Escola Sénior do Mundo Rural

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Escola Sénior do Mundo Rural - 2006"

Transcrição

1 Escola Sénior do Mundo Rural A Escola Sénior do Mundo Rural (ESMR), insere-se no âmbito da actividade 6 - "Apoio ao Movimento Associativo", do projecto ParticipAR. Tendo como objectivo principal proporcionar a ocupação dos tempos livres de uma forma pedagógica em actividades de aprendizagem, a ESMR destina-se a maiores de 50 anos residentes no concelho de Arraiolos. A Escola Sénior é membro integrante da RUTIS - Rede das Universidades da Terceira Idade, sendo através da rede proporcionado um conjunto de apoios, actividades e intercâmbio aos alunos de todo o país, os quais pretendemos ver aproveitados pela Escola Sénior do Mundo Rural. A divulgação da Escola Sénior do Mundo Rural, juntamente com a divulgação do Banco de Ajudas Técnicas, iniciou-se na primeira semana de Abril nas freguesias e localidades do concelho de Arraiolos indicadas no quadro, tendo sido contactadas cerca de 85 pessoas. As sessões decorreram em Associações de Reformados; Centros de Dia; Juntas de Freguesia e Sociedades Recreativas. Após as primeiras sessões de divulgação, o quadro de inscritos apresentou-se o seguinte: Localidade e Local Nº Inscritos Disciplinas Aldeia da Serra - Sociedade Recreativa 13 Ginástica; TIC; Alfabetização Arraiolos - Junta de Freguesia 2 Artes Decorativas Inglês; Trabalho em Estanho; Culinária Igrejinha - Associação de Reformados 1 Música, Artes; Desporto São Gregório - Junta de Freguesia 5 Alfabetização; TIC; Desporto São Pedro da Gafanhoeira - Café do 1 TIC; Alfabetização Centro de Dia Santana do Campo - Associação Unidos 0 Santana Sabugueiro - Junta de Freguesia 0 Santa Justa/Vale Pereiro - Escola 0 Primária Vimieiro - Associação de Reformados 0 Total 22 Nesta divulgação a tónica comum centrou-se maioritariamente nas disciplinas de TIC; Alfabetização e Desporto, sendo que todos os contactados mostram bastante interesse na realização de visitas de estudo/convívio a outros locais e com outras Escolas Séniores. Apesar de à data apenas se ter verificado a inscrição de uma pessoa na Igrejinha, pelo facto da divulgação ter sido efectuada na Associação de Reformados, existia já por parte de um grupo de habitantes locais a intenção de frequentar aulas de Agricultura Biológica, tendo nesta localidade sido fundamental o trabalho de divulgação feito pelo Centro Social de Cultura, Recreio e Desporto da Igrejinha, parceiro do projecto. Para a freguesia de São Gregório, onde existia um pequeno grupo interessado nas actividades de Ginástica e na Alfabetização, foi inquirido junto da Câmara Municipal da possibilidade de utilização da Escola Primária entretanto encerrada, não havendo até ao momento resposta. Progride - ParticipAR - Acção 6 - Escola Sénior do Mundo Rural - Relatório de Actividade - 31 Dezembro de

2 Primeira sessão de divulgação, efectuada na Associação de Reformados do Vimieiro e Sociedade Recreativa da Aldeia da Serra Primeira sessão de divulgação, efectuada no Centro de Dia da Igrejinha e na Junta de Freguesia de São Gregório Primeira sessão de divulgação, efectuada na Junta de Freguesia de Arraiolos e Escola Primária de Vale do Pereiro Progride - ParticipAR - Acção 6 - Escola Sénior do Mundo Rural - Relatório de Actividade - 31 Dezembro de

3 Em Setembro, e de modo a dar início às aulas de acordo com o cronograma estabelecido no projecto, foram efectuadas novas sessões de divulgação com incidência nos locais com maior número de inscritos, tendo este aumentado para o triplo, conforme se verifica no quadro seguinte: Localidade Nº Inscritos Disciplinas e Aldeia da Serra 13 Ginástica - 13 TIC - 6 Alfabetização - 7 Arraiolos 2 Artes Decorativas Inglês; Trabalho em Estanho; Culinária - 1 TIC - 2 Igrejinha 11 Agricultura - 10 Música, Artes; Desporto - 1 São Gregório 5 Alfabetização; TIC; Desporto São Pedro da Gafanhoeira 1 Informática - 1 Santana do Campo 17 Informática - 7 Ginástica -13 Sabugueiro - Junta de Freguesia 0 Santa Justa/Vale Pereiro 11 Artes Decorativas, Bordados - 7 Inglês - 4 Desporto - 4 Vimieiro 15 Ginástica - 8 (inclui Hidroginástica) Música - 3 Computadores - 9 Bordados - 4 Total 75 Segunda sessão de divulgação na Associação de Reformados do Vimieiro Progride - ParticipAR - Acção 6 - Escola Sénior do Mundo Rural - Relatório de Actividade - 31 Dezembro de

4 Segunda sessão de divulgação na sociedade Recreativa da Aldeia da Serra Segunda sessão de divulgação no Centro de Dia de São Gregório Segunda sessão de divulgação na Associação Social Amigos de Santana Ainda em Outubro, foi também efectuada uma acção de divulgação na localidade das Ilhas (freguesia de Arraiolos), onde o projecto foi apresentado publicamente pela primeira vez. Esta sessão contou com um público exclusivamente feminino de cerca de 14 pessoas, que manifestou o seu interesse pelas aulas "base" de Ginástica, TIC e Alfabetização. Progride - ParticipAR - Acção 6 - Escola Sénior do Mundo Rural - Relatório de Actividade - 31 Dezembro de

5 Sessão de divulgação nas Ilhas da Boavista De acordo com as inscrições, as actividades da Escola Sénior foram repartidas por "Pólos". No mês de Outubro, iniciaram-se as actividades de cada "Pólo" sendo que o "Pólo da Igrejinha" foi o primeiro a ser inaugurado no dia 3, seguindo-se o da Aldeia da Serra no dia 20 e o de Santana do Campo a 26 de Outubro. As aulas decorrem em espaços cedidos pelos parceiros do projecto, de acordo com protocolo estabelecido. Inauguração da Escola Sénior - Pólo da Igrejinha - 3/10/2006 Inauguração da Escola Sénior - Pólo da Aldeia da Serra - 20/10/2006 Progride - ParticipAR - Acção 6 - Escola Sénior do Mundo Rural - Relatório de Actividade - 31 Dezembro de

6 Inauguração da Escola Sénior - Pólo de Santana do Campo - 26/10/2006 Na Igrejinha pretende-se que o projecto de Agricultura Biológica seja dividido entre aulas teóricas a realizar no Centro Social de Cultura e Desporto da Igrejinha, e as aulas práticas a realizar num terreno cedido pela Junta de Freguesia, segundo protocolo a estabelecer com aquela entidade. De modo a envolver a restante comunidade no projecto, é objectivo do mesmo que os produtos resultantes da produção agrícola sejam utilizados no Centro de Dia e/ou na Escola. Pretende-se também que os alunos da Escola Primária e do Jardim de Infância possam efectuar visitas de estudo à horta biológica. Primeira aula de Agricultura Biológica - Pólo da Igrejinha As actividades da Escola contam agora com dois dias de aulas (terças e quintas), de uma hora cada, divididas em Agricultura Biológica nas vertentes hortícola e pecuária, ministradas por dois professores voluntários, um engenheiro agrónomo e um veterinário. As aulas de ginástica são ministradas também dois dias por semana (terças e sextas), no Centro de Dia da Igrejinha, tendo para o efeito sido adquirido material como arcos, bolas e colchões. Aos alunos foram distribuídos, dossiers, canetas, lápis e blocos como material de apoio escolar. Foram também adquiridos pela Escola dois livros sobre a temática da Agricultura Biológica. No mês de Novembro estão previstas iniciaram-se as aulas de TIC, Alfabetização e as aulas práticas de agricultura biológica. Na Aldeia da Serra, iniciaram-se as aulas de Ginástica, a decorrer às segundas e quartas feiras. Também aqui se iniciou em Novembro as aulas de TIC e Alfabetização. Progride - ParticipAR - Acção 6 - Escola Sénior do Mundo Rural - Relatório de Actividade - 31 Dezembro de

7 Em Santana do Campo, tiveram o seu início dia 30 de Outubro as aulas de TIC e Ginástica, sendo que ambas decorrem segundas e quintas feiras, a partir das 14h. No Vimieiro, foi efectuada dia 6 de Novembro uma reunião com os cerca de 20 inscritos da localidade na ESMR, de modo a que se possam definir horários e aulas a efectuar. Para além das aulas de ginástica, TIC e Alfabetização, estão previstas ocorrer aulas de Artes Decorativas. No entanto, até final de Dezembro este pólo ainda não foi inaugurado por motivos logísticos, relativos à sala onde irão decorrer as actividades. Nas freguesias de Sabugueiro e Vale do Pereiro os animadores do projecto afectos a essas localidades realizaram acções de sensibilização, não tendo contudo grande adesão por parte da população. Transversal a todos os Pólos da ESMR está a actividade hidroginástica, que decorre todos as sextas feiras, durante a manhã, nas piscinas municipais de Arraiolos. Á data de Dezembro de 2006, resume-se assim o quadro relativo às inscrições na ESMR, que desde a primeira divulgação aumentou em número de inscritos sete vezes mais, sendo o público alvo maioritariamente feminino. Localidade Nº Inscritos Disciplinas Aldeia da Serra 22 Ginástica 18 Computadores 8 Musica - 1 Inglês - 2 Cultura Geral - 2 Lingua Portuguesa - 1 Hidro - 11 Arraiolos 2 Todas as disciplinas (excepto História); Trabalho em Estanho; Culinária Igrejinha Centro de Dia Agricultura - 11 Artes Decorativas - 1 Musica - 1 Inglês - 1 Cultura Geral - 1 Piscinas - 1 Computadores - 1 Ginástica - 16 Ilhas da Boavista 14 Ginastica - 10 Alfabetização - 4 TIC - 8 Hidro - 8 São Gregório 5 TIC - 4 Agricultura - 1 Alfabetização - 2 São Pedro da Gafanhoeira 1 Informática Santana do Campo 16 Ginástica 15 Informática 7 Alfabetização 1 Santa Justa/Vale Pereiro 7 pessoas Artes Decorativas 5 Desporto - 6 Bordados - 3 Vimieiro 29 Visitas - 2 Saúde 2 Computadores 16 Língua Portuguesa - 1 Língua Inglesa - 1 Desporto - 7 (com hidro não especificada) Agricultura Biológica 1 (desistiu) Bordados 4 Musica - 3 Contabilidade - 1 Alfabetização 1 Hidroginástica - 4 Artes Decorativas - 7 Total 124 Progride - ParticipAR - Acção 6 - Escola Sénior do Mundo Rural - Relatório de Actividade - 31 Dezembro de

8 Relativamente aos alunos que realmente frequentam as aulas, resume assim o quadro de inscritos, em final de 2006 Disciplina Localidade Homens Mulheres Total Ginástica Aldeia Serra Igrejinha Santana Ilhas Hidroginástica Aldeia Serra Igrejinha Santana Ilhas São Gregório Vimieiro Alfabetização Igrejinha Aldeia da Serra Ilhas TIC Aldeia Serra Santana Ilhas Agricultura Biológica Igrejinha Apenas se efectuam os totais por disciplina e localidade, dado que os mesmos alunos frequentam várias disciplinas. No entanto, no final do ano, frequentavam a ESMR 74 alunos: 55 mulheres e 19 homens. Progride - ParticipAR - Acção 6 - Escola Sénior do Mundo Rural - Relatório de Actividade - 31 Dezembro de

Centro Comunitário Bairro Social de Paradinha

Centro Comunitário Bairro Social de Paradinha A Cáritas Diocesana de Viseu no Bairro Social de Paradinha A Cáritas continua com um trabalho de relevante interesse social no Bairro Social de Paradinha. No ano de 2008, a Cáritas continuou a desenvolver

Leia mais

Eventos. Eixo I Emprego, Formação e Qualificação. Acção: Bom Porto

Eventos. Eixo I Emprego, Formação e Qualificação. Acção: Bom Porto Eventos Eixo I Emprego, Formação e Qualificação Acção: Bom Porto - Gabinete de Empregabilidade e Empreendedorismo: Uma das acções do projecto consiste na criação de um Gabinete de atendimento na área da

Leia mais

PROGRIDE - Programa para a Inclusão e Desenvolvimento. Acção: Banco de Ajudas Técnicas. Regulamento de Funcionamento Versão 2

PROGRIDE - Programa para a Inclusão e Desenvolvimento. Acção: Banco de Ajudas Técnicas. Regulamento de Funcionamento Versão 2 PROGRIDE - Programa para a Inclusão e Desenvolvimento Acção: Banco de Ajudas Técnicas Regulamento de Funcionamento Versão 2 Preâmbulo O presente regulamento insere-se no projecto "ParticipAR - Inovação

Leia mais

Projecto de Empreendedorismo nas Escolas. ano lectivo 2011/2012

Projecto de Empreendedorismo nas Escolas. ano lectivo 2011/2012 Projecto de Empreendedorismo nas Escolas ano lectivo 2011/2012 As Fases do Projecto ANO LECTIVO 2011/2012 Fase a fase Formação de Professores Disseminação do projecto Ateliers de Criatividade 4 acções

Leia mais

EDITAL Nº 21/10. Regulamento

EDITAL Nº 21/10. Regulamento MUNICÍPIO DO BARREIRO ASSEMBLEIA MUNICIPAL EDITAL Nº 21/10 Regulamento - - - Frederico Fernandes Pereira, Presidente da Assembleia Municipal do Barreiro, torna público que, por deliberação deste órgão

Leia mais

NORMAS DE FUNCIONAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO. Programa Viver Solidário/ Normas Página 1

NORMAS DE FUNCIONAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO. Programa Viver Solidário/ Normas Página 1 NORMAS DE FUNCIONAMENTO PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO Programa Viver Solidário/ Normas Página 1 PROGRAMA VIVER SOLIDÁRIO NORMAS DE FUNCIONAMENTO 1.INTRODUÇÃO A prática de actividades de animação regular e sistemática,

Leia mais

Câmara Municipal de Estarreja PREÂMBULO

Câmara Municipal de Estarreja PREÂMBULO PREÂMBULO O projecto Estarreja COMpartilha surge da necessidade que se tem verificado, na sociedade actual, da falta de actividades e práticas de cidadania. Traduz-se numa relação solidária para com o

Leia mais

Município de Freixo de Espada à Cinta PLANO DE ACÇÃO (2009-2010) Conselho Local de Acção Social de Freixo de Espada à Cinta

Município de Freixo de Espada à Cinta PLANO DE ACÇÃO (2009-2010) Conselho Local de Acção Social de Freixo de Espada à Cinta Município de Freixo de Espada à Cinta PLANO DE ACÇÃO (2009-2010) Conselho Local de Acção Social de Freixo de Espada à Cinta FICHA TÉCNICA Relatório do Plano de Acção de Freixo de Espada à Cinta Conselho

Leia mais

1ª Edição Turismo e Voluntariado em Moçambique

1ª Edição Turismo e Voluntariado em Moçambique TU-Voluntário 1ª Edição Turismo e Voluntariado em Moçambique A AIDGLOBAL A AIDGLOBAL Acção e Integração para o Desenvolvimento Global é uma Organização Não Governamental que desenvolve projectos nas seguintes

Leia mais

PROGRAMA VOCAÇÃO 2012

PROGRAMA VOCAÇÃO 2012 PROGRAMA VOCAÇÃO 2012 Preâmbulo A ocupação dos tempos livres dos jovens em tempo de aulas, através de actividades que contribuam significativamente para o enriquecimento da sua formação pessoal, funcionando

Leia mais

f e l i c i d a d e educar para a no Rabaçal

f e l i c i d a d e educar para a no Rabaçal educar para a f e l i c i d a d e no Rabaçal Um projeto piloto comunitário pela Associação do Centro Social Polivalente do Rabaçal e Companhia da Chanca, apoiado pela Câmara Municipal de Penela, pela União

Leia mais

Escola Secundária da Baixa da Banheira Departamento de Matemática e Ciências Experimentais CLUBE DA CIÊNCIA ANO LECTIVO 2010/2011

Escola Secundária da Baixa da Banheira Departamento de Matemática e Ciências Experimentais CLUBE DA CIÊNCIA ANO LECTIVO 2010/2011 CLUBE DA CIÊNCIA ANO LECTIVO 2010/2011 Clube da Ciência, Ano Lectivo 2010/2011 1 . Tempo de aplicação do projecto Os trabalhos a desenvolver no âmbito do Clube da Ciência serão realizados ao longo do ano

Leia mais

No que se refere ao Associativismo poderemos adiantar que o. Concelho de Rio Maior é, de facto, um Concelho rico em termos de

No que se refere ao Associativismo poderemos adiantar que o. Concelho de Rio Maior é, de facto, um Concelho rico em termos de 6. Associativismo No que se refere ao Associativismo poderemos adiantar que o Concelho de Rio Maior é, de facto, um Concelho rico em termos de movimento associativo e em termos de serviços/acções disponibilizados

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO PROGRAMA DE FERIAS DESPORTIVAS E CULTURAIS

PROJETO PEDAGÓGICO DO PROGRAMA DE FERIAS DESPORTIVAS E CULTURAIS 1. APRESENTAÇÃO PRINCÍPIOS E VALORES Acreditamos pela força dos factos que o desenvolvimento desportivo de um Concelho ou de uma Freguesia, entendido na sua vertente quantitativa e qualitativa, exige uma

Leia mais

CONTRATO LOCAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL (CLDS) ESPINHO VIVO

CONTRATO LOCAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL (CLDS) ESPINHO VIVO CONTRATO LOCAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL (CLDS) ESPINHO VIVO EIXO 1 EMPREGO, FORMAÇÃO, QUALIFICAÇÃO E EMPREENDEDORISMO 01 - BALCÃO DE EMPREGABILIDADE; O Balcão de Empregabilidade pretende apoiar os desempregados

Leia mais

Projecto de Voluntariado do Concelho de Lagoa. Banco de Voluntariado LagoaSocial

Projecto de Voluntariado do Concelho de Lagoa. Banco de Voluntariado LagoaSocial Projecto de Voluntariado do Concelho de Lagoa Banco de Voluntariado LagoaSocial Projecto de Voluntariado Social de Lagoa O Banco de Voluntariado LagoaSocial será enquadrado num conjunto de medidas e acções

Leia mais

Politicas Municipais de Apoio à Criança

Politicas Municipais de Apoio à Criança Politicas Municipais de Apoio à Criança MUNICIPIO DA MOITA DASC / Divisão de Assuntos Sociais Projectos Dirigidos à Comunidade em Geral Bibliotecas - Biblioteca Fora d Horas - Pé Direito Juventude - Férias

Leia mais

1 ENTIDADES PARCEIRAS PROMOTORAS DE VOLUNTARIADO Se tem uma sugestão de ação voluntária, uma competência especial ou específica

1 ENTIDADES PARCEIRAS PROMOTORAS DE VOLUNTARIADO Se tem uma sugestão de ação voluntária, uma competência especial ou específica Data última atualização: 05 Novembro de 2012 Índice 1 - Entidades parceiras promotoras de voluntariado 2- Projetos específicos de voluntariado 1 ENTIDADES PARCEIRAS PROMOTORAS DE VOLUNTARIADO Se tem uma

Leia mais

3. Caracterização e cadastro do Movimento Associativo do concelho

3. Caracterização e cadastro do Movimento Associativo do concelho De : DCED/DICUL Carlos Anjos Proc. Nº Para : ANA JOSÉ CARVALHO, CHEFE DA DICUL Assunto : PROPOSTA DE PLANO DE ACTIVIDADES DO GRUPO DE TRABALHO PARA O MOVIMENTO ASSOCIATIVO - 2011 Para os efeitos tidos

Leia mais

UNIVERSIDADE POPULAR DO PORTO

UNIVERSIDADE POPULAR DO PORTO ACÇÃO DE FORMAÇÃO OS ARQUIVOS DO MUNDO DO TRABALHO TRATAMENTO TÉCNICO ARQUIVÍSTICO RELATÓRIO FINAL Enquadramento A acção de formação Os arquivos do mundo do trabalho tratamento técnico arquivístico realizou-se

Leia mais

Semente de Futuro Cooperativa de Solidariedade Social, IPSS Relatório de Actividades de 2014

Semente de Futuro Cooperativa de Solidariedade Social, IPSS Relatório de Actividades de 2014 Semente de Futuro Cooperativa de Solidariedade Social, IPSS Relatório de Actividades de 2014 Introdução No ano de 2014, foi consensual que todo o trabalho se realizasse na dupla perspectiva de empreendedorismo

Leia mais

Convívio. Para terminar convido-vos a participar na próxima festa dos Santos Populares e das Maravilhas de Manique que se realiza a 13 de Junho.

Convívio. Para terminar convido-vos a participar na próxima festa dos Santos Populares e das Maravilhas de Manique que se realiza a 13 de Junho. Boletim Informativo nº 37 - Maio 2010 Convívio André Leite Convívio nº 37 - Maio 2010 Presidente da Direcção Associação de Apoio Social Nossa Senhora das Neves Instituição Particular de Solidariedade Social

Leia mais

Entidades Promotoras de Voluntariado Lourinhã

Entidades Promotoras de Voluntariado Lourinhã Entidades Promotoras de Voluntariado Câmara Municipal da Casa do Povo da Casa Pia de Lisboa Centro Social e Paroquial da ADAPECIL Associação Juvenil Tá a Mexer GEAL Junta de Freguesia de Ribamar LOURAMBI

Leia mais

Junta de Freguesia de Carnaxide www.jf-carnaxide.pt

Junta de Freguesia de Carnaxide www.jf-carnaxide.pt UNIVERSIDADE SÉNIOR DE CARNAXIDE - APRENDIZAGEM E LAZER ARTIGO 1º Aspectos Gerais REGULAMENTO 1- A Universidade Sénior de Carnaxide - Aprendizagem e Lazer, adiante designada por USCAL, tem por objectivo

Leia mais

Projecto Integrado da Baixa da Banheira

Projecto Integrado da Baixa da Banheira Projecto Integrado da Baixa da Banheira 1. INTRODUÇÃO O Projecto Integrado da Baixa da Banheira nasce de uma parceria entre a Câmara Municipal da Moita e o ICE tendo em vista induzir as Associações da

Leia mais

BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE SINTRA APRESENTAÇÃO DE PROJECTO POR ORGANIZAÇÃO

BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE SINTRA APRESENTAÇÃO DE PROJECTO POR ORGANIZAÇÃO 1/5 BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE SINTRA APRESENTAÇÃO DE PROJECTO POR ORGANIZAÇÃO REGº SM Exmº Sr. Presidente da Câmara Municipal de Sintra Solicito a inserção do presente projecto no Banco Local de Voluntariado

Leia mais

10. Equipamentos e Serviços Sociais

10. Equipamentos e Serviços Sociais 68 10. Equipamentos e Serviços Sociais A rede de equipamentos e serviços sociais existentes no concelho de Vidigueira constitui uma realidade resultante do esforço e envolvimento de entidades de diversa

Leia mais

1 Criação de uma bolsa anual de árvores para oferta

1 Criação de uma bolsa anual de árvores para oferta Floresta Comum, Qual o objectivo principal do Floresta Comum? O objectivo? O Floresta Comum, é um programa de incentivo à reflorestação com a floresta autóctone portuguesa. Para a concretização deste objectivo,

Leia mais

- INFORMAÇÃO. Agricultura Familiar e Comercialização de Proximidade

- INFORMAÇÃO. Agricultura Familiar e Comercialização de Proximidade APRESENTAÇÃO - INFORMAÇÃO Agricultura Familiar e Comercialização de Proximidade A ATAHCA organiza nos dias 10 e 11 de Outubro em Vila Verde um encontro abordando o tema Agricultura Familiar e Comercialização

Leia mais

Ficha de Inscrição e identificação do Voluntário PND

Ficha de Inscrição e identificação do Voluntário PND Ficha de Inscrição e identificação do Voluntário PND Dados de Identificação: Nome Completo: Data de nascimento: / / Local: Sexo: F M Estado Civil: Numero de BI ou Cartão de Cidadão Segurança Social: Numero

Leia mais

ATIVIDADES DESPORTIVAS 2015/2016 (Qualquer inscrição pode ser efetuada nas diferentes delegações ou sede)

ATIVIDADES DESPORTIVAS 2015/2016 (Qualquer inscrição pode ser efetuada nas diferentes delegações ou sede) ATIVIDADES DESPORTIVAS 2015/2016 (Qualquer inscrição pode ser efetuada nas diferentes delegações ou sede) GINÁSIO DE SÃO PAULO ACTIVIDADES: Ginástica 3ª idade 2X por semana = 1 hora por sessão 2ª e 4ª

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE CANAVIAIS Concelho de Évora GRANDES OPÇÕES DO PLANO

JUNTA DE FREGUESIA DE CANAVIAIS Concelho de Évora GRANDES OPÇÕES DO PLANO GRANDES OPÇÕES DO PLANO Na continuidade das opções que temos vindo a desenvolver ao longo do nosso mandato, que reflectem nas suas linhas gerais de orientação, uma constante preocupação em proporcionar

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO CONCELHIO DE PREVENÇÃO DAS TOXICODEPENDÊNCIAS (PECPT)

PLANO ESTRATÉGICO CONCELHIO DE PREVENÇÃO DAS TOXICODEPENDÊNCIAS (PECPT) PLANO ESTRATÉGICO CONCELHIO DE PREVENÇÃO DAS TOXICODEPENDÊNCIAS (PECPT) Plano de Actividades 2009/10 Odivelas 1 ÍNDICE INTRODUÇÃO 1 1 IDENTIDADE E COMUNICAÇÃO 2 2 FUNCIONAMENTO DA REDE DE PARCERIA 4 2.2

Leia mais

Plano de Actividades. Orçamento ASSOCIAÇÃO DO COMÉRCIO, INDÚSTRIA E SERVIÇOS DOS CONCELHOS DE VILA FRANCA DE XIRA E ARRUDA DOS VINHOS

Plano de Actividades. Orçamento ASSOCIAÇÃO DO COMÉRCIO, INDÚSTRIA E SERVIÇOS DOS CONCELHOS DE VILA FRANCA DE XIRA E ARRUDA DOS VINHOS Plano de Actividades e Orçamento Exercício de 2012 Plano de Actividades e Orçamento para o exercício de 2012 Preâmbulo: O Plano de Actividades do ano de 2012 foi concebido com a prudência que resulta da

Leia mais

Teatro com Teias e Histórias

Teatro com Teias e Histórias Teatro com Teias e Histórias 3 em Pipa Associação de Criação Teatral e Animação Cultural Organização de um grupo de voluntários que, integrados num projecto comunitário de vertente artística, actuam junto

Leia mais

2ª Edição - 2011. Projecto de Voluntariado em Moçambique

2ª Edição - 2011. Projecto de Voluntariado em Moçambique 2ª Edição - 2011 Projecto de Voluntariado em Moçambique AIDGLOBAL: breve apresentação A AIDGLOBAL Acção e Integração para o Desenvolvimento Global é uma Organização Não Governamental que desenvolve projectos

Leia mais

APRENDIZAGEM AO LONGO DA VIDA

APRENDIZAGEM AO LONGO DA VIDA 1 de Abril de 2004 População e Sociedade Educação e Formação 2003 (Dados provisórios) APRENDIZAGEM AO LONGO DA VIDA No último ano, mais de um milhão e meio de indivíduos com 15 ou mais anos, ou seja, 18,7,

Leia mais

Relatório Final de Avaliação. Acção n.º 8A/2010. Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas Estrangeiras Francês/Inglês

Relatório Final de Avaliação. Acção n.º 8A/2010. Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas Estrangeiras Francês/Inglês Centro de Formação de Escolas dos Concelhos de Benavente, Coruche e Salvaterra de Magos Relatório Final de Avaliação Acção n.º 8A/2010 Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas

Leia mais

Relatório Final de Avaliação. Acção n.º 8B/2010. Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas Estrangeiras Francês/Inglês

Relatório Final de Avaliação. Acção n.º 8B/2010. Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas Estrangeiras Francês/Inglês Centro de Formação de Escolas dos Concelhos de Benavente, Coruche e Salvaterra de Magos Relatório Final de Avaliação Acção n.º 8B/2010 Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas

Leia mais

11. ORGANIZAÇÃO DE UM PLANO DE FORMAÇÃO PARA

11. ORGANIZAÇÃO DE UM PLANO DE FORMAÇÃO PARA 11. ORGANIZAÇÃO DE UM PLANO DE FORMAÇÃO PARA PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA A partir dos resultados obtidos concluímos que um número significativo de docentes refere falta de preparação resultante de vários

Leia mais

Largo Ramos da Costa, 7520 Sines. Responsável pelos sectores de Eletricidade e de Serralharia da Autarquia.

Largo Ramos da Costa, 7520 Sines. Responsável pelos sectores de Eletricidade e de Serralharia da Autarquia. M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Oliveira, José Manuel Santana De Oliveira Morada Praceta Nau Roxo, Lote n.º 5 Sines 7520-268 SINES Telefone 961740416 Fax 269630239 Correio electrónico

Leia mais

ANJO DE NATAL - REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO

ANJO DE NATAL - REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO ANJO DE NATAL - REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO TEMA No âmbito do Programa de Educação Ambiental 2010/11, a Câmara Municipal de Oeiras, através do Departamento de Ambiente e Equipamento promove o concurso

Leia mais

1 Apresentação... 3. 2 - Resenha Histórica... 4. 3 - Objetivos... 5. 4 - Entidades envolvidas... 5. 5 - Planificação das atividades...

1 Apresentação... 3. 2 - Resenha Histórica... 4. 3 - Objetivos... 5. 4 - Entidades envolvidas... 5. 5 - Planificação das atividades... Projeto ÁGUA É VIDA Índice 1 Apresentação... 3 2 - Resenha Histórica... 4 3 - Objetivos... 5 4 - Entidades envolvidas... 5 5 - Planificação das atividades... 5 6 - Orçamento... 6 7 - Conclusão... 6 Página

Leia mais

UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu

UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu Rede Social de Aljezur Plano de Acção (2009) Equipa de Elaboração do Plano de Acção de 2009 / Parceiros do Núcleo Executivo do CLAS/Aljezur Ana Pinela Centro Distrital

Leia mais

ESTÁ ao serviço das pessoas, das famílias e das comunidades, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e do bem estar das populações.

ESTÁ ao serviço das pessoas, das famílias e das comunidades, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e do bem estar das populações. O Voluntariado O Voluntariado traduz-se no conjunto de acções de interesse social e comunitário, realizadas de forma desinteressada por pessoas, no âmbito de projectos, programas e outras formas de intervenção

Leia mais

ACTIVIDADES DE ANIMAÇÃO E APOIO À FAMÍLIA NOS JI PRÉ-ESCOLAR

ACTIVIDADES DE ANIMAÇÃO E APOIO À FAMÍLIA NOS JI PRÉ-ESCOLAR PRÉ-ESCOLAR PRINCÍPIOS ORIENTADORES DA ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DAS ACTIVIDADES DE ANIMAÇÃO E APOIO À FAMÍLIA NOS JI Ano lectivo 2009/2010 1 Princípios Orientadores de acordo com o Projecto Educativo A Lei

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES 2012

PLANO DE ATIVIDADES 2012 PROMOÇÃO DA CIDADANIA SÉNIOR Grupo de trabalho pessoas idosas, envelhecimento e intergeracionalidade PLANO DE ATIVIDADES 2012 Peniche Certos de que estamos perante um dos desafios mais relevantes do século

Leia mais

Conselho de Parceiros

Conselho de Parceiros Conselho de Parceiros 26 de Novembro de 2010 Centro Cultural e de Congressos de Aveiro 15 de Outubro de 2010 - Centro Cultural e de Congressos de Aveiro Acção 1 - Intervenção Psicossocial Acompanhamento

Leia mais

Plano de Acção. Rede Social 2011/2012

Plano de Acção. Rede Social 2011/2012 Plano de Acção - Rede Social Plano de Acção Rede Social Conselho Local da Acção Social de Figueira de Castelo Plano de Acção Rede Social Acções a desenvolver Objectivos Resultados esperados Calendarização

Leia mais

REGULAMENTO CURSOS ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA

REGULAMENTO CURSOS ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA REGULAMENTO CURSOS ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA (Com base no Regulamento de Estudos revisto e alterado em Reunião do Conselho Científico de 27 Novembro 2006) Anos Lectivos 2006/2007 e 2007/2008 Artigo 1.º

Leia mais

CLUBE DE FRANCÊS PROPOSTA PARA O ANO LECTIVO 2010/2011

CLUBE DE FRANCÊS PROPOSTA PARA O ANO LECTIVO 2010/2011 CLUBE DE FRANCÊS PROPOSTA PARA O ANO LECTIVO 2010/2011 Responsável pelo Clube de Francês Profª Ana Serra CLUBE DE FRANCÊS PROPOSTA - ANO LECTIVO 2010/2011 INTRODUÇÃO O Francês, como língua estrangeira

Leia mais

Relatório de Autoavaliação dos Planos de Ação

Relatório de Autoavaliação dos Planos de Ação AGRUPAMENTO DE ESCOLAS POETA JOAQUIM SERRA Relatório de Autoavaliação dos Planos de Ação Ano letivo 2014/2015 EB1 Afonsoeiro Índice INTRODUÇÃO 2 I - ENQUADRAMENTO 1. Caracterização da Escola 2 II AVALIAÇÃO

Leia mais

BENEFÍCIOS DOS ADVOGADOS

BENEFÍCIOS DOS ADVOGADOS BENEFÍCIOS DOS ADVOGADOS ACADEMIA MORANGOS COIMBRA - QUINTA DE S. JERÓNIMO >> SERVIÇOS: Morangos Creche A Creche Morangos tem como objectivo a promoção do desenvolvimento da criança até aos 3 anos, proporcionando

Leia mais

NOTA INTRODUTÓRIA... 3 DESENHO E MONTEGEM DAS ACÇÕES...4. Eixo de Desenvolvimento 1: Situações de Risco Social... 5

NOTA INTRODUTÓRIA... 3 DESENHO E MONTEGEM DAS ACÇÕES...4. Eixo de Desenvolvimento 1: Situações de Risco Social... 5 INDICE NOTA INTRODUTÓRIA... 3 DESENHO E MONTEGEM DAS ACÇÕES...4 Eixo de Desenvolvimento 1: Situações de Risco Social... 5 Eixo de Desenvolvimento 2: Empregabilidade de Formação Profissional... 13 Eixo

Leia mais

Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação

Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação A Ciência Viva tem como missão a difusão da Cultura Científica e Tecnológica apoiando acções dirigidas à promoção da Educação Científica e Tecnológica

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES 2015/2016. Associação Sénior de Odivelas

PLANO DE ATIVIDADES 2015/2016. Associação Sénior de Odivelas PLANO DE ATIVIDADES 2015/2016 Associação Sénior de Odivelas A Universidade Sénior de Odivelas é um projecto inovador que tem por base a promoção da qualidade de vida dos seniores de Odivelas, fomentando

Leia mais

REGULAMENTO DE HORTAS SOCIAIS DO MUNICÍPIO DE BEJA 2011

REGULAMENTO DE HORTAS SOCIAIS DO MUNICÍPIO DE BEJA 2011 REGULAMENTO DE HORTAS SOCIAIS DO MUNICÍPIO DE BEJA 2011 Considerando a vontade da Câmara Municipal de Beja no aproveitamento do potencial das hortas urbanas enquanto espaços de fins múltiplos, nomeadamente

Leia mais

A Escola obrigatória no Cantão de Zurique

A Escola obrigatória no Cantão de Zurique Portugiesisch A Escola obrigatória no Cantão de Zurique Informação para os pais Objectivos e linhas gerais A escola obrigatória oficial, no Cantão de Zurique, é obrigada a respeitar os valores fundamentais

Leia mais

plano anual de educação ambiental

plano anual de educação ambiental plano anual de educação ambiental 2009/2010 complexo de educação ambiental da quinta da gruta PROGRAMA FAMÍLIAS Grelha Resumo por Sector Sector Rios/Espaços Verdes Animais Dias comemorativos Férias Datas

Leia mais

Setembro Dia Europeu Sem Carros 22 Semana Europeia da Mobilidade 16 17 18 19 20 21 22

Setembro Dia Europeu Sem Carros 22 Semana Europeia da Mobilidade 16 17 18 19 20 21 22 Câmara Municipal: Cidade VILA NOVA DE GAIA Vila Nova de Gaia Setembro Dia Europeu Sem Carros 22 Semana Europeia da Mobilidade 16 17 18 19 20 21 22 Área da cidade 600 ha População total 30 hab. Dimensão

Leia mais

NORMAS DE FUNCIONAMENTO INTERNO

NORMAS DE FUNCIONAMENTO INTERNO NORMAS DE FUNCIONAMENTO INTERNO UNIVERSIDADE SÉNIOR DE GRÂNDOLA 1 UNIVERSIDADE SÉNIOR DE GRÂNDOLA NORMAS DE FUNCIONAMENTO INTERNO 1.INTRODUÇÃO A Universidade Sénior de Grândola (USG), funciona num edifício

Leia mais

2011/2012. CÂMARA MUNICIPAL ALENQUER-Divisão de Ambiente

2011/2012. CÂMARA MUNICIPAL ALENQUER-Divisão de Ambiente PLANO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL 2011/2012 CÂMARA MUNICIPAL ALENQUER-Divisão de Ambiente 2011/2012 Índice: Introdução Ações de Sensibilização: Ateliers: Datas Comemorativas: Visitas de Estudo: Concursos: Projetos:

Leia mais

AGENDA 21 LOCAL CONDEIXA-A-NOVA

AGENDA 21 LOCAL CONDEIXA-A-NOVA AGENDA 21 LOCAL CONDEIXA-A-NOVA PLANO DE COMUNICAÇÃO E DIVULGAÇÃO Deliverable 4 Fase 2 Novembro 2008 1 P á g i n a Índice 1. Objectivos... 3 2. Públicos-alvo... 4 3. Estratégia de Comunicação... 5 3.1

Leia mais

Apoio a crianças e jovens em situação de risco

Apoio a crianças e jovens em situação de risco Ficha de Projecto Dezembro/2006 Designação Parceria Acordo de Parceiros de 20.12.05 Gabinete para a Cooperação do Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social de Portugal Gabinete do Ministro do Trabalho,

Leia mais

Plano Anual de Atividades 2014/2015

Plano Anual de Atividades 2014/2015 Plano Anual de Atividades 2014/2015 Designação Objectivos Grupo alvo Calendarização Responsáveis pela actividade Recursos a afectar J F M A M J J A S O N D Humanos Materiais Logísticos Sensibilização para

Leia mais

Piscinas - Inscrições/preçário

Piscinas - Inscrições/preçário Piscinas - Inscrições/preçário Inscrições Para se inscrever nas aulas de natação municipal deverá dirigir-se à Secretaria das Piscina Municipal Documentos: Ficha de inscrição, 1 fotografia, fotocópia do

Leia mais

ESPAÇOS INTERNET DO CONCELHO DE REGUENGOS DE MONSARAZ

ESPAÇOS INTERNET DO CONCELHO DE REGUENGOS DE MONSARAZ MUNICÍPIO DE REGUENGOS DE MONSARAZ CÂMARA MUNICIPAL REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DOS ESPAÇOS INTERNET DO CONCELHO DE REGUENGOS DE MONSARAZ Reguengos de Monsaraz, 21 de Dezembro de 2008 Apartado

Leia mais

Fórum de Boas Práticas

Fórum de Boas Práticas Câmara Municipal de Torres Vedras Sandra Colaço Fórum de Boas Práticas Rede Portuguesa de Cidades Saudáveis 28 de Outubro de 2009 TORRES VEDRAS População -72 259(2001) Área 407 Km2 O concelho no país Na

Leia mais

CAPÍTULO IV INSTALAÇÕES PÚBLICAS, DESPORTIVAS E DE RECREIO SECÇÃO I. Artigo 19.º Instalações Públicas, Desportivas e de Recreio

CAPÍTULO IV INSTALAÇÕES PÚBLICAS, DESPORTIVAS E DE RECREIO SECÇÃO I. Artigo 19.º Instalações Públicas, Desportivas e de Recreio CAPÍTULO IV INSTALAÇÕES PÚBLICAS, DESPORTIVAS E DE RECREIO SECÇÃO I TAXAS Artigo 19.º Instalações Públicas, Desportivas e de Recreio 3- Piscina Coberta 3.1 Regime da Escola Municipal de Natação Dos 6 aos

Leia mais

1.1.1.1. Objectivo Especifico Garantir que os alunos de 1.º e 2.º Ciclo assistam a acções de prevenção primária da toxicodependência.

1.1.1.1. Objectivo Especifico Garantir que os alunos de 1.º e 2.º Ciclo assistam a acções de prevenção primária da toxicodependência. Conselho Local de Acção Social de de Ourique Cuba Plano de Acção 2008 - Rede Social Programação Anual. Prioridade Promover a melhoria das condições de vida das crianças, dos idosos e das famílias através

Leia mais

REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE MIRANDELA. Preâmbulo

REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE MIRANDELA. Preâmbulo REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE MIRANDELA Preâmbulo O voluntariado é definido como um conjunto de acções e interesses sociais e comunitários, realizadas de forma desinteressada no âmbito

Leia mais

Acção Sócio-Educativa

Acção Sócio-Educativa Acção Sócio-Educativa Dinamizar estratégias que visam prevenir situações de absentismo e abandono escolar, voltar a colocar os jovens no Sistema Educativo. Estruturar os cursos de Alfabetização e Formação

Leia mais

RUA PREFEITO HILÁRIO DA COSTA E SILVA, Nº 147 - CENTRO - MARICÁ - RJ INSC. NO C.N.P.J. 00.198.742/0001-73 TEL: 2637-2956

RUA PREFEITO HILÁRIO DA COSTA E SILVA, Nº 147 - CENTRO - MARICÁ - RJ INSC. NO C.N.P.J. 00.198.742/0001-73 TEL: 2637-2956 HORÁRIO DAS AULAS 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL AULA DE MÚSICA / LÍNGUA PORTUGUESA / AULA DE INGLÊS / LÍNGUA PORTUGUESA / CIÊNCIAS / ARTES / LÍNGUA PORTUGUESA EDUCAÇÃO FÍSICA / HISTÓRIA E GEOGRAFIA / LÍNGUA

Leia mais

PROJETO ANUAL DA LUDOTECA

PROJETO ANUAL DA LUDOTECA O FAZ DE CONTA PROJETO ANUAL DA LUDOTECA ANO LECTIVO 2014/2015 Inês Matos ÍNDICE I- INTRODUÇÃO 3 II- PROJETOS 5 2.1. Semana da Alimentação 4 2.2. Formação Técnica 6 2.3. Acompanhamento às famílias 6 2.4.

Leia mais

NECESSIDADES DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DAS MICROEMPRESAS DO SECTOR DO TURISMO PARA 2010/2011

NECESSIDADES DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DAS MICROEMPRESAS DO SECTOR DO TURISMO PARA 2010/2011 REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL DIRECÇÃO REGIONAL DO TRABALHO, QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL E DEFESA DO CONSUMIDOR OBSERVATÓRIO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL

Leia mais

Plataformas Associativas, Património Rural e Conservação da Fauna Selvagem Casos práticos do Nordeste Transmontano

Plataformas Associativas, Património Rural e Conservação da Fauna Selvagem Casos práticos do Nordeste Transmontano Plataformas Associativas, Património Rural e Conservação da Fauna Selvagem Casos práticos do Nordeste Transmontano Ricardo M. L. Brandão ALDEIA Apartado 71 5210-909 Miranda do Douro E-mail: aldeiamail@gmail.com

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR AO EDITAL GR Nº 737/2015 DE OFERTA DE CURSOS E VAGAS - HISTÓRICO ESCOLAR

EDITAL COMPLEMENTAR AO EDITAL GR Nº 737/2015 DE OFERTA DE CURSOS E VAGAS - HISTÓRICO ESCOLAR EDITAL COMPLEMENTAR AO EDITAL GR Nº 737/ DE OFERTA DE S E - HISTÓRICO ESCOLAR Edital complementar referente ao Edital de Oferta GR Nº 737/ - Histórico Escolar em Cursos de Graduação Presenciais da Unisul

Leia mais

GRELHA PARA A CARACTERIZAÇÃO DE RTP. AEBJC Associação para o Ensino Bento de Jesus Caraça

GRELHA PARA A CARACTERIZAÇÃO DE RTP. AEBJC Associação para o Ensino Bento de Jesus Caraça GRELHA PARA A CARACTERIZAÇÃO DE RTP Entidade interlocutora: Identificação do Projecto AEBJC Associação para o Ensino Bento de Jesus Caraça Nº do projecto: 2001/EQUAL/A2/AD/139 Designação do projecto: Área

Leia mais

VIAGEM NO MUNDOS DAS PROFISSÕES

VIAGEM NO MUNDOS DAS PROFISSÕES VIAGEM NO MUNDOS DAS PROFISSÕES Aparelhei o barco da ilusão E reforcei a fé de marinheiro Era longe o meu sonho... MIGUEL TORGA, A Viagem Nome do Evento: VIAGEM NO MUNDO DAS PROFISSÕES Local de Realização:

Leia mais

APOIO A ESCOLAS, ASSOCIAÇÕES DE ESTUDANTES E ASSOCIAÇÕES DE PAIS

APOIO A ESCOLAS, ASSOCIAÇÕES DE ESTUDANTES E ASSOCIAÇÕES DE PAIS APOIOS A DIVERSAS ENTIDADES, INSTITUIÇÕES, ASSOCIAÇÕES E COLECTIVIDADES NO ANO DE 2014 APOIO A ESCOLAS, ASSOCIAÇÕES DE ESTUDANTES E ASSOCIAÇÕES DE PAIS Apoio à Associação de Estudantes da Escola Secundária

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES 2014/2015. Associação Sénior de Odivelas

PLANO DE ATIVIDADES 2014/2015. Associação Sénior de Odivelas PLANO DE ATIVIDADES 2014/2015 Associação Sénior de Odivelas A Universidade Sénior de Odivelas é um projecto inovador que tem por base a promoção da qualidade de vida dos seniores de Odivelas, fomentando

Leia mais

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES (3ª ACTUALIZAÇÃO)

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES (3ª ACTUALIZAÇÃO) AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PÚBLICAS DO CONCELHO DE PROENÇA-A-NOVA (3ª ACTUALIZAÇÃO) (3ª Actualização JULHO/2008) 1 Mês: Abril/2008 ANULAR (Estava na 1ª versão sem data) ANULAR (estava na 2ª versão para o 3º

Leia mais

Acção de Formação Contabilidade de Gestão - Primavera v8

Acção de Formação Contabilidade de Gestão - Primavera v8 Acção de Formação Contabilidade de Gestão - Primavera v8 MoreData, Sistemas de Informação Campo Grande 28, 10º E 1700-093 Lisboa 213520171 info@moredata.pt Índice de Conteúdos Introdução...3 Sobre o Curso...4

Leia mais

Projetos de Voluntariado no Concelho de Odemira

Projetos de Voluntariado no Concelho de Odemira Projetos de Voluntariado no Concelho de Odemira Inscreva-se! Uma mão, um amigo Casa do Povo de Relíquias Através da realização de atividades lúdicas, visitas domiciliárias, apoio na alimentação e acompanhamento

Leia mais

Relatório de Actividades no Agrupamento de Escolas de Arraiolos Ano lectivo 2007-2008 Projecto ParticipAR Inovação para a inclusão em Arraiolos

Relatório de Actividades no Agrupamento de Escolas de Arraiolos Ano lectivo 2007-2008 Projecto ParticipAR Inovação para a inclusão em Arraiolos Relatório de Actividades no Agrupamento de Escolas de Arraiolos Ano lectivo 2007-2008 Projecto ParticipAR Inovação para a inclusão em Arraiolos Arraiolos Outubro 2008 Introdução O presente documento apresenta

Leia mais

Maratona BTT 5 Cumes realiza-se a 23 de Setembro em Barcelos

Maratona BTT 5 Cumes realiza-se a 23 de Setembro em Barcelos Em 2011 foi a Maratona com maior participação das provas da FPC Maratona BTT 5 Cumes realiza-se a 23 de Setembro em Barcelos A oitava edição da Maratona BTT 5 Cumes foi apresentada na última quinta-feira

Leia mais

Mais informações em www.cm-odemira.pt, através do email banco.voluntariado@cm-odemira.pt ou nos serviços de ação social do Município de Odemira

Mais informações em www.cm-odemira.pt, através do email banco.voluntariado@cm-odemira.pt ou nos serviços de ação social do Município de Odemira Projectos de Voluntariado no Concelho de Odemira Inscreva-se Mais informações em www.cm-odemira.pt, através do email banco.voluntariado@cm-odemira.pt ou nos serviços de ação social do Município de Odemira

Leia mais

PLANO TIC PLANO DE AÇÃO ANUAL PARA A UTILIZAÇÃO DAS TIC COMO APOIO AO ENSINO E À APRENDIZAGEM

PLANO TIC PLANO DE AÇÃO ANUAL PARA A UTILIZAÇÃO DAS TIC COMO APOIO AO ENSINO E À APRENDIZAGEM PLANO TIC PLANO DE AÇÃO ANUAL PARA A UTILIZAÇÃO DAS TIC COMO APOIO AO ENSINO E À APRENDIZAGEM Ano Letivo 2011/2012 Marinha Grande, Setembro de 2011 1. Índice: Índice 2 1. Introdução 3 2. Caracterização

Leia mais

Sumário. 1. Introdução... 2. 2. Caracterização da Situação no Distrito de Setúbal... 4. 3. Planeamento das acções... 7

Sumário. 1. Introdução... 2. 2. Caracterização da Situação no Distrito de Setúbal... 4. 3. Planeamento das acções... 7 A Internet no 1º Ciclo do Ensino Básico 1 Sumário 1. Introdução... 2 2. Caracterização da Situação no Distrito de Setúbal... 4 3. Planeamento das acções... 7 4. O Site de apoio ao projecto... 9 5. O contacto

Leia mais

REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE AZAMBUJA

REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE AZAMBUJA MUNICÍPIO DE AZAMBUJA REGULAMENTO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE AZAMBUJA Aprovado por deliberação da Assembleia Municipal de 19 de Abril de 2011. Publicado pelo Edital n.º 73/2011. Em vigor desde 27

Leia mais

ESPAÇO SOLIDÁRIO. Normas de Funcionamento. Preâmbulo. A Câmara Municipal de Sesimbra, enquanto agente promotor de políticas de

ESPAÇO SOLIDÁRIO. Normas de Funcionamento. Preâmbulo. A Câmara Municipal de Sesimbra, enquanto agente promotor de políticas de ESPAÇO SOLIDÁRIO Normas de Funcionamento Preâmbulo A Câmara Municipal de Sesimbra, enquanto agente promotor de políticas de protecção social, tem vindo a implementar um conjunto de medidas de apoio às

Leia mais

Um lugar de encontro...sempre!

Um lugar de encontro...sempre! Um lugar de encontro...sempre! Caro leitor e amigo, Em Novembro continuamos com um programa bastante diversificado, abrangendo várias faixas etárias e áreas temáticas. Destacamos as actividades para pais

Leia mais

Plano Anual de atividades 2014/2015 1º Periodo

Plano Anual de atividades 2014/2015 1º Periodo Plano Anual de atividades 2014/2015 1º Periodo Designação Objectivos Grupo alvo Calendarização Responsáveis pela actividade Recursos a afectar J F M A M J J A S O N D Humanos Materiais Logísticos Exercício

Leia mais

Ficha de Caracterização de Projecto

Ficha de Caracterização de Projecto Ficha de Caracterização de Projecto Projecto +Skillz E5G Programa Escolhas Promotor: Associação Mais Cidadania 2 A. IDENTIFICAÇÃO GERAL DA ENTIDADE Projecto Projecto +Skillz E5G Promotor: Associação Mais

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2009

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2009 INSTITUTO POLITÉCNICO DO CÁVADO E DO AVE ESCOLA SUPERIOR DE GESTÃO RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2009 PROJECTO EM SIMULAÇÃO EMPRESARIAL Índice Introdução 1 Recursos Humanos afectos ao PSE... 3 1.1 Caracterização...

Leia mais

REGRAS DE ACESSO E UTILIZAÇÃO APROVADAS POR DELIBERAÇÃO DE CÂMARA DE 08/02/2012

REGRAS DE ACESSO E UTILIZAÇÃO APROVADAS POR DELIBERAÇÃO DE CÂMARA DE 08/02/2012 REGRAS DE ACESSO E UTILIZAÇÃO APROVADAS POR DELIBERAÇÃO DE CÂMARA DE 08/02/2012 REGRAS DE ACESSO E UTILIZAÇÃO NOTA JUSTIFICATIVA As quintas da periferia da cidade de Évora já representaram um importante

Leia mais

Proposta de alteração ao Regulamento do projecto HORTAS URBANAS DE BEJA

Proposta de alteração ao Regulamento do projecto HORTAS URBANAS DE BEJA Proposta de alteração ao Regulamento do projecto HORTAS URBANAS DE BEJA 1.ª FASE do Projeto (12 meses contados a partir da data de inauguração do espaço) Considerando a vontade da Câmara Municipal de Beja

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO CENTRO COMUNITÁRIO

REGULAMENTO INTERNO CENTRO COMUNITÁRIO REGULAMENTO INTERNO CENTRO COMUNITÁRIO INTRODUÇÃO A cultura Comunitária é a expressão concreta de tentar proporcionar aqueles que mais precisam a ajuda necessária para começar de novo a viver. O Centro

Leia mais

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias Índice 1. Objetivos gerais:... 4 2. Objetivos específicos:... 5 3. Estratégias Educativas e Pedagógicas... 6 4. Atividades Sócio-Educativas... 7 5. Propostas

Leia mais

Mais informações em www.cm-odemira.pt, através do email banco.voluntariado@cm-odemira.pt ou nos serviços de ação social do Município de Odemira

Mais informações em www.cm-odemira.pt, através do email banco.voluntariado@cm-odemira.pt ou nos serviços de ação social do Município de Odemira Projetos de Voluntariado no Concelho de Odemira Inscreva-se Mais informações em www.cm-odemira.pt, através do email banco.voluntariado@cm-odemira.pt ou nos serviços de ação social do Município de Odemira

Leia mais