(11)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "(11)"

Transcrição

1

2 Olá, me chamo ALINE LISBOA FARIAS - C.R.P: 06/ sou psicóloga graduada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e Sócia proprietária do LYSIS CONSULTÓRIO DE PSICOLOGIA. Atuo realizando atendimentos psicológicos com crianças, adolescentes, adultos, casais e idosos. Estar em contato direto com o intimo de cada ser, é o que dá sentido a minha existência. Permaneço caminhando em busca de novos aprendizados, com o imenso desejo de contribuir, compartilhar e sempre respeitando o valor do estar-com. Me coloco a disposição para contato, venha conhecer o consultório LYSIS e desfrutar da apropriação da vida através da realização do processo de Psicoterapia. Rua Roma, 620 Sala 95B. Vila Romana - Lapa - São Paulo (11)

3 Esse material foi feito exclusivamente para você, que sofre com as consequências de uma noite mal dormida. Os conteúdos a seguir foram elaborados a partir de textos cientificos, mas vale ressaltar que, para melhora integral do sintomas é indispenável um acompanhamento com profissionais capacitados. Espero que você possa desfrutar das sugestões, que possuem o objetivo principal de promover a melhora na qualidade do sono e o afastamento dos sintomas da insônia. BOA LEITURA!

4 QUAL A IMPORTÂNCIA DE UMA BOA NOITE DE SONO? O sono tem como objetivo, promover em nosso corpo as condições necessárias para reequilibrar o organismo. É responsável por manter a homeostase da função imunológica, indispensável para a síntese de nutriente que favorecem o bom funcionamento da memória e aprendizado, além de, ser considerado fundamental para a restauração das funções cerebrais. A privação de sono afeta diretamente a função restauradora de recuperação do organismo, uma das áreas mais afetadas são responsáveis por manter o bom humor e o bem estar físico e psicológico.

5 C U R I O S I D A D E S Para cada fase do desenvolvimento, há uma necessidade específica de períodos de sono. Recém-nascidos necessitam de 16 a 20 horas de sono por dia. A partir dos 5 anos, a criança sente satisfeita com duração de 9 a 10 horas de sono, e a prevalência permanece noturna. Adultos variam de acordo com a rotina de trabalho, alguns adultos se satisfazem com 4 horas, outros necessitam de 8 a 12 horas de sono. Ao envelhecer a tendência é ter menor necessidade de horas de sono por noite.

6 SERÁ QUE EU SOFRO COM O TRANSTORNO DE INSÔNIA? Nem toda falta de sono é considerado um Transtorno de Insônia, afinal somos invadidos o tempo todo por possíveis pensamentos e preocupações, que são capazes de tirar nosso sono (contas para pagar, prazos de entregas de trabalhos, metas a cumprir, dificuldade de relacionamento). Para ser considerado um Transtorno de Insônia (T.I) é preciso preencher alguns pré-requisitos segundo o DSM-V (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais) e o ICDS (Classificação Internacional dos Distúrbios do Sono). VAMOS CONHECER ESSES PRE-REQUISITOS?

7 CRITÉRIOS PARA DIAGNÓSTICO DE TRANSTORNO DE INSÔNIA SEGUNDO O DSM-V: Queixa de insatisfação com a quantidade ou qualidade do sono, associado a um (ou mais) dos seguintes sintomas: 1. Dificuldade de iniciar o sono; 2. Dificuldade de manter o sono, caracterizado por frequentes despertares ou problemas em retornar a dormir após o despertar; 3. Despertar precoce pela manhã com dificuldade em retornar ao sono.

8 A. O distúrbio do sono causa clinicamente comprometimento do funcionamento social, ocupacional, educacional, acadêmico, comportamental, ou em outra área importante. B. A dificuldade de dormir ocorre pelo menos em três noites na semana. C. A dificuldade em dormir está presente em pelo menos três meses. D. A dificuldade em dormir ocorre a despeito de oportunidade adequada para o sono. E. A insônia não é melhor explicada, ou não ocorre exclusivamente, durante o curso de outro transtorno do sono. F. A insônia não é atribuída a efeitos fisiológicos de uma substancia como drogas ou uso de medicamentos. G. Transtorno mental coexistente e condições medicas não explicam a queixa predominante de insônia.

9 CRITÉRIO PARA DIAGNÓSTICO DE TRANSTORNO DE INSÔNIA SEGUNDO ICDS Para ser considerado um Transtorno de Insônia segundo o ICDS é preciso apresentar os itens A e B e pelo menos um sintoma do item C. A. Queixa de dificuldade em adormecer e/ou dificuldade em manter o sono e/ou sono de má qualidade. B. A dificuldade citada acima ocorre frequentemente, apesar de adequadas oportunidade e circunstâncias para o sono. C. Presença de pelo menos um dos seguintes sintomas diurnos associados à queixa do sono: fadiga; déficit de atenção, concentração ou memoria; prejuízo no desempenho social ou profissional; presença de distúrbio de humor; queixa de sonolência diurna; redução da motivação, energia ou de iniciativa; propensão para erros ou acidentes no local de trabalho ou durante a condução; tensão, dores de cabeça ou sintomas gastrointestinais em resposta a perda de sono; e preocupação com o sono.

10 TOP 5: SUGESTÕES PARA PROPORCIONAR UMA MELHORA NA QUALIDADE DO SEU SONO. 1. Prepare o ambiente! O lugar onde dorme deve ser escuro, silencioso e arejado. 2. Permita-se descansar. Reserve um tempo para dormir e recuperar da correria do dia a dia. 3. MUDE O SEU COMPORTAMENTO NOTURNO, é preciso readaptar-se para despistar os sintomas da insônia.

11 4. Durma e acorde no mesmo horário, até mesmo aos finais de semanas e feriados. 5. Não permaneça na cama após sentir-se satisfeita (o) com as horas de sono. Levantese e aproveite o dia.

12 E AI, GOSTOU DO MATERIAL? Pensando em contribuir de forma positiva para o afastamento dos sintomas, além deste material, eu preparei uma cartilha completa e recheada de novas informações. Na cartilha completa você terá acesso aos seguintes acréscimos: AS FASES DO SONO CONHECENDO OS TIPOS DE INSÔNIA PERIGOS PROVOCADOS PELA INSÔNIA E AGORA, COMO TRATAR O TRANSTORNO DE INSÔNIA? 15 NOVAS SUGESTÕES PARA PROPORCIONAR UMA MELHORA NA QUALIDADE DO SEU SONO. Para ter acesso à cartilha completa clique no livro ao lado, ou se preferir clique aqui!

13 Agradeço o interesse, sua participação será sempre bem vinda (o). Compartilhe suas impressões sobre o material! Elogios e criticas são sempre bem vindas para o aperfeiçoamento pessoal e profissional! Psicóloga Aline Lisboa Farias C.R.P: 06/ Para ficar por dentro das novidades do Lysis Consultório de Psicologia clique e conheça nossas redes sociais: Facebook Google + Instagram YouTube Lysis Site

14 EMBASAMENTO TEÓRICO 1.American Psychiatric Association. Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders. 5th ed. Washington, DC: American Psychiatric Association; American Academy of Sleep Medicine. International Classificationof Sleep Disorders:Diagnostic and Coding Manual. 2 nd ed.westchester, IL: American Academy of Sleep Medicine; Insônia do diagnóstico ao tratamento: III Consenso Brasileiro de Insônia:2013 / Associação Brasileira do Sono;[coordenação geral]andrea Bacelar, Luciano Ribeiro Pinto Jr ed. -- São Paulo:mnifarma, 2013.

Cartilha do Sono. Associação Brasileira do Sono.

Cartilha do Sono. Associação Brasileira do Sono. Cartilha do Sono Associação Brasileira do Sono www.absono.com.br www.semanadosono2017.com.br A necessidade de sono varia de pessoa para pessoa: Todos já ouvimos em algum lugar que é necessário dormir 8

Leia mais

A ACTIMETRIA COMO FERRAMENTA DE AUXÍLIO PARA DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DE DISTÚRBIOS DE SONO

A ACTIMETRIA COMO FERRAMENTA DE AUXÍLIO PARA DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DE DISTÚRBIOS DE SONO A ACTIMETRIA COMO FERRAMENTA DE AUXÍLIO PARA DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DE DISTÚRBIOS DE SONO Bruno Gonçalves, Érico Felden, Elaine C Marqueze e Claudia RC Moreno Departamento de Cronobiologia Associação

Leia mais

SÍNDROME DE BURNOUT das causas ao cuidado

SÍNDROME DE BURNOUT das causas ao cuidado SÍNDROME DE BURNOUT das causas ao cuidado PELA MANHÃ VOCÊ SE SENTE ASSIM? E NO TRABALHO, VOCÊ SE SENTE ASSIM? SUA VIDA ESTA ASSIM? OU TUDO ESTA ASSIM? ESTRESSE Ocorre diante de uma situação (real ou imaginária)

Leia mais

Anfetaminas A anfetamina é uma droga sintética de efeito estimulante da atividade mental. A denominação anfetaminas é atribuída a todo um grupo de

Anfetaminas A anfetamina é uma droga sintética de efeito estimulante da atividade mental. A denominação anfetaminas é atribuída a todo um grupo de Projeto Drogas Anfetaminas A anfetamina é uma droga sintética de efeito estimulante da atividade mental. A denominação anfetaminas é atribuída a todo um grupo de substâncias como: fenproporex, metanfetamina

Leia mais

SONO. SPO - Serviço de Psicologia e Orientação

SONO. SPO - Serviço de Psicologia e Orientação SONO 26-05-2015 SONO O sono tem ainda hoje, uma função que se desconhece, mas sabe-se que está intimamente ligado à vigília e que é mais essencial à sobrevivência do que beber e comer. Adaptado do livro

Leia mais

Depressão. Um distúrbio que tem solução.

Depressão. Um distúrbio que tem solução. Depressão Um distúrbio que tem solução. DEPRESSÃO Depressão é um transtorno psiquiátrico sem causa definida. Afeta o humor, levando à perda de interesse e de prazer por quase todas as atividades do dia

Leia mais

Novidades Terapêuticas em Neuro-Psiquiatria: Tratamento da Insônia

Novidades Terapêuticas em Neuro-Psiquiatria: Tratamento da Insônia JORNADA MHF Tópicos em Neurologia, Neurocirurgia e Psiquiatria SNNRS, 15-16 de Maio 2015 Novidades Terapêuticas em Neuro-Psiquiatria: Tratamento da Insônia Suzana Veiga Schönwald Neurologia: Neurofisiologia

Leia mais

ASSOCIAÇÃO NACIONAL CONTRA A FIBROMIALGIA E SÍNDROME DEFADIGACRÓNICA (MYOS) APIFARMA / ASSOCIAÇÕES DE DOENTES NOTAS DE UMA PARCERIA

ASSOCIAÇÃO NACIONAL CONTRA A FIBROMIALGIA E SÍNDROME DEFADIGACRÓNICA (MYOS) APIFARMA / ASSOCIAÇÕES DE DOENTES NOTAS DE UMA PARCERIA ASSOCIAÇÃO NACIONAL CONTRA A FIBROMIALGIA E SÍNDROME DEFADIGACRÓNICA (MYOS) APIFARMA / ASSOCIAÇÕES DE DOENTES V 4 APIFARMA / ASSOCIAÇÕES DE DOENTES b) Âmbito da Associação A Myos Associação Nacional

Leia mais

Insônia é a percepção ou queixa de sono inadequado, ou de baixa qualidade, por causa das seguintes razões:

Insônia é a percepção ou queixa de sono inadequado, ou de baixa qualidade, por causa das seguintes razões: O que é Insônia? Insônia é a percepção ou queixa de sono inadequado, ou de baixa qualidade, por causa das seguintes razões: Dificuldade em cair no sono Levantar freqüentemente durante a noite com dificuldade

Leia mais

Dra. Veralice Meireles Sales de Bruin

Dra. Veralice Meireles Sales de Bruin Dra. Veralice Meireles Sales de Bruin Por que o sono é importante? Todos os organismos vivos dormem Ocupa um terço das nossas vidas Cognição e desempenho Saúde mental Saúde física Funções do sono Integridade

Leia mais

Ritmos Biológicos Trabalho Noturno e em Turnos

Ritmos Biológicos Trabalho Noturno e em Turnos Ritmos Biológicos Trabalho Noturno e em Turnos Luciane L Gomes Gonçalves Abril de 2010 Ritmo Circadiano Fases: Ergotrópica (perfomance) Trofotrópica (recuperação) Trabalho noturno: Problema fisiológico

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM NEUROPSICOPEDAGOGIA

PÓS-GRADUAÇÃO EM NEUROPSICOPEDAGOGIA PÓS-GRADUAÇÃO EM NEUROPSICOPEDAGOGIA Instituição Certificadora: FALC Amparo Legal: Resolução CNE CES 1 2001 Resolução CNE CES 1 2007 Carga Horária: 420h Período de Duração: 12 meses (01 ano) Objetivos:

Leia mais

Proposta de Parceria Pleno Ser / Escola

Proposta de Parceria Pleno Ser / Escola Proposta de Parceria Pleno Ser / Escola A Parceria Pleno Ser/Escola O ambiente escolar pode representar, muitas vezes, um prolongamento do lar. É onde a criança é inserida nos grupos sociais, colocada

Leia mais

ABORDAGEM NEUROPSICOLÓGICA

ABORDAGEM NEUROPSICOLÓGICA Atendimento: +55 15 3326-6784 MENU E-mail atendimentoctes@gmail.com ABORDAGEM NEUROPSICOLÓGICA O comprometimento neurológico com o uso de drogas requer atenção de profissionais especializados com abordagens

Leia mais

O PAPEL DA ESCOLA E DO PROFESSOR NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM EM CRIANÇAS COM TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE (TDAH) Introdução

O PAPEL DA ESCOLA E DO PROFESSOR NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM EM CRIANÇAS COM TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE (TDAH) Introdução 421 O PAPEL DA ESCOLA E DO PROFESSOR NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM EM CRIANÇAS COM TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE (TDAH) Amanda Ferreira dos Santos², Felipe Vidigal Sette da Fonseca²,

Leia mais

04/07/2014. *Certificação em Medicina do Sono pela Associação Brasileira de Sono e Associação Médica Brasileira (AMB) por Notório Saber

04/07/2014. *Certificação em Medicina do Sono pela Associação Brasileira de Sono e Associação Médica Brasileira (AMB) por Notório Saber Sérgio Barros Vieira Certificação em Medicina do Sono pela Associação Brasileira de Sono e Associação Médica Brasileira (AMB) por Notório Saber Coordenador Médico do Programa de Medicina do Sono do Grupo

Leia mais

GRAVE. DEPRESSAo O QUE É A DEPRESSAO GRAVE? A depressão grave é uma condição médica comum e afeta 121 MILHÕES de pessoas em todo o mundo.

GRAVE. DEPRESSAo O QUE É A DEPRESSAO GRAVE? A depressão grave é uma condição médica comum e afeta 121 MILHÕES de pessoas em todo o mundo. APRESENTA GRAVE DEPRESSAo O QUE É A DEPRESSAO GRAVE? Indivíduos com depressão grave geralmente apresentam pelo menos 4 destes sintomas por pelo menos 2 semanas: Estado de ânimo depressivo; * Movimento,

Leia mais

PROPOSTAS DE ESTÁGIO - IA. ESTÁGIO OBRIGATÓRIO EM PSICOLOGIA E PROCESSOS ORGANIZACIONAIS IA Título: Psicologia e Processos Organizacionais

PROPOSTAS DE ESTÁGIO - IA. ESTÁGIO OBRIGATÓRIO EM PSICOLOGIA E PROCESSOS ORGANIZACIONAIS IA Título: Psicologia e Processos Organizacionais PROPOSTAS DE ESTÁGIO - IA Proposta número 1 Ênfase Processos Organizacionais ESTÁGIO OBRIGATÓRIO EM PSICOLOGIA E PROCESSOS ORGANIZACIONAIS IA Título: Psicologia e Processos Organizacionais Professora Supervisora:

Leia mais

Dicas EPIS ALUNOS. Define Prioridades Dica 1/2

Dicas EPIS ALUNOS. Define Prioridades Dica 1/2 ABRIL Reta Final Define Prioridades Dica 1/2 Aproveita o início deste período para fazer um balanço acerca dos resultados do ano. Identifica o que correu menos bem até aqui e tenta encontrar estratégias

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA 1 - JUSTIFICATIVA A cada dia cresce a expectativa de que os profissionais da área da Psicologia possam oferecer para a população em geral,

Leia mais

Neurocurso.com Educação Continuada em Neurociências e Neurologia Todos os Direitos Reservados Proibida Reprodução Parcial ou Total

Neurocurso.com Educação Continuada em Neurociências e Neurologia Todos os Direitos Reservados Proibida Reprodução Parcial ou Total Introdução: O sono é um estado comportamental complexo e um dos grandes mistérios da neurociência. Desde o início da tentativa de sua interpretação, hipóteses para sua compreensão surgiram em direções

Leia mais

PROGRAMA DO CURSO DE CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM MEDICINA DO SONO

PROGRAMA DO CURSO DE CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM MEDICINA DO SONO PROGRAMA DO CURSO DE CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM MEDICINA DO SONO - 2013 Professora responsável: Sonia Maria Togeiro Prova e entrevista: 21 de Janeiro de 2013 às 10 horas Inicio: 04 de Fevereiro de 2013

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO SONO EDUCAÇÃO FÍSICA PROFESSOR: JOÃO PAULO PEREIRA

A IMPORTÂNCIA DO SONO EDUCAÇÃO FÍSICA PROFESSOR: JOÃO PAULO PEREIRA A IMPORTÂNCIA DO SONO EDUCAÇÃO FÍSICA PROFESSOR: JOÃO PAULO PEREIRA CONCEITO: O sono é um estado transitório e reversível, que se alterna com a vigília (estado desperto). Trata-se de um processo ativo

Leia mais

O Impacto Psicossocial do Cancro na Família

O Impacto Psicossocial do Cancro na Família O Impacto Psicossocial do Cancro na Família Maria de Jesus Moura Psicóloga Clínica Unidade de Psicologia IPO Lisboa ATÉ MEADOS DO SEC.XIX Cancro=Morte PROGRESSOS DA MEDICINA CURA ALTERAÇÃO DO DIAGNÓSTICO

Leia mais

Fobia Específica. Simpósio de Terapia Cognitivo Comportamental Instituto Brasileiro de Hipnose IBH

Fobia Específica. Simpósio de Terapia Cognitivo Comportamental Instituto Brasileiro de Hipnose IBH Fobia Específica Simpósio de Terapia Cognitivo Comportamental Instituto Brasileiro de Hipnose IBH - 20015 A origem da palavra Fobia Phobos" significa "medo" e serve de raiz para a palavra fobia. Os critérios

Leia mais

PSICOLOGIA DA AUTOIMAGEM

PSICOLOGIA DA AUTOIMAGEM PSICOLOGIA DA AUTOIMAGEM A Ecole Supérieure de Relooking está localizada em Paris, berço mundial das artes, da cultura, cidade que abraça estilos diversos. A Ecole carrega a autenticidade e a paixão pelas

Leia mais

Os dadso estatisticos relativos a 2012 são aqui apresentados em quatro elaborações:

Os dadso estatisticos relativos a 2012 são aqui apresentados em quatro elaborações: Os dadso estatisticos relativos a 212 são aqui apresentados em quatro elaborações: 1) Subdivididos por tipologias de centros (23 212) 2) Agrupados por categorias de centros (23 212) 3) Apresenteção dos

Leia mais

DEPENDÊNCIA DIGITAL ATÉ QUE PONTO A TECNOLOGIA É BOA OU RUIM? Dr. Rodrigo Menezes Machado

DEPENDÊNCIA DIGITAL ATÉ QUE PONTO A TECNOLOGIA É BOA OU RUIM? Dr. Rodrigo Menezes Machado DEPENDÊNCIA DIGITAL ATÉ QUE PONTO A TECNOLOGIA É BOA OU RUIM? Dr. Rodrigo Menezes Machado INTRODUÇÃO População total estimada em 7 bilhões, sendo que 6,29 bilhões já possuem acesso à tecnologia móvel.

Leia mais

O melhor conselho para os problemas do sono

O melhor conselho para os problemas do sono MAIO 2015 O melhor conselho para os problemas do sono Uma solução inovadora com uma ótima relação de eficácia e segurança. Um mecanismo de ação completo que age sobre a qualidade do sono e da vigília.

Leia mais

Automedicação e estimulantes em contexto académico

Automedicação e estimulantes em contexto académico Universidade de Aveiro Departamento de Educação Automedicação e estimulantes em contexto académico A na Ana Morais (ana.morais@ua.pt) Mudanças importantes e significativas a vários níveis: pessoal, social

Leia mais

NIDA National Institute on Drug Abuse NIH - National Institute of Health

NIDA National Institute on Drug Abuse NIH - National Institute of Health NIDA National Institute on Drug Abuse NIH - National Institute of Health Dependência química doença complexa busca compulsiva e incontrolável o uso persiste apesar das conseqüências negativas pode se tornar

Leia mais

VIVER COM. Narcolepsia. Sintomas Diagnóstico Tratamento ISTEL

VIVER COM. Narcolepsia. Sintomas Diagnóstico Tratamento ISTEL VIVER COM Narcolepsia Sintomas Diagnóstico Tratamento O que é a Narcolepsia? É uma perturbação intrínseca do sono, crónica, de origem neurológica e em que existem alterações na ciclicidade e estabilidade

Leia mais

ADOLESCENTE INFRATOR-UM OLHAR PARA COMPORTAMENTOS NA INFÂNCIA

ADOLESCENTE INFRATOR-UM OLHAR PARA COMPORTAMENTOS NA INFÂNCIA ADOLESCENTE INFRATOR-UM OLHAR PARA COMPORTAMENTOS NA INFÂNCIA Eliana Arara da Costa 1 Neila Rodrigues Oliveira 2 Elisângela Maura Catarino 3 Resumo Este trabalho apresenta a problemática de menores infratores

Leia mais

Stresse no Trabalho: Risco e Oportunidade

Stresse no Trabalho: Risco e Oportunidade 9.º Congresso Internacional de Segurança e Saúde no Trabalho Porto, 28 de Janeiro de 2010 Stresse no Trabalho: Risco e Oportunidade Marco Ramos (marco.ramos@ua.pt) 1 Uma pessoa em stresse é um acidente

Leia mais

Sumário. Introdução.

Sumário. Introdução. Sumário Introdução Distúrbios do sono e a revalorização da noite 16 Tranquilidade e bom senso para que a regeneração seja possível 21 Sonhos: um mundo de imagens saudáveis 23 Mitos da Noite A Noite e seus

Leia mais

BEM-VINDOS AO MUNDO ANGELICALM

BEM-VINDOS AO MUNDO ANGELICALM BEM-VINDOS AO MUNDO ANGELICALM Olá, youzzers! Em nome da equipa Angelicalm queremos dar-vos as boas-vindas! Angelicalm é um produto natural, à base de extratos de plantas, vitaminas e outros nutrientes,

Leia mais

A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original. Albert Einstein. Olá! Prepare se para um mergulho profundo em si mesmo.

A mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original. Albert Einstein. Olá! Prepare se para um mergulho profundo em si mesmo. PLANO DE TRATAMENTO PROGRAMA SAÚDE INTEGRAL Os objetivos do PLANO DE TRATAMENTO são os seguintes: ensinar uma nova forma de pensar e agir, com o objetivo de atingir um estado optimum de saúde; ensinar

Leia mais

O TRABALHO NOTURNO E O SONO DO TRABALHADOR: ESTUDO EXPLORATÓRIO EM TAUBATÉ E SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

O TRABALHO NOTURNO E O SONO DO TRABALHADOR: ESTUDO EXPLORATÓRIO EM TAUBATÉ E SÃO JOSÉ DOS CAMPOS O TRABALHO NOTURNO E O SONO DO TRABALHADOR: ESTUDO EXPLORATÓRIO EM TAUBATÉ E SÃO JOSÉ DOS CAMPOS Tatiane Paula de Oliveira 1, Adriana Leonidas de Oliveira (orientadora) 2 1 Universidade de Taubaté/ Departamento

Leia mais

Uso de Substâncias e Dependência: Visão Geral

Uso de Substâncias e Dependência: Visão Geral Capítulo 1 Uso de Substâncias e Dependência: Visão Geral Do ponto de vista comportamental, dependência pode ser conceitualizada como um prejuízo na capacidade de inibir a busca por determinada droga em

Leia mais

Estresse. Saiba identifi car o excesso de preocupação e nervosismo.

Estresse. Saiba identifi car o excesso de preocupação e nervosismo. Estresse Saiba identifi car o excesso de preocupação e nervosismo. EsTREssE O estresse é uma reação física e mental diante de estímulos que podem ser positivos ou negativos. As pessoas não reagem da mesma

Leia mais

XV Curso de Capacitação Profissional em Medicina do Sono. AULA e 21/08/ Dra. Monica Levy Andersen Tema: Sono e suas Funções

XV Curso de Capacitação Profissional em Medicina do Sono. AULA e 21/08/ Dra. Monica Levy Andersen Tema: Sono e suas Funções XV Curso de Capacitação Profissional em Medicina do Sono AULA 01 20 e 21/08/2011 - Dra. Monica Levy Andersen Tema: Sono e suas Funções 09h: Histórico da Medicina do Sono 10h: Bases Neurais do Sono 14h:

Leia mais

Doenças da modernidade

Doenças da modernidade Doenças da modernidade Proposta de redação: Depressão, bipolaridade, déficit de atenção: as doenças psíquicas, por vezes, representam avanços da medicina, por vezes simples patologização do comportamento

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica Psicologia Jurídica AS FUNÇÕES MENTAIS SUPERIORES

Pontifícia Universidade Católica Psicologia Jurídica AS FUNÇÕES MENTAIS SUPERIORES Pontifícia Universidade Católica Psicologia Jurídica AS FUNÇÕES MENTAIS SUPERIORES REALIDADE Realidade psíquica elaborada pelo indivíduo a partir dos conteúdos armazenados na mente As vezes, usamos nossa

Leia mais

WWW.RMPSIQUIATRIA.COM.BR Coordenador do curso: Rafael Moreno Ferro de Araújo Médico Psiquiatra UFCSPA, Porto Alegre-RS Mestre e Doutorando em Medicina PUCRS, Porto Alegre-RS Professor e coordenador da

Leia mais

PSICOLOGIA HOSPITALAR

PSICOLOGIA HOSPITALAR PSICOLOGIA HOSPITALAR 2012 Diogo Batista Pereira da Silva Psicólogo formado pela UNISUL em 2012. Atualmente atuando como palestrante e desenvolvedor estratégico (Brasil) Email: diogobatista.p@gmail.com

Leia mais

CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO DE BRASÍLIA UM PROJETO PEDAGÓGICO COMPATÍVEL COM O MUNDO ATUAL: CONTRIBUIÇÕES DAS NEUROCIÊNCIAS. Dra.

CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO DE BRASÍLIA UM PROJETO PEDAGÓGICO COMPATÍVEL COM O MUNDO ATUAL: CONTRIBUIÇÕES DAS NEUROCIÊNCIAS. Dra. CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO DE BRASÍLIA UM PROJETO PEDAGÓGICO COMPATÍVEL COM O MUNDO ATUAL: CONTRIBUIÇÕES DAS NEUROCIÊNCIAS Dra. Nadia Bossa Profa. Dra. Nadia Aparecida Bossa Doutora em Psicologia

Leia mais

Avaliação neuropsicológica. Medindo a mente através do comportamento

Avaliação neuropsicológica. Medindo a mente através do comportamento Avaliação neuropsicológica Medindo a mente através do comportamento Avaliação neuropsicológica Medindo a mente através do comportamento 2015/1 Felipe Costa Fernandes Finalidade da palestra Familiarizar

Leia mais

Prévia do Curso a Distância Preparatório para Concurso SES/DF

Prévia do Curso a Distância Preparatório para Concurso SES/DF Prévia do Curso a Distância Preparatório para Concurso SES/DF TAUANE PAULA GEHM Mestre e doutorando em Psicologia Experimental Recursos 1. Apostila Teórica 2. Simulados online 3. Vídeo-aulas 4. Plantão

Leia mais

Módulo 1 / Semestre 1 Carga horária total: 390ch Unidade Curricular. Semestral

Módulo 1 / Semestre 1 Carga horária total: 390ch Unidade Curricular. Semestral Curso Técnico Subsequente em Curso Técnico em Enfermagem Nome do Curso - Curso Técnico em Enfermagem CÂMPUS Florianópolis/SC MATRIZ CURRICULAR Módulo 1 / Semestre 1 Carga horária total: 390ch Unidade Curricular

Leia mais

Ansiedade. Estado de tensão,apreensão ou inquietude,com causa iden4ficável ou não

Ansiedade. Estado de tensão,apreensão ou inquietude,com causa iden4ficável ou não Ansiedade Estado de tensão,apreensão ou inquietude,com causa iden4ficável ou não Manifestações somá4cas freqüentemente associadas:(palpitação torácica,sudorese,tremores Ansiedade Manifestações leves ou

Leia mais

TRATAMENTO MASCULINO PARA DEPENDÊNCIA QUÍMICA

TRATAMENTO MASCULINO PARA DEPENDÊNCIA QUÍMICA Atendimento: +55 15 3326-6784 MENU E-mail atendimentoctes@gmail.com TRATAMENTO MASCULINO PARA DEPENDÊNCIA QUÍMICA O melhor Tratamento contra Dependência Química para Homens de todo o Brasil. / Tratamentos

Leia mais

Perturbação de Hiperactividade com Défice de Atenção

Perturbação de Hiperactividade com Défice de Atenção Perturbação de Hiperactividade com Défice de Atenção - Acção de Formação em e-learning Formadora : Alzira Fernandes Objectivos e Conteúdos do curso O que é a PHDA? Mitos e perspectiva actual. Etiologia,

Leia mais

SERVIÇO DE ATENÇÃO AO PORTADOR DE OBESIDADE GRAVE

SERVIÇO DE ATENÇÃO AO PORTADOR DE OBESIDADE GRAVE Procedimento Operacional Padrão (POP) SERVIÇO DE PSICOLOGIA POP nº 04 PSI/HU Hospital Universitário Prof. Polydoro Ernani de São Thiago da Universidade Federal de Santa Catarina SERVIÇO DE ATENÇÃO AO PORTADOR

Leia mais

3 - EQUIPES NAS INSTITUIÇÕES CONVENIADAS COM O DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA. 3.1 EQUIPE DE ESTÁGIO CLÍNICO EM SAÚDE MENTAL

3 - EQUIPES NAS INSTITUIÇÕES CONVENIADAS COM O DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA. 3.1 EQUIPE DE ESTÁGIO CLÍNICO EM SAÚDE MENTAL 3 - EQUIPES NAS INSTITUIÇÕES CONVENIADAS COM O DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA. 3.1 EQUIPE DE ESTÁGIO CLÍNICO EM SAÚDE MENTAL Prof. Fernando Tenório Trata-se de estágio clínico nos serviços de saúde mental

Leia mais

1 Manual do atendimento psicopedagógico

1 Manual do atendimento psicopedagógico Manual do atendimento psicopedagógico 1 Manual do atendimento psicopedagógico Manual do atendimento psicopedagógico FACULDADE DE ARTES DULCINA DE MORAES APRESENTAÇÃO Neste manual você irá encontrar as

Leia mais

Clique no video abaixo para assistir Caso o link acima não funcione copie e cole o seguinte endereço em seu navegador: http://goo.gl/i5tzqi Como hipnotizar de maneira segura Relaxamento rápido e eficaz

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR. Laboratório de Investigação em Desporto PSICOLOGIA DO DESPORTO 2014

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR. Laboratório de Investigação em Desporto PSICOLOGIA DO DESPORTO 2014 INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR PSICOLOGIA DO DESPORTO 2014 Equipa: Doutor Carlos Silva Doutora Carla Chicau Doutor Luís Cid (coordenador) Psicólogo Luís Gonzaga

Leia mais

ANAMNESE (ENTREVISTA)

ANAMNESE (ENTREVISTA) 1 ANAMNESE (ENTREVISTA) Anamnese (Ana = trazer de volta; mnesis = memória) significa trazer de volta à mente todos os fatos relacionados com o doente e a pessoa doente. Se bem feita, acompanha-se de decisões

Leia mais

Depressão: o que você precisa saber

Depressão: o que você precisa saber Depressão: o que você precisa saber Se você acredita que tem depressão, ou conhece alguém que talvez sofra desse transtorno, leia este material. O que é a depressão? A depressão é um transtorno mental

Leia mais

O atendimento psicopedagógico no Hospital das Clínicas São Paulo

O atendimento psicopedagógico no Hospital das Clínicas São Paulo O atendimento psicopedagógico no Hospital das Clínicas São Paulo APRESENTAÇÃO P.p Ana Paula Caterino Pedagoga, Psicopedagoga e Mestranda em Distúrbios do Desenvolvimento pela Universidade Presbiteriana

Leia mais

EDUCAÇÃO TERAPÊUTICA UMA PROPOSTA DE TRATAMENTO De 21 a 24/1/2008

EDUCAÇÃO TERAPÊUTICA UMA PROPOSTA DE TRATAMENTO De 21 a 24/1/2008 Curso de aperfeiçoamento ORIENTAÇÃO À QUEIXA ESCOLAR de março a novembro de 2008, às segundas-feiras das 15h às 17h e às quintas-feiras das 13h15 às 17h15h OBJETIVOS Contribuir para o aperfeiçoamento de

Leia mais

Semanas após o início do tratamento, o paciente obteve um diagnóstico. Ele tinha o

Semanas após o início do tratamento, o paciente obteve um diagnóstico. Ele tinha o O que é o Transtorno da Aversão Sexual? Após uma tentativa de suicídio, William, com pouco mais de 40 anos, recebeu indicação médica para fazer terapia. Ele nunca havia tido qualquer tipo de contato sexual.

Leia mais

Provas e Contextos na Clínica Projectiva

Provas e Contextos na Clínica Projectiva ÍNDICE Técnicas Temáticas (T.A.T. e C.A.T.-A): Teoria, Método, e Aplicações Clínicas Rorschach Teoria, Método, e Aplicações Clínicas Avaliação Psicológica em Contexto Forense Entrevista Clínica: Formas

Leia mais

Universidade Anhanguera-Uniderp Pró-Reitoria de Graduação. Curso: PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM

Universidade Anhanguera-Uniderp Pró-Reitoria de Graduação. Curso: PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM Universidade Anhanguera-Uniderp Pró-Reitoria de Graduação Curso: PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM Disciplina ou Módulo: Habilidades Específicas VII- Laboratório TP TTP VII- Clinica do adulto. Série/Semestre:

Leia mais

2. Nome do(s) supervisor(es): PROFA. DRA. SONIA REGINA PASIAN. Psicóloga MARIA PAULA FOSS

2. Nome do(s) supervisor(es): PROFA. DRA. SONIA REGINA PASIAN. Psicóloga MARIA PAULA FOSS UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DE RIBEIRÃO PRETO DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA E EDUCAÇÃO CENTRO DE PESQUISA E PSICOLOGIA APLICADA ESTÁGIO: AVALIAÇÃO NEUROPSICOLÓGICA

Leia mais

Prepare-se para a consulta com seu médico

Prepare-se para a consulta com seu médico Prepare-se para a consulta com seu médico Use esse guia para fazer as perguntas certas durante a sua consulta e para estar equipado com a informação correta. Você pode receber uma indicação para consultar

Leia mais

O trabalho mental Fernando Gonçalves Amaral

O trabalho mental Fernando Gonçalves Amaral O trabalho mental Fernando Gonçalves Amaral Assuntos Atividade mental Processamento de informação Captação de informação Cognição IHC/IHM Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção - UFRGS Atividade

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO - TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA: PSICOLOGIA (TRE-SP AJAP)

CONTROLE DE CONTEÚDO - TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA: PSICOLOGIA (TRE-SP AJAP) CONTROLE DE CONTEÚDO - TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA: PSICOLOGIA (TRE-SP AJAP) 1 Ortografia oficial. GRAMÁTICA E INTERPRETAÇÃO DE TEXTO DA LÍNGUA PORTUGUESA CONTEÚDO

Leia mais

TRATAMENTO PARA DEPENDÊNCIA QUÍMICA

TRATAMENTO PARA DEPENDÊNCIA QUÍMICA Atendimento: +55 15 3326-6784 MENU E-mail atendimentoctes@gmail.com TRATAMENTO PARA DEPENDÊNCIA QUÍMICA O melhor tratamento, desenvolvido exclusivamente para atender quem sofre com o a Dependência Química.

Leia mais

Prejuízos Cognitivos e Comportamentais secundários à Epilepsia Autores: Thaís Martins; Calleo Henderson; Sandra Barboza. Instituição:Universidade

Prejuízos Cognitivos e Comportamentais secundários à Epilepsia Autores: Thaís Martins; Calleo Henderson; Sandra Barboza. Instituição:Universidade Autores:Thaís Martins Sousa ; Calleo Henderson ; Sandra Barboza. Introdução A epilepsia é uma das síndromes neurológicas mais comuns e seus efeitos secundários podem ser graves. A epilepsia de ausência

Leia mais

TRATAMENTO PARA DEPENDÊNCIA QUÍMICA

TRATAMENTO PARA DEPENDÊNCIA QUÍMICA Atendimento: +55 15 3326-6784 MENU E-mail atendimentoctes@gmail.com TRATAMENTO PARA DEPENDÊNCIA QUÍMICA O melhor tratamento, desenvolvido exclusivamente para atender quem sofre com o a Dependência Química.

Leia mais

5 passos para a valorização profissional. Nara Araujo Nutricionista e Coach

5 passos para a valorização profissional. Nara Araujo Nutricionista e Coach 5 passos para a valorização profissional Nara Araujo Nutricionista e Coach Olá se você ainda não me conhece meu nome é Nara Araujo, sou Nutricionista, coach de emagrecimento e coach de carreira de Nutricionistas.

Leia mais

Mente Sã Corpo São! Abanar o Esqueleto - Os factores que influenciam as doenças osteoarticulares. Workshop 1

Mente Sã Corpo São! Abanar o Esqueleto - Os factores que influenciam as doenças osteoarticulares. Workshop 1 Abanar o Esqueleto - Os factores que influenciam as doenças osteoarticulares. Workshop 1 Mente Sã Corpo São! Unidade de Cuidados na Comunidade Centro de Saúde de Alfândega da Fé Elaborado por: Rosa Correia

Leia mais

ATIVIDADE MOTORA EM CRIANÇAS COM TRANSTORNO DO ESPECTRO DO AUTISMO TEA

ATIVIDADE MOTORA EM CRIANÇAS COM TRANSTORNO DO ESPECTRO DO AUTISMO TEA ATIVIDADE MOTORA EM CRIANÇAS COM TRANSTORNO DO ESPECTRO DO AUTISMO TEA Lucimar Ferreira Pires (1); Sandra Beltrão Tavares Costa (2) Universdad de Ciencias Sociales y Empresariales UCES sbtcosta@hotmail.com

Leia mais

15º - AUDHOSP ANO 2016

15º - AUDHOSP ANO 2016 15º - AUDHOSP ANO 2016 CID 11 DEBORAH PIMENTA FERREIRA Médica Equipe Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação SMS/SP Set/2016 Breve introdução à CID A CID (Classificação Estatística Internacional

Leia mais

NORMAS COMPLEMENTARES AO EDITAL Nº 03 DE 2016 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE PROFESSOR ASSISTENTE 1 DA UNIRV UNIVERSIDADE DE RIO VERDE

NORMAS COMPLEMENTARES AO EDITAL Nº 03 DE 2016 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE PROFESSOR ASSISTENTE 1 DA UNIRV UNIVERSIDADE DE RIO VERDE UniRV NORMAS COMPLEMENTARES AO EDITAL Nº 03 DE 2016 CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE PROFESSOR ASSISTENTE 1 DA UNIRV O Reitor da UniRV, no uso de suas atribuições legais, na forma do que dispõe

Leia mais

26ª Reunião, Extraordinária Comissão de Assuntos Sociais

26ª Reunião, Extraordinária Comissão de Assuntos Sociais 26ª Reunião, Extraordinária Comissão de Assuntos Sociais Dr. Sandro José Martins Coordenador Geral de Atenção às Pessoas com Doenças Crônicas Diretoria de Atenção Especializada e Temática Secretaria de

Leia mais

ÍNDICE PREFÁCIO Capítulo 1 DORMIR A NOITE TODA... 13

ÍNDICE PREFÁCIO Capítulo 1 DORMIR A NOITE TODA... 13 ÍNDICE PREFÁCIO... 11 Capítulo 1 DORMIR A NOITE TODA... 13 Capítulo 2 OS PONTOS DE REFERÊNCIA DO SONO... 16 O sono antes do nascimento... 16 O sono do recém-nascido... 17 O sono às três semanas... 22 Reconhecer

Leia mais

Neurônios da leitura: o cérebro da pessoa com dislexia Prof.ª Priscila de Sousa Barbosa

Neurônios da leitura: o cérebro da pessoa com dislexia Prof.ª Priscila de Sousa Barbosa UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO - UEMA NÚCLEO DE TECNOLOGIAS PARA EDUCAÇÃO UEMANET CURSO ABERTO DE DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM Neurônios da leitura: o cérebro da pessoa com dislexia O processamento

Leia mais

Pp. Patrícia Leuck SINDPSICOPp-BR 170

Pp. Patrícia Leuck SINDPSICOPp-BR 170 INTERVENÇÕES PSICOPEDAGÓGICAS PARA AUTISTAS NA PRÁTICA Pp. Patrícia Leuck SINDPSICOPp-BR 170 O QUE É INTERVENÇÃO? A intervenção psicopedagógica pode ser de forma preventiva, a qual detecta as dificuldades

Leia mais

Psicologia da Educação

Psicologia da Educação Psicologia da Educação Motivação na Sala de Aula MOTIVAÇÃO E LEI DO EFEITO O MOTIVO E AS SUAS COMPONENTES TIPOS DE MOTIVOS MOTIVAÇÃO E CONFLITO MOTIVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO O PAPEL DO PROFESSOR Copyright,

Leia mais

UNIMED GRANDE FLORIANÓPOLIS

UNIMED GRANDE FLORIANÓPOLIS Form-DVAD-17 Revisão: 01 Emissão: 08/03/2017 PROTOCOLO DE SOLICITAÇÃO PARA TRATAMENTO CIRÚRGICO DE OBESIDADE MÓRBIDA Prezado cliente da Unimed! Você está recebendo o protocolo de solicitação para realizar

Leia mais

DEPRESSÃO TRATAR É PRECISO

DEPRESSÃO TRATAR É PRECISO DEPRESSÃO TRATAR É PRECISO ESTA FARMÁCIA CUIDA DE SI DEPRESSÃO TRATAR É PRECISO ESTA FARMÁCIA CUIDA DE SI O QUE É A DEPRESSÃO? A depressão é uma perturbação do humor que interfere na capacidade para funcionar

Leia mais

O que a Somiti faz para a Comunidade Leiga?

O que a Somiti faz para a Comunidade Leiga? O que a Somiti faz para a Comunidade Leiga? A Somiti realiza com destaque há mais de três décadas, atividades científicas e sociais de ensino, treinamento de profissionais e ações informativas de cuidado

Leia mais

TDAH nas Escolas Como Identificar?

TDAH nas Escolas Como Identificar? TDAH nas Escolas Como Identificar? INTRODUÇÃO TDAH nas Escolas - Como Identificar? Para educadores que ainda não entenderam como identificar quando um aluno pode ser portador de TDAH, e nem como e

Leia mais

Ao término desta unidade, você será capaz de:

Ao término desta unidade, você será capaz de: Aula 02 PRINCIPAIS ESCOLAS Objetivos de aprendizagem Ao término desta unidade, você será capaz de: Conhecer as principais escolas da Psicologia Compreender as principais Correntes teóricas da Psicologia.

Leia mais

Manual De Rotinas E Procedimentos Academia

Manual De Rotinas E Procedimentos Academia Manual De Rotinas E Procedimentos Academia Luiz Antonio Bernardes 401 Procedimentos alternativos na formação de classes de 2011 Rotina em casais: alguns manejos comportamentais Thiago de. Onde nos Encontramos

Leia mais

ATENÇÃO AOS REQUISITOS!!!

ATENÇÃO AOS REQUISITOS!!! ATENÇÃO AOS REQUISITOS!!! Currículo 1/303 Psicologia e Psicoterapia Psicanalítica II; Psicologia no Contexto Social: Trabalho I; Prática Interdisciplinar em Psicologia III (Grupos); Prática Interdisciplinar

Leia mais

RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DA SES UNIDADE III (Parte 1)

RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DA SES UNIDADE III (Parte 1) RESOLUÇÃO DE QUESTÕES DA SES UNIDADE III (Parte 1) TAUANE PAULA GEHM Mestre e doutorando em Psicologia Experimental TEMAS Psicopatologia geral. Transtornos psicológicos, cognitivos, relacionados ao uso

Leia mais

Obesidade Mórbida Protocolos

Obesidade Mórbida Protocolos Obesidade Mórbida Protocolos Para análise da solicitação de cirurgia de Obesidade Mórbida, é imprescindível o envio à CABESP da relação completa dos documentos descritos abaixo: 1- Protocolo 01 - solicitação

Leia mais

3.15 As psicoses na criança e no adolescente

3.15 As psicoses na criança e no adolescente Páginas para pais: Problemas na criança e no adolescente 3.15 As psicoses na criança e no adolescente Introdução As psicoses são doenças mentais raras que, geralmente, se iniciam no fim da adolescência

Leia mais

TERAPIA COGNITIVA COMPORTAMENTA

TERAPIA COGNITIVA COMPORTAMENTA Atendimento: +55 15 3326-6784 MENU E-mail atendimentoctes@gmail.com TERAPIA COGNITIVA COMPORTAMENTAL Desenvolve vínculo e promove novos horizontes na vida do paciente em recuperação no Centro de Tratamento.

Leia mais

28/04/2011. Profa. Dra. Marilene Zimmer Psicologia - FURG

28/04/2011. Profa. Dra. Marilene Zimmer Psicologia - FURG Diagnóstico Multiaxial DSM-IV-TR PSICOPATOLOGIA Diagnóstico Multiaxial DSM-IV-TR Profa. Dra. Marilene Zimmer Psicologia - FURG Envolve uma avaliação em diversos eixos Cada qual relativo a um diferente

Leia mais

O TRANSTORNO POR DÉFICIT DE ATENÇAO E HIPERATIVIDADE?

O TRANSTORNO POR DÉFICIT DE ATENÇAO E HIPERATIVIDADE? APRESENTA O QUE É O TRANSTORNO POR DÉFICIT DE ATENÇAO E HIPERATIVIDADE? TDAH infância hiperatividade déficit de atenção falta de atenção comportamento O QUE É O TRANSTORNO POR DÉFICIT DE ATENÇAO E HIPERATIVIDADE

Leia mais

INTRODUÇÃO... 15. Capítulo 1 -A ENTREVISTA... 19 RESUMO... 19. Introdução... 23. 1. O Que Designamos por Entrevista?... 25

INTRODUÇÃO... 15. Capítulo 1 -A ENTREVISTA... 19 RESUMO... 19. Introdução... 23. 1. O Que Designamos por Entrevista?... 25 índice INTRODUÇÃO... 15 Capítulo 1 -A ENTREVISTA... 19 RESUMO... 19 ÍNDICE DO CAPÍTULO... 21 Introdução... 23 1. O Que Designamos por Entrevista?... 25 1.1 Os Sentidos Quotidianos... 25 1.2 Direcções da

Leia mais

Sexônia faz a pessoa transar dormindo; entenda Durante as crises de sexônia, as manifestações podem ir de carícias a relações de fato

Sexônia faz a pessoa transar dormindo; entenda Durante as crises de sexônia, as manifestações podem ir de carícias a relações de fato Sexônia faz a pessoa transar dormindo; entenda Durante as crises de sexônia, as manifestações podem ir de carícias a relações de fato Matéria publicada em 11 de Dezembro de 2015 Sonambulismo, mexer as

Leia mais

UM COTIDIANO DE EXPERIÊNCIAS NO JAPÃO.

UM COTIDIANO DE EXPERIÊNCIAS NO JAPÃO. UM COTIDIANO DE EXPERIÊNCIAS NO JAPÃO. Relato de Experiências de atividades desenvolvidas pelo Programa de Intercâmbio entre Governos Locais Japão-Brasil, 2013. Por ETHNA THAISE UNBEHAUN. Psicóloga Este

Leia mais

Trabalhando a ansiedade do paciente

Trabalhando a ansiedade do paciente Trabalhando a ansiedade do paciente Juliana Ono Tonaki Psicóloga Hospitalar Título SOFRIMENTO... principal Sofrimento humano como condição à todos; Cada um sente à sua forma e intensidade; Manifestação

Leia mais

TRATAMENTO VOLUNTÁRIO PARA DEPENDÊNCIA QUÍMICA

TRATAMENTO VOLUNTÁRIO PARA DEPENDÊNCIA QUÍMICA Atendimento: +55 15 3326-6784 MENU E-mail atendimentoctes@gmail.com TRATAMENTO VOLUNTÁRIO PARA DEPENDÊNCIA QUÍMICA Tratamento Para Dependência Química eficaz, que preza pelo bem-estar e cuidado de cada

Leia mais