DESCRIÇÃO DO TRABALHO - VERSÃO DE 29/04/ :00.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DESCRIÇÃO DO TRABALHO - VERSÃO DE 29/04/2006 15:00."

Transcrição

1 DESCRIÇÃO DO TRABALHO - VERSÃO DE 29/04/ :00. Descrição Geral do trabalho. O objetivo do trabalho será o desenvolvimento de um programa Cliente/Servidor para o envio e recebimento de arquivos. Os arquivos podem ser enviado do Cliente para o Servidor (upload) ou do Servidor para o Cliente (download). Deverá existir um processo de autenticação do usuário na entrada do programa Cliente contra uma base de dados do Servidor. Os programas deverão seguir as especificações abaixo descritas. Descrição do programa Cliente. Deverá ser executado na plataforma Windows 2000 e desenvolvido com linguagem C. O cliente quando acionado irá solicitar para o usuário as informações para autenticação (usuário e senha)conforme TELA 1. A informações serão enviadas para o programa servidor de forma criptografada, de onde virá uma resposta (status) de confirmação ou uma negativa. Caso a resposta seja negativa, deverá apresentado a TELA 02 ou TELA 3, juntamente com a devida mensagem de erro. Após, deverá ser encerrado o programa. Após a validação positiva, será apresentado a TELA 4. Se ocorrer a escolha de uma opção inválida deverá ser mostrado a TELA 5. Antes de transferir o arquivo (upload ou download) é necessário verificar a existência do arquivo a ser transferido. Caso o arquivo não exista, deverá ser mostrado a TELA 6. Durante a transferência do arquivo, deverá ser impresso na tela o símbolo -> para upload e <- para download, para cada pacote recebido ou transmitido. TELA 01 - AUTENTICAÇÃO FILE TRANSFER CLIENTE USUÁRIO: xxxxxxxxxxxxxxxxx SENHA: yyyyyyyyyyyyyyyyy TELA 02 ERRO DE AUTENTICAÇÃO ERRO DE AUTENTICAÇÃO

2 MOTIVO: USUÁRIO NÃO CADASTRADO TENTE NOVAMENTE!!!!!!!!!! TELA 03 ERRO DE AUTENTICAÇÃO ERRO DE AUTENTICAÇÃO MOTIVO: SENHA INVALIDA TENTE NOVAMENTE!!!!!!!!!! TELA 04 OPÇÕES DO COMANDO? TELA 05 VALIDAÇÃO DE OPÇÃO. OPÇÃO INVÁLIDA. TELA 05 ENVIO DE MENSAGEM ARQUIVO LOCAL: ARQUIVO REMOTO: PACOTES ENVIADOS: ->->->-> TELA 05 RECEBIMENTO DE MENSAGEM ARQUIVO LOCAL: ARQUIVO REMOTO: PACOTES RECEBIDOS: <-<-<-<-<- TELA 06 ARQUIVO NÃO FOI ENCONTRADO. O ARQUIVO A SER TRANSFERIDO NÃO FOI ENCONTRADO.

3 Descrição do programa Servidor. Deverá ser executado na plataforma LINUX e ser desenvolvido em linguagem C. Deverá ser multitarefa, isto é um processo será criado para cada cliente conectado. O servidor possuirá uma base de dados que será chamada de "passwd.txt". Nesta base de dados, estarão cadastrados todos os usuários e as senhas, conforme descrição abaixo. Para cada conexão de um cliente o servidor realizará a autenticação através uma conta e uma senha. O servidor deverá gerar um arquivo de log de toda conexão. O arquivo de log deverá ter o seguinte o seguinte nome: usuário_ddmmaa_hhmmss.log, onde ddmmaa refere-se ao dia, mês e ano e hhmmss refere-se a hora, minuto e segundo. Neste arquivo deve ser gravado todas as atividades do usuário no seguinte formato: Dia/Mês/Ano hora:min:seg, Procedimento, Ação ou informações referente a execução. Todos os pacotes que recebidos e enviados para o cliente devem ser registrados no arquivo de log no seguinte formato: Dia/Mês/Ano hora:min:seg, Procedimento, Seqüência, informações do pacote.

4 Procedimento AUTENTICAÇÃO Este procedimento é realizado para validar o usuário e senha que são utilizados na comunicação entre o cliente e o servidor. Estrutura de Dados struct Autenticação int procedimento = 1; int status; char user[30]; char passwd[30]; Descrição dos campos. procedimento - Numero do procedimento é sempre um valor constante, 1 = Autenticação. sequencia - Identificação da mensagem durante o processo de autenticação. status - Valor auxiliar para controlar respostas. user - nome do usuário para autenticação. passwd - senha a ser autenticada. 1 Cliente solicita abertura do processo de autenticação (manda usuário + senha). 2 Servidor responde ao processo de autenticação. A resposta está no campo status. descritos no campo. Status 0, Usuário autenticado corretamente Status 1, Usuário não foi encontrado Status 2, Senha Incorreta. 3 Cliente avisa a continuidade da comunicação com servidor. 4 Servidor confirma continuidade da comunicação. Ou 5 Cliente avisa o final da comunicação com servidor. 6 Servidor confirma o final da comunicação. Após a troca das mensagens com status 1 e 2 os processos devem ser encerrados.

5 Procedimento CMD. Este procedimento é utilizado para enviar comandos para o servidor. Os comandos possíveis são: Put, enviar arquivos Get, receber arquivos Quit, encerrar a sessão de trabalho Help, ajuda online Os comandos são validados pelo servidor, ou seja, todos os comandos digitados no cliente devem ser enviados para o servidor que analisará e devolverá uma resposta para o cliente. O cliente não realiza nenhuma critica em relação aos comandos inválidos. Na execução da opção Help, o Servidor enviará um texto de ajuda para o usuário. Este texto será mostrado para o usuário através do programa cliente. Estrutura de dados struct cmd int procedimento = 2; int status; char cmd [10]; Descrição dos campos. procedimento - Numero do procedimento é sempre um valor constante, 2 = Envio de comandos. sequencia - Identificação da mensagem durante o processo de autenticação. status - Valor auxiliar para controlar respostas. cmd - Comando a ser enviado para o Servidor. 1 Cliente envia a string de comando para o servidor. 2 Servidor responde com status de validação do comando. Status 0 Comando reconhecido pelo servidor Status 1 Comando não reconhecido pelo servidor. 3 - Cliente avisa mudança de estado para o comando requisitado. 4 - Servidor Confirma mudança de estado para o comando requisitado.

6 Procedimento PUT Este procedimento é realizado para enviar um arquivo para o Servidor. Estrutura de Dados struct put int procedimento = 3; char arq_local[50]; char arq_remoto[50]; int final; int nr_bloco; char bloco[512]; Descrição dos campos. procedimento - Numero do procedimento é sempre um valor constante, 3 = PUT. sequencia - Identificação da mensagem durante o processo de transferencia. Arq_local Nome do arquivo local a ser transmitido. Arq_remoto Nome do arquivo que será gravado no servidor Final Indica o final de arquivo a ser transmitido Nr_bloco Número do bloco a ser transmitido. Bloco Registro que está sendo transmitido. 1 Cliente envia nome do arquivo local e remoto. 2 Servidor confirma recebimento. 3 Cliente avisa que irá iniciar a transmissão com o Bloco de número zero. 4 Servidor confirma o inicio da transmissão com o Bloco de número zero 5 Cliente envia o bloco de informação + Número do bloco + final de arquivo 6 Servidor confirma recebimento do bloco xxxxx Loop entre 5 e 6 7 Cliente envia aviso de final de transmissão 8 Servidor confirma final de transmissão. 9 Cliente envia aviso de final de comando. 10 Servidor confirma final de comando. Após o final do comando, o cliente volta para o estado de envio de comando e o servidor para o estado de recebimento de comando.

7 Procedimento GET Este procedimento é realizado para receber um arquivo que está no Servidor. Estrutura de Dados struct get int procedimento = 4; int status; char arq_local[50]; char arq_remoto[50]; int final; int nr_bloco; char bloco[512]; Descrição dos campos. procedimento - Numero do procedimento é sempre um valor constante, 3 = PUT. sequencia - Identificação da mensagem durante o processo de transferencia. Status Variável auxiliar utilizado durante a troca de mensagens de nome de arquivos. Arq_local Nome do arquivo local a ser transmitido. Arq_remoto Nome do arquivo que será gravado no servidor Final Indica o final de arquivo a ser transmitido Nr_bloco Número do bloco a ser transmitido. Bloco Registro que está sendo transmitido. 1 Cliente envia solicitação do nome do arquivo local e remoto. 2 Servidor confirma recebimento da solicitação. Status = 0, O arquivo existe no servidor. Status = 1, O arquivo não existe no servidor. 3 Cliente avisa que está pronto para receber a transmissão com o Bloco de número zero. 4 Servidor confirma o inicio da transmissão com o Bloco de número zero 5 Servidor envia o bloco de informação + Número do bloco + final de arquivo 6 Cliente confirma recebimento do bloco xxxxx. Loop entre 5 e 6 7 Servidor envia aviso de final de transmissão 8 Cliente confirma final de transmissão. 9 Cliente envia aviso de final de comando. 10 Servidor confirma final de comando.

8 Após o final do comando, o cliente volta para o estado de envio de comando e o servidor para o estado de recebimento de comando. Procedimento QUIT Este procedimento é realizado finalizar a Sessão com o Servidor. Estrutura de Dados struct quit int procedimento = 5; 1 Cliente envia solicitação de final de conexão 2 Servidor confirma recebimento da solicitação. 3 Cliente avisa que está encerrando a conexão. 4 Servidor confirma o encerramento da conexão. OS ITENS ABAIXO PODEM SOFRER VARIAÇÕES ATÉ A DATA DE AVALIAÇÃO. O trabalho deverá ser entregue até o dia 5 de junho até as 18:00. Deverá ser entregue um arquivo ZIP, com todos os arquivos que serão utilizados na defesa do trabalho. O arquivo ZIP deve ser enviado para a caixa postal A defesa do trabalho será realizado no dia 7 de Junho de Os trabalhos entregues fora da data especificada, terão um desconto de 4 pontos. Para realizar a defesa do trabalho será utilizada somente o conteúdo do arquivo ZIP que foi enviado. Qualquer problema de integridade do arquivo ZIP é responsabilidade da equipe. Peso do Trabalho. 4 Pontos. Critérios de Avaliação. Defesa Individual 2,5 Atendimento aos requisitos 1,0 Defesa em grupo, 0,5

Permite o acesso remoto a um computador;

Permite o acesso remoto a um computador; Telnet Permite o acesso remoto a um computador; Modelo: Cliente/Servidor; O cliente faz um login em um servidor que esteja conectado à rede (ou à Internet); O usuário manipula o servidor como se ele estivesse

Leia mais

GERENCIADOR DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVO (V. 3 17/03/2010)

GERENCIADOR DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVO (V. 3 17/03/2010) GERENCIADOR DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVO (V. 3 17/03/2010) OBJETIVO GERAL Este trabalho possui o objetivo de exercitar a lógica de programação dos alunos do Terceiro ano do Curso de BSI e também desenvolver

Leia mais

Um pouco sobre Pacotes e sobre os protocolos de Transporte

Um pouco sobre Pacotes e sobre os protocolos de Transporte Um pouco sobre Pacotes e sobre os protocolos de Transporte O TCP/IP, na verdade, é formado por um grande conjunto de diferentes protocolos e serviços de rede. O nome TCP/IP deriva dos dois protocolos mais

Leia mais

Manual Operacional Datasync Retail

Manual Operacional Datasync Retail Datasync Retail Datasync Retail Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste material pode ser reproduzida por qualquer forma ou meio gráfico, eletrônico, ou mecânico, incluindo fotocópias, fotos

Leia mais

Configuração de um servidor FTP. Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática

Configuração de um servidor FTP. Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática Configuração de um servidor FTP Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática FTP: o protocolo de transferência de arquivos transferir arquivo de/para hospedeiro remoto modelo cliente/servidor cliente:

Leia mais

Endereço acesso: http://certificacao.ccab.org.br

Endereço acesso: http://certificacao.ccab.org.br Rev. 00 Endereço acesso: http://certificacao.ccab.org.br Login: CNPJ do Exportador ou Despachante. Senha: Fornecido pela CCAB e impressa no protocolo de entrega de documentos. Possibilidade de troca da

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

GERENCIADOR DE CORREIO ELETRÔNICO (V. 2 26/04/2010)

GERENCIADOR DE CORREIO ELETRÔNICO (V. 2 26/04/2010) GERENCIADOR DE CORREIO ELETRÔNICO (V. 2 26/04/2010) OBJETIVO GERAL Este trabalho possui o objetivo de exercitar a lógica de programação dos alunos do Terceiro ano do Curso de BSI e também desenvolver aplicações

Leia mais

Protocolo FTP. Professor Leonardo Larback

Protocolo FTP. Professor Leonardo Larback Protocolo FTP Professor Leonardo Larback Protocolo FTP O FTP (File Transfer Protocol) é um protocolo de transferência de arquivos. Atualmente, o FTP é definido pela RFC 959 File Transfer Protocol (FTP)

Leia mais

Mensagens De Erro. Versão: 1.0

Mensagens De Erro. Versão: 1.0 Mensagens De Erro Versão: 1.0 Tabela de Mensagens - EAGarçom MENSAGENS Possíveis Causas Possíveis Soluções Não foi possível atualizar. Dispositivo não conectado." - Erro no banco de dados do servidor;

Leia mais

PLATIN INFORMÁTICA. SIAD SNGPC Sistema Integrado de Automação de Drogarias Módulo Gestão de Medicamentos Controlado e Antimicrobianos

PLATIN INFORMÁTICA. SIAD SNGPC Sistema Integrado de Automação de Drogarias Módulo Gestão de Medicamentos Controlado e Antimicrobianos PLATIN INFORMÁTICA SIAD SNGPC Sistema Integrado de Automação de Drogarias Módulo Gestão de Medicamentos Controlado e Antimicrobianos Manual do Usuário INVENTÁRIO (Novo ou Ajuste de Inventário) Versão 1.0.3.97

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA A INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO DE LEILÃO ELETRÔNICO DA CONAB

PROCEDIMENTOS PARA A INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO DE LEILÃO ELETRÔNICO DA CONAB PROCEDIMENTOS PARA A INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO DE LEILÃO ELETRÔNICO DA CONAB Sumep Julho/2006 PROCEDIMENTOS PARA A INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO DE LEILÃO ELETRÔNICO DA CONAB Objetivo

Leia mais

Manual Comunica S_Line

Manual Comunica S_Line 1 Introdução O permite a comunicação de Arquivos padrão texto entre diferentes pontos, com segurança (dados criptografados e com autenticação) e rastreabilidade, isto é, um CLIENTE pode receber e enviar

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração. Módulo Remote. (G2KA) para NFSE. v1.0

Manual de Instalação e Configuração. Módulo Remote. (G2KA) para NFSE. v1.0 Manual de Instalação e Configuração Módulo Remote (G2KA) para NFSE v1.0 Página 1 Sumário 1 Download e Instalação... 3 2 Configuração... 5 3 Inicialização Manual... 8 4 Inicialização via serviço do Windows...

Leia mais

II Torneio de Programação em LabVIEW

II Torneio de Programação em LabVIEW Desenvolvimento da Aplicação II Torneio de Programação em LabVIEW Seção I: Requisitos Gerais A aplicação submetida deverá atender, pelo menos, às exigências de funcionamento descritas na Seção II deste

Leia mais

Universidade Federal do Vale do São Francisco Programa de Assistência Estudantil

Universidade Federal do Vale do São Francisco Programa de Assistência Estudantil 1 - Introdução O sistema PAE da UNIVASF é uma ferramenta desenvolvida pelo Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) que auxilia o processo seletivo de estudantes de graduação para o, que serão selecionados

Leia mais

Manual do MySuite. O MySuite é a solução adotada pela MKData para gerenciar o atendimento aos clientes.

Manual do MySuite. O MySuite é a solução adotada pela MKData para gerenciar o atendimento aos clientes. Manual do MySuite O MySuite é a solução adotada pela MKData para gerenciar o atendimento aos clientes. Esta ferramenta visa agilizar e priorizar o suporte técnico, criando um canal de interatividade no

Leia mais

Linux Networks Servers

Linux Networks Servers FTP O protocolo FTP ( File Transfer Protocol ) é um protocolo para transferências de arquivos amplamente utilizado na internet devido a sua facilidade de implementação e simplicidade de uso. Durante este

Leia mais

Tutorial. Transmitindo arquivos via FTP. FTP Protocolo da internet responsável pelo envio e recebimento de arquivos com maior eficiência e rapidez.

Tutorial. Transmitindo arquivos via FTP. FTP Protocolo da internet responsável pelo envio e recebimento de arquivos com maior eficiência e rapidez. Tutorial Transmitindo arquivos via FTP FTP Protocolo da internet responsável pelo envio e recebimento de arquivos com maior eficiência e rapidez. Para uma transferência de arquivos via FTP, são necessários

Leia mais

Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4.

Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4. 1 Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4. Interface do sistema... 4 1.4.1. Janela Principal... 4 1.5.

Leia mais

Plataforma SMS Manual do Usuário

Plataforma SMS Manual do Usuário 1 Entrando no Sistema Acesse o site: http://209.133.196.250/painel/login.aspx Nesse site aparecerá a seguinte tela: Digite o número de telefone celular cadastrado junto com a senha que foi enviada via

Leia mais

PLATIN INFORMÁTICA. SIAD SNGPC Sistema Integrado de Automação de Drogarias Módulo Gestão de Medicamentos Controlado e Antimicrobianos

PLATIN INFORMÁTICA. SIAD SNGPC Sistema Integrado de Automação de Drogarias Módulo Gestão de Medicamentos Controlado e Antimicrobianos PLATIN INFORMÁTICA SIAD SNGPC Sistema Integrado de Automação de Drogarias Módulo Gestão de Medicamentos Controlado e Antimicrobianos Manual do Usuário Transmissão e Verificação de Arquivo Xml Procedimentos

Leia mais

Manual de Instalação e Operação RECIP

Manual de Instalação e Operação RECIP Manual de Instalação e Operação RECIP AMNNIPC012.00 05/09 Índice 1. RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES...1 2. DESCRIÇÃO DO PRODUTO...1 3. INSTALAÇÃO...1 4. CONFIGURAÇÃO O RECIP...3 4.1 JANELA PRINCIPAL...3 4.2

Leia mais

PARANÁ GOVERNO DO ESTADO

PARANÁ GOVERNO DO ESTADO PROTOCOLOS DA INTERNET FAMÍLIA TCP/IP INTRODUÇÃO É muito comum confundir o TCP/IP como um único protocolo, uma vez que, TCP e IP são dois protocolos distintos, ao mesmo tempo que, também os mais importantes

Leia mais

Manual de Instalação e Utilização do Pedido Eletrônico Gauchafarma

Manual de Instalação e Utilização do Pedido Eletrônico Gauchafarma Manual de Instalação e Utilização do Pedido Eletrônico Gauchafarma 1. INSTALAÇÃO Antes de iniciar a instalação do pedido eletrônico, entre em contato com o suporte da distribuidora e solicite a criação

Leia mais

Cadastro Avaliação 2013 Manual de Instruções

Cadastro Avaliação 2013 Manual de Instruções Cadastro Avaliação 2013 Manual de Instruções Manual de instruções Cadastro Avaliação 2013 Caro Usuário, Este manual contém todas as instruções necessárias para preenchimento dos dados de sua escola e alunos.

Leia mais

Aula prática. Objetivo IPCONFIG. Prof. Leandro Pykosz Leandro@sulbbs.com.br. Informa a configuração atual de rede da máquina;

Aula prática. Objetivo IPCONFIG. Prof. Leandro Pykosz Leandro@sulbbs.com.br. Informa a configuração atual de rede da máquina; Aula prática Prof. Leandro Pykosz Leandro@sulbbs.com.br Objetivo Nesta aula, você aprenderá a utilizar alguns utilitários de rede que podem ajudá-lo a identificar problemas na rede. No windows existem

Leia mais

Manual de Instalação. SafeSign Standard 3.0.77. (Para MAC OS 10.7)

Manual de Instalação. SafeSign Standard 3.0.77. (Para MAC OS 10.7) SafeSign Standard 3.0.77 (Para MAC OS 10.7) 2/23 Sumário 1 Introdução... 3 2 Pré-Requisitos Para Instalação... 3 3 Ambientes Homologados... 4 4 Hardware Homologado... 4 5 Instruções de Instalação... 5

Leia mais

TUTORIAL: MANTENDO O BANCO DE DADOS DE SEU SITE DENTRO DO DOMÍNIO DA USP USANDO O SSH!

TUTORIAL: MANTENDO O BANCO DE DADOS DE SEU SITE DENTRO DO DOMÍNIO DA USP USANDO O SSH! UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (USP) ESCOLA DE ARTES, CIÊNCIAS E HUMANIDADES (EACH) TUTORIAL: MANTENDO O BANCO DE DADOS DE SEU SITE DENTRO DO DOMÍNIO DA USP USANDO O SSH! Autoria e revisão por: PET Sistemas

Leia mais

Mobile Command. Diego Armando Gusava. Orientador: Mauro Marcelo Mattos

Mobile Command. Diego Armando Gusava. Orientador: Mauro Marcelo Mattos Mobile Command Diego Armando Gusava Orientador: Mauro Marcelo Mattos Roteiro Introdução Objetivos Fundamentação teórica Desenvolvimento Implementação Conclusão Extensões Introdução O que me motivou? Solução

Leia mais

Manual de Utilização. Obter Acesso aos Sistemas Educação. <Versão: 1.0> Projeto: Obter Acesso Versão Doc.: <1.0> Data de criação: 15/10/2010

Manual de Utilização. Obter Acesso aos Sistemas Educação. <Versão: 1.0> Projeto: Obter Acesso Versão Doc.: <1.0> Data de criação: 15/10/2010 Obter Acesso aos Sistemas Educação Manual de Utilização Página 1/9 Conteúdo 1. Introdução... 3 1.1 Objetivo... 3 1.2 Escopo... 3 1.3 Acesso... 3 1.4 Requisitos básicos... 3 2. Interface de

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL. PTU Web

MANUAL OPERACIONAL. PTU Web MANUAL OPERACIONAL PTU Web Versão 8.0 24/08/2011 ÍNDICE Índice... 2 PTU Web... 4 O que é o PTU Web?... 4 Como acessar o PTU Web?... 4 Listagem de arquivos enviados e recebidos... 5 Unimeds disponíveis

Leia mais

Camadas de Transporte, Sessão & Apresentação. Função. Camadas REDES x TRANSPORTE. Redes de Computadores Prof. Leandro C. Pykosz

Camadas de Transporte, Sessão & Apresentação. Função. Camadas REDES x TRANSPORTE. Redes de Computadores Prof. Leandro C. Pykosz Camadas de Transporte, Sessão & Apresentação Redes de Computadores Prof. Leandro C. Pykosz Função A camada de Transporte fica entre as camadas de nível de aplicação (camadas 5 a 7) e as de nível físico

Leia mais

CONECTO. Tecnologia Java. Rua Henrique Setter, 85 Itoupava Central 89062-440 - Blumenau SC www.cechinel.com.br Página - 1

CONECTO. Tecnologia Java. Rua Henrique Setter, 85 Itoupava Central 89062-440 - Blumenau SC www.cechinel.com.br Página - 1 Apresentação CONECTO Tecnologia Java Página - 1 Sumário 1. Descrição...3 2. Estrutura da comunicação... 4 3. Apresentação...5 4. Funcionamento...6 5. Transmissão das Ocorrências...7 6. Mensagens...8 7.

Leia mais

USO GERAL DOS PROTOCOLOS SMTP, FTP, TCP, UDP E IP

USO GERAL DOS PROTOCOLOS SMTP, FTP, TCP, UDP E IP USO GERAL DOS PROTOCOLOS SMTP, FTP, TCP, UDP E IP SMTP "Protocolo de transferência de correio simples (ou em inglês Simple Mail Transfer Protocol ) é o protocolo padrão para envio de e- mails através da

Leia mais

Manual Easy Chat Data de atualização: 20/12/2010 16:09 Versão atualizada do manual disponível na área de download do software.

Manual Easy Chat Data de atualização: 20/12/2010 16:09 Versão atualizada do manual disponível na área de download do software. 1 - Sumário 1 - Sumário... 2 2 O Easy Chat... 3 3 Conceitos... 3 3.1 Perfil... 3 3.2 Categoria... 4 3.3 Ícone Específico... 4 3.4 Janela Específica... 4 3.5 Ícone Geral... 4 3.6 Janela Geral... 4 4 Instalação...

Leia mais

Sistema Protocolo, Tramitação e Arquivamento de Processos Manual do Usuário

Sistema Protocolo, Tramitação e Arquivamento de Processos Manual do Usuário SERVIÇO PÚBLICO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ ARQUIVO CENTRAL Sistema Protocolo, Tramitação e Arquivamento de Processos Manual do Usuário Belém Pará Fevereiro 2000 Sumário Introdução... 3 Acesso ao Sistema...

Leia mais

1. Escritório Virtual... 5. 1.1. Atualização do sistema...5. 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5

1. Escritório Virtual... 5. 1.1. Atualização do sistema...5. 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5 1 2 Índice 1. Escritório Virtual... 5 1.1. Atualização do sistema...5 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5 1.3. Cadastro do Escritório...5 1.4. Logo Marca do Escritório...6...6 1.5. Cadastro

Leia mais

Secretaria da Educação do Estado do Rio Grande do Sul. Manual: Sistema de Controle Patrimonial Inventário

Secretaria da Educação do Estado do Rio Grande do Sul. Manual: Sistema de Controle Patrimonial Inventário Secretaria da Educação do Estado do Rio Grande do Sul Manual: Sistema de Controle Patrimonial Inventário Sumário 1. Introdução... 3 2. Acessar o Controle Patrimonial Web... 4 2.1. Login... 4 3. Inventário...

Leia mais

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP

TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP TCP/IP TCP UDP IP HTTP HTTPS FTP TFTP TELNET POP3 IMAP SMTP SNMP DHCP HTTP (Hypertext Transfer Protocol ) Protocolo usado na Internet para transferir as páginas da WWW (WEB). HTTPS (HyperText Transfer

Leia mais

MANUAL SUPERPRO WEB PONTO DE ACESSO REMOTO (PAR)

MANUAL SUPERPRO WEB PONTO DE ACESSO REMOTO (PAR) MANUAL SUPERPRO WEB PONTO DE ACESSO REMOTO (PAR) 1 ÍNDICE O que é o SuperPro Web PAR Instalando o SuperPro Web PAR 3 Conexão 5 Configurando o SuperPro Web PAR 5 1. Autorizando ponto de acesso 5 2. Limite

Leia mais

Manual de Configuração e Utilização TabFisc Versão Mobile 09/2013 Pag. 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TABLET VERSÃO MOBILE

Manual de Configuração e Utilização TabFisc Versão Mobile 09/2013 Pag. 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TABLET VERSÃO MOBILE Pag. 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TABLET VERSÃO MOBILE Pag. 2 INTRODUÇÃO Esse documento contém as instruções básicas para a utilização do TabFisc Versão Mobile (que permite ao fiscal a realização do seu trabalho

Leia mais

Manual NOV - PDV. Versão 1.0

Manual NOV - PDV. Versão 1.0 Manual NOV - PDV Versão 1.0 Sumário 01 Captura de Nota Fiscal...3 02 Remessa de Entrada...6 03 Remessa de Saída......9 04 Pedido Normal...12 05 Pedido Especial...16 06 Nota Fiscal Avulsa...18 07 Controle

Leia mais

Manual do sistema Lojamix PDV

Manual do sistema Lojamix PDV Manual do sistema Lojamix PDV Versão 1.10 Data da última atualização 07/11/2011 SUMÁRIO LISTA DE FIGURAS...3 LISTA DE Siglas...4 Primeiros passos...5 Acessando o ambiente de configuração...5 Acessando

Leia mais

Tópicos Especiais em Informática

Tópicos Especiais em Informática Tópicos Especiais em Informática FTP Prof. Ms.-Eng. Igor Sousa Faculdade Lourenço Filho 3 de novembro de 2014 igorvolt@gmail.com (FLF) Tópicos Especiais em Informática 3 de novembro de 2014 1 / 18 Introdução

Leia mais

Manual Integra S_Line

Manual Integra S_Line 1 Introdução O é uma ferramenta que permite a transmissão Eletrônica de Resultado de Exames, possibilitando aos Prestadores de Serviços (Rede Credenciada), integrarem seus sistemas com os das Operadoras

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões URI Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação PROPEPG Manual de Utilização Sistema de Projetos URI Módulo Projetos Versão 1 - Revisão

Leia mais

Manual cliente o-vpn Linux

Manual cliente o-vpn Linux Manual cliente o-vpn Linux SAR Cliente: Usuários da VPN Versão 2.0 S UMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Observações... 3 3. Download... 3 4. Instalação... 3 5. Utilização... 5 5.1. Menu... 7 5.2. Conexão...

Leia mais

PTA Versão 4.0.6 21/11/2012 Manual do Usuário ÍNDICE

PTA Versão 4.0.6 21/11/2012 Manual do Usuário ÍNDICE ÍNDICE INTRODUÇÃO... 2 Finalidade do Aplicativo... 2 Notas sobre a versão... 2 INSTALAÇÃO DO APLICATIVO... 3 Privilégios necessários para executar o instalador... 3 VISÃO GERAL DO PTA... 4 Quando utilizar

Leia mais

Manual Sistema Proac Editais. Dúvidas Frequentes

Manual Sistema Proac Editais. Dúvidas Frequentes Manual Sistema Proac Editais Dúvidas Frequentes Conteúdo 1. Acesso ao sistema... 3 1.1. Como efetuar Login... 3 1.2. Como recuperar a Senha... 3 1.3. Como fazer um Novo Cadastro de Proponente... 4 1.4.

Leia mais

SEGURO DESEMPREGO ON-LINE.

SEGURO DESEMPREGO ON-LINE. SEGURO DESEMPREGO ON-LINE. GERAÇÃO DO ARQUIVO SEGURO DESEMPREGO NO SGRH: Depois de calcular a rescisão, acesse o menu Relatórios > Demissionais > Requerimento SD, selecione o empregado que será gerado

Leia mais

GERAÇÃO DE EVIDÊNCIAS PARA ABERTURA DE CHAMADO

GERAÇÃO DE EVIDÊNCIAS PARA ABERTURA DE CHAMADO GERAÇÃO DE EVIDÊNCIAS PARA ABERTURA DE CHAMADO RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o

Leia mais

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx 1 Introdução O Conecta S_Line permite que o laboratório envie à Central S_Line os resultados de exames gerados pelo Sistema de Informação Laboratorial (LIS) em forma de arquivos digitais. Todo o processo

Leia mais

WEB COLABORADOR. Envio e Recebimento de arquivos de consignação

WEB COLABORADOR. Envio e Recebimento de arquivos de consignação TUTORIAL Envio e Recebimento de arquivos de consignação Para acessar o Web Colaborador e transferir arquivos de consignação, entre com os dados de CNPJ, usuário e senha, nos campos correspondentes. Regras

Leia mais

Instruções de Conexão e Transmissão de arquivos.

Instruções de Conexão e Transmissão de arquivos. Instruções de Conexão e Transmissão de arquivos. No browser acessar a url htts://www.filetransfer.orbitallcorp.com.br; Clicar na esfera para inserir o Usuário e Password; Quando clicar no botão Login apresentará

Leia mais

Manual Captura S_Line

Manual Captura S_Line Sumário 1. Introdução... 2 2. Configuração Inicial... 2 2.1. Requisitos... 2 2.2. Downloads... 2 2.3. Instalação/Abrir... 3 3. Sistema... 4 3.1. Abrir Usuário... 4 3.2. Nova Senha... 4 3.3. Propriedades

Leia mais

Selo Digital - manual do usuário Sistema Cartosoft

Selo Digital - manual do usuário Sistema Cartosoft Selo Digital - manual do usuário Sistema Cartosoft Manual do usuário Data: 28/04/2015 Versão documento: 1.0 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 03 2. A SOLUÇÃO DO SELO DIGITAL PARA MINAS GERAIS... 03 3. A SERVENTIA

Leia mais

MANUAL DE SISTEMA. Página1

MANUAL DE SISTEMA. Página1 Página1 Página2 Sumário 1 Configurações Recomendadas... 3 2 Passo a Passo... 4 2.1. Visão inicial do Sistema Presença 4 2.2. Solicitar Acesso 5 2.3. Substituição do Operador Municipal Máster 7 2.4. Acessar

Leia mais

Especificação do Caso de Uso Manter Cliente

Especificação do Caso de Uso Manter Cliente Especificação do Caso de Uso Manter Cliente Grupo 01 - Projeto Systrack Versão 2.0 Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 24/05/2011 1.0 Início do documento João Ricardo 31/06/2011 2.0 Alteração

Leia mais

Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de

Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de Tutorial de Utilização de Impressoras Não Fiscais no NFC-e Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de Impressoras Não Fiscais no NFC-e O intuito deste tutorial é descrever com detalhes técnicos como

Leia mais

Manual de Utilização. Sistema. Recibo Provisório de Serviço

Manual de Utilização. Sistema. Recibo Provisório de Serviço Manual de Utilização Sistema Recibo Provisório de Serviço Versão 1.0 17/08/2011 Sumário Introdução... 5 1. Primeiro Acesso... 7 2. Funções do e-rps... 8 2.1 Menu Superior... 8 2.1.1 Arquivo......8 2.1.2

Leia mais

Novidades da Versão 3.0.0.30

Novidades da Versão 3.0.0.30 Novidades da Versão 3.0.0.30 Alteração Equipamento Unidade Instalação Inserida informação Telemetria na Tela de Alteração de Equipamento Unidade de Instalação (326). A informação Roaming Internacional

Leia mais

Manual de Operação do Sistema de Tickets Support Suite

Manual de Operação do Sistema de Tickets Support Suite Manual de Operação do Sistema de Tickets Support Suite Sumário Acessando a página do HelpDesk helpdesk.virtuem.com.br... 3 Criando um Ticket... 6 Visualizando Tickets Existentes... 9 Respondendo um Ticket...

Leia mais

EverSafe Online Backup Client

EverSafe Online Backup Client Manual do usuário EverSafe Offsite Backup Equipe de desenvolvimento Fev.2011 Conteúdo 1. Baixando instalador Online Backup Agent [oba-win.exe ] 1.1. Como baixar o agente instalador 1.2. Executando o agente

Leia mais

Manual de configuração da rede sem fio da UDESC Joinville / CCT

Manual de configuração da rede sem fio da UDESC Joinville / CCT Manual de configuração da rede sem fio da UDESC Joinville / CCT Windows 7 1. Em Iniciar > Painel de Controle >Central de Rede e Compartilhamento 2. Selecionar opção Configurar uma nova conexão ou rede,

Leia mais

IREasy Manual do Usuário Versão do manual - 0.0.9

IREasy Manual do Usuário Versão do manual - 0.0.9 OBJETIVOS DO PROGRAMA DE COMPUTADOR IREasy Permitir a apuração do Imposto de Renda dos resultados das operações em bolsa de valores (mercado à vista, a termo e futuros). REQUISITOS MÍNIMOS DO COMPUTADOR

Leia mais

Instalação do serviço de FTP com o Proftpd

Instalação do serviço de FTP com o Proftpd Tutorial - Proftpd Instalação do serviço de FTP com o Proftpd O Proftpd é um dos mais utilizados servidores de FTP da plataforma Linux. Sua instalação é rápida e fácil. Para instalar o pacote, digite o

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO ACESSO REMOTO NET FACTOR

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO ACESSO REMOTO NET FACTOR MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO ACESSO REMOTO NET FACTOR Ao acessar o link de Acesso Remoto disponibilizado pela Factoring aparecerá a tela de login do Sistema (Figura 1) onde deverão ser informados os códigos

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE INTRODUÇÃO O portal do Afrafep Saúde é um sistema WEB integrado ao sistema HEALTH*Tools. O site consiste em uma área onde os Usuários e a Rede Credenciada,

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO DO TERMINAL VIRTUAL - AVPOS

GUIA DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO DO TERMINAL VIRTUAL - AVPOS GUIA DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO DO TERMINAL VIRTUAL - AVPOS Bem vindo ao MOVER BRASIL-CARD, este guia tem como finalidade básica auxiliar o usuário na instalação e operação do software AVPos, Terminal Virtual

Leia mais

CLM ONLINE. Documento CLM Controller Reprodução e divulgação proibidas

CLM ONLINE. Documento CLM Controller Reprodução e divulgação proibidas CLM ONLINE Doc.: Manual do Usuário Versão: V 2.0 Data: 18 de setembro de 2014 CLM Controller Rua João Anes, 122 Lapa São Paulo SP Tel. + 55 11 36 43 56 00 Fax + 55 11 36 43 56 03 Copyright 2014 CLM Controller

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO - VISÃO DE EMPRESAS. Todos os direitos reservados à Softbox

MANUAL DE UTILIZAÇÃO - VISÃO DE EMPRESAS. Todos os direitos reservados à Softbox MANUAL DE UTILIZAÇÃO - VISÃO DE EMPRESAS 2012 Todos os direitos reservados à Softbox 1101001112211110000212451 Seja bem vindo! Você está recebendo o MANUAL DE UTILIZAÇÃO VISÃO DE EMPRESAS. Este manual

Leia mais

IMPORTANTE. 1º PROCEDIMENTO: Outlook 2003 Backup de Mensagens (Mandic) 2º PROCEDIMENTO: Outlook 2003 - POP_SMTP (Novo e-mail de aluno)

IMPORTANTE. 1º PROCEDIMENTO: Outlook 2003 Backup de Mensagens (Mandic) 2º PROCEDIMENTO: Outlook 2003 - POP_SMTP (Novo e-mail de aluno) IMPORTANTE Siga o procedimento rigorosamente conforme sequência apresentada abaixo, isto assegurará o sucesso da transição de suas mensagens para a nova plataforma de e-mail. 1º PROCEDIMENTO: Outlook 2003

Leia mais

Manual de utilização do STA Web

Manual de utilização do STA Web Sistema de Transferência de Arquivos Manual de utilização do STA Web Versão 1.1.7 Sumário 1 Introdução... 3 2 Segurança... 3 2.1 Autorização de uso... 3 2.2 Acesso em homologação... 3 2.3 Tráfego seguro...

Leia mais

CADASTRAMENTO ÚNICO VERSÃO 7.3 INCLUSÃO E MANUTENÇÃO DE USUÁRIOS

CADASTRAMENTO ÚNICO VERSÃO 7.3 INCLUSÃO E MANUTENÇÃO DE USUÁRIOS CADASTRAMENTO ÚNICO VERSÃO 7.3 INCLUSÃO E MANUTENÇÃO DE USUÁRIOS Para a prefeitura foi definido dois tipos de usuários: Usuário máster e Usuário Final. O cadastramento para acesso ao CadÚnico V7 é feita

Leia mais

Instituto de Biociências de Botucatu

Instituto de Biociências de Botucatu Este tutorial descreve as etapas necessárias para disponibilizar aos professores o acesso ao servidor de arquivos do IBB, bem como a utilização dos terminais Thin Client instalados nas salas de aulas.

Leia mais

CERTIDÕES UNIFICADAS

CERTIDÕES UNIFICADAS CERTIDÕES UNIFICADAS Manual de operação Perfil Cartório CERTUNI Versão 1.0.0 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Departamento de Inovação Tecnológica Divisão de Tecnologia da Informação Sumário LISTA DE FIGURAS... 2

Leia mais

Ajuda das opções Fiery 1.3 (cliente)

Ajuda das opções Fiery 1.3 (cliente) 2015 Electronics For Imaging. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos dos Avisos de caráter legal deste produto. 29 de janeiro de 2015 Conteúdo 3 Conteúdo...5 Ativar uma opção Fiery...6

Leia mais

SPARK - Comunicador Instantâneo MANUAL DO USUÁRIO

SPARK - Comunicador Instantâneo MANUAL DO USUÁRIO SPARK - Comunicador Instantâneo MANUAL DO USUÁRIO BOA VISTA/RR NOVEMBRO DE 2011 Este manual tem por finalidade esclarecer o funcionamento do SPARK ao servidor interessado em usar este comunicador instantâneo.

Leia mais

Roteiro de geração do Informativo Fiscal Único Para Contribuintes do tipo Empresa de Pequeno Porte e Micro-empresa.

Roteiro de geração do Informativo Fiscal Único Para Contribuintes do tipo Empresa de Pequeno Porte e Micro-empresa. Roteiro de geração do Informativo Fiscal Único Para Contribuintes do tipo Empresa de Pequeno Porte e Micro-empresa. 1 SELECIONANDO O CONTRIBUINTE. 1 SELECIONANDO O CONTRIBUINTE 03 2 INCLUINDO O INFORMATIVO

Leia mais

Target. Manual de Integração SOAP. versão 1.0 / 2007. www.virtualtarget.com.br

Target. Manual de Integração SOAP. versão 1.0 / 2007. www.virtualtarget.com.br Manual de Integração SOAP versão 1.0 / 2007 www.virtualtarget.com.br introdução Este manual é destinado àqueles que possuem conhecimentos sólidos em linguagem de programação para integração SOAP (Simple

Leia mais

Mostrar área de trabalho.scf. Manual do Produto EDI.

Mostrar área de trabalho.scf. Manual do Produto EDI. Mostrar área de trabalho.scf Manual do Produto EDI. ÍNDICE MANUAL DO PRODUTO EDI....3 1. O QUE É O EDI?...3 1.1. VANTAGENS... 3 1.2. FUNCIONAMENTO... 3 1.3. CONFIGURAÇÃO NECESSÁRIA... 3 2. UTILIZANDO O

Leia mais

Manual Operacional Linx Datasync Franchising

Manual Operacional Linx Datasync Franchising Linx Datasync Franchising Linx Datasync Franchising Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste material pode ser reproduzida por qualquer forma ou meio gráfico, eletrônico, ou mecânico, incluindo

Leia mais

Manual de usuário. do sistema multicálculo CotakWeb

Manual de usuário. do sistema multicálculo CotakWeb Manual de usuário do sistema multicálculo CotakWeb Belo Horizonte 01 de setembro de 2010 1 Sumário 1. CANAIS DE ATENDIMENTO... 3 2. DOWNLOAD DO APLICATIVO... 3 3. LOGIN... 3 4. CONFIGURAÇÃO... 4 4.1. PARÂMETROS

Leia mais

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Nota Fiscal Paulista Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) Versão 1.1 15/02/2008 Página 1 de 17 Índice Analítico 1. Considerações Iniciais 3 2. Instalação do

Leia mais

O presente documento apresenta um passo a passo para os seguintes processos:

O presente documento apresenta um passo a passo para os seguintes processos: O presente documento apresenta um passo a passo para os seguintes processos: 1. Instalação do Sistema Sicredi Cobrança Integrada 2. Envio dos arquivos remessa - CRM 3. Leitura dos arquivos retorno - CRT

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS DIVULGAÇÃO DE COMPRAS COTAÇÃO ELETRÔNICA MANUAL DO USUÁRIO

Leia mais

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA MCTI/AEB/FINEP/FNDCT Subvenção Econômica à Inovação Transferência de Tecnologia do SGDC 01/2015 Transferência de Tecnologia Espacial no Âmbito do Decreto nº 7.769 de 28/06/2012

Leia mais

Instalação: permite baixar o pacote de instalação do agente de coleta do sistema.

Instalação: permite baixar o pacote de instalação do agente de coleta do sistema. O que é o projeto O PROINFODATA - programa de coleta de dados do projeto ProInfo/MEC de inclusão digital nas escolas públicas brasileiras tem como objetivo acompanhar o estado de funcionamento dos laboratórios

Leia mais

Arquitetura de Redes. Sistemas Operacionais de Rede. Protocolos de Rede. Sistemas Distribuídos

Arquitetura de Redes. Sistemas Operacionais de Rede. Protocolos de Rede. Sistemas Distribuídos Arquitetura de Redes Marco Antonio Montebello Júnior marco.antonio@aes.edu.br Sistemas Operacionais de Rede NOS Network Operating Systems Sistemas operacionais que trazem recursos para a intercomunicação

Leia mais

GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014

GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014 GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014 A partir da versão 9.0 (BETA 3) do Software HCS 2010 é possível monitorar e gerenciar as biometrias

Leia mais

MANUAL DE USO DO COMUNICADOR INSTANTÂNEO

MANUAL DE USO DO COMUNICADOR INSTANTÂNEO MANUAL DE USO DO COMUNICADOR INSTANTÂNEO GEINFO Gerência de Tecnologia da Informação E-mail geinfo@sejus.ro.gov.br Página 1 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 ACESSANDO O SPARK... 4 3 INICIANDO UMA CONVERSAÇÃO...

Leia mais

Origin manual. 1.1 Cadastrando usuário : Get manager License ID. Quem deve se cadastrar: Como se cadastrar. origin manual. 1 de 14

Origin manual. 1.1 Cadastrando usuário : Get manager License ID. Quem deve se cadastrar: Como se cadastrar. origin manual. 1 de 14 1 de 14 Origin manual 1.Registro do Usuário - Get user I.D. 2. Single license Install 3. Concurrent Network install 1.1 Cadastrando usuário : Get manager License ID. Quem deve se cadastrar: Uma única instalação

Leia mais

Escola de Artes, Ciências e Humanidades Universidade de São Paulo. Tutorial de Conexão SSH (Secure Shell)

Escola de Artes, Ciências e Humanidades Universidade de São Paulo. Tutorial de Conexão SSH (Secure Shell) Tutorial de Conexão SSH (Secure Shell) Elaborado por: Informática Sistemas em junho de 2012 Antonio Carlos de O. Macedo Evandro F. Gonçalves Luciana A. Carradori Prefácio Este tutorial fornece o passo

Leia mais