Security BREAK DOWN

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "www.netcopsecurity.com datalock@linuxmail.org Security BREAK DOWN"

Transcrição

1 Security BREAK DOWN

2 0x1. Por Quê o PERL? Perl (Practical Extraction and Report Language) começou como um aplicativo UNIX. Hoje Perl é usado em quase todos os sistemas operacionais e funfa como asoutras linguagens de programação. Perl é única como qualquer linguagem de programação. Destaca-se por ser fácil de aprender e fácil de usar. Por que vc deve saber codar em Perl? Perl é único na cena hacking. Cerca de 70% dos exploits estão codificados em Perl. A razão pela qual a maioria dos hackers optar por escrever exploits em perl não é porque é fácil de interpretar, é fácil baixar e usar esses exploits, é eficiente e obtém o código eh feito rapidamente. Assim, se o seu interesse está em encontrar Vulnerabilidades e compartilhá-las escrevendo um code em perl para explorá-la eu recomendo o Perl para criar seus exploits. 0x2. Básico Bem antes de você começar a programar em Perl você precisa fazer o download do Interpretador perl da ActiveState. Você pode baixá-lo em (lá vc tb encontra o interpretador python). Precisará tb de um editor de texto. Eu, pessoalmente, recomendo DzSofts Perl Editor (baixe no forum:http://netcopsecurity.com/index.php?/topic/1175-dzsoft-perl-editor /) ou use o notepad ou outro editor que preferir. Os arquivos em Perl têm uma extensão única, todos osseus arquivos perl devem ser salvos de preferência com extensão "pl", qndo executados serão interpretados como perl, porém se vc salvar com outra extensão qualquer e usar o comando "perl arquivo.xxx" ele tb será interpretado como um código Perl. O Perl é simples, e não uma língua muito difícil de aprender. Como todas as linguagens de programação costumam começar com um "Olá Mundo", vamos codar isso em Perl: print "Hello World\n"; Salve como HelloWorld.pl, arraste e solte-o no prompt de comando e tecle enter. Esse programa deve imprimir Olá Mundo. Vamos dar uma analizada no que nós criamos. A primeira linha (#!/usr/bin/ perl-w) é o início dos programas em perl. É o que faz cada programa perl seremreconhecidos de modo que possa ser interpretado. O (-W) eh uma opção chamada "simple error checking variable". É comumente utilizada para classificar alguns erros que podem estar presentes no código e assim podem ser mais facilmente arrumados depois. A segunda linha (print "Olá Mundo \ n";) é, obviamente, a linha que imprimiu o Olá Mundo em seu comando.

3 Print é um comando comum correntemente utilizados em aplicações Perl. Para mais esclarecimentos, o comando de impressão é como o msgbox ( "em VB6 ou comando printf em C). Você percebe o "\n", este é o caractere de nova linha em Perl. Há muitos chararters especial em Perl, abaixo é um gráfico de todos os caracteres especiais. Outro exemplo do uso desses caracteres especiais, veja: #!/usr/bin/ perl -w print "Hello \ tworld \ n \ a"; A coisa mais vitais para uma aplicação Perl executar sem erros é o ponto e vírgula no final de cada linha. Cada linha (a menos que em um bloco [explicado mais tarde]) tem ter um ponto e vírgula depois. Isto diz ao perl parar de ler essa linha e seguir em frente através do código. Assim como na maioria das linguagens o ponto e vírgula representa o fim de uma instrução... Como a maioria das linguagens de programação Perl possui variáveis. Variáveis tempprárias ou permanentes e pode conter números ou cadeias de quase todo o comprimento. Variáveis em Perl são definidas com o sinal "$". Dê uma olhada no código abaixo é um simples "Hello World" usando variáveis.

4 $Hello = "Hello World\n"; print $Hello; Eh fácil notar o que fizemos, alocamos a string Hello World dentro da variável Hello: $Hello = "Hello World\n"; Veja que a variável recebe a string. E depois o conteúdo da variável eh imprimido com o comando print: print $Hello; Em Perl não existem apenas aspas duplas, mas simples tb. Aspas simples (') são utilizados em matrizes e pode ser usada em substituição da aspas duplas. A principal diferença entre os dois é que aspas duplas interpreta caracteres especiais, como nova linha (\n) e aspas simples não. Uma função que será útil quando se lida com strings no Perl é adição. Você pode adicionar strings no Perl. Exemplo abaixo: #O caractere "#" no perl eh usado para fazer comentários #nada disso q eu estou escrevendo na frente de #s #será considerado código e nao será interpretado #um bom programador sempre comenta seus codes! $nome = "datalock" ; print "Que". " ". "código". " ". "n00b". "$nome"."\n"; Como notamos, no perl eh o ponto (.) que faz adição de strings e não o q seria mais óbvio, o sinal de mais (+). Isso vai ser mto útil quando precisarmos concatenar coisas no nosso exploit, como por exemplo, as partes de um shellcode do nosso payload.

5 Veja agora as funções matemáticas do perl: #!/usr/bin/perl #Adição, Subtração, Multiplicação, Divisão $a = ; #Ad $b = 5 * 5; #Mult $c = 10 / 2 ; #Div $x = 12-5; #Sub print $a. " ". "AD: deve dar 8.\n"; print $b. " ". "MULT: deve dar 25.\n"; print $c. " ". "DIV: deve dar 5.\n"; print $x. " ". "SUB: deve dar 7.\n"; #Encrementação $Count = $Count + 1; print "$Count\n"; #ou $Count1 += 1 ; # Decrementação $Count1 -=1 ; print "$Count1\n"; #Raiz Quadrada $Square = sqrt(121) ; print "A raiz de 121 eh $Square\n"; #Expoentes $Exp = 2**5 ; print "$Exp\n";

6 0x3. Arrays Matrizes, ao contrário de variáveis comuns, contêm vários itens que podem ser chamados ou usados posteriormente em um aplicativo Perl. Como sempre, o melhor para aprender eh dar uma olhada em um code e = ('Hello', 'World'); print join(' "\n"; Observe q o que designa o array eh e não o $ de variável comum. Crimos um array e a ele atribuímos 2 elementos Hello e World. E a função join é usada para imprimir os elementos do array. Método split: $Frase = "Eu sou = split(/ /, $Frase) ; print " ". "Esse eh o split". "\n"; #Outro jeito mas sem o split (menos = ('Ola', 'Mundo'); print $Ola[0]. " ". $Ola[1]. "\n"; O que acontece eh o seguinte... o split quebra muito o nosso galho, pq bastou usar a função split para processar nossa variável $Frase e jogar o resultado no nosso = split(/ /, $Frase) ; Depois só foi imprimir: print No outro jeito veja q tivemos que especificar no print os elementos do array q desejamos imprimir: print $Ola[0]; #imprime o primeiro elemento do vetor print $Ola[1];#imprime o segundo elemento do vetor Outra forma similar, e útil = qw(w1 w2 w3 w4); print join('

7 0x4. Condições: Se vc sabe o mínimo de progamação vai estar familiarizado com os termos de expressões condicionais usados no Perl. Vamos ver um código: $i = 1; #var i recebe 1 if($i ==1) { #se i eh igual a 1 $i++; #incremento print $i. "\n"; #imprime valor de i } Esse código deve imprimir o número 2 na tela. Além de valores numéricos podemos fazer com strings: $i = Hello; if($i eq 'Hello') { #comparação da string em $i com a palavra Hello print "Hello!\n"; } else{ print "A variável nao eh igual a string q comparamos\n"; } Com a instrução eq conseguimos fazer a comparação da variável com a palavra q escolhemos, se elas forem iguais será imprimido Hello!, se forem diferentes será impressa a frase: A variável nao eh igual a string q comparamos. O else significa senão ou seja, se a sentença do if for falsa ele passa para o else. Siga o raciocínio: if (verdadeiro) faça x senão faça y. Dúvidas? Poste no Fórum, ou

Algoritmos em Javascript

Algoritmos em Javascript Algoritmos em Javascript Sumário Algoritmos 1 O que é um programa? 1 Entrada e Saída de Dados 3 Programando 4 O que é necessário para programar 4 em JavaScript? Variáveis 5 Tipos de Variáveis 6 Arrays

Leia mais

CURSO B SICO DE PERL

CURSO B SICO DE PERL CURSO BÁSICO DE PERL CURSO BÁSICO DE PERL ESTRUTURA: 12 aulas de 2 horas e meia totalizando 30 horas. 2 créditos. É necessário 75% de presença (com exceções). Precisamos pensar em um método de avaliação.

Leia mais

2 echo "PHP e outros.";

2 echo PHP e outros.; PHP (Hypertext Preprocessor) Antes de qualquer coisa, precisamos entender o que é o PHP: O PHP(Hypertext Preprocessor) é uma linguagem interpretada gratuita, usada originalmente apenas para o desenvolvimento

Leia mais

Oficina de Programação em Python direcionada para o desenvolvimento de jogos

Oficina de Programação em Python direcionada para o desenvolvimento de jogos Oficina de Programação em Python direcionada para o desenvolvimento de jogos Adriano Alvez da Cruz adriano.cruz1101@gmail.com Diego de Faria do Nascimento df.nascimento93@gmail.com Programa de Educação

Leia mais

Conceitos básicos da linguagem C

Conceitos básicos da linguagem C Conceitos básicos da linguagem C 2 Em 1969 Ken Thompson cria o Unix. O C nasceu logo depois, na década de 70. Dennis Ritchie, implementou-o pela primeira vez usando o sistema operacional UNIX criado por

Leia mais

Programação WEB II. Introdução. Variáveis, Constantes, Operadores, Estruturas de Seleção e Repetição Arrays e Vetores. Thiago Miranda dos Santos Souza

Programação WEB II. Introdução. Variáveis, Constantes, Operadores, Estruturas de Seleção e Repetição Arrays e Vetores. Thiago Miranda dos Santos Souza Introdução Variáveis, Constantes, Operadores, Estruturas de Seleção e Repetição Arrays e Vetores Apresentação Thiago Miranda Email: mirandathiago@gmail.com Site: www.thiagomiranda.net Ementa da Disciplina

Leia mais

Prof. Esp. Adriano Carvalho

Prof. Esp. Adriano Carvalho Prof. Esp. Adriano Carvalho O que é um Programa? Um arquivo contendo uma sequência de comandos em uma linguagem de programação especifica Esses comandosrespeitam regras de como serem escritos e quais

Leia mais

Resumo da Introdução de Prática de Programação com C. A Linguagem C

Resumo da Introdução de Prática de Programação com C. A Linguagem C Resumo da Introdução de Prática de Programação com C A Linguagem C O C nasceu na década de 70. Seu inventor, Dennis Ritchie, implementou-o pela primeira vez usando um DEC PDP-11 rodando o sistema operacional

Leia mais

Resumo da Matéria de Linguagem de Programação. Linguagem C

Resumo da Matéria de Linguagem de Programação. Linguagem C Resumo da Matéria de Linguagem de Programação Linguagem C Vitor H. Migoto de Gouvêa 2011 Sumário Como instalar um programa para executar o C...3 Sintaxe inicial da Linguagem de Programação C...4 Variáveis

Leia mais

Características do PHP. Começando a programar

Características do PHP. Começando a programar PHP Introdução Olá pessoal. Desculpe o atraso na publicação da aula. Pude perceber pelas respostas (poucas) ao fórum que a realização da atividade do módulo I foi relativamente tranquila. Assistam ao vídeo

Leia mais

Curso de Linguagem C

Curso de Linguagem C Curso de Linguagem C 1 Aula 1 - INTRODUÇÃO...4 AULA 2 - Primeiros Passos...5 O C é "Case Sensitive"...5 Dois Primeiros Programas...6 Introdução às Funções...7 Introdução Básica às Entradas e Saídas...

Leia mais

Os objetivos indicados aplicam-se a duas linguagens de programação: C e PHP

Os objetivos indicados aplicam-se a duas linguagens de programação: C e PHP AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SANTA COMBA DÃO CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE GESTÃO E PROGRAMAÇÃO DE SISTEMAS INFORMÁTICOS 2012-2015 PROGRAMAÇÃO E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO MÓDULO 2 Mecanismos de Controlo de

Leia mais

1. PROLOGO ==========

1. PROLOGO ========== 1997 - Hackers Iniciantes em Linguagem C 1997 - RoyalBug - thedarkage@mail.geocities.com thedarkage2@mail.geocities.com 1997 - The Black Church MANUAL C 01 ================ 1997 - http://www.pcs.usp.br/~peasilva/

Leia mais

Para testar seu primeiro código utilizando PHP, abra um editor de texto (bloco de notas no Windows) e digite o código abaixo:

Para testar seu primeiro código utilizando PHP, abra um editor de texto (bloco de notas no Windows) e digite o código abaixo: Disciplina: Tópicos Especiais em TI PHP Este material foi produzido com base nos livros e documentos citados abaixo, que possuem direitos autorais sobre o conteúdo. Favor adquiri-los para dar continuidade

Leia mais

CURSO DE PROGRAMAÇÃO EM JAVA

CURSO DE PROGRAMAÇÃO EM JAVA CURSO DE PROGRAMAÇÃO EM JAVA Introdução para Iniciantes Prof. M.Sc. Daniel Calife Índice 1 - A programação e a Linguagem Java. 1.1 1.2 1.3 1.4 Linguagens de Programação Java JDK IDE 2 - Criando o primeiro

Leia mais

OPERADORES E ESTRUTURAS DE CONTROLE

OPERADORES E ESTRUTURAS DE CONTROLE OPERADORES E ESTRUTURAS DE CONTROLE 3.1 Operadores Os operadores indicam o tipo de operação matemática que será executada gerando novos valores a partir de um ou mais operadores. São muito utilizados em

Leia mais

Introdução à Linguagem

Introdução à Linguagem Introdução à Linguagem Curso de Nivelamento do PPGMNE Janeiro / 2011 Juliano J. Scremin jjscremin@jjscremin.t5.com.br Um pouco de história Um pouco de história: Nascimento do Python Um pouco de história:

Leia mais

Programação Elementar de Computadores Jurandy Soares

Programação Elementar de Computadores Jurandy Soares Programação Elementar de Computadores Jurandy Soares Básico de Computadores Computador: dispositivos físicos + programas Dispositivos físicos: hardware Programas: as instruções que dizem aos dispositivos

Leia mais

Apostila Básica de Lógica e Programação para Game Maker por Giosepe Luiz 1

Apostila Básica de Lógica e Programação para Game Maker por Giosepe Luiz 1 Apostila Básica de Lógica e Programação para Game Maker por Giosepe Luiz 1 Sumário 1. Introdução a Lógica... 03 2. Verdadeiro e Falso... 03 3. Conectivo E e OU... 03 4. Negação... 04 5. Introdução a Programação...

Leia mais

Curso de Programação Computadores

Curso de Programação Computadores 3 O Primeiro Programa em C Unesp Campus de Guaratinguetá Curso de Programação Computadores Prof. Aníbal Tavares Profa. Cassilda Ribeiro 3 O Primeiro Programa em C 3.1 - Introdução Depois dos conceitos

Leia mais

Javascript 101. Parte 2

Javascript 101. Parte 2 Javascript 101 Parte 2 Recapitulando O Javascript é uma linguagem de programação funcional Os nossos scripts são executados linha a linha à medida que são carregados. O código que está dentro de uma função

Leia mais

INTRODUÇÃO AO JAVA PARA PROGRAMADORES C

INTRODUÇÃO AO JAVA PARA PROGRAMADORES C PROGRAMAÇÃO SERVIDOR EM SISTEMAS WEB INTRODUÇÃO AO JAVA PARA PROGRAMADORES C Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 Objetivos Apresentar a grande semelhança entre Java e C Apresentar a organização diferenciada

Leia mais

PHP() é uma linguagem de integração de servidor que permite a criação de paginas dinâmicas. Como todas

PHP() é uma linguagem de integração de servidor que permite a criação de paginas dinâmicas. Como todas O que é PHP? Acrônimo de PHP: Hipertext Language PostProcessor Inicialmente escrita para o desenvolvimento de aplicações Web Facilidade para iniciantes e recursos poderosos para programadores profissionais

Leia mais

Componentes da linguagem C++

Componentes da linguagem C++ Componentes da linguagem C++ C++ é uma linguagem de programação orientada a objetos (OO) que oferece suporte às características OO, além de permitir você realizar outras tarefas, similarmente a outras

Leia mais

Aluísio Eustáquio da Silva

Aluísio Eustáquio da Silva 1 Aluísio Eustáquio da Silva SciLab Programável Material didático usado em aulas de Programação de Computadores, Algoritmos e Lógica de Programação Betim Maio de 2012 2 PROGRAMAÇÃO O SciLab permite que

Leia mais

Fundamentos de Programação II. Introdução à linguagem de programação C++

Fundamentos de Programação II. Introdução à linguagem de programação C++ Fundamentos de Programação II Introdução à linguagem de programação C++ Prof. Rafael Henrique D. Zottesso Material cedido por Prof. Msc. Everton Fernando Baro Agenda IDE HelloWorld Variáveis Operadores

Leia mais

2. OPERADORES... 6 3. ALGORITMOS, FLUXOGRAMAS E PROGRAMAS... 8 4. FUNÇÕES... 10

2. OPERADORES... 6 3. ALGORITMOS, FLUXOGRAMAS E PROGRAMAS... 8 4. FUNÇÕES... 10 1. TIPOS DE DADOS... 3 1.1 DEFINIÇÃO DE DADOS... 3 1.2 - DEFINIÇÃO DE VARIÁVEIS... 3 1.3 - VARIÁVEIS EM C... 3 1.3.1. NOME DAS VARIÁVEIS... 3 1.3.2 - TIPOS BÁSICOS... 3 1.3.3 DECLARAÇÃO DE VARIÁVEIS...

Leia mais

Linguagem de Programação. Introdução ao PHP. Prof Mauricio Lederer Ciência da Computação - UNIANDRADE 1

Linguagem de Programação. Introdução ao PHP. Prof Mauricio Lederer Ciência da Computação - UNIANDRADE 1 Linguagem de Programação Introdução ao PHP 1 O que é PHP? - significa: Hypertext Preprocessor - uma das linguagens mais utilizadas para web - transforma sites estáticos em dinâmicos - atualização de páginas

Leia mais

Algoritmos e Estrutura de Dados. Introdução a Linguagem Python (Parte I) Prof. Tiago A. E. Ferreira

Algoritmos e Estrutura de Dados. Introdução a Linguagem Python (Parte I) Prof. Tiago A. E. Ferreira Algoritmos e Estrutura de Dados Aula 1 Introdução a Linguagem Python (Parte I) Prof. Tiago A. E. Ferreira Linguagem a ser Utilizada? Nossa disciplina é de Algoritmos e Estrutura de Dados, e não de linguagem

Leia mais

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 9. Introdução a linguagem C Estruturas de decisão

CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 9. Introdução a linguagem C Estruturas de decisão CURSO BÁSICO DE PROGRAMAÇÃO AULA 9 Introdução a linguagem C Estruturas de decisão Introdução à Linguagem C Linguagem compilada. Desenvolvida sobre os paradigmas de programação procedural. Uma das linguagens

Leia mais

Primeiro programa em Java (compilação e execução)

Primeiro programa em Java (compilação e execução) Universidade Federal do ABC Disciplina: Linguagens de Programação (BC-0501) Assunto: Primeiro programa em Java (compilação e execução) Primeiro programa em Java (compilação e execução) Introdução Este

Leia mais

Algoritmos com VisuAlg

Algoritmos com VisuAlg Algoritmos com VisuAlg Prof Gerson Volney Lagemann Depto Eng de Produção e Sistemas UDESC - CCT Algoritmos com VisuAlg Introdução A linguagem VisuAlg é simples, seu objetivo é disponibilizar um ambiente

Leia mais

Nome do Artigo: Desenvolvendo um scanner para Joomla Password Change Admin. Linguagem de Programação: Perl (Practical Extraction and Report Language)

Nome do Artigo: Desenvolvendo um scanner para Joomla Password Change Admin. Linguagem de Programação: Perl (Practical Extraction and Report Language) Author: Inj3cti0n P4ck3t Date: 13/10/10 Nome do Artigo: Desenvolvendo um scanner para Joomla Password Change Admin Contato: fer_henrick@hotmail.com Nome: Fernando Henrique Mengali de Souza Linguagem de

Leia mais

APOSTILA PHP PARTE 1

APOSTILA PHP PARTE 1 APOSTILA PHP PARTE 1 1. Introdução O que é PHP? PHP significa: PHP Hypertext Preprocessor. Realmente, o produto foi originalmente chamado de Personal Home Page Tools ; mas como se expandiu em escopo, um

Leia mais

JSP - ORIENTADO A OBJETOS

JSP - ORIENTADO A OBJETOS JSP Orientação a Objetos... 2 CLASSE:... 2 MÉTODOS:... 2 Método de Retorno... 2 Método de Execução... 2 Tipos de Dados... 3 Boolean... 3 Float... 3 Integer... 4 String... 4 Array... 4 Primeira:... 4 Segunda:...

Leia mais

Sistemas Operacionais e Introdução à Programação. Programação com linguagem C

Sistemas Operacionais e Introdução à Programação. Programação com linguagem C Sistemas Operacionais e Introdução à Programação Programação com linguagem C 1 Variáveis na linguagem C: tipo char O tipo char representa um caractere ASCII (ocupa só 1 byte) int main(int argc, char **

Leia mais

Fundamentos de Programação. Turma CI-240-EST. Josiney de Souza. josineys@inf.ufpr.br

Fundamentos de Programação. Turma CI-240-EST. Josiney de Souza. josineys@inf.ufpr.br Fundamentos de Programação Turma CI-240-EST Josiney de Souza josineys@inf.ufpr.br Agenda do Dia Aula 2 (07/08/15) Introdução ao Python História Características Estrutura dos código-fonte Primeiros elementos

Leia mais

AMBIENTE DE PROGRAMAÇÃO PYTHON

AMBIENTE DE PROGRAMAÇÃO PYTHON Computadores e Programação Engª Biomédica Departamento de Física Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra Ano Lectivo 2003/2004 FICHA 1 AMBIENTE DE PROGRAMAÇÃO PYTHON 1.1. Objectivos

Leia mais

Internet e Programação Web

Internet e Programação Web COLÉGIO ESTADUAL PEDRO MACEDO Ensino Profissionalizante Internet e Programação Web 3 Técnico Prof. Cesar 2014 1 SUMÁRIO Criar sites dinâmicos em PHP --------------------------------------------------------

Leia mais

e à Linguagem de Programação Python

e à Linguagem de Programação Python Introdução a Algoritmos, Computação Algébrica e à Linguagem de Programação Python Curso de Números Inteiros e Criptografia Prof. Luis Menasché Schechter Departamento de Ciência da Computação UFRJ Agosto

Leia mais

LINGUAGEM C UMA INTRODUÇÃO

LINGUAGEM C UMA INTRODUÇÃO LINGUAGEM C UMA INTRODUÇÃO AULA 1 Conceitos muito básicos 1 Introdução O C nasceu na década de 70. Seu inventor, Dennis Ritchie, implementou-o pela primeira vez usando um DEC PDP-11 rodando o sistema operacional

Leia mais

Criando scanner para FreeSSHd vulnerável ao exploit do Metasploit Inj3cti0n P4ck3t. Inj3cti0n P4ck3t

Criando scanner para FreeSSHd vulnerável ao exploit do Metasploit Inj3cti0n P4ck3t. Inj3cti0n P4ck3t Criando scanner para FreeSSHd vulnerável ao exploit do Metasploit Inj3cti0n P4ck3t. Inj3cti0n P4ck3t São Paulo 2010 Nome: Fernando Henrique Mengali de Souza Contato: fer_henrick@hotmail.com Linguagem de

Leia mais

Arte em ASCII. Introdução: Python

Arte em ASCII. Introdução: Python Python 1 Arte em ASCII All Code Clubs must be registered. Registered clubs appear on the map at codeclubworld.org - if your club is not on the map then visit jumpto.cc/ccwreg to register your club. Introdução:

Leia mais

Manipulando Strings no VBA (Replace, Mid e InStr)

Manipulando Strings no VBA (Replace, Mid e InStr) Manipulando Strings no VBA (Replace, Mid e InStr) por Eduardo Vieira Machado (Good Guy) Hoje gostaria de tratar de um assunto bastante atraente no Access e que é muito trabalhado nas empresas - a manipulação

Leia mais

Estruturas de entrada e saída

Estruturas de entrada e saída capa Estruturas de entrada e saída - A linguagem C utiliza de algumas funções para tratamento de entrada e saída de dados. - A maioria dessas funções estão presentes na biblioteca . - As funções

Leia mais

Curso: Ciência da Computação Disciplina: Construção de Compiladores Período: 2010-1 Prof. Dr. Raimundo Moura

Curso: Ciência da Computação Disciplina: Construção de Compiladores Período: 2010-1 Prof. Dr. Raimundo Moura UFPI CCN DIE Curso: Ciência da Computação Disciplina: Construção de Compiladores Período: 2010-1 Prof. Dr. Raimundo Moura O projeto Desenvolver um compilador de um subconjunto básico da linguagem PORTUGOL.

Leia mais

Introdução à Programação

Introdução à Programação Introdução à Programação Introdução a Linguagem C Construções Básicas Programa em C #include int main ( ) { Palavras Reservadas } float celsius ; float farenheit ; celsius = 30; farenheit = 9.0/5

Leia mais

ESTRUTURA DE UM PROGRAMA EM C++ Estrutura de um Programa em C++

ESTRUTURA DE UM PROGRAMA EM C++ Estrutura de um Programa em C++ ESTRUTURA DE UM PROGRAMA EM C++ Estrutura de um Programa em C++ #include { Este trecho é reservado para o corpo da função, com a declaração de suas variáveis locais, seus comandos e funções

Leia mais

2 Um Primeiro Programa em C

2 Um Primeiro Programa em C 2 Um Primeiro Programa em C Ronaldo F. Hashimoto, Carlos H. Morimoto e José A. R. Soares OobjetivodessaaulaéintroduzirvocêàlinguagemCemambienteLinux,primeiramentemostrandoasua estrutura, e a seguir com

Leia mais

Desenvolvido por: Juarez A. Muylaert Filho - jamf@estacio.br Andréa T. Medeiros - andrea@iprj.uerj.br Adriana S. Spallanzani - spallanzani@uol.com.

Desenvolvido por: Juarez A. Muylaert Filho - jamf@estacio.br Andréa T. Medeiros - andrea@iprj.uerj.br Adriana S. Spallanzani - spallanzani@uol.com. UAL é uma linguagem interpretada para descrição de algoritmos em Português. Tem por objetivo auxiliar o aprendizado do aluno iniciante em programação através da execução e visualização das etapas de um

Leia mais

Criando scanner para Oracle vulneráveis a exploits do Metasploit Inj3cti0n P4ck3t. Inj3cti0n P4ck3t

Criando scanner para Oracle vulneráveis a exploits do Metasploit Inj3cti0n P4ck3t. Inj3cti0n P4ck3t Criando scanner para Oracle vulneráveis a exploits do Metasploit Inj3cti0n P4ck3t. Inj3cti0n P4ck3t São Paulo 2010 Nome: Fernando Henrique Mengali de Souza Contato: fer_henrick@hotmail.com Linguagem de

Leia mais

Programação em Linguagens de Scripts Aula 12. Prof. Msc. Anderson da Cruz

Programação em Linguagens de Scripts Aula 12. Prof. Msc. Anderson da Cruz Programação em Linguagens de Scripts Aula 12 Prof. Msc. Anderson da Cruz Roteiro Estruturas de Dados em Perl Introdução Tipo Escalar Conceitos, Operadores e Funções Tipo Array Conceitos, Operadores e Funções

Leia mais

Desenvolvendo MetasploitScanHTTP.pl para falhas HTTPS vulneráveis ao Metasploit. Inj3cti0n P4ck3t

Desenvolvendo MetasploitScanHTTP.pl para falhas HTTPS vulneráveis ao Metasploit. Inj3cti0n P4ck3t Desenvolvendo MetasploitScanHTTP.pl para falhas HTTPS vulneráveis ao Metasploit Inj3cti0n P4ck3t São Paulo 2010 Nome: Fernando Henrique Mengali de Souza Contato: fer_henrick@hotmail.com Linguagem de Programação:

Leia mais

Aula 4: adivinhe o número

Aula 4: adivinhe o número Aula 4: adivinhe o número Kaya Sumire Abe kaya.sumire@gmail.com Diego de Faria do Nascimento df.nascimento93@gmail.com Fabian Czajkowski fabiancza22@gmail.com 05/09/2012 Resumo Através do que já vimos,

Leia mais

PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA. CC 2º Período

PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA. CC 2º Período PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA CC 2º Período PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA Aula 06: Ponteiros Declarando e utilizando ponteiros Ponteiros e vetores Inicializando ponteiros Ponteiros para Ponteiros Cuidados a serem

Leia mais

5 - Vetores e Matrizes Linguagem C CAPÍTULO 5 VETORES E MATRIZES

5 - Vetores e Matrizes Linguagem C CAPÍTULO 5 VETORES E MATRIZES CAPÍTULO 5 5 VETORES E MATRIZES 5.1 Vetores Um vetor armazena uma determinada quantidade de dados de mesmo tipo. Vamos supor o problema de encontrar a média de idade de 4 pessoas. O programa poderia ser:

Leia mais

Java Como Programar, 8/E

Java Como Programar, 8/E Capítulo 2 Introdução aos aplicativos Java Java Como Programar, 8/E (C) 2010 Pearson Education, Inc. Todos os 2.1 Introdução Programação de aplicativo Java. Utilize as ferramentas do JDK para compilar

Leia mais

Minicurso de Python Aula 1. Raphael Lupchinski Marcelo Millani

Minicurso de Python Aula 1. Raphael Lupchinski Marcelo Millani Minicurso de Python Aula 1 Raphael Lupchinski Marcelo Millani Introdução Python é uma linguagem de programação poderosa e fácil de aprender Possui estruturas de dados eficientes e de alto nível, além de

Leia mais

Organização de programas em Python. Vanessa Braganholo vanessa@ic.uff.br

Organização de programas em Python. Vanessa Braganholo vanessa@ic.uff.br Organização de programas em Python Vanessa Braganholo vanessa@ic.uff.br Vamos programar em Python! Mas... } Como um programa é organizado? } Quais são os tipos de dados disponíveis? } Como variáveis podem

Leia mais

Algoritmos I Aula 13 Java: Tipos básicos, variáveis, atribuições e expressões

Algoritmos I Aula 13 Java: Tipos básicos, variáveis, atribuições e expressões Algoritmos I Aula 13 Java: Tipos básicos, variáveis, atribuições e expressões Professor: Max Pereira http://paginas.unisul.br/max.pereira Ciência da Computação Primeiro Programa em Java public class OlaPessoal

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Ciências Agrárias

Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Ciências Agrárias Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Ciências Agrárias Professor: Renato Dourado Maia Disciplina: Programação de Computadores Curso: Engenharia de Alimentos Turma: Terceiro Período 1 Introdução

Leia mais

Python Intermediário. terça-feira, 4 de agosto de 15

Python Intermediário. terça-feira, 4 de agosto de 15 Python Intermediário I FUNÇÕES Módulo Python (Intermediário) Função Uma função é uma sequência de comandos que desempenham algum tipo de tarefa no seu programa Evita duplicação de código Facilita alterações:

Leia mais

Determinando a equação da reta usando Python

Determinando a equação da reta usando Python Determinando a equação da reta usando Python Mario Luiz Bernardinelli 27 de Abril de 2012 v1.0 Resumo Python é uma linguagem de programação de uso geral fantástica. Seu aprendizado é rápido, fácil e a

Leia mais

Algoritmos e Programação Conceitos e Estruturas básicas (Variáveis, constantes, tipos de dados)

Algoritmos e Programação Conceitos e Estruturas básicas (Variáveis, constantes, tipos de dados) Algoritmos e Programação Conceitos e Estruturas básicas (Variáveis, constantes, tipos de dados) Os algoritmos são descritos em uma linguagem chamada pseudocódigo. Este nome é uma alusão à posterior implementação

Leia mais

A lógica de programação ajuda a facilitar o desenvolvimento dos futuros programas que você desenvolverá.

A lógica de programação ajuda a facilitar o desenvolvimento dos futuros programas que você desenvolverá. INTRODUÇÃO A lógica de programação é extremamente necessária para as pessoas que queiram trabalhar na área de programação, seja em qualquer linguagem de programação, como por exemplo: Pascal, Visual Basic,

Leia mais

3. INTRODUÇÃO À LINGUAGEM C 3.1. CONCEITOS BÁSICOS. Lógica de Programação

3. INTRODUÇÃO À LINGUAGEM C 3.1. CONCEITOS BÁSICOS. Lógica de Programação Lógica de Programação 3. INTRODUÇÃO À LINGUAGEM C Caro Aluno Vamos iniciar o terceiro capítulo da nossa disciplina. Agora vamos começar a aplicar os conceitos vistos nos capítulos anteriores em uma linguagem

Leia mais

Linguagem C: variáveis, operadores, entrada/saída. Prof. Críston Algoritmos e Programação

Linguagem C: variáveis, operadores, entrada/saída. Prof. Críston Algoritmos e Programação Linguagem C: variáveis, operadores, entrada/saída Prof. Críston Algoritmos e Programação Linguagem C Linguagem de uso geral (qualquer tipo de aplicação) Uma das linguagens mais utilizadas Foi utilizada

Leia mais

Instituto Federal do Sertão-PE. Curso de PHP. Professor: Felipe Correia

Instituto Federal do Sertão-PE. Curso de PHP. Professor: Felipe Correia Instituto Federal do Sertão-PE Curso de PHP Professor: Felipe Correia Conteúdo Parte I Parte II Introdução Funções de strings Instalação Constantes Sintaxe Operadores Variáveis if else elseif Echo/Print

Leia mais

Estrutura de Dados Básica

Estrutura de Dados Básica Estrutura de Dados Básica Professor: Osvaldo Kotaro Takai. Aula 4: Tipos de Dados O objetivo desta aula é apresentar os tipos de dados manipulados pela linguagem C, tais como vetores e matrizes, bem como

Leia mais

O Excel é um programa de computador desenvolvido para gerenciar dados na forma de planilhas.

O Excel é um programa de computador desenvolvido para gerenciar dados na forma de planilhas. O que é o Excel? O Excel é um programa de computador desenvolvido para gerenciar dados na forma de planilhas. Ele possibilita ao usuário desenvolver planilhas que efetuem cálculos, dos mais simples aos

Leia mais

Linguagem e Técnicas de Programação I Operadores, expressões e funções. Prof. MSc. Hugo Souza Material desenvolvido por: Profa.

Linguagem e Técnicas de Programação I Operadores, expressões e funções. Prof. MSc. Hugo Souza Material desenvolvido por: Profa. Linguagem e Técnicas de Programação I Operadores, expressões e funções Prof. MSc. Hugo Souza Material desenvolvido por: Profa. Ameliara Freire Operadores básicos Toda linguagem de programação, existem

Leia mais

JAVA NETBEANS PGOO Prof. Daniela Pires Conteúdo

JAVA NETBEANS PGOO Prof. Daniela Pires Conteúdo Conteúdo Estruturas de repetição (loops, laços)... 2 WHILE (enquanto)... 2 DO... WHILE (faça... enquanto)... 2 FOR... 3 FOREACH... 4 EXERCICIO LOOP FOR... 4 Novo Projeto... 5 Controles SWING... 10 1 Estruturas

Leia mais

Linguagens de programação

Linguagens de programação Prof. André Backes Linguagens de programação Linguagem de Máquina Computador entende apenas pulsos elétricos Presença ou não de pulso 1 ou 0 Tudo no computador deve ser descrito em termos de 1 s ou 0 s

Leia mais

Introdução ao Javascript

Introdução ao Javascript Programação WEB I Introdução ao Javascript Apresentação da Disciplina,Introdução a linguagem Javascript Objetivos da Disciplina Apresentar os principais conceitos da linguagem Javascript referente à programação

Leia mais

Gerador Menu. AVISO: A biblioteca só funciona corretamente com as versões 2.6 ou superiores ou 3.0 ou superiores.

Gerador Menu. AVISO: A biblioteca só funciona corretamente com as versões 2.6 ou superiores ou 3.0 ou superiores. Gerador Menu 1.0 Sobre este pacote Sistema gerador de menu para prompt de comando. 1.1 Sobre AVISO: A biblioteca só funciona corretamente com as versões 2.6 ou superiores ou 3.0 ou superiores. Resumidamente,

Leia mais

Introdução à estrutura de dados com Python

Introdução à estrutura de dados com Python Introdução à estrutura de dados com Python CLEIBSON APARECIDO DE ALMEIDA UFPR Universidade Federal do Paraná PPGMNE Programa de Pós Graduação em Métodos Numéricos em Engenharia Centro Politécnico CEP 81.531-980

Leia mais

MANUAL DE PADRONIZAÇÃO DE CODIFICAÇÃO PHP CODING STANDARDS

MANUAL DE PADRONIZAÇÃO DE CODIFICAÇÃO PHP CODING STANDARDS MANUAL DE PADRONIZAÇÃO DE CODIFICAÇÃO v0.1 1 MANUAL DE PADRONIZAÇÃO DE CODIFICAÇÃO PHP CODING STANDARDS versão 0.1 SkySoft - Silas Ribas Martins silasrm@gmail.com Walker de Alencar Oliverira contato@walkeralencar.com

Leia mais

e shutdown -a sao formas de desligamento forçados sendo -a o anulador do shutdown -s

e shutdown -a sao formas de desligamento forçados sendo -a o anulador do shutdown -s Page 1 of 7 Batch ou arquivos de lote (também conhecidos por.bat ou ponto-bat são arquivos de computador utilizados pra automatizar tarefas, é regularmente confundido com o modo de processamento de dados

Leia mais

9 Comandos condicionais

9 Comandos condicionais 9 Comandos condicionais Um comando condicional é uma instrução empregada quando se deseja criar um desvio, isto é, a opção de executar-se ou não um determinado trecho de código, segundo uma condição. Em

Leia mais

Edwar Saliba Júnior. Dicas, Comandos e Exemplos Comparativos entre Linguagem Algorítmica e Linguagem C

Edwar Saliba Júnior. Dicas, Comandos e Exemplos Comparativos entre Linguagem Algorítmica e Linguagem C Edwar Saliba Júnior Dicas, Comandos e Exemplos Comparativos entre Linguagem Algorítmica e Linguagem C Belo Horizonte 2010 Sumário 1 Nota:... 2 2 Comandos e Palavras Reservadas:... 3 3 Dicas... 4 3.1 Strings

Leia mais

Introdução aos cálculos de datas

Introdução aos cálculos de datas Page 1 of 7 Windows SharePoint Services Introdução aos cálculos de datas Aplica-se a: Microsoft Office SharePoint Server 2007 Ocultar tudo Você pode usar fórmulas e funções em listas ou bibliotecas para

Leia mais

EXCEL 2003. Excel 2003 SUMÁRIO

EXCEL 2003. Excel 2003 SUMÁRIO EXCEL 2003 SUMÁRIO INICIANDO O EXCEL... 2 CONHECENDO AS BARRAS DO EXCEL... 4 OS COMPONETES DO EXCEL 2003... 7 ENTENDENDO FUNÇÕES... 8 BOLETIM ESCOLAR... 16 QUADRO DE RENDIMENTO DO ALUNO... 17 CHAMADA ESCOLAR...

Leia mais

INF 1005 Programação I

INF 1005 Programação I INF 1005 Programação I Aula 12 Cadeia de Caracteres (Strings) Edirlei Soares de Lima Caracteres Até o momento nós somente utilizamos variáveis que armazenam números (int, float ou

Leia mais

20 Caracteres - Tipo char

20 Caracteres - Tipo char 0 Caracteres - Tipo char Ronaldo F. Hashimoto e Carlos H. Morimoto Até agora vimos como o computador pode ser utilizado para processar informação que pode ser quantificada de forma numérica. No entanto,

Leia mais

Programação WEB. Prof. André Gustavo Duarte de Almeida andre.almeida@ifrn.edu.br docente.ifrn.edu.br/andrealmeida. Aula III Introdução PHP

Programação WEB. Prof. André Gustavo Duarte de Almeida andre.almeida@ifrn.edu.br docente.ifrn.edu.br/andrealmeida. Aula III Introdução PHP Programação WEB Prof. André Gustavo Duarte de Almeida andre.almeida@ifrn.edu.br docente.ifrn.edu.br/andrealmeida Aula III Introdução PHP Introdução PHP PHP=Hypertext Pre-Processor Linguagem de script open

Leia mais

ERROS MAIS COMUNS COMETIDOS EM PROGRAMAS E ALGORITMOS

ERROS MAIS COMUNS COMETIDOS EM PROGRAMAS E ALGORITMOS ERROS MAIS COMUNS COMETIDOS EM PROGRAMAS E ALGORITMOS Compilação dos erros mais comuns cometidos por estudantes de Introdução a Algoritmos Marcos Portnoi Edição 19.4.2007 Universidade Salvador UNIFACS

Leia mais

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO. Professor Celso Masotti http://ead.celsomasotti.com.br

LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO. Professor Celso Masotti http://ead.celsomasotti.com.br LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO Professor Celso Masotti http://ead.celsomasotti.com.br Ano: 2015 1 HTML & PHP em Ambiente Web PARTE II Sumário I Decisão... 4 Operadores de Comparação... 6 II IF ELSEIF ELSE... 7

Leia mais

Aula 01. - Bibliografia - Definições - Operadores - Criação de um algoritmo - Exercícios. Algoritmo e Programação. Prof. Fábio Nelson.

Aula 01. - Bibliografia - Definições - Operadores - Criação de um algoritmo - Exercícios. Algoritmo e Programação. Prof. Fábio Nelson. - Bibliografia - Definições - Operadores - Criação de um algoritmo - Exercícios Aula 01 Slide 1 BIBLIOGRAFIA SCHILDT H. C Completo e Total, Makron Books. SP, 1997. Curso de linguagem C da UFMG. ZIVIANI,

Leia mais

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro PET-Sistemas de Informação. Lucas Nunes Paim lucaspaim@pet-si.ufrrj.br

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro PET-Sistemas de Informação. Lucas Nunes Paim lucaspaim@pet-si.ufrrj.br Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro PET-Sistemas de Informação Lucas Nunes Paim lucaspaim@pet-si.ufrrj.br Aula 1 1. Introdução O que é Python? Por que usar Python? 2. Instalação 3. Variáveis 4.

Leia mais

AULA 2: INTRODUÇÃO A LINGUAGEM DE C. Curso: Ciência da Computação Profª.: Luciana Balieiro Cosme

AULA 2: INTRODUÇÃO A LINGUAGEM DE C. Curso: Ciência da Computação Profª.: Luciana Balieiro Cosme AULA 2: INTRODUÇÃO A LINGUAGEM DE C Curso: Ciência da Computação Profª.: Luciana Balieiro Cosme Agenda Introdução a linguagem C Compiladores Variáveis IDEs Exemplos Exercícios Introdução A Linguagem C

Leia mais

Programação Web com PHP. Prof. Wylliams Barbosa Santos wylliamss@gmail.com Optativa IV Projetos de Sistemas Web

Programação Web com PHP. Prof. Wylliams Barbosa Santos wylliamss@gmail.com Optativa IV Projetos de Sistemas Web Programação Web com PHP Prof. Wylliams Barbosa Santos wylliamss@gmail.com Optativa IV Projetos de Sistemas Web Agenda O que é PHP? O que da pra fazer com PHP? Como a web funciona? Onde, quando e por que

Leia mais

Probabilidade e Estatística I Antonio Roque Aula 8. Introdução ao Excel

Probabilidade e Estatística I Antonio Roque Aula 8. Introdução ao Excel Introdução ao Excel Esta introdução visa apresentar apenas os elementos básicos do Microsoft Excel para que você possa refazer os exemplos dados em aula e fazer os projetos computacionais solicitados ao

Leia mais

Sistemas Operacionais INF 09344 Prof. José Gonçalves

Sistemas Operacionais INF 09344 Prof. José Gonçalves Sistemas Operacionais INF 09344 Prof. José Gonçalves 1 o Trabalho de Programação Período: 2014/1 Data de Entrega: 2/6/2014 Parte I. Usando Fork e Wait Você deve criar um programa C partei.c. Durante a

Leia mais

Aula 1. // exemplo1.cpp /* Incluímos a biblioteca C++ padrão de entrada e saída */ #include

Aula 1. // exemplo1.cpp /* Incluímos a biblioteca C++ padrão de entrada e saída */ #include <iostream> Aula 1 C é uma linguagem de programação estruturada desenvolvida por Dennis Ritchie nos laboratórios Bell entre 1969 e 1972; Algumas características: É case-sensitive, ou seja, o compilador difere letras

Leia mais

Primeiro programa em Java (compilação e execução)

Primeiro programa em Java (compilação e execução) Universidade Federal do ABC Disciplina: Linguagens de Programação (BC-0501) Assunto: Primeiro programa em Java (compilação e execução) Primeiro programa em Java (compilação e execução) Introdução Este

Leia mais

Algoritmos e Programação Estruturada

Algoritmos e Programação Estruturada Algoritmos e Programação Estruturada Virgínia M. Cardoso Linguagem C Criada por Dennis M. Ritchie e Ken Thompson no Laboratório Bell em 1972. A Linguagem C foi baseada na Linguagem B criada por Thompson.

Leia mais

Estrutura de um programa em linguagem C

Estrutura de um programa em linguagem C Estrutura de um programa em linguagem C Estrutura de um programa em linguagem C Exemplo de um programa em linguagem C Directivas de Pré-Processamento #include Declarações Globais Declarações

Leia mais

Tutorial de Matlab Francesco Franco

Tutorial de Matlab Francesco Franco Tutorial de Matlab Francesco Franco Matlab é um pacote de software que facilita a inserção de matrizes e vetores, além de facilitar a manipulação deles. A interface segue uma linguagem que é projetada

Leia mais