MANUAL DO UTILIZADOR DO CENTRO DE RECURSO EDUCATIVOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DO UTILIZADOR DO CENTRO DE RECURSO EDUCATIVOS"

Transcrição

1 MANUAL DO UTILIZADOR DO CENTRO DE RECURSO EDUCATIVOS

2 Índice: Introdução 3 Acesso aos recursos bibliográficos 3 Circuito documental 3 O que é o catálogo bibliográfico? 4 Como entrar no catálogo bibliográfico? 4 Como utilizar o Centro de Recursos Educativos? 5 Como efectuar uma pesquisa simples? 6 O que são operadores lógicos de pesquisa? 9 Como efectuar uma pesquisa por índice? 12 Como posso aceder às novidades e pesquisas pré-definidas? 14 Como posso requisitar documentos (empréstimo domiciliário)? 15 O que são publicações periódicas? Como ter acesso aos artigos? 17 O que é a Biblioteca do Conhecimento Online, ou B-On? 21 Conclusão 22 2

3 Introdução As bibliotecas contêm fontes de informação importantíssimas, nomeadamente este Centro de Recursos Educativos (CRE). No entanto, existe um subaproveitamento das fontes de informação disponíveis por parte dos utilizadores, pelo que é necessário contribuir para melhorar a sua formação. Este manual tem como objectivo central informar sobre os recursos bibliográficos aqui disponíveis, estimulando a eficácia da sua utilização e fornecendo indicações práticas para a utilização racional do respectivo fundo. Acesso aos Recursos Bibliográficos Existem duas formas de aceder aos documentos/recursos bibliográficos da nossa biblioteca: - Acesso restrito os documentos não podem ser retirados das estantes, têm de ser pedidos ao técnico (é o caso dos modelos anatómicos e instrumentos de medidas; monografias de fim de curso; algumas revistas, Cassetes vídeo, CD-Rom, DVDs e alguns livros) - Livre acesso os documentos podem ser retirados das estantes/consultados e, a maioria deles, requisitados para empréstimo domiciliário, estando organizados por áreas temáticas (Ver em anexo a tabela de arrumação/localização das estantes nos espaços do CRE). Os utilizadores do CRE têm à sua disposição bibliografia portuguesa e estrangeira composta por: - uma colecção de obras de referência (dicionários e enciclopédias); - uma colecção de manuais e livros de texto especializados na área da Fisioterapia, Terapia Ocupacional e Terapia da Fala; - uma colecção de publicações periódicas (revistas especializadas); - uma colecção de teses e monografias de fim de curso; - uma colecção de material não livro (ex: CD-ROM, DVD, modelos anatómicos e outro material de apoio às actividades lectivas). Circuito documental O circuito que um documento faz até chega à estante é o seguinte: Aquisição (proposta pelo CRE, docentes ou outros utilizadores); Carimbagem carimbos com a sigla do CRE e com o nºde registo; Registo nº sequencial de aquisição; Classificação Conforme os assuntos (tabela de arrumação nas estantes); Catalogação Descrição documental. BI do documento; Indexação Análise do conteúdo do documento, representada numa linguagem própria (descritores = assunto); Cota Alfanumérica letras do assunto (classificação) + nº sequencial dentro de cada assunto. 3

4 O que é o Catálogo bibliográfico? O Catálogo Bibliográfico online (bibliopac - Interface de Pesquisa WWW) - permite disponibilizar ao mundo a consulta na Internet e efectuar pesquisas bibliográficas, da rede local ou do exterior, na totalidade do fundo documental existente na biblioteca da ESSA. Este catálogo de registos bibliográficos em linha, geralmente designado por OPAC, é um importante instrumento de recuperação de informação. Este meio possibilita a qualquer utilizador informação sobre autores, títulos, cotas, datas de entrada, tipos de documento, etc., permitindolhe localizar o recurso bibliográfico que procura ou encontrar outros recursos sobre o mesmo assunto. Como este catálogo está informatizado, o utilizador deverá utilizar os computadores existentes no CRE e recuperar a informação pretendida, através de fórmulas de pesquisa. Como entrar no catálogo bibliográfico? Pode-se aceder através do endereço da pagina da Escola Superior de Saúde do Alcoitão: seleccionando Catálogo Bibliográfico da ESSA (localizado por baixo do logótipo da SCML): Nos computadores do CRE, poderá aceder ao link: Bibliobase após iniciar a sua sessão. 4

5 Interface de pesquisa do BibliOpac: Clique em Base bibliográfica geral para iniciar a pesquisa: Como utilizar o Centro de Recursos Educativos? Quando pesquisar no catálogo bibliográfico, tenha em atenção o seguinte: - Livros: tomar nota da cota (localização) 5

6 -Artigos de Revistas: tomar nota do título, volume, nº, mês e/ou ano e páginas. Após pesquisa, deixe os documentos que já não precisa, em cima das mesas próprias para esse efeito. Como efectuar uma Pesquisa Simples? O programa, por defeito, abre com a pesquisa simples. Esta opção permite seleccionar um conjunto de campos a pesquisar, bastando para tal, preencher os campos pretendidos (autor, título, assunto, etc.). Caso pretenda cruzar pesquisas, verifique o operador booleano, ou operador lógico de pesquisa, entre cada um dos termos indicados. Por defeito, é assumido o operador OU. Resultados da pesquisa simples: Os resultados da pesquisa surgem no início da página, é-nos mostrado o termo de pesquisa, a indicação da base pesquisada, o período de tempo e o resultado da pesquisa. Este é apresentado em grupos de dez por página, sendo-nos indicado o número total de registos recuperados, contendo a apresentação dos dados a descrição bibliográfica completa do registo. 6

7 7

8 8

9 O que são Operadores lógicos de pesquisa? Ao realizar a pesquisa podemos utilizar vários operadores quando pretendemos associar vários termos na mesma expressão: Operador lógico de pesquisa OU: OU é o operador lógico de união e permite pesquisar todos os registos onde existe qualquer um dos termos indicados. Termo de pesquisa: Fisiologia + Fisiologia do exercício Resultado da pesquisa (ver em baixo expressão de pesquisa ): O resultado do operador lógico OU entre dois conjuntos dáorigem aum novo conjunto que contém os termos de ambos. Os resultados da pesquisa são todos os registos onde ocorre pelo menos um dos termos indicados: Operador lógico de pesquisa E (*): E é o operador lógico de intersecção quer nos permite pesquisar todos os registos onde ocorrem simultaneamente os termos indicados. Termo de pesquisa: As Fisiologia * As Fisiologia do exercício Resultado da pesquisa: O resultado da pesquisa com este operador dá origem a um conjunto que contém os termos comuns a ambos, o resultado são todos os registos onde ocorrem simultaneamente os dois termos previamente indicados: 9

10 Operador lógico de pesquisa Não (^): NÃO é o operador lógico de exclusão que nos permite pesquisar todos os registos onde ocorra o primeiro termo excepto o segundo. Termo de pesquisa: Fisiologia ^ Fisiologia do exercício Resultado da pesquisa O resultado desta pesquisa com o operador NÃO entre dois conjuntos dá origem a um novo conjunto contendo apenas os termos do primeiro. O resultado é composto por todos os registos onde ocorre o primeiro termo mas não o segundo. A ordem dos termos é importante. 10

11 Se necessário, utilize a opção A Z para consultar e seleccionar os termos pesquisáveis. Para executar a pesquisa prima em pesquisar 11

12 Como efectuar uma pesquisa por Índice? Este tipo de pesquisa permite percorrer sequencialmente a lista de termos pesquisáveis e a partir destes seleccionar um e, executar uma nova pesquisa. 12

13 A lista é apresentada a partir do termo mais próximo do digitado. Como os termos se encontram organizados por prefixos (AU para autor, TI para título, etc.) se não for digitado nenhum termo, será apresentada a entrada mais próxima do índice que seleccionou. Por exemplo, se o objectivo for percorrer todos os assuntos sobre Fisiologia, deve ser seleccionado o índice Assunto e escrever Fisiologia. 13

14 Como aceder às Novidades e Pesquisas Pré-definidas? O menu Novidades permite a execução automática de várias pesquisas. Por defeito constam apenas as pesquisas por datas de entrada e de publicação: Para consultar as novidades seleccione a opção Novidades + uma das opções disponíveis premindo a opção pesquisar associada. Apresentação de resultados: Os resultados da pesquisa surgem numa janela. No início da página, é-nos mostrado o termo de pesquisa, a indicação da base pesquisada, o período de tempo e o resultado da pesquisa. Os resultados são apresentados em grupos de dez por página, sendo-nos indicado o número total de registos recuperados. Em cada página de resultados, é apresentada uma zona contendo referência ao total de página e ao nº da página em que se está posicionado. Além disso, são indicados links para as páginas seguintes. É assim possível ir para a primeira página dos resultados, para a seguinte, anterior, última. Se o total de registos a apresentar for inferior ao definido para uma página estas opções de navegação não são apresentadas. 14

15 Dependendo da quantidade de registos encontrados numa pesquisa, pode ser ou não apresentada a barra de navegação entre páginas. Como posso requisitar documentos (empréstimo domiciliário)? Os documentos que podem ser requisitados para empréstimo domiciliário são os livros, que não estejam assinalados com etiqueta vermelha na lombada, cassetes áudio e materiais de apoio às actividades lectivas (ossos, goniómetros, alguns testes). Sempre que um utilizador pretenda o empréstimo de uma obra que esteja requisitada por outro utilizador, poderá solicitá-lo pessoalmente ou através de , a um técnico do CRE, que o inscreverá na lista de espera, sendo assim possível requisitar essa obra logo que seja devolvida. Caso não se encontre no CRE/ESSA poderá verificar a disponibilidade dos documentos, clicando no símbolo: (status empréstimo). 15

16 Ao constatar a sua indisponibilidade poderá enviar no próprio registo clicando no símbolo: (pedido de reserva). Deverá preencher os seus dados e aguardar pela resposta de um técnico do CRE. Assim que o documento for devolvido, o CRE enviar-lhe-á um a informar da sua disponibilidade. 16

17 O que são Publicações periódicas? Como ter acesso aos artigos? São as publicações impressas, publicadas em partes sucessivas, tendo uma designação numérica, e publicadas com a intenção prévia de serem continuadas. É o caso dos jornais, revistas, publicações anuais, boletins, etc. Todas as publicações periódicas do CRE têm cota PP, seguidas de um algarismo que corresponde a um título. Para obter o(s) artigo(s) pretendidos deverá pesquisar pelo título do artigo (ou palavras iniciais), autor, assunto ou cota, e, de seguida verificar o ano, o volume, o número e as páginas desse artigo. Na estante, as publicações periódicas estão organizadas por cota e ano e dentro de cada ano estão todos os volumes e/ou números. Para ter acesso à listagem de publicações periódicas on-line e, após entrar na base bibliográfica geral, deve clicar em novidades + lista de títulos de publicações periódicas + pesquisar. 17

18 Se pretender obter o endereço electrónico, terá de clicar no símbolo da configuração 18

19 e seleccionar Descrição ISBD + gravar: De seguida, obterá os registos de todas as publicações periódicas aqui existentes: 19

20 O link associado é o da publicação periódica on-line, primeiro na base de dados da EBSCO, e de seguida, na página do editor: 20

21 O que é a Biblioteca do Conhecimento online, ou B-On? A B-On resulta de um consórcio nacional de instituições académicas e de investigação e é uma biblioteca digital que disponibiliza periódicos electrónicos das principais editoras de revistas científicas internacionais. Cobre praticamente todas as áreas de investigação e permite o acesso em texto integral a milhares de artigos. Tipos de recursos - Editoras; - BD em texto integral; - BD de referência; - Recursos gratuitos em acesso livre; - Catálogos de bibliotecas. Pesquisa rápida Simples (a expressão incide em todos os campos de acesso do recurso) Avançada (selecção do campo e combina até 2 campos com operador lógico) Estratégias de pesquisa Escolha de palavras-chave precisas Operadores lógicos de pesquisa Truncatura :? substitui um dos caracteres, Ex. wom?n (para woman ou women) * - substitui um ou vários caracteres, Ex. comput* (para computer, computers, computing) Periódicos Se o utilizador já conhece os títulos das publicações periódicas, poderá, no interface de pesquisa da B-On, e após clicar em pesquisa avançada, seleccionar: Periódicos. Através da lista A-Z poderá localizá-los escolhendo a letra inicial ou parte do título do periódico. Encontrado o título pretendido, poderá visualizar informações sobre ele, a partir do botão que contém um seleccionar o botão. Se, abre-se uma janela que lhe indica os serviços associados ao periódico. Deverá preencher o ano e, caso tenha a informação, o volume, nº e página inicial, clicando, por fim em go. 21

22 Conclusão Procuramos fornecer a todos os utilizadores os meios necessários para uma utilização mais eficaz do CRE, sendo este manual uma das contribuições possíveis. Caso encontre dificuldades na percepção deste manual, por favor, exponha-as aos técnicos, pois estamos sempre abertos a sugestões para melhorar os nossos serviços. Poderá também contactar-nos, através do e, para outras dúvidas consultar o regulamento do CRE. 22

MANUAL DO UTILIZADOR DO CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO

MANUAL DO UTILIZADOR DO CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO MANUAL DO UTILIZADOR DO CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO ÍNDICE Introdução 3 1. COMO ENTRAR NA BASE DE DADOS BIBLIOGRÁFICOS? 4 2. PESQUISAR 5 2.1. Pesquisa Simples 5 2.2. Pesquisa Avançada 5 3. ÍNDICES 7 4. NOVIDADES

Leia mais

BIBLIOTECA ANACOM MANUAL DO UTILIZADOR

BIBLIOTECA ANACOM MANUAL DO UTILIZADOR BIBLIOTECA ANACOM MANUAL DO UTILIZADOR ÍNDICE Biblioteca ANACOM - Manual do utilizador... 2 Página de entrada... 3 Barra de menus da Biblioteca ANACOM... 3 Tipos de pesquisa... 3 Pesquisa simples... 3

Leia mais

BASES DE DADOS DE LEGISLAÇÃO

BASES DE DADOS DE LEGISLAÇÃO BASES DE DADOS DE LEGISLAÇÃO http://legis.dgs.pt MANUAL DO UTILIZADOR Baseado no Manual do Utilizador bibliopac: Interface WWW htpp://www.bibliosoft.pt Abril 2008 ÍNDICE 1. Introdução. 2 2. Pesquisa Simples..

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR

MANUAL DO UTILIZADOR MANUAL DO UTILIZADOR Versão 1.6 PÁGINA DE PESQUISA A página principal do PacWeb permite a realização de um número muito variado de pesquisas, simples, ou pelo contrário extremamente complexas, dependendo

Leia mais

Como localizar um documento na biblioteca!

Como localizar um documento na biblioteca! Como localizar um documento na biblioteca! Comece por fazer pesquisa no catálogo em linha: por autor, Por autor Se sabe o autor que procura, introduza o seu nome invertido. Ex.: Chang, Raymond por assunto,

Leia mais

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo Conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique com o exterior; Windows: sistema operativo mais utilizado nos

Leia mais

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores CGA Directa Manual do Utilizador Acesso, Adesão e Lista de Subscritores Versão 1.00 de 10 de Março de 2008 Índice Pág. Introdução 3 Capítulo 1 Capítulo 2 Capítulo 3 Acesso Acesso 4 Adesão Adesão 5 2.1

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE A EQUIPA DO PTE 2009/2010 Índice 1. Entrar na plataforma Moodle 3 2. Editar o Perfil 3 3. Configurar disciplina 4 3.1. Alterar definições 4 3.2. Inscrever alunos

Leia mais

Preâmbulo CAPÍTULO I. Disposições gerais. Artigo 1.º. Missão e atribuições

Preâmbulo CAPÍTULO I. Disposições gerais. Artigo 1.º. Missão e atribuições REGULAMENTO DA BIBLIOTECA DO SINDICATO DOS MAGISTRADOS DO MINISTÉRIO PÚBLICO Preâmbulo A Biblioteca do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público foi criada em 1974, data da fundação do próprio Sindicato.

Leia mais

Aleph 18.01 Manual de utilização do módulo de circulação e empréstimos

Aleph 18.01 Manual de utilização do módulo de circulação e empréstimos Aleph 18.01 Manual de utilização do módulo de circulação e empréstimos Elaborado por: Amélia Janeiro e Ana Cosmelli SDUL 2008 Índice Apresentação... 3 1. Gestão de leitores... 5 1.1 Pesquisa de leitores...

Leia mais

Aleph 18.01 Manual de utilização do Módulo de Catalogação

Aleph 18.01 Manual de utilização do Módulo de Catalogação Aleph 18.01 Manual de utilização do Módulo de Catalogação Elaborado por: Amélia Janeiro e Ana Cosmelli SDUL 2008 Índice Apresentação... 3 1. Criar novos registos... 4 1.1 Abrir Template... 4 1.2 Usar Registo

Leia mais

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Ambiente Gráfico Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e que comunique com o exterior. Actualmente o Windows é

Leia mais

PESQUISA NO CATÁLOGO BIBLIOBASE

PESQUISA NO CATÁLOGO BIBLIOBASE PESQUISA NO CATÁLOGO BIBLIOBASE 1. Seleccionar, no ambiente de trabalho do computador, o ícone OPAC Módulo de Pesquisa Local para efectuar uma pesquisa. OPAC - Online Public Access Catalog. 2. Para abrir

Leia mais

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida Ministério Público Ministério Público Guia de Consulta Rápida Versão 3 (Outubro de 2009) - 1 - ÍNDICE 1. ACEDER AO CITIUS MINISTÉRIO PÚBLICO... 4 2. BARRA DE TAREFAS:... 4 3. CONFIGURAR O PERFIL DO UTILIZADOR...

Leia mais

Faça a gestão da sua base de clientes com o Gestix.

Faça a gestão da sua base de clientes com o Gestix. Gerir Clientes no Gestix A Ficha de Cliente Faça a gestão da sua base de clientes com o Gestix. O Gestix oferece-lhe diversas formas de conhecer e acompanhar os seus clientes. Explore-o como uma poderosa

Leia mais

SGD - Sistema de Gestão de Documentos

SGD - Sistema de Gestão de Documentos Agosto/2012 SGD - Sistema de Gestão de Documentos Manual do Módulo Documentos Características Orientações de utilização do Módulo Documentos. Apresentação das funcionalidades. Telas explicativas e passo

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CAMARATE REGIMENTO DE FUNCIONAMENTO DA BIBLIOTECA ESCOLAR/ CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CAMARATE REGIMENTO DE FUNCIONAMENTO DA BIBLIOTECA ESCOLAR/ CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO ESCOLA SECUNDÁRIA DE CAMARATE REGIMENTO DE FUNCIONAMENTO DA BIBLIOTECA ESCOLAR/ CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS I HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO O horário de funcionamento da biblioteca deve ser tendencialmente

Leia mais

ZS Rest. Manual Avançado. Ementas : Email e SMS. v2011

ZS Rest. Manual Avançado. Ementas : Email e SMS. v2011 Manual Avançado Ementas : Email e SMS v2011 1. Índice 2. INTRODUÇÃO... 2 3. INICIAR O ZSRest FrontOffice... 3 1 4. CONFIGURAÇÃO INICIAL... 4 b) Configurar E-Mail... 4 c) Configurar SMS... 5 i. Configurar

Leia mais

GUIA DE PESQUISA NO CATÁLOGO

GUIA DE PESQUISA NO CATÁLOGO GUIA DE PESQUISA NO CATÁLOGO UNIVERSIDADE LUSÍADA DE FAMALICÃO Dezembro 2012 P á g i n a 2 Koha é um sistema integrado de gestão de bibliotecas desenvolvido na nova Zelândia em finais dos anos noventa.

Leia mais

Módulo de Gestão de Inventário BIBLIO

Módulo de Gestão de Inventário BIBLIO BIBLIObase Módulo de Gestão de Inventário Versão 2004 Manual do utilizador Julho 2004 Ficha técnica Título Módulo de Gestão de Inventário : versão 2004 : manual do utilizador Autores António Manuel Freire

Leia mais

WINCODE SOFTWARE E CONTABILIDADE S.A. MyEnsino Manual da Área Reservada de Professores

WINCODE SOFTWARE E CONTABILIDADE S.A. MyEnsino Manual da Área Reservada de Professores MyEnsino Manual da Área Reservada de Professores ENTRADA: Abrir o browser de internet e digitar um dos seguintes endereços: Para aceder à área reservada de alunos: http://myescola.exemplo.pt Para aceder

Leia mais

COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1

COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 Oficina do Correio Para saber mais sobre Correio electrónico 1. Dicas para melhor gerir e organizar o Correio Electrónico utilizando o Outlook Express Criar Pastas Escrever

Leia mais

WEB OF SCIENCE - tutorial

WEB OF SCIENCE - tutorial WEB OF SCIENCE - tutorial O QUE É A WEB OF SCIENCE A Web of Science é a designação comum que é dada a um conjunto de bases de dados também conhecidas como «Science Citation Indexes» (Science Citation Index,

Leia mais

Descrição de Funcionalidades

Descrição de Funcionalidades Gestão Integrada de Documentos Descrição de Funcionalidades Registo de documentos externos e internos O registo de documentos (externos, internos ou saídos) pode ser efectuado de uma forma célere, através

Leia mais

DocBWeb. Interface de Pesquisa WEB

DocBWeb. Interface de Pesquisa WEB DocBWeb Interface de Pesquisa WEB O módulo DocBWEB é o Interface de Pesquisa Web desenvolvido para disponibilizar a pesquisa de conteúdos bibliográficos, através da sua Intranet ou para o exterior, via

Leia mais

Manual de Administração Intranet BNI

Manual de Administração Intranet BNI Manual de Administração Intranet BNI Fevereiro - 2010 Índice 1. Apresentação... 3 2. Conceitos... 5 3. Funcionamento base da intranet... 7 3.1. Autenticação...8 3.2. Entrada na intranet...8 3.3. O ecrã

Leia mais

Portal de Periódicos Capes

Portal de Periódicos Capes Portal de Periódicos Capes www.periodicos.capes.gov.br/ O que é o Portal de Periódicos? A maior biblioteca virtual de informação científica do mundo: Mais de 36.000 títulos de revistas acadêmicas (periódicos)

Leia mais

Regulamento Interno AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MARTIM DE FREITAS BIBLIOTECA ESCOLAR 2011 / 2012. Introdução

Regulamento Interno AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MARTIM DE FREITAS BIBLIOTECA ESCOLAR 2011 / 2012. Introdução AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MARTIM DE FREITAS BIBLIOTECA ESCOLAR 2011 / 2012 Regulamento Interno Introdução A Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas Martim de Freitas é parte integrante do processo educativo

Leia mais

EDUTec Learning. José Paulo Ferreira Lousado

EDUTec Learning. José Paulo Ferreira Lousado EDUTec Learning MANUAL DO UTILIZADOR José Paulo Ferreira Lousado Índice Página Principal... ii Página de Desenvolvimento de Conteúdos... iii Página de Comunicações...iv Página de Transferência de Ficheiros...vi

Leia mais

EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE. GestProcessos Online. Manual do Utilizador

EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE. GestProcessos Online. Manual do Utilizador EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE GestProcessos Online Manual do Utilizador GestProcessos Online GABINETE DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EAmb Esposende Ambiente, EEM Rua da Ribeira 4740-245 - Esposende

Leia mais

Auxiliar de pesquisa

Auxiliar de pesquisa 1/7 Auxiliar de pesquisa Encontra duas possibilidades de pesquisa: a pesquisa básica e a pesquisa avançada. Se é a primeira vez que pretende consultar documentos neste Arquivo, sugerimos que inicie a sua

Leia mais

A Acta Reumatológica Portuguesa disponibiliza em www.actareumatologica.pt uma plataforma online de submissão e revisão dos artigos submetidos.

A Acta Reumatológica Portuguesa disponibiliza em www.actareumatologica.pt uma plataforma online de submissão e revisão dos artigos submetidos. A Acta Reumatológica Portuguesa disponibiliza em www.actareumatologica.pt uma plataforma online de submissão e revisão dos artigos submetidos. Quer através do acesso directo à plataforma, quer seguindo

Leia mais

Complemento ao Manual de Utilizador Plataforma de Estágios TIC

Complemento ao Manual de Utilizador Plataforma de Estágios TIC Complemento ao Manual de Utilizador Plataforma de Estágios TIC Direccionado para as escolas www.estagiostic.gov.pt Índice 1. Objectivo da Plataforma... 2 2. Acesso restrito... 2 3. Perfis... 2 3.1. O administrador...

Leia mais

Plano E-commerce Guia de início rápido. Plano E-commerce. Guia de início rápido

Plano E-commerce Guia de início rápido. Plano E-commerce. Guia de início rápido Plano E-commerce 1 ÍNDICE 1 GUIA DE INÍCIO RÁPIDO... 3 2 WEB SITE DE ADMINISTRAÇÃO... 3 3 ASSISTENTE DE CONFIGURAÇÃO... 4 4 CRIAR CATEGORIAS... 7 5 CRIAR PRODUTOS... 9 6 VERIFICAR OPÇÕES IMPORTANTES DO

Leia mais

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA Guia rápido A PLATAFORMA MOODLE Moodle (Modular Object Oriented Distance LEarning) é um Sistema para Gerenciamento de Cursos (SGC). Trata-se de um programa para computador

Leia mais

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios Ambiente de trabalho Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique com o exterior. Actualmente, o Windows é

Leia mais

internet http://www.uarte.mct.pt internet... abrir o programa... pag.. 6 ecrã do internet explorer... ligações... escrever um endereço de internet...

internet http://www.uarte.mct.pt internet... abrir o programa... pag.. 6 ecrã do internet explorer... ligações... escrever um endereço de internet... internet 1 http://www.uarte.mct. internet...... pag.. 2 abrir o programa...... pag.. 3 ecrã do internet explorer... pag.. 4 ligações...... pag.. 5 escrever um endereço de internet... pag.. 6 voltar à página

Leia mais

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET MANUAL DO UTILIZADOR WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET 1. 2. PÁGINA INICIAL... 3 CARACTERÍSTICAS... 3 2.1. 2.2. APRESENTAÇÃO E ESPECIFICAÇÕES... 3 TUTORIAIS... 4 3. DOWNLOADS... 5 3.1. 3.2. ENCOMENDAS (NOVOS

Leia mais

Rede de Bibliotecas da Justiça Eleitoral REJE

Rede de Bibliotecas da Justiça Eleitoral REJE TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA JUDICIÁRIA COORDENADORIA DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO SEÇÃO DE DOCUMENTAÇÃO Rede de Bibliotecas da Justiça Eleitoral REJE Pesquisa simples e avançada

Leia mais

Sistema GPB Gestão de Pombais

Sistema GPB Gestão de Pombais Sistema GPB Gestão de Pombais Manual Rápido (Versão 07.01) Janeiro de 2007 SITE : WWW.SISTEMAGP.COM EMAIL: GERAL@SISTEMAGP.COM Um produto POMOR Software de Gestão, Lda. Objectivo deste Manual Rápido Com

Leia mais

Regulamento Setembro de 2013

Regulamento Setembro de 2013 Regulamento Setembro de 2013 1. ÂMBITO E ESTRUTURA A Biblioteca da Universidade Lusíada de Vila Nova de Famalicão é uma unidade documental que adquire, processa e disponibiliza informação especializada

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SORE Sistema Online de Reservas de Equipamento. Toledo PR. Versão 2.0 - Atualização 26/01/2009 Depto de TI - FASUL Página 1

MANUAL DO USUÁRIO SORE Sistema Online de Reservas de Equipamento. Toledo PR. Versão 2.0 - Atualização 26/01/2009 Depto de TI - FASUL Página 1 MANUAL DO USUÁRIO SORE Sistema Online de Reservas de Equipamento Toledo PR Página 1 INDICE 1. O QUE É O SORE...3 2. COMO ACESSAR O SORE... 4 2.1. Obtendo um Usuário e Senha... 4 2.2. Acessando o SORE pelo

Leia mais

REGULAMENTO DO CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA E CIENTÍFICA DO INFARMED, I.P.

REGULAMENTO DO CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA E CIENTÍFICA DO INFARMED, I.P. REGULAMENTO DO CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA E CIENTÍFICA DO INFARMED, I.P. 1. ÂMBITO E MISSÃO... 2 2. LOCALIZAÇÃO... 2 3. HORÁRIO... 2 4. ACESSO... 2 5. LEITORES... 3 6. SERVIÇOS DISPONIBILIZADOS PELO

Leia mais

BALCÃO DIGITAL. Manual de Utilização

BALCÃO DIGITAL. Manual de Utilização BALCÃO DIGITAL Manual de Utilização BALCÃO DIGITAL 2 ÍNDICE COMO ADERIR ADESÃO À CARTEIRA DE SERVIÇOS DO BALCÃO DIGITAL ACTIVAÇÃO DA CARTEIRA DE SERVIÇOS DO BALCÃO DIGITAL Contratos Comunicar Leitura Adesão

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE LEAL DA CÂMARA REGIMENTO DO CENTRO DE RECURSOS

ESCOLA SECUNDÁRIA DE LEAL DA CÂMARA REGIMENTO DO CENTRO DE RECURSOS ESCOLA SECUNDÁRIA DE LEAL DA CÂMARA REGIMENTO DO CENTRO DE RECURSOS I. ORGANIZAÇÃO DO ESPAÇO E EQUIPA EDUCATIVA Espaço 1. O Centro de Recursos Educativos (a seguir identificado pela sigla CRE) constitui

Leia mais

Guia de Utilização. A consulta dos e-books não exige a instalação de nenhum programa específico.

Guia de Utilização. A consulta dos e-books não exige a instalação de nenhum programa específico. Guia de Utilização Acompanhando a tendência actual para o acesso rápido a conteúdos informativos via Web e atendendo às solicitações dos clientes internos e externos do Centro de Recursos em Conhecimento/Mediateca

Leia mais

LeYa Educação Digital

LeYa Educação Digital Índice 1. Conhecer o 20 Aula Digital... 4 2. Registo no 20 Aula Digital... 5 3. Autenticação... 6 4. Página de entrada... 7 4.1. Pesquisar um projeto... 7 4.2. Favoritos... 7 4.3. Aceder a um projeto...

Leia mais

Biblioteca Escola Superior Agrária. Venha descobrir a Biblioteca da Escola Superior Agrária em apenas 5 minutos

Biblioteca Escola Superior Agrária. Venha descobrir a Biblioteca da Escola Superior Agrária em apenas 5 minutos Venha descobrir a Biblioteca da em apenas 5 minutos Biblioteca da Missão Tem por missão recolher, conservar, organizar e disponibilizar, aos alunos, docentes, investigadores, funcionários e comunidade

Leia mais

Sistema de Certificação de Competências TIC

Sistema de Certificação de Competências TIC Sistema de Certificação de Competências TIC Portal das Escolas Manual de Utilizador INDICE 1 Introdução... 5 1.1 Sistema de formação e certificação de competências TIC...6 1.1.1 Processo de certificação

Leia mais

Instituto Politécnico de Tomar. Manual da Área de Secretariados

Instituto Politécnico de Tomar. Manual da Área de Secretariados Instituto Politécnico de Tomar Manual da Área de Secretariados Última actualização: 13 de Outubro de 2004 Índice Como aceder a Área de Secretariados...2 O que posso efectuar na Área de Secretariado (Acções)...4

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem. Tutorial Básico. UEM - Núcleo de Educação a Distância 1

Ambiente Virtual de Aprendizagem. Tutorial Básico. UEM - Núcleo de Educação a Distância 1 Ambiente Virtual de Aprendizagem Tutorial Básico UEM - Núcleo de Educação a Distância 1 Ambiente Virtual de Aprendizagem Tutorial Básico - Tópicos ACESSANDO O AMBIENTE VIRTUAL (AVA) MATERIAL DE APOIO FÓRUM

Leia mais

20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor

20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor 20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor Manual do Utilizador Professor... 1 1. Conhecer o 20 Escola Digital... 4 2. Autenticação... 6 2.1. Criar um registo na LeYa Educação... 6 2.2. Aceder ao

Leia mais

Administração da disciplina

Administração da disciplina Administração da disciplina Agrupamento Vertical de Escolas de Tarouca Documento disponível em: http://avetar.no-ip.org 1.Acesso e utilização da plataforma:. Seleccione a opção Entrar, que se encontra

Leia mais

Manual de Utilização do OTRS ITSM [1.3]

Manual de Utilização do OTRS ITSM [1.3] Manual de Utilização do OTRS ITSM [1.3] ÍNDICE Manual de Utilização do OTRS ITSM [1.3]... 1 ÍNDICE... 2 ÍNDICE DE FIGURAS... 3 Prefácio... 4 2 Acesso ao OTRS ITSM... 5 Registo de Ticket Classificação do

Leia mais

Seção de Acesso a Bases de Dados. Estratégias de busca e recuperação de informação online para Profissionais de Informação

Seção de Acesso a Bases de Dados. Estratégias de busca e recuperação de informação online para Profissionais de Informação Seção de Acesso a Bases de Dados Estratégias de busca e recuperação de informação online para Profissionais de Informação Sumário 1. Instrumentos de Busca 2. Bom atendimento ao usuário 3. Conhecimento

Leia mais

Instruções de acesso à Base Hermes

Instruções de acesso à Base Hermes Instruções de acesso à Base Hermes Inscreva nas caixinhas respectivas as credenciais de acesso à Base Hermes que lhe foram enviadas por email aquando da activação da sua subscrição e clique em Entrar.

Leia mais

Índice. Índice de figuras

Índice. Índice de figuras PASSO-A-PASSO Índice 1 Entrar no Portal das Escolas 3 2 Registo 3 2.1 Preencher o registo 3 2.2 Campos de registo a preencher 4 2.3 Autorização para tratamento de dados do Portal das Escolas 6 2.4 Mensagem

Leia mais

Ajuda do site www.maxone.biz ( Março 2006)

Ajuda do site www.maxone.biz ( Março 2006) Ajuda do site www.maxone.biz ( Março 2006) Este documento tem como objectivo ajudar os nossos clientes a trabalhar com o nosso site. Se necessitar de alguma ajuda extra não hesite em contactar-nos. Apesar

Leia mais

Portal de Pesquisa on-line do Arquivo Histórico da EPAL

Portal de Pesquisa on-line do Arquivo Histórico da EPAL Portal de Pesquisa on-line do Arquivo Histórico da EPAL 1. Selecção de núcleo(s) Ao aceder à página principal do Portal de Pesquisa on-line do Arquivo Histórico da EPAL, o utilizador pode seleccionar os

Leia mais

Realizador por: Prof. José Santos

Realizador por: Prof. José Santos Realizador por: Prof. José Santos Objectivo Este guia tem como objectivo fornecer aos Encarregados de Educação uma breve explicação sobre o funcionamento da Plataforma de Aprendizagem Moodle do Colégio

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Universidade Federal de Santa Maria UFSM Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa PRPGP

Ministério da Educação - MEC Universidade Federal de Santa Maria UFSM Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa PRPGP Ministério da Educação - MEC Universidade Federal de Santa Maria UFSM Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa PRPGP Tutorial de Solicitação de Defesa de MDT Monografia Dissertação Tese AGOSTO DE 2013

Leia mais

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09 ÍNDICE Sobre o SabeTelemarketing 03 Ícones comuns à várias telas de gerenciamento Contato Verificar registros 09 Telas de cadastro e consultas 03 Menu Atalho Nova pessoa Incluir um novo cliente 06 Novo

Leia mais

Os Investigadores da Universidade de Coimbra e as plataformas

Os Investigadores da Universidade de Coimbra e as plataformas Os Investigadores da Universidade de Coimbra e as plataformas & 1 Índice 2 Introdução...3 3 A Plataforma de Curricula DeGóis...3 3.1 É utilizada porque...3 3.2 Com a utilização do DeGóis ganho...4 3.1

Leia mais

Introdução... 3. 1ª Parte - Acesso à Aplicação Avaliação Online... 4 I Aceder à Aplicação... 4 1. Inscrição... 4 2. Acesso à Aplicação...

Introdução... 3. 1ª Parte - Acesso à Aplicação Avaliação Online... 4 I Aceder à Aplicação... 4 1. Inscrição... 4 2. Acesso à Aplicação... Índice Introdução... 3 1ª Parte - Acesso à Aplicação Avaliação Online... 4 I Aceder à Aplicação... 4 1. Inscrição... 4 2. Acesso à Aplicação... 4 II Entrada na Aplicação... 5 1. Informações... 6 1. Avaliação

Leia mais

Manual de Atendimento do Chat Casa do Corretor. Página 1

Manual de Atendimento do Chat Casa do Corretor. Página 1 Manual de Atendimento do Chat Casa do Corretor Página 1 Página 2 Índice: Acessando o Sistema... 03 Escala de Atendimento... 06 Painel de Atendimento... 07 Home... 08 Respostas Prontas... 09 Comandos Prontos...

Leia mais

Manual de Access 2007

Manual de Access 2007 Manual de Access 2007 Índice Introdução... 4 Melhor que um conjunto de listas... 5 Amizades com relações... 6 A Estrutura de uma Base de Dados... 8 Ambiente do Microsoft Access 2007... 9 Separadores do

Leia mais

Guia de Consulta. Percorrer

Guia de Consulta. Percorrer Guia de Consulta Percorrer A secção "Percorrer" permite-lhe consultar uma das listas numa determinada ordem. Existem cinco listas diferentes: Comunidades, Colecções, Títulos, Autores e Datas. Poderá percorrer

Leia mais

Ajuda: Pesquisa Web na base de dados Digitarq

Ajuda: Pesquisa Web na base de dados Digitarq Ajuda: Pesquisa Web na base de dados Digitarq A pesquisa Web nos oferece duas principais possibilidades, a saber: 1) Pesquisa simples e 2) Pesquisa avançada 1) Pesquisa simples O interface da pesquisa

Leia mais

Instruções de acesso à Base Atneia

Instruções de acesso à Base Atneia Instruções de acesso à Base Atneia Inscreva nas caixinhas respectivas as credenciais de acesso à Base Atneia que lhe foram enviadas por email aquando da activação da sua subscrição e clique em Entrar.

Leia mais

Insuficiência Renal Crónica. Sistema de Informação de gestão dos fluxos de doentes com Insuficiência Renal Crónica

Insuficiência Renal Crónica. Sistema de Informação de gestão dos fluxos de doentes com Insuficiência Renal Crónica Ministério da Saúde Direcção-Geral da Saúde Circular Normativa Assunto: Insuficiência Renal Crónica. Sistema de Informação de gestão dos fluxos de doentes com Insuficiência Renal Crónica Nº: 4/DSPCS DATA:

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE INTRODUÇÃO O portal do Afrafep Saúde é um sistema WEB integrado ao sistema HEALTH*Tools. O site consiste em uma área onde os Usuários e a Rede Credenciada,

Leia mais

Sistema de Controle. Como entrar no sistema. Tela inicial. Funcionalidades do sistema. Controle de permissões. Menu Aplicativo

Sistema de Controle. Como entrar no sistema. Tela inicial. Funcionalidades do sistema. Controle de permissões. Menu Aplicativo Sistema de Controle Logístico de Medicamentos Como entrar no sistema 1 Tela inicial Funcionalidades do sistema Controle de permissões Menu Aplicativo Gerenciador de relatórios 0800 61 2439 siclom@aids.gov.br

Leia mais

Agrupamento de Escolas da Zona Urbana da Figueira da Foz Escola EB 2,3 Dr. João de Barros Escola EB 1 de Abadias Escola EB1 da Gala

Agrupamento de Escolas da Zona Urbana da Figueira da Foz Escola EB 2,3 Dr. João de Barros Escola EB 1 de Abadias Escola EB1 da Gala 0 Agrupamento de Escolas da Zona Urbana da Figueira da Foz Escola EB 2,3 Dr. João de Barros Escola EB 1 de Abadias Escola EB1 da Gala Regulamento das Bibliotecas Escolares Centro de Recursos Educativos

Leia mais

O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS

O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. Um computador que tenha o Windows instalado, quando arranca, entra directamente

Leia mais

Sistema de Bibliotecas Vera Cruz Como pesquisar

Sistema de Bibliotecas Vera Cruz Como pesquisar Sistema de Bibliotecas Vera Cruz Como pesquisar Para pesquisar o acervo de alguma Unidade específica selecione-a no campo Unidade conforme exemplos a seguir. Se preferir consultar todo o acervo do Sistema

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR PROFESSOR(A)

MANUAL DO UTILIZADOR PROFESSOR(A) PROFESSOR(A) INTRODUÇÃO Caro(a) professor(a), Obrigado por descarregar este manual do utilizador do Ephorus. Em caso de dúvidas, por favor contacte o utilizador principal do Ephorus no seu estabelecimento

Leia mais

WINDOWS. O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador.

WINDOWS. O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. WINDOWS O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. Um computador que tenha o Windows instalado, quando arranca, entra directamente

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE BIBLIOTECAS

SISTEMA INTEGRADO DE BIBLIOTECAS Sistema de Bibliotecas das Faculdades Pitágoras SISTEMA INTEGRADO DE BIBLIOTECAS Orientações para pesquisa, reserva e renovação online Belo Horizonte 2014 APRESENTAÇÃO O Sistema de Bibliotecas das Faculdades

Leia mais

Catálogo Online das Bibliotecas da ULBRA - Liber. Guia do Usuário

Catálogo Online das Bibliotecas da ULBRA - Liber. Guia do Usuário Catálogo Online das Bibliotecas da ULBRA - Liber Guia do Usuário Ji-Paraná 2015 1 LIBER é o sistema de informatização das Bibliotecas da ULBRA. O Catálogo On-line oferece além da pesquisa ao acervo das

Leia mais

Manual de Utilização do Sítio da Disciplina

Manual de Utilização do Sítio da Disciplina UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA DSI Manual de Utilização do Sítio da Disciplina para: Docentes Versão 7.00 Palma de Cima 1649-023 Lisboa Portugal Tel. 21 721 42 19 Fax 21721 42 79 helpdesk@lisboa.ucp.pt

Leia mais

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária)

Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) Curriculum DeGóis Guia de preenchimento do Curriculum Vitae (Informação mínima necessária) /curriculum Julho de 2008 Versão 1.1 1 Introdução O objectivo deste guia é auxiliar o utilizador da Plataforma

Leia mais

Mapas. Visualização de informação geográfica; Consulta e edição (mediante permissões) de informação geográfica;

Mapas. Visualização de informação geográfica; Consulta e edição (mediante permissões) de informação geográfica; Mapas Destinado especialmente aos Utilizadores do GEOPORTAL, nele são descritas e explicadas as diferentes funcionalidades existentes no FrontOffice (GEOPORTAL). O GEOPORTAL é baseado em tecnologia Web,

Leia mais

Manual Gespos Passagem de Dados Fecho de Ano

Manual Gespos Passagem de Dados Fecho de Ano Manual Gespos Passagem de Dados Fecho de Ano ÍNDICE PASSAGEM DE DADOS / FECHO DE ANO... 1 Objectivo da função... 1 Antes de efectuar a Passagem de dados / Fecho de Ano... 1 Cópia de segurança da base de

Leia mais

Manual do Utilizador

Manual do Utilizador Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra Departamento de Engenharia Electrotécnica e Computadores Software de Localização GSM para o modem Siemens MC35i Manual do Utilizador Índice

Leia mais

Manual de Colaboração

Manual de Colaboração Manual de Colaboração 2 Introdução O zerozero.pt permite aos seus colaboradores a introdução de resultados e datas de jogos de diversas competições. Depois da óptima experiência desenvolvida com a nossa

Leia mais

Google Sites. A g r u p a m e n t o C a m p o A b e r t o 2 0 1 0 / 2 0 1 1

Google Sites. A g r u p a m e n t o C a m p o A b e r t o 2 0 1 0 / 2 0 1 1 Google Sites A g r u p a m e n t o C a m p o A b e r t o 2 0 1 0 / 2 0 1 1 1. Google Sites A Google veio anunciar que, para melhorar as funcionalidades centrais do Grupos Google, como listas de discussão

Leia mais

I. COMO FAZER O REGISTO NA PLATAFORMA MOODLE 3 II. COMO ACEDER (ENTRAR) NO MOODLE DA ESCOLA 1

I. COMO FAZER O REGISTO NA PLATAFORMA MOODLE 3 II. COMO ACEDER (ENTRAR) NO MOODLE DA ESCOLA 1 Novembro.2010 Índice I. COMO FAZER O REGISTO NA PLATAFORMA MOODLE 3 II. COMO ACEDER (ENTRAR) NO MOODLE DA ESCOLA 1 III. COMO INSERIR MATERIAL PEDAGÓGICO (ANEXAR FICHEIROS) 1 IV. CRIAR UM GLOSSÁRIO 5 V.

Leia mais

BPstat. manual do utilizador. Banco de Portugal BPstat Estatísticas online Manual do Utilizador 1/24

BPstat. manual do utilizador. Banco de Portugal BPstat Estatísticas online Manual do Utilizador 1/24 BPstat manual do utilizador Banco de Portugal BPstat Estatísticas online Manual do Utilizador 1/24 BANCO DE PORTUGAL Av. Almirante Reis, 71 1150-012 Lisboa www.bportugal.pt Edição Departamento de Estatística

Leia mais

Manual Q-Acadêmico 2.0 Módulo Web - Aluno

Manual Q-Acadêmico 2.0 Módulo Web - Aluno Manual Q-Acadêmico 2.0 Módulo Web - Aluno Índice 1 Acessando o sistema via internet...3 2 Funcionalidades...6 2.1 Horário Individual...7 2.2 Calendário Acadêmico...8 2.3 Biblioteca...9 2.3.1 Consultar

Leia mais

Para iniciar a construção de WebQuest no Servidor PHP de webquests do Centro de Competência CRIE do CAPAG, aceda ao seguinte url:

Para iniciar a construção de WebQuest no Servidor PHP de webquests do Centro de Competência CRIE do CAPAG, aceda ao seguinte url: C e n tro d e C ompetênci a CRIE d o CA PAG Versão Beta 4 E l a b o r a d o p o r : M a r i a d e B a l s a m ã o M e n d e s G u i ã o d e P H P W e b Q u e s t V a m o s C r i a r W e b q u e s t s?

Leia mais

Manual de Utilizador Externo Arquivo Digital. Santos, Tânia 2007. Última actualização: 25-06-2007

Manual de Utilizador Externo Arquivo Digital. Santos, Tânia 2007. Última actualização: 25-06-2007 Manual de Utilizador externo Arquivo Digital Santos, Tânia 2007 SIBUL Sistema Integrado de Bibliotecas da Universidade de Lisboa Última actualização: 25-06-2007 1 Introdução...3 O que é o Arquivo Digital

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO. FUPAC FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTONIO CARLOS Faculdade Presidente Antônio Carlos de Nova Lima BIBLIOTECA PROFESSOR BONIFÁCIO ANDRADA

GUIA DO USUÁRIO. FUPAC FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTONIO CARLOS Faculdade Presidente Antônio Carlos de Nova Lima BIBLIOTECA PROFESSOR BONIFÁCIO ANDRADA GUIA DO USUÁRIO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO De segunda às sextas-feiras: de 13:00h às 21:50h. OBS: No período de férias, o horário de funcionamento poderá sofrer alterações. CADASTRAMENTO DOS USUÁRIOS Para

Leia mais

Projeto SIGA-EPT. Manual do usuário Módulo Requisição de Almoxarifado SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA

Projeto SIGA-EPT. Manual do usuário Módulo Requisição de Almoxarifado SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA Projeto SIGA-EPT Manual do usuário Módulo Requisição de Almoxarifado SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA Versão setembro/2010 Requisição de Almoxarifado Introdução Requisição é uma solicitação feita

Leia mais

Guia de Acesso à Formação Online Formando

Guia de Acesso à Formação Online Formando Guia de Acesso à Formação Online Formando Copyright 2008 CTOC / NOVABASE ÍNDICE ÍNDICE...2 1. Introdução...3 2. Metodologia Formativa...4 3. Actividades...5 4. Apoio e Acompanhamento do Curso...6 5. Avaliação...7

Leia mais

Aplicação da Qualidade. Manual do Utilizador. Versão 1 2006-05-30

Aplicação da Qualidade. Manual do Utilizador. Versão 1 2006-05-30 Aplicação da Qualidade Versão 1 2006-05-30 Índice 1. Introdução 2. Acesso à Aplicação 3. Menu principal 3.1. Processo 3.1.1. Registo da Ocorrência - Fase 1 3.1.2. Análise das Causas - Fase 2 3.1.3. Acção

Leia mais

MICROSOFT ACCESS MICROSOFT ACCESS. Professor Rafael Vieira Professor Rafael Vieira

MICROSOFT ACCESS MICROSOFT ACCESS. Professor Rafael Vieira Professor Rafael Vieira MICROSOFT ACCESS MICROSOFT ACCESS Professor Rafael Vieira Professor Rafael Vieira - Access - Programa de base de dados relacional funciona em Windows Elementos de uma Base de Dados: Tabelas Consultas Formulários

Leia mais

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Escritório de Gestão de Projetos em EAD Unisinos http://www.unisinos.br/ead 2 A partir de agora,

Leia mais

Índice 1 INTRODUÇÃO...2 2 PESQUISA DE ENTIDADES...8 3 CRIAÇÃO DE ENTIDADES...12 4 DEPENDÊNCIAS...17 5 BANCOS, SEGURADORAS E CONSERVATÓRIAS...

Índice 1 INTRODUÇÃO...2 2 PESQUISA DE ENTIDADES...8 3 CRIAÇÃO DE ENTIDADES...12 4 DEPENDÊNCIAS...17 5 BANCOS, SEGURADORAS E CONSERVATÓRIAS... Índice 1 INTRODUÇÃO...2 1.1 JANELA ÚNICA DE ENTIDADES...3 1.2 PERMISSÕES POR UTILIZADOR...4 1.3 RESTRIÇÕES À VISUALIZAÇÃO/MANIPULAÇÃO...6 2 PESQUISA DE ENTIDADES...8 2.1 CRITÉRIOS DE PESQUISA...8 2.2 LISTA

Leia mais

LNDnet. Lançamento de notas pelos docentes. Portal académico

LNDnet. Lançamento de notas pelos docentes. Portal académico LNDnet Lançamento de notas pelos docentes Portal académico A base para elaboração do presente manual foi o manual da Digitalis (SIGES.11.0.0 Manual de Utilizador) ao no qual foram registada as adaptações

Leia mais