Autorização de curso de Tecnologia em Processamento de Dados ZILMA GOMES PARENTE DE BARROS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Autorização de curso de Tecnologia em Processamento de Dados ZILMA GOMES PARENTE DE BARROS"

Transcrição

1 CENTRO DE ESTUDOS DE COMÉRCIO EXTERIOR DO PARANÁ Autorização de curso de Tecnologia em Processamento de Dados ZILMA GOMES PARENTE DE BARROS 1 - RELATÓRIO 0 Centro de Estudos de Comércio Exterior do Paraná solicita autorização do Curso Superior de Tecnologia em Processamento de Dados para funcionar na Faculdade de Ciências Administrativas e Comércio Exterior do Paraná, estabelecimento de ensino superior isolado particular, já instalado em Curitiba-PR. Apreciado e aprovado na fase da carta-consulta pelo Parecer n 495/86, o pleito passa a ser analisado na fase do Projeto. 0 pedido de autorização tem como objeto o curso superior de Tecnologia em Processamento de Dados. Para o curso, pelo parecer de aprovação da Carta Consulta, foram estipuladas 80 vagas totais anuais, com duas turmas de 40 alunos, embora 150 fossem as vagas pretendidas e 75 o número de alunos por turmas, em duas entradas anuais. A previsão do pedido é que o curso funcionará à noite. 0 curso tem estes objetivos: fornecer todos os ele mentos necessários para proporcionar o aprendizado de programadores em linguagem comercial e científica; dar conhecimento aos alunos para que possam ser programadores e analistas de software; dispor de infra-estrutura suficiente que possibilite o desenvolvimento de atividades de operação e manutenção de

2 sistemas de computadores, transmitir técnicas que induzam ao conhe cimento das varias etapas de um projeto, bem como a sua administração, estruturar meios para formação de um banco de dados, abordar aplicações de métodos voltados ao desenvolvimento de habilidades que viabilizem a atuação do alunado na implantação de sistemas de informações; garantir meios com vistas ã consolidação de competência para o conhecimento de equipamentos de um modo amplo, dando con dições para a realização de estudos associados às demandas diversificadas, viabilidade técnica e econômica de equipamentos e siste -mas; abranger aspectos da administração de empresas, possibilitando ao alunado o conhecimento de elementos que possam até garantir a ocupação de cargo de chefia de departamentos de processamentos -de dados; adequar os elementos do aprendizado para motivar o exercício do ensino e da pesquisa na ãrea de processamento de dados; e dar uma formação aos futuros profissionais, embasada em termos não só da computação e seus equipamentos, mas sobre tudo, e de modo bastante expressivo, com fortes componentes humanísticos, indispensaveis ao convívio e evolução no campo profissional. 0 curso, programado com duração de seis (6) semestres letivos integralizãveis em três (3) anos, terá regime seriado. Os autos trazem descrição de cada disciplina com elementos defini_ dores de seu conteúdo: ementa e bibliografia básica; que possibilita analise qualitativa do currículo proposto. Pelo currículo pleno considerando, o curso tera uma carga horária, toda ela de caráter obrigatório, de h/a acrescidas de 60 h/a de EPB e de 90 h/a de EF, perfazendo, assim um to tal de h/a. A intensidade prevista para cada semestre letivo, excluidas EF e EPB, ê variável, havendo semestre com 300 h/a (o primeiro), semestre com 360 h/a (do segundo ao quarto), semestre com 345 h/a (o quinto) e semestre com 375 h/a (sexto). 0 estagio supervisionado, componente obrigatório do currículo do curso, esta disposto no Anteprojeto de Regimento.

3 percentuais isto significa: Observa-se que o estágio está estipulado em 180 h/a. Em termos 180 para = 8,5%, para = representam respectivamente a carga horária total do curso com e sem as cargas horárias de EPB e EF. nistrativo: Relação indicativa do corpo dirigente e técnico-adirú Diretor da Faculdade: Lineu Benedito Ribas Linhares - É bacharel em Direito; foi Vice-Diretor da Faculdade de Ciências Administrativas e Comércio Exterior do Paraná. Vice-Diretor da Faculdade: José Antônio Soares - É bacharel em Jornalismo (1964) e em Direito (1969); possui experiência no magistério de 2 Grau e Superior; foi Vice-Diretor da Faculdade de Filo sofia Ciências e Letras de Umuarama-PR. Secretária da Faculdade: Salete Maria Hoffmann Koto - É bacharel em Administração de Empresas ; foi Auxiliar de Secretaria na Faculdade de Engenharia da UFPR. Bibliotecária da Faculdade: Edy Beraldi Benervanço - É bacharel em Biblioteconomia - UFPR/77; participou de outros cursos da área de biblioteconomia; foi bibliotecária na Biblioteca Publica do Pa raná. Orientador Acadêmico da Faculdade: Antônio Maria Perbiche - graduado em Filosofia pela Universidade Católica do Paraná ;pos sui outros cursos de extensão universitária; foi Orientador e Secretário Substituto da Associação de Ensino Professor Deplácido e Silva. Relação indicativa do corpo docente do curso: Os vinte e um (21) professores indicados, do ponto de vista da qualificação acadêmico-profissional, apresentam o seguinte perfil: 6 com mestrado; 4 com especialização; e 11 com graduação. Muitos possuem experiência no magistério superior e 7 tem parecer de aprovação do CFE. 0 acervo da biblioteca e de títulos de livros. A instituição declara que, "a bibliografia específica será enrique_ cida com a aquisição do conjunto de livros indicados no ementário observando-se a implantação gradativa do processo".

4 O processo contem o plano econõmico-financeiro trienal (1986/88), onde se destacam as fontes de receita, as categorias de despesas e a previsão dos investimentos. 0 plano foi trabalhado com valores constantes. A Comissão Verificadora que visitara a instituição devera informar quanto a existência de instalações dos laboratorios (equipamentos de computações), em pelo menos 2 salas, com o mínimo de 20 microcomputadores ou terminais de equipamento de com putação de maior porte.. A Faculdade de Ciências Administrativas e Comercio Exterior do Paraná, que abrigara o curso tal como acima projetado, apresenta-se caracterizada no Anteprojeto de Regimento (Ver Caderno 2) sob a forma de instituição particular e isolada de ensino superior, tendo os seguintes órgãos como formadores de sua estrutura organizacional: a congregação; o Conselho Departamental; os Departamentos ; e a Diretoria. De outra parte, e de se esclarecer que, jã funciona na Faculdade de Ciências Administrativas e Comercio Exterior do Parana o seguinte curso: Administração - Administração Geral; Comercio Exterior (Reconheci do) vagas, em duas turmas de 40 alunos cada. II - VOTO DA RELATORA À vista do exposto, vota a relatora pela aprovação do Projeto do Curso Superior de Tecnologia era Processamento de Da dos para funcionar na Faculdade de Ciências Administrativas e Comércio Exterior do Paraná, mantida pelo Centro de Estudos de Comércio Exterior do Paraná, com 80 vagas totais anuais. III - DECISÃO DA CÂMARA A Câmara de Ensino Superior, 1 Grupo, acolhe o voto da Relatora. Sala das Sessões, em 01 de dezembro de 1986.

5 A N E X O I CORPO DOCENTE.. ARMANDO HELLER Disciplina: Tópicos Avançados em Processamento de Dados/Compu tador e Sociedade. Qualificação e regime de trabalho: Engenheiro Eletrônico-1961, Universidade Nacional de Buenos Aires; possui mestrado em Engenharia de Sistemas (BS.As); não há especialização da carga horária; declara ter feito diversos cursos dê aperfeiçoamento e especialização; possui experiência no magistério superior: U. Nacional de Bs. As. (desde 1962); Fac. Católica de Adminis tração e Economia (desde 1964); exerceu gerência de informática - Pesquisa-Consultoria e Auditoria e, atualmente, a gerência de Planejamento e Assessoramento à usuários - Área de Sis temas e Métodos Banco Bamerindus do Brasil S/A.. BERNARDO VALDEMAR SIWEK Disciplina: Introdução à Computação/Análise de Sistemas Qualificação e regime de trabalho: graduado em Ciências Econô micas (1970, UFPR); declara especialização em: Processamento de Dados (UFPR); Planejamento Governamental (CEPAL e Ministério do Planejamento) e Planejamento Orçamentário (idem);todos tiveram a duração de 6 meses; possui experiência no magistério superior de 3 anos; afirma ter sido Professor do Curso de Especialização de Programação da UFPR, de Projetos da SPEI; é analista de Sistemas da Telepar.. CARLOS ALBERTO ANDRADE CANABRAVA Disciplina: Seminário de Processamento de Dados I e II Qualificação e regime de trabalho: Eng. Mecânico Industrial (Esc. Fluminense de Engenharia); declara como especialização: Gerência de Marketing de fev. /abril de 1971 (Instituto de Ad_ ministração e Gerência - PUC); não há especificação da c/h Finalcial Marketing Course (Comunication System Management Center - IBM - Canadá); sem especificação da c/h; declara ex periência no magistério superior, UGF-RJ; Fac. Morais Júnior; funções não docentes que exerce atualmente: Chefe da Seção de Desenvolvimento e Análise (Estaleiro Mauá); Gerente de CPD-CEC Equipamento Marítimo e Ind. S/A; Analista de Sistemas e Coor denador de Programação na Empresade Aliança.

6 DANILLO LORUSSO Disciplina: Contabilidade Qualificação e regime de trabalho: graduado era Ciências Conta beis (1946, Fac. de Ciências Econ. Prof. de Plácido e Silva) declara como aperfeiçoamento "ENALC - Itália - Roma Ente Nazion por Lavoratori de Comércio"; possui experiência no Magistério superior: FACE (desde 1975); Fac. Católica de Administração e Economia (sem especialização da c/h); tem Parecer de aprovação no CFE: 2368/74. DILMA XAVIER DE LIMA Disciplina: Análise de Sistemas/Linguagens e Técnicas de Programação I e II Qualificação e regime de trabalho: Graduada em Matemática (1974, UFPR); declara especialização em Análise de Sistemas (UFPR); possui experiência no magistério superior desde 1979 (UFPR); tem experiência profissional em Desenvolvimento de Sistemas para Equipamentos de Grande Porte e Microcomputador e Programação COBOL e BASIC; é Coordenadora dos Projetos de: Microcomputadores e Automação de Escritório da TELEPAR. GALBAS MILLÉO Disciplina: Administração Qualificação e regime de trabalho: graduado em Sociologia Po_ lítica (1962, Fac. Católica de Curitiba); em Administração Pu blica (1962, idem), possui mestrado em Ciências (Esc. de So -ciologia Política de S. Paulo); especialização em Administração com horas (FGV); declara experiência no magistério superior; FACE (desde 1976); Fac. de Administração e Economia (12 anos) UFPR (19 anos); como experiência profissional na área cita Pesquisa e Planejamento no SESC, atualmente, Pesqui sa de Opinião e de Mercado.

7 JOSÉ ANTÔNIO SOARES Disciplina: Estudo de Problemas Brsileiros/Noções Gerais de Direito Qualificação e regime de trabalho: graduado em Direito (1969, Fac. de Direito de Curitiba); em Jornalismo (1964, Fac. Cato lica de FCL de Curitiba); declara experiência no magistério superior: Fac. de Ciências Adm. e Com. Exterior do PR desde 1976; possui Pareceres de aprovação do CFE (148/73, 143/80 873/71 e 1946/76); é advogado militante; Vice-Diretor da Faculdade de Ciências Adm. e Com. Exterior do Paraná. JOHANN GUSTAVO GUILHERMO MERCHERTS FURTADO Disciplina: Educação Física I, II, III, IV, V e VI Qualificação e regime de trabalho: graduado em Educação Física (1969, U.F. do Chile); possui mestrado em Educação-Curríeu lo, 1978/80, com horas, UFPR; especialização em Educa -ção Física - Medicina e Educação Física para o Trabalho, 400 horas, UFPR; possui 45 cursos de aperfeiçoamento realizados no Brsil (PB, RJ, SP, RS, PR, SC e DF) Chile e Argentina; Especialização em Reabilitação Psicomotora, 6 meses (UCLA -Eras Center - Los Angeles-USA); declara experiência no magistério superior: FACE, desde 1975; UFPR desde 1978; possui Pareceres de aprovação no CFE (1957/76). JURANDYR FOLTRAN Disciplina: Engenahria de Software/Introdução à Computação Qualificação e regime de trabalho: engenheiro Eletrônico (1974, PUC-RS; graduado em Administração (1977, Fac. de Administração e Economia-FAE); declara como especialização: Eng. de Telecomunicações (450 h, UFPR); Eng. de Segurança do Trabalho (400 h, UFPR); possui experiência no magistério supe -rior: Fac. de Ciências e Adm. e Comércio Exterior do PR-UCPR, (3 anos); possui Parecer de aprovação no CFE (712/80) como

8 experiência profissional na área, declara: Gerência da Seção de Faturamento e Tarifação da TELEPAR; Desenvolvimento e Especificação de Sistemas de Processamento de Dados; atual -mente realiza Estudos Mercadológicos, gerenciando a implanta. ção de Novos Produtos na TELEPAR. LUIZ ANTÔNIO BELINASO Disciplina: Análise e Projeto de Sistemas em Processamento de Dados/Analise de Sistemas Qualificação e regime de trabalho: graduado em Engenharia Ele trônica (1974, PUC-RS), em Administração (1977, Fac. Adm. e Economia); possui especialização em: Engenharia de Telecomunicações (450 h); realizadas na UFPR; declara experiência no magistério superior: Fac. de Ciências Adm. e Com. Exterior do Paraná (desde 1977); UCPR (3 anos); possui parecer de aprova ção no CFE; informa como experiência profissional na área: Ge_ rência de Seção de Faturamento e Tarifação da TELEPAR; função não docente exercida atualmente Estudos Mercadológicos gereri ciando a implantação de novos produtos. MARIA DE LOURDES MARTINS Disciplina: Comunicação e Expressão Qualificação e regime de trabalho: graduado em Letras-Portu -guês (1976, UCPR); mestrado em (Teoria da literatura-área de Concentração) Letras, 1500 horas; especialização em Língua Portuguesa e Literatura Brasileira, 1080 horas; mestrado e es pecialização realizados na UCPR; possui experiência no magistério superior] Fac. de Ciências Adm. e Com. Exterior do PR desde março de 1985; também no magistério de 1 e 2 graus (Colégio Lins de Vasconcelos); é Assistente Técnico-Acadêmico há 3 anos (Membro da Diretoria do Centro de Ciências Biomédi-cas).

9 . OSCAR SANCHES MONTEIRO Disciplina: Economia e Finanças Qualificação e regime de trabalho: graduado em Ciências Econômicas (1986, UFPR); possui grau de mestrado por Concurso Publico de Títulos e Provas (UFPR); especialização em: Analise Econômica (IPC/UFPR - Concênio) com 360 horas (SEPLAN/CENDEC); declara experiência no magistério superior: FACE (desde 1975), UFPR(desdel978); Fac. Católica de Administração e Econômica (desde 1970); possui Pareceres de aprovação no CFE (n 2368/ /78 e 2746/77); nomeia como experiência profissional na área: Chefe do Departamento de Estudos Econ. do BADEP - Assessor Técnico da Secretaria de Ind. e Com. - Consultor de Empresas para investimentos (Cimento Itau, Grupo Votorantin; Cimen. to Itambé); é Consultor independente de Empresas.. SHIGUEKI SUZUKI Disciplina: Matematica/Estatística Qualificação e regime de trabalho: graduado em Matemática (1966, UFPR); possui experiência no magistério superior (Fac. de Ciências Adm. e Com. Exterior do PR) desde 1975; possui Pareceres de aprovação no CFE (909/76; 2368/74); declara como experiência profissional na área: Técnico em Matemática na Secretaria do Estado e Planejamento; Orientador na Elaboração em Teses de Mestrado na UFPR - Departamento de Línguas Estrangeiras

10 A N E X O II Organização Curricular Nota: O quadro do organização curricular apresentado e transcrição literal dos autos (ver Cadernos 2 e 3). CURRÍCULO PLENO 1 Periodo H/A/S - Matemática Introdução a Teoria de Sistemas 120 Comunicação e Expressão GO Sub-total 300 Estudo de Problemas Brasileiros 60 Educação Física 15 2 Período Total 375 t Introdução a Computação 120 ~ Administração Economia a Finanças 120 Sub-total 360 Educação Fisica 15 Total Período - Estatística Lingua Inglesa Sistema de Computação 120 Sub-total 300 Educação Física 15 Total 375

11 4 Período H/A/S - Noções Gorais de Direito 60 Contabilidado 60 - Linguaguen e Tecnica de Programação I Computador e Sociedade 60 Sub-total 360 Educação Física 15 Total Período Análise de Sistemas 90 - Análise e Projeto de Sistemas em Processamento da Dados Linguagem e Técnica do Programação II 120 Seminário de Processamento de Dados I 15 Sub-total 345 Educação Fisica 15 Total Período - Tópicos Avançados em Processamento de Dados 120 Engenharia de Suftware 60 Seminario de Processamento de Dados II 15 Estágio Supervisionado 180 Sub-total 375 Educaçao Fisica 15 Total 300 RESUMO a) Integralização de Curso b) Estudo de Problemas Brasileiros 60 c) Educação Física 90 d) TOTAL GERAL (-) Disciplinas do Currículo Mínimo.

12 em ORTNs DISCRIMINAÇÃO Pessoal Docente Pessoal Administrativo 13 Salário Encargos Sociais 1.120,00 949, , , ,00 949, , , ,00 949,20 421, ,76 Previsão Orçamentária em ORTNs DISCRIMINAÇÃO Receita Total Receita de Anuidades Despesa Total Despesa , , , , , , , ,01 do Custeio - Pessoal Docente 1.125, , ,00 - Pessoal Acdminitrativo 949,20 949,20 949,20-13 Salário 172,85 297,55 421,60 - Encargos Sociais 622, , ,76 - Material de Consumo 100,00 150,00 574,48 - Despesas Gerais 70, 19 80,00 150,60 - Palestras Seminários 20,00 40,00 100, 00 - Bolsas de Estudo 30, , ,60 - Aluguel 305,10 305, ,00 - Qualificação de Pessoal 40,00 60, ,00 DESPESA de Capital 1.102, Aquisição de Moveis e Utensílios 68,13 202,92 538,87 - Aquisição de Equipamentos 96, , ,00 - Material Bibliográfico 176,65 782,55 800, 00 - Reparos e Consertos 44,01 217,06 300, 00 - Equipamentos p/laboratórios 627, , ,00 - Manutenção e Equipamentos 90, ,71 450,00

13 IV - DECISÃO DO PLENÁRIO Câmara. O Plenário do Conselho Federal de Educação aprovou, por unanimidade, a Conclusão da Sala Barretto Filho, em 26 de 01 de 1987

Autorização (Projeto) do curso de Tecnologia em Processamento de Dados. Jucundino da Silva Furtado

Autorização (Projeto) do curso de Tecnologia em Processamento de Dados. Jucundino da Silva Furtado INSTITUTO RADIAL DE ENSINO E PESQUISA - IREP Autorização (Projeto) do curso de Tecnologia em Processamento de Dados. Jucundino da Silva Furtado 1 - RELATÓRIO O pedido do Instituto Radial de Ensino e Pesquisa,

Leia mais

Autorização (exame do projeto) de Curso Superior de Tecnologia em Processamento de Dados, para funcionar na Faculdade de Informática.

Autorização (exame do projeto) de Curso Superior de Tecnologia em Processamento de Dados, para funcionar na Faculdade de Informática. SOCIEDADE CIVIL DE EDUCAÇÃO SÃO MARCOS Autorização (exame do projeto) de Curso Superior de Tecnologia em Processamento de Dados, para funcionar na Faculdade de Informática. SR. CONS. JOÃO PAULO DO VALLE

Leia mais

Autorização (Exame do Projeto) para funcionamento do curso de Letras, habilitação em Português/Inglês. CESu, 2 Grupo

Autorização (Exame do Projeto) para funcionamento do curso de Letras, habilitação em Português/Inglês. CESu, 2 Grupo ASSOCIAÇÃO DE ENSINO DE VERSALHES Autorização (Exame do Projeto) para funcionamento do curso de Letras, habilitação em Português/Inglês. Arnaldo Niskier CESu, 2 Grupo 1 - RELATÓRIO A Associação de Ensino

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA SOCIEDADE PARANAENSE DE ENSINO E INFORMÁTICA ASSUNTO UF PR Autorização para funcionamento do curso de Ciências Contábeis a ser

Leia mais

SOCIEDADE UNIFICADA PAULISTA DE ENSINO RENOVADO OBJETIVO. Autorização (Projeto) de Plano de Curso de Ciência da Computação. Jucundino da Silva Furtado

SOCIEDADE UNIFICADA PAULISTA DE ENSINO RENOVADO OBJETIVO. Autorização (Projeto) de Plano de Curso de Ciência da Computação. Jucundino da Silva Furtado SOCIEDADE UNIFICADA PAULISTA DE ENSINO RENOVADO OBJETIVO Autorização (Projeto) de Plano de Curso de Ciência da Computação. Jucundino da Silva Furtado 1 - RELATÒRIO Neste processo, de interesse da Sociedade

Leia mais

PIA SOCIEDADE DOS MISSIONÁRIOS DE SAO CARLOS. Margarida Maria do R.B.P.Leal

PIA SOCIEDADE DOS MISSIONÁRIOS DE SAO CARLOS. Margarida Maria do R.B.P.Leal MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA PIA SOCIEDADE DOS MISSIONÁRIOS DE SAO CARLOS UF SP ASSUNTO Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Administração,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA Associação Desportiva e de Educação Juvenil ASSUNTO Autorização(Projeto) para funcionamento do curso de Pedagogia, com Habilitação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO / MANTENEDORA FEBASP SOCIEDADE CIVIL ASSUNTO SP UF Autorização (Projeto) para funcionamento do curso de Tecnologia da Embalagem,

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR GONÇALVES DIAS. Autorização (aprovação do projeto) para funcionamento do curso Letras

ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR GONÇALVES DIAS. Autorização (aprovação do projeto) para funcionamento do curso Letras ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR GONÇALVES DIAS Autorização (aprovação do projeto) para funcionamento do curso Letras ARNALDO NISKIER I - RELATÓRIO A Associação de Ensino Superior Gonçalves Dias de São Luis(MA)

Leia mais

Autorização (Projeto) para funcionamento do curso supe rior de Administração, habilitação em Comércio Exterior.

Autorização (Projeto) para funcionamento do curso supe rior de Administração, habilitação em Comércio Exterior. ASSOCIAÇÃO DOMUS DE ENSINO SUPERIOR Autorização (Projeto) para funcionamento do curso supe rior de Administração, habilitação em Comércio Exterior. Lauro Leitão 1 - RELATÓRIO 0 Plenário aprovou o Parecer

Leia mais

CENTRO DE ESTUDOS SUPERIORES E PESQUISA DO PARANÁ

CENTRO DE ESTUDOS SUPERIORES E PESQUISA DO PARANÁ CENTRO DE ESTUDOS SUPERIORES E PESQUISA DO PARANÁ Autorização (projeto) para funcionamento do Curso Superior de Tecnologia em Processamento de Dados. A ser ministrado pela Faculdade de Informática do Paraná.

Leia mais

ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DE BARRETOS

ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DE BARRETOS ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DE BARRETOS SP Autorização (projeto) para funcionamento do curso de Ciências Contábeis a ser ministrado pela Faculdade de Ciências Contábeis de Barretos-SP. A Asscoiaçao

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR E DIMENSIONAMENTO DA CARGA HORÁRIA POR PERÍODO LETIVO (A CARGA HORÁRIA APRESENTADA NAS TABELAS REFEREM-SE À HORA AULA DE 50 MINUTOS)

MATRIZ CURRICULAR E DIMENSIONAMENTO DA CARGA HORÁRIA POR PERÍODO LETIVO (A CARGA HORÁRIA APRESENTADA NAS TABELAS REFEREM-SE À HORA AULA DE 50 MINUTOS) MATRIZ CURRICULAR E DIMENSIONAMENTO DA POR PERÍODO LETIVO (A APRESENTADA NAS TABELAS REFEREM-SE À HORA AULA DE 50 MINUTOS) PRIMEIRO SEMESTRE / 1 O ANO Leitura e Interpretação de Textos 2-40 Matemática

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO ASSOCIAÇÃO DE ENSINO CRISTO REDENTOR Autorização (Projeto) para funcionamento do curso superior de Ciências - habilitação licenciatura de 1º grau, a

Leia mais

Autorização (Projeto) para funcionamento do curso de Administração. a ser ministrado pela Fac. de Ciências Contábeis e Administrativas de Tangará.

Autorização (Projeto) para funcionamento do curso de Administração. a ser ministrado pela Fac. de Ciências Contábeis e Administrativas de Tangará. CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE TANGARÀ a ser ministrado pela Fac. de Ciências Contábeis e Administrativas de Tangará. Autorização (Projeto) para funcionamento do curso de Administração SR.CONS. IB GATTO

Leia mais

Autorização dos cursos de Ciências Contábeis e de Administração (fase de Projeto).

Autorização dos cursos de Ciências Contábeis e de Administração (fase de Projeto). MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO CONSELHO FEDERAL DE EDUCACÃO INTERESSADO/MANTENEDORA Associação de Ensino de Urubupunga UF SP ASSUNTO Autorização dos cursos de Ciências Contábeis e de Administração

Leia mais

Autorização(Projeto) da habilitação em Radialismo do curso de Comunicação Social.

Autorização(Projeto) da habilitação em Radialismo do curso de Comunicação Social. INTERESSADO/MANTENEDORA INSTITUTO METODISTA DE ENSINO SUPERIOR UF SP ASSUNTO: Autorização(Projeto) da habilitação em Radialismo do curso de Comunicação Social. RELATOR: SR. CONS. Arnaldo Niskier 1-RELATÓRIO

Leia mais

Autorização de curso de Ciências Contábeis

Autorização de curso de Ciências Contábeis INTERESSADO/MANTENEDORA ASSUNTO: ASSOCIAÇÃO JACAREPAGUÁ DE ENSINO SUPERIOR Autorização de curso de Ciências Contábeis UF RJ RELATOR: SR. CONS. João Paulo do Valle Mendes 1 - RELATÓRIO O processo em epígrafe

Leia mais

INSPETORIA SALESIANA DO SUL DO BRASIL. Aprovação de Plano de Curso ZILMA GOMES PARENTE DE BARROS 1 - RELATÓRIO

INSPETORIA SALESIANA DO SUL DO BRASIL. Aprovação de Plano de Curso ZILMA GOMES PARENTE DE BARROS 1 - RELATÓRIO INSPETORIA SALESIANA DO SUL DO BRASIL Aprovação de Plano de Curso ZILMA GOMES PARENTE DE BARROS 1 - RELATÓRIO Este processo, de interesse da Inspetoria Salesiana do Sul do Brasil-SP, trata de pedido de

Leia mais

Reconhecimento do curso de Matemática Aplicada à Informática, ministrado pela Faculdade de Informática de São Paulo

Reconhecimento do curso de Matemática Aplicada à Informática, ministrado pela Faculdade de Informática de São Paulo SOCIEDADE CIVIL ATENEU BRASIL Reconhecimento do curso de Matemática Aplicada à Informática, ministrado pela Faculdade de Informática de São Paulo ARNALDO NISTEIER I - RELATÓRIO O Diretor-Presidente da

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BAURUENSE DE ENSINO SUPERIOR E CULTURA

ASSOCIAÇÃO BAURUENSE DE ENSINO SUPERIOR E CULTURA ASSOCIAÇÃO BAURUENSE DE ENSINO SUPERIOR E CULTURA Autorização do curso de Ciências - habilitação em Ma temática - Licenciatura Plena para funcionar na Faculdade de Ci ências, novo estabelecimento de ensino

Leia mais

Reconhecimento do Curso de Letras, habilitação de Tradução em Francês, Inglês e Alemão. Zilma Gomes Parente de Barros

Reconhecimento do Curso de Letras, habilitação de Tradução em Francês, Inglês e Alemão. Zilma Gomes Parente de Barros Universidade de Brasília Reconhecimento do Curso de Letras, habilitação de Tradução em Francês, Inglês e Alemão. Zilma Gomes Parente de Barros 0 Reitor da Universidade de Brasília encaminhe a este Conselho

Leia mais

A análise que ora é feita refere-se à fase denomi nada projeto e baseia-se, também, na resposta ao DC 157/89.

A análise que ora é feita refere-se à fase denomi nada projeto e baseia-se, também, na resposta ao DC 157/89. Associação Campineira de E ducaç ã o e C ultura Autorização(Projeto) do curso de A dministração Lêda Maria Chaves I - RELATÓRIO A Associação Campineira de Educação e Cultura, pelo Parecer 86/89, teve aprovado

Leia mais

Autorização (Projeto) para Curso de Administração, a ser oferecido Faculdade de Administração de Empresas de Curvelo.

Autorização (Projeto) para Curso de Administração, a ser oferecido Faculdade de Administração de Empresas de Curvelo. INTERESSADO/MANTENEDORA MITRA ASSUNTO: Autorização (Projeto) para Curso de Administração, a ser oferecido Faculdade de Administração de Empresas de Curvelo. UF MG pela ARQUIDIOCESANA DE DIAMANTINA RELATOR:

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA "CELSO SUCKOW DA FONSECA"

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA "CELSO SUCKOW DA FONSECA" Reconhecimento do Curso de Licenciatura Plena para Graduação de Professores da Parte de Formação Especial do -Currículo do Ensino de 2º

Leia mais

INSTITUTO EDUCACIONAL LUZWELL DE ENSINO SUPERIOR

INSTITUTO EDUCACIONAL LUZWELL DE ENSINO SUPERIOR INSTITUTO EDUCACIONAL LUZWELL DE ENSINO SUPERIOR Reconhecimento do Curso de Ciências Contábeis, ministrado pela Faculdade de Administração e Ciências Contábeis Luzwell. JESSÉ GUIMARÃES 1-RELATÓRIO O Diretor

Leia mais

Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Ciências Contábeis, a ser ministrado pela Faculdade de São

Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Ciências Contábeis, a ser ministrado pela Faculdade de São INTERESSADO/MANTENEDORA PIA SOCIEDADE DOS MISSIONÁRIOS DE SÃO CARLOS ASSUNTO. SP Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Ciências Contábeis, a ser ministrado pela Faculdade de

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PRÓ-ENSINO SUPERIOR EM NOVO HAMBURGO. Aprovação de Plano de Curso em Ciência da Computação - Habilita ção em Informática.

ASSOCIAÇÃO PRÓ-ENSINO SUPERIOR EM NOVO HAMBURGO. Aprovação de Plano de Curso em Ciência da Computação - Habilita ção em Informática. ASSOCIAÇÃO PRÓ-ENSINO SUPERIOR EM NOVO HAMBURGO Aprovação de Plano de Curso em Ciência da Computação - Habilita ção em Informática. SB.CONS. ARNALDO NISKIER CESu I RELATÓRIO A Associação Pró-Ensino Superior

Leia mais

INTERESSADO/MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL PROF. EDMILSON MORAIS PEREIRA

INTERESSADO/MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL PROF. EDMILSON MORAIS PEREIRA INTERESSADO/MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL PROF. EDMILSON MORAIS PEREIRA Autorização (Projeto) do Curso de Administração, habilitação Comércio Exte rior para funcionar na Faculdade de Ciências Contábeis

Leia mais

Autorização (Execução do Projeto) de curso de Ciências Econômicas, a funcionar na Faculdade de Ciências Económicas e Contábeis Cândido Rondon

Autorização (Execução do Projeto) de curso de Ciências Econômicas, a funcionar na Faculdade de Ciências Económicas e Contábeis Cândido Rondon ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL CÂNDIDO RONDON Autorização (Execução do Projeto) de curso de Ciências Econômicas, a funcionar na Faculdade de Ciências Económicas e Contábeis Cândido Rondon João Paulo do Valle Mendes

Leia mais

Autorização (Execução do Projeto) do c urso de Administraç ã o

Autorização (Execução do Projeto) do c urso de Administraç ã o Sociedade Educacional Santa Marta S/C Autorização (Execução do Projeto) do c urso de Administraç ã o Lêda M aria Chaves I - RELATÓRIO A Sociedade Educacional Santa Marta S/C, pelos P a r e c e res 882/88

Leia mais

4. informações sobre os equipamentos indicados pela Co-

4. informações sobre os equipamentos indicados pela Co- ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SÃO JUDAS TADEU Aprovação de Plano de Curso Execução do Projeto da habilitação Tecnologia Educacional do Curso de Pedagogia. ARNALDO NISKIER I - RELATÓRIO Pelo Parecer nº

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DO ALTO VALE DO RIO PEIXE - CAÇADOR. Reconhecimento da Habilitação Supervisão Escolar do Curso de Pedagogia.

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DO ALTO VALE DO RIO PEIXE - CAÇADOR. Reconhecimento da Habilitação Supervisão Escolar do Curso de Pedagogia. FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DO ALTO VALE DO RIO PEIXE - CAÇADOR Reconhecimento da Habilitação Supervisão Escolar do Curso de Pedagogia. EURIDES BRITO DA SILVA O Diretor de Ensino da Fundação Educacional do Al

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONSENHOR MESSIAS. Plenificação do Curso de Letras. Zilma Gomes Parente de Barros 10005/87 12/11/87.

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONSENHOR MESSIAS. Plenificação do Curso de Letras. Zilma Gomes Parente de Barros 10005/87 12/11/87. FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONSENHOR MESSIAS MG Plenificação do Curso de Letras Zilma Gomes Parente de Barros 10005/87 CESu 1º Grupo 12/11/87 23018.001977/86-12 O Presidente da Fundação Educacional Monsenhor

Leia mais

Reconhecimento do Curso de Ciência da Computação. Pe. Antônio Geraldo Amaral Rosa

Reconhecimento do Curso de Ciência da Computação. Pe. Antônio Geraldo Amaral Rosa UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PETRÓPOLIS RJ Reconhecimento do Curso de Ciência da Computação Pe. Antônio Geraldo Amaral Rosa 1 - RELATÓRIO 01. 0 PEDIDO: A Reitora da Universidade Católica de Petrópolis encaminha

Leia mais

Reconhecimento do curso de Serviço Social, ministrado pela. Faculdade de Filosofia, Ciência e Letras de Botucatu.

Reconhecimento do curso de Serviço Social, ministrado pela. Faculdade de Filosofia, Ciência e Letras de Botucatu. ASSOCIAÇÃO DE ENSINO DE BOTUCATU - UNIFAC Reconhecimento do curso de Serviço Social, ministrado pela Faculdade de Filosofia, Ciência e Letras de Botucatu. YUGO OKIDA 1 - RELATÓRIO Trata o presente parecer

Leia mais

CÓD. 1739 - CURSO DE ADMINISTRAÇÃO TURNO: NOITE Currículo nº 02 MATRIZ CURRICULAR

CÓD. 1739 - CURSO DE ADMINISTRAÇÃO TURNO: NOITE Currículo nº 02 MATRIZ CURRICULAR Aprovado no CONGRAD: 08.05.2012 Vigência: para os ingressos a partir 2012/2 CÓD. 1739 - CURSO DE ADMINISTRAÇÃO TURNO: NOITE Currículo nº 02 MATRIZ CURRICULAR CÓD. ÁREAS DE FORMAÇÃO I - CONTEÚDOS DE FORMAÇÃO

Leia mais

PROCESSO Nº 1693/07 PROTOCOLO Nº 9.080.702-1 PARECER Nº 677/07 APROVADO EM 09/11/07

PROCESSO Nº 1693/07 PROTOCOLO Nº 9.080.702-1 PARECER Nº 677/07 APROVADO EM 09/11/07 PROTOCOLO Nº 9.080.702-1 PARECER Nº 677/07 APROVADO EM 09/11/07 CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR INTERESSADA: FACULDADE MUNICIPAL VIZINHANÇA VALE DO IGUAÇU - VIZIVALI MUNICÍPIO: DOIS VIZINHOS ASSUNTO: Pedido

Leia mais

José Luitgard de Moura Figueiredo.

José Luitgard de Moura Figueiredo. SOCIEDADE PERNAMBUCANA DE CULTURA E ENSINO Assunto. RECONHECIMENTO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO- HABILITAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO G E R AL. MINISTRADO PELA FACULDADE DE CIÊNCIA HUMA - NAS DE PERNAMBUCO. José

Leia mais

ser ministrado pela Faculdade de Ciências Administrativas de Valinhos.

ser ministrado pela Faculdade de Ciências Administrativas de Valinhos. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO VALINHENSE DE EDUCAÇÃO E CULTURA - AVEC UF SP ASSUNTO: Autorização (Carta-Consulta) para criação do Curso

Leia mais

PROPOSTA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS 2012.2. Noturno

PROPOSTA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS 2012.2. Noturno PROPOSTA CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS 2012.2 DENOMINAÇÃO: PORTARIA DE AUTORIZAÇÃO: PORTARIA DE RECONHECIMENTO: REGIME ESCOLAR: NÚMERO DE VAGAS ANUAIS: TURNOS DE FUNCIONAMENTO: NÚMERO DE ALUNOS POR TURMA:

Leia mais

Reconhecimento do Curso de Letras - Habilitação Português/Inglês, ministrado pelas Faculdades Integradas de Cuiabá. C.E.U.

Reconhecimento do Curso de Letras - Habilitação Português/Inglês, ministrado pelas Faculdades Integradas de Cuiabá. C.E.U. INTERESSADO/MANTENEDORA UNIÃO DAS ESCOLAS SUPERIORES DE CUIABA UF MT ASSUNTO: Reconhecimento do Curso de Letras - Habilitação Português/Inglês, ministrado pelas Faculdades Integradas de Cuiabá. RELATOR:

Leia mais

Autorização(projeto) para funcionamento do curso de Serviço Social

Autorização(projeto) para funcionamento do curso de Serviço Social INTERESSADO/MANTENEDORA Sociedade Presbiteriana de Educação e Pesquisa ASSUNTO: Autorização(projeto) para funcionamento do curso de Serviço Social RELATOR: SR. CONS. Virgínio Cândido Tosta de Souza 1-RELATÓRIO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 72/2009 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Sistemas de Informação, modalidade

Leia mais

PARECER CEE/PE Nº 95/2011-CEB Homologado pelo Plenário em 29/07/2011 I RELATÓRIO:

PARECER CEE/PE Nº 95/2011-CEB Homologado pelo Plenário em 29/07/2011 I RELATÓRIO: INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL MAURÍCIO DE NASSAU CARUARU/PE ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO DOS CURSOS TÉCNICOS EM ADMINISTRAÇÃO E EM SECRETARIADO - EIXO TECNOLÓGICO: GESTÃO E NEGÓCIOS RELATORA: CONSELHEIRA

Leia mais

Sociedade Brasileira de Instrução.

Sociedade Brasileira de Instrução. Sociedade Brasileira de Instrução. Autorização para funcionamento do curso de Ciências Contábeis, a ser ministrado pela Faculdade de Ciências Políticas e Econômicas do Rio de Janeiro, unidade das Faculdades

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Habilitação: Bacharel em Sistemas de Informação Cálculo I - 90 6 Lógica - Programação I - 90 6 1º. Fundamentos de Sistemas de Informação - Metodologia da Pesquisa - 30 2 Comunicação Empresarial - 30 2

Leia mais

Reconhecimento do curso de Secretariado Executivo. Jessé Guimarães.

Reconhecimento do curso de Secretariado Executivo. Jessé Guimarães. Associação Latino-americana de Educação. PE Reconhecimento do curso de Secretariado Executivo. Jessé Guimarães. 1 - RELATÓRIO A Associação Latino-americana de Educação submete a este Colegiado pedido de

Leia mais

Regimento Unificado das Faculdades Integradas de Guarulhos

Regimento Unificado das Faculdades Integradas de Guarulhos MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA SOCIEDADE GUARULHENSE DE EDUCAÇÃO ASSUNTO; UF SP Regimento Unificado das Faculdades Integradas de Guarulhos RELATOR SR. CONS.

Leia mais

Autorização /Execução do Projeto) de curso de Ciências Contábeis a funcionar na Faculdade de Ciências Econômicas e Contábeis Cândido Rondon.

Autorização /Execução do Projeto) de curso de Ciências Contábeis a funcionar na Faculdade de Ciências Econômicas e Contábeis Cândido Rondon. ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL CÂNDIDO RONDON Autorização /Execução do Projeto) de curso de Ciências Contábeis a funcionar na Faculdade de Ciências Econômicas e Contábeis Cândido Rondon. João Paulo do Valle Mendes

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 012/07 CONSUNI

RESOLUÇÃO Nº 012/07 CONSUNI RESOLUÇÃO Nº 012/07 CONSUNI APROVA A ALTERAÇÃO DA MATRIZ CURRICULAR DOS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO, ADMINISTRAÇÃO HABILITAÇÃO EM COMÉRCIO EXTERIOR E ADMINISTRAÇÃO HABILITAÇÃO EM MARKETING E O REGULAMENTO

Leia mais

I - RELATÓRIO: II - ANÁLISE:

I - RELATÓRIO: II - ANÁLISE: INTERESSADA: AUTARQUIA EDUCACIONAL DO BELO JARDIM AEB / FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E APLICADAS DO BELO JARDIM - FABEJA ASSUNTO: AUTORIZAÇÃO DO CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO RELATOR: CONSELHEIRO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 18/9/2009, Seção 1, Pág. 47. Portaria n 890, publicada no D.O.U. de 18/9/2009, Seção 1, Pág. 47. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

31956 Monografia II 31926

31956 Monografia II 31926 Currículo Novo 2006/01 Duração: 182 créditos 2.730h, acrescidas de 270h de atividades complementares, totalizando 3.000h 31544 Teoria das Organizações I - 31554 Matemática I - 31564 Teoria das Organizações

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO

1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO 1. IDENTIFICAÇÃO DO CURSO O Curso de Secretariado Executivo das Faculdades Integradas de Ciências Exatas Administrativas e Sociais da UPIS, reconhecido pelo MEC desde 1993, pela Portaria 905, de 24.06,1993,

Leia mais

Reconhecimento do curso de Ciências Contábeis, ministrado pela Faculdade de Ciências Econômicas do Sul de Minas Itajubá-MG

Reconhecimento do curso de Ciências Contábeis, ministrado pela Faculdade de Ciências Econômicas do Sul de Minas Itajubá-MG INTERESSADO/MANTENEDORA CENTRO REGIONAL DE CULTURA ASSUNTO: UF MG Reconhecimento do curso de Ciências Contábeis, ministrado pela Faculdade de Ciências Econômicas do Sul de Minas Itajubá-MG RELATOR: SR.

Leia mais

Reconhecimento do curso de Letras com habilitações em Por-tuguês/Inglês e Português/Francês com suas respectivas Literaturas.

Reconhecimento do curso de Letras com habilitações em Por-tuguês/Inglês e Português/Francês com suas respectivas Literaturas. FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DO AGRESTE ALAGOANO Reconhecimento do curso de Letras com habilitações em Por-tuguês/Inglês e Português/Francês com suas respectivas Literaturas. ZILMA GOMES PARENTE DE BARROS I -

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 28/11/2005 (*) Portaria/MEC nº 4.043, publicada no Diário Oficial da União de 28/11/2005 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

Autorização do Curso (Fase Projeto) de Pedagogia. Pe. ANTONIO GERALDO AMARAL ROSA

Autorização do Curso (Fase Projeto) de Pedagogia. Pe. ANTONIO GERALDO AMARAL ROSA ASSOCIAÇÃO JIPARANAENSE DE EDUCAÇÃO E CULTURA Autorização do Curso (Fase Projeto) de Pedagogia Pe. ANTONIO GERALDO AMARAL ROSA 1 - RELATÓRIO O pleito da interessada foi aprovado na fase da Carta Consulta

Leia mais

UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA

UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA INTERESSADOMANTENEDOR UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA UF AM ASSUNTO Autorização de curso de docência do ensino superior em nível de especialização para professores de ensino superior no Centro de Ensino Superior

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 12/05/2008 (*) Portaria/MEC nº 561, publicada no Diário Oficial da União de 12/05/2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº09/2011 Aprova a estrutura curricular do Curso de Administração do Centro de

Leia mais

ASSOCIAÇÃO JACAREPAGUÁ DE ENSINO SUPERIOR. Reconhecimento do Curso de Ciências Contábeis das Faculdades Integradas de Jacarepaguá.

ASSOCIAÇÃO JACAREPAGUÁ DE ENSINO SUPERIOR. Reconhecimento do Curso de Ciências Contábeis das Faculdades Integradas de Jacarepaguá. INTERESSADO/MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO JACAREPAGUÁ DE ENSINO SUPERIOR UF RJ ASSUNTO: Reconhecimento do Curso de Ciências Contábeis das Faculdades Integradas de Jacarepaguá. RELATOR: SR. CONS. IB GATTO FALCÃO

Leia mais

ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DO LITORAL SANTISTA - AELIS. Reconhecimento do Curso de Ciências Atuariais JÚLIO GARCIA GREGÕRIO MOREJON

ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DO LITORAL SANTISTA - AELIS. Reconhecimento do Curso de Ciências Atuariais JÚLIO GARCIA GREGÕRIO MOREJON ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DO LITORAL SANTISTA - AELIS Reconhecimento do Curso de Ciências Atuariais JÚLIO GARCIA GREGÕRIO MOREJON I - RELATÓRIO ' A Associação Educacional do Litoral Santista, mantenedora

Leia mais

FACULDADE REGIONAL DE MEDICINA DE SÃO JOSE DO RIO PRETO

FACULDADE REGIONAL DE MEDICINA DE SÃO JOSE DO RIO PRETO FACULDADE REGIONAL DE MEDICINA DE SÃO JOSE DO RIO PRETO SP Aprovação do Projeto do Curso de Enfermagem e Obstetrí cia com as habilitações: Geral em Enfermagem; Enfermagem Médico Cirúrgica; Enfermagem Obstetricia;

Leia mais

Reconhecimento do Curso Superior de Tecnologia em Processamento de Dados.

Reconhecimento do Curso Superior de Tecnologia em Processamento de Dados. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INSTITUTO SALESIANO DOM BOSCO DE AMERICANA - SP Reconhecimento do Curso Superior de Tecnologia em Processamento de Dados. 1 - RELATÓRIO 0 Diretor do

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 229/2002

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 229/2002 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 229/2002 Aprova a estrutura do currículo pleno do Curso de Administração (ênfase em Gerenciamento Empresarial). O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº ECA-784/02,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE - UNICENTRO Setor de Ciências Sociais Aplicadas Unidade Universitária de Guarapuava CURRÍCULO PLENO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE - UNICENTRO Setor de Ciências Sociais Aplicadas Unidade Universitária de Guarapuava CURRÍCULO PLENO Unidade Universitária de Guarapuava CURRÍCULO PLENO CURSO: SECRETARIADO EXECUTIVO (380 Noite Cur. 2009) SÉRIES CÓD. DIS. DEPTOS. DISCIPLINAS 1ª 2ª 3ª 4ª C/H 1899 DESEC/G Espanhol Aplicado ao Secretariado

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 24/03/2006. Portaria MEC nº 772, publicada no Diário Oficial da União de 24/03/2006. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

Faculdade Figueiredo Costa 16/73

Faculdade Figueiredo Costa 16/73 16/73 CAPITULO IV GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PERFIL PROFISSIONAL O Curso de Graduação em Administração deve ensejar como perfil desejado do formando, capacitação e aptidão para compreender as questões

Leia mais

COMISSÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROCESSO N o : E-03/100.029/2008 INTERESSADO: CENTRO DE ENSINO E TREINAMENTO APLICADO A PROFISSIONAIS LTDA

COMISSÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROCESSO N o : E-03/100.029/2008 INTERESSADO: CENTRO DE ENSINO E TREINAMENTO APLICADO A PROFISSIONAIS LTDA Governo do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Educação CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO COMISSÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROCESSO N o : E-03/100.029/2008 INTERESSADO: CENTRO DE ENSINO E TREINAMENTO

Leia mais

Projeto Pedagógico do Curso

Projeto Pedagógico do Curso Projeto Pedagógico do Curso Fundamentação Diretrizes curriculares do MEC Diretrizes curriculares da SBC Carta de Princípios da UNICAP Projeto Pedagógico Institucional da UNICAP Diretrizes Curriculares

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : ADMINISTRAÇÃO. CRÉDITOS Obrigatórios: 176 Optativos: 24. 1º Semestre

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : ADMINISTRAÇÃO. CRÉDITOS Obrigatórios: 176 Optativos: 24. 1º Semestre Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:12:25 Curso : ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 039/2004-COU/UNICENTRO REVOGADA PELA RESOLUÇÃO Nº 128/2014- COU/UNICENTRO. DISPOSITIVOS DO PROJETO PEDAGÓGICO APROVADO POR ESTA RESOLUÇÃO, ESTÃO ALTERADOS PELA RESOLUÇÃO Nº 26/2009-COU/UNICENTRO.

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 24/8/2009, Seção 1, Pág. 16. Portaria n 816, publicada no D.O.U. de 24/8/2009, Seção 1, Pág. 16. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Administração, das Faculdades Teresa Martin, SP. Layrton Borges de Miranda Vieira

Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Administração, das Faculdades Teresa Martin, SP. Layrton Borges de Miranda Vieira INTERESSADO / MANTENEDORA INSTITUTO EDUCACIONAL TERESA MARTIN UF SP ASSUNTO : Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Administração, das Faculdades Teresa Martin, SP. RELATOR.

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRICULO PLENO 1.ª SÉRIE CÓDIGO DISCIPLINAS TEOR PRÁT CHA PRÉ-REQUISITO

MATRIZ CURRICULAR CURRICULO PLENO 1.ª SÉRIE CÓDIGO DISCIPLINAS TEOR PRÁT CHA PRÉ-REQUISITO MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 04 (QUATRO) ANOS LETIVOS - MÁXIMO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 06/04/2005 (*) Portaria/MEC nº 1.112, publicada no Diário Oficial da União de 06/04/2005 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

CRIAÇÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO

CRIAÇÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D A B A H I A P r ó - R e i t o r i a d e E n s i n o d e G r a d u a ç ã o Palácio da Reitoria - Rua Augusto Viana s/n - Canela - 40.110-060 - Salvador Bahia E-mails:

Leia mais

FUNDAÇÃO ALTO URUGUAI PARA A PESQUISA E O ENSINO SUPERIOR. Autorização para o curso em Regime Intensivo de Férias, por um novo período de 5 anos.

FUNDAÇÃO ALTO URUGUAI PARA A PESQUISA E O ENSINO SUPERIOR. Autorização para o curso em Regime Intensivo de Férias, por um novo período de 5 anos. FUNDAÇÃO ALTO URUGUAI PARA A PESQUISA E O ENSINO SUPERIOR Autorização para o curso em Regime Intensivo de Férias, por um novo período de 5 anos. ANNA BERNARDES DA SILVEIRA ROCHA O Presidente da Fundação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO SOCIEDADE EDUCACIONAL SANTA MARTA S/C Autorização do curso de Administração a ser ministrado pela Faculdade de Administração Santa Marta. 0 Parecer 882/88

Leia mais

Reconhecimento do Curso de Bacharelado em Ciência da Computação, com ênfase em Análise de Sistemas e Software

Reconhecimento do Curso de Bacharelado em Ciência da Computação, com ênfase em Análise de Sistemas e Software INTERESSADO/MANTENEDORA Universidade Federal de Uberlândia MG ASSUNTO Reconhecimento do Curso de Bacharelado em Ciência da Computação, com ênfase em Análise de Sistemas e Software RELATOR SR. CONS Layrton

Leia mais

PROCESSO N. 929/04 PROTOCOLO N. 8.277.096-8 PARECER N.º 197/05 APROVADO EM 04/05/05

PROCESSO N. 929/04 PROTOCOLO N. 8.277.096-8 PARECER N.º 197/05 APROVADO EM 04/05/05 PROTOCOLO N. 8.277.096-8 PARECER N.º 197/05 APROVADO EM 04/05/05 CÂMARA DE PLANEJAMENTO INTERESSADO: COLÉGIO SPEI MUNICÍPIO: CURITIBA ASSUNTO: Pedido de Credenciamento e Autorização de Funcionamento do

Leia mais

FACULDADE MORAES JÚNIOR CARGA HORÁRIA DAS DISCIPLINAS POR CURSO CIÊNCIAS CONTÁBEIS CARGA HORÁRIA SÉRIE DISCIPLINA SEMANAL ANUAL 2ª

FACULDADE MORAES JÚNIOR CARGA HORÁRIA DAS DISCIPLINAS POR CURSO CIÊNCIAS CONTÁBEIS CARGA HORÁRIA SÉRIE DISCIPLINA SEMANAL ANUAL 2ª FACULDADE MORAES JÚNIOR DAS DISCIPLINAS POR CURSO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Duração do Curso: 4 anos. Total de 3.200 horas-aula CIÊNCIAS CONTÁBEIS SÉRIE DISCIPLINA SEMANAL ANUAL 2ª Contabilidade e Análise

Leia mais

GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO. fgv.br/vestibular

GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO. fgv.br/vestibular GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO fgv.br/vestibular IDEALISMO, EXCELÊNCIA E CREDIBILIDADE A Fundação Getulio Vargas surgiu em 20 de dezembro de 1944 com o objetivo de preparar profissionais qualificados em Administração

Leia mais

RELATOR: SR. CONS. JOSÉ LUITGARD DE MOURA FIGUEIREDO... CÂMARA OU COMISSÃO CESu 1ºGrupo

RELATOR: SR. CONS. JOSÉ LUITGARD DE MOURA FIGUEIREDO... CÂMARA OU COMISSÃO CESu 1ºGrupo INTERESSADO/MANTENEDORA Sociedade Assistencial de Educação e Cultura. UF SP ASSUNTO Autorização execução de projeto para funcionamento do curso de Administração - habilitações Geral e Comércio Exterior,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA UNIÃO SOCIAL CAMILIANA ASSUNTO / UF SP AUTORIZAÇÃO (PROJETO) PARA FUNCIONAMENTO DO CURSO DE CIÊNCIAS SOCIAIS - HABILITAÇÕES

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Associação Educacional da Igreja Evangélica Assembléia de UF: PR Deus em Curitiba (AEIEADC) ASSUNTO: Credenciamento

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE RIBEIRÃO PRETO. Autorização(Projeto) para o Curso de Psicologia

ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE RIBEIRÃO PRETO. Autorização(Projeto) para o Curso de Psicologia ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE RIBEIRÃO PRETO Autorização(Projeto) para o Curso de Psicologia A Associação de Ensino Superior de Ribeirão Preto-SP, solicita autorização para o funcionamento de curso

Leia mais

c) a planejar, implementar e avaliar tarefas de sua prática edu_ cativa. 2.2. Objetivos Específicos

c) a planejar, implementar e avaliar tarefas de sua prática edu_ cativa. 2.2. Objetivos Específicos UNIVERSIDADE DO RIO GRANDE RS Autorização para o curso de pós-graduação em Educação, com habilitações em Orientação Educacional e Supervisão Escolar. ZILMA GOMES PARENTE DE BARROS l - RELATÓRIO 0 Reitor

Leia mais

BOLETIM DE SERVIÇO - FIPAR ON LINE

BOLETIM DE SERVIÇO - FIPAR ON LINE BOLETIM DE SERVIÇO - FIPAR ON LINE ANO II Nº 003 Editado pela Secretaria Geral das FIPAR Faculdades Integradas de Paranaíba FIPAR Paranaíba, 08 de agosto de 2008. AVISO DE PUBLICAÇÃO E ADEQUAÇÃO DE MATRIZ

Leia mais

0 Projeto tem por objetivo a autorização para o funcionamento do

0 Projeto tem por objetivo a autorização para o funcionamento do INTERESSADO/MANTENEDORA Sociedade Educacional da Cidade-RJ/RJ, substituida pela Sociedade Educacional São Paulo Apóstolo-RJ/RJ ASSUNTO: Autorização (Projeto) para o funcionamento do Curso de Administração

Leia mais

Autorização (Projeto) para implantação do curso superior de Tecnologia em Processamento de Dados

Autorização (Projeto) para implantação do curso superior de Tecnologia em Processamento de Dados ASSOCIAÇÃO DOMUS DE ENSINO S UPERIOR - ADES Autorização (Projeto) para implantação do curso superior de Tecnologia em Processamento de Dados Yugo Ok ida 1 - RELATÓRIO 23030.0 10576/85-39 0 presente processo,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.672 DE 06 DE MARÇO DE 2008

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.672 DE 06 DE MARÇO DE 2008 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.672 DE 06 DE MARÇO DE 2008 Homologa o Parecer nº 013/2008-CEG que aprova o Projeto Político

Leia mais

CÓD. 483 - CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 03 I- NÚCLEO DOS CONTEÚDOS BÁSICOS

CÓD. 483 - CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 03 I- NÚCLEO DOS CONTEÚDOS BÁSICOS Aprovado no CONGRAD de: 24.09.2013 Retificado no CONGRAD de: 13.05.2014 Vigência: retroativa aos ingressantes de 2014/1 CÓD. 483 - CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 03 CÓD.

Leia mais

PROCESSO Nº 1863/12 PROTOCOLO Nº 11.579.438-8 PARECER CEE/CES Nº 74/12 APROVADO EM 03/12/12

PROCESSO Nº 1863/12 PROTOCOLO Nº 11.579.438-8 PARECER CEE/CES Nº 74/12 APROVADO EM 03/12/12 PROTOCOLO Nº 11.579.438-8 PARECER CEE/CES Nº 74/12 APROVADO EM 03/12/12 CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR INTERESSADA: FACULDADE ESTADUAL DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DE APUCARANA - FECEA MUNICÍPIO: APUCARANA ASSUNTO:

Leia mais

INSTITUTO EDUCACIONAL HOWELL. 1-RELATÓRIO Trata o presente processo da autorização do curso de Adminis-

INSTITUTO EDUCACIONAL HOWELL. 1-RELATÓRIO Trata o presente processo da autorização do curso de Adminis- MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA INSTITUTO EDUCACIONAL HOWELL UF SP ASSUNTO: Autorização (Projeto) do Curso de Administração RELATOR: SR. CONS. Yugo Okida PARECER

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA ASSUNTO UNIVERSIDADE STA. CECÍLIA DOS BANDEIRANTES Reconhecimento do Curso de Ciências Econômicas, ministrado pela Faculdade

Leia mais

PROCESSO N. 86/12 PROTOCOLO N.º 11.075.788-3 PARECER CEE/CEB N.º 463/12 APROVADO EM 18/06/12

PROCESSO N. 86/12 PROTOCOLO N.º 11.075.788-3 PARECER CEE/CEB N.º 463/12 APROVADO EM 18/06/12 PROTOCOLO N.º 11.075.788-3 PARECER CEE/CEB N.º 463/12 APROVADO EM 18/06/12 CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA INTERESSADO: COLÉGIO ESTADUAL JARDIM ALEGRE - ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO E PROFISSIONAL MUNICÍPIO: TELÊMACO

Leia mais

I RELATÓRIO: II ANÁLISE:

I RELATÓRIO: II ANÁLISE: INTERESSADA: AUTARQUIA EDUCACIONAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO - AEVSF / FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS E SOCIAIS DE PETROLINA FACAPE ASSUNTO: RENOVAÇÃO DO RECONHECIMENTO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM SECRETARIADO

Leia mais