Treinamento Auditor Fiscal. Instrutor: Jaime Naves Gestora: Adriana Nunes

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Treinamento Auditor Fiscal. Instrutor: Jaime Naves Gestora: Adriana Nunes"

Transcrição

1 Treinamento Auditor Fiscal Instrutor: Jaime Naves Gestora: Adriana Nunes

2 Conceito: O Auditor Fiscal WEB é uma solução que permite a usuários de qualquer segmento empresarial realizar auditorias sobre os diversos tipos de escrituração que o contribuinte deve entregar a Receita Federal.

3 Objetivo Esta auditoria consiste na avaliação do arquivo a ser entregue, no cruzamento da escrituração com declarações e demonstrativos e até mesmo com outras escriturações. Através dos recursos oferecidos, a Mastermaq hoje se encontra em parceria com a QUIRIUS, com intuito de contribuir mais com os clientes, nas análises e diagnósticos dos arquivos magnéticos (SPED/EFD Contribuições).

4 Hospedagem e Parceria Este sistema é hospedado através de CloudComputing nos servidores da Amazon, com uma disponibilidade de aproximadamente 99,99%. Para melhor entendimento do uso da ferramenta, segue abaixo os procedimentos necessários.

5 Acesso e Login Ao acessar o endereço da ferramenta SPED Auditor será apresentada inicialmente a tela de login, onde o operador deverá digitar o usuário (CNPJ Principal da Empresa) e a senha padrão que recebeu para o seu primeiro acesso.

6 Navegação e Layout Uma vez registrado na ferramenta, será exibida a tela inicial de navegação aos menus. O sistema encontra-se divido por contextos, cada um com suas respectivas abas e funcionalidades.

7 Contextos: Auditor : Neste contexto é que serão criados e consultados os pedidos de auditoria sobre os arquivos. Ajuda: Neste contexto serão encontradas informações de apoio e documentações sobre a utilização da ferramenta.

8 Contexto "Auditor" Nesta tela será apresentado o monitor de pedidos de auditoria, que permite consultar histórico de pedidos, parâmetros e detalhes informados no momento de sua criação, bem como o status (processados, em processamento e os que aguardam na fila de processamento).

9 Filtros Na(s) tela(s) de consulta é possível criar e salvar filtros para consultas futuras. A ferramenta permite que o próprio usuário defina as suas regras de consulta, assim como quem poderá ter acesso aos seus filtros. O procedimento é simples, através da opção "Adicionar Filtros" poderá ser escolhido por quais campos deseja-se filtrar as informações na tela. Uma vez definidas as opções de campos e cláusulas, o filtro poderá ser armazenado clicando no botão "Salvar como".

10 Tipos de Filtros: Privado - Somente o usuário criador tem acesso; Público - Visualização por outros usuários; Iniciar pesquisando - Quando marcada, define que o filtro em questão será a opção inicial da tela.

11 Pedidos de Auditoria Pedidos de Auditoria após a seleção de filtros

12 Código - número seqüencial e único atribuído automaticamente pela ferramenta para distinguir um pedido do outro. Estabelecimento - exibe de qual estabelecimento foi o arquivo SPED processado. Data Solicitação - exibe qual foi a data em que o pedido de processamento foi criado. Status Processamento - exibe a condição em que o pedido de processamento se encontra.

13 Status de Processamento: Aguardando Processamento - está na fila de pedidos a processar; Em processamento - o processo já foi iniciado pelo servidor ; Processado - o processo já foi concluído com sucesso; Erro - o processo não foi concluído devido a erro(s)

14 Ícones: Detalhes da Auditoria Irá acessar o SPEDViewer, que exibirá todos os detalhes das consistências encontradas no arquivo submetido a auditoria. Observação: As funcionalidades do SPEDViewer serão detalhadas mais à frente neste manual. Arquivos Complementares Permite ao operador visualizar ou realizar o download dos arquivos complementares à auditoria. Estes arquivos são análises geradas com base no arquivo submetido e em sua maioria compreendem cruzamentos realizados pelo sistema. Detalhes do Pedido Permite consultar todos os parâmetros informados no momento da criação do pedido de auditoria.

15 Visualizador de Eventos Nesta opção poderão aparecer três diferentes ícones. O objetivo é diferenciar os processos que terminaram com sucesso, com alguma advertência ou com erro.

16 Contexto Ajuda Nesta seção, estarão liberados para consulta e download os arquivos de apoio disponíveis ao produto (manual, vídeos, FAQ's, etc).

17 Criando pedidos de auditoria Para incluir um novo pedido de auditoria, basta clicar no botão Incluir da tela abaixo.

18 Criando pedidos de auditoria Neste momento abrirá a tela de agendamento, onde serão preenchidas algumas informações necessárias para concluir o cadastro.

19 Continuação Estabelecimento: Informa-se o estabelecimento da empresa a qual o arquivo que será auditado pertence. Código: este campo será gerado automaticamente pela ferramenta, e corresponde ao código identificador do processamento. Data solicitação: campo também gerado de forma automática pela ferramenta, com a data e hora de criação do pedido de processamento. Observação:' este espaço é destinado para que o usuário alimente informações/descrições pertinentes ao processamento, que facilitem a consulta dos processamentos na tela "Monitor de Auditorias", posteriormente.

20 Tipo de Auditoria Neste campo será informado os tipos de auditoria e conciliações que poderão ser processadas pela ferramenta. Importante: Como o propósito da ferramenta é realizar auditorias complementares ao que o PVA da Receita Federal já faz, é necessário que o(s) arquivo(s) em questão, já tenha(m) sido validado(s) previamente no programa PVA em sua última versão.

21 Parâmetros Auditoria Percentual Diferença %: Neste campo poderá ser informado um percentual, para que a ferramenta não considere como uma inconsistência uma diferença de valor, que corresponde a um percentual menor que o informado.

22 Continuação: Valor Diferença: Este campo tem o mesmo princípio do campo acima, porém a comparação é feita pelo valor nominal, e não percentualmente. Nota explicativa: A ferramenta utiliza os dois campos em sua lógica, então, caso o valor da diferença seja maior ou igual ao valor informado, e o % da diferença seja maior ou igual ao % informado, será gerada uma inconsistência. ERP: Neste campo deverá ser selecionado o ERP (dentre as opções disponíveis) no qual o arquivo que será auditado foi gerado. A ferramenta SPED Auditor possui para os principais ERP's de mercado, o mapeamento de aonde a correção da inconsistência deve ser revista. informar o para o qual a ferramenta deverá notificar, quando o pedido de processamento for concluído, com ou sem erro.

23 Importação de Arquivos Nesta opção poderão aparecer três diferentes ícones. O objetivo é diferenciar os processos que terminaram com sucesso, com alguma advertência ou com erro.

24 Importação de Arquivos Após definido o tipo de auditoria que será realizada, deverá ser importado o(s) arquivo(s) da obrigatoriedade em questão, aonde a ferramenta irá consistir se o formato do(s) mesmo(s) está correto. Observação: A ferramenta permite que sejam enviados os arquivos compactados (.zip), porém dentro deste arquivo devem conter apenas arquivos relacionados com o tipo de auditoria selecionada.

25 Continuação Após esta etapa, o pedido está pronto para ser gravado e submetido a fila de processamento (botão Gravar e Fechar).

26 Continuação A ferramenta ainda permite que sejam parametrizados quais registros/blocos do arquivo deverão ser auditados. Uma vez definida a parametrização, estes dados serão gravados ao estabelecimento em questão e serão reaproveitados numa próxima geração.

27 Continuação: Tendo concluído e gravado o cadastro, a ferramenta voltará para a tela Monitor de Auditorias. Clicando no botão pesquisar, ou todos, atualizará a lista de pedidos. Importante: Como a auditoria ocorre de forma agendada e obedece uma fila de pedidos, é indicado a atualização da tela pelos botões Pesquisar ou Todos com certa freqüência para que os dados sejam atualizados. Ou então, aguardar o recebimento do que a ferramenta irá enviar para o endereço informado no cadastro, avisando que o processamento foi concluído.

28

29 Monitor de Eventos e Processamento A ferramenta também disponibiliza ao usuário administrador uma consulta do log de eventos do processamento. Nesta tela ficará registrado todos os pontos pelo qual a ferramenta passou. Muito útil no caso de algum erro, pois com estas informações o suporte poderá identificar mais rapidamente qual o motivo.

30

31 Visualizando a auditoria - SPEDViewer Após o processamento com sucesso do arquivo, será disponibilizada a consulta das validações através da ferramenta SPEDViewer. De forma geral, serão apresentadas as seguintes informações: Na aba "Resumo": Estatísticas do processamento (ex: quantidade de linhas válidas e inválidas, validações efetuadas, linhas com inconsistências e linhas sem);

32 Na aba "Validações": poderão ser consultadas todas as inconsciências apresentadas pelo Auditor Web. Esta tela exibirá o identificador da validação, a descrição, a freqüência (quantidade de ocorrências dentro do arquivo) e a criticidade da mesma (Erro, Advertência de Alto, Médio ou Baixo Impacto na entrega do arquivo).

33 Selecionando uma linha na consulta, será habilitado o botão "Abrir Detalhes da Visualização" que exibirá a descrição detalhada da validação aplicada, as orientações de como interpretar e corrigir a consistência.

34 Após entendida a mensagem, a ferramenta possibilita visualizar as linhas auditadas por duas opções: Opção Visualizar Detalhes: serão exibidas as linhas auditadas na validação em questão de forma simplificada, ou seja, exibindo apenas informações relevantes e utilizadas para o processo da auditoria.

35 . Opção Visualizar Linhas: apresentará as linhas no formato do arquivo exigido pela Receita.

36 Conciliação EFD Contribuições x DACON O Quirius SPED Auditor disponibiliza uma funcionalidade que permite ao usuário do sistema cruzar as informações declaradas através do DACON com as informações contidas no arquivo do EFD Contribuições. Para utilizar esta funcionalidade, o usuário deve acessar a tela para a criação de um novo pedido de auditoria, conforme demostrado anteriormente. Para o campo Tipo de Auditoria, escolher a opção Conciliação: EFD Contribuições x Dacon, conforme abaixo:

37

38 Após selecionar o tipo de auditoria, o usuário deverá importar o arquivo da EFD Contribuições (extensão TXT) e o arquivo do DACON (extensão DBK ou DEC), ou então um arquivo compactado (.zip) contendo os dois 2 arquivos. Ao importar os arquivos, o sistema irá exibir o detalhamento destes dois arquivos importados, conforme abaixo:

39 Após o processamento do arquivo, o sistema disponibiliza uma funcionalidade para que seja feito o download de um arquivo contendo arquivos complementares a auditoria. Este arquivo é quem irá conter a planilha com a conciliação entre o EFD Contribuições e o DACON. Para realizar o download dos arquivos complementares, o usuário deve acessar o contexto Auditor e na lista de auditorias o mesmo deve clicar sobre o botão (Arquivos Complementares). O sistema irá solicitar se o usuário deseja abrir ou salvar o arquivo compactado(extensão ZIP). Dentro deste arquivo o sistema irá disponibilizar uma planilha (.xls) com a seguinte forma:

40 Colunas A, B, C e D - se referem as fichas e campos do DACON; Coluna E - se refere aos valores constantes na escrituração digital do arquivo EFD Contribuições, e a coluna F ao valor calculado pelo Auditor; Coluna G - se refere ao rateio proporcional de acordo com as parametrizações feitas nos registros 0110 e 0111 do EFD; Coluna H - se refere a diferença entre as colunas D e E (valor declarado no DACON x valor escriturado no EFD); Coluna J - se refere à linha do arquivo EFD Contribuições em que se encontra o valor que esta sendo considerado na coluna E.

41

42 Caso o usuário clique em uma célula da coluna E, que possui o valor encontrado no arquivo magnético, então a planilha apresentará todos os itens que compõem este valor, facilitando a análise dos dados existentes no EFD contra o que foi informado pela empresa para o DACON. Esta análise pode ser visualizada na figura abaixo:

43 Conciliação SPED Fiscal x EFD Contribuições Também é possível efetuar uma conciliação entre os arquivos do SPED Fiscal e a EFD Contribuições no sentido de garantir que os mesmos documentos escriturados no primeiro arquivo, estejam também na EFD. Para utilizar esta funcionalidade, o usuário deve acessar a tela para a criação de um novo pedido de auditoria, conforme demonstrado anteriormente. Para o campo Tipo de Auditoria, escolher a opção Conciliação: SPED Fiscal x EFD Contribuições. Após selecionar o tipo de auditoria, o usuário deverá importar os arquivos do SPED Fiscal e da EFD Contribuições (ambos com extensão TXT). Após o processamento do arquivo, o sistema disponibiliza uma funcionalidade para que seja feito o download de um arquivo contendo arquivos complementares a auditoria. Este arquivo é quem irá conter a planilha com a conciliação entre o SPED Fiscal e o EFD Contribuições.

44 Para realizar o download dos arquivos complementares, o usuário deve acessar o contexto Auditor e na lista de auditorias o mesmo deve clicar sobre o botão (Arquivos Complementares). O sistema irá solicitar se o usuário deseja abrir ou salvar o arquivo compactado (extensão ZIP). Dentro deste arquivo o sistema irá disponibilizar uma planilha (.xls) com a seguinte forma: na figura abaixo: Abas Resumo - contém um sumarização das divergências encontradas entre os arquivos;

45

46 Análise Detalhada - Contém a relação de todos os documentos conciliados entre os arquivos. As colunas A até R contém as informações referente aos documentos contidos na EFD Contribuições; As colunas T até AK contém as informações referentes aos documentos contidos no arquivo do SPED Fiscal; A coluna S contém o parecer da conciliação naquele documento que pode ser: 1) - DOCTO NÃO ENCONTRADO NO SPED FISCAL; 2) - DOCTO NÃO ENCONTRADO NO EFD CONTRIBUIÇÕES; 3) - DIFERENÇA NOS IMPOSTOS: ICMS/ICMS ST/IPI/PIS/COFINS/COFINS ST/PIS ST; 4) - DOCUMENTO OK

47 Exemplo:

48 Exemplo:

49 Dúvidas

50 Frase O maior benefício do treinamento não vem de se aprender algo novo, mas de se fazer melhor aquilo que já fazemos bem. Peter Drucker

51 Mensagem Obrigado! Núcleo do Conhecimento Mastermaq

Tron Auditor MANUAL DO USUÁRIO

Tron Auditor MANUAL DO USUÁRIO MANUAL DO USUÁRIO Sumário 1. TRON AUDITOR... 3 1.1. OBJETIVO...3 1.1.1. Validações... 3 1.1.2. Cruzamentos... 3 1.2. ACESSO...4 1.3. CARREGAR ARQUIVOS...6 1.4. ARQUIVOS ENVIADOS...10 1.5. RELATÓRIOS DE

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL. PTU Web

MANUAL OPERACIONAL. PTU Web MANUAL OPERACIONAL PTU Web Versão 8.0 24/08/2011 ÍNDICE Índice... 2 PTU Web... 4 O que é o PTU Web?... 4 Como acessar o PTU Web?... 4 Listagem de arquivos enviados e recebidos... 5 Unimeds disponíveis

Leia mais

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Acesso para cadastramento da empresa 2 Caso já tenha se

Leia mais

Agendamento para Importação de Notas Fiscais

Agendamento para Importação de Notas Fiscais LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

6.1. Inserir... 09 6.2. Consultar... 10 6.3. Listar Todos... 11 6.4. Alterar... 12 7. BENEFÍCIOS... 12

6.1. Inserir... 09 6.2. Consultar... 10 6.3. Listar Todos... 11 6.4. Alterar... 12 7. BENEFÍCIOS... 12 Sumário 1. APRESENTAÇÃO INICIAL... 03 2. EMPRESA... 03 3. UNIDADE... 03 3.1. Consultar... 03 3.2. Listar Todas... 04 4. SETOR... 05 4.1. Consultar... 05 4.2. Inserir... 05 4.3. Listar... 06 5. FUNÇÃO...

Leia mais

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Nota Fiscal Paulista. Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Nota Fiscal Paulista Manual do TD REDF (Transmissor de Dados Registro Eletrônico de Documentos Fiscais) Versão 1.1 15/02/2008 Página 1 de 17 Índice Analítico 1. Considerações Iniciais 3 2. Instalação do

Leia mais

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão NOVOSIS 3ª Versão Conteúdo Introdução... 3 Principais recursos:... 4 Para o cidadão:... 4 Para os órgãos públicos:... 4 Como Utilizar o SIC...

Leia mais

TRANSMISSOR ECF. Sistema de transmissão de arquivos Nota Fiscal Paulista. Manual de Utilização

TRANSMISSOR ECF. Sistema de transmissão de arquivos Nota Fiscal Paulista. Manual de Utilização TRANSMISSOR ECF Sistema de transmissão de arquivos Nota Fiscal Paulista Manual de Utilização 1. Histórico de alterações Data Versão Alteração 04/12/2012 1 Criação do documento 28/02/2013 2 Revisão 2. Proposta

Leia mais

Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013

Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013 Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013 Sumário 1. Ambiente Group Shopping... 3 2. Alteração na Tela de Contratos e Controle de Edições... 7 3. Propagação de Contratos... 10 4. Configuração de Impressora

Leia mais

MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO

MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO Diretoria de Vigilância Epidemiológica/SES/SC 2006 1 Módulo 04 - Exportação e Importação de Dados Manual do SINASC Módulo Exportador Importador Introdução O Sistema SINASC

Leia mais

Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4.

Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4. 1 Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4. Interface do sistema... 4 1.4.1. Janela Principal... 4 1.5.

Leia mais

MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento

MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento SEBRAE-GO 1 Sumário Introdução... 3 1) Acesso ao Sistema... 4 1.1. LOGIN... 4 1.2. ALTERAR SENHA... 7 1.3. RECUPERAR SENHA...

Leia mais

CLM ONLINE. Documento CLM Controller Reprodução e divulgação proibidas

CLM ONLINE. Documento CLM Controller Reprodução e divulgação proibidas CLM ONLINE Doc.: Manual do Usuário Versão: V 2.0 Data: 18 de setembro de 2014 CLM Controller Rua João Anes, 122 Lapa São Paulo SP Tel. + 55 11 36 43 56 00 Fax + 55 11 36 43 56 03 Copyright 2014 CLM Controller

Leia mais

TUTORIAL UTILIZAÇÃO DE FUNCIONALIDADES AUDITOR FISCAL

TUTORIAL UTILIZAÇÃO DE FUNCIONALIDADES AUDITOR FISCAL TUTORIAL UTILIZAÇÃO DE FUNCIONALIDADES AUDITOR FISCAL VERSÃO DO SISTEMA 3.0/2015 VERSÃO DO DOCUMENTO 1.0 Índice 1. OBJETIVO GERAL... 2 2. ACESSO AO SISTEMA AUDITOR FISCAL... 3 3. SISTEMA AUDITOR FISCAL

Leia mais

IOB Mitrius WWW.IOB.COM.BR/SOLUCOES. Software de auditoria eletrônica de arquivos digitais de SPED. O que faz: O que oferece:

IOB Mitrius WWW.IOB.COM.BR/SOLUCOES. Software de auditoria eletrônica de arquivos digitais de SPED. O que faz: O que oferece: IOB Mitrius Software de auditoria eletrônica de arquivos digitais de SPED O que faz: Valida os arquivos digitais através de regras automatizadas e constantemente validadas / aprimoradas; Antecipa a análise

Leia mais

http://web.asplan.com.br/aspnet

http://web.asplan.com.br/aspnet MANUAL DE IMPLANTAÇÃO ASPNET 2.0 Cliente http://web.asplan.com.br/aspnet Revisão 10/2010 1. COMO ACESSAR O ASPNET O cadastramento dos usuários Clientes é de responsabilidade dos setores do Escritório Contábil,

Leia mais

Guia do Usuário PRONAVTECH GUIA DO USUÁRIO ARMAZENADOR

Guia do Usuário PRONAVTECH GUIA DO USUÁRIO ARMAZENADOR GUIA DO USUÁRIO ARMAZENADOR 1 Índice INTRODUÇÃO... 3 ACESSANDO O PRONAVTECH... 4 Primeiro Acesso... 5 Demais Acessos... 6 Esqueci Minha Senha... 7 Esqueci o usuário principal... 7 ÁREA DE TRABALHO DO PRONAVTECH...

Leia mais

Sistema de Chamados Protega

Sistema de Chamados Protega SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. REALIZANDO ACESSO AO SISTEMA DE CHAMADOS... 4 2.1 DETALHES DA PÁGINA INICIAL... 5 3. ABERTURA DE CHAMADO... 6 3.1 DESTACANDO CAMPOS DO FORMULÁRIO... 6 3.2 CAMPOS OBRIGATÓRIOS:...

Leia mais

Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio.

Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio. Fazer um cálculo no produto RD Equipamentos e Agronegócio. 1) Logar no Kit Médias Empresas Clicar no ícone Tókio Marine Empresarial, que abrirá a tela de login, veja abaixo. Caso seja o primeiro acesso

Leia mais

Instalação: permite baixar o pacote de instalação do agente de coleta do sistema.

Instalação: permite baixar o pacote de instalação do agente de coleta do sistema. O que é o projeto O PROINFODATA - programa de coleta de dados do projeto ProInfo/MEC de inclusão digital nas escolas públicas brasileiras tem como objetivo acompanhar o estado de funcionamento dos laboratórios

Leia mais

O arquivo SPED é complexo, contém diversas amarrações e muita informação. Algumas medidas diminuem o impacto de dificuldade na validação do arquivo:

O arquivo SPED é complexo, contém diversas amarrações e muita informação. Algumas medidas diminuem o impacto de dificuldade na validação do arquivo: O arquivo SPED é complexo, contém diversas amarrações e muita informação. Algumas medidas diminuem o impacto de dificuldade na validação do arquivo: Não gere toda a movimentação de uma vez. O ideal e aconselhável

Leia mais

DIF-e - MANUAL DE ORIENTAÇÃO AO CONTRIBUINTE

DIF-e - MANUAL DE ORIENTAÇÃO AO CONTRIBUINTE Página 1 de REVISÃO DATA VERSÃO DO HISTÓRICO DAS ALTERAÇÕES SISTEMA 00 1.0 Emissão inicial. Página 2 de Sumário 1. Introdução... 4 2. Modelo Conceitual... 4 3. Programa Cliente... 5 3.1 Telas de Configuração...

Leia mais

Manual Programa SOSView 4.0

Manual Programa SOSView 4.0 2012 Manual Programa SOSView 4.0 Laboratório SOS Sotreq Versão Manual 1.0 01/03/2012 Página 1 de 52 Manual Programa SOSView 4 Instalação do Programa Utilização em Rede Importação de Amostras Consulta de

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: ADMINISTRATIVO VERSÃO 1.0 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 08/01/2013 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 3 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO...

Leia mais

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios Portal Sindical Manual Operacional Empresas/Escritórios Acesso ao Portal Inicialmente, para conseguir acesso ao Portal Sindical, nos controles administrativos, é necessário acessar a página principal da

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

1.0 ADMINISTRAÇÃO DE INSTÂNCIAS

1.0 ADMINISTRAÇÃO DE INSTÂNCIAS 1.0 ADMINISTRAÇÃO DE INSTÂNCIAS Apresentação Este documento tem por objetivo auxiliar a usabilidade do aplicativo IOB Administração de Instâncias de maneira simplificada e ilustrativa. 2 1.0 Sumário 1.0

Leia mais

TUTORIAL COLEGIADOS EM REDE

TUTORIAL COLEGIADOS EM REDE TUTORIAL COLEGIADOS EM REDE Brasília/DF Agosto/2015 Sumário Introdução... 2 1 Sistema de Gestão Estratégica... 3 2 Colegiados Em Rede... 5 2.1 Menu Cadastro... 6 2.1.1 Dados do Colegiado... 7 2.1.2 Composição

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE INTRODUÇÃO O portal do Afrafep Saúde é um sistema WEB integrado ao sistema HEALTH*Tools. O site consiste em uma área onde os Usuários e a Rede Credenciada,

Leia mais

Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA

Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA Sistema de Controle de Bolsas e Auxílios - SCBA Manual de Utilização Perfil Beneficiário 1. 2. Objetivo do Manual... 2 Siglas e Abreviações... 2 3. Perfil do Usuário... 2 4. Descrição Geral do Sistema...

Leia mais

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit Presskit Guia Rápido Release 2.0 Presskit 06/07/2009 Sumário 1 Login 2 Login e Senha...................................... 2 Esqueci minha senha.................................. 2 Fale Com o Suporte...................................

Leia mais

Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X.

Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X. Caso já seja usuário do SCAW siga as instruções a partir da página X. Para iniciar o sistema dê um duplo clique no ícone, que se encontra na área de trabalho. 1 Login do sistema. Esta é a tela de login

Leia mais

e-fornecedores Nova Versão Cartilha do Fornecedor

e-fornecedores Nova Versão Cartilha do Fornecedor e-fornecedores Nova Versão Cartilha do Fornecedor Destinada aos Fornecedores das empresas: Outubro/2010 Nova Estrutura de Telas O portal e-fornecedores conta com nova interface, que facilita a forma de

Leia mais

Manual Cadastro Completo

Manual Cadastro Completo Manual Cadastro Completo Índice 1. Objetivo... 3 2. O Projeto e-suprir... 3 3. Fluxo do Processo de Cadastro... 3 4. Cadastro Simples... 4 5. Recebendo Usuário e Senha... 7 6. Cadastro Completo... 7 7.

Leia mais

Manual para Utilização Site DVA Express. Versão 2.0 para Parceiros.

Manual para Utilização Site DVA Express. Versão 2.0 para Parceiros. Manual para Utilização Site DVA Express Versão 2.0 para Parceiros. Introdução O presente manual tem por finalidade instruir os parceiros e representantes na utilização do site para consultas, rastreabilidade

Leia mais

Pagamento - Fornecedor

Pagamento - Fornecedor Pagamento - Fornecedor MT-212-00137 - 1 Última Atualização 30/08/2014 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: Carregar Documentos Fiscais Verificar o status de envio dos documentos

Leia mais

Manual - Versão 1.2 1

Manual - Versão 1.2 1 Manual - Versão 1.2 1 2 Requisitos para emissão da Nota Fiscal de Consumidor eletrônica - Sistema Gerenciador Gestor Prime - Sistema Transmissor - Uninfe Instalado automaticamente pelo Gestor. - Internet

Leia mais

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de

Convênio, Contrato de Repasse e Termo de MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE SUPORTE À GESTÃO DO SISTEMA DE TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS DA UNIÃO Portal dos Convênios

Leia mais

MANUAL DE AGENDAMENTO DE EXPORTAÇÃO

MANUAL DE AGENDAMENTO DE EXPORTAÇÃO MANUAL DE AGENDAMENTO DE EXPORTAÇÃO MANUAL DE AGENDAMENTO DE EXPORTAÇÃO 1 CONTEÚDO ÍNDICE DE FIGURAS ACESSO AO USUÁRIO CADASTRO DE CONTÊINERES REGIME DE EXPORTAÇÃO NOTA FISCAL AGENDAMENTO ALTERAR VEÍCULO/MOTORISTA

Leia mais

IREasy Manual do Usuário Versão do manual - 0.0.9

IREasy Manual do Usuário Versão do manual - 0.0.9 OBJETIVOS DO PROGRAMA DE COMPUTADOR IREasy Permitir a apuração do Imposto de Renda dos resultados das operações em bolsa de valores (mercado à vista, a termo e futuros). REQUISITOS MÍNIMOS DO COMPUTADOR

Leia mais

Manual do Aplicativo - Rastreamento Veicular

Manual do Aplicativo - Rastreamento Veicular Manual do Aplicativo - Rastreamento Veicular Sumário Apresentação... 2 Instalação do Aplicativo... 2 Localizando o aplicativo no smartphone... 5 Inserindo o link da aplicação... 6 Acessando o sistema...

Leia mais

SSE 3.0. Guia Rápido. Módulo Secretaria. Nesta Edição

SSE 3.0. Guia Rápido. Módulo Secretaria. Nesta Edição SSE 3.0 Guia Rápido Módulo Secretaria Nesta Edição 1 Acessando o Módulo Secretaria 2 Cadastros Auxiliares 3 Criação de Modelos Definindo o Layout do Modelo Alterando o Layout do Cabeçalho 4 Parametrização

Leia mais

Cadastro Avaliação 2013 Manual de Instruções

Cadastro Avaliação 2013 Manual de Instruções Cadastro Avaliação 2013 Manual de Instruções Manual de instruções Cadastro Avaliação 2013 Caro Usuário, Este manual contém todas as instruções necessárias para preenchimento dos dados de sua escola e alunos.

Leia mais

Configuração do cliente de e-mail Outlook 2010 para usuários DAC

Configuração do cliente de e-mail Outlook 2010 para usuários DAC Configuração do cliente de e-mail Outlook 2010 para usuários DAC A. Configurando a autoridade certificadora ICPEdu no Outlook Os certificados utilizados nos serviços de e-mail pop, imap e smtp da DAC foram

Leia mais

Manual para Transportadoras

Manual para Transportadoras Índice 1 Objetivo... 3 2 O Projeto e-suprir... 3 3 Introdução... 3 4 Informações Básicas... 4 4.1 Painel de Controle Compras... 4 5 Acessando o Pedido... 5 6 Digitando o Espelho de Nota Fiscal... 7 6.1

Leia mais

Sua mais nova e completa ferramenta

Sua mais nova e completa ferramenta TUTORIAL PORTAL CLIENTE LUCIOS Sua mais nova e completa ferramenta SOLICITE SEU ACESSO PRÉ-REQUISITO NAVEGADOR IE MICROSOFT O Navegador IE - Internet Explore, vem instalado como padrão em qualquer distribuição

Leia mais

Escrituração de CF-e-SAT

Escrituração de CF-e-SAT P á g i n a 1 Bem vindo ao Passo a Passo do Sistema de Gestão e Retaguarda do SAT-CF-e de SP para Escrituração de CF-e-SAT Atualizado em: 25/11/2014 Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Criação de Formulários no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Criação de Formulários no Google Drive Introdução...

Leia mais

Roteiro de geração do Informativo Fiscal Único Para Contribuintes do tipo Empresa de Pequeno Porte e Micro-empresa.

Roteiro de geração do Informativo Fiscal Único Para Contribuintes do tipo Empresa de Pequeno Porte e Micro-empresa. Roteiro de geração do Informativo Fiscal Único Para Contribuintes do tipo Empresa de Pequeno Porte e Micro-empresa. 1 SELECIONANDO O CONTRIBUINTE. 1 SELECIONANDO O CONTRIBUINTE 03 2 INCLUINDO O INFORMATIVO

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

Manual para Envio de Petição Inicial

Manual para Envio de Petição Inicial Manual para Envio de Petição Inicial 1. Após abrir a página do PROJUDI, digite seu usuário e senha 1.1. Para advogados o usuário é o cpf.adv (ex: 12345678900.adv) 1.2. Após digitar os dados (login e senha),

Leia mais

PORTAL DE RELACIONAMENTO GROUP

PORTAL DE RELACIONAMENTO GROUP PORTAL DE RELACIONAMENTO GROUP MANUAL DO USUÁRIO Portal de Relacionamento - Manual do usuário... 1 SUMÁRIO 1. Informações gerais... 3 2. Sobre este documento... 3 3. Suporte técnico... 3 4. Visão Geral

Leia mais

GUIA DE USUÁRIO - GU-

GUIA DE USUÁRIO - GU- 1/22 Revisão 00 de 20//12 1. OBJETIVO Orientar o usuário para a pesquisa e visualização detalhada de todas as ordens de compra emitidas, emitir confirmações de aceite, submeter solicitação de alteração,

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

Plataforma Brasil Versão 3.0

Plataforma Brasil Versão 3.0 Plataforma Brasil Versão 3.0 Histórico de Revisão do Manual Versão do Sistema 3.0 Autor Data Descrição Assessoria Plataforma Brasil 29/06/2015 Criação do Documento OBS: Para sugestões, a fim de aprimorar

Leia mais

TUTORIAL FERRAMENTA DE PRÉ-AGENDAMENTO ONLINE. MAPLO

TUTORIAL FERRAMENTA DE PRÉ-AGENDAMENTO ONLINE. MAPLO TUTORIAL FERRAMENTA DE PRÉ-AGENDAMENTO ONLINE. MAPLO Carta de Apresentação Prezados Parceiros, A Maplo traz uma inovação em seu atendimento, com o intuito de facilitar o processo de pré-matrícula em nossos

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: PROPOSTAS VERSÃO 1.1 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 10/11/2011 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 07/01/2013 1.1 Atualização do

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO DE ATENÇÃO DOMICILIAR

MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO DE ATENÇÃO DOMICILIAR MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO DE ATENÇÃO DOMICILIAR SAF SUL Qd. 02, Bl. E/F, Ed. Premium Torre II Auditório Sala 05 Telefone: (61) 3315 9052

Leia mais

Relatório de Notas e Comentários

Relatório de Notas e Comentários Relatório de Notas e Comentários MT-611-00007 Última Atualização 25/04/2012 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: 1. Consultar um relatório de notas e seus comentários II. Conceitos

Leia mais

Guia de Referência 0800net

Guia de Referência 0800net Guia de Referência 0800net 1. Apresentação: Com o intuito de melhorar cada vez mais os serviços de atendimento, o Grupo GCI, disponibiliza a Central de Atendimento, através do endereço http://0800net.gci.com.br/.

Leia mais

Boletim Técnico. O sistema é atualizado logo após a aplicação do pacote de atualizações (Patch) deste boletim.

Boletim Técnico. O sistema é atualizado logo após a aplicação do pacote de atualizações (Patch) deste boletim. Boletim Técnico Produto : EMS2 / Datasul 11 Chamado : Data da criação : 09/05/2013 Data da revisão : 09/05/2013 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : Todos A Nota Técnica 2012/002 foi publicada em março

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA GT WEB CALL. Teledata

MANUAL DO SISTEMA GT WEB CALL. Teledata MANUAL DO SISTEMA GT WEB CALL Teledata Indíce analítico 1. Prefácio...3 2. Funcionalidades...3 3. Abrir chamados...7 4. Atribuir chamados...9 5. Consultar chamados...10 6. Fechar chamados...12 7. Relatórios...15

Leia mais

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Criação de backups importantes... 3 3. Reinstalação do Sisloc... 4 Passo a passo... 4 4. Instalação da base de dados Sisloc...

Leia mais

manual Sistema de Gestão de Contribuições

manual Sistema de Gestão de Contribuições manual Sistema de Gestão de Contribuições Conteúdo 1. Login 4 2. Home 5 3. Informações básicas 3.1. Menus 6 3.2. Números e status 7 3.3. Ações 8 4. Ambientes da ferramenta 4.1. Sindicato 13 4.2. Empresas

Leia mais

REMOÇÃO 2015 Versão 10/04/2015

REMOÇÃO 2015 Versão 10/04/2015 Versão 10/04/2015 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 03 ACESSANDO O SISTEMA... 04 CONSULTA DE VAGAS... 06 CRIAR SOLICITAÇÃO PARA REMOÇÃO 2015... 09 PREENCHENDO A COMARCA/FORO... 10 ALTERANDO A SOLICITAÇÃO CADASTRADA...

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

MANUAL COTAÇAO WEB MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email]

MANUAL COTAÇAO WEB MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL COTAÇAO WEB [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula Materiais Autor: Equipe

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. Produtos: Saúde Pró Faturamento Saúde Pró Upload. Versão: 20130408-01

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. Produtos: Saúde Pró Faturamento Saúde Pró Upload. Versão: 20130408-01 Produtos: Saúde Pró Upload Versão: 20130408-01 Sumário 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 LOGIN... 4 3 VALIDADOR TISS... 7 4 CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA... 10 4.1 DADOS CADASTRAIS MATRIZ E FILIAL... 11 4.2 CADASTRO DE

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV. Execução Cotação Eletrônica de Preços. Entidades Privadas sem Fins Lucrativos. Manual do Usuário

Portal dos Convênios SICONV. Execução Cotação Eletrônica de Preços. Entidades Privadas sem Fins Lucrativos. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios SICONV Execução Cotação Eletrônica de Preços

Leia mais

Módulo NF-e. Manual de Utilização

Módulo NF-e. Manual de Utilização Módulo NF-e Manual de Utilização 1 Conteúdo Passo-a-passo para emissão de NF-e... 3 1. Obtendo seu Certificado Digital... 3 2. Registrando-se na Secretaria da Fazenda para Homologação (testes)... 4 3.

Leia mais

Manual. EFD Contribuições

Manual. EFD Contribuições Treinamento Escrita Fiscal Material desenvolvido por: Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Implantta Serviços

Leia mais

KalumaFin. Manual do Usuário

KalumaFin. Manual do Usuário KalumaFin Manual do Usuário Sumário 1. DICIONÁRIO... 4 1.1 ÍCONES... Erro! Indicador não definido. 1.2 DEFINIÇÕES... 5 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 7 3. ACESSAR O SISTEMA... 8 4. PRINCIPAL... 9 4.1 MENU

Leia mais

Manual de Instruções para gerar arquivo do SIOPS na Contabilidade - BW Sistemas

Manual de Instruções para gerar arquivo do SIOPS na Contabilidade - BW Sistemas Manual de Instruções para gerar arquivo do SIOPS na Contabilidade - BW Sistemas 2 SUMÁRIO Apresentação...3 Instruções para gerar o arquivo da RECEITA:...3 Tela inicial do Siops...3 Tela Na Contabilidade...6

Leia mais

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA Manual do Usuário SisCommercePDV NFC-e Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA MANUAL DO USUÁRIO SisCommercePDV Emissor de Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e) *Manual em desenvolvimento

Leia mais

Sistema de Gerenciamento Remoto www.pevermelho.art.br

Sistema de Gerenciamento Remoto www.pevermelho.art.br Sistema de Gerenciamento Remoto www.pevermelho.art.br 1 - SOBRE O SGR Este manual irá lhe ajudar a entender o funcionamento do SGR (Sistema de Gerenciamento Remoto) permitindo assim que você possa atualizar

Leia mais

Faturamento Eletrônico - CASSEMS

Faturamento Eletrônico - CASSEMS 1 Conteúdo 1. Informações Iniciais... 3 1.1. Sobre o documento... 3 1.2. Organização deste Documento... 3 2. Orientações Básicas... 3 2.1. Sobre o Faturamento Digital... 3 3. Instalação do Sistema... 4

Leia mais

SAP - Sistema de Avaliação de Projetos. Orientações para a inscrição de Projetos

SAP - Sistema de Avaliação de Projetos. Orientações para a inscrição de Projetos SAP - Sistema de Avaliação de Projetos Orientações para a inscrição de Projetos Versão 1 Página 1 Apresentação O Sistema de Avaliação de Projetos (SAP) tem a finalidade de concentrar informações referentes

Leia mais

2013 GVDASA Sistemas Administração dos Portais

2013 GVDASA Sistemas Administração dos Portais 2013 GVDASA Sistemas Administração dos Portais 2013 GVDASA Sistemas Administração dos Portais AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a

Leia mais

Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes)

Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes) Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes) 1. Sobre o Microsoft Dynamics CRM - O Microsoft Dynamics CRM permite criar e manter facilmente uma visão clara dos clientes,

Leia mais

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO MANUAL VTWEB CLIENT URBANO A marca do melhor atendimento. Conteúdo... 2 1. Descrição... 3 2. Cadastro no sistema... 3 2.1. Pessoa Jurídica... 3 2.2. Pessoa Física... 5 2.3. Concluir o cadastro... 6 3.

Leia mais

CIUCA Manual de Operação Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento)

CIUCA Manual de Operação Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento) Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação Cadastro das Instituições e Comissões de Ética no Uso de Animais CIUCA Versão 2.02 (Módulos I Cadastro e II - Credenciamento) Versão 1.01 (Módulo I Cadastro)

Leia mais

Manual de Configuração e Utilização TabFisc Versão Mobile 09/2013 Pag. 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TABLET VERSÃO MOBILE

Manual de Configuração e Utilização TabFisc Versão Mobile 09/2013 Pag. 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TABLET VERSÃO MOBILE Pag. 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TABLET VERSÃO MOBILE Pag. 2 INTRODUÇÃO Esse documento contém as instruções básicas para a utilização do TabFisc Versão Mobile (que permite ao fiscal a realização do seu trabalho

Leia mais

Sistema de Devolução Web

Sistema de Devolução Web Manual Sistema de Devolução Web Usuário Cliente ÍNDICE Sumário 1. Prazos...3 2. Solicitação de Devolução... 4 3. Autorização de Devolução... 4 4. Coleta de Mercadoria... 4 5. Acompanhamento da Devolução...

Leia mais

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual Aplicativo da Manifestação do Destinatário Manual Novembro de 2012 1 Sumário 1 Aplicativo de Manifestação do Destinatário...4 2 Iniciando o aplicativo...4 3 Menus...5 3.1 Manifestação Destinatário...5

Leia mais

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização WebEDI - Tumelero Manual de Utilização Pedidos de Compra Notas Fiscais Relação de Produtos 1. INTRODUÇÃO Esse documento descreve o novo processo de comunicação e troca de arquivos entre a TUMELERO e seus

Leia mais

Guia do Usuário PRONAVTECH GUIA DO USUÁRIO VALIDADOR

Guia do Usuário PRONAVTECH GUIA DO USUÁRIO VALIDADOR GUIA DO USUÁRIO VALIDADOR 1 Índice INTRODUÇÃO... 3 ACESSANDO O PRONAVTECH... 4 Primeiro Acesso... 5 Demais Acessos... 6 Esqueci Minha Senha... 6 Esqueci o usuário principal... 7 ÁREA DE TRABALHO DO PRONAVTECH...

Leia mais

Versão 2.0. Data de criação 13/05/2015

Versão 2.0. Data de criação 13/05/2015 Apostila de Treinamento Agendamento Versão 2.0 Data de criação 13/05/2015 Data de efetivação Este documento entra em vigor na sua publicação. Versão do Sistema 2.0.0.0 Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1 Objetivo

Leia mais

FUTURA SISTEMAS. Futura Mobile. www.futurasistemas.com.br

FUTURA SISTEMAS. Futura Mobile. www.futurasistemas.com.br FUTURA SISTEMAS Futura Mobile APRESENTAÇÃO O Futura Mobile é o sistema denominado como Força de Vendas onde o usuário executará as vendas a partir de Tablets e Smartphones. Foi desenvolvido para a plataforma

Leia mais

Clique no botão para iniciar o treinamento TAREFAS CONTRAT OS RELACIO NAMENT CONFIGURAÇÕES. A ideia é usar os próprios ícones do CGW.

Clique no botão para iniciar o treinamento TAREFAS CONTRAT OS RELACIO NAMENT CONFIGURAÇÕES. A ideia é usar os próprios ícones do CGW. Script CGW Módulo Tarefas Parte I Menu: Clique no botão para iniciar o treinamento ÁREA DE TRABALHO GERAL TAREFAS CONTRAT OS PORTAL DE RELACIO NAMENT FATURAM ENTO FINANCEI RO RELACIO NAMENT O CONFIGU RAÇÕES

Leia mais

Manual do sistema SMARsa WEB

Manual do sistema SMARsa WEB Manual do sistema SMARsa WEB Módulo Solicitação/Ouvidoria SMARsa WEB Solicitação/Ouvidoria Versão 2.7 1 Sumário INTRODUÇÃO...4 OBJETIVOS...4 Bem-vindo ao sistema SMARsa WEB: Módulo solicitação/ouvidoria...5

Leia mais

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira

Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Plano de Carreira Sistema de Apoio à Gestão de Planos de Carreira Manual do Usuário Página1 Sumário 1 Configurações Recomendadas... 4 2 Objetivos... 4 3 Acesso ao Sistema... 5 3.1. Acessar 6 3.2. Primeiro

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA DE CADASTRO INTRANET

MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA DE CADASTRO INTRANET MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA DE CADASTRO INTRANET I Sumário 1. Objetivo do Documento... 1 2. Início... 1 3. Cadastro de Pessoa Física... 3 3.1. Preenchimentos Obrigatórios.... 4 3.2. Acesso aos Campos

Leia mais

MANUAL DE SUPORTE. Controle de Suporte. Este manual descreve as funcionalidades do controle de suporte.

MANUAL DE SUPORTE. Controle de Suporte. Este manual descreve as funcionalidades do controle de suporte. MANUAL DE SUPORTE Controle de Suporte Este manual descreve as funcionalidades do controle de suporte. SUMÁRIO Considerações Iniciais... 3 Acesso... 4 Controle de Suporte... 5 1. Solicitação de Atendimento...

Leia mais

Apresentando o novo modelo de atendimento Centro Marista de Serviços - CMS. Curitiba, Julho de 2014

Apresentando o novo modelo de atendimento Centro Marista de Serviços - CMS. Curitiba, Julho de 2014 Apresentando o novo modelo de atendimento Centro Marista de Serviços - CMS Curitiba, Julho de 2014 Vamos à prática: Como abrir um chamado? Entre na ferramenta com seu login e senha de rede (a mesma que

Leia mais

1. Escritório Virtual... 5. 1.1. Atualização do sistema...5. 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5

1. Escritório Virtual... 5. 1.1. Atualização do sistema...5. 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5 1 2 Índice 1. Escritório Virtual... 5 1.1. Atualização do sistema...5 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5 1.3. Cadastro do Escritório...5 1.4. Logo Marca do Escritório...6...6 1.5. Cadastro

Leia mais

PMAT. Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações. Manual. Desenvolvido pelo BNDES AS/DEGEP

PMAT. Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações. Manual. Desenvolvido pelo BNDES AS/DEGEP PMAT Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações Manual 1 Índice 1. O que é o Sistema de Análise e Acompanhamento de Operações PMAT... 3 2. Acessando o sistema pela primeira vez Download... 3 3. Fluxogramas

Leia mais

O GEM é um software 100% Web, ou seja, você poderá acessar de qualquer local através da Internet.

O GEM é um software 100% Web, ou seja, você poderá acessar de qualquer local através da Internet. Olá! Você está recebendo as informações iniciais para utilizar o GEM (Software para Gestão Educacional) para gerenciar suas unidades escolares. O GEM é um software 100% Web, ou seja, você poderá acessar

Leia mais

REMOÇÃO 2015 MANUAL DE DESISTÊNCIA

REMOÇÃO 2015 MANUAL DE DESISTÊNCIA REMOÇÃO 2015 MANUAL DE DESISTÊNCIA Versão 05/05/2015 SUMÁRIO ACESSANDO O SISTEMA... 03 VISUALIZANDO A SOLICITAÇÃO... 05 DEMONSTRATIVO DAS VAGAS... 06 DESISTÊNCIA DA REMOÇÃO... 08 IMPRIMIR PROTOCOLO...

Leia mais

Passo-a-passo para acesso ao novo sistema de reservas de salas no Rochaverá

Passo-a-passo para acesso ao novo sistema de reservas de salas no Rochaverá Passo-a-passo para acesso ao novo sistema de reservas de salas no Rochaverá 1. Tela de Acesso (Login) RE = seu RE Senha = CPF sem pontos e traço (para o primeiro acesso). Observação: Você pode trocar a

Leia mais

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas 2014 V.1.0 SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Contas Médicas SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Módulos CONTAS MÉDICAS Capa

Leia mais