Reabilitação e Reforço de Estruturas

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Reabilitação e Reforço de Estruturas"

Transcrição

1 Mestrado em Engenharia Civil 2011 / 2012 Reabilitação e Reforço de Estruturas Aula 06: Métodos de inspecção e diagnóstico Termografia de infra-vermelho. Eduardo S. Júlio 1/22

2 João Ramos ESTG Leiria 2/22

3 Forno Rotativo de Cal Inspecção de Condição 3/22

4 Termografia infravermelho. Definição: Todos os corpos, pelo facto de estarem a uma temperatura superior ao zero absoluto emitem radiação térmica. Os sistemas de termografia infravermelha captam essa radiação e convertem-nana numa imagem que representa a distribuição da temperatura superficial do objecto observado. 4/22

5 Radiação Térmica - Conceitos Gerais o o Transmissão de energia na forma de onda electromagnética, caracterizada por um comprimento de onda [ λ ]; Espectro electromagnético dividido em bandas, delimitadas em função do comprimento de onda, traduzindo as características físicas das fontes emissoras Raios X U. V. Visível I.V. Microondas Ondas de rádio 1,E-06 1,E-04 1,E ,E+04 1,E+06 λ, µ m 0.4 µm 0.75 µm 100 µm Radiação Térmica 5/22

6 Leis da Radiação Lei de Planck, Lei de Wien Corpo Negro Relação da distribuição espectral da radiação térmica com a temperatura 6/22

7 Leis da radiação Lei de Stefan-Boltzmann : W = σ ε T 4 W : radiação total emitida [ W / m 2 ] σ : constante de Boltzman [ 5.8 x 10-8 W m -2 K -4 ] ε : emissividade T : temperatura [ K ] A emissividade representa a capacidade de emissão dos corpos reais (0 < ε < 1) 7/22

8 Radiação dos corpos reais ε + ρ + τ = 1 Eo : energia emitida Er : energia reflectida Et : energia transmitida ε : emissividade ρ : coef. de reflexão τ : coef. transmissibilidade Condição de equilíbrio: Eo + Er + Et = Ei 8/22

9 Emissividade e Reflexão o o o Corpo negro: ε = 1 ; ρ = τ = 0 Espelho perfeito: ρ = 1 ; ε = τ = 0 Corpo transparente: τ = 1 ; ε = ρ = 0 Valores típicos de emissividade : Alumínio em bruto ε = 0.68 Alumínio oxidado ε = 0.85 Alumínio polido ε = 0.1 Cimento ε = 0.95 Plástico branco ε = 0.84 Plástico negro ε = /22

10 Classificação dos sistemas de termografía infravermelho Pontuais - Pirómetros IR Medida de temperatura num ponto Equipamentos fixos e portáteis Lineares - Scanners de linha Obtenção de perfis de temperatura Combinados com deslocamento, permitem obter mapas térmicos Superficiais - Câmaras termográficas Sistemas de formação de imagens térmicas Distribuição da temperatura superficial em tempo real 10/22

11 Aplicações. Construção civil Localização de fugas caloríficas Estudo de perdas energéticas através de paredes Detecção de problemas de isolamento Localização de humidades internas 11/22

12 Aplicações. Indústria Automóvel Análise das características térmicas de motores Estudo do aquecimento dos travões Controlo dos sistemas de descongelação Análise de aquecimento dos faróis Verificação de temperaturas em pneus 12/22

13 Aplicações. Fornos e Refractários Estudo da espessura das paredes do refractário Controlo de temperatura em fornos Localização de fugas de calor Estudo do funcionamento dos queimadores 13/22

14 Aplicações. Electrónica Distribuição de temperatura em circuitos impressos Inspecção e controlo de qualidade de placas Análise térmica de placas de circuito impresso Detecção e localização de curto-circuitos Controlo de especificações na recepção de componentes 14/22

15 Aplicações. Indústria de Processo Controlo de qualidade dos produtos Monitorização térmica do processo Medida de temperatura dos produtos em cada fase Ajustes de maquinaria de produção 15/22

16 Aplicações. Medicina Determinação de problemas circulatórios Localização de infecções ocultas Análise de danos musculares Estudo de problemas de locomoção Medicina veterinária 16/22

17 Aplicações. Aeronáutica Estudos de estructuras tipo sandwich ou painel de abelha Análise do comportamento térmico de pás Caracterização térmica de reactores Localização de infiltrações de água Estudos em túnel de vento 17/22

18 Aplicações. Vigilância e Segurança Visão nocturna Vigilância aérea Combate a incêndios Controlo de tráfego marítimo Visão através de fumo e nevoeiro 18/22

19 Aplicações. Dispositivos Mecânicos Análise de aquecimento em chumaceiras Detecção de aquecimento por fricção Estudo de aquecimento de escovas Determinação do estado de bobinas 19/22

20 Aplicações. Instalações Eléctricas Localização de sobre-aquecimentos nos contactos e conexões dos interruptores. Detecção de aquecimentos nos bornes de transformadores Estudo dos radiadores de refrigeração dos transformadores para localização de obstruções Detecção de conexões mal apertadas 20/22

21 Factores que afectam a medida, externos ao sistema Emissividade da superficie Capacidade do corpo para radiar energia na banda infravermelho Temperatura ambiente Proporção da radiação vinda do exterior que é reflectida na superficie Absorção atmosférica Redução da radiação que chega à lente ao atravessar a atmosfera 21/22

22 Vantagens da medida por IV Pode-se medir com facilidade a temperatura de objectos móveis e de difícil acesso Ao ser uma técnica sem contacto não interfere com o funcionamento e comportamento próprio do elemento a medir Facilidade e rapidez na medida de grandes superficies Medida de temperatura de vários objectos ao mesmo tempo Tempo rápido de resposta. Permite seguir fenómenos transitórios de temperatura Precisão elevada e alta repetibilidade. Fiabilidade das medições 22/22

Termografia ANÁLISE E DIAGNÓSTICO CICLO DE WORKSHOPS TERMOGRAFIA. ORADOR: Eng.º EDUARDO ROQUE DA CUNHA

Termografia ANÁLISE E DIAGNÓSTICO CICLO DE WORKSHOPS TERMOGRAFIA. ORADOR: Eng.º EDUARDO ROQUE DA CUNHA CICLO DE WORKSHOPS TERMOGRAFIA ORADOR: Eng.º EDUARDO ROQUE DA CUNHA APLICAÇÃO Edifícios, Pontes e Viadutos; Sistemas Elétricos, Eletrónicos e Mecânicos; AVAC; Sistemas de Fluidos; Manutenção Indústria

Leia mais

Conforto Visual pode ser interpretado como uma recepção clara das mensagens visuaisde um ambiente luminoso

Conforto Visual pode ser interpretado como uma recepção clara das mensagens visuaisde um ambiente luminoso Conforto Visual pode ser interpretado como uma recepção clara das mensagens visuaisde um ambiente luminoso é a potência da radiação eletromagnética emitida ou recebida por um corpo Fluxo Radiante (watt

Leia mais

Graça Meireles. Física -10º ano. Física -10º ano 2

Graça Meireles. Física -10º ano. Física -10º ano 2 Escola Secundária D. Afonso Sanches Energia do Sol para a Terra Graça Meireles Física -10º ano 1 Variação da Temperatura com a Altitude Física -10º ano 2 1 Sistemas Termodinâmicos Propriedades a ter em

Leia mais

Evento REABILITAÇÃO ENERGETICAMENTE EFICIENTE DE EDIFÍCIOS URBANOS. Termografia. Técnicas de Inspecçãoe Avaliação do Desempenho de Edifícios

Evento REABILITAÇÃO ENERGETICAMENTE EFICIENTE DE EDIFÍCIOS URBANOS. Termografia. Técnicas de Inspecçãoe Avaliação do Desempenho de Edifícios Evento REABILITAÇÃO ENERGETICAMENTE EFICIENTE DE EDIFÍCIOS URBANOS Técnicas de Inspecçãoe Avaliação do Desempenho de Edifícios Termografia Inês Simões www.itecons.uc.pt O que é a termografia infravermelha?

Leia mais

Artigo para Publicação Versão final

Artigo para Publicação Versão final Artigo para Publicação Versão final Julho 2005 AC05105LIS/ENG Termografia por Infravermelhos Aplicações em Edifícios Luís Viegas Mendonça (lvm@spybuilding.com) 1 Termografia por Infravermelhos Aplicações

Leia mais

Técnicas de infravermelhos

Técnicas de infravermelhos Métodos experimentais de energia e ambiente Técnicas de infravermelhos Introdução Porquê da utilização dos infravermelhos (IV) História Funcionamento Aparelhos de IV Aplicações Referências Porquê da utilização

Leia mais

RADIAÇÃO. 2. Radiação Eletromagnética. 1. Introdução. Características da Radiação Eletromagnética

RADIAÇÃO. 2. Radiação Eletromagnética. 1. Introdução. Características da Radiação Eletromagnética O AQUECIMENTO DA ATMOSFERA RADIAÇÃO SOLAR E TERRESTRE 1. Introdução RADIAÇÃO Radiação = Modo de transferência de energia por ondas eletromagnéticas única forma de transferência de energia sem a presença

Leia mais

Capítulo 9: Transferência de calor por radiação térmica

Capítulo 9: Transferência de calor por radiação térmica Capítulo 9: Transferência de calor por radiação térmica Radiação térmica Propriedades básicas da radiação Transferência de calor por radiação entre duas superfícies paralelas infinitas Radiação térmica

Leia mais

SOLAR E TERRESTRE RADIAÇÃO O O AQUECIMENTO DA ATMOSFERA. 2. Radiação Eletromagnética. 1. Introdução. Características da Radiação Eletromagnética

SOLAR E TERRESTRE RADIAÇÃO O O AQUECIMENTO DA ATMOSFERA. 2. Radiação Eletromagnética. 1. Introdução. Características da Radiação Eletromagnética O O AQUECIMENTO DA ATMOSFERA RADIAÇÃO SOLAR E TERRESTRE 1. Introdução RADIAÇÃO Radiação = Modo de transferência de energia por ondas eletromagnéticas única forma de transferência de energia sem a presença

Leia mais

Pirometria em fornos de clinquer FILIPE APÓSTOLO -

Pirometria em fornos de clinquer FILIPE APÓSTOLO - Pirometria em fornos de clinquer MEDIÇÃO DE ALTAS TEMPERATURAS & CÂMARAS Conceitos Básicos PIROMETRIA Ciência de medição de altas temperaturas através da radiação emitida por uma superfície PIRÔMETROS

Leia mais

Termografia de Infravermelhos Aplicada a Instalações de Refrigeração

Termografia de Infravermelhos Aplicada a Instalações de Refrigeração Avances em Ciências e Técnicas do Frio - IV Termografia de Infravermelhos Aplicada a Instalações de Refrigeração João Garcia 1*, Paulo Fontes 2 1 EST SETÚBAL, Campus do IPS, Estefanilha, 2910-761 Setúbal,

Leia mais

As ondas ou radiações eletromagnéticas não precisam de um meio material para se propagarem.

As ondas ou radiações eletromagnéticas não precisam de um meio material para se propagarem. Radiação As ondas ou radiações eletromagnéticas não precisam de um meio material para se propagarem. O espetro eletromagnético é o conjunto de todas as radiações eletromagnéticas. Radiação A transferência

Leia mais

Aula 25 Radiação. UFJF/Departamento de Engenharia de Produção e Mecânica. Prof. Dr. Washington Orlando Irrazabal Bohorquez

Aula 25 Radiação. UFJF/Departamento de Engenharia de Produção e Mecânica. Prof. Dr. Washington Orlando Irrazabal Bohorquez Aula 25 Radiação UFJF/Departamento de Engenharia de Produção e Mecânica Prof. Dr. Washington Orlando Irrazabal Bohorquez REVISÃO: Representa a transferência de calor devido à energia emitida pela matéria

Leia mais

Campos de forças: campos gravítico, magnético e eléctrico... Cargas em movimento e seus efeitos em termos de criação de campos...

Campos de forças: campos gravítico, magnético e eléctrico... Cargas em movimento e seus efeitos em termos de criação de campos... RADIAÇÃO 1 As radiações são ondas electromagnéticas. O que são ondas electromagnéticas? Quais os conceitos fundamentais que os alunos precisam de entender para lhes podermos explicar o que são ondas electromagnéticas?

Leia mais

Caracterização de uma radiação electromagnética

Caracterização de uma radiação electromagnética Caracterização de uma radiação electromagnética Todas as radiações electromagnéticas são caracterizadas pela sua frequência e comprimento de onda. A frequência é o número de vezes que uma onda se repete

Leia mais

Evento PROMOÇÃO DA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE EDIFÍCIOS, SUSTENTABILIDADE E CONFORTO INTERIOR OPTIMIZAÇÃO DE SOLUÇÕES CONSTRUTIVAS TERMOGRAFIA

Evento PROMOÇÃO DA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE EDIFÍCIOS, SUSTENTABILIDADE E CONFORTO INTERIOR OPTIMIZAÇÃO DE SOLUÇÕES CONSTRUTIVAS TERMOGRAFIA Evento PROMOÇÃO DA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE EDIFÍCIOS, SUSTENTABILIDADE E CONFORTO INTERIOR OPTIMIZAÇÃO DE SOLUÇÕES CONSTRUTIVAS Técnicas de Inspecção e Avaliação do Desempenho de Edifícios Inês Simões

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA 2/3 LIMA DE FREITAS 10.º ANO FÍSICA E QUÍMICA A 2010/2011 NOME: Nº: TURMA:

ESCOLA SECUNDÁRIA 2/3 LIMA DE FREITAS 10.º ANO FÍSICA E QUÍMICA A 2010/2011 NOME: Nº: TURMA: ESCOLA SECUNDÁRIA 2/3 LIMA DE FREITAS 0.º ANO FÍSICA E QUÍMICA A 200/20 NOME: Nº: TURMA: AVALIAÇÃO: Prof.. A energia eléctrica pode ser produzida em centrais termoeléctricas. Nessa produção há perdas de

Leia mais

RADIAÇÃO SOLAR E TERRESTRE

RADIAÇÃO SOLAR E TERRESTRE RADIAÇÃO SOLAR E TERRESTRE LINHAS DO CAMPO MAGNÉTICO TERR A TEMPESTADE SOLAR SOL 1. INTRODUÇÃO Radiação (energia radiante) - se propaga sem necessidade da presença de um meio material designa processo

Leia mais

O DESAFIO DOS SENSORES REMOTOS NO INVENTÁRIO DE BIOMASSA SÓLIDA. José Rafael M. Silva; Adélia Sousa; e Paulo Mesquita

O DESAFIO DOS SENSORES REMOTOS NO INVENTÁRIO DE BIOMASSA SÓLIDA. José Rafael M. Silva; Adélia Sousa; e Paulo Mesquita O DESAFIO DOS SENSORES REMOTOS NO INVENTÁRIO DE BIOMASSA SÓLIDA José Rafael M. Silva; Adélia Sousa; e Paulo Mesquita 1 A Detecção Remota e uma técnica que nos permite obter informação sobre um objecto

Leia mais

NOTAS DE AULAS DE FÍSICA MODERNA

NOTAS DE AULAS DE FÍSICA MODERNA NOTAS DE AULAS DE FÍSICA MODERNA Prof. Carlos R. A. Lima CAPÍTULO 2 RADIAÇÃO TÉRMICA E CORPO NEGRO Edição de janeiro de 2009 CAPÍTULO 2 RADIAÇÃO TÉRMICA E CORPO NEGRO ÍNDICE 2.1- Radiação Térmica 2.2-

Leia mais

EMISSÃO e ABSORÇÃO de radiação

EMISSÃO e ABSORÇÃO de radiação EMISSÃO e ABSORÇÃO de radiação a EMISSÃO ocorre quando um elétron de um átomo salta de uma órbita superior para uma inferior (fundamentalização): um fóton é emitido (produzido). e - e - + n 2, E 2 n 1,

Leia mais

AVALIAÇÃO TERMOGRÁFICA DE INSTALAÇÕES DE REFRIGERAÇÃO

AVALIAÇÃO TERMOGRÁFICA DE INSTALAÇÕES DE REFRIGERAÇÃO 5º Congresso Luso-Moçambicano de Engenharia 2º Congresso de Engenharia de Moçambique Maputo, 2-4 Setembro 2008 Artigo REF: 21A016 AVALIAÇÃO TERMOGRÁFICA DE INSTALAÇÕES DE REFRIGERAÇÃO José Nunes 1, Cláudia

Leia mais

Física e Química A 10.º ano

Física e Química A 10.º ano Energia, fenómenos térmicos e radiação I 1. Coloca os sistemas mencionados por ordem, de forma a corresponder à sequência: Sistema isolado, Sistema fechado, sistema aberto A. Piscina. B. Frigorífico fechado.

Leia mais

Considerações gerais sobre radiação térmica

Considerações gerais sobre radiação térmica CÁLCULO TÉRMICO E FLUIDOMECÂNICO DE GERADORES DE VAPOR Prof. Waldir A. Bizzo Faculdade de Engenharia Mecânica - UNICAMP General Considerations Considerações gerais sobre radiação térmica Radiação térmica

Leia mais

PTC3421 Instrumentação Industrial. Temperatura Parte V V2017A PROF. R. P. MARQUES

PTC3421 Instrumentação Industrial. Temperatura Parte V V2017A PROF. R. P. MARQUES PTC3421 Instrumentação Industrial Temperatura Parte V V2017A PROF. R. P. MARQUES Corpo negro O conceito de corpo negro foi criado por Gustav Kirchhoff em 1860. Um corpo negro é capaz de absorver toda radiação

Leia mais

Transferência de Calor

Transferência de Calor Transferência de Calor Introdução e Modos de Transferência Prof. Universidade Federal do Pampa BA000200 Campus Bagé 08 de maio de 2017 Transferência de Calor: Introdução 1 / 29 Introdução à Transferência

Leia mais

Vidro. 14 Vidraria Taipas. Esta estrutura dota o vidro duplo das seguintes propriedades:

Vidro. 14 Vidraria Taipas. Esta estrutura dota o vidro duplo das seguintes propriedades: 14 Vidraria Taipas Esta estrutura dota o vidro duplo das seguintes propriedades: Propriedades Acústicas Propriedades Espectrofotométricas Propriedades Térmicas Propriedades de Segurança Propriedades Decorativas

Leia mais

Energia Eletromagnética. Q = h.c/λ. c = λ. f A energia eletromagnética se propaga. Q = h. f. Teoria Ondulatória. Teoria Corpuscular (Planck-Einstein)

Energia Eletromagnética. Q = h.c/λ. c = λ. f A energia eletromagnética se propaga. Q = h. f. Teoria Ondulatória. Teoria Corpuscular (Planck-Einstein) Energia Eletromagnética Teoria Ondulatória (Huygens-Maxwell) c = λ. f A energia eletromagnética se propaga seguindo um modelo harmônico e contínuo na velocidade da luz, em dois campos ortogonais, um elétrico

Leia mais

Processos e propriedades radiativas. Propriedades radiativas de superfícies

Processos e propriedades radiativas. Propriedades radiativas de superfícies ε θ, Processos e propriedades radiativas. Propriedades radiativas de superfícies Emissividade de uma Superfície ntroduzindo uma propriedade específica, (a emissividade), a radiação emitida por uma superfície

Leia mais

Laboratório de Física Moderna Radiação de Corpo Negro Aula 01. Marcelo Gameiro Munhoz

Laboratório de Física Moderna Radiação de Corpo Negro Aula 01. Marcelo Gameiro Munhoz Laboratório de Física Moderna Radiação de Corpo Negro Aula 01 Marcelo Gameiro Munhoz munhoz@if.usp.br 1 Contextualização Para iniciar nosso experimento, vamos compreender o contexto que o cerca Qual o

Leia mais

FENÔMENOS DE TRANSPORTES

FENÔMENOS DE TRANSPORTES FENÔMENOS DE TRANSPORTES AULA 11 FUNDAMENTOS DE TRANSFERÊNCIA DE CALOR PROF.: KAIO DUTRA Transferência de Calor Transferência de calor (ou calor) é a energia em trânsito devido a uma diferença de temperatura.

Leia mais

A Radiação do Corpo Negro e sua Influência sobre os Estados dos Átomos

A Radiação do Corpo Negro e sua Influência sobre os Estados dos Átomos Universidade de São Paulo Instituto de Física de São Carlos A Radiação do Corpo Negro e sua Influência sobre os Estados dos Átomos Nome: Mirian Denise Stringasci Disciplina: Mecânica Quântica Aplicada

Leia mais

Mecânica Quântica. Corpo negro: Espectro de corpo negro, catástrofe do ultravioleta, Leis de Rayleigh e Jeans, Hipótese de Planck

Mecânica Quântica. Corpo negro: Espectro de corpo negro, catástrofe do ultravioleta, Leis de Rayleigh e Jeans, Hipótese de Planck Mecânica Quântica Corpo negro: Espectro de corpo negro, catástrofe do ultravioleta, Leis de Rayleigh e Jeans, Hipótese de Planck...numa reunião em 14/12/1900, Max Planck apresentou seu artigo Sobre a teoria

Leia mais

25/Mar/2015 Aula /Mar/2015 Aula 9

25/Mar/2015 Aula /Mar/2015 Aula 9 20/Mar/2015 Aula 9 Processos Politrópicos Relações politrópicas num gás ideal Trabalho: aplicação aos gases perfeitos Calor: aplicação aos gases perfeitos Calor específico politrópico Variação de entropia

Leia mais

Thermoelastic Stress Analysis TSA. Termografia aplicada a Análise experimental de tensões. Renato Vieira/ Vitor Eboli

Thermoelastic Stress Analysis TSA. Termografia aplicada a Análise experimental de tensões. Renato Vieira/ Vitor Eboli Thermoelastic Stress Analysis TSA Termografia aplicada a Análise experimental de tensões. Renato Vieira/ Vitor Eboli Formas clássicas de medição de Temperatura Termômetros à epansão de líquido Área de

Leia mais

OS PARÀMETROS TÉRMICOS. Alfredo Costa Pereira 1

OS PARÀMETROS TÉRMICOS. Alfredo Costa Pereira 1 OS PAÀMETOS TÉMIOS Alfredo osta Pereira 1 TAXA DE TASNSFEÊNIA DE ALO, FLUXO DE ALO, FLUXO TÉMIO ou TANSMISSÃO DE ALO PO UNIDADE DE TEMPO, através de um determinado material, ( watt) Q & É a quantidade

Leia mais

CURSO DE NÍVEL 1 EM TERMOGRAFIA

CURSO DE NÍVEL 1 EM TERMOGRAFIA CURSO DE NÍVEL 1 EM TERMOGRAFIA com certificação 2016 O curso segue o conteúdo requerido pela norma europeia e internacional EN473:2008/ISO9712, a única aceite e válida na Europa TERMOGRAFIA - NÍVEL 1

Leia mais

Universidade Federal de Campina Grande Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar Unidade Acadêmica de Agronomia

Universidade Federal de Campina Grande Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar Unidade Acadêmica de Agronomia Universidade Federal de Campina Grande Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar Unidade Acadêmica de Agronomia NOTAS DE AULA PRINCÍPIOS DE RADIAÇÃO ELETROMAGNÉTICA 1. Introdução A radiação eletromagnética

Leia mais

Sensoriamento remoto 1. Prof. Dr. Jorge Antonio Silva Centeno Universidade Federal do Paraná 2016

Sensoriamento remoto 1. Prof. Dr. Jorge Antonio Silva Centeno Universidade Federal do Paraná 2016 Sensoriamento remoto 1 Prof. Dr. Jorge Antonio Silva Centeno Universidade Federal do Paraná 2016 Súmula princípios e leis da radiação eletromagnética radiação solar conceito de corpo negro REM e sensoriamento

Leia mais

Desempenho térmico. Paredes e Coberturas

Desempenho térmico. Paredes e Coberturas Desempenho térmico Paredes e Coberturas ECV 5161: Desempenho térmico de Edificações Engenharia Civil Prof. Roberto Lamberts (elaborado por Juliana Batista) Transferência de calor T1 > T2 q T1 T2 T1 = T2

Leia mais

TERMÔMETRO INFRAVERMELHO MT-350

TERMÔMETRO INFRAVERMELHO MT-350 TERMÔMETRO INFRAVERMELHO MT-350 1. INTRODUÇÃO Este instrumento é um termómetro digital infravermelho de tamanho compacto portátil, fácil de usar, com suspiro a laser, concebido para uma operação simples

Leia mais

NOTAS DE AULAS DE FÍSICA MODERNA

NOTAS DE AULAS DE FÍSICA MODERNA NOTAS DE AULAS DE FÍSICA MODERNA Prof. Carlos R. A. Lima CAPÍTULO 2 RADIAÇÃO TÉRMICA E CORPO NEGRO Primeira Edição junho de 2005 CAPÍTULO 2 RADIAÇÃO TÉRMICA E CORPO NEGRO ÍNDICE 2.1- Introdução 2.2- Corpo

Leia mais

Transferência de Calor: Origens Físicas F Equações de Taxas de Transferência

Transferência de Calor: Origens Físicas F Equações de Taxas de Transferência Transferência de Calor: Origens Físicas F e Euações de Taxas de Transferência Transferência de Calor e Energia Térmica O ue é a transferência de calor? A transferência de calor éo trânsito de energia térmica

Leia mais

ENERGIA SOLAR: CONCEITOS BASICOS

ENERGIA SOLAR: CONCEITOS BASICOS ENERGIA SOLAR: CONCEITOS BASICOS Uma introdução objetiva dedicada a estudantes interessados em tecnologias de aproveitamento de fontes renováveis de energia. Prof. M. Sc. Rafael Urbaneja 0 4. LEIS DA EMISSÃO

Leia mais

ENERGIA SOLAR: CONCEITOS BASICOS

ENERGIA SOLAR: CONCEITOS BASICOS ENERGIA SOLAR: CONCEITOS BASICOS Uma introdução objetiva dedicada a estudantes interessados em tecnologias de aproveitamento de fontes renováveis de energia. 1. INTRODUÇÃO: 1.1. Um rápido olhar na relação

Leia mais

O CLIMA DA TERRA: Processos, Mudanças e Impactos

O CLIMA DA TERRA: Processos, Mudanças e Impactos O CLIMA DA TERRA: Processos, Mudanças e Impactos Prof. TÉRCIO AMBRIZZI Professor Titular ambrizzi@model.iag.usp.br E Profa. Dra. MARCIA A. YAMASOE Professora Associada akemi@model.iag.usp.br Departamento

Leia mais

Espectroscopia de emissão/absorção com espectrómetro de prisma

Espectroscopia de emissão/absorção com espectrómetro de prisma Estrutura da Matéria 5/6 Espectroscopia de emissão/absorção com espectrómetro de prisma Objectivo: Estudar o espectro de emissão de um sólido incandescente (filamento de tungsténio); egistar e interpretar

Leia mais

Prof. MSc. David Roza José 1/23

Prof. MSc. David Roza José 1/23 1/23 Radiação de Corpo Negro Para se avaliar a potência emissiva, irradiação, radiosidade ou o fluxo radiativo líquido de uma superfície real opaca, deve-se quantificar as seguintes intensidades espectrais

Leia mais

= AT Lei de Stefan-Boltzmann

= AT Lei de Stefan-Boltzmann Radiação transporte de energia sob a forma de ondas electromagnéticas. No vazio, a propagação dá-se à velocidade da luz. A radiação térmica, emitida por um sólido ou líquido em virtude da sua temperatura

Leia mais

A LEI DE RADIAÇÃO DE STEFAN BOLTZMANN

A LEI DE RADIAÇÃO DE STEFAN BOLTZMANN A LEI DE RADIAÇÃO DE STEFAN BOLTZMANN Material Utilizado: - um fonte regulada de potência CC (3 A, 12 V) - uma lâmpada de Stefan-Boltzmann (PASCO TD-8553) - um sensor de radiação (PASCO TD-8555) - um milivoltímetro

Leia mais

Relação da intensidade com poder emissivo, irradiação e radiosidade

Relação da intensidade com poder emissivo, irradiação e radiosidade Relação da intensidade com poder emissivo, irradiação e radiosidade O poder emissivo espectral (W/m 2.μm) corresponde à emissão espectral em todas as direcções possíveis: 2π π 2 ( ) /, (,, ) cos sin E

Leia mais

Geomática e SIGDR aula teórica 22 3 de Maio de Fundamentos de Detecção Remota

Geomática e SIGDR aula teórica 22 3 de Maio de Fundamentos de Detecção Remota Geomática e SIGDR aula teórica 22 3 de Maio de 2013 Fundamentos de Detecção Remota Manuel Campagnolo ISA Manuel Campagnolo (ISA) Geomática e SIGDR 2012-2013 3 de Maio de 2013 1 / 42 Fundamentos de Detecção

Leia mais

INTRODUÇÃO À ASTROFÍSICA

INTRODUÇÃO À ASTROFÍSICA Introdução à Astrofísica Lição 9 O Espectro da Luz INTRODUÇÃO À ASTROFÍSICA LIÇÃO 10 O ESPECTRO CONTÍNUO DA LUZ A medição do brilho das estrelas está diretamente ligada à medida de distância. A medida

Leia mais

Detecção Remota. Aquisição de dados. Sistema Modelo de Detecção Remota ICIST. Energia Electromagnética. Interacções com a Atmosfera

Detecção Remota. Aquisição de dados. Sistema Modelo de Detecção Remota ICIST. Energia Electromagnética. Interacções com a Atmosfera Aquisição de dados Como recolher informação geográfica? Fotografia Aérea Métodos topográficos GPS Processo que permite extrair informação de um objecto, área ou fenómeno, através da análise de dados adquiridos

Leia mais

Prof. MSc. David Roza José 1/19

Prof. MSc. David Roza José 1/19 1/19 Lei de Kirchhoff Consideremos uma cavidade grande, isotérmica de temperatura de superfície T s, dentro da qual existem diversos corpos pequenos. Como estes corpos são diminutos em relação à cavidade,

Leia mais

Estimativa da Temperatura da TST

Estimativa da Temperatura da TST Estimativa da Temperatura da Superfície Terrestre TST Estimativa da TST TST estimada a partir da temperatura de brilho (TB) (temperatura radiante radiação emitida pela superfície) A TB é uma estimativa

Leia mais

Affordable & Efficient Science Teacher In-service Training

Affordable & Efficient Science Teacher In-service Training Affordable & Efficient Science Teacher In-service Training Financed partially by the European Commission under Comenius 2.1 Neither the Commission nor the Contractor nor the Partners may be held responsible

Leia mais

TRANSFERÊNCIA DE CALOR POR RADIAÇÃO

TRANSFERÊNCIA DE CALOR POR RADIAÇÃO TRANSFERÊNCIA DE CALOR POR RADIAÇÃO 1 Tema 3: Energia Térmica Tópicos / Habilidades 7 Transferência de calor por radiação 7.1 Aplicar o conceito de energia e suas propriedades para compreender situações

Leia mais

CONDUÇÃO TÉRMICA. Condução é o processo de propagação de calor no qual a energia térmica passa de partícula para partícula de um meio.

CONDUÇÃO TÉRMICA. Condução é o processo de propagação de calor no qual a energia térmica passa de partícula para partícula de um meio. PROPAGAÇÃO DE CALOR CONDUÇÃO TÉRMICA Condução é o processo de propagação de calor no qual a energia térmica passa de partícula para partícula de um meio. FLUXO DE CALOR (Φ) LEI DE FOURIER Q t (θ 1 > θ

Leia mais

TERMOGRAFIA. Importância da. para a manutenção preditiva

TERMOGRAFIA. Importância da. para a manutenção preditiva Importância da TERMOGRAFIA para a manutenção preditiva A termografia pode ser definida como uma técnica sensorial remota, realizada por meio de câmeras e sensores infravermelhos que medem a temperatura

Leia mais

RADIAÇÃO, ENERGIA E ESPECTROS. Maria do Anjo Albuquerque

RADIAÇÃO, ENERGIA E ESPECTROS. Maria do Anjo Albuquerque RADIAÇÃO, ENERGIA E ESPECTROS Maria do Anjo Albuquerque 19.Outubro.2010 Tínhamos visto que as estrelas são muitas vezes classificadas pela cor e, consequentemente, pelas suas temperaturas, usando uma escala

Leia mais

Quantidades Básicas da Radiação

Quantidades Básicas da Radiação Quantidades Básicas da Radiação Luminosidade e Brilho Luminosidade = energia emitida por unidade de tempo. Brilho = fluxo de energia(energia por unidade de tempo e por unidade de superfície) Luminosidade

Leia mais

A radiação do corpo negro

A radiação do corpo negro A radiação do corpo negro Um corpo em qualquer temperatura emite radiações eletromagnéticas. Por estarem relacionadas com a temperatura em que o corpo se encontra, freqüentemente são chamadas radiações

Leia mais

defi departamento de física

defi departamento de física defi departamento de física Laboratórios de Física www.defi.isep.ipp.pt Interferómetro de Michelson Instituto Superior de Engenharia do Porto Departamento de Física Rua Dr. António Bernardino de Almeida,

Leia mais

Energia solar para aquecimento de águas

Energia solar para aquecimento de águas Energia solar para aquecimento de águas Notas das aulas da disciplina de EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS Equipamentos Industriais 1 Sol Fonte de energia térmica A quantidade de energia incidente sobre a Terra

Leia mais

UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE Faculdade de Engenharia. Transmissão de calor. 3º ano

UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE Faculdade de Engenharia. Transmissão de calor. 3º ano UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE Faculdade de Engenharia Transmissão de calor 3º ano 10. Radiação Introdução Radiação Térmica Radiação de Corpo Negro Lei de Stefan-Boltzmann Lei de Planck da distribuição

Leia mais

Fundamentos de Sensoriamento Remoto

Fundamentos de Sensoriamento Remoto UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL DISCIPLINA: Geoprocessamento para aplicações ambientais e cadastrais Fundamentos de Sensoriamento Remoto Profª. Adriana

Leia mais

Medição de temperatura

Medição de temperatura ZEA1048 - Instrumentação Medição de temperatura Prof. Dr. Rubens Tabile tabile@usp.br FZEA - USP Condução (sólidos) Transferência de calor por contato físico; Processo onde o calor flui de uma região de

Leia mais

EMISSÃO e ABSORÇÃO de radiação

EMISSÃO e ABSORÇÃO de radiação EMISSÃO e ABSORÇÃO de radiação a EMISSÃO ocorre quando um elétron de um átomo salta de uma órbita superior para uma inferior (fundamentalização): um fóton é emitido (produzido). e - e - + n 2, E 2 n, E

Leia mais

Unidade 1 Energia no quotidiano

Unidade 1 Energia no quotidiano Escola Secundária/3 do Morgado de Mateus Vila Real Componente da Física Energia Do Sol para a Terra Física e Química A 10º Ano Turma C Ano Lectivo 2008/09 Unidade 1 Energia no quotidiano 1.1 A energia

Leia mais

Nome: Jeremias Christian Honorato Costa Disciplina: Materiais para Engenharia

Nome: Jeremias Christian Honorato Costa Disciplina: Materiais para Engenharia Nome: Jeremias Christian Honorato Costa Disciplina: Materiais para Engenharia Por propriedade ótica subentende-se a reposta do material à exposição à radiação eletromagnética e, em particular, à luz visível.

Leia mais

Material: 1 lâmpada incandescente 1 resistor 10 Ω 2 multímetros

Material: 1 lâmpada incandescente 1 resistor 10 Ω 2 multímetros Um corpo negro trata se de um objeto que emite, na forma de radiação eletromagnética, toda energia que lhe é fornecida. Embora tal definição seja uma conveniência teórica, muitos objetos na natureza se

Leia mais

Prof. Felipe Corrêa Maio de 2016

Prof. Felipe Corrêa Maio de 2016 Prof. Felipe Corrêa Maio de 2016 IMPORTÂNCIA Praticamente todos os sistemas envolvidos na engenharia estão direta ou indiretamente ligados com a transferência de calor. Portanto, para que estes sistemas

Leia mais

Laboratório 4 Interferência em Microondas GUIA DE LABORATÓRIO LABORATÓRIO 4 INTERFERÊNCIA EM MICROONDAS

Laboratório 4 Interferência em Microondas GUIA DE LABORATÓRIO LABORATÓRIO 4 INTERFERÊNCIA EM MICROONDAS GUIA DE LABORATÓRIO LABORATÓRIO 4 INTERFERÊNCIA EM MICROONDAS 1. RESUMO Utilização de uma corneta rectangular para emissão de uma onda electromagnética em microondas. Estudo do padrão de interferência

Leia mais

Aplicação da termografia na análise preditiva

Aplicação da termografia na análise preditiva Aplicação da termografia na análise preditiva Leonardo Pires de Souza* Otávio Pinto Pires** Caio Terin Hufnagel Alves*** Resumo A termografia em conjunto com a inspeção preditiva é um grande passo para

Leia mais

Energia: Capacidade de realizar trabalho.

Energia: Capacidade de realizar trabalho. Energia: Capacidade de realizar trabalho. Formas de energia: Matéria: - Cinética (movim. macroscópico, térmica, etc) - Potencial (elétrica, gravitacional, elástica, etc) Tudo que tem massa e ocupa lugar

Leia mais

Mecanismos de transferência de calor

Mecanismos de transferência de calor Mecanismos de transferência de calor Condução Potência calor: Q cond A T 1 T x : condutibilidde térmica; A: área de transferência x: espessura ao longo da condução T 1 T : diferença de temperatura ifusividade

Leia mais

Segurança,Confiabilidade e Melhoria Contínua. Termografia ao Potencial

Segurança,Confiabilidade e Melhoria Contínua. Termografia ao Potencial Segurança,Confiabilidade e Melhoria Contínua Termografia ao Potencial Apresentadores Kleber Duarte Tomaz Introdução ETD ( Estações Transformadoras de Distribuição ) Aguinaldo Alves de Lima LTA ( Linhas

Leia mais

Unidade 1 Energia no quotidiano

Unidade 1 Energia no quotidiano Escola Secundária Morgado Mateus Vila Real Componente da Física Resumos Física e Química A 10º Ano Turma C Ano Lectivo 2008/09 Unidade 1 Energia no quotidiano A energia que vem do Sol A energia recebida

Leia mais

ESPECTROSCOPIA: 734EE. Como podemos estudar a Teoria de Planck em um laboratório didático?

ESPECTROSCOPIA: 734EE. Como podemos estudar a Teoria de Planck em um laboratório didático? 1 Imprimir Complementações sobre a Teoria de Planck: Como podemos estudar a Teoria de Planck em um laboratório didático? LÂMPADA DE FILAMENTO Em geral podemos estudar a lei de Stefan-Boltzmann e a Lei

Leia mais

COMPORTAMENTO ESPECTRAL DE ALVOS

COMPORTAMENTO ESPECTRAL DE ALVOS COMPORTAMENTO ESPECTRAL O que é? DE ALVOS É o estudo da Reflectância espectral de alvos (objetos) como a vegetação, solos, minerais e rochas, água Ou seja: É o estudo do da interação da REM com as substâncias

Leia mais

Fundamentos do Sensoriamento Remoto. Disciplina: Sensoriamento Remoto Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia

Fundamentos do Sensoriamento Remoto. Disciplina: Sensoriamento Remoto Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia Fundamentos do Sensoriamento Remoto Disciplina: Sensoriamento Remoto Prof. Dr. Raoni W. D. Bosquilia Fundamentos do Sensoriamento Remoto Procedimentos destinados a obtenção de imagens mediante o registro

Leia mais

T = a P 2, entre os pontos 1 e 2.

T = a P 2, entre os pontos 1 e 2. Processos politrópicos N moles de um gás ideal sofrem um processo reversível, segundo a equação = a P, entre os pontos 1 e a) Represente o processo em coordenadas (P,), (P,) e (,) b) Calcule o trabalho

Leia mais

COMPONENTES DE EDIFÍCIOS Aspectos de segurança e resistência mecânica do vidro. Índice

COMPONENTES DE EDIFÍCIOS Aspectos de segurança e resistência mecânica do vidro. Índice COMPONENTES DE EDIFÍCIOS Aspectos de segurança e resistência mecânica do vidro Índice 1 INTRODUÇÃO... 1 1.1 - Aspectos gerais... 1 1.2 Vidro... 2 1.2.1 - Vidro na construção... 2 1.2.2 - Vidro temperado...

Leia mais

move-nos a criação de soluções sustentáveis e inteligentes Aquecimento Radiante

move-nos a criação de soluções sustentáveis e inteligentes Aquecimento Radiante move-nos a criação de soluções sustentáveis e inteligentes Aquecimento Radiante Toalheiros Elétricos Os Toalheiros Elétricos dreamdomus são fabricados em Vidro Temperado. Apresentam-se com um design apurado

Leia mais

Uma aula sobre espectros eletromagnéticos

Uma aula sobre espectros eletromagnéticos Uma aula sobre espectros eletromagnéticos Baseado no texto de Francisco Jablonski (INPE) chico@das.inpe.br http://www.das.inpe.br/~chico 1 O que entendemos por espectro? 2 O que entendemos por espectro?

Leia mais

Os diferentes processos de transferência de calor são referidos como mecanismos de transferência de calor.

Os diferentes processos de transferência de calor são referidos como mecanismos de transferência de calor. REGIME PERMANENTE (estáveis) (Steady State) Quando a temperatura de um ponto não varia com o tempo o regime é considerado permanente. Se em um lado de uma placa a temperatura é sempre 80 C e no outro 200

Leia mais

VANTAGENS. Modularidade. Máxima Flexibilidade. Inspecção. Montagem. As vantagens deste novo sistema são numerosas:

VANTAGENS. Modularidade. Máxima Flexibilidade. Inspecção. Montagem. As vantagens deste novo sistema são numerosas: O sistema Giacoklima é um sistema inovador ideal para a climatização no Verão e Inverno, que alia o bem estar ao baixo consumo energético. O elemento chave deste sistema é a utilização da água, que permite

Leia mais

CONCEITOS RADIOMÉTRICOS

CONCEITOS RADIOMÉTRICOS CONCEITOS RADIOMÉTRICOS Irradiância: intensidade do fluxo radiante, proveniente de todas as direções, que atinge uma dada superfície. EXCITÂNCIA fluxo deixando a superfície em todas as direções CONCEITO

Leia mais

Transmissão de Calor I - Prof. Eduardo Loureiro

Transmissão de Calor I - Prof. Eduardo Loureiro Radiação - Conceitos Fundamentais Consideremos um objeto que se encontra inicialmente a uma temperatura T S mais elevada que a temperatura T VIZ de sua vizinhança. A presença do vácuo impede a perda de

Leia mais

Transferência de calor

Transferência de calor Transferência de calor 1.1 Calor: Forma de energia que se transmite espontaneamente de um corpo para o outro quando entre eles existir uma diferença de temperatura. O calor é uma energia em trânsito provocada

Leia mais

Microondas. Processamento Geral de Alimentos. Licenciatura Eng. Alimentar

Microondas. Processamento Geral de Alimentos. Licenciatura Eng. Alimentar Escola Superior Agrária de Coimbra Licenciatura Eng. Alimentar Microondas Processamento Geral de Alimentos Susana Torrão, 20803050 Sara Cipriano, 20803011 Andreia Almeida, 20803004 Sara Diodado, 2099005

Leia mais

Lista de Exercícios para P2

Lista de Exercícios para P2 ENG 1012 Fenômenos de Transporte II Lista de Exercícios para P2 1. Estime o comprimento de onda que corresponde à máxima emissão de cada de cada um dos seguintes casos: luz natural (devido ao sol a 5800

Leia mais

Análise de Sistemas de Energia e Máquinas Eléctricas com Recurso a Termografia

Análise de Sistemas de Energia e Máquinas Eléctricas com Recurso a Termografia FACULDADE DE ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE DO PORTO Análise de Sistemas de Energia e Máquinas Eléctricas com Recurso a Termografia Tiago Miguel Alves Gonçalves Dissertação realizada no âmbito do Mestrado

Leia mais

ENERGIA SOLAR: CONCEITOS BASICOS

ENERGIA SOLAR: CONCEITOS BASICOS ENERGIA SOLAR: CONCEITOS BASICOS Uma introdução objetiva dedicada a estudantes interessados em tecnologias de aproveitamento de fontes renováveis de energia. Prof. M. Sc. Rafael Urbaneja 4. LEIS DA EMISSÃO

Leia mais

Radiação: Considerações gerais

Radiação: Considerações gerais Estuda-se radiação térmica, cujas origens estão ligadas à emissão da matéria a uma temperatura absoluta T>0 A emissão é devida oscilações e transições electrónicas dos muitos electrões que constituem a

Leia mais

Sensor de Nível por Radar

Sensor de Nível por Radar INSTRUMENTAÇÃO II Engenharia de Automação, Controlo e Instrumentação 2006/07 Trabalho de Laboratório nº 5 Sensor de Nível por Radar Realizado por Gustavo Silva e Mário Alves 28 de Outubro de 2004 Revisto

Leia mais

Introdução à Física Quântica

Introdução à Física Quântica 17/Abr/2015 Aula 14 Introdução à Física Quântica Radiação do corpo negro; níveis discretos de energia. Efeito foto-eléctrico: - descrições clássica e quântica - experimental. Efeito de Compton. 1 Introdução

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA NATUREZA DEPARTAMENTO DE GEOCIÊNCIAS FUNDAMENTOS DO SENSORIAMENTO REMOTO

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA NATUREZA DEPARTAMENTO DE GEOCIÊNCIAS FUNDAMENTOS DO SENSORIAMENTO REMOTO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA NATUREZA DEPARTAMENTO DE GEOCIÊNCIAS FUNDAMENTOS DO SENSORIAMENTO REMOTO Prof. Dr. Richarde Marques Satélite Radiação solar refletida Atmosfera

Leia mais

Fenómenos Ondulatórios

Fenómenos Ondulatórios Fenómenos Ondulatórios Fenómenos Ondulatórios a) Reflexão b) Refração c) Absorção Reflexão da onda: a onda é devolvida para o primeiro meio. Transmissão da onda: a onda continua a propagar-se no segundo

Leia mais