ativos e capital próprio registrou mais um ano de crescimento em 2006, e nosso dispêndio de capital em porcentagem de vendas alcançou o mais baixo nível em cinco anos ao colhermos os benefícios de investimentos anteriores. A situação de nosso fluxo de caixa também melhorou muito na primeira metade desta década, dobrando para US$ bilhões em 2006, fornecendo meios para buscarmos o licenciamento interno de novas moléculas e outras oportunidades de desenvolvimento de negócio nos próximos anos. Em resumo, acreditamos que 2006 na Eli Lilly and Company será lembrado como um ano em que a transformação de nosso negócio se consolidou em grande escala com os grandes resultados que alcançamos. ordem judicial, a série do jornal fez uma avaliação distorcida, incompleta e enganosa da conduta da Lilly e do Zyprexa, um medicamento que trouxe benefícios que mudaram a vida de milhões de pessoas com esquizofrenia e transtorno bipolar. Os próximos meses e anos poderão trazer novos revezes na mídia noticiosa ou na arena política. Nossa empresa é um negócio complexo e extraordinário, em geral, mal compreendido mesmo entre muitos líderes de opinião sofisticados. Exatamente por esse motivo, acreditamos que cada história de jornal, sessão legislativa ou outra discussão pública, embora negativa na pressuposição inicial, representa uma oportunidade para fornecermos um novo nível de entendimento. É com esse espírito que certamente enfrentaremos nossos difamadores. As mudanças inéditas em nosso ambiente operacional, além das incessantes críticas à nossa indústria em praça pública, às vezes, podem afetar a perspectiva de nossos investidores. Porém, elas não diminuem nossa determinação, nosso otimismo na Lilly nem nossa empolgação quanto às conquistas científicas que esperamos realizar. Conforme a população envelhece, o conhecimento médico se amplia e os benefícios de uma boa saúde são mais valorizados no mundo, poucos negócios (como os que humildemente realizamos) prometem tanto quanto a inovação farmacêutica. Ao atendermos de novas e melhores maneiras às necessidades de nossos clientes, de melhorar os resultados para os pacientes, temos certeza de que a Lilly alcançará essa grande promessa. Em nome do conselho administrativo, Sidney Taurel Presidente do conselho administrativo e CEO John C. Lechleiter Presidente e chefe de operações CARTA aos acionista s Nosso ambiente e nosso futuro Como líderes desta empresa, compartilhamos uma dose extra de preocupação que muitos funcionários, aposentados e outros acionistas da Lilly sentem em relação a uma série de artigos bastante divulgados que apareceram no The New York Times e em outros jornais no final de Os artigos giram em torno do Zyprexa e das alegações de que a Lilly se envolvera em práticas de marketing e vendas impróprias e não tratou abertamente dos efeitos colaterais desse medicamento. Com base em documentos que vazaram no curso de um processo de responsabilidade pelo produto, em violação a uma 5

8 Portfolio e Pipeline Inovação na Lilly: portfólio e pipeline Principais produtos comercializados (as datas indicam o ano do primeiro lançamento global) 2005 Byetta para diabetes tipo 2 (desenvolvido em parceria com a Amylin Pharmaceuticals, Inc. e promovido com a Amylin nos Estados Unidos) 2004 Cymbalta para transtorno depressivo maior para dor decorrente de neuropatia periférica diabética (2004) (comercializado com a Quintiles Transnational Corp. nos Estados Unidos e com a Boehringer Ingelheim no resto do mundo, exceto o Japão) Alimta Symbyax Yentreve mesotelioma pleural maligno para tratamento de segunda linha de câncer de pulmão de células não-pequenas (2004) para depressão bipolar para incontinência urinária devida a esforço físico (aprovada e lançada em outros países que não os EUA) 2003 Cialis para disfunção erétil (desenvolvido pela Lilly ICOS em um empreendimento conjunto com a ICOS Corp., promovido pela Lilly com a ICOS na América do Norte e Europa Strattera para o transtorno de déficit de atenção por hiperatividade em crianças, adolescentes e adultos 2002 Forteo para o tratamento de osteoporose em mulheres na fase pós-menopausa que apresentam alto risco de fraturas 2001 Xigris para sepse grave em pacientes adultos com alto risco de vida 1999 Actos para diabetes tipo 2 (desenvolvido pela Takeda Chemical Industries, Ltd. e promovido com a Takeda) 1998 Evista para a prevenção de osteoporose em mulheres na pós-menopausa para o tratamento da osteoporose em mulheres na pós-menopausa (1999) 1996 Zyprexa para esquizofrenia para a fase maníaca aguda do transtorno bipolar (2000) comprimido Zyprexa Zydis (2000) para tratamento regular da esquizofrenia (2001) como terapia combinada com lítio ou valproato, para o tratamento de mania bipolar aguda (2002) para tratamento regular do transtorno bipolar (2003) formulação intramuscular de efeito rápido (2004) grânulos de Zyprexa (2004; lançado somente no Japão) Humalog para o tratamento de diabetes tipo 1 e tipo 2 misturas de Humalog (1999) Humalog Mix 50/50 (1999) 1995 Gemzar para câncer pulmonar de células não-pequenas para câncer de pâncreas (1996) para câncer na bexiga (1999; aprovado e lançado em outros países que não os EUA) para câncer de mama metastático (2003) para câncer ovariano recorrente (2004) 6 ReoPro para prevenção de complicações cardíacas isquêmicas em pacientes submetidos a intervenção coronariana, como angioplastia para angina instável associada a procedimento de stent (1997) (desenvolvido pela Centocor e promovido pela Lilly, exceto no Japão)

9 1987 Humatrope para falta de crescimento causado por deficiência pediátrica do hormônio do crescimento para terapia de reposição em deficiência hormonal adulta do crescimento (1995) para baixa estatura causada pela síndrome de Turner (1997) para baixa estatura idiopática (2003) 1983 Humulin para diabetes tipo 1 e tipo 2 Novas aplicações de medicamentos encaminhadas para análise do órgão fiscalizador norte-americano FDA (Food and Drug Administration) Arxxant (ruboxistaurin) para retinopatia diabética Portfolio e Pipeline Moléculas em estágio final de pesquisa Prasugrel para síndromes coronárias agudas (desenvolvido com a Daiichi Sankyo Company, Ltd.) Insulina inalável para diabetes tipo 1 e tipo 2 (desenvolvido com a Alkermes, Inc.) Arzoxifene Enzastaurin Olanzapine pamoate Moléculas em estágio intermediário de pesquisa Pruvanserin (antagonista 5-HT2A) PPAR alfa-agonista (LY518674) Survivin ASO Redutor A-beta (Inibidor de secretase gama) Antibiótico A-beta ASAP Antagonista mglur3 para prevenção e tratamento de osteoporose e para a redução do risco de câncer de mama em mulheres na pós-menopausa linfoma não-hodgkin (fase III), câncer de mama metástatico, câncer colorretal, câncer de pulmão de células não-pequenas e câncer ovariano (fase III) para aplicação intramuscular em esquizofrenia para insônia para reduzir a progressão da aterosclerose para tumores sólidos para doença de Alzheimer para doença de Alzheimer para tumores sólidos para enxaqueca NERI IV para depressão (fase II); para ADHD (fase I) Pró-medicamento mglu2/3 Anticorpo beta IL-1 Gemcitabine prodrug para esquizofrenia para artrite reumatóide para tumores sólidos GLP-1 análogo para diabetes tipo 2 Ativador glucokinase para diabetes tipo 2 (recentemente licenciado pela OSI Pharmaceuticals, Inc.) Todas as informações são válidas em: 18 de janeiro de A pesquisa de novos medicamentos é arriscada e incerta, e não há garantias. As barreiras científicas e fiscalizadoras podem fazer com que os compostos em desenvolvimento sejam atrasados ou até mesmo não sejam lançados no mercado. 7

10 Re sponsa bilida de c orpor ati va Lilly dá grandes passos para atender às necessidades médicas urgentes Sabemos que os melhores medicamentos não podem ajudar as pessoas a menos que elas tenham acesso a eles. Nos Estados Unidos e no resto do mundo, estamos abrindo caminho em nossas abordagens inovadoras em parcerias, trabalhando com organizações governamentais e não-governamentais para garantir que os pacientes tenham acesso aos medicamentos de que precisam. Em setembro de 2006, a Lilly recebeu um parecer favorável do governo dos Estados Unidos para um programa inovador, além da Seção D, de assistência ao paciente beneficiário da Seção D da cobertura do Medicare, LillyMedicare-Answers, que fornecerá Zyprexa, Forteo e Humatrope a idosos de baixa renda que não possuem algumas coberturas de prescrição. O programa foi criado para fornecer assistência aos pacientes mais vulneráveis a problemas da continuidade de tratamento incluídos na Seção D do Medicare. O LillyMedicareAnswers aliado à Seção D do Medicare fornece medicamentos mais sofisticados aos pacientes de baixa renda que precisem deles. Os pacientes inscritos no LillyMedicareAnswers pagam apenas uma taxa administrativa de US$ 25 para a provisão de 30 dias de medicamentos enviada diretamente às suas residências. A inscrição começou em dezembro de 2006, com início total das operações no começo de A Lilly tomou várias medidas em 2006 para ajudar os pacientes do Medicare enquanto esperavam o parecer do governo para esse novo programa, incluindo a extensão do prazo do programa Lilly- Answers para até 31 de dezembro de Além disso, a Lilly ampliou o acesso ao Forteo e ao Zyprexa aos pacientes já inscritos no programa e incluídos na Seção D do Plano Medicare. Essa foi uma maneira que permitiu à Lilly oferecer aos pacientes de baixa renda da terceira idade acesso a esses medicamentos. Também, a empresa doou produtos em seis programas de assistência a pacientes que, no ano passado, ajudou quase pessoas nos Estados Unidos. O LillyCares, que oferece medicamentos gratuitos aos pacientes que não podem pagar por eles, ajudou mais de participantes, enquanto que o LillyAnswers forneceu prescrições de baixo custo a quase pessoas inscritas no Medicare. Outros programas de assistência ajudaram os pacientes a ganharem reembolso ou acesso a medicamentos contra o câncer, sepse grave, osteoporose e diabetes. Dando o exemplo em parcerias contra a Tuberculose Resistente a Drogas (MDR-TB); Para conter o disseminamento de uma das doenças mais alastrantes e mortais existentes no mundo atualmente, a Lilly continuou a parceria com a Organização Mundial de Saúde e outros grupos para compartilhar conhecimento, transferir tecnologia, melhorar o tratamento e salvar vidas. A tuberculose, especialmente a resistente a drogas, é uma preocupação crescente no mundo, causando mais de 2 milhões de mortes por ano. Até os Estados Unidos tiveram um aumento de 13% no número registrado de casos de 2004 a Recentemente, uma nova variedade mortal foi identificada na África do Sul, chamada XDR-TB (tuberculose extremamente resistente a drogas). Em resposta ao pedido do governo sul-africano, a Lilly enviou frascos do antibiótico capreomycin para ajudar a conter a epidemia e forneceu fundos para treinar médicos e enfermeiras nos protocolos de tratamento apropriados. 8

11 Os parceiros de negócios governamentais e nãogovernamentais da Lilly reconheceram formalmente que a abordagem de nossa empresa de juntar vários grupos de trabalho contra essa doença durante um encontro sobre a tuberculose resistente a drogas que aconteceu em 2006 em Paris. Nossos planos são de continuar a compartilhar tecnologia para que outros possam, de forma independente, criar seus próprios medicamentos contra a tuberculose. Nossa parceira sul-africana, a Aspen, está produzindo um de nossos dois antibióticos usados para tratar tuberculose, enquanto a Hisun, nossa parceira na China, espera produzir capreomycin até o final de Graças à ajuda da Lilly, a Organização Mundial de Saúde forneceu assistência média extensiva a vários países. Somente na China, centenas de médicos e enfermeiras foram treinados e mais de pacientes de tuberculose foram inscritos. Além disso, equipes da The Harvard Kennedy School, da INSEAD em Paris e da Universidade de Indiana trabalharam com a Lilly e seus parceiros para entender o êxito de nossos modelos de parcerias. Uma história de filantropia Essas e outras iniciativas em 2006 fazem parte do compromisso da Lilly em fornecer respostas que fazem diferença, ao mantermos uma tradição honrada de compensar as comunidades nas quais vivemos e trabalhamos. A filantropia global da empresa em 2006 totalizou aproximadamente US$ 420 milhões. As contribuições incluíram quase US$ 350 milhões (valor total líquido) em doações de produtos para programas de assistência aos pacientes e causas humanitárias internacionais. A Lilly e sua fundação filantrópica também concedeu mais de US$ 57 milhões em doações em dinheiro a várias causas urgentes ou especiais e mais de US$ 13 milhões em outros tipos de contribuições. Nos Estados Unidos, os funcionários da Lilly também fizeram generosas doações às instituições de caridade da United Way; suas contribuições, somadas às outras da fundação, totalizaram US$ 9,7 milhões. O que quer que os pacientes estejam buscando, medicamentos, Conhecimento e Experiência Clínica e Médica ou ambos, fazemos o nosso melhor para garantir que as pessoas que precisam não sejam esquecidas disse nosso CEO Sidney Taurel. Nossos fundadores estabeleceram esses valores há quase 130 anos, e acreditamos firmemente neles. Ganhando a confiança da sociedade A força das boas obras corporativas da Lilly podem surpreendê-lo. Para obter um relatório completo dessas iniciativas, assim como dos desafios que nos aguardam, visite No site, você saberá como a Lilly está ganhando a confiança da sociedade e estabelecendo o primeiro registro de ensaios clínicos on-line (www.lillytrials. com), trabalhando para melhorar as boas práticas promocionais da indústria, respeitando o meio ambiente, estabelecendo parcerias com líderes mundiais de saúde para combater a tuberculose com a meta de tratar pacientes por ano até 2010 (www.lillymdr-tb.com) e implementando uma ampla variedade de outros programas que melhoram a vida dos pacientes todos os dias. Re sponsa bilida de c orpor ati va 9

12 Eli Lilly and Company Lilly Corporate Center Indianapolis, Indiana USA

Respostas para nossos acionistas 2004

Respostas para nossos acionistas 2004 Respostas para nossos acionistas 2004 Eli Lilly and Company Relatório anual Aviso da reunião anual e declaração sobre o estabelecimento de procuração de voto 2 Destaques financeiros do ano 2004 ELI LILLY

Leia mais

Eli Lilly and Company. Relatório Anual de 2007. Anúncio da Reunião Anual de 2008

Eli Lilly and Company. Relatório Anual de 2007. Anúncio da Reunião Anual de 2008 Eli Lilly and Company Relatório Anual de 2007 Anúncio da Reunião Anual de 2008 Candy Edwards é esposa, mãe, avó e artista autodidata com uma paixão por ajudar os outros. Ela também é uma paciente que está

Leia mais

Roche apresenta fortes resultados em 2013: crescimento de 6%

Roche apresenta fortes resultados em 2013: crescimento de 6% Roche apresenta fortes resultados em 2013: crescimento de 6% Demanda no Brasil registra aumento de 9,4%. Vendas totais do Grupo alcançam 46,8 bilhões de francos suíços A Roche anunciou hoje os seus resultados

Leia mais

Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016

Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016 COMUNICADO No: 58 Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016 10 de dezembro de 2015 (Genebra) - A International Air Transport Association (IATA) anunciou

Leia mais

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey Executivos em todos os níveis consideram que a sustentabilidade tem um papel comercial importante. Porém, quando se trata

Leia mais

A CARTA DE BANGKOK PARA A PROMOÇÃO DA SAÚDE EM UM MUNDO GLOBALIZADO

A CARTA DE BANGKOK PARA A PROMOÇÃO DA SAÚDE EM UM MUNDO GLOBALIZADO A CARTA DE BANGKOK PARA A PROMOÇÃO DA SAÚDE EM UM MUNDO GLOBALIZADO Introdução Escopo A Carta de Bangkok identifica ações, compromissos e promessas necessários para abordar os determinantes da saúde em

Leia mais

MEDICAMENTOS GENÉRICOS

MEDICAMENTOS GENÉRICOS MEDICAMENTO GENÉRICO Uma importante conquista para a saúde pública no Brasil 15 anos 15 anos , 15 ANOS DE BENEFÍCIOS PARA A SOCIEDADE BRASILEIRA. Ao completar 15 anos de existência no país, os medicamentos

Leia mais

Horizons. O impacto financeiro da consumerização de TI As 10 principais percepções do Cisco IBSG Horizons Study. Introdução

Horizons. O impacto financeiro da consumerização de TI As 10 principais percepções do Cisco IBSG Horizons Study. Introdução O impacto financeiro da consumerização de TI As 10 principais percepções do Study Jeff Loucks/Richard Medcalf Lauren Buckalew/Fabio Faria O número de dispositivos de consumerização de TI nos seis países

Leia mais

SUMÁRIO EXECUTIVO. Novembro 2009

SUMÁRIO EXECUTIVO. Novembro 2009 SUMÁRIO EXECUTIVO Novembro 2009 1 Introdução A Biomm se dedica ao desenvolvimento de processos de produção baseados na biotecnologia, área em que a sua equipe foi pioneira no Brasil desde os anos 1970.

Leia mais

Na capa. A Eli Lilly and Company produz medicamentos que ajudam as pessoas a viver mais, com mais saúde e ter vidas mais ativas.

Na capa. A Eli Lilly and Company produz medicamentos que ajudam as pessoas a viver mais, com mais saúde e ter vidas mais ativas. Na capa A Eli Lilly and Company produz medicamentos que ajudam as pessoas a viver mais, com mais saúde e ter vidas mais ativas. Integridade Excelência Respeito pelas pessoas Prometemos conduzir nossos

Leia mais

BAXTER ANUNCIA PLANOS PARA CRIAR DUAS EMPRESAS MUNDIAIS SEPARADAS LÍDERES DE SAÚDE

BAXTER ANUNCIA PLANOS PARA CRIAR DUAS EMPRESAS MUNDIAIS SEPARADAS LÍDERES DE SAÚDE PARA DIVULGAÇÃO IMEDIATA Contatos da mídia Brian Kyhos Deborah Spak (224) 948-5353 media@baxter.com Contatos com investidores Mary Kay Ladone, (224) 948-3371 Clare Trachtman, (224) 948-3085 BAXTER ANUNCIA

Leia mais

Como competir com produtos inovadores no Brasil até 2010? Patrice Zagamé Presidente Novartis Brasil 18 de agosto, 2005

Como competir com produtos inovadores no Brasil até 2010? Patrice Zagamé Presidente Novartis Brasil 18 de agosto, 2005 Como competir com produtos inovadores no Brasil até 2010? Patrice Zagamé Presidente Novartis Brasil 18 de agosto, 2005 O que é um produto inovador? Dois caminhos para oferecer melhores medicamentos aos

Leia mais

Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011

Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011 Janeiro 2011 Exclusivamente para empresas de médio porte Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011 Relatório para o Brasil Panorama global: Pesquisa com 2.112 líderes do mercado de

Leia mais

Nos últimos anos o mercado brasileiro de imóveis vivenciou um crescimento inacreditável, o lançamento de novas unidades mais a valorização de imóveis

Nos últimos anos o mercado brasileiro de imóveis vivenciou um crescimento inacreditável, o lançamento de novas unidades mais a valorização de imóveis Nos últimos anos o mercado brasileiro de imóveis vivenciou um crescimento inacreditável, o lançamento de novas unidades mais a valorização de imóveis usados, além do crescimento de renda da população e

Leia mais

Saúde e produtividade: um olhar sobre o cenário brasileiro. Cesar Lopes Líder de Saúde e Benefícios em Grupo, Towers Watson

Saúde e produtividade: um olhar sobre o cenário brasileiro. Cesar Lopes Líder de Saúde e Benefícios em Grupo, Towers Watson Saúde e produtividade: o valor de uma força de trabalho saudável para o sucesso nos negócios Saúde e produtividade: um olhar sobre o cenário brasileiro Cesar Lopes Líder de Saúde e Benefícios em Grupo,

Leia mais

Comunicado de imprensa

Comunicado de imprensa Comunicado de imprensa 6 de maio de 2015 Resultados Alstom 2014/15 Nível recorde de pedidos ( 10 bilhões) e carteira de pedidos ( 28 bilhões) Resultado operacional em alta de 20% Forte geração de fluxo

Leia mais

Guaiaquil tira proveito da IoE para oferecer à população os benefícios da telemedicina e do governo eletrônico

Guaiaquil tira proveito da IoE para oferecer à população os benefícios da telemedicina e do governo eletrônico Guaiaquil tira proveito da IoE para oferecer à população os benefícios da telemedicina e do governo eletrônico RESUMO EXECUTIVO Objetivo Melhorar a vida dos moradores e ajudálos a serem bem-sucedidos na

Leia mais

Introdução. A Internet de Todas as Coisas está pronta para gerar pelo menos US$ 613 bilhões em lucros empresariais mundiais no. ano de 2013.

Introdução. A Internet de Todas as Coisas está pronta para gerar pelo menos US$ 613 bilhões em lucros empresariais mundiais no. ano de 2013. Internet de Todas as Coisas (IoE). 10 principais descobertas da Pesquisa Índice de valor da IoE da Cisco com 7.500 responsáveis pela tomada de decisão em 12 países Joseph Bradley Jeff Loucks Andy Noronha

Leia mais

CONVITE À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS INOVAÇÃO EM FINANCIAMENTO

CONVITE À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS INOVAÇÃO EM FINANCIAMENTO CONVITE À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS INOVAÇÃO EM FINANCIAMENTO FUNDO COMUM PARA OS PRODUTOS BÁSICOS (FCPB) BUSCA CANDIDATURAS A APOIO PARA ATIVIDADES DE DESENVOLVIMENTO DOS PRODUTOS BÁSICOS Processo de

Leia mais

154 a SESSÃO DO COMITÊ EXECUTIVO

154 a SESSÃO DO COMITÊ EXECUTIVO 154 a SESSÃO DO COMITÊ EXECUTIVO Washington, D.C., EUA, 16 a 20 de junho de 2014 Tema 5.5 da Agenda Provisória CE154/24, Rev. 1 30 de maio de 2014 Original: inglês SITUAÇÃO E NÍVEL AUTORIZADO DO FUNDO

Leia mais

Como cultivar leads do Comitê de TI

Como cultivar leads do Comitê de TI BRASIL Como cultivar leads do Comitê de TI O marketing está ajudando ou atrapalhando? Confiança + Credibilidade devem ser CONQUISTADAS O profissional de marketing moderno conhece a importância de cultivar

Leia mais

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico PERFIL DO CLIENTE Indústria: Mídia Companhia: Valor Econômico Funcionários:

Leia mais

é de queda do juro real. Paulatinamente, vamos passar a algo parecido com o que outros países gastam.

é de queda do juro real. Paulatinamente, vamos passar a algo parecido com o que outros países gastam. Conjuntura Econômica Brasileira Palestrante: José Márcio Camargo Professor e Doutor em Economia Presidente de Mesa: José Antonio Teixeira presidente da FENEP Tentarei dividir minha palestra em duas partes:

Leia mais

Economia Móvel América Latina 2013 Sumário Executivo

Economia Móvel América Latina 2013 Sumário Executivo Economia Móvel América Latina 2013 Sumário Executivo Economia Móvel América Latina 2013 A GSMA representa os interesses da indústria mundial de comunicações móveis. Presente em mais de 220 países, a GSMA

Leia mais

grandes oportunidades

grandes oportunidades Conecte-se a grandes oportunidades Carreiras sem limites Alcance além do que é possível Qualquer que seja o seu caminho, você pode ser parte das mudanças de vida para melhor no mundo todo. Uma carreira

Leia mais

UIPES/ORLA Sub-Região Brasil

UIPES/ORLA Sub-Região Brasil 1 A CARTA DE BANGKOK PARA A PROMOÇÃO DA SAÚDE NO MUNDO GLOBALIZADO 1 Introdução Área de atuação. A Carta de Bangkok (CB) identifica ações, compromissos e garantias requeridos para atingir os determinantes

Leia mais

Desigualdades no Acesso à Tecnologia: Relevância para Grupos de Pacientes

Desigualdades no Acesso à Tecnologia: Relevância para Grupos de Pacientes Desigualdades no Acesso à Tecnologia: Relevância para Grupos de Pacientes Capacitação ACS /FEMAMA 2012 Eduardo Cronemberger Oncologia em 120 anos Willian Halsted Aqui está minha sequencia! Mastectomia

Leia mais

A compra de TI e as redes sociais

A compra de TI e as redes sociais Solicitada por A compra de TI e as redes sociais Como as redes sociais transformaram o processo de compras B2B e as melhores práticas para adaptar as suas estratégias de marketing à nova realidade BRASIL

Leia mais

MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO A QGEP Participações iniciou o ano de 2011 com uma sólida posição financeira. Concluímos com sucesso a nossa oferta pública inicial de ações em fevereiro, com uma captação líquida

Leia mais

FINALIDADE E BREVE HISTÓRICO

FINALIDADE E BREVE HISTÓRICO Medicaid FINALIDADE E BREVE HISTÓRICO O Medicaid é um programa de seguro saúde aprovado em 1965 como parte da Guerra à Pobreza. Ele é financiado em conjunto com recursos federais e estaduais, e representa

Leia mais

2013 Inventta Todos os direitos reservados.

2013 Inventta Todos os direitos reservados. Agenda Quem Somos Gerindo a Inovação nas Empresas Estímulos Governamentais à Inovação Resultados da pesquisa FDC/Inventta Conclusões O GRUPO A Inventta é uma consultoria especializada em gestão da inovação,

Leia mais

Otimizada para Crescimento:

Otimizada para Crescimento: Quinta Pesquisa Anual de Mudança na Cadeia de Suprimentos RESUMO REGIONAL: AMÉRICA LATINA Otimizada para Crescimento: Executivos de alta tecnologia se adaptam para se adequar às demandas mundiais INTRODUÇÃO

Leia mais

p r o v i d i n g c o n f i d e n c e t h r o u g h p e r f o r m a n c e

p r o v i d i n g c o n f i d e n c e t h r o u g h p e r f o r m a n c e p r o v i d i n g c o n f i d e n c e t h r o u g h p e r f o r m a n c e Confiança Global A Trident Trust é um dos principais fornecedores independentes de serviços corporativos, de trust e de fundos

Leia mais

OBJETIVOS DOS EXECUTIVOS SENIORES

OBJETIVOS DOS EXECUTIVOS SENIORES Relatório especial: 5º da série A função das ferramentas de informação pagas de P&D no cumprimento dos OBJETIVOS DOS EXECUTIVOS SENIORES Um estudo independente, a nível global, conduzido pela Martin Akel

Leia mais

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve.

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve. Balanced Scorecard BSC 1 2 A metodologia (Mapas Estratégicos e Balanced Scorecard BSC) foi criada por professores de Harvard no início da década de 90, e é amplamente difundida e aplicada com sucesso em

Leia mais

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Apoiar a empregabilidade pela melhora da qualidade do ensino profissionalizante UK Skills Seminar Series 2014 15 British Council UK Skills Seminar

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA DA QUALIDADE Profa. Adriana Roseli Wünsch Takahashi

GESTÃO ESTRATÉGICA DA QUALIDADE Profa. Adriana Roseli Wünsch Takahashi UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA QUALIDADE GESTÃO ESTRATÉGICA DA QUALIDADE Profa. Adriana Roseli Wünsch Takahashi MARÇO/2010

Leia mais

2015 Manual de Parceiro de Educação. Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos.

2015 Manual de Parceiro de Educação. Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos. 2015 Manual de Parceiro de Educação Suas soluções. Nossa tecnologia. Mais inteligentes juntos. Prêmios Reais, a Partir de Agora Bem-vindo ao Intel Technology Provider O Intel Technology Provider é um programa

Leia mais

EXPLORE SEUS POTENCIAIS. Junte-se aos 128 concessionários mundiais que escolheram ser parceiros da FG Wilson.

EXPLORE SEUS POTENCIAIS. Junte-se aos 128 concessionários mundiais que escolheram ser parceiros da FG Wilson. Expanda seu portfólio de produtos e aumente o seu negócio com a marca líder GLOBAL na indústria. EXPLORE SEUS NEGÓCIOS POTENCIAIS Junte-se aos 128 concessionários mundiais que escolheram ser parceiros

Leia mais

Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil

Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil Nota de Imprensa Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil Presidente mundial do Banco Santander apresenta em São Paulo o Plano Estratégico 2008-2010 para o A integração

Leia mais

Conheça a trajetória da empresa no Brasil através desta entrevista com o Vice- Presidente, Li Xiaotao.

Conheça a trajetória da empresa no Brasil através desta entrevista com o Vice- Presidente, Li Xiaotao. QUEM É A HUAWEI A Huawei atua no Brasil, desde 1999, através de parcerias estabelecidas com as principais operadoras de telefonia móvel e fixa no país e é líder no mercado de banda larga fixa e móvel.

Leia mais

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Parceiros de serviços em nuvem gerenciada Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Implemente a versão mais recente do software da SAP de classe mundial,

Leia mais

da Alstom, Etapas vendas ou estão Entre 1o de abril pedidos e vendas e à plataformas. do capital de giro. 19 de ALSTOM Communicação

da Alstom, Etapas vendas ou estão Entre 1o de abril pedidos e vendas e à plataformas. do capital de giro. 19 de ALSTOM Communicação Comunicado de imprensa 5 de novembro de 2014 Nível recorde de pedidos e melhoria da rentabilidade no primeiro semestre 2014/15 da Alstom, Etapas chave cumpridas no projeto com a General Electric No contexto

Leia mais

Divulgação de Resultados do 4T10

Divulgação de Resultados do 4T10 Divulgação de Resultados do 4T10 23 de fevereiro de 2011 Aviso Importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros.tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia,

Leia mais

Receita do Network PwC cresce 6% e atinge US$ 34 bilhões no ano fiscal encerrado em junho

Receita do Network PwC cresce 6% e atinge US$ 34 bilhões no ano fiscal encerrado em junho Press release Data Contato EMBARGO 00h01min (horário Brasília) Terça-feira, 7 de outubro de 2014 Márcia Avruch Tel: +55 11 3674 3760 Email: marcia.avruch@br.pwc.com Pages 4 Receita do Network PwC cresce

Leia mais

Tele Nordeste Celular Participações S.A. Anuncia os Resultados de 1998

Tele Nordeste Celular Participações S.A. Anuncia os Resultados de 1998 Contatos: Tele Nordeste Celular Mário Gomes 0xx81.216.2592 Fabíola Almeida 0xx81.216.2594 Octavio Muniz 0xx81.216.2593 Tele Nordeste Celular Participações S.A. Anuncia os Resultados de 1998 Brasília, Brasil

Leia mais

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade O caminho para o sucesso Promovendo o desenvolvimento para além da universidade Visão geral Há mais de 40 anos, a Unigranrio investe em ensino diferenciado no Brasil para cumprir com seu principal objetivo

Leia mais

Pequenas e Médias Empresas na Guatemala. Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios

Pequenas e Médias Empresas na Guatemala. Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios Pequenas e Médias Empresas na Guatemala Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios Na Guatemala, existem várias definições fornecidas por diferentes instituições

Leia mais

Transcrição: Perguntas mais frequentes (FAQs) sobre o PDS

Transcrição: Perguntas mais frequentes (FAQs) sobre o PDS Transcrição: Perguntas mais frequentes (FAQs) sobre o PDS Modelo operacional Qual é o modelo organizacional do PDS? Trabalhamos bastante para chegar ao modelo organizacional certo para o PDS. E aplicamos

Leia mais

Pesquisa Clínica Intercâmbio de Conhecimento e Fator Gerador de Riquezas. Dr. Mário Bochembuzio Merck Sharp Dohme

Pesquisa Clínica Intercâmbio de Conhecimento e Fator Gerador de Riquezas. Dr. Mário Bochembuzio Merck Sharp Dohme Pesquisa Clínica Intercâmbio de Conhecimento e Fator Gerador de Riquezas Dr. Mário Bochembuzio Merck Sharp Dohme Agenda Cadeia de valor e inovação em saúde Desafios e oportunidades Investimentos em P &

Leia mais

gerenciando o desempenho de serviços em uma empresa conectada na nuvem CA Business Service Insight Julho de 2011

gerenciando o desempenho de serviços em uma empresa conectada na nuvem CA Business Service Insight Julho de 2011 gerenciando o desempenho de serviços em uma empresa conectada na nuvem CA Business Service Insight Julho de 2011 a computação na nuvem está presente em todos os lugares e está crescendo 72% das empresas

Leia mais

Performance com Propósito. A promessa da PepsiCo

Performance com Propósito. A promessa da PepsiCo Performance com Propósito A promessa da PepsiCo Performance com Propósito A promessa da PepsiCo Na PepsiCo, Performance com Propósito significa gerar crescimento sustentável através do investimento em

Leia mais

2012 - Panorama Energético: Perspectivas para 2040

2012 - Panorama Energético: Perspectivas para 2040 212 - Panorama Energético: Perspectivas para Índice Fundamentos globais 2 Residencial/comercial 3 Transportes 4 Industrial 5 Geração de eletricidade 6 Emissões 7 Fornecimento e tecnologia 8 Conclusão 9

Leia mais

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS QUALIDADE

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS QUALIDADE COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS QUALIDADE DESCRIÇÕES DOS NÍVEIS APRENDIZ SABER Aprende para adquirir conhecimento básico. É capaz de pôr este conhecimento em prática sob circunstâncias normais, buscando assistência

Leia mais

Alta performance: a base para os nossos clientes, a base para o seu futuro.

Alta performance: a base para os nossos clientes, a base para o seu futuro. Alta performance: a base para os nossos clientes, a base para o seu futuro. www.accenture.com.br/carreiras www.facebook.com/accenturecarreiras www.twitter.com/accenture_vagas Quem somos A Accenture é uma

Leia mais

BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos

BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos Terceirização de Processos Empresariais da Capgemini Um componente da área de Serviços Públicos da Capgemini As concessionárias de serviços

Leia mais

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Modelo de Otimização de SAM Controle, otimize, cresça Em um mercado internacional em constante mudança, as empresas buscam oportunidades de ganhar vantagem competitiva

Leia mais

QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA!

QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA! QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA! NOSSA VISÃO Um mundo mais justo, onde todas as crianças e todos os adolescentes brincam, praticam esportes e se divertem de forma segura e inclusiva. NOSSO

Leia mais

A Lição de Lynch. O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros

A Lição de Lynch. O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros A Lição de Lynch O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros Por Laura Somoggi, de Marblehead (EUA) É muito provável que o nome Peter Lynch não lhe seja familiar. Ele

Leia mais

Programa de Serviços

Programa de Serviços Programa de Serviços Um Parceiro da Heidelberg Sucesso e segurança para o convertedor de rótulos A maior diversidade de substrato. Um marca de qualidade emerge: um sistema de máquina Gallus garante a mais

Leia mais

AS DECISÕES REFERENTES AOS CANAIS DE MARKETING ESTÃO ENTRE AS MAIS CRÍTICAS COM QUE AS GERÊNCIAS PRECISAM LIDAR

AS DECISÕES REFERENTES AOS CANAIS DE MARKETING ESTÃO ENTRE AS MAIS CRÍTICAS COM QUE AS GERÊNCIAS PRECISAM LIDAR KOTLER, 2006 AS DECISÕES REFERENTES AOS CANAIS DE MARKETING ESTÃO ENTRE AS MAIS CRÍTICAS COM QUE AS GERÊNCIAS PRECISAM LIDAR. OS CANAIS AFETAM TODAS AS OUTRAS DECISÕES DE MARKETING Desenhando a estratégia

Leia mais

Forneça a próxima onda de inovações empresariais com o Open Network Environment

Forneça a próxima onda de inovações empresariais com o Open Network Environment Visão geral da solução Forneça a próxima onda de inovações empresariais com o Open Network Environment Visão geral À medida que tecnologias como nuvem, mobilidade, mídias sociais e vídeo assumem papéis

Leia mais

Melhores práticas. Cada vez mais cientes das

Melhores práticas. Cada vez mais cientes das Número de empresas brasileiras que procuram se aprimorar em governança corporativa aumentou na última edição do estudo Melhores práticas Estudo aponta que as empresas investem mais no aprimoramento dos

Leia mais

1 em cada 4 pessoas são afetadas por um problema de saúde mental a cada ano. Vamos falar sobre isso?

1 em cada 4 pessoas são afetadas por um problema de saúde mental a cada ano. Vamos falar sobre isso? 1 em cada 4 pessoas são afetadas por um problema de saúde mental a cada ano Vamos falar sobre isso? Algumas estatísticas sobre Saúde Mental Transtornos mentais são frequentes e afetam mais de 25% das pessoas

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

D. Morbidade Horário de Início : :

D. Morbidade Horário de Início : : D. Morbidade Horário de Início : : Agora vou perguntar sobre doenças crônicas e infecciosas. Vou fazer perguntas sobre diagnóstico de doenças, uso dos serviços de saúde e tratamento dos problemas. D1 D2

Leia mais

Documento de posição da retinopatia diabética

Documento de posição da retinopatia diabética Documento de posição da retinopatia diabética Grupo de Trabalho de Planejamento a Longo Prazo do SightFirst (SFLRP) Agosto de 2008 Apresentação A missão do programa Leonístico SightFirst é apoiar o desenvolvimento

Leia mais

UM POUCO SOBRE A COPA DO MUNDO NO BRASIL

UM POUCO SOBRE A COPA DO MUNDO NO BRASIL UM POUCO SOBRE A COPA DO MUNDO NO BRASIL Julho/2013 Em 2014, o Brasil sediará a Copa do Mundo e em 2016 as Olimpíadas. Os brasileiros efetivamente são apaixonados por futebol e quando foi divulgado que

Leia mais

Autoatendimento Digital. Reduz custos e aprimora as relações com o cliente, criando experiências de autoatendimento personalizadas e significativas.

Autoatendimento Digital. Reduz custos e aprimora as relações com o cliente, criando experiências de autoatendimento personalizadas e significativas. Autoatendimento Digital Reduz custos e aprimora as relações com o cliente, criando experiências de autoatendimento personalizadas e significativas. Oferece aos clientes as repostas que buscam, e a você,

Leia mais

Fotografia das Nações Unidas/Larry Barns GLOBAL IMPACT RESPONSABILIDADE CORPORATIVA NA METLIFE

Fotografia das Nações Unidas/Larry Barns GLOBAL IMPACT RESPONSABILIDADE CORPORATIVA NA METLIFE Fotografia das Nações Unidas/Larry Barns GLOBAL IMPACT RESPONSABILIDADE CORPORATIVA NA METLIFE A responsabilidade corporativa tem início ao gerenciarmos os negócios de maneira que minimize riscos, preserve

Leia mais

UM RESUMO EXECUTIVO. Organizado para empresas:construindo um modelo operacional contemporâneo de TI

UM RESUMO EXECUTIVO. Organizado para empresas:construindo um modelo operacional contemporâneo de TI UM RESUMO EXECUTIVO Organizado para empresas:construindo um modelo operacional contemporâneo de TI Ao longo da última década, a TI da EMC tem passado por uma transformação para se tornar uma parceira estrategicamente

Leia mais

O poder da presença O valor empresarial da colaboração presencial

O poder da presença O valor empresarial da colaboração presencial O poder da presença O valor empresarial da colaboração presencial Sumário executivo À medida que as organizações competem e crescem em uma economia global dinâmica, um novo conjunto de pontos cruciais

Leia mais

Esta é a XL Catlin Cinco maneiras pelas quais vamos turbinar seu negócio.

Esta é a XL Catlin Cinco maneiras pelas quais vamos turbinar seu negócio. Esta é a XL Catlin Cinco maneiras pelas quais vamos turbinar seu negócio. Separadas, XL e Catlin eram duas empresas fortes e inovadoras. Juntas, somos ainda mais fortes. Conteúdo Conheça a XL Catlin Pessoas

Leia mais

Transcrição da Teleconferência Resultados do 3T09 - Inpar 18 de novembro de 2009

Transcrição da Teleconferência Resultados do 3T09 - Inpar 18 de novembro de 2009 Transcrição da Teleconferência Resultados do 3T09 - Inpar 18 de novembro de 2009 Bom dia, e obrigada por aguardarem. Sejam bem-vindos à teleconferência da Inpar para discussão dos resultados referentes

Leia mais

P: Quem é o falsificador neste caso? R: Não podemos divulgar esta informação no momento, pois a investigação ainda está em curso.

P: Quem é o falsificador neste caso? R: Não podemos divulgar esta informação no momento, pois a investigação ainda está em curso. 1 Grupo de revendas de suprimentos Xerox P&R sobre cartuchos de toner falsificados 12 de abril de 2004 I. Detalhes do caso II. Dúvidas do cliente III. Tendências do setor IV. Combate à falsificação Detalhes

Leia mais

+ de 100 Estudos. O Estudo IHAMS

+ de 100 Estudos. O Estudo IHAMS + de 100 Estudos Mantemos um esforço de pesquisa e desenvolvimento ativo, com novos jogos, exercícios e novos estudos. Atualmente, existem mais de 60 artigos de periódicos publicados sobre os benefícios

Leia mais

O termo negócio social foi cunhado inicialmente por Muhammad Yunus, indiano, doutor em Economia, professor e laureado com o Prêmio Nobel da Paz em

O termo negócio social foi cunhado inicialmente por Muhammad Yunus, indiano, doutor em Economia, professor e laureado com o Prêmio Nobel da Paz em Negócio Social O termo negócio social foi cunhado inicialmente por Muhammad Yunus, indiano, doutor em Economia, professor e laureado com o Prêmio Nobel da Paz em 2006 Classifica um determinado empreendimento

Leia mais

CARTA DE OTTAWA. PRIMEIRA CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE PROMOÇÃO DA SAÚDE Ottawa, novembro de 1986

CARTA DE OTTAWA. PRIMEIRA CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE PROMOÇÃO DA SAÚDE Ottawa, novembro de 1986 CARTA DE OTTAWA PRIMEIRA CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE PROMOÇÃO DA SAÚDE Ottawa, novembro de 1986 A Primeira Conferência Internacional sobre Promoção da Saúde, realizada em Ottawa, Canadá, em novembro

Leia mais

FILOSOFIA DO SERVIÇO DE PÓS-VENDA TOYOTA

FILOSOFIA DO SERVIÇO DE PÓS-VENDA TOYOTA FILOSOFIA DO SERVIÇO DE PÓS-VENDA TOYOTA Toyota do Brasil Pós-venda Capítulo 1 - O que o Cliente espera do Serviço de Pós-Venda Capítulo 2 - A Filosofia do Serviço de Pós-Venda Toyota Definindo a Filosofia

Leia mais

MARKETING DISFARÇADO DE PESQUISA

MARKETING DISFARÇADO DE PESQUISA Unidade de Pesquisa Clínica MARKETING DISFARÇADO DE PESQUISA A verdade sobre os Laboratórios Farmacêuticos. Marcia Angell Editora Record ISBN 978-85-01-07440-9 Apresentado por C. Isaia F em 03/10/12 Você

Leia mais

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES Por cerca de 50 anos, a série Boletim Verde descreve como a John Deere conduz os negócios e coloca seus valores em prática. Os boletins eram guias para os julgamentos e as

Leia mais

A técnica a serviço da aproximação com os doadores: Marketing de relacionamento nos Doutores da Alegria

A técnica a serviço da aproximação com os doadores: Marketing de relacionamento nos Doutores da Alegria Agentes Financiadores Notícias e atualidades sobre Agentes Financiadores nacionais e internacionais página inicial A técnica a serviço da aproximação com os doadores: Marketing de relacionamento nos Doutores

Leia mais

18/06/2009. Quando cuidar do meio-ambiente é um bom negócio. Blog: www.tudibao.com.br E-mail: silvia@tudibao.com.br.

18/06/2009. Quando cuidar do meio-ambiente é um bom negócio. Blog: www.tudibao.com.br E-mail: silvia@tudibao.com.br. Marketing Ambiental Quando cuidar do meio-ambiente é um bom negócio. O que temos visto e ouvido falar das empresas ou associado a elas? Blog: www.tudibao.com.br E-mail: silvia@tudibao.com.br 2 3 Sílvia

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 Instituto Lojas Renner Instituto Lojas Renner Promover a inserção de mulheres no mercado de trabalho por meio de projetos de geração de renda é o objetivo do Instituto Lojas

Leia mais

Exportação de Serviços

Exportação de Serviços Exportação de Serviços 1. Ementa O objetivo deste trabalho é dar uma maior visibilidade do setor a partir da apresentação de algumas informações sobre o comércio exterior de serviços brasileiro. 2. Introdução

Leia mais

Governança Sustentável nos BRICS. Resumo executivo

Governança Sustentável nos BRICS. Resumo executivo Governança Sustentável nos BRICS Resumo executivo Sumário executivo A rapidez com que, nos últimos anos, as economias emergentes do Brasil, da Rússia, da Índia, da China e da África do Sul vêm se aproximando

Leia mais

B2W DIGITAL Divulgação de Resultados 4T12/2012

B2W DIGITAL Divulgação de Resultados 4T12/2012 Estar Mais Próximo do Cliente B2W DIGITAL Divulgação de Resultados 4T12/2012 Considerações Gerais Considerações referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros,

Leia mais

Questão em foco: O ROI do Gerenciamento de Portfólio de Produto. O Guia para prever o retorno do investimento do PPM

Questão em foco: O ROI do Gerenciamento de Portfólio de Produto. O Guia para prever o retorno do investimento do PPM Questão em foco: O ROI do Gerenciamento de Portfólio de Produto O Guia para prever o retorno do investimento do PPM Tech-Clarity, Inc. 2008 Sumário Introdução à questão... 3 Cálculo dos benefícios do Gerenciamento

Leia mais

Crie seu mecanismo de envolvimento: parte 3

Crie seu mecanismo de envolvimento: parte 3 ESCRITO POR David Mogensen PUBLICADO EM Dezembr o 2013 Crie seu mecanismo de envolvimento: parte 3 RESUMO Em um período em que os profissionais de marketing acham que seu trabalho mudou mais em dois anos

Leia mais

EMC Consulting. Estratégia visionária, resultados práticos. Quando a informação se reúne, seu mundo avança.

EMC Consulting. Estratégia visionária, resultados práticos. Quando a informação se reúne, seu mundo avança. EMC Consulting Estratégia visionária, resultados práticos Quando a informação se reúne, seu mundo avança. Alinhando TI aos objetivos de negócios. As decisões de TI de hoje devem basear-se em critérios

Leia mais

Declaração de Helsinque Associação Médica Mundial

Declaração de Helsinque Associação Médica Mundial A. Introdução Declaração de Helsinque Associação Médica Mundial Princípios éticos para as pesquisas médicas em seres humanos Adotado pela 18ª Assembléia Médica Mundial Helsinque, Finlândia, junho do 1964

Leia mais

Indicadores de Desempenho do SGQ

Indicadores de Desempenho do SGQ Módulo 3: Indicadores de Desempenho do SGQ Instrutor: Henrique Pereira Indicadores de Desempenho do SGQ Partes interessadas: Quem são? Quais são suas necessidades? Como monitorar e medir os processos:

Leia mais

b. Completar a implantação da Rede com a construção de hospitais regionais para atendimentos de alta complexidade.

b. Completar a implantação da Rede com a construção de hospitais regionais para atendimentos de alta complexidade. No programa de governo do senador Roberto Requião, candidato ao governo do estado pela coligação Paraná Com Governo (PMDB/PV/PPL), consta um capítulo destinado apenas à universalização do acesso à Saúde.

Leia mais

AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO 2013

AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO 2013 1 AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO Temas 2 Objetivo e metodologia Utilização dos serviços do plano de saúde e ocorrência de problemas Reclamação ou recurso contra o plano de

Leia mais

PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009

PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009 PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009 REALIZAÇÃO TABULAÇÃO Quem Somos A WBI BRASIL é uma empresa especializada em planejamento de marketing digital, que presta

Leia mais

Imagem Corporativa Marta Telles marta.telles@imagemcorporativa.com.br Tel: (11) 3526-4508. Márcia Avruch marcia.avruch@br.pwc.com Tel.

Imagem Corporativa Marta Telles marta.telles@imagemcorporativa.com.br Tel: (11) 3526-4508. Márcia Avruch marcia.avruch@br.pwc.com Tel. Press Release Date 1º de outubro de 2013 Contato Imagem Corporativa Marta Telles marta.telles@imagemcorporativa.com.br Tel: (11) 3526-4508 Márcia Avruch marcia.avruch@br.pwc.com Tel. (11) 3674-3760 Pages

Leia mais

INTRODUÇÃO À GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Adriana Beal, Eng. MBA Maio de 2001

INTRODUÇÃO À GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Adriana Beal, Eng. MBA Maio de 2001 INTRODUÇÃO À GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, Eng. MBA Maio de 2001 Apresentação Existe um consenso entre especialistas das mais diversas áreas de que as organizações bem-sucedidas no século XXI serão

Leia mais

Adapte. Envolva. Capacite.

Adapte. Envolva. Capacite. Adapte. Envolva. Capacite. Ganhe produtividade em um Ambiente de trabalho digital #DigitalMeetsWork Os benefícios de um ambiente de trabalho digital têm impacto na competitividade do negócio. Empresas

Leia mais

Iniciativas Futuro Verde" do Japão

Iniciativas Futuro Verde do Japão 1. Compreensão Básica Iniciativas Futuro Verde" do Japão 1. Nas condições atuais, em que o mundo está enfrentando diversos problemas, como o crescimento populacional, a urbanização desordenadas, a perda

Leia mais

As empresas farmacêuticas não se importam com a DH, certo?

As empresas farmacêuticas não se importam com a DH, certo? Notícias científicas sobre a Doença de Huntington. Em linguagem simples. Escrito por cientistas. Para toda a comunidade Huntington. Entrevista: Graeme Bilbe, chefe global de Neurociências na Novartis O

Leia mais