Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "omar.fernandez@athisa.es"

Transcrição

1 CONTRIBUIÇÃO DE UM NOVO MODELO DE GESTÃO DE RESÍDUOS HOSPITALARES E FARMACÊUTICOS NA MINIMIZAÇÃO DAS INFECÇÕES HOSPITALARES D. Omar Fernández Sanfrancisco Diretor-Gerente de Athisa Residuos Biosanitarios CONTRIBUCIÓN DE UN NUEVO MODELO DE GESTIÓN DE RESIDUOS HOSPITALARIOS Y FARMACÉUTICOS A LA MINIMIZACIÓN DE LAS INFECCIONES NOSOCOMIALES D. Omar Fernández Sanfrancisco Director-Gerente de Athisa Residuos Biosanitarios

2 INDICE: 1. APRESENTAÇÃO DA ATHISA RESÍDUOS BIO- SANITÁRIOS E A SUA PRESÊNÇA INTERNACIONAL 2. CONTRIBUIÇÃO DO MODELO DE GESTÃO NA 3. CONCLUSÕES: SAÚDE PÚBLICA, SAÚDE LABORAL E SAÚDE AMBIENTAL 1. PRESENTACIÓN DE ATHISA RESIDUOS BIOSANITARIOS Y SU PRESENCIA INTERNACIONAL 2. CONTRIBUCIÓN DEL MODELO DE GESTIÓN A LA MINIMIZACIÓN DE INFECCIONES NOSOCOMIALES 3. CONCLUSIONES: SALUD PÚBLICA, SALUD LABORAL Y SALUD MEDIOAMBIENTAL

3 1. ATHISA INTERNATIONAL EXPERIENCE A) INTERNATIONAL CONTRACTS AND PROJECTS COUNTRY YEAR HOSPITALS SERVICED POPULATION SERVED TREATMENT PLANTS KILOS OF HCW TREATED CONTAINERS EMPLOYED COURSES GIVEN AVE. ANUAL REVENUE SPAIN 1992-PRESENT ,000, ,000,000 32,000, ,500,000 PORTUGAL ,000, ,000,000 12,000,000, 100 5,000,000 MOROCCO PRESENT 80 4,500, ,000,000 3,200, ,900,000 TURKEY PRESENT 35 1,500, ,000,000 1,840, ,500,000 Plants in Spain Granada Sevilla (3) Ciudad Real Madrid (2) Valencia Burgos Barcelona Tenerife Plants in Turkey Samsun Erzurum Kusadasi Aksaray Plants in Portugal Lisbon Aveiro Beja Braga Plants in Morocco Tetuan (2) Tanger Settat Agadir and Safi Casablanca Plants in Syria Damascus Homs (Contracted and awaiting conflict resolution) ATHISA 25 YEARS OF HEALTHCARE WASTE MANAGEMENT

4 ATHISA INTERNATIONAL EXPERIENCE B) PRESENCE IN FOUR CONTINENTS Athisa has established 26 plants in Europe, Africa y Asia. International Office in Spain Delegations in developing countries: Morocco, DELEGATIONS Turkey, Perú, COMMERCIAL NETWORK ATHISA 25 YEARS OF HEALTHCARE WASTE MANAGEMENT

5 ATHISA INTERNATIONAL EXPERIENCE C) INTERNATIONAL CONTRACTS AND PROJECTS RELEVANT REFERENCES Year Agency Project Name Size (USD) Europaid Supply and commissioning of the machinery for a treatment plant in Kusadasi/Turkey Europaid Supply, installation and commissioning of the machinery for a medical waste treatment plant in Damascus/Syria KFW Bank Supply and installation of a healthcare waste treatment facility in Erzurum/Turkey KFW Bank Supply and installation of a healthcare waste treatment facility in Samsun/Turkey. 485, USD Project on Stand by. 736, USD 541, USD Athisa Group: Vendor listed on the UNDP GEF Global Healthcare Waste Project; and in the Compendium of Technologies for the Treatment and Destruction of Healthcare Wastes (UNEP). ATHISA 25 YEARS OF HEALTHCARE WASTE MANAGEMENT

6 OBJETIVO GERAL Eliminar os riscos para a saúde pública, a saúde laboral e a saúde ambiental derivados da gestão dos resíduos sanitários, baseado na Técnica de Gestão Avançada de Resíduos Sanitários. OBJETIVO GENERAL Eliminar los riesgos para la salud pública, la salud laboral y la salud medioambiental derivados de la gestión de los residuos sanitarios, basado en la Técnica de Gestión Avanzada de Residuos Sanitarios.

7 GESTÃO INTEGRAL DE RESÍDUOS SANITÁRIOS Decomposição em Etapas Etapa I Operações básicas: Classificação, Separação, Recolha, Transporte e Armazenamento de Residuos Sanitários Etapa II Operações básicas: Transporte e Descarga de Residuos Sanitários na Estação de Tratamento Etapa III Operações básicas: Tratamento e Eliminação de Resíduo Sanitário na estação

8 FASE I: RECOLHA DE INFORMAÇÃO FASE I: RECOGIDA DE INFORMACIÓN A) Diagnóstico da situação de produção e gestão de resíduos sanitários. B) Identificação e quantificação das necessidades. C) Identificação e quantificação dos recursos necessários. D) Proposta de Plano Diretor de Gestão de Resíduos Sanitários. A) Diagnóstico de la situación de producción y gestión de residuos sanitarios. B) Identificación y cuantificación de las necesidades. C) Identificación y cuantificación de los recursos necesarios. D) Propuesta de Plan Director de Gestión de Residuos Sanitarios.

9 FASE II: ARRANQUE DO SERVIÇO DE GESTÃO DE RESÍDUOS SANITÁRIOS FASE II: PUESTA EN MARCHA DEL SERVICIO DE GESTIÓN DE RESIDUOS SANITARIOS A) Fornecimento de contentores, recipientes e etiquetas. B) Seleção de veículos adequados de acordo com o Plano de Rotas. C) Desenho, construção, montagem e arranque de uma Estação de Tratamento de Resíduos Sanitários. D) Avaliação das prestações de serviço. A) Suministro de contenedores, envases y etiquetas. B) Selección de vehículos adecuados de acuerdo al Plan de Rutas. C) Diseño, construcción, montaje y puesta en marcha de una Planta de Tratamiento de Residuos Sanitarios. D) Evaluación de las prestaciones.

10 UM MODELO DE ÊXITO INTERNACIONAL TRANSFERÊNCIA DE CONHECIMENTO TRANSFERENCIA DE CONOCIMIENTO INOVAÇÃO TECNOLÓGICA INNOVACIÓN TECNOLÓGICA CONTROLO DE QUALIDADE CONTROL DE CALIDAD

11 ETAPA I: SEPARAÇÃO E CONTENTORIZAÇÃO DO RESÍDUO Classificação e separação dos distintos tipos de resíduos. Recolha, embalamento e contentorização. Transporte interno. Armazenamento intrahospitalar. Clasificación y segregación de los distintos tipos de residuos. Recogida, Envasado y contenerización. Traslado interno. Almacenamiento intrahospitalario.

12 ETAPA I: SEPARAÇÃO E CONTENTORIZAÇÃO DO RESÍDUO Elaboración de la Guía de Segregación. FORMACIÓN, SÍ, PERO CON EVALUACIÓN CONTINUA DE LOS RESULTADOS. AUDITORÍAS DE SEGREGACIÓN. Diseño de Circuitos Limpio-Sucio: CONTROL DE CALIDAD MICROBIOLÓGICA. Aumentar las medidas para evitar derrames. Carros, o contenedores de 660L. Almacenamiento intrahospitalario: REFRIGERACIÓN, ATMÓSFERA BACTERIOSTÁTICA, SEPARACIÓN DE LIMPIO-SUCIO, USO DE ALMACENES EN EXTERIOR DE LOS CENTROS.

13 ETAPA I: SEPARAÇÃO E CONTENTORIZAÇÃO DO RESÍDUO RECURSOS NECESSÁRIOS

14 ETAPA I: SEPARAÇÃO E CONTENTORIZAÇÃO DO RESÍDUO LOGÍSTICA PARA UNA MAYOR SEGURIDAD MICROBIANA: 1. REFRIGERACIÓN DEL CUARTO ALMACÉN. 2. HERMETICIDAD EN CONTENEDORES (pernos y juntas) 3. EVITAR DERRAMES (transporte en carros con seguridad) 4. ATMÓSFERA DESINFECTANTE (uso de Ozonificador en Almacén) 5. DESINFECCIÓN DE SUPERFICIES y AMBIENTE (Desinfección periódica de almacén) 6. CONTROL DE CALIDAD MICROBIOLÓGICA (Laminocultivos, Placas RODAC).

15 ETAPA II: TRANSPORTE DO RESÍDUO Planificação de Rotas. Preenchimento de documentação. Transporte dos contentores até à estação de tratamento e eliminação de resíduos. Limpeza e desinfeção do veículo de transporte Diseño del Plan de Rutas. Cumplimentación de documentación. Trasporte de los contenedores hasta la planta de tratamiento y eliminación de residuos. Limpieza y desinfección del vehículo de transporte

16 ETAPA II: TRANSPORTE DO RESÍDUO Elaboración del PLAN DE RUTAS. Seguridad e Higiene en la carga y descarga de contenedores. Evitar caídas y derrames. Medios auxiliares: plataforma elevadora, carros, etc. Aseguramiento de la carga en el interior del vehículo. Acondicionamiento del vehículo: ATMÓSFERA BACTERIOSTÁTICA, SEPARACIÓN DE LIMPIO-SUCIO (al menos con medios físicos, bolsa de plástico)

17 ETAPA III: TRATAMENTO E ELIMINAÇÃO Tratamiento de los residuos sanitarios Tratamento dos resíduos sanitários en el SISTEMA MIMO. no SISTEMA MIMO. Control de Calidad del tratamiento. Controlo de Qualidade do tratamento. Sistema de Higienización de Eliminação do resíduo no Depósito de Contenedores. Residuos Urbanos. Eliminación del residuo en Vertedero de Residuos Urbanos.

18 ETAPA III: TRATAMENTO E ELIMINAÇÃO Tratamiento de los residuos sanitarios en el SISTEMA MIMO. ALTERNATIVA A LA INCINERACIÓN PARA LOS RESIDUOS INFECCIOSOS, DE QUIMIOTERAPIA Y FÁRMACOS CADUCADOS. Sistema de Higienización de Contenedores (automatizado). Lavado y Desinfección + Control de Calidad Microbiológica. Laboratorio propio de microbiología, parámetros físico-químicos y Ecotoxicidad (Microtox Omni).

19 ETAPA III: TRATAMENTO E ELIMINAÇÃO Sistema de Higienización de Contenedores (automatizado). Lavado y Desinfección + Control de Calidad Microbiológica. Laboratorio propio de microbiología.

20 3. CONCLUSÕES: SAÚDE PÚBLICA, SAÚDE LABORAL E SAÚDE AMBIENTAL RAZÕES PARA A SAÚDE PUBLICA O documento de política geral da OMS sobre Gestão Segura de Resíduos Médicos realizou um estudo demostrando que por ano são produzidos 21 milhões de novas infeções de Hepatite B (32%), 2 milhões de Hepatite C (40%), e novos casos (5%) de SIDA. El documento de política general de la OMS sobre Gestión Segura de Residuos Médicos realizó un estudio demostrando que cada año se producen 21 millones de nuevas infecciones de Hepatitis B (32%), 2 millones de Hepatitis C (40%), y casos nuevos (5%) de SIDA cada año.

21 Custo Sanitário da Incineração de Resíduos Sanitários AUMENTO DE MORTALIDADE POR CANCRO EM ZONAS PRÓXIMAS ÀS INCINERADORAS García-Pérez et al. 2013; García-Pérez et al. 2009; RR: 1,09 Para 33 tipos de cancro Cancro do Pulmão RR 1,17 21

22 3. CONCLUSÕES: SAÚDE PÚBLICA, SAÚDE LABORAL E SAÚDE AMBIENTAL RAZÕES PARA A SAÚDE LABORAL Exposição a riscos derivados da gestão de resíduos sanitários: sanitários, limpadores e operários de gestão de resíduos. Contentores rígidos, herméticos e de alta resistência reduzem o risco ao mínimo. Protocolos de trabalho intrahospitalares, circuitos limpo-sujo, armazéns intermédios de resíduos. Exposición a riesgo derivados de la gestión de residuos sanitarios: de los trabajadores sanitarios, limpiadores y operarios de gestión de residuos. Contenedores rígidos, herméticos y de alta resistencia reduce el riesgo al mínimo. Protocolos de trabajo intrahospitalarios, circuitos limpio-sucio, almacenes intermedios de residuos. dos trabalhadores

23 3. CONCLUSÕES: SAÚDE PÚBLICA, SAÚDE LABORAL E SAÚDE AMBIENTAL RAZÕES PARA A SAÚDE AMBIENTAL Emissão de contaminantes ambientais (ar, água e solo) por uso de tecnologias inadequadas ao tratamento. Problemas: - Derrame incontrolado, - Queima de resíduos sem controlo, - Uso de tecnologias inadequadas, - Uso de tecnologias que não respeitam o meio ambiente (incineração). Emisión de contaminantes ambientales (aire, agua y suelo) por uso de tecnologías inadecuadas para el tratamiento. Problemas: - Vertido incontrolado, - Quema de residuos sin control, - Uso de tecnologías inadecuadas, - Uso de tecnologías no respetuosas con el medio ambiente (incineración).

24 Custo Ambiental da Incineração de Resíduos Sanitários Contaminante Emissões g/tm de resíduo (1) Partículas em suspensão 2860 Resíduo Incinerado (Tm/ano) (3) Emissões anuais (Tm/ano) Custo Ambiental ( /Tm) Média dano menor/dano maior (4) Custo Anual ( ) 5, , SO x 70 0, , NOx , , Pb 35 0, , Hg 3 0, , Dioxinas(2) 0, , , CO ,0 29, NMVOC 700 1, , /Tm de resíduos sanitários 1 Portuguese National Inventory Report 2014; 2 Inventario Nacional de Emisiones a la Atmósfera (España).); 3 Tm de resíduo mínimas estimadas; 4 International 24 Review of Waste Management Policy: Annexes to Main Report, 2009 (Eunomia)

25 OBRIGADO PELA SUA ATENÇÃO Commited to controlling risks to Public Health, Occupational Health and the Enviroment derived from Healthcare Waste Management KNOWLEDGE TRANSFER CONTAINERS AND TRANSPORT HEALTH CARE WASTE TREATMENT

Monitoreo Continuo Auditoria Contínua y a Distancia

Monitoreo Continuo Auditoria Contínua y a Distancia Monitoreo Continuo Auditoria Contínua y a Distancia Luis Pires Gerente de Auditoria e Compliance Camargo Correa Luis Pires Minibiografía Con más de 25 años de experiencia en Auditoria Interna y Externa,

Leia mais

Gama Minerval. Techos económicos con elevadas prestaciones

Gama Minerval. Techos económicos con elevadas prestaciones Gama Minerval Techos económicos con elevadas prestaciones Minerval Velo decorativo blanco Panel de lana de roca de 12 mm ó 15 mm Velo de vidrio natural en la cara oculta los + Absorción acústica a w =

Leia mais

internacional MBA hispano-luso

internacional MBA hispano-luso internacional MBA hispano-luso MBA, sello de calidad Un MBA es el programa más cursado en todo el mundo, y goza del mayor r e c o n o c i m i e n t o y p r e s t i g i o internacional. Ofrece las mejores

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA EMPRESA Presentación de Empresa ESCADAS EM ALUMÍNIO PLATAFORMAS DE TRABALHO EM ALUMÍNIO TORRES EM ALUMÍNIO

APRESENTAÇÃO DA EMPRESA Presentación de Empresa ESCADAS EM ALUMÍNIO PLATAFORMAS DE TRABALHO EM ALUMÍNIO TORRES EM ALUMÍNIO APRESENTAÇÃO DA EMPRESA Presentación de Empresa ESCADAS EM ALUMÍNIO Escaleras en Aluminio PLATAFORMAS DE TRABALHO EM ALUMÍNIO Plataformas de Trabajo en Aluminio TORRES EM ALUMÍNIO Torres en Aluminio PRANCHAS

Leia mais

Turbo-trituradores TRX-21 / TRX-22

Turbo-trituradores TRX-21 / TRX-22 Turbo-trituradores TRX-21 / TRX-22 TRX-21 / TRX-22 La gama de turbo-trituradores TRX de Sammic, diseñada para trabajar en calderos de hasta 800 litros de capacidad, permite mezclar y triturar directamente

Leia mais

PRESENTACIÓN MESA REDONDA SOBRE INFRAESTRUCTURAS SANITARIAS E-HEALTH EN BRASIL MADRID, 14 DICIEMBRE 2011 PRESENTACIÓN

PRESENTACIÓN MESA REDONDA SOBRE INFRAESTRUCTURAS SANITARIAS E-HEALTH EN BRASIL MADRID, 14 DICIEMBRE 2011 PRESENTACIÓN PRESENTACIÓN MESA REDONDA SOBRE INFRAESTRUCTURAS SANITARIAS E-HEALTH EN BRASIL MADRID, 14 DICIEMBRE 2011 PRESENTACIÓN PONENTE: D. EDUARD RIUS - DIRECTOR DE SERVICIOS HOSPITALARIOS ACCIONA INSTITUTO ESPAÑOL

Leia mais

SILO ALMACENAR Y TRASLADAR EL HIELO CON SEGURIDAD E HIGIENE SIN PERDER NI UN CUBITO

SILO ALMACENAR Y TRASLADAR EL HIELO CON SEGURIDAD E HIGIENE SIN PERDER NI UN CUBITO ALMACENAR Y TRASLADAR EL HIELO CON SEGURIDAD E HIGIENE SIN PERDER NI UN CUBITO Los depósitos para almacenaje de hielo (S), constituyen un elemento indispensable para cubrir grandes demandas de hielo. Un

Leia mais

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO DE RESÍDUOS

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO DE RESÍDUOS SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO DE RESÍDUOS Passado, Presente e Futuro da Gestão de Resíduos Hospitalares em Portugal Missão Técnica a Portugal Logística Reversa 20 a 24 de Outubro de 2014 1 AGENDA 1 2 3

Leia mais

ANVISA: AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA. NÚCLEO ECONÔMICO EM REGULAÇÃO nurem@anvisa.gov.br

ANVISA: AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA. NÚCLEO ECONÔMICO EM REGULAÇÃO nurem@anvisa.gov.br ANVISA: AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA NÚCLEO ECONÔMICO EM REGULAÇÃO nurem@anvisa.gov.br Espanha, 13 de mayo de 2010 EAMI- Forum de Cancun 2008 Grupo de Acceso y Propiedad Intelectual Bernardo,

Leia mais

COLORA HD2 1001 GS12.

COLORA HD2 1001 GS12. IN.TE.SA. S.p.A. es una sociedad del GRUPO SACMI especializada en la producción y el suministro de tecnologías para el esmaltado y la decoración de baldosas cerámicas. Nacida de la experiencia de SACMI

Leia mais

SOLICITUD DE PENSION DE SOBREVIVENCIA / SOLICITAÇÃO DE PENSÃO DE SOBREVIVENCIA

SOLICITUD DE PENSION DE SOBREVIVENCIA / SOLICITAÇÃO DE PENSÃO DE SOBREVIVENCIA CONVENIO DE SEGURIDAD SOCIAL ENTRE LA REPUBLICA DE CHILE Y LA REPUBLICA FEDERATIVA DEL BRASIL RCH / BRASIL 3B ACORDO DE SEGURIDADE SOCIAL ENTRE A REPÚBLICA DE CHILE E A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL SOLICITUD

Leia mais

PRESS CLIPPING 13 13 July 2015 www.mecasolar.com

PRESS CLIPPING 13 13 July 2015 www.mecasolar.com PRESS CLIPPING 13 13 July 2015 www.mecasolar.com MECASOLAR attends ENERSOLAR BRASIL MECASOLAR is attending one of the leading solar events in Brazil, to be held in São Paulo from 15 to 17 July. The company

Leia mais

PRESENTACIÓN MESA REDONDA SOBRE INFRAESTRUCTURAS SANITARIAS E-HEALTH EN BRASIL MADRID, 14 DICIEMBRE 2011 PRESENTACIÓN EVERIS

PRESENTACIÓN MESA REDONDA SOBRE INFRAESTRUCTURAS SANITARIAS E-HEALTH EN BRASIL MADRID, 14 DICIEMBRE 2011 PRESENTACIÓN EVERIS PRESENTACIÓN MESA REDONDA SOBRE INFRAESTRUCTURAS SANITARIAS E-HEALTH EN BRASIL MADRID, 14 DICIEMBRE 2011 PRESENTACIÓN PONENTE: D. VICENTE OLMOS EVERIS INSTITUTO ESPAÑOL DE COMERCIO EXTERIOR DIVISIÓN DE

Leia mais

TOOL MANAGEMENT. www.haimer.com

TOOL MANAGEMENT. www.haimer.com TOOL MANAGEMENT www.haimer.com SISTEMA HAIMER DE GESTIÓN LOGÍSTICA DE HERRAMIENTAS SISTEMA DE LOGÍSTICA E GERENCIAMENTO DE FERRAMENTAS Módulo rinconera con panel perforado Módulo de quina com painel perfurado

Leia mais

Pisani Plásticos BR 116 - Km 146,3 - Nº 15.602 - C.P. 956-95059-520 - Caxias do Sul - RS - Brasil Fone: 55 54 2101.8700 - Fax: 55 54 2101.

Pisani Plásticos BR 116 - Km 146,3 - Nº 15.602 - C.P. 956-95059-520 - Caxias do Sul - RS - Brasil Fone: 55 54 2101.8700 - Fax: 55 54 2101. Pisani Plásticos BR 116 - Km 146,3 - Nº 15.602 - C.P. 956-95059-520 - Caxias do Sul - RS - Brasil Fone: 55 54 2101.8700 - Fax: 55 54 2101.8743 FILIAIS: Pindamonhangaba - SP e Recife - PE www.pisani.com.br

Leia mais

Obrigações Legais dos Produtores de Resíduos Hospitalares e método de tratamento Cannon Hygiene

Obrigações Legais dos Produtores de Resíduos Hospitalares e método de tratamento Cannon Hygiene Seminários 2015 Resíduos Hospitalares Obrigações Legais dos Produtores de Resíduos Hospitalares e método de tratamento Cannon Hygiene Francisco Valente OBJETIVOS Informação sobre as obrigações legais dos

Leia mais

ASA 50-IN. ES ACUMULADORES PARA BOMBA DE CALOR Instrucciones de Instalación, Montaje y Funcionamiento para el INSTALADOR

ASA 50-IN. ES ACUMULADORES PARA BOMBA DE CALOR Instrucciones de Instalación, Montaje y Funcionamiento para el INSTALADOR ASA 50-IN ES ACUMULADORES PARA BOMBA DE CALOR Instrucciones de Instalación, Montaje y Funcionamiento para el INSTALADOR PT ACUMULADOR PARA INSTALAÇÕES SOLARES Instruções de instalação, montagem e funcionamento

Leia mais

ENERGIZE PORTUGAL - un modelo escalable para la promoción del espíritu emprendedor en Portugal

ENERGIZE PORTUGAL - un modelo escalable para la promoción del espíritu emprendedor en Portugal ENERGIZE PORTUGAL - un modelo escalable para la promoción del espíritu emprendedor en Portugal CIKI e CIEM 2012 Teresa Mendes, IMAGITEC MARKETING LDA outubro 2012 Dirigido a quadros intermedios y de topo

Leia mais

Soluções Termoformadas Embalagens Soluciones para el embalaje termoformado

Soluções Termoformadas Embalagens Soluciones para el embalaje termoformado THERMOFORMING Soluções Termoformadas Embalagens Packaging Thermoforming Solutions www.amutcomi.it Tecnologia e especialização: um encontro de sucesso AMUT-COMI nasce do encontro entre a AMUT S.p.A., tradicional

Leia mais

90% EVOLUÇÃO DO TRANSPORTE MARÍTIMO. Da totalidade dos bens são transportados por mar

90% EVOLUÇÃO DO TRANSPORTE MARÍTIMO. Da totalidade dos bens são transportados por mar EVOLUÇÃO DO TRANSPORTE MARÍTIMO O COMÉRCIO INDUZ A OPERAÇÃO DE TRANSPORTE Cabe ao Transporte Marítimo a travessia entre o Porto de partida e o Porto de chegada, como única alternativa às grandes travessias

Leia mais

ESP/POR LAVADO DE VAJILLA / LAVAGEM. Advance

ESP/POR LAVADO DE VAJILLA / LAVAGEM. Advance ESP/POR LAVADO DE VAJILLA / LAVAGEM Advance Advance Trabajar con una marca de prestigio internacional Trabalhar com uma marca de prestigio internacional Fagor Industrial es una empresa que desde hace 50

Leia mais

TITAN. X 3000 X 3500 x 4000. automotive service equipment. 3 t 3,5 t 4 t MAX

TITAN. X 3000 X 3500 x 4000. automotive service equipment. 3 t 3,5 t 4 t MAX MAX 3 t 3,5 t 4 t TITAN X 3000 X 0 x 4000 automotive service equipment TITAN X3000 / X 0 / X 4000 ELEVADORES DE DOBLE TIJERA DE PERFIL BAJO ELEVADORES DE DUPLA TESOURA DE BAIXO PERFIL Características Características

Leia mais

Lucha contra el cambio climático: tecnologías innovadoras para un uso eficiente de recursos y energía en restauración de viviendas sociales

Lucha contra el cambio climático: tecnologías innovadoras para un uso eficiente de recursos y energía en restauración de viviendas sociales Lucha contra el cambio climático: tecnologías innovadoras para un uso eficiente de recursos y energía en restauración de viviendas sociales (LIFE10 ENV/ES/439) Desenvolvimento de uma metodologia para quantificar,

Leia mais

Rede para Políticas Informadas por Evidências EVIPNet Brasil

Rede para Políticas Informadas por Evidências EVIPNet Brasil Núcleo de Políticas Informadas por Evidências - NuPIE Faculdade de Medicina Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG 16 de julho de 2014 Rede para Políticas Informadas por Evidências EVIPNet Brasil

Leia mais

Gestión y Explotación de Indicadores. Teresa Folgôa Batista

Gestión y Explotación de Indicadores. Teresa Folgôa Batista Sistema de Indicadores OTALEX. Gestión y Explotación de Indicadores Teresa Folgôa Batista Carmen Caballero Cáceres O Sistema de Indicadores OTALEX C Orientações da Estratégia para o Desenvolvimento Sustentável

Leia mais

El universo interior El universo interior

El universo interior El universo interior El universo interior El universo interior índice burletes autoadhesivos rolos autoadesivos FLEXIBAND aislamientos térmicos isolamentos térmicos juntas de estanqueidad juntas de estanquicidade aislamientos

Leia mais

Sesión Poster Protección radiológica en radioterapia

Sesión Poster Protección radiológica en radioterapia Sesión Poster Protección radiológica en radioterapia Tópicos: 19 Trabajos Presentados: 472 79 60 53 37 29 29 28 25 25 19 17 14 12 10 10 8 7 6 4 79 Protección radiológica en radiodiagnóstico: 79 (16.7%)

Leia mais

SERIE ERCO 630 / 635 / 640. 3 t. 3,5 t. 4 t. Elevadores de doble tijera de perfil bajo Elevadores de dupla tesoura de baixo perfil

SERIE ERCO 630 / 635 / 640. 3 t. 3,5 t. 4 t. Elevadores de doble tijera de perfil bajo Elevadores de dupla tesoura de baixo perfil SERIE 630 / 635 / 640 3 t 3,5 t Elevadores de doble tijera de perfil bajo Elevadores de dupla tesoura de baixo perfil 4 t El diseño de los elevadores low profile de doble tijera Erco 630/635/640 se ha

Leia mais

Dispensadores seguros e modulares para uma etiquetagem conveniente e eficaz dos fármacos.

Dispensadores seguros e modulares para uma etiquetagem conveniente e eficaz dos fármacos. sociedades científicas de anestesia. Adoptado e Recomendado pelas mais importantes Sociedades de Anestesiologia. European Patent N. EP2256045 Cartucho Dispensador Modular Seguro para un conveniente y efectivo

Leia mais

Fernando Antônio Gomes LELES Lizziane d Ávila PEREIRA

Fernando Antônio Gomes LELES Lizziane d Ávila PEREIRA La Educación Permanente para Profisionales de la Atención Primária a la Salud como Estratégia Central para la Calidad y Organización de la Red de Atención a la Salud en Minas Gerais, Brasil Fernando Antônio

Leia mais

. I Innovación sach. novação sach TYPHOONON 2006. Elegance. sach 986 1992

. I Innovación sach. novação sach TYPHOONON 2006. Elegance. sach 986 1992 . I Innovación sach novação sach Uma preocupação constante em oferecer ao mercado de aspiração central as ntral as últimas novidades e as mais recentes evoluções tecnológicas, é o que sempre e tem caracterizado

Leia mais

Hospitales seguros frente a los desastres HOSPITAIS SEGUROS. Introdução à estratégia

Hospitales seguros frente a los desastres HOSPITAIS SEGUROS. Introdução à estratégia Hospitales seguros frente a los desastres HOSPITAIS SEGUROS Introdução à estratégia O que é um Hospital Seguro? Hospitales seguros frente a los desastres Estabelecimento de saúde (grande, pequeno, rural,

Leia mais

Sistema de Pagamentos em Moedas Locais Sistema de Pagos en Monedas Locales S M L

Sistema de Pagamentos em Moedas Locais Sistema de Pagos en Monedas Locales S M L BANCO CENTRAL DE LA REPUBLICA ARGENTINA BANCO CENTRAL DO BRASIL Sistema de Pagamentos em Moedas Locais Sistema de Pagos en Monedas Locales S M L 1 Panorama Atual Panorama Actual Não há instrumentos financeiros

Leia mais

UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - BRASIL Contribución al conocimiento del manejo sustenible de recursos hídricos para riego

UFRB - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - BRASIL Contribución al conocimiento del manejo sustenible de recursos hídricos para riego Contribución al conocimiento del manejo sustenible de recursos hídricos para riego USO APROPIADO DE LOS RECURSOS HÍDRICOS PARA RIEGO Seminario - Taller Área de Estudio UFRB Área de Estudio UFRB Brasil

Leia mais

ACR. Accesorios de cobre en pulgadas Accesórios de cobre em polgadas

ACR. Accesorios de cobre en pulgadas Accesórios de cobre em polgadas DOING MORE - Since 909 Accesorios de cobre en pulgadas Accesórios de cobre em polgadas Tubo capilar de cobre / Filtros / Tubos de compensación Tubo capilar de cobre / Filtros / Tubos de compensação 7-9

Leia mais

COBERTURAS fixas. NAVES FIJAS Y móviles SOLUTIONS LOGISTIC

COBERTURAS fixas. NAVES FIJAS Y móviles SOLUTIONS LOGISTIC COBERTURAS fixas e MÓVEIS LOGISTIC SOLUTIONS NAVES FIJAS Y móviles A EMPRESA LA EMPRESA COBERTURAS FIXAS GALPONES Y NAVES A Kopron atua há mais de 30 anos no mercado internacional, sendo uma das empresas

Leia mais

Vigilância Tecnológica

Vigilância Tecnológica Vigilância Tecnológica Filipe Duarte, 2010 1 Objectivo Conhecer as bases para implementar um sistema de vigilância tecnológica (SVT) 2 O que É? Um sistema de vigilância tecnológica (SVT) é uma ferramenta

Leia mais

Build your equipment in Brazil. Construa seu equipamento no Brasil Contruye tu equipo en Brasil

Build your equipment in Brazil. Construa seu equipamento no Brasil Contruye tu equipo en Brasil Build your equipment in Brazil Construa seu equipamento no Brasil Contruye tu equipo en Brasil DESIGN CLIENT Rossil through the fields of Engineering, Machining, Boiler, finishing and painting, makes available

Leia mais

y enfermeria Heimar de Fatima Marin, PhD, FACMI hfmarin@unifesp.br

y enfermeria Heimar de Fatima Marin, PhD, FACMI hfmarin@unifesp.br Informática y enfermeria Heimar de Fatima Marin, PhD, FACMI hfmarin@unifesp.br Informática em saúde Multidisciplinar Convergência de disciplinas médicas e tecnologia da informação Nasceu na área de saúde

Leia mais

ohio tandem l ohio M

ohio tandem l ohio M ohio tandem l ohio M Inyectores de medio de contraste con función tándem ohio tandem Calidad por partida doble! ohio M Uno para todos! Injectores de produtos de contraste com função Tandem ohio tandem

Leia mais

INTEGRACIÓN DE LA CADENA DE VALOR INTEGRAÇÃO DA CADEIA DE VALOR

INTEGRACIÓN DE LA CADENA DE VALOR INTEGRAÇÃO DA CADEIA DE VALOR GAMA DE PRODUTOS LACTICÍNIOS O mercado dos produtos lácteos tem sido caracterizado por um grande dinamismo, apresentando grandes inovações. Os consumidores estão cada vez mais exigentes e apreciam sempre

Leia mais

Instituto Politécnico de Beja Leonardo da Vinci - Get a Placement in Europe GaPE. Relatório de estágio

Instituto Politécnico de Beja Leonardo da Vinci - Get a Placement in Europe GaPE. Relatório de estágio Instituto Politécnico de Beja Leonardo da Vinci - Get a Placement in Europe GaPE Relatório de estágio Projeto Leonardo da Vinci - Get a Placement in Europe GaPE no Grupo Inprex em Badajoz Isabel da Silva

Leia mais

Prof. Dr. Emilio Merino

Prof. Dr. Emilio Merino Prof. Dr. Emilio Merino INDICE 1. Objetivo MOVIMAN-POA 2. Aspectos Institucionales 3. Aspectos Funcionales 4. Proceso de la elección de la área de estudio 5. Proceso de difusión y formación de parcerias

Leia mais

Thiago Botelho Azeredo. 28 de Outubro de 2010

Thiago Botelho Azeredo. 28 de Outubro de 2010 Thiago Botelho Azeredo 28 de Outubro de 2010 Introdução O Programa de Líderes em Saúde Intercacional (PLSI) Estratégia de formação de recursos humanos na região das Américas Objetivos contribuir apara

Leia mais

PROFESIONALIDAD Y EXPERIENCIA

PROFESIONALIDAD Y EXPERIENCIA TABERSEO Nuestra actividad principal está enfocada a la distribución moderna de productos de menaje para el hogar básicamente cocina, mesa y ordenación. We are focused to the mass distribution market being

Leia mais

SBIS 2012 Relato de Experiência Organização, Política, Economia e Gestão em Saúde

SBIS 2012 Relato de Experiência Organização, Política, Economia e Gestão em Saúde AMG SIGA Cadastro e Acompanhamento de Portadores de Diabetes mellitus em SMS SP Autores: Ilkiu S(1); Corral H H A (2); Solera A(2); Lima M O (2) (1) Atenção Básica Programa AMG (2) - Assessoria Técnica

Leia mais

FUNDAÇÃO CONSELHO ESPANHA BRASIL

FUNDAÇÃO CONSELHO ESPANHA BRASIL FUNDAÇÃO CONSELHO ESPANHA BRASIL UN SELLO DE CALIDAD EN LAS RELACIONES BILATERALES FUNDAÇÃO CONSELHO ESPANHA BRASIL UM SELO DE QUALIDADE NAS RELAÇÕES BILATERAIS FUNDAÇÃO CONSELHO ESPANHA BRASIL diseño

Leia mais

XXIV Reunión Ordinaria del SGT Nº6 Medio Ambiente Anexo 5a: Questionário sobre PCBs Brasil

XXIV Reunión Ordinaria del SGT Nº6 Medio Ambiente Anexo 5a: Questionário sobre PCBs Brasil XXIV Reunión Ordinaria del SGT Nº6 Medio Ambiente Anexo 5a: Questionário sobre PCBs Brasil 1. Situación del País respecto a los siguientes Convenios internacionales: a. Basilea, sobre el controle de los

Leia mais

CT-01. Para Quem. Seleção e Aplicação de Bombas Centrífugas. Engenheiros, técnicos e profissionais envolvidos com soluções de bombeamento.

CT-01. Para Quem. Seleção e Aplicação de Bombas Centrífugas. Engenheiros, técnicos e profissionais envolvidos com soluções de bombeamento. CT-01 Para Quem Seleção e Aplicação de Bombas Centrífugas Engenheiros, técnicos e profissionais envolvidos com soluções de bombeamento. Duração: Início / Término: Inscrição: 03 dias 21 horas 08h45 16h45

Leia mais

ESP/POR COCCIÓN / CONFECÇÃO. Gama 600

ESP/POR COCCIÓN / CONFECÇÃO. Gama 600 ESP/POR COCCIÓN / CONFECÇÃO Gama 600 Gama 600 Trabajar con una marca de prestigio internacional Trabalhar com uma marca de prestigio internacional Fagor Industrial es una empresa que desde hace 50 años

Leia mais

PORTA SECCIONAL RESIDENCIAL

PORTA SECCIONAL RESIDENCIAL PORTA SECCIONAL RESIDENCIAL LOGISTIC SOLUTIONS TRADICIONAL PUERTAS SECCIONALES/RESIDENCIALES COLEÇÃO TRADICIONAL COLLECIÓN TRADICIONAL A Kopron, que é líder em logística industrial na Europa, propõe agora

Leia mais

5.2 Agua Situación Actual Problemática observada Bombeo fotovoltaico

5.2 Agua Situación Actual Problemática observada Bombeo fotovoltaico 1. Mozambique 2. El proyecto de ISF en Cabo Delgado 3. Sistema Sanitario Rural 4. Qué es un C.S. Rural tipo II? Funciones Personal Edificios 5. Infraestructuras 5.1 Comunicaciones Situación Actual Problemática

Leia mais

Ecoeficiência e economia com a redução dos resíduos infectantes do Hospital Auxiliar de Suzano

Ecoeficiência e economia com a redução dos resíduos infectantes do Hospital Auxiliar de Suzano artigo original / research report / artículo Ecoeficiência e economia com a redução dos resíduos infectantes do Hospital Auxiliar de Suzano Eco-efficiency and saving by reducing the infectious waste of

Leia mais

Home Collection. Metamorfose COLEÇÃO

Home Collection. Metamorfose COLEÇÃO Home Collection COLEÇÃO 2015/2016 A nova coleção 2015/2016 de tecidos para decoração traz referências para instigar transformação. Esta renovação também está presente nos bons momentos de decorar e reformular

Leia mais

CLÍNICA DENTAL CLINICA DENTARIA. Aço Informação geral. Acero Información general. 54 Tira separadora Tira separadora 59

CLÍNICA DENTAL CLINICA DENTARIA. Aço Informação geral. Acero Información general. 54 Tira separadora Tira separadora 59 Fresas/ Instrumentos de acabado Brocas/Instrumentos de acabamento Instrumentos de especiales Instrumentos especiais CLÍNICA DENTAL Acero Información general Aço Informação geral Redonda Redonda 56 Llama

Leia mais

ESTADÍSTICAS ECONÓMICAS. CUANTIFICACIÓN ECONÓMICA DEL SECTOR MARÍTIMO DE CANARIAS Aproximación metodológica

ESTADÍSTICAS ECONÓMICAS. CUANTIFICACIÓN ECONÓMICA DEL SECTOR MARÍTIMO DE CANARIAS Aproximación metodológica ESTADÍSTICAS ECONÓMICAS CUANTIFICACIÓN ECONÓMICA DEL SECTOR MARÍTIMO DE CANARIAS Aproximación metodológica ESTADÍSTICAS ECONÓMICAS CUANTIFICACIÓN ECONÓMICA DEL SECTOR MARÍTIMO DE CANARIAS Aproximación

Leia mais

Código: CHCB.PI..EST.01 Edição: 1 Revisão: 0 Páginas:1 de 12. 1. Objectivo. 2. Aplicação

Código: CHCB.PI..EST.01 Edição: 1 Revisão: 0 Páginas:1 de 12. 1. Objectivo. 2. Aplicação Código: CHCB.PI..EST.01 Edição: 1 Revisão: 0 Páginas:1 de 12 1. Objectivo o Estabelecer normas para o processamento dos dispositivos médicos, baseadas em padrões de qualidade. o Estabelecer condições de

Leia mais

Programa Especial de Desenvolvimiento de la Suino cultura Programa Especial para el Desarrollo del cerdo

Programa Especial de Desenvolvimiento de la Suino cultura Programa Especial para el Desarrollo del cerdo Programa Especial de Desenvolvimiento de la Suino cultura Programa Especial para el Desarrollo del cerdo Qualificação Profissional em Suinocultura Calificación profesional en la creación de los cerdos

Leia mais

Consultoria para apoio ao Programa Nacional de Controle de Malária do Brasil na gestão farmacêutica. Paola Marchesini

Consultoria para apoio ao Programa Nacional de Controle de Malária do Brasil na gestão farmacêutica. Paola Marchesini Relatório de Consultoria Brasil Maio 2013 Consultoria para apoio ao Programa Nacional de Controle de Malária do Brasil na gestão farmacêutica. Paola Marchesini Maio 2013 Informe Consultoría de apoio à

Leia mais

Embalagens Plásticas para a Indústria Farmacêutica Packaging Plástico Farmacéutico

Embalagens Plásticas para a Indústria Farmacêutica Packaging Plástico Farmacéutico Embalagens Plásticas para a Indústria Farmacêutica www.gerresheimer.com A estrutura da Gerresheimer Gerresheimer é líder internacional na produção de embalagens de vidro e plástico de alta qualidade para

Leia mais

NÚMERO: 025/2013 DATA: 24/12/2013 ATUALIZAÇÃO 20/01/2014

NÚMERO: 025/2013 DATA: 24/12/2013 ATUALIZAÇÃO 20/01/2014 NÚMERO: 025/2013 DATA: 24/12/2013 ATUALIZAÇÃO 20/01/2014 ASSUNTO: PALAVRAS-CHAVE: PARA: CONTACTOS: Avaliação da Cultura de Segurança do Doente nos Hospitais Segurança do Doente Conselhos de Administração

Leia mais

AVALIAÇÃO DE MORBIDADES E ATUAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM MULHERES COM CÂNCER DE MAMA: ANÁLISE RETROSPECTIVA DE 2008 A 2012

AVALIAÇÃO DE MORBIDADES E ATUAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM MULHERES COM CÂNCER DE MAMA: ANÁLISE RETROSPECTIVA DE 2008 A 2012 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA-UnB FACULDADE DE CEILÂNDIA-FCE CURSO DE FISIOTERAPIA DEBORAH COSTA TEIXEIRA PELUCIO SILVA AVALIAÇÃO DE MORBIDADES E ATUAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM MULHERES COM CÂNCER DE MAMA: ANÁLISE

Leia mais

La República Argentina y la República Federativa del Brasil, en adelante, las Partes;

La República Argentina y la República Federativa del Brasil, en adelante, las Partes; Protocolo Adicional al Acuerdo de Cooperación para el Desarrollo y la Aplicación de los Usos Pacíficos de la Energía Nuclear en Materia de Reactores, Combustibles Nucleares, Suministro de Radioisótopos

Leia mais

Vídeo Documentação do LFS 400

Vídeo Documentação do LFS 400 Vídeo Documentação do LFS 400 A video documentação permanente para uma melhor segurança no seu armazém Una documentación con videocámara completa para la máxima seguridad en el almacén Sistemas de Software

Leia mais

Vasos de Pressão. Vasos de Presión. Soluções em Refrigeração Industrial. Criando soluções que fazem a diferença.

Vasos de Pressão. Vasos de Presión. Soluções em Refrigeração Industrial. Criando soluções que fazem a diferença. Vasos de Pressão Vasos de Presión Criando soluções que fazem a diferença. 3 Utilização Utilización Os vasos de pressão Mebrafe respeitam rigorosamente as normas de projeto e fabricação estabelecidas em

Leia mais

Packaging Plástico Cosmético Embalagens Plásticas para a Indústria Cosmética

Packaging Plástico Cosmético Embalagens Plásticas para a Indústria Cosmética Packaging Plástico Cosmético Embalagens Plásticas para a Indústria Cosmética Nuestra gama de productos de packaging plástico cosmético Nossa gama de produtos de embalagens plásticas para cosméticos Soluciones

Leia mais

ENTRE LA CASA DA AMÉRICA LATINA Y

ENTRE LA CASA DA AMÉRICA LATINA Y ENTRE LA CASA DA AMÉRICA LATINA Y La CASA DA AMÉRICA LATINA, es una institución de derecho privado sin ánimo de lucro, con sede en la Avenida 24 de Julho, número 1188, en Lisboa, Portugal, representada

Leia mais

LFS Relatório de Trabalho

LFS Relatório de Trabalho LFS Relatório de Trabalho A especialista em logística de bebidas Trinks está definindo novos padrões no setor das bebidas Trinks, líder en distribución de bebidas, define un nuevo estándar para el sector

Leia mais

ACESSÓRIOS PARA MEDIR E MARCAR ACCESORIOS PARA MEDIR Y MARCAR

ACESSÓRIOS PARA MEDIR E MARCAR ACCESORIOS PARA MEDIR Y MARCAR ACESSÓRIOS PARA MEDIR E MARCAR ACCESORIOS PARA MEDIR Y MARCAR ACESSÓRIOS PARA MARCAR ACCESORIOS PARA MARCAR DESCRIÇÃO DESCRIPCIÓN EMBALAGEM ENVASE ART. NR. BAR CODES Copia o modelo para o papel usando

Leia mais

Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada BRASIL. Jorge Abrahão de Castro Diretor da Diretoria de Estudos Sociais. Buenos Aires, abril de 2012

Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada BRASIL. Jorge Abrahão de Castro Diretor da Diretoria de Estudos Sociais. Buenos Aires, abril de 2012 Objetivos de Desarrollo del Milenio 4 º informe Nacional - Brasil Ipea - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada BRASIL Jorge Abrahão de Castro Diretor da Diretoria de Estudos Sociais Buenos Aires, abril

Leia mais

LÍNEA DE CLASIFICACIÓN Y EMBALAJE LINHA DE CLASSIFICAÇÃO PARA ESCOLHA E ENCAIXOTTAMENTO [ ES PT ]

LÍNEA DE CLASIFICACIÓN Y EMBALAJE LINHA DE CLASSIFICAÇÃO PARA ESCOLHA E ENCAIXOTTAMENTO [ ES PT ] LÍNEA DE CLASIFICACIÓN Y EMBALAJE LINHA DE CLASSIFICAÇÃO PARA ESCOLHA E ENCAIXOTTAMENTO [ ES PT ] Línea de selección y embalaje para azulejos Linha de escolha e embalagem para ladrilhos 2 3 Elija la mejor

Leia mais

A Defesa dos Direitos das Pessoas com Transtorno Mental e o Ministério Público

A Defesa dos Direitos das Pessoas com Transtorno Mental e o Ministério Público A Defesa dos Direitos das Pessoas com Transtorno Mental e o Ministério Público Bruno Alexander Vieira Soares Promotor de Justiça de Defesa da Saúde/BH Coordenador da Coordenadoria de Defesa das Pessoas

Leia mais

A FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFISSIONAIS BIBLIOTECÁRIOS NO ÂMBITO DO MERCOSUL

A FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFISSIONAIS BIBLIOTECÁRIOS NO ÂMBITO DO MERCOSUL 1 A FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFISSIONAIS BIBLIOTECÁRIOS NO ÂMBITO DO MERCOSUL INTRODUÇÃO Ely FrancinaTannuri de OLIVEIRA 1 Maura D.Moreira GUARIDO 2 As sucessivas mudanças sociais, políticas, econômicas

Leia mais

HTC Heat Time Control Sistema de detección de temperaturas Sistema de medição de calores

HTC Heat Time Control Sistema de detección de temperaturas Sistema de medição de calores HTC Heat Time Control Sistema de detección de temperaturas Sistema de medição de calores PANAzoo HTC Sistema de control de las temperaturas Un buen sistema de supervisión de las temperaturas es importante

Leia mais

Maria Claudia Luna. Proyecto de interiorismos para la empresa Constellation_Itaim Bibi, São Paulo

Maria Claudia Luna. Proyecto de interiorismos para la empresa Constellation_Itaim Bibi, São Paulo Proyecto de interiorismos para la empresa Constellation_Itaim Bibi, São Paulo Inicialmente, el cliente pensó que necesitaba alquilar otra oficina más amplia, pero después de analizar el lugar se encontró

Leia mais

INDUSTRIAL LINE INDUSTRIAL LINE

INDUSTRIAL LINE INDUSTRIAL LINE Giben, lider en el mercado de seccionadoras y centros de seccionado, reconocida en todo el mundo por innovación y calidad, amplia su oferta añadiendo nuevas lineas de producto complementarios al seccionado,

Leia mais

COMITÉ ACADÉMICO DE ENERGÍA

COMITÉ ACADÉMICO DE ENERGÍA COMITÉ ACADÉMICO DE ENERGÍA PROGRAMA GENERAL REUNIÓN DEL COMITÉ ACADÉMICO DE ENERGÍA E XV SEMINARIO INTERNACIONAL DE ENERGÍA Y BIOCOMBUSTIBLES ORGANIZACIÓN: LOSE LABORATÓRIO DE OTIMIZAÇÃO DE SISTEMAS ENERGÉTICOS

Leia mais

Secção Regional do Porto da Ordem dos Farmacêuticos. 1as Jornadas Atlânticas (Norte de Portugal-Galiza) de Cuidados Farmacêuticos

Secção Regional do Porto da Ordem dos Farmacêuticos. 1as Jornadas Atlânticas (Norte de Portugal-Galiza) de Cuidados Farmacêuticos SPCFar Secção Regional do Porto da Ordem dos Farmacêuticos 1as Jornadas Atlânticas (Norte de Portugal-Galiza) de Cuidados Farmacêuticos I Jornadas Atlânticas (Galicia-Norte de Portugal) de Atención Farmaceutica

Leia mais

Avaliação das opções quanto às desigualdades e iniquidades

Avaliação das opções quanto às desigualdades e iniquidades Oficina Estratégica - EVIPNet Brasil Ferramentas SUPPORT para Políticas Informadas por Evidências Avaliação das opções quanto às desigualdades e iniquidades Sessão 9 - Avaliação das opções quanto às desigualdades

Leia mais

ISRAEL at LAAD 2013. Mistral Group

ISRAEL at LAAD 2013. Mistral Group Mistral Group Detecção e Identificação de Drogas Os produtos para Detecção e Identificação de Drogas da Mistral são os mais novos e efetivos testes preliminares de uso em campo para forças da justiça,

Leia mais

Riscos Ambientais e de Saúde PúblicaP

Riscos Ambientais e de Saúde PúblicaP Resíduos Hospitalares e a sua Perigosidade Segurança a e Higiene na Produção e Tratamento de Resíduos Hospitalares Riscos Ambientais e de Saúde PúblicaP 1. Gestão de Resíduos O Tratamento dos RSH é um

Leia mais

Seminários 2013 Resíduos Hospitalares. Obrigações Legais dos Produtores de Resíduos Hospitalares. Francisco Valente

Seminários 2013 Resíduos Hospitalares. Obrigações Legais dos Produtores de Resíduos Hospitalares. Francisco Valente Seminários 2013 Resíduos Hospitalares Obrigações Legais dos Produtores de Resíduos Hospitalares Francisco Valente OBJECTIVOS Informação sobre as obrigações legais dos produtores de resíduos hospitalares;

Leia mais

LFS Relatório de Trabalho

LFS Relatório de Trabalho LFS Relatório de Trabalho Trinkgut aumenta a produtividade e a transparência no armazém Trinkgut aumenta la productividad y la transparencia en su almacén Sistemas de Software para logística de armazém

Leia mais

RESULTADOS DA POLÍTICA DE GESTÃO AMBIENTAL DE RESÍDUOS DE SAÚDE REALIZADO PELA ÁREA DE GESTÃO DE SAÚDE NORTE DE MÁLAGA (ASNM).

RESULTADOS DA POLÍTICA DE GESTÃO AMBIENTAL DE RESÍDUOS DE SAÚDE REALIZADO PELA ÁREA DE GESTÃO DE SAÚDE NORTE DE MÁLAGA (ASNM). XXV Congreso de la Asociación Latina para el Análisis de los Sistemas de Salud 4, 5 y 6 de septiembre 2014 - Granada RESULTADOS DA POLÍTICA DE GESTÃO AMBIENTAL DE RESÍDUOS DE SAÚDE REALIZADO PELA ÁREA

Leia mais

O Controlo de Infeção Do Hospital à Comunidade. A experiência da ULSAM. Enf. António Amorim GCLPPCIRA da ULSAM GCRPPCIRA da ARS Norte

O Controlo de Infeção Do Hospital à Comunidade. A experiência da ULSAM. Enf. António Amorim GCLPPCIRA da ULSAM GCRPPCIRA da ARS Norte O Controlo de Infeção Do Hospital à Comunidade. A experiência da ULSAM. Enf. António Amorim GCLPPCIRA da ULSAM GCRPPCIRA da ARS Norte CHAM Hospital de Santa Luzia de Viana do Castelo Hospital Conde de

Leia mais

SISTEMA DE INDICADORES OTALEX (SIO)

SISTEMA DE INDICADORES OTALEX (SIO) SEMINARIO FINAL DEL PROYECTO SEMINÁRIO FINAL DO PROJETO 4 de junio de 2013 / 4 de junho de 2013 Palacio de Congresos y Exposiciones de Mérida Dirección General de Transportes, Ordenación del Territorio

Leia mais

Ensinar com TIC: Aprendizagem disruptiva, realidade aumentada e tecnologia wearable no ensino superior

Ensinar com TIC: Aprendizagem disruptiva, realidade aumentada e tecnologia wearable no ensino superior Ensinar com TIC: Aprendizagem disruptiva, realidade aumentada e tecnologia wearable no ensino superior Curso de Março a Abril de 2015 INSCRIÇÕES aceites por ORDEM DE CHEGADA workshops presenciais: até

Leia mais

Rede de Conhecimentos sobre Biocombustíveis na Bacia do Prata Knowledge Network and Learning Avaliação e continuidade.

Rede de Conhecimentos sobre Biocombustíveis na Bacia do Prata Knowledge Network and Learning Avaliação e continuidade. Rede de Conhecimentos sobre Biocombustíveis na Bacia do Prata Knowledge Network and Learning Avaliação e continuidade. Agenda Quarta-feira, 17 de Novembro de 2010 9:00-11:00 Apresentação do projeto KNL

Leia mais

Transportar mais com menos

Transportar mais com menos Transportar mais com menos Transportar mais com menos Para a Bosch Termotecnologia, líder internacional no fabrico e exportação de sistemas de aquecimento e de água quente, a eficiência logística das cadeias

Leia mais

ICEBERG MINIBAR DE ABSORCIÓN MINIBARES COM SISTEMA DE ABSORÇÃO. silent

ICEBERG MINIBAR DE ABSORCIÓN MINIBARES COM SISTEMA DE ABSORÇÃO. silent MINIBAR DE ABSORCIÓN MINIBARES COM SISTEMA DE ABSORÇÃO silent CASI 50 AÑOS DE CRECIENTE EXPERIENCIA QUASE 50 ANOS DE EXPERIÊNCIA EM CRESCIMENTO CONTÍNUO TECNOLOGÍA DE ABSORCIÓN TECNOLOGIA DE ABSORÇÃO Indel

Leia mais

Mecanismos de suporte em Espanha: Centro de Referência REACH

Mecanismos de suporte em Espanha: Centro de Referência REACH Mecanismos de suporte em Espanha: Centro de Referência REACH Mª JOSÉ RAMOS Responsável de Comunicação comunicacion@reach-pir.es Artigo 124 do Regulamento REACH A fim de ajudar as empresas, e em particular

Leia mais

NÚMERO: 1. TÍTULO: Os resíduos perigosos domésticos, industriais e os resíduos hospitalares.

NÚMERO: 1. TÍTULO: Os resíduos perigosos domésticos, industriais e os resíduos hospitalares. NÚMERO: 1 TÍTULO: Os resíduos perigosos domésticos, industriais e os resíduos hospitalares. IDEIAS CHAVE: Resíduos corrosivos, tóxicos, inflamáveis, nocivos. Nesta colecção de transparências, pretendem-se

Leia mais

Em quanto tempo o investimento em geoprocessamento retorna para uma empresa ou órgão público?

Em quanto tempo o investimento em geoprocessamento retorna para uma empresa ou órgão público? Em quanto tempo o investimento em geoprocessamento retorna para uma empresa ou órgão público? Cual es período de retorno de una inversión en geoprocesamento por parte de una administración pública? Xavier

Leia mais

O USO DA INFORMÁTICA NA REDE BÁSICA E HOSPITALAR DA CIDADE DE RIBEIRÃO PRETO (S.P.)

O USO DA INFORMÁTICA NA REDE BÁSICA E HOSPITALAR DA CIDADE DE RIBEIRÃO PRETO (S.P.) O USO DA INFORMÁTICA NA REDE BÁSICA E HOSPITALAR DA CIDADE DE RIBEIRÃO PRETO (S.P.) Cristina Maria Galvão * Namie Okino Sawada * GALVÃO, C. M.; SAWADA, N. O. O uso da informática na rede básica e hospitalar

Leia mais

Questionário para Subscrição de Seguro de Responsabilidade Ambiental e por Contaminação

Questionário para Subscrição de Seguro de Responsabilidade Ambiental e por Contaminação Questionário para Subscrição de Seguro de Responsabilidade Ambiental e por Contaminação Este questionário deve ser preenchido pelo Segurado ou por um representante autorizado, devendo dar-se resposta completa

Leia mais

QUALIDADE E TECNOLOGIA EM MOVIMENTAÇÃO DE CARGAS CATALOGO GERAL

QUALIDADE E TECNOLOGIA EM MOVIMENTAÇÃO DE CARGAS CATALOGO GERAL QUALIDADE E TECNOLOGIA EM MOVIMENTAÇÃO DE CARGAS CATALOGO GERAL Os guindastes PHD são projetados e construídos com tecnologia avançada, oferecendo opções de elevação e movimentação dos mais variados tipos

Leia mais

Despacho n.º 242/96. Sumário: Resíduos hospitalares.

Despacho n.º 242/96. Sumário: Resíduos hospitalares. Despacho n.º 242/96 Sumário: Resíduos hospitalares. A existência de resíduos provenientes da prestação de cuidados de saúde a seres humanos, incluindo as actividades médicas de prevenção, diagnóstico,

Leia mais

BASES DE PARTICIPACIÓN

BASES DE PARTICIPACIÓN BASES DE PARTICIPACIÓN La novena edición de la BAIXADA ANIMADA - MUESTRA IBEROAMERICANA DE CINE DE ANIMACIÓN, es una realización de BENGUELA PRODUÇÕES E EVENTOS CULTURAIS LTDA. La Muestra se sucederá en

Leia mais

Parceria Asociación. Escola Empresa Escuela Enpresa

Parceria Asociación. Escola Empresa Escuela Enpresa Parceria Asociación Escola Empresa Escuela Enpresa FIEC - Empresas A FIEC em parceria com empresas da cidade e região que participam da atualização do conteúdo programático, capacitação do corpo docente

Leia mais

A New Payment System s Facility to Improve Brazil-Argentina Trade. Leonardo Borba Neira- BCB Luis Alberto D Orio - BCRA

A New Payment System s Facility to Improve Brazil-Argentina Trade. Leonardo Borba Neira- BCB Luis Alberto D Orio - BCRA . A New Payment System s Facility to Improve Brazil-Argentina Trade Leonardo Borba Neira- BCB Luis Alberto D Orio - BCRA Annual Payments Week, 2007 - Costa do Sauipe 1 Agenda 1. Internacionalização da

Leia mais