AVALIAÇÃO DO USO DA ÁGUA EM AMBIENTE DOMÉSTICO POR ESTUDANTES DO ENSINO FUNDAMENTAL, EM ARACAJU, SERGIPE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AVALIAÇÃO DO USO DA ÁGUA EM AMBIENTE DOMÉSTICO POR ESTUDANTES DO ENSINO FUNDAMENTAL, EM ARACAJU, SERGIPE"

Transcrição

1 AVALIAÇÃO DO USO DA ÁGUA EM AMBIENTE DOMÉSTICO POR ESTUDANTES DO ENSINO FUNDAMENTAL, EM ARACAJU, SERGIPE DANIEL ORNELAS RIBEIRO Mestrando do PPGV/UESC Co-autores: Anderson N. do Vasco; Ana Claudia A. S. Santos; Andreza S. Costa; Edson D. Tavares; Luis C. Nogueira

2 Objetivo Geral Avaliar a percepção para o consumo de água no ambiente doméstico por estudantes da quinta à oitava séries de uma escola da rede particular do ensino fundamental de Aracaju, Sergipe.

3 Estrutura da Apresentação 1 - Introdução 2 - Material e Métodos 2.1 Público amostrado 2.2 Aplicação do formulário 3 - Resultados e Discussão 4 - Conclusões 5 Continuidade da Pesquisa

4 1 - Introdução A água é um recurso de múltiplos usos e de indiscutível importância para a vida O Brasil é privilegiado quanto aos recursos hídricos Desuniformidade de quantidade em seu território Necessidade de racionamento em certas áreas

5 2 - Material e Métodos 2.1 Público amostrado - Estudantes do ensino fundamental (5ª a 8ª Séries) - Cidade de Aracaju 2.2 Aplicação do formulário - Questões sobre o consumo doméstico de água - N de banhos por dia e duração dos banhos - Controle de registros (banho e higiene bucal)

6 2 - Material e Métodos - Público amostrado e aplicação do formulário Foto: Luis Carlos Nogueira Foto: Luis Carlos Nogueira Audiência da palestra sobre água Preenchimento de Formulário

7 2 - Material e Métodos Identificação, local e data Perfil dos estudantes Hábitos individuais Hábitos de família Hábitos especiais Consciência de futuro, conhecimento etc. Agradecimento

8 3 - Resultados e Discussão - Dados Gerais Número de Perfil dos Alunos Hábitos Individuais Ordem Banho Dentes (Contagem de Série Idade Sexo Número Duração Sabão (Reg. Tempo Total Formulário) por Dia (min) Fechado) Torn. Aberta M S N F S N M S N F N S M S S M N N Não % 78.8% Sim % 21.3% Média Moda

9 3 - Resultados e Discussão - Dados Gerais Número de Perfil dos Alunos Hábitos Individuais Ordem Banho Dentes (Contagem de Série Idade Sexo Número Duração Sabão (Reg. Tempo Total Formulário) por Dia (min) Fechado) Torn. Aberta M S N F S N M S N F N S M S S M N N Não % 78.8% Sim % 21.3% Média Moda

10 3 - Resultados e Discussão - Dados Gerais Número de Perfil dos Alunos Hábitos Individuais Ordem Banho Dentes (Contagem de Série Idade Sexo Número Duração Sabão (Reg. Tempo Total Formulário) por Dia (min) Fechado) Torn. Aberta M S N F S N M S N F N S M S S M N N Não % 78.8% Sim % 21.3% Média Moda

11 3 - Resultados e Discussão - Dados Específicos Número de Ordem (Contagem de Formulário) Perfil dos Alunos Série Idade Sexo Número por Dia Duração (min) Hábitos Individuais Banho Tempo Total Sabão (Reg. Fechado) Dentes Torn. Aberta Não - - F % 80.5% Sim - - F % 19.5% Média F Moda 7 13 F Não - - M % 76.9% Sim - - M % 23.1% Média M Moda 8 13 M

12 3 - Resultados e Discussão - Dados Específicos Número de Ordem (Contagem de Formulário) Perfil dos Alunos Série Idade Sexo Número por Dia Duração (min) Hábitos Individuais Banho Tempo Total Sabão (Reg. Fechado) Dentes Torn. Aberta Não - - F % 80.5% Sim - - F % 19.5% Média F Moda 7 13 F Não - - M % 76.9% Sim - - M % 23.1% Média M Moda 8 13 M

13 3 - Resultados e Discussão - Dados Específicos Número de Ordem (Contagem de Formulário) Perfil dos Alunos Série Idade Sexo Número por Dia Duração (min) Hábitos Individuais Banho Tempo Total Sabão (Reg. Fechado) Dentes Torn. Aberta Não - - F % 80.5% Sim - - F % 19.5% Média F Moda 7 13 F Não - - M % 76.9% Sim - - M % 23.1% Média M Moda 8 13 M

14 3 - Resultados e Discussão - Dados Específicos Número de Ordem (Contagem de Formulário) Perfil dos Alunos Série Idade Sexo Número por Dia Duração (min) Hábitos Individuais Banho Tempo Total Sabão (Reg. Fechado) Dentes Torn. Aberta Não - - F % 80.5% Sim - - F % 19.5% Média F Moda 7 13 F Não - - M % 76.9% Sim - - M % 23.1% Média M Moda 8 13 M

15 3 - Resultados e Discussão - Dados Específicos Número de Ordem (Contagem de Formulário) Perfil dos Alunos Série Idade Sexo Número por Dia Duração (min) Hábitos Individuais Banho Tempo Total Sabão (Reg. Fechado) Dentes Torn. Aberta Não - - F % 80.5% Sim - - F % 19.5% Média F Moda 7 13 F Não - - M % 76.9% Sim - - M % 23.1% Média M Moda 8 13 M

16 3 - Resultados e Discussão - Dados Específicos Número de Ordem (Contagem de Formulário) Perfil dos Alunos Série Idade Sexo Número por Dia Duração (min) Hábitos Individuais Banho Tempo Total Sabão (Reg. Fechado) Dentes Torn. Aberta Não - - F % 80.5% Sim - - F % 19.5% Média F Moda 7 13 F Não - - M % 76.9% Sim - - M % 23.1% Média M Moda 8 13 M

17 4 - Conclusões Estudantes do sexo masculino mantêm os registros abertos por mais tempo Estudantes do sexo feminino gastam mais tempo de banho durante o dia do que os estudantes do sexo masculino Percebe-se uma tendência para maior economia de água do banho pelos estudantes do sexo masculino

18 5 - Continuidade da pesquisa Deverá continuar em outras escolas de Aracaju (rede pública e privada) Deverá continuar em outros municípios do Estado (entorno do Rio Vaza Barris) Poderá colaborar no planejamento de campanhas de conscientização da população, via jovens estudantes, para a importância dos cuidados com a água.

19 Água: Quanto háh para refletir? Muito Obrigado pela Atenção! Daniel Ornelas Ribeiro Mestrando do PPGPV/UESC Parceria com a Embrapa Tabuleiros Costeiros Foto: Luis Carlos Nogueira

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Águas no Brasil: A Visão dos Brasileiros

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Águas no Brasil: A Visão dos Brasileiros PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA Águas no Brasil: A Visão dos Brasileiros O que o brasileiro pensa sobre a conservação e o uso da água no Brasil METODOLOGIA OBJETIVO Levantar informações para subsidiar o planejamento

Leia mais

I B OP E Opinião. O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água

I B OP E Opinião. O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA Águas no Brasil: A visão dos brasileiros O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água Dezembro, 2006 METODOLOGIA OBJETIVO Levantar informações para

Leia mais

Diretoria de Pesquisas. Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009. crianças, adolescentes e adultos no Brasil

Diretoria de Pesquisas. Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009. crianças, adolescentes e adultos no Brasil Diretoria de Pesquisas Coordenação de Trabalho e Rendimento Gerência da Pesquisa de Orçamentos Familiares Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009 Antropometria e estado nutricional de crianças, adolescentes

Leia mais

Economia de água. Ao usar o vaso sanitário

Economia de água. Ao usar o vaso sanitário Economia de água Economizar água não é mais só um hábito saudável. Atualmente, é uma grande responsabilidade com o futuro. Se não mudarmos nossos hábitos, a escassez de água para o consumo vai nos afetar

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A ONG WWF MAIO 2003 OPP 065 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL - Levantar informações para subsidiar o planejamento e avaliação da comunicação da WWF e

Leia mais

1 Computação 2008-2009 (2.º Semestre): Documentos para consulta no exame N.º. Nome completo: Curso: Foto:

1 Computação 2008-2009 (2.º Semestre): Documentos para consulta no exame N.º. Nome completo: Curso: Foto: 1 N.º Nome completo: Curso: Foto: 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60

Leia mais

PESQUISA SOBRE HÁBITOS RELACIONADOS AO MEIO-AMBIENTE ABES-RS. INSTITUTO METHODUS www.methodus.srv.br methodus@methodus.srv.

PESQUISA SOBRE HÁBITOS RELACIONADOS AO MEIO-AMBIENTE ABES-RS. INSTITUTO METHODUS www.methodus.srv.br methodus@methodus.srv. PESQUISA SOBRE HÁBITOS RELACIOADOS AO MEIO-AMBIETE ABES-RS ISTITUTO METHODUS www.methodus.srv.br methodus@methodus.srv.br (51) 32212582 Porto Alegre/ julho de 2006 1 1- APRESETAÇÃO Realizada pelo Instituto

Leia mais

Factos sobre a Utilização e (Des)preocupação dos Jovens Portugueses com os Telemóveis

Factos sobre a Utilização e (Des)preocupação dos Jovens Portugueses com os Telemóveis Factos sobre a Utilização e (Des)preocupação dos Jovens Portugueses com os Telemóveis Lisboa, 28 de Novembro de 2014 Carla Oliveira, Daniel Sebastião, Mónica Branco, Luís M. Correia Instituto Superior

Leia mais

Uso de Flows no Tratamento de Incidentes da Unicamp

Uso de Flows no Tratamento de Incidentes da Unicamp Uso de Flows no Tratamento de Incidentes da Unicamp Daniela Barbetti daniela@unicamp.br GTS-26 11 de dezembro de 2015 São Paulo, SP Agenda: CSIRT Unicamp Rede de dados da Unicamp Uso de flows no tratamento

Leia mais

1.2- RESPONSÇVEL PELO PROJETO: SOLANGE TERESINHA RODRIGUES CONTRI 1.3- NOME DO PROJETO: ÇGUA LIMPA: TODOS POR UM MEIO AMBIENTE SAUDÇVEL...

1.2- RESPONSÇVEL PELO PROJETO: SOLANGE TERESINHA RODRIGUES CONTRI 1.3- NOME DO PROJETO: ÇGUA LIMPA: TODOS POR UM MEIO AMBIENTE SAUDÇVEL... 1- DADOS DE IDENTIFICAÄÅO: 1.1- AABB DE SANTO ÄNGELO RS 1.2- RESPONSÇVEL PELO PROJETO: SOLANGE TERESINHA RODRIGUES CONTRI 1.3- NOME DO PROJETO: ÇGUA LIMPA: TODOS POR UM MEIO AMBIENTE SAUDÇVEL... 2- JUSTIFICATIVA:

Leia mais

PESQUISA DE AVALIAÇÃO QUANTITATIVA DO PROGRAMA DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL

PESQUISA DE AVALIAÇÃO QUANTITATIVA DO PROGRAMA DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL PESQUISA DE AVALIAÇÃO QUANTITATIVA DO PROGRAMA DE ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL FICHA TÉCNICA Instituição executora: Fundação Euclides da Cunha / Núcleo de Pesquisas, Informações e Políticas Públicas

Leia mais

RISCOS NA ZONA COSTEIRA: CARACTERIZAÇÃO DOS ACIDENTES PESSOAIS NO

RISCOS NA ZONA COSTEIRA: CARACTERIZAÇÃO DOS ACIDENTES PESSOAIS NO 1 RISCOS NA ZONA COSTEIRA: CARACTERIZAÇÃO DOS ACIDENTES PESSOAIS NO DOMÍNIO PÚBLICO P HÍDRICO H NO TROÇO O AVEIRO-FIGUEIRA DA FOZ José António Velho Gouveia ISCIA javg@meo.pt Maio 2010 2 Sumário Conceitos

Leia mais

INQUÉRITO REDES SOCIAIS

INQUÉRITO REDES SOCIAIS INQUÉRITO REDES SOCIAIS Inquérito Redes Sociais Resultados No âmbito do Programa FAÇA SE JUSTIÇA 2011/12, os alunos das turmas do 12º. IG/CGM1, realizaram um inquérito subordinado ao tema das REDES SOCIAIS,

Leia mais

DISCRIMINAÇÃO NO SÉCULO XXI. Palavras-Chave: discriminação - preconceito - consciência - reflexão - ação

DISCRIMINAÇÃO NO SÉCULO XXI. Palavras-Chave: discriminação - preconceito - consciência - reflexão - ação DISCRIMINAÇÃO NO SÉCULO XXI Fabiana Inês Bertani Professora de Ensino Fundamental Ronise Lucia Gottardi Aimi Professora de Ensino Fundamental Resumo Este artigo contempla parte das reflexões realizadas

Leia mais

I ENCONTRO PARA REVITALIZAÇÃO DO COQUEIRO GIGANTE NO NORDESTE DO BRASIL

I ENCONTRO PARA REVITALIZAÇÃO DO COQUEIRO GIGANTE NO NORDESTE DO BRASIL 1 I ENCONTRO PARA REVITALIZAÇÃO DO COQUEIRO GIGANTE NO NORDESTE DO BRASIL E REUNIÃO TÉCNICA PARA IMPLANTAÇÃO DA REDE DE TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIAS PARA COQUEIRO GIGANTE PERÍODO: 31/08/2009 A 03/09/09

Leia mais

Pesquisa Perfil das Empresas de Consultoria no Brasil

Pesquisa Perfil das Empresas de Consultoria no Brasil Pesquisa Perfil das Empresas de Consultoria no Brasil 2014 Objetivo Metodologia Perfil da Empresa de Consultoria Características das Empresas Áreas de Atuação Honorários Perspectivas e Percepção de Mercado

Leia mais

FORMULÁRIO PARA CADASTRAMENTO DE REGISTRO DE CASAMENTO

FORMULÁRIO PARA CADASTRAMENTO DE REGISTRO DE CASAMENTO SIRC SISTEMA NACIONAL DE INFORMAÇÕES DE REGISTRO CIVIL FORMULÁRIO PARA CADASTRAMENTO DE REGISTRO DE CASAMENTO 1 - IDENTIFICAÇÃO DO CARTÓRIO CNS: 2 - IDENTIFICAÇÃO DO CASAMENTO - MATRÍCULA Serventia: Acervo:

Leia mais

Mineração de fosfato em. desenvolvimento local

Mineração de fosfato em. desenvolvimento local Mineração de fosfato em Cajati (SP) e o desenvolvimento local Solange S. Sánchez Procam Universidade de São Paulo Luis E. Sánchez Escola Politécnica Universidade de São Paulo Seminário Recursos Minerais

Leia mais

AUTOPERCEPÇÃO EM SAÚDE BUCAL: IDOSOS E FAMÍLIA

AUTOPERCEPÇÃO EM SAÚDE BUCAL: IDOSOS E FAMÍLIA III MOSTRA NACIONAL DE PRODUÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA IV SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE ATENÇÃO PRIMÁRIA/SAÚDE DA FAMÍLIA III CONCURSO NACIONAL DE EXPERIÊNCIAS EM SAÚDE DA FAMÍLIA 05 A 08 DE AGOSTO DE 2008 -

Leia mais

EXPOSIÇÃO DE RISCO DOS PARTICIPANTES DO PROJETO UEPG-ENFERMAGEM NA BUSCA E PREVENÇÃO DO HIV/AIDS

EXPOSIÇÃO DE RISCO DOS PARTICIPANTES DO PROJETO UEPG-ENFERMAGEM NA BUSCA E PREVENÇÃO DO HIV/AIDS 1 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( X ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA EXPOSIÇÃO DE RISCO DOS PARTICIPANTES DO PROJETO UEPG-ENFERMAGEM

Leia mais

PLANO DE SAÚDE SETEMBRO DE 2011 1

PLANO DE SAÚDE SETEMBRO DE 2011 1 PLANO DE SAÚDE SETEMBRO DE 2011 1 CRESCEU O NÚMERO DE USUÁRIOS DE PLANOS DE SAÚDE Emmanuelle Serrano Queiroz Segundo reportagem publicada pela revista Exame, o crescimento dos gastos com saúde é tendência

Leia mais

Pesquisa Mensal de Emprego - PME

Pesquisa Mensal de Emprego - PME Pesquisa Mensal de Emprego - PME Dia Internacional da Mulher 08 de março de 2012 M U L H E R N O M E R C A D O D E T R A B A L H O: P E R G U N T A S E R E S P O S T A S A Pesquisa Mensal de Emprego PME,

Leia mais

Programa de Educação Ambiental da UHE Irapé (condicionante 06)

Programa de Educação Ambiental da UHE Irapé (condicionante 06) (condicionante 06) Março 2014 1 INTRODUÇÃO Em atendimento à condicionante nº 06 da LO067/10, de 09/12/2010, referente ao processo nº 00094/1994/006/2009, foi elaborado este relatório anual contendo informações

Leia mais

PROJETO RIO ECOBARREIRA

PROJETO RIO ECOBARREIRA 1 PROJETO RIO ECOBARREIRA RESUMO: O RIO ECOBARREIRA é um projeto de pesquisa aplicada na área de desenvolvimento sustentável. O projeto envolve a análise da sustentabilidade sócio-econômica e ambiental

Leia mais

Certificado energético e medidas de melhoria das habitações Estudo de opinião. Junho 2011

Certificado energético e medidas de melhoria das habitações Estudo de opinião. Junho 2011 Certificado energético e medidas de melhoria das habitações Estudo de opinião Junho 2011 Objectivos Avaliar se os indivíduos que habitam em casas já certificadas, conhecem o respectivo certificado energético

Leia mais

Estatísticas do Registro Civil 2013

Estatísticas do Registro Civil 2013 Diretoria de Pesquisas Coordenação de População e Indicadores Sociais Gerência de Estatísticas Vitais e Estimativas Populacionais Estatísticas do Registro Civil 2013 Dezembro de 2014 Estatísticas do Registro

Leia mais

Acre: Foto 1: Caravana em Rio Branco, Acre. Foto 2: Caravana em Rio Branco, Acre. Foto 3: Caravana em Rio Branco, Acre.

Acre: Foto 1: Caravana em Rio Branco, Acre. Foto 2: Caravana em Rio Branco, Acre. Foto 3: Caravana em Rio Branco, Acre. Acre: Foto 1: Caravana em Rio Branco, Acre. Foto 2: Caravana em Rio Branco, Acre. Foto 3: Caravana em Rio Branco, Acre. Alagoas: Foto 1: Caravana em Maceió, Alagoas na Secretaria de Estado da Mulher, da

Leia mais

Movimento Escolar. Ensino Médio Alunos Reprovados

Movimento Escolar. Ensino Médio Alunos Reprovados RENDIMENTO Rendimento e Ensino Médio Alunos Reprovados 5.1.31- Número de Alunos Reprovados no Ensino Médio, por Localização e Dependência Administrativa, segundo a Região Geográfica e a Unidade da Federação

Leia mais

METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais.

METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais. METODOLOGIA METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO 2.085 pessoas foram entrevistadas, a partir de 16 anos, de todos os níveis econômicos em todas as regiões do país. As entrevistas foram

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA ESPECIALIZAÇÃO EM OFTALMOLOGIA - 2014 CURSO CREDENCIADO PELO CONSELHO BRASILEIRO DE OFTALMOLOGIA - CBO EDITAL

PROCESSO SELETIVO PARA ESPECIALIZAÇÃO EM OFTALMOLOGIA - 2014 CURSO CREDENCIADO PELO CONSELHO BRASILEIRO DE OFTALMOLOGIA - CBO EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA ESPECIALIZAÇÃO EM OFTALMOLOGIA - 2014 CURSO CREDENCIADO PELO CONSELHO BRASILEIRO DE OFTALMOLOGIA - CBO EDITAL O Hospital de Olhos de Sergipe (HOS), no uso das atribuições legais,

Leia mais

PREFEITURA DE CAXIAS DO SUL SECRETARIA MUNICIPAL DO ESPORTE E LAZER FINANCIAMENTO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO DO ESPORTE E LAZER - FIESPORTE

PREFEITURA DE CAXIAS DO SUL SECRETARIA MUNICIPAL DO ESPORTE E LAZER FINANCIAMENTO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO DO ESPORTE E LAZER - FIESPORTE PREFEITURA DE CAXIAS DO SUL SECRETARIA MUNICIPAL DO ESPORTE E LAZER FINANCIAMENTO MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO DO ESPORTE E LAZER - EDITAL DO CONCURSO Nº 01/2014 SMEL ANEXO II A. IDENTIFICAÇÃO DO PROPONENTE

Leia mais

Mário Daniel Almeida. Júri

Mário Daniel Almeida. Júri A Qualidade de Vida como indicador síntese do sucesso de uma intervenção de Requalificação Urbana: O caso de estudo do Programa Polis no Cacém Mário Daniel Almeida Dissertação para obtenção do Grau de

Leia mais

SÍNTESE DE RESULTADOS DO ESTUDO SOBRE DOWNLOADS NA INTERNET

SÍNTESE DE RESULTADOS DO ESTUDO SOBRE DOWNLOADS NA INTERNET SÍNTESE DE RESULTADOS DO ESTUDO SOBRE DOWNLOADS NA INTERNET MARÇO 2009 Sobre a Netsonda A Netsonda, em actividade desde Julho de 2000, é líder e pioneira em Portugal na recolha e análise de informação

Leia mais

Pesquisa de Opinião Pública sobre radares Rio Grande do Sul - Out/2002

Pesquisa de Opinião Pública sobre radares Rio Grande do Sul - Out/2002 Pesquisa de Opinião Pública sobre radares OBJETIVO LOCAL Levantar junto à população da área em estudo opiniões sobre radares. Rio Grande do Sul PERÍODO DE CAMPO 13 a 16 de outubro de 2002. UNIVERSO A pesquisa

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP PROJETO SOBRE HIGIENE EM UMA ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL

UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP PROJETO SOBRE HIGIENE EM UMA ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP PROJETO SOBRE HIGIENE EM UMA ESCOLA MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL Trabalho de aproveitamento apresentado à disciplina Estágio Supervisionado I do Curso de Enfermagem da Universidade

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO PRÓ- REITORIA DE EXTENSÃO PROGRAMA NACIONAL DE INTEGRAÇÃO DO PROJETO MULHERES MIL

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO PRÓ- REITORIA DE EXTENSÃO PROGRAMA NACIONAL DE INTEGRAÇÃO DO PROJETO MULHERES MIL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO PRÓ- REITORIA DE EXTENSÃO PROGRAMA NACIONAL DE INTEGRAÇÃO DO PROJETO MULHERES MIL Edital 001/2011 O Reitor do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA MANIPULAÇÃO, ARMAZENAMENTO E DESCARTE DOS PRODUTOS QUÍMICOS DOMÉSTICOS

EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA MANIPULAÇÃO, ARMAZENAMENTO E DESCARTE DOS PRODUTOS QUÍMICOS DOMÉSTICOS EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA MANIPULAÇÃO, ARMAZENAMENTO E DESCARTE DOS PRODUTOS QUÍMICOS DOMÉSTICOS Verônica Evangelista de Lima, Simone Daniel do Nascimento, Djane de Fátima Oliveira, Thiago Rodrigo Barbosa

Leia mais

ESTADO DE SERGIPE PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACAJU SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO

ESTADO DE SERGIPE PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACAJU SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO A, com fundamento no Edital nº 01/2010, de 15 de setembro de 2010, bem como nos termos da Lei Municipal nº 3.747 de 09 de novembro de 2009 e legislações posteriores, vem informar e tornar pública a convocação

Leia mais

Estado de Sergipe Secretaria de Estado da Educação Gabinete do Secretário EDITAL Nº 12 /2015

Estado de Sergipe Secretaria de Estado da Educação Gabinete do Secretário EDITAL Nº 12 /2015 EDITAL Nº 12 /2015 O SECRETÁRIO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO no uso das suas atribuições legais e regulamentares, tendo em vista o disposto do art. 90, da Constituição Estadual, do art. 82, da Lei nº. 9.394 de

Leia mais

INSTITUTO PATRÍCIA GALVÃO

INSTITUTO PATRÍCIA GALVÃO INSTITUTO PATRÍCIA GALVÃO Comunicação e Mídia Pesquisa Instituto Patrícia Galvão IBOPE, em parceria com o UNIFEM ATITUDES FRENTE AO CRESCIMENTO DA AIDS NO BRASIL Aumento da AIDS em mulheres está entre

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO Instituto Anjos da Enfermagem CNPJ: 07.073.700/0001-55 Programa Anjos da Enfermagem: educação e saúde através do lúdico.

EDITAL DE SELEÇÃO Instituto Anjos da Enfermagem CNPJ: 07.073.700/0001-55 Programa Anjos da Enfermagem: educação e saúde através do lúdico. EDITAL DE SELEÇÃO Instituto Anjos da Enfermagem CNPJ: 07.073.700/0001-55 Programa Anjos da Enfermagem: educação e saúde através do lúdico. Edital Nº 09/2015 EDITAL PARA SELEÇÃO DE VOLUNTÁRIOS DO INSTITUTO

Leia mais

PROJETO BOQUINHA ALEGRE

PROJETO BOQUINHA ALEGRE PROJETO BOQUINHA ALEGRE IDENTIFICAÇÃO DA INSTITUIÇÃO A instituição Casas Lares Humberto de Campos é uma entidade, na modalidade de associação, sem fins lucrativos, mantida pelo Grupo Educacional e Assistencial

Leia mais

Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício

Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício 1 Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício 2013 Índice 2 OBJETIVO E PÚBLICO ALVO METODOLOGIA PLANO DE SAÚDE O MERCADO DE PLANO DE SAÚDE PERFIL

Leia mais

Relatório do Inquérito aos Turistas sobre os Estabelecimentos Comerciais CO-FINANCIADO POR:

Relatório do Inquérito aos Turistas sobre os Estabelecimentos Comerciais CO-FINANCIADO POR: 1ª AVENIDA DINAMIZAÇÃO ECONÓMICA E SOCIAL DA BAIXA DO PORTO Relatório do Inquérito aos Turistas sobre os Estabelecimentos Comerciais CO-FINANCIADO POR: Unidade de Gestão de Área Urbana Setembro 2013 Agradecimentos

Leia mais

3 Metodologia. 3.1. Tipo de pesquisa

3 Metodologia. 3.1. Tipo de pesquisa 3 Metodologia Neste capítulo apresenta-se a pesquisa realizada, abrangendo o tipo de pesquisa, os critérios para a seleção de sujeitos, o processo de coleta de dados e o tratamento de dados. 3.1. Tipo

Leia mais

Saúde Bucal no Programa de Saúde da Família De Nova Olímpia - MT. Importância da Campanha de. Nova Olímpia MT.

Saúde Bucal no Programa de Saúde da Família De Nova Olímpia - MT. Importância da Campanha de. Nova Olímpia MT. Saúde Bucal no Programa de Saúde da Família De Nova Olímpia - MT Importância da Campanha de câncer bucal no Município de Nova Olímpia MT. Autores: - CD Fabrício Galli e - CD Michelle Feitosa Costa. Com

Leia mais

Formação e Capacitação de Agentes de Inclusão Digital

Formação e Capacitação de Agentes de Inclusão Digital Olá telecentrist@s e amig@s! Esta é a terceira pesquisa elaborada pelo ONID. Ela tem como objetivo captar demandas de formação e capacitação de agentes de inclusão digital (monitores, funcionários e trabalhadores

Leia mais

Pesquisa de opinião pública. sobre. Energia elétrica. Brasil Junho de 2014

Pesquisa de opinião pública. sobre. Energia elétrica. Brasil Junho de 2014 Pesquisa de opinião pública sobre Energia Elétrica Brasil Junho de 2014 Pesquisa de opinião pública sobre Energia elétrica Brasil Junho de 2014 IBOPE Especificações Técnicas Universo População brasileira

Leia mais

abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros

abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros Avaliação do Serviço o de abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros Pesquisa realizada entre 24 e 28 de Abril de 2010 Informações Metodológicas Tipo de pesquisa: Survey, utiliza-se de questionário

Leia mais

projeto fortalecendo as políticas de gênero nos municípios maranhenses: estadualização do plano nacional de políticas para as

projeto fortalecendo as políticas de gênero nos municípios maranhenses: estadualização do plano nacional de políticas para as PLANO MUNICIPAL DE POLÍTICAS PARA MULHERES 2013-2015 1 A construção deste plano teve o assessoramento técnico realizado pela Secretaria de Estado da Mulher, através do projeto fortalecendo as políticas

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA PETROBRAS JOVEM APRENDIZ

PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA PETROBRAS JOVEM APRENDIZ PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA PETROBRAS JOVEM APRENDIZ A Sociedade de Estudos Múltiplos, Ecológica e de Artes Sociedade Semear, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de

Leia mais

SINOPSE ESTATÍSTICA EDUCAÇÃO BÁSICA

SINOPSE ESTATÍSTICA EDUCAÇÃO BÁSICA SINOPSE ESTATÍSTICA EDUCAÇÃO BÁSICA CENSO ESCOLAR 2006 Presidente da República Federativa do Brasil Luís Inácio Lula da Silva Ministro da Educação Fernando Haddad Secretário Executivo José Henrique Paim

Leia mais

Projeto InformAÇÃO. Equipe: Anderson Martins Juvenildo Vaz Rayça Cavalcante Sólon Gomes

Projeto InformAÇÃO. Equipe: Anderson Martins Juvenildo Vaz Rayça Cavalcante Sólon Gomes Instituto Federal de educação, ciência e tecnologia do Ceará. Campus Canindé Projeto InformAÇÃO Equipe: Anderson Martins Juvenildo Vaz Rayça Cavalcante Sólon Gomes Sumário executivo: Os alunos do Curso

Leia mais

TEMA: POPULAÇÃO JOVEM DE 16 A 24 ANOS

TEMA: POPULAÇÃO JOVEM DE 16 A 24 ANOS Em 5 de agosto de 2013 foi sancionado o Estatuto da Juventude que dispõe sobre os direitos da população jovem (a Cidadania, a Participação Social e Política e a Representação Juvenil, a Educação, a Profissionalização,

Leia mais

SIPS. Paulo Corbucci

SIPS. Paulo Corbucci SIPS Educação Paulo Corbucci Brasília lia,, 28 de fevereiro de 2011 SOBRE O SIPS O Sistema de Indicadores de Percepção Social (SIPS), elaborado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), é uma

Leia mais

Pesquisa de Expectativa de Compras dos Consumidores sobre o Dia dos Pais. Agosto de 2014 Rondonópolis/MT

Pesquisa de Expectativa de Compras dos Consumidores sobre o Dia dos Pais. Agosto de 2014 Rondonópolis/MT Pesquisa de Expectativa de Compras dos Consumidores sobre o Dia dos Pais Agosto de 2014 Rondonópolis/MT ASSOCIAÇÃO COMERCIAL, INDUSTRIAL E EMPRESARIAL DE RONDONÓPOLIS ACIR. Presidente - Luis Fernando Homem

Leia mais

Programa de Educação Ambiental da UHE Irapé (condicionante 06)

Programa de Educação Ambiental da UHE Irapé (condicionante 06) (condicionante 06) Janeiro 2012 1 INTRODUÇÃO Em atendimento à condicionante nº 06 da LO067-2010, de 09/12/2010, referente ao processo nº 00094/1994/006/2009, foi elaborado esse relatório anual contendo

Leia mais

Diagnóstico da Educação Municipal

Diagnóstico da Educação Municipal Diagnóstico da Educação Municipal Oneide Ferraz Alves Apoio Parceria Coordenação Técnica Iniciativa Temas 1º dia Planejamento Planejamento Educacional Plano Anual de Educação Diagnóstico da Educação no

Leia mais

Ninguém conhece as suas próprias capacidades enquanto não as colocar à prova. BOA SORTE!

Ninguém conhece as suas próprias capacidades enquanto não as colocar à prova. BOA SORTE! PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº. 001/2015, de 01 de Julho de 2015 PROVA OBJETIVA: 16 DE AGOSTO DE 2015 CARGO: AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS MASCULINO E FEMININO Nome do Candidato (A)...... Assinatura INSTRUÇÕES

Leia mais

Projeto Barro Preto em Ação

Projeto Barro Preto em Ação Projeto Barro Preto em Ação Mirian de Sousa SILVA 1 ; André Luis RIBEIRO 2 ; 1ªTurma de Meio Ambiente 3 1 Professora orientadora do Instituto Federal Minas Gerais (IFMG) Bambuí/Extensão Oliveira-MG. 2

Leia mais

Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar 2012

Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar 2012 Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar 2012 Rio de Janeiro, 19 / 06 / 2013 1 - Introdução 2 - Objetivos 3 - Coleta dos Dados 4 - Instrumentos de Coleta 5 - Temas abordados 6 - Universo da Pesquisa 7 - Análise

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Rua Adualdo Batista, 1550 Parque Iracema Fortaleza Ceará CEP: 60.824-140 Fone: (85) 3218.7020 www.cogerh.com.

TERMO DE REFERÊNCIA. Rua Adualdo Batista, 1550 Parque Iracema Fortaleza Ceará CEP: 60.824-140 Fone: (85) 3218.7020 www.cogerh.com. TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM PRODUÇÃO DE VÍDEO PARA ROTEIRIZAÇÃO, EDIÇÃO, GRAVAÇÃO DE LOCUÇÕES PROFISSIONAIS E MONTAGEM DE MATRIZ DE DVD COM MENU DE OPÇÕES DE ACESSO A CONTEÚDOS

Leia mais

JUVENTUDE E TRABALHO: DESAFIOS PARA AS POLITICAS PÚBLICAS NO MARANHÃO

JUVENTUDE E TRABALHO: DESAFIOS PARA AS POLITICAS PÚBLICAS NO MARANHÃO JUVENTUDE E TRABALHO: DESAFIOS PARA AS POLITICAS PÚBLICAS NO MARANHÃO JONATHAN ROCHA GUIMARÃES Avaliar a Política de Trabalho e juventude torna-se de extrema importância na medida em que representa um

Leia mais

Perfil da mulher vítima de violência doméstica no Brasil, Rio Grande Sul e Caxias do Sul

Perfil da mulher vítima de violência doméstica no Brasil, Rio Grande Sul e Caxias do Sul Perfil da mulher vítima de violência doméstica no Brasil, Rio Grande Sul e Caxias do Sul Adalberto Ayjara Dornelles Filho Ramone Mincato Paula Cervelin Grazzi Resumo: Uma breve revisão de estudos sobre

Leia mais

Pró-Reitoria de Graduação Curso de Administração Financeira Projeto de Pesquisa do Trabalho de Conclusão de Curso Finanças Pessoais no Brasil

Pró-Reitoria de Graduação Curso de Administração Financeira Projeto de Pesquisa do Trabalho de Conclusão de Curso Finanças Pessoais no Brasil Pró-Reitoria de Graduação Curso de Administração Financeira Projeto de Pesquisa do Trabalho de Conclusão de Curso Finanças Pessoais no Brasil Autor: Uelintânia dos Santos Lopes Orientador: Prof Dr. Alberto

Leia mais

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino

Corrida da Saúde. Infantis A - Feminino Corrida da Saúde Classificação geral do corta-mato, realizado no dia 23 de Dezembro de 2007, na Escola E.B. 2,3 de Valbom. Contou com a participação dos alunos do 4º ano e do 2º e 3º ciclos do Agrupamento

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA

GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E CULTURA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº. 007 DE 05 DE MAIO DE 2015 A Secretária de Estado da Educação e Cultura- SEDUC, no uso de suas atribuições

Leia mais

BALNEABILIDADE DAS LAGOAS URBANAS DE SALVADOR - BAHIA

BALNEABILIDADE DAS LAGOAS URBANAS DE SALVADOR - BAHIA BALNEABILIDADE DAS LAGOAS URBANAS DE SALVADOR - BAHIA Juliana Jesus Santos ; Ailton dos Santos Junior ; Maili Correia Campos ; Claudia do Espírito Santo Lima & Eduardo Farias Topázio INTRODUÇÃO Balneabilidade

Leia mais

O PAPEL DO SERVIÇO DE EPIDEMIOLOGIA NA REDE DE PROTEÇÃO A CRIANÇA E AO ADOLESCENTE EM SITUACAO DE RISCO PARA A VIOLENCIA NO HOSPITAL DE CLÍNICAS.

O PAPEL DO SERVIÇO DE EPIDEMIOLOGIA NA REDE DE PROTEÇÃO A CRIANÇA E AO ADOLESCENTE EM SITUACAO DE RISCO PARA A VIOLENCIA NO HOSPITAL DE CLÍNICAS. O PAPEL DO SERVIÇO DE EPIDEMIOLOGIA NA REDE DE PROTEÇÃO A CRIANÇA E AO ADOLESCENTE EM SITUACAO DE RISCO PARA A VIOLENCIA NO HOSPITAL DE CLÍNICAS. AREA TEMÁTICA: Saúde. COORDENADORA: Prof.ª Dr.ª Denise

Leia mais

reflexões sobre o rio São Francisco

reflexões sobre o rio São Francisco reflexões sobre o rio São Francisco Antenor de Oliveira de Aguiar Netto Professor UFS ARACAJU - SERGIPE DEZEMBRO 2015 Área de drenagem: 636.920 km 2 Municípios: 504 Estados: Minas Gerais, Bahia, Pernambuco,

Leia mais

O / 4 FAIXA ETÁRIA SEXO 1.5% 0.2% 6.1% 0.2% 13.5% 25.8% 52.6% 407 entrevistas foram realizadas nos dias 27 e 28 de janeiro de 2010. Feminino.

O / 4 FAIXA ETÁRIA SEXO 1.5% 0.2% 6.1% 0.2% 13.5% 25.8% 52.6% 407 entrevistas foram realizadas nos dias 27 e 28 de janeiro de 2010. Feminino. A TERCEIRA EDIÇÃO DA CAMPUS PARTY BRASIL, REALIZADA EM SÃO PAULO ENTRE OS DIAS 25 E 31 DE JANEIRO DE 2010, REUNIU QUASE 100 MIL PARTICIPANTES PARA DISCUTIR AS TENDÊNCIAS DA INTERNET E DAS MÍDIAS DIGITAIS.

Leia mais

Palavras chave para indexação: 2014_10_29_Reunião_Saúde_Escola_ Maria do Carmo Farias MEMÓRIA

Palavras chave para indexação: 2014_10_29_Reunião_Saúde_Escola_ Maria do Carmo Farias MEMÓRIA Assunto: Reunião/Palestra saúde para orientar e esclarecer as dúvidas da população sobre as ações preventivas na área da saúde pública em virtude da construção da UHE Belo Monte. Redator: Maria Telma Rodrigues

Leia mais

CALENDÁRIO DE AULAS DO CURSO DE PEDAGOGIA EM 2016.1

CALENDÁRIO DE AULAS DO CURSO DE PEDAGOGIA EM 2016.1 TURMA 2016.1 (13 alunos) SEG TER QUA QUI SEX Fundamentos Fundamentos Metodologia Científica Antropológicos Antropológicos 1 e 22/2; 7 e 21/3; 11,25/4; 3 e 17/05 9, 23 e 30/05; 6/6 Arte e Educação Língua

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA FORMULÁRIO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE EXTENSÃO EDITAL Nº. / /PROEC DE FLUXO CONTÍNUO DE CHAMADA DE PROPOSTAS DE EXTENSÃO DA - PROEC, SEM ÔNUS PARA A TÍTULO DO PROJETO: Descobrindo talentos na Educação

Leia mais

Esta exposição é composta por 6 telas e procura consciencializar a população escolar, para a proteção dos direitos dos animais.

Esta exposição é composta por 6 telas e procura consciencializar a população escolar, para a proteção dos direitos dos animais. ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL MUNICÍPIO DE ALBUFEIRA PROGRAMA BANDEIRA AZUL 2012 LISTA DE ATIVIDADES Exposição Dia Mundial do Animal; Projeto Escola Limpa, Espaço Seguro; Projeto Coastwatch; Painel

Leia mais

Reforma Política. Pesquisa telefônica realizada pelo IBOPE Inteligência a pedido do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil

Reforma Política. Pesquisa telefônica realizada pelo IBOPE Inteligência a pedido do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil Reforma Política Pesquisa telefônica realizada pelo IBOPE Inteligência a pedido do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil Introdução 2 Objetivos Abrangência Geográfica Método de coleta Datas

Leia mais

Serão distribuídos: Para os professores: Cinco módulos temáticos e um caderno de atividades. Para os alunos: um caderno de atividades.

Serão distribuídos: Para os professores: Cinco módulos temáticos e um caderno de atividades. Para os alunos: um caderno de atividades. professor Serão distribuídos: Para os professores: Cinco módulos temáticos e um caderno de atividades. Para os alunos: um caderno de atividades. Também serão produzidos, dentro de sala de aula, cartazes

Leia mais

As Metrópoles no Censo 2010: novas tendências? 1

As Metrópoles no Censo 2010: novas tendências? 1 P á g i n a 1 As Metrópoles no Censo 2010: novas tendências? 1 Os primeiros resultados do Censo 2010 já permitem algumas reflexões sobre mudanças e permanências da posição das metrópoles na rede urbana

Leia mais

Índice de 11,6% é maior do que 11,4% registrado no último dia de fevereiro. Outros 5 sistemas também subiram,mas São Paulo ainda vive crise hídrica.

Índice de 11,6% é maior do que 11,4% registrado no último dia de fevereiro. Outros 5 sistemas também subiram,mas São Paulo ainda vive crise hídrica. PROJETO ATUALIZAR 2015 TEMA SISTEMA CANTAREIRA DATA DE APLICAÇÃO 09 a 13/03/2015 PROFESSORES RESPONSÁVEIS Cristiane e Felipe 1. SUGESTÕES DE PONTOS QUE PODEM SER ABORDADOS 1.1. A importância da água 1.2.

Leia mais

NOÇÕES DE HIGIENE NA MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS OFERECIDOS NA MERENDA ESCOLAR DA REDE PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE JATAÍ/GO

NOÇÕES DE HIGIENE NA MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS OFERECIDOS NA MERENDA ESCOLAR DA REDE PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE JATAÍ/GO NOÇÕES DE HIGIENE NA MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS OFERECIDOS NA MERENDA ESCOLAR DA REDE PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE JATAÍ/GO RODRIGUES, Clarissa de Jesus 1 ; AZEVEDO, Dionatan Assis 2 ; DIAS, Jaqueline Carneiro

Leia mais

AVALIAÇÃO MERCADO MODELO

AVALIAÇÃO MERCADO MODELO AVALIAÇÃO MERCADO MODELO 2 SUMÁRIO 1 Introdução 2 Perfil da Amostra 3 Participação no Evento 4 Avaliação Palestras 5 Avaliação Stand 6 Resumo 7 Conclusões 03 08 15 18 25 29 32 INTRODUÇÃO 4 INTRODUÇÃO Para

Leia mais

PROPOSTA ALTERNATIVA PARA A REUTILIZAÇÃO DA ÁGUA DA CHUVA EM RESIDÊNCIAS

PROPOSTA ALTERNATIVA PARA A REUTILIZAÇÃO DA ÁGUA DA CHUVA EM RESIDÊNCIAS ISSN 1984-9354 PROPOSTA ALTERNATIVA PARA A REUTILIZAÇÃO DA ÁGUA DA CHUVA EM RESIDÊNCIAS Tatiana dos Anjos Mota (UFF) Max Anderson da Silva Mendes (CEFET) Resumo Este trabalho é uma proposta alternativa

Leia mais

TESTE DO QUADRADO REALIZADO EM ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL DE UMA ESCOLA ESTADUAL DO MUNICÍPIO DE BARRETOS-SP 1

TESTE DO QUADRADO REALIZADO EM ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL DE UMA ESCOLA ESTADUAL DO MUNICÍPIO DE BARRETOS-SP 1 TESTE DO QUADRADO REALIZADO EM ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL DE UMA ESCOLA ESTADUAL DO MUNICÍPIO DE BARRETOS-SP 1 Heytor Miziara Diniz de Paula André Basilio Arantes da Silva Guilherme Henrique de Souza

Leia mais

REDE SOCIAL DIAGNÓSTICO SOCIAL

REDE SOCIAL DIAGNÓSTICO SOCIAL REDE SOCIAL INQUÉRITOS POR QUESTIONÁRIO ASSOCIAÇÕES INQUÉRITO POR QUESTIONÁRIO ÁS ASSOCIAÇÕES DO CONCELHO DE A pobreza e a exclusão social embora não sendo fenómenos recentes, têm vindo a surgir nas nossas

Leia mais

PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRA E CONFIANÇA DO CONSUMIDOR

PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRA E CONFIANÇA DO CONSUMIDOR DEZEMBRO/2010 PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRA E CONFIANÇA DO CONSUMIDOR RELATÓRIO MENSAL DA PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRA E CONFIANÇA DO CONSUMIDOR DE MANAUS, ANO 2010 - N 12 MANAUS AM 67,2% dos consumidores

Leia mais

SALAS INTERATIVAS E AÇÕES COMUNITÁRIAS: EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM TERRÁ INDÍGENA

SALAS INTERATIVAS E AÇÕES COMUNITÁRIAS: EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM TERRÁ INDÍGENA SALAS INTERATIVAS E AÇÕES COMUNITÁRIAS: EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM TERRÁ INDÍGENA Leilane Oliveira Chaves Graduanda em Geografia Universidade Federal do Ceará - UFC, Brasil E-mail: leilane_chaves@hotmail.com

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão IFMA Diretoria de Educação a Distância Edital n 05/ 2013 DEAD /

Leia mais

7.1. Estruturas de Saúde no Concelho de Rio Maior. No que concerne às infra-estruturas de Saúde, o Concelho de Rio

7.1. Estruturas de Saúde no Concelho de Rio Maior. No que concerne às infra-estruturas de Saúde, o Concelho de Rio 7. Saúde 7.1. Estruturas de Saúde no Concelho de Rio Maior No que concerne às infra-estruturas de Saúde, o Concelho de Rio Maior dispõe de um Centro de Saúde com 10 extensões distribuídas pelas Freguesias

Leia mais

Hospedagem Sustentável: Gestão Ambiental em meios de hospedagem para o município de São Roque. Darlyne de Aquino Silva

Hospedagem Sustentável: Gestão Ambiental em meios de hospedagem para o município de São Roque. Darlyne de Aquino Silva Hospedagem Sustentável: Gestão Ambiental em meios de hospedagem para o município de São Roque Darlyne de Aquino Silva Instituto Federal de Educação Ciência e tecnologia de São Paulo. São Roque, SP 2011

Leia mais

De forma a melhor adequar os objetivos das atividades às expectativas, necessidades e motivações dos jovens

De forma a melhor adequar os objetivos das atividades às expectativas, necessidades e motivações dos jovens O GO UP! Dão Lafões Summer Camp é um campo de férias, organizado pela CIMRDL Comunidade Intermunicipal da Região Dão Lafões, em regime residencial com a duração de 5 dias que pretende, de uma forma dinâmica

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NO DISTRITO FEDERAL WWF Brasil Maio/ 2003 OBJETIVOS: Levantar informações para subsidiar o planejamento e a avaliação da comunicação da WWF Brasil. Gerar conhecimentos relevantes

Leia mais

SAÍDA DO MERCADO DE TRABALHO: QUAL É A IDADE?

SAÍDA DO MERCADO DE TRABALHO: QUAL É A IDADE? SAÍDA DO MERCADO DE TRABALHO: QUAL É A IDADE? Ana Amélia Camarano* Solange Kanso** Daniele Fernandes** 1 INTRODUÇÃO Assume-se que idade avançada e invalidez resultam em perda da capacidade laboral, o que

Leia mais

HORÁRIO DE AULAS DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EM 2014.2

HORÁRIO DE AULAS DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EM 2014.2 TURMA: 2014.2 1º SEMESTRE 18h50-19h50 19h50-20h50 Filosofia Filosofia 21h00-22h00 22h00-23h00 Alberlan Lopes Silva 40 40 2 Anderson Pinheiro dos Santos 80 80 4 Rosinaldo da Silva Passos 80 80 4 Patricia

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CRF-MG CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DE MINAS GERAIS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CRF-MG CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DE MINAS GERAIS Da presença: Capacifar Análises Clínicas 2ª Turma Belo Horizonte 1. A presença no segundo módulo é obrigatória. Em caso de ausência, o farmacêutico perderá o direito de receber o certificado e a vaga permanecerá

Leia mais

CONHECIMENTO DE PROFESSORES ACERCA DO DESENVOLVIMENTO DE FALA E AÇÕES

CONHECIMENTO DE PROFESSORES ACERCA DO DESENVOLVIMENTO DE FALA E AÇÕES CONHECIMENTO DE PROFESSORES ACERCA DO DESENVOLVIMENTO DE FALA E AÇÕES DE PROMOÇÃO DA SAÚDE Palavras-chaves: capacitação, fala, promoção da saúde Introdução As instituições de educação infantil constituem

Leia mais

LIXO PARA VOCÊ: ARTE PARA NÓS UM PROJETO DE REEDUCAÇÃO AMBIENTAL

LIXO PARA VOCÊ: ARTE PARA NÓS UM PROJETO DE REEDUCAÇÃO AMBIENTAL LIXO PARA VOCÊ: ARTE PARA NÓS UM PROJETO DE REEDUCAÇÃO AMBIENTAL Rafael Antônio Nunes COURA³;Milena Alves da Silva SOUZA³; Isabela Fatima Silveira MARTINS³; Cássia Maria Silva NORONHA¹ e Eriks Tobias VARGAS².

Leia mais

Programa de Educação Ambiental da UHE Irapé (condicionante 06)

Programa de Educação Ambiental da UHE Irapé (condicionante 06) (condicionante 06) Janeiro 2013 1 INTRODUÇÃO Em atendimento à condicionante nº 06 da LO067/10, de 09/12/2010, referente ao processo nº 00094/1994/006/2009, foi elaborado este relatório anual contendo informações

Leia mais

Sua empresa é CIDADÃ?

Sua empresa é CIDADÃ? Sua empresa é CIDADÃ? A Câmara de Comércio e Indústria do Estado do Rio de Janeiro (CAERJ) em uma iniciativa inédita está compilando informações corporativas de todos os segmentos: indústria, comércio

Leia mais