Atualidades OS MEDIADORES DO SÉCULO 21 RRPP. Relações-públicas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Atualidades OS MEDIADORES DO SÉCULO 21 RRPP. Relações-públicas"

Transcrição

1 RRPP Atualidades Versão digital: Revista semestral. Curso de Relações Públicas/Famecos/PUCRS - Ano 19 n 34 - Porto Alegre, RS, Brasil - Dezembro 2012 Único curso de Relações Públicas cinco estrelas do Brasil, pela segunda vez no Guia do Estudante, a PUCRS prepara o profissional exigido hoje Relações-públicas OS MEDIADORES DO SÉCULO 21 A comunicação organizacional chega ao infinito nas redes sociais, a consciência cidadã e as exigências do consumidor são outros desafios

2 Públicos Como conviver na Cidade Baixa Acesso ao supermercado da Rua Lima e Silva é prejudicado nas tardes de domingo O bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre, é conhecido pela fama de ser o local preferido dos boêmios. A quantidade, qualidade e história dos estabelecimentos acabam tornado esse um dos pontos mais movimentados da cidade. Próximo, encontra-se a maior área verde da cidade, um dos mais disputados espaços de lazer dos finais de semana da capital, o Parque Farroupilha. Famílias, grupos de amigos e diversas tribos são encontradas aos sábados e domingos confraternizando. Desta maneira, junto ao chimarrão, ao lanche e ao passeio com animais de estimação, a música alta e bebidas alcoólicas se tornaram corriqueiras para os moradores e visitantes. A tranquilidade que o Parque e o bairro deveriam transparecer, em alguns pontos, não é a realidade. Jovens, em sua maioria menores de idade, são vistos ingerindo bebidas alcoólicas e utilizando drogas. Ao anoitecer, com a Redenção completamente escura, essa tribo se desloca para um dos pontos da Cidade Baixa, a Rua Lima e Silva, em frente ao supermercado Zaffari. O ponto não parece muito atrativo, mas, talvez, a real motivação é o fácil acesso às bebidas. O local descontraído e propício ao encontro de amigos acaba por ser utilizado de maneira nada adequada. Transtornos são recorrentes, jovens bêbados, drogados, em trajes inapropriados, cenas constrangedoras são rotinas de quem habita o bairro, em grande parcela idosos. Essa prática perturba os moradores, afinal, o acesso ao supermercado fica parcialmente interrompido. Muitos habitantes se programam para fazer suas compras em horários em A frente do supermercado ferve nas noites de domingo que a entrada do ambiente esteja livre. Moradores relataram se deparar com cenas de sexo no interior dos banheiros do estabelecimento, causando desconforto e constrangimento. O Zaffari busca se proteger e deixar o acesso fácil aos clientes. Segurança reforçada e barreiras são instaladas todos os domingos ao final da tarde. Segundo Dionei Valler, assessor de comunicação da rede, atitudes são tomadas para a proteção e conforto dos clientes, como rígida política de averiguação de idade dos compradores de bebidas alcoólicas e disposição de apenas um banheiro público para os clientes. Clarissa Lerino, Pâmela Cypriano e Patrícia Dias A importância da pesquisa para planejar a comunicação 2 RRPPAtualidades/Dezembro 2012 ANDRESSA MOREIRA/FAMECOS Diretora de negócios Cristiane Mallman Não é mais novidade no ambiente corporativo que Pesquisa é uma ferramenta importante para o planejamento de comunicação. É por meio dela que se obtém informações valiosas que auxiliam em todo processo de decisão de uma organização. Os levantamentos quantitativos e qualitativos contribuem no esforço planejado, organizado e aprofundado de estudar um determinado problema, a fim de colher dados relevantes e tornar uma informação precisa. A aplicação de pesquisa possui técnicas e procedimentos científicos para estudar determinados públicos, reduzem incertezas e fornecem dados de extrema relevância. Cristiane Mallman é diretora de atendimento da agência Happy House Brasil e especialista em pesquisas. A agência possui métodos de amostragem que ajudam as organizações que procuram por seus serviços, a resolverem problemas de relacionamento com seus públicos ou na obtenção de informações precisas sobre eles. Para exemplificar o contexto, Cristiane utilizou dois cases em sua palestra realizada em setembro, na Pontifícia Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) para alunos de comunicação social. O primeiro case apresenta dados de uma pesquisa de satisfação em relação à comunicação interna da organização Cargill Carnes Brasil. O segundo avaliou os efeitos das ações e do processo de comunicação em relação a transição do CEO Report da empresa Vale. Ambas as pesquisas puderam identificar pontos relevantes na comunicação interna de cada uma delas. A mensuração de resultados levou as organizações a tomarem decisões e realizarem ações com maior foco, precisão e certeza de atingir os objetivos traçados. No caso da empresa Vale, Cristiane destacou as principais dificuldades enfrentadas na aplicação da pesquisa. Como a Vale possui unidades espalhadas por diversos países e um público muito extenso, a agência precisou fazer uma pesquisa Global em parceria com o Ibope para aplicar a pesquisa com menor margem de erro. A pesquisa global é considerado um diferencial da Happy House. No levantamento, os públicos da Vale foram classificados em três categorias, com a intenção de melhor especificar os resultados. A organização avalia como positivos os resultados obtidos. Bons profissionais de Relações Públicas devem dominar essa ferramenta e usufruir de todos seus benefícios, visto que sua principal função dentro das organizações é intermediar relações. Atualmente, nada é mais útil que a pesquisa para estudar públicos e levantar informações sobre os eles que permitem agir com base em conhecimento e sabedoria. Conclui-se que os profissionais de comunicação, junto dos gestores organizacionais, precisam buscar mensurar tais práticas de comunicação, sabendo que para isso existem as pesquisas como ferramentas geradoras de indicadores de sucesso. Camila de Boer Ribeiro, Karina Zanotto Costardi e Manuela de Almeida Ferreira

3 Reconhecimento 5 estrelas pela segunda vez Curso de Relações Públicas da PUC é consagrado no Guia do Estudante pelo segundo ano consecutivo O curso de Relações Públicas da Faculdade de Comunicação Social (Famecos) da PUCRS foi classificado pelo segundo ano consecutivo como cinco estrelas na avaliação de cursos superiores realizado pelo Guia do Estudante (GE) 2012 da Editora Abril. A publicação é tradicional pela pesquisa que reconhece os melhores cursos de todo o país, tendo colocado o curso de RRPP no topo da avaliação, alcançando a marca Excelente. Mais uma vez, foi o único curso do Brasil a receber a classificação de excelência. O curso de RRPP na Famecos/ PUCRS teve início em março de 1967, com a transformação da Escola de Jornalismo em Faculdade dos Meios de Comunicação Social (Famecos). Com um currículo único de três anos, era possível escolher uma entre três especializações: Jornalismo, Publicidade/ Propaganda e Relações Públicas. Em 1970, conforme resolução do Conselho Federal, o Curso de Comunicação Social foi reestruturado e as matrículas dos alunos ingressantes passaram a ser efetuadas nas diferentes habilitações. Desde o começo, o curso teve a sua frente profissionais capacitados, dedicados a formar novos comunicadores com visão ética, humanística, histórica e crítica que atendam às demandas do mercado de trabalho, além de acompanhar a evolução social, econômica, política e cultural da realidade nacional e internacional, com o apoio das novas tecnologias para qualificar o relacionamento entre as instituições e seus públicos, destaca a coordenadora do curso, professora Cláudia Peixoto de Moura, graduada nas três áreas (PP, RRPP e Jornal) e doutora em Comunicação Social. Atualmente, são 110 alunos no turno da manhã e 297 à noite no curso de Relações Públicas. A graduação em RRPP da Famecos está focado no relacionamento institucional, que ocorre no âmbito humano, digital e internacional, visando formar profissionais diferenciados e preparados para os desafios do cenário contemporâneo, assegura Cláudia. Garantindo ainda mais destaque, o curso é o único da Famecos que conta com publicações que formam uma coleção teórica. Em agosto deste ano, foi lançado o terceiro título da série RP: Relações Públicas: Planejamento e Comunicação. A coleção tem outras duas edições, Relações Públicas: Quem sabe, faz e explica e Relações Públicas: Construindo Relacionamentos Estratégicos, também organizados pela professora Souvenir Maria Gracyk Dornelles, todos com ensaios produzidos por professores da Famecos. Bruna Ricardo Marcelo Jarros Planejamento e comunicação, o novo livro Os alunos do curso de Relações Públicas da Famecos têm o privilégio de poder usufruir de publicações escritas pelos professores da instituição. Até o corrente ano contavam com Relações Públicas: quem sabe faz e explica Volume 1 e Relações Públicas: construindo relacionamentos estratégicos Volume 2. Em 16 de agosto, o Volume 3 foi lançado, intitulado, Relações Públicas: planejamento e comunicação, com a mesma organizadora das edições anteriores, a professora Souvenir Maria Graczyk Dornelles, reúne textos dos autores, Ana Basségio, Alessandra Almeida, Flávio Paim Falcetta, Jacques Walnberg, Maria Inês Möllmann, Souvenir Dornelles e Vanessa Ourique Purper. A coletânea de textos aborda a importância do planejamento nas diferentes áreas de comunicação. No dia 16 de agosto, os alunos da Faculdade de Comunicação da PUCRS foram brindados com duas seções de autógrafos no saguão do prédio 7, uma pela manhã e outra à tarde. Os interessados puderam adquirir seu exemplar, autografado, com carinho, pelos professores. Momentos como este tornam o período de estada na universidade ainda mais especial. É de grande valia termos o trabalho dos mestres da casa valorizados com estas publicações, bem como proporcionar aos estudantes a oportunidade de FABIANO BRUM FONTOURA Alunos se preparam, também, para atuarem no espaço da web ANDRESSA MOREIRA Professores Jacques, Vanessa, Maria Inês, Souvenir, Falcetta e Ana Basségio no lançamento da obra no saguão ter acesso a uma ferramenta de estudo e de trabalho onde importantes temas são abordados de forma prática, simples e com uma qualidade ímpar. A 58º Feira do Livro de Porto Alegre, no dia 11 de novembro, às 15h, na Praça Central de Autógrafos, recebeu os idealizadores deste projeto para uma sessão de autógrafos e confraternização por ocasião do lançamento do terceiro volume da obra. Aos profissionais e estudantes que interessarem-se, os livros estão à disposição na Biblioteca Irmão José Otão, da PUCRS, no campus central e à venda em livrarias. Denise Novakosky Dezembro 2012 /RRPPAtualidades 3

4 Capa O mediador do consumidor O profissional de RRPP é o mais preparado para o novo mercado que está surgindo vista para o RRPP Atualidade, afirma que cada vez mais buscamos significado e experiências relevantes, até mesmo para comprar um sabão em pó ou escolher uma marca de café. Só há significado quando há consciência. Só assim, algo toma um sentido maior e pessoal. O dono da Edelman, maior agência de Relações Públicas do Mundo, Richard Edelman, afirma que na era da Reputação, RP terá mais valor que a Publicidade. Ele acredita que este é o momento do profissional saber identificar essa necessidade do mercado e trabalhar a reputação das empresas em torno desta realidade emergente. Juntando estas informações e confrontando com a realidade do dia a dia, percebe-se que finalmente o profissional de Relações Públicas começa a tomar seu espaço e ter suas atribuições reconhecidas pelo mercado. Não apenas isso, os profissionais também estão sabendo colocar-se de maneira estratégica e mostrar para que vieram. O relações-públicas é o responsável pela gestão da comunicação, dele tem de partir toda a estratégia da organização, além de ter visão para dominar as mais diversas situações que ocorrem entre os públicos por ele gerenciados. Conhecimentos sobre pessoas, relacionamento e negociação, além de estudos sobre reputação, imagem e estratégias frente a crises qualificam este profissional. O RP deve ser o profissional responsável pela gestão de equipes, para que elas sejam treinadas para poder lidar com a complexidade dos dias de hoje, reconhece Rosane Palacci Santos, publicitária e profissionais com a nossa qualificação. Guilherme Alf vai mais longe, diz que o As relações humanas estão mudando e as pesquisas comprovam o surgimento de um novo perfil de consumidor: o cliente-cidadão. A população vem aprendendo a exercer seus direitos e deveres através do universo mercantilista. São pessoas preocupadas com sustentabilidade, relacionamentos e reputação; não acreditam mais em governos ou organizações, a fidelidade pela marca se dá através da confiabilidade e não mais da melhor peça publicitária divulgada. Neste novo ambiente surge um mediador indispensável: o relações-públicas, capaz de trazer orientações politicamente corretas para o marketing e a publicidade. A consultora em Comunicação e Gestão de Pessoas, Gisele Moraes de Souza, em entre- 4 RRPPAtualidades/Dezembro 2012 professora da Famecos nos cursos de Relações Públicas e Publicidade. Um grande fenômeno na área de agências de comunicação aconteceu nos primeiros meses deste semestre: o relações-públicas Guilherme Alf, dono da Agência Todo Mundo RP, idealizador da campanha Todo mundo precisa de um RP, difunde este seu sentimento em relação ao tema. Questionado de quem é o novo RP e quais suas preocupações e interesses, responde: O RP é um profissional estratégico. É dele a responsabilidade de gerenciar o relacionamento dos públicos com uma marca ou instituição. Ele é um profissional da comunicação em nível macro, precisa dominar todo o cenário, entender, fazer a leitura do jogo. Mas aqui a gente entra num ponto importante: Os RPs precisam QUE- RER isso. Não adianta só ficar reclamando que ninguém valoriza, tem que FAZER. Tem que colocar a camisa de RP e ir pro mercado, lutar, debater, mostrar que somos os profissionais capacitados para isso. A gente precisa aprender com os publicitários a jogar mais confete na nossa profissão. A gente precisa aprender com os jornalistas a ir atrás mais das coisas. Pra mim chegou a nossa hora, o mercado está pedindo RP precisa sair mais do escritório, sendo um profissional de comunicação que lida com pessoas, logo, tem que se relacionar mais. Vivemos na era das experiências, compartilhamentos, troca de experiências, se a gente não tiver na rua, na batida, na onda, vamos ficar para trás. Hoje o RP tem que ter smartphone, tem que estar em todas as redes sociais, tem que ler, tem que assistir palestra, tem que falar inglês, tem que se qualificar. E digo mais: temos que agradecer todos os dias aos que fomentam toda essa comunicação on line, pois ela nos permite uma proximidade muito grande do consumidor e permite para TODOS. Logo, quem souber lidar melhor, quem estiver mais bem preparado, vai colher mais resultados!, completa. n O dono da Edelman, maior agência de Relações Públicas do Mundo, Richard Edelman, afirma que na era da Reputação, RP terá mais valor que a Publicidade.

5 KAREN VIEIRA cidadão O dever de qualquer profissional é estar em constante aperfeiçoamento e em busca de conhecimentos e atualizações. Para o professor da Famecos, sócio-proprietário do Portal Gastronomia e executivo de Planejamento e Prospecção da Uffizi, Almir Freitas, não existe Público alvo a ser conquistado GERAÇÃO ZAPPING Como assimilar o engarrafamento de informações um novo RP. Sempre deveria existir um RP preocupado com a atualização no mercado de atuação, com as inovações impostas na comunicação e pelas mudanças sociais. É de um RP que se espera entender os movimentos sociais, as alternativas e canais para se falar com o consumidor. É de um RP que se espera PENSAR a comunicação, chegou a hora de fazermos isto, de atingirmos este ideal. A consultora em Comunicação e Gestão de Pessoas, Gisele Moraes de Souza, destaca a importância do RRPP ao longo de sua trajetória profissional, a necessidade de estar sempre além e traçar estratégias. Hoje o novo RRPP precisa desenvolver um olhar diferente sobre a relação entre as marcas, seu consumidor e a sociedade como um todo. Ela observa que é o início de uma era, onde a consciência passará a ter mais importância. Gisele reforça a importância do autoconhecimento e identificação de valores para poder atuar com coerência na construção de marcas e empresas que atendam às expectativas deste novo público. Quem souber lidar melhor, quem estiver mais bem preparado, vai colher mais resultados!. Como em qualquer profissão temos diversos perfis de profissionais, os que se contentam com o canudo e os que fazem a diferença antes mesmo de pegá-lo, cabe a você decidir qual deles quer ser, se qualificando ou não para estar à frente de sua organização. Denise Novakosky Tati Cross A pesquisa realizada pela MTV, no ano passado, revela que 66% dos jovens utilizam pelo menos dois meios de comunicação simultaneamente. A rotina de jovens de classe média é composta por um engarrafamento de atividades e acaba por tornar a prática do Zapping característica de uma geração. A necessidade de se comunicar simultaneamente, assimilando várias tarefas, e o bombardeio de informações ao mesmo tempo são práticas que estruturam as novas tribos. A expressão Geração Zapping, que tem origem no inglês, se refere no ato de mudar constantemente de canal, inaugurando um novo jeito de compreender as informações que são colocadas na rede. O que diferencia as estruturas das gerações é a convivência com a abundância e a sobrecarga de informações. Pessoas acima de 30 anos acham o processo de trocar de mídias simultaneamente estressante, muitos ainda possuem um pensamento conservador em relação à utilização das novas tecnologias emergentes. Raphael Paulino Vizotto, analista de infraestrutura na empresa Plugar Informações Estratégicas, na área de tecnologia da informação, observa que diversos estudos mostram que esse tradeoff constante nas mídias digitais aumenta o fluxo de informação de uma maneira brutal e desenvolve o raciocínio lógico, mas, em contra partida, aumenta a dificuldade em se concentrar em um único objeto. Com tantos itens na tela, as pessoas normalmente navegam em uma aba e passam para a próxima antes de chegar ao final do texto. Mesmo assim, é um ponto positivo ao meu ver. A tecnologia e o domínio dela para se manter informado é essencial. Excesso de informação não existe, desde que ela seja útil, pondera Vizotto. O analista da Plugar detecta que a cada dia que passa o conteúdo de informação na internet duplica e isso é muito mais do que se pode consumir. Minha empresa em específico estuda maneiras de filtrar a informação de maneira automática para que nossos clientes tenham acesso apenas ao que é mais relevante para eles. Esse é um campo muito promissor e extremamente necessário. Dentro das ciências da computação, existe um campo especifico para isso chamado Visão Computacional, anualmente existe um evento global chamado EyeOFestival que reúne as maiores mentes do mundo no assunto, com o objetivo único de solucionar esse problema de excesso de informação que não consegue ser processada de maneira útil, revela o profissional da informação. A cultura do consumo de informações estimula os jovens a estarem sempre se modificando. A troca constante de grupos que atualmente é valorizada, caracteriza um indivíduo que absorve facilmente as novidades e sabe se adaptar aos novos contextos que são criados. Uma geração que possui a disponibilidade de tantos meios deve aprender a filtrar a qualidade das informações que serão absorvidas de fato. Os jovens estão desenvolvendo uma nova forma de pensar, o que naturalmente ocasiona uma agilidade mental na absorção das informações. É necessário que haja consciência no consumo, identificando os perfis de cada indivíduo, algo inerente à idade ou gerações, cada um possui sua maneira de lidar com as mídias e deve desenvolver seus próprios filtros, maximizando a utilização das novas tecnologias. Hassann Samy e Karen Vieira Dezembro 2012 /RRPPAtualidades 5

6 Capa E-commerce também é lugar de RP Comércio virtual conquista clientes e já é mercado para diferentes profissionais Se você já comprou pela internet, seja uma compra coletiva ou em lojas virtuais, você é um e-consumidor e faz parte de uma nova geração de clientes - mais exigentes e engajados. Os e- -consumidores fazem parte do universo do e- -commerce (Comércio Eletrônico, no qual a transação comercial é realizada através de algum equipamento, sendo mais usual uma ferramenta com acesso à internet) e usam a web para ir além da compra. Seguindo uma tendência mundial, aumenta em grande escala a adesão ao Comércio Eletrônico, no Brasil, principalmente nas regiões sul e sudeste. De acordo com o relatório publicado pela empresa de pesquisa Tendencias Digitales, em setembro de 2011, 59% dos internautas da América Latina compraram pela internet no último ano. Também em 2011, o comércio eletrônico no Brasil faturou 18,7 bilhões de reais e, segundo pesquisas realizadas pela Forrester, o Brasil é o mercado mais avançado da América Latina, quando se trata de e-commerce, ultrapassando Argentina e México. Neste cenário, diversas áreas da economia estão aderindo à cultura digital, já que o consumidor é quem detém o poder de compra e direciona o caminho de diferentes segmentos de mercado. Também por esse motivo, o e-consumidor se tornou mais exigente e deseja mais do que simplesmente comprar, pois pesquisa os melhores preços, busca mais informações sobre o produto, se preocupa com a segurança na compra e entrega, além de exigir um bom atendimento em todas as etapas da compra. Essa nova geração de consumidores está mais atenta, tem um perfil curioso e também deseja se relacionar com a marca. Sendo assim, pesquisa em diversas redes sociais a experiência e opinião dos clientes, além de querer saber da imagem da empresa perante seus públicos. De modo geral, os produtos mais consumidos nesse mercado são: equipamentos eletroeletrônicos, medicamentos, cosméticos e perfumaria, livros e o setor de moda (especialmente acessórios e vestuário). Com a notável a exigência dos e-consumidores e, ao mesmo tempo, o rápido crescimento do e-commerce, alguns profissionais da Comunicação estão aproveitando grandes oportunidades na área, em especial os relações-públicas. Cristina Carvalho, relações-públicas formada pela Famecos, em 2010, é líder de Estratégia de Contas, no E-Commerce Group/SA (Grupo de empresas orientadas ao e-commerce) e trabalha no núcleo de Lojas Virtuais. Em entrevista para a revista impressa e digital RRPP Atualidades, ela fala de sua experiência neste novo mercado. Quais as principais funções de RP que você exerce em seu trabalho? 6 RRPPAtualidades/Dezembro 2012 Cristina Carvalho conta sua experiência de Relações Públicas no E-commerce Relacionamento com os clientes de lojas virtuais e atividades que envolvam diretamente o processo de atendimento. Traçamos estratégias voltadas ao e-commerce, buscando um bom desempenho dos nossos serviços. Você acredita que é possível relacionar os públicos na web, somente com os conhecimentos adquiridos no curso? O Curso de Relações Públicas explora muito pouco a área da Web, saímos da faculdade com uma noção básica do que é o relacionamento com o público através da Web. A cada dia surgem novos modelos de comunicação, isso facilita uma interação com o seu público e essas ferramentas precisam ser mais exploradas pelo profissional de RP. Penso que é necessário ter esse aprendizado dentro da faculdade, buscar mais conhecimento nessa nova realidade, pois as empresas precisam de estratégias diferenciadas para conversar com seus públicos. Que dicas daria para quem deseja atuar nesse nicho de mercado? Indico cursos de Marketing Digital, Planejamento e Gestão Digital, além de cursos voltados ao e-commerce, com foco em Google Analytics e Adwords. Você se considera uma e-consumidora? Quais as vantagens de fazer uma compra virtual? Sim, assim que entrei no mercado de e- -commerce não tinha ideia de como funcionava uma loja e os benefícios de realizar uma compra online. Com a correria do dia a dia, tenho a facilidade de comprar sem sair de casa ou até mesmo do trabalho. Claro, realizo uma análise CAROLINA CUNHA FONTOURA da loja onde estou comprando, verificando se ela é segura, se não possui reclamações em sites específicos, e quais formas de pagamento e de entrega que elas me oferecem, após isso não penso duas vezes! Quais os principais desafios em trabalhar com serviços da web (lojas virtuais)? O maior desafio é a velocidade que a web nos oferece em relação às novas ferramentas de comunicação com o público, principalmente na área de e-commerce. Montamos uma loja com uma tecnologia e, daqui a seis meses, já existe uma nova. Também, existe o desafio junto aos clientes, que contratam um serviço acreditando que ele é igual ao mercado offline. É preciso ter muita cautela ao relacionar um trabalho offline com o online, pois o mercado brasileiro ainda se limita às novas tecnologias e muitos empreendedores ainda não conseguiram administrar a relação da empresa com o seu público na web. Também ocorre que muitas organizações colocam a loja no ar e acreditam que elas irão vender sem muito esforço e não é bem assim, precisa de planejamento, estratégia e foco nos resultados. Com o constante crescimento do e- -commerce, será um mercado explorado pelos profissionais da Comunicação? Já é um mercado que está sendo explorado, encontro muitos profissionais de Relações Públicas trabalhando com e-commerce, pois entendo que uma empresa precisa estar conectada ao mundo virtual. Hoje, uma loja física possui muitos gastos, enquanto ao adquirir uma loja virtual, os gastos são bem menores. Carolina Cunha Fontoura

7 Capa Motivação É A SUA HORA RP! O estudante, o estagiário, o profissional de Relações Públicas, independente da etapa que está, deve ser Ousado & Astuto! O objetivo é motivação. Algo instigante hoje no ambiente universitário é a desmotivação de futuros profissionais de relações-públicas, justificada, por eles próprios, pelo excesso de teorias voltadas ao conhecimento, significados complexos e repetitivos em relação à prática ou o que é um RP e a sua importância no mercado. Como diz a escritora Lya Luft na sua obra de crônicas Pensar é transgredir: Pensar pede audácia, pois refletir é transgredir a ordem do superficial que nos pressiona tanto. Os estudantes devem ser estimulados a não terem receio de pensar, eliminar dos seus conceitos somente pressuposições. A reflexão leva a absorção de tudo que a vida e as experiências oferecem, independente do ambiente em que estiverem, seja sala de aula, faculdade, casa e principalmente no emprego ou estágio em que foram colocados. O mercado é exigente, mas mais e muito mais que o mercado, o profissional deve ser exigente, criterioso consigo mesmo, compreender o seu verdadeiro papel e muito além de aprender o que é o relações- públicas, deve sentir-se este profissional. Para tanto, precisa estipular um foco, saber onde deseja atuar, objetivos que pretende alcançar e como conquistá-los. E para o sucesso no mercado é indispensável: Argumentos. Qual é o sustento de Argumentos? Teorias, casos bem-sucedidos, estudos e experiências bem aproveitadas. Tomando como base teórica uma citação da professora e doutora Cleusa Scroferneker na disciplina de Comunicação Organizacional: O Relações Públicas deve pensar sobre inteligência empresarial. Precisamos nos dar conta que o tarefeiro não tem mais lugar, devemos ter pensamentos proativos, organizações precisam e estão mudando. A Gestora de marketing e negociação, presente há 12 anos no mercado, Liliana Subtil de Andrade Malheiros, da empresa Dany Cosméticos, adverte sobre a necessidade de uma renovação interna, onde a empresa precisa se integrar neste novo mercado, para poder expandir suas ferramentas de comunicação, construir a identidade junto aos públicos e cumprir com excelência as metas da organização. A sustentação se legitima com citação da autora Margarida Maria Khroling Kunsch: A comunicação organizacional precisa ser entendida de forma ampla e abrangente. [...]dentre uma visão que denominamos comunicação organizacional integrada que compreende a Comunicação Institucional, a Comunicação Mercadológica, a Comunicação Interna e a Comunicação Administrativa (KUNSCH, 2003, p.149). É a área que mais abrange a atividade do profissional no mercado e a sua importância, tudo está interligado com o sistema social organização-públicos e o principal, relacionamento. Sob a visão de uma estudante deslumbrada pela profissão, cursando o terceiro semestre e já presente no mercado, infere a certeza de que não devemos ser preguiçosos e práticos, desencadear a absorção de boa ambição, respeito, amor à profissão e partir do pressuposto de um gestor de comunicação, produtor cultural ou dono da sua própria agência de comunicação. Existe amplitude de escolhas, mas não de atitudes. Por isso, independente da área, seja dedicado à profissão, pois os resultados dependem da nossa disposição em relação ao curso e busca de sucesso. Contudo, sejamos ousados com conhecimento e astutos ao buscar sabedoria e discernimento das etapas a serem enfrentadas, por mais mal pago que um estágio seja, submissão ao mercado. Vamos aceitar o começo como começo e não atropelar o tempo das coisas e propósitos. Arrisque, busque projetos, aproveite ao máximo oportunidades e principalmente seja proativo na busca de teorias e sustentações de argumentos. Irisleyne Alves do Nascimento Pense à frente, faça a diferença Liliana Malheiros, exemplar em gestão de marketing e negociação, concedeu entrevista esclarecendo típicas dúvidas no curso de Relações Públicas, com perguntas que nos levam a refletir sobre nossas frequentes interrogações. O que você entende como Comunicação Organizacional? É fundamental, clara, porque as pessoas tem que saber uma forma de todos numa organização terem a mesma visão, saberem das mesmas coisas, estar todo mundo em sintonia. Qual a importância de um setor de comunicação numa organização? Alguém deve se responsabilizar para a comunicação fluir de forma ordenada e clara a todo mundo, caso contrário, o RH vai comunicar de um jeito, o Marketing de outro, cada um fazendo pouco e ninguém se responsabilizando pela qualidade da comunicação. Qual o profissional hoje no mercado mais apto para exercer a função de um gestor de comunicação? Um administrador ou um profissional da comunicação social, o relações-públicas, que tenha conhecimento de comunicação e obtenha outros conhecimentos técnicos, pertinentes à própria função. Dezembro 2012 /RRPPAtualidades 7

8 Moda A cultura dos brechós A cada arara descoberta, uma novidade para levar Quem ainda pensa que brechó só tem roupa brega, sem condições de uso, está enganado. Hoje, os brechós de Porto Alegre possibilitam aos diversos públicos experimentarem essa alternativa de consumo que anda bem na moda, além de ser uma atitude consciente de reutilização. A compra de roupas, objetos e acessórios usados, em ótimas condições de uso, está cada vez mais na cabeça dos porto-alegrenses. Preciso de algum acessório nada tradicional, quero um vestido vintage para não ficar nada usual nessa festa, estou pensando em looks dos anos 70 e 80 para um editorial de moda. Esses e outros pedidos são o que fazem o consumo girar cada vez mais nesse mercado. Até mesmo a simples atitude de entrar para olhar apenas o que tem a oferecer uma dessas lojas ougarage sale (termo utilizado nos Estados Unidos). No brechó Maria Sem Vergonha, no Bairro Bom Fim, o público que frequenta a loja é B e C. A maioria das pessoas entra sem interesse de compra, se surpreende com alguma peça ou acessório e acabam levando, ou seja, consome. Há também os clientes que frequentam a loja há alguns anos e são fiéis no segmento. Solange Giacomo, a proprietária do brechó, deu uma aula de moda falando da Vista interna Brechó Nossa Senhora das Maravilhas. CRISTIANE MALLMANN diferença entre o Retrô, Vintage e Casual. Retrô é relançamento de moda, o que foi top no passado é relançado como uma estampa ou pantalona. O vintage é uma peça original com no mínimo vinte anos de existência e o Casual são peças de alguns anos atrás que o pessoal não tem mais interesse em usar ou deixar no guarda-roupa e acaba vendendo. Lembrando sempre que a peça oferecida em brechó é de extrema qualidade e ótimo estado. No bairro Cidade Baixa, os brechós ficam perto dos bares, onde o público frequentador sempre dá uma passada para conferir o que há de novo. O preço das peças é bastante em conta, o que gera muita rotatividade nas peças. Há diversidade de preços entre R$ 5 e R$ 60. Na Avenida João Pessoa, onde existe uma grande concentração de brechós, a maior parte do público é composta de pessoas sem condições financeiras para comprar roupas novas e, assim, tem a possibilidade de adquirir peças baratas, além de móveis, carrinhos de bebês entre outros produtos sempre em ótimo estado. Ângela Rolim, proprietária do brechó Nossa Senhora das Maravilhas, localizado no Bairro Moinhos de Vento, na Rua 24 de Outubro, destaca que o seu segmento é dirigido para o público que gosta de roupas de grandes grifes e não tem condições de comprar devido ao alto preço do mercado da moda. Ela diz que, mesmo sendo roupas de grifes, os preços são totalmente em conta, levando em consideração o seu criador. Serão oferecidas grifes como: Animale, Oskley, Alexandre Herchcovitch, Glória Coelho, Gucci, Salvatore, Arezzo e outros. O brechó Balaio de Gato, localizado na Rua São Carlos, no bairro São João, é direcionado a grupos teatrais e consultores de moda que desejam montar um look para alguma festa ou surpreender em algum evento social. Lá você encontra aparelhos eletrônicos antigos, máscaras, chapéus e uma grande variedade de roupas. Quando se fala em brechó, vem à cabeça um lugar com roupas empoeiradas e velhas. No entanto, essa visão está sendo mudada a cada dia. Hoje o brechó é uma possibilidade de reciclar tendências: o reaproveitamento que influencia no comportamento e no estilo das pessoas. Um lugar procurado antes apenas por pessoas de baixa renda é hoje endereço certo para quem quer buscar algo único. Bruna Rosa, Cristiane Mallmann, Greice Timm, Julya Bohn e Michele Dillenburg Salto alto, você usa? DIVULGAÇÃO O salto alto é considerado um instrumento que demonstra por excelência toda a feminilidade da mulher. Este acessório é um dos mais comuns e indispensáveis nos guarda-roupas femininos, e é objeto de desejo de várias mulheres por todo o mundo. Desde sua primeira aparição na sociedade egípcia até os tempos de hoje, o salto alto já passou dos pés masculinos para os femininos e já foi associado à nobreza e à luxúria. Quando finalmente ganhou sua forma atual, o salto foi ligado diretamente a ilusão de deixar as pernas mais finas e longas. Mas no uso do sapato de salto, nem tudo são flores. Os saltos estão ligados a diversos problemas de saúde das pernas, pés e coluna. Talvez por este motivo as mulheres estão cada vez mais preferindo usar sapatilhas, sandálias rasteiras e saltos mais baixo. Estes podem não favorecer tanto o corpo feminino, mas trazem conforto e comodidade a quem está usando. Se você ficou interessado e quer saber mais sobre a história do salto alto e problemas que o uso contínuo dele pode causar, acesse nosso site através do QR code ou e veja a matéria completa. Cristiane Mallmann e Flaubert Titton Sapato Louboutin 8 RRPPAtualidades/Dezembro 2012

9 ARTIGO O despertar da Bela Adormecida Dados da Justiça Eleitoral apontam quebra de paradigmas nas últimas eleições, com o aumento de votos nulos e brancos em todo o Brasil. As eleições municipais de outubro de 2012 revelaram que aumentou o número de eleitores descontentes foi bem mais relevante nesta eleição e o fato foi comprovado nas urnas. O número de pessoas descontentes e votos brancos, por exemplo, foi mais do que o dobro do observado em 2008 e os nulos também aumentaram de modo significativo. Cerca de 35 milhões de pessoas, quase 25% dos brasileiros considerados aptos a votar decidiram por não escolher nenhum candidato nesta última eleição. Com a estreia da Lei da Ficha Limpa nas eleições municipais de 2012, surgiu também a impossibilidade de apurar a quantidade exata de votos nulos, assim como as situações em que algum candidato não recebeu um voto sequer. Isso ocorre quando o candidato está com o registro negado, porém ainda pendente de análise na Justiça, ele fica em uma espécie de limbo. Seus votos são registrados, porém não aparecem na totalização porque entram na conta dos nulos. Com isso, muitos candidatos aparecem com zero voto na consolidação dos resultados. Pesquisas de intenção de voto também são apontadas por cientistas políticos como aspectos determinantes de muitos eleitores que optam pelo chamado voto válido, que não necessariamente revela sua identidade política. Com base nos resultados das pesquisas, geralmente o eleitor acaba desistindo do candidato em que acredita, pois não quer perder o seu voto e acaba optando por escolher o que está mais próximo na disputa ou então se abstém de vez. Por isso, os cientistas acreditam que os candidatos que estão mal posicionados nas pesquisas costumam rebater os números, pois sabem a influência que eles podem exercer na escolha do eleitor. O cientista político Frederico Henriques de Oliveira confirma que essa realidade foi percebida em todas as regiões do país. Na sua avaliação, esse aumento está relacionado com a representatividade dos partidos, que faz com que os eleitores relacionem as denúncias ou escândalos que envolvem determinados políticos com todo o ambiente partidário. As pessoas não costumam se basear nas propostas partidárias, mas em determinadas figuras políticas, fazendo com que passem a desacreditar de todo o processo, comenta. Sabrina Feijó Wünsch Carolina Cunha Fontoura Lobby Representação ou corrupção? Ele ainda é motivo de dúvida para muitos. Carolina Bahia comenta sobre a profissão A atividade de lobby passou a ser implantada de forma mais clara e objetiva no Brasil em 1988, com a nova Constituição orientando o desenvolvimento das atividades sociais, políticas, econômicas e culturais. Embora ainda não definido e regulamentado, o lobbying é importante para que a sociedade participe de decisões, discuta propostas e defenda seus princípios. Explicando melhor, lobistas são grupos de interesse ou grupos de pressão. A jornalista política Carolina Bahia, de Zero Hora, conta, através de , que eles estão por toda parte em Brasília e são intermediários necessários, devido aos interesses econômicos em jogo. São pessoas ou associações que procuram influenciar a política pública a seu favor. No Brasil, pela visão popular, o termo associa-se à corrupção, propina ou abuso de poder econômico. No entanto, como instrumento de trabalho, o lobbying é moralmente neutro, servindo tanto para o bem quanto para o mal. Nem todos são corruptores. Alguns estão no Congresso para acompanhar os projetos de interesse de determinada empresa ou setor, conversando com parlamentares, tentando convencê-los de seus interesses, revela a repórter. É difícil eliminar a relação com política partidária no caso do Brasil. A clandestinidade da profissão ajuda aqueles que oferecem favores em troca de apoio, dando margem a interpretações de corrupção. Há projetos de lei tramitando na Câmara para regulamentar a atividade. Vocês podem imaginar o motivo pelo qual eles estão engavetados?, ironiza a correspondente da RBS em Brasília. MARCELO JARROS Nos Estados Unidos, a profissão é legalmente reconhecida desde 1946 e aplicada fortemente tanto na política quanto na área organizacional. Na prática, a profissão é um comportamento tático da organização. Conversei com um lobista que representava os interesses Há projetos de lei dos produtores de milho do tramitando na Câmara para regulamentar a so americano. Era assim que Meio-Oeste junto ao Congres- ele se apresentava. Não quer atividade. Vocês podem dizer que ele estivesse oferecendo aos deputados e sena- imaginar o motivo por que estão engavetados? dores algum favor em troca de apoio, mas que estava ali argumentando a favor de um setor. Quando a prática acontece dessa forma, Bahia é legítima. Lobby e Relações Públicas andam juntos, formam comunicação com os diversos públicos que interagem com a sociedade entre os quais destacamos o poder público. Bruna Ricardo e Marcelo Jarros SAIBA MAIS SOBRE O PROJETO DE LEI O projeto prevê cadastramento de até dois lobistas para cada organização ou entidade que, antes de atuarem, devem participar de um curso de seis meses com instruções de direito, ética e mecanismos de prestação de contas. Cada lobista deverá ter uma credencial, renovada anualmente. Pessoas que tenham atuado nos últimos 12 meses em órgãos públicos com o mesmo interesse do grupo representado, não podem atuar na profissão. Julho 2012 /RRPPAtualidades 9

10 DIVULGAÇÃO TRATOON Eventos Planejamento, a arma do negócio Todo evento requer um planejamento prévio. Para garantir o sucesso é fundamental seguir o passo a passo. Um caso bem-sucedido é o Bat Miztvah, onde a participação da empresa Tratoon se deu em produzir conteúdo utilizando elementos 3d e 2d, imagem, som e luz. O sócio da Tratoon e engenhar0 de produção Cristian Dunin revela pontos de importância em planejamento. São eles: a pesquisa e constante conversa com as partes interessadas. Ele conta que o primeiro contato foi com uma produtora de eventos muito interessada na parte de projeções, multiprojeções e projeções mapeadas. Inicialmente o cliente se interessou apenas pela parte de projeção, mas acabou conhecendo os nossos outros produtos (sonorização, iluminação) e acabou fechando um pacote de som, luz e imagem para o evento. Como houve um estudo focado na necessidade do evento, não tivemos surpresas no processos de criação e nem de execução, diz ele. Mesmo não sendo os organizadores da festa, eles se preocupam muito com a busca por elemento que possam acrescentar em seu trabalho. No caso, o Bat Miztvah, a comemoração da maior idade religiosa de uma menina que ao fazer 12 anos se torna filha do mandamento, eles tiveram que pesquisar e buscar esses elementos da cultura judaica e suas variações que mudam de acordo com o evento. Poderiam se ater às imagens, luz e som, esperando dados prontos da equipe 10 RRPPAtualidades/Julho 2012 de produção de eventos ou familiares, mas o interessante é fazer sua própria pesquisa e agregar as informações fornecidas pelos contratantes. Informou que houve a necessidade de chegarem a uma solução adequada. Levando em consideração o local, estudaram qual seria o melhor lugar para utilizar uma projeção diferenciada, o salão estaria bem decorado e seriam em torno de 350 convidados. Escolheram a parede com a melhor visibilidade para todos os convidados e definiram as medidas que seriam consideradas para realizar uma multiprojeção. Tudo foi muito bem dimensionado para possibilitar um grande impacto visual. Usaram a internet para pesquisar sobre a religião, bem como os elementos que usariam nas animações. Além disso, foram feitas três ou quatro reuniões com o cliente durante o processo de criação. Tudo foi acompanhado pela produtora. A aceitação foi ótima, até mesmo porque vínhamos conversando bastante com o cliente e produtora, visando entregar exatamente ou mais do que o esperado, destaca Cristian. O Bat Mitzvah aconteceu no Plaza São Rafael no dia 1 de setembro, a Tratoon Cápsula Sonora tomou os cuidados necessários para um encaixe perfeito entre o conteúdo gerado, o que o tornou o evento ainda mais diferenciado. O resultado foi um espetáculo totalmente personalizado. Gissele Monassa, Jéssica Barbosa e Sabrina Feijó Wünsch ATENÇÃO NOS DETALHES Dicas importantes para os profissionais que promovem eventos é estar atento em todos os detalhes e, principalmente, ter calma para planejar. A organização deve ser feita com antecedência, focando na execução, manutenção, atendimento, acolhimento, apoio e relacionamento, pontos onde a atenção deverá ser redobrada. A equipe não precisa hesitar em ter plano B e até plano C As agências, para atender a diversos públicos, devem estar preparados para uma variedade de assistências, como apresentação de negócios, demonstração de novos produtos e serviços, festas corporativas e até eventos pessoais, como preparação de casamentos, formaturas, festas infantis, para amigos, churrascos e até eventos religiosos. Para planejar uma celebração, é preciso ter foco, entender o pedido do cliente e saber fazer sugestões quando necessário. Reuniões, contatos com clientes e terceirizados exigem do produtor uma boa comunicação. Toda a ação requer um lado racional, que é o planejamento, ele possibilita avaliar os melhores caminhos, e deixa um referencial para trabalhos futuros. Assim, da melhor forma possível os objetivos são antecipados e pré-definidos para que o resultado final seja memorável e recompensador. TATI CROSS Tudo deve ser planejado nos mínimos detalhes, prevendo alternativas

11 Interessados participam de entrevistas, dinâmicas e ficam sem saber o resultado Empresas costumam não responder aos candidatos Rodrigo Viana, analista de comunicação do Escritório de Carreiras da PUCRS Quem procura por um estágio ou por uma vaga de emprego sabe que passar pelo processo seletivo pode ser algo desgastante. O candidato gasta seu tempo, sua energia e até dinheiro para ir a entrevistas e dinâmicas, participando de processos demorados, várias vezes constituídos por mais de uma etapa. Quando todas são finalizadas, é normal que o concorrente aguarde uma resposta dos recrutadores, porém, com frequência, isso não é o que acontece. Rodrigo Viana, relações-públicas e analista de comunicação do Escritório de Carreiras, entidade ligada à PUCRS, faz uma crítica ao comportamento de parte do mercado. Ele acredita que existem inúmeros motivos para a falta de retorno de algumas empresas. A falta de tempo para responder a tantos candidatos, o esquecimento ou até mesmo a falta de interesse, devido à relação de poder entre a empresa e os candidatos são alguns desses motivos, revela Viana. Ele destaca que empresas que dão algum retorno aos seus candidatos tendem a ter uma imagem mais positiva frente aos seus públicos e lembra que a imagem da organização deve ser zelada por todos os seus setores da empresa. Segundo Priscilla Aguiar, supervisora na Eccos Estágios, independentemente da resposta dada aos candidatos, retornar é sinal de profissionalismo, demonstrando respeito a quem se dispôs a trabalhar na sua empresa. Ainda de acordo com ela, as empresas que fazem seleção precisam mudar seu posicionamento em relação a isso, é preciso planejar um tempo para dar algum tipo de resposta a estes candidatos após a FABIANO BRUM FONTOURA finalização de todos os processos. O feedback das empresas é muito importante, já que através dele o candidato poderá avaliar melhor o seu currículo, suas habilidades e suas consequências, não esquecendo que, um dia, o próprio candidato poderá tornar-se seu cliente. Fabiano Brum Fontoura O mercado valoriza o que o aluno faz na faculdade Para evitar problemas, a PUCRS disponibiliza o Escritório de Carreiras, que é operacionalizado pela Fundação Irmão José Otão (FIJO) e localiza-se no prédio 2 do campus. A seguir, você confere uma entrevista com Rodrigo Viana, relações-públicas formado na Famecos e atual analista de comunicação do Escritório de Carreiras. Na conversa, Viana fala do projeto, dá dicas para ter um currículo melhor e fala sobre a sua visão de futuro para a área de Relações Públicas. Você pode nos dizer qual o objetivo principal do Escritório de Carreiras? Quem pode utilizá-lo? O Escritório de Carreiras da PUCRS é um serviço voltado para os alunos e diplomados da Universidade. Nosso principal objetivo é orientar e capacitar os participantes para o planejamento, gestão e aperfeiçoamento de suas carreiras e, assim, aumentar as chances de colocação em um mercado cada vez mais competitivo. Quais são as primeiras orientações que vocês dão ao aluno que esteja com dificuldades em encontrar um estágio ou emprego na carreira pretendida? Cada caso é muito particular. Alguns alunos nos procuram com o objetivo de construir todo o seu planejamento de carreiras. Outros nos buscam para que possamos auxiliar na construção do currículo ou então na preparação para processos seletivos. Mas, antes de tudo, nosso maior objetivo é trabalhar com o aluno a ideia de um comportamento exploratório e auto gerencial. A ideia de que o aluno é o dono de sua própria carreira. Quais os diferenciais que o estudante de comunicação pode usar para montar um currículo melhor? O mercado de comunicação valoriza muito o que o aluno faz dentro da faculdade. E isso é reflexo das diversas disciplinas com prática que o aluno tem de fazer. Trabalhos que se destacam podem ser incluídos em um portfólio ou mesmo no currículo. Mas, claro, todo currículo nada mais é do que um espelho de tudo o que o aluno efetivamente faz. É importante, antes, que o aluno experimente sua futura profissão por meio de estágios, participe de congressos, cursos técnicos ou mesmo os generalistas. Assim, maiores as chances de um currículo diferenciado. O fato de você ser relações-públicas colabora na hora de ajudar os alunos em suas questões junto ao Escritório de Carreiras? Por quê? Sim. A minha formação acadêmica me deu o suporte necessário para hoje poder ajudar os alunos em suas questões. Ministro um workshop de marketing pessoal que é bastante procurado pelos alunos, pois eles querem saber como cuidar de suas imagens e como vender seu trabalho. E, se falamos de imagem e marca pessoal, é inevitável que as Relações Públicas permeiem todo esse processo. Como você vê o futuro do mercado de Relações Públicas no Brasil? Bastante promissor. Mas acredito que quem dita o ritmo do mercado somos nós, os profissionais. Buscar e garantir nossos espaços nas organizações ou por meio de atividades empreendedoras é o que vai ditar o tamanho de nossa presença. É fato que as organizações precisam e que profissionais competentes são muitos. É preciso, então, promover esse encontro. Escritório de Carreiras PUCRS Av. Ipiranga, 6681 Prédio 2 Fones: Dezembro 2012 /RRPPAtualidades 11

12 Monografias Famecos vence prêmio ABRP 2012 Formanda ganhou concurso que incentiva a profissão ARQUIVO PESSOAL Tatielle Neves Gastaldo, formada em agosto/2012 pela Famecos (Faculdade de Comunicação Social) da PUCRS, foi a mais nova vencedora do 30º edição do prêmio ABRP (Associação Brasileira de Relações Públicas), em São Paulo, levando o 1º lugar com sua Monografia de Graduação na categoria Responsabilidade Socioambiental e Sustentabilidade. Com o tema Um Modelo de Relações Públicas para a Gestão Ambiental Estratégica: O Desafio de Construir um Futuro Sustentável, seu trabalho de final de curso teve como orientador o professor Nelson Fossati. Em sua monografia, Tatielle abordou os cases das empresas Brasken e General Motors. Ela revela que optou pelo tema, porque poucos profissionais haviam se aprofundado no assunto. Mesmo estudando o que já aconteceu, é sempre válido, pois permite refletir sobre experiências e se preparar para acontecimentos futuros, conclui a vencedora. O Concurso Universitário de Monografias de Projetos Experimentais de Relações Públicas busca o desenvolvimento da categoria no âmbito acadêmico em nível de graduação, e assim fortalece experimentações e a reflexão entre jovens recém-formados. O objetivo do prêmio da ABRP é estimular o aperfeiçoamento da formação acadêmica e reconhecer a excelência dos futuros profissionais de Relações Públicas, incentivando-os a apresentar o resultado de seus trabalhos de conclusão de curso. Também busca dar incentivo aos futuros profissionais a aplicar de forma eficiente seus conhecimentos teóricos e práticos, de maneira que tenham a oportunidade de vivenciar temporariamente uma agência de RP em formato job rotation, e conhecer suas funções. Sabrina Feijó Wunsch Tatielle, vencedora da 30ª edição Quem já levou o troféu para casa Neste ano, pela quinta vez, alunos da Famecos que concluiram o curso de Relações Públicas conquistam o 1º lugar no concurso de monografias da Associação Brasileira de Relações Públicas (ABRP), prêmio de maior credibilidade do âmbito nacional da área. A cerimônia foi realizada no teatro do CIEE (Centro de Integração Empresa e Escola) em São Paulo. A data, 26 de setembro, não poderia ter sido melhor escolhida para a profissão, pois é o Dia Interamericano das Relações Públicas. Neste ano, o evento completa sua 30º edição, e cada ano sobe o número de participantes. Em 2012, foram 130 trabalhos inscritos e 27 premiações (1º, 2º e 3º lugares) nas mais de 20 categorias de monografia de graduação, incluindo entre elas o terceiro setor, setor privado, cultura, lazer, esporte, projeto de pesquisa, monografias, entre outras. A cerimônia contou com a presença de profissionais importantes da área, como Margarida Kunsch e Carlos Eduardo Mestieri, que também foram homenageados no evento º Lugar: Categoria Empresarial Tema: As contribuições das Relações Públicas para a comunicação mercadológica hoteleira: A rede Plaza de Hotéis, Resort e Spa Brasil. Autora: Ana Isaia Barreto Professora Orientadora: Doutora Cleusa Andrade Scroferneker º Lugar: Categoria Sócio - Ambiental Tema: Relações Públicas e responsabilidade social do composto da comunicação integrada: estudo de caso Natura Cosméticos. Autora: Elizangelem Mazzardo Marques Viana Professora Orientadora: Doutora Cleusa Andrade Scroferneker º Lugar: Categoria Comunicação Empresarial Tema: A auditoria Virtual como (nova) modalidade comunicacional no sites/portais das universidade da região metropolitana de Porto Alegre/RS. Autor: Diego Wander Santos da Silva Professora Orientadora: Doutora Cleusa Maria Andrade Scroferneker 1º Lugar: Categoria Valorização profissional em RRPP Tema: Aproximação, estímulo, cognição e mente: ingrediente da sinérgia interação das ações de Relações Públicas e Neuromarketing. Autora: Ana Paula Carneiro Costa Professora Orientadora: Mestra Susana Gib Azevedo º Lugar: Categoria Monografia Empresas Públicas e Privadas Tema: Possibilidades de Comunicação na Web: Os sites das pequenas empresas de chocolate de Gramado. Autora: Letícia Castilhos Professora Orientadora: Doutora Cleusa Maria Andrade Scroferneker º Lugar: Categoria Responsabilidade Socioambiental e Sustentabilidade Tema: Um Modelo de Relações Públicas para a Gestão Ambiental Estratégica: O Desafio de Construir um Futuro Sustentável. Autora: Tatielle Neves Gastaldo Orientador: Prof. Nelson Costa Fossatti 2º Lugar: Categoria Setor Público Tema: A apropriação das ferramentas de Relações Públicas para um novo perfil da mulher no cenário político: estudo de caso Dilma Rousseff. Autora: Josiane Fajer Millman Orientador: Prof. Nelson Costa Fossatti 12 RRPPAtualidades/Julho 2012

13 Dilma é tema premiado Josiane Millmann escreveu monografia sobre a primeira mulher presidente e elogia a faculdade Após se tornar graduada em Comunicação Social com habilitação em Relações Públicas pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Josiane Millmann, 23 anos, concorreu ao prêmio da Associação Brasileira de Relações Públicas (ABRP) na categoria de Monografia de Graduação Setor Público. Ela conta, em entrevista, como foi receber a premiação, detalhes sobre a escolha do tema e seus maiores incentivadores. Quando iniciou o seu projeto da cadeira de Monografia I, Josiane havia escolhido pesquisar sobre Psicologia do Consumidor, porém, percebeu que diversos alunos haviam escolhido o mesmo tema e foi então que a poucos dias do término da cadeira, ela procurou a professora Glafira Furtado, demonstrando o interesse em trocar o assunto de sua pesquisa. Naquele final de semana, entre diversas buscas pela internet, jornais, livros e noticiários, ela chegou então ao seu assunto ideal, o que representava a presença da primeira mulher no cargo político mais alto do nosso Estado e as ferramentas de Relações Públicas que poderiam ajudá-la a melhorar a execução de seu mandato. Seu envolvimento com o tema foi de total entrega e em apenas um final de semana ela já havia reunido o material necessário para mostrar à professora Glafira, que a questionou sobre como não havia pensado nisso antes. Nesta conversa, Glafira indicou três professores de extrema competência para orientá-la, entre eles um professor exigente, que cobra muito dos alunos e que estaria sempre ali a apoiando durante o trabalho, Nelson Fossatti. Ela conta que Glafira o definiu como um pai e foi exatamente como ele foi visto por ela durante sua pesquisa, pois foi além de um profissional dedicado e competente, um pai, amigo, mestre, pessoa humana, sensível, incrível, além de toda a admiração que ela já possuía por ele. Iniciaram então a busca por um trabalho extenso, mas ao mesmo tempo com um conteúdo genial e instigante. Resgataram toda a história da construção da MARCELO CAMARGO/ A BR mulher na sociedade, desde quando ela era subordinada ao homem, quando conquistou o direito ao voto, ingresso nas universidades, no mercado de trabalho, no cenário político, e enfim a chegada de uma mulher chegar ao topo do cargo mais alto de poder no cenário político nacional. O que fez particularmente que tivesse mais orgulho das mulheres, e de ser mulher, por tudo que enfrentaram, batalharam e por chegar onde chagaram, emociona-se. Durante a pesquisa, Josiane destaca a dificuldade de encontrar referências para o tema de sua monografia, pois se tratando de um assunto da atualidade que não havia sido explorado anteriormente, foi difícil encontrar livros ou artigos na internet que falassem exatamente sobre isso. Enquanto pesquisava, tornou- -se assídua da Biblioteca Central Irmão José Otão, vista por ela como uma grande estrutura acadêmica montada pela universidade. Também fiquei atenta aos noticiários de rádio, televisão e jornais, revela. Todas as cadeiras que fez, os trabalhos, provas e ensinamentos de grandes mestres do corpo docente da Faculdade a fizeram crescer, amadurecer e se tornar mais experiente como pessoa, como acadêmica e também como profissional, o que por consequência agregou muito na construção de sua monografia. Josiane diz que quando se fala em Famecos, é tudo muito descontraído e divertido, por isso tantas pessoas de outros prédios fazem questão de ir passar os intervalos lá. Como recado final aos estudantes, conclama os ex-colegas que valorizem os professores, este corpo docente incrível que a Famecos possui, de alto nível, qualificados, extremamente competente e que dêem valor a todas as cadeiras do seu curso,pois elas têm muito a agregar. Em sua opinião, os alunos devem participar de eventos como o Set Universitário, Famecos Sem Fronteiras, dentre outros, explorar os Laboratórios e a Biblioteca. Conheçam o Campus, não se fechem, pois tudo tem a acrescentar, agregar e gerar experiências, conclui. Paola Dias Silveira Destaca o apoio dos professores O maior incentivador, tanto a inscrever a monografia no Prêmio ABRP, como a enviá-la à presidenta Dilma Rousseff, foi o professor Nelson Fossatti. O trabalho conquistou a Laurea como trabalho Destaque do Semestre e recebeu nota dez da banca de avaliação, formada pelos professores Glafira Furtado e Flávio Falcetta, além do orientador. A idéia futura da formanda, juntamente com o professor Nelson Fossatti, é transformar o trabalho um livro, no que foi apoiada pelo professor Falcetta, que salientou a importância da publicação. Apesar de uma pessoa crente que pode atingir sua metas, Josiane também é uma pessoa realista e conta que sabia estar concorrendo com pessoas do Brasil inteiro e que é claro que existiriam muitos trabalhos qualificados tanto quanto o seu ou até melhores, mas quando viu que estava entre os três finalistas, sentiu-se muito orgulhosa e lisonjeada, pois conseguiu chegar até este patamar, que é restrito para bons e poucos. A primeira coisa que fez ao receber a notícia de estar entre os finalistas foi ligar para o professor Nelson Fossatti que a parabenizou por ter sido dedicada e se envolvido tanto com o tema, propiciando um ótimo trabalho. Sua família e amigos ficaram muito felizes por sua conquista, sempre dizendo que sabiam que ela tinha condições de conseguir. Mesmo estando entre os três finalistas, ela não compareceu à premiação por pertencer à religião judaica e exatamente na noite do evento, ocorreu a cerimônia de Yom Kipur, data onde o povo judeu celebra o Dia do Perdão. Nesta data os judeus colocam na balança as coisas boas e ruins que aconteceram no ano que passou e agradecem por tudo que tiveram de bom. Como neste ano em especial, Josiane tinha muitas coisas a agradecer referentes aos objetivos alcançados e pelo reconhecimento acadêmico, além de ver seu trabalho sendo publicado em uma Revista Eletrônica vinculada a PUCRS e com o auxílio do professor Nelson Fossatt, ter entregado a monografia à presidente Dilma Rousseff, obtendo como resposta uma carta, parabenizando-a e dizendo que o material ficaria guardado em seu acervo pessoal. Julho 2012 /RRPPAtualidades 13

14 PUCRS PARA SEMPRE Universidade quer manter o vínculo com os 145 mil diplomados Mesmo depois de formados, os alunos da PU- CRS não perdem vínculo com a Universidade. Esse relacionamento permanece por meio do Programa Diplomados, canal de comunicação que tem o objetivo principal de manter os egressos próximos da instituição, dos seus colegas, dos professores e da vida universitária. São mais de 145 mil diplomados e, pensando na interação com cada um deles, a PUCRS iniciou uma política de acompanhamento em No ano de 2004, passou a ser incentivado, nas Unidades Acadêmicas, o registro de ações que incluíssem formados. Também foi desenvolvido um banco de dados com a finalidade de manter atualizadas as informações sobre ex-alunos e assim promover ações. O Programa Diplomados organiza reencontros de turmas, divulga programas de trainee via mailing ou site, e semestralmente organiza o Momento Formandos, voltado àqueles que estão concluindo o curso de graduação. Conta ainda com o Cartão Diplomado, que identifica o egresso e o proporciona benefícios dentro da Universidade, como por exemplo desconto em eventos, entre outros. Desde 2008, os diplomados têm um espaço físico à disposição, localizado no prédio 15, sala 131, térreo. Também é possível encontrar informações pelo site www. pucrs.br/diplomados. O atendimento é feito pessoalmente, via e- -mail ou pelo telefone (51) A equipe do setor está sempre pronta para esclarecer dúvidas e oferecer auxílio em questões referentes ao mundo PUCRS. Eduarda Cabreira, Rosele Sander e Taiane Moura ESPAÇO EXPERIÊNCIA Vantagens do Cartão Diplomados: Biblioteca Irmão José Otão: Consulta local Acesso a internet (para fins acadêmicos) Empréstimo de salas de estudos individuais ou em grupo Scanner para digitalização de imagens Acesso com livros particulares nas dependências da Biblioteca Acesso à rede wireless Desconto nas atividades e no aluguel de quadras do Parque Esportivo - Mediante apresentação do Cartão Diplomados, o estacionamento do Parque Esportivo (acesso rua Prof. Cristiano Fischer) está disponível com o desconto equivalente de aluno Descontos No ingresso do Museu de Ciências e Tecnologia 25% de desconto na aquisição de livros na Livraria EDIPUCRS 10% de desconto em cursos de extensão Desconto de 10% a partir da segunda mensalidade nos cursos de 14 RRPPAtualidades/Julho 2012 especialização da PUCRS 10% de desconto em todos os serviços pagos em dinheiro na People Beauty AIESEC Mediante apresentação do Cartão Diplomados PUCRS, desconto de 10% no valor das taxas da AIESEC aos diplomados PUCRS que passarem pela entrevista de seleção a admissão ao programa de intercâmbio da AIESEC. Pré-requisitos a diplomados PUCRS que desejam participar do programa de intercâmbio da AIESEC são: a) Ter menos de 30 anos; b) Para intercâmbios profissionais, terem transcorrido, no máximo, 2 anos após a perda de vínculo com a Universidade; c) Ter Inglês avançado. Despesas com teste de proficiência, visto, passaporte, passagens aéreas e outras despesas de viagem são de responsabilidade do diplomado. Possibilidade de participação em ações do Centro de Pastoral e Solidariedade Ela retomou o vínculo A diplomada Thais de Lima Soares, formada em Relações Públicas pela Famecos em janeiro de 2011, fala sobre como tem usufruído dos benefícios do Programa Diplomados. Qual o maior benefício que o Programa Diplomados lhe proporcionou? Poder estar sempre em contato com a Universidade, sendo constantemente comunicada sobre as novidades da PUCRS que por muitos anos foi a minha casa. Sem falar nos benefícios que o cartão de Diplomado proporciona a todos nós egressos da PUCRS. Dentre os benefícios do Cartão Diplomados, quais os que você usufrui? O que mais usufruo é a biblioteca. Simplesmente ter acesso a este acervo maravilhoso é incrível. Esta, para mim, é a melhor vantagem, visto que mesmo depois de formada os estudos continuam, pois sempre estamos buscando o conhecimento. O Programa Diplomados fez você sentir que a sua conexão com a PUCRS foi mantida? Com toda certeza. As relações são mantidas através dos s e também do facebook, hoje um canal explorado por quase todas as pessoas do Brasil. Também sei que, caso perca o contato com meus colegas de faculdade, pelo Diplomados terei o apoio para realizar um reencontro, o que me conforta e me faz sentir valorizada por parte da PUCRS. Como o Programa Diplomados contribuiu na sua decisão de retornar à PUCRS? O Programa Diplomados é o canal de comunicação dos egressos com a Universidade. É graças a este canal que eu retornei hoje como uma relações-públicas formada, e que já atua na área, para realizar um curso de pós-graduação, visto que também possuo a vantagem do desconto, proporcionado por meio do Programa Diplomados e seu cartão. Enfatizo que o Programa Diplomados faz com que os egressos da PUCRS sintam-se valorizados e motivados a continuar buscando esta Universidade, ao invés de outras, para continuarmos os nossos estudos. Comigo foi assim e me orgulho muito de poder retornar para esta casa.

15 TIELE WINGERT Comunicar em um click A foto é uma arte reprodutível. Não estamos mais nos séculos em que as obras de arte eram para as classes mais altas, estudantes e burgueses. A foto, vista como produção artística, se tornou uma representação visual mais acessível à massa e possível de ser vista em qualquer lugar do mundo. Ela flagra, emociona e principalmente comprova instantes decisivos na vida das pessoas, definição trazida por Cartier Bresson (fotógrafo do século XX), que decidiu encarar o mundo, levando consigo uma pequena câmera e descobrir com ela os situações da vida, do cotidiano, do tempo e dos locais que conheceu. Suas fotos mostravam cenas inusitadas, espontâneas, mas instante decisivo seria aquele minuto que faz diferença e congelaria algo realmente surpreendente. Onde um segundo a mais para apertar o botão e decidir bater a foto, seria o suficiente para perder uma grande cena. O olhar fotográfico está presente em diversos momentos no dia à dia, em telejornais, filmes, revistas, redes sociais. Todos são fontes e originam conteúdos/informações e fotografias, de cunho pessoal ou profissional. Não utilizada para distração ou hobby, se tornou profissão e adquiriu técnica. Com a tecnologia, sensibilidade e técnica para captar cenas, a fotografia passa a ser um item de valor e de reconhecimento como arte. Com efeitos digitais, retratos e perspectivas ganharam espaço nas ruas, em museus e exposições próprias para os admiradores desses momentos em todo o mundo. O uso da imagem para comunicar está presente nas três áreas da comunicação: Jornalismo, Publicidade e nas Relações Públicas. A foto no jornalismo tem o interesse de comprovar um fato significativo, situações que ocorreram com pessoas públicas, com organizações e com os cidadãos. Exemplos: atos de violência contra a sociedade, uma festa municipal, um político que foi flagrado desviando dinheiro. Na publicidade, o objetivo é de persuasão e convencimento. Através de um briefing, a agência irá contratar um profissional de fotografia que montar a cena na qual a mensagem será passada para transmitir o que a marca/organização deseja. O intuito é divertir, chocar, horrorizar ou emocionar. Nas relações públicas, a foto é utilizada para documentar festas, treinamentos, reuniões, que ocorreram em locais públicos ou privados. Legitimar as organizações, demonstrando com o que a empresa trabalha; quem trabalha (faz) e como fazem. A indústria enxergou também um nixo de mercado para os amantes da fotografia, tornando essa técnica um item em acessórios de moda e de objetos para decoração em ambientes. Aline Urbano, Flaubert Titon, Natália Soltis e Tiele Wingert Importante meio de persuasão Em entrevista com a revista RRPP Atualidades, a profissional Flávia Quadros, formada em jornalismo pela UFRGS, professora no curso de Jornalismo e Relações Públicas da PUCRS e sócia da empresa Índice Foto, relatou sua opinião e visão sobre a influência da foto na área da comunicação e como está o mercado para os profissionais da área atualmente: Hoje em dia a manipulação digital está em evidência. Você acredita que essa questão, atrapalha a credibilidade? Acredito que a credibilidade, a partir da popularização dos recursos de manipulação na era digital cria um deslocamento nos critérios de credibilidade. O que gera confiança não é o meio fotografia, mas a imagem da instituição no caso das relações públicas ou do veículo/empresa de comunicação no caso do jornalismo. A ética de um modo geral passa a ser o condicionante da credibilidade e não o simples fato de haver um registro fotográfico. Como o profissional de RP pode inserir foto no seu trabalho? A fotografia é um importante meio de persuasão. Lida diretamente com as emoções do observador e tem uma riqueza simbólica que pode torná-la um aliado fundamental do profissional de RP não apenas como meio de informação, mas também para motivar equipes, integrar colaboradores e transmitir valores. Como esta o mercado para os fotografos? Onde tem trabalho? O mercado está bastante aberto. As oportunidades existem, mas é importante que o futuro profissional saiba definir em que nicho tem mais aptidão para atuar. Há muitas oportunidades de estágio, que são uma excelente maneira para aprender e se relacionar com profissionais. Do que um aluno de RP, Jornal e PP precisa pra ser um excelente fotógrafo? Saber observar, criatividade e disciplina. Julho 2012 /RRPPAtualidades 15

16 Eu quero esse Esmaltchê! Hoje em dia a informação é dinâmica e seus possuidores sentem a necessidade de expô-la. Nesse ritmo, os blogs estão sendo cada vez mais utilizados como fonte de pesquisa e instrução. Uma ferramenta para agregar conhecimento. Neles o blogueiro expõe e compartilha informações e experiências vividas. Constrói uma interação social, através de um novo e revolucionário meio de comunicação. Unindo a teoria com a prática, e muitas vezes deixando exposto nas entrelinhas um sentimentalismo. Refletindo atividades pessoais para o coletivo. As plataformas possuem modelos diferentes de design, mas ainda assim incentivam a capacidade criadora do blogueiro. E de criação e criatividade algumas blogueiras já provaram que entendem. Um grupo de blogueiras e aficcionadas por esmaltes contaram um pouco sobre como é o compromisso delas com os vidrinhos e com as seguidoras. Todas já colecionavam esmaltes antes de começar a escrever, muitas já fotografavam suas nail arts e divulgavam no Flickr, tinham vontade de compartilhar seus conhecimentos e experiências com mais interessadas. De um modo geral, elas começaram a participar dos blogs, ou criar os seus, a partir de incentivo de amigas que conheceram suas coleções. Desde que comecei a colecionar sentia vontade de escrever sobre, mas não tinha coragem de criar um blog, depois que conheci a Isah (que divide o blog comigo) e ela colocou muita pilha, acabamos criando o Vaidosas Club, hoje cuido dele com muito carinho, relata Patrícia Bandrão. 16 RRPPAtualidades/Julho 2012 Sinto uma falta danada do Esmaltchê quando não consigo falar com as gurias! Grande parte das mulheres reclama que muitas manicures deixam a desejar, faltam opções de cores e, em muitos casos, as clientes sabem muito mais sobre novidades e técnicas diferenciadas do que a profissional que as atende. As esmaltólatras do Esmaltchê, como é chamado o grupo de amigas e blogueiras, não têm esse problema. Elas desistiram do salão e fazem suas próprias nail arts, em casa, no trabalho, na rua, nos encontros, onde estiverem... Isso não é um problema para elas. Como qualquer atividade, ninguém nasce sabendo fazer as unhas, foram anos de treino, aperfeiçoamento de técnicas e misturas de cores inimagináveis até aqui. Nesse grupo tem blog para todos os gostos, tem meninas que atualizam periodicamente e sem falta, outras quando conseguem, como contou a blogueira Mariana Joner, do blog Esmalte é tudo de BOM: Meu blog é feito nas horas vagas, se tenho tempo, eu escrevo, se não tenho, eu desencano, não posso deixar ser a atividade mais importante, pois não me traz nenhum retorno financeiro. A maioria dos blogs possui mais de uma autora. Márcia Lima explicou que no Unha de Verniz são três meninas, não há um assunto determinado para cada uma postar, a quantidade de posts também é livre. No blog Moda na Mão, Michele Correa explica que a função é diferente: são quatro integrantes, as postagens DIVULGAÇÃO são diárias, muitas programadas com antecedência e a prioridade são os posts com as últimas novidades. Outra prioridade são os posts de esmaltes nacionais, já que possuem o maior público e os leitores têm mais acesso. Mas uma coisa é comum a todos os blogs: a inspiração não segue um padrão, vem de qualquer lugar, a qualquer momento. E exige que elas se desdobrem para encontrar sempre o melhor ângulo, melhor iluminação, para que as fotos sejam sempre o mais fiéis possíveis, já que o objetivo é mostrar o esmalte nas unhas. Eis que surge a dúvida: o que é e de onde veio o Esmaltchê? Michele Correa responde: O Esmaltchê é um grupo de amigas. Surgiu da necessidade de pessoas de se encontrar e falar sobre o assunto. O grupo era chamado de Esmaltólatras gaúchas e existia na rede social Flickr que é uma espécie de galeria de fotos compartilhada. Quando eu achei este grupo, percebi que elas queriam se encontrar para conversar sobre o assunto, mas o encontro nunca acontecia. Dei um jeito de unir outras blogueiras e o grupo do Flickr. Quando nos unimos se formou o Esmaltchê. Mas o que se pode conversar sobre esmaltes? Muita coisa. O RS, até receber uma coleção nova, demorava no mínimo dois meses. Fizemos disto o foco do encontro, para trazer a atenção das marcas ao pólo comercial do Rio Grande do Sul. Hoje em dia temos muito maior variedade de esmaltes nas lojas e preços competitivos. O grupo é aberto a qualquer pessoa que queira participar, mas que cumpra um pré-requisito: amar esmaltes. Normalmente a indicação é feita por algum membro do grupo. Deise Garay, do Unha de Verniz, conta o que elas fazem quando se encontram. Todo mês tem um encontro na casa de uma das gurias, com comidinhas gostosas e esmaltes, muita conversa e risadas, fotos e alegria! A relação entre as participantes é bem distinta: as mais antigas são mais íntimas, mas as novas ficam muito à vontade entre elas. Apesar do amor comum pelos vidrinhos ter sido o fator principal a reuni-las, a amizade se sobrepõe sempre. O Esmaltchê possui duas redes sociais ativas, o Flickr onde tudo começou e o Facebook, principal ponto de contato entre elas. Convivemos todos os dias na rede, conversamos, fazemos compras coletivas de esmaltes, lógico, trocamos nossas experiências e fortalecemos o nosso vínculo, que já ultrapassa dois anos. Somos amigas de esmaltes e de verdade, claro, que cada uma dentro das afinidades, explica Michele Correa, do blog Moda na Mão. Bruna Fernandes Rosa, Julya Bohn, Keise de Leone Marques e Paola Dias

17 Degustação Qual a sua cerveja favorita? A galera já não se contenta mais com qualquer cerveja, reunir o pessoal e tomar uma pilsen qualquer já não faz mais sentido. Agora o assunto está em pauta e é cada vez mais natural encontrar jovens na faixa dos 20 anos debatendo sobre cerveja, seus tipos, teores alcoólicos e seus acompanhamentos ideais (natural, já que dizem ser a cerveja a bebida mais popular do mundo, perdendo apenas para a água e para o chá). Entendeu quando leu a palavra pilsen, mas não entende nada quando ouve falar em lager, ale, ou stout? Então fique tranquilo que vamos dar algumas dicas para não se sentir perdido nas conversas entre amigos, ou diante das prateleiras no supermercado: Família Lager cervejas de baixa fermentação Conhecidas por serem o tipo de cerveja mais consumido no mundo, são de baixa fermentação, de maioria douradas e filtradas. Seu nome tem origem na palavra alemã lagern que significa armazenar (seu processo de maturação obriga que a cerveja seja armazenada em temperaturas baixas por longos períodos de tempo). Pilsen: cerveja leve, dourada, brilhante, é a mais consumida no Brasil e tem teor alcoólico entre 3% e 5%. Original da cidade de Pilsen na República Tcheca. Dunkel (escuro, em alemão): Cerveja escura feita de maltes torrados, baixo corpo e de paladar seco. Original da Alemanha tem teor alcoólico geralmente entre 4% e 7%. Bock: cerveja escura e avermelhada, mais encorpada, aroma maltado e teor alcoólico entre 6% e 9%. Original da Alemanha. Rauchbier: são cervejas defumadas, típicas da cidade de Bamberg, na Alemanha. Teor alcoólico normalmente entre 4% e 7%. Família Ale cervejas de alta fermentação Costumam ser cervejas bastante aromáticas, com bastante presença de sabor e, em alguns casos, teor alcoólico mais elevado. Weizenbier, Weissbier ou Weiss: cervejas de trigo, geralmente claras e opacas, normalmente não filtradas e altamente refrescantes. Teor alcoólico entre 5% e 6% e é original do sul da Alemanha. Stout: malte torrado, cerveja escura, médio amargor, dotadas de forte sabor de chocolate, café e malte torrado, é original da Inglaterra e tem alto teor alcoólico, variando entre 8% e 12%. A representante mais famosa desse tipo de cerveja é a Guinness (fica a dica!). Pale Ale: cerveja originalmente inglesa, de coloração âmbar, baixo-médio corpo e saboroso amargor, com graduação alcoólica até 6%. Foram criadas para competirem com as cervejas Pilsen (durante a Segunda Guerra Mundial), portanto têm seguem a mesma característica de suavidade. Família Lambics Cervejas de Fermentação Espontânea Não levam adição de fermento em sua fórmula, e a fermentação ocorre pela ação de leveduras existentes no ar. São originais de uma região conhecida por Vale do Senne, no entorno de Bruxelas, onde existem os microorganismos desejados para a fermentação. Costumam ser cervejas bastante ácidas, com toques azedos e amargos, por isso, muitas delas levam a adição de frutas em sua composição. Faro: cerveja lambic com adição de açúcar, leve e sem a acidez característica das outras Lambics. Seu teor alcoólico chega a 5%. Geuze: combinação de cervejas lambic, geralmente menos ácidas e mais balanceadas, algumas assemelhadas ao champagne. Seu teor alcoólico normalmente está entre 5% e 8%. Kriek: cerveja lambic com adição de cerejas durante o período de maturação em barrica. Teor alcoólico por volta de 5%. Agora você já conhece os tipos de cerveja, mas não fique só na teoria, se já tem mais de 18 anos prove cada uma e descubra sua preferida! Com moderação. Cristiane Mallmann, Greice Timm e Michelle Dillenburg Profissão: Mestre Cervejeira E quando um hobby, um discurso rotineiro na roda de amigos entre um final de semana e outro se torna profissão? Talvez daí tenha surgido a profissão Mestre Cervejeiro, que é a especialização nessa bebida tão consumida no mundo inteiro: a cerveja! Apesar de não consumir nenhum tipo de bebida alcoólica, Liziane Golombiewski trabalha há 15 anos com bebidas e conta um pouco mais sobre sua rotina cervejeira no Mulligan Irish Pub. Você fez algum curso para se especializar em cervejas? Sim! Eu era bartender e trabalhava com Coquetéis, após trocar de local de trabalho, tive que aprender, pois o bar era especializado em cerveja. Cursei no Domms a faculdade de mestre cervejeiro, e no Cordon Bleu, módulo de cozinha contemporânea com harmonização de cervejas. E como foi vivenciar essa ascensão da cerveja na vida das pessoas, qual a maior diferença de lá pra cá? Há quinze anos, as cervejas de rótulos especiais não eram vendidas. Trabalhava-se só com Stella Artois e agora já são mais de 200 rótulos. Inicialmente o interesse era maior das pessoas mais velhas, pois elas iam para a Europa e estas pessoas buscavam os rótulos. Agora o interesse já está na geração Y. Uma pergunta básica que até imagino a resposta: você gosta de trabalhar com cervejas, essa era a profissão que queria? Trabalho no que amo, então não tenho pretensão nenhuma de mudar de profissão! E sobre trabalhar com isso e não beber tenho uma teoria: o melhor técnico de natação era tetraplégico, portanto para mim ser mestre cervejeira sem beber é a mesma coisa. E qual é a mais pedida? Mesmo com todo o interesse dos jovens em cervejas, o chope pilsen ainda é o mais pedido no bar, e dos rótulos especiais a Paulaner Weiss é a mais pedida. ARQUIVO PESSOAL Lisiane: feliz com sua profissão Dezembro 2012 /RRPPAtualidades 17

18 25º Set Universitário Não Conta Lá em Casa O 25º SET Universitário, ocorrido no segundo semestre de 2012, na PUCRS, teve como finalidade estimular a troca de experiências entre alunos, professores e profissionais das áreas de Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Relações Públicas, Produção Audiovisual, Cinema e Vídeo. A abertura oficial ficou por conta da palestra Transformando um sonho em um projeto de vida Não Conta Lá em Casa/ Multishow, que contou com a presença de André Fran (jornalista) e Leondre Campos (advogado), mediados pelo professor e cineasta Carlos Gerbase. André e Leondre são criadores e apresentadores do reality show Não Conta Lá em Casa, exibido em um canal por assinatura. Com a ideia inicial de fazer um documentário de suas próprias experiências de viagem, eles se reuniram com Bruno Amaral e Felipe Melo, para documentar as viagens feitas para lugares nada comuns. Sem conhecimento técnico em filmagem, edição e captação de imagens, o grupo de amigos saiu pelo mundo gravando suas viagens. Movidos pela vontade de conhecer novas culturas, chegar a lugares inalcançáveis e conhecer pessoas, embarcam com passaportes simples, sem cadastro de imprensa, pois acreditam que a melhor forma de conhecer a realidade de um país é visitando-o como turista. Eles relataram no SET todas as dificuldades iniciais para a realização desse projeto. Desde a apresentação para a televisão até a aceitação pelo canal Multishow. Contam que o programa teve grande aceitação, graças ao roteiro escolhido pelo grupo, que tem como destino de viagem lugares pouco conhecidos, com política rigorosa ou palcos de desastres naturais, revela Fran. Devido ao formato de apresentação e vocabulário usado, o programa atingiu a atenção de jovens e adolescentes, deixando-os a par dos assuntos mundiais, destaca Campos. Clarissa Lerino, Patrícia Dias, Francieli Valdez, Pâmela Cypriano e Vanessa Souza 18 RRPPAtualidades/Dezembro 2012 Redes sociais enfrentam ditaduras Uma das palestras internacionais do 25º SET Universitário aconteceu na quarta (19) e teve como convidada Leila Nachawati, professora da Universidade Carlos III de Madri e colaboradora do canal árabe Al-Jazeera. A espanhola, mediada pelo professor Eduardo Pellanda, falou sobre as vozes dos cidadãos em contextos de repressão. Filha de pai sírio, a jornalista começou dando exemplos de países onde as redes sociais e a internet foram usadas por cidadãos comuns Leone Campos e André Fran debatem na abertura do SET, mediados por Carlos Gerbase RENATA CAROLINA/ ESPAÇO EXPERIÊNCIA Leila Nachawati para protestar contra seus regimes de opressão e a favor dos direitos humanos. Bahrein, Palestina, Síria, Arábia Saudita e China foram os países usados por Leila para exemplificar nações onde a liberdade de expressão é uma utopia. Segunda a ativista, os problemas do Bahrein não têm sido muito noticiados no Ocidente devido ao pouco interesse da mídia em estremecer relações com um dos principais fornecedores de petróleo do mundo. Já na Palestina, onde há décadas ocorre um conflito com os israelenses, Leila conta que o Facebook é visto como milagre, já que através dessa plataforma os palestinos estão podendo encontrar familiares separados pelos tumultos. No caso da Síria, Leila relata que a população viu no YouTube uma grande oportunidade de manifestar-se, já que, à falta de liberdade de expressão, esta seria a única maneira de mostrar ao mundo a real situação vivida por eles. Já na Arábia Saudita, os cidadãos usam a web como ferramenta para demonstrar seu descontentamento com os direitos femininos no país, onde as prerrogativas das mulheres são praticamente nulas. A professora de Madri mostrou uma campanha onde mulheres clamam pelo direito de tirar carteira de motorista, direito exclusivamente masculino neste país do Oriente Médio. Os direitos humanos na China são uma preocupação para todo o mundo, exceto para os chineses. É com esta frase que Leila começa falando sobre a China, onde ela conta que, em face da restrição do uso da internet no país, nem os próprios chineses têm a verdadeira noção do embargo aos seus direitos vividos por eles. A jornalista mostrou vídeos de manifestações populares, vistos por ela como importante ferramenta de protesto dos cidadãos contra os regimes opressores. Por outro lado, ela conta que os vídeos são usados pelos próprios regimes para caçar os protestantes e diz que há casos de pessoas que já foram punidas por aparecem nas gravações de manifestações. Para finalizar, a ativista fala sobre a neutralidade da mídia em alguns casos e diz que a neutralidade beneficia apenas os mais fortes, criticando a falta de atenção midiática em alguns países que vivem sob a repressão. Fabiano Brum Fontoura

19 25º Set Universitário/ Especial CRIATIVA E OUSADA ANDRESSA MOREIRA/ ESPAÇO EXPERIÊNCIA Mariana Santos a designer de animação e interação do jornal The Guardian, esteve presente no último Set Universitário da PUCRS para uma palestra sobre Processo criativo em projetos de visualização de dados interação entre profissionais numa News Room (case The Guardian). Em entrevista a nós concedida Mariana conta um pouco sobre sua trajetória desde sua saída de casa até o sucesso no The Guardian. Nascida e criada na região do Algarve, em Portugal, mudou-se para Lisboa com 17 anos para cursar Ciências e Matemática, tendo a disciplina de Arte como extracurricular. Em seu primeiro ano na Escola de Belas Artes optou por Escultura, onde ficou conhecida como Mariana Parte Tudo, por ter partido muitas contraformas de barro, espalhando gesso líquido pela Escola, decidiu mudar para Design de Equipamentos. Foi quando percebeu que sua qualidade era mesmo se comunicar e foi só então no terceiro ano do curso de design que candidatou-se para fazer design de comunicação, fazendo assim também as cadeiras que faltavam de comunicação. Um currículo com referências diversificadas, desde nadadora de alta competição à atriz e hospedeira de eventos, sua única certeza é de que queria estudar fora do País. Tinha duas escolhas em mente, Finlândia ou Saint- -Etinee, na França. Acabou indo para sua segunda opção. Já em terras francesas escreveu o livro Se não acreditas em ti, acreditaras em que, com tiragem de exemplares. Para Mariana, essa transição fora do país foi muito importante: Estes tempos difíceis fizeram-me perceber que gosto e passar por eles, pois saio deles mais forte e cada vez capaz de enfrentar qualquer tipo de adversidade. Sua carreira de designer gráfica começou como estagiaria na Universal Music, onde veio a ilustrar capas de Cds e graças ao olho e atitude de um colega aprendeu AfterEffects. Logo ao final do primeiro mês estava fazendo showreels para cantoras Maria Carey, Mika e para marca alemã Adidas. Porém, achava injusto receber menos de euros. Ainda hoje acho que foi a melhor decisão que tive. Se não formos nos valorizar ninguém o fará, disse Mariana. Assim, retornou a Portugal. Durante os seis meses que esteve em Lisboa cursou ilustração gráfica, curso oferecido pela Universidade de Belas Artes e na parte da tarde ia para Almada aprender a tosar cães. No meio do curso de ilustração começou a dar mais ênfase para a educação em nível digital, resolvendo assim, candidatar-se a uma vaga na escola de digital media em Estocolmo, Suécia, que na época custava em torno de euros. Foi quando Mariana resolveu vender seu carro, trabalhou de manhã à noite na tosa de cães no Algarve e ainda pediu uma pequena ajuda ao banco para conseguir financiar totalmente seu curso. Já em Berlim foi a um recrutamento com mais de 500 pessoas e foi selecionada. A próxima etapa foi Londres onde procurou o diretor de tecnologia do The Guardian. Logo após uma conversa de quase duas horas, recebeu o convite para trabalhar, com a oferta de um salário mínimo. Após o primeiro mês, foi convidada a ficar na equipe e assim terminou seu mestrado em Hyper Island via skype e por . Aline Urbano e Natália Soltis Dezembro 2012 /RRPPAtualidades 19

20 25º Set Universitário/ Especial Ideias do tamanho da realidade Aconteceu na terça-feira, 18 de setembro, a palestra Ideias do tamanho da realidade, mais uma das atrações internacionais do 25º SET Universitário. O peruano Roberto Espino Arias contou como é trabalhar com a publicidade de grandes empresas, como Nike, Pepsi e Coca- -Cola, em Buenos Aires. Mediada pelo professor Marcel Vieiro, a palestra começou com um breve histórico da carreira de Arias, que afirmou que os argentinos adoram ideias. Em seguida, foram apresentados alguns de seus melhores comerciais: O otimismo que contagia para a Coca-Cola, Basta 86 para a Nike, Que voltem as lentas para a Doritos, entre outras. Dentre os seus comerciais de grande sucesso está Trenzas H2O, que lhe rendeu o Leão de Ouro em Cannes Os chamados Big Ideas são o tipo de comercial que Roberto mais gosta de elaborar, com muito humor explica os quatro passos que ele utiliza para produzir uma grande ideia. O projeto e a qualidade do processo devem ser relevantes e realistas, as marcas devem saber até onde podem chegar e serem humildes. Procurar encontrar uma ideia nova e maravilhosa, é mais uma dica de Arias. Um exemplo é a curiosa campanha Pecsi, que mostra a realidade do público, de maioria argentina, que não consegue pronunciar corretamente a palavra Pepsi. As campanhas da Nike Joga Bonito, mostrando jogadores de futebol brasileiros fazendo lances esteticamente bonitos, e Bairro Bonito, na qual o bairro Boca Junior foi decorado com imagens de futebol, foram apresentadas como exemplos de sucesso. Para finalizar, Roberto falou sobre a responsabilidade social de uma marca e sobre a fidelidade entre ela e seus usuários. Para ele, ideias com um sentido mais social, além do marketing, podem solucionar um problema. Tati Cross e Gissele Todi Monassa VERÔNICA ABDALA/ ESPAÇO EXPERIÊNCIA MAURÍCIO AMARAL/ ESPAÇO EXPERIÊNCIA Encerramento em ritmo de Copa Márcio Callage, Raul Costa Jr, André Rizek e Pedro Ernesto Denardin debateram diante de um auditório lotado O encerramento do 25º SET Universitário foi marcado por uma palestra muito aguardada. O auditório se manteve lotado durante as quase duas horas de duração do debate comandado pelo locutor esportivo gaúcho de rádio Pedro Ernesto Denardin, o jornalista esportivo André Rizek que cobriu as Olimpíadas de Londres, o diretor-executivo da Sportv, Raul Costa Jr, que esteve no comando da cobertura do evento, e o publicitário porto-alegrense Márcio Callage. Costa Jr destacou as dificuldades pelas quais passou. Todo o projeto foi desenvolvido por apenas oito pessoas, durante dois anos e meio, tudo para manter o sigilo absoluto da operação. Para demonstrar o grau de sigilo do qual estamos falando, certa vez, em reunião com Roberto Irineu Marinho, presidente das organizações Globo, a equipe pensou em fazer 20 RRPPAtualidades/Julho 2012 um vídeo sobre o projeto. Porém, a ideia foi descartada pois o vídeo poderia vazar na internet ou por meio de outros canais de comunição, exemplificou. Contando com uma estrutura reduzida, porém utilizando tecnologia de ponta, a chave da Sportv foi ser original, pensar diferente e acreditar no potencial da equipe e do projeto, sem menosprezar os concorrentes de maior porte. Para atingir esse nível de diferenciação, foram aplicados truques como o teletransporte, utilizado para reunir no estúdio pessoas que que estivessem em locais isolados, dando a impressão de que todas estavam juntas no mesmo ambiente. André Rizek falou sobre a importância de focar-se na ideia de não se tornar mais um torcedor brasileiro, e sim assumir, a função de comunicador da Copa do Mundo como um todo, sem se posicionar a favor ou contra atletas ou seleções, tratanto a todos de forma homogênia. Márcio Callage ressaltou que o Brasil é a bola da vez. No mundo inteiro, a atenção está voltada a nós e, segundo ele, essa é a hora de aproveitar para transmitir aos turistas que aqui estarão, uma imagem positiva do país, algo que possa ser construido de forma que as mudanças sejam contínuas e o trabalho ininterrupto. O publicitário se mostra confiante e otimista quanto à realização destes eventos que estão por vir, compreendendo que o clima festivo do qual o Brasil é comumente lembrado no exterior estará incorporado nestes eventos, o que tornará tudo não apenas uma grande festa, mas também um grande meio de comunicar a marca brasileira para o mundo. Pedro Rocha e Marlon De Leon

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce...

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce... Sumário Bleez Agência Digital... 3 Quem sou eu... 4 Introdução... 5 Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7 Quem está comprando no ecommerce... 10 Por que os brasileiros estão comprando mais... 12 O

Leia mais

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice 2 Índice Introdução... 3 Passo 1 Entender o que é Venda Online e E-commerce... 4 Passo 2 Entender o Mercado de Comércio Eletrônico... 5 Passo 3 Canais de Venda... 6 Passo 4 Como identificar uma Boa Plataforma

Leia mais

A importância de personalizar a sua loja virtual

A importância de personalizar a sua loja virtual A importância de personalizar a sua loja virtual Ter uma loja virtual de sucesso é o sonho de muitos empresários que avançam por esse nicho econômico. Porém, como as lojas virtuais são mais baratas e mais

Leia mais

Thaísa Fortuni. 15 dicas de Mídias Sociais para Moda. Copyright 2015 - Todos os direitos reservados

Thaísa Fortuni. 15 dicas de Mídias Sociais para Moda. Copyright 2015 - Todos os direitos reservados Thaísa Fortuni Thaísa Fortuni 15 dicas de Mídias Sociais para Moda Copyright 2015 - Todos os direitos reservados Sobre Thaísa Fortuni Publicitária por formação, escritora e empreendora digital. Trabalha

Leia mais

O que é comércio eletrônico?

O que é comércio eletrônico? COMÉRCIO ELETRÔNICO O que é comércio eletrônico? O comércio eletrônico ou e-commerce é a compra e venda de mercadorias ou serviços por meio da Internet, onde as chamadas Lojas Virtuais oferecem seus produtos

Leia mais

Artigo: Um olhar feminino na Internet

Artigo: Um olhar feminino na Internet Artigo: Um olhar feminino na Internet Por Tatiane Pocai Dellapiazza - aluna do primeiro ano do Curso de Comunicação Social - Centro UNISAL - Americana. Introdução: O Brasil chega perto de comemorar seu

Leia mais

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca Orientação ao mercado de trabalho para Jovens 1ª parte APRESENTAÇÃO Muitos dos jovens que estão perto de terminar o segundo grau estão lidando neste momento com duas questões muito importantes: a formação

Leia mais

Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO

Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO Especialização em Comunicação Organizacional e Reputação Corporativa - NOVO Apresentação Previsão de Início Julho/2013 Inscrições em Breve - Turma 01 - Campus Stiep O curso de Comunicação Organizacional

Leia mais

Como deixar seu negócio on-line. Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO!

Como deixar seu negócio on-line. Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO! Como deixar seu negócio on-line Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO! A palavra de ordem das redes sociais é interação. Comparando a internet com outros meios de comunicação em massa como

Leia mais

A maior pesquisa sobre consumo de calçados femininos já realizada no Brasil

A maior pesquisa sobre consumo de calçados femininos já realizada no Brasil A maior pesquisa sobre consumo de calçados femininos já realizada no Brasil Categoria: Consumo - Moda Segmento: Sapatos femininos Mercado: Brasil Edição 02 www.azimute720.com.br 2011 Quem Somos Uma agência

Leia mais

IDEAL EM QUALQUER OCASIÃO. 1

IDEAL EM QUALQUER OCASIÃO. 1 IDEAL EM QUALQUER OCASIÃO. 1 Gabriela Caroline BERNARDI ² Danielle Soares de CARVALHO ³ Jessica Dos Santos BATISTA 4 João Paulo SPRICIGO 5 Laysa PASCON 6 Michele Bredariol TEIXEIRA 7 Paulo Henrique Paes

Leia mais

Marcel Ayres Diretor de Planejamento. Twitter @MarcelAyres Linkedin Meadiciona Renata Cerqueira Diretora de Monitoramento Online. Twitter @renatacbc

Marcel Ayres Diretor de Planejamento. Twitter @MarcelAyres Linkedin Meadiciona Renata Cerqueira Diretora de Monitoramento Online. Twitter @renatacbc Marcel Ayres Diretor de Planejamento. Também faz parte, como pesquisador, do Grupo de Pesquisa em Interações, Tecnologias Digitais e Sociedade. Desenvolve pesquisas sobre Realidade Aumentada, Mídias Digitais

Leia mais

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas?

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? 2 Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? É SOBRE ISSO QUE VOU FALAR NESTE TEXTO. A maioria das empresas e profissionais

Leia mais

www.dinheiroganharja.com

www.dinheiroganharja.com Sumário Introdução...3 Empreendedorismo Digital...4 Trabalhar em casa ou da Onde quiser...5 Liberdade financeira...5 Como criar um blog...7 Domínio...7 Hospedagem...8 WordPress...9 Instalando a Plataforma

Leia mais

Marketing Político na Internet - Eleições 2016

Marketing Político na Internet - Eleições 2016 Marketing Político na Internet - Eleições 2016 Implementar e administrar um Plano de Marketing Digital para as campanhas eleitorais de 2016 CEO da Agência AC7, Elcio Castilho, com 24 anos de experiência

Leia mais

OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES

OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES BOLETIM TÉCNICO MAIO/2011 OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES Um empresário da indústria se assustou com os aumentos de custo e de impostos e reajustou proporcionalmente seus preços. No mês seguinte,

Leia mais

RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS

RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS RESUMO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO SUPERIOR DE EVENTOS SALVADOR 2012 1 CONTEXTUALIZAÇÃO Em 1999, a UNIJORGE iniciou suas atividades na cidade de Salvador, com a denominação de Faculdades Diplomata. O contexto

Leia mais

SEMIPRESENCIAL 2013.1

SEMIPRESENCIAL 2013.1 SEMIPRESENCIAL 2013.1 MATERIAL COMPLEMENTAR II DISCIPLINA: GESTÃO DE CARREIRA PROFESSORA: MONICA ROCHA LIDERANÇA E MOTIVAÇÃO Liderança e Motivação são fundamentais para qualquer empresa que deseja vencer

Leia mais

Já pesquisou alguma coisa sobre a Geração Y? Pois então corra, pois eles já vasculharam tudo para você.

Já pesquisou alguma coisa sobre a Geração Y? Pois então corra, pois eles já vasculharam tudo para você. Já pesquisou alguma coisa sobre a Geração Y? Pois então corra, pois eles já vasculharam tudo para você. A HR Academy e a NextView realizaram uma pesquisa focada em geração y, com executivos de RH das principais

Leia mais

A Feira do Empreendedor 2014em São Paulo faz parte de um circuito de feiras que será realizado em vários estados da federação.

A Feira do Empreendedor 2014em São Paulo faz parte de um circuito de feiras que será realizado em vários estados da federação. 1 A Feira do Empreendedor é um evento de sucesso promovido pelo SEBRAE-SP, com o objetivo de oferecer informação, conhecimento e oportunidade para empresários e futuros empreendedores. A Feira do Empreendedor

Leia mais

A Comunicação no Modelo de Excelência da Gestão (MEG) 1

A Comunicação no Modelo de Excelência da Gestão (MEG) 1 A Comunicação no Modelo de Excelência da Gestão (MEG) 1 Narjara Bárbara Xavier Silva 2 Patrícia Morais da Silva 3 Resumo O presente trabalho é resultado do Projeto de Extensão da Universidade Federal da

Leia mais

Curso de Relações Públicas: 34 anos de tradição, ética e excelência

Curso de Relações Públicas: 34 anos de tradição, ética e excelência Universidade Metodista de São Paulo Faculdade de Jornalismo e Relações Públicas Curso de Relações Públicas: 34 anos de tradição, ética e excelência Fábio França Maria Aparecida Ferrari Maio de 2006 1 Tradição

Leia mais

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Ultrapassando barreiras e superando adversidades. Ser um gestor de pessoas não é tarefa fácil. Existem vários perfis de gestores espalhados pelas organizações,

Leia mais

o Inexistência de um processo de gerenciamento de captação unificado, cada escola procedia de uma maneira;

o Inexistência de um processo de gerenciamento de captação unificado, cada escola procedia de uma maneira; Há quase dois séculos no mundo, o Instituto Marista está presente em 79 países, e se organiza através de estruturas administrativas chamadas de Província. No Brasil, são quatro unidades administrativas:

Leia mais

in light eletro house supri shop linea domus outdoor living & garden

in light eletro house supri shop linea domus outdoor living & garden utility house in domus eletro house in light linea domus supri shop outdoor living & garden FEIRA PROFISSIONAL Reunir em um mesmo local e momento investidores e mercado-alvo, formando um ambiente de negócios

Leia mais

A confluência dos vídeos e a Internet

A confluência dos vídeos e a Internet WHITEPAPER A confluência dos vídeos e a Internet Por que sua empresa deveria investir em vídeos em 2013 e como a Construção Civil pode utilizar os vídeos como diferencial competitivo. 1 Saiba como os vídeos

Leia mais

VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA

VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA VAMOS DAR INICIO A MAIS UMA AULA DO CURSO DE PROPAGANDA E MARKETING- 4 MÓDULO COMO GANHAR DINHEIRO COM MALA DIRETA 4 E ÚLTIMO MÓDULO: Como Ganhar dinheiro com Mala Direta APRESENTAÇÃO PESSOAL Edileuza

Leia mais

Ingresso Março 2015. Outubro 2014. Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba

Ingresso Março 2015. Outubro 2014. Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba Ingresso Março 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba MBA em Marketing Digital Desenvolver profissionais para atuarem na era digital, com visão estratégica e conhecimento técnico para planejar

Leia mais

Faça amizades no trabalho

Faça amizades no trabalho 1 Faça amizades no trabalho Amigos verdadeiros ajudam a melhorar a saúde, tornam a vida melhor e aumentam a satisfação profissional. Você tem um grande amigo no local em que trabalha? A resposta para essa

Leia mais

A grande verdade é que a maioria das empresas está perdendo muito dinheiro tentando criar um negócio online.

A grande verdade é que a maioria das empresas está perdendo muito dinheiro tentando criar um negócio online. Você gostaria de aprender o que os negócios campeões em vendas online fazem? Como eles criam empresas sólidas na internet, que dão lucros por vários e vários anos? A grande verdade é que a maioria das

Leia mais

INTERNET. Como vender mais. Capítulo 1. pela. Aprenda a atingir o potencial máximo de sua loja online

INTERNET. Como vender mais. Capítulo 1. pela. Aprenda a atingir o potencial máximo de sua loja online Como vender mais pela INTERNET Capítulo 1 Aprenda a atingir o potencial máximo de sua loja online Índice Introdução 1/ Encontre um Nicho 2/ Crie e Otimize Seu E-Commerce 3/ Seja Encontrado 4/ Atendimento

Leia mais

Transporte. Passageiros. Fretamento. Concurso. Motorista.

Transporte. Passageiros. Fretamento. Concurso. Motorista. Concurso Motorista Padrão. Autora: Rosa Maria Júlio Landin SINFRECAR Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros Por Fretamento de Campinas e Região Rua Dr. Silva Mendes, nº. 266 Vila Industrial

Leia mais

DA EDUCAÇÃO TRADICIONAL ÀS NOVAS TECNOLOGIAS APLICADAS À EDUCAÇÃO

DA EDUCAÇÃO TRADICIONAL ÀS NOVAS TECNOLOGIAS APLICADAS À EDUCAÇÃO 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 DA EDUCAÇÃO TRADICIONAL ÀS NOVAS TECNOLOGIAS APLICADAS À EDUCAÇÃO Natália Aguiar de Menezes 1 RESUMO: Observa-se que com o passar dos anos o ensino superior

Leia mais

ATENDIMENTO A CLIENTES

ATENDIMENTO A CLIENTES Introdução ATENDIMENTO A CLIENTES Nos dias de hoje o mercado é bastante competitivo, e as empresas precisam ser muito criativas para ter a preferência dos clientes. Um dos aspectos mais importantes, principalmente

Leia mais

MBA em Gestão Estratégica de Marketing e Mercados

MBA em Gestão Estratégica de Marketing e Mercados MBA em Gestão Estratégica de Marketing e Mercados 1-OBJETIVOS OBJETIVO GERAL: Especializar profissionais com diploma do curso superior, que atuem nos setores empresariais, estratégicos, gerenciais e técnicos

Leia mais

Bem-vindo (a) à RH Tybes Service. PROPOSTA DE TRABALHO DE DIGITAÇÃO

Bem-vindo (a) à RH Tybes Service. PROPOSTA DE TRABALHO DE DIGITAÇÃO Bem-vindo (a) à RH Tybes Service. PROPOSTA DE TRABALHO DE DIGITAÇÃO Estamos com vagas abertas para digitadores em todo o Brasil, as vagas são limitadas e temos muitos trabalhos para serem despachados.

Leia mais

O novo desafio das marcas: uma visão global dos hábitos dos clientes em dispositivos móveis e redes sociais

O novo desafio das marcas: uma visão global dos hábitos dos clientes em dispositivos móveis e redes sociais O novo desafio das marcas: uma visão global dos hábitos dos clientes em dispositivos móveis e redes sociais SDL Campaign Management & Analytics Introdução Prezado profissional de marketing, A ideia de

Leia mais

Veja 100 dicas para passar em concursos públicos

Veja 100 dicas para passar em concursos públicos Veja 100 dicas para passar em concursos públicos Concurso público é a opção escolhida por milhares de pessoas que estão em busca de segurança e bom salário. Depois de tantas colunas sobre o tema, reuni

Leia mais

Eixo Tecnológico: DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL E SOCIAL

Eixo Tecnológico: DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL E SOCIAL Administração Central Unidade do Ensino Médio e Técnico GFAC Grupo de Formulação e Análises Curriculares Eixo Tecnológico: DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL E SOCIAL CAPÍTULO 3 PERFIL PROFISSIONAL DE CONCLUSÃO

Leia mais

PARTE IV Consolidação do Profissional como Consultor. Técnicas de Consultoria Prof. Fabio Costa Ferrer, M.Sc.

PARTE IV Consolidação do Profissional como Consultor. Técnicas de Consultoria Prof. Fabio Costa Ferrer, M.Sc. FATERN Faculdade de Excelência Educacional do RN Coordenação Tecnológica de Redes e Sistemas Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Técnicas de Consultoria Prof. Fabio Costa Ferrer, M.Sc.

Leia mais

SOMOS UMA AGÊNCIA JOVEM, ÁGIL E CRIATIVA QUE TEM UM PROPÓSITO BEM CLARO: TER BOAS IDEIAS PARA GERAR BONS RESULTADOS.

SOMOS UMA AGÊNCIA JOVEM, ÁGIL E CRIATIVA QUE TEM UM PROPÓSITO BEM CLARO: TER BOAS IDEIAS PARA GERAR BONS RESULTADOS. 2 plenapropaganda portfólio quem somos 3 SOMOS UMA AGÊNCIA JOVEM, ÁGIL E CRIATIVA QUE TEM UM PROPÓSITO BEM CLARO: TER BOAS IDEIAS PARA GERAR BONS RESULTADOS. A Plena é uma agência que atua sempre focada

Leia mais

AUTOR(ES): MAITHÊ CORSI DA SILVA, FERNANDO TEIXEIRA CARVALHO, RENAN GUSTAVO MOLINA

AUTOR(ES): MAITHÊ CORSI DA SILVA, FERNANDO TEIXEIRA CARVALHO, RENAN GUSTAVO MOLINA TÍTULO: A IMPORTÂNCIA DO E-COMMERCE NAS PEQUENAS EMPRESAS CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE JAGUARIÚNA AUTOR(ES): MAITHÊ CORSI DA

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing PROJETO PEDAGÓGICO Curso de Graduação Tecnológica em Marketing Porto alegre, 2011 1 1. Objetivos do Curso O projeto do curso, através de sua estrutura curricular, está organizado em módulos, com certificações

Leia mais

seu próprio marketing Vinícius Matos ensina como divulgar o trabalho de fotografia de casamento usando meios simples e baratos

seu próprio marketing Vinícius Matos ensina como divulgar o trabalho de fotografia de casamento usando meios simples e baratos Técnica&Prática Fotografia Social Saiba como fazer o seu próprio marketing Vinícius Matos ensina como divulgar o trabalho de fotografia de casamento usando meios simples e baratos Por Livia Capeli (texto)

Leia mais

MBA EM DESIGN ESTRATÉGICO & INOVAÇÃO

MBA EM DESIGN ESTRATÉGICO & INOVAÇÃO MBA EM DESIGN ESTRATÉGICO & INOVAÇÃO O programa prepara você para tornar-se um gestor do design nos ambientes de negócio; oferecendo as habilidades gerenciais necessárias para desenvolver e administrar

Leia mais

ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2015.1

ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2015.1 ANEXO AO MODELO DO PLANO DE AULA DO PROCESSO SELETIVO DOCENTE GERAL (PSD-G) 2015.1 ARQUITETURA E URBANISMO Graduar arquitetos e urbanistas com uma sólida formação humana, técnico-científica e profissional,

Leia mais

ROSANA DALLA COSTA FÉLIX MEDIA TRAINING DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL - TREINAMENTO PARA GESTORES RELATÓRIO TÉCNICO

ROSANA DALLA COSTA FÉLIX MEDIA TRAINING DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL - TREINAMENTO PARA GESTORES RELATÓRIO TÉCNICO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PLANEJAMENTO E GOVERNANÇA PÚBLICA ROSANA DALLA COSTA FÉLIX MEDIA TRAINING DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL - TREINAMENTO PARA GESTORES

Leia mais

Líder em consultoria no agronegócio

Líder em consultoria no agronegócio MPRADO COOPERATIVAS mprado.com.br COOPERATIVAS 15 ANOS 70 Consultores 25 Estados 300 cidade s 500 clientes Líder em consultoria no agronegócio 1. Comercial e Marketing 1.1 Neurovendas Objetivo: Entender

Leia mais

1- O que é um Plano de Marketing?

1- O que é um Plano de Marketing? 1- O que é um Plano de Marketing? 2.1-1ª etapa: Planejamento Um Plano de Marketing é um documento que detalha as ações necessárias para atingir um ou mais objetivos de marketing, adaptando-se a mudanças

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014 #5 EMPREENDEDORISMO Outubro de 2014 ÍNDICE 1. Apresentação 2. Definição 3. Empreendedorismo: necessidade ou oportunidade? 4. Características do comportamento empreendedor 5. Cenário brasileiro para o empreendedorismo

Leia mais

A Feira do Empreendedor 2014 em São Paulo faz parte de um circuito de feiras que será realizado em vários estados da federação.

A Feira do Empreendedor 2014 em São Paulo faz parte de um circuito de feiras que será realizado em vários estados da federação. 1 A Feira do Empreendedor é um evento de sucesso promovido pelo SEBRAE-SP, com o objetivo de oferecer informação, conhecimento e oportunidade para empresários e futuros empreendedores. A Feira do Empreendedor

Leia mais

O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO

O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO O PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO Josiane Corrêa 1 Resumo O mundo dos negócios apresenta-se intensamente competitivo e acirrado. Em diversos setores da economia, observa-se a forte

Leia mais

Como driblar a crise. e obter sucesso no Gerenciamento de Projetos

Como driblar a crise. e obter sucesso no Gerenciamento de Projetos Como driblar a crise e obter sucesso no Gerenciamento de Projetos COMO DRIBLAR A CRISE E OBTER SUCESSO NO GERENCIAMENTO DE PROJETOS Índice Introdução 03 A crise 04 Conclusão 22 Sobre a Projectlab 24 8

Leia mais

O CAMINHO PARA REFLEXÃO

O CAMINHO PARA REFLEXÃO O CAMINHO PARA REFLEXÃO a 3 Semana EMPREENDER É DAR A SUA CONTRIBUIÇÃO PARA A SOCIEDADE No mudo dos negócios existe a diferença visível do acomodado que nunca quer aprender a mesma coisa duas vezes e o

Leia mais

Rentabilidade em Food Service

Rentabilidade em Food Service Rentabilidade 6 passos para tornar sua franquia mais lucrativa Seja bem-vindo ao e-book da Linx. Aqui estão reunidos os principais caminhos para o aumento da rentabilidade em operações de fast food. São

Leia mais

CONCURSO SEMANA DESIGN RIO EDITAL

CONCURSO SEMANA DESIGN RIO EDITAL CONCURSO SEMANA DESIGN RIO EDITAL Vivemos numa cidade privilegiada, cercada por belezas naturais e maravilhas desenvolvidas pelo homem. Pelo Brasil afora é difícil encontrar quem não seja apaixonado pelo

Leia mais

MBA EM BRANDING (GESTÃO DE MARCAS) APOIO: INFOBRANDING O MAIOR PORTAL DE BRANDING DO BRASIL

MBA EM BRANDING (GESTÃO DE MARCAS) APOIO: INFOBRANDING O MAIOR PORTAL DE BRANDING DO BRASIL MBA EM BRANDING (GESTÃO DE MARCAS) APOIO: INFOBRANDING O MAIOR PORTAL DE BRANDING DO BRASIL O programa irá prepara-lo para especializar-se no desenvolvimento e planejamento da gestão de marcas; capacitando-o

Leia mais

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler AULA 5 - PERSPECTIVA DE APRENDIZADO E CRESCIMENTO Abertura da Aula Uma empresa é formada

Leia mais

AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009

AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009 AVISO DE RETIFICAÇÃO II CREDENCIAMENTO N.º 502/2009 O SESI/SENAI - PR, torna pública a RETIFICAÇÃO referente ao Edital de CREDENCIAMENTO N.º 502/2009, conforme segue: Fica Incluído no ANEXO III - ÁREAS

Leia mais

Desenvolvendo líderes e transformando empresas para um mundo melhor

Desenvolvendo líderes e transformando empresas para um mundo melhor Desenvolvendo líderes e transformando empresas para um mundo melhor Quem Somos A Caput Consultoria chega aos seus quinze anos com muito a comemorar! Temos desenvolvido projetos relevantes em companhias

Leia mais

ROI COMO SABER DEFINITIVAMENTE O RESULTADO DAS AÇÕES DE MARKETING DO SEU E- COMMERCE. Por: Alexandre Maldonado

ROI COMO SABER DEFINITIVAMENTE O RESULTADO DAS AÇÕES DE MARKETING DO SEU E- COMMERCE. Por: Alexandre Maldonado ROI COMO SABER DEFINITIVAMENTE O RESULTADO DAS AÇÕES DE MARKETING DO SEU E- COMMERCE Por: Alexandre Maldonado Autor do site Marketing para E- commerce www.marketingparaecommerce.com.br TERMOS DE RESPONSABILIDADE

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO GERENCIAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA PEQUENA EMPRESA DO SETOR AGRONEGÓCIO NO MUNICÍPIO DE BAMBUÍ/MG.

A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO GERENCIAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA PEQUENA EMPRESA DO SETOR AGRONEGÓCIO NO MUNICÍPIO DE BAMBUÍ/MG. Bambuí/MG - 2008 A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO GERENCIAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA PEQUENA EMPRESA DO SETOR AGRONEGÓCIO NO MUNICÍPIO DE BAMBUÍ/MG. Ana Cristina Teixeira AMARAL (1); Wemerton Luis EVANGELISTA

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Liderança e Gestão de Pessoas

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Liderança e Gestão de Pessoas DESCRITIVO DE CURSO MBA em Liderança e Gestão de Pessoas 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica, social e ambiental que

Leia mais

3 FORUM de COMUNICACAO

3 FORUM de COMUNICACAO Diálogo RP Edição Nº 4 Ano 2 utubro 2011 - Informativo de Comunicação Social Relações Públicas ~, 3 FRUM de CMUNICACA Rádio & TV Jornalismo Novidades em HD e 3D: TV digital no Brasil e o futuro do broadcast

Leia mais

Consórcio. Imobiliário. na prática. Por que o consórcio é muito mais interessante do que o financiamento? Livre-se dos Juros!

Consórcio. Imobiliário. na prática. Por que o consórcio é muito mais interessante do que o financiamento? Livre-se dos Juros! Consórcio Imobiliário na prática Por que o consórcio é muito mais interessante do que o financiamento? Livre-se dos Juros! 1 Sobre a empresa A A+ Consórcios iniciou suas atividades com o objetivo de gerir

Leia mais

INSTITUTO LOJAS RENNER

INSTITUTO LOJAS RENNER 2011 RELATÓRIO DE ATIVIDADES INSTITUTO LOJAS RENNER Instituto Lojas Renner Inserção de mulheres no mercado de trabalho, formação de jovens e desenvolvimento da comunidade fazem parte da essência do Instituto.

Leia mais

Redes Sociais e Networking

Redes Sociais e Networking Redes Sociais e Networking João de Queiroz Xavier Diretor Geral Áreas de Atuação Planejamento de Carreira Recrutamento & Seleção Coaching Outplacement Individual Outplacement Coletivo (Projetos) Projetos

Leia mais

GUIA DE SOCIAIS EM REDES BOAS PRÁTICAS EM GESTÃO DO ATENDIMENTO E RELACIONAMENTO MELHORES PRÁTICAS. MELHORES RESULTADOS.

GUIA DE SOCIAIS EM REDES BOAS PRÁTICAS EM GESTÃO DO ATENDIMENTO E RELACIONAMENTO MELHORES PRÁTICAS. MELHORES RESULTADOS. GUIA DE BOAS PRÁTICAS EM GESTÃO DO ATENDIMENTO E RELACIONAMENTO EM REDES SOCIAIS MELHORES PRÁTICAS. MELHORES RESULTADOS. APRESENTAÇÃO OBJETIVO A ABA - Associação Brasileira de Anunciantes, por meio de

Leia mais

Mais informações sobre e-commerce em: www.portalgerenciais.com.br

Mais informações sobre e-commerce em: www.portalgerenciais.com.br Mais informações sobre e-commerce em: www.portalgerenciais.com.br Extra, Extra notícias fresquinhas Você pode ter uma loja que funciona 24hs, inclusive aos domingos e feriados, não paga aluguel e nem condomínio

Leia mais

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO UM BREVE HISTÓRICO COMÉRCIO ELETRÔNICO O comércio sempre existiu desde que surgiram as sociedades. Ele é dito como o processo de comprar, vender e trocar produtos e serviços. Inicialmente praticado pelos

Leia mais

Faculdade de Tecnologia Senac Goiás. Alunos: Erik de Oliveira Douglas Ferreira, Raphael Beghelli, João Victor Alves. Professor : Diogo Ananias

Faculdade de Tecnologia Senac Goiás. Alunos: Erik de Oliveira Douglas Ferreira, Raphael Beghelli, João Victor Alves. Professor : Diogo Ananias Faculdade de Tecnologia Senac Goiás. Alunos: Erik de Oliveira Douglas Ferreira, Raphael Beghelli, João Victor Alves. Professor : Diogo Ananias CONSULTORIA COMÉRCIO ELETRÔNICO CONSULTORIA PARA IMPLANTAÇÃO

Leia mais

Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011

Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011 Curso de Marketing Disciplina: Web Marketing Professor: Roberto Marcello Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011 Web Marketing Web Marketing é qualquer esforço promocional realizado

Leia mais

Marketing de Conteúdo para iniciantes CONTENT STRATEGY

Marketing de Conteúdo para iniciantes CONTENT STRATEGY Marketing de Conteúdo para iniciantes CONTENT STRATEGY A Rock Content ajuda você a montar uma estratégia matadora de marketing de conteúdo para sua empresa. Nós possuimos uma rede de escritores altamente

Leia mais

Entrepreneurship Lab Inovação, Desempenho e Crescimento Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Entrepreneurship Lab Inovação, Desempenho e Crescimento Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Interatividade UniNorte 1

Interatividade UniNorte 1 Interatividade UniNorte 1 Anne Caroline BARROS 2 Francisco BARBOZA 3 Heverton PAULA 4 Igor SANTOS 5 Eudóxia Pereira da SILVA 6 Márcio Alexandre dos Santos SILVA 7 Centro Universitário do Norte (UniNorte),

Leia mais

PROFISSIONAIS DE RECURSOS HUMANOS: EXPECTATIVAS E PERCEPÇÕES SOBRE A INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA NO MERCADO DE TRABALHO

PROFISSIONAIS DE RECURSOS HUMANOS: EXPECTATIVAS E PERCEPÇÕES SOBRE A INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA NO MERCADO DE TRABALHO PROFISSIONAIS DE RECURSOS HUMANOS: EXPECTATIVAS E PERCEPÇÕES SOBRE A INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA NO MERCADO DE TRABALHO 2014 APRESENTAÇÃO Já faz tempo que as empresas estão trabalhando com o desafio

Leia mais

www.rakutencommerce.com.br E-BOOK

www.rakutencommerce.com.br E-BOOK APRENDA AS ÚLTIMAS DICAS E TRUQUES SOBRE COMO DAR UM TAPA 3.0 NA SUA LOJA VIRTUAL. www.rakutencommerce.com.br E-BOOK propósito desse ebook é muito simples: ajudar o varejista on-line a dar um tapa 3.0

Leia mais

INFORMAÇÃO EM RELAÇÕES PÚBLICAS a pesquisa empírica em Portais Corporativos

INFORMAÇÃO EM RELAÇÕES PÚBLICAS a pesquisa empírica em Portais Corporativos INFORMAÇÃO EM RELAÇÕES PÚBLICAS a pesquisa empírica em Portais Corporativos Cláudia Peixoto de Moura Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul PUCRS E-mail: cpmoura@pucrs.br Resumo do Trabalho:

Leia mais

2013 setembro Ed. 4 1

2013 setembro Ed. 4 1 2013 setembro Ed. 4 1 Editorial O mundo organizacional está sempre atrás de alguma novidade no mercado. Por vezes, se esquece de que a simplicidade resolve a maior parte dos problemas e quer saber da última

Leia mais

www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes

www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes Sólidos conteúdos com alegria - essas são algumas características das palestras de Marcelo de Elias. Outra característica marcante: Cada palestra é um projeto

Leia mais

PÓS GRADUAÇÃO EMPRESARIAL EM GESTÃO DE NEGÓCIOS COM ÊNFASE EM MARKETING

PÓS GRADUAÇÃO EMPRESARIAL EM GESTÃO DE NEGÓCIOS COM ÊNFASE EM MARKETING PÓS GRADUAÇÃO EMPRESARIAL EM GESTÃO DE NEGÓCIOS COM ÊNFASE EM MARKETING Manual do Curso São Paulo Educação Executiva 2014 Apresentação Pós-Graduação Empresarial em Gestão de Negócios com Ênfase em Marketing

Leia mais

Alta Performance Como ser um profissional ou ter negócios de alta performance

Alta Performance Como ser um profissional ou ter negócios de alta performance Sobre o autor: Meu nome é Rodrigo Marroni. Sou apaixonado por empreendedorismo e vivo desta forma há quase 5 anos. Há mais de 9 anos já possuía negócios paralelos ao meu trabalho e há um pouco mais de

Leia mais

AMBIENTES ONLINE: que formato tem o ambiente que os jovens procuram online?

AMBIENTES ONLINE: que formato tem o ambiente que os jovens procuram online? AMBIENTES ONLINE: que formato tem o ambiente que os jovens procuram online? Edgar Marcucci Reis 1 Jéssica Naiara dos Santos Batista 2 Resumo: O artigo apresenta uma visão sobre os ambientes online encontrados

Leia mais

Diagnosticando os problemas da sua empresa

Diagnosticando os problemas da sua empresa Diagnosticando os problemas da sua empresa O artigo que você vai começar a ler agora é a continuação da matéria de capa da edição de agosto de 2014 da revista VendaMais. O acesso é restrito a assinantes

Leia mais

MBA EM GESTÃO COMERCIAL E INTELIGÊNCIA DE MERCADO

MBA EM GESTÃO COMERCIAL E INTELIGÊNCIA DE MERCADO MBA EM GESTÃO COMERCIAL E INTELIGÊNCIA DE MERCADO O programa irá desenvolver no aluno competências sobre planejamento e força de Vendas, bem como habilidades para liderar, trabalhar em equipe, negociar

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL. 02/01/2013 rev. 00

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL. 02/01/2013 rev. 00 APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL 02/01/2013 rev. 00 PAUTA INSTITUCIONAL Sobre a Harpia OUTRAS INFORMAÇÕES Clientes Parceiros SERVIÇOS Responsabilidade Social Consultoria & Gestão Empresarial Planejamento Estratégico

Leia mais

Confeitaria Dona Inês: projeto de reposicionamento de imagem e comunicação empresarial 1

Confeitaria Dona Inês: projeto de reposicionamento de imagem e comunicação empresarial 1 Confeitaria Dona Inês: projeto de reposicionamento de imagem e comunicação empresarial 1 Martina Lerina 2 Danielle Miranda da Silva 3 Helenice Carvalho 4 Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto

Leia mais

InfoReggae - Edição 32 Inclusão Digital 11 de abril de 2014. Coordenador Executivo José Júnior

InfoReggae - Edição 32 Inclusão Digital 11 de abril de 2014. Coordenador Executivo José Júnior O Grupo Cultural AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam a autoestima de jovens das camadas populares.

Leia mais

Ingresso Março 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba

Ingresso Março 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba Ingresso Março 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba MBA em Comunicação Corporativa O MBA em Comunicação Corporativa é um curso de Pós-Graduação Latu Sensu que capacita profissionais para

Leia mais

Scup e Política: vitória nas urnas pelas redes sociais

Scup e Política: vitória nas urnas pelas redes sociais Scup e Política: vitória nas urnas pelas redes sociais A campanha do prefeito de Duque de Caxias Alexandre Aguiar Cardoso, natural de Duque de Caxias, cidade da região metropolitana do Rio de Janeiro,

Leia mais

Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor

Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor Sólidos conteúdos com alegria - essas são algumas características das palestras de Marcelo de Elias. A maioria absoluta das avaliações obtêm excelentes resultados,

Leia mais

Capítulo 1 Por que Google Marketing?

Capítulo 1 Por que Google Marketing? Capítulo 1 Por que Google Marketing? O Google modificou substancialmente a maneira como o mercado lida com a informação e informação, na nossa sociedade pós terceira onda, é tudo. Do dinheiro ao eletrodoméstico,

Leia mais

25º SET Universitário

25º SET Universitário 25º SET Universitário O SET Universitário é um evento que estimula a troca de experiências entre alunos, professores e profissionais das áreas de Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Relações Públicas,

Leia mais

Como é ser aprovado no vestibular de uma Universidade Pública, em que sabemos da alta concorrência entre os candidatos que disputam uma vaga?

Como é ser aprovado no vestibular de uma Universidade Pública, em que sabemos da alta concorrência entre os candidatos que disputam uma vaga? Abdias Aires 2º Ano EM Arthur Marques 2º Ano EM Luiz Gabriel 3º Ano EM Como é ser aprovado no vestibular de uma Universidade Pública, em que sabemos da alta concorrência entre os candidatos que disputam

Leia mais

OS TRÊS PILARES DO LUCRO PEQUENA E MÉDIA EMPRESA

OS TRÊS PILARES DO LUCRO PEQUENA E MÉDIA EMPRESA BOLETIM TÉCNICO MAIO/2011 OS TRÊS PILARES DO LUCRO PEQUENA E MÉDIA EMPRESA Um empresário da indústria se assustou com os aumentos de custo e de impostos e reajustou proporcionalmente seus preços. No mês

Leia mais

Após sua exposição, o gestor terá até 10 minutos para perguntas e respostas.

Após sua exposição, o gestor terá até 10 minutos para perguntas e respostas. Caro candidato, Você está participando do processo seletivo da Arcor do Brasil para a posição de Trainee e neste momento gostaríamos de convidá-lo para a etapa do Painel. Nesta etapa, você deverá realizar

Leia mais

MBA EM DESIGN DE INTERIORES COMERCIAIS

MBA EM DESIGN DE INTERIORES COMERCIAIS MBA EM DESIGN DE INTERIORES COMERCIAIS O programa irá prepará-lo para ser um especialista em Design de Interiores Comerciais na elaboração de projetos comerciais ou de serviços. MBA EM DESIGN DE INTERIORES

Leia mais

FAEL comemora 15 anos de atividades

FAEL comemora 15 anos de atividades ANOS FAEL comemora 15 anos de atividades Hoje, comemoramos 15 anos de um projeto que visa à democratização do ensino e que tornou a FAEL uma referência em educação de qualidade. Com o objetivo de proporcionar

Leia mais

O CONSUMO VIRTUAL NO BRASIL

O CONSUMO VIRTUAL NO BRASIL O CONSUMO VIRTUAL NO BRASIL Março 2015 1. PANORAMA DO CONSUMO VIRTUAL NO BRASIL Eletroeletrônicos, livros e calçados foram os itens mais comprados em 2014. Índice de satisfação do consumidor virtual brasileiro

Leia mais

PROPOSTA DE TRABALHO DE DIGITAÇÃO

PROPOSTA DE TRABALHO DE DIGITAÇÃO PROPOSTA DE TRABALHO DE DIGITAÇÃO Bem-vindo (a) à TBYTES Informática. P: Qual é o nome da companhia? R: O nome de nossa companhia é TBYTES Informática, situada no Brasil na cidade de Curitiba desde 2007

Leia mais