Nutrição Aplicada à Educação Física. Cálculo da Dieta e Recomendações dietéticas. Ismael F. Freitas Júnior Malena Ricci

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Nutrição Aplicada à Educação Física. Cálculo da Dieta e Recomendações dietéticas. Ismael F. Freitas Júnior Malena Ricci"

Transcrição

1 Nutrição Aplicada à Educação Física Cálculo da Dieta e Recomendações dietéticas Ismael F. Freitas Júnior Malena Ricci

2 ARROZ 100 gramas CÁLCULO DE DIETA CH 25,1 PT 2,0 Lip 1,2 Consumo 300 gramas 100 gr 25,1 300 x X= 75,3 gramas

3 ALIMENTO GRAMAS CH PROT LIP ARROZ ,3 6 3,6 FEIJÃO ALCATRA CHUCHU TOTAL GR 120, ,6 KCAL 481, ,4 Total : 481, ,4 = 1083,6 kcal

4

5 DIETA ADEQUADA Hábitos alimentares saudáveis Reduzir o risco de doenças Melhorar desempenho esportivo

6 RECOMENDAÇÃO BÁSICA CARBOIDRATOS 50 A 60 % PROTEÍNAS 15 a 20 % LIPIDEOS 25 A 30 %

7

8 Necessidades aumentadas FASE ESCOLAR Dificuldade na ingestão de alimentos Escolha de sabores Fase de crescimento

9 HÁBITO ALIMENTAR Formação : infância Influenciado - pais - ambiente -mídia Consequências: desnutrição, obesidade e/ou hipovitaminoses

10 RECOMENDAÇÕES Respeitar os limites da criança Horários das refeições estipulados e respeitados Refeições principais e lanches intermediários Menor apetite reduzir a quantidade e aumentar fracionamento Evitar guloseimas Incluir frutas, verduras e legumes

11 ALIMENTAÇÃO X EXERCÍCIO Energia Considerar: Idade, estatura, peso, maturidade sexual e tipo de atividade física Referência : DRIs ( Dietary Reference Intakes) Refeições fracionadas e bem elaboradas

12 MACRONUTRIENTES 45 a 65 % carboidratos 25 a 35 % gorduras 10 a 30 % proteínas Ingestão adequada para evitar a fadiga Colaborar no crescimento

13 MICRONUTRIENTES FERRO Transporte de oxigênio desempenho físico Anemia ferropriva CÁLCIO Mineralização e manutenção dos ossos em crescimento Fontes: leite e derivados

14 Estudos CAFÉ DA MANHÃ E APREDIZADO 30 a 40 % não comem no café da manhã Redução de glicose debilidade orgânica Possuem déficit de aprendizagem Erram mais em relação as outras crianças

15 ADULTOS

16 Nutrição defensiva Escolhas alimentares para o bem estar e para um envelhecimento saudável Objetivo prevenção de doenças

17 RECOMENDAÇÕES Carboidratos, proteínas e lipídeos pirâmide alimentar Alimentos integrais Evitar gorduras em excesso Consumo de alimentos funcionais

18 ALIMENTOS FUNCIONAIS Alimento ou ingrediente que além das funções nutricionais básicas, quando consumido como parte da dieta usual, produz efeitos metabólicos e/ou efeitos benéficos à saúde.

19 COMPOSTOS AÇÕES NO ORGANISMO FONTES ALIMENTARES Betacaroteno Licopeno Fibras Antioxidante que diminui o risco de câncer e de doenças cardiovasculares Antioxidante relacionado à diminuição do risco de câncer de próstata Redução do risco ao câncer de intestino e dos níveis de colesterol sangüíneo Abóbora, cenoura, mamão, manga, damasco, espinafre, couve Tomate, melancia Frutas, legumes e verduras em geral e cereais integrais Isoflavonas Redução dos níveis de colesterol sangüíneo e do risco de doenças cardiovasculares Soja, inhame Ácido graxo ômega 3 Redução dos níveis de colesterol sangüíneo e do risco de doenças cardiovasculares Peixes de água fria, frutos do mar e óleo de peixes

20 IDOSOS

21 ENVELHECIMENTO Decréscimo da força e massa muscular Aumento da gordura corporal Inatividade Dificuldade de mastigação Mudanças no paladar e olfato

22 NUTRIENTES

23 MACRONUTRIENTES CARBOIDRATOS PROTEÍNAS LÍPIDEOS Recomendação para a população em geral

24 MICRONUTRIENTES

25 CÁLCIO Inatividade diminuição óssea Uso de diuréticos e antiácido reduz absorção Menopausa Ingerir : alimentos fontes e suplementação Prevenir osteoporose

26 ZINCO Presente nas carnes, peixe, leite e derivados Deficiência alterações paladar e olfato Importante no sistema imunológico Síntese e degradação de macronutrientes cicatrização

27 Fibras: previne a prisão de ventre Potássio: especialmente se tiver prisão de ventre ou se utilizar diuréticos Vitamina B12: participa da formação das células vermelhas do sangue e mantém os nervos saudáveis Vitamina D: participa da absorção do cálcio

28 RECOMENDAÇÕES GERAIS Respeitar as leis de : MODERAÇÃO EQUILIBRIO VARIEDADE

29 QUE SEU REMÉDIO SEJA SEU ALIMENTO, E QUE SEU ALIMENTO SEJA O SEU REMÉDIO. HIPÓCRATES

NERVITON MEGA Ômega Vitaminas + 8 Minerais

NERVITON MEGA Ômega Vitaminas + 8 Minerais M.S. 6.6969.0023.001-6 NERVITON MEGA Ômega 3 + 13 Vitaminas + 8 Minerais NERVITON MEGA é um produto inovador no Brasil, pois possui em sua fórmula o óleo de peixe ( ÔMEGA 3 ) e diversas vitaminas e minerais

Leia mais

VITAMINAS NOS ALIMENTOS

VITAMINAS NOS ALIMENTOS VITAMINAS NOS ALIMENTOS VITAMINAS NOS ALIMENTOS VITAMINAS FONTES ALIMENTARES FUNÇÕES ORGÂNICAS VITAMINA B1 (TIAMINA) Grãos ou cereais integrais, arroz integral, frutos do mar, vísceras ou miúdos, pescados,

Leia mais

A salada verde deveria fazer parte das refeições de todas as pessoas, pois as folhas,

A salada verde deveria fazer parte das refeições de todas as pessoas, pois as folhas, Alface, rúcula, agrião e acelga são aliados da dieta e ricos em nutrientes Essas folhas devem fazer parte da alimentação de todas as pessoas e fornecem vitaminas, minerais e outros componentes importantes

Leia mais

Ovos Além de poucas calorias, os ovos contêm mais de 12 vitaminas e minerais e ainda uma quantidade nada desprezível de proteínas, substância

Ovos Além de poucas calorias, os ovos contêm mais de 12 vitaminas e minerais e ainda uma quantidade nada desprezível de proteínas, substância Ovos Além de poucas calorias, os ovos contêm mais de 12 vitaminas e minerais e ainda uma quantidade nada desprezível de proteínas, substância essencial para a intensa produção de células que acontece no

Leia mais

Nutrição para a beleza dos cabelos através dos alimentos

Nutrição para a beleza dos cabelos através dos alimentos Beleza não põe mesa, Ou seja, aparência não é tudo. Mas é na mesa que a beleza começa. Ciência da nutrição visa Melhor aparência física e a saúde do paciente; Trata ou ameniza o envelhecimento cutâneo;

Leia mais

NUTRIÇÃO. Problemas nutricionais associados à pobreza: Desnutrição /Hipovitaminose / Bócio

NUTRIÇÃO. Problemas nutricionais associados à pobreza: Desnutrição /Hipovitaminose / Bócio NUTRIÇÃO NUTRIÇÃO Problemas nutricionais associados à pobreza: Desnutrição /Hipovitaminose / Bócio Problemas nutricionais associados à hábitos alimentares inadequados: Dislipdemias / Anemia / Obesidade

Leia mais

Sinais da. Boa Nutrição. Alice Silveira Granado. CRN 3 : 17638 Nutricionista

Sinais da. Boa Nutrição. Alice Silveira Granado. CRN 3 : 17638 Nutricionista ç Sinais da ç Boa Nutrição Alice Silveira Granado CRN 3 : 17638 Nutricionista Crescimento Adequado Funcionamento Regular do Intestino Dentes Fortes e Saudáveis Bom Apetite Boa Imunidade Peso Adequado Pele

Leia mais

Biomassa de Banana Verde Polpa - BBVP

Biomassa de Banana Verde Polpa - BBVP Biomassa de Banana Verde Polpa - BBVP INFORMAÇÕES NUTRICIONAIS Porção de 100g (1/2 copo) Quantidade por porção g %VD(*) Valor Energético (kcal) 91 4,55 Carboidratos 21,4 7,13 Proteínas 2,1 2,80 Gorduras

Leia mais

Unidade: APLICAÇÃO DAS RECOMENDAÇÕES NUTRICIONAIS NO PLANEJAMENTO DE DIETAS. Unidade I:

Unidade: APLICAÇÃO DAS RECOMENDAÇÕES NUTRICIONAIS NO PLANEJAMENTO DE DIETAS. Unidade I: Unidade: APLICAÇÃO DAS RECOMENDAÇÕES NUTRICIONAIS NO PLANEJAMENTO DE DIETAS Unidade I: 0 Unidade: APLICAÇÃO DAS RECOMENDAÇÕES NUTRICIONAIS NO PLANEJAMENTO DE DIETAS ESTUDO DAS RECOMENDAÇÕES NUTRICIONAIS

Leia mais

Izabela Alves Gomes Nutricionista UERJ Mestranda em Alimentos e Nutrição - UNIRIO

Izabela Alves Gomes Nutricionista UERJ Mestranda em Alimentos e Nutrição - UNIRIO Izabela Alves Gomes izabela.nut@gmail.com Nutricionista UERJ Mestranda em Alimentos e Nutrição - UNIRIO Rio de Janeiro - 2016 É considerado vegetariano todo aquele que exclui de sua alimentação todos os

Leia mais

Todos os Direitos Reservados. Página 1

Todos os Direitos Reservados.  Página 1 http://treinoparamulheres.com.br Página 1 Conteúdo Introdução... 4 Melhores Fontes de Proteína... 5 1º Ovo de Galinha... 5 2º Peixes ( Tilápia, Atum, Salmão)... 6 3º Peito de Frango... 8 4º Leite e seus

Leia mais

Lei8080,19set.1990-Art.3º(BRASIL,1990) A saúde tem como fatores determinantes e condicionantes,

Lei8080,19set.1990-Art.3º(BRASIL,1990) A saúde tem como fatores determinantes e condicionantes, Superintendência de Políticas de Atenção Integral a Saúde Gerência de Vigilância Epidemiológica Coordenação de Doenças Não-Transmissíveis Área de Alimentação e Nutrição HÁBITOS SAUDÁVEIS Marília A. Rezio

Leia mais

ALIMENTAÇÃO - O QUE DEVE SER EVITADO - O QUE DEVE SER CONSUMIDO

ALIMENTAÇÃO - O QUE DEVE SER EVITADO - O QUE DEVE SER CONSUMIDO ALIMENTAÇÃO - O QUE DEVE SER EVITADO - O QUE DEVE SER CONSUMIDO Lucia B. Jaloretto Barreiro Qualidade de Vida=Saúde=Equilíbrio Qualidade de Vida é mais do que ter uma boa saúde física ou mental. É estar

Leia mais

DIA INTERNACIONAL. da mulher. dicas de nutrição. para as mulheres

DIA INTERNACIONAL. da mulher. dicas de nutrição. para as mulheres DIA INTERNACIONAL da mulher 8 de março dicas de nutrição para as mulheres Para comemorar o dia 8 de março, a Equipe da Nutrição preparou 8 dicas para melhorar sua alimentação e saúde São dicas simples

Leia mais

MICRONUTRIENTES VITAMINAS E MINERAIS

MICRONUTRIENTES VITAMINAS E MINERAIS CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRUSQUE UNIFEBE MICRONUTRIENTES VITAMINAS E MINERAIS Profª. MSc Luciane Ângela Nottar Nesello E-mail: lucianenesello@unifebe.edu.br Vitaminas e Minerais Amplamente distribuídos

Leia mais

Alimentação na Infância e Adolescência

Alimentação na Infância e Adolescência Alimentação na Infância e Adolescência Nutricionista Ana Helena Spolador Ribeiro Graduada pelo Centro Universitário São Camilo Pós-graduada em Obesidade e Emagrecimento pela Universidade Gama Filho Nutricionista

Leia mais

Mantenha uma aparência jovem ingerindo alimentos que previnem as rugas

Mantenha uma aparência jovem ingerindo alimentos que previnem as rugas Mantenha uma aparência jovem ingerindo alimentos que previnem as rugas Mantenha uma aparência jovem ingerindo alimentos que previnem as rugas Eles contêm substâncias importantes para manter sua pele mais

Leia mais

Alimentação Preventiva e Saúde

Alimentação Preventiva e Saúde PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ALIMENTOS E NUTRIÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Alimentação Preventiva e Saúde Monique de Barros Elias Campos

Leia mais

Como nosso corpo está organizado

Como nosso corpo está organizado Como nosso corpo está organizado Iodo Faz parte dos hormônios da tireoide, que controlam a produção de energia e o crescimentodocorpo.aleiobrigaaadiçãodeiodoaosaldecozinha. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO

Leia mais

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL: UM ENFOQUE NA SAÚDE DOS ESTUDANTES

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL: UM ENFOQUE NA SAÚDE DOS ESTUDANTES INTRODUÇÃO ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL: UM ENFOQUE NA SAÚDE DOS ESTUDANTES Denise Patrícia Rodrigues 1 Louise Cristina Gomes 2 Diesse Aparecida Sereia 3 Alimentar é dar ao organismo os nutrientes necessários

Leia mais

GAMA 1xDIA. Maio 2016

GAMA 1xDIA. Maio 2016 GAMA 1xDIA Maio 2016 GAMA 1xDIA MULTI Fórmula tudo-em-um. Contém nutrientes que contribuem para a redução do cansaço e da fadiga. Contém 40 nutrientes essenciais. Sem glúten. Adequado para vegetarianos.

Leia mais

Descobre tudo sobre um...

Descobre tudo sobre um... Escola Básica 1,2,3/JI de Angra do Heroísmo Dia Mundial da Alimentação 16 de Outubro de 2010 Descobre tudo sobre um... PEQUENO-ALMOÇO PORQUÊ? Porque, após uma noite de sono, em que estivemos várias horas

Leia mais

NUTRIENTES. Profª Marília Varela Aula 2

NUTRIENTES. Profª Marília Varela Aula 2 NUTRIENTES Profª Marília Varela Aula 2 NUTRIENTES NUTRIENTES SÃO SUBSTÂNCIAS QUE ESTÃO INSERIDAS NOS ALIMENTOS E POSSUEM FUNÇÕES VARIADAS NO ORGANISMO. PODEM SER ENCONTRADOS EM DIFERENTES ALIMENTOS, POR

Leia mais

O QUE SÃO ALIMENTOS FUNCIONAIS?

O QUE SÃO ALIMENTOS FUNCIONAIS? O QUE SÃO ALIMENTOS FUNCIONAIS? São alimentos que além de fornecerem energia para o corpo e uma nutrição adequada, produzem outros efeitos que proporcionam benefícios à saúde, auxiliando na redução e prevenção

Leia mais

Perguntas para o Nutricionista Campanhas: Pullman Zero% e PlusVita Zero%

Perguntas para o Nutricionista Campanhas: Pullman Zero% e PlusVita Zero% Perguntas para o Nutricionista Campanhas: Pullman Zero% e PlusVita Zero% Por Mariana Nacarato, Nutricionista da Equilibrium Consultoria 1. Existe de fato muito ganho nutricional na substituição do pão

Leia mais

15/08/2013. Acelerado crescimento e desenvolvimento: IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NESSA FASE. Atinge 25% da sua altura final

15/08/2013. Acelerado crescimento e desenvolvimento: IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NESSA FASE. Atinge 25% da sua altura final Laís Cruz Nutricionista CRN 3 18128 2013 Período de transição entre infância e vida adulta (dos 10 aos 19 anos de idade) Muitas transformações físicas, psicológicas e sociais Acelerado crescimento e desenvolvimento:

Leia mais

Catálogo Virtual CHROMIUM PICOLINATO. Televendas: (21) Site:

Catálogo Virtual CHROMIUM PICOLINATO. Televendas: (21) Site: CHROMIUM PICOLINATO Maça e Banana Ref.: KA341 COLLAGEN HIDROLYSATE COLLAGEN HIDROLYSATE Sabores: Uva Laranja com Acerola. Maça e Banana Ref.: KA341 EVOLUTION WHEY NO2 COLLAGEN Whey Protein é derivado do

Leia mais

* Obesidade e Desnutrição. Equipe: Divair Doneda, Vanuska Lima, Clevi Rapkiewicz, Júlia S. Prates

* Obesidade e Desnutrição. Equipe: Divair Doneda, Vanuska Lima, Clevi Rapkiewicz, Júlia S. Prates * Obesidade e Desnutrição Equipe: Divair Doneda, Vanuska Lima, Clevi Rapkiewicz, Júlia S. Prates Indivíduo Pessoa considerada em suas características particulares Ou seja, possuímos diferenças físicas

Leia mais

1. Explique por que o macarrão saiu da base e foi para o topo da nova pirâmide e a atividade física ficou na base da pirâmide nova.

1. Explique por que o macarrão saiu da base e foi para o topo da nova pirâmide e a atividade física ficou na base da pirâmide nova. 8º Biologia Leda Aval. Rec. Par. 20/08/12 1. Explique por que o macarrão saiu da base e foi para o topo da nova pirâmide e a atividade física ficou na base da pirâmide nova. A GORDURA DO BEM [...] Em quantidade

Leia mais

Óleos Vegetais e seus benefícios

Óleos Vegetais e seus benefícios Óleos Vegetais e seus benefícios Izabela Alves Gomes Nutricionista UERJ Mestranda em Alimentos e Nutrição - UNIRIO 1 Definição São os produtos constituídos principalmente de glicerídeos de ácidos graxos

Leia mais

ENERGÉTICOS - VITAMINAS. Suplementos Alimentares

ENERGÉTICOS - VITAMINAS. Suplementos Alimentares AL I DA D E G ENERGÉTICOS - VITAMINAS D A QU Suplementos Alimentares ARANT I Além de ser vital para regular a pressão arterial, mantendo o sistema nervoso saudável, a vitamina D entra em ação para absorver

Leia mais

Escrito por Ademir Dom, 10 de Janeiro de 2010 16:16 - Última atualização Dom, 10 de Janeiro de 2010 16:20

Escrito por Ademir Dom, 10 de Janeiro de 2010 16:16 - Última atualização Dom, 10 de Janeiro de 2010 16:20 Tabela de Vitaminas Vitaminas são micronutrientes essenciais a diversas reações metabólicas do organismo. Estes elementos não são, em sua maioria, sintetizados pelas células humanas, e neste caso têm que

Leia mais

Nutricionista Bruna Maria Vieira

Nutricionista Bruna Maria Vieira Suporte Nutricional à Pacientes Neurológicos Nutricionista Bruna Maria Vieira Alimentação Saudável É o equilíbrio entre a ingestão dos nutrientes necessários ao crescimento, desenvolvimento e manutenção

Leia mais

O macarrão como bom aliado das dietas

O macarrão como bom aliado das dietas O macarrão como bom aliado das dietas Olá seja bem vindo ao ebook da Piccola Italia Bangu! Ficamos orgulhosos com seu interesse em saber mais sobre esse assunto, e esperamos que ele seja de grande valia

Leia mais

O desafio hoje para o Pediatra e também para sociedade é cuidar das crianças que vão viver 100 anos ou mais e que precisam viver com qualidade de

O desafio hoje para o Pediatra e também para sociedade é cuidar das crianças que vão viver 100 anos ou mais e que precisam viver com qualidade de O desafio hoje para o Pediatra e também para sociedade é cuidar das crianças que vão viver 100 anos ou mais e que precisam viver com qualidade de vida. A infância e adolescência são idades ideais para

Leia mais

EXIN Nutrição SÉRIE 4MA e 4NA Assuntos 1a chamada Assuntos 2a.chamada. Nutriçao Social

EXIN Nutrição SÉRIE 4MA e 4NA Assuntos 1a chamada Assuntos 2a.chamada. Nutriçao Social EXIN Nutrição 2016.2 SÉRIE 4MA e 4NA Assuntos 1a chamada Assuntos 2a.chamada Nutriçao Social Módulo Integrado de analise em Tecnologia de Aliemntos I Desnutrição e suas consequências DCNT (diabetes e HAS)

Leia mais

Ração humana ajuda na perda de peso e melhora o trânsito intestinal Ela também ajuda a controlar os níveis de colesterol e triglicérides do sangue

Ração humana ajuda na perda de peso e melhora o trânsito intestinal Ela também ajuda a controlar os níveis de colesterol e triglicérides do sangue Ração humana ajuda na perda de peso e melhora o trânsito intestinal Ela também ajuda a controlar os níveis de colesterol e triglicérides do sangue Matéria publicada em 06 de Maio de 2015 A ração humana

Leia mais

CEI ISABEL LONGO - EXTENSÃO (ANTIGA EM ALBERTO VOLANI) PERÍODO PARCIAL 4 à 5 anos - 20 % das necessidades nutricionais diárias - uma refeição

CEI ISABEL LONGO - EXTENSÃO (ANTIGA EM ALBERTO VOLANI) PERÍODO PARCIAL 4 à 5 anos - 20 % das necessidades nutricionais diárias - uma refeição Vit. Vit. *Este cardápio poderá sofrer alterações devido a eventos pré-agendados; sazonalidade de hortifrutis e/ou atrasos nas entregas pelos fornecedores. CEI ISABEL LONGO - EXTENSÃO (ANTIGA EM ALBERTO

Leia mais

Dieta Hipercalórica e Hiperproteica

Dieta Hipercalórica e Hiperproteica Dieta Hipercalórica e Hiperproteica Orientações nutricionais Serviço de Nutrição e Dietética Este manual contou com a colaboração das nutricionistas: Tatiana Maraschin, Claudine Lacerda de Oliveira, Cristina

Leia mais

Incentivo à Alimentação Saudável. Julho de 2016

Incentivo à Alimentação Saudável. Julho de 2016 Incentivo à Alimentação Saudável Julho de 2016 Como é o hábito alimentar do brasileiro PERFIL ALIMENTAR DO ADULTO Apesar de incluir mais frutas e hortaliças na rotina, os brasileiros consomem doces e refrigerantes

Leia mais

Orientações para uma vida ativa e saudável através da alimentação

Orientações para uma vida ativa e saudável através da alimentação Orientações para uma vida ativa e saudável através da alimentação Introdução Para ter uma qualidade de vida favorável, com boa saúde e manter-se ativo, além dos cuidados diários com medicações, acompanhamento

Leia mais

BENEFÍCIOS NUTRICIONAIS NOS SUMOS DETOX: SIM OU NÃO?

BENEFÍCIOS NUTRICIONAIS NOS SUMOS DETOX: SIM OU NÃO? BENEFÍCIOS NUTRICIONAIS NOS SUMOS DETOX: SIM OU NÃO? Inês Carvalho Santos Tânia Gonçalves Albuquerque, Ana Valente, Helena S. Costa XVIII Congresso Anual da APNEP, Porto, 12 de abril de 2016 SUMOS DETOX

Leia mais

Dog Star Foods Natural 15kg

Dog Star Foods Natural 15kg Dog Star Foods Natural 15kg Proteína Bruta Extrato Etéreo Matéria Mineral (Mín.) 23% (Mín.) 10% (Máx.) 8% Matéria Fibrosa (Máx.) 4,5% Cálcio (Máx.) 2% Fósforo (Mín.) 1% Cereais Integrais Probióticos Carne

Leia mais

AVALIAÇÃO BIOQUÍMICA NO IDOSO

AVALIAÇÃO BIOQUÍMICA NO IDOSO C E N T R O U N I V E R S I T Á R I O C AT Ó L I C O S A L E S I A N O A U X I L I U M C U R S O D E N U T R I Ç Ã O - T U R M A 6 º T E R M O D I S C I P L I N A : N U T R I Ç Ã O E M G E R I AT R I A

Leia mais

Colesterol e triglicerídeos

Colesterol e triglicerídeos Colesterol e triglicerídeos Colesterol e triglicerídeos O organismo precisa do colesterol, tanto que o fabrica. Ele exerce funções importantes como a produção de hormônios sexuais e de vitamina D. Contudo,

Leia mais

PREVENÇÃO E FORÇA NUTRILITE PACOTE A COMBINAÇÃO PERFEITA PARA AS NECESSIDADES FEMININAS

PREVENÇÃO E FORÇA NUTRILITE PACOTE A COMBINAÇÃO PERFEITA PARA AS NECESSIDADES FEMININAS e os lançamentos Advanced e os lançamentos Advanced e os lançamentos Advanced e os lançamentos Advanced CARACTERÍSTICAS veio para ajudar a preencher a lacuna entre o que consumimos e o que devemos consumir

Leia mais

AZ Vit. Ficha técnica. Suplemento Vitamínico Mineral. REGISTRO: Isento de Registro no M.S. conforme Resolução - RDC n 27/10.

AZ Vit. Ficha técnica. Suplemento Vitamínico Mineral. REGISTRO: Isento de Registro no M.S. conforme Resolução - RDC n 27/10. Ficha técnica AZ Vit Suplemento Vitamínico Mineral REGISTRO: Isento de Registro no M.S. conforme Resolução - RDC n 27/10. CÓDIGO DE BARRAS: 7898171287350 EMBALAGEM: Plástica, metálica e vidro. APRESENTAÇÃO

Leia mais

PALESTRA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

PALESTRA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PALESTRA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL Nutricionista: Cyntia Cristina Piaia Sassala. CRN8 1546 Formada pela UFPR / 2002. Assessoria e Consultoria em Nutrição. NUTRIÇÃO NA INFÂNCIA Os hábitos alimentares são formados

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Último Encontro: Germana Escolha dos temas a serem trabalhados. Tema de hoje: Oficina sobre alimentação saudável Pirâmide dos alimentos Pirâmide alimentar é a representação

Leia mais

Programa Ação Saudável

Programa Ação Saudável Programa Ação Saudável Objetivo Melhoria da saúde e qualidade de vida de crianças, suas famílias e comunidades. Público Alvo Alunos da Rede Pública. Ações do Programa Construção e manutenção de hortas

Leia mais

A introdução da alimentação infantil

A introdução da alimentação infantil A introdução da alimentação infantil Turma do Giz de Cera O leite materno deve alimentar exclusivamente a criança até o 6 mês de vida, depois disso as necessidades nutricionais são outras e devemos introduzir

Leia mais

Alimentação saudável. NUT/FS/UnB ATAN/DAB/SPS

Alimentação saudável. NUT/FS/UnB ATAN/DAB/SPS Alimentação saudável NUT/FS/UnB ATAN/DAB/SPS 1 Sumário 4 A importância da boa alimentação O que são alimentos O que são nutrientes 5 O que é caloria O que são macronutrientes Os carboidratos As gorduras

Leia mais

As funções das proteínas no organismo :

As funções das proteínas no organismo : PROTEINAS As funções das proteínas no organismo : As principais funções das proteínas - Construção de novos tecidos do corpo humano. - Atuam no transporte de substâncias como, por exemplo, o oxigênio.

Leia mais

O que são nutrientes?

O que são nutrientes? Os nutrientes O que são nutrientes? São substâncias utilizadas pelo metabolismo do organismo essenciais ao seu funcionamento; Os alimentos contêm nutrientes que o organismo não consegue sintetizar, assim

Leia mais

ANEXO 1: ALFACE: ARROZ: Carboidrato: 1,7g Proteína: 1,3g Gordura: 0 g. Carboidrato: 48 g Proteína: 0,8 g. Valor calórico: 50 Kcal

ANEXO 1: ALFACE: ARROZ: Carboidrato: 1,7g Proteína: 1,3g Gordura: 0 g. Carboidrato: 48 g Proteína: 0,8 g. Valor calórico: 50 Kcal ANEXO 1: ALFACE: ARROZ: Carboidrato: 1,7g Proteína: 1,3g Valor calórico: 11 Kcal Hortaliça benéfica em tratamentos faciais, com propriedade calmante. Carboidrato: 48 g Proteína: 0,8 g Valor calórico: 197

Leia mais

AULA: 5 - Assíncrona TEMA: Cultura- A pluralidade na expressão humana.

AULA: 5 - Assíncrona TEMA: Cultura- A pluralidade na expressão humana. : 5 - Assíncrona TEMA: Cultura- A pluralidade na expressão humana. Conteúdo: Doenças relacionadas ao sedentarismo Diabetes. Doenças relacionadas ao sedentarismo Hipertensão arterial e dislipidemias. Habilidades:

Leia mais

Tempo de Ciências. SEQUÊNCIA DIDÁTICA PARA SALA DE AULA Tema 3 Capítulo 1: Alimentação e nutrientes (páginas 82 a 91 do livro)

Tempo de Ciências. SEQUÊNCIA DIDÁTICA PARA SALA DE AULA Tema 3 Capítulo 1: Alimentação e nutrientes (páginas 82 a 91 do livro) Tempo de Ciências 8 SEQUÊNCIA DIDÁTICA PARA SALA DE AULA Tema 3 Capítulo 1: Alimentação e nutrientes (páginas 82 a 91 do livro) Objetivos Alimentação e nutrientes Conhecer os tipos de nutrientes e seus

Leia mais

ESTUDANDO OS NUTRIENTES

ESTUDANDO OS NUTRIENTES E.M.E.F. JEAN PIAGET DISCIPLINA DE CIÊNCIAS TURMA: T6 ESTUDANDO OS NUTRIENTES ALUNOS: ANA PAULA SILVANO MARÌLIA VARGAS PROF.: ANELISE VOLKWEISS PORTO ALEGRE, 27 DE OUTUBRO DE 2010 SUMÁRIO I) INTRODUÇÃO...3pg

Leia mais

OSTEOPOROSE: PREVENIR É POSSÍVEL!

OSTEOPOROSE: PREVENIR É POSSÍVEL! OSTEOPOROSE: PREVENIR É POSSÍVEL! 17 de Outubro a 2 de Novembro Exposição promovida pelo Serviço de Ginecologia do HNSR EPE OSTEOPOROSE: O QUE É? Osteoporose significa "osso poroso". É uma doença que se

Leia mais

NUTRIÇÃO NA TERCEIRA IDADE. Silvia Regina Cantu Benedetti Nutricionista em Assistência Domiciliar Maio 2011

NUTRIÇÃO NA TERCEIRA IDADE. Silvia Regina Cantu Benedetti Nutricionista em Assistência Domiciliar Maio 2011 NUTRIÇÃO NA TERCEIRA IDADE Silvia Regina Cantu Benedetti Nutricionista em Assistência Domiciliar Maio 2011 Definição e estimativa Envelhecer significa conviver com as alterações próprias prias da idade.

Leia mais

Aumentar o Consumo dos Hortofrutícolas

Aumentar o Consumo dos Hortofrutícolas Aumentar o Consumo dos Hortofrutícolas As doenças crónicas não transmissíveis são responsáveis por 63% das causas de morte no mundo Fonte: WHO; Global status report on noncommunicable diseases, 2010 O

Leia mais

Unidade: GUIA ALIMENTAR PARA A POPULAÇÃO

Unidade: GUIA ALIMENTAR PARA A POPULAÇÃO Unidade: GUIA ALIMENTAR PARA A POPULAÇÃO Unidade I: BRASILEIRA 0 Unidade: GUIA ALIMENTAR PARA A POPULAÇÃO BRASILEIRA O Guia Alimentar é um instrumento que define as diretrizes alimentares a serem utilizadas

Leia mais

ALIMENTAÇÃO Cl ara S k er S ampa o

ALIMENTAÇÃO Cl ara S k er S ampa o ALIMENTAÇÃO Clara Saker Sampaio CONCEITOS Substituto de leite materno: qualquer alimento comercializado ou de alguma forma apresentado como um substituto parcial ou total do leite materno e/ou humano,

Leia mais

Conheça 30 superalimentos para mulheres Dom, 02 de Dezembro de 2012 11:28 - Última atualização Dom, 02 de Dezembro de 2012 11:35

Conheça 30 superalimentos para mulheres Dom, 02 de Dezembro de 2012 11:28 - Última atualização Dom, 02 de Dezembro de 2012 11:35 Manter a saúde, deixar a barriga sarada e aumentar a energia são benefícios que podem ser conquistados com a escolha correta dos alimentos. Alguns itens colaboram para ter ossos fortes, queimar gordura,

Leia mais

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL QUALIDADE DE VIDA. Nut. Dra. Adriana Flores CRN-3 6408

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL QUALIDADE DE VIDA. Nut. Dra. Adriana Flores CRN-3 6408 ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL QUALIDADE DE VIDA Nut. Dra. Adriana Flores CRN-3 6408 Estética Saúde METABOLISMO 20 ANOS 30-35 ANOS 40-45 ANOS CIRCUNFERÊNCIA DA CINTURA ALIMENTOS TERMOGÊNICOS Gengibre Canela Pimenta

Leia mais

EXERCÍCIOS DA ATIVIDADE DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

EXERCÍCIOS DA ATIVIDADE DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL EXERCÍCIOS DA ATIVIDADE DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL 1 No texto que você recebeu e estudamos, sugere que uma alimentação saudável e equilibrada de vê ter um pouco de cada um dos nutrientes. Quais nutrientes

Leia mais

Guia. Nutricional. para gestantes

Guia. Nutricional. para gestantes Referências bibliográficas consultadas: 1. Committee on Nutritional Status During Pregnancy and Lactation, Institute of Medicine. Nutrition During Pregnancy: Part I: Weight Gain, Part II: Nutrient Supplements.

Leia mais

A Bioquímica Da Célula. Alternar entre páginas 0/1 Página Anterior Próxima página

A Bioquímica Da Célula. Alternar entre páginas 0/1 Página Anterior Próxima página A Bioquímica Da Célula Alternar entre páginas 0/1 Página Anterior Próxima página A importância da água em nossa vida A água é indispensável para o nosso planeta. Foi através dela que surgiram as primeiras

Leia mais

Projeto Planeta Azul Ponto de Apoio Especial sobre Alimentação

Projeto Planeta Azul Ponto de Apoio Especial sobre Alimentação Projeto Planeta Azul Ponto de Apoio Especial sobre Alimentação (...) A verdade, em matéria de saúde, está na adaptação e no respeito à Natureza (...). Mokiti Okada Para uma alimentação saudável, podemos

Leia mais

Disciplina: Ciências 8º ano Turma: CONHECENDO OS CARBOIDRATOS

Disciplina: Ciências 8º ano Turma: CONHECENDO OS CARBOIDRATOS Disciplina: Ciências Ficha nº 8º ano Turma: CONHECENDO OS CARBOIDRATOS Nesta ficha você conhecerá: O que são os carboidratos; Onde encontrar os carboidratos; A diferença entre carboidratos de alto e baixo

Leia mais

* Exemplos de Cardápios. Equipe: Divair Doneda, Vanuska Lima, Clevi Rapkiewicz, Júlia Prates

* Exemplos de Cardápios. Equipe: Divair Doneda, Vanuska Lima, Clevi Rapkiewicz, Júlia Prates * Exemplos de Cardápios Equipe: Divair Doneda, Vanuska Lima, Clevi Rapkiewicz, Júlia Prates Café da manhã típico de quatro brasileiros que consomem alimentos in natura ou minimamente processados Repare

Leia mais

Quarta. Lanche da manhã: Papinha de mamão com laranja

Quarta. Lanche da manhã: Papinha de mamão com laranja Primeira semana Papinha de mamão papaya Almoço: Papinha* de, carne, beterraba e couve-flor Banana maçã amassadinha Jantar: Minestra* de feijão com legumes Papinha de banana Almoço: Papinha laranjinha (abóbora,,

Leia mais

Dieta refere-se aos hábitos alimentares individuais. Cada pessoa tem uma dieta específica. Cada cultura costuma caracterizar-se por dietas

Dieta refere-se aos hábitos alimentares individuais. Cada pessoa tem uma dieta específica. Cada cultura costuma caracterizar-se por dietas Dieta Dieta refere-se aos hábitos alimentares individuais. Cada pessoa tem uma dieta específica. Cada cultura costuma caracterizar-se por dietas particulares. Contudo, popularmente, o emprego da palavra

Leia mais

BIOQUÍMICA DOS ALIMENTOS: AMIDO RESISTENTE E FIBRAS (aula 2) Patricia Cintra

BIOQUÍMICA DOS ALIMENTOS: AMIDO RESISTENTE E FIBRAS (aula 2) Patricia Cintra BIOQUÍMICA DOS ALIMENTOS: AMIDO RESISTENTE E FIBRAS (aula 2) Patricia Cintra Fibra alimentar - definição No Brasil, o Ministério da Saúde, pela portaria 41 de 14 de janeiro de 1998, da Agência Nacional

Leia mais

CADERNO DE EXERCÍCIOS 1E

CADERNO DE EXERCÍCIOS 1E CADERNO DE EXERCÍCIOS 1E Ensino Médio Ciências da Natureza II Questão Conteúdo Habilidade da Matriz da EJA/FB 1. Misturas e processos de separação H4, H5 2. Misturas e processos de separação H4, H5 e H6

Leia mais

OMELETE DE CLARAS. Uma opção proteica metabolizada para seu póstreino. Informações Técnicas. SINÔNIMOS: Albumina

OMELETE DE CLARAS. Uma opção proteica metabolizada para seu póstreino. Informações Técnicas. SINÔNIMOS: Albumina Informações Técnicas OMELETE DE CLARAS Uma opção proteica metabolizada para seu póstreino SINÔNIMOS: Albumina O omelete trata-se de uma opção proteica com 22g de proteína na porção. Uma excelente alternativa

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO ALIMENTAR SC/RSUD/SMS/SSO 2009

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO ALIMENTAR SC/RSUD/SMS/SSO 2009 SC/RSUD/SMS/SSO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO ALIMENTAR SC/RSUD/SMS/SSO 2009 ALIMENTOS FUNCIONAIS Definição: Alimentos que além de satisfazerem às necessidades nutricionais básicas, apresentam compostos bioativos

Leia mais

Fichas Técnicas DR DUNNER

Fichas Técnicas DR DUNNER Fichas Técnicas DR DUNNER Ficha Técnica Produto Dr. Dunner, AG - Suiça Apresentação 120 cápsulas de 560 mg 67,2 g 240 cápsulas de 560 mg 134,4 g Ingredientes Gelatina de Peixe hidrolisada, agente de volume:

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA DE AUXILIAR DE NUTRIÇÃO. Em relação ao Padrão de Identidade e Qualidade (PIQ) dos alimentos, é INCORRETO afirmar que o PIQ:

PROVA ESPECÍFICA DE AUXILIAR DE NUTRIÇÃO. Em relação ao Padrão de Identidade e Qualidade (PIQ) dos alimentos, é INCORRETO afirmar que o PIQ: 12 PROVA ESPECÍFICA DE AUXILIAR DE NUTRIÇÃO QUESTÃO 41: Em relação ao Padrão de Identidade e Qualidade (PIQ) dos alimentos, é INCORRETO afirmar que o PIQ: a) trata da denominação, definição e composição

Leia mais

INTERATIVIDADE FINAL EDUCAÇÃO FÍSICA CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA AULA. Conteúdo: Treinamento e nutrição.

INTERATIVIDADE FINAL EDUCAÇÃO FÍSICA CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA AULA. Conteúdo: Treinamento e nutrição. Conteúdo: Treinamento e nutrição. Habilidades: Relacionar a alimentação saudável com a prática de exercícios físicos. X Nutrientes macronutrientes micronutrientes Micronutrientes Macronutrientes A importância

Leia mais

2º trimestre Biologia Sala de estudos Data: Agosto/2015 Ensino Médio 1º ano classe: Profª Elisete Nome: nº

2º trimestre Biologia Sala de estudos Data: Agosto/2015 Ensino Médio 1º ano classe: Profª Elisete Nome: nº 2º trimestre Biologia Sala de estudos Data: Agosto/2015 Ensino Médio 1º ano classe: Profª Elisete Nome: nº Valor: 10 Nota:.. Conteúdo: A química da vida 1) A principal substância INORGÂNICA que encontramos

Leia mais

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL O QUE É ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL? Qualidade e quantidades adequadas de alimentos que proporcionam os nutrientes necessários ao organismo PRINCÍPIOS PIOS E CARACTERÍSTICAS Variada Colorida

Leia mais

ENTENDENDO O CARDÁPIO. Centro Colaborador de Alimentação e Nutrição do Escolar (CECANE)

ENTENDENDO O CARDÁPIO. Centro Colaborador de Alimentação e Nutrição do Escolar (CECANE) ENTENDENDO O CARDÁPIO Centro Colaborador de Alimentação e Nutrição do Escolar (CECANE) O que é um cardápio? CARDÁPIO DO PNAE É a relação das preparações de alimentos a serem oferecidas em uma refeição.

Leia mais

Ficha Técnica de Produtos BLEND WHEY

Ficha Técnica de Produtos BLEND WHEY Descrição: É um alimento protéico para atletas que possui em sua formulação uma junção de proteínas de rápida absorção e time release, com acréscimo de enzimas digestivas para auxiliar na digestibilidade

Leia mais

Conforme lhe falei no vídeo, para você que é vegetariana, come em casa boa parte da semana e gosta muito de doce, vale a pena lembrar sempre:

Conforme lhe falei no vídeo, para você que é vegetariana, come em casa boa parte da semana e gosta muito de doce, vale a pena lembrar sempre: Preparei este texto especialmente para você. Leia com atenção! Conforme lhe falei no vídeo, para você que é vegetariana, come em casa boa parte da semana e gosta muito de doce, vale a pena lembrar sempre:

Leia mais

SUGESTÕES DE CARDÁPIOS SAUDÁVEIS semana #1

SUGESTÕES DE CARDÁPIOS SAUDÁVEIS semana #1 SUGESTÕES DE CARDÁPIOS SAUDÁVEIS semana #1 ADOTE PRÁTICAS ALIMENTARES SAUDÁVEIS Ao montar o seu prato, comece pela salada ou caso você utilize um único prato: divida o seu prato ao meio metade dele deve

Leia mais

CARDÁPIOS SUBSTITUTOS. Prof a - Andréa Araújo

CARDÁPIOS SUBSTITUTOS. Prof a - Andréa Araújo CARDÁPIOS SUBSTITUTOS Prof a - Andréa Araújo Por grupos alimentares Por equivalentes nos grupos alimentares Por equivalentes da pirâmide Pelo VET Por Grupos alimentares Grupo de Alimentos: Classificação

Leia mais

American Dietetic Association

American Dietetic Association É um método sistemático para resolução de problemas que os profissionais de nutrição empregam para pensar de modo crítico e tomar decisões para resolver problemas nutricionais e prestar assistência nutricional

Leia mais

Nutrição, digestão e sistema digestório. Profª Janaina Q. B. Matsuo

Nutrição, digestão e sistema digestório. Profª Janaina Q. B. Matsuo Nutrição, digestão e sistema digestório Profª Janaina Q. B. Matsuo 1 2 3 4 Nutrição Nutrição: conjunto de processos que vão desde a ingestão do alimento até a sua assimilação pelas células. Animais: nutrição

Leia mais

Vida bem estar. Menu Semanal e Lista de Compras. Para uma alimentação saudável!

Vida bem estar. Menu Semanal e Lista de Compras. Para uma alimentação saudável! Vida bem estar Menu Semanal e Lista de Compras Para uma alimentação saudável! Vida bem estar Lista de Compras Lista de Compras Frutas Abacate Banana Maçã Tomate Frutas secas Damasco Banana Abacaxi Ameixa

Leia mais

OBESIDADE AUMENTA EM ATÉ 40% RISCO DE SETE TIPOS DE CÂNCER EM MULHERES

OBESIDADE AUMENTA EM ATÉ 40% RISCO DE SETE TIPOS DE CÂNCER EM MULHERES OBESIDADE AUMENTA EM ATÉ 40% RISCO DE SETE TIPOS DE CÂNCER EM MULHERES Enviado por LINK COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL 14-Mai-2015 PQN - O Portal da Comunicação LINK COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL - 14/05/2015 Estudo

Leia mais

Semana 1 Quinta 01/10 Sexta 02/10

Semana 1 Quinta 01/10 Sexta 02/10 Semana 1 Quinta 01/10 Sexta 02/10 Rosquinha Bolacha de água e sal; Manga; Pera; desfiado cará, cenoura e Suco Natural: Melancia; Mamadeira Abacate; cenoura, mandioquinha e abobrinha, mandioquinha e acelga

Leia mais

saúde envelhecer melhor Uma dieta rica em nutrientes contribui positivamente para um envelhecimento saudável Comer bem para

saúde envelhecer melhor Uma dieta rica em nutrientes contribui positivamente para um envelhecimento saudável Comer bem para saúde Sinal Canal de Comunicação da Sistel para os Usuários de Saúde Ano I - Nº 3 - Setembro 2014 Comer bem para envelhecer melhor Uma dieta rica em nutrientes contribui positivamente para um envelhecimento

Leia mais

TRABALHO DE BIOLOGIA A Química da Vida

TRABALHO DE BIOLOGIA A Química da Vida TRABALHO DE BIOLOGIA A Química da Vida Nomes: Leonardo e Samuel Turma: 103 Para iniciar o estudo das células (citologia) devemos primeiramente ter uma noção das estruturas básicas da célula ou as estruturas

Leia mais

VALOR NUTRITIVO DA CARNE

VALOR NUTRITIVO DA CARNE VALOR NUTRITIVO DA CARNE Os alimentos são consumidos não só por saciarem a fome e proporcionarem momentos agradáveis à mesa de refeição mas, sobretudo, por fornecerem os nutrientes necessários à manutenção

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E DA SAÚDE

FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E DA SAÚDE União Metropolitana de Educação e Cultura Faculdade: Curso: NUTRIÇÃO FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E DA SAÚDE Disciplina: INTRODUÇÃO A NUTRIÇÃO Carga horária: Teórica 40 Prática 40 Semestre: 1 Turno:

Leia mais

Semana do Combate ao Colesterol 05 a 10 de abril

Semana do Combate ao Colesterol 05 a 10 de abril Semana do Combate ao Colesterol 05 a 10 de abril Vida saldável Plasc Folder semana do colesterol alt.indd 1 18/3/2010 09:29:20 Dicas para uma vida saudável ou como manter seu Colesterol no nível ideal.

Leia mais

Prática Clínica Nutrição Esportiva

Prática Clínica Nutrição Esportiva Estratégias nutricionais para perda, manutenção e ganho de peso Profa. Raquel Simões Prática Clínica Nutrição Esportiva Manutenção do peso Saúde Desempenho esportivo Perda de peso (mais comum) Estética

Leia mais

e teu remédio o teu alimento.

e teu remédio o teu alimento. Nutrição Clínica Considerado o quadro clínico, a(s) patologia(s), a dependência relativa ou total do paciente, a Nutrição exercerá papel importante na melhoria de sua saúde. Assim, o cardápio será individualizado,

Leia mais

Descrição do produto. Categoria Fiscal ANVISA. MS: RDC 27/2010 / Anexo 1. Características. Pó de cor bege-marrom, solúvel em água.

Descrição do produto. Categoria Fiscal ANVISA. MS: RDC 27/2010 / Anexo 1. Características. Pó de cor bege-marrom, solúvel em água. Vida Forte Ind. e Com. de Prod. Naturais Ltda. Descrição do produto Ficha Técnica de TERMO PLUS Sabores: Frutas Vermelhas Laranja Limão Termo Plus é um produto para auxiliar na redução de gordura com ingredientes

Leia mais