CONTABILIDADE E PROCESSAMENTO SALARIAL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONTABILIDADE E PROCESSAMENTO SALARIAL"

Transcrição

1 Contabilidade e Processamento Salarial A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã disponibiliza às empresas alemãs com sucursal ou estabelecimento estável em Portugal, o serviço de contabilidade organizada com profissionais bilingues. Oferecemos: CONTABILIDADE E PROCESSAMENTO SALARIAL 2012 A inscrição da empresa no registo nacional de pessoas colectivas nas finanças, no registo comercial e na segurança social

2 Elaboração da demonstração dos resultados com as declarações periódicas necessárias e os lançamentos contabilísticos; reconciliações bancárias, lançamentos de caixa e declarações de IVA Um serviço de contabilidade bilingue; procedimentos contabilísticos mais complexos são esclarecidos em língua alemã e ou portuguesa. Serviço de processamento salarial; emissão de declarações de IRS, da segurança social e pagamento de salários Consultoria jurídica e fiscal Comunicação e acompanhamento em língua alemã Vantagens: Pessoa de contacto experiente e fiável Redução de custos com pessoal e minimização do tempo de trabalho contabilístico Superação das barreiras linguistas ou de problemas de comunicação com as autoridades portuguesas Apoio no cumprimento das exigências legais e burocráticas A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã disponibiliza no âmbito da contabilidade organizada e do processamento salarial os seguintes serviços: 2/6

3 Relatórios mensais Demonstração de resultados, Balanço, Somas e listas de saldos para o mês lançado bem como acumulado desde o início do exercício (Balancete), Lista de verbas em aberto. Declarações fiscais 1. O mandatário prepara as declarações fiscais mensais, trimestrais e anuais necessárias correspondentes ao direito fiscal em vigor. As declarações de impostos bem como os pagamentos devem ser assinados de acordo com o princípio dos Quatro Olhos, sendo que a assinatura deve ser do Director Executivo ou Gerente. 2. Este serviço engloba individualmente: 1) Elaboração da declaração fiscal de imposto sobre o rendimento das pessoas colectivas (IRC: Modelo 22); 2) Imposto Municipal sobre Rendimentos (Derrama) 3) Elaboração da declaração fiscal de imposto sobre o valor acrescentado (IVA); 4) Emissão da Guia do Pagamento especial por conta e por conta do IRC 5) Elaboração da Guia da Segurança Social e mapa de remunerações 6) Elaboração da Guia das Retenções na Fonte (IRS, IRC) e do Imposto Selo 7) Contabilização Imposto municipal de Imóvel (IMI) Câmara Municipal 3/6

4 8) Cálculo e Contabilização Imposto municipal de transacções (IMT) Câmara Municipal 3. As declarações fiscais mensais e trimestrais são enviadas pelo portal das finanças por uma pessoa empregada do mandatário e responsável pela elaboração das declarações fiscais, com base na procuração concedida pelo cliente. As declarações fiscais anuais são enviadas pelo portal das finanças e todos os documentos contabilísticos e anexos são assinados por um gerente por parte do cliente e pelo TOC (Técnico Oficial de Contas), responsável pela elaboração e o envio das declarações fiscais. 4. Todas as declarações fiscais são enviadas via Internet pelo portal das finanças. Relatórios estatísticos 1. O mandatário elabora, sem uma adjudicação de encomenda prévia por parte do cliente, os seguintes documentos necessários para a elaboração de relatórios estatísticos periódicos, que são determinados pelo INE, entre outros: - Anual: IES (Informação empresarial simplificada) Caso as prescrições relativamente à elaboração de relatórios para o serviço principal de estatística INE se alterem, serão feitos acordos especiais. 2. Todas as restantes listagens estatísticas para a estatística do Estado, para as entidades fiscais bem como outros órgãos estatais são elaboradas pelo mandatário após adjudicação prévia de encomenda por parte do cliente. 4/6

5 Contabilidade de salários e processamento salarial O processamento salarial abrange os seguintes tarefas: a) Contabilidade de salários, elaboração de: Listas salariais mensais dos colaboradores empregados Envio electrónico mensal segurança social inclusive listagem por nomes dos segurados e seu envio electrónico à instituição de segurança social (Segurança Social); declarações mensais de retenção de IRS b) Serviços de Final de ano: Preenchimento e Envio para a respectiva entidade as Informações anuais sobre pagamentos antecipados de imposto sobre rendimentos retidos e pagos; declarações de IRS para os colaboradores (final do ano) - Preenchimento das estatísticas obrigatórias (Quadro de Pessoal) e envio para o Gabinete de Estratégia e Planeamento Ministério de Trabalho e da Solidariedade Social (GEP-MTSS) (até final Novembro à data 31.10) - Preenchimento e envio do Modelo 10 (até final mês Fevereiro) c) Declarações de inscrição na segurança social: - Envio dos formulários da primeira inscrição Fecho do exercício 1. O mandatário elabora os documentos do fecho do exercício e coordena-os com o cliente: o balanço, a demonstração de resultados e o anexo de acordo com as prescrições da lei de prestação de contas. O relatório de gestão fica a cargo da gerência da empresa. 5/6

6 2. Os prazos para a elaboração dos documentos do fecho do exercício são acordados com o cliente e com o responsável auditor tendo em conta os prazos legais para o fecho dos livros e a elaboração do fecho do exercício. Contacto: Emília Mateus Tel: /6

A Solução RCR GERIR disponibiliza os serviços e o apoio essencial para introduzir mais tranquilidade e segurança na gestão das empresas.

A Solução RCR GERIR disponibiliza os serviços e o apoio essencial para introduzir mais tranquilidade e segurança na gestão das empresas. Solução RCR GERIR Destinatários Micro e pequenas empresas Objectivo da solução A Solução RCR GERIR disponibiliza os serviços e o apoio essencial para introduzir mais tranquilidade e segurança na gestão

Leia mais

PAGAMENTO DE IMPOSTOS - 2009

PAGAMENTO DE IMPOSTOS - 2009 PAGAMENTO DE IMPOSTOS - 2009 JANEIRO / 2009 Até ao dia 12: Pagamento do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), a efectuar nos balcões das correspondente ao imposto apurado na declaração respeitante

Leia mais

sage Infologia50 Contabilidade

sage Infologia50 Contabilidade Contabilidade Nova Versão SAFT-PT Sage 2008 e Analisador SAFT: Validação, consulta e exploração de dados do ficheiro SAFT. Automatização do CMVMC: Automatização do CMVMC, permitindo a introdução da existência

Leia mais

Calendário fiscal 2014

Calendário fiscal 2014 www.pwc.pt/tax Uma compilação das principais obrigações fiscais e parafiscais de periodicidade regular das pessoas coletivas e das pessoas singulares A PwC Os conteúdos aqui apresentados são de natureza

Leia mais

PAGAMENTO DE IMPOSTOS - 2010

PAGAMENTO DE IMPOSTOS - 2010 PAGAMENTO DE IMPOSTOS - 2010 JANEIRO / 2010 Até ao dia 11: Pagamento do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), a efectuar nos balcões das correspondente ao imposto apurado na declaração respeitante

Leia mais

1) O QUE É A INFORMAÇÃO EMPRESARIAL SIMPLIFICADA (IES)?

1) O QUE É A INFORMAÇÃO EMPRESARIAL SIMPLIFICADA (IES)? Âmbito Geral 1) O QUE É A INFORMAÇÃO EMPRESARIAL SIMPLIFICADA (IES)? A IES, criada pelo Decreto-Lei n.º 8/2007, de 17 de janeiro, recentemente alterado pelo Decreto-lei n.º 10/2015, de 16 de janeiro, consiste

Leia mais

Calendário fiscal 2015

Calendário fiscal 2015 www.pwc.pt/tax Uma compilação das principais obrigações fiscais e parafiscais de periodicidade regular das pessoas coletivas e das pessoas singulares A PwC Os conteúdos aqui apresentados são de natureza

Leia mais

Impacto das Novas Tecnologias na Contabilidade. A. Domingues de Azevedo

Impacto das Novas Tecnologias na Contabilidade. A. Domingues de Azevedo Tecnologias na Contabilidade 1 SUMÁRIO 1. Introdução Impacto das Novas 2. Impacto das Novas Tecnologias na Economia e na Sociedade a) A Empresa na Hora b) A Empresa On-line c) A informação Empresarial

Leia mais

Software de Prestação de Contas Contabilístico e Fiscal

Software de Prestação de Contas Contabilístico e Fiscal Software de Prestação de Contas Contabilístico e Fiscal Versão 2011 Cumprimento dos requisitos de informação contabilística em todos os normativos SNC Cumprimento das obrigações fiscais para a generalidade

Leia mais

Entrega da contribuição sobre o setor bancário. ES EP

Entrega da contribuição sobre o setor bancário. ES EP JANEIRO / 2015 ATÉ AO DIA 12 balcões dos serviços de finanças ou dos CTT ou ainda (para importâncias não superiores a 100 000,00), através do multibanco, correspondente ao imposto apurado na declaração

Leia mais

Finance. Estudos de Remuneração 2012

Finance. Estudos de Remuneração 2012 Estudos de 2012 Estudos de Finance 2012 2 Nota preliminar pág. 3 Finance Auditor Interno Controller Financeiro Contabilista Accounts Payable Accounts Receivable Técnico de Controlo de Crédito e Cobranças

Leia mais

JANEIRO / 2013 ATÉ AO DIA 2

JANEIRO / 2013 ATÉ AO DIA 2 JANEIRO / 2013 JANEIRO / 2013 DIREÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO E APOIO AO CONTRIBUINTE ATÉ AO DIA 2 Único de Circulação IUC, relativo a: - Veículos cujo aniversário da matrícula ocorra no mês anterior;

Leia mais

A simplicidade do seu funcionamento permite ser utilizado por qualquer pessoa mesmo sem conhecimentos de informática.

A simplicidade do seu funcionamento permite ser utilizado por qualquer pessoa mesmo sem conhecimentos de informática. O WinAvenças Pro é um software destinado a faturação de serviços e produtos. A quem se destina: para todas as empresas que necessitem de um programa de faturação completo e certificado e fácil de utilizar.

Leia mais

Guia de Abertura de um Café em Portugal Zeta Advisors

Guia de Abertura de um Café em Portugal Zeta Advisors Guia de Abertura de um Café em Portugal Zeta Advisors 1 The way to get started is to quit talking and begin doing. Walt Disney Company ÍNDICE 1. Introdução... 3 2. Licenciamento e Legislação... 3 3. Nível

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE. Rev.: 02. Data: 05-07-2013. Mod.41/00. pág. 1

MANUAL DA QUALIDADE. Rev.: 02. Data: 05-07-2013. Mod.41/00. pág. 1 MANUAL DA QUALIDADE Rev.: 02 Data: 05-07-2013 pág. 1 Designação Social: Dupliconta Sociedade de Contabilidade, Consultadoria e Gestão Lda. Morada: Caminho do Pilar, Conjunto Habitacional do Pilar, Lote

Leia mais

DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO

DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO DEPARTAMENTO ADMINISTRATIVO Segurança social Informação e preenchimento de impressos Inscrição de Empresas / Beneficiários Requerimento de Certidões / Benefícios Guias de pagamento e Folhas de Remuneração

Leia mais

PROPOSTA DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONTABILIDADE

PROPOSTA DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONTABILIDADE PROPOSTA DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONTABILIDADE PROPOSTA Empresa/Sector: A constituir / Construção Civil Contacto: Lurdes Coelho Projeto: Prestação de serviços de contabilidade; Gestão do Projeto: Vitória

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE TÉCNICOS DE CONTABILIDADE

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE TÉCNICOS DE CONTABILIDADE MAPA DE OBRIGAÇÕES FISCAIS E PARAFISCAIS DE OUTUBRO 2015 Dia 12: IVA: Envio da declaração mensal referente ao mês de agosto 2015 e anexos. IVA: Pagamento do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), a

Leia mais

LOGÍSTICA NÍVEL I. LOCAL Centro de Formação TRIGÉNIUS FÁTIMA. CONDIÇÕES 1 Computador por participante Certificado de participação Coffee Break

LOGÍSTICA NÍVEL I. LOCAL Centro de Formação TRIGÉNIUS FÁTIMA. CONDIÇÕES 1 Computador por participante Certificado de participação Coffee Break LOGÍSTICA NÍVEL I Logística do ERP PRIMAVERA, designadamente Vendas e Stocks/ Inventários. administrativa. Configuração do administrador Criação e configuração de séries documentais Tratamento das entidades

Leia mais

CALENDÁRIO FISCAL Novembro de 2015

CALENDÁRIO FISCAL Novembro de 2015 DATA DE CUMPRIMENTO DAS OBRIGAÇÕES FISCAIS Até ao dia 02 IUC Liquidação, por transmissão eletrónica de dados, e pagamento do Imposto Único de Circulação (IUC), relativo aos veículos cujo aniversário da

Leia mais

Guia de Abertura de um Restaurante em Portugal Zeta Advisors

Guia de Abertura de um Restaurante em Portugal Zeta Advisors Guia de Abertura de um Restaurante em Portugal Zeta Advisors 1 The way to get started is to quit talking and begin doing. Walt Disney Company ÍNDICE 1. Introdução... 3 2. Licenciamento e Legislação...

Leia mais

NEWSLETTER FISCAL Nº 58 Novembro 2015

NEWSLETTER FISCAL Nº 58 Novembro 2015 Nº 58 Novembro 2015 IRC Informação Vinculativa Despacho de 17 de abril 1 Processo 750/2015 Tributação autónoma dos encargos com viaturas ligeiras de mercadorias referidas na alínea b) do n.º 1 do artigo

Leia mais

CALENDÁRIO FISCAL Outubro de 2015

CALENDÁRIO FISCAL Outubro de 2015 CALENDÁRIO FISCAL DATA DE CUMPRIMENTO DAS OBRIGAÇÕES FISCAIS Até ao dia 12 Envio da Declaração Periódica, por transmissão eletrónica de dados, acompanhada dos anexos que se mostrem devidos, pelos sujeitos

Leia mais

NEWS TCC SROC Julho 2014

NEWS TCC SROC Julho 2014 Novidades Portal das Finanças - Certificação de Software Foi divulgado pelo despacho n.º 247/2014 de 30 Junho de 2014, a prorrogação para 1 de outubro de 2014 a obrigação de certificação de software de

Leia mais

CURSO PLANEAMENTO FISCAL

CURSO PLANEAMENTO FISCAL CURSO PLANEAMENTO FISCAL ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 03 2. DESENVOLVIMENTO A. Proposta pedagógica B. Investimento C. Condições de participação 03 03 04 04 3. FICHA DE INSCRIÇÃO 05 02 Moneris Academy Planeamento

Leia mais

Contabilística: cumprimento dos requisitos de informação contabilística em todos os normativos SNC, designadamente:

Contabilística: cumprimento dos requisitos de informação contabilística em todos os normativos SNC, designadamente: Parceiro Certificado DEFIR RESUMO FUNCIONALIDADES DO Nota Introdutória Características Preços PRESTAÇÃO DE CONTAS INFORMAÇÃO FISCAL ANÁLISE FINANCEIRA AF AVAN- ÇADA Elaboração Dem. Financeiras Relatório

Leia mais

OBRIGAÇÕES DECLARATIVAS - 2009

OBRIGAÇÕES DECLARATIVAS - 2009 OBRIGAÇÕES DECLARATIVAS - 2009 JANEIRO / 2009 Até ao dia 12 Entrega da Declaração Modelo 11, por transmissão electrónica de dados, pelos Notários, Até ao dia 20 - Entrega, pelas Instituições de Crédito

Leia mais

RESUMO FUNCIONALIDADES

RESUMO FUNCIONALIDADES RESUMO FUNCIONALIDADES DO Nota Introdutória Características PRESTAÇÃO DE CONTAS INFORMAÇÃO FISCAL ANÁLISE FINANCEIRA AF AVAN- ÇADA Elaboração Dem. Financeiras Relatório de gestão e ata da AG Apuramento

Leia mais

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio!

Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP. Otimize a Gestão do Seu Negócio! Soluções de Gestão Integradas SENDYS ERP Otimize a Gestão do Seu Negócio! Universo da Solução de Gestão SENDYS ERP Financeira Recursos Humanos Operações & Logística Comercial & CRM Analytics & Reporting

Leia mais

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE. (Unidade-Disciplina-Trabalho) MINISTÉRIO DO PLANO E FINANÇAS

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE. (Unidade-Disciplina-Trabalho) MINISTÉRIO DO PLANO E FINANÇAS REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE (Unidade-Disciplina-Trabalho) MINISTÉRIO DO PLANO E FINANÇAS PROJECTO DE APOIO À GESTÃO ECONÓMICA E FINANCEIRA (PAGEF) TERMOS DE REFERÊNCIA RESPONSÁVEL ADMINISTRATIVO

Leia mais

SOLUÇÕES DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS VALORIZAÇÃO DO CAPITAL HUMANO

SOLUÇÕES DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS VALORIZAÇÃO DO CAPITAL HUMANO SOLUÇÕES DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS VALORIZAÇÃO DO CAPITAL HUMANO SOLUÇÕES DE RECURSOS HUMANOS ARTSOFT Os Recursos Humanos são o ativo mais relevante de uma organização, sendo, por isso, alvo de grande

Leia mais

30 Novembro 2012. Especial Tax News Flash - OE 2013 Medidas que fazem diferença

30 Novembro 2012. Especial Tax News Flash - OE 2013 Medidas que fazem diferença 30 Novembro 2012 Especial Tax News Flash - OE 2013 Medidas que fazem diferença Índice Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IRS) 4 Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) 5 Imposto do selo

Leia mais

Codificação da tabela de Movimentos

Codificação da tabela de Movimentos A Informatização da Contabilidade CAP VII Modelo 22; Comprovativo do pagamento do IVA trimestral; Comprovativo do pagamento da Informação Empresarial Simplificada; etc. Os documentos como a Nota de encomenda

Leia mais

Regime geral dos trabalhadores por conta de outrem

Regime geral dos trabalhadores por conta de outrem Gastos e operações com o pessoal Os recursos humanos implicam gastos: Remunerações fixas e/ou variáveis recebidas pelos trabalhadores vinculados à empresa por contrato individual de trabalho; Remunerações

Leia mais

Transformamos Informação em Conhecimento

Transformamos Informação em Conhecimento Transformamos Informação em Conhecimento Contabilidade Parametrização automática de uma estrutura para centros de custo. Automatização de tipos de lançamentos. Tratamento automático do final do exercício.

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE TÉCNICOS DE CONTABILIDADE

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE TÉCNICOS DE CONTABILIDADE MAPA DAS OBRIGAÇÕES FISCAIS E PARAFISCAIS DE MARÇO 2015 Dia 2: IUC: Liquidação, por transmissão eletrónica de dados, e pagamento do Imposto Único de Circulação - IUC, relativo aos veículos cujo aniversário

Leia mais

Calendário Fiscal. Fevereiro de 2014 DIA 10. Segurança Social - declaração de remunerações (Janeiro)

Calendário Fiscal. Fevereiro de 2014 DIA 10. Segurança Social - declaração de remunerações (Janeiro) Calendário Fiscal Fevereiro de 2014 DIA 10 Segurança Social - declaração de remunerações (Janeiro) A entrega da declaração de remunerações referente ao mês de Janeiro de 2014 tem que ser feita obrigatoriamente

Leia mais

RESUMO FUNCIONALIDADES

RESUMO FUNCIONALIDADES RESUMO FUNCIONALIDADES DO Nota Introdutória Características Preços PRESTAÇÃO DE CONTAS INFORMAÇÃO FISCAL ANÁLISE FINANCEIRA AF AVAN- ÇADA Elaboração Dem. Financeiras Relatório de gestão e ata da AG Apuramento

Leia mais

OBRIGAÇÕES DECLARATIVAS 2016

OBRIGAÇÕES DECLARATIVAS 2016 OBRIGAÇÕES DECLARATIVAS 2016 Última atualização: janeiro 2016 IRS ATÉ AO DIA 11 Entrega da Declaração Mensal de Remunerações, por transmissão eletrónica de dados, pelas entidades devedoras de rendimentos

Leia mais

OFERTA COBRANÇAS E RECUPERAÇÃO EXTRA-JUDICIAL DE INCOBRÁVEIS

OFERTA COBRANÇAS E RECUPERAÇÃO EXTRA-JUDICIAL DE INCOBRÁVEIS COBRANÇAS E RECUPERAÇÃO EXTRA-JUDICIAL DE INCOBRÁVEIS Directores financeiros, Directores Comerciais responsáveis de controlo de crédito, membros de equipas de cobranças, credit managers. Prevenir a cobrança

Leia mais

CURRICULUM VITAE ELEMENTOS PESSOAIS HABILITAÇÕES LITERÁRIAS

CURRICULUM VITAE ELEMENTOS PESSOAIS HABILITAÇÕES LITERÁRIAS CURRICULUM VITAE ELEMENTOS PESSOAIS Nome: André Filipe Antunes de Sousa Tavares HABILITAÇÕES LITERÁRIAS o Licenciatura em Gestão pela Cooperativa de Ensino Universidade Lusíada do Porto, finalizada a 27

Leia mais

Econ. Paulo Nascimento CORECON 31.880. Secretaria de Desenvolvimento Econômico

Econ. Paulo Nascimento CORECON 31.880. Secretaria de Desenvolvimento Econômico Econ. Paulo Nascimento CORECON 31.880 Econ. Paulo Nascimento CORECON 31.880 O que é o Empreendedor Individual? O Empreendedor Individual (EI) é uma oportunidade para quem trabalha, por conta própria, conquistar

Leia mais

Sessão de esclarecimento sobre o euro. impacto nos negócios, na contabilidade e na fiscalidade 1998.Novembro.28. etapas

Sessão de esclarecimento sobre o euro. impacto nos negócios, na contabilidade e na fiscalidade 1998.Novembro.28. etapas Sessão de esclarecimento sobre o euro impacto nos negócios, na contabilidade e na fiscalidade 1998.Novembro.28 Consultores de Gestão etapas 1.Jan.1999 entra em vigor o EURO (moeda escritural) não obrigação

Leia mais

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FINANCEIRA

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FINANCEIRA PROGRAMA EUROSTARS RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FINANCEIRA INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO ACOMPANHAMENTO FINANCEIRO COMPONENTES DO RELATÓRIO A verificação da execução financeira dos projectos EUROSTARS é suportada

Leia mais

OTOC - Exame de Avaliação Profissional Conteúdos Programáticos

OTOC - Exame de Avaliação Profissional Conteúdos Programáticos OTOC - Exame de Avaliação Profissional Conteúdos Programáticos Contabilidade Geral 1. Fundamentos da Contabilidade Financeira 1.1. A contabilidade financeira 1.1.1. Objeto e divisões da Contabilidade 1.1.2.

Leia mais

Simplificação nas PMEs

Simplificação nas PMEs Simplificação nas PMEs Aproveitamento das Novas Tecnologias DGITA Portal Declarações Electrónicas Dezembro 2007 Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 1 Agenda O que é a DGITA? Estratégia

Leia mais

Estudo de Remuneração 2015

Estudo de Remuneração 2015 2015 FINANCE Temporary & permanent recruitment www.pagepersonnel.pt Editorial Page Personnel ir ao encontro do talento A Page Personnel recruta para os seus clientes os melhores perfis qualificados, sendo

Leia mais

REGULAMENTO Nº 3/2009

REGULAMENTO Nº 3/2009 REGULAMENTO Nº 3/2009 REGULAMENTO DE LIQUIDAÇÃO E COBRANÇA DE RECEITAS MUNICIPAIS Preâmbulo A dispersão geográfica dos serviços da Câmara Municipal torna impraticável a cobrança de todas as receitas na

Leia mais

PHC Contabilidade CS

PHC Contabilidade CS PHC Contabilidade CS A execução e o controlo de todas as tarefas contabilísticas da sua empresa ou organização O controlo total das necessidades contabilísticas nas vertentes geral, analítica e orçamental.

Leia mais

Exame de. Fiscalidade de Empresas 11

Exame de. Fiscalidade de Empresas 11 Exame de Fiscalidade de Empresas 11 (Época Especial para Alunos Finalistas) Ano Lectivo 2005/2006 16/09/2006 Prática Docentes: António Vítor Almeida Campos Carlos Manuel de Freitas Lázaro João Andrade

Leia mais

PHC InterOp CS. O aumento da produtividade da área financeira

PHC InterOp CS. O aumento da produtividade da área financeira PHC InterOp CS O aumento da produtividade da área financeira A solução para o aumento significativo da produtividade da área financeira, através da execução simplificada e rápida de tarefas e operações

Leia mais

Gestão de Recursos Humanos

Gestão de Recursos Humanos Gestão de Pessoal Definição A Gestão de Pessoal implica não apenas o tratamento oficial do esquema de remunerações, mas também a manutenção do Cadastro dos Empregados, Higiene e Segurança no Trabalho,

Leia mais

Acção de Formação Contabilidade Geral - Primavera v8

Acção de Formação Contabilidade Geral - Primavera v8 Acção de Formação Contabilidade Geral - Primavera v8 MoreData, Sistemas de Informação Campo Grande 28, 10º E 1700-093 Lisboa 213520171 info@moredata.pt Índice de Conteúdos Introdução...3 Sobre o Curso...4

Leia mais

PHC InterOp CS. ππ Automatizar procedimentos repetitivos ππ Executar rapidamente a mesma tarefa em diferentes empresas de seguida

PHC InterOp CS. ππ Automatizar procedimentos repetitivos ππ Executar rapidamente a mesma tarefa em diferentes empresas de seguida PHCInterOp CS DESCRITIVO PHC InterOp CS Aumento significativo da produtividade da área financeira através da execução simplificada e rápida de tarefas e operações em todas as empresas BENEFÍCIOS ππ Automatizar

Leia mais

PHC InterOp CS. O aumento da produtividade da área financeira

PHC InterOp CS. O aumento da produtividade da área financeira PHC InterOp CS O aumento da produtividade da área financeira A solução para o aumento significativo da produtividade da área financeira, através da execução simplificada e rápida de tarefas e operações

Leia mais

REGULAMENTO SOBRE A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PELO REVISOR OFICIAL DE CONTAS E PELO AUDITOR EXTERNO DOS CTT-CORREIOS DE PORTUGAL, S.A. I.

REGULAMENTO SOBRE A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PELO REVISOR OFICIAL DE CONTAS E PELO AUDITOR EXTERNO DOS CTT-CORREIOS DE PORTUGAL, S.A. I. REGULAMENTO SOBRE A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PELO REVISOR OFICIAL DE CONTAS E PELO AUDITOR EXTERNO DOS CTT-CORREIOS DE PORTUGAL, S.A. I. Âmbito e Objetivo A Comissão de Auditoria ( CAUD ) no exercício das

Leia mais

CASA PRONTA. Perguntas & Respostas

CASA PRONTA. Perguntas & Respostas CASA PRONTA Perguntas & Respostas 1. O que é o balcão Casa Pronta? O Casa Pronta é um balcão único onde é possível realizar todas as operações relativas à compra e venda de casa (prédios urbanos). Neste

Leia mais

Execute e controle de uma forma eficaz e profissional todas as tarefas contabilísticas da sua Empresa

Execute e controle de uma forma eficaz e profissional todas as tarefas contabilísticas da sua Empresa Descritivo completo Contabilidade 2008 Execute e controle de uma forma eficaz e profissional todas as tarefas contabilísticas da sua Empresa Benefícios Fácil de utilizar; Totalmente integrada com o restante

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA Convite à apresentação n. MARKT/2003/[ref. no.]/b: Avaliação em geral e avaliação do impacto no domínio do Mercado FORMULÁRIO DE CANDIDATURA Exmos. Senhores, Em anexo encontra-se a proposta de [nome do

Leia mais

Guia de Abertura de um Ginásio em Portugal Zeta Advisors

Guia de Abertura de um Ginásio em Portugal Zeta Advisors Guia de Abertura de um Ginásio em Portugal Zeta Advisors 1 The way to get started is to quit talking and begin doing. Walt Disney Company ÍNDICE 1. Introdução... 3 2. Licenciamento e Legislação... 3 3.

Leia mais

Incentivos fiscais à reabilitação urbana e legislação relacionada. Tatiana Cardoso Dia 18 de Setembro de 2013 Lisboa

Incentivos fiscais à reabilitação urbana e legislação relacionada. Tatiana Cardoso Dia 18 de Setembro de 2013 Lisboa Incentivos fiscais à reabilitação urbana e legislação relacionada Tatiana Cardoso Dia 18 de Setembro de 2013 Lisboa Incentivos fiscais à Reabilitação Urbana e Nova Lei das Rendas Introdução Como instrumento

Leia mais

CALENDÁRIO FISCAL 2015

CALENDÁRIO FISCAL 2015 CALENDÁRIO FISCAL 2015 QUADRITÓPICO & BAKER TILLY Obrigações mensais Q U A D R I T Ó P I C O P u b l i c a ç õ e s e D i s t r i b u i ç ã o i n f o @ q u a d r i t o p i c o. p t B A K E R T I L L Y i

Leia mais

Contabilidade Financeira II 2008/09

Contabilidade Financeira II 2008/09 Contabilidade Financeira II 2008/09 Impostos Estado e Outros Entes Públicos Impostos: IRC - Imposto sobre o rendimento IRS - Retenção de impostos sobre rendimentos (já vimos) IVA - Imposto sobre o valor

Leia mais

DINÂMICA DO PROCESSO DE ADAPTAÇÃO A BOLONHA

DINÂMICA DO PROCESSO DE ADAPTAÇÃO A BOLONHA DINÂMICA DO PROCESSO DE ADAPTAÇÃO A BOLONHA SITUAÇÃO ACTUAL CRITÉRIOS DE RECONHECIMENTO SITUAÇÃO PRÉ - BOLONHA ADAPTAÇÃO A BOLONHA DISCIPLINAS CHAVE DISCIPLINAS INSTRUMENTAIS DISCIPLINAS CHAVE DISCIPLINAS

Leia mais

Manual da Área Financeira. 2Ás Contabilidade e Consultoria, Lda

Manual da Área Financeira. 2Ás Contabilidade e Consultoria, Lda Manual da Área Financeira 2Ás Contabilidade e Consultoria, Lda Rev. 1/2014 de 11/09/2014 Sumário 1. INTRODUÇÃO 3 2. REPORTS: CONSULTA 4 2.1 CRITÉRIOS DE SELEÇÃO 4 3. IMPOSTOS E OUTROS: CONSULTA 6 3.1 CRITÉRIOS

Leia mais

Plano de Curso CURSO PREPARAÇÃO OTOC

Plano de Curso CURSO PREPARAÇÃO OTOC Plano de Curso CURSO PREPARAÇÃO OTOC INTRODUÇÃO O Curso de preparação para os exames de avaliação profissional da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas, promovido pela Associação para a Extensão Universitária

Leia mais

Fiscalidade no Sector da Construção

Fiscalidade no Sector da Construção Fiscalidade no Sector da Construção Conferência AICCOPN Os Fundos de Investimento Imobiliário para Arrendamento Habitacional Lisboa, 26 de Março de 2009 Paulo Alexandre de Sousa Director de Financiamento

Leia mais

RECURSOS HUMANOS. Âmbito

RECURSOS HUMANOS. Âmbito Página1 RECURSOS HUMANOS Âmbito Gestão de O MultiRH é um sistema desenvolvido especificamente para a área dos capaz de fornecer todas as respostas necessárias às exigências das organizações e a sua implementação

Leia mais

PHC Contabilidade CS

PHC Contabilidade CS PHC Contabilidade CS A execução e o controlo de todas as tarefas contabilísticas da sua empresa ou organização O controlo total das necessidades contabilísticas nas vertentes geral, analítica e orçamental.

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ENTRE Electra SARL e Electra Norte, Sociedade Unipessoal, S.A. ANEXO III: ACORDO DE NÍVEIS DE SERVIÇO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ENTRE Electra SARL e Electra Norte, Sociedade Unipessoal, S.A. ANEXO III: ACORDO DE NÍVEIS DE SERVIÇO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ENTRE Electra SARL e Electra Norte, Sociedade Unipessoal, S.A. ANEXO III: ACORDO DE NÍVEIS DE SERVIÇO Serviços Financeiros Gestão Financeira Nível de serviço: Condições

Leia mais

Prefeitura Municipal de Castelo Av. Nossa Senhora da Penha, 103 Centro Cep: 29360 000 Castelo/ES Tel.: +55 28 3542 2124 8526

Prefeitura Municipal de Castelo Av. Nossa Senhora da Penha, 103 Centro Cep: 29360 000 Castelo/ES Tel.: +55 28 3542 2124 8526 DECRETO Nº 13.492 DE 25 DE SETEMBRO DE 2014. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 017/2014, DISPÕE SOBRE OS PROCEDIMENTOS PARA ELABORAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO NA PREFEITURA MUNICIPAL DE CASTELO / ES, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

Índice. 1. Enquadramento 2. Descrição da Solução 3. Pressupostos 4. Serviços incluídos 5. Serviços adicionais 6. Pricing V 1.0

Índice. 1. Enquadramento 2. Descrição da Solução 3. Pressupostos 4. Serviços incluídos 5. Serviços adicionais 6. Pricing V 1.0 Índice 1. Enquadramento 2. Descrição da Solução 3. Pressupostos 4. Serviços incluídos 5. Serviços adicionais 6. Pricing 2 Enquadramento A Autoridade Tributária (AT), desde 2011, que obriga as empresas

Leia mais

Serviço de Intervenção e Cobranças Condições do Serviço de Intervenção e Cobranças

Serviço de Intervenção e Cobranças Condições do Serviço de Intervenção e Cobranças Serviço de Intervenção e Cobranças Condições do Serviço de Intervenção e Cobranças A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã, através do seu Departamento Jurídico e Fiscal, presta auxílio a empresas

Leia mais

Novo Sistema de Normalização Contabilística

Novo Sistema de Normalização Contabilística Acção de Formação Novo Sistema de Normalização Contabilística Novo Sistema de Normalização Contabilística Programa: 16 horas Formador: Dr. Vitor de Almeida Apresentação das demonstrações financeiras Estrutura

Leia mais

Advocacia e Cidadania

Advocacia e Cidadania REGRA GERAL: SUJEIÇÃO TRIBUTÁRIA (Art. 3.º e 48.º CIRC) IPSS não exercem a título principal uma actividade de natureza comercial, industrial ou agrícola Tributadas pelo rendimento global, o qual corresponde

Leia mais

PHC Contabilidade. Execute e controle de uma forma eficaz e profissional todas as tarefas contabilísticas da sua Empresa

PHC Contabilidade. Execute e controle de uma forma eficaz e profissional todas as tarefas contabilísticas da sua Empresa PHCContabilidade DESCRITIVO O módulo de Contabilidade é parte integrante da solução financeira PHC e permite, sozinho ou integrado com o restante Software PHC, o controlo total das necessidades contabilísticas

Leia mais

www.avantassessoria.com.br

www.avantassessoria.com.br www.avantassessoria.com.br Nossa Empresa A AVANT Assessoria Contábil e Tributária é uma empresa de contabilidade especializada em consultoria e assessoria de empresas e profissionais liberais, oferecendo

Leia mais

DE INVESTIGAÇÃO EXPLORATÓRIA NO ÂMBITO DO PROGRAMA INVESTIGADOR FCT. Normas de execução financeira

DE INVESTIGAÇÃO EXPLORATÓRIA NO ÂMBITO DO PROGRAMA INVESTIGADOR FCT. Normas de execução financeira FINANCIAMENTO DE PROJETOS DE INVESTIGAÇÃO EXPLORATÓRIA NO ÂMBITO DO PROGRAMA INVESTIGADOR FCT Normas de execução financeira Financiamento de Projetos de Investigação Exploratória no âmbito do Programa

Leia mais

MANUAL DE CONTROLO INTERNO

MANUAL DE CONTROLO INTERNO MANUAL DE CONTROLO INTERNO ARSN, IP Página 1 de 12 Ed. Rev. Data Autor 00 00 s/ data Implementação do Modelo de Controlo Interno nas ACSS ARS. 01 00 jan./2013 Adequação dos procedimentos à ARSN,IP. UACI

Leia mais

CTB CONTABILIDADE NÃO ORGANIZADA

CTB CONTABILIDADE NÃO ORGANIZADA CTB CONTABILIDADE NÃO ORGANIZADA CARACTERÍSTICAS GERAIS A aplicação do módulo de Contabilidade não Organizada tem como Público-Alvo os sujeitos passivos que fazem parte da Categoria B Rendimentos Profissionais

Leia mais

Programa de Unidade Curricular

Programa de Unidade Curricular Programa de Unidade Curricular Faculdade Ciências Empresariais Licenciatura Contabilidade e Ciências Económicas e Empresariais Unidade Curricular Simulação Empresarial / Estágio Semestre: Nº ECTS: 6,0

Leia mais

Sucursal na Hora. Vida mais simples para as empresas

Sucursal na Hora. Vida mais simples para as empresas Sucursal na Hora Vida mais simples para as empresas Vida mais simples para as empresas A Justiça deve estar ao serviço do desenvolvimento económico e do investimento. Por isso, o Ministério da Justiça

Leia mais

Contabilidade e Fiscalidade 2º Ano

Contabilidade e Fiscalidade 2º Ano GRUPO DE ECONOMIA E CONTABILIDADE Curso Profissional de Técnico de Gestão Ano Lectivo 2014/2015 PLANIFICAÇÃO ANUAL Contabilidade e Fiscalidade 2º Ano Curso Profissional de Técnico de Gestão 2º TG (2014-2015)

Leia mais

www.ies.gov.pt www.e-financas.gov.pt

www.ies.gov.pt www.e-financas.gov.pt www.ies.gov.pt A IES consiste na prestação da informação de natureza fiscal, contabilística e estatística, através de uma declaração única transmitida exclusivamente por via electrónica. www.e-financas.gov.pt

Leia mais

Guia de Abertura de um Lar de Idosos em Portugal Zeta Advisors

Guia de Abertura de um Lar de Idosos em Portugal Zeta Advisors Guia de Abertura de um Lar de Idosos em Portugal Zeta Advisors 1 The way to get started is to quit talking and begin doing. Walt Disney Company ÍNDICE 1. Introdução... 3 2. Licenciamento e Legislação...

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM CONTROLO DE GESTÃO E FISCALIDADE PARA PME S

PÓS-GRADUAÇÃO EM CONTROLO DE GESTÃO E FISCALIDADE PARA PME S PÓS-GRADUAÇÃO EM CONTROLO DE GESTÃO E FISCALIDADE PARA PME S CÂMARA DO COMÉRCIO DE ANGRA DO HEROÍSMO E INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO Angra do Heroísmo 2010/2011 1 Objectivos Este curso de pós-graduação

Leia mais

MANUAL DE APOIO AOS DOCUMENTOS DE PRESTAÇÃO DE CONTAS

MANUAL DE APOIO AOS DOCUMENTOS DE PRESTAÇÃO DE CONTAS MANUAL DE APOIO AOS DOCUMENTOS DE PRESTAÇÃO DE CONTAS A prestação de contas é matéria que deve respeitar o quadro normativo em vigor actualmente (consultar nota final deste manual). No POCAL Simplificado,

Leia mais

Vantagens da solução Starter Easy

Vantagens da solução Starter Easy Vantagens da solução Starter Easy Software certificado A solução Starter Easy obedece às regras de certificação dos programas informáticos de faturação definidos pela Autoridade Tributária, conforme o

Leia mais

BOLETIM OFICIAL. I Série ÍNDICE. Número 11. Quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2015 MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DO PLANEAMENTO: Portaria nº 6/2015:

BOLETIM OFICIAL. I Série ÍNDICE. Número 11. Quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2015 MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DO PLANEAMENTO: Portaria nº 6/2015: Quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2015 I Série Número 11 BOLETIM OFICIAL ÍNDICE MINISTÉRIO DAS FINANÇAS E DO PLANEAMENTO: Portaria nº 6/2015: Aprova a declaração periódica de rendimentos....460 460 I SÉRIE

Leia mais

Pós-Graduação em Fiscalidade 6 ª Edição 2015-2016

Pós-Graduação em Fiscalidade 6 ª Edição 2015-2016 Pós-Graduação em Fiscalidade 6 ª Edição 2015-2016 1. Justificação e Enquadramento A fiscalidade faz, inexoravelmente, parte da vida dos cidadãos e das empresas e outras entidades, os quais devem estar

Leia mais

CURSO DE GESTÃO DE VENDAS (15 horas)

CURSO DE GESTÃO DE VENDAS (15 horas) CURSO DE GESTÃO DE VENDAS Inedem- Apotec Outono 2007 25 e 26 de Setembro 9h00 às 18h30 Dirigido a gestores da área financeira com necessidade de ferramentas informáticas de elevada eficácia na avaliação

Leia mais

What s New Multi 2011. Certificação de Software Publicação da Portaria 363/2010

What s New Multi 2011. Certificação de Software Publicação da Portaria 363/2010 Certificação de Software Publicação da Portaria 363/2010 À Semelhança de medidas tomadas por administrações Fiscais de outros países, foi publicada em Portugal a portaria a regulamentar a Certificação

Leia mais

Conhecimentos essenciais na utilização de software PRIMAVERA Guia do curso

Conhecimentos essenciais na utilização de software PRIMAVERA Guia do curso Conhecimentos essenciais na utilização de software PRIMAVERA Guia do curso Pág. 1 Índice Índice... 2 Dados Gerais da formação... 3 Objetivos da formação... 3 Estrutura e desenvolvimento da formação...

Leia mais

LIMITE DE RETENÇÃO NO CONTAS A PAGAR

LIMITE DE RETENÇÃO NO CONTAS A PAGAR LIMITE DE RETENÇÃO NO CONTAS A PAGAR RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de

Leia mais

Treinamento. Uniodonto Maceió

Treinamento. Uniodonto Maceió Treinamento Uniodonto Maceió Contabilidade Contabilidade é a ciência que tem como objeto de estudo o patrimônio das entidades, seus fenômenos e variações, tanto no aspecto quantitativo quanto no qualitativo,

Leia mais

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE MINISTÉRIO DAS FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DOS IMPOSTOS DOMÉSTICOS. Imposto de Retenção

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE MINISTÉRIO DAS FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DOS IMPOSTOS DOMÉSTICOS. Imposto de Retenção REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE MINISTÉRIO DAS FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DOS IMPOSTOS DOMÉSTICOS Imposto de Retenção Guia para senhorios e inquilinos Se o leitor é um senhorio ou um inquilino, pode

Leia mais

Câmara Municipal de Almeida Plano de Prevenção de Riscos de Gestão Enquadramento legal

Câmara Municipal de Almeida Plano de Prevenção de Riscos de Gestão Enquadramento legal 1 Câmara Municipal de Almeida Plano de Prevenção de Riscos de Gestão Enquadramento legal 1. A Câmara Municipal de Almeida tem, nos termos da lei e dos estatutos, autonomia administrativa, financeira e

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÃO OPORTUNIDADES PROFISSIONAIS GUIA DE ORIENTAÇÃO OPORTUNIDADES PROFISSIONAIS QUE PODEM SER DESENVOLVIDAS ATRAVÉS DOS NOSSOS CURSOS

GUIA DE ORIENTAÇÃO OPORTUNIDADES PROFISSIONAIS GUIA DE ORIENTAÇÃO OPORTUNIDADES PROFISSIONAIS QUE PODEM SER DESENVOLVIDAS ATRAVÉS DOS NOSSOS CURSOS GUIA DE ORIENTAÇÃO QUE PODEM SER DESENVOLVIDAS ATRAVÉS DOS NOSSOS CURSOS 1 ÁREA DE COMÉRCIO EXTERIOR Advogados Advogados podem atuar na área de direito aduaneiro e poderão ser muito bem remunerados pelos

Leia mais

Pacote Fiscal ao Investimento 2013

Pacote Fiscal ao Investimento 2013 Pacote Fiscal ao Investimento 201 Paulo Núncio Lisboa, 2 de maio de 201 1 Principais características Supercrédito fiscal sem precedentes em Portugal Empresas que investem podem beneficiar de uma taxa geral

Leia mais

344 Contabilidade e Fiscalidade

344 Contabilidade e Fiscalidade 344 Contabilidade e Fiscalidade A Inspeção Tributária nas Empresas Empresários, Diretores, Técnicos Oficiais de Contas. Não existentes. Formação Continua. Destinatários Requisitos de acesso Modalidade

Leia mais