Comércio eletrônico em ritmo acelerado

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Comércio eletrônico em ritmo acelerado"

Transcrição

1 Comércio eletrônico em ritmo acelerado Com o aumento do percentual de brasileiros que se conecta à Internet, cresce também a movimentação desse tipo de negócio O comércio eletrônico não pára de crescer. De 2001 até o final de 2006, de acordo com a e-bit, empresa de pesquisas da área, o faturamento cresceu oito vezes: saltou de R$ 550 milhões para R$ 4,4 bilhões. A previsão para este ano é chegar a R$ 6,4 bilhões. Otimismo para isso não falta, já que no primeiro semestre, as vendas movimentaram mais de R$ 2,6 bilhões, sem incluir passagens aéreas, automóveis e leilões virtuais. O montante é 49% maior do que o do mesmo período de O balanço do semestre mostra, também, que 19% dos consumidores compraram pela Internet pela primeira vez, o que contribuiu para um tíquete médio de R$ 296. O índice de satisfação chegou a 87,15%. Prova de que as lojas virtuais têm correspondido às expectativas dos e-consumidores, afirma Pedro Guasti, diretor-geral da empresa. A entrada de novos consumidores, que elevou para cerca de 8 milhões o número de pessoas que já fizeram compras pela rede, é decorrência do crescimento dos domicílios brasileiros que possuem ao menos um computador em 2001 eram 12,3%; hoje, 22,4%, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Desse total, 16,9% têm acesso a Internet. Além disso, atribui-se ao crescimento do setor o aumento da freqüência de compras por usuários mais experientes aliado à escolha de produtos com maior valor agregado 11% responderam que realizaram mais de dez compras nos últimos seis meses. O avanço deve ser creditado também à ampliação dos serviços de banda larga, que oferecem acesso de alta velocidade à Internet 24 horas por dia, e à elevação do grau de confiabilidade dos sistemas de segurança e das empresas que comercializam eletrônicamente. Com o fim do controle de tempo de utilização da rede, prática habitual nos serviços de acesso discado (telefone), e com a perda da resistência de informar dados pessoais, até por conta da comodidade, era de se esperar o crescimento contínuo. Apesar de as empresas que vendem pela Internet terem motivos para comemorar, elas não escondem que, além da preocupação em oferecer garantia de segurança aos seus clientes, a busca pelos melhores preços é um de seus maiores desafios. Isso porque a tecnologia também está do lado do consumidor, que conta com diversos sites que coletam informações, vasculham os conteúdos dos varejistas e informam os preços, as parcelas e até as condições de pagamento. Mesmo os que não compram pela Internet se utilizam desse expediente. Cerca de 70% dos usuários do BuscaPé, que fornece comparação de preços entre diversas lojas, não faz compras on line. Preferem pesquisar os preços para depois fechar negócios pessoalmente em uma loja física. Nichos Essa situação, de acordo com especialistas, deverá mudar com a fusão dos dois maiores varejistas eletrônicos do Brasil Submarino e Americanas.com -, que passarão a controlar 60% do mercado, e com o início de operações, a partir do ano que vem, das lojas virtuais de empresas como Casas Bahia, Wal Mart e Carrefour, reconhecidas por seus preços baixos, facilidades de pagamento e alta credibilidade junto aos clientes. Devido aos seus portes, têm condições de negociar preços e prazos com os fornecedores, condições que tendem a contribuir para a derrubada dos preços e inibir a presença de pequenos participantes no mercado. Para quem não pretende bater de frente com as gigantes varejistas, a saída, de acordo com a professora Patrícia Vance, da Fundação Instituto de Administração (FIA) e do Programa de Administração do Varejo (Provar), é atuar em nichos ou com produtos diferenciados.

2 Essa também é a opinião de Dailton Felipini, professor de Comércio Eletrônico na Universidade Mackenzie. Em um artigo ele diz que ninguém consegue ser o melhor em tudo, principalmente uma empresa que vende quase um milhão de itens diferentes. Tamanho costuma representar força, mas também pode trazer problemas, como lentidão nas respostas às demandas do mercado. Vale lembrar que a agilidade é um fator estratégico e crucial na nova economia. Mas como ter agilidade se a baixa capacitação de recursos humanos e financeiros e os altos custos de implantação da infraestrutura necessária para essa forma de fazer negócios desafiam as pequenas e médias empresas? Estudo da e-bit, com 8 mil empresas desses portes, revela que 77% têm páginas na Internet e que 46% fazem comércio eletrônico. Apesar disso, não conseguem ampliar seus negócios. Em outras palavras: o comércio eletrônico não pára de crescer - em 2001 eram apenas 1,1 milhão de pessoas que compravam virtualmente; no final do ano, deverão ser 9,5 milhões, dos quais 45% mulheres; a renda média do consumidor on line é de R$ 3.692, a metade (49%) tem curso superior e situa-se entre 35 e 49 anos mas será que vai ter espaço para quem é pequeno? Densidade Pequena Banda larga e comércio eletrônico são coisas que devem caminhar juntas. Em função do grande número de informações sobre produtos nos sites de compras, utilizar-se de acesso discado é um exercício de paciência. Infelizmente, apesar de contar com 6,54 milhões de assinantes um crescimento de 35,9% sobre o mesmo período do ano passado -, a densidade do serviço é muito pequena. São três conexões por 100 habitantes, o que deixa o Brasil atrás da Argentina (4%) e do Chile (7%), sem contar da Coréia do Sul, que está próxima de 30%. Os números são de um estudo da Cisco do Brasil e do IDC (Internet Data Center), que projeta para 2010 a meta de 12 a 13 milhões de usuários. Entre os obstáculos da banda larga estão a falta de cobertura, a competição limitada e os impostos altos. Mais de 3 mil municípios não têm opção de internet rápida, deixando de fora cerca de 3 milhões de usuários que poderiam pagar pelo serviço. Devido aos impostos de importação e a carga tributária sobre os serviços superior a 40% -, os equipamentos usados no acesso chegam ao País custando até duas vezes e meia a mais. Mais Concorrido que o Vestibular Com salários de até R$ 3,5 mil, os programas de trainees mobilizam milhares de recém-formados Sair da universidade e, em pouco tempo, conseguir uma boa colocação profissional é o sonho da maioria dos futuros profissionais. Os salários tentadores, que chegam a R$ 3,5 mil, com benefícios e a possibilidade de chegar rapidamente a cargos gerenciais, no entanto, tornam esse sonho um privilégio para poucos, já que a disputa por uma vaga de trainee costuma ser, em algumas empresas, mais concorrida do que o próprio vestibular - em alguns casos chegam a 400 candidatos por vaga. Os interessados devem ter, em média, 25 anos, prestes a concluir a graduação ou formados há, no máximo, dois anos. Os aprovados são submetidos a treinamentos que duram de um a dois anos. Neste período, circulam por todas as áreas da empresa. A idéia é que por meio de programas estruturados, venham a ter a possibilidade de assumir cargos gerenciais.

3 Implantados há cerca de 30 anos, os programas de trainees ganharam expressão em meados da década passada, quando grandes corporações passaram a investir em diversos projetos. Hoje, a onda para o desenvolvimento de novos líderes está tão intensa, que segmentos sem tradição nesse tipo de contratação, como construção e moda, também estão interessados em formar novos líderes. Com isso, o número de vagas, de acordo com estimativas, cresceu 30% nos últimos 12 meses. O que estaria levando as empresas a esse fenômeno é a estabilidade econômica. A consultora Adriana Rosa, especializada na coordenação de processos de escolha de trainees, afirmou ao jornal O Estado de S. Paulo, que a nova realidade econômica do País contribuiu para que as empresas pensassem a longo prazo, já que a formação de líderes é um investimento cujos frutos são colhidos depois de vários anos. Na prática, o que as organizações querem são jovens talentos que buscam desafios. Em troca, oferecem capacitação profissional e a chance de uma carreira sólida. Para ela, ter a felicidade de ser escolhido por um programa dessa natureza, certamente é um dos melhores inícios de carreira que alguém almeja ter. Além da notoriedade para o currículo, o futuro profissional desenvolve uma visão organizacional maior. Mas não deve pensar que por ser um selecionado estará com a vida garantida. Ele será sempre o mais cobrado, alertou. Parte das empresas que buscam formar executivos é relativamente nova no mercado, mas com intenção de crescer muito e rápido, o que acaba por despertar o interesse de recém-graduados. Ao se inscrever no programa da petroquímica Braskem, a psicóloga Ana Bastos soube aproveitar bem a chance. Durante o período de treinamento, que durou dois anos, ela desenvolveu o programa de estágios da empresa. Hoje, além desse projeto, ela cuida do programa que a viu adentrar os portões da empresa: o de trainee. Também na mesma empresa, Paulo de Motta Coelho, ex-trainee que chegou ao posto de gerente comercial de poliolefinas, trocou um trabalho em uma multinacional de tecnologia para estar em um local em que pudesse crescer junto com os negócios. Para ele, mais do que estar em uma empresa que se admire, o jovem deve encontrar um lugar onde a carreira possa ser desenvolvida no ritmo que ele gostaria. Desavenças Segundo Adriana Rosa, antes de promover uma seleção de trainees, as empresas devem dar oportunidades para o seu próprio pessoal. Fazer por fazer, sem dar oportunidade de crescimento interno, pode gerar desavenças e rejeição aos trainees, afirmou. A Bosch é uma das empresas que só partem para a seleção depois de verificar o potencial do seu quadro interno. O gerente de Recursos Humanos da empresa, Fábio Amaral Machado, entende que contratar um profissional no mercado é importante por conta da experiência, mas o trainee pode ser treinado desde o início com a cultura da empresa. Ele acredita que, apesar de muito jovens, os possíveis sucessores de cargos de gestão são pessoas que usam com maturidade as ferramentas que adquiriram, tais como: uma boa formação, uma língua estrangeira e a capacidade de se comunicar bem com os colegas. Fábulas Sobre a Difícil Arte de Administrar No tempo em que os animais falavam, ocorreu um boato na floresta de que o céu ia desabar na cabeça da bicharada. O desespero tomou conta dos animais, que começaram a correr em todas as direções, sem saber a quem recorrer ou, pelo menos, onde ficar. No meio do caos, um tigre avistou um pássaro deitado tranqüilamente, com os pés para o alto e as asas recostadas no solo. Surpreso, perguntou ao pássaro se ele não tinha ouvido a notícia sobre o que iria acontecer. Claro que ouvi, e estou aqui, nesta posição, para tentar segurá-lo, respondeu. Não satisfeito, o tigre disse que ele não ia conseguir. O pássaro retrucou: o que vai acontecer eu não sei ao certo, estou somente fazendo a minha parte. Essa história poderia ser mais uma das que se contam para as crianças. No entanto, faz parte da coleção de fábulas proferidas pelo administrador José Roberto Machado ao final das palestras e treinamentos que ministra. A idéia é deixar uma mensagem reflexiva sobre o que foi discutido, afirma. No caso da fábula acima, esclarece, diariamente somos bombardeados por fatos difíceis de se lidar. Assim, esperar o céu cair na cabeça significa como iremos reagir a eles. Costumo dizer que existem três grupos de pessoas: as que esperam acontecer; as que perguntam o que aconteceu; e as que fazem acontecer. Cabe a cada uma escolher qual o grupo que quer pertencer, explica.

4 Consultor especializado em planejamento estratégico e gestão para pequenas empresas, Machado entendeu que precisava ir além. Reuniu 11 fábulas relacionadas aos temas que exigem mais reflexão dos participantes de suas palestras e das pessoas que acompanham seus treinamentos e as publicou no livro Fábulas sobre a difícil arte de administrar (Editora QualityMark). São histórias populares, algumas delas de filósofos como Platão e Sócrates, esclarece. Diferente do seu trabalho do dia-a-dia, em que as histórias são contadas no final, no livro esse processo é inverso. Primeiro são apresentadas as fábulas, fazendo-se, a seguir, analogias com a realidade que povoa o cotidiano das empresas. O autor, que também é professor universitário na área de Administração, lembra que, apesar de não ser novidade transmitir conhecimentos por meio desse recurso, é a primeira vez que alguém o faz na área de Administração. A linguagem é simples, o que facilita a analogia entre as fábulas e os conceitos de Administração. Machado afirma que o ensinamento por meio de fábulas é importante porque os problemas das pequenas empresas são muito parecidos. Geralmente ligados à estratégias malformuladas ou dificuldades de entender os conceitos de gestão. Essa semelhança faz com que seja constantemente interpelado em suas palestras por pequenos empresários que dizem: professor, o senhor conhece a minha empresa? E ele responde: não conheço, mas provavelmente sei que uma grande quantidade de empresas tem as mesmas características que a sua. Em um dos capítulos, ele fala sobre um presídio em que os condenados, divididos em grupos, eram acorrentados em círculos. No meio de cada círculo havia um caldeirão de sopa, único alimento a eles oferecido. Cada preso tinha uma colher longa, pois o caldeirão ficava longe. O inconveniente era o de que, por ser excessivamente comprido, ninguém conseguia girar o utensílio e levá-lo à boca. Mas ao fazer uma visita, o comandante do presídio teve uma surpresa: apesar de a sopa ser servida diariamente, as celas estavam cheias de pessoas esqueléticas e malnutridas. Porém, em uma delas os prisioneiros estavam fortes e bem alimentados. A razão para isso poderia ser a benevolência dos guardas, soltando os presos na hora da alimentação, ou, então, um verdadeiro milagre. Mas, por ser inteligente, o comandante percebeu que aqueles homens haviam descoberto o significado da palavra parceria, passando a alimentar uns aos outros. Como o cabo da colher era muito grande, cada um alimentava quem estivesse à sua frente. Assim, todos comiam, enfatizou. Na prática, o que os presidiários descobriram era que para sobreviverem tinham de trabalhar em conjunto. Em outras palavras: no mundo globalizado, parte dos negócios precisa ser complementada por ações desenvolvidas por outras empresas. Quem abrir mão dessa realidade, pode ter vida curta.

5 Questão de Bom Senso Há um divórcio entre os anseios da sociedade e as decisões tomadas pelos parlamentares. O caso mais recente desse desequilíbrio está na aprovação da prorrogação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) pela Câmara Federal. Por outro lado, louva-se a atitude da Comissão de Constituição e Justiça do Senado ao aprovar, por unanimidade, o fim da votação secreta para temas como cassação de mandato, análise de vetos presidenciais e aprovação de indicação de ministros para os tribunais superiores. As decisões ainda dependem de três votações para serem colocadas em prática, mas o que se espera é que, em ambos os casos, a sociedade seja a beneficiada. No caso do provável fim do voto secreto, a expectativa é a de que a transparência possa permitir que a população não só cobre como dê a devida paga aos parlamentares que traem a confiança de seu eleitorado. Assim, os que praticarem o chamado estelionato eleitoral, que é a posição contrária à defesa de teses de programas pré-eleitorais, ou a adoção de comportamentos opostos às exigências dos cargos que ocupam, teriam que dar boas explicações para manterem o conceito alto. E isso já estaria valendo, se a sociedade soubesse quem votou a favor ou contra a prorrogação da CPMF. A esperança em torno da não continuidade da CPMF também é grande. Estudo da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), que compara os últimos projetos do governo federal com as respectivas execuções, mostra que no próximo ano haverá uma folga acima de R$ 53 bilhões no Projeto de Lei Orçamentária enviado pelo governo. Assim, a CPMF, cuja arrecadação está estimada em R$ 39 bilhões para 2008, pode ser perfeitamente extinta. Além do que, sob o ponto de vista econômico e administrativo, a prorrogação dessa contribuição significa a manutenção de um imposto injusto. Por ser cobrada em cascata, onera os investimentos e a produção, sem contar que não traz embutida a preocupação social como o Imposto de Renda, por exemplo, em que as classes menos favorecidas contribuem com menos. Assim, que não se enganem todos com a nomenclatura. Apesar da denominação contribuição, trata-se, na verdade, de um imposto, já que a União se apodera de toda a receita sem ter que repassá-la para Estados e municípios. Tomara que o bom senso ilumine os parlamentares para que legislem em favor da sociedade. Ainda há tempo para isso. Café com Toque Feminino Adm. Carlos Eduardo Uchoa Fagundes CRA-SP President Poucos acreditaram na sua idéia de plantar café. Hoje, Maria Helena Monteiro Alves Bastos (foto) é uma das empreendedoras mais influentes do País Ela deixou a carreira bem-sucedida de executiva de uma multinacional de Recursos Humanos para viver um sonho: comprar a Fazenda Monte Alto, em Dourado, interior de São Paulo, local que a viu nascer, crescer e se casar, e que outrora pertencera à

6 família, para plantar café. A idéia foi considerada absurda pelos amigos, que chegaram a chamá-la de louca. Não era para menos: na região da pequena cidade de 9 mil habitantes, a cultura cafeeira havia cedido espaço para a cana-de-açúcar. Assim começa a história da empreendedora Maria Helena, que, em 1999, ao investir suas economias na fazenda de 100 alqueires, enxergou no cultivo do café a oportunidade de um grande negócio. Por trás da decisão, afirma, a constatação de que o Brasil, embora seja o maior produtor do mundo e o segundo que mais consome, não bebe um bom café, e o desejo de retomar a história secular dessa cultura na região. É claro que no início nem tudo eram flores. Mesmo planejando e contando com assessoria técnica, havia a inexperiência. Para superá-la, ficou meses lidando direto com o café, gradeando, semeando e colhendo. Com foco na qualidade e na escolha de quatro varietais 100% arábicas - catuaí vermelho e amarelo, acaiá e obatã, a recompensa não tardou chegar. A fazenda que tinha 130 mil pés de café, hoje conta com cerca de 1 milhão. Esse crescimento fez com que a empresária percebesse que podia agregar valor à produção, se a industrializasse. Assim, montou na sede da fazenda uma torrefadora. Ao produto deu o seu próprio nome - Café Helena, hoje comercializado em cerca de 200 pontos da capital paulista e em diversas cidades do interior. A torrefação, segundo ela, é uma fonte mais segura. O café de prateleira não cai de preço, justifica. A fórmula de sucesso que rendeu à cafeicultora o Prêmio Sebrae Mulher de Negócios 2006 e o título uma das 20 mulheres empreendedoras mais influentes do Brasil, dado pela revista Forbes, foi por ela explicada no CRA-SP, em seminário promovido pelo Grupo de Excelência Empreendedorismo e Inovação, com apoio da Business Professional Women, organização não governamental que agrega mulheres empresárias e profissionais. No mesmo evento, Anna Maria Tuma Zacharias, da Rede Zacharias de Pneus, e Izabel Maria Barros Galvão, do Grupo Bardhal, também descreveram como se tornaram empreendedoras (ver abaixo). Oportunidade feminina Dedicação, persistência, crença, comprometimento dos colaboradores são itens que recheiam a receita de qualquer empreendimento de sucesso. Para Maria Helena não foi diferente. No entanto, louva-se o fato de ser vitoriosa em uma atividade basicamente masculina. Costumo dizer que um homem inteligente é o que abre espaços para as mulheres mostrarem seus talentos. Elas também sabem fazer, improvisar e alçar vôos, declarou. Não é à toa que o logotipo do Café Helena é precedido da frase o toque feminino na tradição. Idéias e segredos O ato de empreender, segundo Maria Helena, exige inovação constante e a agregação de diferenciais. Citou o exemplo do Circo de Soleil, que transformou uma idéia antiga, a de pular corda, em um espetáculo diferente, no qual os participantes sobrepõem o obstáculo de várias formas. Isso é inovar e é o que precisamos fazer com as nossas empresas. Não dá para pular corda apenas por pular. É preciso ir além, fazendo coisas que nunca ninguém pensou, destacou. Outro segredo, afirmou, é saber empreender na crise, ou seja, enxergar oportunidades em situações em que a maioria vê somente dificuldades. Citou também a importância do foco e da concentração, que podem ser fortalecidos por planejamentos mentais. Essa prática, esclareceu, não deixa o empreendedor desviar-se de seu caminho, fazendo-o acreditar ser possível vencer as armadilhas e artimanhas impostas ao negócio. Isso exige muita sensibilidade, percepção e presença de espírito. Por fim, a sensibilidade. É preciso gostar daquilo que se faz para que tudo saia com maestria. É isso que proporciona diferenciais, o que contribui para que as pessoas não desistam de seus sonhos. Girar a roda De acordo com Maria Helena, os funcionários acreditam na viabilidade do empreendimento quando ele for precedido de um cunho social. A idéia da empresária foi construir um trabalho que valorizasse a comunidade, principalmente a mulher da região, praticamente desassistida. O papel da gente é girar a roda. Assim como eu cresço, ela (comunidade) cresce também, finalizou. A Mulher já nasce administradora Ao dizer não ser empreendedora, mas uma seguidora das obras deixadas pelo marido Antonio Leme Nunes Galvão, Izabel Galvão, do grupo Bardhal, afirmou que uma das características femininas é nascer administradora. Caminhamos sem saber que estamos nessa brincadeira e quando nos damos conta percebemos que podemos comandar o mundo, enfatizou, ao lembrar que

7 seu ex-marido ficou conhecido como dirigente esportivo (foi presidente do São Paulo), mas era um homem de negócios, envolvido em vários empreendimentos, como o de ter participado da construção de Brasília, por exemplo. Quem também não tinha qualquer experiência empresária é Anna Maria Tuma Zacharias, presidente da rede Zacharias de Pneus. Meu marido era empreendedor, mas tudo tinha de ser ao seu modo, o que fez com que eu e minhas filhas caíssemos de paraquedas na empresa após a sua morte, há sete anos, lembrou. Ao assumirem, perceberam que a empresa de 74 anos, e que se encontra na terceira geração, estava desfalecida. O fato de não saberem negociar somente aumentava os problemas, agravados com a perda de uma parceria com uma distribuidora de pneus, que já durava décadas. Após uma reestruturação, que culminou com a dispensa de funcionários, o fechamento de algumas lojas e a incorporação de uma nova fornecedora de pneus, a empresa está dando a volta por cima. Anna Maria Tuma Zacharias, Izabel Maria Barros Galvão, Márcia Kitz, presidente da BPW, e Maria Helena Bastos Sox. O Brasil Precisa de uma Lei como esta? Um dos pontos favoráveis à criação de uma Sox brasileira é a segurança para o investidor À medida que o mercado brasileiro de capitais se robustece e se mostra cada vez mais maduro e desenvolvido, ganha corpo a discussão sobre a incorporação de leis semelhantes a norte-americana Sarbanes-Oxley (Sox) à legislação brasileira, no que se

8 refere ao modelo de governança corporativa. A afirmação é de Sidney Ito, integrante do Grupo de Excelência Governança Corporativa, do CRA-SP. Criada em 2002, a Sox determina novas exigências aos executivos, Conselhos de Administração e Comitês de Auditoria no que se refere à divulgação de informações contábeis, com a finalidade de assegurar as boas práticas de governança corporativa. Quem fraudar ou negligenciar essas informações está sujeito a multas de até US$ 5 milhões e a penas de até 20 anos de prisão. Isso gera mais segurança ao investidor, afirma Ito. Além disso, a Sox estabelece fronteiras de atuação da empresa, do Comitê de Auditoria e dos auditores externos. A Administração gera normas e procedimentos, regras de ética e conduta e um conjunto mínimo de controles internos, como forma de garantir a veracidade das demonstrações financeiras. O Comitê de Auditoria é responsável pelo monitoramento da escolha e aplicação das práticas contábeis pela administração e a qualidade das demonstrações financeiras. Acompanha, também, as atividades da auditoria interna. Já a auditoria externa é responsável pela contratação, substituição e discussões técnicas sobre o planejamento e o escopo dos trabalhos, problemas identificados e a configuração do parecer antes de sua emissão. Essas exigências, explica, levariam o Brasil a obter ganhos evidentes de eficácia e controle das operações. Uma vez que uma empresa é obrigada a compreender e documentar os seus principais processos, além de testar e garantir a eficiência dos controles internos, ela passa a entender com detalhes o seu próprio negócio, além de manter apenas os processos que permitam prevenir ou detectar erros ou fraudes nas demonstrações financeiras, destaca. Um dos pontos desfavoráveis é a estrutura de governança no Brasil, bastante diferenciada da dos Estados Unidos. No Brasil, temos o Conselho Fiscal, que primariamente presta contas aos acionistas minoritários, com características em alguns momentos semelhantes e, em outros, divergentes de um Comitê de Auditoria (que neste caso atua no suporte ao Conselho de Administração), enfatiza Ito, ao lembrar que o Comitê de Auditoria americano deve ser formado integralmente por membros do Conselho de Administração, enquanto nossas regras societárias não permitem que um membro do Conselho Fiscal integre simultaneamente o Conselho de Administração. Fatos como este, somados aos aspectos de independência, eventuais conflitos e aumento de custos com a manutenção dos dois grupos, inibiriam a sua formação. A remuneração é outro inibidor. Em 2002, o executivo americano com maior salário recebeu US$ 1 milhão de salários fixos e cerca de US$ 260 milhões em remuneração variável. Uma remuneração assim pode incentivar um executivo a manipular as demonstrações financeiras para alcançar as metas, afirma Ito. No Brasil, a política de remuneração variável não segue esses padrões e, portanto, o profissional brasileiro não é tão incentivado a esta conduta. Como se vê, há argumentos fortes contra e a favor da instituição de leis semelhantes a Sox, finaliza Ito. Livros de Interesse do Administrador VOCÊ É O LÍDER DA SUA VIDA, Juliano César Souza, Editora Sextante Apresenta a jornada de um jovem profissional em busca de novos horizontes e desafios. Desejando conhecer modelos originais de liderança, ele e sua mulher embarcam numa viagem ao redor do mundo para identificar as estratégias de sucesso na arte de inspirar pessoas. Deparam-se com experiências diferentes e descobrem que não há um modelo perfeito de liderança nem modelos prontos para chegar lá. Mesclando ficção e realidade, o livro não é destinado apenas a empresários e empreendedores, mas a qualquer pessoa que deseja se tornar melhor naquilo que faz. O autor é administrador pela Universidade Federal da Bahia e consultor nas áreas de estratégia, marketing e RH.

9 CRIATIVIDADE, Pat Fallon e Fred Senn, M. Books Editora Ensina a transformar a criatividade em uma poderosa vantagem de negócio. Os autores argumentam que não importa o aparecimento de uma nova mídia ou o desaparecimento de uma velha. O que deve permanecer sempre é o poder da criatividade como força para mover o mercado a seu favor. Para eles, os líderes de organizações têm mais criatividade do que imaginam. No entanto, por reprimi-las acabam canalizando-as em direções erradas. Com a autoridade de 25 anos de marketing bem-sucedido e muitos trabalhos premiados, Fallon e Senn oferecem ao leitor um eficiente procedimento: identificar o problema-chave que sua empresa precisa resolver e, então, procurar, obstinadamente, novas idéias que levem a uma solução. Fallon e Senn são co-fundadores da Fallon Worldwilde, um dos maiores conglomerados de mídia e propaganda do mundo. EM BUSCA DO SUCESSO, Robert Henry Srour, Disal Editora De linguagem acessível, apresenta conceitos éticos a partir da análise de casos reais. Mostra como alcançar o alto desempenho sem apelar para o mundo cão. Desvenda a lógica da inteligência ética, uma ferramenta científica que cria valor para os acionistas e constrói a boa reputação das empresas e dos profissionais que nela trabalham. Henry Srour é professor de MBA (Master Business of Administration) em faculdades paulistas. Mais informações Editora Sextante

10 Fone (21) M. Books Editora Fone (11) Disal Editora Fone (11) CRA-SP Inaugura o Espaço Manacá A idéia é promover a convivência e disseminar o conhecimento Em solenidade que contou com a presença de cerca de 400 pessoas, o CRA-SP inaugurou, dia 17 de setembro, o Espaço Manacá. O evento registrou, também, o lançamento oficial da revista Administrador Profissional. De estilo neoclássico e com 763 metros quadrados, o espaço, além de servir de ponto de encontro dos administradores, foi idealizado para ser referência no mundo corporativo, já que incorpora o que há de mais moderno para a realização de eventos executivos e atividades técnico-científicas e culturais. Um dos pontos altos da solenidade foi a homenagem prestada ao administrador Roberto Carvalho Cardoso, com a entrega de uma placa de prata. Uma forma de agradecê-lo pelos 38 anos que ficou a frente dos destinos da entidade, e também por ele ter sido o idealizador do novo espaço A bem da verdade, é que para falar de Roberto Cardoso seriam necessárias muitas páginas. Porém, essa homenagem não poderia terminar sem mencionar algumas de suas qualidades: a simplicidade e a forma carinhosa que dispensa a quem quer que seja. Conversa com todos que o procuram, daí o seu grande mérito de fazer amigos. É por isso, e como já dizia a canção, que ele é uma dessas pessoas para serem guardadas no lado esquerdo do peito.

11 A Tecnologia Joga a Favor do Teletrabalho Empresas de telecomunicações estão aptas a contribuir para o desenvolvimento da modalidade, afirma diretor da Nokia Siemens Quem mora em uma grande cidade, como São Paulo, sabe bem o que é perder horas em um trânsito caótico. Para quem trabalha é um tempo que poderia ser aproveitado para o fechamento de negócios, ou ficar curtindo um pouco mais a família. Felizmente, essa é uma realidade que pode ser colocada em prática. É possível trabalhar driblando ou ignorando os engarrafamentos e, com isso, dedicar, por exemplo, um tempo para levar o filho para a escola em pleno horário de expediente. A prática, que atende pelo nome de teletrabalho, ao possibilitar que o trabalhador exerça suas atividades de onde estiver, com a mesma produtividade que teria em um escritório, ainda engatinha no Brasil. Apenas 0,9% da população empregada, ou 1,63 milhão de pessoas, é teletrabalhadora. O índice é inferior ao da Bolívia e ao do Chile em relação a população total, países cujos deslocamentos de pessoal estão bem abaixo dos das grandes cidades brasileiras.

12 A tendência, porém, é de crescimento da modalidade. É cada vez maior o número de pessoas com acesso aos computadores e aos recursos da telefonia celular. Hoje, grande parte das ações de nossas vidas particulares ou profissionais passam por esses dois instrumentos, que contam com a infra-estrutura do setor de telecomunicações, afirmou Wilson Cardoso, diretor de engenharia e redes da Nokia Siemens para a América Latina, em palestra no CRA-SP, a convite do Grupo de Excelência Convergência Tecnológica e Mobilidade Corporativa. Segundo ele, os serviços de banda larga, que permitem que os dados viajem em grande velocidade, são o grande passo para a disseminação do teletrabalho. Com a chegada da telefonia celular de terceira geração, cujos aparelhos funcionam com a mesma velocidade dos computadores, trabalhar na beira da piscina ou no saguão de um aeroporto pode ser mais comum do que se imagina. Atentas a isso, algumas empresas de telecomunicação começam a disponibilizar planilhas de cálculos e editores de textos para os equipamentos de seus clientes. Cardoso lembrou que o teletrabalho está ligado à mobilidade das empresas e com a forma como elas trocam informações. Assim, ele pode ser classificado de duas maneiras: como fator de integração e comunicação de negócios e como fator de interação, que varia conforme o grau de mobilidade. Se a empresa for formada por apenas uma pessoa, onde ela vai a empresa segue junto. Se tiver várias pessoas interagindo, o grau de mobilidade é maior, em função do aumento do compartilhamento das informações, enfatizou. Grande aliada Apesar das vantagens, a tecnologia pode apresentar dissabores para quem adota o teletrabalho. Antes quando se precisava falar com um funcionário, bastava ir à sua mesa. Agora ele pode estar trabalhando em Recife ou na Finlândia, o que remete à dúvida: será que está em alguma reunião que não pode ser interrompida?, revelou Cardoso, ao dizer que o também é um recurso falível. Quando enviado, parte-se do pressuposto de que será lido pelo destinatário, mas pode ser que algum problema no processo como erro de endereço impeça que isso aconteça. É uma prática que pode fazer empresas perderem milhões, se o que está em jogo são informações sobre negócios. Mas ninguém ignora que o grande mérito da tecnologia é o de ser aliada. Permite, por exemplo, realizar audioconferências com três ou quatro pessoas, por meio do telefone celular. Todas podem interagir ao mesmo tempo, ou ter um ou dois que fiquem apenas na escuta, manifestando-se caso sejam autorizados. Permite, também, que várias pessoas trabalhem ao mesmo tempo em um só documento. Uma pode complementar a informação da outra e, no final, gerar um documento único. No caso da Siemens, existem projetos delineados por pessoas de várias partes do mundo. Seria muito difícil reuni-las em um só local para cumprir esse objetivo, explicou Cardoso. Mudança cultural Entre os impeditivos do teletrabalho estão a conciliação da vida profissional com a pessoal e a inexistência de uma legislação trabalhista específica, o que, às vezes, gera muita discussão sobre as formas de como os contratos devem ser redigidos. Deveseconsiderar, ainda, como ficam as relações das pessoas que passam a se ver uma vez por semana e, até mesmo, por mês. O teletrabalho, na realidade, é uma mudança cultural radical, uma revolução trabalhista. Cardoso explicou que na Siemens a implantação da modalidade promoveu nos dois últimos anos três fatores de mudança: evolução da mentalidade, tecnológica e econômica. Para ele, a mudança cultural é uma espécie de análise do potencial de um novo estilo de trabalho, que exige pessoas predispostas a participar e que preferem ficar trabalhando uma hora a mais em casa do que ficar duas no trânsito. Isso faz com que economize dinheiro, tempo e saúde, finalizou.

13 Movimento Ético Infelizmente neste país os crimes de colarinho branco proliferam porque não existe punição nenhuma. Caberia ao CRA-SP iniciar um movimento ético, pelo menos no que tange aos administradores de empresa. Por que o CRA-SP não luta para que as empresas em recuperação judicial sejam obrigadas a contratar um administrador registrado? Por que não cassar o registro do administrador que assina duplicatas frias? Essa prática criminosa está cada vez mais comum em nosso país e nunca vi ninguém ser punido. Por que se permite que qualquer um exerça a profissão de administrador sob a nomenclatura de Gerente Financeiro, Gerente Administrativo e semelhantes? Atualmente com a nova lei de falências, virou prática comum a emissão de milhões de duplicatas frias e posterior pedido de recuperação judicial. Ou seja, foi institucionalizado o calote, o golpe Chegou a hora do CRA-SP defender a ética nas empresas e lutar para que a profissão de Administrador seja motivo de orgulho. Adm. Inês Lustosa Cabral CRASP

OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES

OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES BOLETIM TÉCNICO MAIO/2011 OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES Um empresário da indústria se assustou com os aumentos de custo e de impostos e reajustou proporcionalmente seus preços. No mês seguinte,

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014 #5 EMPREENDEDORISMO Outubro de 2014 ÍNDICE 1. Apresentação 2. Definição 3. Empreendedorismo: necessidade ou oportunidade? 4. Características do comportamento empreendedor 5. Cenário brasileiro para o empreendedorismo

Leia mais

OS TRÊS PILARES DO LUCRO PEQUENA E MÉDIA EMPRESA

OS TRÊS PILARES DO LUCRO PEQUENA E MÉDIA EMPRESA BOLETIM TÉCNICO MAIO/2011 OS TRÊS PILARES DO LUCRO PEQUENA E MÉDIA EMPRESA Um empresário da indústria se assustou com os aumentos de custo e de impostos e reajustou proporcionalmente seus preços. No mês

Leia mais

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO UM BREVE HISTÓRICO COMÉRCIO ELETRÔNICO O comércio sempre existiu desde que surgiram as sociedades. Ele é dito como o processo de comprar, vender e trocar produtos e serviços. Inicialmente praticado pelos

Leia mais

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce...

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce... Sumário Bleez Agência Digital... 3 Quem sou eu... 4 Introdução... 5 Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7 Quem está comprando no ecommerce... 10 Por que os brasileiros estão comprando mais... 12 O

Leia mais

Faça amizades no trabalho

Faça amizades no trabalho 1 Faça amizades no trabalho Amigos verdadeiros ajudam a melhorar a saúde, tornam a vida melhor e aumentam a satisfação profissional. Você tem um grande amigo no local em que trabalha? A resposta para essa

Leia mais

03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança

03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança 03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança Render 5 Vezes Mais por Leandro Sierra Índice Apresentação...03 Introdução... 04 Passo 1...05 Passo 2... 08 Educação Financeira para a Segurança do seu Investimento...

Leia mais

Danilo Nascimento Fundador do Segredos de Concurso www.segredosdeconcurso.com.br

Danilo Nascimento Fundador do Segredos de Concurso www.segredosdeconcurso.com.br Olá, concurseiro! É um grande prazer poder lhe dar algumas dicas básicas a respeito da sua preparação para um Concurso Público. Sei que esse é um grande sonho, e ter a oportunidade de colaborar com a construção

Leia mais

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Maio de 2010 Conteúdo Introdução...4 Principais conclusões...5 Dados adicionais da pesquisa...14 Nossas ofertas de serviços em mídias sociais...21

Leia mais

ATENDIMENTO A CLIENTES

ATENDIMENTO A CLIENTES Introdução ATENDIMENTO A CLIENTES Nos dias de hoje o mercado é bastante competitivo, e as empresas precisam ser muito criativas para ter a preferência dos clientes. Um dos aspectos mais importantes, principalmente

Leia mais

As exigências e transformações do mercado de trabalho neste novo milênio

As exigências e transformações do mercado de trabalho neste novo milênio As exigências e transformações do mercado de trabalho neste novo milênio 1) - Quais as transformações efetivas que estão ocorrendo no mundo dos negócios e como tais mudanças interferem no movimento do

Leia mais

A importância de personalizar a sua loja virtual

A importância de personalizar a sua loja virtual A importância de personalizar a sua loja virtual Ter uma loja virtual de sucesso é o sonho de muitos empresários que avançam por esse nicho econômico. Porém, como as lojas virtuais são mais baratas e mais

Leia mais

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL WWW.SUPERVISORPATRIMONIAL.COM.BR SUPERVISOR PATRIMONIAL ELITE 1 OS 3 PASSOS PARA O SUCESSO NA CARREIRA DA SEGURANÇA PATRIMONIAL Olá, companheiro(a) QAP TOTAL. Muito prazer, meu nome e Vinicius Balbino,

Leia mais

PORQUE O PRIMEIRO EMPREGO É DIFÍCIL?

PORQUE O PRIMEIRO EMPREGO É DIFÍCIL? PORQUE O PRIMEIRO EMPREGO É DIFÍCIL? Em épocas de vestibular, cerca de 1,8 milhão de jovens vão escolher uma profissão e dar arrepios no mercado, ou ficarem arrepiados, dando assim o primeiro empurrão

Leia mais

Relações Internacionais

Relações Internacionais Curso de Graduação Bacharelado em Relações Internacionais O curso de Relações Internacionais está enquadrado no campo da ciência Humana e social, onde estuda-se em profundidade as políticas Internacionais

Leia mais

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler AULA 5 - PERSPECTIVA DE APRENDIZADO E CRESCIMENTO Abertura da Aula Uma empresa é formada

Leia mais

Motivando sua Empresa para o Sucesso

Motivando sua Empresa para o Sucesso Motivando sua Empresa para o Sucesso rev. 06/06 Trabalhando com um time de sucesso Engº JULIO TADEU ALENCAR e-mail: jtalencar@sebraesp.com.br 1 O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO EVOLUÇÃO

Leia mais

Gestão da Comunicação em Situações de Crise no Ambiente Médico-Hospitalar

Gestão da Comunicação em Situações de Crise no Ambiente Médico-Hospitalar Gestão da Comunicação em Situações de Crise no Ambiente Médico-Hospitalar Sumário Prefácio: Os hospitais não são essenciais Introdução: O sistema hospitalar mudou, mas continua o mesmo! Imagem pública

Leia mais

Teste sua empregabilidade

Teste sua empregabilidade Teste sua empregabilidade 1) Você tem noção absoluta do seu diferencial de competência para facilitar sua contratação por uma empresa? a) Não, definitivamente me vejo como um título de cargo (contador,

Leia mais

Seminário "Governança Corporativa: Experiências em Empresas Estatais"

Seminário Governança Corporativa: Experiências em Empresas Estatais Seminário "Governança Corporativa: Experiências em Empresas Estatais" Marco Geovanne Tobias da Silva 17 de maio de 2005 O que é Governança Corporativa? Conjunto de normas de conduta a serem adotadas por

Leia mais

O exame das carreiras

O exame das carreiras entrevista: Luiz Carlos Cabrera O exame das carreiras O headhunter e professor da FGV-EAESP Luiz Carlos Cabrera comenta as principais mudanças no mundo das carreiras e destaca pontos essenciais para sua

Leia mais

Shopping das Franquias lança unidades móveis das marcas Click Sushi e Tostare Café. E mais: O Boticário dobra faturamento em três anos

Shopping das Franquias lança unidades móveis das marcas Click Sushi e Tostare Café. E mais: O Boticário dobra faturamento em três anos FRANQUIA.COM: Novo jeito de fazer franquia Portal InvestNE - - COLUNAS - 23/03/2012-11:02:00 Hugo Renan Nascimento Shopping das Franquias lança unidades móveis das marcas Click Sushi e Tostare Café. E

Leia mais

Entrevista da Professora Rosa Trombetta à rádio Jovem Pan.

Entrevista da Professora Rosa Trombetta à rádio Jovem Pan. Entrevista da Professora Rosa Trombetta à rádio Jovem Pan. A Professora Rosa Trombetta, Coordenadora de Cursos da FIPECAFI aborda o assunto elearning para os ouvintes da Jovem Pan Online. Você sabe o que

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

Já pesquisou alguma coisa sobre a Geração Y? Pois então corra, pois eles já vasculharam tudo para você.

Já pesquisou alguma coisa sobre a Geração Y? Pois então corra, pois eles já vasculharam tudo para você. Já pesquisou alguma coisa sobre a Geração Y? Pois então corra, pois eles já vasculharam tudo para você. A HR Academy e a NextView realizaram uma pesquisa focada em geração y, com executivos de RH das principais

Leia mais

IBMEC Jr. Consultoria. A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho

IBMEC Jr. Consultoria. A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho IBMEC Jr. Consultoria A melhor maneira de ingressar no mercado de trabalho O mercado de trabalho que nos espera não é o mesmo dos nossos pais... ... ele mudou! As mudanças Certeza Incerteza Real Virtual

Leia mais

SEMIPRESENCIAL 2013.1

SEMIPRESENCIAL 2013.1 SEMIPRESENCIAL 2013.1 MATERIAL COMPLEMENTAR II DISCIPLINA: GESTÃO DE CARREIRA PROFESSORA: MONICA ROCHA LIDERANÇA E MOTIVAÇÃO Liderança e Motivação são fundamentais para qualquer empresa que deseja vencer

Leia mais

Dicas do que você deve fazer desde cedo para educar seu filho a ser determinado e capaz de conquistar o que ele deseja.

Dicas do que você deve fazer desde cedo para educar seu filho a ser determinado e capaz de conquistar o que ele deseja. Dicas do que você deve fazer desde cedo para educar seu filho a ser determinado e capaz de conquistar o que ele deseja. O primeiro passo para conquistar algo é acreditar que é possível. Se não, a pessoa

Leia mais

1 Informações diversas Contribuintes devem ficar atentos para novidades em 2015 O Sescon-SP listou algumas das principais mudanças fiscais e tributárias para o próximo ano, que requerem atenção e capacitação

Leia mais

Estimativas Profissionais Plano de Carreira Empregabilidade Gestão de Pessoas

Estimativas Profissionais Plano de Carreira Empregabilidade Gestão de Pessoas By Marcos Garcia Como as redes sociais podem colaborar no planejamento e desenvolvimento de carreira (individual e corporativo) e na empregabilidade dos profissionais, analisando o conceito de Carreira

Leia mais

Código de Ética. Rio Bravo Investimentos

Código de Ética. Rio Bravo Investimentos Código de Ética Rio Bravo Investimentos Sumário Palavra do CEO 5 i. Do Código de Ética 10 ii. Visão Geral 14 iii. Filosofia Corporativa 16 iv. Valores 20 v. Do Relacionamento Interno, Externo e Políticas

Leia mais

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS

FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS PLANEJAMENTO PARA ESCRITÓRIOS DE ADVOCACIA 1º SEMESTRE DE 2016 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com o objetivo de preparar profissionais bem

Leia mais

experiência Uma excelente alternativa em serviços de auditoria

experiência Uma excelente alternativa em serviços de auditoria experiência Uma excelente alternativa em serviços de auditoria A Íntegra é uma empresa de auditoria e consultoria, com 25 anos de experiência no mercado brasileiro. Cada serviço prestado nos diferentes

Leia mais

RELAÇÕES COM INVESTIDORES

RELAÇÕES COM INVESTIDORES PAULO HENRIQUE PRAES, sócio-diretor e DORIS POMPEU, sócia-fundadora da GlobalRI 60 GLOBALRI PIONEIRISMO NAS RELAÇÕES COM INVESTIDORES Uma das precursoras nas Relações com Investidores no Brasil, numa época

Leia mais

O QUE É PRECISO PARA SER UM GRANDE LÍDER

O QUE É PRECISO PARA SER UM GRANDE LÍDER LIDERANÇA O QUE É PRECISO PARA SER UM GRANDE LÍDER Roselinde Torres foco na pessoa 6 Por Roselinde Torres O que é preciso para ser um grande líder hoje? Muitos de nós temos a imagem de um líder como um

Leia mais

Um software de gestão é realmente capaz de atender as necessidades de cada profissional? Saiba mais e usufrua de benefícios que tornarão sua empresa

Um software de gestão é realmente capaz de atender as necessidades de cada profissional? Saiba mais e usufrua de benefícios que tornarão sua empresa Um software de gestão é realmente capaz de atender as necessidades de cada profissional? Saiba mais e usufrua de benefícios que tornarão sua empresa mais ágil, com menos papel e mais resultados. 2 ÍNDICE

Leia mais

O PT se afastou. De suas origens. Eduardo suplicy: O jornalismo impresso tem futuro? As experiências que deram certo pelo mundo

O PT se afastou. De suas origens. Eduardo suplicy: O jornalismo impresso tem futuro? As experiências que deram certo pelo mundo política, cultura & negócios eduardo tessler O jornalismo impresso tem futuro? desafio Brasil As experiências que deram certo pelo mundo Brasil Nuno Ramos: Faço arte para surpreender, não para escandalizar

Leia mais

Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM

Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM Aquecimento para o 3º Seminário Internacional de BPM É COM GRANDE PRAZER QUE GOSTARÍAMOS DE OFICIALIZAR A PARTICIPAÇÃO DE PAUL HARMON NO 3º SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE BPM!! No ano passado discutimos Gestão

Leia mais

Pesquisa Perfil das Empresas de Consultoria no Brasil

Pesquisa Perfil das Empresas de Consultoria no Brasil Pesquisa Perfil das Empresas de Consultoria no Brasil 2014 Objetivo Metodologia Perfil da Empresa de Consultoria Características das Empresas Áreas de Atuação Honorários Perspectivas e Percepção de Mercado

Leia mais

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES Por cerca de 50 anos, a série Boletim Verde descreve como a John Deere conduz os negócios e coloca seus valores em prática. Os boletins eram guias para os julgamentos e as

Leia mais

Melhores práticas. Cada vez mais cientes das

Melhores práticas. Cada vez mais cientes das Número de empresas brasileiras que procuram se aprimorar em governança corporativa aumentou na última edição do estudo Melhores práticas Estudo aponta que as empresas investem mais no aprimoramento dos

Leia mais

Desembaraço. Informações da indústria como você nunca viu

Desembaraço. Informações da indústria como você nunca viu Desembaraço Informações da indústria como você nunca viu Introdução É uma ferramenta dominada pela geração Y, mas que foi criada pela geração X. Ela aproxima quem está longe e tem distanciado quem está

Leia mais

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca Orientação ao mercado de trabalho para Jovens 1ª parte APRESENTAÇÃO Muitos dos jovens que estão perto de terminar o segundo grau estão lidando neste momento com duas questões muito importantes: a formação

Leia mais

EMPREENDEDORISMO: POR QUE DEVERIA APRENDER?

EMPREENDEDORISMO: POR QUE DEVERIA APRENDER? EMPREENDEDORISMO: POR QUE DEVERIA APRENDER? Anderson Katsumi Miyatake Emerson Oliveira de Almeida Rafaela Schauble Escobar Tellis Bruno Tardin Camila Braga INTRODUÇÃO O empreendedorismo é um tema bastante

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu. MBA em Estratégia e Liderança Empresarial

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu. MBA em Estratégia e Liderança Empresarial Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Estratégia e Liderança Empresarial Apresentação O programa de MBA em Estratégia e Liderança Empresarial tem por objetivo preparar profissionais para

Leia mais

Coleção ajuda no sucesso profissional

Coleção ajuda no sucesso profissional COLEÇÃO Unic Josafá Vilarouca Renata Tomasetti (11) 5051-6639 josafa@unicbuilding.com.br renata@unicbuilding.com.br Coleção ajuda no sucesso profissional Série lançada pela Publifolha possui 36 títulos,

Leia mais

Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política

Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política No Brasil, há poucas experiências conhecidas de uso de ferramentas de monitoramento de mídias sociais em campanhas políticas. Uma delas

Leia mais

Vida Segura Empresarial Bradesco:

Vida Segura Empresarial Bradesco: PRÊMIO ANSP 2005 Vida Segura Empresarial Bradesco: A democratização do acesso ao Seguro de Vida chega às Micro e Pequenas Empresas. 1 SUMÁRIO 1. Sinopse 3 2. Introdução 4 3. O desafio de ser o pioneiro

Leia mais

Lanches ser hoje uma referência gastronômica em Londrina.

Lanches ser hoje uma referência gastronômica em Londrina. EntreVISTA Fotos: Divulgação/Shutterstock O grande empreendedor encara os desafios Entre esperar o livro pronto e escrevê-lo, o comerciante Arnaldo Tsuruda preferiu seguir pela segunda opção. A história

Leia mais

Estudo sobre Rotatividade de Funcionários no Brasil Ano I - 2008

Estudo sobre Rotatividade de Funcionários no Brasil Ano I - 2008 Estudo sobre Rotatividade de Funcionários no Brasil Ano I - 2008 Marco A. Quége* INTRODUÇÃO A rotatividade de funcionários (turnover) é sem dúvida um elemento que demanda atenção constante por parte de

Leia mais

As cinco disciplinas

As cinco disciplinas As cinco disciplinas por Peter Senge HSM Management julho - agosto 1998 O especialista Peter Senge diz em entrevista exclusiva que os programas de aprendizado podem ser a única fonte sustentável de vantagem

Leia mais

Comércio na internet: muito mais que e-commerce

Comércio na internet: muito mais que e-commerce Comércio na internet: muito mais que e-commerce Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência

Leia mais

Marketing para Empresas de Contabilidade. Fernanda Rocha

Marketing para Empresas de Contabilidade. Fernanda Rocha Marketing para Empresas de Contabilidade Fernanda Rocha O que é Contabilidade? O que é Contabilidade? A solteira é Crédito. A casada é Débito. A cunhada é Previsão para Devedores Duvidosos. A bonita é

Leia mais

PARTE IV Consolidação do Profissional como Consultor. Técnicas de Consultoria Prof. Fabio Costa Ferrer, M.Sc.

PARTE IV Consolidação do Profissional como Consultor. Técnicas de Consultoria Prof. Fabio Costa Ferrer, M.Sc. FATERN Faculdade de Excelência Educacional do RN Coordenação Tecnológica de Redes e Sistemas Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Técnicas de Consultoria Prof. Fabio Costa Ferrer, M.Sc.

Leia mais

CADDAN EMPRESARIAL Daniela Leluddak

CADDAN EMPRESARIAL Daniela Leluddak CADDAN EMPRESARIAL Daniela Leluddak Caddan Empresarial tem como foco o desenvolvimento de pessoas dentro dos sistemas organizacionais. Atuação da Caddan Campos da Consultoria: Programas de Sucessão; Auxílio

Leia mais

quarta-feira, 8 de outubro de 14

quarta-feira, 8 de outubro de 14 Internet 2G no Brasil Mais usada que 3G... Em julho, o 2G era usado em 48,5% dos celulares, nº menor que o registrado em janeiro (57,8%) 3G passou de 35,9% em janeiro para 44,3% em julho Tecnologia 4G

Leia mais

Guia CARREIRAS E SALÁRIOS

Guia CARREIRAS E SALÁRIOS Guia CARREIRAS E SALÁRIOS em contabilidade Guia Carreiras e Salários Se você é gestor de alguma empresa contábil, está procurando melhorar sua posição profissional ou é dono de um escritório de contabilidade:

Leia mais

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO 1 BUSINESS GAME UGB Eduardo de Oliveira Ormond Especialista em Gestão Empresarial Flávio Pires Especialista em Gerencia Avançada de Projetos Luís Cláudio Duarte Especialista em Estratégias de Gestão Marcelo

Leia mais

APRESENTAÇÃO MISSÃO VISÃO

APRESENTAÇÃO MISSÃO VISÃO 1 2 INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO A BR House gera resultado de forma integrada e eficiente. Presente em Brasília, Goiânia, Cuiabá e Campo Grande com um forte time de corretores atuando pela empresa. Especialistas

Leia mais

Administração. Curso de Graduação Bacharelado em

Administração. Curso de Graduação Bacharelado em Curso de Graduação Bacharelado em Administração O curso de Administração está enquadrado como uma ciência social aplicada. Estuda-se em profundidade técnicas e instrumentos analíticos, além de simulações

Leia mais

Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico. Manuel Matos

Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico. Manuel Matos Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico Manuel Matos Camara-e.net Pressupostos Visão A Economia Digital será a base do desenvolvimento sustentável e a principal fonte de geração de riqueza das nações

Leia mais

ROBERTT. KIYOSAKI SHARON L. LECHTER

ROBERTT. KIYOSAKI SHARON L. LECHTER RESUMO DO LIVRO PAI RICO, PAI POBRE ROBERTT. KIYOSAKI SHARON L. LECHTER Conta a história de Robert Kiyosaki e seu amigo Mike. Robert era filho de um professor universitário, que tem o privilégio de ter

Leia mais

A sua empresa em contato com o mundo. Ferramenta de envio de SMS

A sua empresa em contato com o mundo. Ferramenta de envio de SMS A sua empresa em contato com o mundo Ferramenta de envio de SMS A Talktelecom Líder na América Latina em telefonia computadorizada Compete no mercado desde 1992 com soluções em telecomunicações Em plena

Leia mais

Segunda-feira, 22 de abril de 2013

Segunda-feira, 22 de abril de 2013 Segunda-feira, 22 de abril de 2013 22/04/2013 07h00 - Atualizado em 22/04/2013 07h00 Empresários dão dicas de como empreender após a aposentadoria Professora aposentada montou empresa de reforma de calçadas.

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL. 02/01/2013 rev. 00

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL. 02/01/2013 rev. 00 APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL 02/01/2013 rev. 00 PAUTA INSTITUCIONAL Sobre a Harpia OUTRAS INFORMAÇÕES Clientes Parceiros SERVIÇOS Responsabilidade Social Consultoria & Gestão Empresarial Planejamento Estratégico

Leia mais

Conflito de Interesses - Relacionamento pessoal com outros associados. Conflito de Interesses - Relacionamento pessoal com fornecedores

Conflito de Interesses - Relacionamento pessoal com outros associados. Conflito de Interesses - Relacionamento pessoal com fornecedores Conflito de Interesses Geral Conflito de Interesses - Investimentos Financeiros Conflito de Interesses - Brindes e Gratificações Conflito de Interesses - Emprego paralelo ao Walmart Conflito de Interesses

Leia mais

José Carlos de Oliveira Lima recebe homenagem especial da Fundação Vanzolini por sua atuação em prol da construção sustentável

José Carlos de Oliveira Lima recebe homenagem especial da Fundação Vanzolini por sua atuação em prol da construção sustentável José Carlos de Oliveira Lima recebe homenagem especial da Fundação Vanzolini por sua atuação em prol da construção sustentável Placa de reconhecimento foi entregue ao engenheiro durante a Conferência Aqua,

Leia mais

coleção Conversas #26 Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #26 Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. Saí da prisão volto coleção Conversas #26 - setembro 2015 - e estou ou não desempregado, para o crime? Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS, da

Leia mais

Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO

Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO Apresentação Previsão de Início Julho/2013 Inscrições em Breve - Turma 01 - Campus Stiep O curso de Comunicação Organizacional

Leia mais

AUTORAS ROSANGELA SOUZA

AUTORAS ROSANGELA SOUZA AUTORAS ROSANGELA SOUZA Especialista em Gestão Empresarial com MBA pela FGV e Professora de Estratégia na Pós-Graduação da FGV. Desenvolveu projetos acadêmicos sobre segmento de idiomas, planejamento estratégico

Leia mais

Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor

Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor Sólidos conteúdos com alegria - essas são algumas características das palestras de Marcelo de Elias. A maioria absoluta das avaliações obtêm excelentes resultados,

Leia mais

6 de novembro de 2006 - Blumenau - SC

6 de novembro de 2006 - Blumenau - SC 6 6 de novembro de 2006 - Blumenau - SC Promoção Apoio Apresentação Com a criação do Dia Municipal do Empreendedor, e também encaminhado no âmbito estadual e nacional, a ACIB Jovem consolida um esforço

Leia mais

Reinventando a gestão de vendas

Reinventando a gestão de vendas Reinventando a gestão de vendas Um bom vendedor é mais importante para a empresa do que o produto. Vender não é mais persuasão, mas compreensão. Esta é a proposta de Neil Rackham, expressa durante o Fórum

Leia mais

AGENDA. Gestão Estratégia de Pessoas: A importância da gestão de pessoas nas organizações Tatiane Tiemi Shirazawa. GPTW Quem somos?

AGENDA. Gestão Estratégia de Pessoas: A importância da gestão de pessoas nas organizações Tatiane Tiemi Shirazawa. GPTW Quem somos? Gestão Estratégia de Pessoas: A importância da gestão de pessoas nas organizações Tatiane Tiemi Shirazawa 1 AGENDA 1 GPTW Quem somos? 2 Benefícios para o negócio 3 O que é uma empresa GPTW? 4 Sobre as

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS CASTELO BRANCO CONSULTORIA E ASSESSORIA CONTÁBIL LTDA

PLANO DE NEGÓCIOS CASTELO BRANCO CONSULTORIA E ASSESSORIA CONTÁBIL LTDA Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins PLANO DE NEGÓCIOS CASTELO BRANCO CONSULTORIA E ASSESSORIA CONTÁBIL LTDA Belo Horizonte 2011 Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins PLANO DE NEGÓCIOS

Leia mais

www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes

www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes Sólidos conteúdos com alegria - essas são algumas características das palestras de Marcelo de Elias. Outra característica marcante: Cada palestra é um projeto

Leia mais

O ABC da gestão do desempenho

O ABC da gestão do desempenho Por Peter Barth O ABC da gestão do desempenho Uma ferramenta útil e prática para aprimorar o desempenho de pessoas e organizações 32 T&D INTELIGÊNCIA CORPORATIVA ED. 170 / 2011 Peter Barth é psicólogo

Leia mais

É A QUALIDADE DA EQUIPE DE LIDERANÇA QUE FAZ A DIFERENÇA

É A QUALIDADE DA EQUIPE DE LIDERANÇA QUE FAZ A DIFERENÇA É A QUALIDADE DA EQUIPE DE LIDERANÇA QUE FAZ A DIFERENÇA Maria Beatriz de Carvalho Melo Lobo Instituições universitárias, todas elas, são empresas, com missões distintas e oriundas da concessão de um serviço

Leia mais

Pai Rico, Pai Pobre. Faculdade São Judas Tadeu Curso: Administração de Empresas Teoria Geral da Administração II

Pai Rico, Pai Pobre. Faculdade São Judas Tadeu Curso: Administração de Empresas Teoria Geral da Administração II Faculdade São Judas Tadeu Curso: Administração de Empresas Teoria Geral da Administração II Pai Rico, Pai Pobre Conta a história de Robert Kiyosaki e seu amigo Mike. Robert era filho de um professor universitário,

Leia mais

POLÍTICA EMRPESARIAL DA INT.4

POLÍTICA EMRPESARIAL DA INT.4 POLÍTICA EMRPESARIAL DA INT.4 INTRODUÇÃO Desde que foi fundada em 2001, a ética, a transparência nos processos, a honestidade a imparcialidade e o respeito às pessoas são itens adotados pela interação

Leia mais

Estratégias para aumentar a rentabilidade. Indicadores importantes. Controle a produção. Reduza filas. Trabalhe com promoções.

Estratégias para aumentar a rentabilidade. Indicadores importantes. Controle a produção. Reduza filas. Trabalhe com promoções. Uma publicação: Estratégias para aumentar a rentabilidade 04 Indicadores importantes 06 Controle a produção 08 Reduza filas 09 Trabalhe com promoções 10 Conclusões 11 Introdução Dinheiro em caixa. Em qualquer

Leia mais

3. Os erros têm sido cometidos exatamente onde há maior dificuldade...

3. Os erros têm sido cometidos exatamente onde há maior dificuldade... Entrevista com PEDRO MANDELLI Consultor na área de mudança organizacional, Pedro Mandelli é um dos maiores especialistas em desenho e condução de processos de mudança em organizações. É professor da Fundação

Leia mais

você é o que você COMPARTILHA! jornalista Carlos Eduardo Xavier

você é o que você COMPARTILHA! jornalista Carlos Eduardo Xavier você é o que você COMPARTILHA! jornalista Carlos Eduardo Xavier você é o que você COMPARTILHA! x x x x x histórico das redes sociais características dos usuários as mídias sociais mais usadas configurações

Leia mais

Empresas no Desenvolvimento do Mercado Nacional PROF. LÍVIO GIOSA

Empresas no Desenvolvimento do Mercado Nacional PROF. LÍVIO GIOSA O papel das Micro e Pequenas Empresas no Desenvolvimento do Mercado Nacional PROF. LÍVIO GIOSA PROF. LÍVIO GIOSA Especialista em modelos de Gestão Empresarial Presidente do CENAM: Centro Nacional de Modernização

Leia mais

Prof. Cláudio Conceitos e-commerce PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

Prof. Cláudio Conceitos e-commerce PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Cláudio Conceitos e-commerce PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Intranet e Extranet Rede privada baseada na mesma tecnologia utilizada na internet, sendo sua única diferença o objetivo por trás

Leia mais

OBJETIVO: Dar a reflexão aos participantes sobre as políticas de otimização de custos na agência em tempos de recessão.

OBJETIVO: Dar a reflexão aos participantes sobre as políticas de otimização de custos na agência em tempos de recessão. 5. Gestão Econômica e Finanças 5.1 Otimização de custos em agências de viagens INSTRUTOR(A): Carlos Silvério CARGA HORÁRIA: 4 Horas Agentes de viagens em geral. Dar a reflexão aos participantes sobre as

Leia mais

Módulo IV. Delegação e Liderança

Módulo IV. Delegação e Liderança Módulo IV Delegação e Liderança "As pessoas perguntam qual é a diferença entre um líder e um chefe. O líder trabalha a descoberto, o chefe trabalha encapotado. O líder lidera, o chefe guia. Franklin Roosevelt

Leia mais

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching,

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, 5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, Consultoria, Terapias Holísticas e Para Encher Seus Cursos e Workshops. Parte 01 Como Se Posicionar e Escolher os Clientes dos Seus Sonhos 1 Cinco Etapas Para

Leia mais

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice 2 Índice Introdução... 3 Passo 1 Entender o que é Venda Online e E-commerce... 4 Passo 2 Entender o Mercado de Comércio Eletrônico... 5 Passo 3 Canais de Venda... 6 Passo 4 Como identificar uma Boa Plataforma

Leia mais

O valor da educação Um aprendizado para a vida. Relatório do Brasil

O valor da educação Um aprendizado para a vida. Relatório do Brasil O valor da educação Um aprendizado para a vida Relatório do Brasil A pesquisa O valor da educação é uma pesquisa do consumidor independente sobre tendências globais de educação realizada para o HSBC. O

Leia mais

Como contratar de forma eficaz

Como contratar de forma eficaz Como contratar de forma eficaz Todos nós, de uma forma ou de outra, somos imperfeitos. Mesmo assim, procuramos contratar as pessoas perfeitas. A Robert Half fornece profissionais altamente qualificados

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO 11/2010

BOLETIM INFORMATIVO 11/2010 Sindicato das Secretárias e Secretários do Estado do Rio Grande do Sul SISERGS Unindo você a todos os Secretários do RS! SISERGS BOLETIM INFORMATIVO 11/2010 Dia 06 de novembro ocorreu o penúltimo treinamento

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL (SIG) Conjunto integrado de pessoas, procedimentos, banco de dados e dispositivos que suprem os gerentes e os tomadores

Leia mais

Comércio Eletrônico em Números

Comércio Eletrônico em Números Comércio Eletrônico em Números Evolução do E-commerce no Brasil 23 milhões é um grande número. 78 milhões 23 milhões Enorme potencial de crescimento no Brasil Mas fica pequeno se comprarmos com o número

Leia mais

social media para bares, restaurantes e afins

social media para bares, restaurantes e afins BARTIPS social media para bares, restaurantes e afins O que buscamos? Divulgar seu estabelecimento para milhares de potenciais consumidores. Fazer você ser parte do dia-a-dia de seu cliente Ter suas novidades,

Leia mais

Cliocar Acessórios: A construção de um negócio. A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso.

Cliocar Acessórios: A construção de um negócio. A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso. Cliocar Acessórios: A construção de um negócio A história de um empresário que saiu da estaca zero e construiu uma loja virtual de sucesso. 2 Conteúdo Resumo executivo... 2 Conhecendo o mercado... 2 Loja

Leia mais

POR QUE OFERECER UM ATENDIMENTO MULTICANAL?

POR QUE OFERECER UM ATENDIMENTO MULTICANAL? POR QUE OFERECER UM ATENDIMENTO MULTICANAL? Por que oferecer um atendimento multicanal? Este livro reúne em uma única fonte dicas para inovar na experiência com clientes, de um jeito simples e prático;

Leia mais

Gestão de Pessoas. Formação, desenvolvimento e qualificação de profissionais na PricewaterhouseCoopers* *connectedthinking

Gestão de Pessoas. Formação, desenvolvimento e qualificação de profissionais na PricewaterhouseCoopers* *connectedthinking Gestão de Pessoas Formação, desenvolvimento e qualificação de profissionais na * *connectedthinking Gestão de Pessoas Quem somos e o que fazemos Slide 2 Gestão de Pessoas Presença no Mundo Mais de 140.000

Leia mais

10 anos do LACNIC: Internet e os valores por Raúl Echeberría

10 anos do LACNIC: Internet e os valores por Raúl Echeberría 10 anos do LACNIC: Internet e os valores por Raúl Echeberría Prezados senhores e senhoras: Bom dia. Obrigado a todos por estarem aqui neste dia especial. Vou dividir o discurso em três partes: - Na primeira

Leia mais

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com. AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.br COM O SEBRAE, O SEU NEGÓCIO VAI! O Sebrae Goiás preparou diversas

Leia mais