ENGENHARIA E GESTÃO INDUSTRIAL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ENGENHARIA E GESTÃO INDUSTRIAL"

Transcrição

1

2

3 Universidade d de Coimbra A Universidade nº 1 dos países de expressão portuguesa (World University Rankings, The Times Higher Education Supplement e QS QuacquarelliSymonds) É a universidade portuguesa mais internacional tem alunos de cerca de 60 nacionalidades quase 10% dos estudantes são estrangeiros.

4 Universidade de Coimbra Faculdade de Ciências e Tecnologia Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física Faculdade de Direito Faculdade de Economia Faculdade de Farmácia Faculdade de Letras Faculdade de Medicina Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação

5 UNIVERSIDADE DE COIMBRA FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA

6 FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA Departamento de Engenharia Mecânica Engenharia e Gestão Industrial: Dois ciclos: Licenciatura e Mestrado Vários departamentos e faculdades envolvidas DEMecânica, DEElectrotécniCa e DEInformática pela FCTUC Faculdade de Economia - FEUC Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação - FPCE Todos os docentes são doutorados e em dedicação exclusiva

7 1º Ciclo Licenciatura Disciplinas de Acesso: Matemática Matemática e Economia Matemática e Física-Química Número de vagas ( ): 30 2º Ciclo Mestrado Acesso garantido para todos os alunos que terminam o 2º ciclo de EGI Outros 1º ciclos ver regulamento Número de vagas ( ): 30

8 [ Objectivos ] Com a licenciatura e o mestrado em EGI da FCTUC acreditamos que combinar espíritos empreendedores e competentes, com a investigação científica de ponta e com um ensino baseado na excelência científica e técnica, conduz os estudantes e investigadores a melhores resultados, conseguindo melhorar as suas capacidades para expor e "comercializar" as suas ideias e novas tecnologias desenvolvidas. NalicenciaturaemestradoemEGIdaFCTUCreconhece-seanecessidadedereforçaro trabalho individual, d o raciocínio independente, d a procura de informação suplementar, a capacidade de correr riscos calculados, etc., por parte de alunos universitários, em algumas disciplinas com apetências para este tipo de ensino.

9 [ Objectivos ] Isso significa: - melhor avaliação que incentiva e premeia a iniciativa, o método, a gestão de recursos edo esforço. - fornecer desafios que os alunos devem encarar de forma profissional - incentivar o risco e a iniciativa pessoal na procura de melhores resultados - aumentar a formação económica no sistema económico dominante - aumentar a formação em comunicação pessoal e técnica, porque disso depende em larga medida o sucesso profissional - ensino baseado em casos de estudo, onde aplicável - ensino aberto à realidade social e económica, porque esse é o mercado de trabalho.

10 Em ENGENHARIA E GESTÃO INDUSTRIAL [ Objectivos ] - não construímos computadores, nem dispositivos electrónicos avançados. - não fazemos sensores, nem trabalhamos em nanotecnologia. - não construímos robôs ou tecnologia de automação industrial. - não construímos pontes, nem casas. Em usamos tecnologia, com conhecimento rigoroso e profundo de saber feito, e recursos humanos e financeiros para colocar sistemas a funcionar e tirar partido deles. É uma perspectiva de organização e gestão, com um grande detalhe técnico, que torna este curso muito interessante e inovador em termos nacionais.

11 [ Palavras chave] - Optimizar; - Organizar; - Avaliar a gerir riscos; - Organizar e gerir recursos humanos; - Seleccionar as melhores opções de automação; - Perceber e gerir as relações entre os vários níveis de uma organização de produção ou serviços; - Perceber e gerir as relações entre organizações; - Perceber e gerir a distribuição de produtos e serviços; - Trabalhar a informação perceber como pode ser usada de forma eficiente; -...

12 IDEALIZAR - SIMULAR OPTIMIZAR - GERIR

13 ENTENDER- SIMULAR REALIZAR - DEMONSTRAR

14 [ 1º ano 1º ciclo] Disciplina Sem. ECTS Área Científica Análise Matemática I 1º S 7.5 Matemática Álgebra Linear e Geometria Analítica 1º S 6 Matemática Física I 1º S 6 Física Desenho Técnico I 1º S 4.5 Engenharia Mecânica Introdução à Programação e Resolução de Problemas 1º S 6 Engenharia Informática Análise Matemática II 2º S 7.5 Matemática Estrutura e Propriedades da Matéria 2º S 6 Engenharia Mecânica Economia de Empresa 2º S 6 Economia, Gestão e Comportamento Física II 2º S 6 Física Pi Princípios i de Programação Procedimental 2º S Engenharia Informática

15 [ 2º ano 1º ciclo] Disciplina Sem. ECTS Área Científica Análise Matemática III 1º S 6 Matemática Mecânica dos Sólidos e Estruturas 1º S 6 Engenharia Mecânica Introdução aos Materiais 1º S 6 Engenharia Mecânica Tratamento Estatístico de Dados 1º S 6 Matemática Mecânica de Fluídos 1º S 6 Engenharia Mecânica Transmissão de Calor 2º S 6 Engenharia Mecânica Métodos Numéricos e Computacionais 2º S 6 Engenharia Mecânica Instrumentação e Medida 2º S 6 Engenharia Mecânica Automação e Controlo Industrial 2º S 6 Engenharia Mecânica Termodinâmica Aplicada 2º S 6 Engenharia Mecânica

16 [ 3º ano 1º ciclo] Disciplina Sem. ECTS Área Científica Fundamentos de Investigação Operacional 1º S 6 Economia, Gestão e Comportamento Gestão Financeira 1º S 6 Economia, Gestão e Comportamento Elementos de Máquinas 1º S 6 Engenharia Mecânica Tecnologia Mecânica I 1º S 6 Engenharia Mecânica Elementos de Electrotécnica 1º S 6 Engenharia Electrotécnica Sistemas de Informação 2º S 6 Engenharia Informática Introdução à Robótica 2º S 6 Engenharia Mecânica Novas Ideias Empresariais 2º S 6 Engenharia Mecânica Gestão de Operações 2º S 6 Economia, Gestão e Comportamento Gestão da Qualidade 2º S 6 Economia, Gestão e Comportamento

17 [ 1º ano 2º ciclo] Disciplina Sem. ECTS Área Científica Logística 1º S 6 Economia, Gestão e Comportamento Gestão e Comportamento Organizacional 1º S 6 Economia, Gestão e Comportamento Gestão Ambiental 1º S 6 Economia, Gestão e Comportamento Gestão de Energia 1º S 6 Economia, Gestão e Comportamento Simulação de Operações 1º S 3 Economia, Gestão e Comportamento Higiene e Segurança Ocupacional 1º S 3 Economia, Gestão e Comportamento Complementos de Tecnologia Mecânica 2º S 6 Engenharia Mecânica Complementos de Investigação Operacional 2º S 6 Economia, Gestão e Comportamento Marketing 2º S 6 Economia, Gestão e Comportamento t Gestão da Manutenção 2º S 6 Engenharia Mecânica Estratégia e Planeamento 2º S 6 Economia, Gestão e Comportamento

18 [ 2º ano 2º ciclo] Disciplina Sem. ECTS Área Científica Gestão da Produção 1º S 6 Economia, Gestão e Comportamento Introdução às Redes de Comunicações 1º S 6 Engenharia Informática Produção Assistida por Computador 1º S 6 Engenharia Mecânica Dissertação em Engenharia e Gestão Industrial 1º S 12 Dissertação Dissertação em Engenharia a e Gestão Industrial 2º S 30 Dissertação

19 [ Saídas Profissionais ] OcursodeEngenharia e Gestão Industrial da FCTUC está vocacionado para formar engenheiros capazes de planear e gerir sistemas complexos, caracterizadosporuma forte interacção entre as variáveis financeiras, humanas, organizacionais e tecnológicas. Os tópicos que caracterizam as áreas de actividade destes profissionais envolvem a gestão, planeamento econtrolo daprodução, a gestão econtrolo de qualidade, d o design de produto, os sistemas de produção, automação e robótica, a análise económica e financeira, a investigação operacional e o marketing. Estas são áreas de forte empregabilidade e que justificam um investimento selectivo na formação de profissionais capazes de promover as transformações necessárias ao nosso país.

20 [ Contactos] Coordenação de Departamento de Engenharia Mecânica Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra Coimbra Portugal Web: Telefone: Fax: Coordenador de J. Norberto Pires Informações e secretariado: Paula Simões

21 [ Fotos da sessão de apresentação do curso de

Curso de Engenharia Formação Geral 1º e 2º anos

Curso de Engenharia Formação Geral 1º e 2º anos Curso de Engenharia Formação Geral 1º e 2º anos DISCIPLINA 1º Bimestre Introdução à Engenharia 40 Informática 40 Matemática 80 Produção de Textos 40 2º Bimestre Cálculo I 80 Física I 80 Inglês 20 Metodologia

Leia mais

Curso de Engenharia. Formação Geral 1º e 2º anos

Curso de Engenharia. Formação Geral 1º e 2º anos Curso de Engenharia Formação Geral 1º e 2º anos DISCIPLINA 1º Bimestre Introdução à Engenharia Informática Matemática Produção de Textos 2º Bimestre Cálculo I Física I Inglês Metodologia Científica 3º

Leia mais

Departamento de Ciências e Tecnologias

Departamento de Ciências e Tecnologias Futuro Departamento de Ciências e Tecnologias Licenciatura em Engenharia Informática Missão Dotar os alunos de uma sólida formação teórica e experimental que garanta aos futuros licenciados a capacidade

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO Matriz curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Produção da UFERSA a partir de 2011.2. (Adequada à Matriz curricular do Curso de Bacharelado em Ciência e Tecnologia) Período Disciplinas Obrigatórias

Leia mais

Departamento de Engenharia Mecânica Faculdade de Ciências e Tecnologia Universidade de Coimbra

Departamento de Engenharia Mecânica Faculdade de Ciências e Tecnologia Universidade de Coimbra Departamento de Engenharia Mecânica Faculdade de Ciências e Tecnologia Universidade de Coimbra Plano de transição da Licenciatura em Engenharia Mecânica para o Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica

Leia mais

HORÁRIO SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA

HORÁRIO SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA 1º A 2016 Noturno Central 1S/2016 Introdução à Engenharia de Controle à Automação Lógica e Matemática Discreta Física Geral Física Geral Fundamentos de Cálculo Lógica e Matemática Discreta Algoritmos e

Leia mais

CÓD. 483 - CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 03 I- NÚCLEO DOS CONTEÚDOS BÁSICOS

CÓD. 483 - CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 03 I- NÚCLEO DOS CONTEÚDOS BÁSICOS Aprovado no CONGRAD de: 24.09.2013 Retificado no CONGRAD de: 13.05.2014 Vigência: retroativa aos ingressantes de 2014/1 CÓD. 483 - CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 03 CÓD.

Leia mais

III Integralização Curricular do Curso de Engenharia de Produção

III Integralização Curricular do Curso de Engenharia de Produção III Integralização Curricular do Curso de Engenharia de Produção 1º SEMESTRE Carga Horária PRÉ-REQUISITO 1. Álgebra e Geometria Analítica 60-60 04-2. Antropologia Teológica 45-30 02-3. Cálculo Diferencial

Leia mais

1ª ETAPA - TURMA E e F

1ª ETAPA - TURMA E e F Atualizado em: 20/05/2013 1/7 CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I PF 3 CIÊNCIAS DO AMBIENTE PF 3 ÉTICA E CIDADANIA I PF 3 FÍSICA GERAL I PF 3 GEOMETRIA ANALITICA E VETORES PF 3 COMPUTAÇÃO, ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO. Primeiro Semestre (Manhã) Carga Horária Total: 450 Horas. Segundo Semestre (Manhã)

MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO. Primeiro Semestre (Manhã) Carga Horária Total: 450 Horas. Segundo Semestre (Manhã) MATRIZ CURRICULAR ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO Primeiro Semestre (Manhã) Cálculo I 90 h Básico - Experimental I 90 h Básico - Geometria Analítica 36 h Básico - Introdução à Engenharia de Controle

Leia mais

EXAMES DA ÉPOCA DE RECURSO

EXAMES DA ÉPOCA DE RECURSO Engenharia Informática Último Dia para Álegebra Linear e Geometris Analítica Interacção com o Utilizador Engenharia de Software Arquitectura de Computadores Bases de Dados Introdução à Inteligência Artificial

Leia mais

1.2. Ramo de especialização: Automação Industrial Créditos (ECTS)

1.2. Ramo de especialização: Automação Industrial Créditos (ECTS) 1. Áreas científicas e créditos para a obtenção do grau: 1.1. Ramo de especialização: Eletrónica e Instrumentação Área Científica Sigla (ECTS) Obrigatórios Optativos (1) Matemática Mat 36 0 Física Fis

Leia mais

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 11. Plano de estudos: «1º Ano / 1º semestre» QUADRO N.º 2 Arquitecturas e Sistemas de Computadores CE Semestral 160 TP: 40 PL: 40 6 Algoritmos e Estruturas de Dados CE Semestral 186 TP: 46 PL: 46 7 Análise

Leia mais

UNIVERSIDADE TÉCNICA DE MOÇAMBIQUE UDM DIRECÇÃO ACADÉMICA ÁREA DE FORMAÇÃO EM CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CURRÍCULO DO CURSO

UNIVERSIDADE TÉCNICA DE MOÇAMBIQUE UDM DIRECÇÃO ACADÉMICA ÁREA DE FORMAÇÃO EM CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CURRÍCULO DO CURSO UNIVERSIDADE TÉCNICA DE MOÇAMBIQUE UDM DIRECÇÃO ACADÉMICA ÁREA DE FORMAÇÃO EM CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CURRÍCULO DO CURSO LICENCIATURA EM ENGENHARIA E GESTÃO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ( T

Leia mais

Unidades curriculares disponíveis para Programa IPL60+ 1º Semestre 15-16. Escola Superior de Tecnologia e Gestão

Unidades curriculares disponíveis para Programa IPL60+ 1º Semestre 15-16. Escola Superior de Tecnologia e Gestão Unidades curriculares disponíveis para Programa IPL60+ 1º Semestre 15-16 Escola Superior de Tecnologia e Gestão Administração Pública Introdução à Administração Pública Noções Fundamentais de Direito Ciência

Leia mais

CÓD. 5129 - CURSO DE ENGENHARIA QUÍMICA MANHÃ E TARDE MATRIZ CURRICULAR - Currículo nº 01

CÓD. 5129 - CURSO DE ENGENHARIA QUÍMICA MANHÃ E TARDE MATRIZ CURRICULAR - Currículo nº 01 Aprovado no CONGRAD 25.08.2015 Vigência: retroativa aos ingressantes de 2014/2 5129 - CURSO DE ENGENHARIA QUÍMICA MANHÃ E TARDE MATRIZ CURRICULAR - Currículo nº 01 I NÚCLEO DE CONTEÚDOS BÁSICOS Matemática

Leia mais

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Administração

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Administração Catálogo de Requisitos de Titulação Habilitação: 1-Aplicativos Informatizados (para a Habilitação ) (EII) - Ênfase em Análise de Sistemas - Habilitação em Hoteleira - Habilitação em Análise de Sistemas

Leia mais

Um mar de oportunidades. Mestrado em Gestão Portuária. Mensagem do Presidente da ENIDH Escola Superior Náutica Infante D. Henrique.

Um mar de oportunidades. Mestrado em Gestão Portuária. Mensagem do Presidente da ENIDH Escola Superior Náutica Infante D. Henrique. Um mar de oportunidades Mestrado em Gestão Portuária Mensagem do Presidente da ENIDH Escola Superior Náutica Infante D. Henrique A ENIDH é a Escola Superior pública portuguesa que assegura a formação de

Leia mais

1. Gestão de Pessoas I e II (Administração Integrada ao Ensino Médio)

1. Gestão de Pessoas I e II (Administração Integrada ao Ensino Médio) 1. Gestão de Pessoas I e II (Administração Integrada ao Ensino Médio) Administração Administração (EII) Administração - Habilitação em Administração de Empresas Administração - Habilitação em Administração

Leia mais

ACEF/1314/02887 Decisão de apresentação de pronúncia

ACEF/1314/02887 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1314/02887 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1314/02887 Decisão de apresentação de pronúncia Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da Comissão de Avaliação Externa 1. Tendo recebido

Leia mais

MEC - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 108/2010

MEC - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 108/2010 MEC - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 108/2010 EMENTA: Estabelece o Currículo do Curso de Graduação em Engenharia Mecânica - Niterói O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA

Leia mais

3ª ETAPA - TURMAS Y DIAS 24/09/12 25/09/12 26/09/12 27/09/12 28/09/12 01/10/12 02/10/12 03/10/12 04/10/12 05/10/12

3ª ETAPA - TURMAS Y DIAS 24/09/12 25/09/12 26/09/12 27/09/12 28/09/12 01/10/12 02/10/12 03/10/12 04/10/12 05/10/12 1ª ETAPA - TURMA E CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I PAIE 3 CIÊNCIAS DO AMBIENTE PAIE 3 ÉTICA E CIDADANIA I PAIE 3 FÍSICA GERAL I PAIE 3 GEOMETR ANALITICA E VETORES PAIE 3 COMPUTAÇÃO, ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO - BACHARELADO DATAS DOS EXAMES * 1º SEMESTRE CURRICULAR - NOTURNO

CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO - BACHARELADO DATAS DOS EXAMES * 1º SEMESTRE CURRICULAR - NOTURNO 1º SEMESTRE CURRICULAR - NOTURNO SALA 301 Contabilidade I Matemática Geral Fundamentos da Administração Estatística Leitura e Produção de Textos Contabilidade I Matemática Geral Fundamentos da Administração

Leia mais

Regulamento do Curso de. Mestrado Integrado em Engenharia Informática

Regulamento do Curso de. Mestrado Integrado em Engenharia Informática Regulamento do Curso de Mestrado Integrado em Engenharia Informática (Ciclo integrado de estudos superiores) (Registado na DGES através do n.º R/A-Cr 21/2013) Artigo 1.º Regulamento geral aplicável O Curso

Leia mais

ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO

ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO SOBRE O CURSO A revolução tecnológica das últimas décadas, especialmente na área de informática, tem alterado nossa sociedade. O Engenheiro de Computação é um profissional que

Leia mais

CALENDÁRIO DE PROVAS BIMESTRAIS, 2º CHAMADAS E EXAMES

CALENDÁRIO DE PROVAS BIMESTRAIS, 2º CHAMADAS E EXAMES CALENDÁRIO DE PROVAS BIMESTRAIS, S E TURMA: 2º PERÍODO A Economia Empresarial Matemática Financeira Metodologia Científica Sociologia Fundamentos da Contabilidade Mercadológica Economia Empresarial Matemática

Leia mais

FACULDADE DO SUL DA BAHIA CALENDÁRIO DE PROVA FINAL CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS. Quarta-feira 17/12

FACULDADE DO SUL DA BAHIA CALENDÁRIO DE PROVA FINAL CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS. Quarta-feira 17/12 CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS 1ª aula **** Matemática Informática 2ª aula **** **** **** 1ª aula Contabilidade Comercial Psicologia Administração 2ª aula Introdução à Economia Introd. Direito Público e Privado

Leia mais

Mestrado em Sistemas Integrados de Gestão (Qualidade, Ambiente e Segurança)

Mestrado em Sistemas Integrados de Gestão (Qualidade, Ambiente e Segurança) Mestrado em Sistemas Integrados de Gestão (Qualidade, Ambiente e Segurança) 1 - Apresentação Grau Académico: Mestre Duração do curso: : 2 anos lectivos/ 4 semestres Número de créditos, segundo o Sistema

Leia mais

ENGENHARIA DA PRODUÇÃO 2.0

ENGENHARIA DA PRODUÇÃO 2.0 ENGENHARIA DA PRODUÇÃO 2.0 SOBRE O CURSO Mercados dinâmicos demandam profissionais com formação completa e abrangente, aptos a liderarem equipes multidisciplinares em empresas de todos os setores econômicos

Leia mais

FARMÁCIA ESTAÇÃO COMBOIOS

FARMÁCIA ESTAÇÃO COMBOIOS FARMÁCIA ESTAÇÃO COMBOIOS DMM 2º piso Laboratórios Presidente DMM 2º piso Oficinas Silo mergulho VTS Piscina Edifício II ITN Secretaria Edifício Social Parque incêndios Pavilhão Refeitório PRAIA Entrada

Leia mais

M O D E L O E U R O P E U D E

M O D E L O E U R O P E U D E M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Morada FORTE, GONÇALO JOSÉ DE OLIVEIRA RUA DO LARGO DA FONTE Nº1, EIRAS, 3020-177 COIMBRA, PORTUGAL Telefone 916285199

Leia mais

CATÁLOGO DE REQUISITOS DE TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 5628/2015

CATÁLOGO DE REQUISITOS DE TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 5628/2015 CATÁLOGO DE REQUISITOS DE TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 5628/2015 1. Biologia (Base Nacional Comum Ensino Médio; Automação Industrial Integrado ao Ensino Médio) Biologia (LP) Ciências Biológicas (LP) Ciências

Leia mais

Regulamento de Transição do Mestrado Integrado em Engenharia de Materiais

Regulamento de Transição do Mestrado Integrado em Engenharia de Materiais Regulamento de Transição do Mestrado Integrado em Engenharia de O presente documento estabelece as regras para a transição dos estudantes do Mestrado Integrado em Engenharia de do plano de estudos em vigor

Leia mais

Cursos Científico- humanísticos do Ensino Secundário. Colégio da Rainha Santa Isabel Serviço de Psicologia e Orientação Ana Isabel Athayde, 2014

Cursos Científico- humanísticos do Ensino Secundário. Colégio da Rainha Santa Isabel Serviço de Psicologia e Orientação Ana Isabel Athayde, 2014 Cursos Científico- humanísticos do Ensino Secundário Colégio da Rainha Santa Isabel Serviço de Psicologia e Orientação Ana Isabel Athayde, 2014 Alunos colocados na 1ª opção de candidatura ao ensino superior

Leia mais

Formação necessária por componente curricular

Formação necessária por componente curricular 1.Contabilidade Pública (Contabilidade) 2.Programação de Computadores I (Informática) Administração de Sistemas de Informação Análise de Sistemas / Sistemas de Informação Análise de Sistemas Administrativos

Leia mais

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR B ESTRUTURA CURRICULAR E PLANO DE ESTUDOS 1. Estabelecimento de ensino: 2. Unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc.):. Curso: Engenharia e Tecnologia de Materiais 4. Grau ou diploma: Licenciatura

Leia mais

ANEXO I QUADRO DAS ÁREAS DE ESTUDO. Lotação 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ

ANEXO I QUADRO DAS ÁREAS DE ESTUDO. Lotação 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ Código/Área de Estudo. Desenho Técnico, Desenho Assistido por Computador (CAD), Informática 02. Materiais para Construção Mecânica, Corrosão e Tribologia 03. Termodinâmica, Refrigeração, Transferência

Leia mais

30546 Diário da República, 2.ª série N.º 140 22 de Julho de 2011

30546 Diário da República, 2.ª série N.º 140 22 de Julho de 2011 30546 Diário da República, 2.ª série N.º 140 22 de Julho de 2011 INSTITUTO POLITÉCNICO DE BEJA Despacho n.º 9220/2011 Ao abrigo do disposto nos artigos 75.º a 80.º do Decreto -Lei n.º 74/2006, de 24 de

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO F O R M A Ç Ã O A V A N Ç A D A CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO FORMAÇÃO ESPECÍFICA PARA MEMBROS DA ORDEM DOS ENGENHEIROS ENQUADRAMENTO O CEGE/ISEG é um centro de investigação e projectos do ISEG Instituto

Leia mais

CALENDÁRIO DE PROVAS INTERMEDIÁRIAS 2º SEMESTRE/2015 TURMA 1A-1M

CALENDÁRIO DE PROVAS INTERMEDIÁRIAS 2º SEMESTRE/2015 TURMA 1A-1M TURMA 1A-1M 07:30/9:10 COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR AULA 07:30/9:10 COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL PROVA 9:30/11:10 GLOBALIZAÇÃO NAS ORGANIZAÇÕES AULA 07:30/9:10 COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL AULA 9:30/11:10

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral Curso: ENGENHARIA ELÉTRICA SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Elétrica da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar engenheiros com sólidos e atualizados conhecimentos científicos

Leia mais

Listagem de UC por curso. Escola Superior de Tecnologia e Gestão

Listagem de UC por curso. Escola Superior de Tecnologia e Gestão Listagem de UC por curso Semestre * 2013-14 Escola Superior de Tecnologia e Gestão Administração Pública Direito Administrativo Contabilidade Financeira Introdução aos Estudos das Organizações Fundamentos

Leia mais

Profa. Adriana de Souza Guimarães Coordenadora do Curso de Engenharia da Computação

Profa. Adriana de Souza Guimarães Coordenadora do Curso de Engenharia da Computação 1º PERÍODO 17/03 Física Geral I 26/05 Física Geral I 18/03 Física Geral I - Dependente 27/05 Física Geral I - Dependente 18/03 Geometria Analítica e Vetores -A 27/05 Geometria Analítica e Vetores -A 19/03

Leia mais

INCENTIVOS ÀS EMPRESAS

INCENTIVOS ÀS EMPRESAS INCENTIVOS ÀS EMPRESAS Gestão de Projectos info@ipn-incubadora.pt +351 239 700 300 BEST SCIENCE BASED INCUBATOR AWARD Incentivos às Empresas Objectivos: - Promoção do up-grade das empresas de PME; - Apoiar

Leia mais

Cursos Científico-Humanísticos Geral Para as Escolas : Escola Secundária/3 de Amarante Colégio de São Gonçalo Externato de Vila Meã

Cursos Científico-Humanísticos Geral Para as Escolas : Escola Secundária/3 de Amarante Colégio de São Gonçalo Externato de Vila Meã Cursos Científico-Humanísticos Geral Para as Escolas : Escola Secundária/3 de Amarante Colégio de São Gonçalo Externato de Vila Meã Ensino secundário 2014/15 Formação Geral Português Exame no 12º ano Língua

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 149/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 149/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 149/2012 Altera o Currículo do Curso de Engenharia de Controle e Automação para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº MEC-481/2012,

Leia mais

Cursos Cientifico- Humanisticos do Ensino Secundario. Colégio da Rainha Santa Isabel Serviço de Psicologia e Orientação

Cursos Cientifico- Humanisticos do Ensino Secundario. Colégio da Rainha Santa Isabel Serviço de Psicologia e Orientação Cursos Cientifico- Humanisticos do Ensino Secundario Colégio da Rainha Santa Isabel Serviço de Psicologia e Orientação Ana Isabel Athayde 2012-2013 Natureza dos Cursos Cientifico-humanísticos Cursos vocacionados

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO - BACHARELADO DATAS DOS EXAMES *

CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO - BACHARELADO DATAS DOS EXAMES * SALA 307 1º SEMESTRE CURRICULAR - NOTURNO Contabilidade I Matemática Geral Contabilidade I Matemática Geral Teoria Geral da Administração I Estatística Direito Teoria Geral da Administração I Estatística

Leia mais

Os Cursos de Licenciatura e de Mestrado:

Os Cursos de Licenciatura e de Mestrado: Departamento de Educação Física F e Desporto SEMINÁRIO Educação Física e Desporto O Processo Bolonha, Estágios e Saídas Profissionais 26 de Junho de 2007 Os Cursos de Licenciatura e de Mestrado: Jorge

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ENGENHARIA ELÉTRICA MISSÃO DO CURSO O Curso de Engenharia Elétrica tem por missão a graduação de Engenheiros Eletricistas com sólida formação técnica que

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 147/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 147/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 147/2012 Altera o Currículo do Curso de Engenharia de Produção Mecânica para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº MEC-479/2012,

Leia mais

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 2.0

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 2.0 ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 2.0 SOBRE O CURSO O mercado de trabalho precisa de profissionais completos, com habilidades de gestão e que liderem equipes multidisciplinares em empresas de todos os setores econômicos

Leia mais

ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO

ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO SOBRE O CURSO Com a revolução tecnológica, não é só o mundo que muda, mas a área de tecnologia também. O Engenheiro de Computação é um profissional fundamental para que essa evolução

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 095/2015

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 095/2015 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 095/2015 Altera a Deliberação CONSEP Nº 147/2012, que altera o Currículo do Curso de Engenharia de Produção Mecânica para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA,

Leia mais

Turma 1A ADM/ECO Segunda Terça Quarta Quinta Sexta FUNDAMENTOS DA ADM I ANÁLISE ESTATÍSTICA I CÁLCULO I CÁLCULO I ANÁLISE MICRO I

Turma 1A ADM/ECO Segunda Terça Quarta Quinta Sexta FUNDAMENTOS DA ADM I ANÁLISE ESTATÍSTICA I CÁLCULO I CÁLCULO I ANÁLISE MICRO I Turma 1A ADM/ECO FUNDAMENTOS DA ADM I ANÁLISE ESTATÍSTICA I CÁLCULO I CÁLCULO I ANÁLISE MICRO I LABORATÓRIO DE NEGÓCIOS ANÁLISE MICRO I ANÁLISE MACRO I ANÁLISE ESTATÍSTICA I FUNDAMENTOS DA ADM I Turma

Leia mais

CATÁLOGO DE REQUISITOS

CATÁLOGO DE REQUISITOS 1 Habilitação Componente Titulação CATÁLOGO DE REQUISITOS em (EII) - Habilitação em de Empresas - Habilitação em Agronegócios - Habilitação em Gestão de Negócios Agroindustriais - Habilitação em Gestão

Leia mais

HORÁRIO COMPLETO 2º SEMESTRE DE 2015

HORÁRIO COMPLETO 2º SEMESTRE DE 2015 MANHÃ Turma 1A ADM/ECO 07:30 ANÁLISE MICRO I CÁLCULO I CÁLCULO I ANÁLISE ESTATÍSTICA I FUNDAMENTOS DE ADM I 09:55 LABORATÓRIO DE NEGÓCIOS ANÁLISE MACRO I ANÁLISE ESTATÍSTICA I FUNDAMENTOS DE ADM I ANÁLISE

Leia mais

MBA MASTER BUSINESS ADMINISTRATION E MBAH MASTER EM GESTÃO HOTELEIRA E TURISTICA

MBA MASTER BUSINESS ADMINISTRATION E MBAH MASTER EM GESTÃO HOTELEIRA E TURISTICA MBA MASTER BUSINESS ADMINISTRATION E MBAH MASTER EM GESTÃO HOTELEIRA E TURISTICA Angra do Heroísmo 2007 1 MBA MASTER BUSINESS ADMINISTRATION MBAH MASTER EM GESTÃO HOTELEIRA E TURISTICA Objectivos dos dois

Leia mais

Requisitos de Titulação para Inscrição no Processo Seletivo de Docentes Aviso 064.03.2013 Processo /2013

Requisitos de Titulação para Inscrição no Processo Seletivo de Docentes Aviso 064.03.2013 Processo /2013 Etec Professor Horácio Augusto da Silveira Requisitos de Titulação para Inscrição no Processo Seletivo de Docentes Aviso 064.03.2013 Processo /2013 Para a Inscrição no Processo Seletivo, é necessário uma

Leia mais

Uma Mensagem Positiva

Uma Mensagem Positiva Uma Mensagem Positiva "O sucesso nasce do querer, da determinação e persistência em se chegar a um objectivo. Mesmo não atingindo o objectivo, quem procura e vence obstáculos, no mínimo fará coisas admiráveis.

Leia mais

REFORMA DO ENSINO SECUNDÁRIO MATRIZES CURSOS CIENTÍFICO HUMANÍSTICOS CURSOS TECNOLÓGICOS. Versão definitiva de10 de Abril de 2003

REFORMA DO ENSINO SECUNDÁRIO MATRIZES CURSOS CIENTÍFICO HUMANÍSTICOS CURSOS TECNOLÓGICOS. Versão definitiva de10 de Abril de 2003 REFORMA DO ENSINO SECUNDÁRIO MATRIZES CURSOS CIENTÍFICO HUMANÍSTICOS E CURSOS TECNOLÓGICOS Versão definitiva de0 de Abril de 003 CURSO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS Componentes de Formação 0º º º Geral Português

Leia mais

SALA DE REUNIÕES DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS, em Manaus, 19 de março de 2013. JOSÉ ALDEMIR DE OLIVEIRA Presidente

SALA DE REUNIÕES DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS, em Manaus, 19 de março de 2013. JOSÉ ALDEMIR DE OLIVEIRA Presidente UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N.º 18/2013 - CONSUNIV Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Engenharia de Controle e Automação, bacharelado, oferecido em Manaus e

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS

ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS DATA DA APLICAÇÃO: 12.12.2015 GABARITOS MULTIDISCIPLINAR 2015.2 HUMANAS E EXATAS ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO A E D D E C A E A B ADMINISTRAÇÃO DE CUSTOS E PREÇOS ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Engenharia de Aeródromos (ENGAED)

Engenharia de Aeródromos (ENGAED) Academia da Força Aérea Mestrado em Ciências Militares Aeronáuticas na especialidade Engenharia de Aeródromos (ENGAED) ENGAED 1º Ano, 1º Semestre Álgebra Linear MAT Semestral 168 48 32 0 0 0 0 0 6,0 Cálculo

Leia mais

REGIME DE TRANSIÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA APLICADA PARA O CURSO DE LICENCIATURA EM ESTATÍSTICA E APLICAÇÕES

REGIME DE TRANSIÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA APLICADA PARA O CURSO DE LICENCIATURA EM ESTATÍSTICA E APLICAÇÕES REGIME DE TRANSIÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA APLICADA PARA O CURSO DE LICENCIATURA EM ESTATÍSTICA E APLICAÇÕES Normas regulamentares Artigo 1º Objecto O presente documento apresenta as normas

Leia mais

Oferta Formativa E depois do 9.º Ano Ano Letivo 2012/2013 (Concelho de Guimarães) Serviço de Psicologia e Orientação (Paulo Rodrigues)

Oferta Formativa E depois do 9.º Ano Ano Letivo 2012/2013 (Concelho de Guimarães) Serviço de Psicologia e Orientação (Paulo Rodrigues) Oferta Formativa E depois do 9.º Ano Ano Letivo 2012/2013 (Concelho de Guimarães) Serviço de Psicologia e Orientação (Paulo Rodrigues) 9.º Ano!!!!!!! E agora? F Cursos (áreas) Científico- Humanísticos

Leia mais

Curso de pós graduação em Auditorias a Sistemas Integrados de Gestão 1ª edição

Curso de pós graduação em Auditorias a Sistemas Integrados de Gestão 1ª edição Curso de pós graduação em Auditorias a Sistemas Integrados de Gestão 1ª edição Parceria entre a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra (ESTSC) www.estescoimbra.pt e o CTCV www.ctcv.pt Nota Prévia

Leia mais

Escola de Administração UFRGS. Porto Alegre - RS

Escola de Administração UFRGS. Porto Alegre - RS Escola de Administração UFRGS Porto Alegre - RS 1 A Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS está localizada na cidade de Porto Alegre, com cerca de 1.5 milhões de habitantes. Localização 1 A

Leia mais

CATÁLOGO DE REQUISITOS DE TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 5627/2015

CATÁLOGO DE REQUISITOS DE TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 5627/2015 CATÁLOGO DE REQUISITOS DE TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 5627/2015 1. Aplicativos Informatizados () (EII) - Ênfase em Análise de Sistemas - Habilitação em de Empresas - Habilitação em Hoteleira - Habilitação

Leia mais

FACULDADE DO SUL DA BAHIA 1º SEMESTRE DE 2014. PROVA FINAL PERÍODO DE APLICAÇÃO 07/07 segunda-feira 09/07 quarta-feira 10/07 quinta-feira

FACULDADE DO SUL DA BAHIA 1º SEMESTRE DE 2014. PROVA FINAL PERÍODO DE APLICAÇÃO 07/07 segunda-feira 09/07 quarta-feira 10/07 quinta-feira FACULDADE DO SUL DA BAHIA SEMESTRE DE 2014 PROVA FINAL PERÍODO DE APLICAÇÃO segunda-feira quarta-feira quinta-feira Horário 1ª AULA 18:50 às 20:30 2ª AULA 20:50 às 22:30 OBS.: NÃO HÁ SEGUNDA CHAMADA DE

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA - DCT. CURSO: BCT (Disciplinas Obrigatórias)

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA - DCT. CURSO: BCT (Disciplinas Obrigatórias) UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA - DCT CURSO: BCT (Disciplinas Obrigatórias) Cálculo em Várias Variáveis FUV ou Calculo I Algoritmos e Estrutura de Dados Lógica de

Leia mais

A EXO 2 - LISTA DE VAGAS - DOCE TES

A EXO 2 - LISTA DE VAGAS - DOCE TES A EXO 2 - LISTA DE VAGAS - DOCE TES Campus Graduação na área de Artes Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de Artes em geral. Desenvolver projetos e atividades extra-curriculares nas Artes

Leia mais

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2009-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares estabelecimento/curso objecto de concurso nacional Código Estab.

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2009-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares estabelecimento/curso objecto de concurso nacional Código Estab. ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2009-1ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO Pares estabelecimento/curso objecto de concurso nacional Estab. Curso Nome do Estabelecimento Nome do Curso Grau Localidade Vagas 2009

Leia mais

curso de especialização em gestão

curso de especialização em gestão F OR M A Ç Ã O A V A N Ç A D A curso de especialização em gestão FORMAÇÃO ESPECÍFICA PARA MEMBROS DA ORDEM DOS ENGENHEIROS Enquadramento O CEGE/ISEG é um centro de investigação e projectos do ISEG Instituto

Leia mais

ÁREA DISCIPLINAR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PROGRAMAÇÃO. Tem sob a sua responsabilidade as seguintes unidades curriculares:

ÁREA DISCIPLINAR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PROGRAMAÇÃO. Tem sob a sua responsabilidade as seguintes unidades curriculares: ÁREA DISCIPLINAR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PROGRAMAÇÃO e Inteligência Artificial Aplicada a Jogos, com 6 Paradigmas de Programação I, com 9 Paradigmas de Programação II, com 9 Algoritmos e Estrutura de

Leia mais

FACULDADE SANTA RITA

FACULDADE SANTA RITA FACULDADE SANTA RITA CURSO DE ENGENHARIA CIVIL BACHARELADO Matriz Curricular 1º SEMESTRE Introdução à Engenharia Geometria Analítica e Álgebra Linear 04 80 Cálculo I 04 80 Tópicos de Economia para Engenharia

Leia mais

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012

CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012 ACESSO AO ENSINO SUPERIOR GUIAS DO ENSINO SUPERIOR CANDIDATURA AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO 2012 SUPLEMENTO N.º 1 REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES CURSOS CONGÉNERES DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR JULHO DE 2012

Leia mais

Instituto Politécnico de Lisboa - Mapa de pessoal não docente - 2015

Instituto Politécnico de Lisboa - Mapa de pessoal não docente - 2015 Instituto Politécnico Lisboa - Mapa pessoal não docente - 0 () terminado, mobilida (+6+7+8) grau, ou Coornador Especialista Superior Informática Informática Informática Coornador * () (6) Orgãos Gestão

Leia mais

COMPONENTE CURRICULAR (CURSO E/OU HABILITAÇÃO)

COMPONENTE CURRICULAR (CURSO E/OU HABILITAÇÃO) COMPONENTE CURRICULAR (CURSO E/OU HABILITAÇÃO) 1. Economia e Mercado (Contabilidade) Administração (EII) Relações Internacionais Tecnologia - Modalidade Tecnólogo Executivo Tecnologia em Planejamento Administrativo

Leia mais

Licenciatura em Gestão

Licenciatura em Gestão Departamento de Gestão Licenciatura em Gestão Novo Plano de Estudos versão de 21 de Março de 2002 Meio Envolvente Licenciados em Gestão: capacidade de decisão e aprendizagem e flexibilidade Actual plano

Leia mais

Pontos de corte do SiSU 2014 1ª chamada

Pontos de corte do SiSU 2014 1ª chamada COORDENADORIA DE ASSUNTOS E REGISTROS ACADÊMICOS - CDARA CAMPUS UNIVERSITÁRIO - MARTELOS - JUIZ DE FORA - MG CEP 36036-900 TEL. (32)2102-3733 FAX (32) 2102-3732 e-mail: cdara@ufjf.edu.br Pontos de corte

Leia mais

Curso de Técnico Comercial Bancário

Curso de Técnico Comercial Bancário Curso de Técnico Comercial Bancário Este curso é integralmente financiado pelo Estado Português e Fundo Social Europeu não tendo quaisquer custos para os participantes. OBJECTIVOS Os Cursos de Aprendizagem

Leia mais

RELAÇÃO DE HORÁRIOS POR TURMA. Segunda Terça Quarta Quinta Sexta. Segunda Terça Quarta Quinta Sexta

RELAÇÃO DE HORÁRIOS POR TURMA. Segunda Terça Quarta Quinta Sexta. Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Turma: ADM11N - 20161 FORMAÇÃO PROFISSIONAL I MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA EM I INTRODUÇÃO À ECONOMIA I INTRODUÇÃO ÀS CIÊNCIAS SOCIAIS FORMAÇÃO PROFISSIONAL I MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA EM I INTRODUÇÃO

Leia mais

CALENDÁRIO DE PROVAS FINAIS 2º SEMESTRE/2015 TURMA 1A-1M

CALENDÁRIO DE PROVAS FINAIS 2º SEMESTRE/2015 TURMA 1A-1M TURMA 1A-1M 07:30/9:10 COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL 9:30/11:10 GLOBALIZAÇÃO NAS ORGANIZAÇÕES 07:30/9:10 INTRODUÇÃO A CONTABILIDADE 9:30/11:10 COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR 07:30/9:10 INTRODUÇÃO A CONTABILIDADE

Leia mais

CURSOS DE LICENCIATURA 3ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR MATRÍCULAS E INSCRIÇÕES

CURSOS DE LICENCIATURA 3ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR MATRÍCULAS E INSCRIÇÕES ANO LETIVO 2015/2016 CURSOS DE LICENCIATURA 3ª FASE DO CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR MATRÍCULAS E INSCRIÇÕES 1 Procedimento de realização da matrícula/inscrição Para concretizar a sua

Leia mais

ETEC DOUTORA RUTH CARDOSO SÃO VICENTE CLASSE DESCENTRALIZADA E. E. PROF.º ENIO VILLAS BOAS CIDADE NAUTICA

ETEC DOUTORA RUTH CARDOSO SÃO VICENTE CLASSE DESCENTRALIZADA E. E. PROF.º ENIO VILLAS BOAS CIDADE NAUTICA ETEC DOUTORA RUTH CARDOSO SÃO VICENTE CLASSE DESCENTRALIZADA E. E. PROF.º ENIO VILLAS BOAS CIDADE NAUTICA AVISO DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO,

Leia mais

3 0 PERÍODO CARGA HORÁRIA SEMESTRAL CRÉDITOS CARGA HORÁRIA SEMESTRAL CRÉDITOS

3 0 PERÍODO CARGA HORÁRIA SEMESTRAL CRÉDITOS CARGA HORÁRIA SEMESTRAL CRÉDITOS CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR COORDENADORIA DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO ESTRUTURA CURRICULAR DA ENGENHARIA

Leia mais

REQUISITOS DE TITULAÇÃO

REQUISITOS DE TITULAÇÃO REQUISITOS DE TITULAÇÃO COMPONENTES CURRICULARES 1. Língua Estrangeira Moderna - Inglês (Parte Diversificada) Letras com Habilitação em Inglês (LP) Letras com Habilitação em Secretário Executivo Bilíngue/

Leia mais

Pontos de corte do SiSU 2015 1ª edição Chamada Única

Pontos de corte do SiSU 2015 1ª edição Chamada Única COORDENADORIA DE ASSUNTOS E REGISTROS ACADÊMICOS - CDARA CAMPUS UNIVERSITÁRIO - MARTELOS - JUIZ DE FORA - MG CEP 36036-900 TEL. (32)2102-3733 FAX (32) 2102-3732 e-mail: cdara@ufjf.edu.br Pontos de corte

Leia mais

Universidade Federal de São Paulo Campus São José dos Campos LISTA DE DISCIPLINAS DA GRADUAÇÃO

Universidade Federal de São Paulo Campus São José dos Campos LISTA DE DISCIPLINAS DA GRADUAÇÃO A B C Álgebra Linear Álgebra Linear Computacional Álgebra Linear II Algoritmos e Estrutura de Dados I Algoritmos e Estrutura de Dados II Algoritmos em Bioinformática Alteridade e Diversidade no Brasil

Leia mais

F I C H A D A D I S C I P L I N A

F I C H A D A D I S C I P L I N A Pós-Graduações MBA Master em Gestão F I C H A D A D I S C I P L I N A I D E N T I F I C A Ç Ã O D A D I S C I P L I N A Curso: Disciplina: Docente: e-mail: MBA e PGE Tecnologias Avançadas de Multimédia

Leia mais

Curso de Graduação em Engenharia de Controle e Automação

Curso de Graduação em Engenharia de Controle e Automação UFSC Universidade Federal de Santa Catarina DAS Departamento de Automação e Sistemas Curso de Graduação em Engenharia de Controle e Automação Prof. Max Hering de Queiroz Coordenador de Curso Agenda 1.

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR - 2012/1º semestre (Aprovada pela Resolução nº 01 CONSEPE, de 09/02/2012). 1º PERÍODO 2º PERÍODO

ESTRUTURA CURRICULAR - 2012/1º semestre (Aprovada pela Resolução nº 01 CONSEPE, de 09/02/2012). 1º PERÍODO 2º PERÍODO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI INSTITUTO DE CIÊNCIA, ENGENHARIA E TECNOLOGIA - TEÓFILO OTONI CURSO DE GRADUAÇÃO - ENGENHARIA CIVIL ESTRUTURA CURRICULAR

Leia mais

1ºANO 2ºANO 3ºANO 3000/3100 3000/3100 3000/3100

1ºANO 2ºANO 3ºANO 3000/3100 3000/3100 3000/3100 CONTABILIDADE ( C) 3ºANO 3000/3100 3000/3100 3000/3100 Contabilidade Geral (18h30m) Estatística Aplicada (14h) Contabilidade de Custos (18h30m) Noções Fundamentais de Direito (9h) Empreendedorismo (14h)

Leia mais

Introdução à Engenharia de Controle e Automação

Introdução à Engenharia de Controle e Automação Introdução à Engenharia de Controle e Automação O CURSO DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO DA FACIT Renato Dourado Maia Faculdade de Ciência e Tecnologia de Montes Claros Fundação Educacional Montes

Leia mais

EDITAL. MESTRADO EM COMÉRCIO ELECTRÓNICO (3ª Edição 2012/2014)

EDITAL. MESTRADO EM COMÉRCIO ELECTRÓNICO (3ª Edição 2012/2014) EDITAL MESTRADO EM COMÉRCIO ELECTRÓNICO (3ª Edição 2012/2014) Nos termos do Decreto-Lei nº 42/2005, de 22 de Fevereiro, do Decreto-Lei nº 74/200, de 24 de Março, com as alterações que lhes foram introduzidas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CAMPUS DE SOBRAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CAMPUS DE SOBRAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CAMPUS DE SOBRAL INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR (Currículo 2006.2) Agosto de 2010 Hodiernamente não mais se concebe que a formação do futuro profissional

Leia mais

ETEC DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA CLASSE DESCENTRALIZADA DE ILHA SOLTEIRA E. E. DE URUBUPUNGÁ

ETEC DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA CLASSE DESCENTRALIZADA DE ILHA SOLTEIRA E. E. DE URUBUPUNGÁ REQUISITOS PARA INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO, Nº 065/03/2013 de 16/05/2013. 1. Cálculo Financeiros

Leia mais

Procura de Excelência

Procura de Excelência www.mba.deg.uac.pt Procura de Excelência MASTER IN BUSINESS ADMINISTRATION Mestrado em Gestão (MBA) Secretariado Departamento de Economia e Gestão Rua da Mãe de Deus Apartado 1422 E-mail: mba@uac.pt Tel:

Leia mais