Dias Abertos no CNC Semana da Ciência e da Tecnologia 2012

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Dias Abertos no CNC Semana da Ciência e da Tecnologia 2012"

Transcrição

1 Dias Abertos no CNC Semana da Ciência e da Tecnologia 2012 Centro de Neurociências e Biologia Celular Universidade de Coimbra

2 Durante a Semana da Ciência e da Tecnologia, de 19 a 25 de Novembro, instituições científicas, universidades, escolas, associações, museus e Centros Ciência Viva de todo o País abrem as suas portas ao público, lançando um convite irrecusável para uma viagem pelo conhecimento. Nesta semana o Centro de Neurociências e Biologia Celular abrirá as suas portas às Escolas e ao Público em Geral para ficarem a conhecer o que aqui se investiga e ensina. Este ano temos ainda para oferecer a peça MIM My Inner Mind criada pela companhia de teatro MARIONET e inspirada na residência artística que levaram a cabo no CNC em 2010.

3 Quando a Memória nos Atraiçoa Cláudia MF Pereira [Faculdade de Medicina & Centro de Neurociências e Biologia Celular, Universidade de Coimbra] 19 Novembro, 10h Novembro, 10h00 23 Novembro, 14h00 Local: CNC, antigo edifício da FMUC (Pólo I, Coimbra) Todos nós nos esquecemos de um nome, onde pusemos as chaves ou se trancámos a porta de casa. É normal esquecer coisas de vez em quando. No entanto, esquecer como usar o telefone, fazer o troco, ou encontrar o caminho de casa podem ser sinais de problemas sérios de memória. O grupo Mecanismos Moleculares de Doença do Centro de Neurociências e Biologia Celular da Universidade de Coimbra tem como objectivo identificar os mecanismos moleculares e celulares envolvidos na perda neuronal associada à doença de Alzheimer (DA), uma patologia do sistema nervoso central que afecta a memória de forma progressiva. Usando modelos celulares e animais que mimetizam esta doença, pretende-se identificar novas estratégias que possam retardar ou mesmo parar o processo neurodegenerativo. Organização: Grupo de Mecanismos Moleculares de Doença, Departamento de Neurociências e Doença do CNC.

4 Nanotecnologia Aplicada à Engenharia de Células e Tecidos Michela Comune [Centro de Neurociências e Biologia Celular, Universidade de Coimbra] 19 Novembro, 14h00 2 Local: Laboratório de Biomateriais e Terapias Baseadas em Células Estaminais do CNC (Biocant, Cantanhede) Nanotecnolgia é o estudo e a aplicação de novos materiais à escala nanométrica entre 1 e 100 nanómetros (nm), que pode ser transversalmente usada em diversas áreas, tais como a química, física, ciência de materiais, engenharia e medicina. No nosso laboratório a nanotecnologia é usada num contexto de engenharia de tecidos, por exemplo na identificação de biomateriais que melhorem o processo de diferenciação celular, nomeadamente nanopartículas e nanofilmes. Uma outra linha de investigação é a síntese de nanopartículas para entrega de biomoléculas com um objectivo terapêutico. Os estudantes terão a possibilidade de fazer uma visita ao nosso laboratório no Biocant Park onde terão contacto com investigadores que trabalham em diferentes projectos e com a tecnologia que estão a desenvolver. Organização: Grupo de Biomateriais e Terapias Baseadas em Células Estaminais, Departamento de Biotecnologia e Saúde do CNC.

5 Mitobuilding: Exercitar a Mitocôndria Anabela Rolo [Centro de Neurociências e Biologia Celular, Universidade de Coimbra] 19 Novembro, 14h Novembro, 14h00 23 Novembro, 10h00 Local: MitoLab CNC, Departamento de Ciências da Vida da FCTUC (Pólo I, Coimbra) Tal como em atletas de alta competição, um regime de treino intenso estimula a performance mitocondrial e consequente desempenho energético. Aumentar a eficiência energética é uma questão central em diversas patologias humanas. Indivíduos resistentes à insulina manifestam distúrbios múltiplos no metabolismo de ácidos gordos e têm acumulação de lípidos em tecidos como o músculo esquelético. Um metabolismo mitocondrial deficiente e a subsequente diminuição na capacidade para oxidar os ácidos gordos, pode ser um fator causal na acumulação de lípidos intramuscular e o desenvolvimento de resistência à insulina. Disfunção mitocondrial inclui a perda de mitocôndrias, defeitos no sistema OXPHOS mitocondrial e diminuição da taxa de síntese de ATP. A estimulação da biogénese mitocondrial aparece como uma estratégia para o tratamento da Síndrome Metabólica, melhorando a atividade mitocondrial e protegendo a célula contra o fluxo aumentado de substratos reduzidos para a cadeia de transporte de eletrões e, portanto, reduzindo a inflamação metabólica. Organização: MitoLab, Grupo de Toxicologia Mitocondrial e Doença, Departamento de Toxicologia Celular e Molecular do CNC.

6 Uma Molécula Sinalizadora Peculiar O Óxido Nítrico no Sistema Nervoso Ana Ledo [Centro de Neurociências e Biologia Celular, Universidade de Coimbra] 20 Novembro, 14h Novembro, 10h00 22 Novembro, 10h00 Local: CNC, antigo edifício da FMUC (Pólo I, Coimbra) No cérebro, os processos eléctricos e químicos são a base funcional da actividade das células nervosas. Neste contexto, o óxido nítrico surge como um mensageiro sui generis, com propriedades físico-químicas distintas das demais. É uma peça chave tanto na regulação de fenómenos fisiológicos como em estados de doença. Utilizando estratégias experimentais inovadoras e diferentes modelos biológicos, na nossa investigação tentamos compreender como o óxido nítrico é produzido no sistema nervoso bem como o seu papel na fisiologia e patologia do cérebro. Organização: Grupo de Biologia Redox na Saúde a na Doença, Departamento de Toxicologia Celular e Molecular do CNC.

7 Células e Máquinas: À Procura de Sinergias para Melhor Cartilagem Alexandrina Ferreira Mendes [Faculdade de Farmácia & Centro de Neurociências e Biologia Celular, Universidade de Coimbra] 20 Novembro, 14h30 5 Local: Laboratório de Farmacologia, Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra, Pólo III A cartilagem articular é um tecido altamente especializado que permite o movimento indolor, fornecendo superfícies quase sem atrito e amortecendo e distribuindo as forças exercidas sobre as articulações. A cartilagem articular é, porém, um tecido com muito pequena capacidade de reparação espontânea, ao contrário, por exemplo, do tecido ósseo. Assim, as lesões da cartilagem, resultantes de traumatismos, doenças ou simplesmente do envelhecimento, não são reparadas e, pelo contrário, desencadeiam a sua destruição progressiva, com a consequente perda de mobilidade e dor que caracterizam a osteoartrite ou osteoartrose. A engenharia de tecidos procura encontrar formas de obtenção in vitro de tecido que seja funcionalmente tão eficaz como a cartilagem normal, de modo a poder ser utilizado para reparar a cartilagem lesada. Esse objectivo ainda não foi atingido, apesar da grande evolução da última década. Por isso, continuam a procurar-se formas de melhorar a qualidade da cartilagem produzida in vitro. O nosso grupo está a utilizar um novo sistema de estimulação mecânica, desenvolvido em conjunto com um grupo de investigação em engenharia mecânica da Universidade de Aveiro. O objectivo é combinar estímulos mecânicos e bioquímicos para imitar o ambiente articular normal e estimular as células da cartilagem a produzir cartilagem funcionalmente eficaz. Nesta actividade, os participantes terão oportunidade de ver culturas bi e tridimensionais de condrócitos, as células da cartilagem, e de ver o bioreactor (aparelho desenvolvido para estimular mecanicamente essas células) em funcionamento. Organização: Linha de investigação em Biologia do Condrócito e Osteoartrite, Grupo de Imunologia Celular e Oncobiologia, Departamento de Biologia Celular e do Desenvolvimento do CNC e FFUC.

8 MIM My Inner Mind Uma criação sobre o modo como o ser humano tem consciência de si e do mundo, e das investidas que faz no sentido de perceber essa sua forma de funcionar, no sentido de se conhecer melhor. O cérebro a olhar para o cérebro. 6 De Janeiro a Julho de 2010 a MARIONET foi um dos 10 candidatos seleccionados para uma realizar uma residência artística no âmbito do programa Rede de Residências Experimentação Arte Ciência e Tecnologia da responsabilidade conjunta da Ciência Viva e da DGArtes. A nossa residência decorreu no Centro de Neurociências e Biologia Celular da Universidade de Coimbra (CNC), onde pudemos acompanhar diariamente as rotinas e projectos de alguns dos grupos daquele centro de investigação. O facto de a nossa estadia ali ter sido uma residência residente, por nos ter sido cedido um espaço próprio dentro do centro para desenvolvermos o nosso trabalho, permitiu-nos uma interacção prolongada com o objecto do nosso estudo artístico, o que resultou numa enorme quantidade de materiais recolhidos, muitos dos quais não foram utilizados nos objectos artísticos criados no âmbito daquele programa. É este acervo de materiais criativos, juntamente com a relação próxima entretanto estabelecida com o CNC, que pretendemos explorar na criação de MIM My Inner Mind. FICHA ARTÍSTICA E TÉCNICA Encenação: Mário Montenegro; Intérpretes: Filipe Eusébio, Lucília Raimundo, Mário Montenegro; Espaço cenográfico, figurinos, adereços e imagem: Pedro Andrade; Música e interpretação: Marcelo dos Reis e José Miguel Pereira. Local: Centro de Neurociências e Biologia Celular da Universidade de Coimbra (Pólo I, Rua Larga, Edifício da FMUC) Data: 21 de Novembro a 1 de Dezembro (4ª a Sábado) às 21h30 Reservas: aceitam-se reservas até ao dia do espectáculo ( ou os bilhetes deverão ser levantados na Casa das Artes (Av. Sá da Bandeira, 83, Coimbra) ou no CNC na noite do espectáculo, até às 21h bilhete normal; 6 estudantes, profissionais das artes e profissionais das ciências. Apoios Câmara Municipal de Coimbra, Centro de Neurociências e Biologia Molecular da Universidade de Coimbra, Governo de Portugal Direcção-Geral das Artes, Fundação Bissaya Barreto, Ilídio design, MAFIA, RUC

BIOCANT PARK A NOSSA VISÃO

BIOCANT PARK A NOSSA VISÃO 01 A NOSSA VISÃO O PARQUE DE BIOTECNOLOGIA DE PORTUGAL ESTÁ A CRIAR VALOR PARA A REGIÃO E PARA O PAÍS FOMENTANDO INVESTIMENTOS E INI- CIATIVAS EMPRESARIAIS DE BASE CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA. A NOSSA VISÃO

Leia mais

SECTOR DA SAÚDE. Investigador Entidade. Nº Pág.

SECTOR DA SAÚDE. Investigador Entidade. Nº Pág. SECTOR DA SAÚDE Nº Perfil das PME e Associações Industriais Requeridas Projecto Pretende-se uma empresa que invista na tecnologia associada ao desenvolvimento do projecto, nomeadamente para os testes in

Leia mais

Carlos Cerqueira, Instituto Pedro Nunes

Carlos Cerqueira, Instituto Pedro Nunes Coimbra, 16-06-2010 Carlos Cerqueira, Instituto Pedro Nunes Promotor INSTITUTO PEDRO NUNES Designação DHMS - Dinamização Regional de Actores na área do Healthcare & Medical Solutions Nº de Origem COMPETE

Leia mais

Disciplina: FISIOLOGIA CELULAR CONTROLE DA HOMEOSTASE, COMUNICAÇÃO E INTEGRAÇÃO DO CORPO HUMANO (10h)

Disciplina: FISIOLOGIA CELULAR CONTROLE DA HOMEOSTASE, COMUNICAÇÃO E INTEGRAÇÃO DO CORPO HUMANO (10h) Ementário: Disciplina: FISIOLOGIA CELULAR CONTROLE DA HOMEOSTASE, COMUNICAÇÃO E INTEGRAÇÃO DO CORPO HUMANO (10h) Ementa: Organização Celular. Funcionamento. Homeostasia. Diferenciação celular. Fisiologia

Leia mais

ANEXO III. Domínios e áreas científicas

ANEXO III. Domínios e áreas científicas ANEXO III Domínios e áreas científicas Ciências da Vida e da Saúde Neurociências - Molecular e Celular Neurociências, Envelhecimento e Doenças Degenerativas Imunologia e Infeção Diagnóstico, Terapêutica

Leia mais

Instituto de Biologia Molecular e Celular Instituto de Engenharia Biomédica

Instituto de Biologia Molecular e Celular Instituto de Engenharia Biomédica Instituto de Biologia Molecular e Celular Instituto de Engenharia Biomédica IBMC INEB> O que é? O IBMC INEB é um Laboratório Associado, ou seja, um centro de investigação científica multidisciplinar que

Leia mais

Resenha Histórica: O início do ensino farmacêutico na Universidade de Coimbra remonta aos finais do séc. XVI. Finais do séc. XVI: Curso prático de

Resenha Histórica: O início do ensino farmacêutico na Universidade de Coimbra remonta aos finais do séc. XVI. Finais do séc. XVI: Curso prático de Resenha Histórica: O início do ensino farmacêutico na Universidade de Coimbra remonta aos finais do séc. XVI. Finais do séc. XVI: Curso prático de boticários na Universidade de Coimbra. 1772: Reforma da

Leia mais

TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia

TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia Disciplina A Disciplina B Código Disciplina C/H Curso Disciplina C/H Código Curso Ano do Currículo 64823 MICROBIOLOGIA GERAL 17/34 ODONTOLOGIA MICROBIOLOGIA

Leia mais

Os pequenos nadas. Uma criação de Anton Coimbra e Nuno Pinto. Produçao de Último Comboio.

Os pequenos nadas. Uma criação de Anton Coimbra e Nuno Pinto. Produçao de Último Comboio. Os pequenos nadas Uma criação de Anton Coimbra e Nuno Pinto. Produçao de Último Comboio. "Teatro artesanal (...) Tudo em vista: a máquina de cinema minúscula, que eles resgataram do desmantelamento, os

Leia mais

ENGENHARIA E GESTÃO INDUSTRIAL

ENGENHARIA E GESTÃO INDUSTRIAL Universidade d de Coimbra A Universidade nº 1 dos países de expressão portuguesa (World University Rankings, The Times Higher Education Supplement e QS QuacquarelliSymonds) É a universidade portuguesa

Leia mais

A Iniciativa de P&D da Empresa X

A Iniciativa de P&D da Empresa X Projetos 1. Eliezer Barreiro Fármacos antinflamatórios 2. Valdir Cechinel Filho Hiperplasia Benigna da Próstata- fitoterápico 3. Valdir Cechinel Filho Analgésico - fitoterápico 4. Sérgio T. Ferreira Doença

Leia mais

ESTRATÉGIA REGIONAL DE ESPECIALIZAÇÃO INTELIGENTE: ATELIÊ DAS CIÊNCIAS DA VIDA E SAÚDE

ESTRATÉGIA REGIONAL DE ESPECIALIZAÇÃO INTELIGENTE: ATELIÊ DAS CIÊNCIAS DA VIDA E SAÚDE ESTRATÉGIA REGIONAL DE ESPECIALIZAÇÃO INTELIGENTE: ATELIÊ DAS CIÊNCIAS DA VIDA E SAÚDE ccdr-n.pt/norte2020 10 DE MAIO DE 2013 PORTO Principais Conceitos A competitividade das regiões deve fundar se nas

Leia mais

16.º PEC Bolsas Gulbenkian - N.º Projectos. 16.º PEC Bolsas Gulbenkian Investigação

16.º PEC Bolsas Gulbenkian - N.º Projectos. 16.º PEC Bolsas Gulbenkian Investigação O Programa Educação pela Ciência visa estimular a prática da investigação científica pelos alunos, permitindo que participem diretamente no delineamento e execução de projetos de investigação laboratorial

Leia mais

CONCURSO DE PROGRAMAS DE DOUTORAMENTO FCT 2012 Resumo de Candidaturas e Financiamentos Recomendado

CONCURSO DE PROGRAMAS DE DOUTORAMENTO FCT 2012 Resumo de Candidaturas e Financiamentos Recomendado CONCURSO DE PROGRAMAS DE DOUTORAMENTO FCT 202 Resumo de Candidaturas e Financiamentos Recomendado No concurso de 202: 238 candidaturas recebidas: Ciências da Vida e da Saúde 35 propostas Ciências Exatas

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO DA FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS 2003

RELATÓRIO DE GESTÃO DA FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS 2003 RELATÓRIO DE GESTÃO DA FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS 2003 A justificação da proposta de orçamento da Faculdade de Ciências Médicas para 2003 começava com uma nota introdutória na qual se reforçava de novo,

Leia mais

RESENHA: Novas perspectivas na luta contra a dependência química provocada pela cocaína.

RESENHA: Novas perspectivas na luta contra a dependência química provocada pela cocaína. RESENHA: Novas perspectivas na luta contra a dependência química provocada pela cocaína. FONTE: Yao, L. et al. (2010) Nature Medicine 16 (9), 1024. Contribuição de Rodolfo do Couto Maia (Doutorando do

Leia mais

Estratégia de Especialização Inteligente para a Região de Lisboa

Estratégia de Especialização Inteligente para a Região de Lisboa Diagnóstico do Sistema de Investigação e Inovação: Desafios, forças e fraquezas rumo a 2020 FCT - A articulação das estratégias regionais e nacional - Estratégia de Especialização Inteligente para a Região

Leia mais

Assunto: Nomeação de novos membros para os comités científicos

Assunto: Nomeação de novos membros para os comités científicos CONVITE À MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE PARA O LUGAR DE MEMBRO DE UM COMITÉ CIENTÍFICO Assunto: Nomeação de novos membros para os comités científicos Com a Decisão 97/579/CE, de 23 de Julho de 1997 ( 1 ),

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2009-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares estabelecimento/curso objecto de concurso nacional Código Estab.

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2009-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares estabelecimento/curso objecto de concurso nacional Código Estab. ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2009-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares estabelecimento/curso objecto de concurso nacional Estab. Curso Nome do Estabelecimento Nome do Curso Grau Localidade Vagas 2009

Leia mais

DOMÍNIOS CIENTÍFICOS E ÁREAS CIENTÍFICAS

DOMÍNIOS CIENTÍFICOS E ÁREAS CIENTÍFICAS DOMÍNIOS CIENTÍFICOS E ÁREAS CIENTÍFICAS Ciências da Vida e da Saúde Neurociências, Envelhecimento e Doenças Degenerativas Imunologia e Infeção Diagnóstico, Terapêutica e Saúde Pública Biomedicina Biologia

Leia mais

NCE/14/01551 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos

NCE/14/01551 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos NCE/14/01551 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos Caracterização do pedido Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de Ensino Superior / Entidade Instituidora: Universidade De Aveiro A.1.a.

Leia mais

UNIVERSIDADE DO PORTO FACULDADE DE CIÊNCIAS

UNIVERSIDADE DO PORTO FACULDADE DE CIÊNCIAS UNIVERSIDADE DO PORTO FACULDADE DE CIÊNCIAS PROGRAMA E CARGA HORÁRIA Disciplina: 3287 Bioquímica Industrial Curso: 255 - Mestrado em Bioquímica Ramo: 10 TRONCO COMUM / SEM RAMO Carga Horária: 28.0H TEÓRICAS

Leia mais

COOPERAÇÃO ENTRE PORTUGAL E ANGOLA EM C&T

COOPERAÇÃO ENTRE PORTUGAL E ANGOLA EM C&T A cooperação Bilateral Angola - Portugal: estado atual e reforço futuro WORKSHOP PROGRAMA HORIZONTE 2020: COOPERAÇÃO EM INVESTIGAÇÃO E INOVAÇÃO ENTRE ANGOLA E A UNIÃO EUROPEIA Luanda, 3 e 4 de outubro

Leia mais

NCE/12/01121 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos

NCE/12/01121 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos NCE/12/01121 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos Caracterização do pedido Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de Ensino Superior / Entidade Instituidora: Universidade Do Algarve A.1.a.

Leia mais

Formadores (1º ano) Locais das oficinas. Data limite de inscrições

Formadores (1º ano) Locais das oficinas. Data limite de inscrições Sementes para a Criatividade É uma acção de formação constituída por duas oficinas, uma de escrita criativa e outra de artes plásticas, em que se prevê: a criação de uma narrativa ilustrada que será submetida

Leia mais

Segurança Alimentar. Pós-Graduação. 45 ECTS // www.esb.ucp.pt

Segurança Alimentar. Pós-Graduação. 45 ECTS // www.esb.ucp.pt Pós-Graduação Segurança Alimentar 45 ECTS // www.esb.ucp.pt Nesta pós-graduação estudam-se os perigos, riscos, metodologias e legislação com que a segurança alimentar é confrontada na atualidade, numa

Leia mais

M E T B O L I S M O CATABOLISMO ANABOLISMO

M E T B O L I S M O CATABOLISMO ANABOLISMO METABOLISMO É o conjunto das reações químicas que ocorrem num organismo vivo com o fim de promover a satisfação de necessidades estruturais e energéticas. ...metabolismo Do ponto de vista físico-químico,

Leia mais

MESTRADO EM FISIOLOGIA MOLECULAR DE PLANTAS 4ª EDIÇÃO

MESTRADO EM FISIOLOGIA MOLECULAR DE PLANTAS 4ª EDIÇÃO Escola de Ciências MESTRADO EM FISIOLOGIA MOLECULAR DE PLANTAS 4ª EDIÇÃO UNIVERSIDADE DO PORTO UNIVERSIDADE DO MINHO FACULDADE DE CIÊNCIAS ESCOLA DE CIÊNCIAS DEPARTAMENTO DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA DE BIOLOGIA

Leia mais

Universidade do Algarve. Faculdade de Ciências do Mar e do Ambiente

Universidade do Algarve. Faculdade de Ciências do Mar e do Ambiente Universidade do Algarve Faculdade de Ciências do Mar e do Ambiente Licenciatura (1º Ciclo) em Engenharia do Ambiente: Duração: 3 anos Grau: Licenciatura Directores de Curso: Prof.ª Doutora Maria João Bebianno

Leia mais

FFARM Faculdade de Farmácia

FFARM Faculdade de Farmácia FFARM Faculdade de Farmácia Secretaria: Prédio12 - Bloco A Fone: 3320-3512 E-mail: farmácia@pucrs.br www.pucrs.br/farmacia Departamentos: Análises Clínicas e Toxicológicas n.º 351 Desenvolvimento e Produção

Leia mais

Coffee Break 10:30hs às 11:30hs Biologia Molecular do Processo de Apoptose Prof. Dr. Roberto César Pereira Lima Júnior Departamento de Fisiologia e

Coffee Break 10:30hs às 11:30hs Biologia Molecular do Processo de Apoptose Prof. Dr. Roberto César Pereira Lima Júnior Departamento de Fisiologia e II Curso Avançado em Citogenômica do Câncer - realizado pelo Laboratório de Citogenômica do Câncer da Universidade Federal do Ceará. 20 a 23 de novembro no Seara Praia Hotel em Fortaleza - Ceará. Carga

Leia mais

FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO I BIOENERGÉTICA: CICLO DE KREBS

FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO I BIOENERGÉTICA: CICLO DE KREBS FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO I BIOENERGÉTICA: CICLO DE KREBS Ciclo de Krebs Considerações Gerais Esta denominação decorre da homenagem ao bioquímico Hans Krebs, a qual lhe valeu o Prémio Nobel de Fisiologia

Leia mais

Congresso do Desporto Desporto, Saúde e Segurança

Congresso do Desporto Desporto, Saúde e Segurança Congresso do Desporto Desporto, Saúde e Segurança Projecto Mexa-se em Bragança Organização: Pedro Miguel Queirós Pimenta Magalhães E-mail: mexaseembraganca@ipb.pt Web: http://www.mexaseembraganca.ipb.pt

Leia mais

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Centro Cultural de Belém, Lisboa, 11 de Outubro de 2006 Intervenção do Secretário

Leia mais

Objectivos Proporcionar experiências musicais ricas e diversificadas e simultaneamente alargar possibilidades de comunicação entre Pais e bebés.

Objectivos Proporcionar experiências musicais ricas e diversificadas e simultaneamente alargar possibilidades de comunicação entre Pais e bebés. O estudo do desenvolvimento musical da criança é um campo de trabalho privilegiado pela CMT, tendo em conta o perfil curricular de alguns dos seus elementos, com ligações ao meio universitário. Um pouco

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO OBJETIVOS Os cursos artísticos especializados têm como objectivos proporcionar formação artística, preparando profissionais para diferentes ramos artísticos e fomentar práticas artísticas individuais e

Leia mais

Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação Universidade do Porto. Laboratório de Psicologia Experimental

Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação Universidade do Porto. Laboratório de Psicologia Experimental Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação Universidade do Porto Laboratório de Psicologia Experimental O primeiro Laboratório de Psicologia Experimental foi fundado por Wundt, em Leipzig, na Alemanha,

Leia mais

Biofísica. Patrícia de Lima Martins

Biofísica. Patrícia de Lima Martins Biofísica Patrícia de Lima Martins 1. Conceito É uma ciência interdisciplinar que aplica as teorias, a metodologia, conhecimentos e tecnologias da Matemática, Química e Física para resolver questões da

Leia mais

ESPAÇOS HABITADOS O CORPO COMO FERRAMENTA VIVA

ESPAÇOS HABITADOS O CORPO COMO FERRAMENTA VIVA ESPAÇOS HABITADOS O CORPO COMO FERRAMENTA VIVA 19 e 20 Março 2011 10h00 > 13h00 14h30 > 17h30 Sinopse Muitos são os artistas para quem as fronteiras entre o corpo e a obra se esbatem, usando a Performance

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2010-1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2010-1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO ACESSO AO ENSINO SUPERIOR - 1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Código Código Nome do Estabelecimento Nome do Curso Grau Localidade 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas

Leia mais

Hormonas e mensageiros secundários

Hormonas e mensageiros secundários Hormonas e mensageiros secundários Interrelação entre os tecidos Comunicação entre os principais tecidos Fígado tecido adiposo hormonas sistema nervoso substratos em circulação músculo cérebro 1 Um exemplo

Leia mais

Áreas de Atribuição do Título de Especialista

Áreas de Atribuição do Título de Especialista Áreas de Atribuição do Título de Especialista Comunicação Social Gestão Estratégica das Relações Públicas Publicidade Marketing Jornalismo Comunicação Audiovisual e Multimédia Dança Dança, englobando todas

Leia mais

Folha Informativa nº 121

Folha Informativa nº 121 Folha Informativa nº 121 VISITA À FUNDAÇÃO CHAMPALIMAUD A AACDN organizou, no passado dia 14 de Junho, mais uma visita Cultural à Fundação Champalimaud. Chegámos à hora marcada: 15H00. Fomos recebidos

Leia mais

Índice: Introdução 3. Princípios Orientadores 3. Definição do projecto 4. Considerações Finais 8. Actividades a desenvolver 9.

Índice: Introdução 3. Princípios Orientadores 3. Definição do projecto 4. Considerações Finais 8. Actividades a desenvolver 9. Índice: Introdução 3 Princípios Orientadores 3 Definição do projecto 4 Objectivos a alcançar 5 Implementação do projecto 5 Recursos necessários 6 Avaliação do projecto 7 Divulgação Final do Projecto 7

Leia mais

Análise da Estrutura de Redes na Investigação Científica do CAML

Análise da Estrutura de Redes na Investigação Científica do CAML Apresentação de Resultados da 2.ª fase do Estudo Análise da Estrutura de Redes na Investigação Científica do CAML > Nuno Rodrigues APA > Sónia Barroso GAPIC Âmbito Dar continuidade ao estudo piloto sobre

Leia mais

Faculdade de Medicina- Universidade do Porto

Faculdade de Medicina- Universidade do Porto Faculdade de Medicina- Universidade do Porto A Faculdade de Medicina do Porto participou na Semana Internacional do Cérebro de 2011. À semelhança do que tem sucedido nos anos anteriores, as actividades

Leia mais

Mestrado em Conservação e Reabilitação do Edificado uma resposta à crise vivida no sector da Construção em Portugal

Mestrado em Conservação e Reabilitação do Edificado uma resposta à crise vivida no sector da Construção em Portugal INSCRIÇÕES ABERTAS NOS SERVIÇOS ACADÉMICOS!!! Mestrado em Conservação e Reabilitação do Edificado uma resposta à crise vivida no sector da Construção em Portugal Reabilitação Urbana e do Património Edificado

Leia mais

IX CONGRESSO MUNDIAL DE FARMACÊUTICOS DA APRESENTAÇÃO

IX CONGRESSO MUNDIAL DE FARMACÊUTICOS DA APRESENTAÇÃO REPÚBLICA DE ANGOLA FORMAÇÃO PRÉ-GRADUADA, PÓS-GRADUADAP E CONTÍNUA NUA EM ANGOLA Manuel Londa Vueba, Ph.D. IX CONGRESSO MUNDIAL DE FARMACÊUTICOS DA COMUNIDADE DE PAÍSES DE LÍNGUA L PORTUGUESA (CPLP) Cidade

Leia mais

Investigador português premiado nos EUA

Investigador português premiado nos EUA Investigador português premiado nos EUA DOENÇA DE CROHN O INVESTIGADOR Henrique Veiga-Femandes, que estuda o papel de células na defesa contra infeções intestinais, recebeu o prémio Sénior Research Award,

Leia mais

Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio das Ciências da Vida e Saúde. Empresas. www.ccdr-n.

Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio das Ciências da Vida e Saúde. Empresas. www.ccdr-n. Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio das Empresas www.ccdr-n.pt/norte2020 O desenvolvimento de Estratégias Regionais de Especialização Inteligente constitui

Leia mais

Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio das Ciências da Vida e Saúde SCTR. www.ccdr-n.

Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio das Ciências da Vida e Saúde SCTR. www.ccdr-n. Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio das SCTR www.ccdr-n.pt/norte2020 O desenvolvimento de Estratégias Regionais de Especialização Inteligente constitui uma

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES. DISCIPLINA: Biologia TURMAS : A/B/C ANO: 12º ANO LECTIVO 2010/2011 ACTIVIDADES ESTRATÉGIAS

ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES. DISCIPLINA: Biologia TURMAS : A/B/C ANO: 12º ANO LECTIVO 2010/2011 ACTIVIDADES ESTRATÉGIAS ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES SECUNDÁRIO DISCIPLINA: Biologia TURMAS : A/B/C ANO: 12º ANO LECTIVO 2010/2011 COMPETÊNCIAS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS ACTIVIDADES ESTRATÉGIAS AULAS PREVISTAS

Leia mais

FUNDAÇÃO MINERVA CULTURA ENSINO E INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA NOTA EXPLICATIVA

FUNDAÇÃO MINERVA CULTURA ENSINO E INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA NOTA EXPLICATIVA NOTA EXPLICATIVA DA AQUISIÇÃO DE COMPETÊNCIAS NO ÂMBITO DO 1º CICLO DE ESTUDOS DO CURSO DE LICENCIATURA/MESTRADO INTEGRADO EM ARQUITECTURA, CONDUCENTE AO GRAU DE LICENCIADO EM CIÊNCIAS DA ARQUITECTURA.

Leia mais

As empresas farmacêuticas não se importam com a DH, certo?

As empresas farmacêuticas não se importam com a DH, certo? Notícias científicas sobre a Doença de Huntington. Em linguagem simples. Escrito por cientistas. Para toda a comunidade Huntington. Entrevista: Graeme Bilbe, chefe global de Neurociências na Novartis O

Leia mais

Produção Multimédia Interactiva

Produção Multimédia Interactiva Produção Multimédia Interactiva Candidaturas 2012/13 secretaria@ipa.univ.pt http://pmi.ipa.univ.pt www.ipa.univ.pt IPA Instituto Superior Autónomo de Estudos Politécnicos No IPA prosseguimos os seguintes

Leia mais

CONTINGENTE ESPECIAL PARA PORTADORES DE DEFICIÊNCIA FÍSICA OU SENSORIAL: 2007-2011

CONTINGENTE ESPECIAL PARA PORTADORES DE DEFICIÊNCIA FÍSICA OU SENSORIAL: 2007-2011 Colocados CONCURSO NACIONAL DE ACESSO E INGRESSO NO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO CONTINGENTE ESPECIAL PARA PORTADORES DE DEFICIÊNCIA FÍSICA OU SENSORIAL: 2007-2011 Etapa 1: colocação dos candidatos às vagas

Leia mais

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Ensino Básico 2º e 3º Ciclo e Cursos Secundários Científico-Tecnológicos Resultados Escolares Ano Letivo 211/212 1. Introdução Cada jovem, rapaz ou rapariga, que escolhe

Leia mais

WWW.WEB-EMPREGO.COM. 1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO: 2010 Código Código Iniciais. (vagas adicionais)

WWW.WEB-EMPREGO.COM. 1.ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO: 2010 Código Código Iniciais. (vagas adicionais) (1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) (8) (9) (10) 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) PM 15 15 0 155,8 0 0110 8085 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo

Leia mais

MINI LABS PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO 2º CICLO 3º CICLO SECUNDÁRIO

MINI LABS PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO 2º CICLO 3º CICLO SECUNDÁRIO MINI LABS PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO 2º CICLO 3º CICLO SECUNDÁRIO Visionarium Centro de Ciência do Europarque 4520 153 Santa Maria da Feira Tel. 256 370 605/9 Fax. 256 370 608 E-mail. Info.visionarium@aeportugal.com

Leia mais

Reabilitação Térmica de Edifícios Correcção de pontes térmicas com argamassas com granulado de cortiça

Reabilitação Térmica de Edifícios Correcção de pontes térmicas com argamassas com granulado de cortiça Reabilitação Térmica de Edifícios Correcção de pontes térmicas com argamassas com granulado de cortiça ESTBarreiro- Escola Superior de Tecnologia do Barreiro Moita, 2013 ANA ARMADA BRÁS PEDRO MARQUES Qual

Leia mais

ATIVIDADE FÍSICA, ADAPTAÇÃO E SAÚDE. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior

ATIVIDADE FÍSICA, ADAPTAÇÃO E SAÚDE. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior ATIVIDADE FÍSICA, ADAPTAÇÃO E SAÚDE Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior A quebra do Equilíbrio Durante a atividade física ocorre uma quebra do equilíbrio homeostático; O organismo tenta se adaptar

Leia mais

Edital n 37/2011 Concurso Público para Provimento de Cargos de Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. Anexo I Cargos e Vagas

Edital n 37/2011 Concurso Público para Provimento de Cargos de Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. Anexo I Cargos e Vagas MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MÉDIA E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Edital n 37/2011 Concurso Público para Provimento de Cargos de Professor

Leia mais

BIOLOGIA MOLECULAR APLICADA AO ESTUDO DE DOENÇAS

BIOLOGIA MOLECULAR APLICADA AO ESTUDO DE DOENÇAS ! Universidade Federal de Pernambuco Centro de Ciências da Saúde Departamento de Patologia Laboratório de Imunopatologia Keizo Asami Prof. Dr. Lucas Brandão BIOLOGIA MOLECULAR APLICADA AO ESTUDO DE DOENÇAS

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO DA FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS 2004

RELATÓRIO DE GESTÃO DA FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS 2004 RELATÓRIO DE GESTÃO DA FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS 2004 1. Apreciação Global A existência de um Contrato de Desenvolvimento para a Medicina, celebrado entre a UNL e o Governo, em Dezembro de 2001, permitiu

Leia mais

I Prémio Jovens Talentos. Regulamento

I Prémio Jovens Talentos. Regulamento 1 I Prémio Jovens Talentos Regulamento 1. Introdução O presente concurso tem como objectivo estimular o aparecimento e divulgação de novos talentos, no domínio cultural e artístico, dos jovens Bracarenses

Leia mais

Em seguida, prestam-se breves esclarecimentos sobre algumas questões frequentes sobre o acordo mencionado acima:

Em seguida, prestam-se breves esclarecimentos sobre algumas questões frequentes sobre o acordo mencionado acima: Acordo Ibérico entre Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (CESPU) e Universidade Alfonso X El Sabio de Madrid permite o ingresso de alunos licenciados em Ciências Biomédicas pela

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MEDICINA - BACHARELADO

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MEDICINA - BACHARELADO UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MEDICINA - BACHARELADO EMENTAS DISCIPLINAS MATRIZ 3 1º AO 3º PERÍODO 1 º Período C.H. Teórica: 90 C.H. Prática: 90 C.H. Total: 180 Créditos: 10

Leia mais

O que é o concurso EUemPT?

O que é o concurso EUemPT? O que é o concurso EUemPT? O concurso EUemPT, uma atividade educativa sobre a UE, é uma iniciativa da Comissão Europeia, promovida pelo Centro de Informação Europeia Jacques Delors, concebida e implementada

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Edital Nº 7/205 ANEXO II QUADRO DE VAGAS CAMPUS SIGLA ÁREA PERFIL TOTAL ARRAIAL DO CABO CAC Geografia Licenciatura em Geografia. Análise Instrumental Química Industrial ou Engenharia Química ou Farmácia

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO PSICÓLOGA ÁUREA SANTOS OBJECTIVOS Os cursos artísticos especializados têm como objectivos proporcionar formação artística, preparando profissionais para diferentes ramos artísticos e fomentar práticas

Leia mais

Área Científica: Área Científica Genérica: Biotecnologia Área Científica Especifica: Engenharia Biológica.

Área Científica: Área Científica Genérica: Biotecnologia Área Científica Especifica: Engenharia Biológica. Associação da Faculdade de Farmácia para a Investigação e Desenvolvimento Anúncio para atribuição de uma Bolsa de Investigação (BI) para mestre no âmbito do projeto EXPL/DTP-FTO/0308/2013 Doutora Matilde

Leia mais

Escola Secundária de Valongo PROFESSORAS: DINORA MOURA ISABEL MACHADO PIMENTA

Escola Secundária de Valongo PROFESSORAS: DINORA MOURA ISABEL MACHADO PIMENTA Escola Secundária de Valongo PROFESSORAS: DINORA MOURA ISABEL MACHADO PIMENTA 1º PERÍODO TEMAS / CONTEÚDOS COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS O ALUNO DEVERÁ SER CAPAZ DE: BLOCOS (90 min) ALGUMAS SUGESTÕES DE EXPERIÊNCIAS

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Edital Nº 7/205 ANEXO II QUADRO DE VAGAS (RETIFICADO) CAMPUS SIGLA ÁREA PERFIL TOTAL ARRAIAL DO CABO DUQUE DE CAXIAS CAC Geografia Análise Instrumental Biologia Geral/ Bioquímica / Processos Bioquímicos

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA INOV-ART NOS TERMOS DA PORTARIA N.º 1103/2008 DE 2 DE OUTUBRO

REGULAMENTO DO PROGRAMA INOV-ART NOS TERMOS DA PORTARIA N.º 1103/2008 DE 2 DE OUTUBRO REGULAMENTO DO PROGRAMA INOV-ART NOS TERMOS DA PORTARIA N.º 1103/2008 DE 2 DE OUTUBRO CAPÍTULO I Disposições gerais Artigo 1.º- Âmbito de aplicação O presente Regulamento aplica -se à medida INOV-Art -

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Maria Manuel Duarte Guimarães Vidal

CURRICULUM VITAE. Maria Manuel Duarte Guimarães Vidal CURRICULUM VITAE Maria Manuel Duarte Guimarães Vidal Albergaria-a-Velha, Fevereiro de 2015 INFORMAÇÃO PESSOAL Nome: Maria Manuel Duarte Guimarães Vidal Correio electrónico: tf.mmvidal@gmail.com EXPERIÊNCIA

Leia mais

Agrupamento de Escolas Dr. Vieira de Carvalho SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO

Agrupamento de Escolas Dr. Vieira de Carvalho SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO OBJECTIVOS Os cursos artísticos especializados têm como objectivos proporcionar formação artística, preparando profissionais para diferentes ramos artísticos e fomentar práticas artísticas individuais

Leia mais

CURSO NATUROPATIA NATUROLOGIA

CURSO NATUROPATIA NATUROLOGIA 1. Área de formação Saúde (729) 2. Itinerário de Qualificação Naturopata - Naturologista 3. Modalidade da formação Qualificação Inicial e Profissional 4. Saída profissional Naturopata - Naturologista 5.

Leia mais

CEF/0910/28031 Relatório preliminar da CAE (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento

CEF/0910/28031 Relatório preliminar da CAE (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento CEF/0910/28031 Relatório preliminar da CAE (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.9 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora:

Leia mais

REGULAMENTO DA INCUBADORA DO TAGUSPARK

REGULAMENTO DA INCUBADORA DO TAGUSPARK REGULAMENTO DA INCUBADORA DO TAGUSPARK Data: Outubro de 2013 PARTE I Aspectos Gerais Artigo 1º (Âmbito) No presente regulamento definem-se os procedimentos de funcionamento da Incubadora do Taguspark,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL Instituto de Ciências da Arte Universidade Federal do Pará Secretaria do Instituto de Ciências da Arte da UFPA, Av. Presidente Vargas Praça da Republica, n : s/n, Bairro: Campina, CEP: 66017060, Belém

Leia mais

INOVAR com SUSTENTABILIDADE ENERGIA IBERO-AMERICANA 2050

INOVAR com SUSTENTABILIDADE ENERGIA IBERO-AMERICANA 2050 INOVAR com SUSTENTABILIDADE ENERGIA IBERO-AMERICANA 2050 Lisboa, 26 de Novembro 2009 1. EFICIÊNCIA ENERGÉTICA 2. MOBILIDADE SUSTENTÁVEL 3. EXPLORAÇÃO & PRODUÇÃO 4. DOUTORAMENTO EM MEIO EMPRESARIAL 5. OPEN

Leia mais

ARTIGO TÉCNICO. Os objectivos do Projecto passam por:

ARTIGO TÉCNICO. Os objectivos do Projecto passam por: A metodologia do Projecto SMART MED PARKS ARTIGO TÉCNICO O Projecto SMART MED PARKS teve o seu início em Fevereiro de 2013, com o objetivo de facultar uma ferramenta analítica de confiança para apoiar

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE BIOMEDICINA. Matriz Curricular vigente a partir de 2012/1

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE BIOMEDICINA. Matriz Curricular vigente a partir de 2012/1 CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE BIOMEDICINA Matriz Curricular vigente a partir de 2012/1 Fase Cod. Disciplina P.R Carga Horária Teórica Prática

Leia mais

CURSO ESTRATÉGIAS TERAPÊUTICAS PARA AS DOENÇAS DA ALMA.

CURSO ESTRATÉGIAS TERAPÊUTICAS PARA AS DOENÇAS DA ALMA. CURSO ESTRATÉGIAS TERAPÊUTICAS PARA AS DOENÇAS DA ALMA. JUSTIFICATIVA Apesar dos avanços tecnológicos e o aperfeiçoamento dos métodos especializados e modernos da prática médica tradicional, fica cada

Leia mais

Ciência na Cidade de Guimarãeswww.ciencianacidade.com

Ciência na Cidade de Guimarãeswww.ciencianacidade.com Ciência na Cidade de Guimarãeswww.ciencianacidade.com Cidade de Guimarães Faixas Etárias do Concelho 65 ou mais 24-64 anos 15-24 anos 0-14 anos 0 20000 40000 60000 80000 100000 População do Concelho 159.576

Leia mais

ANEXO I DEMOSTRATIVO DE VAGAS POR CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO, PERFIL, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO. N O. DE VAGAS POR PERFIL PERFIL

ANEXO I DEMOSTRATIVO DE VAGAS POR CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO, PERFIL, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO. N O. DE VAGAS POR PERFIL PERFIL ANEXO I DEMOSTRATIVO DE CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO,, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO. CARGO: TECNOLOGISTA JUNIOR Cód. ÁREA DE ATUAÇÃO N O DE ÁREA 32 Arquitetura 12 Conservação e restauração de conjuntos

Leia mais

Plano de aula incluindo recursos multimédia de Química

Plano de aula incluindo recursos multimédia de Química Grupo de Multimédia, Ensino e Fronteiras da Química Centro de Investigação em Química da Universidade do Porto CIQ (U.P.) Plano de aula incluindo recursos multimédia de Química Título: Camada de ozono

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DA BAHIA UFOB ANEXO I QUADRO GERAL DE VAGAS POR CAMPUS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DA BAHIA UFOB ANEXO I QUADRO GERAL DE VAGAS POR CAMPUS UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DA BAHIA UFOB ANEXO I QUADRO GERAL DE VAGAS POR CAMPUS CAMPUS BARRA Área do Conhecimento: Entomologia Agrícola Titulação: Graduação em Agronomia e doutorado em Entomologia

Leia mais

Será que doses elevadas de creatina "atrasam o início clínico" da doença de Huntington? Porquê a creatina?

Será que doses elevadas de creatina atrasam o início clínico da doença de Huntington? Porquê a creatina? Notícias científicas sobre a Doença de Huntington. Em linguagem simples. Escrito por cientistas. Para toda a comunidade Huntington. Será que doses elevadas de creatina "atrasam o início clínico" da doença

Leia mais

Objectivos gerais do ciclo de estudos:

Objectivos gerais do ciclo de estudos: Informações Gerais e Oferta Formativa de Cursos Avançados 1º Edição (2015-2019) Programa de Doutoramento em Ciências Biológicas Aplicadas à Saúde PhD program in Biological Sciences Applied to Health Objectivos

Leia mais

20-09-2009. doença do CNS mediada pelo Sistema Imunitário.

20-09-2009. doença do CNS mediada pelo Sistema Imunitário. Cândida Elsa Frias Mendes Orientador: Manuela Grazina Instituto de Bioquímica e Centro de Neurociências e Biologia Celular Faculdade de Medicina de Coimbra, Pólo III Subunidade I de Ensino doença do CNS

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA INDIVIDUAL PARA BOLSAS DE DOUTORAMENTO EM EMPRESAS (BDE)*

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA INDIVIDUAL PARA BOLSAS DE DOUTORAMENTO EM EMPRESAS (BDE)* FORMULÁRIO DE CANDIDATURA INDIVIDUAL PARA BOLSAS DE DOUTORAMENTO EM EMPRESAS (BDE)* Bolsa / / Reservado aos Serviços A preencher pelo candidato Nome completo: Domínio científico principal (indicar apenas

Leia mais

LÍDER NO DESENVOLVIMENTO DA CRIOPRESERVAÇÃO. Garantir o futuro do seu filho com SEGURANÇA e INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

LÍDER NO DESENVOLVIMENTO DA CRIOPRESERVAÇÃO. Garantir o futuro do seu filho com SEGURANÇA e INOVAÇÃO TECNOLÓGICA LÍDER NO DESENVOLVIMENTO DA CRIOPRESERVAÇÃO Garantir o futuro do seu filho com SEGURANÇA e INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Apresentação de um serviço único na Europa na área da Biotecnologia Clínica As células estaminais

Leia mais

Auto-avaliação da Licenciatura em Gestão e Administração Hoteleira

Auto-avaliação da Licenciatura em Gestão e Administração Hoteleira Auto-avaliação da Licenciatura em Gestão e Administração Hoteleira Relatório Resumo Junho de 2012 Índice 1. Objectivo... 3 2. Enquadramento... 3 3. Trabalho realizado... 3 4. Dados síntese da Licenciatura

Leia mais

curriculum vitae www.sandrabaptista.net * design@sandrabaptista.net

curriculum vitae www.sandrabaptista.net * design@sandrabaptista.net curriculum vitae www.sandrabaptista.net * design@sandrabaptista.net informação pessoal nome Sandra Isabel Dias Baptista data de nascimento 13.09.1976 nacionalidade portuguesa contacto telefónico 961 297

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ORTOPEDIA MULTIDISCIPLINAR Unidade Dias

Leia mais

FICHA DE TRABALHO Nº2. Nome: Turma: Nº: Domínio de Referência 2 Contexto Profissional Equipamentos Profissionais

FICHA DE TRABALHO Nº2. Nome: Turma: Nº: Domínio de Referência 2 Contexto Profissional Equipamentos Profissionais ESCOLA SECUNDÁRIA COM 2º E 3º CICLOS ANSELMO DE ANDRADE Curso de Educação e Formação de Adultos (nível secundário) FICHA DE TRABALHO Nº2 Área: Sociedade, Tecnologia e Ciência NÚCLEO GERADOR 1: EQUIPAMENTOS

Leia mais

Programa Ciência sem Fronteiras (Portugal) Ofertas formativas de Graduação para o ano letivo 2013/14

Programa Ciência sem Fronteiras (Portugal) Ofertas formativas de Graduação para o ano letivo 2013/14 Programa Ciência sem Fronteiras (Portugal) Ofertas formativas de Graduação para o ano letivo 2013/14 (Atualizado a 11.01.2013) Universidade dos Açores Universidade do Algarve Ciências Agrárias Ciências

Leia mais

Departamento de Ciências e Tecnologias

Departamento de Ciências e Tecnologias Futuro Departamento de Ciências e Tecnologias Licenciatura em Engenharia Informática Missão Dotar os alunos de uma sólida formação teórica e experimental que garanta aos futuros licenciados a capacidade

Leia mais

Curso de Técnico Auxiliar de Saúde (Auxiliar de Ação Médica)

Curso de Técnico Auxiliar de Saúde (Auxiliar de Ação Médica) Curso de Técnico Auxiliar de Saúde (Auxiliar de Ação Médica) Área de Formação: 729. Serviços de Saúde O Técnico Auxiliar de Saúde, vulgarmente designado por Auxiliar de Ação Médica, é o profissional capacitado

Leia mais