Calendário fiscal 2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Calendário fiscal 2014"

Transcrição

1 Uma compilação das principais obrigações fiscais e parafiscais de periodicidade regular das pessoas coletivas e das pessoas singulares

2 A PwC Os conteúdos aqui apresentados são de natureza geral e meramente informativa, abrangendo apenas as obrigações fiscais e para-fiscais aplicáveis à generalidade das pessoas singulares e coletivas, não se destinando a qualquer entidade ou situação particular, e não substituem aconselhamento profissional adequado ao caso concreto. As datas indicadas são as que resultam da legislação fiscal, podendo existir a necessidade de serem ajustadas em função da interpretação legal das regras de contagem de prazos, pelo que se recomenda sempre a confirmação do termo do prazo junto das entidades perante as quais é devido o cumprimento das obrigações declarativas. Alguns prazos referem-se a obrigações cujo cumprimento não é feito por via de transmissão eletrónica de dados, pelo que será da exclusiva responsabilidade do utilizador assegurar o respetivo cumprimento em dia e hora em que os serviços competentes se encontrem em funcionamento. A PwC envida todos os esforços no sentido de manter o Calendário Fiscal atualizado, no entanto, alguns prazos poderão sofrer alterações, não podendo a PwC garantir que o utilizador as receba em tempo útil. As firmas da PwC colaboram com organizações e pessoas na criação do valor que procuram. A PwC, uma network constituída por firmas independentes entre si, está presente em 157 países e conta com cerca de colaboradores que partilham o objetivo de prestar serviços de qualidade em Auditoria, Consultoria e Fiscalidade. A PwC em Portugal conta com 25 Partners, e cerca de 980 colaboradores permanentes distribuídos pelos escritórios de Lisboa, Porto e Cabo Verde. A PwC Portugal tem ainda uma jointventure com a PwC África para o desenvolvimento da sua atividade em Angola. A fiscalidade é uma das vertentes cruciais numa gestão moderna e eficiente. É por isso que, na PwC, pode encontrar a melhor parceria para uma política ativa de prevenção de riscos e aproveitamento de oportunidades. A área de Fiscalidade da PwC Portugal, em estreita colaboração com mais de consultores fiscais das demais firmas da rede global PwC, visa dotar os clientes da vantagem de uma adequada gestão fiscal. Inforfisco A PwC disponibiliza através da Inforfisco o acesso a informação atualizada em matéria fiscal. A Inforfisco inclui um website de acesso gratuito (www.pwc.pt/inforfisco) e uma base de dados, acessível mediante subscrição. No site Inforfisco, para além de uma atualização diária das novidades fiscais e de um guia fiscal (em português e inglês), estão ainda disponíveis os vários códigos tributários, assim como um arquivo de informação em matéria fiscal. Os conteúdos do website estão também disponíveis através da aplicação para iphone e ipad PT" assim, permanentemente acessíveis, munindo os seus utilizadores de importantes ferramentas para as suas tarefas profissionais. A base de dados é uma referência no domínio da fiscalidade em Portugal, contendo normas de Direito Fiscal, indexadas aos entendimentos da Administração Tributária, doutrina e jurisprudência a considerar na interpretação da lei ou na tomada de uma decisão fiscal. PwC 2

3 Conteúdos Resumo anual 2014 Calendário 2014 Resumo anual 2014 Obrigações Pessoas coletivas Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Obrigações Pessoas singulares Janeiro 2015 PwC 3

4 Resumo anual 2014 Obrigações - Pessoas Coletivas JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ JAN 2015 IVA Envio da declaração mensal e anexos IRS/IRC/Segurança Declaração de rendimentos pagos e de retenções, contribuições sociais e de saúde e quotizações (trabalho dependente) IRS/IRC/Selo Pagamento do IRC e IRS retidos e do Imposto do Selo Segurança Pagamento de contribuições IVA Envio de declaração recapitulativa mensal IVA Envio de declaração recapitulativa trimestral IRS/IRC Comunicação de rendimentos pagos, de retenções e deduções efetuadas, referentes a IVA Comunicação dos elementos das faturas IRS/IRC Declaração de rendimentos pagos ou colocados à disposição de sujeitos passivos não residentes IRS/IRC Comunicação de rendimentos pagos e retenções efetuadas a taxas liberatórias, referentes a IVA Envio da declaração trimestral e anexos IRS/IRC Declaração de rendimentos pagos e de retenções, deduções, contribuições sociais e de saúde e quotizações, referentes a 2013 (exceto trabalho dependente) Mapa de Férias Elaboração e afixação, pelo empregador, do mapa de férias 15 IMI Pagamento do Imposto Municipal sobre Imóveis IRC Envio da declaração modelo 22 relativa a 2013, pagamento do IRC, da Derrama e da Derrama Estadual 31 Planos de ações Comunicação da criação ou aplicação (de valores mobiliários) de planos de opção/subscrição/atribuição/outros, em benefício de colaboradores e/ou Membros de Órgãos Estatutários, com referência a 2013 IES/Declaração Anual Envio da IES/Declaração Anual referente a 2013 e anexos aplicáveis 15 Dossier Fiscal Constituição / entrega do processo de documentação fiscal, referente a Preços de Transferência Organização da documentação relativa à política de preços de transferência, referente a IRC Pagamento especial por conta IRC Pagamento por conta IRC Pagamento adicional por conta IRS/IRC Comunicação de rendimentos isentos, dispensados de retenção ou com redução de taxa, pagos em Emissão de valores mobiliários Comunicação pelas entidades emitentes de valores mobiliários, com referência a Segurança Comunicação da admissão de novos trabalhadores Nas 24 h anteriores ao início de produção de efeitos do contrato de trabalho Planeamento Fiscal Comunicação, por promotores, de esquemas e atuações de planeamento fiscal propostos / acompanhados 20 dias subsequentes ao termo do mês a que respeitam Planeamento Fiscal Comunicação, por utilizadores, de esquemas e atuações de planeamento fiscal adotados Até ao fim do mês seguinte em que forem adotados IUC Pagamento do Imposto Único de Circulação Até ao último dia do mês da matrícula IVA Comunicação dos elementos dos documentos de transporte Comunicação prévia ou até 5º dia útil seguinte, consoante a via de comunicação utilizada PwC 4

5 Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S Janeiro 2014 F IVA Envio da declaração mensal referente ao mês de novembro de 2013 e anexos 10 IRS/IRC/Seg. Declaração de rendimentos pagos e de retenções, contribuições sociais e de saúde e quotizações, referentes a dezembro de 2013 (trabalho dependente) Declaração mensal de remunerações 20 IRS/IRC/Selo Pagamento do IRC e IRS retidos e do Imposto do Selo referentes a dezembro de 2013 Declaração de retenções na fonte de IRS/IRC e Imposto do Selo 20 Segurança Pagamento das contribuições relativas a dezembro de 2013 CRSS CTT/Multibanco Balcão bancário Envio da declaração recapitulativa trimestral referente ao 4.º trimestre de 2013 Envio da declaração recapitulativa mensal referente a dezembro de 2013 Transmissões intracomunitárias de bens e operações assimiladas / prestações Transmissões intracomunitárias de bens e operações assimiladas / prestações trimestral, quando o total das transmissões intracomunitárias de bens a incluir na Declaração Recapitulativa não exceda no trimestre em curso ou em qualquer um dos quatro trimestres anteriores. mensal e trimestral, quando o total das transmissões intracomunitárias de bens a incluir na Declaração Recapitulativa tenha, no trimestre em curso ou em qualquer um dos quatro trimestres anteriores, excedido PwC 5

6 Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S Janeiro 2014 F IRS/IRC Comunicação de rendimentos pagos, de retenções e deduções efetuadas, referentes a 2013 Modelo não oficial 25 IVA Comunicação dos elementos das faturas referentes a dezembro de 2013 Comunicação deverá ser efetuada: Por transmissão eletrónica em tempo real, integrada em programa de Faturação Eletrónica, utilizando o webservice a disponibilizar pela AT. Através do envio do ficheiro SAF-T (PT) mensal, recorrendo a aplicação disponibilizada no Portal das Finanças. Por recolha directa dos dados da fatura numa opção do Portal das Finanças. 31 IRS/IRC Declaração de rendimentos pagos ou colocados à disposição de sujeitos passivos não residentes, em novembro de 2013 Modelo IRS/IRC Comunicação de rendimentos pagos e retenções efetuadas a taxas liberatórias, referentes a 2013 Modelo 39 PwC 6

7 S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S Fevereiro IVA Envio da declaração mensal referente ao mês de dezembro de 2013 e anexos 10 IRS/IRC/Seg. Declaração de rendimentos pagos e de retenções, contribuições sociais e de saúde e quotizações, referentes a janeiro de 2014 (trabalho dependente) Declaração mensal de remunerações 15 IVA Envio da declaração trimestral referente ao 4.º trimestre de 2013 e anexos 20 IRS/IRC/Selo Pagamento do IRC e IRS retidos e do Imposto do Selo referentes a janeiro de 2014 Declaração de retenções na fonte de IRS/IRC e Imposto do Selo 20 Segurança Pagamento das contribuições relativas a janeiro de 2014 CRSS CTT/Multibanco Balcão bancário Envio da declaração recapitulativa mensal referente ao mês de janeiro de 2014 mensal e trimestral, quando o total das transmissões intracomunitárias de bens a incluir na Declaração Recapitulativa tenha, no trimestre em curso ou em qualquer um dos quatro trimestres anteriores, excedido Continua >> PwC 7

8 S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S Fevereiro IVA Comunicação dos elementos das faturas referentes a janeiro de 2014 Comunicação deverá ser efetuada: Por transmissão eletrónica em tempo real, integrada em programa de Faturação Eletrónica, utilizando o webservice a disponibilizar pela AT. Através do envio do ficheiro SAF-T (PT) mensal, recorrendo a aplicação disponibilizada no Portal das Finanças. Por recolha directa dos dados da fatura numa opção do Portal das Finanças. 28 IRS/IRC Declaração de rendimentos pagos ou colocados à disposição de sujeitos passivos não residentes, referente a dezembro de 2013 Modelo IRS/IRC Declaração de rendimentos pagos, de retenções, deduções, contribuições sociais e de saúde e quotizações, referentes a 2013 (exceto trabalho dependente) Modelo 10 PwC 8

9 S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S Março F IVA Envio da declaração mensal referente ao mês de janeiro de 2014 e anexos Envio electrónico de informação adicional, 10 IRS/IRC/Seg. Declaração de rendimentos pagos e de retenções, contribuições sociais e de saúde e quotizações, referentes a fevereiro de 2014 (trabalho dependente) Declaração mensal de remunerações 20 IRS/IRC/Selo Pagamento do IRC e IRS retidos e do Imposto do Selo referentes a fevereiro de 2014 Declaração de retenções na fonte de IRS/IRC e Imposto do Selo 20 Segurança Pagamento das contribuições relativas a fevereiro de 2014 CRSS CTT/Multibanco Balcão bancário Envio de declaração recapitulativa mensal referente a fevereiro de 2014 mensal e trimestral, quando o total das transmissões intracomunitárias de bens a incluir na Declaração Recapitulativa tenha, no trimestre em curso ou em qualquer um dos quatro trimestres anteriores, excedido IVA Comunicação dos elementos das faturas referentes a fevereiro de 2014 Comunicação deverá ser efetuada: Por transmissão eletrónica em tempo real, integrada em programa de Faturação Eletrónica, utilizando o webservice a disponibilizar pela AT. Através do envio do ficheiro SAF-T (PT) mensal, recorrendo a aplicação disponibilizada no Portal das Finanças. Por recolha directa dos dados da fatura numa opção do Portal das Finanças. 31 IRS/IRC Declaração de rendimentos pagos ou colocados à disposição de sujeitos passivos não residentes em janeiro de 2014 Modelo IRC 1º Pagamento especial por conta Modelo P1 Tesouraria das Finanças CTT/Multibanco Outras Entidades cobradoras No caso de período de tributação não coincidente com o ano civil, até ao final do 3º mês e até ao final do 10º mês do respetivo período de tributação. Não aplicável ao exercício em que se inicia a atividade e no seguinte. PwC 9

10 T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Abril F 19 F F IVA Envio da declaração mensal referente ao mês de fevereiro de 2014 e anexos Envio electrónico de informação adicional, 10 IRS/IRC/Seg. Declaração de rendimentos pagos e de retenções, contribuições sociais e de saúde e quotizações, referentes a março de 2014 (trabalho dependente) Declaração mensal de remunerações 15 Mapa de Férias Elaboração e afixação, pelo empregador, do mapa de férias Modelo não oficial Afixar nas instalações do empregador entre 15 de abril e 31 de outubro. 20 IRS/IRC/Selo Pagamento do IRC e IRS retidos e do Imposto do Selo referentes a março de 2014 Declaração de retenções na fonte de IRS/IRC e Imposto do Selo 20 Segurança Pagamento das contribuições relativas a março de 2014 CRSS CTT/Multibanco Balcão bancário Envio de declaração recapitulativa mensal referente a março de 2014 Envio de declaração recapitulativa trimestral referente ao 1º trimestre de 2014 mensal e trimestral, quando o total das transmissões intracomunitárias de bens a incluir na Declaração Recapitulativa tenha, no trimestre em curso ou em qualquer um dos quatro trimestres anteriores, excedido trimestral, quando o total das transmissões intracomunitárias de bens a incluir na Declaração Recapitulativa não exceda no trimestre em curso ou em qualquer um dos quatro trimestres anteriores. Continua >> PwC 10

11 T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Abril F 19 F F IVA Comunicação dos elementos das faturas referentes a março de 2014 Comunicação deverá ser efetuada: Por transmissão eletrónica em tempo real, integrada em programa de Faturação Eletrónica, utilizando o webservice a disponibilizar pela AT. Através do envio do ficheiro SAF-T (PT) mensal, recorrendo a aplicação disponibilizada no Portal das Finanças. Por recolha directa dos dados da fatura numa opção do Portal das Finanças. 30 IRS/IRC Declaração de rendimentos pagos ou colocados à disposição de sujeitos passivos não residentes em fevereiro de 2014 Modelo IMI Pagamento do Imposto Municipal sobre Imóveis Documento de cobrança Pagamento Em uma prestação (abril) quando o seu montante seja igual ou inferior a 250. Em duas prestações (abril e novembro) quando o seu montante seja superior a 250 e igual ou inferior a 500. Em três prestações (abril, julho e novembro) quando o seu montante seja superior a 500. PwC 11

12 Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S Maio 2014 F IVA Envio da declaração mensal referente ao mês de março de 2014 e anexos 10 IRS/IRC/Seg. Declaração de rendimentos pagos e de retenções, contribuições sociais e de saúde e quotizações, referentes a abril de 2014 (trabalho dependente) Declaração mensal de remunerações 15 IVA Envio da declaração trimestral referente ao 1.º trimestre de 2014 e anexos 20 IRS/IRC/Selo Pagamento do IRC e IRS retidos e do Imposto do Selo referentes a abril de 2014 Declaração de retenções na fonte de IRS/IRC e Imposto do Selo 20 Segurança Pagamento das contribuições relativas a abril de 2014 CRSS CTT/Multibanco Balcão bancário Envio de declaração recapitulativa mensal referente a abril de 2014 mensal e trimestral, quando o total das transmissões intracomunitárias de bens a incluir na Declaração Recapitulativa tenha, no trimestre em curso ou em qualquer um dos quatro trimestres anteriores, excedido IVA Comunicação dos elementos das faturas referentes a abril de 2014 Comunicação deverá ser efetuada: Por transmissão eletrónica em tempo real, integrada em programa de Faturação Eletrónica, utilizando o webservice a disponibilizar pela AT. Através do envio do ficheiro SAF-T (PT) mensal, recorrendo a aplicação disponibilizada no Portal das Finanças. Por recolha directa dos dados da fatura numa opção do Portal das Finanças. 31 IRS/IRC Declaração de rendimentos pagos ou colocados à disposição de sujeitos passivos não residentes em março de 2014 Modelo IRC Envio da declaração modelo 22 relativa a 2013, pagamento do IRC, da Derrama e da Derrama Estadual Modelo 22 Modelo P1 No caso de período de tributação não coincidente com o ano civil, até ao último dia do 5.º mês seguinte à data do termo do período de tributação. PwC 12

13 D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S Junho F IVA Envio da declaração mensal referente ao mês de abril de 2014 e anexos 10 IRS/IRC/Seg. Declaração de rendimentos pagos e de retenções, contribuições sociais e de saúde e quotizações, referentes a maio de 2014 (trabalho dependente) Declaração mensal de remunerações 20 IRS/IRC/Selo 20 Segurança Pagamento do IRC e IRS retidos e do Imposto do Selo referentes a maio de 2014 Declaração de retenções na fonte de IRS/IRC e Imposto do Selo Pagamento das contribuições relativas a maio de 2014 CRSS CTT/Multibanco Balcão bancário Envio de declaração recapitulativa mensal referente a maio de 2014 mensal e trimestral, quando o total das transmissões intracomunitárias de bens a incluir na Declaração Recapitulativa tenha, no trimestre em curso ou em qualquer um dos quatro trimestres anteriores, excedido IVA Comunicação dos elementos das faturas referentes a maio de 2014 Comunicação deverá ser efetuada: Por transmissão eletrónica em tempo real, integrada em programa de Faturação Eletrónica, utilizando o webservice a disponibilizar pela AT. Através do envio do ficheiro SAF-T (PT) mensal, recorrendo a aplicação disponibilizada no Portal das Finanças. Por recolha directa dos dados da fatura numa opção do Portal das Finanças. 30 IRS/IRC Declaração de rendimentos pagos ou colocados à disposição de sujeitos passivos não residentes em abril de 2014 Modelo Planos de ações Comunicação da criação ou aplicação em planos de opção/subscrição/atribuição/outros, de valores mobiliários em benefício de colaboradores e/ou Membros de Órgãos Estatutários, com referência a 2013 Modelo 19 PwC 13

14 T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q Julho IVA Envio da declaração mensal referente ao mês de maio de 2014 e anexos 10 IRS/IRC/Seg. Declaração de rendimentos pagos e de retenções, contribuições sociais e de saúde e quotizações, referentes a junho de 2014 (trabalho dependente) Declaração mensal de remunerações 15 IES/Declaração Anual Envio da IES/Declaração Anual referente a 2013 e anexos aplicáveis IES/Declaração Anual IRC - Anexos A a H IRS - Anexo I IVA - Anexos L a P Selo - Anexo Q IE - Anexos R, S e T No caso de período de tributação não coincidente com o ano civil, até ao 15º dia do 7º mês posterior à data do termo desse período independentemente desse dia ser útil ou não útil. 15 Dossier Fiscal Constituição / entrega do processo de documentação fiscal, referente a 2013 A entrega do dossier fiscal deverá ser feita pelos sujeitos passivos acompanhados pela Unidade dos Grandes Contribuintes ou que estejam abrangidos pelo Regime Especial de Tributação dos Grupos de Sociedades. 15 Preços de Transferência Organização da documentação relativa à política de preços de transferência, referente a 2013 Modelo não oficial Dispensa para sujeitos passivos que, no período anterior, tenham atingido um valor anual de vendas líquidas e outros proveitos inferior a IRS/IRC/Selo Pagamento do IRC e IRS retidos e do Imposto do Selo referentes a junho de 2014 Declaração de retenções na fonte de IRS/IRC e Imposto do Selo 20 Segurança Pagamento das contribuições relativas a junho de 2014 CRSS Balcão bancário CTT/Multibanco Continua >> PwC 14

15 T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q Julho IVA Envio de declaração recapitulativa mensal referente a junho de 2014 Envio de declaração recapitulativa trimestral referente ao 2.º trimestre de 2014 Comunicação dos elementos das faturas referentes a junho de 2014 mensal e trimestral, quando o total das transmissões intracomunitárias de bens a incluir na Declaração Recapitulativa tenha, no trimestre em curso ou em qualquer um dos quatro trimestres anteriores, excedido trimestral, quando o total das transmissões intracomunitárias de bens a incluir na Declaração Recapitulativa não exceda no trimestre em curso ou em qualquer um dos quatro trimestres anteriores. Comunicação deverá ser efetuada: Por transmissão eletrónica em tempo real, integrada em programa de Faturação Eletrónica, utilizando o webservice a disponibilizar pela AT. Através do envio do ficheiro SAF-T (PT) mensal, recorrendo a aplicação disponibilizada no Portal das Finanças. Por recolha directa dos dados da fatura numa opção do Portal das Finanças. 31 IRS/IRC Declaração de rendimentos pagos ou colocados à disposição de sujeitos passivos não residentes em maio de 2014 Modelo IMI Pagamento do Imposto Municipal sobre Imóveis Documento de cobrança Pagamento: Em uma prestação (abril) quando o seu montante seja igual ou inferior a 250. Em duas prestações (abril e novembro) quando o seu montante seja superior a 250 e igual ou inferior a 500. Em três prestações (abril, julho e novembro) quando o seu montante seja superior a IRC 1º Pagamento por Conta Modelo P1 No caso de período de tributação não coincidente com o ano civil, no 7º mês, no 9º mês e até ao dia 15 do 12º mês do respectivo período de tributação. Possibilidade de limitação / dispensa do 3º pagamento por conta. Continua >> PwC 15

16 T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q Julho IRC 1º Pagamento adicional por conta Modelo P1 No caso de período de tributação não coincidente com o ano civil, no 7º mês, no 9º mês e até ao dia 15 do 12º mês do respectivo período de tributação. Aplicável a entidades que estejam obrigadas a efetuar pagamentos por conta e que devessem Derrama Estadual com referência ao período de tributação anterior. Possibilidade de limitação/dispensa do 3º pagamento adicional por conta. 31 IRS/IRC Comunicação de rendimentos isentos, dispensados de retenção ou com redução de taxa, pagos em 2013 Modelo Emissão de valores mobiliários Comunicação pelas entidades emitentes de valores mobiliários, com referência a 2013 Modelo 34 Aplicável às entidades emitentes de valores mobiliários. PwC 16

17 S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D Agosto F IVA Envio da declaração mensal referente ao mês de junho de 2014 e anexos 10 IRS/IRC/Seg. Declaração de rendimentos pagos e de retenções, contribuições sociais e de saúde e quotizações, referentes a julho de 2014 (trabalho dependente) Declaração mensal de remunerações 15 IVA Envio da declaração trimestral referente ao 2.º trimestre de 2014 e anexos 20 IRS/IRC/Selo Pagamento do IRC e IRS retidos e do Imposto do Selo referentes a julho de 2014 Declaração de retenções na fonte de IRS/IRC e Imposto do Selo 20 Segurança Pagamento das contribuições relativas a julho de 2014 CRSS Balcão bancário CTT/Multibanco Envio de declaração recapitulativa mensal referente a julho de 2014 mensal e trimestral, quando o total das transmissões intracomunitárias de bens a incluir na Declaração Recapitulativa tenha, no trimestre em curso ou em qualquer um dos quatro trimestres anteriores, excedido IVA Comunicação dos elementos das faturas referentes a julho de 2014 Comunicação deverá ser efetuada: Por transmissão eletrónica em tempo real, integrada em programa de Faturação Eletrónica, utilizando o webservice a disponibilizar pela AT. Através do envio do ficheiro SAF-T (PT) mensal, recorrendo a aplicação disponibilizada no Portal das Finanças. Por recolha directa dos dados da fatura numa opção do Portal das Finanças. 31 IRS/IRC Declaração de rendimentos pagos ou colocados à disposição de sujeitos passivos não residentes em junho de 2014 Modelo 30 PwC 17

18 S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Setembro IVA Envio da declaração mensal referente ao mês de julho de 2014 e anexos 10 IRS/IRC/Seg. Declaração de rendimentos pagos e de retenções, contribuições sociais e de saúde e quotizações, referentes a agosto de 2014 (trabalho dependente) Declaração mensal de remunerações 20 IRS/IRC/Selo 20 Segurança Pagamento do IRC e IRS retidos e do Imposto do Selo referentes a agosto de 2014 Pagamento das contribuições relativas a agosto de 2014 Declaração de retenções na fonte de IRS/IRC e Imposto do Selo CRSS Balcão bancário CTT/Multibanco 25 IVA Envio de declaração recapitulativa mensal referente a agosto de 2014 Comunicação dos elementos das faturas referentes a agosto de 2014 mensal e trimestral, quando o total das transmissões intracomunitárias de bens a incluir na Declaração Recapitulativa tenha, no trimestre em curso ou em qualquer um dos quatro trimestres anteriores, excedido Comunicação deverá ser efetuada: Por transmissão eletrónica em tempo real, integrada em programa de Faturação Eletrónica, utilizando o webservice a disponibilizar pela AT. Através do envio do ficheiro SAF-T (PT) mensal, recorrendo a aplicação disponibilizada no Portal das Finanças. Por recolha directa dos dados da fatura numa opção do Portal das Finanças. 30 IRS/IRC Declaração de rendimentos pagos ou colocados à disposição de sujeitos passivos não residentes em julho de 2014 Modelo IRC 2º Pagamento por conta Modelo P1 No caso de período de tributação não coincidente com o ano civil, no 7º mês, no 9º mês e até ao dia 15 do 12º mês do respectivo período de tributação. Possibilidade de limitação / dispensa do 3º pagamento por conta. Continua >> PwC 18

19 S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Setembro IRC 2º Pagamento adicional por conta Modelo P1 No caso de período de tributação não coincidente com o ano civil, no 7º mês, no 9º mês e até ao dia 15 do 12º mês do respetivo período de tributação. Aplicável a entidades que estejam obrigadas a efetuar pagamentos por conta e que devessem Derrama Estadual com referência ao período de tributação anterior. Possibilidade de limitação/dispensa do 3º pagamento adicional por conta. PwC 19

20 Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S Outubro IVA Envio da declaração mensal referente ao mês de agosto de 2014 e anexos 10 IRS/IRC/Seg. Declaração de rendimentos pagos e de retenções, contribuições sociais e de saúde e quotizações, referentes a setembro de 2014 (trabalho dependente) Declaração mensal de remunerações 20 IRS/IRC/Selo 20 Segurança Pagamento do IRC e IRS retidos e do Imposto do Selo referentes a setembro de 2014 Pagamento das contribuições relativas a setembro de 2014 Declaração de retenções na fonte de IRS/IRC e Imposto do Selo CRSS Balcão bancário CTT/Multibanco Envio de declaração recapitulativa mensal referente a setembro de 2014 mensal e trimestral, quando o total das transmissões intracomunitárias de bens a incluir na Declaração Recapitulativa tenha, no trimestre em curso ou em qualquer um dos quatro trimestres anteriores, excedido Envio de declaração recapitulativa trimestral referente ao 3.º trimestre de 2014 trimestral, quando o total das transmissões intracomunitárias de bens a incluir na Declaração Recapitulativa não exceda no trimestre em curso ou em qualquer um dos quatro trimestres anteriores. 25 IVA Comunicação dos elementos das faturas referentes a setembro de 2014 Comunicação deverá ser efetuada: Por transmissão eletrónica em tempo real, integrada em programa de Faturação Eletrónica, utilizando o webservice a disponibilizar pela AT. Através do envio do ficheiro SAF-T (PT) mensal, recorrendo a aplicação disponibilizada no Portal das Finanças. Por recolha directa dos dados da fatura numa opção do Portal das Finanças. Continua >> PwC 20

21 Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S S D S T Q Q S Outubro IRS/IRC Declaração de rendimentos pagos ou colocados à disposição de sujeitos passivos não residentes em agosto de 2014 Modelo IRC 2º Pagamento Especial por conta Modelo P1 Tesouraria das Finanças CTT/Multibanco No caso de período de tributação não coincidente com o ano civil, até ao final do 3º mês e até final do 10º mês do respetivo período de tributação. Não aplicável ao exercício em que se inicia a atividade e no seguinte. PwC 21

Calendário fiscal 2015

Calendário fiscal 2015 www.pwc.pt/tax Uma compilação das principais obrigações fiscais e parafiscais de periodicidade regular das pessoas coletivas e das pessoas singulares A PwC Os conteúdos aqui apresentados são de natureza

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE TÉCNICOS DE CONTABILIDADE

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE TÉCNICOS DE CONTABILIDADE MAPA DE OBRIGAÇÕES FISCAIS E PARAFISCAIS DE OUTUBRO 2015 Dia 12: IVA: Envio da declaração mensal referente ao mês de agosto 2015 e anexos. IVA: Pagamento do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), a

Leia mais

CALENDÁRIO DAS OBRIGAÇÕES FISCAIS 2014. www.moneris.pt

CALENDÁRIO DAS OBRIGAÇÕES FISCAIS 2014. www.moneris.pt CALENDÁRIO DAS OBRIGAÇÕES FISCAIS 2014 www.moneris.pt O grupo Moneris Como já é habitual no início de cada ano fiscal, o grupo Moneris tem o prazer de lhe disponibilizar um completo Calendário Fiscal para

Leia mais

CALENDÁRIO FISCAL Outubro de 2015

CALENDÁRIO FISCAL Outubro de 2015 CALENDÁRIO FISCAL DATA DE CUMPRIMENTO DAS OBRIGAÇÕES FISCAIS Até ao dia 12 Envio da Declaração Periódica, por transmissão eletrónica de dados, acompanhada dos anexos que se mostrem devidos, pelos sujeitos

Leia mais

CALENDÁRIO FISCAL 2015

CALENDÁRIO FISCAL 2015 CALENDÁRIO FISCAL 2015 QUADRITÓPICO & BAKER TILLY Obrigações mensais Q U A D R I T Ó P I C O P u b l i c a ç õ e s e D i s t r i b u i ç ã o i n f o @ q u a d r i t o p i c o. p t B A K E R T I L L Y i

Leia mais

Entrega da contribuição sobre o setor bancário. ES EP

Entrega da contribuição sobre o setor bancário. ES EP JANEIRO / 2015 ATÉ AO DIA 12 balcões dos serviços de finanças ou dos CTT ou ainda (para importâncias não superiores a 100 000,00), através do multibanco, correspondente ao imposto apurado na declaração

Leia mais

JANEIRO / 2013 ATÉ AO DIA 2

JANEIRO / 2013 ATÉ AO DIA 2 JANEIRO / 2013 JANEIRO / 2013 DIREÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO E APOIO AO CONTRIBUINTE ATÉ AO DIA 2 Único de Circulação IUC, relativo a: - Veículos cujo aniversário da matrícula ocorra no mês anterior;

Leia mais

NEWS TCC SROC Julho 2014

NEWS TCC SROC Julho 2014 Novidades Portal das Finanças - Certificação de Software Foi divulgado pelo despacho n.º 247/2014 de 30 Junho de 2014, a prorrogação para 1 de outubro de 2014 a obrigação de certificação de software de

Leia mais

Calendário Fiscal. Fevereiro de 2014 DIA 10. Segurança Social - declaração de remunerações (Janeiro)

Calendário Fiscal. Fevereiro de 2014 DIA 10. Segurança Social - declaração de remunerações (Janeiro) Calendário Fiscal Fevereiro de 2014 DIA 10 Segurança Social - declaração de remunerações (Janeiro) A entrega da declaração de remunerações referente ao mês de Janeiro de 2014 tem que ser feita obrigatoriamente

Leia mais

CALENDÁRIO FISCAL Novembro de 2015

CALENDÁRIO FISCAL Novembro de 2015 DATA DE CUMPRIMENTO DAS OBRIGAÇÕES FISCAIS Até ao dia 02 IUC Liquidação, por transmissão eletrónica de dados, e pagamento do Imposto Único de Circulação (IUC), relativo aos veículos cujo aniversário da

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE TÉCNICOS DE CONTABILIDADE

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE TÉCNICOS DE CONTABILIDADE MAPA DAS OBRIGAÇÕES FISCAIS E PARAFISCAIS DE MARÇO 2015 Dia 2: IUC: Liquidação, por transmissão eletrónica de dados, e pagamento do Imposto Único de Circulação - IUC, relativo aos veículos cujo aniversário

Leia mais

PAGAMENTO DE IMPOSTOS - 2009

PAGAMENTO DE IMPOSTOS - 2009 PAGAMENTO DE IMPOSTOS - 2009 JANEIRO / 2009 Até ao dia 12: Pagamento do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), a efectuar nos balcões das correspondente ao imposto apurado na declaração respeitante

Leia mais

NEWSLETTER FISCAL Setembro 2012. Alterações Fiscais Relevantes

NEWSLETTER FISCAL Setembro 2012. Alterações Fiscais Relevantes NEWSLETTER FISCAL Setembro 2012 Alterações Fiscais Relevantes 1. Introdução O passado mês de Agosto foram publicados vários diplomas legais com impacto na vida das empresas e das organizações em geral.

Leia mais

PAGAMENTO DE IMPOSTOS - 2010

PAGAMENTO DE IMPOSTOS - 2010 PAGAMENTO DE IMPOSTOS - 2010 JANEIRO / 2010 Até ao dia 11: Pagamento do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), a efectuar nos balcões das correspondente ao imposto apurado na declaração respeitante

Leia mais

JANEIRO / 2015 IRS ATÉ AO DIA 12

JANEIRO / 2015 IRS ATÉ AO DIA 12 JANEIRO / 2015 IRS ATÉ AO DIA 12 Entrega da Declaração Mensal de Remunerações, por transmissão eletrónica de dados, pelas entidades devedoras de rendimentos do trabalho dependente sujeitos a IRS, ainda

Leia mais

www.pwc.com/pt empresarial Jorge Figueiredo

www.pwc.com/pt empresarial Jorge Figueiredo www.pwc.com/pt Fiscalidade pessoal e empresarial Jorge Figueiredo 18 de Fevereiro de 2011 Agenda 1. IRS 1.1 Alterações das taxas 1.2 Outros rendimentos 1.3 Dedução específica Categoria A 1.4 Reporte de

Leia mais

Rendimentos profissionais. Tributação em sede de IVA e de IRS

Rendimentos profissionais. Tributação em sede de IVA e de IRS Rendimentos profissionais Tributação em sede de IVA e de IRS Alterações em 2013 Novas regras de faturação Regime de contabilidade de caixa de iva (RCIVA) 2 Projeto fiscal das faturas Combate à informalidade

Leia mais

Obrigação de comunicação à AT

Obrigação de comunicação à AT Obrigação de comunicação à AT Perguntas e respostas sobre o impacto das novas regras de comunicação à AT nas empresas Page 2 of 10 Introdução A Publicação do Decreto-Lei nº 197/2012, de 24 de agosto introduz

Leia mais

Se pretende entregar pelo portal das finanças deve previamente identificar 3 pontos:

Se pretende entregar pelo portal das finanças deve previamente identificar 3 pontos: O início do exercício de atividade, com a entrega/ submissão da respetiva declaração de início de atividade, é um momento de crucial importância para o estabelecimento de um clima de maior confiança entre

Leia mais

OBRIGAÇÕES DECLARATIVAS - 2009

OBRIGAÇÕES DECLARATIVAS - 2009 OBRIGAÇÕES DECLARATIVAS - 2009 JANEIRO / 2009 Até ao dia 12 Entrega da Declaração Modelo 11, por transmissão electrónica de dados, pelos Notários, Até ao dia 20 - Entrega, pelas Instituições de Crédito

Leia mais

FAQ'S - Perguntas frequentes

FAQ'S - Perguntas frequentes 1 de 5 SOBRE O E-FATURA FAQS CONTACTOS FAQ'S - Perguntas frequentes CLIENTE / CONSUMIDOR FINAL Em que consiste o novo regime de faturação eletrónica? O novo regime de faturação eletrónica consiste na obrigatoriedade

Leia mais

Início > Cidadãos > Entregar > Declarações > Atividade > Início de Atividade

Início > Cidadãos > Entregar > Declarações > Atividade > Início de Atividade O início do exercício de atividade, com a entrega/ submissão da respetiva declaração de início de atividade, é um momento de crucial importância para o estabelecimento de um clima de maior confiança entre

Leia mais

CALENDÁRIO DAS OBRIGAÇÕES FISCAIS 2015. www.moneris.pt

CALENDÁRIO DAS OBRIGAÇÕES FISCAIS 2015. www.moneris.pt CALENDÁRIO DAS OBRIGAÇÕES FISCAIS 20 www.moneris.pt O grupo Moneris Como já é habitual, o grupo Moneris tem o prazer de lhe disponibilizar um completo Calendário Fiscal para o corrente ano, de fácil consulta,

Leia mais

Investimento português em Moçambique - Aspectos fiscais

Investimento português em Moçambique - Aspectos fiscais www.pwc.com/pt Investimento português em Moçambique - Aspectos fiscais 13 de Março de 2012 Miguel Garoupa Puim AERLIS Agenda Tributação em Moçambique Aspectos fiscais do investimento português em Moçambique

Leia mais

calendário fiscal para pessoas colectivas jan2016dez2016

calendário fiscal para pessoas colectivas jan2016dez2016 calendário fiscal para pessoas colects jan2016dez2016 janeiro... 02 fevereiro... 04 março... 05 abril... 06 maio... 08 junho... 09 julho... 10 agosto... 12 setembro... 13 outubro... 14 novembro... 15 dezembro...

Leia mais

Pedido de reembolso do IVA e inscrição no regime mensal Despacho normativo n.º 18-A/2010, de 1 de julho

Pedido de reembolso do IVA e inscrição no regime mensal Despacho normativo n.º 18-A/2010, de 1 de julho www.pwc.pt/inforfisco Pedido de reembolso do IVA e inscrição no regime mensal Despacho normativo n.º 18-A/2010, de 1 de julho Índice DESPACHO NORMATIVO N.º 18-A/2010, DE 1 DE JULHO... 3 CAPÍTULO I Disposições

Leia mais

Ou seja, na data de maturidade, o valor garantido por unidade de participação será aquele que resulta da aplicação da seguinte fórmula:

Ou seja, na data de maturidade, o valor garantido por unidade de participação será aquele que resulta da aplicação da seguinte fórmula: 1.Tipo e Duração 2.Entidade Gestora 3.Consultores de Fundo de Capital Garantido Aberto, constituído em Portugal. A sua constituição foi autorizada pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, em 12/

Leia mais

Investimento português em Cabo Verde - Aspectos fiscais

Investimento português em Cabo Verde - Aspectos fiscais www.pwc.com/pt Investimento português em Cabo Verde - Aspectos fiscais Liza Helena Vaz AICEP/ AIP/AIDA/ANEMM/APIA Agenda Tributação em Cabo Verde Aspectos fiscais do investimento português em Cabo Verde

Leia mais

NELAG Núcleo de Empresários da Lagoa NEWSLETTER n.º5 25.Outubro.2013

NELAG Núcleo de Empresários da Lagoa NEWSLETTER n.º5 25.Outubro.2013 Boletim Informativo: - Calendário Fiscal Novembro e Dezembro - Novo Regime de Bens - Manual Regime Circulação de Bens em circulação para venda e consulta - Controlo Integrado de Roedores novas imposições

Leia mais

www.pwc.pt/academy Workshop Guias de Transporte: implicações no Inventário Permanente

www.pwc.pt/academy Workshop Guias de Transporte: implicações no Inventário Permanente www.pwc.pt/academy Workshop Guias de Transporte: implicações no Inventário Permanente PwC s Academy 2013 Enquadramento No passado dia 1 de Julho entraram em vigor as novas regras para a emissão e comunicação

Leia mais

Imposto sobre o Valor Acrescentado

Imposto sobre o Valor Acrescentado Imposto sobre o Valor Acrescentado 19 de Dezembro de 2011 O IVA na receita fiscal +12,6% IVA Page 2/26 Artigos alterados 9.º - Isenções nas operações internas 16.º - Valor tributável nas operações internas

Leia mais

Saudade e Silva - Serviços de Contabilidade, Lda

Saudade e Silva - Serviços de Contabilidade, Lda Saudade e Silva - Serviços de Contabilidade, Lda Email: ssgeral@saudadeesilva.com NOVO REGIME DE FATURAÇÃO Alterações para 2013, em matéria de faturação e transporte de mercadorias. Legislação aplicável:

Leia mais

Principais alterações fiscais

Principais alterações fiscais Principais alterações fiscais O E / 2 0 1 3 António Santos Cristina Casalinho José Gante Page 1 Agenda Alterações 2013 1. Alterações IRS e Património; 2. Alterações IRC; 3. Alterações IVA; Page 2 Agenda

Leia mais

PROPOSTA DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONTABILIDADE

PROPOSTA DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONTABILIDADE PROPOSTA DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONTABILIDADE PROPOSTA Empresa/Sector: A constituir / Construção Civil Contacto: Lurdes Coelho Projeto: Prestação de serviços de contabilidade; Gestão do Projeto: Vitória

Leia mais

Fiscalidade 2013 Última atualização 2013/09/17. Cartões 6 Cartões de dupla funcionalidade (débito/crédito)

Fiscalidade 2013 Última atualização 2013/09/17. Cartões 6 Cartões de dupla funcionalidade (débito/crédito) GUIA FISCAL 2013 INDICE I. Introdução II. Enquadramento fiscal dos produtos financeiros Contas 1. Contas à ordem 2. Conta ordenado 3. Conta não residente 4. Depósito a prazo 5. Contas Poupança-Habitação

Leia mais

Alterações a vigorar a partir de 1 de outubro de 2013

Alterações a vigorar a partir de 1 de outubro de 2013 Alterações a vigorar a partir de 1 de outubro de 2013 Este documento deve ser impresso e lido com atenção, preferencialmente, na presença do contabilista da sua empresa. Caso subsistam dúvidas após a sua

Leia mais

Novas regras de faturação. (DL n.º197/2012 de 24 de agosto)

Novas regras de faturação. (DL n.º197/2012 de 24 de agosto) 1 Novas regras de faturação (DL n.º197/2012 de 24 de agosto) Este diploma introduz alterações às regras de faturação em matéria de imposto sobre o valor acrescentado, em vigor a partir de 1 de janeiro

Leia mais

CURSO PLANEAMENTO FISCAL

CURSO PLANEAMENTO FISCAL CURSO PLANEAMENTO FISCAL ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 03 2. DESENVOLVIMENTO A. Proposta pedagógica B. Investimento C. Condições de participação 03 03 04 04 3. FICHA DE INSCRIÇÃO 05 02 Moneris Academy Planeamento

Leia mais

As obrigações fiscais das Associações de Pais

As obrigações fiscais das Associações de Pais XIII Encontro Regional de Associações de Pais VISEU As obrigações fiscais das Associações de Pais 1 Introdução Definição de Associação Associação é uma organização resultante da reunião legal entre duas

Leia mais

MEMORANDO. Cartões 6 Cartões de dupla funcionalidade (débito/crédito)

MEMORANDO. Cartões 6 Cartões de dupla funcionalidade (débito/crédito) GUIA FISCAL 2015 MEMORANDO INDICE I. Introdução II. Enquadramento fiscal dos produtos financeiros Contas 1. Contas à ordem 2. Conta ordenado 3. Conta não residente 4. Depósito a prazo 5. Contas Poupança-Habitação

Leia mais

Contas à ordem Conta ordenado Conta não residente Depósito a prazo Contas Poupança-Habitação (CPH) Cartões de dupla funcionalidade (débito/crédito)

Contas à ordem Conta ordenado Conta não residente Depósito a prazo Contas Poupança-Habitação (CPH) Cartões de dupla funcionalidade (débito/crédito) GUIA FISCAL 2015 INDICE I. Introdução II. Enquadramento fiscal dos produtos financeiros Contas 1. 2. 3. 4. 5. Contas à ordem Conta ordenado Conta não residente Depósito a prazo Contas Poupança-Habitação

Leia mais

ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DO IRS DL 238/2006 E LEI 53-A/2006

ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DO IRS DL 238/2006 E LEI 53-A/2006 FISCAL E FINANÇAS LOCAIS NEWSLETTER RVR 2 Maio de 2007 ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DO IRS DL 238/2006 E LEI 53-A/2006 Sandra Cristina Pinto spinto@rvr.pt O Decreto Lei nº 238/2006 e a Lei nº 53-A/2006, publicados

Leia mais

autoridade tributária e aduaneira

autoridade tributária e aduaneira Classificação: 000.05.02 Seg.: Pública Proc.: 20 13/2 Of.Circulado N.': 20 164 2013-02-07 Entrada Geral : N.o Identificação Fiscal (NIF): Sua Ref. a ; Técnico: MGN Exmos Senhores Subdiretores-Gerais Diretores

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE. Rev.: 02. Data: 05-07-2013. Mod.41/00. pág. 1

MANUAL DA QUALIDADE. Rev.: 02. Data: 05-07-2013. Mod.41/00. pág. 1 MANUAL DA QUALIDADE Rev.: 02 Data: 05-07-2013 pág. 1 Designação Social: Dupliconta Sociedade de Contabilidade, Consultadoria e Gestão Lda. Morada: Caminho do Pilar, Conjunto Habitacional do Pilar, Lote

Leia mais

CONTABILIDADE E PROCESSAMENTO SALARIAL

CONTABILIDADE E PROCESSAMENTO SALARIAL Contabilidade e Processamento Salarial A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã disponibiliza às empresas alemãs com sucursal ou estabelecimento estável em Portugal, o serviço de contabilidade organizada

Leia mais

Contabilidade Financeira II 2008/09

Contabilidade Financeira II 2008/09 Contabilidade Financeira II 2008/09 Impostos Estado e Outros Entes Públicos Impostos: IRC - Imposto sobre o rendimento IRS - Retenção de impostos sobre rendimentos (já vimos) IVA - Imposto sobre o valor

Leia mais

Fiscalidade em Portugal. Um primeiro olhar

Fiscalidade em Portugal. Um primeiro olhar Fiscalidade em Portugal Um primeiro olhar ÍNDICE 01 IMPOSTOS PORTUGUESES A perspectiva global 02 TRIBUTAÇÃO DO RENDIMENTO Principais regras e taxas 03 TRIBUTAÇÃO DO PATRIMÓNIO Principais regras e taxas

Leia mais

FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO PARA ARRENDAMENTO HABITACIONAL

FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO PARA ARRENDAMENTO HABITACIONAL compilações doutrinais VERBOJURIDICO FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO PARA ARRENDAMENTO HABITACIONAL DR. MIGUEL PRIMAZ DR. JOÃO BERNARDO GUEDES ADVOGADOS verbojuridico DEZEMBRO 2008 2 : FUNDOS DE INVESTIMENTO

Leia mais

Secção II 1* Fundos e sociedades de investimento imobiliário para arrendamento habitacional

Secção II 1* Fundos e sociedades de investimento imobiliário para arrendamento habitacional Secção II 1* Fundos e sociedades de investimento imobiliário para arrendamento habitacional Artigo 102.º Objecto É aprovado o regime especial aplicável aos fundos de investimento imobiliário para arrendamento

Leia mais

www.airo.pt geral@airo.pt

www.airo.pt geral@airo.pt Fevereiro 2016 138 - Formação Ação PME - Editorial - Caldas Empreende - Cartão de Saúde AIRO - Fiscalidade - Prémios Europeus de Promoção Empresarial Visitas Portal AIRO Janeiro 1.9964,723 Hits 64.889

Leia mais

Pagamento Especial por Conta (PEC) A pagar em 2014

Pagamento Especial por Conta (PEC) A pagar em 2014 Pagamento Especial por Conta (PEC) A pagar em 2014 De acordo com o artigo 106º do IRC, os sujeitos passivos (excepto os abrangidos pelo regime simplificado), ficam sujeitos a um pagamento especial por

Leia mais

AS ASSOCIAÇÕES, CLUBES, COLETIVIDADES

AS ASSOCIAÇÕES, CLUBES, COLETIVIDADES AS ASSOCIAÇÕES, CLUBES, COLETIVIDADES São sujeitos passivos de: - IRC; - IVA. Têm obrigações previstas no Código do IRS Têm obrigação de documentar as despesas e os pagamentos. Algumas poderão beneficiar

Leia mais

Orçamento de Estado 2013 Workshop O que muda!

Orçamento de Estado 2013 Workshop O que muda! www.pwc.pt/academy Orçamento de Estado 2013 Workshop O que muda! Lisboa, 6 de março de 2013 Academia da PwC 3ª Edição Eficiência e eficácia para a sua gestão fiscal e económica! Orçamento de Estado 2013

Leia mais

IFRS Update Newsletter

IFRS Update Newsletter www.pwc.pt Newsletter 9ª Edição 2º semestre 2015 César A. R. Gonçalves Presidente do Comité Técnico da PwC Portugal Após três exercícios em que a entrada em vigor de novas normas e alterações às existentes

Leia mais

newsletter Nº 72 JANEIRO / 2013

newsletter Nº 72 JANEIRO / 2013 newsletter Nº 72 JANEIRO / 2013 Assuntos em Destaque Resumo Fiscal/Legal Dezembro de 2012 2 Lei do Orçamento do Estado para 2013 4 Obrigações Fiscais Novas Regras em 2013 12 Revisores e Auditores 15 LEGISLAÇÃO

Leia mais

Projecto Cidadania - 3º Barómetro

Projecto Cidadania - 3º Barómetro Projecto Cidadania - 3º Barómetro 1. A carga fiscal em 2012 será maior do que em 2011: Sim Não Average Para as famílias? 106 (98.1%) 2 (1.9%) 1.02 108 100.0% Para as empresas? 75 (70.8%) 31 (29.2%) 1.29

Leia mais

Março 2016 139 - - - - - Visitas Portal AIRO Fevereiro www.airo.pt

Março 2016 139 - - - - - Visitas Portal AIRO Fevereiro www.airo.pt Março 2016 139 - Formação Ação PME - Editorial - Caldas Empreende - Cartão de Saúde AIRO - Missão Empresarial Multisectorial - Fiscalidade - Programa SOU MAIS - Formação em Gestão para a Agro-Indústria

Leia mais

A Solução RCR GERIR disponibiliza os serviços e o apoio essencial para introduzir mais tranquilidade e segurança na gestão das empresas.

A Solução RCR GERIR disponibiliza os serviços e o apoio essencial para introduzir mais tranquilidade e segurança na gestão das empresas. Solução RCR GERIR Destinatários Micro e pequenas empresas Objectivo da solução A Solução RCR GERIR disponibiliza os serviços e o apoio essencial para introduzir mais tranquilidade e segurança na gestão

Leia mais

QUADRO RESUMO DOS PRINCIPAIS IMPOSTOS MOÇAMBICANOS. Imposto Base de incidência Taxa

QUADRO RESUMO DOS PRINCIPAIS IMPOSTOS MOÇAMBICANOS. Imposto Base de incidência Taxa CADERNO FISCAL Setembro 2015 MOÇAMBIQUE SISTEMA TRIBUTÁRIO QUADRO RESUMO DOS PRINCIPAIS IMPOSTOS MOÇAMBICANOS Imposto Base de incidência Taxa IRPS Os residentes sãos tributados relativamente ao seu rendimento

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FISCALIDADE - REGULAMENTO -

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FISCALIDADE - REGULAMENTO - CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FISCALIDADE - REGULAMENTO - Artigo 1.º Objecto O presente regulamento enquadra e estabelece as regras de funcionamento do curso de pós-graduação em fiscalidade, organizado pelo

Leia mais

Impostos & Contribuições

Impostos & Contribuições Impostos & Contribuições Principais alterações que resultam da aprovação do Orçamento de Estado para 2014: 1. IRS (Imposto sobre Rendimento das Pessoas Singulares) 1.1 Seguros de saúde ou de doença Caso

Leia mais

NOVAS REGRAS DE FATURAÇÃO

NOVAS REGRAS DE FATURAÇÃO NOVAS REGRAS DE FATURAÇÃO DOCUMENTOS DE FATURAÇÃO E COMUNICAÇÃO À AT W: www.centralgest.com E: comercial@centralgest.com 1987-2013 CentralGest - Produção de Software S.A. T: (+351) 231 209 530 Todos os

Leia mais

OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS 2013

OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS 2013 OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS 2013 MODELO 13 Portaria n.º 415/2012, de 17/12 MODELO 37 Portaria n.º 413/2012, de 17/12 MODELO 39 Portaria n.º 414/2012, de 17/12 MODELO 42 Portaria n.º 416/2012, de 17/12 DMR -

Leia mais

Janeiro 2013 v1.2/dbg

Janeiro 2013 v1.2/dbg DBGEP Alteraço es para 2013 Janeiro 2013 v1.2/dbg Introdução... 3 Faturação... 4 Alterações legislativas... 4 Alterações no software... 5 A Subsídios e Propinas... 5 F - Faturação... 7 Processamento de

Leia mais

Incentivos financeiros e benefícios fiscais 2012/2013

Incentivos financeiros e benefícios fiscais 2012/2013 www.pwc.pt/academy Incentivos financeiros e benefícios fiscais 2012/2013 Academia da PwC Os benefícios fiscais assumem hoje grande importância na gestão global das empresas, sendo reconhecidamente uma

Leia mais

Certificação facturação

Certificação facturação NOVAS REGRAS DE FACTURAÇÃO Formador: Maria Mestra Carcavelos, Janeiro de 2013 SEDE AVª General Eduardo Galhardo, Edificio Nucase, 115 2775-564 Carcavelos tel. 214 585 700 fax. 214 585 799 www.nucase.pt

Leia mais

NEWSLETTER FISCAL Nº 58 Novembro 2015

NEWSLETTER FISCAL Nº 58 Novembro 2015 Nº 58 Novembro 2015 IRC Informação Vinculativa Despacho de 17 de abril 1 Processo 750/2015 Tributação autónoma dos encargos com viaturas ligeiras de mercadorias referidas na alínea b) do n.º 1 do artigo

Leia mais

IMPOSTOS SOBRE O RENDIMENTO

IMPOSTOS SOBRE O RENDIMENTO hhh IMPOSTOS SOBRE O RENDIMENTO Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IRS) O Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IRS) é aplicável quer ao rendimento obtido por entidades residentes

Leia mais

Guia de Abertura de um Restaurante em Portugal Zeta Advisors

Guia de Abertura de um Restaurante em Portugal Zeta Advisors Guia de Abertura de um Restaurante em Portugal Zeta Advisors 1 The way to get started is to quit talking and begin doing. Walt Disney Company ÍNDICE 1. Introdução... 3 2. Licenciamento e Legislação...

Leia mais

Republicação do Despacho Normativo n. 18 -A/2010, de 1 de julho CAPÍTULO I. Disposições comuns. Artigo 1. Objeto. Artigo 2.

Republicação do Despacho Normativo n. 18 -A/2010, de 1 de julho CAPÍTULO I. Disposições comuns. Artigo 1. Objeto. Artigo 2. Republicação do Despacho Normativo n. 18 -A/2010, de 1 de julho CAPÍTULO I Disposições comuns Artigo 1. Objeto O presente despacho normativo regulamenta os pedidos de reembolso de imposto sobre o valor

Leia mais

SEGURO INVESTIDOR GLOBAL FUNDO AUTÓNOMO ESTRATÉGIA AGRESSIVA AÇÕES

SEGURO INVESTIDOR GLOBAL FUNDO AUTÓNOMO ESTRATÉGIA AGRESSIVA AÇÕES Informações Fundamentais ao Investidor PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Um investimento responsável exige que conheça as suas implicações e que esteja disposto a aceitá-las. SEGURO INVESTIDOR GLOBAL FUNDO AUTÓNOMO

Leia mais

OBRIGAÇÕES DECLARATIVAS 2016

OBRIGAÇÕES DECLARATIVAS 2016 OBRIGAÇÕES DECLARATIVAS 2016 Última atualização: janeiro 2016 IRS ATÉ AO DIA 11 Entrega da Declaração Mensal de Remunerações, por transmissão eletrónica de dados, pelas entidades devedoras de rendimentos

Leia mais

Guia de Abertura de um Lar de Idosos em Portugal Zeta Advisors

Guia de Abertura de um Lar de Idosos em Portugal Zeta Advisors Guia de Abertura de um Lar de Idosos em Portugal Zeta Advisors 1 The way to get started is to quit talking and begin doing. Walt Disney Company ÍNDICE 1. Introdução... 3 2. Licenciamento e Legislação...

Leia mais

RELATÓRIO & CONTAS Liquidação

RELATÓRIO & CONTAS Liquidação Fundo Especial de Investimento Aberto CAIXA FUNDO RENDIMENTO FIXO IV (em liquidação) RELATÓRIO & CONTAS Liquidação RELATÓRIO DE GESTÃO DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS RELATÓRIO DO AUDITOR EXTERNO CAIXAGEST Técnicas

Leia mais

A equipa da PREVISÃO deseja a todos os madeirenses, em especial, aos seus clientes, parceiros e amigos um Santo e Feliz Natal!

A equipa da PREVISÃO deseja a todos os madeirenses, em especial, aos seus clientes, parceiros e amigos um Santo e Feliz Natal! M E N S A L N E W S L E T T E R N. º 0 1 8 N E S T A E D I Ç Ã O : Obrigações Fiscais e Parafiscais Coeficiente de actualização anual Correcção extraordinária das rendas Recibos Verdes 3 Compensação pela

Leia mais

Reforma Fiscal de Angola Formação profissional

Reforma Fiscal de Angola Formação profissional www.pwcacademy.pt Formação profissional Lisboa, 24 de novembro Porto, 27 de novembro A mais valia da nossa oferta formativa Em 2010, com a constituição do PERT - Projecto Executivo para a Reforma Tributária

Leia mais

FICHA DOUTRINÁRIA. Diploma: CIVA. Artigo: Assunto:

FICHA DOUTRINÁRIA. Diploma: CIVA. Artigo: Assunto: FICHA DOUTRINÁRIA Diploma: Artigo: Assunto: CIVA 9º Isenções Prestações de serviços designadas "business broker", isto é, intermediário na compra e venda de participações sociais de sociedades. Processo:

Leia mais

Consolidação de Contas

Consolidação de Contas www.pwc.pt/academy Consolidação de Contas 6ª Edição Lisboa, 12 e 16 de abril 2013 Academia da PwC Esta formação reúne condições para a atribuição de créditos, nos termos previstos no Regulamento de Atribuição

Leia mais

Guia de Abertura de um Ginásio em Portugal Zeta Advisors

Guia de Abertura de um Ginásio em Portugal Zeta Advisors Guia de Abertura de um Ginásio em Portugal Zeta Advisors 1 The way to get started is to quit talking and begin doing. Walt Disney Company ÍNDICE 1. Introdução... 3 2. Licenciamento e Legislação... 3 3.

Leia mais

FACTURAS E DOCUMENTOS DE TRANSPORTE *** ÚLTIMAS ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DO TRABALHO

FACTURAS E DOCUMENTOS DE TRANSPORTE *** ÚLTIMAS ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DO TRABALHO FACTURAS E DOCUMENTOS DE TRANSPORTE *** ÚLTIMAS ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DO TRABALHO FACTURAS E DOCUMENTOS DE TRANSPORTE Decreto-Lei 197/2012, de 24/8: Transpõe artº 4º da Directiva 2008/8/CE, de 13/2, e Directiva

Leia mais

Reforma Fiscal de Cabo Verde

Reforma Fiscal de Cabo Verde Reforma Fiscal de Cabo Verde Ribeira Grande, Mindelo e Espargos, respetivamente 4, 5 e 6 de Março de 2015 Formação profissional Os elementos críticos e recentes atualizações da fiscalidade Cabo-verdiana

Leia mais

Fiscalidade com sentido

Fiscalidade com sentido www.pwc.pt/tax Fiscalidade com sentido Assessoria Fiscal Inforfii sco Os serviços de fiscalidade da PwC em Angola, Cabo Verde e Portugal procuram dotar os clientes de instrumentos essenciais para a previsão

Leia mais

RITI - Regime do Iva nas Transações Intracomunitárias

RITI - Regime do Iva nas Transações Intracomunitárias RITI - Regime do Iva nas Transações Intracomunitárias CAPÍTULO I - INCIDÊNCIA ARTIGO 1º - Incidência objectiva INCIDÊNCIA - RITI Estão sujeitas a imposto sobre o valor acrescentado (IVA): a) As aquisições

Leia mais

Aspectos fiscais e parafiscais associados às remunerações dos órgãos societários. Rosa Freitas Soares Janeiro 2011

Aspectos fiscais e parafiscais associados às remunerações dos órgãos societários. Rosa Freitas Soares Janeiro 2011 Aspectos fiscais e parafiscais associados às remunerações dos órgãos societários Rosa Freitas Soares Janeiro 2011 Índice 1. Tratamento fiscal das remunerações dos órgãos societários em sede de IRS/IRC

Leia mais

Obrigações CMVM Comissão do Mercado de Valores Mobiliários OUTUBRO 2012 1

Obrigações CMVM Comissão do Mercado de Valores Mobiliários OUTUBRO 2012 1 CMVM Comissão do Mercado de Valores Mobiliários OUTUBRO 2012 1 O que são obrigações As obrigações são instrumentos financeiros que representam um empréstimo contraído junto dos investidores pela entidade

Leia mais

O que devo exigir do meu contabilista? O que devo analisar no Balancete, Balanço e Demonstração de Resultados? Devo renunciar à isenção do IVA?

O que devo exigir do meu contabilista? O que devo analisar no Balancete, Balanço e Demonstração de Resultados? Devo renunciar à isenção do IVA? 18 de junho de 2014 O que devo exigir do meu contabilista? O que devo analisar no Balancete, Balanço e Demonstração de Resultados? Devo renunciar à isenção do IVA? IVA como gasto ou crédito fiscal? Afinal

Leia mais

Legislação. Publicação: Diário da República n.º 197/2015, Série I, de 08/10, páginas 8698-8702. MINISTÉRIO DAS FINANÇAS

Legislação. Publicação: Diário da República n.º 197/2015, Série I, de 08/10, páginas 8698-8702. MINISTÉRIO DAS FINANÇAS MOD. 4.3 Classificação: 0 6 0. 0 1. 0 1 Segurança: P úbl i c a Processo: Direção de Serviços de Comunicação e Apoio ao Contribuinte Diploma Portaria n.º 338/2015, de 8 de outubro Estado: vigente Legislação

Leia mais

BOLETIM OFICIAL. I Série ÍNDICE. Número 11. Quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2015 MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DO PLANEAMENTO: Portaria nº 6/2015:

BOLETIM OFICIAL. I Série ÍNDICE. Número 11. Quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2015 MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DO PLANEAMENTO: Portaria nº 6/2015: Quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2015 I Série Número 11 BOLETIM OFICIAL ÍNDICE MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DO PLANEAMENTO: Portaria nº 6/2015: Aprova a declaração periódica de rendimentos....460 460 I SÉRIE

Leia mais

Pós-Graduação em Fiscalidade 6 ª Edição 2015-2016

Pós-Graduação em Fiscalidade 6 ª Edição 2015-2016 Pós-Graduação em Fiscalidade 6 ª Edição 2015-2016 1. Justificação e Enquadramento A fiscalidade faz, inexoravelmente, parte da vida dos cidadãos e das empresas e outras entidades, os quais devem estar

Leia mais

ASPECTOS FUNDAMENTAIS

ASPECTOS FUNDAMENTAIS FUNDOS ESPECIAIS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO ASPECTOS FUNDAMENTAIS 1 F U N D O S M I S T O S ASPECTOS FUNDAMENTAIS RE GIM E JURÍDICO O enquadramento jurídico dos Fundos de Investimento Imobiliário (FII)

Leia mais

Guia de Abertura de um Hostel em Portugal Zeta Advisors

Guia de Abertura de um Hostel em Portugal Zeta Advisors Guia de Abertura de um Hostel em Portugal Zeta Advisors 1 The way to get started is to quit talking and begin doing. Walt Disney Company ÍNDICE 1. Introdução... 3 2. Licenciamento e Legislação... 3 3.

Leia mais

Código dos Regimes Contributivos do Sistema Previdencial de Segurança Social. Trabalhadores Independentes

Código dos Regimes Contributivos do Sistema Previdencial de Segurança Social. Trabalhadores Independentes de Segurança Social Trabalhadores Independentes Ficha Técnica Autor: (DGSS) - Divisão dos Instrumentos Informativos - Direção de Serviços da Definição de Regimes Editor: DGSS Conceção Gráfica: DGSS / Direção

Leia mais

Circular 1, de 21/01/1999 - Gabinete do Director-Geral

Circular 1, de 21/01/1999 - Gabinete do Director-Geral Circular 1, de 21/01/1999 - Gabinete do Director-Geral EURO Implicações fiscais. Regras a observar, no período transitório Circular 1, de 21/01/1999 - Gabinete do Director-Geral EURO Implicações fiscais

Leia mais

Produto Financeiro Complexo Documento Informativo BPI CHINA 2012-2015 ISIN: PTBBUFOM0021

Produto Financeiro Complexo Documento Informativo BPI CHINA 2012-2015 ISIN: PTBBUFOM0021 Produto Financeiro Complexo Documento Informativo BPI CHINA 2012-2015 ISIN: PTBBUFOM0021 Emissão de Obrigações ao abrigo do Euro Medium Term Note Programme de 10,000,000,000 do Banco BPI para a emissão

Leia mais

Guia de Abertura de um Café em Portugal Zeta Advisors

Guia de Abertura de um Café em Portugal Zeta Advisors Guia de Abertura de um Café em Portugal Zeta Advisors 1 The way to get started is to quit talking and begin doing. Walt Disney Company ÍNDICE 1. Introdução... 3 2. Licenciamento e Legislação... 3 3. Nível

Leia mais

NEWSLETTER FISCAL Junho 2013. Crédito Fiscal Extraordinário ao Investimento, Orçamento. Retificativo para 2013 e Outros Assuntos Relevantes

NEWSLETTER FISCAL Junho 2013. Crédito Fiscal Extraordinário ao Investimento, Orçamento. Retificativo para 2013 e Outros Assuntos Relevantes NEWSLETTER FISCAL Junho 2013 Crédito Fiscal Extraordinário ao Investimento, Orçamento Retificativo para 2013 e Outros Assuntos Relevantes 1. Introdução No dia 31 de Maio de 2013, foi submetida à Assembleia

Leia mais

Tributação da reabilitação urbana. Raquel Franco 08.03.2013

Tributação da reabilitação urbana. Raquel Franco 08.03.2013 Raquel Franco 08.03.2013 Benefícios à reabilitação urbana Artigo 45.º EBF prédios urbanos objeto de reabilitação Artigo 46.º EBF - prédios urbanos construídos, ampliados, melhorados ou adquiridos a título

Leia mais

Depósito Indexado Millennium Investimento Espanhol julho 2018. - Prospeto Informativo

Depósito Indexado Millennium Investimento Espanhol julho 2018. - Prospeto Informativo Depósito Indexado Millennium Investimento Espanhol julho 2018 Produto Financeiro Complexo - Prospeto Informativo Designação Millennium Investimento Espanhol julho 2018 Classificação Produto Financeiro

Leia mais

IVA 2013. Novas regras na facturação e na circulação de mercadorias. Janeiro - 2013. 1 J. Gante

IVA 2013. Novas regras na facturação e na circulação de mercadorias. Janeiro - 2013. 1 J. Gante IVA 2013 Novas regras na facturação e na circulação de mercadorias Janeiro - 2013 1 J. Gante Legislação Dir. 2008/08/CE Dir. 2010/45/UE DL 197/2012 DL 198/2012 ( 24 de Agosto ) Ofício 30.136/2012 Ofício

Leia mais