Dicas e recomendações para empresas do Brasil sobre como participar de Feiras nos EUA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Dicas e recomendações para empresas do Brasil sobre como participar de Feiras nos EUA"

Transcrição

1 DUVEKOT.COM Planejamento de vendas nos EUA tel: (954) fax: (801) Dicas e recomendações para empresas do Brasil sobre como participar de Feiras nos EUA René Christiaan Duvekot Maio de 2003 Guia do Expositor Copyright René Christiaan Duvekot

2 Página 2 de 18 A. Introdução... 3 A.1. Promoção eficaz...3 A.2. Importante: a qualidade de sua participação...3 A.3. Como escolher as Feiras certas...3 A.4. O grande desafio...3 B. A importância do planejamento... 4 B.1. Conhecer a Feira e o perfil do público...4 B.2. Decidir o que mostrar na Feira...4 B.3. Stand...4 C. Pessoal... 5 C.1. Seleção: quem deve ir?...5 C.2. É possível contratar pessoal nos EUA?...5 C.3. Quantos devem ir?...5 D. Preparação para a viagem... 6 E. Treinamento do pessoal que estará na Feira... 7 E.1. Regras de atendimento...7 E.2. Os tipos de visitantes...7 E.3. Defina e pratique seu Ciclo de Atendimento...8 F. Visitantes... 9 F.1. Obtenha a relação de visitantes à Feira...9 F.2. Envio de Convites...9 F.3. Publicidade...9 F.4. Visitantes do Brasil...9 G. Materiais necessários G.1. Nota sobre o idioma inglês...10 G.2. Amostras de produtos...10 G.3. Documentação sobre seus produtos (Catálogos e Folhetos)...10 G.4. Listas de preços...10 G.5. Documentação sobre a empresa seu Corporate Profile...11 G.6. Cartões de Visita...11 G.7. Materiais para o stand...11 G.8. Brindes...11 G.9. Crachás...11 G.10. Envio aos EUA de amostras e material promocional...11 H. Administração financeira H.1. Estimativa de custo...12 H.2. Acompanhamento de despesas...12 I. Atividades durante a Feira I.1. Tempo para contatos promissores...13 I.2. Administração do stand...13 J. Atividades após a Feira J.1. Atividades no local da Feira...14 J.2. Atividades executadas nos EUA...14 J.3. Atividades executadas no Brasil...14 J.4. Fechamento de negócios...15 K. Cronograma-padrão para planejamento da Feira* L. Ciclo de atendimento L.1. Tarefa 1: dar as boas-vindas aos visitantes (15 a 30 segundos)...17 L.2. Tarefa 2: qualificar o visitante (1 minuto)...17 L.3. Tarefa 3: apresentar sua empresa e seus produtos (2 a 3 minutos)...18 L.4. Tarefa 4: registrar cada visitante qualificado (até 1 minuto)...18

3 Página 3 de 18 A. Introdução A.1. Promoção eficaz Todo ano há mais de "Trade Shows" (Feiras) nos EUA, dirigidas a públicos específicos isso porque a participação em eventos comerciais é uma das maneiras mais eficazes para promover produtos e serviços. E especialmente para quem não tem uma presença constante no país, é um excelente caminho, não só para fazer contatos com clientes como para conhecer melhor sua concorrência. A.2. Importante: a qualidade de sua participação O número de empresas que participam de Feiras nos EUA é muito alto, e há grande disputa pela atenção do comprador visitante: stands são bem planejados, o pessoal é treinado para atender bem, e materiais distribuídos são de boa qualidade. Para a empresa brasileira que quer vender nos EUA, é essencial que sua presença seja de nível equivalente ao de seus concorrentes americanos. Para o expositor, a participação em Feiras é um dos muitos componentes de seu esforço de marketing e que deve apoiar (e ser apoiado por) suas outras atividades promocionais. Acima de tudo, é importante dar prosseguimento aos contatos iniciados na Feira é necessário cadastrar cada pessoa que lhe visitou, saber qual o interesse de cada uma, e fazer o acompanhamento depois do evento. A.3. Como escolher as Feiras certas A melhor maneira de escolher a Feira certa é: (a) saber qual o perfil do público-alvo que você quer atingir; (b) identificar todos os eventos do setor; (c) conhecer o perfil do expositor e do visitante de cada uma; e (d) definir quais melhor atingem o público-alvo que lhe interessa. Geralmente cada setor tem duas ou três Feiras chave as mais conhecidas e populares. Mas essas podem não ser as melhores para expor seus produtos, pois para você a Feira certa é aquela que é visitada pelo seu público-alvo, ou seja, compradores para quem você quer vender. Por exemplo, se você têm capacidade limitada de produção, pode ser mais vantajoso expor numa Feira regional cujos visitantes querem comprar em volumes menores. A.4. O grande desafio Para empresas do Brasil, o grande desafio é competir de forma eficaz com os concorrentes americanos e de outros países que lá se apresentam. O objetivo deste documento é lhe dar ferramentas para se apresentar de forma séria e profissional, conquistar novos clientes e fazer novas vendas.

4 Página 4 de 18 B. A importância do planejamento Falta de preparo é a razão mais frequente de fracassos em Feiras quando você visita uma Feira, é fácil identificar quem se preparou e quem não se preparou. Nos EUA, para um comprador americano, também vai ser muito fácil saber se sua empresa se deu ao trabalho de planejar sua presença na Feira. Antes de comprar seu produto, o americano precisa estar convencido de que sua empresa é séria, e isso ele vai avaliar pela maneira como você e sua empresa se apresentam. O ideal é você começar a pensar numa determinada Feira um ano (ou mais) antes de sua realização. Uma boa Feira é como uma peça teatral o evento em si é bem curto, mas o preparo prévio é intenso. B.1. Conhecer a Feira e o perfil do público Se sua empresa tem interesse em participar de uma Feira nos EUA, inicialmente deve ser conhecido qual o tipo de público que visita aquela Feira. Seu pessoal de marketing e vendas deverá fazer o seguinte: Aprender mais sobre o setor nos EUA. Saber quem são os principais concorrentes. Obter relação dos expositores da última Feira (o organizador da Feira geralmente disponibiliza isso no website). Obter dados (demográficos) do público que visitou a última Feira e (se possível) uma estimativa do número de visitantes à Feira este ano. B.2. Decidir o que mostrar na Feira B.3. Stand Com base no mercado americano e na sua linha de produtos, decida o que você quer mostrar nos EUA, quais amostras são necessárias, e que tipo de folheto ou outros materiais serão úteis. Se o grau de conhecimento que sua empresa possui sobre o mercado dos EUA é limitado, faça uma pesquisa sobre o segmento específico em que você quer participar nos EUA. Em vista da complexidade de como planejar e montar o stand, esse tópico é tratado em documento separado.

5 Página 5 de 18 C. Pessoal C.1. Seleção: quem deve ir? A decisão de quem vai representar sua empresa em uma Feira nos EUA é muitas vezes a mais difícil e a mais importante. Essa escolha deve ser feita levando-se em conta os seguintes critérios para cada candidato: Conhecimento da empresa e da linha de produtos (quanto mais, melhor). Habilidade em expor o produto a um desconhecido, em inglês (quanto mais, melhor). Nível de autoridade para tomar decisões (quanto mais, melhor). Auto-suficiência nos EUA, ou seja, não depende de tradutores, secretárias, assistentes, etc. Atitude de que "Feiras" e "férias" são a mesma coisa (quanto menos, melhor). Falar, ler e escrever inglês com fluência (quanto mais, melhor) a não ser que seja o dono da empresa, este vai para fazer negócios e deve ter um intérprete. Pessoas não fluentes em inglês não devem nem entrar na lista dos candidatos. Experiência em viajar e fazer negócios nos EUA (quanto mais, melhor). C.2. É possível contratar pessoal nos EUA? Quanto mais complexo e técnico for seu produto, mais vantajoso será utilizar pessoal da sua empresa. Pode ser preferível enviar um engenheiro da sua empresa com um intérprete, do que enviar alguém fluente em inglês mas que não consegue responder as perguntas técnicas de visitantes. Para empresas que vendem produtos menos complexos e cuja compra não depende de discussões técnicas, pode ser viável contratar pessoal qualificado nos EUA, desde que você proporcione treinamento sobre sua empresa e seus produtos. C.3. Quantos devem ir? Não existe um número "ideal", mas cada empresa deve ter pelo menos 1 ou 2 representantes no stand durante a Feira. Esse número depende dos seguintes fatores: Duração da Feira (dias e horas por dia) Tamanho do stand Complexidade da sua linha de produtos Duração do ciclo de atendimento (explicado abaixo) Quantidade de amostras ou produtos em sua linha Quantidade de visitantes que a Feira atrai Quantidade de pessoas especialmente convidadas por sua empresa Qualidade da localização e da apresentação do stand Número de outras empresas que compartilham seu stand (se for o caso)

6 Página 6 de 18 D. Preparação para a viagem Indumentária: cada representante deve ter um número suficiente de ternos, camisas de manga comprida e gravatas, ou vestidos, tailleurs e acessórios neutros adequados ao local e época da Feira. O inverno nos EUA é muito mais frio do que no Brasil, e portanto pode ser necessário um sobretudo de lã, luvas, sapatos impermeáveis (para quando neva ou chove) e/ou outros itens. Dar especial atenção ao conforto dos sapatos, pois por muitas horas o pessoal deverá estar em pé ou andando. Transporte aéreo: faça suas reservas com a devida antecipação, e planeje a viagem de tal forma a ter uma certa margem de segurança não chegue a um local em cima da hora. Para viagens dentro dos EUA, seu pessoal tem que saber como mudar de vôo se for preciso alterar a programação. Transporte terrestre: decida de antemão como seu pessoal vai se locomover do aeroporto ao hotel e do hotel ao local do evento. Em algumas cidades é melhor usar taxis, e em outras é mais prático e econômico alugar um automóvel. Hospedagem: geralmente é melhor ficar num hotel próximo ao evento, de preferência um de onde se pode ir a pé até o evento. Se a Feira é em local que faz parte de um hotel, esse é sem dúvida o mais fácil, mas pode não ser o mais econômico, especialmente se a reserva não for feita com grande antecedência. Comunicação: saiba como seu pessoal poderá se comunicar da Feira com a empresa no Brasil, e como eles podem ser encontrados por telefone, fax e/ou . Documentação pessoal: certifique-se de que cada representante tem passaporte, visto para entrar nos EUA e outros documentos necessários. Geralmente o melhor é ter uma cópia de cada um desses documentos guardada em local separado ajuda muito em caso de extravio de documentos. Dinheiro: cada pessoa deve saber quais despesas deve pagar (com cartão internacional ou em espécie), e quais despesas são pagas diretamente pela empresa. Emergências: cada pessoa deve saber como agir em caso de necessidade de serviços de emergência. Recomendamos que cada pessoa do Brasil que venha aos EUA obtenha um seguro saúde internacional válido durante a viagem.

7 Página 7 de 18 E. Treinamento do pessoal que estará na Feira Numa Feira você tem apenas alguns segundos para atrair o visitante, e alguns minutos para convencê-lo a olhar para seus produtos e querer conhecer sua empresa. Na maioria dos casos, perder essa pequena oportunidade é perder aquele potencial cliente para sempre. ATENDIMENTO é a palavra-chave. Muito do treinamento do pessoal é justamente sobre como melhor atender as pessoas que visitam seu stand. E.1. Regras de atendimento Fique disponível tenha boa postura em pé, seja amigável e fique próximo dos corredores de maior tráfego. Não fique conversando papo furado com outras pessoas do seu stand nem com as pessoas dos stand vizinhos. Seja gentil sorria e olhe diretamente nos olhos do visitante; fique atento a ele. Não ofenda nada de fumar, comer ou beber no stand. Dê uma impressão positiva vista-se bem. Coloque o crachá à direita, pois é o lado do corpo que vai para a frente ao cumprimentar as pessoas, é mais fácil ver e ler. Não fique de mãos no bolso ou com olhar distante. Seja pró-ativo tome a iniciativa de conversar com o visitante, descobrir o que ele ou ela necessita. A qualidade de seu stand inclui você! Saiba falar sobre o Brasil muitos visitantes conhecem pouco sobre o Brasil; esteja pronto para responder perguntas básicas sobre o país, sempre de forma positiva. Lembre-se que enquanto você estiver na cidade onde se realiza a Feira, é possível que um visitante venha conversar com você fora da Feira num restaurante, num hotel, ou até num aeroporto. Você é a imagem da sua empresa onde quer que você esteja e você deve estar pronto para falar de sua empresa e de seus produtos. E.2. Os tipos de visitantes Os visitantes que param para ver seu stand podem ser visitantes ativos (interessados em seu stand), curiosos (não sabem o que você vende), ou passivos (nem sabem bem porque pararam no seu stand). Com o tempo você pode identificar com mais facilidade cada visitante, e criar sua abordagem para cada tipo. Aqui vão algumas dicas: Visitante ativo: esteja disponível, apresente-se e responda com interesse e sempre faça uma pergunta após sua resposta. Alguns exemplos: (a) Estou percebendo que o senhor está interessado em nossos produtos. Posso ajudá-lo melhor se souber mais detalhes sobre seu interesse (b) O preço varia dependendo do modelo, opção e quantidade. Se o senhor me explicar melhor sua necessidade posso lhe dar preços mais exatos. Como esse produto será usado e em que quantidade? Visitante curioso: a abordagem aqui é aproveitar este momento de curiosidade para criar um real interesse. Faça uma pergunta simples, como por exemplo: (a) Bem-vindo ao nosso stand; o senhor já conhece nossos produtos? ou (b) O que está achando da Feira e de nosso stand? Visitante passivo: o visitante só deu uma olhadinha para você, e não é apropriado falar de produtos ou convidá-lo a conhecer o stand. Vá muito devagar, tente

8 Página 8 de 18 quebrar o gelo com frases sociais: Tudo bem? Como vai? Bom dia!. Se você conseguir uma conversa, use a mesma abordagem do "Curioso" acima. Você deve sempre se aproximar imediatamente dos visitantes "ativos", pois são os mais prováveis compradores. Quando não há Ativos, então procure os Curiosos, e (por último) se o tráfego estiver devagar, pode quebrar a monotonia e conversar com os Passivos. Todavia, cuidado com essa tática, pois nunca se sabe se o visitante é um possível cliente até que ele seja "qualificado". E.3. Defina e pratique seu Ciclo de Atendimento Cada pessoa de sua equipe deve utilizar o mesmo atendimento, previamente definido pela sua empresa e treinado intensivamente. Esse ciclo de atendimento varia de caso a caso geralmente deve durar entre 3 e 5 minutos e incluir estas quatro tarefas: Dar as boas vindas ao visitante Qualificar o visitante Apresentar a empresa e seus produtos Registrar o visitante Na seção Ciclo de Atendimento, há um exemplo mais detalhado dessas tarefas.

9 Página 9 de 18 F. Visitantes Você deve saber quem serão os visitantes a seu stand, e tanto quanto possível, alertálos sobre sua presença na Feira. Abaixo apresentamos algumas dicas. F.1. Obtenha a relação de visitantes à Feira Muitos organizadores fornecem relações dos visitantes registrados aos expositores da Feira. Obtenha essas listas e envie convites por mala direta aos visitantes que lhe interessam, informando-os sobre sua linha de produtos, sua empresa e seu stand na Feira. Se for viável, utilize os endereços de , que permite mala direta a custo mínimo. Às vezes esse trabalho é feito diretamente pelo Organizador da Feira como parte da promoção do evento. F.2. Envio de Convites F.3. Publicidade Convites devem ser recebidos por visitantes no mínimo com 1 mês de antecedência. Todos seus clientes atuais e do passado também devem ser convidados. Os convites podem incluir a promessa de brindes (como incentivo). Clientes importantes podem ser convidados a visitar o stand em horários menos tumultuados, ou em horário prédeterminado. Clientes ou visitantes VIP podem ser motivados com brindes especiais (entregues na Feira) e/ou entradas gratuitas. Fazer anúncios em revistas do setor nos EUA, durante 3 meses antes da Feira, pode ser muito eficaz em atrair visitantes a seu stand. Cópias dos anúncios podem ser enviadas junto com os convites aos clientes-alvo, e/ou podem ser distribuídas na própria Feira. Em Feiras regionais a maioria dos visitantes fica em um ou dois hotéis se isso for o caso, veja se é possível distribuir seus materiais a todos hóspedes do hotel. Geralmente os promotores de Feiras fazem divulgação da Feira e de seus expositores. Procure conhecer quais são estas atividades promocionais, e aproveite este serviço. F.4. Visitantes do Brasil Se você vai receber visitantes (amigos) que só vem conversar, tome o cuidado para que eles só venham ao seu stand em horários mais calmos ou marque encontros para antes ou depois da Feira. Muitas desses visitantes se acomodam em seu stand e não saem mais, atrapalhando o andamento de seus negócios. Seja firme seu stand deve sempre estar disponível aos interessados em seus produtos.

10 Página 10 de 18 G. Materiais necessários G.1. Nota sobre o idioma inglês Embora óbvio, é sempre bom lembrar que todo e qualquer material escrito deve ser feito em inglês comercial correto. Não serve apenas uma tradução literal; deve ser um trabalho realizado por pessoa que conheça bem a cultura americana. É muita falta de profissionalismo não utilizar corretamente o idioma do país onde você vai apresentar seus produtos. Além do idioma, é importante também utilizar as unidades de medida e os padrões utilizados nos Estados Unidos. G.2. Amostras de produtos Decida com antecedência quais os produtos que vão ser expostos e quais só serão mostrados em catálogos. Evite encher seu stand de amostras desnecessárias. Pesquise a maneira mais eficiente e econômica de despachar as amostras, e faça-o em tempo hábil. É melhor pagar armazenagem nos EUA antes da Feira do que não ter os produtos a tempo no stand. G.3. Documentação sobre seus produtos (Catálogos e Folhetos) Folhetos, catálogos e outros materiais impressos devem ser providenciados com a devida antecedência. É possível imprimir materiais nos EUA, mas tenha um bom controle de qualidade. Fotos e textos, arte final e impressão nem sempre saem perfeitamente corretos quando são feitos com urgência. Tanto quanto possível, tente manter o visual do material impresso em harmonia com as cores e design do stand. O visitante precisa saber quem é sua empresa e o que ela faz. Se ele não tiver tempo de parar, pegará um folheto e mais tarde o lerá; por isso, o folheto ou catálogo deve ser bem claro e apresentar bem sua empresa e seus produtos. Às vezes é bom ter dois tipos de catálogos; um mais completo e elegante para os clientes e potenciais compradores, e outro mais simples e genérico. Entregue os catálogos completos somente aos clientes sérios. Todo material escrito da empresa deve ter nome completo da empresa, endereço, telefone, fax, e o website na Internet. E não use a sigla CEP : um americano não sabe o que é isso. Mais uma vez: é muito importante que todo material esteja em inglês comercial perfeito. Não vale a pena economizar neste item. G.4. Listas de preços Uma das primeiras perguntas de todo cliente interessado em saber se a negociação vai ter prosseguimento é: Quanto é? Tenha sempre uma lista atualizada de preços FOB (Brasil ou EUA) em US$. Sua lista de preços deve conter os dados necessários, como (por exemplo) código do produto, nome, descrição ou especificação, peso unitário e preço. Se a política da sua empresa é a de não entregar (durante a Feira) a lista de preços a clientes, então disponibilize pequenos blocos (com o logotipo da empresa e telefone / e- mail) para escrever preços e entregar ao visitante.

11 G.5. Documentação sobre a empresa seu Corporate Profile Página 11 de 18 Visitantes dos EUA não sabem quem é você, quem é sua empresa, e a maioria não sabe nada do Brasil. Tenha um material sobre sua empresa, ainda que simples, tipo "perfil da empresa", e (se for o caso) inclua alguma informação sobre o Brasil, dando ênfase à força industrial do país. G.6. Cartões de Visita Cada pessoa deve ter centenas de cartões de visita, feitos em estilo americano. Escreva seu endereço de tal forma que se um americano copiar o que está no cartão, a correspondência chegue em suas mãos no Brasil ou ao seu representante nos EUA. G.7. Materiais para o stand G.8. Brindes G.9. Crachás O stand precisa de fotos, posters, logotipos, e outros tipos de material visual; são esses itens que vão chamar a atenção dos visitantes. Não inclua artigos visuais que não estejam relacionados com sua empresa, e só inclua itens de excelente qualidade. Como a produção pode ser demorada, providencie-os com a devida antecedência. Evite posters, músicas, danças sobre o Brasil, a não ser que estejam diretamente ligados a o que sua empresa faz. Brindes devem reforçar a mensagem de vendas e devem fazer com que a empresa seja lembrada: o tipo de brinde deve estar ligado aos produtos da empresa, e sempre deve ter o nome da empresa e forma de contato (telefone, fax, , website). Se você vai entregar brindes, tenha dois ou três "níveis" de brindes, deixando os baratos para o público em geral, e os mais caros para visitantes especiais. Canetas, chaveiros, sacolas e camisetas são os tradicionais, e ainda são muito utilizados nos Estados Unidos. Se você quer idéias novas, há centenas de empresas nos EUA e no Brasil que vivem de produzir brindes. NUNCA entregue um brinde não personalizado. Sacolas de plástico ou papel não duram muito, mas podem ser propagandas do seu stand durante a Feira vale a pena se seu objetivo é criar bastante tráfego no stand. Cada pessoa deve ter seu nome legível num crachá da empresa, de preferência de metal ou plástico. Não use crachás de papel nem com o nome escrito à mão. G.10. Envio aos EUA de amostras e material promocional Cada tipo de produto está sujeito a diferentes leis, critérios, formulários, taxas específicas para sair ou entrar em qualquer país. Use despachantes para enviar seus materiais, e faça-o com a devida antecedência. Se você levar amostras em sua bagagem pessoal, declare-as na chegada, ou poderão ser confiscadas.

12 Página 12 de 18 H. Administração financeira H.1. Estimativa de custo Participar em Feiras é um bom investimento, pois o resultado pode ser muito grande. Quanto antes você decidir, mais econômica fica sua participação. Para preparar um orçamento, use estas categorias de custos: Aluguel do espaço, incluindo taxas e impostos. Construção do stand ou (se for stand portátil) compra ou aluguel do stand. Transporte do material do stand, incluindo todo material gráfico, amostras, materiais promocionais, etc. Inclua despesas de ida e volta. Montagem do stand, instalação da parte elétrica, plantas, limpeza, carpetes, etc. Promoções pré e durante a Feira: envio de convites, propaganda, brindes, etc. Recepção de clientes e pessoal VIP, incluindo refeições, hotel, ingressos, etc. Viagens e despesas do pessoal que trabalhará na Feira. Material e amostras enviados a visitantes interessados, após a Feira. Imprevistos adicionar uma margem sobre o total dos itens acima. H.2. Acompanhamento de despesas Discipline seu pessoal para anotar todo e qualquer gasto durante a Feira, e faça uma contabilidade completa após a Feira. Esses dados serão de muita valia para o planejamento de sua participação na próxima Feira.

13 Página 13 de 18 I. Atividades durante a Feira I.1. Tempo para contatos promissores Em sua programação, deixe blocos de tempo disponíveis para agendar encontros com visitantes que se interessaram por seus produtos e que gostariam de conversar mais seriamente fora da Feira. Feiras nos EUA geralmente fecham mais cedo do que as do Brasil, deixando mais tempo para marcar reuniões à noite, com ou sem jantar. Seu tempo no local da Feira é muito escasso (e valioso), portanto seja muito criterioso na hora de atender solicitações de visitantes. I.2. Administração do stand O organizador fornece a cada expositor um documento (bastante extenso) com o regulamento da Feira. Alguém da sua equipe deve ser o responsável por entender bem esse documento e saber o que deverá ser solicitado do organizador e o que deve ser obtido de outras fontes. I.2.a. Segurança de amostras e materiais promocionais Você deve assumir completa responsabilidade pela segurança de suas amostras e materiais promocionais. Coisas somem nos EUA como somem na Europa e somem no Brasil; todo cuidado é pouco. Amostras de valor devem ser guardadas de forma adequada; verifique com o organizador da Feira quais medidas devem ser tomadas. Seja muito previdente e evite correr o risco de ficar sem materiais ou amostras. I.2.b. Limpeza Seu pessoal deve se conscientizar de que a aparência do stand é fundamental, e que quanto mais limpo for mantido o local, menos limpeza vai precisar. I.2.c. Comunicação Um grande problema em Feiras é a dificuldade de comunicação. Recados precisam ser anotados e colocados num ponto central (quadro de avisos), para que possam ser devidamente repassados às pessoas certas. Evite recados falados é grande a probabilidade de que sejam esquecidos. I.2.d. Alimentação Devido ao intenso volume de atividades e como o volume de visitantes é imprevisível, nem sempre é possível manter uma programação "normal". Revezamento durante intervalos para fazer um lanche, almoçar ou ir ao banheiro devem ser programados de forma a não paralisar o stand. Pode valer a pena ir ao restaurante ou bar fora da hora normal de almoço, pois podem estar bem mais vazios. Comer no stand deve ser evitado, a não ser que o stand tenha reservado próprio para isso. Em stands menores. é aceitável ter refrigerantes e água em garrafas, mas evite beber abertamente em público.

14 Página 14 de 18 J. Atividades após a Feira Quando uma Feira termina, começa a corrida para arrumar tudo e ir embora. Programe tempo suficiente para executar as tarefas necessárias. Imediatamente após a conclusão da Feira muita gente entra no recinto para desmontar stands e retirar materiais, portanto essa é uma hora para ser muito cauteloso para que suas coisas não sumam. J.1. Atividades no local da Feira J.1.a. Desmontagem do stand Materiais promocionais, amostras, posters, etc. precisam ser retirados do stand e enviados a seu destino. Tenha controle de seus itens e saiba para onde estarão indo. J.1.b. Materiais que ficam nos EUA Muitas vezes é mais prático e econômico que o excesso de materiais e amostras permaneça nos EUA, de onde podem ser enviados mais facilmente aos interessados. Materiais dessa natureza precisam ser identificados e separados para que possam ser despachados corretamente. J.2. Atividades executadas nos EUA Nos dias logo depois da Feira você pode fazer visitas e reuniões com clientes ou potenciais clientes nos EUA, especialmente se for possível marcar reuniões ainda na cidade onde foi a Feira. Lembre-se de marcar isso com antecedência. Da mesma forma, pode ser viável fazer algumas visitas nos EUA para dar continuidade ao processo iniciado na Feira, e possivelmente já fechar negócios. Como dito acima, o sucesso de uma Feira acontece no acompanhamento de possibilidades iniciadas nela. J.3. Atividades executadas no Brasil J.3.a. Follow-up (acompanhamento) dos contatos feitos Um excelente e completo método para registrar cada visitante será inútil se não houver um acompanhamento realizado cuidadosamente. Quanto antes, melhor. Se você prometeu enviar documentação, faça-o imediatamente após o evento, pois o visitante ainda lembra de você. Você deve decidir qual material é mais indicado para seus visitantes. No mínimo envie uma carta e um folheto. Se possível, envie um kit personalizado, contendo exatamente o que é de interesse de cada visitante. Telemarketing: pode ser muito benéfico telefonar para cada visitante e confirmar que ele está realmente interessado. Isso pode economizar muito tempo e dinheiro que seria despendido em contatos não qualificados. J.3.b. Preparação e envio de cotações e amostras Dependendo de sua linha de produtos, é bem possível que você saia da Feira com a missão de preparar e enviar dezenas (ou centenas!) de cotações, com ou sem amostras.

15 Página 15 de 18 Se você não conseguir fazer todas essas cotações em uma ou duas semanas, é necessário enviar uma correspondência indicando quando elas serão enviadas. Não deixe seu cliente no escuro. J.4. Fechamento de negócios Naturalmente será muito vantajoso se você já conseguir fechar negócios durante ou logo após a Feira. Permaneça dois ou três dias para poder participar de reuniões e visitas após a conclusão da Feira. Para assegurar que todas as atividades necessárias estão devidamente planejadas, delegadas e executadas, use o Cronograma-Padrão abaixo como um guia. Cada empresa deve criar seu cronograma, acrescentando e tirando atividades conforme suas próprias necessidades.

16 Página 16 de 18 K. Cronograma-padrão para planejamento da Feira* Quando Sempre 26 a 52 semanas antes da Feira 20 a 25 semanas antes da Feira 15 a 19 semanas antes da Feira 10 a 14 semanas antes da Feira 5 a 9 semanas antes da Feira 2 semanas antes da Feira Tarefas Conhecer as Feiras do seu setor Identificar as que visam seu público-alvo Obter dados sobre as Feiras que interessam Escolher em quais você quer participar Fazer a reserva de espaço na Feira Definir e delegar a preparação do stand Fazer estimativa de custos Receber (do organizador) o guia operacional da Feira, revisá-lo e incluí-lo no planejamento Dividir o planejamento em tarefas, e designar pessoas responsáveis por cada uma delas Fazer publicidade em revistas e jornais do setor Preencher os formulários do Organizador da Feira Iniciar a preparação do pessoal que vai à Feira Preparar amostras Preparar custos do produto Obter material necessário para o stand e promoções Reservar passagens e hotéis Solicitar vistos Preparar materiais promocionais americanizados Preparar cartões de visita americanizados Decidir preços e imprimir sua lista de preços Veicular página em revistas especializadas Encomendar brindes promocionais Obter a relação de visitantes registrados para a Feira Solicitar crachás, convites e ingressos ao Organizador Checar lista de material e providenciar o que falta Preparar o formulário de registro de visitante e imprimi-lo em blocos Enviar amostras aos Estados Unidos Enviar convites Comprar uniformes (se forem ser utilizados) Fazer treinamento final de quem vai à Feira Enviar mala direta aos visitantes registrados * Estas datas e atividades devem ser ajustadas caso a caso.

17 Página 17 de 18 L. Ciclo de atendimento É importante que sua empresa tenha um ciclo de atendimento bem definido e devidamente documentado, para que todas pessoas de sua equipe na Feira possam atender visitantes de forma uniforme e padronizada. O ideal é que sua empresa tenha alguns scripts (em inglês) que sua equipe possa utilizar. Todavia, note que muito do atendimento é escutar e entender as necessidades do visitante é importante que seu pessoal evite o pecado (tão comum) de responder antes de entender a pergunta. Abaixo há uma sugestão de como pode ser montado um ciclo de atendimento o processo de atender um visitante. Este ciclo está dividido em 4 tarefas, e pode ser adaptado conforme a forma de vendas de seus produtos e serviços. L.1. Tarefa 1: dar as boas-vindas aos visitantes (15 a 30 segundos) A partir do primeiro momento, controle a qualidade de atendimento que o visitante vai ter. Puxe conversa, não espere por ele. Atenção para a comunicação não-verbal, preste atenção aos gestos do visitante, perceba logo se ele estiver impaciente ou cansado. Oriente-se pelo comportamento do visitante. Aja naturalmente e sem preocupação. Sempre entregue seu cartão de visita. Apesar de parecer muito óbvio, quantas vezes já ouvimos a frase: Ah! Desculpe-me, estou sem meu cartão de visita porque.... É sempre constrangedor para ambos e pouco profissional, além de poder impedir a continuidade de um contato. L.2. Tarefa 2: qualificar o visitante (1 minuto) O primeiro passo após receber bem o visitante é descobrir quem ele ou ela é. O crachá na maioria das vezes ajuda, mas não indica a função da pessoa. Uma boa pergunta é: E o que o senhor (ou a senhora) faz para (tal e tal) companhia? Sua meta é descobrir: Quem é a pessoa com que você está conversando (nome e função), Qual é o papel dessa pessoa na decisão de compra, e Qual a necessidade da empresa que produtos eles precisam, quando, e em que quantidade. Atenção: se o visitante não usar crachá, pode ser um concorrente. Primeiro descubra quem ele é, para depois investir tempo nele. Após saber quem é seu visitante, é necessário descobrir do que ele precisa, mas como o visitante pode ir embora a qualquer momento, você tem pouco tempo para obter essas respostas. Saiba dar prioridade às perguntas chave; o visitante também vai gostar, pois você não o fará perder tempo. Tenha sempre à mão um bloco ou talão de pedidos, para anotar as respostas principais do visitante.

18 Página 18 de 18 L.3. Tarefa 3: apresentar sua empresa e seus produtos (2 a 3 minutos) Depois que o visitante está interessado e você sabe o que ele quer, é a hora de mostrar como seus produtos podem ser úteis a ele. Nunca fale mais de dois minutos sem perguntar se ele está entendendo ou se ele tem alguma dúvida. Aqui apresentamos algumas dicas: Dê enfoque ao pontos-chave de seus produtos - não perca tempo com detalhes. Não recite estatísticas nem números demais. Mencione mas não enfatize que seu produto é feito no Brasil o visitante quer seu produto, não uma aula de geografia. Se o visitante perguntar, esteja preparado para falar sobre o Brasil. Seja breve entre nos benefícios e soluções rapidamente. Sempre peça feedback incentive o visitante a fazer perguntas Ao fazer perguntas ao visitante, ouça atentamente as respostas. Feiras são barulhentas, é preciso concentração para absorver o que o visitante diz. Finalize a conversa chegue ao final sem rodeios, e faça a venda ou defina exatamente qual o próximo passo nos contatos. L.4. Tarefa 4: registrar cada visitante qualificado (até 1 minuto) Uma meta principal sua é montar seu cadastro de visitantes para contatos posteriores. Tenha sempre à mão um formulário curto e objetivo, que será parte do processo de qualificação do visitante, e que lhe permita anotar (com facilidade) o próximo passo a ser dado (enviar catálogo, lista de preços, telefonar, fazer cotação, etc.). Chame a atenção para seu bloco de registros e com delicadeza pergunte: Você se incomoda se eu fizer algumas anotações? Não quero correr o risco de esquecer algo importante. Muitas empresas levam um computador e fazem eletronicamente este cadastro. Em horários de pico, talvez seja mais fácil anotar manualmente e depois colocar os dados no PC. Cuidado para que os funcionários no stand, todos com um bloco na mão ou um clipboard, não pareçam tiradores de pedidos e causem desconforto aos visitantes. Deixe o bloco no bolso ou em lugar de fácil acesso no stand.

DICAS DE COMO PARTICIPAR DE FEIRAS

DICAS DE COMO PARTICIPAR DE FEIRAS DICAS DE COMO PARTICIPAR DE FEIRAS VITÓRIA 2004 Dicas de como participar de feiras Introdução As feiras são eventos ricos em oportunidades de negócios. São ambientes privilegiados para o incremento das

Leia mais

Como conversar com possíveis iniciadas

Como conversar com possíveis iniciadas Como conversar com possíveis iniciadas Convidar outras mulheres a tornarem-se consultoras é uma atividade chave para quem quer tornar-se diretora. Aprenda como fazer a entrevista de iniciação, ou seja:

Leia mais

Últimas noticias sobre o Rally de Washington 2011

Últimas noticias sobre o Rally de Washington 2011 Últimas noticias sobre o Rally de Washington 2011 Faça uma cópia colorida do seu passaporte e do seu visto americano. Quando chegar ao hotel, deixe seus valores, passaporte e documentos no cofre do quarto

Leia mais

Conceitos e técnicas. Devem ser contempladas algumas atividades típicas de vendas:

Conceitos e técnicas. Devem ser contempladas algumas atividades típicas de vendas: Administração da equipe de vendas (Neste texto de apoio: Conceitos e técnicas e Plano de ação de vendas) Conceitos e técnicas A correta administração da equipe de vendas é fundamental para o bom desempenho

Leia mais

VIAJE LEGAL. www.viajelegal.turismo.gov.br

VIAJE LEGAL. www.viajelegal.turismo.gov.br Aqui você encontra dicas para viajar sem problemas. Afinal, uma viagem legal é aquela que traz boas recordações. Palavra do Ministro Prezado leitor, O turismo é uma atividade que envolve expectativas e

Leia mais

10 ERROS TÍPICOS DAS EMPRESAS QUE PARTICIPAM EM FEIRAS DE NEGÓCIOS E O Que Precisa Fazer Para Os Evitar

10 ERROS TÍPICOS DAS EMPRESAS QUE PARTICIPAM EM FEIRAS DE NEGÓCIOS E O Que Precisa Fazer Para Os Evitar 10 ERROS TÍPICOS DAS EMPRESAS QUE PARTICIPAM EM FEIRAS DE NEGÓCIOS Será que a sua empresa comete um destes 10 erros? Com a necessidade de encontrar mercados, especialmente no exterior, cada vez mais empresas

Leia mais

Odinheiro nos ajuda a comprar as coisas que

Odinheiro nos ajuda a comprar as coisas que Economize um pouco, gaste um pouco, doe um pouco Esta é a maneira bandeirante! Administração do dinheiro Odinheiro nos ajuda a comprar as coisas que precisamos, como comida e roupa. E o dinheiro nos ajuda

Leia mais

Receita infalível para uma boa viagem

Receita infalível para uma boa viagem Receita infalível para uma boa viagem Para que a tão sonhada viagem de férias não se transforme em um pesadelo, alguns cuidados básicos devem ser tomados. Pensando no seu conforto e na sua segurança nesse

Leia mais

É a oportunidade de promoção da marca da empresa ou do produto junto aos especialistas durante um longo período.

É a oportunidade de promoção da marca da empresa ou do produto junto aos especialistas durante um longo período. ESPAÇOS PUBLIICIITÁRIIOS DO EVENTO 1.. SIIMPÓSIIO SATÉLIITE A empresa poderá organizar um simpósio no auditório principal, veiculando sua logomarca em banners e faixas, distribuindo brindes, resumo das

Leia mais

manual liga elo7 2.0 ORIENTAÇÕES E RECOMENDAÇÕES PARA PLANEJAMENTO DE EVENTOS

manual liga elo7 2.0 ORIENTAÇÕES E RECOMENDAÇÕES PARA PLANEJAMENTO DE EVENTOS ORIENTAÇÕES E RECOMENDAÇÕES PARA PLANEJAMENTO DE EVENTOS Olá Elosetter, Então você está com vontade de organizar um evento? O Elo7 incentiva as ações que fortaleçam e integram a comunidade artesanal e

Leia mais

Se você já possui experiências em lançar um produto, por que não se lançar ao mercado de trabalho, ou identificar melhores oportunidades?

Se você já possui experiências em lançar um produto, por que não se lançar ao mercado de trabalho, ou identificar melhores oportunidades? Se você já possui experiências em lançar um produto, por que não se lançar ao mercado de trabalho, ou identificar melhores oportunidades? Não esqueça que o produto a ser vendido é você. Definição do Produto:

Leia mais

Política de Viagens e Procedimentos

Política de Viagens e Procedimentos Política de Viagens e Procedimentos A Maxgen desenvolveu uma política de viagens e procedimentos para permitir que cada funcionário possa fazer uma contribuição substancial para a rentabilidade do seu

Leia mais

10 Dicas Matadoras para o Viajante Corporativo. Ou como fazer uma viagem de negócios sem stress (e ainda se divertir!)

10 Dicas Matadoras para o Viajante Corporativo. Ou como fazer uma viagem de negócios sem stress (e ainda se divertir!) 10 Dicas Matadoras para o Viajante Corporativo Ou como fazer uma viagem de negócios sem stress (e ainda se divertir!) Introdução Todos nós adoramos viajar. Praia, fazenda, exterior, shows, etc. É sempre

Leia mais

Checklist para Planejar o seu Casamento

Checklist para Planejar o seu Casamento http://www.havan.com.br/ http://www.bloghavan.com.br/ Checklist para Planejar o seu Casamento Mais de 1 ano antes Escolha a data do casamento e defina o seu orçamento. Se a cerimônia for na igreja, preocupe-se

Leia mais

Onde? São Paulo Feira REVESTIR - Transamérica Expo Center. Quando? 09 a 12 de março de 2010

Onde? São Paulo Feira REVESTIR - Transamérica Expo Center. Quando? 09 a 12 de março de 2010 Onde? São Paulo Feira REVESTIR - Transamérica Expo Center Quando? 09 a 12 de março de 2010 Quem? Foram convidados dois grupos de compradores internacionais, um grupo de jornalistas e um grupo de formadores.

Leia mais

COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE

COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE Por que se importar 3 O melhor representante de atendimento 4 SUMÁRIO Escrevendo um anúncio de vaga de emprego Carta de apresentação

Leia mais

Inglesar.com.br Aprender Inglês Sem Estudar Gramática

Inglesar.com.br Aprender Inglês Sem Estudar Gramática 1 Sumário Introdução...04 O segredo Revelado...04 Outra maneira de estudar Inglês...05 Parte 1...06 Parte 2...07 Parte 3...08 Por que NÃO estudar Gramática...09 Aprender Gramática Aprender Inglês...09

Leia mais

Marketing Boca a Boca Para Fotógrafos 14 DICAS QUE FARÃO SEUS CLIENTES ELOGIAREM E DIVULGAREM SEU TRABALHO E SUA FOTOGRAFIA

Marketing Boca a Boca Para Fotógrafos 14 DICAS QUE FARÃO SEUS CLIENTES ELOGIAREM E DIVULGAREM SEU TRABALHO E SUA FOTOGRAFIA Marketing Boca a Boca Para Fotógrafos 14 DICAS QUE FARÃO SEUS CLIENTES ELOGIAREM E DIVULGAREM SEU TRABALHO E SUA FOTOGRAFIA Conseguir indicações por meio de propaganda boca-a-boca para seu negócio não

Leia mais

De volta ao básico O Beaba do seu negócio Mary Kay Descubra qual a sua paixão para crescer na carreira MK!

De volta ao básico O Beaba do seu negócio Mary Kay Descubra qual a sua paixão para crescer na carreira MK! Treinamento de Consultoras De volta ao básico O Beaba do seu negócio Mary Kay Descubra qual a sua paixão para crescer na carreira MK! Ferramentas de trabalho a serem desenvolvidas para crescer na Entender

Leia mais

Toda estratégia que visa melhorar vendas tem como objetivo final a retenção e fidelização de clientes. Por isso, conhecer em detalhes o público-alvo,

Toda estratégia que visa melhorar vendas tem como objetivo final a retenção e fidelização de clientes. Por isso, conhecer em detalhes o público-alvo, Toda estratégia que visa melhorar vendas tem como objetivo final a retenção e fidelização de clientes. Por isso, conhecer em detalhes o público-alvo, suas necessidades e preferências, é o primeiro passo

Leia mais

Comece o quanto antes! Logo que receber seu kit Mary Kay, experimente todos os produtos, pratique em você mesma. Inclua tudo na sua rotina diária.

Comece o quanto antes! Logo que receber seu kit Mary Kay, experimente todos os produtos, pratique em você mesma. Inclua tudo na sua rotina diária. POR ONDE COMEÇAR??? 1. Comece o quanto antes! Logo que receber seu kit Mary Kay, experimente todos os produtos, pratique em você mesma. Inclua tudo na sua rotina diária. Vai ganhar confiança, aprender

Leia mais

TREINAMENTO BELCORP. Negócios

TREINAMENTO BELCORP. Negócios TREINAMENTO BELCORP Negócios Junho/2015 Esteja aberto para um novo aprendizado. Participe: faça perguntas durante a orientação, esse é o momento para tirar dúvidas. Compartilhe experiências. Sorria e Divirta-se!

Leia mais

A primeira impressão é a que fica

A primeira impressão é a que fica A primeira impressão é a que fica Cartão de Visita Prof. Maikon Malaquias Cartão de Visitas Imprima na gráfica. Ninguém com mais de 13 anos deve usar cartões impressos em casa, a não ser que seja um profissional

Leia mais

Passo a passo do Evento

Passo a passo do Evento Passo a passo do Evento 1 Pré-evento Definição do Público Número de convidados e características específicas e segmentadas O público definirá dimensão Porte e abrangência do evento.. Com participação de

Leia mais

Use bem o seu dinheiro

Use bem o seu dinheiro 1016323-6 - abr/2012 Quer saber mais sobre como usar melhor o seu dinheiro? No site www.itau.com.br/usoconsciente, você encontra vídeos, testes e informações para uma gestão financeira eficiente. Acesse

Leia mais

APRESENTANDO A OPORTUNIDADE DE NEGÓCIOS AMWAY. Guia do participante

APRESENTANDO A OPORTUNIDADE DE NEGÓCIOS AMWAY. Guia do participante APRESENTANDO A OPORTUNIDADE DE NEGÓCIOS AMWAY Guia do participante Esta página foi deixada intencionalmente em branco. Sumário Introdução do curso i Como usar este Manual do participante ii Como o Manual

Leia mais

Como contratar de forma eficaz

Como contratar de forma eficaz Como contratar de forma eficaz Todos nós, de uma forma ou de outra, somos imperfeitos. Mesmo assim, procuramos contratar as pessoas perfeitas. A Robert Half fornece profissionais altamente qualificados

Leia mais

Eventos e Rede Inteligentes

Eventos e Rede Inteligentes IV Conferência Anual Inteligência Competitiva São Paulo - Março 2003 Eventos e Rede Inteligentes Fabiane dos Reis Braga fabiane@duplaconsultoria.com.br Agenda Passado e Presente Oportunidades de Inteligência

Leia mais

O GUIA PARA SEU PLANO DE ESTUDO FLEXÍVEL NÍVEIS INTERMEDIÁRIOS

O GUIA PARA SEU PLANO DE ESTUDO FLEXÍVEL NÍVEIS INTERMEDIÁRIOS O GUIA PARA SEU PLANO DE ESTUDO FLEXÍVEL NÍVEIS INTERMEDIÁRIOS BEM-VINDO Aprender inglês é um desafio, mas descobrir como aprimorá-lo não deve ser a parte mais difícil nesse processo! Anos de pesquisa

Leia mais

VOCÊ SABE O QUE É E-MAIL MARKETING? [[ ][ Aprenda como funciona e quais resultados você pode obter

VOCÊ SABE O QUE É E-MAIL MARKETING? [[ ][ Aprenda como funciona e quais resultados você pode obter VOCÊ SABE O QUE É E-MAIL MARKETING? [[ ][ Aprenda como funciona e quais resultados você pode obter Vivemos a era do conteúdo na Internet. Um e-mail com o conteúdo certo, distribuído às pessoas certas é

Leia mais

Manual de Conduta Escritórios Brasília

Manual de Conduta Escritórios Brasília Manual de Conduta Escritórios Brasília 1 Prezado parceiro, você acaba de ingressar em um novo modelo de gestão de negócios. Seja bem-vindo. 2 Com o único objetivo de aprimorar o seu negócio vamos apresentar

Leia mais

DICA 1. VENDA MAIS ACESSÓRIOS

DICA 1. VENDA MAIS ACESSÓRIOS DICA 1. VENDA MAIS ACESSÓRIOS Uma empresa sem vendas simplesmente não existe, e se você quer ter sucesso com uma loja você deve obrigatoriamente focar nas vendas. Pensando nisso começo este material com

Leia mais

6 Dica c s a p s a p r a a r c a omp mp a r r a pa pa ag a e g n e s n a r é e r a e s a mu m ito t m o a m i a s bar a a r t a a t s a

6 Dica c s a p s a p r a a r c a omp mp a r r a pa pa ag a e g n e s n a r é e r a e s a mu m ito t m o a m i a s bar a a r t a a t s a 6 Dicas para comprar passagens aéreas muito mais baratas Viajar de avião sai mais em conta, já que a viagem fica mais rápida e um pouco mais confortável. Se os preços das passagens aéreas variam muito

Leia mais

EVENTOS DE GRANDE PORTE

EVENTOS DE GRANDE PORTE EVENTOS DE GRANDE PORTE EVENTOS DE GRANDE PORTE Dicas e listas de verificação Dicas e listas de verificação 1. Começando o planejamento: Qual o objetivo do evento? O que se espera que os participantes

Leia mais

Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento

Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento Introdução Planejamento Divulgando sua loja Como fechar as vendas Nota Fiscal

Leia mais

Estande de 20 m² com montagem básica na EXPOJABRO 2015; Anúncio de 1/3 página no Programa Oficial da XX JABRO 2015;

Estande de 20 m² com montagem básica na EXPOJABRO 2015; Anúncio de 1/3 página no Programa Oficial da XX JABRO 2015; PREMIUM - 4 COTAS Estande de 30 m² com montagem básica na EXPOJABRO 2015; Anúncio de 1 página no Programa Oficial da XX JABRO 2015; Inserção de folder (até 05 páginas) e brinde da empresa na pasta da XX

Leia mais

Restaurante Top 5. 10 passos para deixar seus convidados mais felizes sem gastar um centavo a mais

Restaurante Top 5. 10 passos para deixar seus convidados mais felizes sem gastar um centavo a mais Restaurante Top 5 10 passos para deixar seus convidados mais felizes sem gastar um centavo a mais Mensagem do Restaurante Olá, Sabemos que é momento de comemorar. E se não fosse uma data ou momento especial,

Leia mais

revendedores produtivos

revendedores produtivos Como recrutar revendedores produtivos em 13 passos simples! [ O guia rápido e de nitivo do líder de vendas ] www.revenderperfumes.com.br Como recrutar revendedores produtivos em 13 passos simples! [ O

Leia mais

dicas infalíveis para conquistar patrocinadores 6para eventos

dicas infalíveis para conquistar patrocinadores 6para eventos dicas infalíveis para conquistar patrocinadores 6para eventos Introdução Antes de abordar os possíveis patrocinadores Está na hora de apresentar a proposta para o patrocinador 1. Quem é você? 2. Apresentando

Leia mais

para tornar sua viagem mais Barata

para tornar sua viagem mais Barata 8 Passos para tornar sua viagem mais Barata Este E-book foi escrito para você, que gosta de viajar, mas sempre vê o dinheiro como um problema. Bruna Buhatem TERMINAL 00:00 DEPATURE TERMINAL ZONE DESTINATION

Leia mais

A importância de personalizar a sua loja virtual

A importância de personalizar a sua loja virtual A importância de personalizar a sua loja virtual Ter uma loja virtual de sucesso é o sonho de muitos empresários que avançam por esse nicho econômico. Porém, como as lojas virtuais são mais baratas e mais

Leia mais

Proposta de Parceria ABRAVAS - ALVEFAS 2015

Proposta de Parceria ABRAVAS - ALVEFAS 2015 Proposta de Parceria ABRAVAS - ALVEFAS 2015 Associação com destaque nacional e internacional, voltada para a conservação de fauna, bem-estar animal e preservação ambiental, a Associação Brasileira de Veterinários

Leia mais

Inglesar.com.br. asasasadsddsçlf

Inglesar.com.br. asasasadsddsçlf 1 Sumário Introdução...04 Passo 1...04 Passo 2...05 Passo 3...05 É possível Aprender Inglês Rápido?...07 O Sonho da Fórmula Mágica...07 Como Posso Aprender Inglês Rápido?...09 Porque isto Acontece?...11

Leia mais

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR INTRODUÇÃO Você está cansado de falsas promessas uma atrás da outra, dizendo

Leia mais

1 USE SUA RAZÃO E DEIXE AS EMOÇÕES POR ÚLTIMO

1 USE SUA RAZÃO E DEIXE AS EMOÇÕES POR ÚLTIMO BEM VINDO AO GUIA DE 10 PASSOS DE COMO MELHORAR MUITO A SUA VIDA FINANCEIRA! APROVEITE! 1 USE SUA RAZÃO E DEIXE AS EMOÇÕES POR ÚLTIMO Quando se trata do nosso dinheiro, a emoção sempre tende a ser um problema.

Leia mais

SENTIR 3. TEMPO 15-20 minutos TIPO DE TEMPO contínuo

SENTIR 3. TEMPO 15-20 minutos TIPO DE TEMPO contínuo COMO USAR O MATERIAL NAS PÁGINAS A SEGUIR, VOCÊ ENCONTRA UM PASSO A PASSO DE CADA ETAPA DO DESIGN FOR CHANGE, PARA FACILITAR SEU TRABALHO COM AS CRIANÇAS. VOCÊ VERÁ QUE OS 4 VERBOS (SENTIR, IMAGINAR, FAZER

Leia mais

Marketing de Conteúdo para iniciantes CONTENT STRATEGY

Marketing de Conteúdo para iniciantes CONTENT STRATEGY Marketing de Conteúdo para iniciantes CONTENT STRATEGY A Rock Content ajuda você a montar uma estratégia matadora de marketing de conteúdo para sua empresa. Nós possuimos uma rede de escritores altamente

Leia mais

Como escrever um estudo de caso que é um estudo de caso? Um estudo so é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a

Como escrever um estudo de caso que é um estudo de caso? Um estudo so é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a Página 1 1 Como escrever um Estudo de Caso O que é um estudo de caso? Um estudo de caso é um quebra-cabeça que tem de ser resolvido. A primeira coisa a lembre-se de escrever um estudo de caso é que o caso

Leia mais

AGT (Avaliação de Gerenciamento de Tempo)

AGT (Avaliação de Gerenciamento de Tempo) AGT (Avaliação de Gerenciamento de Tempo) Relatório para: Suzanne Example Data concluida: 14 de junho de 2012 11:14:46 2012 PsychTests AIM Inc. Índice analítico Índice analítico 1/9 Índice analítico Índice

Leia mais

A CD BABY APRESENTA: Criando Eventos de Sucesso no Facebook Catorze regras para lotar os seus shows

A CD BABY APRESENTA: Criando Eventos de Sucesso no Facebook Catorze regras para lotar os seus shows A CD BABY APRESENTA: Criando Eventos de Sucesso no Facebook Catorze regras para lotar os seus shows Criando Eventos de Sucesso no Facebook Catorze regras para lotar os seus shows Músicos vêm debatendo

Leia mais

TREINAMENTO TAM VIAGENS

TREINAMENTO TAM VIAGENS TREINAMENTO TAM VIAGENS OBJETIVO DA PESQUISA Avaliar o atendimento das agências de viagens TAM VIAGENS, bem como verificar se os padrões estabelecidos estão sendo seguidos. INSTRUÇÕES DA PESQUISA Alguns

Leia mais

O melhor crédito para você

O melhor crédito para você 1016324-4 - abr/2012 Quer saber mais sobre como usar melhor o seu dinheiro? No site www.itau.com.br/usoconsciente, você encontra vídeos, testes e informações para uma gestão financeira eficiente. Acesse

Leia mais

OBJETIVO VISÃO GERAL SUAS ANOTAÇÕES

OBJETIVO VISÃO GERAL SUAS ANOTAÇÕES OBJETIVO Combinar peças de mala direta criativas, concisas e sistemáticas com telefonemas, como um meio de formular uma estratégia de exploração e qualificação de prospects (clientes potenciais) mais eficaz

Leia mais

ATENDIMENTO A CLIENTES

ATENDIMENTO A CLIENTES Introdução ATENDIMENTO A CLIENTES Nos dias de hoje o mercado é bastante competitivo, e as empresas precisam ser muito criativas para ter a preferência dos clientes. Um dos aspectos mais importantes, principalmente

Leia mais

Dicas e cuidados com as bagagens ao viajar de avião GUIA COMPLETO Ao viajar de avião precisamos ter atenção redobrada com as bagagens, já que extravios e roubos são comuns (já existem vídeos na internet

Leia mais

ENTREVISTA DE EMPREGO. Prof. Hamilton Ferreira de Assis aprimore.capacitacao@hotmail.com www.aprimore.net

ENTREVISTA DE EMPREGO. Prof. Hamilton Ferreira de Assis aprimore.capacitacao@hotmail.com www.aprimore.net ENTREVISTA DE EMPREGO Prof. Hamilton Ferreira de Assis aprimore.capacitacao@hotmail.com www.aprimore.net CNPJ: 13.103.583/0001-28 Rua Tomé de Souza, 418, Sarandi. Candeias-Ba E-mail: aprimore.capacitacao@hotmail.com

Leia mais

PROGRAMA DE MOBILIDADE INTERNACIONAL COMO PARTICIPAR

PROGRAMA DE MOBILIDADE INTERNACIONAL COMO PARTICIPAR COMO PARTICIPAR Um dos aspectos mais importantes da mobilidade internacional é o conhecimento e convivência com outras culturas, sendo uma oportunidade única para sua qualificação através de experiências

Leia mais

Veja 100 dicas para passar em concursos públicos

Veja 100 dicas para passar em concursos públicos Veja 100 dicas para passar em concursos públicos Concurso público é a opção escolhida por milhares de pessoas que estão em busca de segurança e bom salário. Depois de tantas colunas sobre o tema, reuni

Leia mais

Dicas de entrevista de seleção. Professora Sônia Regina Nozabielli Março/2005

Dicas de entrevista de seleção. Professora Sônia Regina Nozabielli Março/2005 Dicas de entrevista de seleção Professora Sônia Regina Nozabielli Março/2005 O que é a entrevista de seleção? É uma etapa do processo seletivo que tem como objetivo levantar maiores informações a respeito

Leia mais

RootsTech Jornada da Descoberta da Família. Guia de Planejamento: Nível 2

RootsTech Jornada da Descoberta da Família. Guia de Planejamento: Nível 2 RootsTech Jornada da Descoberta da Família Guia de Planejamento: Nível 2 Publicado por A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias Salt Lake City, Utah 2014 Intellectual Reserve, Inc. Todos os

Leia mais

Avaliações dos profissionais do Macquarie. Manual de exercícios práticos. Raciocínio verbal, numérico, abstrato, Personalidade.

Avaliações dos profissionais do Macquarie. Manual de exercícios práticos. Raciocínio verbal, numérico, abstrato, Personalidade. Avaliações dos profissionais do Macquarie Manual de exercícios práticos Raciocínio verbal, numérico, abstrato, Personalidade. Por que são usadas avaliações psicométricas Os empregadores estão incorporando

Leia mais

CARDÁPIO MARKETING EDUCACIONAL

CARDÁPIO MARKETING EDUCACIONAL CARDÁPIO MARKETING EDUCACIONAL AÇÕES PROMOCIONAIS DE ABORDAGEM AÇÃO PONTO A PONTO Elaboração de roteiro estratégico para visita. Seleção de bares, pontos comerciais, pontos de ônibus e restaurantes a serem

Leia mais

Manual Prático do Usuário

Manual Prático do Usuário Página 12 Saiba mais Em quanto tempo seu cliente recebe o produto Como é emitida a Nota fiscal e recolhido os impostos Pergunte ao Suporte Todos os pedidos serão enviados em até 24 horas úteis, após a

Leia mais

Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes)

Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes) Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes) 1. Sobre o Microsoft Dynamics CRM - O Microsoft Dynamics CRM permite criar e manter facilmente uma visão clara dos clientes,

Leia mais

PROMOÇÃO DE VENDAS. O problema da Dona Cida resume-se em aumentar as vendas de sua loja e ao mesmo tempo, acabar com alguns estoques indesejáveis.

PROMOÇÃO DE VENDAS. O problema da Dona Cida resume-se em aumentar as vendas de sua loja e ao mesmo tempo, acabar com alguns estoques indesejáveis. 1 PROMOÇÃO DE VENDAS Constituída há pouco mais de dois anos, a loja de confecções da Dona Cida já possuía uma boa clientela, porém ela acreditava que ainda poderia crescer bastante. Assim, tinha na prateleira

Leia mais

BANRIDICAS FINANCEIRAS. A sua cartilha sobre Educação Financeira

BANRIDICAS FINANCEIRAS. A sua cartilha sobre Educação Financeira BANRIDICAS FINANCEIRAS A sua cartilha sobre Educação Financeira Planejando seu orçamento Traçar planos e colocar tudo na ponta do lápis - não é tarefa fácil, mas também não é impossível. O planejamento

Leia mais

7 PASSOS PARA RESERVAR O HOTEL PERFEITO

7 PASSOS PARA RESERVAR O HOTEL PERFEITO Olá! Queremos deixar aqui o nosso MUITO OBRIGADO! Sim, porque se você está com este e-book em mãos é porque se cadastrou na nossa newsletter e para nós o seu interesse no nosso trabalho é a melhor motivação

Leia mais

01 Team Leader representante da ChinaInvest acompanhando grupos de até 20 pessoas Hospedagem em hotéis 5 estrelas, com café da manhã e ótima

01 Team Leader representante da ChinaInvest acompanhando grupos de até 20 pessoas Hospedagem em hotéis 5 estrelas, com café da manhã e ótima 01 Team Leader representante da ChinaInvest acompanhando grupos de até 20 pessoas Hospedagem em hotéis 5 estrelas, com café da manhã e ótima localização Traslados de saída e chegada Assistência Chinainvest

Leia mais

Aprenda a Gerar Renda Utilizando Seus Conhecimentos em Promob e Projetos 3D.ACDEMY.COM.BR COMO GERAR RENDA COM PROJETO VERSÃO 1.0

Aprenda a Gerar Renda Utilizando Seus Conhecimentos em Promob e Projetos 3D.ACDEMY.COM.BR COMO GERAR RENDA COM PROJETO VERSÃO 1.0 Aprenda a Gerar Renda Utilizando Seus Conhecimentos em Promob e Projetos CAIO HENRIQUE TEODORO DOS SANTOS Página 1 Versão 1.0 2013 Esforcei-me ao máximo para transmitir em poucas páginas algumas dicas

Leia mais

COMO FAZER PARTE DE UM GRUPO? COMO CONTRATAR OS SERVIÇOS DA BEIT TUR

COMO FAZER PARTE DE UM GRUPO? COMO CONTRATAR OS SERVIÇOS DA BEIT TUR GUIA DO PASSAGEIRO COMO FAZER PARTE DE UM GRUPO? Para fazer parte de uma caravana, basta preencher a ficha de inscrição e imediatamente faremos contato com você. Em nosso site, você pode procurar a sua

Leia mais

- GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins

- GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins - GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins Planeta Contábil 2008 Todos os Direitos Reservados (www.planetacontabil.com.br) 1/5 Lucros Bons e Lucros Ruins Podemos pensar que lucrar é sempre bom,

Leia mais

POLÍTICA INSTITUCIONAL DE VIAGENS

POLÍTICA INSTITUCIONAL DE VIAGENS POLÍTICA INSTITUCIONAL DE VIAGENS 1 INTRODUÇÃO A ANEC Associação Nacional de Educação Católica do Brasil, através de sua estrutura organizacional e de seus colaboradores, tem avançado muito no cumprimento

Leia mais

Catálogo de Merchandising

Catálogo de Merchandising Catálogo de Merchandising 1 Feira SALA DE IMPRENSA O canal perfeito para sua empresa falar com um público sempre bem informado e formador de opinião, composto por jornalistas dos mais conceituado veículos

Leia mais

1 ENTÃO VOCÊ QUER SER UM EMPREENDEDOR

1 ENTÃO VOCÊ QUER SER UM EMPREENDEDOR 1 ENTÃO VOCÊ QUER SER UM EMPREENDEDOR Antes de me tornar mãe, as pessoas me diziam que os primeiros cinco anos são os mais difíceis para os pais. Aquela pequena criatura depende de você desde o momento

Leia mais

ICANN COMUNIDADE AT-LARGE. Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números POLÍTICA SOBRE VIAGENS DA AT-LARGE

ICANN COMUNIDADE AT-LARGE. Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números POLÍTICA SOBRE VIAGENS DA AT-LARGE ICANN PT AL/2007/SD/4.Rev1 ORIGINAL: inglês DATA: 6 de junho de 2007 STATUS: FINAL Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números Série de documentos 2007 - Propostas para a equipe COMUNIDADE

Leia mais

REVENDEDOR Conheça os benefícios de ser um Revendedor Grupo Positiva

REVENDEDOR Conheça os benefícios de ser um Revendedor Grupo Positiva Conheça os benefícios de ser um Revendedor Grupo Positiva Prezado Revendedor Seja bem-vindo! O Grupo Positiva conta com você para crescer no mercado e se tornar a empresa número 1 no segmento de soluções

Leia mais

COMO VIAJAR BARATO EM 7 SIMPLES PASSOS O Seu guia definitivo para viajar pelo mundo sem gastar uma fortuna.

COMO VIAJAR BARATO EM 7 SIMPLES PASSOS O Seu guia definitivo para viajar pelo mundo sem gastar uma fortuna. COMO VIAJAR BARATO EM 7 SIMPLES PASSOS O Seu guia definitivo para viajar pelo mundo sem gastar uma fortuna. aprendaaviajarbarato.com.br ALINE BALTAZAR 1 Don t let your dreams be dreams... Jack Johnson

Leia mais

PREPARE-SE PARA LUCRAR COM O DIA DOS PAIS EM 4 SEMANAS. 2014 Universo Online S/A. Todos os direitos reservados. www.uolhost.com.br

PREPARE-SE PARA LUCRAR COM O DIA DOS PAIS EM 4 SEMANAS. 2014 Universo Online S/A. Todos os direitos reservados. www.uolhost.com.br PREPARE-SE PARA LUCRAR COM O DIA DOS PAIS EM 4 S Super-heróis, ídolos, amigos, protetores. O segundo domingo de agosto é a data dedicada a eles: os pais. Quem tem uma loja virtual também comemora a ocasião,

Leia mais

CAMPANHA DE MARKETING

CAMPANHA DE MARKETING CAMPANHA DE MARKETING Campanha de Marketing Abrangência da Campanha Anúncios Internet e Marketing Eletrônico Projetos Especiais Merchandising Internet e Marketing Eletrônico Pré Credenciamento on-line

Leia mais

RESERVA DE ESPAÇOS FÍSICOS NO SISTEMA DE BIBLIOTECAS

RESERVA DE ESPAÇOS FÍSICOS NO SISTEMA DE BIBLIOTECAS RESERVA DE ESPAÇOS FÍSICOS NO SISTEMA DE BIBLIOTECAS Em atendimento à solicitação feita ao da UFG (Sibi/ UFG), no dia / /, confirmamos a liberação do (s) espaço (s) físico (s) abaixo relacionado (s) afim

Leia mais

O que trazer: Roupa do ridículo; pijama para o jantar do pijama; roupa preta; gel para cabelo (jantar do cabelo maluco); camisa de esportes (para o

O que trazer: Roupa do ridículo; pijama para o jantar do pijama; roupa preta; gel para cabelo (jantar do cabelo maluco); camisa de esportes (para o O que trazer: Roupa do ridículo; pijama para o jantar do pijama; roupa preta; gel para cabelo (jantar do cabelo maluco); camisa de esportes (para o jantar do esportista); entre outros que achar interessante

Leia mais

MANUAL DE ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS SANKHYA

MANUAL DE ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS SANKHYA MANUAL DE ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS SANKHYA Produção: Marketing Sankhya sankhya@sankhya.com.br 34 3239 0732 MANUAL DE ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS SANKHYA Questões importantes para o processo de desenvolvimento

Leia mais

VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA

VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA 4 E ÚLTIMO MÓDULO: Como Ganhar dinheiro com Mala Direta APRESENTAÇÃO PESSOAL Edileuza

Leia mais

Jovens do mundo todo Conheça outras culturas

Jovens do mundo todo Conheça outras culturas 5 a a 8 a séries Ensino Fundamental Jovens do mundo todo Conheça outras culturas Softwares Necessários: Microsoft Encarta 2000 Internet Explorer 5,0 Microsoft Publisher 2000 Microsoft Word 2000 Áreas:

Leia mais

1 Onde estou e aonde quero chegar

1 Onde estou e aonde quero chegar Seu futuro é agora O Programa RENDA MAIS da Fundação Atlântico tem como objetivo fomentar o conhecimento sobre educação financeira e previdenciária junto aos seus Participantes. No módulo de Educação Financeira

Leia mais

10 Coisas Simples Que Você Pode. Fazer Agora Para Gerar Tráfego e Leads Gratuitamente

10 Coisas Simples Que Você Pode. Fazer Agora Para Gerar Tráfego e Leads Gratuitamente 10 Coisas Simples Que Você Pode Fazer Agora Para Gerar Tráfego e Leads Gratuitamente Geração de tráfego e converter os leads resultantes em vendas é o último desafio para qualquer comerciante ou empreendedor,

Leia mais

MANUAL FEIRA DE PEÇAS E ANTIGUIDADES

MANUAL FEIRA DE PEÇAS E ANTIGUIDADES Águas de Lindóia SP De 21 a 24 de abril de 2016 MANUAL FEIRA DE PEÇAS E ANTIGUIDADES I. ÁREA FÍSICA 1. É o espaço contratado sem qualquer tipo de montagem ou carpete. O expositor receberá a área locada

Leia mais

CARTILHA EDUCAÇÃO FINANCEIRA

CARTILHA EDUCAÇÃO FINANCEIRA CARTILHA EDUCAÇÃO FINANCEIRA ÍNDICE PLANEJANDO SEU ORÇAMENTO Página 2 CRÉDITO Página 12 CRÉDITO RESPONSÁVEL Página 16 A EDUCAÇÃO FINANCEIRA E SEUS FILHOS Página 18 PLANEJANDO SEU ORÇAMENTO O planejamento

Leia mais

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching,

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, 5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, Consultoria, Terapias Holísticas e Para Encher Seus Cursos e Workshops. Parte 01 Como Se Posicionar e Escolher os Clientes dos Seus Sonhos 1 Cinco Etapas Para

Leia mais

SMS Marketing. Manual Clube Turismo JULHO / 2012

SMS Marketing. Manual Clube Turismo JULHO / 2012 JULHO / 2012 Manual Clube Turismo SMS Marketing Mais eficaz do que TV, rádio, panfleto, outdoor ou qualquer mídia criada pelo homem. Nada se compra à praticidade de uma mensagem de celular. Afinal, o celular

Leia mais

Ferramentas de Marketing Feira das Américas ABAV 2011

Ferramentas de Marketing Feira das Américas ABAV 2011 Ferramentas de Marketing Feira das Américas ABAV 2011 Por que Marketing? Maior facilidade de localização do estande; Mais exposição da marca; Mais Visitação no estande; Maior número de Negócios; Maior

Leia mais

MANUAL DE EXPOSIÇÃO E PARTICIPAÇÃO

MANUAL DE EXPOSIÇÃO E PARTICIPAÇÃO MANUAL DE EXPOSIÇÃO E PARTICIPAÇÃO UBERLÂNDIA MG SHOPPING CENTER CONVENTION 24 e 25 de junho de 2015 SUMÁRIO 1. O EVENTO... 03 2. A FEIRA... 04 3. EXPOSITORES... 05 4. MEDIDAS DE SEGURANÇA... 06 5. PROJETO

Leia mais

Coaching, Mentoring e Desenvolvimento Multidisciplinar. Guia básico para começar bem no Linkedin

Coaching, Mentoring e Desenvolvimento Multidisciplinar. Guia básico para começar bem no Linkedin Coaching, Mentoring e Desenvolvimento Multidisciplinar. Guia básico para começar bem no Linkedin Por: Roberto Vazquez Contato: contato@neob.com.br br.linkedin.com/in/rvazquez/ Olá! Primeiramente agradeço

Leia mais

Guia do Visitante. A chegada ao local (e estacionamento)

Guia do Visitante. A chegada ao local (e estacionamento) Guia do Visitante Para quem busca maiores informações sobre a Feira de Artes, Artesanato e Variedades de Belo Horizonte (Feira Hippie) ou vem visitar o espaço pela primeira vez, a equipe Open WebMarkets

Leia mais

CHECK LIST DE CASAMENTO

CHECK LIST DE CASAMENTO 16 A 12 MESES ANTES Defina a data do casamento Defina um orçamento Escolha do local (igreja, templo, cartório, casa de eventos, praia) Defina o estilo de festa (tradicional, moderna, tropical, à beira

Leia mais

MONTANDO UM STAND DE SUCESSO. Estudantes Pela Liberdade

MONTANDO UM STAND DE SUCESSO. Estudantes Pela Liberdade MONTANDO UM STAND DE SUCESSO Estudantes Pela Liberdade Introdução Uma das coisas mais importantes que sua organização fará é divulgação em stand. Frequentemente esta é a primeira impressão que alguém terá

Leia mais

Passaporte válido até a data de retorno. Visto Americano com validade até a data de retorno.

Passaporte válido até a data de retorno. Visto Americano com validade até a data de retorno. INFORMAÇÕES GERAIS PASSAGENS AÉREAS Todas as passagens aéreas já foram emitidas e enviadas para os qualificados, caso não tenha recebido, por favor entre em contato urgente através do email rallyglobal@foreverliving.com.br

Leia mais

Guia de Treinamento 1. Visão Geral da A2BTransfers.com

Guia de Treinamento 1. Visão Geral da A2BTransfers.com Guia de Treinamento 1. Visão Geral da A2BTransfers.com Procurando por um traslado Escolhendo um traslado Preenchendo o formulário de reserva Documentação 2. Informação Útil A2Btransfers informação útil

Leia mais

Ofereça um atendimento de alto nível e surpreenda

Ofereça um atendimento de alto nível e surpreenda Ofereça um atendimento de alto nível e surpreenda Para profissionais do mercado imobiliário por Índice Introdução... 2 Seja o primeiro a responder... 3 Mantenha seu material em ordem... 4 Tenha o necessário

Leia mais

Dicas para seu Cartão de Visita

Dicas para seu Cartão de Visita O Cartão de Visita O cartão de visita é um pequeno cartão contendo os dados de contato de uma pessoa ou corporação. Para muitos, ele é a primeira ferramenta de marketing. Após um contato profissional,

Leia mais