MENSÁRIO do CONTABILISTA Sindicato dos Contabilistas de São Paulo - Sindcont-SP - Ano 47 - Ed Junho de 2013

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MENSÁRIO do CONTABILISTA Sindicato dos Contabilistas de São Paulo - Sindcont-SP - Ano 47 - Ed. 575 - Junho de 2013"

Transcrição

1 MENSÁRIO do CONTABILISTA Sindicato dos Contabilistas de São Paulo - Sindcont-SP - Ano 47 - Ed Junho de 2013 Instituto Paulista de Contabilidade. Fundado em 1919 I Publicação criada em 1956, por Hilário Franco e Luiz Fernando Mussolini Presidente da gestão , Victor Domingos Galloro Encontro de Profissionais e Acadêmicos de Contabilidade Evento chega em sua 3ª edição fortalecendo o vínculo entre Sindcont-SP, profissionais e estudantes

2 2013 LUCRO REAL CONFIRA AS NOVIDADES DA NOVA VERSÃO INOVAÇÃO AG ILIDA D E PR ATICIDA D E O Lucro Real do Cenofisco passa por uma inovação todos os anos, visando a facilitar sua utilização, tornando-o mais ágil e prático, mantendo, sobretudo, a qualidade, a segurança e a confiabilidade em relação à apuração do Lucro Real e da Contribuição Social anual ou trimestral, + além do Lucro Presumido, PIS e Cofins. Novidades do Produto versão 2013 Cálculo automático dos limites individuais e coletivos dos incentivos do IRPJ Real/ Estimado/ Fechamento Anual. Emissão do Relatório do Cadastro de Produtos das alíquotas diferenciadas e por Unidade de Medida de Produto. Aumento no número de casas decimais do Fator de Compensação do Prejuízo Fiscal e da Base Negativa da CSLL. Lucro da exploração contemplando o incentivo ProUni e os Eventos da Fifa. Cálculo do PIS/Cofi ns nas modalidades Cumulativo, não Cumulativo e alíquotas diferenciadas e por Unidade de Medida de Produto. Inserção do Fechamento Anual da CSLL e do IRPJ para as empresas tributadas pelo Lucro Real Anual. Permissão para imprimir o livro de Encadernação do LACS junto ou separado do Lalur. Acesso à Agenda de Obrigações Cenofi sco (prazos e tabelas aplicadas no âmbito federal, estadual e municipal referentes ao recolhimento de impostos, entre outros). Acesso à íntegra da legislação aplicável ao programa Lucro Real. Licença para 10 acessos simultâneos. Atualização automática ou manual, permitindo que você fi que sempre atualizado com as alterações legislativas e as melhorias no sistema para facilitar ainda mais sua utilização. Acesse o site e consulte um representante de sua região. Facebook: facebook.com/cenofisco

3 SUMÁRIO SUMÁRIO EXPEDIENTE Sindicato dos Contabilistas de São Paulo Instituto Paulista de Contabilidade. Fundado em Órgão de Profissão Liberal e dos Profissionais da Contabilidade. Base Territorial: Caieiras, Cajamar, Carapicuíba, Diadema, Embu, Embu-Guaçu, Francisco Morato, Franco da Rocha, Guarulhos, Itapecerica da Serra, Juquitiba, Mairiporã, Mauá, Osasco, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São Paulo e Taboão da Serra. Praça Ramos de Azevedo, 202 São Paulo - SP - CEP Tel.: (11) Fax: Victor Domingos Galloro Presidente Jair Gomes de Araújo Vice-Presidente Roberto Royo Diretor Financeiro Antonio Sofia Vice-Diretor Financeiro Nelson Piva Diretor Secretário Francisco Montóia Rocha Vice-Diretor Secretário Celina Coutinho Diretora Cultural Deise Pinheiro Vice-Diretora Cultural Carolina Tancredi de Carvalho Diretora Social Suplentes: Claudinei Tonon Edmilson Nunes Chaves Edna Magda Ferreira Góes Geraldo Carlos Lima João Edison Deméo Lucio Francisco de Silva Marina Kazue Tonoue Suzuki Paulo Cesar Pierre Braga Valter Vieira Piroti Conselho Fiscal Efetivos: Antonio Sarrubbo Junior Edmundo José dos Santos Silvio Lopes Carvalho Suplentes: Geraldo Stanzani Sidney de Azevedo Vitor Luis Trevisan Comissão Editorial: Victor Domingos Galloro Jair Gomes de Araújo Antonio Sofia Francisco Montóia Rocha Deise Pinheiro Gerente de Comunicação: Paulo Toledo Produção, Edição e Publicidade: De León Comunicações Tel/Fax: (11) / Jornalista Responsável: Lenilde De León (Mtb /SP) Editor: Costábile Nicoletta (Mtb /SP) Redatores: Paulo Prendes (Mtb /SP), Danielle Ruas (Mtb /SP) e Larissa Sartori Publicidade De León Comunicações Rosângela lopes - Tel.: (11) / 7604 Projeto Gráfico: Marcelo Vieira Diagramação: Eros Silva Periodicidade: Mensal Tiragem: 10 mil exemplares Impressão e Acabamento: Graphic Express - Tel.: (11) As opiniões expressas nos artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores e os anúncios veiculados são de inteira responsabilidade dos anunciantes. 4 Editorial Reportagem de Capa 9 Consultoria Sindcont-SP 5 Cursos Epac: 3ª edição consolida balanço positivo de público, contéudo e integração Encontro foi realizado de 20 a 24 de maio de 2013 na Universidade Cidade de São Paulo - Unicid O sucesso comprovado da 3ª edição do Encontro de Profissionais e Acadêmicos de Contabilidade Epac, promovido pelo Sindicato dos Contabilistas de São Paulo - Sindcont-SP em parceria com a Universidade Cidade de São Paulo Unicid, demonstra que todos os objetivos foram atingidos, tanto de frequência e participação - mais de mil participantes entre profissionais, estudantes e lideranças da área contábil -, quanto dos conteúdos expostos, tornando o Epac um evento referência em termos de educação profissional continuada. O Encontro foi realizado no período de 20 a 24 de maio de 2013, nas dependências da Universidade Cidade de São Paulo - Unicid. Durante cinco dias de evento, profissionais do mais alto nível interagiram com os estudantes, proporcionando a troca de experiências entre os participantes e o compartilhamento dos principais conteúdos da atualidade contábil, empresarial, trabalhista e tributária, que este ano foram abordados com mais consistência e direcionados ao dia a dia dos profissionais da Contabilidade, e aos que estão se graduando e buscam as primeiras experiências profissionais com a eficiência e a segurança exigidas pelo mercado. Na abertura do evento, dia 20 de maio, o presidente do Sindcont-SP, Victor Domingos Galloro, afirmou que 12 6 Terceiro Setor 16 Wagner Pagliato, professor e diretor do curso de Ciências Contábeis da Universidade. 6 - Mensário do Contabilista Ano da Contabilidade Reportagem de Capa O presidente do Sindcont-SP, Victor Domingos Galloro, durante seu discurso na abertura do 3º Epac. o Sindicato contribui sobremaneira para elevar cada vez mais o nível dos profissionais da Contabilidade. Os professores do Sindcont-SP compartilharam com os estudantes conteúdos que serão úteis hoje e para o futuro de suas carreiras, pois os trabalhos realizados no Encontro estimularam os debates, não somente técnico mas também sobre o ensino das Ciências Contábeis, uma vez que o Brasil vive um momento desafiador e muito especial de mudanças na Contabilidade, argumentou ª Convecon Sem a aceitação e a participação dos nossos alunos, o Epac não aconteceria, pois eles souberam aproveitar as oportunidades de se aprimorarem e certamente sairão das salas de aula para os escritórios com um conhecimento que será fundamental para o seu desenvolvimento profissional, disse o professor e diretor do curso de Ciências Contábeis da Unicid, Wagner Pagliato. Na 14 Entrevista ocasião, o presidente da Federação dos Contabilistas do Estado de São Paulo Fecontesp, José de Souza, foi homenageado com o Diploma de Honra ao Mérito Profissional Contábil 2013, pelo presidente do Sindcont- -SP, Victor Domingos Galloro. A capacitação profissional não só dá plena possibilidade para o exercício da profissão contábil como também prepara o aluno para o universo do trabalho, declarou o presidente da Federação. 18 Associado em Foco Fotos: Su Stathopoulos

4 Editorial Victor Domingos Galloro Presidente do Sindcont-SP Gestão º Epac reafirma seu sucesso entre estudantes e profissionais da Contabilidade Educação continuada é uma das estratégias mais importantes para os profissionais potencializarem suas carreiras. E para o profissional da Contabilidade essa máxima é mais verdadeira ainda, em razão das inúmeras obrigações e das constantes mudanças na legislação tributária e fiscal brasileira. Fato é que todas as alterações ocorridas recentemente na profissão foram benéficas para a Contabilidade e para o profissional, só que estas exigem muito mais capacitação técnica, estudos permanentes e atualização dos conhecimentos antes adquiridos. E foi justamente neste ambiente tão propício ao aprendizado que o Sindicato dos Contabilistas de São Paulo Sindcont-SP realizou o 3º Encontro de Profissionais e Acadêmicos de Contabilidade Epac, realizado entre os dias 20 e 24 de maio de 2013, na sede da Universidade Cidade de São Paulo - Unicid, nossa parceira na iniciativa. O 3º Epac novamente superou expectativas e reafirmou o conceito de que nunca é tarde para se aprender, a exemplo do que foi feito na sua última edição. Jovens profissionais e estudantes de Ciências Contábeis tiveram a oportunidade de dividir experiências com as lideranças contábeis e professores, em um convívio harmonioso, que promoveu um valioso intercâmbio do saber. Aproximadamente pessoas participaram das palestras e oficinas apresentadas nos cinco dias do evento, buscando aprimorar seus conhecimentos com o que há de mais recente no cenário contábil. Contudo, vale insistir que a educação profissional continuada deve fazer parte do cotidiano do profissional da Contabilidade, que precisa, por natureza do seu ofício, estar sempre atento às modificações legislativas, tecnológicas e culturais que ocorrem na profissão. Eventos de transmissão de conteúdos como o Epac, que já se tornou referência para os estudantes e profissionais da Classe, continuarão sendo realizados pelo Sindcont-SP, assim como a segunda edição da Semana Paulista da Contabilidade, que acontecerá em setembro próximo, tendo como missão a qualificação dos profissionais de hoje e do futuro. Mas, o importante é que o profissional esteja atento e predisposto ao aprendizado, e que participe dos encontros, cursos e palestras promovidos constantemente pela Entidade. Parabéns aos que participaram, direta e indiretamente, fazendo com que o 3º Epac alcançasse seu pleno sucesso. Boa leitura! 4 - Mensário do Contabilista

5 Informações por meio dos telefones: (11) / 5125 / Cursos RELAÇÃO DE CURSOS PROGRAMADOS - JUNHO/2013 DATA DESCRIÇÃO HORÁRIO SÓCIO NÃO SÓCIO C.H. PROFESSOR 17 segunda Encerramento de Empresas - Informatizado 9h30 às 18h30 R$ 200,00 R$ 360,00 8 Francisco Motta 17 segunda Imobilizado, Arrendamento e Impairment na Prática 9h30 às 18h30 R$ 200,00 R$ 360,00 8 Luciano Perrone 17 a 21 segunda à sexta Práticas Trabalhistas e Previdenciárias para Administração de Condomínios - NOVO! 19h às 22h R$ 285,00 R$ 510,00 15 Myrian Bueno Quirino 18 terça SPED FISCAL (ICMS/IPI) 9h30 às 18h30 R$ 200,00 R$ 360,00 8 Antonio Sergio de Oliveira 18 a 21 terça a sexta Legislação trabalhista - Aspectos gerais, atualização e reciclagem 19h às 22h R$ 285,00 R$ 510,00 12 Valeria de Souza Telles 19 quarta Contabilidade Básica na Prática 9h30 às 18h30 R$ 200,00 R$ 360,00 8 Braulino José dos Santos 20 quinta Excel Avançado III - Excel h30 às 18h30 gratuito para associados e dependentes do Sindcont-SP R$ 200,00 8 Ivan Glicerio 22 e 29 sábado Prático em Benefícios Previdenciários - NOVO! 9h às 18h R$ 285,00 R$ 510,00 16 Myrian Bueno Quirino 24 segunda SPED Contribuições (PIS/COFINS) 9h30 às 18h30 R$ 200,00 R$ 360,00 8 Antonio Sergio de Oliveira 24 a 28 segunda à sexta Auditoria Interna de Rotinas Trabalhistas e Previdenviário - "Prevenção e Redução de Riscos com Passivos Trabalhistas" - NOVO! 19h às 22h R$ 285,00 R$ 510,00 15 Myrian Bueno Quirino 26 quarta Obrigações Acessórias das Empresas - Informatizado 9h30 às 18h30 R$ 200,00 R$ 360,00 8 Francisco Motta 26 quarta Produtos Importados FCI ICMS 4% 9h30 às 18h30 R$ 200,00 R$ 360,00 8 Antonio Sergio de Oliveira 27 quinta Organizando o trabalho com o OUTLOOK h30 às 18h30 gratuito para associados e dependentes do Sindcont-SP R$ 200,00 8 Ivan Glicerio 02 a 05, 10 e 11 RELAÇÃO DE CURSOS PROGRAMADOS - JULHO/2013 DATA DESCRIÇÃO HORÁRIO SÓCIO NÃO SÓCIO C.H. PROFESSOR Práticas de Cálculos Trabalhistas para Incidentes 19h às 22h R$ 285,00 R$ 510,00 18 Myrian Bueno Quirino 04 quinta Apresentando resultados com o POWER POINT h30 às 18h30 gratuito para associados e dependentes do Sindcont-SP R$ 200,00 8 Ivan Glicerio 04 quinta Técnicas avançadas e eficazes para negociação e vendas 09h30 às 18h30 R$ 200,00 R$ 360,00 8 Luiz Henrique Casaretti 06 e 13 sábado Básico de Departamento Pessoal 09h às 18h R$ 285,00 R$ 510,00 16 Myrian Bueno Quirino 11 quinta NF-e / CT-e 09h30 às 18h30 R$ 200,00 R$ 360,00 8 Antonio Sergio de Oliveira 11 quinta Trabalhando com textos no WORD h30 às 18h30 gratuito para associados e dependentes do Sindcont-SP R$ 200,00 8 Ivan Glicerio 12 e 13 sexta e sábado Escrituração Fiscal Básico (ICMS/IPI) - SP 09h às 18h R$ 285,00 R$ 510,00 16 Janayne da Cunha 15 quinta Contabilidade Tributária "no ambiente das novas normas contábeis" 15 quinta Análise de balanço no Excel - Excel h30 às 18h30 09h30 às 18h30 R$ 200,00 R$ 360,00 8 Fabio Molina gratuito para associados e dependentes do Sindcont-SP R$ 200,00 8 Ivan Glicerio Mensário do Contabilista - 5

6 Reportagem de Capa Epac: 3ª edição consolida balanço positivo de público, contéudo e integração Encontro foi realizado de 20 a 24 de maio de 2013, na Universidade Cidade de São Paulo - Unicid Wagner Pagliato, professor e diretor do curso de Ciências Contábeis da Universidade. O presidente do Sindcont-SP, Victor Domingos Galloro, durante seu discurso na abertura do 3º Epac. O sucesso comprovado da 3ª edição do Encontro de Profissionais e Acadêmicos de Contabilidade Epac, promovido pelo Sindicato dos Contabilistas de São Paulo - Sindcont-SP em parceria com a Universidade Cidade de São Paulo Unicid, demonstra que todos os objetivos foram atingidos, tanto de frequência e participação - cerca de participantes entre profissionais, estudantes e lideranças da área contábil -, quanto dos conteúdos expostos, tornando o Epac um evento de referência em termos de educação profissional continuada. O Encontro foi realizado no período de 20 a 24 de maio de 2013, nas dependências da Unicid. Durante cinco dias de evento, profissionais do mais alto nível interagiram com os estudantes, proporcionando enriquecedora troca de experiências e o compartilhamento dos principais conteúdos da atualidade contábil, tributária, trabalhista e empresarial. Este ano foram abordados temas com mais consistência e direcionados ao dia a dia dos profissionais da Contabilidade, e aos que estão se graduando e buscam as primeiras experiências profissionais com a eficiência e a segurança exigidas pelo mercado. Na abertura do evento, dia 20 de maio, o presidente do Sindcont-SP, Victor Domingos Galloro, afirmou que o Sindicato contribui sobremaneira para elevar cada vez mais o nível dos profissionais da Contabilidade. A profissão contábil está em alta no País, mas há dificuldade em preencher determinadas vagas oferecidas pelas empresas, que exigem pessoal qualificado, pontuou o presidente do Sindcont-SP ao incentivar os estudantes de Ciências Contábeis a se dedicarem à vida acadêmica. Sem a aceitação e a participação dos nossos alunos, o Epac não aconteceria, pois eles souberam aproveitar as oportunidades de se aprimorarem e certamente sairão das salas de aula para os escritórios com um conhecimento que será fundamental para o seu desenvolvimento profissional, disse o professor e diretor do curso de Ciências Contábeis da Unicid, Wagner Pagliato. Na ocasião, o presidente da Federação dos Contabilistas do Estado de São Paulo Fecontesp, José de Souza, foi homenageado com o Diploma de Honra ao Mérito Profissional Contábil 2013, pelo presidente do Sindcont-SP, Victor Domingos Galloro. A capacitação profissional não só dá plena possibilidade para o exercício da profissão contábil como também prepara o aluno para o universo do trabalho, declarou o presidente da Federação. Fotos: Su Stathopoulos 6 - Mensário do Contabilista

7 Reportagem de Capa A palestra magna de abertura do evento foi ministrada pelo presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo - CRC SP, Luiz Fernando Nóbrega, que falou sobre o Sistema CFC/CRC s, os benefícios da Lei nº /2010, a importância do Exame de Suficiência, e as oportunidade de trabalho na profissão: A Contabilidade possui cerca de 48 áreas de atuação e atualmente existe uma carência enorme de profissionais no mercado, principalmente de auditores contábeis, docentes e peritos, registrou. Palestras Os participantes assistiram a mais de 80 palestras, realizadas durante os cinco dias de evento, em diversos horários, distribuídas entre as salas de aula e o auditório. Contadores, auditores, empreendedores, peritos, consultores, pesquisadores, especialistas e professores de diversas áreas do ramo contábil, ministraram palestras sobre temas como: Carreira, Sped no Escritório Contábil, ITG 1000 PME s, Atualização Trabalhista e Previdenciária, Siscoserv, Cupom Fiscal Eletrônico CF-e-SAT, Prática do Uso da HP 12C, Simples Nacional, Processo de Coaching nas Organizações, Demonstrações Sustentáveis, Pontos Importantes do Direito Tributário, Rescisão de Contrato de Trabalho, Demonstrações Financeiras em IFRS, Risco Tributário para Empresas com o Cruzamento das Informações Fiscais, dentre outros assuntos e temas importantes. Veja a cobertura completa do evento no site do Sindicato: Na segunda noite do evento, 21, os acadêmicos assistiram ao debate Compromisso com a profissão, mediado pelo professor e diretor do curso de Ciências Dr. Ernesto das Candeias, assessor jurídico do CEDFC, durante reunião realizada no Epac. As salas de aulas estiveram lotadas em todos os dias de evento. Contábeis da Universidade, Wagner Pagliato, que falou sobre a importância do registro profissional. O destaque da noite foi para a apresentação do Grupo de Estudos ICMS, comandado pelos coordenadores do Grupo de Estudos do ICMS no Sindcont-SP, Marina Suzuki e Ailton Barboni, e pelo presidente do Centro de Estudos e Debates Fisco-Contábeis CEDFC, Claudinei Tonon, que prendeu a atenção de uma plateia bastante atenciosa. Tanto Marina quanto Tonon defenderam que os Centros de Estudos são espaços para discussões, debates e esclarecimento de dúvidas dos profissionais da Contabilidade. Na ocasião, o professor Ailton Barboni palestrou sobre o regime de substituição tributária do ICMS. No dia 22, terceiro dos trabalhos, os participantes receberam informações sobre a campanha para doação de medula óssea da Universidade, em parceria com a Associação da Medula Óssea Ameo, a Interonco Consultoria Empresarial em Oncologia e o Hospital Leonor Mendes de Barros. A campanha foi lançada no Epac 2012 e este ano recebeu mais doações do que no ano anterior. Inclusive vários representantes do Sindcont-SP já colaboraram com essa iniciativa. Outro destaque da noite foi a realização da sessão do Centro de Estudos e Debates Fisco-Contábeis CEDFC na Universidade. Por meio desses encontros, temos a oportunidade de nos manter atualizados e alcançar a excelência nos negócios, garantiu Claudinei Tonon, lembrando que há atividades do CEDFC também em São Bernardo do Campo e Carapicuíba. Com a sala de aula lotada, a palestra Demonstrações Financeiras em IFRS, ministrada no dia 23, quarto dia dos trabalhos, pelo o professor Sindcont-SP, Luciano Perrone, especialista em gestão empresarial, mostrou a evolução no desenvolvimento do conjunto Fotos: Su Stathopoulos Mensário do Contabilista - 7

8 Reportagem de Capa das demonstrações financeiras exigidas para as sociedades anônimas de capital aberto, sociedade de grande porte e as pequenas e médias empresas. Outro destaque do Epac, no dia 23, foi a apresentação do vice-presidente do Sindicato, Jair Gomes de Araújo, juntamente com o professor Josimar Santos Alves, que falaram sobre Aspectos Jurídicos, DIPJ 2013 e as demais obrigações acessórias das entidades imunes e isentas. Na oportunidade, eles apontaram as condições para a manutenção da imunidade e da isenção das entidades do Terceiro Setor. No último dia do 3º Epac, 24, os instrutores do Sindcont-SP, José Joaquim Filho e Geraldo Carlos Lima, apresentaram as seguintes palestras, respectivamente: A importância da análise de balanços e Perícia Contábil, neste último painel, Lima explicou o conceito judicial e extrajudicial da especialidade, enfatizando sua importância para a justa solução de litígios. Homenagens O presidente do Sindcont-SP, Victor Domingos Galloro, encerrou o 3º Encontro dos Profissionais e Acadêmicos de Contabilidade, homenageando os professores da Unicid e do Centro Paula Souza Etec, unidade da Vila Formosa, que receberem das mãos dos diretores do Sindicato o Diploma de Mérito Acadêmico. Os homenageados foram eleitos pelos alunos das duas instituições de ensino. Galloro ressaltou a importância da parceria com a Unicid para a realização de mais uma edição do Epac. Aos alunos deixou uma significativa mensagem: É importante nunca parar de se capacitar, de buscar conhecimento e de se atualizar. Mais de pessoas entre profissionais, estudantes e lideranças da área contábil participaram dos cinco dias de Epac. Um diferencial do evento foi a Feira de Negócios, que apresentou ao público os mais recentes lançamentos de produtos e serviços da área contábil. Outro sucesso do Encontro foi a Feira de Negócios, que contou com a participação de renomadas empresas fornecedoras de serviços e produtos para o setor contábil. Ao final de cada dia, houve sorteio de prêmios aos participantes. Saldo positivo O Epac é um evento muito oportuno para os estudantes de Ciências Contábeis, visto que os temas trabalhados são atuais e condizentes com a nossa realidade profissional, afirmou a bacharel em Ciências Contábeis Gabriela Guedes Martins. Na segunda-feira, 20, tive a oportunidade de assistir ao seminário Sped no Escritório Contábil, que foi ministrado pelo professor Antonio Sergio de Oliveira. Atualmente, trabalho em uma empresa de Contabilidade, mas meu objetivo é atuar no Terceiro Setor. Existem, na programação do Encontro, várias palestras que abordam o Terceiro Setor e isso é muito importante. Além disso, o Epac promove o aperfeiçoamento profissional, ressaltou a aluna do 7º semestre do curso de Ciências Contábeis da Unicid, Fernanda Mota. De acordo com a estudante do 7º semestre da Unicid, Telma dos Santos Torres, o Epac cumpre sua meta no que diz respeito à atualização profissional. O evento é uma grande ferramenta para esclarecer os impactos que a globalização e as novas tecnologias vêm trazendo ao cenário contábil. É um processo gradativo que está em constante atualização. Não é algo fácil, mas as novas regras do Sistema Público de Escrituração Digital - Sped e das IFRS são necessárias. É uma mudança de cultura imprescindível. Fotos: Su Stathopoulos 8 - Mensário do Contabilista

9 Empregado Doméstico Consultoria Sindcont-SP Consultor Trabalhista do Sindcont-SP responde às principais dúvidas sobre as novas regras do(a) empregado(a) doméstico(a) Tendo em vista as constantes questões levantadas em função da recente alteração da Constituição Federal sobre a contratação de empregados(as) domésticos(as), ressaltamos algumas informações básicas: 1) Qual é o conceito de empregado(a) doméstico(a)? Empregado(a) doméstico(a) é aquele(a) que presta serviços de natureza contínua e de finalidade não lucrativa à pessoa ou à família, no âmbito residencial destas. Ex. empregada doméstica, jardineiro, vigia, motorista, etc. 2) Qual a diferença entre diarista e empregado(a) doméstico(a)? A diferença é que o(a) diarista presta serviços de natureza não contínua, por conta própria, à pessoa ou família, no âmbito residencial desta, sem fins lucrativos. Atualmente, o entendimento jurisprudencial é de que até dois dias semanais de labor trata-se de diarista. 3) O(A) empregado(a) doméstico(a) é obrigado a se inscrever na Previdência Social? Sim, por tratar-se de segurado obrigatório, devendo se inscrever através do site da Previdência Social (www.previdenciasocial.gov.br) ou pelo telefone ) O empregador está obrigado a efetuar a matrícula do Cadastro Específico do INSS CEI do(a) empregado(a) doméstico(a) quando da admissão? Para que seja possível o recolhimento fundiário, necessário se faz a matrícula do CEI. 5) Para informar na GFIP e na GPS é necessário que o(a) empregado(a) doméstico(a) tenha o Plano de Integração Social PIS? Não, conforme IN INSS 45/2010, art.39, Par. 1º., II, letras a e b. 6) Quais eram os direitos dos(as) empregados(as) domésticos(as) antes da PEC 72/13 de 03 de abril de 2013? Aposentadoria, aviso prévio, férias anuais + 1/3, licença gestante, licença paternidade, irredutibilidade do salário, repouso semanal, salário mínimo, 13º. Salário e seguro contra acidente do trabalho. 7) Quais os direitos introduzidos pela PEC 72/2013 aos empregados(as) domésticos(as)? Foram estendidos todos os direitos dos empregados Benedito de Jesus Cavalheiro, Consultor Trabalhista do Sindcont-SP contratados pela CLT, exceto os adicionais de insalubridade, penosidade e periculosidade. 8) A partir da PEC 72/2013 de , quais os direitos dos(as) empregados(as) domésticos(as) que estão em vigor? Jornada de trabalho de oito horas diárias e 44 semanais, horas extras com adicional de 50% e reconhecimento das convenções e acordos coletivos de trabalho. 9) Quais os direitos concedidos pela PEC 72/2013 que precisam ser regulamentados? Auxilio creche e pré-escola, Fundo de Garantia por Tempo de Serviço FGTS, Relação de emprego protegida contra despedida arbitrária, remuneração do trabalho noturno, salário família, seguro desemprego e contra acidente do trabalho, e indenização. Por ocasião da elaboração da presente matéria, a maioria dos benefícios concedidos pela PEC ainda não havia sido regulamentados, sendo objeto de Projeto de Lei e, quando da implantação desse, voltaremos a nos manifestar. Arquivo Sindcont-SP Mensário do Contabilista - 9

10 23ª Convecon Profissionais da Contabilidade e os ensinamentos de Gandhi Monólogo estimulará participantes da 23ª Convecon a buscar o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional Para alcançar uma carreira vitoriosa, o profissional precisa procurar o aprimoramento técnico, mas sem deixar de cuidar da parte espiritual e pessoal. Em meio à realização de inúmeras palestras que proporcionarão um ambiente ideal de aprendizado e troca de informações, o Sindicato dos Contabilistas de São Paulo Sindcont-SP explorará o lado humano, cultural e espiritual dos profissionais da Contabilidade ao promover o monólogo Gandhi, um Líder Servidor durante a 23ª Convenção dos Profissionais da Contabilidade do Estado de São Paulo Convecon, que será realizada entre os dias 18 e 20 de agosto de 2013, no Palácio das Convenções do Parque Anhembi, em São Paulo SP. Sucesso absoluto na 1ª edição da Semana Paulista da Contabilidade, realizada pelo Sindcont-SP em 2012, o ator e jornalista João Signorelli, interpretará Mahatma Gandhi, apresentando soluções utilizadas pelo líder e pacifista indiano para resolver os conflitos existentes entre o Oriente e o Ocidente à sua época. O monólogo já se tornou um consagrado sucesso, com apresentações em todo o País, onde o ator narra a trajetória de Gandhi de forma descontraída e emocionante, ressaltando a importância da não-violência, da liderança pacífica e da boa conduta. Sua importante mensagem é dirigida ao homem, não só no ambiente corporativo, mas na sociedade em geral, e vem envolvendo pessoas em várias ocasiões devido ao enfoque nos princípios ético-filosóficos das relações humanas. O ator explica que a peça da 23ª Convecon terá um diferencial, visto que o roteiro foi adaptado ao cenário contábil. Iremos pegar um trecho da vida do Gandhi e transportar para o mundo da Contabilidade, abordando a questão do código de ética do contador, disse. A ideia da adaptação surgiu por conta da campanha 2013: Ano da Contabilidade no Brasil, a qual lideranças e órgãos ligados à profissão estão se unindo para que toda a sociedade saiba e reconheça o verdadeiro papel do profissional da Contabilidade. O ator e jornalista João Signorelli interpretará Mahatma Gandhi na 23ª Convecon. Vamos aproveitar o monólogo para enfatizar que este é o ano do profissional da Contabilidade, onde o personagem está sendo convidado a participar deste evento, destaca o ator. Segundo Signorelli as pessoas perceberão o deslocamento de foco do assunto. Gandhi é um personagem que resgata a humanidade, se adequando a qualquer situação. Será uma experiência interessante trabalhar o tema Ano da Contabilidade, enfatiza o ator. Arquivo Sindcont-SP 10 - Mensário do Contabilista

11 23ª Convecon O Profissional da Contabilidade diante da gestão de informação É fundamental que o contador conheça as novas tecnologias, para auxiliar os gestores no processo decisório e na elaboração de planos estratégicos A Contabilidade está inserida na evolução da economia, historicamente e atualmente, devido ao desenvolvimento tecnológico, que vem criando novas técnicas de identificação e mensuração dos eventos econômicos e financeiros que afetam as mudanças no patrimônio das organizações, bem como está introduzindo uma nova maneira de visualizar os procedimentos contábeis. Mirando na inovação tecnológica, consolidada no cotidiano do profissional da Contabilidade, o Sindicato dos Contabilistas de São Paulo Sindcont-SP realizará a palestra Tecnologia: o desafio da Gestão da Informação, na 23ª Convenção dos Profissionais do Estado de São Paulo Convecon, a ser realizada nos dias 18 a 20 de agosto de 2013, no Palácio das Convenções do Parque Anhembi, em São Paulo SP. O painel será exposto por Ernesto Rubens Gelbcke, sócio da Directa Auditores e empresas Directa Alliance, professor da Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras - Fipecafi, e coautor do livro Manual de Contabilidade Societária - Aplicável a Todas as Sociedades de Acordo com as Normas Internacionais e do CFC, publicado pela editora Atlas, que abordará a importância do profissional contábil não somente por seu conhecimento da ferramenta tecnológica, como também por sua gerência e fornecimento do suporte para a empresa. Esse conhecimento é fundamental para o desenvolvimento de um bom trabalho, afirma. Para Gelbcke, as empresas, cada vez mais, lançam mão da tecnologia para auxiliar seus gestores no processo decisório e na elaboração de planos estratégicos. O Sistema Público de Escrituração Digital - Sped, o modelo de nota fiscal eletrônica adotada no Brasil, além de outras alterações já estão previstas para a Escrituração Contábil Digital e para a Escrituração Fiscal Digital, como a inclusão do e-lalur, são exemplos consolidados do dia a dia do profissional, comenta. O mercado cada vez mais competitivo, em virtude da globalização e da crescente informatização, exige que o profissional da área contábil enfrente vários desafios, entre eles, que desenvolva a capacidade de lidar com mudanças e com as ideias de melhorias para resolver os problemas que surgem. Os avanços tecnológicos tam- Ernesto Rubens Gelbcke, sócio da Directa Auditores e empresas Directa Alliance, e professor da Fipecafi. bém forçaram uma melhora do pensamento contábil, permitindo a quem utiliza os serviços, saber mensurar informações contábeis úteis e confiáveis, disse. O Sindcont-SP é um dos organizadores da 23ª Convecon, em conjunto com o CRC SP e demais Entidades Congraçadas da área contábil. A primeira versão do evento, ocorrida em 1944, foi realizada e idealizada pelo Sindicato dos Contabilistas de São Paulo, sendo promovida na sede da Entidade. Neste ano, o Sindicato também oferecerá as palestras Contabilidade, uma profissão empolgante, que será ministrada pelo professor José Carlos Marion, e o painel Reeducando o Contabilista para a nova realidade Contábil, apresentada pelo professor doutor Eliseu Martins. Arquivo Sindcont-SP Mensário do Contabilista - 11

12 Terceiro Setor Transparência nas entidades do Terceiro Setor A prestação de contas é obrigação social de uma organização não governamental As organizações do Terceiro Setor ganharam muita notoriedade no Brasil nos últimos anos. Essas entidades buscam estimular a sociedade civil a participar da gestão pública e resgatar valores como a ética e o exercício da cidadania. No Brasil, o Primeiro Setor é o governo, que detém a primazia de serviços públicos, mantendo a harmonia e a equidade da sociedade. O Segundo Setor é formado pelas empresas privadas, caracterizadas pelo desenvolvimento econômico-financeiro e pela remuneração do capital. O Terceiro Setor reúne organizações sem fins lucrativos, denominadas não governamentais que, de forma privada, desempenham serviços públicos e complementam as ações do governo, gerando benefícios sociais e ambientais. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE em 2008, com base no Cadastro de Empresas - Cempre inscritas no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas - CNPJ, do Ministério da Fazenda até o ano de 2005, no universo de aproximadamente 6,1 milhões de empresas, 5,6% pertenciam ao Terceiro Setor. Segundo o vice-presidente do Sindicato dos Contabilistas de São Paulo Sindcont-SP, Jair Gomes de Araújo, a transparência na prestação de contas das entidades do Terceiro Setor é uma obrigação fiscal e social. É a base para a transparência e o controle social. É função do profissional da Contabilidade analisar como as organizações do Terceiro Setor vêm apresentando os relatórios de suas atividades e recursos financeiros explicou. O conselheiro do CRC SP e presidente do Comas/SP (gestão ), Marcelo Monello, fala sobre a importância da prestação de contas no Terceiro Setor em seminário. Nesse sentido, segundo Araújo, ser transparente é um fator relevante no processo de gestão das entidades do Terceiro Setor. Para ser considerada transparente, uma organização deve elaborar e apresentar os relatórios de prestação de contas aos usuários seja eles internos, entendidos como o conselho fiscal, os colaboradores remunerados ou voluntários e os beneficiados pelas atividades, ou externos, que são os órgãos públicos, as empresas privadas, os doadores e a sociedade civil. Seminário Jair Gomes de Araújo, vice-presidente do Sindcont-SP, durante palestra sobre o Terceiro Setor no 3º Epac. Atento a essa realidade, o Sindcont-SP vem realizando e apoiando trabalhos de divulgação e valorização dos profissionais da Contabilidade, no intuito de fomentar a discussão sobre a transparência nas organizações do Terceiro Setor, apoiando a realização do seminário Prestação de Contas em Entidades do Terceiro Setor, promovido pelo Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo - CRC SP, em parceria com a Associação Paulista de Fundações - APF. Na ocasião, o diretor do Sindicato, Geraldo Lima, e a vice-diretora cultural da Entidade, Deise Pinheiro, participaram do seminário, que teve por objetivo orientar os profissionais da Contabilidade, voluntários e dirigentes de organizações sem fins lucrativos sobre a necessidade da prestação de contas em entidades do Terceiro Setor. Foram apresentadas durante o seminário as palestras: O Terceiro Setor e a Certidão de Regularidade do Ministério da Justiça / Utilidade Pública Federal e Oscip, ministrada pelo diretor-adjunto do Departamento de Justiça, Classificação, Títulos e Qualificação do Ministério da Justiça, Davi Ulisses Brasil Simões Pires, e pela coordenadora de Entidades Sociais do Ministério da Justiça, Ivelise Carla Vinhal Lício Calvet, e Principais Dicas de Preenchimento do sistema Siconv, com o coordenador do Departamento de Suporte à Gestão do Sistema de Transferências Voluntárias da União, do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, Cleber Fernando de Almeida. Fotos: Su Stathopoulos 12 - Mensário do Contabilista

13 Contabilista: o que você está esperando para ter acesso ao melhor da medicina pelo menor preço? Só a parceria do SINDCONT-SP com a Qualicorp proporciona acesso aos melhores planos de saúde, com inúmeras vantagens para você, Contabilista. Com os melhores planos, você irá contar com: Os hospitais e clínicas mais conceituadas do País 1 Os mais modernos laboratórios 1 Livre escolha de prestadores médico-hospitalares com reembolso 2 Ligue e conf ira: De segunda a sexta, das 9 às 21h, e aos sábados, das 10 às 16h. Menor preço: em comparação a produtos similares no mercado de planos de saúde individuais (tabela de abril/ Amil). ¹ De acordo com a disponibilidade da rede médica da operadora escolhida e do plano contratado. ² Conforme condições contratuais. Planos de saúde coletivos por adesão, conforme as regras da ANS. Informações resumidas. Os preços e a rede estão sujeitos a alterações, por parte das respectivas operadoras, respeitadas as disposições contratuais e legais (Lei n o 9.656/98). Condições contratuais disponíveis para análise. Maio/2013. Amil: ANS nº SulAmérica: ANS nº Qualicorp Adm. de Benefícios:

14 Entrevista Educação continuada é uma das metas do presidente da Fecontesp José de Souza pretende desenvolver ações para fortalecer a relação com os sindicatos filiados e com as Entidades Congraçadas da Contabilidade do Estado de São Paulo O presidente da Federação dos Contabilistas do Estado de São Paulo - Fecontesp, José de Souza, assumiu o comando da entidade há pouco mais de dois meses com o desafio de atuar fortemente para a promoção da educação profissional continuada, fortalecendo as relações com os sindicatos filiados, na capital e no interior do Estado, e com as Entidades Congraçadas da Contabilidade do Estado de São Paulo. A Fecontesp foi fundada em 1948 com o intuito de articular os sindicatos de todo o Estado, representando-os de forma unificada. O Sindicato dos Contabilistas de São Paulo Sindcont-SP foi um dos fundadores da entidade, juntamente com os sindicatos de Campinas, Santos, Ribeirão Preto e Sorocaba. Hoje a Federação congrega 24 Sindicatos com sede em todo o território do Estado de São Paulo e atua na busca da integração, valorização e defesa dos interesses dos profissionais contábeis e da sociedade. Em entrevista ao Mensário do Contabilista, o contador José de Souza fala sobre as perspectivas de sua gestão e analisa o atual cenário contábil paulista. José de Souza, presidente da Fecontesp Arquivo Fecontesp Quais as suas principais metas e ações à frente da Fecontesp? Iremos atuar fortemente junto com os sindicatos filiados e com as Entidades Congraçadas da Contabilidade do Estado de São Paulo na promoção da educação profissional continuada aos profissionais da Contabilidade do Estado. Participaremos ativamente da 23ª Convenção dos Profissionais da Contabilidade - Convecon, onde teremos profissionais de alto nível realizando palestras, sob nossa responsabilidade. Além disso, a Federação está colaborando para consolidação da campanha 2013: Ano da Contabilidade no Brasil, realizada pelo Conselho Federal de Contabilidade - CFC. Quais os projetos da Federação que terão continuidade em sua gestão? Vamos promover o segundo Prêmio Excelência Profissional em Convergência Contábil IFRS, evento que consagra os melhores trabalhos relativos à Contabilidade, voltados às Normas Internacionais de Contabilidade. Ainda este ano, realizaremos a segunda edição do Jogos Abertos dos Profissionais da Contabilidade do Estado de São Paulo Joconesp, que será sediado na cidade de Piracicaba - SP. Como o senhor avalia a atuação da Fecontesp no atual cenário contábil? A nossa atuação é positiva, em função de que a Fecontesp está em sintonia com as demais entidades de São Paulo, sempre buscando o melhor para os profissionais da Contabilidade. Paralelamente, em âmbito nacional, participamos ativamente do Fórum Nacional das Federações de Contabilistas na defesa de nossos sindicatos filiados, dos nossos contadores e da sociedade. Qual é o principal desafio que os profissionais da Contabilidade enfrentam hoje em dia? Os profissionais da Contabilidade estão enfrentando assiduamente desafios em função das constantes alterações na legislação nas três esferas (federal, estadual e municipal), além da quantidade de obrigações acessórias que devem atender. Para corroborar com nossa afirmação destacamos a aprovação da Instrução Normativa da Receita Federal do Brasil - RFB 1.353/13, publicada no Diário Oficial da União DOU, de 30 de abril de 2013, que institui a Escrituração Fiscal Digital do Imposto sobre a Renda e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido da Pessoa Jurídica. De que forma a Fecontesp pode contribuir para melhorar a qualidade dos serviços dos profissionais da Contabilidade de São Paulo? A melhor forma de contribuir para a melhoria da profissão é a promoção da educação profissional continuada, pois essa é a chave do sucesso dos profissionais da Contabilidade. Nesse contexto, a Fecontesp tem como uma de suas metas o incentivo e a colaboração aos seus sindicatos na área do conhecimento. Sintetizando, o profissional mais atualizado e preparado terá melhoria significativa em seus serviços e consequentemente será mais valorizado. Enfatizo que, por ser a Contabilidade uma ciência evolutiva, tornam-se primordiais as atividades dirigidas ao treinamento e à atualização profissional. Por esse motivo destaco e exalto os excelentes trabalhos realizados pelo Sindcont-SP, por meio do Centro Piloto de Aperfeiçoamento e Especialização Contábil Senador João Lyra - Cepaec e do Centro de Estudos e Debates Fisco-Contábeis Mensário do Contabilista

15 Entrevista Como o senhor observa o trabalho das Entidades Congraçadas de São Paulo? As Entidades Congraçadas de São Paulo realizam trabalhos de ajuda mútua que resultam em benefícios para o engrandecimento e defesa de nossa categoria profissional. De que forma esse congraçamento pode fortalecer a profissão? Embora tenhamos segmentos diferentes nas Entidades Congraçadas, em função do clima harmonioso que prevalece, conseguimos resultados fantásticos para a evolução e fortalecimento da Ciência Contábil e dos profissionais da Contabilidade. Quais as ações da Fecontesp para fortalecer a relação com os sindicatos filiados? Atuando como incentivadora e colaboradora dos sindicatos filiados para que estes ofereçam benefícios diversos e de qualidade aos seus associados. A Federação está sempre disposta a auxiliar e incentivar as entidades a crescerem e se desenvolverem com estrutura e força suficientes para acolher os interesses dos profissionais e principalmente de seus associados. Em São Paulo temos mais de 134 mil profissionais da Contabilidade registrados. Para se ter uma ideia, pelo censo de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE dos 645 municípios do Estado de São Paulo, apenas 52 têm população maior que o número de profissionais registrados. Em face desse verdadeiro contingente, vislumbramos uma ótima oportunidade para o crescimento do quadro associativo de nossos Sindicatos. Além disso iremos realizar a Jornada Técnica, Cultural e Contábil, que visa valorizar a Classe Contábil, oferecendo aos profissionais da Contabilidade, bem como aos estudantes de Ciências Contábeis, palestras e painéis com temas atuais para aperfeiçoamento de seus conhecimentos. Como o senhor analisa a iniciativa do CFC em promover a campanha 2013: Ano da Contabilidade no Brasil? O ano de 2013 é, sem dúvida, um dos mais importantes para a Contabilidade brasileira. Lideranças e órgãos ligados à profissão estão unidos para que toda a sociedade saiba e reconheça o verdadeiro papel do profissional da Contabilidade. A diretoria da Fecontesp está engajada nesse projeto, divulgando todas as ações feitas pelo CFC, com o objetivo de valorizar cada vez mais a Contabilidade como uma das profissões mais nobres do Brasil e que precisa ser bem vista e respeitada pela sociedade. Portanto a iniciativa do CFC está de acordo com o desejo da Federação, em mostrar, cada vez mais, a importância deste profissional no mercado de trabalho e no cenário mundial, pois as International Financial Reporting Standards - IFRS (Normas Internacionais de Contabilidade) trouxeram grandes oportunidades de crescimento aos contadores que, atualmente, são os mais procurados do mundo. OFC OFX

16 Ano da Contabilidade Sindcont-SP é homenageado na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo Evento foi realizado em comemoração ao Dia do Profissional da Contabilidade O presidente do Sindicato dos Contabilistas de São Paulo Sindcont-SP, Victor Domingos Galloro, acompanhado de sua diretoria, participou, no dia 27 de maio de 2013, da sessão solene em homenagem ao Dia do Profissional da Contabilidade, realizada pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Cerca de 200 pessoas assistiram à solenidade que foi palco também para o lançamento oficial da campanha 2013: O Ano da Contabilidade no Brasil, no Estado de São Paulo. A iniciativa da homenagem foi proposta pelo deputado estadual Itamar Borges (PMDB-SP). Estavam presentes o vice-presidente do Sindcont-SP, Jair Gomes de Araújo; a diretora cultural, Celina Coutinho; a diretora social, Carolina Tancredi de Carvalho; o vice-diretor secretário, Francisco Montóia Rocha; o vice-diretor financeiro, Antonio Sofia; e o presidente do Centro de Estudos e Debates Fisco-Contábeis CEDFC, Claudinei Tonon, e o vice-presidente do CEDFC, Lúcio Francisco da Silva. Homenagens O Sindicato dos Contabilistas de São Paulo foi uma das 11 entidades contábeis homenageadas pelo Legislativo paulista com placas alusivas à relevância dos serviços prestados à sociedade. Victor Domingos Galloro recebeu das mãos do deputado Itamar Borges a placa em reconhecimento às ações empreendidas pelo Sindcont-SP. A Contabilidade é um instrumento poderoso e eficaz no combate à corrupção e desvios financeiros, sendo fundamental para a transparência na aplicação de recursos públicos. É um fator de proteção à sociedade, afirmou o presidente do Sindcont-SP, Victor Domingos Galloro, que em nome do Sindicato, agradeceu a homenagem. O presidente do Sindcont-SP, Victor Domingos Galloro, recebe homenagem das mãos do deputado Itamar Borges. Sinto-me orgulhoso em parabenizar lideranças que contribuem para o progresso da Contabilidade no Brasil, proferiu o deputado Itamar Borges, dizendo ainda que atualmente o Brasil passa por muitas transformações e o profissional contábil está sendo um dos mais procurados devido à sua importância para o desenvolvimento das micro e pequenas empresas, das médias e das grandes corporações. Esses trabalhadores tornaram-se indispensáveis em uma economia estável e em expansão, complementou. Presente à cerimônia, o presidente do CFC, Juarez Domingues Carneiro, afirmou que os 500 mil profissionais da Contabilidade atuantes em todo o Brasil se dedicam inteiramente às pequenas, médias e grandes empresas, e a algum órgão da administração pública, e contribuem decisivamente para a construção de um Brasil mais próspero. E, somente no Estado de São Paulo, temos aproximadamente 135 mil profissionais da Contabilidade, acrescentou. Pronunciaram-se também na sessão solene o deputado estadual Edson Ferrarini (PTB-SP); o presidente da Diretoria Nacional do Ibracon - Instituto dos Auditores Independentes do Brasil, Eduardo Pocetti; o presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo CRC SP, Luiz Fernando Nóbrega, o presidente da Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas Fenacon, Valdir Pietrobon, e o presidente do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado de São Paulo Sescon-SP, Sérgio Aprobatto Machado Júnior. Lançamento da campanha no Estado Na oportunidade, o presidente do CFC, fez o lançamento oficial da campanha 2013: o Ano da Contabilidade no Brasil, no Estado de São Paulo. Em seu discurso, Juarez Domingues Carneiro lembrou ainda do lançamento nacional da campanha, realizado no dia 18 de março de 2013, data que, pela primeira vez na história, houve uma sessão solene no Congresso Nacional dedicada à Classe Contábil. Desde então, estamos realizando o lançamento regional da iniciativa em várias Assembleias do Brasil, a exemplo do que está acontecendo hoje, aqui em São Paulo. Na sequência, o presidente do International Federation of Accountants IFAC (Federação Internacional de Contadores), Warren Allen, parabenizou os contadores pela data e pelo lançamento da campanha. Essa iniciativa é uma excelente oportunidade para fazer com que as pessoas se deem conta da importância da figura do contador na sociedade. A nossa profissão é bastante visada, mas muitas vezes, escutamos aquilo que nós não gostaríamos de ouvir. Então, por favor, aproveitem a oportunidade do lançamento dessa campanha para fazer com que a nossa profissão seja muito bem vista, expôs Allen, declarando ainda que a Contabilidade tem um papel preponderante no núcleo dos negócios Mensário do Contabilista

17

18 Associado em Foco Consultoria Jurídica, Contábil, Tributária, Trabalhista e Previdenciária Local Horário de Atendimento Agendamento Vantagem Tributarista Trabalhista Terceiro Setor - Dr. Henri Romani Paganini (OAB nº SP ) - Dr. Domingos Donadio (OAB nº SP ) - Dra. Eloisa Bestold (OAB nº SP ) - Dr. Benedito de Jesus Cavalheiro (OAB nº SP ) - Dr. Fernando Antonio de Carvalho (OAB nº SP B) Cursos de Pós-graduação Aescon-SP Centro Universitário Ítalo Brasileiro Centro Universitário Assunção - Unifai Escola de Negócios Trevisan Faculdade das Américas - FAM Faculdades Metropolitanas Unidas - FMU Faculdades Mozarteum de São Paulo ª a 6ª feira, das 9h às 13h 2ª a 6ª feira, das 14h às 17h 2ª e 3ª feira, das 14h às 18h, e 4ª a 6ª feira, das 9h às 13h 2ª e 3ª feira, das 9h às 13h; 4ª feira, das 14h30 às 18h30, e 5ª e 6ª feira, das 14h às 18h 2ª feira, das 14h às 18h; 3ª feira, das 9h às 13h; 4ª feira, das 14h às 18h; 5ª feira, das 9h às 13h, e 6ª feira, das 14h às 18h Local Horário de Atendimento Central de Atendimento Vantagem Avenida Tiradentes, 998 Tiradentes Avenida João Dias, 2046 Santo Amaro Rua Afonso Celso, 711 Vila Mariana Avenida Tiradentes, 998, 7º ao 11º andar - Luz Rua Augusta, Centro Rua Taguá, 150 Liberdade Rua Nova dos Portugueses, 365/385 Santa Teresinha 2ª a 6ª feira, das 8h às 21h 2ª a 6ª feira, das 8h às 22h e sábado, das 8h às 17h 2ª a 6ª feira, das 9h às 21h 2ª a 6ª feira, das 9h às 21h, e sábados, das 9h as 13h 2ª a 6ª feira, das 8h às 21h 2ª a 6ª feira, das 8h às 21h 2ª a 6ª feira, das 9h30 às 21h Faculdade Santa Marcelina Rua Taguá, 150 Liberdade 2ª a 6ª feira, das 9h às 21h Faculdade Sumaré Fundação Álvares Penteado - Fecap Instituto Presbiteriano Mackenzie Pontífica Universidade Católica - PUC Sociedade Guarulhense - FIG Universidade Cidade de São Paulo - Unicid Universidade Santo Amaro - Unisa Rua Capote Valente, 1121 Sumaré 2ª a 6ª feira, das 8h às 22h e sábado, das 8h às 17h Desconto 10% a 25% nas parcelas em todos os cursos Desconto de 20% Desconto de 30% 10% a 20% Desconto de 10% Desconto 20% Desconto de 25% a 54% nas parcelas de todos os cursos Desconto variável Desconto variável Largo São Francisco, 19 Centro 2ª a 6ª feira, das 9h30 às 21h Desconto 10% Unidades Higienópolis / Alphaville / Brasília Rua da Consolação, 881 Consolação Rua São Luís, 315 Vila Rosália Guarulhos/SP Rua Cesário Galeno, 448/475 Tatuapé Rua Isabel Schmidt, 349 Santo Amaro Treinamentos: Coaching - 2ª a 6ª feira, das 9h às 20h30 e sábado, das 8h às 12h Desconto de 10% em pós-graduação e cursos de extensão Desconto 10% - Desconto 20% 2ª a 6ª feira, das 8h às 21h e sábado, das 9h às 15h 2ª a 6ª feira, das 9h às 21h Desconto 10% Desconto variável Ramo Local Informações Vantagem Realize Coaching Desenvolvimento Humano e Organizacional Rua Capote Valente, 76, Pinheiros - São Paulo/SP (11) Desconto de 25% no pacote completo do processo de Coaching Relação de associados admitidos nos mês de Junho SEJAM BEM-VINDOS Shirley Adriana dos Santos Alex dos Santos Rinaldi Diego Henrique Alves Marques Eliane Alves da Silva Tamiko Nakamura Ben Hur Silveira Dias Jorge Daniel Bandeira dos Santos Tatiane Andrello Elisabete Fernanda dos Santos Grine Solange Aparecida Munhoz Tie Fukuda Marques Luiz Fernando Alves de Lima Junior Max Anselmo Carvalho ERRATA: No artigo A estabilidade da gestante no contrato de experiência, publicado no Mensário do Contabilista, edição 574, página 7, 5º parágrafo, linha 2, onde se lê: ov, deve-se ler: o Mensário do Contabilista

19 Procurando informações seguras? O Guia de Contabilidade ultrapassa suas expectativas. Diante do novo cenário contábil brasileiro, introduzido pelas Leis nºs /07 e /09, que alteram a Lei das Sociedades Anônimas e harmonizam a contabilidade brasileira aos padrões internacionais, o Guia de Contabilidade Cenofisco é um produto indispensável ao profissional que precisa se manter informado e atualizado. VANTAGENS EXCLUSIVAS ATUALIZA Proporciona ao profissional da contabilidade atualização constante RECICLA Oferece ao profissional informações necessárias para prepará-lo e mantê-lo em condições de atender ao mercado TREINA Contempla conteúdo prático, para que o profissional treine seus conhecimentos ESPECIALIZA Prepara o profissional para o futuro Maior riqueza de conteúdo Atualização permanente Segurança e consolidação das informações FEC suplemento para fechamento de balanço Cálculo e apuração do PIS/Pasep e da Cofins Praticidade e agilidade na busca de orientações Portal eletrônico: Acesse o site e consulte um representante de sua região. Facebook: facebook.com/cenofisco

20 SOCIETÁRIO CONTÁBIL TRIBUTÁRIO Tudo o que você precisa saber está aqui. Preparado para facilitar o dia a dia dos profissionais de contabilidade, com informações relativas à Legislação Societária, Contábil e Tributária. O Brasil teve a inserção da Contabilidade Internacional por meio das Leis n o s /07 e /09, que alteram a Lei das Sociedades Anônimas (Lei n o 6.404/76) e que, por sua vez, orientam as práticas contábeis, tornando obrigatória a adoção das normas internacionais para as empresas. Atualmente, tanto os contadores como os professores da área contábil necessitam entender o que a Nova Contabilidade, com suas normas, acarreta na apresentação das demonstrações financeiras. A Contabilidade Internacional é um avanço para a profissão, trazendo inovação às práticas contábeis, além de desafios e novas oportunidades. O produto Cenofisco Orientador dá suporte aos profissionais, sendo de fácil utilização, pois contempla conteúdo claro e fundamentado. Com atualização permanente e diária, o Orientador Societário Contábil Tributário possui informações e procedimentos, de forma simples e prática, para facilitar o dia a dia dos profissionais. Todas as informações estão dispostas no índice em pasta, facilitando a localização das orientações, ou, se necessário, a busca poderá ser feita através da opção pesquisa. Contém ainda Legislação Complementar e Manuais de Procedimentos e Orientações da Receita Federal do Brasil. USUÁRIOS: contadores, advogados, administradores, empresários, estudantes e demais profissionais com interesse em contabilidade tributária. ATUALIZAÇÃO: o conteúdo é atualizado diariamente via Internet. VERSÕES: Online (web) 24 horas disponível na Internet. CD-ROM Base de dados para consulta offline, mesma interface de navegação da web. Acesse o site e consulte um representante de sua região. Facebook: facebook.com/cenofisco

IFRS A nova realidade de fazer Contabilidade no Brasil

IFRS A nova realidade de fazer Contabilidade no Brasil Ano X - Nº 77 - Julho/Agosto de 2014 IFRS A nova realidade de fazer Contabilidade no Brasil Profissionais da Contabilidade deverão assinar prestações de contas das eleições Ampliação do Simples Nacional

Leia mais

CÁLCULOS TRABALHISTAS

CÁLCULOS TRABALHISTAS CURSO BÁSICO DE CÁLCULOS TRABALHISTAS N A L I Q U I D A Ç Ã O D E S E N T E N Ç A, N A J U S T I Ç A D O T R A B A L H O D I M A S COST A PE R E I R A A d v o g a d o, C o n t a d o r e P e r i t o J u

Leia mais

CARGA TRIBUTÁRIA ANO 2011

CARGA TRIBUTÁRIA ANO 2011 CARGA TRIBUTÁRIA ANO 2011 Orientações Básicas INFORMAÇÕES GERAIS PESSOA JURÍDICA 1) DCTF : (Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais) ATENÇÃO! Apresentação MENSAL obrigatória pelas Pessoas

Leia mais

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Profª. Vânia Amaro Gomes Coordenação de Curso DIADEMA, 2015 Introdução Atualmente há uma grande dificuldade dos alunos egressos das Faculdades em obter emprego

Leia mais

Neste bip. EFD Contribuições. Você sabia? Prazo final para entrega dos arquivos ECD e FCONT. edição 22 Junho de 2012

Neste bip. EFD Contribuições. Você sabia? Prazo final para entrega dos arquivos ECD e FCONT. edição 22 Junho de 2012 Neste bip EFD Contribuições... 1 Prazo final para entrega dos arquivos ECD e FCONT... 1 Configuração da Demonstração do Fluxo de Caixa... Configuração do Plano de Contas de acordo com a Lei 11.638/07...

Leia mais

O IMPACTO NA CONTABILIZAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO DOS EMPREGADOS DOMÉSTICOS COM A ALTERAÇÃO DOS SEUS DIREITOS PELA PEC DAS DOMÉSTICAS

O IMPACTO NA CONTABILIZAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO DOS EMPREGADOS DOMÉSTICOS COM A ALTERAÇÃO DOS SEUS DIREITOS PELA PEC DAS DOMÉSTICAS O IMPACTO NA CONTABILIZAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO DOS EMPREGADOS DOMÉSTICOS COM A ALTERAÇÃO DOS SEUS DIREITOS PELA PEC DAS DOMÉSTICAS Linha de pesquisa: Gestão Empresarial João Paulo dos Santos Ribeiro

Leia mais

CARGA TRIBUTÁRIA ANO 2012

CARGA TRIBUTÁRIA ANO 2012 CARGA TRIBUTÁRIA ANO 2012 Orientações Básicas INFORMAÇÕES GERAIS PESSOA JURÍDICA 1) DCTF : (Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais) ATENÇÃO! Apresentação MENSAL obrigatória pelas Pessoas

Leia mais

POR QUE FAZER O CURSO?

POR QUE FAZER O CURSO? POR QUE FAZER O CURSO? Os sistemas digitais tornaram-se onipresentes, há cerca de um bilhão de computadores conectados à internet, e essenciais às atividades humanas. A Contabilidade e o Tributário estão

Leia mais

esocial: Integração no Ambiente Sped SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL

esocial: Integração no Ambiente Sped SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL esocial: Integração no Ambiente Sped SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL NF-e Abrangência ECD esocial EFD EFD - IRPJ CT-e NFS-e E-Lalur FCont O esocial é um projeto do governo federal que vai unificar

Leia mais

MANTENEDOR E CONTADOR

MANTENEDOR E CONTADOR MANTENEDOR E CONTADOR No ano de 2000, Darci de Paula, Contador formado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, em Ciências Contábeis e Pós graduado em MBA IFRS(Normas Internacionais de Contabilidade),

Leia mais

VERITAE CURSO ESPECIAL. FOLHA DE PAGAMENTO, MANAD-Manual de Arquivos Digitais e GFIP na Prática

VERITAE CURSO ESPECIAL. FOLHA DE PAGAMENTO, MANAD-Manual de Arquivos Digitais e GFIP na Prática Divulgação VERITAE CURSO ESPECIAL Cursos/RJ/Junho/2010 FOLHA DE PAGAMENTO, MANAD-Manual de Arquivos Digitais e GFIP na Prática Aspectos Legais, Econômicos e Operacionais CARGA HORÁRIA: 24 horas/aula PÚBLICO

Leia mais

PREVIDÊNCIA SOCIAL INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL. Educação Previdenciária

PREVIDÊNCIA SOCIAL INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL. Educação Previdenciária Todo(a) brasileiro(a), a partir de 16 anos de idade, pode filiar-se à Previdência Social e pagar mensalmente a contribuição para assegurar os seus direitos e a proteção à sua família. Vejamos com isso

Leia mais

Contribuição Sindical dos empregados. Neste bip. Você sabia? edição 19 Março de 2012

Contribuição Sindical dos empregados. Neste bip. Você sabia? edição 19 Março de 2012 Neste bip Contribuição Sindical dos empregados... 1 Alterações no Aviso Prévio conforme Circular MTE 10/2011... 2 Formas de contabilização da Escrita Fiscal... 3 Importação de Notas Fiscais de Serviço...

Leia mais

Boletim Mensal - Novembro/2015

Boletim Mensal - Novembro/2015 Boletim Mensal - Novembro/2015 Fiscal Contábil RH Notícias Calendário Obrigações Fiscal Fisco irá cruzar informações de bancos com o Imposto de Renda e apertar contribuinte. A partir de janeiro de 2016,

Leia mais

EMPREGADO DOMÉSTICO INOVAÇÕES LEGISLATIVAS DA LEI COMPLEMENTAR 150 CAPÍTULO I PRINCIPAIS EVOLUÇÕES LEGISLATIVAS A categoria dos empregados domésticos tem como principais regulamentações legislativas, por

Leia mais

COMPRA. certa. Treinamento para o profissional de compras. Tributação e seus impactos na rentabilidade. www.contento.com.br

COMPRA. certa. Treinamento para o profissional de compras. Tributação e seus impactos na rentabilidade. www.contento.com.br COMPRA certa Treinamento para o profissional de compras www.contento.com.br 503117 Tributação e seus impactos na rentabilidade editorial Calculando a rentabilidade Gerir uma farmácia requer conhecimentos

Leia mais

PROJETO IN$TRUIR - 2014

PROJETO IN$TRUIR - 2014 PROJETO IN$TRUIR - 2014 DÚVIDAS ESCLARECIMENTOS Impostos incidentes sobre a emissão da NF para os convênios Pagamentos dos médicos associados à clínica. Alteração no relatório DMED. (Declaração de Serviços

Leia mais

XII Seminário Internacional de Países Latinos Europa América.

XII Seminário Internacional de Países Latinos Europa América. XII Seminário Internacional de Países Latinos Europa América. La Gestión Contable, Administrativa y Tributaria en las PYMES e Integración Europa-América 23 24 de junio 2006 Santa Cruz de la Sierra (Bolívia)

Leia mais

www.avantassessoria.com.br

www.avantassessoria.com.br www.avantassessoria.com.br Nossa Empresa A AVANT Assessoria Contábil e Tributária é uma empresa de contabilidade especializada em consultoria e assessoria de empresas e profissionais liberais, oferecendo

Leia mais

experiência Uma excelente alternativa em serviços de auditoria

experiência Uma excelente alternativa em serviços de auditoria experiência Uma excelente alternativa em serviços de auditoria A Íntegra é uma empresa de auditoria e consultoria, com 25 anos de experiência no mercado brasileiro. Cada serviço prestado nos diferentes

Leia mais

Boletim Mensal Novembro/2014

Boletim Mensal Novembro/2014 Boletim Mensal Novembro/2014 Fiscal Contábil Sumário RH Notícias Calendário de obrigações Fiscal MP 651 é prorrogada e convertida em lei nº 13.043/2014. O objetivo é estimular a economia do país, com custos

Leia mais

Credenciamento/entrega de material aos congressistas

Credenciamento/entrega de material aos congressistas 24 de agosto domingo 12h 19h 21h Credenciamento/entrega de material aos congressistas Sessão Solene de Abertura Coquetel de Boas-vindas 25 de agosto segunda-feira PAINEL Nº 1: Empreendedorismo no Setor

Leia mais

Doar Faz Bem. Capa. Ações que reverberam. Manual de Doações. nazareuniluz.org.br. Nazaré Uniluz

Doar Faz Bem. Capa. Ações que reverberam. Manual de Doações. nazareuniluz.org.br. Nazaré Uniluz Capa Doar Faz Bem Ações que reverberam Manual de Doações www. - (11) 4597-7109 / 4597-7103 / 96473-2851 www. - (11) 4597-7109 / 4597-7103 / 96473-2851 Este Manual foi criado com o intuito de inspirar,

Leia mais

Saiba tudo sobre o esocial

Saiba tudo sobre o esocial Saiba tudo sobre o esocial Introdução Com a criação do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), o Governo propiciou maior controle e agilidade na fiscalização das informações contábeis e fiscais

Leia mais

Especialização em Planejamento Tributário

Especialização em Planejamento Tributário Especialização em Planejamento Tributário Apresentação CAMPUS STIEP Inscrições em Breve Turma 02 --> O MBA em Planejamento Tributário é uma especialização desenvolvida para oferecer conteúdos e técnicas

Leia mais

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO PARA PROFISSIONAIS DA SAÚDE E CLÍNICAS

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO PARA PROFISSIONAIS DA SAÚDE E CLÍNICAS PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO PARA PROFISSIONAIS DA SAÚDE E CLÍNICAS IR? COFINS?? INSS? PIS SUMÁRIO 1 Introdução 3 2 Planejamento 5 3 Simples Nacional com a inclusão de novas categorias desde 01-2015 8 4 Lucro

Leia mais

Projeto EFD Social Programa de Unificação do Crédito (Fazendário e Previdenciário)

Projeto EFD Social Programa de Unificação do Crédito (Fazendário e Previdenciário) Projeto EFD Social Programa de Unificação do Crédito (Fazendário e Previdenciário) Projeto EFD Social Integra o Programa de Unificação do Crédito Previdenciário) PUC 1 (Fazendário e Iniciativa

Leia mais

Desde 2013, nove direitos já estavam valendo, como hora extra e jornada de trabalho de 8 horas diárias (veja mais detalhes abaixo).

Desde 2013, nove direitos já estavam valendo, como hora extra e jornada de trabalho de 8 horas diárias (veja mais detalhes abaixo). 02/06/2015 07h40 - Atualizado em 02/06/2015 13h01 Regulamentação dos direitos das domésticas é publicada Trabalhadoras terão adicional noturno, seguro-desemprego e mais 5 direitos. Emenda constitucional

Leia mais

Curso Novas Regras de Contabilidade para Pequenas e Médias Empresas

Curso Novas Regras de Contabilidade para Pequenas e Médias Empresas Curso Novas Regras de Contabilidade para Pequenas e Médias Empresas Conhecimento essencial em Gestão de Controladoria Depois de sucessivas crises econômicas, os investidores pressionam cada vez mais pela

Leia mais

Uma nova era nas relações entre Empregados, Empregadores e Governo

Uma nova era nas relações entre Empregados, Empregadores e Governo Uma nova era nas relações entre Empregados, Empregadores e Governo JOSE DE SOUZA MARQUES Contador e Advogado, pós graduado em Controladoria e Auditoria e em Direito Processual Tributário. Obrigações atuais

Leia mais

O IMPACTO DA LEI 11.638/07 NO MUNDO CONTÁBIL. Débora Cristina Dala Rosa¹, José César de Faria²

O IMPACTO DA LEI 11.638/07 NO MUNDO CONTÁBIL. Débora Cristina Dala Rosa¹, José César de Faria² O IMPACTO DA LEI 11.638/07 NO MUNDO CONTÁBIL Débora Cristina Dala Rosa¹, José César de Faria² ¹Universidade do Vale do Paraíba/Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas e Comunicação, Avenida Shishima Hifumi,

Leia mais

LEI N 12.973/14 (CONVERSÃO DA MP N 627/13) ALTERAÇÕES RELEVANTES NA LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA FEDERAL

LEI N 12.973/14 (CONVERSÃO DA MP N 627/13) ALTERAÇÕES RELEVANTES NA LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA FEDERAL LEI N 12.973/14 (CONVERSÃO DA MP N 627/13) ALTERAÇÕES RELEVANTES NA LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA FEDERAL A Lei n 12.973/14, conversão da Medida Provisória n 627/13, traz importantes alterações à legislação tributária

Leia mais

Aeconômica que nosso país

Aeconômica que nosso país 2 Informativo Sescon - Ano V - n 9 - Setembro 2015 A palavra do Presidente Caro leitor, instabilidade política e Aeconômica que nosso país atravessa neste ano, tem c a u s a d o p r e o c u p a ç õ e s,

Leia mais

GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA

GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA SUMÁRIO >> Introdução... 3 >> O que é a nota fiscal eletrônica?... 6 >> O que muda com esse novo modelo de documento fiscal?... 8 >> O DANFE - Documento Acessório

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA ENCERRAR UMA EMPRESA

PROCEDIMENTOS PARA ENCERRAR UMA EMPRESA PROCEDIMENTOS PARA ENCERRAR UMA EMPRESA Equipe Portal de Contabilidade Para encerrar as atividades de uma empresa, é preciso realizar vários procedimentos legais, contábeis e tributários, além de, é claro,

Leia mais

DIREITO NAS ORGANIZAÇÕES MÓDULO 3 OUTROS TIPOS DE CONTRATOS DE TRABALHO

DIREITO NAS ORGANIZAÇÕES MÓDULO 3 OUTROS TIPOS DE CONTRATOS DE TRABALHO DIREITO NAS ORGANIZAÇÕES MÓDULO 3 OUTROS TIPOS DE CONTRATOS DE TRABALHO Índice 1. Outros Tipos de Contratos de Trabalho...3 1.1. Trabalho Rural... 3 1.2. Estagiário... 4 1.3. Trabalho Temporário... 5 1.4.

Leia mais

Impacto fiscal. Depois de quase dois anos de longos debates entre empresas,

Impacto fiscal. Depois de quase dois anos de longos debates entre empresas, KPMG Business Magazine 30 TRIBUTOS Jupiterimages Stock photo/w101 Moeda funcional O artigo 58 da MP estabelece que as empresas que usam alguma moeda estrangeira para fins contábeis e demonstrações financeiras

Leia mais

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS OBRIGAÇÕES MENSAIS SALÁRIOS CAGED INSS

AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS OBRIGAÇÕES MENSAIS SALÁRIOS CAGED INSS AGENDA DE OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS OBRIGAÇÕES MENSAIS SALÁRIOS O empregador deve efetuar o pagamento de salários aos empregados até o 5º (quinto) dia útil do mês subsequente ao vencido.

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO. Extensão

MANUAL DO CANDIDATO. Extensão MANUAL DO CANDIDATO Extensão Prezado(a) Candidato(a), Agradecemos o interesse pelos nossos cursos. Este manual contém informações básicas pertinentes ao curso, tais como: objetivos do curso e das disciplinas,

Leia mais

BALANÇO DE ABERTURA www.scesgo.com.br Otávio Martins de Oliveira Júnior Diretor Assuntos Técnicos e Jurídicos Goiânia - Goiás - 21/08/2013

BALANÇO DE ABERTURA www.scesgo.com.br Otávio Martins de Oliveira Júnior Diretor Assuntos Técnicos e Jurídicos Goiânia - Goiás - 21/08/2013 SINDICATO DOS CONTABILISTAS ESTADO GOIÁS CONSELHO REGIONAL CONTABILIDADE DE GOIÁS CONVÊNIO CRC-GO / SCESGO BALANÇO DE ABERTURA www.scesgo.com.br Otávio Martins de Oliveira Júnior Diretor Assuntos Técnicos

Leia mais

INSS/FGTS/IRRF - TABELA DE INCIDÊNCIAS Tabela de incidências

INSS/FGTS/IRRF - TABELA DE INCIDÊNCIAS Tabela de incidências INSS/FGTS/IRRF - TABELA DE INCIDÊNCIAS Tabela de incidências Evento Descrição INSS FGTS IRRF Abonos de qualquer natureza Acidente de Trabalho - Típico - Trajeto - Doença Laboral Acidente de Trabalho -

Leia mais

2 - Quais são os direitos que entraram em vigor imediatamente após a publicação da Emenda Constitucional n.º 72, de 2013?

2 - Quais são os direitos que entraram em vigor imediatamente após a publicação da Emenda Constitucional n.º 72, de 2013? TRABALHADOR DOMÉSTICO 1 - Quem pode ser considerado trabalhador doméstico? Resposta: É considerado trabalhador doméstico aquele que presta serviços de natureza contínua e de finalidade não lucrativa à

Leia mais

e-social - VERSÃO 2.1

e-social - VERSÃO 2.1 Recursos Humanos OBRIGAÇÕES TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA NA FOLHA DE PAGAMENTO Março de 2016 - Brasília Realização Workshop OBRIGAÇÕES TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA NA FOLHA DE PAGAMENTO Apresentação Com

Leia mais

Ementário e Bibliografia do curso de. Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04

Ementário e Bibliografia do curso de. Ciências Contábeis. Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 01 - ADMINISTRAÇÃO Fase: II Carga Horária: 60h/a Créditos: 04 Introdução à Administração. Antecedentes históricos da Administração. Escolas de Administração. Administração e suas perspectivas. Variáveis

Leia mais

esocial Informações e Orientações Atualizadas

esocial Informações e Orientações Atualizadas esocial Informações e Orientações Atualizadas Conceito e Objetivos do esocial O esocial é uma ação conjunta destes órgãos e entidades do governo federal: Caixa Econômica Federal Instituto Nacional do Seguro

Leia mais

15 - BASES DE INCIDÊNCIA E NÃO INCIDÊNCIA

15 - BASES DE INCIDÊNCIA E NÃO INCIDÊNCIA 15 - BASES DE INCIDÊNCIA E NÃO INCIDÊNCIA 15.1 - Integram a remuneração para fins de cálculos dos valores devidos à Previdência Social e a serem recolhidos para o FGTS, dentre outras, as seguintes parcelas:

Leia mais

X X. Com portas abertas, Djazil recebe familiares. Uma história que se firmou com comprometimento e confiança PÁG 2

X X. Com portas abertas, Djazil recebe familiares. Uma história que se firmou com comprometimento e confiança PÁG 2 X X X Informativo Djazil Nº133 Ano XIII Maio/Junho 2011 Com portas abertas, Djazil recebe familiares A oportunidade levou familiares dos colaboradores até a empresa para uma manhã de sábado diferente.

Leia mais

INSS/FGTS/IRRF TABELA DE INCIDÊNCIAS

INSS/FGTS/IRRF TABELA DE INCIDÊNCIAS INSS/FGTS/IRRF TABELA DE INCIDÊNCIAS Abonos de qualquer natureza Evento Descrição INSS FGTS IRRF Acidente de Trabalho - Típico - Trajeto - Doença Laboral Acidente de Trabalho - Típico - Trajeto - Doença

Leia mais

Empresa Júnior constitui ou não Instituição de Educação?

Empresa Júnior constitui ou não Instituição de Educação? 1 Sumário I. Introdução... 3 II. Empresa Júnior constitui ou não Instituição de Educação?... 3 III. As Imunidades Tributárias das Empresas Juniores... 4 IV. Incidência de Tributos sobre Empresas Juniores:...

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL SERRA DOS ÓRGÃOS CENTRO UNIVERSITARIO SERRA DOS ORGAOS CENTRO DE CIENCIAS HUMANAS E SOCIAIS PROGRAMA DE DISCIPLINA 1. Identificação Disciplina: Prática Contábil : Ciências Contábeis

Leia mais

INSTITUTO LOJAS RENNER

INSTITUTO LOJAS RENNER 2011 RELATÓRIO DE ATIVIDADES INSTITUTO LOJAS RENNER Instituto Lojas Renner Inserção de mulheres no mercado de trabalho, formação de jovens e desenvolvimento da comunidade fazem parte da essência do Instituto.

Leia mais

Análise Panorâmica. Sumário 1. Introdução... 2

Análise Panorâmica. Sumário 1. Introdução... 2 Análise Panorâmica Análise Panorâmica Sumário 1. Introdução... 2 2. Indicadores de desempenho... 3 2.1 Carga Tributária da Empresa - Composição Anual... 3 2.2 Grau de Endividamento Tributário... 4 2.3

Leia mais

Projetos da Receita Federal

Projetos da Receita Federal Escrituração Fiscal Digital - EFD Projetos da Receita Federal A Escrituração Fiscal Digital - EFD é um arquivo digital, que se constitui de um conjunto de escriturações de documentos fiscais e de outras

Leia mais

CARTILHA PARA EMPREGADORES E TRABALHADORES DIREITOS E DEVERES COM A PEC DAS DOMÉSTICAS

CARTILHA PARA EMPREGADORES E TRABALHADORES DIREITOS E DEVERES COM A PEC DAS DOMÉSTICAS DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO DO EMPREGADOR DOMÉSTICO = MENOS DEMISSÕES E MAIS FORMALIDADE Dê seu voto em www.domesticalegal.org.br CARTILHA PARA EMPREGADORES E TRABALHADORES DIREITOS E DEVERES COM

Leia mais

Diário Oficial da União - Seção 1-3/4/2013, Página 6 (Publicação Original)

Diário Oficial da União - Seção 1-3/4/2013, Página 6 (Publicação Original) Diário Oficial da União - Seção 1-3/4/2013, Página 6 (Publicação Original) Proposição Originária: PEC 478/2010 PODER LEGISLATIVO Título EMC 72 de 02/04/2013 - EMENDA CONSTITUCIONAL Data 02/04/2013 Ementa

Leia mais

www.audicgroup.com.br DR SPED

www.audicgroup.com.br DR SPED www.audicgroup.com.br DR SPED a EMPRESA A Audic Group no Brasil tem o compromisso com os seus clientes de buscar a satisfação por eles desejada, para tanto dedica-se na identificação dos problemas, na

Leia mais

CARTILHA DIREITOS E DEVERES DO EMPREGADOR DOMÉSTICO E DA EMPREGADA DOMÉSTICA NO ESTADO DE PERNAMBUCO

CARTILHA DIREITOS E DEVERES DO EMPREGADOR DOMÉSTICO E DA EMPREGADA DOMÉSTICA NO ESTADO DE PERNAMBUCO Projeto Legalize sua doméstica e pague menos INSS = Informalidade ZERO CARTILHA DIREITOS E DEVERES DO EMPREGADOR DOMÉSTICO E DA EMPREGADA DOMÉSTICA NO ESTADO DE PERNAMBUCO Realização Jornal Diario de Pernambuco

Leia mais

Direitos do(a) Empregado(a) Doméstico(a)

Direitos do(a) Empregado(a) Doméstico(a) Direitos do(a) Empregado(a) Doméstico(a) Carteira de Trabalho e Previdência Social, devidamente anotada Devidamente anotada, especificando- se as condições do contrato de trabalho (data de admissão, salário

Leia mais

SIEEESP - SEMINÁRIO JURIDICO EDUCACIONAL. Tributação das Instituições de Ensino Particulares Perspectivas e Medidas. Wagner Eduardo Bigardi 27/05/2014

SIEEESP - SEMINÁRIO JURIDICO EDUCACIONAL. Tributação das Instituições de Ensino Particulares Perspectivas e Medidas. Wagner Eduardo Bigardi 27/05/2014 SIEEESP - SEMINÁRIO JURIDICO EDUCACIONAL Tributação das Instituições de Ensino Particulares Perspectivas e Medidas Wagner Eduardo Bigardi 27/05/2014 Sistema Tributário Nacional Conjunto de regras jurídicas

Leia mais

Neste bip. Participação nos Lucros e Resultados. Você Sabia? Rescisão Complementar. Edição 54 Fevereiro de 2015

Neste bip. Participação nos Lucros e Resultados. Você Sabia? Rescisão Complementar. Edição 54 Fevereiro de 2015 Neste bip Participação nos Lucros e Resultados... Rescisão Complementar... 1 DIRF 2015... 2 Novas Alterações Trabalhistas e Previdenciárias... 3 EFD ICMS-IPI... 4 Nova Tabela de INSS e Salário Família...

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria nº 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: LABORATÓRIO CONTÁBIL Código: CTB-491 Pré-requisito: ---------- Período Letivo: 2015.2 Professor:

Leia mais

LEI 12.973/2014 PRINCIPAIS IMPACTOS PRÁTICOS. Palestrante Luciano Perrone

LEI 12.973/2014 PRINCIPAIS IMPACTOS PRÁTICOS. Palestrante Luciano Perrone LEI 12.973/2014 PRINCIPAIS IMPACTOS PRÁTICOS Palestrante Luciano Perrone Você bem preparado para o futuro da profissão. SINDCONT-SP Lei 12.973/14 - CEPAEC; Planejamento 'SINDCONT-SP - Comunicação - Fernanda

Leia mais

Lopes Contabilidade. Rua: Santana, 176 Centro Mogi das Cruzes-SP. Telefones: (11) 4796-9798 / (11) 2378-5434. Site: www.lopescontabilidade.com.

Lopes Contabilidade. Rua: Santana, 176 Centro Mogi das Cruzes-SP. Telefones: (11) 4796-9798 / (11) 2378-5434. Site: www.lopescontabilidade.com. Rua: Santana, 176 Centro Mogi das Cruzes-SP Telefones: (11) 4796-9798 / (11) 2378-5434 Site: www.lopescontabilidade.com.br E-mail: contato@lopescontabilidade.com.br Engana-se quem julga que contabilidade

Leia mais

TERCEIRO SETOR, CULTURA E RESPONSABILIDADE SOCIAL

TERCEIRO SETOR, CULTURA E RESPONSABILIDADE SOCIAL TERCEIRO SETOR, CULTURA E RESPONSABILIDADE SOCIAL 22/12/2015 ATENÇÃO 1 Declaração de Imunidade Tributária Municipal deve ser enviada até 31.12.2015 Nos termos da Instrução Normativa nº 07/2015 da Secretaria

Leia mais

2º Semestre de 2010 2

2º Semestre de 2010 2 1 2 2º Semestre de 2010 O objetivo deste material é abordar os pontos principais do Plano de Benefícios PreviSenac e não substitui o conteúdo do regulamento. 3 4 Índice PreviSenac para um futuro melhor

Leia mais

MD CONSULTORIA EM RECURSOS HUMANOS SITE WWW.MDRH.COM.BR E-MAIL MDRH@MDRH.COM.BR TELEFONE 49 3323 5804 CADASTRO TOTALMENTE GRATUITO

MD CONSULTORIA EM RECURSOS HUMANOS SITE WWW.MDRH.COM.BR E-MAIL MDRH@MDRH.COM.BR TELEFONE 49 3323 5804 CADASTRO TOTALMENTE GRATUITO SELECIONA: Farmacêutico Descrição: Para responder tecnicamente pela distribuição dos medicamentos, auxiliar os representantes nas orientações necessárias, auxiliar os clientes, fornecer treinamentos quanto

Leia mais

Partners. Auditoria e Consultoria

Partners. Auditoria e Consultoria Trabalhamos ao lado do cliente. Conhecemos profundamente o seu negócio e temos experiência para oferecer respostas rápidas e soluções sob medida. ATUAÇÃO Respeitar, entender as diferenças e oferecer serviços

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Adoção Inicial a Lei nº 12.973/2014 contabilização mantida em subcontas

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Adoção Inicial a Lei nº 12.973/2014 contabilização mantida em subcontas Adoção Inicial a Lei nº 12.973/2014 contabilização mantida em subcontas 24/09/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação... 4 3.1

Leia mais

.: Registro de Eventos Trabalhistas (RET): férias, aviso prévio, admissões, etc: análise e orientação sobre o preenchimento correto das informações;

.: Registro de Eventos Trabalhistas (RET): férias, aviso prévio, admissões, etc: análise e orientação sobre o preenchimento correto das informações; Gonzaga & Rocha Cursos e Treinamentos & FACEC - Faculdade de Ciência e Educação do Caparaó promovem: CURSO esocial.: Orientar os participantes sobre as principais regras e leiaute do esocial (Sistema de

Leia mais

A TOZZI ASSOCIADOS disponibiliza um extenso banco de dados com informações sobre o Terceiro Setor, a todos os participantes dos seus cursos.

A TOZZI ASSOCIADOS disponibiliza um extenso banco de dados com informações sobre o Terceiro Setor, a todos os participantes dos seus cursos. INTRODUÇÃO A TOZZI ASSOCIADOS disponibiliza um extenso banco de dados com informações sobre o Terceiro Setor, a todos os participantes dos seus cursos. O conteúdo deste banco de dados decorre de uma vasta

Leia mais

FOLHA DE PAGAMENTO E SUAS RETENÇÕES Carlos Alencar OUTUBRO/2013

FOLHA DE PAGAMENTO E SUAS RETENÇÕES Carlos Alencar OUTUBRO/2013 FOLHA DE PAGAMENTO E SUAS RETENÇÕES Carlos Alencar OUTUBRO/2013 OBRIGATORIEDADE A empresa é obrigada a elaborar mensalmente a folha de pagamento da remuneração paga devida ou creditada a todos os segurados

Leia mais

Quem somos? Nossa Missão:

Quem somos? Nossa Missão: Bem Vindos! Quem somos? A GEPC Consultoria Tributária é uma empresa especializada em consultoria para Farmácias e Drogarias com mais de 6 anos de mercado neste seguimento. Apoiando e atualizando nossos

Leia mais

CLIPPING Mídias de Primeiro Foco. Cliente: Fharos Data: 17/09/08 Veículo: DCI

CLIPPING Mídias de Primeiro Foco. Cliente: Fharos Data: 17/09/08 Veículo: DCI CLIPPING Mídias de Primeiro Foco Cliente: Fharos Data: 17/09/08 Veículo: DCI Cliente: Fharos Data: 10/09/08 Veículo: Executivos Financeiros 2 3 Cliente: Fharos Data: 12/09/08 Veículo: Canal Executivo 4

Leia mais

PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS PARA CONTRATOS DE TERCEIRIZAÇÃO

PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS PARA CONTRATOS DE TERCEIRIZAÇÃO SEMINÁRIO ESPECIAL PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS PARA CONTRATOS DE TERCEIRIZAÇÃO A ELABORAÇÃO DA PLANILHA PASSO A PASSO: ESTUDO DA LEGISLAÇÃO, JURISPRUDÊNCIA E MEMÓRIA DE CÁLCULO DE CADA RUBRICA

Leia mais

empresas constantes de seus anexos, de acordo com o Estado da Federação em que estava localizado o contribuinte.

empresas constantes de seus anexos, de acordo com o Estado da Federação em que estava localizado o contribuinte. SPED O Sistema Público de Escrituração Digital, mais conhecido como Sped, trata de um projeto/obrigação acessória instituído no ano de 2007, através do Decreto nº 6.022, de 22 de janeiro de 2007. É um

Leia mais

ASSUNTOS DIVERSOS FÉRIAS COLETIVAS

ASSUNTOS DIVERSOS FÉRIAS COLETIVAS BOLETIM INFORMATIVO DUARTE BENETTI CONTABILIDADE ANO XXIX Nº 122 Dezembro / 2013 Assuntos Diversos...1 Fiscal... 2 Pessoal... 3 Social... 4 Feriado e Agenda Obrigações...5 Mensagem...6 ASSUNTOS DIVERSOS

Leia mais

Principais Aspectos do Sistema Público de Escrituração Digital SPED

Principais Aspectos do Sistema Público de Escrituração Digital SPED Principais Aspectos do Sistema Público de Escrituração Digital SPED Como trabalhamos? no passado a pouco tempo Daqui para frente ECD Escrituração Contábil Digital IN RFB 787/07 O que é? : É a substituição

Leia mais

1 Ver Castelo (2005). 2 GVconsult (2005).

1 Ver Castelo (2005). 2 GVconsult (2005). A Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas na Construção Civil Relatório de Pesquisa Equipe Técnica Prof. Dr. Fernando Garcia Profa. Ms. Ana Maria Castelo Profa.Dra. Maria Antonieta Del Tedesco Lins Avenida

Leia mais

O que é? Pra que serve? Quem promove? Como vai funcionar? O dia a dia? Quando começa? Agenda. E agora, o que tenho que fazer????

O que é? Pra que serve? Quem promove? Como vai funcionar? O dia a dia? Quando começa? Agenda. E agora, o que tenho que fazer???? Fevereiro de 2014 O que é? Pra que serve? Quem promove? Como vai funcionar? O dia a dia? Quando começa? Agenda E agora, o que tenho que fazer???? O QUE É AFINAL? Componente do SPED (Sistema Público de

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA AS ASSOCIAÇÕES DE PASSO FUNDO

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA AS ASSOCIAÇÕES DE PASSO FUNDO NÚCLEO DE APOIO CONTÁBIL E FISCAL UNIVERSIDADE DE PASSO FUNDO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS PASSO FUNDO FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS, ADMINISTRATIVAS E CONTÁBEIS. Professora Orientadora: Ms. Mirna Muraro

Leia mais

ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL (ECF)

ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL (ECF) ESCRITURAÇÃO CONTÁBIL FISCAL (ECF) Grant Thornton - Brasil Junho de 2015 Agenda Considerações Iniciais; Obrigatoriedade de Transmissão; Penalidades (Multas); Informações a serem Transmitidas; Recuperação

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ ORIGEM e COMPOSIÇÃO O Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC) foi idealizado a partir da união de esforços e comunhão de objetivos das seguintes entidades: -ABRASCA: Presidente - ANTONIO DUARTE CARVALHO

Leia mais

A DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO E A

A DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO E A 30 e 31 Março LOCAL: Brasília, DF A DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTO E A REPERCUSSÃO NA PLANILHA DE CUSTOS E PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS: Repactuações, Reajustes e Revisões De acordo com as recentes alterações

Leia mais

PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS PARA CONTRATOS DE TERCEIRIZAÇÃO

PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS PARA CONTRATOS DE TERCEIRIZAÇÃO CURSO DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO PLANILHA DE CUSTOS E FORMAÇÃO DE PREÇOS PARA CONTRATOS DE TERCEIRIZAÇÃO A ELABORAÇÃO DA PLANILHA PASSO A PASSO: ESTUDO DA LEGISLAÇÃO, JURISPRUDÊNCIA E MEMÓRIA DE

Leia mais

CARTA DE APRESENTAÇÃO

CARTA DE APRESENTAÇÃO 2 CARTA DE APRESENTAÇÃO Todos nós idealizamos planos, projetos, mudanças e perspectivas de novas realizações. Para atingirmos esses objetivos precisamos constituir nossas ações com persistência, entusiasmo

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Retenções na fonte IRRF e CSRF geradas na DIRF

Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Retenções na fonte IRRF e CSRF geradas na DIRF Parecer Consultoria Tributária de Segmentos Retenções na fonte IRRF e CSRF geradas na DIRF 27/11/2014 Título do documento Sumário 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da

Leia mais

Acredite no seu trabalho que o Brasil acredita em você. Ministério do Desenvolvimento, Confiança no Brasil.

Acredite no seu trabalho que o Brasil acredita em você. Ministério do Desenvolvimento, Confiança no Brasil. Acredite no seu trabalho que o Brasil acredita em você. Ministério do Desenvolvimento, Confiança no Brasil. Indústria É assim que e Comércio a gente segue Exterior em frente. Introdução Atualmente, muitos

Leia mais

ECF DIPJ INCLUÍDA NO SPED

ECF DIPJ INCLUÍDA NO SPED ECF DIPJ INCLUÍDA NO SPED O que é ECF Escrituração Contábil Fiscal? Demonstra o cálculo do IRPJ e da CSLL Sucessora da DIPJ Faz parte do projeto SPED Instituída pela Instrução Normativa RFB 1.422/2013

Leia mais

A P R E S E N T A Ç Ã O D I G I T A L

A P R E S E N T A Ç Ã O D I G I T A L APRESENTAÇÃO DIGITAL APRESENTAÇÃO Investimento contínuo em qualificação. Adequação às necessidades do cliente. Ética e Gestão Profissional. Esses são os principais pilares que nortearam a fundação do Escritório

Leia mais

Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Domingo 1 2 3 4 5 6 Clique e veja o compromisso do dia aqui

Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Domingo 1 2 3 4 5 6 Clique e veja o compromisso do dia aqui Atenção 01 Aqueles contribuintes obrigados ao envio mensal do arquivo SINTEGRA ao SEFAZ, devem observar a data de entrega, conforme definido pelo fisco. Atenção 02 Essas informações não substituem aquelas

Leia mais

RELAÇÃO DE EMPREGO DOMÉSTICO

RELAÇÃO DE EMPREGO DOMÉSTICO RELAÇÃO DE EMPREGO DOMÉSTICO FELIPE VASCONCELLOS CAVALCANTE Universidade Federal de Goiás UFG Pró-Reitoria de Desenvolvimento Institucional e Recursos Humanos Departamento de Desenvolvimento de Recursos

Leia mais

PRINCIPAIS DIFICULDADES PARA A APLICAÇÃO DO SPED CONTÁBIL E FISCAL 1

PRINCIPAIS DIFICULDADES PARA A APLICAÇÃO DO SPED CONTÁBIL E FISCAL 1 PRINCIPAIS DIFICULDADES PARA A APLICAÇÃO DO SPED CONTÁBIL E FISCAL 1 FERNANDES, Alexandre Roberto Villanova 2 ; KIRINUS, Josiane Boeira 3 1 Trabalho de Pesquisa _URCAMP 2 Curso de Ciências Contábeis da

Leia mais

Palestrante: Anderson Aleandro Paviotti

Palestrante: Anderson Aleandro Paviotti Palestrante: Anderson Aleandro Paviotti Perfil do Palestrante: Contador, Consultor e Professor Universitário Colaborador do Escritório Santa Rita desde 1991 Tributação das Médias e Pequenas Empresas Como

Leia mais

Artigo explica sobre as obrigações do e-social Fonte: Conselho Regional de Contabilidade de Santa Catarina

Artigo explica sobre as obrigações do e-social Fonte: Conselho Regional de Contabilidade de Santa Catarina Artigo explica sobre as obrigações do e-social Fonte: Conselho Regional de Contabilidade de Santa Catarina Você já deve ter ouvido falar do esocial. Se ainda não ouviu, certamente ouvirá, e continuará

Leia mais

Agora começa a ser implementado o esocial, que constituirá a maior e mais complexa parte do Sped.

Agora começa a ser implementado o esocial, que constituirá a maior e mais complexa parte do Sped. Introdução O que é esocial? Com a criação do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), o Governo propiciou maior controle e agilidade na fiscalização das informações contábeis e fiscais das empresas

Leia mais

OBRIGAÇÕES FISCAIS SOCIAIS DA APM

OBRIGAÇÕES FISCAIS SOCIAIS DA APM COMUNICADO FDE / DRA Nº 001/2015 OBRIGAÇÕES FISCAIS E SOCIAIS DA APM 2 0 1 5 Página 1 de 9 O objetivo deste texto é informar aos dirigentes das Associações de Pais e Mestres APMs de Escolas Estaduais conveniadas

Leia mais

Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido

Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido Sumário Aspectos gerais para validação da EFD Contribuições Lucro Presumido 1. Cadastro de Empresas... 2 2. Cadastro de Participantes...

Leia mais

Relatório de Atividades 2015

Relatório de Atividades 2015 Relatório de Atividades 2015 10/03/2016 Relatório de Atividades 2015 Sumário 1. Institucional... 3 1.1 Sobre a FACPC... 3 1.2 Sobre o CPC Comitê de Pronunciamentos Contábeis... 3 1.3 Organograma e Composição

Leia mais

MISSÃO VISÃO VALORES Ética Dedicação Versatilidade Perseverança e Otimismo -

MISSÃO VISÃO VALORES Ética Dedicação Versatilidade Perseverança e Otimismo - Quem Somos O escritório de advocacia GUIMARÃES SANCHES Advogados, estabelecido há mais de 10 anos no mercado, é centenário na soma de experiências, força de trabalho e dedicação de seus sócios e colaboradores.

Leia mais

Boletim Mensal - Setembro/2015

Boletim Mensal - Setembro/2015 Boletim Mensal - Setembro/2015 Fiscal Contábil RH Notícias Calendário Obrigações Fiscal Estado quer recuperar até R$ 1,3 bilhão com parcelamento de dívidas. Para aumentar a cobrança de créditos tributários

Leia mais