ESCOLA MAGNUS DOMINI

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESCOLA MAGNUS DOMINI"

Transcrição

1 ESCOLA MAGNUS DOMINI PRÁTICA DE EXERCÍCIOS FÍSICOS E HÁBITOS ALIMENTARES EM ADOLESCENTES Enzo Ayres Bettini Giovana Junges Pattaro Giovanna Herculano Tormena Pedro de Sousa Jambiski dos Santos MARINGÁ 2016

2 1. INTRODUÇÃO A infância e a adolescência são períodos extremamente importantes para o desenvolvimento de um estilo de vida saudável, uma vez que os comportamentos adquiridos nesta fase tendem a ser perpetuados por toda a vida. A atividade física e a alimentação são dois comportamentos considerados prioritários para a promoção da saúde e a prevenção de doenças crônicas. A promoção de hábitos saudáveis em crianças e adolescentes possui relevância estratégica e deve ser encarada como prioridade por todos os setores sociais. Sabemos que o livre acesso às formas não saudáveis de alimentação tem conduzido a um quadro crescente de obesidade infantil. Nesse sentido, a busca por uma conscientização em torno desse tema faz-se necessária, uma vez que os jovens estão carentes de conhecimento a respeito do quanto é importante desenvolver hábitos saudáveis do ponto vista da prática esportiva e alimentar. Desta forma, o objetivo de nosso trabalho é avaliar hábitos alimentares e a prática de exercícios físicos de alunos de 10 a 14 anos de uma escola da rede privada da cidade de Maringá. Para tal, realizamos uma pesquisa de campo por meio de um questionário composto de perguntas sobre a prática de exercícios físicos e um inquérito de frequência alimentar. 2. ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL Uma alimentação saudável é aquela que possui todos os nutrientes que precisamos, mas é claro que isso leva em conta, também, as prioridades individuais de cada pessoa, como por exemplo, ter carência de algum nutriente ou substância. A preocupação com a alimentação saudável não está presente apenas nos praticantes de exercícios físicos, ela inclui pessoas que não praticam exercícios. A seguir, apresentamos as diferenças existentes entre atividade e exercício físico e um paralelo entre alimentação e prática de exercícios físicos.

3 2.1 Atividade e exercício físico Muitas pessoas se confundem quanto aos termos atividade física e exercício físico. No entanto, eles possuem significados diferentes. Enquanto atividade física é qualquer movimento corporal produzido pela musculatura que gaste certa quantidade de energia considerável, exercício físico é uma forma de atividade física planejada, repetitiva, com orientação profissional, que tem o objetivo de desenvolver a resistência física e as habilidades motoras, geralmente é focado em alguma parte do corpo, trabalhando mais rigidamente o organismo. Alguns exemplos de atividade física são: caminhar para se deslocar de um lugar a outro, passear com o cachorro, subir escadas, lavar o carro, brincar, dançar, cuidar do jardim, entre outros. Já os exemplos de exercício físico são: natação, musculação, lutas marciais, entre outros. 2.2 Alimentação e prática de exercícios físicos É comum pessoas praticantes de atividade/exercício físico há mais tempo alimentar-se de maneira mais equilibrada e possuir conhecimento maior sobre alimentação saudável em relação aos recém-praticantes de atividade física ou sem disciplina regular para a prática da atividade. Geralmente, os praticantes que possuem uma meta com a atividade regular têm uma alimentação bem equilibrada e se esforçam mais para se manter na linha. Segundo pesquisas, a maioria dos praticantes de atividade física tem sim uma alimentação saudável e equilibrada, mas também existem aqueles que não se preocupam com isso e, na maioria das vezes, praticam esses exercícios para poder comer o que quiser sem preocupações. A falta desses exercícios e atividades físicas, juntamente à despreocupação em relação a uma alimentação saudável, vem causando um problema que tende a crescer no Brasil: a obesidade infantil.

4 3. OBESIDADE INFANTIL Obesidade infantil é uma condição em que o excesso de gordura corporal afeta negativamente a saúde ou bem-estar de uma criança. Isso é algo que vem causando a um bom tempo doenças e problemas de saúde em crianças. Para ilustrar essa afirmação, apresentamos um relato de experiência sobre os hábitos alimentares de crianças de 6 a 9 anos em uma escola de ensino fundamental e médio. A atividade inicial constituiu-se em uma conversa com as crianças sobre os alimentos de que gostavam e costumavam comer nas principais refeições (café da manhã, almoço e jantar). Depois, foi proposto a tais crianças que desenhassem ou escrevessem o que consumiam nessas refeições. Na sequência, foram apresentadas figuras de alimentos variados (frutas, legumes, sucos, cereais, carnes, leite, massas, chocolates, refrigerantes, sanduíches, pizzas, salgadinhos de pacote, salgadinhos fritos, bombons) e foi solicitado que escolhessem quais alimentos consideravam adequados para cada refeição. Após suas escolhas, as crianças foram alertadas sobre o que seria uma alimentação saudável e também foram corrigidas em relação às más escolhas. Essa pesquisa concluiu que as crianças não se preocupam com a alimentação saudável, esse, talvez, pode ser um dos principais motivos pelo crescimento de crianças obesas ou acima do peso. A seguir, o Gráfico 1 indica que na região Sudeste está o maior número de meninas e meninos com excesso de peso e o maior número de meninos com obesidade. Já a região Sul apresenta o maior número de meninas obesas.

5 Gráfico 1 Obesidade e Sobrepeso nas cinco regiões brasileiras Para dar continuidade a essa discussão, abordamos alguns estudantes de uma escola da rede particular de ensino de Maringá-PR e desenvolvemos um questionário em torno da prática regular de exercício físico. 4. PESQUISA DE CAMPO: ASSOCIANDO A PRÁTICA DE EXERCÍCIOS FÍSICOS À PREOCUPAÇÃO COM A ALIMENTAÇÃO Aplicamos um questionário sobre a prática de atividades físicas e sobre o controle que os alunos de 5º a 9º ano de uma escola da rede particular de ensino (Maringá-PR) têm com sua alimentação. Reproduzimos, a seguir, o questionário na íntegra.

6 1) Você pratica algum esporte regularmente? ( ) SIM Qual? ( ) NÃO 2) Em caso afirmativo da questão anterior, com que frequência você pratica esse esporte? ( ) 1 x por semana ( ) 2 x por semana ( ) 3 x por semana ou mais 3) Você tem algum cuidado especial com sua alimentação? ( ) SIM ( ) NÃO 4) Em caso afirmativo da questão anterior, há algum profissional (nutricionista, nutrólogo, personal) que te oriente? ( ) SIM ( ) NÃO 5) Assinale com um X a quantidade de vezes NA SEMANA que você ingere os alimentos apresentados na primeira coluna das Tabelas: Chips Chocolate Bolo Bolacha recheada Sorvete Chiclete Gelatina tipo Fini Hambúrguer Batata frita Salgados fritos Salgados assados Pizza Cachorro-quente ALIMENTO Nunca! 1 ou 2x 3 ou 4x ALIMENTO Nunca! 1 ou 2x 3 ou 4x Todos os dias Todos os dias ALIMENTO Nunca! 1 ou 2x 3 ou 4x Todos os dias Iogurte Vitamina de frutas Requeijão Queijo Carne de boi Carne de porco Peixe Frango Ovo Feijão ALIMENTO Nunca! 1 ou 2x 3 ou 4x Todos os dias Arroz branco Arroz integral Batata inglesa cozida Bata doce cozida Macarrão Outras massas (lasanha, panqueca, nhoque etc.) Miojo Pão francês Pão integral Frutas Legumes Verduras ALIMENTO Nunca! 1 ou 2x 3 ou 4x Todos os dias ALIMENTO Nunca! 1 ou 2x 3 ou 4x Todos os dias Água Leite Refrigerante Suco de caixinha Suco em pó (tipo Tang) Suco natural Café Água de coco

7 4.1 Análise dos dados Foram 136 (cento e trinta e seis) alunos entrevistados. Conforme consta no Gráfico 2, a seguir, ao serem questionados sobre a prática de exercícios físicos, 120 alunos afirmaram serem praticantes regulares de exercícios físicos. Apenas 16 alunos afirmaram não praticar exercícios físicos com regularidade. Gráfico 2 Alunos que são praticantes regulares de exercícios físicos A nosso ver, este é um resultado animador, visto que a grande maioria dos alunos entrevistados tem consciência da importância do esporte no seu desenvolvimento, ainda que vivam em tempos de tecnologia acessível e constante no seu dia a dia, em muitos casos, marcado pelo uso excessivo de computadores, smartphones e outros jogos eletrônicos. Esta prática de exercícios também se encontra dentro do esperado para um nível de manutenção da saúde das crianças e adolescentes, uma vez que a realização de exercícios pelo menos duas vezes por semana já se configura como prática regular. Em nossa pesquisa, 109 dos 120 entrevistados praticam esportes pelo menos duas vezes por semana (Gráfico 3).

8 Gráfico 3 Frequência semanal da prática de exercícios físicos Estes resultados indicam que os alunos entrevistados têm uma preocupação com a manutenção de sua saúde, no entanto, a fim de avaliar se essa preocupação se estendia também à alimentação, perguntamos a eles se no seu dia a dia eles tinham algum cuidado especial com os alimentos ingeridos. Dos praticantes regulares de exercícios físicos, encontramos que 59, praticamente a metade dos entrevistados, se preocupam com sua alimentação, tomando alguns cuidados com o tipo ou quantidade de alimento ingerido. O Gráfico 4 ilustra esse resultado. Gráfico 4 Cuidados com alimentação dos praticantes regularesde exercícios físicos Devemos levar em consideração, porém, que a outra metade, mesmo praticando exercícios físicos, poderia ser ainda mais beneficiada com uma alimentação mais balanceada. A este grupo, poderia ser necessário e justificável uma conscientização das vantagens que uma alimentação equilibrada propicia ao nosso organismo, especialmente durante essa fase de desenvolvimento corporal.

9 Os profissionais da área da Nutrição são os mais indicados e qualificados para prescreverem uma alimentação balanceada adequada às necessidades de cada indivíduo. Assim, durante a infância e adolescência, há algumas indicações nutricionais que são peculiares à faixa etária. Perguntamos aos alunos se eles seguiam alguma orientação nutricional profissional. Dos 136 alunos entrevistados, apenas 22 tem sua alimentação orientada por um profissional da áre, conforme revela o Gráfico 5, a seguir. Gráfico 5 Orientação nutricional aos alunos entrevistados Para que pudéssemos avaliar a ingestão alimentar dos alunos, solicitamos que eles respondessem um inquérito de frequência alimentar. Dos 136 alunos entrevistados inicialmente, apenas 88 responderam ao inquérito. Em relação ao consumo de doces e guloseimas durante a semana, constatamos que 20 alunos consomem pelo menos uma variedade de doces uma ou duas vezes na semana, 44 alunos ingerem esse tipo de alimento três ou quatro vezes por semana e 24 alunos consomem pelo menios um tipo de doce todos os dias. Esses resultados são apresentados no Gráfico 6.

10 Gráfico 6 Frequência alimentar do consumo de doces e guloseimas pelos alunos Dentre os alimentos perguntados, houve predomínio de chocolates e chicletes, embora bolos e bolachas recheadas também se mostram bastante presentes na dieta dos alunos. Devemos ressaltar que esses alimentos são ricos em açúcar, altamente energéticos e muito palatáveis, podem conduzir ao aumento de peso dos indivíduos que os ingerem em excesso e predispor ao desenvolvimento de doenças como diabetes e aumento do colesterol. Avaliamos, também, o consumo de lanches como hambúrgueres, salgados fritos e assados, pizza e batata frita (Gráfico 7). Gráfico 7 Ingestão de lanches e frituras pelos adolescentes durante asemana Em relação a esse grupo alimentar, constatamos que 70 alunos consomem pelo menos um destes alimentos uma ou duas vezes por semana, 16 alunos os consomem de três a quatro vezes por semana e 2 alunos relataram que todos os dias da semana ingerem algum desses alimentos.

11 Os alimentos listados possuem um grande percentual de gordura, especialmente as gorduras saturadas, que são as principais responsáveis por desencadear aumento dos níveis de colesterol e doenças cardiovasculares. O consumo em exagero em idades tão precoces pode predispor crianças e adolescentes a desenvolverem essas enfermidades, com graves consequências para o início da vida adulta. Para avaliar se alimentação dos alunos entrevistados atendia às necessidades diárias de proteínas, perguntamos qual a frequência semanal de ingestão de alimentos como carnes, ovos, feijão e derivados de leite. Observamos que todos os entrevistados consomem pelo menos um tipo de carne (boi, frango, porco ou peixe) todos os dias. De forma semelhante, o consumo de derivados de leite e feijão também é significativo, visto que o consumo ocorre pelo menos de 3 a 4 vezes por semana. O consumo de proteína na adolescência é de suma importância para o crescimento e desenvolvimento corpóreo satisfatório. Nesse sentido, o consumo de leite é imprescindível para atingir não somente os níveis de proteína, bem como, os níveis de cálcio adequados. O cálcio é o mineral mais abundante no corpo humano, e é responsável pela formação e manutenção óssea, assim como pela mineralização óssea, justificando a grande preocupação na garantia de sua ingestão pelas crianças e adolescentes. O Gráfico 8 revela os resultados encontrados em relação ao consumo de leite pelos alunos entrevistados. Podemos observar que apenas 48 dos alunos consomem leite diariamente. A literatura recomenda a ingestão de 3 a 5 porções ao dia durante a adolescência, isto é, a ingestão deve ser diária e em quantidades elevadas.

12 Gráfico 8 Frequência semanal do consumo de leite pelos alunos entrevistados Nossos resultados permitem-nos afirmar que quase metade dos adolescentes entrevistados não tem um consumo adequado de leite. O questionário aplicado também apontou o consumo de carboidratos, nutrientes altamente energéticos e fundamentais para a intensa fase da adolescência. A recomendação de ingestão de carboidrato é na faixa de 55% a 60% da energia total da dieta, dando-se preferência aos carboidratos complexos, que são as principais fontes de energia para os adolescentes. A American Dietetic Association (ADA) recomenda, para a faixa etária de 3 a 18 anos, uma ingestão diária de fibras igual à idade + 5g. As fibras são importantes no cuidado de diversas situações nutricionais como constipação intestinal, obesidade, dislipidemia e diabetes. Incentivar o consumo de fibras o mais cedo possível pode diminuir esses tipos de alteração nutricional, bem como prevenir alguns cânceres. Todos os alunos afirmam intercalar o consumo de arroz branco, macarrão e outras massas durante a semana, mas há um predomínio do consumo de arroz branco, sendo ingerido diariamente pela maioria dos alunos. No entanto, o consumo de carboidratos integrais, como arroz ou pães, é ainda insatisfatório. Dos 88 entrevistados, 53 alunos afirmaram que nunca ingerem esses alimentos. Os demais têm consumo ainda insuficiente, apenas 1 ou 2 vezes por semana. Por fim, analisamos o consumo de vegetais. As frutas, verduras e legumes são fontes de vitaminas e sais minerais que são imprescindíveis para o controle metabólico e regulação de funções vitais do organismo. O Gráfico 9 apresenta que 40 alunos não ingerem ou consomem esses alimentos apenas 1

13 ou 2 vezes por semana, 19 consomem 3 ou 4 vezes por semana e 29 alunos afirmam ingerir todos os dias frutas, legumes e verduras. De acordo com a literatura, a ingestão recomendada nessa faixa etária deve ser de pelo menos 5 porções/dia. Gráfico 9 Frequência semanal da ingestão de frutas, verduras e legumes 5. CONCLUSÃO A partir dos resultados obtidos com os questionários aplicados aos adolescentes, pudemos constatar que a maioria dos alunos pratica exercícios físicos com regularidade e a metade destes afirma ter cuidados com sua alimentação, embora, do total de entrevistados, poucos alunos recebem orientação nutricional profissional. Isso fica evidenciado pelos resultados encontrados no inquérito de frequência semanal de consumo de alguns alimentos. O elevado consumo de doces e guloseimas associado ao consumo frequente de lanches pode conduzir esses adolescentes ao aumento de peso e outras doenças metabólicas. Apesar do consumo adequado de proteínas, encontramos um consumo insuficiente de leite e carboidratos complexos ricos em fibras. Além disso, a maioria dos alunos entrevistados relata nunca consumir frutas, legumes e verduras. A adolescência constitui a última fase do período de crescimento e desenvolvimento do ciclo vital, sendo caracterizada por intensas transformações anatômicas, fisiológicas e psicológicas. A nutrição dos

14 adolescentes para que se promova o crescimento adequado deve ser apropriada, saudável, balanceada em quantidade e qualidade de nutrientes. Assim, concluímos que o grupo entrevistado, apesar de se beneficiar da prática de exercícios físicos regulares, necessita de uma conscientização sobre uma alimentação mais equilibrada e saudável. REFERÊNCIAS

Incentivo à Alimentação Saudável. Julho de 2016

Incentivo à Alimentação Saudável. Julho de 2016 Incentivo à Alimentação Saudável Julho de 2016 Como é o hábito alimentar do brasileiro PERFIL ALIMENTAR DO ADULTO Apesar de incluir mais frutas e hortaliças na rotina, os brasileiros consomem doces e refrigerantes

Leia mais

Unidade de Cuidados na Comunidade de Castelo Branco. Alimentação Saudável L/O/G/O.

Unidade de Cuidados na Comunidade de Castelo Branco. Alimentação Saudável L/O/G/O. Unidade de Cuidados na Comunidade de Castelo Branco Alimentação Saudável L/O/G/O www.themegallery.com Maio 2014 Sumário: O que é uma Alimentação Saudável; Nova Roda dos Alimentos; Recomendações de uma

Leia mais

Nutricionista Carolina Cestari De Paoli Bortoletto_ CRN

Nutricionista Carolina Cestari De Paoli Bortoletto_ CRN Nutricionista Carolina Cestari De Paoli Bortoletto_ CRN4 04101236 AVALIE SUA ALIMENTAÇÃO Este teste é sobre a sua alimentação, isto é, aquilo que você come. Se você tiver alguma dificuldade para responder

Leia mais

Dieta Hipercalórica e Hiperproteica

Dieta Hipercalórica e Hiperproteica Dieta Hipercalórica e Hiperproteica Orientações nutricionais Serviço de Nutrição e Dietética Este manual contou com a colaboração das nutricionistas: Tatiana Maraschin, Claudine Lacerda de Oliveira, Cristina

Leia mais

Nutrição Aplicada à Educação Física. Cálculo da Dieta e Recomendações dietéticas. Ismael F. Freitas Júnior Malena Ricci

Nutrição Aplicada à Educação Física. Cálculo da Dieta e Recomendações dietéticas. Ismael F. Freitas Júnior Malena Ricci Nutrição Aplicada à Educação Física Cálculo da Dieta e Recomendações dietéticas Ismael F. Freitas Júnior Malena Ricci ARROZ 100 gramas CÁLCULO DE DIETA CH 25,1 PT 2,0 Lip 1,2 Consumo 300 gramas 100 gr

Leia mais

Alimentação saudável

Alimentação saudável Alimentação saudável Você mais saudável do que nunca! Quem nunca ouviu falar em antioxidantes e radicais livres? Agora, basta saber quem é o vilão e o herói dessa batalha. Os antioxidantes são substâncias

Leia mais

* Exemplos de Cardápios. Equipe: Divair Doneda, Vanuska Lima, Clevi Rapkiewicz, Júlia Prates

* Exemplos de Cardápios. Equipe: Divair Doneda, Vanuska Lima, Clevi Rapkiewicz, Júlia Prates * Exemplos de Cardápios Equipe: Divair Doneda, Vanuska Lima, Clevi Rapkiewicz, Júlia Prates Café da manhã típico de quatro brasileiros que consomem alimentos in natura ou minimamente processados Repare

Leia mais

Dieta Para Engordar: Como fazer? Receita Simples!

Dieta Para Engordar: Como fazer? Receita Simples! Dieta Para Engordar: Como fazer? Receita Simples! Você está querendo saber como ganhar peso? Siga esta dieta para engordar e conquiste o corpo que deseja! Embora existam centenas de pessoas com sobrepeso

Leia mais

ALIMENTAÇÃO E SAÚDE 1 - A RELAÇÃO ENTRE A ALIMENTAÇÃO E SAÚDE

ALIMENTAÇÃO E SAÚDE 1 - A RELAÇÃO ENTRE A ALIMENTAÇÃO E SAÚDE Alimentação e Saúde ALIMENTAÇÃO E SAÚDE 1 - A RELAÇÃO ENTRE A ALIMENTAÇÃO E SAÚDE Todo ser vivo precisa se alimentar para viver. A semente, ao ser plantada, precisa ser adubada e molhada todos os dias

Leia mais

PERFIL NUTRICIONAL PESSOAL

PERFIL NUTRICIONAL PESSOAL PERFIL NUTRICIONAL PESSOAL Nº de Empresário Nome completo: Data: Telefone: e-mail: Data de nascimento: Idade: Sexo: Feminino Consome algum suplemento nutricional? Se sim, quantos? Sim Masculino Não Por

Leia mais

Perfil de Hábitos Alimentares e IMC dos Alunos dos Cursos de Educação Física e Tecnologia da Informação

Perfil de Hábitos Alimentares e IMC dos Alunos dos Cursos de Educação Física e Tecnologia da Informação BALBINO, Jhonatan Sousa [1] SOUZA, Vanessa Batista [2] BALBINO, jhonatan Sousa e SOUZA, Vanessa Batista Perfil de hábitos alimentares e IMC dos alunos do curso de educação física e tecnologia da informação.

Leia mais

Todos os Direitos Reservados. Página 1

Todos os Direitos Reservados.  Página 1 http://treinoparamulheres.com.br Página 1 Conteúdo Introdução... 4 Melhores Fontes de Proteína... 5 1º Ovo de Galinha... 5 2º Peixes ( Tilápia, Atum, Salmão)... 6 3º Peito de Frango... 8 4º Leite e seus

Leia mais

Escola Básica e Sec. Fernão do Pó Projeto NutreBem Desportivamente Ano letivo Lanches Saudáveis. Paulo Baptista

Escola Básica e Sec. Fernão do Pó Projeto NutreBem Desportivamente Ano letivo Lanches Saudáveis. Paulo Baptista Lanches Saudáveis Quais são as características dos lanches que os jovens, habitualmente, ingerem? Todos os estudos de investigação chegaram à mesma conclusão: Os lanches são ricos (excesso) em: - Calorias

Leia mais

OBESIDADE NA INFÂNCIA. Dra M aria Fernanda Bádue Pereira

OBESIDADE NA INFÂNCIA. Dra M aria Fernanda Bádue Pereira OBESIDADE NA INFÂNCIA Dra M aria Fernanda Bádue Pereira Obesidade infantil Um dos maiores problemas de saúde pública da atualidade. >>>>> Ingestão calórica e

Leia mais

Semana do Combate ao Colesterol 05 a 10 de abril

Semana do Combate ao Colesterol 05 a 10 de abril Semana do Combate ao Colesterol 05 a 10 de abril Vida saldável Plasc Folder semana do colesterol alt.indd 1 18/3/2010 09:29:20 Dicas para uma vida saudável ou como manter seu Colesterol no nível ideal.

Leia mais

Lei8080,19set.1990-Art.3º(BRASIL,1990) A saúde tem como fatores determinantes e condicionantes,

Lei8080,19set.1990-Art.3º(BRASIL,1990) A saúde tem como fatores determinantes e condicionantes, Superintendência de Políticas de Atenção Integral a Saúde Gerência de Vigilância Epidemiológica Coordenação de Doenças Não-Transmissíveis Área de Alimentação e Nutrição HÁBITOS SAUDÁVEIS Marília A. Rezio

Leia mais

Alimentação na Infância e Adolescência

Alimentação na Infância e Adolescência Alimentação na Infância e Adolescência Nutricionista Ana Helena Spolador Ribeiro Graduada pelo Centro Universitário São Camilo Pós-graduada em Obesidade e Emagrecimento pela Universidade Gama Filho Nutricionista

Leia mais

Alimentação com Saúde e Diversão. Porque comer de forma saudável não precisa ser complicado!

Alimentação com Saúde e Diversão. Porque comer de forma saudável não precisa ser complicado! Alimentação com Saúde e Diversão Porque comer de forma saudável não precisa ser complicado! Diz o ditado que A SAÚDE COMEÇA PELA BOCA. É por isso que uma de nossas primeira iniciativas é a de ajudar as

Leia mais

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL. Dra. Helena Maia Nutricionista

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL. Dra. Helena Maia Nutricionista ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL Dra. Helena Maia Nutricionista OBJECTIVOS Obesidade: Riscos, prevalências e tipos Nutrição / Nutrientes Roda dos Alimentos Alimentação Mediterrânica IMC Conclusão RISCOS RELACIONADOS

Leia mais

Capítulo 13 Nutrição: Leitura de rótulos de alimentos

Capítulo 13 Nutrição: Leitura de rótulos de alimentos Capítulo 13 Nutrição: Leitura de rótulos de alimentos Ao final deste capítulo, você poderá Ø Explicar rótulos de alimentos Ø Decidir quais alimentos são melhores com base em três fatores Capítulo 13 Nutrição:

Leia mais

Sinais da. Boa Nutrição. Alice Silveira Granado. CRN 3 : 17638 Nutricionista

Sinais da. Boa Nutrição. Alice Silveira Granado. CRN 3 : 17638 Nutricionista ç Sinais da ç Boa Nutrição Alice Silveira Granado CRN 3 : 17638 Nutricionista Crescimento Adequado Funcionamento Regular do Intestino Dentes Fortes e Saudáveis Bom Apetite Boa Imunidade Peso Adequado Pele

Leia mais

Quando você precisar, nós estaremos lá.

Quando você precisar, nós estaremos lá. DIA DO COMBATE AO COLESTEROL COLESTEROL, NOÇÕES IMPORTANTES. O controle do colesterol faz parte de um estilo de vida saudável, que inclui atividade física regular, controle do peso, do estresse e parar

Leia mais

Elaboração de Cardápio

Elaboração de Cardápio FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU UNIDADE ALIANÇA DISCIPLINA: TÉCNICA E DIETÉTICA II PROFESSORA MSC: CARLA CRISTINA CARVALHO FONSECA Elaboração de Cardápio Cardápio é definido como lista de preparação culinária

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA. Reconhecer que as atividades físicas regulares trazem benefícios à saúde. Habilidades afins - Interdisciplinaridad

EDUCAÇÃO FÍSICA. Reconhecer que as atividades físicas regulares trazem benefícios à saúde. Habilidades afins - Interdisciplinaridad Reconhecer que as atividades físicas regulares trazem benefícios à saúde. Interdisciplinaridad Ciências: Identificar os componentes do sistema esquelético e muscular; e Conhecer o impacto do tabagismo

Leia mais

O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE ATIVIDADE FÍSICA

O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE ATIVIDADE FÍSICA O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE ATIVIDADE FÍSICA 1 a Atividade Física 2013.indd 1 09/03/15 16 SEDENTARISMO é a falta de atividade física suficiente e pode afetar a saúde da pessoa. A falta de atividade física

Leia mais

Orientações para uma vida ativa e saudável através da alimentação

Orientações para uma vida ativa e saudável através da alimentação Orientações para uma vida ativa e saudável através da alimentação Introdução Para ter uma qualidade de vida favorável, com boa saúde e manter-se ativo, além dos cuidados diários com medicações, acompanhamento

Leia mais

Nídia Denise Pucci Fabio C. Vicentini

Nídia Denise Pucci Fabio C. Vicentini Vários fatores de risco contribuem para a formação de cálculos renais, que incluem a história familiar, sendo 2,5 vezes maior em indivíduos com antecedentes de casos na família; a idade; a raça; elevação

Leia mais

Izabela Alves Gomes Nutricionista UERJ Mestranda em Alimentos e Nutrição - UNIRIO

Izabela Alves Gomes Nutricionista UERJ Mestranda em Alimentos e Nutrição - UNIRIO Izabela Alves Gomes izabela.nut@gmail.com Nutricionista UERJ Mestranda em Alimentos e Nutrição - UNIRIO Rio de Janeiro - 2016 É considerado vegetariano todo aquele que exclui de sua alimentação todos os

Leia mais

Dieta refere-se aos hábitos alimentares individuais. Cada pessoa tem uma dieta específica. Cada cultura costuma caracterizar-se por dietas

Dieta refere-se aos hábitos alimentares individuais. Cada pessoa tem uma dieta específica. Cada cultura costuma caracterizar-se por dietas Dieta Dieta refere-se aos hábitos alimentares individuais. Cada pessoa tem uma dieta específica. Cada cultura costuma caracterizar-se por dietas particulares. Contudo, popularmente, o emprego da palavra

Leia mais

Ovos Além de poucas calorias, os ovos contêm mais de 12 vitaminas e minerais e ainda uma quantidade nada desprezível de proteínas, substância

Ovos Além de poucas calorias, os ovos contêm mais de 12 vitaminas e minerais e ainda uma quantidade nada desprezível de proteínas, substância Ovos Além de poucas calorias, os ovos contêm mais de 12 vitaminas e minerais e ainda uma quantidade nada desprezível de proteínas, substância essencial para a intensa produção de células que acontece no

Leia mais

Descobre tudo sobre um...

Descobre tudo sobre um... Escola Básica 1,2,3/JI de Angra do Heroísmo Dia Mundial da Alimentação 16 de Outubro de 2010 Descobre tudo sobre um... PEQUENO-ALMOÇO PORQUÊ? Porque, após uma noite de sono, em que estivemos várias horas

Leia mais

A introdução da alimentação infantil

A introdução da alimentação infantil A introdução da alimentação infantil Turma do Giz de Cera O leite materno deve alimentar exclusivamente a criança até o 6 mês de vida, depois disso as necessidades nutricionais são outras e devemos introduzir

Leia mais

Alimentação Preventiva e Saúde

Alimentação Preventiva e Saúde PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ALIMENTOS E NUTRIÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Alimentação Preventiva e Saúde Monique de Barros Elias Campos

Leia mais

O que é a obesidade? Nas doenças associadas destacam-se a diabetes tipo II e as doenças cardiovasculares.

O que é a obesidade? Nas doenças associadas destacam-se a diabetes tipo II e as doenças cardiovasculares. obesidade O que é a obesidade? A obesidade é considerada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) a epidemia do século XXI! O excesso de peso e a obesidade são diferentes graus de uma doença em que se verifica

Leia mais

Como conduzir a orientação nutricional nas escolas com foco na prevenção dos distúrbios alimentares

Como conduzir a orientação nutricional nas escolas com foco na prevenção dos distúrbios alimentares Como conduzir a orientação nutricional nas escolas com foco na prevenção dos distúrbios alimentares Ana Paula Alves da Silva Nutricionista Supervisora de Divisão Hospitalar Instituto da Criança HCFMUSP

Leia mais

EXERCÍCIOS DA ATIVIDADE DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

EXERCÍCIOS DA ATIVIDADE DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL EXERCÍCIOS DA ATIVIDADE DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL 1 No texto que você recebeu e estudamos, sugere que uma alimentação saudável e equilibrada de vê ter um pouco de cada um dos nutrientes. Quais nutrientes

Leia mais

PERSONAL DIET, INTERVENÇÃO NUTRICIONAL EM ÂMBITO DOMICILIAR: RELATO DE CASOS

PERSONAL DIET, INTERVENÇÃO NUTRICIONAL EM ÂMBITO DOMICILIAR: RELATO DE CASOS ISBN 978-85-61091-05-7 VI EPCC Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 PERSONAL DIET, INTERVENÇÃO NUTRICIONAL EM ÂMBITO DOMICILIAR: RELATO DE CASOS Denise Bertin

Leia mais

Água. A importância da água para a vida.

Água. A importância da água para a vida. Bioquímica Celular Água A importância da água para a vida. A água é principal constituinte dos fluidos do corpo humano, que é composto por mais de 60% de água. É essencial para dissolver e transportar

Leia mais

Guia de perguntas - Educacional 2011 Saúde

Guia de perguntas - Educacional 2011 Saúde Guia de perguntas - Educacional 2011 Saúde Como vai a sua saúde? A. Quem é você 1. Qual a sua idade? Menos de 13 13 14 15 16 17 Mais de 17 2. Qual a sua série? 7.ª/8.º 8ª /9.º 1.º 2.º 3.º 3. Qual o seu

Leia mais

NUTRIENTES. Profª Marília Varela Aula 2

NUTRIENTES. Profª Marília Varela Aula 2 NUTRIENTES Profª Marília Varela Aula 2 NUTRIENTES NUTRIENTES SÃO SUBSTÂNCIAS QUE ESTÃO INSERIDAS NOS ALIMENTOS E POSSUEM FUNÇÕES VARIADAS NO ORGANISMO. PODEM SER ENCONTRADOS EM DIFERENTES ALIMENTOS, POR

Leia mais

Colesterol e triglicerídeos

Colesterol e triglicerídeos Colesterol e triglicerídeos Colesterol e triglicerídeos O organismo precisa do colesterol, tanto que o fabrica. Ele exerce funções importantes como a produção de hormônios sexuais e de vitamina D. Contudo,

Leia mais

Perguntas para o Nutricionista Campanhas: Pullman Zero% e PlusVita Zero%

Perguntas para o Nutricionista Campanhas: Pullman Zero% e PlusVita Zero% Perguntas para o Nutricionista Campanhas: Pullman Zero% e PlusVita Zero% Por Mariana Nacarato, Nutricionista da Equilibrium Consultoria 1. Existe de fato muito ganho nutricional na substituição do pão

Leia mais

O coração. Por isso, recomenda-se o controle dos fatores de risco. o que são doenças cardiovasculares?

O coração. Por isso, recomenda-se o controle dos fatores de risco. o que são doenças cardiovasculares? Coração saudável O coração É o músculo mais importante do nosso corpo, pois é encarregado de bombear o sangue, levando oxigênio e nutrientes a todos os órgãos por meio de vasos sanguíneos chamados artérias.

Leia mais

CUIDADOS COM A SAÚDE

CUIDADOS COM A SAÚDE CUIDADOS COM A SAÚDE Andressa Malagutti Assis Realizar exames periodicamente, fazer exercícios e cuidar da alimentação são medidas básicas para cuidar da saúde. Além de prevenir e ajudar na cura de doenças

Leia mais

ÁGUA Porque a água é tão importante para vida: A água é o principal constituinte dos fluidos do corpo humano, que é composto por mais de 60% de água.

ÁGUA Porque a água é tão importante para vida: A água é o principal constituinte dos fluidos do corpo humano, que é composto por mais de 60% de água. Abiogênese ÁGUA Porque a água é tão importante para vida: A água é o principal constituinte dos fluidos do corpo humano, que é composto por mais de 60% de água. É essencial para dissolver e transportar

Leia mais

BANCO DE ATIVIDADES Presente Ciências 4 ano - 4 bimestre Avaliação

BANCO DE ATIVIDADES Presente Ciências 4 ano - 4 bimestre Avaliação Unidade 4 - Nosso corpo Leia o texto abaixo. Alimentação inadequada, saúde em risco. Cada vez mais o prato típico na mesa do brasileiro arroz, feijão, bife e salada dá lugar a outros alimentos, como os

Leia mais

GUIA PARA SE ALIMENTAR BEM NO TRABALHO

GUIA PARA SE ALIMENTAR BEM NO TRABALHO GUIA PARA SE ALIMENTAR BEM NO TRABALHO Ter uma rotina corrida é uma realidade para vários brasileiros, porém, isso não é desculpa para não ter uma alimentação adequada e descuidar da saúde. Encontrar e

Leia mais

BOM PRA CABEÇA PASSATEMPOS

BOM PRA CABEÇA PASSATEMPOS BOM PRA CABEÇA PASSATEMPOS 2 apresentação coquetel Galera Com o Programa Saúde na Escola, uma iniciativa do Governo Federal, os alunos da rede pública também estão aprendendo a melhorar os hábitos de alimentação

Leia mais

As funções das proteínas no organismo :

As funções das proteínas no organismo : PROTEINAS As funções das proteínas no organismo : As principais funções das proteínas - Construção de novos tecidos do corpo humano. - Atuam no transporte de substâncias como, por exemplo, o oxigênio.

Leia mais

OSTEOPOROSE: PREVENIR É POSSÍVEL!

OSTEOPOROSE: PREVENIR É POSSÍVEL! OSTEOPOROSE: PREVENIR É POSSÍVEL! 17 de Outubro a 2 de Novembro Exposição promovida pelo Serviço de Ginecologia do HNSR EPE OSTEOPOROSE: O QUE É? Osteoporose significa "osso poroso". É uma doença que se

Leia mais

Alimentação Saudável Nutricionista Filomena Borges

Alimentação Saudável Nutricionista Filomena Borges Alimentação Saudável Nutricionista Filomena Borges Alimentação saudável Sabe-se que os hábitos alimentares e estilos de vida saudáveis são aprendidos e cimentados através das relações sociais que se vão

Leia mais

Semana da Alimentação

Semana da Alimentação Agrupamento de Escolas André Soares Bibliotecas Escolares do Agrupamento Projeto de Promoção e Educação para a Saúde PES Semana da Alimentação Alimentação e Saúde Investe em ti Alimentação saudável, o

Leia mais

Ministério da Saúde, Junho de 2016

Ministério da Saúde, Junho de 2016 PROMOÇÃO DA SAÚDE Redução Clique para de adicionar sódio nos alimentos um processados título Clique para adicionar um subtítulo Ministério da Saúde, Junho de 2016 Consumo Clique para de sódio adicionar

Leia mais

Vida saudável com muito mais sabor

Vida saudável com muito mais sabor 1 Vida saudável com muito mais sabor APAE DE SÃO PAULO, com o objetivo de atender um grande público formado por pessoas que A precisam seguir dietas restritivas, em decorrência de doenças metabólicas,

Leia mais

DOSSIER INSTITUCIONAL

DOSSIER INSTITUCIONAL DOSSIER INSTITUCIONAL Na Kellogg s assumimos compromissos com... Inovação Investigação Informação nutricional Marketing responsável Vida saudável INOVAÇÃO Inovação Elaboração e comercialização de produtos

Leia mais

Unidade: Alimentação da infância ao envelhecimento. Unidade I:

Unidade: Alimentação da infância ao envelhecimento. Unidade I: Unidade: Alimentação da infância ao envelhecimento Unidade I: 0 Unidade: Alimentação da infância ao envelhecimento ALIMENTAÇÃO NA INFÂNCIA PRÉ ESCOLAR Período compreendido entre 1 e 6 anos de idade que

Leia mais

Perder peso comendo bem. Melhores alimentos e chás para emagrecer.

Perder peso comendo bem. Melhores alimentos e chás para emagrecer. Perder peso comendo bem. Melhores alimentos e chás para emagrecer. Como Perder Peso, saiba como acabar com a obesidade. Quando falamos em perder peso, estamos falando em eliminar a obesidade, que é o mal

Leia mais

ovo ovo nível de gordura no sangue pesquisas científicas

ovo ovo nível de gordura no sangue pesquisas científicas Benefícios do Ovo O ovo, alimento amplamente consumido no Brasil e no mundo e utilizado em diversas receitas saborosas, é um alimento pouco calórico e que aumenta a sensação de saciedade. Por ser fonte

Leia mais

NUTRIÇÃO. Problemas nutricionais associados à pobreza: Desnutrição /Hipovitaminose / Bócio

NUTRIÇÃO. Problemas nutricionais associados à pobreza: Desnutrição /Hipovitaminose / Bócio NUTRIÇÃO NUTRIÇÃO Problemas nutricionais associados à pobreza: Desnutrição /Hipovitaminose / Bócio Problemas nutricionais associados à hábitos alimentares inadequados: Dislipdemias / Anemia / Obesidade

Leia mais

O comportamento alimentar e as rejeições e aversões alimentares de estudantes adolescentes de escolas públicas e privadas de Teresina-PI.

O comportamento alimentar e as rejeições e aversões alimentares de estudantes adolescentes de escolas públicas e privadas de Teresina-PI. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO COORDENADORIA GERAL DE PESQUISA Iniciação Científica Voluntária - ICV Campus Universitário Ministro Petrônio

Leia mais

Alimentação Saudável e Segurança Alimentar

Alimentação Saudável e Segurança Alimentar Alimentação Saudável e Segurança Alimentar Índice Orientações para uma Alimentação Saudável pág.3 Consumo Excessivo de sal nas Escolas pág.5 Consumo Excessivo de Açúcar pelas Crianças pág.6 Consumo Excessivo

Leia mais

> as disponibilidades alimentares são agora. > os hábitos alimentares mudaram devido à. > os conhecimentos científicos evoluíram.

> as disponibilidades alimentares são agora. > os hábitos alimentares mudaram devido à. > os conhecimentos científicos evoluíram. A RODA DOS ALIMENTOS VARIAR OS PRAZERES Se não é completamente verdade que as cenouras fazem os olhos bonitos, também não é completamente mentira As cenouras contêm um tipo de (pró)-vitamina que faz muito

Leia mais

Disciplina: Ciências 8º ano Turma: CONHECENDO OS CARBOIDRATOS

Disciplina: Ciências 8º ano Turma: CONHECENDO OS CARBOIDRATOS Disciplina: Ciências Ficha nº 8º ano Turma: CONHECENDO OS CARBOIDRATOS Nesta ficha você conhecerá: O que são os carboidratos; Onde encontrar os carboidratos; A diferença entre carboidratos de alto e baixo

Leia mais

O macarrão como bom aliado das dietas

O macarrão como bom aliado das dietas O macarrão como bom aliado das dietas Olá seja bem vindo ao ebook da Piccola Italia Bangu! Ficamos orgulhosos com seu interesse em saber mais sobre esse assunto, e esperamos que ele seja de grande valia

Leia mais

CARTILHA PRÁTICA PARA O CONTROLE DA OBESIDADE

CARTILHA PRÁTICA PARA O CONTROLE DA OBESIDADE CARTILHA PRÁTICA PARA O CONTROLE DA OBESIDADE NÚCLEO DE PROMOÇÃO DA SAÚDE O que é obesidade? A obesidade é uma doença crônica, complexa e multifatorial, resultante da interação de genes, ambiente, estilos

Leia mais

Questionário. A prevalência da obesidade nos alunos do 3.º e 4.º ano do 1.º ciclo das escolas do agrupamento D. Carlos I em Sintra

Questionário. A prevalência da obesidade nos alunos do 3.º e 4.º ano do 1.º ciclo das escolas do agrupamento D. Carlos I em Sintra 1 Questionário A prevalência da obesidade nos alunos do.º e 4.º ano do 1.º ciclo das escolas do agrupamento D. Carlos I em Sintra Código escola Código turma Código aluno(a) A1 Sexo Feminino Masculino A

Leia mais

CONSUMO DE LEITE POR INDIVÍDUOS ADULTOS E IDOSOS DE UM MUNICÍPIO DA REGIÃO NOROESTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL 1

CONSUMO DE LEITE POR INDIVÍDUOS ADULTOS E IDOSOS DE UM MUNICÍPIO DA REGIÃO NOROESTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL 1 CONSUMO DE LEITE POR INDIVÍDUOS ADULTOS E IDOSOS DE UM MUNICÍPIO DA REGIÃO NOROESTE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL 1 Débora Adriana Knoll Wagner 2, Maria Cristina Roppa Garcia 3, Franciéli Aline Conte

Leia mais

Orientações gerais para começar a perder peso

Orientações gerais para começar a perder peso Orientações gerais para começar a perder peso 1. Cardápio variado saúde; Refeições variadas garantem o consumo de todos os nutrientes necessários à boa As refeições principais devem conter, em quantidades

Leia mais

CARDÁPIO ENSINO FUNDAMENTAL Período Integral INTOLERANTES A LACTOSE

CARDÁPIO ENSINO FUNDAMENTAL Período Integral INTOLERANTES A LACTOSE DATA 05/set 06/set 07/set 08/set 09/set SEMANA 01 SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA Leite Suco de frutas Suco de frutas Achocolatado CAFÉ DA MANHÃ Misto quente Pão com mortadela de frango Bolacha Salgada

Leia mais

O desafio hoje para o Pediatra e também para sociedade é cuidar das crianças que vão viver 100 anos ou mais e que precisam viver com qualidade de

O desafio hoje para o Pediatra e também para sociedade é cuidar das crianças que vão viver 100 anos ou mais e que precisam viver com qualidade de O desafio hoje para o Pediatra e também para sociedade é cuidar das crianças que vão viver 100 anos ou mais e que precisam viver com qualidade de vida. A infância e adolescência são idades ideais para

Leia mais

ECO QUIZ Alimentação Saudável e Sustentável

ECO QUIZ Alimentação Saudável e Sustentável EO QUIZ limentação Saudável e Sustentável Nível I JI e 1º ciclo 1 - Numa refeição equilibrada predominam alimentos de origem: Vegetal nimal Mineral 1 - Numa refeição equilibrada predominam alimentos de

Leia mais

Escola: Escola Municipal Rural Sucessão dos Moraes

Escola: Escola Municipal Rural Sucessão dos Moraes Projeto Novos Talentos Escola: Escola Municipal Rural Sucessão dos Moraes Oficina: Comer bem, para viver melhor! Cristiane da Cunha Alves Tatiane Garcez Bianca Maria de Lima Danielle Costa INTRODUÇÃO/JUSTIFICATIVA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ESCOLA DE NUTRIÇÃO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM ALIMENTOS E NUTRIÇÃO MESTRANDA: LANA ROSA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ESCOLA DE NUTRIÇÃO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM ALIMENTOS E NUTRIÇÃO MESTRANDA: LANA ROSA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO ESCOLA DE NUTRIÇÃO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM ALIMENTOS E NUTRIÇÃO MESTRANDA: LANA ROSA LANCHES SAUDÁVEIS NA MERENDA ESCOLAR INTRODUÇÃO Os aspectos que

Leia mais

PESQUISA DE ORÇAMENTO FAMILIAR - POF. Prof. Dra. Aline Mota de Barros Marcellini

PESQUISA DE ORÇAMENTO FAMILIAR - POF. Prof. Dra. Aline Mota de Barros Marcellini PESQUISA DE ORÇAMENTO FAMILIAR - POF Prof. Dra. Aline Mota de Barros Marcellini As maiores médias de consumo diário per capita ocorreram para Feijão (182,9 g/ dia), arroz (160,3 g/ dia), carne bovina

Leia mais

Nutricionista Bruna Maria Vieira

Nutricionista Bruna Maria Vieira Suporte Nutricional à Pacientes Neurológicos Nutricionista Bruna Maria Vieira Alimentação Saudável É o equilíbrio entre a ingestão dos nutrientes necessários ao crescimento, desenvolvimento e manutenção

Leia mais

Programa Ação Saudável

Programa Ação Saudável Programa Ação Saudável Objetivo Melhoria da saúde e qualidade de vida de crianças, suas famílias e comunidades. Público Alvo Alunos da Rede Pública. Ações do Programa Construção e manutenção de hortas

Leia mais

12 Dicas do Dr. Rocha

12 Dicas do Dr. Rocha 12 Dicas do Dr. Rocha Para Controlar o Diabetes Naturalmente "Que seu remédio seja seu alimento, e que seu alimento seja seu remédio Hipócrates 12 Dicas do Dr. Rocha Para Controlar o Diabetes Naturalmente

Leia mais

PREOCUPAÇÃO COM A SAÚDE

PREOCUPAÇÃO COM A SAÚDE PREOCUPAÇÃO COM A SAÚDE Tâmara Barros Cuidar da alimentação, fazer exercícios regularmente e ter uma boa noite de sono são medidas básicas para manter a saúde. Além de prevenir e ajudar na cura de doenças,

Leia mais

Parece novela, mas não é. Com vários mocinhos e vilões, o mundo da alimentação se

Parece novela, mas não é. Com vários mocinhos e vilões, o mundo da alimentação se Entenda por que o açúcar está sendo apontado como novo vilão da alimentação Relação do alimento com aumento de peso e diabetes estão entre principais preocupações Matéria publicada em 12 de Abril de 2015

Leia mais

OVOS DE PÁSCOA DEFESA DO CONSUMIDOR

OVOS DE PÁSCOA DEFESA DO CONSUMIDOR Instituto de Educação Infantil e Juvenil Verão, 2016. Londrina, Nome: de Ano: Tempo Início: Término: Total: Edição 3 MMXVI Fase 1 Grupo C OVOS DE PÁSCOA DEFESA DO CONSUMIDOR Veja os pontos positivos e

Leia mais

ZINCO. Papel no organismo

ZINCO. Papel no organismo ZINCO Ter uma alimentação rica em minerais é essencial para manter a saúde em dia. Mas, entre tantos nutrientes, um deles assume papel de destaque: o zinco. "Esse mineral é essencial para que nosso corpo

Leia mais

15/08/2013. Acelerado crescimento e desenvolvimento: IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NESSA FASE. Atinge 25% da sua altura final

15/08/2013. Acelerado crescimento e desenvolvimento: IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NESSA FASE. Atinge 25% da sua altura final Laís Cruz Nutricionista CRN 3 18128 2013 Período de transição entre infância e vida adulta (dos 10 aos 19 anos de idade) Muitas transformações físicas, psicológicas e sociais Acelerado crescimento e desenvolvimento:

Leia mais

Lipomax Shake Emagrece Mesmo? Benefícios e como preparar!

Lipomax Shake Emagrece Mesmo? Benefícios e como preparar! Lipomax Shake Emagrece Mesmo? Benefícios e como preparar! Lipomax Shake é um suplemento alimentar nutricional, polissacarídeo com vitamina C. As capsulas do Lipomax, promete absorver gordura dos alimentos

Leia mais

Veja as dicas de como baixar os triglicérides do sangue Praticar exercícios e parar de fumar já é um bom começo

Veja as dicas de como baixar os triglicérides do sangue Praticar exercícios e parar de fumar já é um bom começo Veja as dicas de como baixar os triglicérides do sangue Praticar exercícios e parar de fumar já é um bom começo Matéria publicada em 07 de Maio de 2014 Receber o diagnóstico de colesterol alto vira alvo

Leia mais

Hipertensão Diabetes Dislipidemias

Hipertensão Diabetes Dislipidemias Hipertensão Diabetes Dislipidemias Hipertensão A pressão alta atinge 24,3% da população adulta brasileira e é um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, como

Leia mais

NUTRIÇÃO: MITOS E VERDADES SOBRE O EMAGRECIMENTO. Iogurte ajuda a eliminar peso?

NUTRIÇÃO: MITOS E VERDADES SOBRE O EMAGRECIMENTO. Iogurte ajuda a eliminar peso? O processo de emagrecimento é cercado informações que muitas vezes não são verdadeiras e, se seguidas, podem até mesmo dificultar o alcance dos seus objetivos e metas. Iogurte ajuda a eliminar peso? MITO!

Leia mais

Documento Técnico do Projeto

Documento Técnico do Projeto CÂMARA MUNICIPAL DE ÉVORA DIVISÃO DE DESPORTO ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR - ATIVIDADE FÍSICA DESPORTIVA Documento Técnico do Projeto PROFESSORA ANA MIGUEL FIGUEIREDO ANO LETIVO 2012/2013 ÍNDICE

Leia mais

SUGESTÕES DE CARDÁPIOS SAUDÁVEIS semana #1

SUGESTÕES DE CARDÁPIOS SAUDÁVEIS semana #1 SUGESTÕES DE CARDÁPIOS SAUDÁVEIS semana #1 ADOTE PRÁTICAS ALIMENTARES SAUDÁVEIS Ao montar o seu prato, comece pela salada ou caso você utilize um único prato: divida o seu prato ao meio metade dele deve

Leia mais

QUANTO CUSTA PARA AS FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA OBTEREM UMA DIETA SAUDÁVEL NO BRASIL?

QUANTO CUSTA PARA AS FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA OBTEREM UMA DIETA SAUDÁVEL NO BRASIL? XIV Encontro Nacional da Rede de Alimentação e Nutrição do SUS Reunião do Programa Bolsa Família na Saúde QUANTO CUSTA PARA AS FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA OBTEREM UMA DIETA SAUDÁVEL NO BRASIL? Camila Borges

Leia mais

Nutrição para a beleza dos cabelos através dos alimentos

Nutrição para a beleza dos cabelos através dos alimentos Beleza não põe mesa, Ou seja, aparência não é tudo. Mas é na mesa que a beleza começa. Ciência da nutrição visa Melhor aparência física e a saúde do paciente; Trata ou ameniza o envelhecimento cutâneo;

Leia mais

Risco de doenças crônicas e o consumo excessivo de... Sal e obesidade. Roseli Oselka Saccardo Sarni. Sal e risco de doenças

Risco de doenças crônicas e o consumo excessivo de... Sal e obesidade. Roseli Oselka Saccardo Sarni. Sal e risco de doenças Risco de doenças crônicas e o consumo excessivo de... Sal e obesidade Roseli Oselka Saccardo Sarni Sal e risco de doenças Consumo excessivo de sal (> 5g/dia, 1 g de sal=0.4 g sódio) relaciona-se com o

Leia mais

Introdução alimentar a partir dos seis meses de vida. Edinilza Fernandes Nutricionista CRN:

Introdução alimentar a partir dos seis meses de vida. Edinilza Fernandes Nutricionista CRN: Introdução alimentar a partir dos seis meses de vida. Edinilza Fernandes Nutricionista CRN: 11.583 Aleitamento materno exclusivo até os seis meses de vida (OMS) Garantia de todos os nutrientes necessários

Leia mais

A salada verde deveria fazer parte das refeições de todas as pessoas, pois as folhas,

A salada verde deveria fazer parte das refeições de todas as pessoas, pois as folhas, Alface, rúcula, agrião e acelga são aliados da dieta e ricos em nutrientes Essas folhas devem fazer parte da alimentação de todas as pessoas e fornecem vitaminas, minerais e outros componentes importantes

Leia mais

ENTENDENDO O CARDÁPIO. Carolina Chagas Nutricionista CECANE UnB

ENTENDENDO O CARDÁPIO. Carolina Chagas Nutricionista CECANE UnB ENTENDENDO O CARDÁPIO Carolina Chagas Nutricionista CECANE UnB Considerações Preliminares Trajetória da formação graduação em nutrição; Contexto profissional; Inquietações da vivência profissional; Objeto

Leia mais

O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE DISLIPIDEMIA

O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE DISLIPIDEMIA O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE DISLIPIDEMIA DISLIPIDEMIA Dislipidemia, também chamada de hiperlipidemia, refere-se ao aumento dos lipídios (gordura) no sangue, principalmente do colesterol e dos triglicerídeos.

Leia mais

Desenvolvendo o Pensamento Matemático em Diversos Espaços Educativos A MATEMÁTICA EM SITUAÇÕES QUE ENGLOBAM ALIMENTAÇÃO E SAÚDE

Desenvolvendo o Pensamento Matemático em Diversos Espaços Educativos A MATEMÁTICA EM SITUAÇÕES QUE ENGLOBAM ALIMENTAÇÃO E SAÚDE A MATEMÁTICA EM SITUAÇÕES QUE ENGLOBAM ALIMENTAÇÃO E SAÚDE Modelagem e Educação Matemática (MEM) GT 4 Ângela Tereza Silva de SOUZA Universidade Federal da Paraíba anjinhatereza@hotmail.com RESUMO Neste

Leia mais

Dicas para emagrecer rapido e perder barriga com saúde!

Dicas para emagrecer rapido e perder barriga com saúde! Dicas para emagrecer rapido e perder barriga com saúde! Emagrecer é uma conquista e se for rápido, melhor ainda não acha? Conheça algumas dicas para emagrecer rápido. Se você quer dicas para emagrecer

Leia mais

Questionário de Frequência Alimentar

Questionário de Frequência Alimentar 1 Instruções de Preenchimento QFA 2013 QUANTAS VEZES VOCÊ COME? Unidade D= dia S= semana M= mês A= ano 1. O(a) Sr(a) costuma consumir leite? (SE SIM) 1.2 Este consumo é por dia, semana, mês ou ano? 1.3.

Leia mais

Emagrecimento Relâmpago. Resultados de 1 Ano de Academia em 5 Semanas

Emagrecimento Relâmpago. Resultados de 1 Ano de Academia em 5 Semanas Emagrecimento Relâmpago Resultados de 1 Ano de Academia em 5 Semanas Emagrecimento Relâmpago 1 ano de academia em 5 semanas! Com o programa Você vai saber tudo de Como Emagrecer Correndo, e alem de ganhar

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR AUDIÊNCIA PÚBLICA Lorena Chaves Nutricionista PNAE/FNDE Obesidade: problema de saúde pública 40% da população brasileira (POF) ESCESSO DE PESO Obesidade infanto-juvenil

Leia mais