Escola Sénior do Mundo Rural

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Escola Sénior do Mundo Rural - 2006"

Transcrição

1 Escola Sénior do Mundo Rural A Escola Sénior do Mundo Rural (ESMR), insere-se no âmbito da actividade 6 - "Apoio ao Movimento Associativo", do projecto ParticipAR. Tendo como objectivo principal proporcionar a ocupação dos tempos livres de uma forma pedagógica em actividades de aprendizagem, a ESMR destina-se a maiores de 50 anos residentes no concelho de Arraiolos. A Escola Sénior é membro integrante da RUTIS - Rede das Universidades da Terceira Idade, sendo através da rede proporcionado um conjunto de apoios, actividades e intercâmbio aos alunos de todo o país, os quais pretendemos ver aproveitados pela Escola Sénior do Mundo Rural. A divulgação da Escola Sénior do Mundo Rural, juntamente com a divulgação do Banco de Ajudas Técnicas, iniciou-se na primeira semana de Abril nas freguesias e localidades do concelho de Arraiolos indicadas no quadro, tendo sido contactadas cerca de 85 pessoas. As sessões decorreram em Associações de Reformados; Centros de Dia; Juntas de Freguesia e Sociedades Recreativas. Após as primeiras sessões de divulgação, o quadro de inscritos apresentou-se o seguinte: Localidade e Local Nº Inscritos Disciplinas Aldeia da Serra - Sociedade Recreativa 13 Ginástica; TIC; Alfabetização Arraiolos - Junta de Freguesia 2 Artes Decorativas Inglês; Trabalho em Estanho; Culinária Igrejinha - Associação de Reformados 1 Música, Artes; Desporto São Gregório - Junta de Freguesia 5 Alfabetização; TIC; Desporto São Pedro da Gafanhoeira - Café do 1 TIC; Alfabetização Centro de Dia Santana do Campo - Associação Unidos 0 Santana Sabugueiro - Junta de Freguesia 0 Santa Justa/Vale Pereiro - Escola 0 Primária Vimieiro - Associação de Reformados 0 Total 22 Nesta divulgação a tónica comum centrou-se maioritariamente nas disciplinas de TIC; Alfabetização e Desporto, sendo que todos os contactados mostram bastante interesse na realização de visitas de estudo/convívio a outros locais e com outras Escolas Séniores. Apesar de à data apenas se ter verificado a inscrição de uma pessoa na Igrejinha, pelo facto da divulgação ter sido efectuada na Associação de Reformados, existia já por parte de um grupo de habitantes locais a intenção de frequentar aulas de Agricultura Biológica, tendo nesta localidade sido fundamental o trabalho de divulgação feito pelo Centro Social de Cultura, Recreio e Desporto da Igrejinha, parceiro do projecto. Para a freguesia de São Gregório, onde existia um pequeno grupo interessado nas actividades de Ginástica e na Alfabetização, foi inquirido junto da Câmara Municipal da possibilidade de utilização da Escola Primária entretanto encerrada, não havendo até ao momento resposta. Progride - ParticipAR - Acção 6 - Escola Sénior do Mundo Rural - Relatório de Actividade - 31 Dezembro de

2 Primeira sessão de divulgação, efectuada na Associação de Reformados do Vimieiro e Sociedade Recreativa da Aldeia da Serra Primeira sessão de divulgação, efectuada no Centro de Dia da Igrejinha e na Junta de Freguesia de São Gregório Primeira sessão de divulgação, efectuada na Junta de Freguesia de Arraiolos e Escola Primária de Vale do Pereiro Progride - ParticipAR - Acção 6 - Escola Sénior do Mundo Rural - Relatório de Actividade - 31 Dezembro de

3 Em Setembro, e de modo a dar início às aulas de acordo com o cronograma estabelecido no projecto, foram efectuadas novas sessões de divulgação com incidência nos locais com maior número de inscritos, tendo este aumentado para o triplo, conforme se verifica no quadro seguinte: Localidade Nº Inscritos Disciplinas e Aldeia da Serra 13 Ginástica - 13 TIC - 6 Alfabetização - 7 Arraiolos 2 Artes Decorativas Inglês; Trabalho em Estanho; Culinária - 1 TIC - 2 Igrejinha 11 Agricultura - 10 Música, Artes; Desporto - 1 São Gregório 5 Alfabetização; TIC; Desporto São Pedro da Gafanhoeira 1 Informática - 1 Santana do Campo 17 Informática - 7 Ginástica -13 Sabugueiro - Junta de Freguesia 0 Santa Justa/Vale Pereiro 11 Artes Decorativas, Bordados - 7 Inglês - 4 Desporto - 4 Vimieiro 15 Ginástica - 8 (inclui Hidroginástica) Música - 3 Computadores - 9 Bordados - 4 Total 75 Segunda sessão de divulgação na Associação de Reformados do Vimieiro Progride - ParticipAR - Acção 6 - Escola Sénior do Mundo Rural - Relatório de Actividade - 31 Dezembro de

4 Segunda sessão de divulgação na sociedade Recreativa da Aldeia da Serra Segunda sessão de divulgação no Centro de Dia de São Gregório Segunda sessão de divulgação na Associação Social Amigos de Santana Ainda em Outubro, foi também efectuada uma acção de divulgação na localidade das Ilhas (freguesia de Arraiolos), onde o projecto foi apresentado publicamente pela primeira vez. Esta sessão contou com um público exclusivamente feminino de cerca de 14 pessoas, que manifestou o seu interesse pelas aulas "base" de Ginástica, TIC e Alfabetização. Progride - ParticipAR - Acção 6 - Escola Sénior do Mundo Rural - Relatório de Actividade - 31 Dezembro de

5 Sessão de divulgação nas Ilhas da Boavista De acordo com as inscrições, as actividades da Escola Sénior foram repartidas por "Pólos". No mês de Outubro, iniciaram-se as actividades de cada "Pólo" sendo que o "Pólo da Igrejinha" foi o primeiro a ser inaugurado no dia 3, seguindo-se o da Aldeia da Serra no dia 20 e o de Santana do Campo a 26 de Outubro. As aulas decorrem em espaços cedidos pelos parceiros do projecto, de acordo com protocolo estabelecido. Inauguração da Escola Sénior - Pólo da Igrejinha - 3/10/2006 Inauguração da Escola Sénior - Pólo da Aldeia da Serra - 20/10/2006 Progride - ParticipAR - Acção 6 - Escola Sénior do Mundo Rural - Relatório de Actividade - 31 Dezembro de

6 Inauguração da Escola Sénior - Pólo de Santana do Campo - 26/10/2006 Na Igrejinha pretende-se que o projecto de Agricultura Biológica seja dividido entre aulas teóricas a realizar no Centro Social de Cultura e Desporto da Igrejinha, e as aulas práticas a realizar num terreno cedido pela Junta de Freguesia, segundo protocolo a estabelecer com aquela entidade. De modo a envolver a restante comunidade no projecto, é objectivo do mesmo que os produtos resultantes da produção agrícola sejam utilizados no Centro de Dia e/ou na Escola. Pretende-se também que os alunos da Escola Primária e do Jardim de Infância possam efectuar visitas de estudo à horta biológica. Primeira aula de Agricultura Biológica - Pólo da Igrejinha As actividades da Escola contam agora com dois dias de aulas (terças e quintas), de uma hora cada, divididas em Agricultura Biológica nas vertentes hortícola e pecuária, ministradas por dois professores voluntários, um engenheiro agrónomo e um veterinário. As aulas de ginástica são ministradas também dois dias por semana (terças e sextas), no Centro de Dia da Igrejinha, tendo para o efeito sido adquirido material como arcos, bolas e colchões. Aos alunos foram distribuídos, dossiers, canetas, lápis e blocos como material de apoio escolar. Foram também adquiridos pela Escola dois livros sobre a temática da Agricultura Biológica. No mês de Novembro estão previstas iniciaram-se as aulas de TIC, Alfabetização e as aulas práticas de agricultura biológica. Na Aldeia da Serra, iniciaram-se as aulas de Ginástica, a decorrer às segundas e quartas feiras. Também aqui se iniciou em Novembro as aulas de TIC e Alfabetização. Progride - ParticipAR - Acção 6 - Escola Sénior do Mundo Rural - Relatório de Actividade - 31 Dezembro de

7 Em Santana do Campo, tiveram o seu início dia 30 de Outubro as aulas de TIC e Ginástica, sendo que ambas decorrem segundas e quintas feiras, a partir das 14h. No Vimieiro, foi efectuada dia 6 de Novembro uma reunião com os cerca de 20 inscritos da localidade na ESMR, de modo a que se possam definir horários e aulas a efectuar. Para além das aulas de ginástica, TIC e Alfabetização, estão previstas ocorrer aulas de Artes Decorativas. No entanto, até final de Dezembro este pólo ainda não foi inaugurado por motivos logísticos, relativos à sala onde irão decorrer as actividades. Nas freguesias de Sabugueiro e Vale do Pereiro os animadores do projecto afectos a essas localidades realizaram acções de sensibilização, não tendo contudo grande adesão por parte da população. Transversal a todos os Pólos da ESMR está a actividade hidroginástica, que decorre todos as sextas feiras, durante a manhã, nas piscinas municipais de Arraiolos. Á data de Dezembro de 2006, resume-se assim o quadro relativo às inscrições na ESMR, que desde a primeira divulgação aumentou em número de inscritos sete vezes mais, sendo o público alvo maioritariamente feminino. Localidade Nº Inscritos Disciplinas Aldeia da Serra 22 Ginástica 18 Computadores 8 Musica - 1 Inglês - 2 Cultura Geral - 2 Lingua Portuguesa - 1 Hidro - 11 Arraiolos 2 Todas as disciplinas (excepto História); Trabalho em Estanho; Culinária Igrejinha Centro de Dia Agricultura - 11 Artes Decorativas - 1 Musica - 1 Inglês - 1 Cultura Geral - 1 Piscinas - 1 Computadores - 1 Ginástica - 16 Ilhas da Boavista 14 Ginastica - 10 Alfabetização - 4 TIC - 8 Hidro - 8 São Gregório 5 TIC - 4 Agricultura - 1 Alfabetização - 2 São Pedro da Gafanhoeira 1 Informática Santana do Campo 16 Ginástica 15 Informática 7 Alfabetização 1 Santa Justa/Vale Pereiro 7 pessoas Artes Decorativas 5 Desporto - 6 Bordados - 3 Vimieiro 29 Visitas - 2 Saúde 2 Computadores 16 Língua Portuguesa - 1 Língua Inglesa - 1 Desporto - 7 (com hidro não especificada) Agricultura Biológica 1 (desistiu) Bordados 4 Musica - 3 Contabilidade - 1 Alfabetização 1 Hidroginástica - 4 Artes Decorativas - 7 Total 124 Progride - ParticipAR - Acção 6 - Escola Sénior do Mundo Rural - Relatório de Actividade - 31 Dezembro de

8 Relativamente aos alunos que realmente frequentam as aulas, resume assim o quadro de inscritos, em final de 2006 Disciplina Localidade Homens Mulheres Total Ginástica Aldeia Serra Igrejinha Santana Ilhas Hidroginástica Aldeia Serra Igrejinha Santana Ilhas São Gregório Vimieiro Alfabetização Igrejinha Aldeia da Serra Ilhas TIC Aldeia Serra Santana Ilhas Agricultura Biológica Igrejinha Apenas se efectuam os totais por disciplina e localidade, dado que os mesmos alunos frequentam várias disciplinas. No entanto, no final do ano, frequentavam a ESMR 74 alunos: 55 mulheres e 19 homens. Progride - ParticipAR - Acção 6 - Escola Sénior do Mundo Rural - Relatório de Actividade - 31 Dezembro de

Relatório de Autoavaliação dos Planos de Ação

Relatório de Autoavaliação dos Planos de Ação AGRUPAMENTO DE ESCOLAS POETA JOAQUIM SERRA Relatório de Autoavaliação dos Planos de Ação Ano letivo 2014/2015 EB1 Afonsoeiro Índice INTRODUÇÃO 2 I - ENQUADRAMENTO 1. Caracterização da Escola 2 II AVALIAÇÃO

Leia mais

Centro Comunitário Bairro Social de Paradinha

Centro Comunitário Bairro Social de Paradinha A Cáritas Diocesana de Viseu no Bairro Social de Paradinha A Cáritas continua com um trabalho de relevante interesse social no Bairro Social de Paradinha. No ano de 2008, a Cáritas continuou a desenvolver

Leia mais

Convívio. Para terminar convido-vos a participar na próxima festa dos Santos Populares e das Maravilhas de Manique que se realiza a 13 de Junho.

Convívio. Para terminar convido-vos a participar na próxima festa dos Santos Populares e das Maravilhas de Manique que se realiza a 13 de Junho. Boletim Informativo nº 37 - Maio 2010 Convívio André Leite Convívio nº 37 - Maio 2010 Presidente da Direcção Associação de Apoio Social Nossa Senhora das Neves Instituição Particular de Solidariedade Social

Leia mais

Escola Secundária da Baixa da Banheira Departamento de Matemática e Ciências Experimentais CLUBE DA CIÊNCIA ANO LECTIVO 2010/2011

Escola Secundária da Baixa da Banheira Departamento de Matemática e Ciências Experimentais CLUBE DA CIÊNCIA ANO LECTIVO 2010/2011 CLUBE DA CIÊNCIA ANO LECTIVO 2010/2011 Clube da Ciência, Ano Lectivo 2010/2011 1 . Tempo de aplicação do projecto Os trabalhos a desenvolver no âmbito do Clube da Ciência serão realizados ao longo do ano

Leia mais

PROGRIDE - Programa para a Inclusão e Desenvolvimento. Acção: Banco de Ajudas Técnicas. Regulamento de Funcionamento Versão 2

PROGRIDE - Programa para a Inclusão e Desenvolvimento. Acção: Banco de Ajudas Técnicas. Regulamento de Funcionamento Versão 2 PROGRIDE - Programa para a Inclusão e Desenvolvimento Acção: Banco de Ajudas Técnicas Regulamento de Funcionamento Versão 2 Preâmbulo O presente regulamento insere-se no projecto "ParticipAR - Inovação

Leia mais

Eventos. Eixo I Emprego, Formação e Qualificação. Acção: Bom Porto

Eventos. Eixo I Emprego, Formação e Qualificação. Acção: Bom Porto Eventos Eixo I Emprego, Formação e Qualificação Acção: Bom Porto - Gabinete de Empregabilidade e Empreendedorismo: Uma das acções do projecto consiste na criação de um Gabinete de atendimento na área da

Leia mais

No que se refere ao Associativismo poderemos adiantar que o. Concelho de Rio Maior é, de facto, um Concelho rico em termos de

No que se refere ao Associativismo poderemos adiantar que o. Concelho de Rio Maior é, de facto, um Concelho rico em termos de 6. Associativismo No que se refere ao Associativismo poderemos adiantar que o Concelho de Rio Maior é, de facto, um Concelho rico em termos de movimento associativo e em termos de serviços/acções disponibilizados

Leia mais

Projecto de Empreendedorismo nas Escolas. ano lectivo 2011/2012

Projecto de Empreendedorismo nas Escolas. ano lectivo 2011/2012 Projecto de Empreendedorismo nas Escolas ano lectivo 2011/2012 As Fases do Projecto ANO LECTIVO 2011/2012 Fase a fase Formação de Professores Disseminação do projecto Ateliers de Criatividade 4 acções

Leia mais

Politicas Municipais de Apoio à Criança

Politicas Municipais de Apoio à Criança Politicas Municipais de Apoio à Criança MUNICIPIO DA MOITA DASC / Divisão de Assuntos Sociais Projectos Dirigidos à Comunidade em Geral Bibliotecas - Biblioteca Fora d Horas - Pé Direito Juventude - Férias

Leia mais

PROGRAMA VOCAÇÃO 2012

PROGRAMA VOCAÇÃO 2012 PROGRAMA VOCAÇÃO 2012 Preâmbulo A ocupação dos tempos livres dos jovens em tempo de aulas, através de actividades que contribuam significativamente para o enriquecimento da sua formação pessoal, funcionando

Leia mais

1ª Edição Turismo e Voluntariado em Moçambique

1ª Edição Turismo e Voluntariado em Moçambique TU-Voluntário 1ª Edição Turismo e Voluntariado em Moçambique A AIDGLOBAL A AIDGLOBAL Acção e Integração para o Desenvolvimento Global é uma Organização Não Governamental que desenvolve projectos nas seguintes

Leia mais

Município de Freixo de Espada à Cinta PLANO DE ACÇÃO (2009-2010) Conselho Local de Acção Social de Freixo de Espada à Cinta

Município de Freixo de Espada à Cinta PLANO DE ACÇÃO (2009-2010) Conselho Local de Acção Social de Freixo de Espada à Cinta Município de Freixo de Espada à Cinta PLANO DE ACÇÃO (2009-2010) Conselho Local de Acção Social de Freixo de Espada à Cinta FICHA TÉCNICA Relatório do Plano de Acção de Freixo de Espada à Cinta Conselho

Leia mais

UNIVERSIDADE POPULAR DO PORTO

UNIVERSIDADE POPULAR DO PORTO ACÇÃO DE FORMAÇÃO OS ARQUIVOS DO MUNDO DO TRABALHO TRATAMENTO TÉCNICO ARQUIVÍSTICO RELATÓRIO FINAL Enquadramento A acção de formação Os arquivos do mundo do trabalho tratamento técnico arquivístico realizou-se

Leia mais

Acta da Reunião de dia 13 de Maio de 2009

Acta da Reunião de dia 13 de Maio de 2009 1 Comissão Social de Interfreguesias S.João da / Santa Iria de Acta da Reunião de dia 13 de Maio de 2009 Aos treze dias de Maio de dois mil e nove, pelas quinze horas e quinze minutos, a Comissão Social

Leia mais

Relatório Final de Avaliação. Acção n.º 8A/2010. Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas Estrangeiras Francês/Inglês

Relatório Final de Avaliação. Acção n.º 8A/2010. Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas Estrangeiras Francês/Inglês Centro de Formação de Escolas dos Concelhos de Benavente, Coruche e Salvaterra de Magos Relatório Final de Avaliação Acção n.º 8A/2010 Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas

Leia mais

CAPÍTULO IV INSTALAÇÕES PÚBLICAS, DESPORTIVAS E DE RECREIO SECÇÃO I. Artigo 19.º Instalações Públicas, Desportivas e de Recreio

CAPÍTULO IV INSTALAÇÕES PÚBLICAS, DESPORTIVAS E DE RECREIO SECÇÃO I. Artigo 19.º Instalações Públicas, Desportivas e de Recreio CAPÍTULO IV INSTALAÇÕES PÚBLICAS, DESPORTIVAS E DE RECREIO SECÇÃO I TAXAS Artigo 19.º Instalações Públicas, Desportivas e de Recreio 3- Piscina Coberta 3.1 Regime da Escola Municipal de Natação Dos 6 aos

Leia mais

Câmara Municipal de Estarreja PREÂMBULO

Câmara Municipal de Estarreja PREÂMBULO PREÂMBULO O projecto Estarreja COMpartilha surge da necessidade que se tem verificado, na sociedade actual, da falta de actividades e práticas de cidadania. Traduz-se numa relação solidária para com o

Leia mais

SESSÃO "SEMANA EUROPEIA DA ENERGIA SUSTENTÁVEL 2015" RELATÓRIO FINAL

SESSÃO SEMANA EUROPEIA DA ENERGIA SUSTENTÁVEL 2015 RELATÓRIO FINAL SESSÃO "SEMANA EUROPEIA DA ENERGIA SUSTENTÁVEL 015" RELATÓRIO FINAL ENQUADRAMENTO No âmbito da Semana Europeia da Energia Sustentável (15 a 19 de Junho de 015),, a Câmara Municipal de Lisboa e a Lisboa

Leia mais

APRENDIZAGEM AO LONGO DA VIDA

APRENDIZAGEM AO LONGO DA VIDA 1 de Abril de 2004 População e Sociedade Educação e Formação 2003 (Dados provisórios) APRENDIZAGEM AO LONGO DA VIDA No último ano, mais de um milhão e meio de indivíduos com 15 ou mais anos, ou seja, 18,7,

Leia mais

Relatório das Ações de Sensibilização do Projeto De Igual para Igual Numa Intervenção em Rede do Concelho de Cuba

Relatório das Ações de Sensibilização do Projeto De Igual para Igual Numa Intervenção em Rede do Concelho de Cuba Relatório das Ações de Sensibilização do Projeto De Igual para Igual Numa Intervenção em Rede do Concelho de Cuba 1 A dignidade do ser humano é inviolável. Deve ser respeitada e protegida Artigo 1º da

Leia mais

11. ORGANIZAÇÃO DE UM PLANO DE FORMAÇÃO PARA

11. ORGANIZAÇÃO DE UM PLANO DE FORMAÇÃO PARA 11. ORGANIZAÇÃO DE UM PLANO DE FORMAÇÃO PARA PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA A partir dos resultados obtidos concluímos que um número significativo de docentes refere falta de preparação resultante de vários

Leia mais

f e l i c i d a d e educar para a no Rabaçal

f e l i c i d a d e educar para a no Rabaçal educar para a f e l i c i d a d e no Rabaçal Um projeto piloto comunitário pela Associação do Centro Social Polivalente do Rabaçal e Companhia da Chanca, apoiado pela Câmara Municipal de Penela, pela União

Leia mais

Área de Intervenção IV: Qualidade de vida do idoso

Área de Intervenção IV: Qualidade de vida do idoso Área de Intervenção IV: Qualidade de vida do idoso 64 ÁREA DE INTERVENÇÃO IV: QUALIDADE DE VIDA DO IDOSO 1 Síntese do Problemas Prioritários Antes de serem apresentadas as estratégias e objectivos para

Leia mais

Entidades Promotoras de Voluntariado Lourinhã

Entidades Promotoras de Voluntariado Lourinhã Entidades Promotoras de Voluntariado Câmara Municipal da Casa do Povo da Casa Pia de Lisboa Centro Social e Paroquial da ADAPECIL Associação Juvenil Tá a Mexer GEAL Junta de Freguesia de Ribamar LOURAMBI

Leia mais

Enquadramento 02. Justificação 02. Metodologia de implementação 02. Destinatários 02. Sessões formativas 03

Enquadramento 02. Justificação 02. Metodologia de implementação 02. Destinatários 02. Sessões formativas 03 criação de empresas em espaço rural guia metodológico para criação e apropriação 0 Enquadramento 02 Justificação 02 de implementação 02 Destinatários 02 Sessões formativas 03 Módulos 03 1 e instrumentos

Leia mais

Apoio Institucional:

Apoio Institucional: Apoio Institucional: YA ENTREPRENEURSHIP SCHOOL Enquadramento Os Parceiros A YA Entrepreneurship School é um projeto fruto de uma parceria entre o Audax e a UPAJE que pretende fomentar o empreendedorismo

Leia mais

II ENCONTRO DA CPCJ SERPA

II ENCONTRO DA CPCJ SERPA II ENCONTRO DA CPCJ SERPA Ninguém nasce ensinado!? A família, a Escola e a Comunidade no Desenvolvimento da criança Workshop: Treino de Competências com famílias um exemplo de intervenção e de instrumentos

Leia mais

UNIVERSIDADE POPULAR DO PORTO

UNIVERSIDADE POPULAR DO PORTO ACÇÃO DE FORMAÇÃO MEMÓRIAS DO TRABALHO A PRESERVAÇÃO DA MEMÓRIA E DA HISTÓRIA ORAL RELATÓRIO FINAL Enquadramento A acção de formação Memórias do trabalho a preservação da memória e da história oral realizou-se

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES 2015/2016. Associação Sénior de Odivelas

PLANO DE ATIVIDADES 2015/2016. Associação Sénior de Odivelas PLANO DE ATIVIDADES 2015/2016 Associação Sénior de Odivelas A Universidade Sénior de Odivelas é um projecto inovador que tem por base a promoção da qualidade de vida dos seniores de Odivelas, fomentando

Leia mais

ACTIVIDADES DE ANIMAÇÃO E APOIO À FAMÍLIA NOS JI PRÉ-ESCOLAR

ACTIVIDADES DE ANIMAÇÃO E APOIO À FAMÍLIA NOS JI PRÉ-ESCOLAR PRÉ-ESCOLAR PRINCÍPIOS ORIENTADORES DA ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DAS ACTIVIDADES DE ANIMAÇÃO E APOIO À FAMÍLIA NOS JI Ano lectivo 2009/2010 1 Princípios Orientadores de acordo com o Projecto Educativo A Lei

Leia mais

Relatório Final de Avaliação. Acção n.º 8B/2010. Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas Estrangeiras Francês/Inglês

Relatório Final de Avaliação. Acção n.º 8B/2010. Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas Estrangeiras Francês/Inglês Centro de Formação de Escolas dos Concelhos de Benavente, Coruche e Salvaterra de Magos Relatório Final de Avaliação Acção n.º 8B/2010 Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas

Leia mais

ATIVIDADES DESPORTIVAS 2015/2016 (Qualquer inscrição pode ser efetuada nas diferentes delegações ou sede)

ATIVIDADES DESPORTIVAS 2015/2016 (Qualquer inscrição pode ser efetuada nas diferentes delegações ou sede) ATIVIDADES DESPORTIVAS 2015/2016 (Qualquer inscrição pode ser efetuada nas diferentes delegações ou sede) GINÁSIO DE SÃO PAULO ACTIVIDADES: Ginástica 3ª idade 2X por semana = 1 hora por sessão 2ª e 4ª

Leia mais

UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu

UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu Rede Social de Aljezur Plano de Acção (2009) Equipa de Elaboração do Plano de Acção de 2009 / Parceiros do Núcleo Executivo do CLAS/Aljezur Ana Pinela Centro Distrital

Leia mais

Comemoração da 1ª semana de Meio Ambiente do Município de Chuvisca/RS

Comemoração da 1ª semana de Meio Ambiente do Município de Chuvisca/RS Comemoração da 1ª semana de Meio Ambiente do Município de Chuvisca/RS Sustentabilidade: Reflexões sobre a temática ambiental P R E F E I T O M U N I C I P A L E R V I N O W A C H H O L S V I C E - P R

Leia mais

REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE MIRANDELA. Preâmbulo

REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE MIRANDELA. Preâmbulo REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE MIRANDELA Preâmbulo O voluntariado é definido como um conjunto de acções e interesses sociais e comunitários, realizadas de forma desinteressada no âmbito

Leia mais

ESCOLAS EMPREENDEDORAS DA CIM VISEU DÃO LAFÕES

ESCOLAS EMPREENDEDORAS DA CIM VISEU DÃO LAFÕES ESCOLAS EMPREENDEDORAS DA 2013/2014 Tondela, 23 de Outubro de 2013 Objetivos do projeto Criar uma cultura empreendedora; Promover o espírito de iniciativa, de cooperação e criatividade; Partilhar experiências

Leia mais

Setembro Dia Europeu Sem Carros 22 Semana Europeia da Mobilidade 16 17 18 19 20 21 22

Setembro Dia Europeu Sem Carros 22 Semana Europeia da Mobilidade 16 17 18 19 20 21 22 Câmara Municipal: Cidade VILA NOVA DE GAIA Vila Nova de Gaia Setembro Dia Europeu Sem Carros 22 Semana Europeia da Mobilidade 16 17 18 19 20 21 22 Área da cidade 600 ha População total 30 hab. Dimensão

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2009

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2009 INSTITUTO POLITÉCNICO DO CÁVADO E DO AVE ESCOLA SUPERIOR DE GESTÃO RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2009 PROJECTO EM SIMULAÇÃO EMPRESARIAL Índice Introdução 1 Recursos Humanos afectos ao PSE... 3 1.1 Caracterização...

Leia mais

Câmara Municipal de Lisboa Pelouro da Habitação e Desenvolvimento Social. PROGRAMA BIP/ZIP 2011 EXECUÇÃO FINANCEIRA 30 de Maio de 2012

Câmara Municipal de Lisboa Pelouro da Habitação e Desenvolvimento Social. PROGRAMA BIP/ZIP 2011 EXECUÇÃO FINANCEIRA 30 de Maio de 2012 Câmara Municipal de Lisboa Pelouro da Habitação e Desenvolvimento Social PROGRAMA BIP/ZIP 2011 EXECUÇÃO FINANCEIRA 30 de Maio de 2012 Execução financeira do Programa BIP-ZIP 2011 O Programa BIP-ZIP 2011

Leia mais

Marca Priolo Balanço do desenvolvimento e implementação (2013-2014)

Marca Priolo Balanço do desenvolvimento e implementação (2013-2014) 2015 Marca Priolo Balanço do desenvolvimento e implementação (2013-2014) Azucena de la Cruz Martin Gabinete CETS Terra do Priolo 01-01-2015 Marca Priolo Balanço do desenvolvimento e implementação (2013-2014)

Leia mais

Projetos de Voluntariado no Concelho de Odemira

Projetos de Voluntariado no Concelho de Odemira Projetos de Voluntariado no Concelho de Odemira Inscreva-se! Uma mão, um amigo Casa do Povo de Relíquias Através da realização de atividades lúdicas, visitas domiciliárias, apoio na alimentação e acompanhamento

Leia mais

ANJO DE NATAL - REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO

ANJO DE NATAL - REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO ANJO DE NATAL - REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO TEMA No âmbito do Programa de Educação Ambiental 2010/11, a Câmara Municipal de Oeiras, através do Departamento de Ambiente e Equipamento promove o concurso

Leia mais

B. M. Orlando Ribeiro e B. M. [ A L V A L A D E ]! [ B E D E T E C A ]! [ B E L É M ] F E R R E I R A ]! [ H E M E R O T E C A ]!

B. M. Orlando Ribeiro e B. M. [ A L V A L A D E ]! [ B E D E T E C A ]! [ B E L É M ] F E R R E I R A ]! [ H E M E R O T E C A ]! B. M. Orlando Ribeiro e B. M. [ A L V A L A D E ]! [ B E D E T E C A ]! [ B E L É M ] [ C A M Õ E S ]! [ C E N T ROlivais: A L ]! [ D A V I D M O U R Ã O - F E R R E I R A ]! [ H E M E R O T E C A ]! [

Leia mais

Escola Sénior do Mundo Rural

Escola Sénior do Mundo Rural Escola Sénior do Mundo Rural - 2007 O ano de 2007 iniciou-se com a inauguração no dia 15 de Janeiro do pólo da Escola Sénior do Mundo Rural: "Pólo das Ilhas". Na abertura da Escola estiveram presentes

Leia mais

PROJETO ANUAL DA LUDOTECA

PROJETO ANUAL DA LUDOTECA O FAZ DE CONTA PROJETO ANUAL DA LUDOTECA ANO LECTIVO 2014/2015 Inês Matos ÍNDICE I- INTRODUÇÃO 3 II- PROJETOS 5 2.1. Semana da Alimentação 4 2.2. Formação Técnica 6 2.3. Acompanhamento às famílias 6 2.4.

Leia mais

Projeto de Voluntariado para a Cooperação: MUITO MAIS MUNDO. Plano de acção para o Município de Santa Cruz, Santiago, Cabo Verde.

Projeto de Voluntariado para a Cooperação: MUITO MAIS MUNDO. Plano de acção para o Município de Santa Cruz, Santiago, Cabo Verde. Projeto de Voluntariado para a Cooperação: MUITO MAIS MUNDO Plano de acção para o Município de Santa Cruz, Santiago, Cabo Verde Versão concisa Coordenadores: Dr. José Mendes Alves, Câmara Municipal de

Leia mais

1 DONATIVO = 1 POSTAL ELECTRÓNICO

1 DONATIVO = 1 POSTAL ELECTRÓNICO A campanha Prenda AMIga tem como objectivo angariar fundos para os projectos nacionais, internacionais e ambientais da AMI. Pretende-se sensibilizar e incentivar o espírito solidário das empresas e da

Leia mais

Conselho de Parceiros

Conselho de Parceiros Conselho de Parceiros 26 de Novembro de 2010 Centro Cultural e de Congressos de Aveiro 15 de Outubro de 2010 - Centro Cultural e de Congressos de Aveiro Acção 1 - Intervenção Psicossocial Acompanhamento

Leia mais

Perguntas mais frequentes

Perguntas mais frequentes Estas informações, elaboradas conforme os documentos do Plano de Financiamento para Actividades Estudantis, servem de referência e como informações complementares. Para qualquer consulta, é favor contactar

Leia mais

REGULAMENTO DO CARTÃO MORTÁGUA JOVEM NOTA JUSTIFICATIVA

REGULAMENTO DO CARTÃO MORTÁGUA JOVEM NOTA JUSTIFICATIVA REGULAMENTO DO CARTÃO MORTÁGUA JOVEM NOTA JUSTIFICATIVA Um dos desígnios da Câmara Municipal de Mortágua é o de, através das suas competências, responder a necessidades reais sentidas pela camada mais

Leia mais

Junta de Freguesia de Carnaxide www.jf-carnaxide.pt

Junta de Freguesia de Carnaxide www.jf-carnaxide.pt UNIVERSIDADE SÉNIOR DE CARNAXIDE - APRENDIZAGEM E LAZER ARTIGO 1º Aspectos Gerais REGULAMENTO 1- A Universidade Sénior de Carnaxide - Aprendizagem e Lazer, adiante designada por USCAL, tem por objectivo

Leia mais

III PROGRAMA DE ESTÁGIOS DE VERÃO AEFFUL

III PROGRAMA DE ESTÁGIOS DE VERÃO AEFFUL III PROGRAMA DE ESTÁGIOS DE VERÃO AEFFUL 1 Enquadramento O Gabinete de Estágios e Saídas Profissionais (GESP) tem o objectivo de estabelecer uma plataforma de comunicação entre estagiários e recém-mestres

Leia mais

ACTIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LECTIVO 2011 / 2012 TIC@CIDADANIA. Proposta de planos anuais. 1.º Ciclo do Ensino Básico

ACTIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LECTIVO 2011 / 2012 TIC@CIDADANIA. Proposta de planos anuais. 1.º Ciclo do Ensino Básico ACTIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LECTIVO 2011 / 2012 TIC@CIDADANIA Proposta de planos anuais 1.º Ciclo do Ensino Básico Introdução O objetivo principal deste projeto é promover e estimular

Leia mais

ESTÁ ao serviço das pessoas, das famílias e das comunidades, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e do bem estar das populações.

ESTÁ ao serviço das pessoas, das famílias e das comunidades, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e do bem estar das populações. O Voluntariado O Voluntariado traduz-se no conjunto de acções de interesse social e comunitário, realizadas de forma desinteressada por pessoas, no âmbito de projectos, programas e outras formas de intervenção

Leia mais

PROPOSTA DE REGULAMENTO INTERNO

PROPOSTA DE REGULAMENTO INTERNO PROPOSTA DE REGULAMENTO INTERNO VOLUNTARIOS SOCIAIS DO CONCELHO DE ALBERGARIA-A-VELHA - PROGRAMA ALBERGARIA SOLIDÁRIA NOTA JUSTIFICATIVA No âmbito de uma política social que se vem orientando para potenciar

Leia mais

Cooperação no Ensino Politécnico Orlando Rodrigues

Cooperação no Ensino Politécnico Orlando Rodrigues Os Dias do Desenvolvimento Conhecimento, Capacitação e Transferência de Tecnologia Lisboa, 22 de Abril Cooperação no Ensino Politécnico Orlando Rodrigues Objectivo: Breve reflexão em torno da experiência

Leia mais

- Visitas orientadas Público-alvo: público geral

- Visitas orientadas Público-alvo: público geral Criado em 2006, o Serviço Educativo do Museu de Santa Maria de Lamas (MSML) tem desenvolvido um conjunto de actividades pedagógicas e lúdicas, no sentido de divulgar o património integrado no seu vasto

Leia mais

Projecto de Voluntariado do Concelho de Lagoa. Banco de Voluntariado LagoaSocial

Projecto de Voluntariado do Concelho de Lagoa. Banco de Voluntariado LagoaSocial Projecto de Voluntariado do Concelho de Lagoa Banco de Voluntariado LagoaSocial Projecto de Voluntariado Social de Lagoa O Banco de Voluntariado LagoaSocial será enquadrado num conjunto de medidas e acções

Leia mais

ORCAMENTO PARTICIPATIVO JOVEM Alcanena 2016

ORCAMENTO PARTICIPATIVO JOVEM Alcanena 2016 ORCAMENTO PARTICIPATIVO JOVEM Alcanena 20 Critérios de Participação Artigo 1º Missão O Orçamento Participativo Jovem do Município de Alcanena é um processo de envolvimento e auscultação da população jovem

Leia mais

Projecto Integrado da Baixa da Banheira

Projecto Integrado da Baixa da Banheira Projecto Integrado da Baixa da Banheira 1. INTRODUÇÃO O Projecto Integrado da Baixa da Banheira nasce de uma parceria entre a Câmara Municipal da Moita e o ICE tendo em vista induzir as Associações da

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO ACÇÕES CONJUNTAS INSTITUIÇÕES PARTICULARES DE SOLIDARIEDADE SOCIAL DO SEIXAL NA ÁREA DA INFÂNCIA 2009 Elaborado por: Isabel Rosinha Seixal, 28 de Setembro de 2009 Página 1 de 19

Leia mais

Restituição de cauções aos consumidores de electricidade e de gás natural Outubro de 2007

Restituição de cauções aos consumidores de electricidade e de gás natural Outubro de 2007 Restituição de cauções aos consumidores de electricidade e de gás natural Outubro de 2007 Ponto de situação em 31 de Outubro de 2007 As listas de consumidores com direito à restituição de caução foram

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE TRANCOSO

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE TRANCOSO REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE JUVENTUDE DE TRANCOSO ÍNDICE Regulamento do Conselho Municipal de Juventude de Trancoso... 1 Preâmbulo... 1 CAPÍTULO I... 2 Parte Geral... 2 Artigo 1º... 2 Lei Habilitante

Leia mais

Mais informações em www.cm-odemira.pt, através do email banco.voluntariado@cm-odemira.pt ou nos serviços de ação social do Município de Odemira

Mais informações em www.cm-odemira.pt, através do email banco.voluntariado@cm-odemira.pt ou nos serviços de ação social do Município de Odemira Projectos de Voluntariado no Concelho de Odemira Inscreva-se Mais informações em www.cm-odemira.pt, através do email banco.voluntariado@cm-odemira.pt ou nos serviços de ação social do Município de Odemira

Leia mais

E B I / J I d e T Á V O R A

E B I / J I d e T Á V O R A E B I / J I d e T Á V O R A R E G U L A M E N T O D E U T I L I Z A Ç Ã O D O S COMPUTA D O R E S PO R T Á T E I S O objectivo deste documento é regulamentar todas as actividades curriculares desenvolvidas,

Leia mais

1 Apresentação... 3. 2 - Resenha Histórica... 4. 3 - Objetivos... 5. 4 - Entidades envolvidas... 5. 5 - Planificação das atividades...

1 Apresentação... 3. 2 - Resenha Histórica... 4. 3 - Objetivos... 5. 4 - Entidades envolvidas... 5. 5 - Planificação das atividades... Projeto ÁGUA É VIDA Índice 1 Apresentação... 3 2 - Resenha Histórica... 4 3 - Objetivos... 5 4 - Entidades envolvidas... 5 5 - Planificação das atividades... 5 6 - Orçamento... 6 7 - Conclusão... 6 Página

Leia mais

Apoio a crianças e jovens em situação de risco

Apoio a crianças e jovens em situação de risco Ficha de Projecto Dezembro/2006 Designação Parceria Acordo de Parceiros de 20.12.05 Gabinete para a Cooperação do Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social de Portugal Gabinete do Ministro do Trabalho,

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE APOIO À FAMÍLIA DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR DE S. JOÃO DA MADEIRA

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE APOIO À FAMÍLIA DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR DE S. JOÃO DA MADEIRA REGULAMENTO DO PROGRAMA DE APOIO À FAMÍLIA DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR DE S. JOÃO DA MADEIRA Nota justificativa Foram ouvidas as entidades interessadas, nos termos do artigo 117.º do Código do Procedimento

Leia mais

CONTRATO LOCAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL (CLDS) ESPINHO VIVO

CONTRATO LOCAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL (CLDS) ESPINHO VIVO CONTRATO LOCAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL (CLDS) ESPINHO VIVO EIXO 1 EMPREGO, FORMAÇÃO, QUALIFICAÇÃO E EMPREENDEDORISMO 01 - BALCÃO DE EMPREGABILIDADE; O Balcão de Empregabilidade pretende apoiar os desempregados

Leia mais

FAQ s METODOLOGIA DE INTERVENÇÃO / ORGANIZAÇÃO

FAQ s METODOLOGIA DE INTERVENÇÃO / ORGANIZAÇÃO FAQ s METODOLOGIA DE INTERVENÇÃO / ORGANIZAÇÃO 1) Quais os objectivos que se pretende atingir com a Sessão de Imersão e o Seminário de Diagnóstico? A Sessão de Imersão tem por objectivo a apresentação

Leia mais

Acção Sócio-Educativa

Acção Sócio-Educativa Acção Sócio-Educativa Dinamizar estratégias que visam prevenir situações de absentismo e abandono escolar, voltar a colocar os jovens no Sistema Educativo. Estruturar os cursos de Alfabetização e Formação

Leia mais

Regulamento da 1ª Mostra/Venda Ordem para Criar!

Regulamento da 1ª Mostra/Venda Ordem para Criar! Regulamento da 1ª Mostra/Venda Ordem para Criar! (escultura, pintura, fotografia, instalação, vídeo, joalharia, moda,...) Armazém das Artes 1,2,3 e 4 de Dezembro de 2011 quinta-feira, sexta-feira, sábado

Leia mais

Programa 5 ao Dia. Um Alimentação Saudável está nas nossas mãos.

Programa 5 ao Dia. Um Alimentação Saudável está nas nossas mãos. Programa 5 ao Dia Um Alimentação Saudável está nas nossas mãos. O que é o Programa 5 ao Dia? Enquadramento Conceito Objectivos e Destinatários Associação 5 ao Dia Desenvolvimento Enquadramento Mudança

Leia mais

Plano de Acção. Rede Social 2011/2012

Plano de Acção. Rede Social 2011/2012 Plano de Acção - Rede Social Plano de Acção Rede Social Conselho Local da Acção Social de Figueira de Castelo Plano de Acção Rede Social Acções a desenvolver Objectivos Resultados esperados Calendarização

Leia mais

Teatro com Teias e Histórias

Teatro com Teias e Histórias Teatro com Teias e Histórias 3 em Pipa Associação de Criação Teatral e Animação Cultural Organização de um grupo de voluntários que, integrados num projecto comunitário de vertente artística, actuam junto

Leia mais

6 Plano de Acção 2005/2006

6 Plano de Acção 2005/2006 1 6 Plano de Acção 2005/ A Rede social iniciou actividades efectivas em em 2003, tendo sido realizado, até 2004 o Pré-Diagnóstico, o Diagnóstico Social, o Plano de Desenvolvimento Social e o Plano de Acção

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO VICENTE

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO VICENTE (MANDATO 20132017) ATA DA VIGÉSIMA REUNIÃO DE 2015 Aos vinte e quatro dias do mês de setembro do ano dois mil e quinze, pelas dez horas, em cumprimento de convocatória emanada nos termos do disposto n.º

Leia mais

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES (3ª ACTUALIZAÇÃO)

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES (3ª ACTUALIZAÇÃO) AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PÚBLICAS DO CONCELHO DE PROENÇA-A-NOVA (3ª ACTUALIZAÇÃO) (3ª Actualização JULHO/2008) 1 Mês: Abril/2008 ANULAR (Estava na 1ª versão sem data) ANULAR (estava na 2ª versão para o 3º

Leia mais

REGULAMENTO MUNICIPAL DA MEIA MARATONA FOTOGRÁFICA DE SETÚBAL

REGULAMENTO MUNICIPAL DA MEIA MARATONA FOTOGRÁFICA DE SETÚBAL REGULAMENTO MUNICIPAL DA MEIA MARATONA FOTOGRÁFICA DE SETÚBAL Preâmbulo O Município de Setúbal tem procurado intervir em diversos campos, no sentido de proporcionar a satisfação de um conjunto de necessidades

Leia mais

Programa de Educação para a Sustentabilidade 2014/2015

Programa de Educação para a Sustentabilidade 2014/2015 Programa de Educação para a Sustentabilidade 2014/2015 Plano de Atividades Programa de Educação para a Sustentabilidade O Programa de Educação para a Sustentabilidade para o ano letivo 2014/2015 integra

Leia mais

Plano Tecnológico da Educação: um meio para a melhoria do desempenho escolar dos alunos

Plano Tecnológico da Educação: um meio para a melhoria do desempenho escolar dos alunos Plano Tecnológico da Educação Plano Tecnológico da Educação: um meio para a melhoria do desempenho escolar dos alunos 23 de Jun de 2008 O Plano Tecnológico da Educação constitui-se como um poderoso meio

Leia mais

ESCOLA EB 2.3/S Dr. Isidoro de Sousa PLANO DE ACTIVIDADES BIBLIOTECA ESCOLAR / CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS ANO LECTIVO 2006 / 2007

ESCOLA EB 2.3/S Dr. Isidoro de Sousa PLANO DE ACTIVIDADES BIBLIOTECA ESCOLAR / CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS ANO LECTIVO 2006 / 2007 ESCOLA EB 2.3/S Dr. Isidoro de Sousa BIBLIOTECA ESCOLAR / CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS PLANO DE ACTIVIDADES ANO LECTIVO 2006 / 2007 Escola EB 2,3/S Dr. Isidoro de Sousa BE/CRE Pl de Actividades Ano Lectivo

Leia mais

TORNEIO DE SUECA. CAFÉ CLASSIC Regulamento

TORNEIO DE SUECA. CAFÉ CLASSIC Regulamento TORNEIO DE SUECA CAFÉ CLASSIC Regulamento Torneio de sueca 1º O torneio será em forma de grupos. 2º Exemplo: podendo ser alteradas o número de equipas apuradas, dependendo das equipas inscritas! Grupo

Leia mais

Desejamos a todos um excelente ano letivo!

Desejamos a todos um excelente ano letivo! O Museu Municipal de Loulé apresenta o programa Visita Brincando, para o ano letivo 2014/2015. Este programa é construído em torno do nosso Património Cultural e pretende contribuir para despertar o olhar,

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015

EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015 EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 2015 1. DO OBJETO 1.1. O presente edital tem por objeto realizar uma chamada pública nacional para seleção de projetos que contribuam para o empoderamento das mulheres

Leia mais

A. A sala dos professores

A. A sala dos professores A. A sala dos professores Esta iniciativa tem como objectivo promover o contacto e o intercâmbio de informação entre os professores e o parque, bem como facilitar a programação e fruição das nossas actividades.

Leia mais

memmolde Norte: uma contribuição para a salvaguarda da memória colectiva da indústria de moldes do Norte de Portugal

memmolde Norte: uma contribuição para a salvaguarda da memória colectiva da indústria de moldes do Norte de Portugal memmolde Norte: uma contribuição para a salvaguarda da memória colectiva da indústria de moldes do Norte de Portugal Nuno Gomes Cefamol Associação Nacional da Indústria de Moldes MEMMOLDE NORTE As rápidas

Leia mais

Projecto Mil Escolas e Portal www.aguaonline.net Feira do Ambiente de Paços de Ferreira 10 a 13 Setembro de 2009

Projecto Mil Escolas e Portal www.aguaonline.net Feira do Ambiente de Paços de Ferreira 10 a 13 Setembro de 2009 www.aguaonline.net Projecto Mil Escolas e Portal www.aguaonline.net Feira do Ambiente de Paços de Ferreira 10 a 13 Setembro de 2009 Administrador da Águas do Douro e Paiva, Prof. Arménio Pereira, em visita

Leia mais

Informação para os Professores e Encarregados de Educação

Informação para os Professores e Encarregados de Educação Informação para os Professores e Encarregados de Educação Descrição do Programa O programa e.escolinha destina-se aos alunos do 1.º ciclo do ensino básico público e privado e tem como finalidade garantir

Leia mais

GUIAS DA MONTANHA DO PICO Parque Natural da ilha do Pico. Programa do Curso 15 Maio 2015

GUIAS DA MONTANHA DO PICO Parque Natural da ilha do Pico. Programa do Curso 15 Maio 2015 GUIAS DA MONTANHA DO PICO Parque Natural da ilha do Pico Programa do Curso 15 Maio 2015 1. Introdução e objectivos A Direcção Regional do Ambiente em parceria com o Turismo dos Açores promove o curso de

Leia mais

MUNICÍPIO DE LAGOA AÇORES REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE PREÂMBULO

MUNICÍPIO DE LAGOA AÇORES REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE PREÂMBULO REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE PREÂMBULO Em 1986 a Organização Mundial de Saúde (OMS) lança o projeto Cidades Saudáveis em 11 cidades europeias. O propósito desta iniciativa visou fortalecer

Leia mais

Comunicar em segurança protecção de menores na utitilização das TIC

Comunicar em segurança protecção de menores na utitilização das TIC Comunicar em segurança protecção de menores na utitilização das TIC Sustentabilidade social This document is intellectual property of PT and its use or dissemination is forbidden without explicit written

Leia mais

Galp Energia Projecto Vidas Galp

Galp Energia Projecto Vidas Galp Galp Energia Projecto Vidas Galp Situação Informação sobre a empresa O Grupo Galp Energia é constituído pela Galp Energia e subsidiárias, as quais incluem a Petróleos de Portugal Petrogal, S.A., a Galp

Leia mais

CÂMARA MU NI CIPAL DE A ZAMBU JA. Centro de Educação Ambiental de Azambuja

CÂMARA MU NI CIPAL DE A ZAMBU JA. Centro de Educação Ambiental de Azambuja CÂMARA MU NI CIPAL DE A ZAMBU JA Centro de Educação Ambiental de Azambuja Página 2 Página 11 Índice Educação Ambiental.. 3 Centro de Educação Ambiental de Azambuja.... 4 Objetivos. 5 Atribuição visitas.

Leia mais

Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação

Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação A Ciência Viva tem como missão a difusão da Cultura Científica e Tecnológica apoiando acções dirigidas à promoção da Educação Científica e Tecnológica

Leia mais

Curso de Formação para Dinamização de workshops

Curso de Formação para Dinamização de workshops Curso de Formação para Dinamização de workshops Ficha Informativa Curso de Formação para Cientistas 1. A Empresa A Science4you é uma empresa 100% Nacional que nasceu em Janeiro de 2008. É considerada uma

Leia mais

Plano Anual de Atividades 2014/2015

Plano Anual de Atividades 2014/2015 Plano Anual de Atividades 2014/2015 Designação Objectivos Grupo alvo Calendarização Responsáveis pela actividade Recursos a afectar J F M A M J J A S O N D Humanos Materiais Logísticos Sensibilização para

Leia mais

POR ALENTEJO PROGRAMA OPERACIONAL DA REGIÃO DO ALENTEJO

POR ALENTEJO PROGRAMA OPERACIONAL DA REGIÃO DO ALENTEJO POR ALENTEJO PROGRAMA OPERACIONAL DA REGIÃO DO ALENTEJO ACÇÃO-TIPO: 2.3.1 ACÇÕES DE FORMAÇÃO VALORIZAÇÃO DE COMPETÊNCIAS NA ÁREA DO COMÉRCIO CURSO N..ºº 11 INFFORMÁTTI I ICA NA ÓPTTI ICA DO UTTI ILLI IZZADOR

Leia mais

Criação e Desenvolvimento de Novos Negócios no Sector Agro-Alimentar

Criação e Desenvolvimento de Novos Negócios no Sector Agro-Alimentar Curso de Formação Avançada Criação e Desenvolvimento de Novos Negócios no Sector Agro-Alimentar Em colaboração com 9 de Maio a 21 de Junho de 2008 Instituto Superior de Agronomia / Universidade Técnica

Leia mais

Ficha de Inscrição e identificação do Voluntário PND

Ficha de Inscrição e identificação do Voluntário PND Ficha de Inscrição e identificação do Voluntário PND Dados de Identificação: Nome Completo: Data de nascimento: / / Local: Sexo: F M Estado Civil: Numero de BI ou Cartão de Cidadão Segurança Social: Numero

Leia mais