PROJECTO. Portal Português de Ciência e Cultura Científica. Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROJECTO. Portal Português de Ciência e Cultura Científica. www.mocho.pt. Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra"

Transcrição

1 Portal Português de Ciência e Cultura Científica Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra Relatório de Circunstância/ Síntese Coimbra, 10 de Março de 2005

2 Nota inicial O presente relatório surge um pouco antecipadamente a fim de manifestar que o projecto está em clara execução e progresso, não obstante a não apresentação até agora de documentos de despesa. Os atrasos processuais com as questões financeiras não estão, felizmente, a bloquear as tarefas previstas devido à boa vontade e colaboração de prestadores de serviços e empresas que estão a avançar com iniciativas antes dos pagamentos. Listamos de seguida as iniciativas já em curso ou concluídas bem como as previsões para as actividades até final de A - Página de coordenação do projecto Iniciámos e concluímos a página web que suportará todas as iniciativas associadas ao projecto MOCHO Banda larga. À medida que as sub-áreas vão sendo concluídas, colocam-se links directos para a página principal do Mocho, em A página de alojamento do projecto estará, para já só para visualização restrita, em B - Iniciámos também o esqueleto do ecrã para suporte de vídeos, simulações e textos de acompanhamento. Esta estrutura servirá a vários itens do projecto. 2

3 C - Seguem-se os print-screens e algumas descrições das zonas do projecto já com alguma actividade: Ambiente para resolução conjunta de problemas Fornecer ambientes de aprendizagem no qual os intervenientes, mesmo em sítios afastados, possam individualmente ou em grupo, resolver problemas devidamente escolhidos. Em particular, valorizar-se-á todo um conjunto de materiais acumulados em competições juvenis como as olimpíadas nacionais e internacionais de matemática, física e química. Estão feitas as ligações às Olimpíadas de Física, Química e Matemática mas pretendemos colocar mais conteúdos de Olimpíadas no nosso próprio servidor. 3

4 1.5 - Testes e Quizzes Criar conteúdos que ajudem os alunos a preparar-se melhor para provas, nomeadamente as provas nacionais de ciências. Incluir-se-ão testes, quizzes e similares, que possibilitem processos de auto-avaliação. Aqui avançou-se mais um pouco e, no caso da Física, estão disponíveis variados exames no formato de quizzes: Ferramentas interactivas de comunicação Desenvolver e adaptar ferramentas inovadoras que possibilitem um maior interactividade entre várias utentes da Internet (para o efeito há que utilizar investigações recentes de especialistas nacionais e internacionais). Estão já em curso muitos cursos em funcionamento e o projecto CE ( na Comunidade Escolar) está também em bom andamento. 4

5 2.7 - Hiperlivro Digital Disponibilizar um protótipo de hiperlivro digital, uma aplicação que foi desenvolvida para funcionar como organizador e editor de documentos relativos ao ensino e aprendizagem de diversas áreas do conhecimento. Esta ferramenta integrará um fórum que incentive atitudes e práticas colaborativas. Este projecto está em fase bastante avançada do ponto de vista da concepção sendo os trabalhos seguintes relacionados com o incentivo à utilização e avaliação. 5

6 3.1 - Experiências simples de Ciências Fornecer um conjunto de demonstrações em vídeo, mostrando experiências simples de ciência, que sejam passíveis de realização num ambiente doméstico. As experiências seleccionadas estão organizadas faltando apenas as filmagens vídeos Recursos da Internet para os pais Recolher, avaliar, organizar e traduzir para português (quando for caso disso) recursos já existentes na Internet sobre vários temas científicos que possam ajudar os pais a responder a muitos dos porquês dos seus filhos. Fizemos algum investimento na concepção de TIPS (Teachers Involve Parents in Schoolwork) 6

7 4.1 - Revistas das sociedades científicas A afixação na Web de versões digitais o mais completas possíveis, e contendo facilidades de busca, de revistas das sociedades científicas portuguesas ( Boletim da SPM, Gazeta de Matemática, Gazeta de Física e Boletim da SPQ ). Capitalizámos algum trabalho feito nas áreas de Física, Química e Matemática, estando a preparar mais um avanço no Boletim da Sociedade Portuguesa de Matemática Divulgação cientifica A disponibilização on-line de artigos de divulgação cientifica de conhecidos especialistas portugueses, nomeadamente os Profs. Nuno Crato e Carlos Fiolhais, etc. Alguns artigos estão a ser recolhidos. Pretendemos também associar algumas filmagens de conferências interessantes, algumas das quais já filmadas. 7

8 Apresentamos, seguidamente, de forma sucinta, a previsão das actividades a desenvolver até final de Em relação ao projecto inicial, como seria de esperar, há alguns ajustes de calendário: Alunos Descrição Síntese de tarefas com provável desenvolvimento até final de Fornecer 6 aulas de Ciências em vídeo. Preparação da estrutura de recepção das aulas (filmagem provável em 2006) 1.2 Criar laboratório de acesso remoto para o Ensino das Ciências (interface para os alunos) (ligação tarefa Criar e adaptar aplicações interactivas de comunicação para alunos (ligação tarefa 2.4) Experiências preliminares de teste com Web câmaras associadas a experiências de física e química. Continuação dos trabalhos já desenvolvidos. 1.4 Criar ambiente para resolução conjunta de problemas (disponibilizar material das olimpíadas de Física, matemática) 1.5 Criar testes e quizzes de apoio aos exames nacionais de 12º ano Professores 2.1 Enriquecer plataforma com vídeo em tempo real (Com sugestões de actividades para os professores) 2.2 Criar laboratório de acesso remoto para o ensino das ciências (novos programas de FQ Ens. Sec.) (ligação tarefa 1.2) 2.3. Vídeos com demonstrações laboratoriais (6), vídeo-streaming, e guias de exploração 2.4. Desenvolver e adaptar ferramentas interactivas de comunicação (ligação tarefa 1.3) 2.5. Física quântica hoje realidade virtual. Guia de apoio on-line 2.6 Protótipo de páginas de gestão pessoal e profissional 2.7 Criação e disponibilização de um Hiperlivro Digital Optimização dos recursos em servidor local. Testes em formato quizzes das Olimpíadas existentes. Extensão aos exames de Química. Filmagens das experiências. Experiências preliminares de teste com Web câmaras associadas a experiências de física e química. Construção de alguns textos de apoio. Filmagens. Desenvolvimento dos cursos no Moodle. Início de actividades usando o Teleduc. Água virtual on line. Versão beta em final de 2005 (generalização em 2006). Divulgação e avaliação de algumas experiências concretas. Pais 3.1 Realizar e disponibilizar em vídeo 6 experiências simples de Ciências 3.2 Criar versão do currículo de Ciências do Ensino Básico para os pais 3.3 Publicar artigos que ajudem os pais a apoiar os seus filhos no estudo das Ciências 3.4 Recolher e organizar recursos da Internet para os pais 3.5 Criar espaço de esclarecimento de dúvidas (fórum) Público 4.1 Afixar na Web versões completas das Preparação do guião das experiências. Preparação dos primeiros materiais. Esboço de alguns documentos. Procura (e disponibilização) na Web de materiais válidos já existentes. Criação da área O Mocho responde no portal Completar com Boletim da SPM e começar o trabalho com revistas antigas da Sociedade Portuguesa de Química. revistas das sociedades cientificas 4.2 Divulgação cientifica para todos Disponibilização de artigos de divulgação científica de Física, Química e Matemática. 8

9 4.3 Criar um espaço de colaboração com editoras e com o Museu Nacional da Ciência e da Técnica Contactos com as editoras e Museu Nacional da Ciência e da Técnica. Criação dos primeiros materiais. 9

10 Pelo exposto se conclui que a actividade do projecto se está a desenvolver e continuará a bom ritmo no presente ano, esperando-se a todo o momento que haja lugar aos procedimentos financeiros. Coimbra, 10 de Março de 2005 O Responsável do Projecto Prof. Doutor Carlos Fiolhais (Responsável pelo Projecto) O Director do Centro de Física Computacional Prof. Doutor Manuel Fiolhais 10

@BANDA.LARGA PROJECTO. Relatório nº1. Portal Português de Ciência e Cultura Científica. www.mocho.pt

@BANDA.LARGA PROJECTO. Relatório nº1. Portal Português de Ciência e Cultura Científica. www.mocho.pt PROJECTO @BANDA.LARGA Portal Português de Ciência e Cultura Científica www.mocho.pt Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra Relatório nº1 Coimbra, 08 de Dezembro de 2005 ÍNDICE NOTA

Leia mais

3 A plataforma Moodle do Centro de Competência Softciências

3 A plataforma Moodle do Centro de Competência Softciências 3 A plataforma Moodle do Centro de Competência Softciências Dar a cana para ensinar a pescar (adágio popular) 3.1 O Centro de Competência O Centro de Competência Softciências, instituição activa desde

Leia mais

Guia de Websites para a Administração Pública

Guia de Websites para a Administração Pública Guia de Websites para a Administração Pública Portugal precisa de um desafio de exigência e de conhecimento que nos eleve aos níveis de competência e de produtividade dos países mais desenvolvidos, de

Leia mais

CONCURSO ESCOLAS DA NOVA GERAÇÃO REGULAMENTO

CONCURSO ESCOLAS DA NOVA GERAÇÃO REGULAMENTO CONCURSO ESCOLAS DA NOVA GERAÇÃO REGULAMENTO Enquadramento geral Um dos principais desafios que se colocam à sociedade portuguesa é o do desenvolvimento de uma Sociedade de Informação, voltada para o uso

Leia mais

Realizador por: Prof. José Santos

Realizador por: Prof. José Santos Realizador por: Prof. José Santos Objectivo Este guia tem como objectivo fornecer aos Encarregados de Educação uma breve explicação sobre o funcionamento da Plataforma de Aprendizagem Moodle do Colégio

Leia mais

Apresentação do MOODLE. Educação do século XXI

Apresentação do MOODLE. Educação do século XXI Apresentação do MOODLE Educação do século XXI Software social e e-learning Talvez seja o momento de fazer algo nas suas disciplinas! O que pretende do seu sistema de aprendizagem on-line? Fácil criação

Leia mais

RELATÓRIO DE ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS

RELATÓRIO DE ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS RELATÓRIO DE ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS LABORATÓRIO DE GESTÃO DE PROJECTO Carlos Frias Manuel Seixas Sérgio Junior FACULDADE DE ENGENHARIA UNIVERSIDADE DO PORTO 22 Março 2013 Filipe Mota Manuel Melo Tiago

Leia mais

Manual do Utilizador Aluno

Manual do Utilizador Aluno Manual do Utilizador Aluno Escola Virtual Morada: Rua da Restauração, 365 4099-023 Porto PORTUGAL Serviço de Apoio ao Cliente: Telefone: (+351) 707 50 52 02 Fax: (+351) 22 608 83 65 Serviço Comercial:

Leia mais

Helpdesk - Um Mensageiro Escolar

Helpdesk - Um Mensageiro Escolar Helpdesk - Um Mensageiro Escolar Aquiles Boiça 1, João Paiva, 2 1 Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (Portugal), boica@prof2000.pt http://portal-escolar.com 2 Centro de Física Computacional

Leia mais

Índice. Enquadramento do curso 3 Estrutura Programática 4. Primeiros passos com o e-best Learning 6. Actividades e Recursos 11

Índice. Enquadramento do curso 3 Estrutura Programática 4. Primeiros passos com o e-best Learning 6. Actividades e Recursos 11 Índice Parte 1 - Introdução 2 Enquadramento do curso 3 Estrutura Programática 4 Parte 2 Desenvolvimento 5 Primeiros passos com o e-best Learning 6 Como aceder à plataforma e-best Learning?... 6 Depois

Leia mais

Projectar o Algarve no Futuro

Projectar o Algarve no Futuro Projectar o Algarve no Futuro Os Novos Desafios do Algarve Região Digital paulo.bernardo@globalgarve.pt 25 Maio 2007 Auditório Portimão Arena Um mundo em profunda mudança O Mundo enfrenta hoje um processo

Leia mais

Guião para as ferramentas etwinning

Guião para as ferramentas etwinning Guião para as ferramentas etwinning Registo em etwinning Primeiro passo: Dados de quem regista Segundo passo: Preferências de geminação Terceiro passo: Dados da escola Quarto passo: Perfil da escola Ferramenta

Leia mais

Plano de Projecto Multimédia

Plano de Projecto Multimédia Plano de Projecto Multimédia Equipa: (nomes dos elementos e emails respectivos) Vitor Manuel Gonçalves vg@ipb.pt Armindo Dias armindo.dias@dhvmc.pt Definição de objectivos: (indique os objectivos principais

Leia mais

ued - unidade de ensino a distância instituto politécnico de leiria BlackBoard - Moodle Guia rápido

ued - unidade de ensino a distância instituto politécnico de leiria BlackBoard - Moodle Guia rápido ued - unidade de ensino a distância instituto politécnico de leiria BlackBoard - Guia rápido ued - unidade de ensino a distância instituto politécnico de leiria Unidade de Ensino a Distância Equipa Guia

Leia mais

PHC TeamControl CS. A gestão de equipas e de departamentos

PHC TeamControl CS. A gestão de equipas e de departamentos PHC TeamControl CS A gestão de equipas e de departamentos A solução que permite concretizar projetos no tempo previsto e nos valores orçamentados contemplando: planeamento; gestão; coordenação; colaboração

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE AMBIENTES VIRTUAIS PARA O ENSINO DA FÍSICA

DESENVOLVIMENTO DE AMBIENTES VIRTUAIS PARA O ENSINO DA FÍSICA DESENVOLVIMENTO DE AMBIENTES VIRTUAIS PARA O ENSINO DA FÍSICA TRINDADE, Jorge Fonseca Escola Superior de Tecnologia e Gestão Instituto Politécnico da Guarda Guarda, Portugal FIOLHAIS, Carlos Departamento

Leia mais

Os Investigadores da Universidade de Coimbra e as plataformas

Os Investigadores da Universidade de Coimbra e as plataformas Os Investigadores da Universidade de Coimbra e as plataformas & 1 Índice 2 Introdução...3 3 A Plataforma de Curricula DeGóis...3 3.1 É utilizada porque...3 3.2 Com a utilização do DeGóis ganho...4 3.1

Leia mais

Enunciado de apresentação do projecto

Enunciado de apresentação do projecto Engenharia de Software Sistemas Distribuídos 2 o Semestre de 2009/2010 Enunciado de apresentação do projecto FEARSe Índice 1 Introdução... 2 2 Cenário de Enquadramento... 2 2.1 Requisitos funcionais...

Leia mais

CRIE > Iniciativa Escolas, Professores e Computadores Portáteis

CRIE > Iniciativa Escolas, Professores e Computadores Portáteis CRIE > Iniciativa Escolas, Professores e Computadores Portáteis Resumo do projecto Com a candidatura a este projecto, e envolvendo todos os departamentos, alunos e encarregados de educação, a nossa escola

Leia mais

Website disponível em: Nome de Utilizador: aluno@aluno.pt. Palavra-chave: *aluno*

Website disponível em: Nome de Utilizador: aluno@aluno.pt. Palavra-chave: *aluno* Website disponível em: http://formar.tecminho.uminho.pt/moodle/course/view.php?id=69 Nome de Utilizador: aluno@aluno.pt Palavra-chave: *aluno* Associação Universidade Empresa para o Desenvolvimento Web

Leia mais

WORKSHOPS. CONTEÚDOS E PÚBLICO-ALVO.

WORKSHOPS. CONTEÚDOS E PÚBLICO-ALVO. WORKSHOPS. CONTEÚDOS E PÚBLICO-ALVO. Workshop 1 Web 2.0 na educação (dinamizado por Fernando Delgado EB23 D. Afonso III) Os serviços da Web 2.0 têm um enorme potencial para a educação, pois possibilitam

Leia mais

Uma ferramenta de apoio à reflexão continuada

Uma ferramenta de apoio à reflexão continuada portefólio Uma ferramenta de apoio à reflexão continuada Destinado a professores Aqui encontrará um conjunto de sugestões de trabalho para a utilização da metodologia dos portefólios no apoio ao desenvolvimento

Leia mais

PORTAL EJ@ (www.educacao.org.br/eja)

PORTAL EJ@ (www.educacao.org.br/eja) 1 Videoconferência PORTAL EJ@ (www.educacao.org.br/eja) Setor de Educação de Jovens e Adultos 20/08/2009 Agenda 2 Por que um portal da EJA? Modalidade EAD e integração Portal, SIAE EJA/EAD e Banco de Itens

Leia mais

Programa de Capacitação em Gestão de Projetos e Empreendimentos Criativos Regulamento Etapa 2

Programa de Capacitação em Gestão de Projetos e Empreendimentos Criativos Regulamento Etapa 2 Programa de Capacitação em Gestão de Projetos e Empreendimentos Criativos Etapa 2 1. Apresentação 1.1 O Programa de Capacitação em Projetos e Empreendimentos Criativos é uma iniciativa do Ministério da

Leia mais

3. DESCRIÇÃO DO PROTÓTIPO

3. DESCRIÇÃO DO PROTÓTIPO 3. DESCRIÇÃO DO PROTÓTIPO O computador pode e deve apoiar o ensino, não só na produção de imagens estereoscópicas como também na sua divulgação. O site sobre estereoscopia foi desenvolvido tendo como objectivo

Leia mais

SIMPLEX AUTARQUICO DO VALE DO MINHO

SIMPLEX AUTARQUICO DO VALE DO MINHO SIMPLEX AUTARQUICO DO VALE DO MINHO 2009 2010 MEDIDAS INTERSECTORIAIS: LICENÇAS, AUTORIZAÇÕES PRÉVIAS E OUTROS CONDICIONAMENTOS ADMINISTR ATIVOS SIMILARES Identificar e inventariar todas as licenças, autorizações

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE MULTIMÉDIA. PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Multimédia Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/5

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE MULTIMÉDIA. PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Multimédia Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/5 PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE MULTIMÉDIA PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Multimédia Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/5 ÁREA DE ACTIVIDADE OBJECTIVO GLOBAL - AUDIOVISUAIS E PRODUÇÃO DOS

Leia mais

Comissão Interministerial para a Sociedade da Informação

Comissão Interministerial para a Sociedade da Informação Comissão Interministerial para a Sociedade da Informação ANEXO AO CADERNO DE ENCARGOS MÉTODO DE AVALIAÇÃO DOS WEB SITES DA ADMINISTRAÇÃO DIRECTA E INDIRECTA DO ESTADO Documento disponível em www.si.mct.pt

Leia mais

EDUTec Learning. José Paulo Ferreira Lousado

EDUTec Learning. José Paulo Ferreira Lousado EDUTec Learning MANUAL DO UTILIZADOR José Paulo Ferreira Lousado Índice Página Principal... ii Página de Desenvolvimento de Conteúdos... iii Página de Comunicações...iv Página de Transferência de Ficheiros...vi

Leia mais

ROUTER BANDA LARGA SEM FIOS 11N 300MBPS

ROUTER BANDA LARGA SEM FIOS 11N 300MBPS ROUTER BANDA LARGA SEM FIOS 11N 300MBPS Manual de Instalação Rápida DN-70591 INTRODUÇÃO DN-70591 é um dispositivo conjunto de rede com fios/sem fios destinado especificamente para as necessidades de pequenas

Leia mais

Departamento de Ciências e Tecnologias

Departamento de Ciências e Tecnologias Futuro Departamento de Ciências e Tecnologias Licenciatura em Engenharia Informática Missão Dotar os alunos de uma sólida formação teórica e experimental que garanta aos futuros licenciados a capacidade

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE A EQUIPA DO PTE 2009/2010 Índice 1. Entrar na plataforma Moodle 3 2. Editar o Perfil 3 3. Configurar disciplina 4 3.1. Alterar definições 4 3.2. Inscrever alunos

Leia mais

FEUP 2006/2007 Mestrado em Tecnologias Multimédia Doc. Apresentação V0

FEUP 2006/2007 Mestrado em Tecnologias Multimédia Doc. Apresentação V0 FEUP 2006/2007 Mestrado em Tecnologias Multimédia Doc. Apresentação V0 TÍTULO: Animatic - Marionetas Digitais Interactivas ORIENTADORES: Professor Doutor Aníbal Ferreira Professor Doutor Rui Torres ALUNO:

Leia mais

O Recurso a Meios Digitais no Contexto do Ensino Superior. Um Estudo de Uso da Plataforma.

O Recurso a Meios Digitais no Contexto do Ensino Superior. Um Estudo de Uso da Plataforma. O Recurso a Meios Digitais no Contexto do Ensino Superior. Um Estudo de Uso da Plataforma. Universidade de Aveiro Mestrado em Gestão da Informação Christelle Soigné Palavras-chave Ensino superior. e-learning.

Leia mais

7 Conclusões. 7.1 Retrospectiva do trabalho desenvolvido. Capítulo VII

7 Conclusões. 7.1 Retrospectiva do trabalho desenvolvido. Capítulo VII Capítulo VII 7 Conclusões Este capítulo tem como propósito apresentar, por um lado, uma retrospectiva do trabalho desenvolvido e, por outro, perspectivar o trabalho futuro com vista a implementar um conjunto

Leia mais

EasyNews, um projecto!

EasyNews, um projecto! EasyNews, um projecto! >Francisco Vitor Gomes Salvador Capitão Art Introdução O presente artigo foi elaborado com o intuito de dar a conhecer o trabalho desenvolvido no âmbito da Unidade Curricular de

Leia mais

Índice. Introdução... 3 Conhecendo Ambiente de estudo... 4

Índice. Introdução... 3 Conhecendo Ambiente de estudo... 4 Página 1 Índice Introdução... 3 Conhecendo Ambiente de estudo... 4 O QUE É EDUCAÇÃO A DISTANCIA (EAD)?... 4 O que é necessário para estudar em ead?... 4 Quais são as vantagens de estudar a distância?...

Leia mais

GUIA PEDAGÓGICO. Introdução

GUIA PEDAGÓGICO. Introdução GUIA PEDAGÓGICO Introdução O objectivo deste documento é ser um condutor para os formandos que frequentam os cursos em elearning ministrados através da plataforma NetForma. Os cursos serão sempre orientados

Leia mais

Guia de Acesso à Formação Online Formando 2011

Guia de Acesso à Formação Online Formando 2011 Plano [1] Guia de Acesso à Formação Online 2011 [2] ÍNDICE ÍNDICE...2 1. Introdução...3 2. Metodologia Formativa...4 3. Actividades...4 4. Apoio e Acompanhamento do Curso...5 5. Avaliação...6 6. Apresentação

Leia mais

Curso Técnico Superior Profissional em Desenvolvimento Web

Curso Técnico Superior Profissional em Desenvolvimento Web Curso Técnico Superior Profissional em Desenvolvimento Web PROVA DE AVALIAÇÃO DE CAPACIDADE REFERENCIAL DE CONHECIMENTOS E APTIDÕES Áreas relevantes para o curso de acordo com o n.º 4 do art.º 11.º do

Leia mais

Agrupamento de escolas de Coruche. CURSO PROFISSIONAL Ano letivo 2014/2015 Técnico de Turismo Ambiental e Rural

Agrupamento de escolas de Coruche. CURSO PROFISSIONAL Ano letivo 2014/2015 Técnico de Turismo Ambiental e Rural Agrupamento de escolas de Coruche CURSO PROFISSIONAL Ano letivo 2014/2015 Técnico de Turismo Ambiental e Rural Componente de formação: Sócio-cultural: Total de horas (a) (ciclo de formação) Português Língua

Leia mais

Implementação do Web SIG para o PGRH

Implementação do Web SIG para o PGRH Implementação do Web SIG para o PGRH ARH Centro, I.P. Requisitos do Sistema Ref.: 30/11/2010 FICHA TÉCNICA Referência: Projecto: Implementação do Web SIG para o PGRH Gestor de Projecto: Miguel Rodrigues

Leia mais

MÓDULO MULTIMÉDIA PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES. MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com. URL: http://esganarel.home.sapo.

MÓDULO MULTIMÉDIA PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES. MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com. URL: http://esganarel.home.sapo. MÓDULO MULTIMÉDIA PROFESSOR: RICARDO RODRIGUES MAIL: rprodrigues@escs.ipl.pt esganarel@gmail.com URL: http://esganarel.home.sapo.pt GABINETE: 1G1 - A HORA DE ATENDIMENTO: SEG. E QUA. DAS 11H / 12H30 (MARCAÇÃO

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD

COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD TUTORIAL MOODLE VERSÃO ALUNO Machado/MG 2013 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 2. EDITANDO O PERFIL... 5 2.1 Como editar o perfil?... 5 2.2 Como mudar a senha?... 5 2.3

Leia mais

Escola Secundária de Alves Redol

Escola Secundária de Alves Redol Escola Secundária de Alves Redol Áreas de intervenção A. Apoio ao Desenvolvimento Curricular A1. Difundir os recursos junto da organização pedagógica da escola Interacção com os Departamentos /Apresentação

Leia mais

Cursos de e-learning da Academia Portuguesa de Seguros

Cursos de e-learning da Academia Portuguesa de Seguros Cursos de e-learning da Academia Portuguesa de Seguros Guia de Apresentação do Curso de Qualificação de Agentes, Corretores de Seguros ou Mediadores de Resseguros Guia de Apresentação do Curso Versão 1.0

Leia mais

Vantagem Garantida PHC

Vantagem Garantida PHC Vantagem Garantida PHC O Vantagem Garantida PHC é um aliado para tirar maior partido das aplicações PHC A solução que permite à empresa rentabilizar o seu investimento, obtendo software actualizado, formação

Leia mais

PLANO TIC ano lectivo 2006/2007

PLANO TIC ano lectivo 2006/2007 PLANO TIC ano lectivo 2006/2007 O Coordenador TIC João Teiga Peixe Índice Índice...2 1. Introdução... 3 2. Objectivos... 3 3. Sectores Afectos... 4 1. Salas de Aulas... 4 2. Administrativo... 4 3. Outras

Leia mais

Projecto de Actividades para a «Iniciativa Escolas, Professores e Computadores Portáteis» Formulário de candidatura

Projecto de Actividades para a «Iniciativa Escolas, Professores e Computadores Portáteis» Formulário de candidatura Projecto de Actividades para a «Iniciativa Escolas, Professores e Computadores Portáteis» Formulário de candidatura (vide instruções no URL: http://www.crie.min-edu.pt/portateis/index.htm) 1. Identificação

Leia mais

Engenharia de Software Sistemas Distribuídos. 2º Semestre, 2007/2008. Departamento Engenharia Informática. Enunciado do projecto: Loja Virtual

Engenharia de Software Sistemas Distribuídos. 2º Semestre, 2007/2008. Departamento Engenharia Informática. Enunciado do projecto: Loja Virtual Engenharia de Software Sistemas Distribuídos 2º Semestre, 2007/2008 Departamento Engenharia Informática Enunciado do projecto: Loja Virtual Fevereiro de 2008 Índice Índice...2 Índice de Figuras...3 1 Introdução...4

Leia mais

PHC dteamcontrol Externo

PHC dteamcontrol Externo PHC dteamcontrol Externo A gestão remota de projetos e de informação A solução via Internet que permite aos seus Clientes participarem nos projetos em que estão envolvidos, interagindo na otimização dos

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES RELATÓRIO DE CONTAS

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES RELATÓRIO DE CONTAS ASSOCIAÇÃO DOS BOLSEIROS DE INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA RELATÓRIO DE ACTIVIDADES RELATÓRIO DE CONTAS 2003 RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2003 A Associação dos Bolseiros de Investigação Científica, doravante denominada

Leia mais

Aprend.e Sistema integrado de formação e aprendizagem

Aprend.e Sistema integrado de formação e aprendizagem Aprend.e Sistema integrado de formação e aprendizagem Pedro Beça 1, Miguel Oliveira 1 e A. Manuel de Oliveira Duarte 2 1 Escola Aveiro Norte, Universidade de Aveiro 2 Escola Aveiro Norte, Departamento

Leia mais

UNIVERSIDADE DE AVEIRO

UNIVERSIDADE DE AVEIRO UNIVERSIDADE DE AVEIRO DEPARTAMENTO DE ECONOMIA, GESTÃO E ENGENHARIA INDUSTRIAL MESTRADO EM GESTÃO DA INFORMAÇÃO DISCIPLINA: GESTÃO DA INFORMAÇÃO CAPACIDADE DE RESPOSTA A SOLICITAÇÕES DO EXTERIOR - DIÁLOGO

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO M e g a D e s p e r t a r I n f o r m á t i c a

RELATÓRIO DE ESTÁGIO M e g a D e s p e r t a r I n f o r m á t i c a RELATÓRIO DE ESTÁGIO Mega Despertar Informática Identificação Nome do Projecto: Site Publicitário Vinhos Cláudia Cristina Ferreira Morgado N.º 9449 CET, Produtos de Desenvolvimento para a Multimédia IPG

Leia mais

MESTRADO EM INFORMAÇÃO E SISTEMAS EMPRESARIAIS

MESTRADO EM INFORMAÇÃO E SISTEMAS EMPRESARIAIS MESTRADO EM INFORMAÇÃO E SISTEMAS EMPRESARIAIS Belo Horizonte Município de Boane, Província de Maputo 2014 MESTRADO EM INFORMAÇÃO E SISTEMAS EMPRESARIAIS INTRODUÇÃO O curso de Mestrado em Informação e

Leia mais

Actividades com os Pais no Computador (APC)

Actividades com os Pais no Computador (APC) Grupo de Multimédia, Ensino e Fronteiras da Química Centro de Investigação em Química da Universidade do Porto CIQ (U.P.) Actividades com os no Computador (APC) Título: A diminuição da camada de ozono

Leia mais

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Escritório de Gestão de Projetos em EAD Unisinos http://www.unisinos.br/ead 2 A partir de agora,

Leia mais

Hospitais 2004. Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação DOCUMENTO METODOLÓGICO

Hospitais 2004. Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação DOCUMENTO METODOLÓGICO Hospitais 2004 Inquérito à Utilização das Tecnologias da Informação e da Comunicação DOCUMENTO METODOLÓGICO ÍNDICE 1. IDENTIFICAÇÃO E OBJECTIVOS DO PROJECTO... 3 2. RECOLHA E TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO...

Leia mais

Serviço Integrado das Bibliotecas da Universidade de Coimbra. URL: http://www.uc.pt/sibuc/

Serviço Integrado das Bibliotecas da Universidade de Coimbra. URL: http://www.uc.pt/sibuc/ URL: http://www.uc.pt/sibuc/ O Serviço Integrado das Bibliotecas da é o órgão coordenador das bibliotecas da UC. Tem como tarefa principal a gestão da informação documental da UC, designadamente a sua

Leia mais

SISTEMA VIRTUAL PARA GERENCIAMENTO DE OBJETOS DIDÁTICOS

SISTEMA VIRTUAL PARA GERENCIAMENTO DE OBJETOS DIDÁTICOS 769 SISTEMA VIRTUAL PARA GERENCIAMENTO DE OBJETOS DIDÁTICOS Mateus Neves de Matos 1 ; João Carlos Nunes Bittencourt 2 ; DelmarBroglio Carvalho 3 1. Bolsista PIBIC FAPESB-UEFS, Graduando em Engenharia de

Leia mais

academia portuguesa de seguros

academia portuguesa de seguros academia portuguesa de seguros Corretores de Seguros ou Mediadores de Resseguros - Ramos Não Vida e Ramo Vida na componente de e-learning dos cursos da Academia Portuguesa de Seguros. Neste Guia de Apresentação

Leia mais

NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO. Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 2

NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO. Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 2 CONSELHO CIENTÍFICO-PEDAGÓGICO DE FORMAÇÃO CONTÍNUA An 2-A APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO N.º Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo

Leia mais

4. ACTIVIDADES DE COMUNICAÇÃO, TRATAMENTO DE SOLICITAÇÕES E ATENDIMENTO

4. ACTIVIDADES DE COMUNICAÇÃO, TRATAMENTO DE SOLICITAÇÕES E ATENDIMENTO 4. ACTIVIDADES DE COMUNICAÇÃO, TRATAMENTO DE SOLICITAÇÕES E ATENDIMENTO 4.1 Comunicação externa A publicação e divulgação de informação relevante sobre o sector das comunicações, o mercado e os seus intervenientes

Leia mais

Documento de Visão. Sistema de Monitoria Online do Ciências Aplicadas - MoLCA

Documento de Visão. Sistema de Monitoria Online do Ciências Aplicadas - MoLCA Documento de Visão Sistema de Online do Ciências Aplicadas - MoLCA Versão do documento: 1.0 Data de atualização: 25 de setembro de 2008 1 Sumário 1. Introdução... 3 1.1. Resumo... 3 1.2. Escopo... 3 2.

Leia mais

Sessão de Esclarecimento. Curso de Webdesign

Sessão de Esclarecimento. Curso de Webdesign Sessão de Esclarecimento Curso de Webdesign Alguns factos: A industria de serviços de Webdesign representa um mercado de $24B apenas nos EUA. Todos os meses são publicados cerca de 16M novos websites.

Leia mais

PEDIDOS DE ESCLARECIMENTO

PEDIDOS DE ESCLARECIMENTO REGRESSO À CASA Concurso para a selecção da REDACÇÃO e CONSELHO EDITORIAL do JORNAL ARQUITECTOS PEDIDOS DE ESCLARECIMENTO I. RESPOSTAS Formatos: os formatos previstos são a edição online, o fórum na internet,

Leia mais

O NOVO REGIME JURÍDICO DO CONTRATO DE SEGURO. Concepção e Tutoria: Dr.ª Cátia Marisa Gaspar e Dr.ª Maria Manuela Ramalho

O NOVO REGIME JURÍDICO DO CONTRATO DE SEGURO. Concepção e Tutoria: Dr.ª Cátia Marisa Gaspar e Dr.ª Maria Manuela Ramalho O NOVO REGIME JURÍDICO DO CONTRATO DE SEGURO WORKSHOP I O CONTRATO DE SEGURO: PARTE GERAL 1ª Edição 1 de Fevereiro de 2010 Curso on line (formação a distância) CICLO DE CURSOS DE FORMAÇÃO CONTÍNUA Organizado

Leia mais

Dados de Inquéritos sobre a Utilização de TIC na Administração Pública em 2011-12/01/2012

Dados de Inquéritos sobre a Utilização de TIC na Administração Pública em 2011-12/01/2012 Dados de Inquéritos sobre a Utilização de TIC na Administração Pública em 2011-12/01/2012 Todos os Organismos da Administração Pública Central e Regional e as Câmaras Municipais dispõem de ligações à Internet.

Leia mais

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6 MANUAL DO UTILIZADOR A informação contida neste manual, pode ser alterada sem qualquer aviso prévio. A Estratega Software, apesar dos esforços constantes de actualização deste manual e do produto de software,

Leia mais

3. O CASO PARTICULAR DO FÓRUM DYN3W

3. O CASO PARTICULAR DO FÓRUM DYN3W 3. O CASO PARTICULAR DO FÓRUM DYN3W 3.1. DESCRIÇÃO DA FERRAMENTA E SUAS APLICAÇÕES Dyn3W é um fórum desenvolvido especialmente para ser utilizado na educação. O seu desenvolvimento iniciou-se em meados

Leia mais

Manual de Utilização MU003-1.0/2013 ISPADIGITAL/e-Campus(Perfil utilizador - Estudante)

Manual de Utilização MU003-1.0/2013 ISPADIGITAL/e-Campus(Perfil utilizador - Estudante) Manual de Utilização MU003-1.0/2013 ISPADIGITAL/e-Campus(Perfil utilizador - Estudante) 1. Introdução I 2. Primeiros passos I 3. Unidade Curricular I 4. Recursos e atividades O e-campus do ISPA - Instituto

Leia mais

Manual de utilização do Moodle

Manual de utilização do Moodle Manual de utilização do Moodle Docentes Universidade Atlântica 1 Introdução O conceito do Moodle (Modular Object Oriented Dynamic Learning Environment) foi criado em 2001 por Martin Dougiamas, o conceito

Leia mais

Guia de Utilizador. Internet based textile education laboratory

Guia de Utilizador. Internet based textile education laboratory Guia de Utilizador Internet based textile education laboratory Parceria 2 Índice Requisitos; Instalação do software; Interface de Utilizador; Uso da interface para a aprendizagem de um módulo; Utilização

Leia mais

Moodle. Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment (Ambiente de Aprendizagem Modular Orientado a Objetos) Ferramentas e Vantagens

Moodle. Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment (Ambiente de Aprendizagem Modular Orientado a Objetos) Ferramentas e Vantagens Moodle Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment (Ambiente de Aprendizagem Modular Orientado a Objetos) Ferramentas e Vantagens O que é? Alternativa às soluções comerciais de ensino on-line

Leia mais

Sistema de formação e certificação de competências

Sistema de formação e certificação de competências Sistema de Formação e Certificação de Competências Portal das Escolas Manual de Utilizador Docente Referência Projecto Manual do Utilizador Docente Sistema de formação e certificação de competências Versão

Leia mais

SICOP Sistema de Inovação, Controlo e Optimização de Produtos

SICOP Sistema de Inovação, Controlo e Optimização de Produtos SICOP Sistema de Inovação, Controlo e Optimização de Produtos Célia Alves, Liliana Monteiro, Fernanda Barbosa, Ana Borges, Jorge Barbosa* Resumo De modo a facilitar e estandardizar o ciclo de desenvolvimento,

Leia mais

Plano Tecnológico da Educação objectivo estratégico e metas

Plano Tecnológico da Educação objectivo estratégico e metas Plano Tecnológico da Educação objectivo estratégico e metas Objectivo estratégico Colocar Portugal entre os cinco países europeus mais avançados na modernização tecnológica do ensino em 2010 Metas EU 2006

Leia mais

Software de Facturação e Gestão Comercial On-Line

Software de Facturação e Gestão Comercial On-Line Software de Facturação e Gestão Comercial On-Line Manual básico do Utilizador Software de Facturação e Gestão Comercial On-line Level 7 Basic, Light & Premium Este Software é fornecido com um número de

Leia mais

MODERNIZAR E MELHORAR AS ESCOLAS ATRAVÉS DAS TIC

MODERNIZAR E MELHORAR AS ESCOLAS ATRAVÉS DAS TIC 30 Dossier Tic Tac Tic Tac MODERNIZAR E MELHORAR AS ESCOLAS ATRAVÉS DAS TIC Texto de Elsa de Barros Ilustração de Luís Lázaro Contribuir para o aumento do sucesso escolar dos alunos, equipando as escolas

Leia mais

Portal AEPQ Manual do utilizador

Portal AEPQ Manual do utilizador Pedro Gonçalves Luís Vieira Portal AEPQ Manual do utilizador Setembro 2008 Engenharia Informática - Portal AEPQ Manual do utilizador - ii - Conteúdo 1 Introdução... 1 1.1 Estrutura do manual... 3 1.2 Requisitos...

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE ELECTRÓNICA, AUTOMAÇÃO E COMPUTADORES 1 / 6

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE ELECTRÓNICA, AUTOMAÇÃO E COMPUTADORES 1 / 6 PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE ELECTRÓNICA, AUTOMAÇÃO E COMPUTADORES Publicação e actualizações Publicado no Despacho n.º13456/2008, de 14 de Maio, que aprova a versão inicial do Catálogo Nacional de

Leia mais

ITEM 1 - A melhoria dos resultados escolares dos alunos Ano/Turma Disciplina Meta PE (%) Objectivo(s) (%)

ITEM 1 - A melhoria dos resultados escolares dos alunos Ano/Turma Disciplina Meta PE (%) Objectivo(s) (%) Período em avaliação: 2007 a 2009 ESCOLA S/3 ARQUITEO OLIVEIRA FERREIRA Identificação dos Intervenientes Nome do avaliado - Patrícia Cunha Melo Campos Corado Carvalhais Fonseca Categoria - PQZPND Departamento

Leia mais

ANEXO 1. Formulário de Candidatura da Instituição Projecto Final de Curso de IGE/ETI. Instituição de acolhimento. Supervisor nomeado pela instituição

ANEXO 1. Formulário de Candidatura da Instituição Projecto Final de Curso de IGE/ETI. Instituição de acolhimento. Supervisor nomeado pela instituição INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS DO TRABALHO E DA EMPRESA Departamento de Ciências e Tecnologias de Informação DCTI Formulário de Candidatura da Instituição Projecto Final de Curso de IGE/ETI ANEXO 1 Instituição

Leia mais

Aplicações Informáticas B

Aplicações Informáticas B Prova de Exame Nacional de Aplicações Informáticas B Prova 703 2008 12.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Para: Direcção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular Inspecção-Geral

Leia mais

Para uma gestão integrada da biblioteca escolar do agrupamento

Para uma gestão integrada da biblioteca escolar do agrupamento Para uma gestão integrada da biblioteca escolar do agrupamento orientações Rede Bibliotecas Escolares Sumário Nota introdutória... 2 Orientações Director... 3 Professor bibliotecário... 5 Docentes... 10

Leia mais

Solução de digital signage / corporate tv / instore tv

Solução de digital signage / corporate tv / instore tv Solução de digital signage / corporate tv / instore tv RAVI é um inovador sistema de software multimédia que possibilita a gestão e operação de emissões de TV Corporativa, através da Internet ou Intranet,

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões URI Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação PROPEPG Manual de Utilização Sistema de Projetos URI Módulo Projetos Versão 1 - Revisão

Leia mais

Extracto on Line Aplicação Local Guia do Utilizador

Extracto on Line Aplicação Local Guia do Utilizador Extracto on Line Aplicação Local Guia do Utilizador Índice 1. Sobre o Guia... 4 1.1 Objectivo... 4 1.2 Utilização do Guia... 4 1.3 Acrónimos e Abreviações... 4 2. Introdução ao Extracto on Line Aplicação

Leia mais

O RELACIONAMENTO COM O CIDADÃO A importância do Território

O RELACIONAMENTO COM O CIDADÃO A importância do Território Conferência Ibero-Americana WWW/Internet 2004 7/8 Outubro, Madrid, Espanha O RELACIONAMENTO COM O CIDADÃO A importância do Território Jorge Xavier Aluno de Mestrado DEGEI UA Campus Universitário de Santiago.

Leia mais

REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO A APLICAR AOS 1 OS CICLOS

REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO A APLICAR AOS 1 OS CICLOS REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO A APLICAR AOS 1 OS CICLOS DE ESTUDOS DOS CURSOS ADEQUADOS AO PROCESSO DE BOLONHA I Calendário e carga horária 1. O ano escolar tem início em Setembro e termina em

Leia mais

Computação Gráfica. Introdução. Profª Alessandra Martins Coelho

Computação Gráfica. Introdução. Profª Alessandra Martins Coelho Computação Gráfica Introdução Profª Alessandra Martins Coelho março/2013 Introdução Computação gráfica (CG) é a utilização de computadores para gerar imagens (GUHA, 2013). Nos dias atuais, para não se

Leia mais

Guia de Acesso à Formação Online Formando

Guia de Acesso à Formação Online Formando Guia de Acesso à Formação Online Formando Copyright 2008 CTOC / NOVABASE ÍNDICE ÍNDICE...2 1. Introdução...3 2. Metodologia Formativa...4 3. Actividades...5 4. Apoio e Acompanhamento do Curso...6 5. Avaliação...7

Leia mais

Escola Superior de Tecnologia de Setúbal. Projecto Final

Escola Superior de Tecnologia de Setúbal. Projecto Final Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Tecnologia de Setúbal Departamento de Sistemas e Informática Projecto Final Computação na Internet Ano Lectivo 2002/2003 Portal de Jogos Executado por:

Leia mais

ÁREA DO PROFESSOR (TUTOR)

ÁREA DO PROFESSOR (TUTOR) ÁREA DO PROFESSOR (TUTOR) 2- FÓRUM O fórum serve para avaliar os alunos através da participação na discussão sobre um ou mais assuntos, inserção de textos ou arquivos. Os fóruns de discussão compõem uma

Leia mais

Sistema de Gestão de Recursos de Aprendizagem

Sistema de Gestão de Recursos de Aprendizagem Sistema de Gestão de Recursos de Aprendizagem Ambiente Virtual de Aprendizagem (Moodle) - - Atualizado em 29/07/20 ÍNDICE DE FIGURAS Figura Página de acesso ao SIGRA... 7 Figura 2 Portal de Cursos... 8

Leia mais

PROJECTO GEPETO BALANÇO DE ETAPA

PROJECTO GEPETO BALANÇO DE ETAPA PROJECTO GEPETO BALANÇO DE ETAPA Coordenação Técnica. Outubro de 2013 BALANÇO DE ETAPA EM METADE DO PROJECTO GEPETO Outubro de 2013 1. RECAPITULAÇÃO DOS OBJECTIVOS 2. ROTEIRO 3. PRINCIPAIS ACTIVIDADES

Leia mais