REDES NEURAIS ARTIFICIAIS MULTICAMADAS APLICADAS À ADUBAÇÃO PARA A CULTURA DA GOIABEIRA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REDES NEURAIS ARTIFICIAIS MULTICAMADAS APLICADAS À ADUBAÇÃO PARA A CULTURA DA GOIABEIRA"

Transcrição

1 REDES NEURAIS ARTIFICIAIS MULTICAMADAS APLICADAS À ADUBAÇÃO PARA A CULTURA DA GOIABEIRA RESUMO Silvia Helena Modenese Gorla da Silva Doutoranda, Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação, Departamento de Computação e Estatística, USP São Carlos/SP Brasil Humberto Costa de Souza Doutorando, Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação, Departamento de Computação e Estatística, USP São Carlos/SP Brasil André Carlos Ponce de Leon Ferreira de Carvalho Professor associado, Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação, Departamento de Computação e Estatística, USP São Carlos/SP Brasil William Natale Professor livre-docente Dep. de Solos e Adubos FCA\UNESP Jaboticabal SP Brasil Com o objetivo de estudar os efeitos da adubação foliar com fósforo na cultura da goiabeira (Psidium guava L.), realizou-se um ensaio de campo durante três anos consecutivos, a partir de Foram utilizadas plantas da cultivar Paluma com cinco anos de idade, instaladas num latossolo vermelho-amarelo na região de São Carlos, SP. Este trabalho investiga o uso de Redes Neurais Artificiais (RNAs) multicamadas como ferramenta de suporte para a análise da correlação desses dados de adubação fosfatada com os teores de fósforos medidos nas folhas e no solo. Palavras-Chave: redes neurais artificiais, adubação, goiabeira. MULTILAYER PERCEPTRON ARTIFICIAL NEURAL NETWORKING FOR GUAVA CROP FERTILIZATION ABSTRACT The main goal of this experiment is the study of the effect of P fertilization on the guava (cv. Paluma) crop. An experiment was carried out on a Dark Red Latosol during three years, beginning in 1994, in the region of São Carlos, state of São Paulo, Brazil. This work investigates the use of Artificial Neural Networks (ANNs) as a support tool for the correlation analysis of these data from the application of with the amount of phosphate measured from leaves and soil. Key Words: artificial neural networks, fertilization, guava-tree.

2 INTRODUÇÃO A goiabeira, planta originária da América e das Antilhas, está amplamente disseminada pelo mundo, devido à facilidade de se propagar por sementes (Natale et al., 1996). O uso de adubos em uma cultura deve permitir uma boa nutrição das plantas, manter, ou mesmo melhorar, a fertilidade natural do solo e ser uma prática economicamente rentável. A aplicação de fertilizantes em plantas frutíferas é praticamente uma imposição à produção, visto as grandes quantidades de elementos que são imobilizados pela parte vegetativa ou exportados à cada safra. No caso da cultura da goiabeira, a demanda por informações seguras sobre nutrição e adubação, devido a crescente importância da cultura no estado de São Paulo, mobilizou esforços no desenvolvimento de vários ensaios com média duração, a partir do final da década de 80 (Natale, 1999). Dentre os nutrientes, estudou-se o fósforo, que é um dos componentes fertilizantes utilizados com maior freqüência na adubação dos pomares, especialmente devido a intensa fixação pelo solo, que ocorre nas regiões tropicais. Sendo essencial, o fósforo está presente em toda célula ativa da planta, participando de inúmeros processos ligados à fotossíntese, respiração, armazenamento e transferência de energia, crescimento de raízes, dentre outros. Em Natale (1999), realizou-se um vasto estudo sobre a adubação fosfatada na cultura da goiabeira. Dentre os experimentos, um deles investigou a aplicação de adubação foliar, a qual foi estudada em ensaio de campo durante três anos, a fim de observar o comportamento das goiabeiras face a pulverizações foliares com fósforos. Neste mesmo experimento, os dados foram estudados estatisticamente através da análise de variância com desdobramento por contraste. A análise de regressão teve por objetivo correlacionar as diferentes doses de P aplicadas via foliar e características do solo e das plantas. Este trabalho apresenta e discute a utilização de Redes Neurais Artificiais (RNAs) como ferramenta de suporte ao processo de análise de regressão dos dados do experimento citados anteriormente. Diversos trabalhos aplicando o uso de RNAs na agricultura podem ser citados: Yang et al(2000) utilizaram para a classificação de plantas, procurando distinguir plantações novas das ervas daninhas; Salehi et al. (2000) aplicaram RNAs para a predição de perdas de nitrogênio na volatização; de la Rosa et al (2000) aplicaram na avaliação da vulnerabilidade do solo à erosão, buscando analisar o impacto causado na produtividade das culturas; Pachesky et al. (1999) utilizam RNAs na estimação da condutividade hidráulica do solo. Propondo uma avaliação dos dados de forma mais precisa, este trabalho pretende contribuir tanto para a discussão da resposta de goiabeiras à aplicação de fósforo, como mostrar o potencial da utilização de Redes Neurais Artificiais (RNAs) como ferramenta adicional para uma melhor representação e interpretação das necessidades de nutrientes.

3 RNAs são técnicas computacionais baseados na estrutura e funcionamento do sistema nervoso. Ao contrário das técnicas convencionais de computação, onde um programa de computador precisa ser desenvolvido para resolver um dado problema, RNAs aprendem a resolver problemas por aprendizado e experiência, como ocorre com os seres humanos. RNAs constituem uma alternativa à utilização de técnicas estatísticas para a classificação e agrupamento de dados. RNAs podem também ser utilizadas para encontrar correlações e agrupamentos naturais entre dados. Diferente de muitas das técnicas estatísticas utilizadas, não é necessário conhecer a distribuição estatística dos dados para que RNAs sejam empregadas. RNAS são estruturas distribuídas formadas por um grande número de unidades de processamento (que simulam os neurônios), bastante simplificadas e conectadas entre si. Essas conexões são implementadas por canais de comunicação que estão associados a um determinado peso. As unidades realizam operações apenas sobre seus dados locais, que são entradas recebidas através das suas conexões. A Figura 1 ilustra uma RNA típica. x 1 Conexões x 2 x 3 x 4 y 1 y 2 x 5 Camada de Entrada Camada Intermediária Camada de Saída FIGURA 1: Rede Neural Típica. O conhecimento da rede é adquirido por meio de um processo de treinamento, em que valores de pesos associados a conexões entre as unidades são ajustados através um algoritmo de treinamento. Durante o seu treinamento, exemplos são apresentados à RNA. Uma RNA é especificada principalmente pela sua topologia, pelas características de seus neurônios e pelo seu algoritmo de treinamento. O processo de aprendizado varia de acordo com a topologia da rede (Braga et al., 2000). RNAs vêm sendo amplamente estudadas e aplicadas nas mais diversas áreas, tais como, reconhecimento de padrões, processamento de sinais, controle otimização, previsão de séries temporais

4 e, também, na agricultura onde mostra-se como uma ferramenta útil e eficaz. Este trabalho mostra o uso de RNAs, sobretudo redes multicamadas (MultiLayer Perceptrons) (Rumelhart et al., 1986), investigando o uso de diferentes algoritmos de treinamento. MATERIAIS E MÉTODOS O experimento foi desenvolvido no município de São Carlos, no pomar de goiabeiras de propriedade da HERO, instalado sobre um Latossolo Vermelho-Amarelo. O pomar utilizado possuía cinco anos de idade, sendo formado por goiabeiras da cultivar Paluma propagadas vegetativamente. O ensaio foi conduzido durante três anos agrícolas consecutivos tendo sido instalado em 24/11/94. O delineamento experimental adotado foi em blocos casualizados com cinco tratamentos e quatro repetições. Os tratamentos constituíram-se das seguintes doses de fósforo: zero 0,5 1,0 e 2,0% de P 2 O 5 aplicado via foliar. As parcelas foram constituídas de quatro plantas, em espaçamento de 7 m x 5 m, correspondendo a uma área total de 140 m 2 e a uma área útil de 105 m 2, pois a primeira das quatro plantas representou a bordadura. Nestes experimentos RNAs foram utilizadas para análise de regressão. Para isso, um conjunto total de 48 padrões foi empregado. Foram utilizados dois conjuntos de dados: um analisando a correlação das doses aplicadas com teor de fósforo nas folhas e outro analisando a correlação das doses aplicadas com o teor de fósforo no solo. Foram realizados diversos testes variando-se a arquitetura e algoritmos adotados nas redes. As topologias adotadas para testes foram: 1. uma camada de entrada e uma de saída, ambas com 1 neurônio; 2. uma camada de entrada, uma camada intermediária e uma de saída, todas com 1 neurônio; 3. uma camada de entrada com 1 neurônio, uma camada intermediária com 2 neurônios e uma camada de saída com 1 neurônio; 4. uma camada de entrada com 1 neurônio, uma camada intermediária com 4 neurônios e uma camada de saída com 1 neurônio. Os algoritmos adotados para testes foram: 1. Backpropagation Padrão (Rumelhart et al., 1986); 2. RPROP (Riedmiller, 1994); 3. Quickprop (Fahlman, 1988). A implementação foi feita utilizando-se a ferramenta SNNS, versão 4.2.Também foi utilizada, para pré-processamento dos dados, a planilha eletrônica MS-Excel.

5 Para avaliar o desempenho da rede foi escolhida uma ferramenta estatística, chamada validação cruzada (Haykin, 1994). RESULTADOS E DISCUSSÕES Como medida de desempenho dos 12 testes realizados foi utilizado o erro quadrático médio medido no subconjunto de teste, segundo a validação cruzada. As Tabelas 1 e 2 ilustram os erros obtidos para cada teste realizado para os conjuntos de medição do teor de fósforo na folha e no solo, respectivamente. TABELA 1: Erro Quadrático Médio para os testes realizados com o conjuntodo teor de fósforo na folha. Topologia Backpropagatio n Padrão Trein. Teste Trein. Teste Trein. Teste Trein. Teste 0, , , , , , , ,08759 RPROP Trein Teste Trein. Teste Trein Teste. Trein. Teste 0, , , , , , , ,08727 Quickpro Trein. Teste Trein. Teste Trein. Teste Trein. Teste 0, , , , , , , ,11972 TABELA 2: Erro Quadrático Médio para os testes realizados com o conjunto do teor de fósforo no solo. Topologia Backpropagatio n Padrão Trein. Teste Trein. Teste Trein. Teste Trein. Teste RPROP Trein Teste Trein. Teste Trein Teste. Trein. Teste Quickpro Trein. Teste Trein. Teste Trein. Teste Trein. Teste Analisando-se a Tabela 1, verifica-se que o teste que apresentou menor erro quadrático médio para o conjunto de teste do teor de fósforo na folha foi o que utilizou o algoritmo Quickprop com topologia de 1 neurônio na camada de entrada e na camada de saída. Já, a Tabela 2 mostra que para o conjunto de teste do teor de fósforo no solo, o teste que apresentou menor erro foi com o algoritmo Backpropagation Padrão com 1 neurônio na camada de entrada, 4 na camada intermediária e 1 na camada de saída.

6 Foram mostrados também, nas Tabelas 1 e 2, os erros obtidos nos conjuntos de treinamento, mas como parâmetro de escolha de melhor rede testada, o que prevalece é o erro obtido no conjunto de teste, pois o mesmo apresenta padrões inéditos que não foram apresentados na fase de treinamento. CONCLUSÕES O uso de RNAs, mostra-se como ferramenta adicional para a busca de uma melhor interpretação de dados correlacionados de adubação, pois as topologias e algoritmos, sobretudo os que apresentaram menor erro quadrático médio, mostraram bom desempenho. A utilização de RNAs pode contribuir de maneira efetiva ao processo de adubação, podendo auxiliar de maneira eficaz no cálculo da dosagem correta de adubo, trazendo, assim, tanto benefícios econômicos como ambientais. Desta maneira, podem ser sugeridas várias propostas de trabalhos futuros, tais como, a análise de correlação de outros nutrientes também medidos em Natale(1999), bem como a aplicação de métodos de mineração nesse conjunto de dados. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BRAGA, A. P., CARVALHO, A. P. L F., LUDERMIR, T. B. Redes Neurais Artificiais: Teorias e Aplicações. Rio de Janeiro: Editora LTC, DE LA ROSA, D. MORENO, J. MAYOL, F. BONSON, T. Assessment of soil erosion vulnerability in western Europe and potential impact on crop productivity due to loss of soil depth using the ImpelERO model. Agriculture Ecosystems & Environment, v. 81, p , FAHLMAN, S. An empirical study of learning speed in back-propagation networks, Technical report, School of Computer Science, Carnegie Mellon University, (CMU-CS ), HAYKIN, S. Neural networks: A Compreensive Foundation. New York: IEEE Press, NATALE, W. Resposta da Goiabeira à Adubação Fosfatada. Tese de Livre Docência: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias UNESP/ Jaboticabal, NATALE,W.,COUTINHO, E. L. M., BOARETTO, A.E., PEREIRA, F.M., OIOLI, A.A.P., SALES, L. Nutrição e Adubação Potássica na Cultura da Goiabeira. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Campinas, 20: , PACHEPSKY, Y.A. TIMLIM, D.J. AHUJA, L.R. Estimating satured soil hydraulic conductivity using water retention data and neural networks. Soil Science. V. 164, n. 8, PATEL, V.C. MCCLENDON, RW. GOODRUM, J.W. Development and evaluation of an expert System for egg sorting. Computers and Electronics in Agriculture. v.20, p , RIEDMILLER, M.RPROP description and implementation details, Technical Report, Institut für Ligik, University of Karlsruhe, (W Karlsruhe), RUMELHART, D.E., HINTON, G.E., WILLIAMS, R. J. Learning internal representations

7 by error propagation, In Parallel Distributed Processing: Explorations in the Microstructure of Cognition, 45-76, MIT Press, SALEHI, F. PRASHER, S.O. AMIN, S. MADANI, A. JEBELLI, S.J. RAMASWAMY, H.S. TAN, C. DRURY, C.F. Prediction of annual nitrate-n losses in drain outflows with artificial neural networks. Transactions of the Asae, v. 43, p , YANG, C.C. PRASHER, S.O. LANDRY, J.A. RAMASWAMY, H.S. DITOMMASO, A. Application of artificial neural networks in image recognition and classification of crop and weeds. CANADIAN AGRICULTURAL ENGINEERING, v. 42, n.3, p , 2000.

PREVISÃO DE TEMPERATURA ATRAVÉS DE REDES NEURAIS ARTIFICIAIS

PREVISÃO DE TEMPERATURA ATRAVÉS DE REDES NEURAIS ARTIFICIAIS PREVISÃO DE TEMPERATURA ATRAVÉS DE REDES NEURAIS ARTIFICIAIS Alexandre Pinhel Soares 1 André Pinhel Soares 2 Abstract : The temperature monitoring is a quasi-continuous and judicious task that gives a

Leia mais

RECONHECIMENTO DE ACORDES MUSICAIS: UMA ABORDAGEM VIA PERCEPTRON MULTICAMADAS

RECONHECIMENTO DE ACORDES MUSICAIS: UMA ABORDAGEM VIA PERCEPTRON MULTICAMADAS Mecánica Computacional Vol XXIX, págs 9169-9175 (artículo completo) Eduardo Dvorkin, Marcela Goldschmit, Mario Storti (Eds) Buenos Aires, Argentina, 15-18 Noviembre 2010 RECONHECIMENTO DE ACORDES MUSICAIS:

Leia mais

Complemento II Noções Introdutória em Redes Neurais

Complemento II Noções Introdutória em Redes Neurais Complemento II Noções Introdutória em Redes Neurais Esse documento é parte integrante do material fornecido pela WEB para a 2ª edição do livro Data Mining: Conceitos, técnicas, algoritmos, orientações

Leia mais

SISTEMA AUTOMÁTICO DE PULVERIZAÇÃO UTILIZANDO TÉCNICAS DE PROCESSAMENTO DIGITAL DE IMAGENS. PERNOMIAN, Viviane Araujo. DUARTE, Fernando Vieira

SISTEMA AUTOMÁTICO DE PULVERIZAÇÃO UTILIZANDO TÉCNICAS DE PROCESSAMENTO DIGITAL DE IMAGENS. PERNOMIAN, Viviane Araujo. DUARTE, Fernando Vieira REVISTA CIENTÍFICA ELETRÔNICA DE AGRONOMIA ISSN 1677-0293 PERIODICIDADE SEMESTRAL ANO III EDIÇÃO NÚMERO 5 JUNHO DE 2004 -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Previsão do Índice da Bolsa de Valores do Estado de São Paulo utilizandoredes Neurais Artificiais

Previsão do Índice da Bolsa de Valores do Estado de São Paulo utilizandoredes Neurais Artificiais Previsão do Índice da Bolsa de Valores do Estado de São Paulo utilizandoredes Neurais Artificiais Redes Neurais Artificiais Prof. Wilian Soares João Vitor Squillace Teixeira Ciência da Computação Universidade

Leia mais

Redes Neurais. Profa. Flavia Cristina Bernardini

Redes Neurais. Profa. Flavia Cristina Bernardini Redes Neurais Profa. Flavia Cristina Bernardini Introdução Cérebro & Computador Modelos Cognitivos Diferentes Cérebro Computador Seqüência de Comandos Reconhecimento de Padrão Lento Rápido Rápido Lento

Leia mais

Redes Neurais Artificiais

Redes Neurais Artificiais Redes Neurais Artificiais Simulação: Base de Dados, Codificação, Parâmetros Aprendizado: Generalização, Avaliação de Resultados Unisinos - 2001/2 Curso de Informática Disciplina: Redes Neurais Prof. Fernando

Leia mais

REDES NEURAIS ARTIFICIAIS E MODELO DE MARKOWITZ: COMPARANDO TÉCNICAS QUE APÓIAM A TOMADA DE DECISÃO NOS INVESTIMENTOS EM AÇÕES.

REDES NEURAIS ARTIFICIAIS E MODELO DE MARKOWITZ: COMPARANDO TÉCNICAS QUE APÓIAM A TOMADA DE DECISÃO NOS INVESTIMENTOS EM AÇÕES. REDES NEURAIS ARTIFICIAIS E MODELO DE MARKOWITZ: COMPARANDO TÉCNICAS QUE APÓIAM A TOMADA DE DECISÃO NOS INVESTIMENTOS EM AÇÕES. Paulo Henrique Kaupa (Uninove) paulo.kaupa@gmail.com Renato Jose Sassi (Uninove)

Leia mais

PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE SUÍNOS E O USO DE REDES NEURAIS ARTIFICIAIS PARA PREDIÇÃO DE ÍNDICES ZOOTÉCNICOS NA FASE DE GESTAÇÃO E MATERNIDADE RESUMO

PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE SUÍNOS E O USO DE REDES NEURAIS ARTIFICIAIS PARA PREDIÇÃO DE ÍNDICES ZOOTÉCNICOS NA FASE DE GESTAÇÃO E MATERNIDADE RESUMO PRODUÇÃO INDUSTRIAL DE SUÍNOS E O USO DE REDES NEURAIS ARTIFICIAIS PARA PREDIÇÃO DE ÍNDICES ZOOTÉCNICOS NA FASE DE GESTAÇÃO E MATERNIDADE RESUMO HÉLITON PANDORFI 1 IRAN JOSÉ OLIVEIRA DA SILVA 2 JEFFERSON

Leia mais

Ajuste de modelos de redes neurais artificiais na precipitação pluviométrica mensal

Ajuste de modelos de redes neurais artificiais na precipitação pluviométrica mensal Ajuste de modelos de redes neurais artificiais na precipitação pluviométrica mensal 1 Introdução Antonio Sergio Ferraudo 1 Guilherme Moraes Ferraudo 2 Este trabalho apresenta estudos de série de precipitação

Leia mais

MODELAGEM DE UMA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTOS UTILIZANDO REDES NEURAIS: CONCEITUAÇÃO E AVALIAÇÃO PRELIMINAR

MODELAGEM DE UMA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTOS UTILIZANDO REDES NEURAIS: CONCEITUAÇÃO E AVALIAÇÃO PRELIMINAR MODELAGEM DE UMA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTOS UTILIZANDO REDES NEURAIS: CONCEITUAÇÃO E AVALIAÇÃO PRELIMINAR Werner Siegfried Hanisch () Engenheiro Químico pela Universidade Federal de São Carlos, Mestre

Leia mais

UNISINOS - UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS

UNISINOS - UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS UNISINOS - UNIVERSIDADE DO VALE DO RIO DOS SINOS Curso: Informática Disciplina: Redes Neurais Prof. Fernando Osório E-mail: osorio@exatas.unisinos.br EXEMPLO DE QUESTÕES DE PROVAS ANTIGAS 1. Supondo que

Leia mais

REDES NEURAIS ARTIFICIAIS EM COLHEITA DE CANA-DE- AÇÚCAR

REDES NEURAIS ARTIFICIAIS EM COLHEITA DE CANA-DE- AÇÚCAR REDES NEURAIS ARTIFICIAIS EM COLHEITA DE CANA-DE- AÇÚCAR THIAGO RAMOS TRIGO 1 PAULO CESAR DA SILVA BATISTA JÚNIOR 1 FERNANDO BUARQUE DE LIMA NETO 2 RESUMO Este artigo apresenta um maneira de implementar

Leia mais

5º CONGRESSO BRASILEIRO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO EM PETRÓLEO E GÁS

5º CONGRESSO BRASILEIRO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO EM PETRÓLEO E GÁS 5º CONGRESSO BRASILEIRO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO EM PETRÓLEO E GÁS TÍTULO DO TRABALHO: REDES NEURAIS APLICADAS EM INDÚSTRIAS PETROQUÍMICAS DE FABRICAÇÃO DE FIBRAS DE POLIÉSTER. AUTORES: Lívia Maciel

Leia mais

REDES NEURAIS ARTIFICIAIS EM COLHEITA DE CANA-DE-AÇÚCAR RESUMO

REDES NEURAIS ARTIFICIAIS EM COLHEITA DE CANA-DE-AÇÚCAR RESUMO REDES NEURAIS ARTIFICIAIS EM COLHEITA DE CANA-DE-AÇÚCAR THIAGO RAMOS TRIGO 1 PAULO CESAR DA SILVA BATISTA JÚNIOR 1 FERNANDO BUARQUE DE LIMA NETO 2 RESUMO Este artigo apresenta um maneira de implementar

Leia mais

Biometria Comportamental: Pesquisa e desenvolvimento de um sistema de autenticação de usuários utilizando assinaturas manuscritas

Biometria Comportamental: Pesquisa e desenvolvimento de um sistema de autenticação de usuários utilizando assinaturas manuscritas Biometria Comportamental: Pesquisa e desenvolvimento de um sistema de autenticação de usuários utilizando assinaturas manuscritas Milton Roberto Heinen 1 Fernando Santos Osório 2 UNISINOS - Universidade

Leia mais

Classificação de QoS em Conteúdo Multimídia para Rede VPN utilizando Rede Neural Multilayer Perceptron

Classificação de QoS em Conteúdo Multimídia para Rede VPN utilizando Rede Neural Multilayer Perceptron Classificação de QoS em Conteúdo Multimídia para Rede VPN utilizando Rede Neural Multilayer Perceptron Paula Letícia S. Lima 1, Helvio Seabra V. Filho 1, Rian Sérgio A. Lima 1, Ananias Pereira Neto 1 1

Leia mais

Estudos para Localização de Faltas em Redes Subterrâneas Integrando o Software PSCAD/EMTDC e Ferramentas Inteligentes

Estudos para Localização de Faltas em Redes Subterrâneas Integrando o Software PSCAD/EMTDC e Ferramentas Inteligentes 1 Estudos para ização de Faltas em Redes Subterrâneas Integrando o Software PSCAD/EMTDC e Ferramentas Inteligentes D. S. Gastaldello, A. N. Souza, H. L. M. do Amaral, M. G. Zago e C. C. O. Ramos Resumo--

Leia mais

Uma aplicação de Inteligência Computacional e Estatística Clássica na Previsão do Mercado de Seguros de Automóveis Brasileiro

Uma aplicação de Inteligência Computacional e Estatística Clássica na Previsão do Mercado de Seguros de Automóveis Brasileiro Uma aplicação de Inteligência Computacional e Estatística Clássica na Previsão do Mercado de Seguros de Automóveis Brasileiro Tiago Mendes Dantas t.mendesdantas@gmail.com Departamento de Engenharia Elétrica,

Leia mais

A metodologia utilizada neste trabalho consiste basicamente de três etapas: ensaio, pré-processamento e simulações.

A metodologia utilizada neste trabalho consiste basicamente de três etapas: ensaio, pré-processamento e simulações. SNPTEE SEMINÁRIO NACIONAL DE PRODUÇÃO E TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA GCE 20 14 a 17 Outubro de 2007 Rio de Janeiro - RJ GRUPO XIV GRUPO DE ESTUDO DE CONSERVAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA UTILIZAÇÃO DE REDES

Leia mais

Previsão do Mercado de Ações Brasileiro utilizando Redes Neurais Artificiais

Previsão do Mercado de Ações Brasileiro utilizando Redes Neurais Artificiais Previsão do Mercado de Ações Brasileiro utilizando Redes Neurais Artificiais Elisângela Lopes de Faria (a) Marcelo Portes Albuquerque (a) Jorge Luis González Alfonso (b) Márcio Portes Albuquerque (a) José

Leia mais

Classificação Rápida de Faltas em Sistemas Elétricos Utilizando Redes Neurais Artificiais

Classificação Rápida de Faltas em Sistemas Elétricos Utilizando Redes Neurais Artificiais Proceedings of the IV Brazilian Conference on Neural Networks - IV Congresso Brasileiro de Redes Neurais pp. 281-286, July 2-22, 1999 - ITA, São José dos Campos - SP - Brazil Classificação Rápida de Faltas

Leia mais

IV Congresso Brasileiro de Mamona e I Simpósio Internacional de Oleaginosas Energéticas, João Pessoa, PB 2010 Página 455

IV Congresso Brasileiro de Mamona e I Simpósio Internacional de Oleaginosas Energéticas, João Pessoa, PB 2010 Página 455 Página 455 AVALIAÇÃO DA FITOMASSA SECA DA MAMONEIRA BRS 149 NORDESTINA SOB FERTILIZAÇÃO MINERAL Lúcia Helena Garófalo Chaves 1 ; Evandro Franklin de Mesquita 2,3 ; Hugo Orlando Carvallo Guerra 1 ; Diva

Leia mais

Aplicações Práticas com Redes Neurais Artificiais em Java

Aplicações Práticas com Redes Neurais Artificiais em Java com em Java Luiz D Amore e Mauro Schneider JustJava 2009 17 de Setembro de 2009 Palestrantes Luiz Angelo D Amore luiz.damore@metodista.br Mauro Ulisses Schneider mauro.schneider@metodista.br http://blog.mauros.org

Leia mais

Ajuste da generalização em Redes de Base Radial: uma abordagem multi-objetivo para a estimação de parâmetros

Ajuste da generalização em Redes de Base Radial: uma abordagem multi-objetivo para a estimação de parâmetros Ajuste da generalização em Redes de Base Radial: uma abordagem multi-objetivo para a estimação de parâmetros D. H. D. Carvalho ½¾, M. A. Costa ½ e A. P. Braga ½ dhdc@ufmg.br, azevedo@est.ufmg.br e apbraga@cpdee.ufmg.br

Leia mais

Redes neurais aplicadas na identificação de variedades de soja

Redes neurais aplicadas na identificação de variedades de soja Redes neurais aplicadas na identificação de variedades de soja Fábio R. R. Padilha Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ Rua São Francisco, 5 - Sede Acadêmica, 987-,

Leia mais

TÉCNICAS DE COMPUTAÇÃO PARALELA PARA MELHORAR O TEMPO DA MINERAÇÃO DE DADOS: Uma análise de Tipos de Coberturas Florestais

TÉCNICAS DE COMPUTAÇÃO PARALELA PARA MELHORAR O TEMPO DA MINERAÇÃO DE DADOS: Uma análise de Tipos de Coberturas Florestais UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA CRISTIAN COSMOSKI RANGEL DE ABREU TÉCNICAS DE COMPUTAÇÃO PARALELA PARA MELHORAR

Leia mais

PROTÓTIPO DE SOFTWARE PARA APRENDIZAGEM DE REDES NEURAIS ARTIFICIAIS

PROTÓTIPO DE SOFTWARE PARA APRENDIZAGEM DE REDES NEURAIS ARTIFICIAIS Anais do XXXIV COBENGE. Passo Fundo: Ed. Universidade de Passo Fundo, Setembro de 2006. ISBN 85-7515-371-4 PROTÓTIPO DE SOFTWARE PARA APRENDIZAGEM DE REDES NEURAIS ARTIFICIAIS Rejane de Barros Araújo rdebarros_2000@yahoo.com.br

Leia mais

INSTITUTO DE TECNOLOGIA FACULDADE DE ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO SITEC2010 - Semana do Instituto de Tecnologia Aluno: Edson Adriano Maravalho Avelar Orientador: Prof. Dr. Kelvin Lopes Dias 1 Motivação Aumento

Leia mais

Curso de Redes Neurais utilizando o MATLAB

Curso de Redes Neurais utilizando o MATLAB Curso de Redes Neurais utilizando o MATLAB Victoria Yukie Matsunaga Belém-Pará-Brasil 2012 Esta apostila tem como principal objetivo fornecer um material de auxílio ao Curso de Redes Neurais utilizando

Leia mais

Matlab - Neural Networw Toolbox. Ana Lívia Soares Silva de Almeida

Matlab - Neural Networw Toolbox. Ana Lívia Soares Silva de Almeida 27 de maio de 2014 O que é a Neural Networw Toolbox? A Neural Network Toolbox fornece funções e aplicativos para a modelagem de sistemas não-lineares complexos que não são facilmente modelados com uma

Leia mais

1. Introdução 2. Séries Temporais

1. Introdução 2. Séries Temporais 1. Introdução Predição de valores de ações é uma tarefa desafiadora na área de predição de séries temporais financeiras, devido à grande quantidade de variáveis que envolvem essas predições. No passado,

Leia mais

Título: Modelagem Matemática e Computacional Aplicada na Agricultura de Precisão

Título: Modelagem Matemática e Computacional Aplicada na Agricultura de Precisão Programa Nacional de Cooperação Acadêmica P R O C A D Título: Modelagem Matemática e Computacional Aplicada na Agricultura de Precisão Coordenação Geral: Professora Doutora Vilma Alves de Oliveira Programa

Leia mais

Avaliação do potencial produtivo em montados de sobro com recurso a redes neuronais artificiais

Avaliação do potencial produtivo em montados de sobro com recurso a redes neuronais artificiais Avaliação do potencial produtivo em montados de sobro com recurso a redes neuronais artificiais Susana Dias (Investigadora/Colaboradora da Universidade de Évora e Docente do Instituto Politécnico de Elvas)

Leia mais

SISTEMA ESTABILIZADOR DE PLANOS

SISTEMA ESTABILIZADOR DE PLANOS SISTEMA ESTABILIZADOR DE PLANOS José Ricardo da Silva Ferreira Universidade da Amazônia CCEN/Dpto de Informática Av. Alcindo Cacela, 287 66060-000 Belém, PA E-mail: ricardoferreira@ieee.org Joelson Nogueira

Leia mais

Relatório de uma Aplicação de Redes Neurais

Relatório de uma Aplicação de Redes Neurais UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA COMPUTACAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM ENGENHARIA DE SISTEMAS DISCIPLINA: REDES NEURAIS PROFESSOR: MARCOS

Leia mais

3DODYUDVFKDYH Visão Computacional, Inteligência Artificial, Redes Neurais Artificiais.

3DODYUDVFKDYH Visão Computacional, Inteligência Artificial, Redes Neurais Artificiais. 80,7(0$'(9, 23$5$5(&21+(&,0(172'(3(d$(080 7$%8/(,52'(;$'5(= Sérgio Faustino Ribeiro Juracy Emanuel M. da França Marcelo Alves de Barros José Homero Feitosa Cavalcanti Universidade Federal da Paraíba CCT/COPIN/NEUROLAB-CT/DTM

Leia mais

IN0997 - Redes Neurais

IN0997 - Redes Neurais IN0997 - Redes Neurais Aluizio Fausto Ribeiro Araújo Universidade Federal de Pernambuco Centro de Informática - CIn Departamento de Sistemas da Computação aluizioa@cin.ufpe.br Conteúdo Objetivos Ementa

Leia mais

MINERAÇÃO DE DADOS PARA DETECÇÃO DE SPAMs EM REDES DE COMPUTADORES

MINERAÇÃO DE DADOS PARA DETECÇÃO DE SPAMs EM REDES DE COMPUTADORES MINERAÇÃO DE DADOS PARA DETECÇÃO DE SPAMs EM REDES DE COMPUTADORES Kelton Costa; Patricia Ribeiro; Atair Camargo; Victor Rossi; Henrique Martins; Miguel Neves; Ricardo Fontes. kelton.costa@gmail.com; patriciabellin@yahoo.com.br;

Leia mais

Sistema de Análise de Comportamento de Clientes Baseado em Rede Neural Artificial

Sistema de Análise de Comportamento de Clientes Baseado em Rede Neural Artificial Sistema de Análise de Comportamento de Clientes Baseado em Rede Neural Artificial Thamires Charbaje de Oliveira 1, Maury Meirelles Gouvêa Jr. 2 1 Instituto de Ciências Exatas e Informática 2 Instituto

Leia mais

Identificação de Caracteres com Rede Neuronal Artificial com Interface Gráfica

Identificação de Caracteres com Rede Neuronal Artificial com Interface Gráfica Identificação de Caracteres com Rede Neuronal Artificial com Interface Gráfica João Paulo Teixeira*, José Batista*, Anildio Toca**, João Gonçalves**, e Filipe Pereira** * Departamento de Electrotecnia

Leia mais

Radar de Penetração no Solo e Meio- Ambiente

Radar de Penetração no Solo e Meio- Ambiente UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ASTRONOMIA, GEOFÍSICA E CIÊNCIAS ATMOSFÉRICAS DEPARTAMENTO DE GEOFÍSICA Curso 3ª Idade Radar de Penetração no Solo e Meio- Ambiente Vinicius Rafael Neris dos Santos

Leia mais

MÓDULO DE VALIDAÇÃO CRUZADA PARA TREINAMENTO DE REDES NEURAIS ARTIFICIAIS COM ALGORITMOS BACKPROPAGATION E RESILIENT PROPAGATION

MÓDULO DE VALIDAÇÃO CRUZADA PARA TREINAMENTO DE REDES NEURAIS ARTIFICIAIS COM ALGORITMOS BACKPROPAGATION E RESILIENT PROPAGATION CDD:006.3 MÓDULO DE VALIDAÇÃO CRUZADA PARA TREINAMENTO DE REDES NEURAIS ARTIFICIAIS COM ALGORITMOS BACKPROPAGATION E RESILIENT PROPAGATION CROSS VALIDATION MODULE FOR THE TRAINING OF ARTIFICIAL NEURAL

Leia mais

Relatório Iniciação Científica

Relatório Iniciação Científica Relatório Iniciação Científica Ambientes Para Ensaios Computacionais no Ensino de Neurocomputação e Reconhecimento de Padrões Bolsa: Programa Ensinar com Pesquisa-Pró-Reitoria de Graduação Departamento:

Leia mais

OTIMIZAÇÃO DE REDES NEURAIS PARA PREVISÃO DE SÉRIES TEMPORAIS

OTIMIZAÇÃO DE REDES NEURAIS PARA PREVISÃO DE SÉRIES TEMPORAIS OTIMIZAÇÃO DE REDES NEURAIS PARA PREVISÃO DE SÉRIES TEMPORAIS Trabalho de Conclusão de Curso Engenharia da Computação Adélia Carolina de Andrade Barros Orientador: Prof. Dr. Adriano Lorena Inácio de Oliveira

Leia mais

MLP (Multi Layer Perceptron)

MLP (Multi Layer Perceptron) MLP (Multi Layer Perceptron) André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br Roteiro Rede neural com mais de uma camada Codificação de entradas e saídas Decorar x generalizar Perceptron Multi-Camada (MLP -

Leia mais

AVALIAÇÃO DE PROGÊNIES DE MILHO NA PRESENÇA E AUSÊNCIA DE ADUBO

AVALIAÇÃO DE PROGÊNIES DE MILHO NA PRESENÇA E AUSÊNCIA DE ADUBO REVISTA CIENTÍFICA ELETRÔNICA DE AGRONOMIA ISSN 1677-0293 PERIODICIDADE SEMESTRAL ANO III EDIÇÃO NÚMERO 5 JUNHO DE 2004 -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Classificação Automática dos Usuários da Rede Social Acadêmica Scientia.Net

Classificação Automática dos Usuários da Rede Social Acadêmica Scientia.Net Classificação Automática dos Usuários da Rede Social Acadêmica Scientia.Net Vinícius Ponte Machado 1, Bruno Vicente Alves de Lima 2, Heloína Alves Arnaldo 3, Sanches Wendyl Ibiapina Araújo 4 Departamento

Leia mais

E-mail: rbrunow@uss.br

E-mail: rbrunow@uss.br ! " # $! &%'! ()*) ( +!, -,./!, ' *3.45 6 3 7 3 8 3 *3.49: 3 8 *- ; ,?3. @*

Leia mais

Figura 5.1.Modelo não linear de um neurônio j da camada k+1. Fonte: HAYKIN, 2001

Figura 5.1.Modelo não linear de um neurônio j da camada k+1. Fonte: HAYKIN, 2001 47 5 Redes Neurais O trabalho em redes neurais artificiais, usualmente denominadas redes neurais ou RNA, tem sido motivado desde o começo pelo reconhecimento de que o cérebro humano processa informações

Leia mais

Automatização do processo de determinação do número de ciclos de treinamento de uma Rede Neural Artificial

Automatização do processo de determinação do número de ciclos de treinamento de uma Rede Neural Artificial Automatização do processo de determinação do número de ciclos de treinamento de uma Rede Neural Artificial André Ricardo Gonçalves; Maria Angélica de Oliveira Camargo Brunetto Laboratório Protem Departamento

Leia mais

Redes Neurais Artificiais na Engenharia Nuclear 2 Aula-1 Ano: 2005

Redes Neurais Artificiais na Engenharia Nuclear 2 Aula-1 Ano: 2005 Redes Neurais Artificiais na Engenharia Nuclear 1 - Apresentação do Professor: dados, lista de E-mail s, etc. - Apresentação da Turma: Estatística sobre origem dos alunos para adaptação do curso - Apresentação

Leia mais

MODELOS PARA PREVISÃO DE DEMANDA NO RESTAURANTE UNIVERSITÁRIO UTILIZANDO TÉCNICAS DE REDES NEURAIS

MODELOS PARA PREVISÃO DE DEMANDA NO RESTAURANTE UNIVERSITÁRIO UTILIZANDO TÉCNICAS DE REDES NEURAIS 31 de Julho a 02 de Agosto de 2008 MODELOS PARA PREVISÃO DE DEMANDA NO RESTAURANTE UNIVERSITÁRIO UTILIZANDO TÉCNICAS DE REDES NEURAIS Liliane Lopes Cordeiro (DMA - UFV) lililopescordeiro@yahoo.com.br Heverton

Leia mais

ESTUDO DOS DADOS DA LIXIVIAÇÃO DOS MATERIAIS DE ELETRODOS DE PILHAS EM HCl POR REDE NEURAL

ESTUDO DOS DADOS DA LIXIVIAÇÃO DOS MATERIAIS DE ELETRODOS DE PILHAS EM HCl POR REDE NEURAL ESTUDO DOS DADOS DA LIXIVIAÇÃO DOS MATERIAIS DE ELETRODOS DE PILHAS EM HCl POR REDE NEURAL Macêdo, M. I. F 1, Rosa, J. L. A. 2, Gonçalves, F. 2, Boente, A. N. P. 2 1 Laboratório de Tecnologia de Materiais,

Leia mais

MODELAGEM MATEMÁTICA DA ABSORÇÃO DE ÁGUA EM SEMENTES DE FEIJÃO DURANTE O PROCESSAMENTO DE ENLATADOS.

MODELAGEM MATEMÁTICA DA ABSORÇÃO DE ÁGUA EM SEMENTES DE FEIJÃO DURANTE O PROCESSAMENTO DE ENLATADOS. MODELAGEM MATEMÁTICA DA ABSORÇÃO DE ÁGUA EM SEMENTES DE FEIJÃO DURANTE O PROCESSAMENTO DE ENLATADOS. Lorena Brito Miranda 1 ; Glêndara Aparecida de Souza Martins 2 ; Warley Gramacho da Silva 3 1 Aluno

Leia mais

Inteligência Artificial. Redes Neurais Artificiais

Inteligência Artificial. Redes Neurais Artificiais Curso de Especialização em Sistemas Inteligentes Aplicados à Automação Inteligência Artificial Redes Neurais Artificiais Aulas Práticas no Matlab João Marques Salomão Rodrigo Varejão Andreão Matlab Objetivos:

Leia mais

REDES NEURAIS PARA PREDIÇÃO DE VARIÁVEIS CLIMÁTICAS RELEVANTES PARA A AGRICULTURA 1

REDES NEURAIS PARA PREDIÇÃO DE VARIÁVEIS CLIMÁTICAS RELEVANTES PARA A AGRICULTURA 1 ISSN 1413-6244 Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Centro Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento de Instrumentação Agropecuária Ministério da Agricultura e do Abastecimento Rua XV de Novembro,

Leia mais

tipos de métodos, técnicas de inteligência artificial e técnicas de otimização. Por fim, concluise com as considerações finais.

tipos de métodos, técnicas de inteligência artificial e técnicas de otimização. Por fim, concluise com as considerações finais. 1. Introdução A previsão de vendas é fundamental para as organizações uma vez que permite melhorar o planejamento e a tomada de decisão sobre o futuro da empresa. Contudo toda previsão carrega consigo

Leia mais

PREVISÃO DO PREÇO DA SOJA UTILIZANDO REDES NEURAIS

PREVISÃO DO PREÇO DA SOJA UTILIZANDO REDES NEURAIS PREVISÃO DO PREÇO DA SOJA UTILIZANDO REDES NEURAIS 1 William Hajime Yonenaga e 2 Reginaldo Santana Figueiredo 1 Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, 2 Departamento de Engenharia de Produção

Leia mais

TÓPICOS AVANÇADOS EM ENGENHARIA DE SOFTWARE

TÓPICOS AVANÇADOS EM ENGENHARIA DE SOFTWARE TÓPICOS AVANÇADOS EM ENGENHARIA DE SOFTWARE Engenharia de Computação Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto Estudos Comparativos Recentes - Behavior Scoring Roteiro Objetivo Critérios de Avaliação

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: Massas Nodulares, Classificação de Padrões, Redes Multi- Layer Perceptron.

PALAVRAS-CHAVE: Massas Nodulares, Classificação de Padrões, Redes Multi- Layer Perceptron. 1024 UMA ABORDAGEM BASEADA EM REDES PERCEPTRON MULTICAMADAS PARA A CLASSIFICAÇÃO DE MASSAS NODULARES EM IMAGENS MAMOGRÁFICAS Luan de Oliveira Moreira¹; Matheus Giovanni Pires² 1. Bolsista PROBIC, Graduando

Leia mais

TEORES FOLIARES DE N, P E K EM MELANCIA FERTIRRIGADA COM DOSES DE NITROGÊNIO E FÓSFORO

TEORES FOLIARES DE N, P E K EM MELANCIA FERTIRRIGADA COM DOSES DE NITROGÊNIO E FÓSFORO TEORES FOLIARES DE N, P E K EM MELANCIA FERTIRRIGADA COM DOSES DE NITROGÊNIO E FÓSFORO M. S. Souza 1 ; J. F. de Medeiros 2 ; S. W. P. Chaves 2 ; M. V. T. Silva 3 ; O. M. P. Silva 4 ; A. P. F. Santos 4

Leia mais

Automatização do processo de determinação do número de ciclos de treinamento de uma Rede Neural Artificial

Automatização do processo de determinação do número de ciclos de treinamento de uma Rede Neural Artificial Automatização do processo de determinação do número de ciclos de treinamento de uma Rede Neural Artificial André Ricardo Gonçalves 1, Maria Angélica de Oliveira Camargo Brunetto 2 1,2 Laboratório de Pesquisa

Leia mais

Aula 2 RNA Arquiteturas e Treinamento

Aula 2 RNA Arquiteturas e Treinamento 2COP229 Aula 2 RNA Arquiteturas e Treinamento 2COP229 Sumário 1- Arquiteturas de Redes Neurais Artificiais; 2- Processos de Treinamento; 2COP229 1- Arquiteturas de Redes Neurais Artificiais -Arquitetura:

Leia mais

ANÁLISE COMPARATIVA DE FERRAMENTAS DE REDES NEURAIS ARTIFICIAIS

ANÁLISE COMPARATIVA DE FERRAMENTAS DE REDES NEURAIS ARTIFICIAIS ANÁLISE COMPARATIVA DE FERRAMENTAS DE REDES NEURAIS ARTIFICIAIS Ivan Luis Suptitz (UNISC) ivansuptitz@gmail.com Rejane Frozza (UNISC) frozza@unisc.br Rolf Fredi Molz (UNISC) rolf@unisc.br Este artigo promove

Leia mais

Nathalie Portugal Vargas

Nathalie Portugal Vargas Nathalie Portugal Vargas 1 Introdução Trabalhos Relacionados Recuperação da Informação com redes ART1 Mineração de Dados com Redes SOM RNA na extração da Informação Filtragem de Informação com Redes Hopfield

Leia mais

Classificação dos Usuários da Rede Social Scientia.Net através de Redes Neurais Artificiais

Classificação dos Usuários da Rede Social Scientia.Net através de Redes Neurais Artificiais Classificação dos Usuários da Rede Social Scientia.Net através de Redes Neurais Artificiais Vinicius Ponte Machado 1 Bruno Vicente Alves de Lima 1 Sanches Wendyl Ibiapina Araújo 1 Heloína Alves Arnaldo

Leia mais

Utilização de Modelos de Redes Neurais Associados a Imagens para Navegação de Robôs Móveis

Utilização de Modelos de Redes Neurais Associados a Imagens para Navegação de Robôs Móveis Utilização de Modelos de Redes Neurais Associados a Imagens para Navegação de Robôs Móveis ANA CAROLINA LORENA 1 ROSELI APARECIDA FRANCELIN ROMERO (ORIENTADORA) 1 1 USP Universidade de São Paulo ICMC -

Leia mais

3 Metodologia de Previsão de Padrões de Falha

3 Metodologia de Previsão de Padrões de Falha 3 Metodologia de Previsão de Padrões de Falha Antes da ocorrência de uma falha em um equipamento, ele entra em um regime de operação diferente do regime nominal, como descrito em [8-11]. Para detectar

Leia mais

Produção de feijão-fava em resposta ao emprego de doses de esterco bovino e presença e ausência de NPK

Produção de feijão-fava em resposta ao emprego de doses de esterco bovino e presença e ausência de NPK Produção de feijão-fava em resposta ao emprego de doses de esterco bovino e presença e ausência de NPK Adriana U. Alves ; Ademar P. de Oliveira 2 ; Carina S. M. Dornelas ; Anarlete U. Alves 3 ; Edna U.

Leia mais

Redes Neurais. A IA clássica segue o paradigma da computação simbólica

Redes Neurais. A IA clássica segue o paradigma da computação simbólica Abordagens não simbólicas A IA clássica segue o paradigma da computação simbólica Redes Neurais As redes neurais deram origem a chamada IA conexionista, pertencendo também a grande área da Inteligência

Leia mais

PRODUÇÃO DE MAMONEIRA CV BRS 149 NORDESTINA ADUBADA COM NITROGÊNIO, FOSFÓRO E POTÁSSIO

PRODUÇÃO DE MAMONEIRA CV BRS 149 NORDESTINA ADUBADA COM NITROGÊNIO, FOSFÓRO E POTÁSSIO Página 755 PRODUÇÃO DE MAMONEIRA CV BRS 149 NORDESTINA ADUBADA COM NITROGÊNIO, FOSFÓRO E POTÁSSIO Evandro Franklin de Mesquita 1,2, Lúcia Helena Garofálo Chaves 3, Hugo Orlando carvallo Guerra3, Diva Lima

Leia mais

SEGMENTAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE IMAGENS DE LARANJEIRAS UTILIZANDO JSEG E PERCEPTRON MULTICAMADAS

SEGMENTAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE IMAGENS DE LARANJEIRAS UTILIZANDO JSEG E PERCEPTRON MULTICAMADAS SEGMENTAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE IMAGENS DE LARANJEIRAS... 189 SEGMENTAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE IMAGENS DE LARANJEIRAS UTILIZANDO JSEG E PERCEPTRON MULTICAMADAS Felipe Alves Cavani Rafael Vieira de Sousa Arthur

Leia mais

Uso de húmus sólido e diferentes concentrações de húmus líquido em características agronômicas da alface

Uso de húmus sólido e diferentes concentrações de húmus líquido em características agronômicas da alface Uso de húmus sólido e diferentes concentrações de húmus líquido em características agronômicas da alface Everto Geraldo de MORAIS 1 ; Chrystiano Pinto de RESENDE 2 ; Marco Antônio Pereira RESUMO LOPES

Leia mais

Análise de Tendências de Mercado por Redes Neurais Artificiais

Análise de Tendências de Mercado por Redes Neurais Artificiais Análise de Tendências de Mercado por Redes Neurais Artificiais Carlos E. Thomaz 1 e Marley M.B.R. Vellasco 2 1 Departamento de Engenharia Elétrica (IAAA), FEI, São Paulo, Brasil 2 Departamento de Engenharia

Leia mais

ANÁLISE DE PRÉ-PROCESSAMENTO NO DESEMPENHO DE PREVISÃO DE SÉRIES TEMPORAIS FINANCEIRAS

ANÁLISE DE PRÉ-PROCESSAMENTO NO DESEMPENHO DE PREVISÃO DE SÉRIES TEMPORAIS FINANCEIRAS Universidade Federal de Pernambuco Centro de Informática Graduação em Ciência da Computação ANÁLISE DE PRÉ-PROCESSAMENTO NO DESEMPENHO DE PREVISÃO DE SÉRIES TEMPORAIS FINANCEIRAS PROPOSTA DE TRABALHO DE

Leia mais

REDES NEURAIS PARA IDENTIFICAÇÃO DE PADRÕES NA DETECÇÃO DE QUEIMADAS NA FLORESTA AMAZÔNICA

REDES NEURAIS PARA IDENTIFICAÇÃO DE PADRÕES NA DETECÇÃO DE QUEIMADAS NA FLORESTA AMAZÔNICA REDES NEURAIS PARA IDENTIFICAÇÃO DE PADRÕES NA DETECÇÃO DE QUEIMADAS NA FLORESTA AMAZÔNICA Luiz Pinheiro Duarte Neto 1, Lauro Yasumasa Nakayama 2, Juliano João Bazzo 3 1 Instituto Nacional de Pesquisas

Leia mais

Redes Neurais Construtivas. Germano Crispim Vasconcelos Centro de Informática - UFPE

Redes Neurais Construtivas. Germano Crispim Vasconcelos Centro de Informática - UFPE Redes Neurais Construtivas Germano Crispim Vasconcelos Centro de Informática - UFPE Motivações Redes Feedforward têm sido bastante utilizadas em aplicações de Reconhecimento de Padrões Problemas apresentados

Leia mais

OBJETIVOS. Aplicar técnicas de inteligência artificial na solução de problemas de controle e automação. EMENTA

OBJETIVOS. Aplicar técnicas de inteligência artificial na solução de problemas de controle e automação. EMENTA Curso: ENGENHARIA ELÉTRICA Unidade Curricular: INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL Professor(es): HANS ROLF KULITZ Período Letivo: OPTATIVA Carga Horária: 30 h TEÓRICAS E 30 h PRÁTICA OBJETIVOS Geral: Aplicar técnicas

Leia mais

RESPONSE FUNCTION OF MELON TO APPLICATION OF WATER DEPTHS FOR SOIL AND CLIMATIC CONDITIONS OF TERESINA-PI

RESPONSE FUNCTION OF MELON TO APPLICATION OF WATER DEPTHS FOR SOIL AND CLIMATIC CONDITIONS OF TERESINA-PI FUNÇÃO DE RESPOSTA DO MELOEIRO À APLICAÇÃO DE LÂMINAS DE ÁGUA PARA AS CONDIÇÕES EDAFOCLIMÁTICAS DE TERESINA-PI E. R. GOMES 1 ; A. F. ROCHA JÚNIOR 2 ; C. A. SOARES 3 ; F. E. P. MOUSINHO 4 ; A. A. C. SALVIANO

Leia mais

Palavras-chave: Sistema neuro-fuzzy, Sistemas de avaliação, Sistemas Adaptativos.

Palavras-chave: Sistema neuro-fuzzy, Sistemas de avaliação, Sistemas Adaptativos. ANÁLISE DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA NA UERJ A PARTIR DE INDICADORES CONSTRUÍDOS BASEADOS NO EXAME NACIONAL DE CURSOS: UM SISTEMA NEBULOSO DE AVALIAÇÃO Maria Luiza F. Velloso mlfv@centroin.com.br Universidade

Leia mais

MONITORAMENTO ON-LINE DE PROCESSOS DE USINAGEM VIA MEDIÇÃO DE VIBRAÇÕES

MONITORAMENTO ON-LINE DE PROCESSOS DE USINAGEM VIA MEDIÇÃO DE VIBRAÇÕES 16º POSMEC Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Engenharia Mecânica MONITORAMENTO ON-LINE DE PROCESSOS DE USINAGEM VIA MEDIÇÃO DE VIBRAÇÕES Tatiana Meola Universidade Federal de Uberlândia tatiana.meola@gmail.com

Leia mais

ADUBAÇÃO ORGÂNICA E MINERAL NA PRODUTIVIDADE DA CANA- SOCA

ADUBAÇÃO ORGÂNICA E MINERAL NA PRODUTIVIDADE DA CANA- SOCA Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas ADUBAÇÃO ORGÂNICA E MINERAL NA PRODUTIVIDADE DA CANA- SOCA Lucélia Alves Ramos (1) ; Regina Maria Quintão Lana (2) ; Gaspar Henrique Korndörfer (2), Adriane de

Leia mais

ORANGE TREES IMAGE SEGMENTATION WITH SELF-ORGANIZED MAPS ABSTRACT

ORANGE TREES IMAGE SEGMENTATION WITH SELF-ORGANIZED MAPS ABSTRACT SEGMENTAÇÃO DE IMAGENS DE LARANJEIRAS COM MAPAS AUTO-ORGANIZÁVEIS FELIPE ALVES CAVANI 1 MÁRIO LUIZ TRONCO 2 RAFAEL VIEIRA DE SOUSA 3 ARTHUR JOSÉ VIEIRA PORTO 4 RESUMO A complexidade presente nas imagens

Leia mais

Crescimento de milho fertilizado com manipueira aplicada via foliar

Crescimento de milho fertilizado com manipueira aplicada via foliar Crescimento de milho fertilizado com manipueira aplicada via foliar Narcísio Cabral de Araújo 1, Thiago Costa Ferreira 2, Suenildo Jósemo Costa Oliveira 2, Abílio José Procópio Queiroz 1, Vera Lúcia Antunes

Leia mais

RELATÓRIO FINAL. AVALIAÇÃO DO PRODUTO CELLERON-SEEDS e CELLERON-FOLHA NA CULTURA DO MILHO CULTIVADO EM SEGUNDA SAFRA

RELATÓRIO FINAL. AVALIAÇÃO DO PRODUTO CELLERON-SEEDS e CELLERON-FOLHA NA CULTURA DO MILHO CULTIVADO EM SEGUNDA SAFRA RELATÓRIO FINAL AVALIAÇÃO DO PRODUTO CELLERON-SEEDS e CELLERON-FOLHA NA CULTURA DO MILHO CULTIVADO EM SEGUNDA SAFRA Empresa solicitante: FOLLY FERTIL Técnicos responsáveis: Fabio Kempim Pittelkow¹ Rodrigo

Leia mais

Inteligência Computacional [2COP229]

Inteligência Computacional [2COP229] Inteligência Computacional [2COP229] Mestrado em Ciência da Computação Sylvio Barbon Jr barbon@uel.br (2/24) Tema Aula 1 Introdução ao Reconhecimento de Padrões 1 Introdução 2 Componentes clássicos da

Leia mais

CAPACIDADE PREDITIVA DE DEMONSTRATIVOS FINANCEIROS PARA COMPORTAMENTO DE PREÇO DE ATIVOS FINANCEIROS

CAPACIDADE PREDITIVA DE DEMONSTRATIVOS FINANCEIROS PARA COMPORTAMENTO DE PREÇO DE ATIVOS FINANCEIROS IV SEMEAD CAPACIDADE PREDITIVA DE DEMONSTRATIVOS FINANCEIROS PARA COMPORTAMENTO DE PREÇO DE ATIVOS FINANCEIROS Fernando C de Almeida 1 Alan de G. Dario 2 Pascal Dumontier 3 RESUMO Este artigo explora a

Leia mais

Projeto de Redes Neurais e MATLAB

Projeto de Redes Neurais e MATLAB Projeto de Redes Neurais e MATLAB Centro de Informática Universidade Federal de Pernambuco Sistemas Inteligentes IF684 Arley Ristar arrr2@cin.ufpe.br Thiago Miotto tma@cin.ufpe.br Baseado na apresentação

Leia mais

ESTATÍSTICA EXPERIMENTAL Dr. Sérgio do N. Kronka 1. INTRODUÇÃO

ESTATÍSTICA EXPERIMENTAL Dr. Sérgio do N. Kronka 1. INTRODUÇÃO ESTATÍSTICA EXPERIMENTAL Dr. Sérgio do N. Kronka 1. INTRODUÇÃO A Estatística Experimental tem por objetivo o estudo dos experimentos, incluindo o planejamento, execução, análise dos dados e interpretação

Leia mais

APLICAÇÃO DE REDES NEURAIS NA PREVISÃO DE VAZÃO ATRAVÉS DA FUNDAÇÃO DA OMBREIRA ESQUERDA DA BARRAGEM CORUMBÁ-I

APLICAÇÃO DE REDES NEURAIS NA PREVISÃO DE VAZÃO ATRAVÉS DA FUNDAÇÃO DA OMBREIRA ESQUERDA DA BARRAGEM CORUMBÁ-I COMITÊ BRASILEIRO DE BARRAGENS XXV SEMINÁRIO NACIONAL DE GRANDES BARRAGENS SALVADOR, 12 A 15 DE OUTUBRO DE 2003 T92 A23 APLICAÇÃO DE REDES NEURAIS NA PREVISÃO DE VAZÃO ATRAVÉS DA FUNDAÇÃO DA OMBREIRA ESQUERDA

Leia mais

PREDIÇÃO DO NÚMERO DE REFEIÇÕES UTILIZANDO REDES NEURAIS ARTIFICIAIS

PREDIÇÃO DO NÚMERO DE REFEIÇÕES UTILIZANDO REDES NEURAIS ARTIFICIAIS PREDIÇÃO DO NÚMERO DE REFEIÇÕES UTILIZANDO REDES NEURAIS ARTIFICIAIS HEVERTON A. PEREIRA 1, LEONARDO B. FELIX 2, LILIANE LOPES CORDEIRO 3, HÉLIO M. A. ANTUNES 4 1 Depto. de Engenharia Elétrica e de Computação

Leia mais

Doses de adubo para produção de mudas de tomate (Solanum lycopersicum)

Doses de adubo para produção de mudas de tomate (Solanum lycopersicum) Doses de adubo para produção de mudas de tomate (Solanum lycopersicum) Dinael Henrique Rocha 1 ; Vinicius Samuel Martins 1 ; Rafael Antônio Cavalcante Carvalho 1 ; Jakeline Aparecida Greiver Ribeiro Ferreira

Leia mais

Utilizando Redes Neurais Artificiais no Controle Robusto de Navegação de Robôs Móveis

Utilizando Redes Neurais Artificiais no Controle Robusto de Navegação de Robôs Móveis Utilizando Redes Neurais Artificiais no Controle Robusto de Navegação de Robôs Móveis Gustavo Pessin 1, Fernando Osório 2, Soraia Musse 3 1 Faculdades UNICEN Av. Guterres 241 Primavera do Leste MT Brasil

Leia mais

1. Introdução. Arnaldo Brás de Araujo 1. Unipac Universidade Presidente Antônio Carlos Cep 36.204 183 Barbacena MG Brazil

1. Introdução. Arnaldo Brás de Araujo 1. Unipac Universidade Presidente Antônio Carlos Cep 36.204 183 Barbacena MG Brazil Um modelo neural para a verificação da ocorrência de defeitos em equipamentos eletrônicos com o uso de Data Mining, aplicado à área de automação comercial. Arnaldo Brás de Araujo 1 1 Unipac Universidade

Leia mais

FONTES E DOSES DE RESÍDUOS ORGÂNICOS NA RECUPERAÇÃO DE SOLO DEGRADADO SOB PASTAGENS DE Brachiaria brizantha cv. MARANDÚ

FONTES E DOSES DE RESÍDUOS ORGÂNICOS NA RECUPERAÇÃO DE SOLO DEGRADADO SOB PASTAGENS DE Brachiaria brizantha cv. MARANDÚ FONTES E DOSES DE RESÍDUOS ORGÂNICOS NA RECUPERAÇÃO DE SOLO DEGRADADO SOB PASTAGENS DE Brachiaria brizantha cv. MARANDÚ Carlos Augusto Oliveira de ANDRADE 1 ; Rubens Ribeiro da SILVA. 1 Aluno do Curso

Leia mais

Simulador de Redes Neurais Multiplataforma

Simulador de Redes Neurais Multiplataforma Simulador de Redes Neurais Multiplataforma Lucas Hermann Negri 1, Claudio Cesar de Sá 2, Ademir Nied 1 1 Departamento de Engenharia Elétrica Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) Joinville SC

Leia mais

Mineração de Dados Meteorológicos pela Teoria dos Conjuntos Aproximativos para Aplicação na Previsão de Precipitação Sazonal

Mineração de Dados Meteorológicos pela Teoria dos Conjuntos Aproximativos para Aplicação na Previsão de Precipitação Sazonal Anais do CNMAC v.2 ISSN 1984-820X Mineração de Dados Meteorológicos pela Teoria dos Conjuntos Aproximativos para Aplicação na Previsão de Precipitação Sazonal Juliana Aparecida Anochi Instituto Nacional

Leia mais

Revista Hispeci & Lema On Line ano III n.3 nov. 2012 ISSN 1980-2536 unifafibe.com.br/hispecielemaonline Centro Universitário UNIFAFIBE Bebedouro-SP

Revista Hispeci & Lema On Line ano III n.3 nov. 2012 ISSN 1980-2536 unifafibe.com.br/hispecielemaonline Centro Universitário UNIFAFIBE Bebedouro-SP Reconhecimento de face utilizando banco de imagens monocromáticas e coloridas através dos métodos da análise do componente principal (PCA) e da Rede Neural Artificial (RNA) [Recognition to face using the

Leia mais