Sistemas Operacionais e Introdução à Programação. Programação com linguagem C

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sistemas Operacionais e Introdução à Programação. Programação com linguagem C"

Transcrição

1 Sistemas Operacionais e Introdução à Programação Programação com linguagem C 1

2 Variáveis na linguagem C: tipo char O tipo char representa um caractere ASCII (ocupa só 1 byte) int main(int argc, char ** argv) { char letra; letra = 'A'; printf( letra=%c\n, letra); } 2

3 Variáveis na linguagem C: tipo char O tipo char representa um também um número inteiro de 1 byte (-128 a 127) int main(int argc, char ** argv) { char c; c = 0; printf( c=%d\n, c + 1); } 3

4 Variáveis na linguagem C: tipo char Quando se usa uma variável char para guardar um caractere, ela guarda é seu código ASCII: int main(int argc, char ** argv) { char c; c = 65; printf( c = %c (%d)\n, c, c); c = 'A'; printf( c = %c (%d)\n, c, c); } 4

5 Variáveis na linguagem C: tabela ASCII 5

6 Variáveis na linguagem C: strings Strings são representadas como vetores de caracteres A variável string é declarada da seguinte forma: char nome[32]; // variável nome com capacidade 32 O tamanho do vetor corresponde a quantos caracteres pode ter a string Isto é a capacidade da variável string, não o comprimento do texto ali guardado! O texto guardado na variável pode ter comprimento variável Usa-se o caractere nulo (valor 0 numérico) para marcar o final do texto 6

7 Variáveis na linguagem C: strings Exemplo de uso de strings: #include <string.h> #include <stdio.h> int main(int argc, char ** argv) { char nome[32]; } printf( Digite um nome: ); scanf( %s, nome); // repare que com strings não se usa o operador & printf( Nome informado: %s\n, nome); printf( Comprimento da string: %d\n, strlen(nome)); printf( Primeira letra do nome: %c\n, nome[0]); printf( Última letra do nome: %c\n, nome[strlen(nome) 1]); 7

8 Variáveis na linguagem C: strings Outro exemplo de uso de strings: #include <string.h> #include <stdio.h> int main(int argc, char ** argv) { char * nome ; // Qual a capacidade da string??? int len; } nome = Manuel ; // uma constante... printf( Variável nome=%s\n, nome); len = strlen(nome); printf(... e %s tem %d caracteres\n, nome, len); printf( Último caractere é: \ %c\ (codigo %d)\n, nome[len], nome[len]); 8

9 Variáveis na linguagem C: strings A variável string pode ser declarada também assim: char * nome[32]; // variável nome com capacidade 0 Neste caso, a variável string não tem memória alocada! Por enquanto, não pode guardar caracteres A capacidade de armazenamento pode ser definida depois (em tempo de execução), dependendo da necessidade 9

10 Variáveis na linguagem C: strings Exemplo de uso de strings: #include <string.h> #include <stdio.h> int main(int argc, char ** argv) { char * nome ; // Qual a capacidade da string??? char aux[128]; int len; } scanf( %s, aux); nome = strdup(aux); // gera uma cópia do conteúdo de aux printf( Variável nome=%s\n, nome); 10

11 Variáveis na linguagem C: funções para strings char * strncat(s1, s2, n): concatena até n caracteres da string s2 ao final da string s1 Repare que s1 deve ter capacidade para receber esses n caracteres adicionais!!! char * strncpy(s1, s2, n): copia até n caracteres da s2 para s1 int strlen(s1): devolve o tamanho da string s1 int strncmp(s1, s2, n): compara os n primeiros caracteres de s1 e s2. O resultado é 0 se forem iguais, negativo se s1 for alfabeticamente menor que s2, e positivo caso contrário char * strdup(char * s1): gera uma cópia da string s1 11

12 Variáveis na linguagem C: funções para strings int snprintf(s1, n, formato, arg1,...): igual ao printf, mas o texto gerado é gravado na variável string s1 (no máximo n caracteres). char *strstr(s1, s2): localiza a primeira ocorrência de s2 dentro de s1 12

13 Variáveis na linguagem C: exemplos com strings Concatena duas strings (nome e sobrenome): #include <string.h> #include <stdio.h> int main(int argc, char ** argv) { char nome[32], sobrenome[32], nomecompleto[64]; } scanf( %s, nome); scanf( %s, sobrenome); strncpy(nomecompleto, nome); strncat(nomecompleto,, 1); strncat(nomecompleto, sobrenome, 32); printf( Nome informado: %s\n, nomecompleto); printf( Comprimento da string: %d\n, strlen(nomecompleto)); 13

14 Variáveis na linguagem C: exemplos com strings Concatena duas strings, mas usando snprintf : #include <string.h> #include <stdio.h> int main(int argc, char ** argv) { char nome[32], sobrenome[32], nomecompleto[64]; } scanf( %s, nome); scanf( %s, sobrenome); snprintf(nomecompleto, 64, %s %s, nome, sobrenome); printf( Nome informado: %s\n, nomecompleto); printf( Comprimento da string: %d\n, strlen(nomecompleto)); 14

15 Variáveis na linguagem C: exemplos com strings Verifica se senha digitada é válida: #include <string.h> #include <stdio.h> int main(int argc, char ** argv) { char senha[32]; char tentativa[32]; } strncpy(senha, Cfacil ); printf( senha: ); scanf( %s, tentativa); if (strncmp(senha, tentativa, 32) == 0) printf( Acesso autorizado\n ); else printf( Acesso negado!!!\n ); 15

16 Variáveis na linguagem C: exemplos com strings Compara duas strings lidas, e mostra-as em ordem alfabética: #include <string.h> #include <stdio.h> int main(int argc, char ** argv) { char nome1[32], nome2[32]; int comparacao; } scanf( %s, nome1); scanf( %s, nome2); comparacao = strncmp(senha, tentativa, 32); if (comparacao >= 0) printf( %s, %s\n, nome1,nome2); else printf( %s, %s\n, nome2, nome1); 16

17 Variáveis na linguagem C: exercícios com strings Faça um programa que leia o nome e sobrenome de uma pessoa, e armazene-o numa variável segundo estes formatos: i) Nome Sobrenome ii) Sobrenome, Nome iii) Sobrenome, Inicial_do_Nome Faça um programa que leia o nome de um arquivo e a partir dele gere seu caminho completo (desde a raiz). Assuma que o arquivo esteja: i) No diretório atual ii) No diretório /tmp 17

18 Variáveis na linguagem C: exercícios com strings Faça um programa que leia o caminho completo de um arquivo, e verifique se esse arquivo está dentro de um dos seguintes diretórios: i) /tmp ii) /home/aluno iii) diretório atual Faça um programa que leia três nomes pelo teclado, e informe o primeiro e o último em ordem alfabética. Faça um programa que leia três nomes pelo teclado, e informe o primeiro e o último por ordem de tamanho. 18

19 Variáveis na linguagem C: exercícios com strings Faça uma função que verifique se um determinado caractere de uma string é letra maiúscula, minúscula, ou não é uma letra. Faça então um programa para testá-la. Faça um programa que leia uma frase pelo teclado e pesquise se essa frase contém as palavras-chaves: para, de, com. Modifique o programa anterior para que as palavras-chaves encontradas sejam substituídas por palavras equivalentes com letras maiúsculas. Faça um programa que localize uma palavra dentro de uma frase, e remova-a. Faça um programa que localize uma palavra dentro de uma frase, e insira uma outra palavra na sua frente. 19

20 Variáveis na linguagem C: exercícios com strings Faça um programa que localize uma palavra dentro de uma frase, e a ponha entre parênteses. Faça um programa que troque a primeira e segunda palavras de lugar. 20

INF 1005 Programação I

INF 1005 Programação I INF 1005 Programação I Aula 12 Cadeia de Caracteres (Strings) Edirlei Soares de Lima Caracteres Até o momento nós somente utilizamos variáveis que armazenam números (int, float ou

Leia mais

Tabela ASCII de caracteres de controle

Tabela ASCII de caracteres de controle Caracteres Estruturas de Dados Aula 6: Cadeias de Caracteres 31/03/2010 Caracteres são representados internamente por códigos numéricos Tipo char (inteiro pequeno ) 1 byte (8 bits) 256 caracteres possíveis

Leia mais

INF 1007 Programação II

INF 1007 Programação II INF 1007 Programação II Aula 05 Cadeias de Caracteres Edirlei Soares de Lima Caracteres Caracteres são representados através de códigos numéricos. Tabela de códigos: Define correspondência

Leia mais

Curso de C para Engenharias

Curso de C para Engenharias Aula 4 Cristiano Dalbem Dennis Balreira Gabriel Moreira Miller Biazus Raphael Lupchinski Universidade Federal do Rio Grande do Sul Instituto de Informática Grupo PET Computação Sintaxe Funções Exemplos

Leia mais

20 Caracteres - Tipo char

20 Caracteres - Tipo char 0 Caracteres - Tipo char Ronaldo F. Hashimoto e Carlos H. Morimoto Até agora vimos como o computador pode ser utilizado para processar informação que pode ser quantificada de forma numérica. No entanto,

Leia mais

Estrutura de Dados Básica

Estrutura de Dados Básica Estrutura de Dados Básica Professor: Osvaldo Kotaro Takai. Aula 4: Tipos de Dados O objetivo desta aula é apresentar os tipos de dados manipulados pela linguagem C, tais como vetores e matrizes, bem como

Leia mais

Computadores Digitais 2. Prof. Rodrigo de Souza Couto

Computadores Digitais 2. Prof. Rodrigo de Souza Couto Computadores Digitais 2 Linguagens de Programação DEL-Poli/UFRJ Prof. Miguel Campista Aula de Hoje Cadeias de caracteres (strings) Caracteres Definição e manipulação de strings Vetor de strings Parâmetros

Leia mais

5 - Vetores e Matrizes Linguagem C CAPÍTULO 5 VETORES E MATRIZES

5 - Vetores e Matrizes Linguagem C CAPÍTULO 5 VETORES E MATRIZES CAPÍTULO 5 5 VETORES E MATRIZES 5.1 Vetores Um vetor armazena uma determinada quantidade de dados de mesmo tipo. Vamos supor o problema de encontrar a média de idade de 4 pessoas. O programa poderia ser:

Leia mais

Strings. Todas as funções apresentadas neste documento estão no arquivo de cabeçalho string.h.

Strings. Todas as funções apresentadas neste documento estão no arquivo de cabeçalho string.h. Strings Todas as funções apresentadas neste documento estão no arquivo de cabeçalho string.h. 1 Determinando o tamanho de uma string Para determinar o tamanho de uma string use a função strlen( ). Sua

Leia mais

Estruturas de Dados Aula 6: Cadeias de 28/03/2010

Estruturas de Dados Aula 6: Cadeias de 28/03/2010 Estruturas de Dados Aula 6: Cadeias de Caracteres 28/03/2010 Caracteres Caracteres são representados internamente por códigos numéricos Tipo char (inteiro pequeno ) 1 byte (8 bits) 256 caracteres possíveis

Leia mais

Vetores. Vetores. Figura 1 Exemplo de vetor com 10 elementos

Vetores. Vetores. Figura 1 Exemplo de vetor com 10 elementos Vetores Nos capítulos anteriores estudamos as opções disponíveis na linguagem C para representar: Números inteiros em diversos intervalos. Números fracionários com várias alternativas de precisão e magnitude.

Leia mais

Exemplos. char c; int i=67;... c= A ; c=c+1; if (c== B )... c=i; i=c; i++; if (i>= C )...

Exemplos. char c; int i=67;... c= A ; c=c+1; if (c== B )... c=i; i=c; i++; if (i>= C )... Caracteres Conceitos Tipo de dados simples (char), cujo valor é a codificação numérica de um caracter; Caracteres literais são representados por aspas simples, como em A e a ; Variáveis do tipo char podem

Leia mais

Programação e Sistemas de Informação

Programação e Sistemas de Informação Gestão e Programação de Sistemas Informáticos Programação e Sistemas de Informação Programação e Sistemas de Informação REVISÕES 1 Conteúdos Introdução Declaração de strings Atribuição de valores a strings

Leia mais

String em C++ Verificando o tamanho da string

String em C++ Verificando o tamanho da string String em C++ Uma das formas de se manipular cadeias de caracteres, também chamadas de strings em C+ + é armazená-las como vetores de char. Esta é a forma tradicional utilizada pela linguagem C. Então,

Leia mais

2. OPERADORES... 6 3. ALGORITMOS, FLUXOGRAMAS E PROGRAMAS... 8 4. FUNÇÕES... 10

2. OPERADORES... 6 3. ALGORITMOS, FLUXOGRAMAS E PROGRAMAS... 8 4. FUNÇÕES... 10 1. TIPOS DE DADOS... 3 1.1 DEFINIÇÃO DE DADOS... 3 1.2 - DEFINIÇÃO DE VARIÁVEIS... 3 1.3 - VARIÁVEIS EM C... 3 1.3.1. NOME DAS VARIÁVEIS... 3 1.3.2 - TIPOS BÁSICOS... 3 1.3.3 DECLARAÇÃO DE VARIÁVEIS...

Leia mais

1 Introdução. 2 Algumas funções úteis para lidar com strings

1 Introdução. 2 Algumas funções úteis para lidar com strings Departamento de Engenharia Electrotécnica PROGRAMAÇÃO DE MICROPROCESSADORES 2007 / 2008 Mestrado Integrado em Engenharia Electrotécnica e Computadores 1º ano 1º semestre Strings e apontadores http://tele1.dee.fct.unl.pt

Leia mais

INTRODUÇÃO AO C++ SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DR. EDNALDO B. PIZZOLATO

INTRODUÇÃO AO C++ SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DR. EDNALDO B. PIZZOLATO INTRODUÇÃO AO C++ SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DR. EDNALDO B. PIZZOLATO Tópicos Estrutura Básica B de Programas C e C++ Tipos de Dados Variáveis Strings Entrada e Saída de Dados no C e C++ INTRODUÇÃO O C++ aceita

Leia mais

INTRODUÇÃO AO JAVA PARA PROGRAMADORES C

INTRODUÇÃO AO JAVA PARA PROGRAMADORES C PROGRAMAÇÃO SERVIDOR EM SISTEMAS WEB INTRODUÇÃO AO JAVA PARA PROGRAMADORES C Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 Objetivos Apresentar a grande semelhança entre Java e C Apresentar a organização diferenciada

Leia mais

Introdução à Programação

Introdução à Programação Introdução à Programação Introdução a Linguagem C Construções Básicas Programa em C #include int main ( ) { Palavras Reservadas } float celsius ; float farenheit ; celsius = 30; farenheit = 9.0/5

Leia mais

14.1 Vetor - Problemas

14.1 Vetor - Problemas Problema 14: Um método de Criptografia consiste em substituir as letras de uma mensagem através do emparelhamento de alfabetos tal como dado abaixo. Construir um programa que codifica mensagens usando

Leia mais

INF 1620 P1-10/04/02 Questão 1 Nome:

INF 1620 P1-10/04/02 Questão 1 Nome: INF 1620 P1-10/04/02 Questão 1 Considere uma disciplina que adota o seguinte critério de aprovação: os alunos fazem duas provas (P1 e P2) iniciais; se a média nessas duas provas for maior ou igual a 5.0,

Leia mais

MC-102 Aula 17 Strings e Matrizes

MC-102 Aula 17 Strings e Matrizes MC-102 Aula 17 Strings e Matrizes Instituto de Computação Unicamp 5 de Maio de 2015 Roteiro 1 Strings Strings: Exemplos 2 Matrizes Exemplos com Matrizes 3 Exercícios (Instituto de Computação Unicamp) MC-102

Leia mais

Estrutura de um programa em linguagem C

Estrutura de um programa em linguagem C Estrutura de um programa em linguagem C Estrutura de um programa em linguagem C Exemplo de um programa em linguagem C Directivas de Pré-Processamento #include Declarações Globais Declarações

Leia mais

Introdução. Manipulação de arquivos em C. Estrutura de Dados II Prof Jairo Francisco de Souza

Introdução. Manipulação de arquivos em C. Estrutura de Dados II Prof Jairo Francisco de Souza Introdução Manipulação de arquivos em C Estrutura de Dados II Prof Jairo Francisco de Souza Manipulação de Arquivo em C Existem dois tipos possíveis de acesso a arquivos na linguagem C : sequencial (lendo

Leia mais

Capítulo 2: Introdução à Linguagem C

Capítulo 2: Introdução à Linguagem C Capítulo 2: Introdução à Linguagem C INF1005 Programação 1 Pontifícia Universidade Católica Departamento de Informática Programa Programa é um algoritmo escrito em uma linguagem de programação. No nosso

Leia mais

Exercício 1. Tabela 1: Cadastro de usuários, senhas e privilégios (exemplo). Login Senha Privilégio Armamento

Exercício 1. Tabela 1: Cadastro de usuários, senhas e privilégios (exemplo). Login Senha Privilégio Armamento 1/5 Exercício 1 Um sistema de segurança militar, usado num submarino nuclear, controla o acesso de usuários a três subsistemas (armamento, navegação e comunicações) através da digitação do login do usuário

Leia mais

Resumo da Matéria de Linguagem de Programação. Linguagem C

Resumo da Matéria de Linguagem de Programação. Linguagem C Resumo da Matéria de Linguagem de Programação Linguagem C Vitor H. Migoto de Gouvêa 2011 Sumário Como instalar um programa para executar o C...3 Sintaxe inicial da Linguagem de Programação C...4 Variáveis

Leia mais

Linguagens de Programação I

Linguagens de Programação I Linguagens de Programação I Tema # 8 Strings e Estruturas Susana M Iglesias 1 STRINGS - INTRODUÇÃO Strings (cadeia de caracteres): é uma serie de caracteres que podem ser tratados como uma unidade simples,

Leia mais

Resumo da Introdução de Prática de Programação com C. A Linguagem C

Resumo da Introdução de Prática de Programação com C. A Linguagem C Resumo da Introdução de Prática de Programação com C A Linguagem C O C nasceu na década de 70. Seu inventor, Dennis Ritchie, implementou-o pela primeira vez usando um DEC PDP-11 rodando o sistema operacional

Leia mais

Curso de Linguagem C

Curso de Linguagem C Curso de Linguagem C 1 Aula 1 - INTRODUÇÃO...4 AULA 2 - Primeiros Passos...5 O C é "Case Sensitive"...5 Dois Primeiros Programas...6 Introdução às Funções...7 Introdução Básica às Entradas e Saídas...

Leia mais

INF 1005 Programação I

INF 1005 Programação I INF 1005 Programação I Aula 03 Introdução a Linguagem C Edirlei Soares de Lima Estrutura de um Programa C Inclusão de bibliotecas auxiliares: #include Definição de constantes:

Leia mais

LP II Estrutura de Dados. Introdução e Linguagem C. Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br

LP II Estrutura de Dados. Introdução e Linguagem C. Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br LP II Estrutura de Dados Introdução e Linguagem C Prof. José Honorato F. Nunes honorato.nunes@ifbaiano.bonfim.edu.br Resumo da aula Considerações Gerais Introdução a Linguagem C Variáveis e C Tipos de

Leia mais

AULA 2: INTRODUÇÃO A LINGUAGEM DE C. Curso: Ciência da Computação Profª.: Luciana Balieiro Cosme

AULA 2: INTRODUÇÃO A LINGUAGEM DE C. Curso: Ciência da Computação Profª.: Luciana Balieiro Cosme AULA 2: INTRODUÇÃO A LINGUAGEM DE C Curso: Ciência da Computação Profª.: Luciana Balieiro Cosme Agenda Introdução a linguagem C Compiladores Variáveis IDEs Exemplos Exercícios Introdução A Linguagem C

Leia mais

Programação de Computadores II. Cap. 7 Cadeias de Caracteres 1/2

Programação de Computadores II. Cap. 7 Cadeias de Caracteres 1/2 Programação de Computadores II Cap. 7 Cadeias de Caracteres 1/2 Livro: Waldemar Celes, Renato Cerqueira, José Lucas Rangel. Introdução a Estruturas de Dados, Editora Campus (2004) Slides adaptados dos

Leia mais

Caracteres e Cadeias de Caracteres

Caracteres e Cadeias de Caracteres Caracteres e Cadeias de Caracteres INF1005 Programação I Prof. Hélio Lopes lopes@inf.puc-rio.br sala 408 RDC 1 caracteres e cadeias de caracteres tópicos caracteres cadeias de caracteres (strings) vetor

Leia mais

Manipulação de Arquivos

Manipulação de Arquivos Manipulação de Arquivos Estrutura de Dados II Prof. Guilherme Tavares de Assis Universidade Federal de Ouro Preto UFOP Instituto de Ciências Exatas e Biológicas ICEB Departamento de Computação DECOM Tipo

Leia mais

Estruturas de entrada e saída

Estruturas de entrada e saída capa Estruturas de entrada e saída - A linguagem C utiliza de algumas funções para tratamento de entrada e saída de dados. - A maioria dessas funções estão presentes na biblioteca . - As funções

Leia mais

Curso de C. Procedimentos e Funções. 6/4/200901/04/09 09:42 Copyright@Arnaldo V Moura, Daniel F Ferber 1

Curso de C. Procedimentos e Funções. 6/4/200901/04/09 09:42 Copyright@Arnaldo V Moura, Daniel F Ferber 1 Curso de C Procedimentos e Funções 6/4/200901/04/09 09:42 Copyright@Arnaldo V Moura, Daniel F Ferber 1 Funções Roteiro: Funções Declaração e chamada Funções importantes Exemplos de funções Variáveis Globais,

Leia mais

Edwar Saliba Júnior. Dicas, Comandos e Exemplos Comparativos entre Linguagem Algorítmica e Linguagem C / C++

Edwar Saliba Júnior. Dicas, Comandos e Exemplos Comparativos entre Linguagem Algorítmica e Linguagem C / C++ Edwar Saliba Júnior Dicas, Comandos e Exemplos Comparativos entre Linguagem Algorítmica e Linguagem C / C++ Belo Horizonte 2009 Sumário 1 Nota:... 2 2 Comandos e Palavras Reservadas:... 3 3 Dicas... 4

Leia mais

Comandos Sequenciais if else, e Switch

Comandos Sequenciais if else, e Switch Introdução à Programação Comandos Sequenciais if else, e Switch 1º ano - ESI e IGE (2011/2012) Engenheiro Anilton Silva Fernandes (afernandes@unipiaget.cv) O computador pensa? Muitas vezes utiliza-se a

Leia mais

Plano de Aula. if(condição) { bloco de comandos; } else { bloco de comandos2; }

Plano de Aula. if(condição) { bloco de comandos; } else { bloco de comandos2; } Instituto Federal de Santa Catarina - Câmpus Chapecó Ensino Médio Integrado em Informática - Módulo IV Unidade Curricular: Programação Estruturada Professora: Lara Popov Zambiasi Bazzi Oberderfer Plano

Leia mais

PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA. CC 2º Período

PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA. CC 2º Período PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA CC 2º Período PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA Aula 06: Ponteiros Declarando e utilizando ponteiros Ponteiros e vetores Inicializando ponteiros Ponteiros para Ponteiros Cuidados a serem

Leia mais

Curso de C: uma breve introdução

Curso de C: uma breve introdução V Semana de Engenharia Elétrica - UFBA Licença de uso e distribuição Todo o material aqui disponível pode, posteriormente, ser utilizado sobre os termos da: Creative Commons License:

Leia mais

Linguagem C. Programação Estruturada. Fundamentos da Linguagem. Prof. Luis Nícolas de Amorim Trigo nicolas.trigo@ifsertao-pe.edu.

Linguagem C. Programação Estruturada. Fundamentos da Linguagem. Prof. Luis Nícolas de Amorim Trigo nicolas.trigo@ifsertao-pe.edu. Programação Estruturada Linguagem C Fundamentos da Linguagem Prof. Luis Nícolas de Amorim Trigo nicolas.trigo@ifsertao-pe.edu.br Sumário Estrutura Básica Bibliotecas Básicas Tipos de Dados Básicos Variáveis/Declaração

Leia mais

Introdução à Linguagem C. Strings. Laboratório de Programação Prof.Alfredo Parteli Gomes

Introdução à Linguagem C. Strings. Laboratório de Programação Prof.Alfredo Parteli Gomes Introdução à Linguagem C Strings Laboratório de Programação Prof.Alfredo Parteli Gomes 1 Strings Não existe um tipo String em C. Strings em C são vetores do tipo char que terminam com \0. Para literais

Leia mais

Matrizes em C. Lucas Ferrari de Oliveira Professor Adjunto. Universidade Federal do Paraná

Matrizes em C. Lucas Ferrari de Oliveira Professor Adjunto. Universidade Federal do Paraná em C Lucas Ferrari de Oliveira Professor Adjunto Universidade Federal do Paraná Uma matriz é uma coleção de variáveis do mesmo tipo que é referenciada por um nome comum; Em C todas as matrizes consistem

Leia mais

Operaçõe õ s c om o Strings Intr oduç ão a o Ponte iros o e Funçõe õ s

Operaçõe õ s c om o Strings Intr oduç ão a o Ponte iros o e Funçõe õ s Universidade de São Paulo São Carlos Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação Operações com Strings Introdução a Ponteiros e Funções Profa Rosana Braga 1 Strings Strings são seqüências de caracteres

Leia mais

Arquivos. Em relação ao Scilab, existem alguns tipos de arquivos que podem ser lidos, criados ou modificados.

Arquivos. Em relação ao Scilab, existem alguns tipos de arquivos que podem ser lidos, criados ou modificados. Arquivos Arquivos correspondem a unidades de armazenamento, tipicamente gravados em unidades de memória secundária. Sistemas operacionais, como Linux ou Windows, permitem que arquivos sejam criados e recuperados

Leia mais

Registros. Técnicas de Programação. Rafael Silva Guimarães :p://:p.ci.ifes.edu.br/informa@ca/rafael_guimaraes

Registros. Técnicas de Programação. Rafael Silva Guimarães :p://:p.ci.ifes.edu.br/informa@ca/rafael_guimaraes Rafael Silva Guimarães :p://:p.ci.ifes.edu.br/informa@ca/rafael_guimaraes Registros Técnicas de Programação Baseado no material do Prof. Rafael Vargas Mesquita Conceito de Registro (Struct) Vetores e Matrizes

Leia mais

Introdução a Programação. Ponteiros e Strings, Alocação Dinâmica

Introdução a Programação. Ponteiros e Strings, Alocação Dinâmica Introdução a Programação Ponteiros e Strings, Alocação Dinâmica Tópicos da Aula Hoje aprenderemos a relação entre ponteiros e strings Ponteiros para strings X Vetores de Caracteres Vetores de ponteiros

Leia mais

Linguagem C: variáveis, operadores, entrada/saída. Prof. Críston Algoritmos e Programação

Linguagem C: variáveis, operadores, entrada/saída. Prof. Críston Algoritmos e Programação Linguagem C: variáveis, operadores, entrada/saída Prof. Críston Algoritmos e Programação Linguagem C Linguagem de uso geral (qualquer tipo de aplicação) Uma das linguagens mais utilizadas Foi utilizada

Leia mais

INF 1005 Programação I lista 12

INF 1005 Programação I lista 12 INF 1005 Programação I lista 12 Caracteres e cadeias de caracteres (strings) 1. [tarefa 42] Implemente e teste uma função que receba uma string como parâmetro e modifique essa string trocando todos os

Leia mais

17 - Funções e Procedimentos em C Programação Modular

17 - Funções e Procedimentos em C Programação Modular 17 - Funções e Procedimentos em C Programação Modular Unesp Campus de Guaratinguetá Curso de Programação Computadores Prof. Aníbal Tavares Profa. Cassilda Ribeiro Ministrado por: Prof. André Amarante 17

Leia mais

system("pause"); //Envia comando para o sistema operacional solicitando parada de execução do programa } //limitador do corpo do programa

system(pause); //Envia comando para o sistema operacional solicitando parada de execução do programa } //limitador do corpo do programa Atividade Prática no Ambiente Dev C++ Para as nossas atividades práticas vamos utilizar o ambiente de desenvolvimento da Linguagem C, Dev C++, ele é bastante fácil de utilizar e com muitos recursos. Segue

Leia mais

Linguagem C Tipos de Dados. void; escalares; sizeof Vectores; strings em C Estruturas Introdução ao pré-processador

Linguagem C Tipos de Dados. void; escalares; sizeof Vectores; strings em C Estruturas Introdução ao pré-processador Linguagem C Tipos de Dados void; escalares; sizeof Vectores; strings em C Estruturas Introdução ao pré-processador Funções void void pode ser usado em lugar de um tipo, para indicar a ausência de valor

Leia mais

Introdução a C Tipos de Dados Variáveis Operadores

Introdução a C Tipos de Dados Variáveis Operadores Introdução a C Tipos de Dados Variáveis Operadores INF1005 Programação I Prof. Hélio Lopes lopes@inf.puc-rio.br sala 408 RDC 1 introdução a C tópicos ciclo de desenvolvimento sistemas numéricos tipos de

Leia mais

P r o g r a m a ç ã o d e C o m p u t a d o r e s 1 o S e m - 2 0 1 3 P r o f. A n d r é A m a r a n t e L u i z L A B 5 tag %2d while printf PE1:

P r o g r a m a ç ã o d e C o m p u t a d o r e s 1 o S e m - 2 0 1 3 P r o f. A n d r é A m a r a n t e L u i z L A B 5 tag %2d while printf PE1: Inteligência É a faculdade de criar objetos artificiais, especialmente ferramentas para fazer ferramentas. Henri Bergson. WHILE Além dos comandos if-else e switch, o controle de fluxo de um programa pode

Leia mais

Manipulação de Arquivos

Manipulação de Arquivos 1 Manipulação de Arquivos Para realizar E/S em arquivo, você precisa incluir o arquivo-cabeçalho fstream.h nos programas. Esse arquivo define muitas classes e valores importantes. Abrindo e fechando um

Leia mais

Estruturas de Repetição

Estruturas de Repetição Estruturas de Repetição Introdução No capítulo anterior verificamos que a execução seqüencial dos comandos da função main nos limita a programação de algoritmos muito simples. Passamos, então, a dedicar

Leia mais

Um processo sob UNIX ocupa uma área de memória formada basicamente por 3 partes:

Um processo sob UNIX ocupa uma área de memória formada basicamente por 3 partes: Processos O UNIX é um sistema operacional multitarefa (suporta multiprogramação). Isso significa que ele é capaz de gerenciar a execução simultânea de vários programas. O termo processo é usado para caracterizar

Leia mais

Lista de Exercícios II. 01. Desenvolva um programa em C que receba um valor numérico real, verifique e mostre se esse número é positivo.

Lista de Exercícios II. 01. Desenvolva um programa em C que receba um valor numérico real, verifique e mostre se esse número é positivo. Lista de Exercícios II 01. Desenvolva um programa em C que receba um valor numérico real, verifique e mostre se esse número é positivo. #include int main(int argc, char *argv[]) { /*declaração

Leia mais

Tipos agregados. Tipos estruturados

Tipos agregados. Tipos estruturados Tipos agregados ou Tipos estruturados permitem a implementação de agrupamentos de dados. exemplos: lista de valores que representam as taxas mensais de inflação durante um ano; ficha de cadastro de um

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação Introdução a Computação Aula 02 Introdução a Linguagem C Edirlei Soares de Lima Lógica de Programação Lógica de Programação é a técnica de criar sequências lógicas de ações para

Leia mais

1 Exercícios com ponteiros

1 Exercícios com ponteiros Computação para Informática Funções e Ponteiros1 EXERCÍCIOS COM PONTEIROS Computação para Informática - Prof. Adriano Joaquim de Oliveira Cruz Aula Prática - Funções e ponteiros O objetivo desta aula prática

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE INFORMÁTICA INFORMÁTICA APLICADA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE INFORMÁTICA INFORMÁTICA APLICADA Responda 1) Quem desenvolveu a linguagem C? Quando? 2) Existe alguma norma sobre a sintaxe da linguagem C? 3) Quais são os tipos básicos de dados disponíveis na linguagem C? 4) Quais são as principais

Leia mais

CCO 016 Fundamentos de Programação

CCO 016 Fundamentos de Programação CCO 016 Fundamentos de Programação Prof. Roberto Affonso da Costa Junior Universidade Federal de Itajubá AULA 10 Agregados Homogêneos Variáveis Indexadas Cadeia de Caracteres String Cadeia ou string O

Leia mais

MC-102 Aula 19 Registros

MC-102 Aula 19 Registros MC-102 Aula 19 Registros Instituto de Computação Unicamp 4 de Maio de 2015 Roteiro 1 Registros 2 Redefinição de tipos (Instituto de Computação Unicamp) MC-102 Aula 19 4 de Maio de 2015 2 / 17 Registros

Leia mais

Programação de Computadores I. Ponteiros

Programação de Computadores I. Ponteiros Ponteiros Prof. Edwar Saliba Júnior Outubro de 2012 Unidade 13 Ponteiros 1 Identificadores e Endereços Na linguagem C, uma declaração de variável faz associação entre um identificador e endereços de memória;

Leia mais

PIP/CA - Programa Interdisciplinar de Pós-Graduação em Computação Aplicada da UNISINOS ALGORITMOS & ESTRUTURAS DE DADOS

PIP/CA - Programa Interdisciplinar de Pós-Graduação em Computação Aplicada da UNISINOS ALGORITMOS & ESTRUTURAS DE DADOS PIP/CA - Programa Interdisciplinar de Pós-Graduação em Computação Aplicada da UNISINOS Disciplina de Nivelamento - 2000/1: ALGORITMOS & ESTRUTURAS DE DADOS Professor Responsável: Prof. Fernando Santos

Leia mais

1 Resumo: Strings e vetores de caracteres. Departamento de Ciência da Computação IME/USP

1 Resumo: Strings e vetores de caracteres. Departamento de Ciência da Computação IME/USP Departamento de Ciência da Computação MAC2166 Introdução a Computação IME/USP Strings e vetores de caracteres 1 Resumo: O uso de strings facilita a manipulação de palavras e textos. Strings são basicamente

Leia mais

Strings. Adaptado de Deise Saccol

Strings. Adaptado de Deise Saccol Strings Adaptado de Deise Saccol 1 Strings Não existe um tipo String em C. Strings em C são uma array do tipo char que termina com \0. Para literais String, o próprio compilador coloca \0. #include

Leia mais

Conceitos de Linguagens de Programação

Conceitos de Linguagens de Programação Conceitos de Linguagens de Programação Aula 07 Nomes, Vinculações, Escopos e Tipos de Dados Edirlei Soares de Lima Introdução Linguagens de programação imperativas são abstrações

Leia mais

ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO PARA COMPUTADORES II

ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO PARA COMPUTADORES II 1 Disciplina: ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO PARA COMPUTADORES II Faculdade de Análise de Sistemas Práticas de Laboratório 1- Cronograma Previsto (este cronograma pode sofrer alterações em decorrência de ajustes

Leia mais

IFTO LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO AULA 05

IFTO LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO AULA 05 IFTO LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO AULA 05 Prof. Manoel Campos da Silva Filho Tecnólogo em Processamento de Dados / Unitins Mestre em Engenharia Elétrica / UnB http://lab.ifto.edu.br/~mcampos http://manoelcampos.com

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) 2013/2. Introdução à Programação de Computadores. Aula - Tópico 1

Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) 2013/2. Introdução à Programação de Computadores. Aula - Tópico 1 Algoritmos e Estruturas de Dados I (DCC/003) 2013/2 Introdução à Programação de Computadores Aula - Tópico 1 1 Por que usar um computador? Como conversar com um computador? 0101001001010100101011 0010100110101011111010

Leia mais

Estrutura da linguagem de programação C Prof. Tiago Eugenio de Melo tiago@comunidadesol.org

Estrutura da linguagem de programação C Prof. Tiago Eugenio de Melo tiago@comunidadesol.org Estrutura da linguagem de programação C Prof. Tiago Eugenio de Melo tiago@comunidadesol.org Breve Histórico A linguagem de programação C foi criada na década de 70, por Dennis Ritchie, que a implementou,

Leia mais

Sistemas Operacionais INF 09344 Prof. José Gonçalves

Sistemas Operacionais INF 09344 Prof. José Gonçalves Sistemas Operacionais INF 09344 Prof. José Gonçalves 1 o Trabalho de Programação Período: 2014/1 Data de Entrega: 2/6/2014 Parte I. Usando Fork e Wait Você deve criar um programa C partei.c. Durante a

Leia mais

Analise o código abaixo:

Analise o código abaixo: Recursão - introdução Analise o código abaixo: 1 # include 2 # include 3 int Fatorial ( int x) 4 int k, s =1; for (k =0;k

Leia mais

Aluísio Eustáquio da Silva

Aluísio Eustáquio da Silva 1 Aluísio Eustáquio da Silva SciLab Programável Material didático usado em aulas de Programação de Computadores, Algoritmos e Lógica de Programação Betim Maio de 2012 2 PROGRAMAÇÃO O SciLab permite que

Leia mais

MC102 Algoritmos e programação de computadores Aula 3: Variáveis

MC102 Algoritmos e programação de computadores Aula 3: Variáveis MC102 Algoritmos e programação de computadores Aula 3: Variáveis Variáveis Variáveis são locais onde armazenamos valores na memória. Toda variável é caracterizada por um nome, que a identifica em um programa,

Leia mais

AULA 12 CLASSES DA API JAVA. Disciplina: Programação Orientada a Objetos Professora: Alba Lopes alba.lopes@ifrn.edu.br

AULA 12 CLASSES DA API JAVA. Disciplina: Programação Orientada a Objetos Professora: Alba Lopes alba.lopes@ifrn.edu.br AULA 12 CLASSES DA API JAVA Disciplina: Programação Orientada a Objetos Professora: Alba Lopes alba.lopes@ifrn.edu.br CLASSES DA API JAVA A maioria dos programas de computador que resolvem problemas do

Leia mais

Métodos Computacionais. Strings (Vetor de Caracteres)

Métodos Computacionais. Strings (Vetor de Caracteres) Métodos Computacionais Strings (Vetor de Caracteres) Em C, o tipo char : Caracteres é usado para representar caracteres pode armazenar valores inteiros (em 1 byte), representando assim, 256 valores distintos

Leia mais

Análise de vulnerabilidades de um código fonte escrito em linguagem C

Análise de vulnerabilidades de um código fonte escrito em linguagem C Análise de vulnerabilidades de um código fonte escrito em linguagem C Fausto Levandoski 1 1 Universidade do Vale do Rios dos Sinos (UNISINOS) Curso Tecnólogo em Segurança da Informação Av. Unisinos, 950

Leia mais

PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA. CC 2º Período

PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA. CC 2º Período PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA CC 2º Período PROGRAMAÇÃO ESTRUTURADA Aula 07: Funções O comando return Protótipo de funções O tipo void Arquivos-cabeçalho Escopo de variáveis Passagem de parâmetros por valor

Leia mais

ESTRUTURAS CONDICIONAIS. Baseado nos slides de autoria de Rosely Sanches e Simone Senger de Souza

ESTRUTURAS CONDICIONAIS. Baseado nos slides de autoria de Rosely Sanches e Simone Senger de Souza ESTRUTURAS CONDICIONAIS Baseado nos slides de autoria de Rosely Sanches e Simone Senger de Souza Estruturas de Controle ESTRUTURA SEQUENCIAL ESTRUTURA CONDICIONAL ESTRUTURA DE REPETIÇÃO 2 Estruturas Condicionais

Leia mais

Componentes da linguagem C++

Componentes da linguagem C++ Componentes da linguagem C++ C++ é uma linguagem de programação orientada a objetos (OO) que oferece suporte às características OO, além de permitir você realizar outras tarefas, similarmente a outras

Leia mais

14. Arquivos. W. Celes e J. L. Rangel. Estruturas de Dados PUC-Rio 13-1

14. Arquivos. W. Celes e J. L. Rangel. Estruturas de Dados PUC-Rio 13-1 14. Arquivos W. Celes e J. L. Rangel Neste capítulo, apresentaremos alguns conceitos básicos sobre arquivos, e alguns detalhes da forma de tratamento de arquivos em disco na linguagem C. A finalidade desta

Leia mais

SCC-210 Algoritmos Avançados

SCC-210 Algoritmos Avançados SCC-210 Algoritmos Avançados Capítulo 3 Strings João Luís G. Rosa Strings & Códigos de Caracteres Caracteres são representados por códigos. Códigos de caracteres: Mapeamento símbolo (em um dado alfabeto)

Leia mais

Neste artigo estudaremos os conceitos relacionados às matrizes unidimensionais (vetores) e multidimensionais.

Neste artigo estudaremos os conceitos relacionados às matrizes unidimensionais (vetores) e multidimensionais. Linguagem C Matrizes Objetivos Neste artigo estudaremos os conceitos relacionados às matrizes unidimensionais (vetores) e multidimensionais. Definição de Matrizes em Linguagem C As matrizes em geral são

Leia mais

Disciplina de Algoritmos e Programação

Disciplina de Algoritmos e Programação Disciplina de Algoritmos e Programação Último Conteúdo Estruturas de condição Estrutura condicional simples Utilização da estrutura de condição if com expressões lógicas simples Utilização do comando if

Leia mais

Tipos de Dados Simples

Tipos de Dados Simples Programação 11543: Engenharia Informática 6638: Tecnologias e Sistemas de Informação Cap. 3 Tipos de Dados Simples Tipos de Dados Simples Objectivos: Hierarquia de tipos de dados Tipos de dados simples

Leia mais

Linguagem de Programação C

Linguagem de Programação C ICMC USP Linguagem de Programação C Aula: Funções em C Prof Alneu de Andrade Lopes MODULARIZAÇÃO Um problema complexo é melhor abordado se for dividido primeiramente em vários subproblemas MODULARIZAÇÃO

Leia mais

Vetores e Strings. 4. Funções Básicas para manipulação de Strings. A função gets() lê uma string do teclado. Sua forma geral é:

Vetores e Strings. 4. Funções Básicas para manipulação de Strings. A função gets() lê uma string do teclado. Sua forma geral é: 4. Funções Básicas para manipulação de Strings - gets A função gets() lê uma string do teclado. Sua forma geral é: gets (nome_da_string); 187 - gets (continuação) Exemplo: Vetores e Strings 188 #include

Leia mais

ESTRUTURAS COMPOSTAS VETOR

ESTRUTURAS COMPOSTAS VETOR ESTRUTURAS COMPOSTAS Variáveis Compostas Unidimensionais VETOR slides desenvolvidos pela Profa. Rosely Sanches 2 ESTRUTURAS COMPOSTAS Pode-se organizar tipos simples em tipos mais complexos formando as

Leia mais

Aula 1. // exemplo1.cpp /* Incluímos a biblioteca C++ padrão de entrada e saída */ #include

Aula 1. // exemplo1.cpp /* Incluímos a biblioteca C++ padrão de entrada e saída */ #include <iostream> Aula 1 C é uma linguagem de programação estruturada desenvolvida por Dennis Ritchie nos laboratórios Bell entre 1969 e 1972; Algumas características: É case-sensitive, ou seja, o compilador difere letras

Leia mais

PROGRAMAÇÃO FUNÇÕES NA LINGUAGEM C

PROGRAMAÇÃO FUNÇÕES NA LINGUAGEM C PROGRAMAÇÃO FUNÇÕES NA LINGUAGEM C 1 Enunciado: a)implementar a função maior que devolve o maior de dois números inteiros passados como parâmetro; b)construir um programa em C que determine o maior de

Leia mais

1. Fazer um programa em C que pergunta um valor em metros e imprime o correspondente em decímetros, centímetros e milímetros.

1. Fazer um programa em C que pergunta um valor em metros e imprime o correspondente em decímetros, centímetros e milímetros. Lista de exercícios: Grupo I - programa seqüênciais simples 1. Fazer um programa em C que pergunta um valor em metros e imprime o correspondente em decímetros, centímetros e milímetros. 2. Fazer um programa

Leia mais