Introdução aos critérios de consulta. Um critério é semelhante a uma fórmula é uma cadeia de caracteres que pode consistir em

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Introdução aos critérios de consulta. Um critério é semelhante a uma fórmula é uma cadeia de caracteres que pode consistir em"

Transcrição

1 Material retirado do site Office online. Introdução aos critérios de consulta Um critério é semelhante a uma fórmula é uma cadeia de caracteres que pode consistir em referências de campo, operadores e constantes. Os critérios de consulta também são denominados de expressões no Microsoft Office Access As tabelas a seguir mostram alguns exemplos de critérios e explicam como eles funcionam. Critérios Descrição >25 e <50 Esse critério é aplicado a um campo Número, como Preço ou UnidadesEmEstoque. Inclui apenas os registros, nos quais o campo Preço ou UnidadesEmEstoque contêm um valor maior do que 25 e menor do que 50. DifData ("aaaa", [DataDeNascimento], Data()) > 30 É Nulo Esse critério é aplicado a um campo Data/Hora, como DataDeNascimento. Apenas registros nos quais o número de anos entre a data de nascimento de uma pessoa e a data atual for maior do que 30 são incluídos no resultado da consulta. Esse critério pode ser aplicado a qualquer tipo de campo para mostrar registros nos quaiso valor do campo seja nulo. Como você pode observar, os critérios podem parecer muito diferentes entre si, dependendo do tipo de dados do campo ao qual eles são aplicados e os requisitos específicos do usuário. Alguns critérios são simples e utilizam constantes e operadores básicos. Outros são complexos e utilizam funções, operadores especiais e incluem referências de campos. Este tópico lista vários critérios freqüentemente usados por tipo de dados. Se os exemplos fornecidos neste tópico não se aplicam às suas necessidades específicas, poderá ser necessário gravar seus próprios critérios. Para fazer isso, você deve primeiro se familiarizar com a lista completa de funções, operadores, caracteres especiais e a sintaxe para expressões que se refiram a campos e literais. Para obter mais informações, consulte os artigos listados na seção Consulte também. Aqui, você aprenderá onde e como adicionar critérios. Para adicionar critérios a uma consulta, é necessário abrir a consulta no modo Design. Em seguida, identifique os campos para os quais deseja especificar critérios. Se o campo ainda não estiver na grade de design, adicioneo, arrastando-o da janela de design da consulta para a grade do campo, ou clicando duas vezes no campo (Ao clicar duas vezes no campo, você automaticamente o adiciona à próxima coluna vazia na grade do campo). Finalmente, digite os critérios na linha Critérios

2 Os critérios especificados para campos diferentes na linha Critérios são combinados usando o operador E. Em outras palavras, os critérios especificados nos campos Cidade e DataDeNascimento são interpretados da seguinte maneira: Cidade = "Curitiba" E DataDeNascimento < SomData("aaaa", -40, Data()) 1. Os campos Cidade e DataDeNascimento incluem critérios. 2. Apenas os registros em que o valor do campo Cidade for Curitiba irá satisfazer este critério. 3. Apenas os quem tem pelo menos 40 anos de idade irá satisfazer este critério. 4. Apenas os registros que atendam aos dois critérios serão incluídos no resultado. E se você quiser que apenas uma dessas condições seja atendida? Ou seja, se você tiver critérios alternativos, como eles serão inseridos? Caso tenha critérios alternativos, ou dois conjuntos independentes de critérios, em que é suficiente satisfazer um dos conjuntos, use as linhas Critérios e ou na grade de design.

3 1. O critério Cidade está especificado na linha Critérios. 2. O critério DataDeNascimento está especificado na linha ou. Os critérios especificados nas linhas Critérios e ou são combinados usando o operador OU, conforme mostrado abaixo: Cidade = "Curitiba" OU DataDeNascimento < SomData("aaaa", -40, Data()) Se for necessário especificar mais alternativas, use as linhas abaixo da linha ou. Antes de continuar examinando os exemplos, observe o seguinte: Se os critérios são temporários ou são alterados com freqüência, você pode filtrar o resultado da consulta, em vez de modificar freqüentemente os critérios da consulta. Um filtro é um critério temporário que altera o resultado da consulta, sem mudar o design da consulta. Para obter mais informações sobre filtros, Se os campos de critérios não forem alterados, mas os valores que o interessam forem alterados com freqüência, crie uma consulta parâmetro. A consulta parâmetro solicita ao usuário os valores de campos e, em seguida, usa esses valores para criar os critérios da consulta.os exemplos a seguir são para o campo PaísRegião, que é baseado em uma tabela que armazena informações dos contatos. O critério é especificado na linha Critérios do campo na grade de design.

4 Um critério que você especificar para um campo Hiperlink será, por padrão, aplicado à parte de exibição de texto do valor de campo. Para especificar os critérios para a parte da URL (Uniform Resource Locator) de destino do valor, use a expressão HyperlinkPart. A sintaxe dessa expressão é a seguinte: HyperlinkPart([Tabela1].[Campo1],1) = " onde Tabela1 é o nome da tabela que contém o campo hiperlink, Campo1 é o campo hiperlink e é a URL que você quer corresponder. Para incluir registros que... Correspondem totalmente a um valor, como China Não correspondem a um valor, como México Iniciam com a seqüência especificada, como R Não iniciam com a seqüência especificada, como R Contêm seqüência a Use este critério "China" Não "México" Como R* Não Como R* Como "*Coréia*" Resultado da consulta registros nos quais o campo PaísRegião está definido como China. registros nos quais o campo PaísRegião está definido como um país/uma região diferente de México. todos os nomes de países/regiões que iniciam com "R", como Reino Unido, Rússia, etc. OBSERVAÇÃO Quando utilizado em uma expressão, o asterisco (*) representa qualquer seqüência de caracteres também é chamado de caractere curinga. Para obter uma lista desses caracteres, consulte o artigo Referência do caractere curinga do Access. todos nomes de países/regiões com um caractere diferente de "R". todos os nomes de países/regiões que contêm a seqüência

5 especificada, como Coréia Não contêm a seqüência especificada, como Coréia Terminam com a seqüência especificadam, como "ina" Não terminam com a seqüência especificada, como "ina" Contêm nulos ausentes) valores (ou Não contêm valores nulos Contêm seqüências de comprimento zero Não contêm seqüências de comprimento zero Contém valores nulos ou seqüências de comprimento zero Não está vazio ou em branco Seguem um valor, como México, quando são classificados em ordem alfabética Estão dentro de um intervalo específico, como de A a D Correspondam a um de dois valores, como EUA ou Reino Unido Contêm um dos valores em uma lista de valores "Coréia". Não Como "*Coréia*" todos os países/regiões que não contêm a seqüência "Coréia". Como "*ina" Não Como "*ina" É Nulo É Negado Nulo todos os nomes de países/regiões que terminam em "ina", como China e Argentina. todos os nomes de países/regiões que não terminam em "ina", como China e Argentina. registros nos quais não há valores no campo. registros nos quais o valor não está ausente no campo. "" (um par de aspas) registros nos quais o campo é definido como um valor em branco (mas não nulo). Por exemplo, vendas realizadas para outro departamento podem conter um valor em branco no campo PaísRegião. Não "" registros nos quais o campo PaísRegião possui um valor não vazio. "" Ou É Nulo registros onde não há valor no campo ou o campo está definido como um valor em branco. É Negado Nulo e Não "" registros nos quais o campo PaísRegião tem um valor não vazio, não nulo. >= "México" todos os países/as regiões, iniciando com México e continuando até o fim do alfabeto. Como "[A-D]*" nomes de países/regiões que iniciam com as letras de "A" a "D". "EUA" Ou "Reino Unido" Em("França", "China", "Alemanha", "Japão") EUA e Reino Unido. todos os países/regiões especificados na lista.

6 Contêm determinados caracteres em uma posição específica no valor do campo Satisfaçam requisitos comprimento de Correspondam a um padrão específico Direita([PaísRegião], 1) = "a" Compr([PaísRegião]) > 10 todos os nomes de países/regiões nos quais a última letra seja "a". nomes de países/regiões que têm mais de 10 caracteres de comprimento. Como "Chi??" nomes de países/regiões, como China e Chile, que têm cinco caracteres de comprimento e os primeiros três caracteres são "Chi". OBSERVAÇÃO Os caracteres? e _, quando usados em uma expressão, representam um caractere único são também chamados de caracteres curinga. O caractere _ não pode ser usado na mesma expressão que o caractere?, nem pode ser usado em uma expressão com o caractere curinga *. Você pode usar o caractere curinga _ em uma expressão que também contenha o caractere curinga %. Critérios para campos Número, Moeda e AutoNumeração Os exemplos a seguir são para o campo PreçoUnitário, em uma consulta baseada em uma tabela que armazena informações sobre produtos. O critério é especificado na linha Critérios do campo, na grade de design da consulta. Para incluir registros que... Use este critério Resultado da consulta

7 Corresponda totalmente a um valor, como 100 Não correspondam a um valor, como 1000 Contêm um valor menor do que um outro valor, como 100 Contêm um valor maior do que outro valor, como 99,99 Contêm um de dois valores, como 20 ou 25 Contêm um valor que está em um intervalo de valores Contêm um valor que está fora de um intervalo Contêm um de muitos valores especificados Contêm um valor que termina com os dígitos específicados 100 registros nos quais o preço unitário do produto é R$ 100,00. Não 1000 < 100 <= 100 >99,99 >=99,99 registros nos quais o preço unitário do produto não é R$ 1.000,00. registros nos quais o preço unitário é menor do que R$ 100,00 (<100). A segunda expressão (<=100) exibe registros nos quais o preço unitário é menor do que ou igual a R$ 100,00. registros nos quais o preço unitário é maior do que R$ 99,99 (>99,99). A segunda expressão exibe registros nos quais o preço unitário é maior do que ou igual a R$ 99, ou 25 registros nos quais o preço unitário é R$ 20,00 ou R$ 25,00. >49,99 e <99,99 -ou- Entre 50 e 100 <50 ou >100 Em(20, 25, 30) Como "*4,99" registros nos quais o preço unitário está entre (mas não incluindo) R$ 49,99 e R$ 99,99. registros nos quais o preço unitário não está entre R$ 50,00 e R$ 100,00. registros nos quais o preço unitário é R$ 20,00, R$ 25,00 ou R$ 30,00. registros nos quais o preço unitário termina com "4,99", como R$ 4,99, R$ 14,99, R$ 24,99, etc. OBSERVAÇÃO Os caracteres * e %, quando usados em uma expressão, representam qualquer número de caracteres são também chamados de caracteres curinga. O caractere % não pode ser usado na mesma expressão que o caractere *, nem pode ser usado em uma expressão com o caractere curinga?. Você pode usar o caractere curinga % em uma expressão que também contenha o caractere curinga _. Contêm nulos ausentes) valores (ou É Nulo m registros nos quais nenhum valor é inserido no campo PreçoUnitário. Contêm não nulos valores É Negado Nulo registros nos quais o valor não está ausente no campo PreçoUnitário. Critérios para campos Data/Hora Os exemplos a seguir são para o campo DataDoPedido, em um consulta com base em uma tabela que armazena informações sobre pedidos. O critério especificado na linha Critérios do campo, na grade de design da consulta.

8 Para incluir registros que... Correspondem totalmente a um valor, como 2/2/2006 Não correspondem a um valor, como 2/2/2006 Contêm valores que estão antes de um determinado valor, como 2/2/2006 Use este critério Resultado da consulta # # em 2 de Lembrese de incluir os valores de data entre os caracteres # para que o Access possa distinguir entre valores de data e seqüências de texto. Não #2/2/2006# em um dia diferente de 3 de fevereiro de < #2/2/2006# antes de 2 de Para

9 visualizar nessa data ou antes dessa data, use o operador <=, em vez do operador <. Contêm valores que estão depois de uma determinada data, como 2/2/2006 Contêm valores que estão em um intervalo de datas Contêm valores que estão fora de um intervalo > #2/2/2006# depois de 2 de fevereiro de Para visualizar nessa data ou depois dessa data, use o operador >=, em vez do operador >. >#2/2/2006# e <#2/4/2006# registros nos quais as ocorreram entre 2 de 2006 e 4 de Você também pode usar o operador Entre para filtrar um intervalo de valores. Por exemplo, Entre #2/2/2006# e #2/4/2006# é o mesmo que >#2/2/2006# e <#2/4/2006#. <#2/2/2006# ou >#2/4/2006# registros nos quais as ocorreram antes de 2 de

10 Contêm um de dois valores, como 2/2/2006 ou 2/3/2006 Contêm um de muitos valores que está em um mês específico (independente do ano), como dezembro que está em um trimestre específico (independente do ano), como o primeiro trimestre Contêm a data de hoje Contêm a data de ontem 2006 ou depois de 4 de fevereiro de #2/2/2006# ou #2/3/2006# em 2 de 2006 ou 3 de Em (#2/1/2006#, #3/1/2006#, #4/1/2006#) PartData("m", [DataDaVenda]) = 12 PartData("t", [DataDaVenda]) = 1 Data( ) Data()-1 registros nos quais as ocorreram em 1 de fevereiro de 2006, 1 de março de 2006 ou 1 de abril de registros nos quais as ocorreram em dezembro de algum ano. registros nos quais as ocorreram no primeiro trimestre de qualquer ano. no dia atual. Se a data atual for 2/2/2006, registros nos quais o campo DataDoPedido está definido como 2 de registros de

11 Contêm a data de amanhã Contêm datas que estão na semana atual Contêm datas que estão na semana anterior Contêm datas que estão na semana seguinte Data() + 1 PartData("ss", [DataDaVenda]) = PartData("ss", Data()) e Ano( [DataDaVenda]) = Ano(Data()) Ano([DataDaVenda])* 53 + PartData("ss", [DataDaVenda]) = Ano(Data())* 53 + PartData("ss", Data()) - 1 Ano([DataDaVenda])* 53+PartData("ss", [DataDaVenda]) = Ano(Data())* 53+PartData("ss", Data()) + 1 no dia anterior ao dia atual. Se a data de hoje for 2/2/2006, 1 de fevereiro de no dia seguinte ao dia atual. Se a 3 de fevereiro de durante a semana atual. Um semana inicia no domingo e termina no sábado. durante a última semana. Uma semana inicia no domingo e termina no sábado. que ocorrerão na próxima semana. Uma semana inicia no domigo e termina no sábado. Entre Data() e Data()-6

12 que está nos últimos 7 dias que pertence ao mês atual que pertence ao mês anterior que pertence ao mês seguinte que está nos últimos 30 ou 31 dias Ano([DataDaVenda]) = Ano(Agora()) E Mês([DataDaVenda]) = Mês(Agora()) Ano([DataDaVenda])* 12 + PartData("m", [DataDaVenda]) = Ano(Data())* 12 + PartData("m", Data()) 1 Ano([DataDaVenda])* 12 + PartData("m", [DataDaVenda]) = Ano(Data())* 12 + PartData("m", Data()) + 1 nos últimos 7 dias. Se a o período de 24 de janeiro de 2006 a 2 de fevereiro de o mês atual. Se a data de hoje for 2/2/2006, o mês anterior. Se a janeiro de o mês seguinte. Se a março de Entre Data( ) E SomData("M", -1, Data( )) Um mês válido de vendas. Se a o período de 2 de janeiro de 2006 a 2 de 2006

13 que pertence ao trimestre atual que pertence ao trimestre anterior que pertence ao próximo trimestre que está no ano atual que pertence ao ano anterior que pertence ao Ano([DataDaVenda]) = Ano(Agora()) E PartData("t", Data()) = PartData("t", Agora()) Ano([DataDaVenda])*4+PartData("t",[DataDaVenda]) = Ano(Data())*4+PartData("t",Data())- 1 Ano([DataDaVenda])*4+PartData("t",[DataDaVenda]) = Ano(Data())*4+PartData("t",Data())+1 Ano([DataDaVenda]) = Ano(Data()) Ano([DataDaVenda]) = Ano(Data()) 1 Ano([DataDaVenda]) = Ano(Data()) + 1 o trimestre atual. Se a o primeiro trimestre de o trimestre anterior. Se a o último trimestre de o próximo trimestre. Se a o segundo trimestre de o ano atual. Se a data de hoje for 2/2/2006, o ano de no ano anterior. Se a o ano de registros de

14 próximo ano que está entre 1 de janeiro e hoje (registros do ano até a data atual) que ocorreu no passado que ocorrerá no futuro Filtrar valores nulos (ou ausentes) Filtrar valores não nulos Ano([DataDaVenda]) = Ano(Data()) e Mês([DataDaVenda]) <= Mês(Data()) e Dia([DataDaVenda]) <= Dia (Data()) com a data do ano seguinte. Se a data de hoje for 2/2/2006, o ano de com datas que estão entre 1 de janeiro do ano atual e hoje. Se a data de hoje for 2/2/2006, o período de 1 de janeiro de 2006 a 2 de < Data() antes do dia de hoje. > Data() que ocorrerão depois do dia de hoje. É Nulo É Negado Nulo registros nos quais a data de transação está ausente. registros nos quais a data de transação é conhecida. Critérios para outros campos Campos Sim/Não Na linha Critérios, digite Sim para incluir registros nos quais a caixa de seleção está marcada. Digite Não para incluir registros nos quais a caixa de seleção não está marcada.

15 Anexos Na linha Critérios, digite É Nulo para incluir registros que não contêm anexos. Digite É Negado Nulo para incluir registros que contêm anexos. Campos de pesquisa Há dois tipos de Campos de pesquisa: os que pesquisam valores em uma fonte de dados já existente (usando uma chave externa) e os que são baseados em uma lista de valores especificados quando o campo de pesquisa é criado. Os campos de pesquisa que são baseados em uma lista de valores especificados são do tipo de dados Texto e os critérios válidos são os mesmos que para os outros campos de texto. Os critérios que você pode usar em um campo de pesquisa baseado em valores de uma fonte de dados existente dependem do tipo de dados da chave estrangeira, em vez de depender do tipo de dados que estão sendo pesquisados. Por exemplo, você pode ter um campo de pesquisa que exibe o Nome do funcionário, mas utiliza uma chave estrangeira, que tem tipo de dados Número. Como o campo armazena um número, em vez de texto, use os critérios que funcionam para números, ou seja, >2 Se você não souber o tipo de dados da chave estrangeira, poderá verificar a tabela de origem no modo Design para determinar os tipos de dados do campo. Para fazer isso: 1. Localize a tabela de origem no Painel de Navegação. 2. Abra a tabela no modo Design seguindo um desses procedimentos: Clicando na tabela e pressionando CTRL+ENTER Clicando com o botão direito do mouse na tabela e clicando em Modo Design. 3. O tipo de dados de cada campo é listado na coluna Tipo de Dados da grade de design da tabela. Campos com múltiplos valores Os dados em um campo com múltiplos valores são armazenados como linhas em uma tabela oculta que o Office Access 2007 cria e preenche para representar o campo. No modo Design da consulta, eles são representados na Lista de Campos, usando um campo expansível. Para usar critérios para um campo com múltiplos valores, forneça critérios para uma única linha da tabela oculta. Para fazer isso: 1. Crie uma consulta que contém o campo com múltiplos valores e abra a consulta no modo Design. 2. Expanda o campo com múltiplos valores clicando no símbolo (+) ao lado do campo se o campo já estiver expandido, aparecerá um sinal de subtração (-). Logo abaixo do nome do campo, um campo representando um valor único do campo com múltiplos valores. Esse campo terá o mesmo nome do campo com múltiplos valores, com o acréscimo da seqüência.valor.

16 3. Arraste o campo com múltiplos valores e o campo com valor único para colunas separadas na grade de design. Se desejar visualizar apenas o campo com valores múltiplos completo nos resultados, limpe a caixa de seleção Mostrar para o campo com valor único. 4. Digite os critérios na linha Critérios para o campo com valor único, usando critérios adequados para o tipo de dados representados pelos valores. 5. Cada valor no campo com múltiplos valores será avaliado individualmente usando os critérios que você forneceu. Por exemplo, você pode ter um campo com múltiplos valores que armazena uma lista de números. Se você fornecer o critério >5 E <3, qualquer registro em que haja, pelo menos, um valor maior do que 5 e um valor menor do que 3 será encontrado

Lição 1 - Criação de campos calculados em consultas

Lição 1 - Criação de campos calculados em consultas 1 de 5 21-08-2011 22:15 Lição 1 - Criação de campos calculados em consultas Adição de Colunas com Valores Calculados: Vamos, inicialmente, relembrar, rapidamente alguns conceitos básicos sobre Consultas

Leia mais

Banco de Dados Microsoft Access: Criar tabelas

Banco de Dados Microsoft Access: Criar tabelas Banco de Dados Microsoft Access: Criar s Vitor Valerio de Souza Campos Objetivos do curso 1. Criar uma no modo de exibição Folha de Dados. 2. Definir tipos de dados para os campos na. 3. Criar uma no modo

Leia mais

Banco de Dados Microsoft Access: Criar tabelas. Vitor Valerio de Souza Campos

Banco de Dados Microsoft Access: Criar tabelas. Vitor Valerio de Souza Campos Banco de Dados Microsoft Access: Criar tabelas Vitor Valerio de Souza Campos Objetivos do curso 1. Criar uma tabela no modo de exibição Folha de Dados. 2. Definir tipos de dados para os campos na tabela.

Leia mais

Tela Inicial: O Banco de Dados e seus objetos:

Tela Inicial: O Banco de Dados e seus objetos: Access 1 Tela Inicial: 2 ÁREA DE TRABALHO. Nosso primeiro passo consiste em criar o arquivo do Access (Banco de Dados), para isto utilizaremos o painel de tarefas clicando na opção Banco de Dados em Branco.

Leia mais

TUTORIAL DO ACCESS PASSO A PASSO. I. Criar um Novo Banco de Dados. Passos: 1. Abrir o Access 2. Clicar em Criar um novo arquivo

TUTORIAL DO ACCESS PASSO A PASSO. I. Criar um Novo Banco de Dados. Passos: 1. Abrir o Access 2. Clicar em Criar um novo arquivo TUTORIAL DO ACCESS PASSO A PASSO I. Criar um Novo Banco de Dados Passos: 1. Abrir o Access 2. Clicar em Criar um novo arquivo 3. Clicar em Banco de Dados em Branco 4. Escrever um nome na caixa de diálogo

Leia mais

Microsoft Access: Criar relatórios para um novo banco de dados. Vitor Valerio de Souza Campos

Microsoft Access: Criar relatórios para um novo banco de dados. Vitor Valerio de Souza Campos Microsoft Access: Criar relatórios para um novo banco de dados Vitor Valerio de Souza Campos Conteúdo do curso Visão geral: O produto final Lição: Inclui oito seções Tarefas práticas sugeridas Teste Visão

Leia mais

Microsoft Access: Criar consultas para um novo banco de dados. Vitor Valerio de Souza Campos

Microsoft Access: Criar consultas para um novo banco de dados. Vitor Valerio de Souza Campos Microsoft Access: Criar consultas para um novo banco de Vitor Valerio de Souza Campos Conteúdo do curso Visão geral: consultas são essenciais Lição: inclui sete seções Tarefas práticas sugeridas Teste.

Leia mais

Introdução aos cálculos de datas

Introdução aos cálculos de datas Page 1 of 7 Windows SharePoint Services Introdução aos cálculos de datas Aplica-se a: Microsoft Office SharePoint Server 2007 Ocultar tudo Você pode usar fórmulas e funções em listas ou bibliotecas para

Leia mais

Criar as tabelas para um banco de dados

Criar as tabelas para um banco de dados Treinamento Criar as tabelas para um banco de dados ANTES DE COMEÇAR O primeiro curso desta série, "Criar as tabelas de um novo banco de dados", forneceu uma lista de tabelas e campos para uso no banco

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Informática para Administração Introdução ao Excel

Professor: Macêdo Firmino Informática para Administração Introdução ao Excel Professor: Macêdo Firmino Informática para Administração Introdução ao Excel Excel é um programa de planilhas do sistema Microsoft Office. Você pode usar o Excel para criar e formatar pastas de trabalho

Leia mais

MICROSOFT ACCESS MICROSOFT ACCESS. Professor Rafael Vieira Professor Rafael Vieira

MICROSOFT ACCESS MICROSOFT ACCESS. Professor Rafael Vieira Professor Rafael Vieira MICROSOFT ACCESS MICROSOFT ACCESS Professor Rafael Vieira Professor Rafael Vieira - Access - Programa de base de dados relacional funciona em Windows Elementos de uma Base de Dados: Tabelas Consultas Formulários

Leia mais

Guia Site Empresarial

Guia Site Empresarial Guia Site Empresarial Índice 1 - Fazer Fatura... 2 1.1 - Fazer uma nova fatura por valores de crédito... 2 1.2 - Fazer fatura alterando limites dos cartões... 6 1.3 - Fazer fatura repetindo última solicitação

Leia mais

MICROSOFT EXCEL AVANÇADO

MICROSOFT EXCEL AVANÇADO MICROSOFT EXCEL AVANÇADO SE Retorna um valor se teste_lógico avaliar como VERDADEIRO e um outro valor se for avaliado como FALSO. Use SE para conduzir testes condicionais sobre valores e fórmulas e para

Leia mais

Instruções para a atividade

Instruções para a atividade 1/13 Instruções para a atividade 1. Orientações gerais. Leia atentamente: a. Esta é uma atividade contínua, baseada nos recursos do MS Excel. Foi idealizada para que a ferramenta em questão possa ter seus

Leia mais

Banco de Dados BrOffice Base

Banco de Dados BrOffice Base Banco de Dados BrOffice Base Autor: Alessandro da Silva Almeida Disponível em: www.apostilando.com 27/02/2011 CURSO TÉCNICO EM SERVIÇO PÚBLICO Apostila de Informática Aplicada - Unidade VI Índice Apresentação...

Leia mais

Modo Estrutura é o ambiente de definição e estruturação dos campos, tipos de dados, descrição e propriedades do campo.

Modo Estrutura é o ambiente de definição e estruturação dos campos, tipos de dados, descrição e propriedades do campo. Unidade 02 A- Iniciando o Trabalho com o ACCESS: Criar e Salvar um Banco de Dados Acessar o ACCESS Criar e Salvar o Banco de Dados Locadora Encerrar o Banco de Dados e o Access Criando um Banco de Dados

Leia mais

Microsoft Office Excel 2007

Microsoft Office Excel 2007 1 Microsoft Office Excel 2007 O Excel é um programa dedicado a criação de planilhas de cálculos, além de fornecer gráficos, função de banco de dados e outros. 1. Layout do Excel 2007 O Microsoft Excel

Leia mais

Montar planilhas de uma forma organizada e clara.

Montar planilhas de uma forma organizada e clara. 1 Treinamento do Office 2007 EXCEL Objetivos Após concluir este curso você poderá: Montar planilhas de uma forma organizada e clara. Layout da planilha Inserir gráficos Realizar operações matemáticas 2

Leia mais

Microsoft Office PowerPoint 2007

Microsoft Office PowerPoint 2007 INTRODUÇÃO AO MICROSOFT POWERPOINT 2007 O Microsoft Office PowerPoint 2007 é um programa destinado à criação de apresentação através de Slides. A apresentação é um conjunto de Sides que são exibidos em

Leia mais

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas Microsoft Power Point 2003 No Microsoft PowerPoint 2003, você cria sua apresentação usando apenas um arquivo, ele contém tudo o que você precisa uma estrutura para sua apresentação, os slides, o material

Leia mais

ANDRÉ APARECIDO DA SILVA APOSTILA BÁSICA SOBRE O POWERPOINT 2007

ANDRÉ APARECIDO DA SILVA APOSTILA BÁSICA SOBRE O POWERPOINT 2007 ANDRÉ APARECIDO DA SILVA APOSTILA BÁSICA SOBRE O POWERPOINT 2007 CURITIBA 2015 2 SUMÁRIO INTRODUÇÃO AO MICROSOFT POWERPOINT 2007... 3 JANELA PRINCIPAL... 3 1 - BOTÃO OFFICE... 4 2 - FERRAMENTAS DE ACESSO

Leia mais

CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO I Excel. Núm1, núm2,... são argumentos de 1 a 255 cuja soma ou valor total você deseja obter.

CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO I Excel. Núm1, núm2,... são argumentos de 1 a 255 cuja soma ou valor total você deseja obter. SOMA Retorna a soma de todos os números na lista de argumentos. Sintaxe SOMA(núm;núm;...) Núm, núm,... são argumentos de a 55 cuja soma ou valor total você deseja obter. Comentários Os números, valores

Leia mais

PRINCÍPIOS DE INFORMÁTICA PRÁTICA 08 1. OBJETIVO 2. BASE TEÓRICA. 2.1 Criando Mapas no Excel. 2.2 Utilizando o Mapa

PRINCÍPIOS DE INFORMÁTICA PRÁTICA 08 1. OBJETIVO 2. BASE TEÓRICA. 2.1 Criando Mapas no Excel. 2.2 Utilizando o Mapa PRINCÍPIOS DE INFORMÁTICA PRÁTICA 08 1. OBJETIVO Aprender a utilizar mapas, colocar filtros em tabelas e a criar tabelas e gráficos dinâmicos no MS-Excel. Esse roteiro foi escrito inicialmente para o Excel

Leia mais

Atualização De Mapas GPS Apontador. 1º Acessar site: www.naviextras.com 2º Selecione o Idioma para Português no seu canto direito.

Atualização De Mapas GPS Apontador. 1º Acessar site: www.naviextras.com 2º Selecione o Idioma para Português no seu canto direito. Atualização De Mapas GPS Apontador 1º Acessar site: www.naviextras.com 2º Selecione o Idioma para Português no seu canto direito. 3º Clique na Opção Registrar 4º Selecione o Dispositivo Apontador e o Modelo

Leia mais

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de OCR e separação de documentos de código de correção

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de OCR e separação de documentos de código de correção Este procedimento corresponde ao fluxo de trabalho de Indexação de OCR com separação de código de correção no programa de treinamento do Capture Pro Software. As etapas do procedimento encontram-se na

Leia mais

Novell. Novell Teaming 1.0. novdocx (pt-br) 6 April 2007 EXPLORAR O PORTLET BEM-VINDO DESCUBRA SEU CAMINHO USANDO O NOVELL TEAMING NAVIGATOR

Novell. Novell Teaming 1.0. novdocx (pt-br) 6 April 2007 EXPLORAR O PORTLET BEM-VINDO DESCUBRA SEU CAMINHO USANDO O NOVELL TEAMING NAVIGATOR Novell Teaming - Guia de início rápido Novell Teaming 1.0 Julho de 2007 INTRODUÇÃO RÁPIDA www.novell.com Novell Teaming O termo Novell Teaming neste documento se aplica a todas as versões do Novell Teaming,

Leia mais

Status. Barra de Título. Barra de Menu. Barra de. Ferramentas Padrão. Caixa de nomes. Barra de. Ferramentas de Formatação. Indicadores de Coluna

Status. Barra de Título. Barra de Menu. Barra de. Ferramentas Padrão. Caixa de nomes. Barra de. Ferramentas de Formatação. Indicadores de Coluna O que é uma planilha eletrônica? É um aplicativo que oferece recursos para manipular dados organizados em tabelas. A partir deles pode-se gerar gráficos facilitando a análise e interpretação dos dados

Leia mais

Treinamento em BrOffice.org Calc

Treinamento em BrOffice.org Calc Treinamento em BrOffice.org Calc 1 Índice I. INTRODUÇÃO...3 II. NÚMEROS, TEXTOS, FÓRMULAS E DATAS...4 III. MENUS BÁSICOS...5 1. Arquivo...5 2. Editar...5 3. Formatar...5 IV. FÓRMULAS...8 V. REFERÊNCIAS

Leia mais

Aula 03 PowerPoint 2007

Aula 03 PowerPoint 2007 Aula 03 PowerPoint 2007 Professor: Bruno Gomes Disciplina: Informática Básica Curso: Gestão de Turismo Sumário da aula: 1. Abrindo o PowerPoint; 2. Conhecendo a Tela do PowerPoint; 3. Criando uma Nova

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Word 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Barra de Ferramentas de Acesso Rápido

Leia mais

Manual do KFind. Dirk Doerflinger Tradução: Marcus Gama

Manual do KFind. Dirk Doerflinger Tradução: Marcus Gama Dirk Doerflinger Tradução: Marcus Gama 2 Conteúdo 1 Introdução 5 1.1 Iniciando o KFind...................................... 5 2 Procurando Arquivos 6 2.1 A Aba Nome/Localização.................................

Leia mais

Manual do Visualizador NF e KEY BEST

Manual do Visualizador NF e KEY BEST Manual do Visualizador NF e KEY BEST Versão 1.0 Maio/2011 INDICE SOBRE O VISUALIZADOR...................................................... 02 RISCOS POSSÍVEIS PARA O EMITENTE DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA.................

Leia mais

NewAgent enterprise-brain

NewAgent enterprise-brain Manual NewAgent enterprise-brain Configuração Manual NewAgent enterprise-brain Configuração Este manual de uso irá ajudá-lo na utilização de todas as funções administrativas que a NewAgent possui e assim,

Leia mais

Manual do Almoxarifado SIGA-ADM

Manual do Almoxarifado SIGA-ADM Manual do Almoxarifado SIGA-ADM DIRETORIA DE GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO(DGTI) MARÇO/2012 Requisição de Almoxarifado Requisições O sistema retornará a tela do menu de Administração. Nela selecione

Leia mais

SUMÁRIO 1. AULA 6 ENDEREÇAMENTO IP:... 2

SUMÁRIO 1. AULA 6 ENDEREÇAMENTO IP:... 2 SUMÁRIO 1. AULA 6 ENDEREÇAMENTO IP:... 2 1.1 Introdução... 2 1.2 Estrutura do IP... 3 1.3 Tipos de IP... 3 1.4 Classes de IP... 4 1.5 Máscara de Sub-Rede... 6 1.6 Atribuindo um IP ao computador... 7 2

Leia mais

Facebook Instruções de integração com PayPal

Facebook Instruções de integração com PayPal Facebook Instruções de integração com PayPal Há diversas formas de utilizar o PayPal para receber pagamentos na plataforma do Facebook. Primeiro você precisa decidir suas necessidades para a opção mais

Leia mais

BEM-VINDO AO dhl PROVIEW

BEM-VINDO AO dhl PROVIEW BEM-VINDO AO dhl PROVIEW Guia de Usuário O DHL PROVIEW COLOCA VOCÊ NO CONTROLE DE SEUS ENVIOS. PROVIEW O DHL ProView é uma ferramenta de rastreamento on-line que permite o gerenciamento dos envios, a programação

Leia mais

Manual do Google agenda. criação e compartilhamento de agendas

Manual do Google agenda. criação e compartilhamento de agendas Manual do Google agenda criação e compartilhamento de agendas 1 O que é o Google Agenda? Google Agenda é um serviço de agenda on line gratuito do Google, onde você pode anotar compromissos e tarefas, organizando

Leia mais

Para inserir custo fixo às tarefas, siga os passos abaixo :

Para inserir custo fixo às tarefas, siga os passos abaixo : Capítulo 9 Custos 166 CUSTOS INSERINDO CUSTO FIXO AO PROJETO O custo total do projeto é o custo total de recurso somado ao custo total de custos fixos. O custo com recurso já é computado quando alocamos

Leia mais

CAPÍTULO 35 Como utilizar os componentes ColdFusion

CAPÍTULO 35 Como utilizar os componentes ColdFusion CAPÍTULO 35 Como utilizar os componentes ColdFusion Os componentes ColdFusion (CFC) permitem ao usuário encapsular lógicas de aplicação e de negócios (business logic) em unidades auto-controladas reutilizáveis.

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Acadêmico - Pedagógico

Treinamento GVcollege Módulo Acadêmico - Pedagógico Treinamento GVcollege Módulo Acadêmico - Pedagógico 2015 GVDASA Sistemas Pedagógico 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações

Leia mais

PAINEL GERENCIADOR DE E-MAILS

PAINEL GERENCIADOR DE E-MAILS Este manual foi criado com o objetivo de facilitar o gerenciamento de suas contas de e-mail. Com ele, o administrador poderá criar e excluir e-mails, alterar senha, configurar redirecionamento de contas,

Leia mais

OPENOFFICE PLANILHA SEMANA 4

OPENOFFICE PLANILHA SEMANA 4 OPENOFFICE PLANILHA SEMANA 4 Sumário Aula 1...3 Função Somase...3 Função Cont.Se...3 Aula 2...4 Função PROCV...4 Aula 3...6 Gráficos...6 Formatação Automática de Gráficos...6 O PENO FFICE PLANILHA 2 AULA

Leia mais

WORD. Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br. http://www.inf.ufsm.br/~leandromc. Colégio Politécnico 1

WORD. Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br. http://www.inf.ufsm.br/~leandromc. Colégio Politécnico 1 WORD Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br http://www.inf.ufsm.br/~leandromc Colégio Politécnico 1 WORD Mala direta Cartas Modelo Mesclar Etiquetas de endereçamento Formulários Barra

Leia mais

Este Procedimento Operacional Padrão explica a melhor forma de se utilizar os filtros no Sistema TOTVS RM. Índice

Este Procedimento Operacional Padrão explica a melhor forma de se utilizar os filtros no Sistema TOTVS RM. Índice Este Procedimento Operacional Padrão explica a melhor forma de se utilizar os filtros no Sistema TOTVS RM. Índice I. Criação dos Filtros... 2 II. Gerenciamento de Filtros... 2 III. Operadores disponíveis:...

Leia mais

Moodle - CEAD Manual do Estudante

Moodle - CEAD Manual do Estudante Moodle - CEAD Manual do Estudante Índice Introdução 3 Acessando o Ambiente 4 Acessando o Curso 5 Navegando no Ambiente do Curso 5 Box Participantes 5 Box Atividades 5 Box Buscar nos Fóruns 5 Box Administração

Leia mais

Aula 02 Excel 2010. Operações Básicas

Aula 02 Excel 2010. Operações Básicas Aula 02 Excel 2010 Professor: Bruno Gomes Disciplina: Informática Básica Curso: Gestão de Turismo Sumário da aula: 1. Operações básicas; 2. Utilizando Funções; 3. Funções Lógicas; 4. Gráficos no Excel;

Leia mais

15 4 Operação Avançada do Sistema: Inclusão de Nota Fiscal e seus relacionamentos

15 4 Operação Avançada do Sistema: Inclusão de Nota Fiscal e seus relacionamentos 15 4 Operação Avançada do Sistema: Inclusão de Nota Fiscal e seus relacionamentos Agora vamos fazer algo mais complexo, que vai demonstrar várias das facilidades do sistema. Vamos Incluir uma Nota Fiscal

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Excel 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Adicionar comandos à Barra de Ferramentas

Leia mais

Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Tecnologia CT. Power Point. Básico

Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Tecnologia CT. Power Point. Básico Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Tecnologia CT Power Point Básico Santa Maria, julho de 2006 O Power Point é um aplicativo do Microsoft Office direcionado à criação de apresentações.

Leia mais

BearingNet Bem-vindo Contenuto

BearingNet Bem-vindo Contenuto Contenuto Introdução... 2 Selecionar idioma... 3 Banners Publicitários... 3 Membro... 3 Atividade... 3 Utilidades... 3 Feriado Público... 6 Pedido de Ajuda... 6 Procurar... 7 Notícias recentes... 7 Novo

Leia mais

Dicas para usar melhor o Word 2007

Dicas para usar melhor o Word 2007 Dicas para usar melhor o Word 2007 Quem está acostumado (ou não) a trabalhar com o Word, não costuma ter todo o tempo do mundo disponível para descobrir as funcionalidades de versões recentemente lançadas.

Leia mais

Noções Básicas de Excel página 1 de 19

Noções Básicas de Excel página 1 de 19 Noções Básicas de Excel página 1 de 19 Conhecendo a tela do Excel. A BARRA DE FÓRMULAS exibe o conteúdo de cada célula (local) da planilha. Nela podemos inserir e alterar nomes, datas, fórmulas, funções.

Leia mais

4 RECURSOS AUTOMATIZADOS DO EXCEL

4 RECURSOS AUTOMATIZADOS DO EXCEL 4 RECURSOS AUTOMATIZADOS DO EXCEL 4.1 Auto Preenchimento O Excel possui um recurso de grande ajuda para quem necessita digitar uma seqüência de células cujo conteúdo é seqüencial. Esse recurso, chamado

Leia mais

Atalhos da Web. Krishna Tateneni Yves Arrouye Tradução: Lisiane Sztoltz

Atalhos da Web. Krishna Tateneni Yves Arrouye Tradução: Lisiane Sztoltz Krishna Tateneni Yves Arrouye Tradução: Lisiane Sztoltz 2 Conteúdo 1 Atalhos da Web 4 1.1 Introdução.......................................... 4 1.2 Atalhos da Web.......................................

Leia mais

Bem-vindo ao tópico sobre administração de listas de preços.

Bem-vindo ao tópico sobre administração de listas de preços. Bem-vindo ao tópico sobre administração de listas de preços. Nesse tópico, você aprenderá a administrar listas de preços no SAP Business One. Sua empresa atualiza múltiplas listas de preços para fornecer

Leia mais

Introdução a listas - Windows SharePoint Services - Microsoft Office Online

Introdução a listas - Windows SharePoint Services - Microsoft Office Online Page 1 of 5 Windows SharePoint Services Introdução a listas Ocultar tudo Uma lista é um conjunto de informações que você compartilha com membros da equipe. Por exemplo, você pode criar uma folha de inscrição

Leia mais

MDaemon GroupWare. Versão 1 Manual do Usuário. plugin para o Microsoft Outlook. Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon

MDaemon GroupWare. Versão 1 Manual do Usuário. plugin para o Microsoft Outlook. Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon MDaemon GroupWare plugin para o Microsoft Outlook Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon Versão 1 Manual do Usuário MDaemon GroupWare Plugin for Microsoft Outlook Conteúdo 2003 Alt-N Technologies.

Leia mais

QUALIDATA Soluções em Informática. Módulo CIEE com convênio empresas

QUALIDATA Soluções em Informática. Módulo CIEE com convênio empresas FM-0 1/21 ÍNDICE 1. MÓDULO DESKTOP(SISTEMA INSTALADO NO CIEE)... 2 Cadastro de Ofertas de Empregos:... 2 Cadastro de Eventos:... 3 Cadastro de Instituições do Curriculum:... 5 Cadastro de Cursos do Curriculum:...

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL PAULO LEMINSKI APOSTILA SOBRE O BROFFICE IMPRESS

COLÉGIO ESTADUAL PAULO LEMINSKI APOSTILA SOBRE O BROFFICE IMPRESS COLÉGIO ESTADUAL PAULO LEMINSKI APOSTILA SOBRE O BROFFICE IMPRESS CURITIBA 2014 2 Conteúdo Definição:... 2 Detalhando a tela:... 4 BARRA DE FERRAMENTAS DESENHO... 4 PREENCHIMENTOS... 5 RÉGUAS E GUIAS...

Leia mais

AULA 1 Iniciando o uso do TerraView

AULA 1 Iniciando o uso do TerraView 1.1 AULA 1 Iniciando o uso do TerraView Essa aula apresenta a interface principal do TerraView e sua utilização básica. Todos os arquivos de dados mencionados nesse documento são disponibilizados junto

Leia mais

Menu Utilitários. Atualização do Banco de Dados Atualização e organização dos arquivos existentes

Menu Utilitários. Atualização do Banco de Dados Atualização e organização dos arquivos existentes Atualização do Banco de Dados Atualização e organização dos arquivos existentes Rotina responsável pelo rastreamento de possíveis arquivos não indexados, danificados ou inexistentes. Este processo poderá

Leia mais

15/8/2007 Gerencia de Tecnologia da Informação Claudia M.S. Tomaz

15/8/2007 Gerencia de Tecnologia da Informação Claudia M.S. Tomaz 15/8/2007 Gerencia de Tecnologia da Informação Claudia M.S. Tomaz MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL GETEC 01 2/13 Como acessar o Webmail da Secretaria de Educação? Para utilizar o Webmail da Secretaria de

Leia mais

Banco de Dados. Microsoft Access. Índice

Banco de Dados. Microsoft Access. Índice Banco de Dados Microsoft Access PARTE 03 edição 2007 Índice 19-) Consulta... 27 20) Criando uma consulta... 27 21) Salvando a consulta... 28 22) Selecionando os campos das tabelas para a consulta... 29

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR

MANUAL DO UTILIZADOR MANUAL DO UTILIZADOR Versão 1.6 PÁGINA DE PESQUISA A página principal do PacWeb permite a realização de um número muito variado de pesquisas, simples, ou pelo contrário extremamente complexas, dependendo

Leia mais

Outlook 2003. Apresentação

Outlook 2003. Apresentação Outlook 2003 Apresentação O Microsoft Office Outlook 2003 é um programa de comunicação e gerenciador de informações pessoais que fornece um local unificado para o gerenciamento de e-mails, calendários,

Leia mais

Office 365 Manual Outlook 365 Web Application

Office 365 Manual Outlook 365 Web Application Office 365 Manual Outlook 365 Web Application Requisitos para usar o Office 365: Ter instalado pelo menos a versão 7 do Internet Explorer, Mozilla Firefox 15, Google Chrome 21 ou Safari no Mac. O que é

Leia mais

Validação de dados. Determinamos qual tipo de informação será aceita e dentro de qual intervalo.

Validação de dados. Determinamos qual tipo de informação será aceita e dentro de qual intervalo. Validação de dados Por meio do recurso de validação, podemos definir que tipo de informação gostaríamos que fosse aceita em um intervalo de células ou uma mensagem de auxílio ao usuário indicando qual

Leia mais

AULA TEÓRICA 9. Tema 4. Introdução ao Microsoft Excel (cont). Funções Organização de dados Gráficos Recursos adicionais Impressão

AULA TEÓRICA 9. Tema 4. Introdução ao Microsoft Excel (cont). Funções Organização de dados Gráficos Recursos adicionais Impressão AULA TEÓRICA 9 Tema 4. Introdução ao Microsoft Excel (cont). Funções Organização de dados Gráficos Recursos adicionais Impressão 1 Funções são fórmulas predefinidas que efetuam cálculos usando valores

Leia mais

Google Drive: Acesse e organize seus arquivos

Google Drive: Acesse e organize seus arquivos Google Drive: Acesse e organize seus arquivos Use o Google Drive para armazenar e acessar arquivos, pastas e documentos do Google Docs onde quer que você esteja. Quando você altera um arquivo na web, no

Leia mais

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia LGTi Tecnologia Soluções Inteligentes Manual - Outlook Web App Siner Engenharia Sumário Acessando o Outlook Web App (Webmail)... 3 Email no Outlook Web App... 5 Criar uma nova mensagem... 6 Trabalhando

Leia mais

Table of Contents. PowerPoint XP

Table of Contents. PowerPoint XP Table of Contents Finalizando a apresentação...1 Usando anotações...1 Desfazer e repetir...1 Localizar e substituir...2 Substituir...2 Efeitos de transição...3 Esquema de animação...6 Controlando os tempos

Leia mais

Como acessar o novo webmail da Educação? Manual do Usuário. 15/9/2009 Gerencia de Suporte, Redes e Novas Tecnologias Claudia M.S.

Como acessar o novo webmail da Educação? Manual do Usuário. 15/9/2009 Gerencia de Suporte, Redes e Novas Tecnologias Claudia M.S. Como acessar o novo webmail da Educação? Manual do Usuário 15/9/2009 Gerencia de Suporte, Redes e Novas Tecnologias Claudia M.S. Tomaz IT.002 02 2/14 Como acessar o Webmail da Secretaria de Educação? Para

Leia mais

ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO. 04 2 ACESSO. 05 3 ABERTURA DE PROTOCOLO. 06 4 CONSULTA DE PROTOCOLO. 08 5 PROTOCOLO PENDENTE. 10 6 CONFIRMAÇÃO DE RECEBIMENTO.

ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO. 04 2 ACESSO. 05 3 ABERTURA DE PROTOCOLO. 06 4 CONSULTA DE PROTOCOLO. 08 5 PROTOCOLO PENDENTE. 10 6 CONFIRMAÇÃO DE RECEBIMENTO. ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 04 2 ACESSO... 05 3 ABERTURA DE PROTOCOLO... 06 4 CONSULTA DE PROTOCOLO... 08 5 PROTOCOLO PENDENTE... 10 6 CONFIRMAÇÃO DE RECEBIMENTO... 11 7 ANDAMENTO DE PROTOCOLO... 12 8 RELATÓRIOS,

Leia mais

Superintendência Regional de Ensino de Ubá - MG Núcleo de Tecnologia Educacional NTE/Ubá. LibreOffice Impress Editor de Apresentação

Superintendência Regional de Ensino de Ubá - MG Núcleo de Tecnologia Educacional NTE/Ubá. LibreOffice Impress Editor de Apresentação Superintendência Regional de Ensino de Ubá - MG Núcleo de Tecnologia Educacional NTE/Ubá LibreOffice Impress Editor de Apresentação Iniciando o Impress no Linux Educacional 4 1. Clique no botão 'LE' no

Leia mais

Manual de Usuário - Flight of Icarus

Manual de Usuário - Flight of Icarus Manual de Usuário - Flight of Icarus Desenvolvido por: Elvis Venâncio S. Nogueira Data: 21/02/2013 Versão: 1.7 Sumário Conteúdo Manual sobre Flight of Icarus... 4 Formas de Conexão... 4 Tela de Login...

Leia mais

Licenciamento por volume da Adobe

Licenciamento por volume da Adobe Licenciamento por volume da Adobe Admin Console para clientes do VIP Guia do usuário do Value Incentive Plan (VIP) Versão 2.5 November 21, 2013 Sumário O que é o Admin Console para clientes do VIP?...

Leia mais

Laboratório - Uso da calculadora do Windows com endereços de rede

Laboratório - Uso da calculadora do Windows com endereços de rede Laboratório - Uso da calculadora do Windows com endereços de rede Objetivos Parte 1: Acesso à Calculadora do Windows Parte 2: Converter entre os sistemas numéricos Parte 3: Converter endereços IPv4 de

Leia mais

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de código de barras e separação de documentos

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de código de barras e separação de documentos Este procedimento corresponde ao fluxo de trabalho de Indexação de código de barras e de separação de documentos no programa de treinamento do Capture Pro Software. As etapas do procedimento encontram-se

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft PowerPoint 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Encontre o que você precisa Clique

Leia mais

Unidade 1: O Painel de Controle do Excel *

Unidade 1: O Painel de Controle do Excel * Unidade 1: O Painel de Controle do Excel * material do 2010* 1.0 Introdução O Excel nos ajuda a compreender melhor os dados graças à sua organização em células (organizadas em linhas e colunas) e ao uso

Leia mais

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios Portal Sindical Manual Operacional Empresas/Escritórios Acesso ao Portal Inicialmente, para conseguir acesso ao Portal Sindical, nos controles administrativos, é necessário acessar a página principal da

Leia mais

Questão - 01. Essência do Excel 2003...

Questão - 01. Essência do Excel 2003... Valdir Questão - 01 Como deve proceder o usuário do Microsoft para que sejam atualizados os cálculos das funções ou fórmulas utilizadas nas planilhas? a) Pressionar a tecla F9 no teclado b) Pressionar

Leia mais

CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO

CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO Antes de criarmos um novo Banco de Dados quero fazer um pequeno parênteses sobre segurança. Você deve ter notado que sempre

Leia mais

Processo de Controle das Reposições da loja

Processo de Controle das Reposições da loja Processo de Controle das Reposições da loja Getway 2015 Processo de Reposição de Mercadorias Manual Processo de Reposição de Mercadorias. O processo de reposição de mercadorias para o Profit foi definido

Leia mais

Turma. PowerPoint 2003

Turma. PowerPoint 2003 PowerPoint 2003 Apresentação O Power Point é um aplicativo do Microsoft Office direcionado à criação de apresentações. Com ele você poderá criar rapidamente slides com esquemas, textos animados, sons e

Leia mais

Agente Administrativo do MTE

Agente Administrativo do MTE PowerPoint 2003 Apresentação O Power Point é um aplicativo do Microsoft Office direcionado à criação de apresentações. Com ele você poderá criar rapidamente slides com esquemas, textos animados, sons e

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES. Professor Carlos Muniz

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES. Professor Carlos Muniz SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES Agendar uma tarefa Você deve estar com logon de administrador para executar essas etapas. Se não tiver efetuado logon como administrador, você só poderá alterar as configurações

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Access 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Alterar o tamanho da tela ou fechar

Leia mais

Serviço Técnico de Informática. Curso Básico de PowerPoint

Serviço Técnico de Informática. Curso Básico de PowerPoint Serviço Técnico de Informática Curso Básico de PowerPoint Instrutor: Tiago Souza e Silva de Moura Maio/2005 O Microsoft PowerPoint No Microsoft PowerPoint, você cria sua apresentação usando apenas um arquivo

Leia mais

Lidar com números e estatísticas não é fácil. Reunir esses números numa apresentação pode ser ainda mais complicado.

Lidar com números e estatísticas não é fácil. Reunir esses números numa apresentação pode ser ainda mais complicado. , ()! $ Lidar com números e estatísticas não é fácil. Reunir esses números numa apresentação pode ser ainda mais complicado. Uma estratégia muito utilizada para organizar visualmente informações numéricas

Leia mais

GUIA BÁSICO DA SALA VIRTUAL

GUIA BÁSICO DA SALA VIRTUAL Ambiente Virtual de Aprendizagem - MOODLE GUIA BÁSICO DA SALA VIRTUAL http://salavirtual.faculdadesaoluiz.edu.br SUMÁRIO 1. Acessando Turmas 4 2. Inserindo Material 4 3. Enviando Mensagem aos Alunos 6

Leia mais

EDITORA FERREIRA MP/RJ_EXERCÍCIOS 01

EDITORA FERREIRA MP/RJ_EXERCÍCIOS 01 EDITORA FERREIRA MP/RJ NCE EXERCÍCIOS 01 GABARITO COMENTADO 01 Ao se arrastar um arquivo da pasta C:\DADOS para a pasta D:\TEXTOS utilizando se o botão esquerdo do mouse no Windows Explorer: (A) o arquivo

Leia mais

Dokmee Page Counter. 2011 Office Gemini

Dokmee Page Counter. 2011 Office Gemini 2 Table of Contents Part I 1 Visão geral 2 Realizando uma Contagem Visualizando os resultados 4 Salvando o resultados 4 5 Removendo os Resultados 4 6 Inscrição 4 7 Seleção de Idioma 5 Part II Usando o

Leia mais

Funções básicas Cronograma Cronograma Funções Básicas

Funções básicas Cronograma Cronograma Funções Básicas Funções Básicas Fevereiro 2015 - 1) Selecionar o menu Portfólio > Projetos, clique para janela projetos abrir. 2) Selecione botão incluir para abrir um projeto. Preencha os campos obrigatórios nos Dados

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E

Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E Serviço Público Federal Universidade Federal do Pará - UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação - CTIC S I E SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO (*) Módulo CONTROLE ACADÊMICO Guia de Referência

Leia mais

Sistema de Informação de Licenciamento de Operações de Gestão de Resíduos

Sistema de Informação de Licenciamento de Operações de Gestão de Resíduos Sistema de Informação de Licenciamento de Operações de Gestão de Resíduos Indice Indice... 2 1. Introdução... 3 2. Sistema de Informação de Licenciamento de Operações de Gestão de Resíduos (SILOGR)....

Leia mais

A Estação da Evolução

A Estação da Evolução Microsoft Excel 2010, o que é isto? Micorsoft Excel é um programa do tipo planilha eletrônica. As planilhas eletrônicas são utilizadas pelas empresas pra a construção e controle onde a função principal

Leia mais

GRS Gerador de Redes Sistêmicas. (outubro/2004)

GRS Gerador de Redes Sistêmicas. (outubro/2004) 116 APÊNDICE A MANUAL DO GRS Universidade Federal do Rio de Janeiro UFRJ Departamento de Ciência da Computação DCC Instituto de Matemática IM / Núcleo de Computação Eletrônica NCE GRS Gerador de Redes

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Visio 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Modelos atualizados Os modelos ajudam

Leia mais