PIA SOCIEDADE DOS MISSIONÁRIOS DE SAO CARLOS. Margarida Maria do R.B.P.Leal

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PIA SOCIEDADE DOS MISSIONÁRIOS DE SAO CARLOS. Margarida Maria do R.B.P.Leal"

Transcrição

1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA PIA SOCIEDADE DOS MISSIONÁRIOS DE SAO CARLOS UF SP ASSUNTO Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Administração, a ser ministrado pela Faculdade São Carlos, em São Bernardo do Campo, SP. RELATOR, SR. CONS. Margarida Maria do R.B.P.Leal PARECER Nº CAMARÁ OU COMISSÃO CESu-2º Grupo APROVADO EM PROCESSO Nº / RELATÓRIO de interesse da Pia Trata-se de processo Sociedade dos Missionários de São Carlos, referente à autorização (execução de projeto) para funcionamento do curso de Administração, a ser ministrado pela Faculdade São Carlos, em São Bernardo do Campo, SP. Apreciado o pedido na fase de Carta-Consulta pelo Parecer CFE nº 686/93, o qual estipulou 80 (oitenta) vagas totais anuais para o Curso em apreço, este, teve aprovado Projeto mediante o Parecer CFE nº 318/94, para funcionamento no turno noturno. pelas Portarias n s 166, de e 173, de da SESu/MEC foi designada a Comissão Verificadora, composta pelos professores Irene Cármen de Almeida Carvalho da Universidade Federal do Rio de Janeiro e professor Sérgio Pereira Lobo da Universidade Católica do Paraná e pelo TAE Manoel Raymundo de Souza Júnior da DEMEC/SP, que após a verificação "in loco" das condições para funcionamento do curso de Administração, realizada no período de 16 a 18 de junho do corrente ano, apresentou relatório conclusivo, contendo identificação; dados gerais do curso; concepção e objetivos; currículo pleno proposto; corpo docente; recursos materiais (planta física, biblioteca, laboratórios e equipamentos).

2 Sobre a concepção e objetivos do curso, a Comissão expressa que "o curso de Administração da Faculdade São Carlos objetiva oferecer aos seus alunos um perfil profissional humanístico, conferindo capacitação para análise técnica de métodos, programas, orçamentos, relações interpessoais e industriais, bem como propiciando o acúmulo de conhecimentos compatível com a evolução da legislação social e tributária." Da análise do currículo pleno proposto, a Comissão conclui que o mesmo atende à Resolução CFE n 02/93, cuja carga horária de 3.180ha, está assim distribuída 792ha de Formação Básica e Instrumental; 1044ha de Formação Profissional; 1044ha de Disciplinas Eletivas e Complementares; 300ha de Estágio Supervisionado e 72ha de Educação Física. A integralização curricular dar-se-á, no mínimo, em 4 (quatro) anos letivos. Registra a Comissão, que as aulas serão ministradas no turno noturno com a duração de 50 (cinquenta) minutos), estando previstas para os sábados, as atividades de prática desportiva e de estágio supervisionado no período compreendido entre 800 hrs e 1200 hrs. Com relação ao elenco e escalonamento das disciplinas, manifesta a Comissão que os mesmos são compatíveis e atendem aos objetivos do curso. No que se refere ao ementário das disciplinas, sugere a Comissão que cabe a adequação de algumas disciplinas ao novo currículo aprovado para o Curso e que deverá vigorar a partir de janeiro de Segundo o relatório, nas entrevistas e debates com os dirigentes da Instituição os mesmos acataram a sugestão da Comissão, no sentido da adequação proposta. Sobre o acompanhamento do projeto pedagógico destaca o relatório, que está previsto nos artigos 10 (alíneas "c", "f" e "h"), 24 e 29 do Regimento da Instituição e que os arts. 64 e 65 prevêm a regulamentação dos estágios.

3 Quanto ao corpo docente aprovado pelo Parecer CFE 318/94, a Comissão registra alterações propostas pela Instituição. Após análise dos currículos dos docentes indicados, conclui a Comissão que os mesmos preenchem os pré-requisitos exigidos para a implantação do primeiro ano do curso e que da entrevista realizada com os docentes constatou que apresentam qualificação e experiência na área de ensino. 0 corpo docente atual, que integra o Anexo I do presente parecer, apresenta o seguinte perfil 1 (11%) doutor; 05 (55%) mestres; 1 (11%) mestrando e 2 (23%) especialistas. A respeito da infra-estrutura fisica, a Comissão Verificadora relata que o prédio possui uma área construída, cedida em regime de comodato, de 2.786,20m2 distribuída em três pavimentos, dispondo de 24 salas de aula convencionais, 2 auditórios, 1 laboratório, 1 biblioteca, 1 sala para professores, 3 gabinetes de apoio, 10 salas destinadas à administração, coordenação de estágios e depósito, além de 6 instalações sanitárias. Ressalta, que "as salas de aulas, como toda a edificação, são arejadas e contam com boa iluminação natural". A Biblioteca conta com uma área de 586m2, dos quais 436m2 são destinados ao acervo e 150m2 são reservados ao atendimento e leitura. Quanto ao acervo bibliográfico, informa a Comissão que o mesmo totaliza títulos de livros, sendo adequados e abrangendo a totalidade das disciplinas do curso de Administração. Conta também com 21 periódicos e revistas especializadas, além de jornais de grande circulação a nível nacional. 0 Anexo II do Relatório da Comissão Verificadora apresenta a relação do acervo bibliográfico. Registra, que a biblioteca atenderá de segunda a sexta-feira, das 800 às 2200 hs e aos sábados das 800 às 1400 hs, sob a orientação de uma bibliotecária devidamente registrada, estando prevista a contratação de auxiliares com apoio ao atendimento dos usuários.

4 Sobre os laboratórios e equipamentos, consta qo relatório, que o laboratório de informática tem uma área de 50m2 foi dotado de condições a oferecer aos usuários conforto funcionalidade. Informa a Comissão que estão nele dispostos, em boas condições de uso, os seguintes equipamentos, os quais, que no seu entender atendem à demanda inicial do curso. - 2 micros 486 DX2 HDD 525 MB (servidor de Rede Novell para 25 usuários - monitor VGA mono); - 2 micro 486 DLC 40MHZ - 8MB com processador drives de 1.2. e 1.44 (monitor SVGA color); - 10 micros 486 DLC 40 MHZ - 8 MB com processador placa de rede ME 2000 (monitores SVGA color); seguintes termos - 1 impressora Emilia PC de 132 colunas A Comissão Verificadora conclui o relatório no s Concluindo o presente relatório, a Comissão recomenda à Instituição que observe dois pontos importantes - que a remuneração do corpo docente contemple um diferencial para as categorias com diferentes níveis de titulação acadêmica (doutor, mestre, especialista); - que a coordenação didático-pedagógica do curso objeto de autorização mantenha a preocupação de desenvolver projetos de pesquisa e extensão para a consecução dos objetivos de ensino e formação profissional. Ressalta, também, a história de mais de três décadas que possui a Pia Sociedade dos Missionários de São Carlos na área de Educação, dispondo de instalações, espaço físico, equipamentos proposta pedagógica e recursos humanos apropriados para acolher curso proposto. Face às observações, entrevistas, documentação visitas às instalações, a Comissão Verificadora apresenta o seu parecer conclusivo

5 "A Comissão Verificadora manifesta-se plenamente favorável a AUTORIZAÇÃO do curso de Administração, com habilitação em Comércio Exterior, a ser ministrado pela Faculdade São Carlos." II - VOTO DA RELATORA Diante de todo o exposto, a Relatora vota favoravelmente à autorização para funcionamento do curso de Administração, a ser ministrado pela Faculdade São Carlos, mantida pela Pia Sociedade dos Missionários de São Carlos, na Cidade de São Bernardo do Campo, Estado de São Paulo, com 80 (oitenta) vagas totais anuais, no turno noturno. Declara ainda, com base na Resolução CFE nº 02/93 e no Parecer CFE nº 318/94, que o Curriculo Pleno do Curso como proposto, com identificação de estudos relcionados com a atividade de Comércio Exterior, pode conduzir à habilitação específica de Comércio Exterior. III - CONCLUSÃO DA CÂMARA voto da Relatora. A Câmara de Ensino Superior - 2º Grupo acompanha o Sala das Sessões,29 de junho de 1994,

6 ANEXO I - CORPO DOCENTE 01. EDUARDO IAHUNDO Filosofia Aplicada à Administração Doutorando em Filosofia, pela PUC/SP. Mestrado em Filosofia, pela PUC/SP (1987). Licenciatura Plena.Bacharelado em Ciências Políticas e Sociais, pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (1978). Curso de Aperfeiçoamento em Teoria do Conhecimento (PUC/SP/1981). Especialista em Métodos e Técnicas de Pesquisa, conforme Resolução n 12/83 - Universidade São Judas Tadeu (1989). Possui experiência docente no magistério do ensino superior. Aceito. 02. ELIANA BRANCO MALANGA Sociologia Aplicada à Administração Doutorado em Ciências pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (1984). Mestre em Ciências pela Faculdade de Comunicação Social Casper Libero (1979). Diplome Superieur de Langue et Littérature Française (Reconhecido pelo Ministério da Educação e Cultura. Licenciatura Plena em Francês pela Faculdade de Filosofia Nossa Senhora Medianeira (1974). Curso de Ciências da Comunicação pela Casper Libero (1977). Possui experiência docente no magistério do ensino superior. Aceita. 03. ESTER CABADO MODIA Psicologia Aplicada a Administração Mestranda em Psicologia Social, pela PUC/SP. Bacharelado e Licenciatura Plena em Psicologia, pela Faculdade Farias Brito (1979). Possui experiência docente no magistério do ensino superior. Aceita. 04. ESTER EVANGELISTA COSTA Instituições de Direito Público e Privado Doutoranda em Direito Constitucional. Mestrado em Direito das Relações Sociais. Curso de Pós-Graduação "lato sensu" em Ciências Administrativas. Bacharel em Ciências Contábeis. Bacharel em Ciências Administrativas. Possui experiência docente no magistério do ensino superior. fl aceita.

7 05. JACQUKLINE MICHALLENI Teoria Econômica Mestrado em Economia, pela PUC/SP (1992). Bacharel em Economia, pela Universidade São Judas Tadeu (1986). Possui experiência docente no magistério do ensino superior. Aceita. 06. KOITI EGOSHI Introdução à Administração Doutorando em Planejamento Estratégico e Finanças - Universidade Mackenzie/SP. Mestre em Administração de Empresas pela FGV/1991. Curso de Especialização "lato sensu" em Análise de Sistemas pela Fundação Escola de Comércio Alvares Penteado (1985). Bacharel em Administração de Empresas USP/1979. Realizou vários cursos de aperfeiçoamento e extensão na área de Administração de Empresas no Brasil e no Exterior. Experiência profissional na área Administrativa e de Informática há mais de 19 anos. Possui experiência docente no magistério do ensino superior. Aceito. 07. LIANA MARIA FEREZIM GUIMARÃES MITTEREGGER Matemática Doutorando em Ciência dos Materiais (em fase de elaboração de tese) IPEN-CNEN/SP. Mestre em Física do Plasma - USP/1989. Bacharelado em Física - USP/1981. Curso de Especialização em Administração de Empresas FGV/1986. Experiência profissional atuando como Analista Financeiro junto ao Banco Itaú. Possui experiência docente no magistério do ensino superior, lecionando Métodos Quantitativos e Cálculo Diferencial e Integral. Aceita. 08. ORLANDO CORREGIO Contabi1idade Bacharel em Ciências Contábeis (1978). Bacharel em Administração de Empressas (1977) pela Universidade Mackenzie/SP. Curso de Especialização "lato sensu" em Administração e Organização de Comércio Exterior - Universidade São Judas Tadeu/SP (1993). Possui experiência docente no magistério do ensino superior lecionando a disciplina Comércio Exterior na Universidade São Judas Tadeu (1992/1993). Experiência profissional na área Administrativa-Financeira, atualmente como Coordenador de Importação/Exportação junto ao Grupo Pirelli. Aceito.

8 09. JOSÉ BENEDITO PINTO Processamento de Dados Bacharel em Engenharia de Operação, modalidade Elétrica/Eletrônica pela FEI(1981). Curso de Graduação de Professores da Parte de Formação Especial - FATEC/1983. Curso de Programação Cobol (216ha). Realizou vários cursos técnicos na área de informática. Possui experiência docente no magistério lecionando Eletrônica, Processamento de Dados e Física. Aceito.

9 IV - DECISÃO DO PLENÁRIO O Plenário do Conselho Federal de Educação aprovou, por unanimidade, a conclusão da Câmara. Sala Barretto Filho, em 30 de junho de 1994.

10 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO - CFE FOLHA DE PRESENÇA REFERENTE A SESSÃO PLENÁRIA DO DIA 30/06/1994, REALIZADA AS 10:00 HORAS. REUNIÃO ORDINÁRIA DE JULHO DE 1994.

Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Ciências Contábeis, a ser ministrado pela Faculdade de São

Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Ciências Contábeis, a ser ministrado pela Faculdade de São INTERESSADO/MANTENEDORA PIA SOCIEDADE DOS MISSIONÁRIOS DE SÃO CARLOS ASSUNTO. SP Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Ciências Contábeis, a ser ministrado pela Faculdade de

Leia mais

Margarida Maria do R.B.P.Leal

Margarida Maria do R.B.P.Leal INTERESSADO/MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO PAULISTA DE EDUCAÇÃO ASSUNTO. UF SP Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Comunicação Social, habilitação em Publicidade e Propaganda, a ser

Leia mais

Reconhecimento do curso de Matemática Aplicada à Informática, ministrado pela Faculdade de Informática de São Paulo

Reconhecimento do curso de Matemática Aplicada à Informática, ministrado pela Faculdade de Informática de São Paulo SOCIEDADE CIVIL ATENEU BRASIL Reconhecimento do curso de Matemática Aplicada à Informática, ministrado pela Faculdade de Informática de São Paulo ARNALDO NISTEIER I - RELATÓRIO O Diretor-Presidente da

Leia mais

INTERESSADA/MANTENEDORA UNIVERSIDADE DO OESTE PAULISTA

INTERESSADA/MANTENEDORA UNIVERSIDADE DO OESTE PAULISTA INTERESSADA/MANTENEDORA UNIVERSIDADE DO OESTE PAULISTA UF SP ASSUNTO Autorização do Curso de Pós-Graduação/lato Sensu em nível de Especialização em Metodologia e Didática do Ensino Superior, fora de sede,

Leia mais

446, 23/01/2014, 24/01/2014 PARECER CEE/PE Nº 143/2013-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM

446, 23/01/2014, 24/01/2014 PARECER CEE/PE Nº 143/2013-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM INTERESSADA: UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO UPE FACULDADE DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO - FCAP ASSUNTO: RENOVAÇÃO DO RECONHECIMENTO DO CURSO SUPERIOR SEQUENCIAL DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM GESTÃO IMOBILIÁRIA

Leia mais

Autorização (Projeto) do curso de Tecnologia em Processamento de Dados. Jucundino da Silva Furtado

Autorização (Projeto) do curso de Tecnologia em Processamento de Dados. Jucundino da Silva Furtado INSTITUTO RADIAL DE ENSINO E PESQUISA - IREP Autorização (Projeto) do curso de Tecnologia em Processamento de Dados. Jucundino da Silva Furtado 1 - RELATÓRIO O pedido do Instituto Radial de Ensino e Pesquisa,

Leia mais

AUTORIZAÇÃO PARA FUNCIONAMENTO DE CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO

AUTORIZAÇÃO PARA FUNCIONAMENTO DE CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DEPARTAMENTO DE POLÍTICA DO ENSINO SUPERIOR - DEPES COORDENAÇÃO DAS COMISSÕES DE ESPECIALISTAS DE ENSINO COMISSÃO DE ESPECIALISTAS DE ENSINO DE ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DEPARTAMENTO DE POLÍTICAS DE ENSINO SUPERIOR COMISSÃO DE ESPECIALISTAS DE ENSINO DE ECONOMIA DOMÉSTICA

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DEPARTAMENTO DE POLÍTICAS DE ENSINO SUPERIOR COMISSÃO DE ESPECIALISTAS DE ENSINO DE ECONOMIA DOMÉSTICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DEPARTAMENTO DE POLÍTICAS DE ENSINO SUPERIOR COMISSÃO DE ESPECIALISTAS DE ENSINO DE ECONOMIA DOMÉSTICA ROTEIRO DE AVALIAÇÃO PARA AUTORIZAÇÃO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº09/2011 Aprova a estrutura curricular do Curso de Administração do Centro de

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO / MANTENEDORA FEBASP SOCIEDADE CIVIL ASSUNTO SP UF Autorização (Projeto) para funcionamento do curso de Tecnologia da Embalagem,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 24/8/2009, Seção 1, Pág. 16. Portaria n 816, publicada no D.O.U. de 24/8/2009, Seção 1, Pág. 16. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 12/05/2008 (*) Portaria/MEC nº 561, publicada no Diário Oficial da União de 12/05/2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, Publicado no Diário Oficial da União de 21/12/2006 (*) Portaria/MEC nº 2012, publicada no Diário Oficial da União de 21/12/2006 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

Autorização (Execução do Projeto) do curso de Fisioterapia da Faculdade de Fisioterapia de Guarulhos. CESu

Autorização (Execução do Projeto) do curso de Fisioterapia da Faculdade de Fisioterapia de Guarulhos. CESu ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL PRESIDENTE KENNEDY Autorização (Execução do Projeto) do curso de Fisioterapia da Faculdade de Fisioterapia de Guarulhos. SR. CONS. Yugo Okida CESu 1 - RELATÓRIO A Associação Educacional

Leia mais

Implantação do curso de Especialização em Supervisão Escolar com base no Parecer nº 604/82 e das Leis 5. 5 4 0 / 6 8 e 5.692/71

Implantação do curso de Especialização em Supervisão Escolar com base no Parecer nº 604/82 e das Leis 5. 5 4 0 / 6 8 e 5.692/71 ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR PAULISTANA Implantação do curso de Especialização em Supervisão Escolar com base no Parecer nº 604/82 e das Leis 5. 5 4 0 / 6 8 e 5.692/71 ZILMA S. Paulete Gomes de Barros

Leia mais

Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Administração, das Faculdades Teresa Martin, SP. Layrton Borges de Miranda Vieira

Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Administração, das Faculdades Teresa Martin, SP. Layrton Borges de Miranda Vieira INTERESSADO / MANTENEDORA INSTITUTO EDUCACIONAL TERESA MARTIN UF SP ASSUNTO : Autorização (Execução de Projeto) para funcionamento do curso de Administração, das Faculdades Teresa Martin, SP. RELATOR.

Leia mais

INDICADORES E PADRÕES DE QUALIDADE DE CURSO DE GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO

INDICADORES E PADRÕES DE QUALIDADE DE CURSO DE GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DEPARTAMENTO DE POLÍTICAS DE ENSINO SUPERIOR COMISSÃO DE ESPECIALISTAS DE ENSINO DE NUTRIÇÃO E ECONOMIA DOMÉSTICA INDICADORES E PADRÕES

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO COMISSÃO DE ENSINO MÉDIO E EDUCAÇÃO SUPERIOR Parecer nº 137/2006 Processo UERGS nº 1.388/19.50/05.1 RELATÓRIO Reconhece o Curso de Administração

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DO ALTO VALE DO RIO PEIXE - CAÇADOR. Reconhecimento da Habilitação Supervisão Escolar do Curso de Pedagogia.

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DO ALTO VALE DO RIO PEIXE - CAÇADOR. Reconhecimento da Habilitação Supervisão Escolar do Curso de Pedagogia. FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DO ALTO VALE DO RIO PEIXE - CAÇADOR Reconhecimento da Habilitação Supervisão Escolar do Curso de Pedagogia. EURIDES BRITO DA SILVA O Diretor de Ensino da Fundação Educacional do Al

Leia mais

Autorização (Execução do Projeto) do c urso de Administraç ã o

Autorização (Execução do Projeto) do c urso de Administraç ã o Sociedade Educacional Santa Marta S/C Autorização (Execução do Projeto) do c urso de Administraç ã o Lêda M aria Chaves I - RELATÓRIO A Sociedade Educacional Santa Marta S/C, pelos P a r e c e res 882/88

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO(*)

PARECER HOMOLOGADO(*) PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 17/3/2004 (*) Portaria/MEC nº 652, publicada no Diário Oficial da União de 17/3/2004 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 18/9/2009, Seção 1, Pág. 47. Portaria n 890, publicada no D.O.U. de 18/9/2009, Seção 1, Pág. 47. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

Autorização(projeto) para funcionamento do curso de Serviço Social

Autorização(projeto) para funcionamento do curso de Serviço Social INTERESSADO/MANTENEDORA Sociedade Presbiteriana de Educação e Pesquisa ASSUNTO: Autorização(projeto) para funcionamento do curso de Serviço Social RELATOR: SR. CONS. Virgínio Cândido Tosta de Souza 1-RELATÓRIO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 15/03/2004 (*) Portaria/MEC nº 552, publicada no Diário Oficial da União de 15/03/2004 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

Reconhecimento do Curso de Letras, habilitação de Tradução em Francês, Inglês e Alemão. Zilma Gomes Parente de Barros

Reconhecimento do Curso de Letras, habilitação de Tradução em Francês, Inglês e Alemão. Zilma Gomes Parente de Barros Universidade de Brasília Reconhecimento do Curso de Letras, habilitação de Tradução em Francês, Inglês e Alemão. Zilma Gomes Parente de Barros 0 Reitor da Universidade de Brasília encaminhe a este Conselho

Leia mais

Autorização para curso de Especialização em Informática (Redes de Computadores), a ser ministrado, fora de sede. Dalva Assumpção Soutto Mayor

Autorização para curso de Especialização em Informática (Redes de Computadores), a ser ministrado, fora de sede. Dalva Assumpção Soutto Mayor INTERESSADO/MANTENEDORA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA UF PB ASSUNTO: Autorização para curso de Especialização em Informática (Redes de Computadores), a ser ministrado, fora de sede. RELATOR. SR. CONS.

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO(*)

PARECER HOMOLOGADO(*) PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 18/07/2006. Portaria MEC nº 1.319, publicada no Diário Oficial da União de 18/07/2006. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

Autorização dos cursos de Ciências Contábeis e de Administração (fase de Projeto).

Autorização dos cursos de Ciências Contábeis e de Administração (fase de Projeto). MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO CONSELHO FEDERAL DE EDUCACÃO INTERESSADO/MANTENEDORA Associação de Ensino de Urubupunga UF SP ASSUNTO Autorização dos cursos de Ciências Contábeis e de Administração

Leia mais

Sociedade Brasileira de Instrução.

Sociedade Brasileira de Instrução. Sociedade Brasileira de Instrução. Autorização para funcionamento do curso de Ciências Contábeis, a ser ministrado pela Faculdade de Ciências Políticas e Econômicas do Rio de Janeiro, unidade das Faculdades

Leia mais

Autorização (Exame do Projeto) para funcionamento do curso de Letras, habilitação em Português/Inglês. CESu, 2 Grupo

Autorização (Exame do Projeto) para funcionamento do curso de Letras, habilitação em Português/Inglês. CESu, 2 Grupo ASSOCIAÇÃO DE ENSINO DE VERSALHES Autorização (Exame do Projeto) para funcionamento do curso de Letras, habilitação em Português/Inglês. Arnaldo Niskier CESu, 2 Grupo 1 - RELATÓRIO A Associação de Ensino

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Instituto Doctum de Educação e Tecnologia Ltda. UF: MG ASSUNTO: Credenciamento da Faculdade de Ciências Gerenciais

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR do Curso de Serviço Social

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR do Curso de Serviço Social ORGANIZAÇÃO CURRICULAR do Curso de Serviço Social O Projeto pedagógico do Curso de Serviço Social do Pólo Universitário de Rio das Ostras sua direção social, seus objetivos, suas diretrizes, princípios,

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONSENHOR MESSIAS. Plenificação do Curso de Letras. Zilma Gomes Parente de Barros 10005/87 12/11/87.

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONSENHOR MESSIAS. Plenificação do Curso de Letras. Zilma Gomes Parente de Barros 10005/87 12/11/87. FUNDAÇÃO EDUCACIONAL MONSENHOR MESSIAS MG Plenificação do Curso de Letras Zilma Gomes Parente de Barros 10005/87 CESu 1º Grupo 12/11/87 23018.001977/86-12 O Presidente da Fundação Educacional Monsenhor

Leia mais

4. informações sobre os equipamentos indicados pela Co-

4. informações sobre os equipamentos indicados pela Co- ASSOCIAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR SÃO JUDAS TADEU Aprovação de Plano de Curso Execução do Projeto da habilitação Tecnologia Educacional do Curso de Pedagogia. ARNALDO NISKIER I - RELATÓRIO Pelo Parecer nº

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional INTERESSADO: Instituto de Educação Profissional SOS Computadores EMENTA: Recredencia o Instituto de Educação Profissional SOS Computadores como instituição de Ensino Profissional de Nível Técnico, altera

Leia mais

INTERESSADO/MANTENEDORA. Aprovação do Curso de Especialização em Metodologia do Ensino da Lingua Portuguesa, fora da sede. CÂMARA OU COMISSÃO CESu

INTERESSADO/MANTENEDORA. Aprovação do Curso de Especialização em Metodologia do Ensino da Lingua Portuguesa, fora da sede. CÂMARA OU COMISSÃO CESu INTERESSADO/MANTENEDORA MISSÃO SALESIANA DE MATO GROSSO DO SUL ASSUNTO Aprovação do Curso de Especialização em Metodologia do Ensino da Lingua Portuguesa, fora da sede. UF MS RELATOR: SR. CONS. Yugo Okida

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação UF: DF Superior. ASSUNTO: Diretrizes para a elaboração, pelo INEP,

Leia mais

O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO

O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO Portaria nº 808, de 8 de junho de 00. Aprova o instrumento de avaliação para reconhecimento de Cursos Pedagogia, no âmbito do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - SINAES. O MINISTRO DE

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 28/7/2009, Seção 1, Pág. 53. Portaria n 760, publicada no D.O.U. de 28/7/2009, Seção 1, Pág. 53. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO (*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 04/12/2007. (*) Portaria / MEC n 1.151, publicada no Diário Oficial da União de 04/12/2007. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BAURUENSE DE ENSINO SUPERIOR E CULTURA

ASSOCIAÇÃO BAURUENSE DE ENSINO SUPERIOR E CULTURA ASSOCIAÇÃO BAURUENSE DE ENSINO SUPERIOR E CULTURA Autorização do curso de Ciências - habilitação em Ma temática - Licenciatura Plena para funcionar na Faculdade de Ci ências, novo estabelecimento de ensino

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 07/2004-A (Alterada pela Resolução Nº 22/2007 e Resolução Nº 16/2009)

RESOLUÇÃO Nº 07/2004-A (Alterada pela Resolução Nº 22/2007 e Resolução Nº 16/2009) SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 07/2004-A (Alterada pela Resolução Nº 22/2007 e Resolução Nº 16/2009) Regulamenta

Leia mais

A Câmara Superior de Ensino do Conselho Universitário da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições;

A Câmara Superior de Ensino do Conselho Universitário da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições; 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 13/2012 Aprova a estrutura curricular contida no Projeto Pedagógico do Curso

Leia mais

INTERESSADO: Instituto de Educação Profissional SOS Computadores

INTERESSADO: Instituto de Educação Profissional SOS Computadores INTERESSADO: Instituto de Educação Profissional SOS Computadores EMENTA: Credencia o Instituto de Educação Profissional SOS Computadores, nesta Capital, e reconhece o curso de educação profissional técnica

Leia mais

PROCESSO N. 515/08 PROTOCOLO N.º 5.673.675-1 PARECER N.º 883/08 APROVADO EM 05/12/08 INTERESSADA: SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTES

PROCESSO N. 515/08 PROTOCOLO N.º 5.673.675-1 PARECER N.º 883/08 APROVADO EM 05/12/08 INTERESSADA: SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTES PROCESSO N. 515/08 PROTOCOLO N.º 5.673.675-1 PARECER N.º 883/08 APROVADO EM 05/12/08 CÂMARA DE LEGISLAÇÃO E NORMAS INTERESSADA: SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTES MUNICÍPIO: ITAIPULÂNDIA

Leia mais

UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA

UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA INTERESSADOMANTENEDOR UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA UF AM ASSUNTO Autorização de curso de docência do ensino superior em nível de especialização para professores de ensino superior no Centro de Ensino Superior

Leia mais

PROCESSO N 333/15 PROTOCOLO Nº 13.451.439-6 PARECER CEE/CEMEP Nº 182/15 APROVADO EM 21/05/15

PROCESSO N 333/15 PROTOCOLO Nº 13.451.439-6 PARECER CEE/CEMEP Nº 182/15 APROVADO EM 21/05/15 PROTOCOLO Nº 13.451.439-6 PARECER CEE/CEMEP Nº 182/15 APROVADO EM 21/05/15 CÂMARA DO ENSINO MÉDIO E DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO INTERESSADO: CENTRO DE ENSINO GRAU TÉCNICO UNIDADE CURITIBA

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA "CELSO SUCKOW DA FONSECA"

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA "CELSO SUCKOW DA FONSECA" Reconhecimento do Curso de Licenciatura Plena para Graduação de Professores da Parte de Formação Especial do -Currículo do Ensino de 2º

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 19/05/2004 (*) Portaria/MEC nº 1.320, publicada no Diário Oficial da União de 19/05/2004 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

A Câmara Superior de Ensino do Conselho Universitário da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições,

A Câmara Superior de Ensino do Conselho Universitário da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições, RESOLUÇÃO Nº 07/2014 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO Aprova a estrutura curricular contida no Projeto Pedagógico do Curso

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO(*)

PARECER HOMOLOGADO(*) PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 24/12/2003 (*) Portaria/MEC nº 4.035, publicada no Diário Oficial da União de 24/12/2003 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 28/11/2005 (*) Portaria/MEC nº 4.043, publicada no Diário Oficial da União de 28/11/2005 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO INTRODUÇÃO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO (PPC) Articulação com o Plano de Desenvolvimento Institucional PDI Projeto Político Pedagógico Indissociabilidade entre ensino, pesquisa

Leia mais

31956 Monografia II 31926

31956 Monografia II 31926 Currículo Novo 2006/01 Duração: 182 créditos 2.730h, acrescidas de 270h de atividades complementares, totalizando 3.000h 31544 Teoria das Organizações I - 31554 Matemática I - 31564 Teoria das Organizações

Leia mais

O curso oferece 200 vagas anuais, nos turnos diurno e noturno, com regime de matrícula anual.

O curso oferece 200 vagas anuais, nos turnos diurno e noturno, com regime de matrícula anual. MINISTERIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR PROCESSO: 23001.0002/94-40 MANTENEDORA: Associação Itaquerense de Ensino ESTABELECIMENTO DE ENSINO: Universidade Camilo Castelo Banco

Leia mais

FUNDAÇÃO PAULISTA DE TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO

FUNDAÇÃO PAULISTA DE TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO PAULISTA DE TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO Reconhecimento do Curso Superior de Tecnologia em Processamento de Dados, oferecido pela Faculdade de Informática de Lins-SP. Pe. Antonio Geraldo Amaral Rosa

Leia mais

CONSELHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL. - Área de Comunicação: Técnico em Propaganda e Marketing

CONSELHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL. - Área de Comunicação: Técnico em Propaganda e Marketing CONLHO DE EDUCAÇÃO DO DISTRITO FEDERAL Homologado em 24/7/2001, publicado no DODF de 27/7/2001, p. 40. Portaria nº 353, de 14/8/2001, publicada no DODF de 16/8/2001, p. 16. Parecer nº 136/2001-CEDF Processo

Leia mais

ASSUNTO Implantação das Habilitações Bacharelado em Matemática e Biologia

ASSUNTO Implantação das Habilitações Bacharelado em Matemática e Biologia INTERESSADO/MANTENEDORA FACULDADES DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO ABC UF S ASSUNTO Implantação das Habilitações Bacharelado em Matemática e Biologia RELATOR: SR.CONS. RAULINO TRAMONTIN I - RELATÓRIO O Diretor

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 15/6/2009, Seção 1, Pág. 16. Portaria n 541, publicada no D.O.U. de 15/6/2009, Seção 1, Pág. 14. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 24/6/2003 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 24/6/2003 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 24/6/2003 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: UF Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia

Leia mais

INSTITUTO EDUCACIONAL LUZWELL DE ENSINO SUPERIOR

INSTITUTO EDUCACIONAL LUZWELL DE ENSINO SUPERIOR INSTITUTO EDUCACIONAL LUZWELL DE ENSINO SUPERIOR Reconhecimento do Curso de Ciências Contábeis, ministrado pela Faculdade de Administração e Ciências Contábeis Luzwell. JESSÉ GUIMARÃES 1-RELATÓRIO O Diretor

Leia mais

ROTEIRO PARA SUPERVISÃO I INTRODUÇÃO

ROTEIRO PARA SUPERVISÃO I INTRODUÇÃO ROTEIRO PARA SUPERVISÃO I INTRODUÇÃO Este documento tem a finalidade de estabelecer um referencial para o exercício da função de supervisão dos Cursos das Instituições do Ensino Superior, do Sistema Estadual

Leia mais

PADRÕES DE QUALIDADE PARA AUTORIZAÇÃO E RECONHECIMENTO DE CURSOS DE GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL

PADRÕES DE QUALIDADE PARA AUTORIZAÇÃO E RECONHECIMENTO DE CURSOS DE GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DEPARTAMENTO DE POLÍTICA DE ENSINO SUPERIOR COORDENAÇÃO DAS COMISSÕES DE ESPECIALISTAS DE ENSINO COMISSÃO DE ESPECIALISTAS DE ENSINO

Leia mais

c) a planejar, implementar e avaliar tarefas de sua prática edu_ cativa. 2.2. Objetivos Específicos

c) a planejar, implementar e avaliar tarefas de sua prática edu_ cativa. 2.2. Objetivos Específicos UNIVERSIDADE DO RIO GRANDE RS Autorização para o curso de pós-graduação em Educação, com habilitações em Orientação Educacional e Supervisão Escolar. ZILMA GOMES PARENTE DE BARROS l - RELATÓRIO 0 Reitor

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 06/04/2005 (*) Portaria/MEC nº 1.112, publicada no Diário Oficial da União de 06/04/2005 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA Associação Desportiva e de Educação Juvenil ASSUNTO Autorização(Projeto) para funcionamento do curso de Pedagogia, com Habilitação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA UNIÃO SOCIAL CAMILIANA ASSUNTO / UF SP AUTORIZAÇÃO (PROJETO) PARA FUNCIONAMENTO DO CURSO DE CIÊNCIAS SOCIAIS - HABILITAÇÕES

Leia mais

Aprovação de Projeto de Curso de Especializaçao(Pós-graduacão "Lato Sen su") em Biologia Geral nos termos da Res 12/83

Aprovação de Projeto de Curso de Especializaçao(Pós-graduacão Lato Sen su) em Biologia Geral nos termos da Res 12/83 INTERESSADO/MANTENEDORA FACULDADES DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO ABC UF SP ASSUNTO - Aprovação de Projeto de Curso de Especializaçao(Pós-graduacão "Lato Sen su") em Biologia Geral nos termos da Res 12/83 RELATOR:

Leia mais

Reconhecimento do curso de Serviço Social, ministrado pela. Faculdade de Filosofia, Ciência e Letras de Botucatu.

Reconhecimento do curso de Serviço Social, ministrado pela. Faculdade de Filosofia, Ciência e Letras de Botucatu. ASSOCIAÇÃO DE ENSINO DE BOTUCATU - UNIFAC Reconhecimento do curso de Serviço Social, ministrado pela Faculdade de Filosofia, Ciência e Letras de Botucatu. YUGO OKIDA 1 - RELATÓRIO Trata o presente parecer

Leia mais

PROCESSO Nº 1863/12 PROTOCOLO Nº 11.579.438-8 PARECER CEE/CES Nº 74/12 APROVADO EM 03/12/12

PROCESSO Nº 1863/12 PROTOCOLO Nº 11.579.438-8 PARECER CEE/CES Nº 74/12 APROVADO EM 03/12/12 PROTOCOLO Nº 11.579.438-8 PARECER CEE/CES Nº 74/12 APROVADO EM 03/12/12 CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR INTERESSADA: FACULDADE ESTADUAL DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DE APUCARANA - FECEA MUNICÍPIO: APUCARANA ASSUNTO:

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 110/10. Fixa as normas para os cursos de especialização e aperfeiçoamento do IFPR. O CONSELHO SUPERIOR DO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, e,

Leia mais

Reconhecimento do Curso de Ciência da Computação. Pe. Antônio Geraldo Amaral Rosa

Reconhecimento do Curso de Ciência da Computação. Pe. Antônio Geraldo Amaral Rosa UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PETRÓPOLIS RJ Reconhecimento do Curso de Ciência da Computação Pe. Antônio Geraldo Amaral Rosa 1 - RELATÓRIO 01. 0 PEDIDO: A Reitora da Universidade Católica de Petrópolis encaminha

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional INTERESSADO: Centro de Estudo e Pesquisa em Eletrônica Profissional e Informática Ltda. - CEPEP EMENTA: Credencia a sede do Centro de Estudo e Pesquisa em Eletrônica Profissional e Informática Ltda. -

Leia mais

APROVADO PELO PLENÁRIO EM 07/06/2005 PARECER CEE/PE Nº 36/2005-CES

APROVADO PELO PLENÁRIO EM 07/06/2005 PARECER CEE/PE Nº 36/2005-CES INTERESSADA: UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO/UPE FACULDADE DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE PETROLINA ASSUNTO : RECONHECIMENTO DO CURSO DE LICENCIATURA EM LÍNGUA INGLESA E SUAS LITERATURAS RELATORA : CONSELHEIRA

Leia mais

Processo CEE nº 498./91 Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo. Autorização para funcionamento do Curso de

Processo CEE nº 498./91 Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo. Autorização para funcionamento do Curso de CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Processo CEE nº 498./91 Interessada: Assunto: Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo Autorização para funcionamento do Curso de RELATOR: Especialização em Direito Civil

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 20/1/2005 (*) Portaria/MEC nº 174, publicada no Diário Oficial da União de 20/1/2005 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

A análise que ora é feita refere-se à fase denomi nada projeto e baseia-se, também, na resposta ao DC 157/89.

A análise que ora é feita refere-se à fase denomi nada projeto e baseia-se, também, na resposta ao DC 157/89. Associação Campineira de E ducaç ã o e C ultura Autorização(Projeto) do curso de A dministração Lêda Maria Chaves I - RELATÓRIO A Associação Campineira de Educação e Cultura, pelo Parecer 86/89, teve aprovado

Leia mais

A instituição pretende oferecer quatro turmas de vinte alunos cada, que funcionarão de segunda à sexta-feira.

A instituição pretende oferecer quatro turmas de vinte alunos cada, que funcionarão de segunda à sexta-feira. INTERESSADO: Centro de Estudos e Pesquisas em Eletrônica Profissional e Informática Ltda CEPEP EMENTA: Reconhece o Curso Técnico em Administração Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios, do Centro de Estudos

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA

CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SERTÃO PERNAMBUCANO DIREÇÃO DE ENSINO DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR 1. Perfil do Curso CURSO DE LICENCIATURA

Leia mais

Planos de Curso de Engenharia Têxtil e de Engenharia de Produção Têxtil, a serem ministrados pela Faculdade de Engenharia Industrial(FEI).

Planos de Curso de Engenharia Têxtil e de Engenharia de Produção Têxtil, a serem ministrados pela Faculdade de Engenharia Industrial(FEI). FACULDADES DE CIÊNCIAS APLICADAS SP 1 Planos de Curso de Engenharia Têxtil e de Engenharia de Produção Têxtil, a serem ministrados pela Faculdade de Engenharia Industrial(FEI). HEITOR GURGULINO DE SOUZA

Leia mais

SIC 56/07. Belo Horizonte, 8 de novembro de 2007.

SIC 56/07. Belo Horizonte, 8 de novembro de 2007. SIC 56/07 Belo Horizonte, 8 de novembro de 2007. 1. DIRETRIZES PARA A ELABORAÇÃO, PELO INEP, DOS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO PARA O CREDENCIAMENTO DE INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR E SEUS PÓLOS DE APOIO

Leia mais

MINI STÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINI STRO P ORTARIA Nº 808, DE 18 DE JUNHO DE 2010

MINI STÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINI STRO P ORTARIA Nº 808, DE 18 DE JUNHO DE 2010 MINI STÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINI STRO P ORTARIA Nº 808, DE 18 DE JUNHO DE 2010 Aprova o instrumento de avaliação para reconhecimento de Cursos Pedagogia, no âmbito do Sistema Nacional de Avaliação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 15/09/2008 (*) Portaria/MEC nº 1.145, publicada no Diário Oficial da União de 15/09/2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

Regulação, supervisão e avaliação do Ensino Superior: Perguntas Frequentes. 1

Regulação, supervisão e avaliação do Ensino Superior: Perguntas Frequentes. 1 Regulação, supervisão e avaliação do Ensino Superior: Perguntas Frequentes. 1 1. Quais são os tipos de instituições de ensino superior? De acordo com sua organização acadêmica, as instituições de ensino

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO praça da república, 53 - FONE 255-20-44 - CEP 01045-903 fax n 231-1518

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO praça da república, 53 - FONE 255-20-44 - CEP 01045-903 fax n 231-1518 CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO praça da república, 53 - FONE 255-20-44 - CEP 01045-903 fax n 231-1518 PROCESSO CEE N : 506/93 (reautuado em 16-09-93) INTERESSADA: Faculdade de Direito de Franca ASSUNTO:

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara de Educação Superior e Profissional INTERESSADO: Centro de Estudos e Pesquisas em Eletrônica Profissional e Informática Ltda CEPEP EMENTA: Reconhece o Curso Técnico em Redes de Computadores Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação, ofertado

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara da Educação Superior e Profissional

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO Câmara da Educação Superior e Profissional INTERESSADA: Universidade Aberta do Nordeste EMENTA: Recredencia a Universidade Aberta do Nordeste como instituição de educação profissional de nível técnico na modalidade a distância e renova o reconhecimento

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 190/00-CEE/MT.

RESOLUÇÃO Nº 190/00-CEE/MT. RESOLUÇÃO Nº 190/00-CEE/MT. Fixa normas complementares, para o Sistema Estadual de Ensino, à lmplementação das Diretrizes Curriculares para a Formação de Professores da Educação Infantil e dos anos iniciais

Leia mais

COMISSÃO DE ENSINO MÉDIO E EDUCAÇÃO SUPERIOR Parecer nº 428/2007 Processo UERGS nº 1.673/19.50/06.9

COMISSÃO DE ENSINO MÉDIO E EDUCAÇÃO SUPERIOR Parecer nº 428/2007 Processo UERGS nº 1.673/19.50/06.9 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO COMISSÃO DE ENSINO MÉDIO E EDUCAÇÃO SUPERIOR Parecer nº 428/2007 Processo UERGS nº 1.673/19.50/06.9 Reconhece o Curso de Pedagogia Educação Infantil,

Leia mais

PROCESSO N 559/13 PROTOCOLO Nº 11.649.573-3 PARECER CEE/CEMEP Nº 230/14 APROVADO EM 05/05/14

PROCESSO N 559/13 PROTOCOLO Nº 11.649.573-3 PARECER CEE/CEMEP Nº 230/14 APROVADO EM 05/05/14 PROTOCOLO Nº 11.649.573-3 PARECER CEE/CEMEP Nº 230/14 APROVADO EM 05/05/14 CÂMARA DO ENSINO MÉDIO E DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA TUPY MUNICÍPIO:

Leia mais

SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES CREDENCIAMENTO DE PÓLO DE APOIO PRESENCIAL PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES CREDENCIAMENTO DE PÓLO DE APOIO PRESENCIAL PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação a Distância SEED Departamento de Regulação e Supervisão da Educação a Distância - Dresead Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: CEDEP Centro de Ensino e Desenvolvimento Profissional Ltda. UF: MG ASSUNTO: Credenciamento do Instituto de Pós-Graduação

Leia mais

ASSOCIAÇÃO JACAREPAGUÁ DE ENSINO SUPERIOR. Reconhecimento do Curso de Ciências Contábeis das Faculdades Integradas de Jacarepaguá.

ASSOCIAÇÃO JACAREPAGUÁ DE ENSINO SUPERIOR. Reconhecimento do Curso de Ciências Contábeis das Faculdades Integradas de Jacarepaguá. INTERESSADO/MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO JACAREPAGUÁ DE ENSINO SUPERIOR UF RJ ASSUNTO: Reconhecimento do Curso de Ciências Contábeis das Faculdades Integradas de Jacarepaguá. RELATOR: SR. CONS. IB GATTO FALCÃO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 16/05/2005 (*) Portaria/MEC nº 1.625, publicada no Diário Oficial da União de 16/05/2005 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO(*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 11/04/2008 (*) Portaria/MEC nº 459, publicada no Diário Oficial da União de 11/04/2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO

Leia mais

Autorização (Projeto) para funcionamento do curso de Administração. a ser ministrado pela Fac. de Ciências Contábeis e Administrativas de Tangará.

Autorização (Projeto) para funcionamento do curso de Administração. a ser ministrado pela Fac. de Ciências Contábeis e Administrativas de Tangará. CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE TANGARÀ a ser ministrado pela Fac. de Ciências Contábeis e Administrativas de Tangará. Autorização (Projeto) para funcionamento do curso de Administração SR.CONS. IB GATTO

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Associação de Ensino Atenas Maranhense (AEAMA) UF: MA ASSUNTO: Credenciamento da Faculdade Fama de São Luís (FAMA),

Leia mais

PROCESSO N.º 686/04 PROTOCOLO N.º 8.198.443-3/04 PARECER N.º 510/05 APROVADO EM 31/08/05

PROCESSO N.º 686/04 PROTOCOLO N.º 8.198.443-3/04 PARECER N.º 510/05 APROVADO EM 31/08/05 PROTOCOLO N.º 8.198.443-3/04 PARECER N.º 510/05 APROVADO EM 31/08/05 CÂMARA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR INTERESSADA: FACULDADE ESTADUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA E FISIOTERAPIA DE JACAREZINHO - FAEFIJA MUNICÍPIO: JACAREZINHO

Leia mais

LICENCIATURA EM HISTÓRIA. fgv.br/vestibular

LICENCIATURA EM HISTÓRIA. fgv.br/vestibular LICENCIATURA EM HISTÓRIA fgv.br/vestibular IDEALISMO, EXCELÊNCIA E CREDIBILIDADE A Fundação Getulio Vargas surgiu em 20 de dezembro de 1944 com o objetivo de preparar profissionais qualificados em Administração

Leia mais

INSTITUTO EDUCACIONAL HOWELL. 1-RELATÓRIO Trata o presente processo da autorização do curso de Adminis-

INSTITUTO EDUCACIONAL HOWELL. 1-RELATÓRIO Trata o presente processo da autorização do curso de Adminis- MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO/MANTENEDORA INSTITUTO EDUCACIONAL HOWELL UF SP ASSUNTO: Autorização (Projeto) do Curso de Administração RELATOR: SR. CONS. Yugo Okida PARECER

Leia mais