O INVESTIMENTO EM AÇÕES NA VISÃO DE WARREN BUFFETT

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O INVESTIMENTO EM AÇÕES NA VISÃO DE WARREN BUFFETT"

Transcrição

1 O INVESTIMENTO EM AÇÕES NA VISÃO DE WARREN BUFFETT Vinicius de Castro Scottá dos Passos Comentários Iniciais Institucional Apimec Apresentação do Tema Aspectos gerais sobre o investimento em Bolsa de Valores Aspectos gerais sobre o Value Investing As Estratégias de Investimento de Warren Buffett

2 Bolsa de Valores não é vídeo game de adulto!!!

3

4

5 Muitos acham que é mais fácil vencer o colega abaixo do que ganhar no mercado de Renda Variável Bolsa é Loteria!!! Bolsa é Roleta Russa!!!

6 A Cultura do Brasileiro ainda é muito focada em Renda Fixa Ganhamos um cofrinho quando pequenos e ouvimos a célebre frase: Vem para caixa você também. Viciamos com o dragão dos altos índices de inflação: Viva o Overnight!!!.

7 A chance de riqueza na Bolsa é similar a sua chance de riqueza em qualquer profissão, como médico, engenheiro, cantor, jogador de futebol, professor...!!!

8 Análise Gráfica Cia. de Transmissão de Energia Elétrica Paulista

9 Chegando perto do 29500, uma pequena realizada, mas nada mudou o dia de hoje não significou nem um topo e a expectativa é a mesma, testar o com possibilidade de passar um pouco até 30000, uma possível realização e a mudança de patamar onde o o vira suporte e o objv passa a ser Só perde força abaixo de 28820/680 com sup: e 27700/600.

10 Embora ambas tentem resolver o mesmo problema da direção do preço, elas diferem na sua forma de avaliação. A escola fundamentalista estuda as causas do movimento do preço, enquanto a escola técnica estuda os efeitos. O analista técnico argumenta que os efeitos são tudo que ele quer ou necessita saber e que as razões pelas quais os preços se movimentam são desnecessárias. O analista fundamentalista, por outro lado, sempre tem de saber o porquê. Gerdau Met PN moeda: em R$ Real ate:

11 A escola fundamentalista trabalha com dados provenientes do estudo econômico-financeiro da empresa dentro do cenário micro e macro econômico, eventualmente, associado ao cenário internacional, enquanto a escola técnica trabalha com dados disponibilizados pela movimentação dos preços e volumes, utilizando gráficos, teorias e indicadores matemáticoestatístico a eles relacionados. Gerdau PN Receita consolidada (R$ Bilhões) Preço/LucroL X Preço/Valor Patrimonial da Ação Dividend Yield Dívida Líquida/ Patrimônio Líquido Liquidez Corrente GOAU ,64 5,3 32,8 3,0

12

13

14

15

16 Posição em 23 de outubro de 2007: US$ milhões.

17

18

19 Riscos e a Financiabilidade no Setor Elétrico Vários riscos não-típicos foram empilhados nos últimos anos PIB Mercado de Energia Riscos de Operação Hidrologia/Combustível Etc Regulatório Ambiental + Social Tributário CBIEE - Câmara Brasileira de Investidores em Energia Elétrica Político Risco Brasil Risco do Setor Elétrico Risk-free rate (País Desenvolvido) Taxa de Desconto muito superior a países estáveis 14 Fonte: Acende Brasil

20 Onde Estamos??? Tarifas Médias M do Setor Industrial % Tarifa Média (R$/MWh) % % % % 0 0% Aumento Acumulado Industrial (R$/MWh) IGP-M (Anual) IPCA (Anual) Industrial (Aumento) Fonte: ANEEL e Bacen

21 Conseqüências Tarifa industrial média Perda de competitividade Global! 100 US$/MWh China * Índia * Estados Unidos Rússia * França** Brasil *Fonte: Dados obtidos com empresas **Em 2006 contrato EDF à 37/MWh, 15 anos p/ os grandes consumidores. Fonte: International Energy Outlook; Energy Information Administration - DEA

22 Conseqüências... Comparaçã ção o de Preços Finais de Energia p/ Grandes Consumidores Industriais (s/pis & Cofins e s/ encargos) Cenário de aumento Japão Tarifa final média em US$/MWh em 2006 (1) Contratos atuais França = 45% Canadá 28 Noruega Australia EUA África do Sul Rússia Cazaquistão As tarifas brasileiras já são das mais altas entre os países industrializados e um eventual aumento eliminaria a competitividade dos grandes consumidores em relação a participação da energia elétrica nos custos de produção (1) Valores estimados em função da evolução histórica das tarifas nos demais países e dos aumentos reais das tarifas industriais no Brasil Fonte: Informações das empresas da ABRACE; ANEEL; análise Advisia. 1,0 US$ = R$ 2,1

23 O Brasil está perdendo competitividade no setor industrial devido à elevação dos preços de energia

24 Análise Setorial Fonte: Acende Brasil

25 A análise dos indicadores financeiros é utilizada pelos analistas de mercado como ferramenta para investimentos em empresas.. Métodos utilizados para avaliar a atratividade de uma empresa (1) Fluxo de Caixa Descontado 89,77 Valor da Empresa/Ebtida 79,55 P/L projetado 67,05 Comentários Fluxo de Caixa Livre Rentabilidade do Patrimônio Líquido Retorno de fluxo de caixa s/ investimento(cfroi) Preço/Crescimento dos lucros(peg) Preço/Valor patrimonial Métricas Setoriais 39,77 37,5 35,23 35,23 51,14 56,82 Conforme pesquisa Sondagem Anual de Relações com Investidores no Brasil realizada pela FGV, o fluxo de caixa descontado é o principal item financeiro na análise de atratividade de uma empresa Rentabilidade do ativo Valor econômico adicionado(eva) 31,82 31,82 A surpresa fica por conta do EVA, que aparece na décima primeira posição na análise. Preço/Patrimônio líquido 27, Frequência Relativa (em %) (1) Valor Econômico 24/08/2005

26 Análise dos resultados e da gestão da empresa Fonte: Cemig

27 Porém, a análise dos indicadores não-financeiros tem sido fortemente utilizados pelos analistas de mercado para tomada de decisão sobre compra e venda de ações.. Comentários Divulgação sobre a responsabilidade socialcorporativa Respeito ao meio Ambiente Market Share Crescimento da base de clientes Capacidade de lançar novos produtos Relação com Investidores 9,3 10,34 11,36 12,64 14,77 28,41 Governança já é item de máxima importância para o mercado, segundo pesquisa da FGV. O Êxito do Planejamento Estratégico e a execução do mesmo pela empresa, aparece em segundo lugar. Outro dado que chama atenção é a preocupação, por parte dos analistas, com o trato pessoal nas áreas de RI das empresas. Políticas de disclosure(abertura) Estratégia e capacidade administrativa Êxito na Execução da Estratégia Governança Corporativa 54,65 55,17 58,62 60, Máxima Importância (em %) (1) Valor Econômico 24/08/2005

28

29 Citações A existência de mercados financeiros organizados e eficientes possibilita o incremento do bem-estar global da sociedade, á medida que facilita a localização eficiente dos recursos financeiros e a própria competitividade do sistema produtivo ao fornecer seus serviços ao menor custo possível. (Juliano Lima Pinheiro). Não importa o quão experiente um operador possa ser, a possibilidade de fazer jogadas perdedoras está sempre presente porque a especulação não pode ser feita com 100 por cento de segurança. (Edwin Lefevre)

30 Citações Axiomas de Zurique Preocupação não é doença, mas sinal de saúde. Se você não está preocupado, não está arriscando o bastante. Quando o barco começar a afundar, não reze. Abandone-o. Jamais embarque nas especulações da moda. Com freqüência, a melhor hora de se comprar alguma coisa é quando ninguém quer. Planejamentos de longo prazo geram a perigosa crença de que o futuro está sob controle. É importante jamais levar muito a sério os seus planos a longo prazo, nem os de quem quer que seja.

31 Citações Uma empresa pode ser vista como um projeto de investimento. Ela vale pela sua capacidade futura de geração de fluxos de caixa. (Haroldo Brasil) É muito difícil para a mente humana simplesmente observar o desenvolvimento do mercado. Nossas mentes, egos, hemisférios do cérebro tem que se meter na jogada, pouco importando quantas vezes foi provado que são dolorosamente incapazes de fazer bem este trabalho. Temos que aceitar o fato de que o mercado desafia a lógica normal. (Edward Toppel) Cada preço é um consenso momentâneo sobre valor. (Alexander Elder)

32 Como Investir na Bolsa 1 Estude muito. Escolha as opções mais adequadas ao seu perfil como Clubes de Investimento, Fundos, ou através de compra de papéis. 2 Caso opte pela compra de papéis, é necessário se cadastrar em uma corretora, onde se paga corretagem e custódia. 3 Monte o seu plano de ação focando prazos para resgate, risco(estômago), parte da renda direcionada ao investimento e ferramentas, como técnica/fundamentalista. 4 Existem ações de 1º, 2º e 3º linhas, relacionadas principalmente com liquidez e risco. (1º Petr4,Vale5), (2º Gol). 3º(Docas Imbituba, Bombril...) 5 Estratégia definida, o aspecto comportamental como disciplina podem ajudá-lo a manter-se firme nos furacões do mercado. Faça um diário das suas movimentações, incluindo os porquês das suas compras e vendas.

33 O Value Investing Value Investing é volta às raízes do investimento onde existe, no longo prazo pelo menos, ligação estreita e inquebrantável entre o desempenho do negócio da empresa e o preço de sua ação. Além de rejeitar a análise gráfica, ele desafia a teoria moderna de investimento ao mostrar que: o desempenho passado tem a ver, sim, com o futuro; a baixa liqüidez de negociação não significa, necessariamente, maior risco; o mercado, no curto prazo, é mais pesquisa de opinião do que mecanismo para avaliar empresas; e o ideal de alto retorno com baixo risco é possível.

34 Percepção de Valor pelo Mercado Valor Intrínseco/ Expectativa do Management Desconto Quantitativo TANGÍVEIS Desconto Qualitativo INTANGÍVEIS Valor Percebido Ou Valorização Potencial Valor Pleno Valor de Mercado Imperfeições de Mercado Ineficiência de Comunicação

35 Warren Buffett: : O Sábio de Omaha Conforme publicação do Jornal Valor Econômico em 09/03/2006, baseado na lista da Revista Forbes, Warren Buffett é atualmente o segundo homem mais rico do mundo. O megainvestidor anunciou que doará 85% de sua fortuna, atualmente estimada em US$ 44 bilhões, já a partir de julho/06, para instituições de caridade. Descrição do Trabalho: Chefe executivo (CEO) da Berkshire Hathaway Holdings, uma firma de investimentos localizada em Omaha, Nebraska, USA. Resultados de Longo Prazo: Buffett é tido como o investidor com mais sucesso em todos os tempos, com uma taxa de retorno composta de 22,3% durante 36 anos. Maior sucesso: A compra da Coca-Cola por Buffett resultou num lucro de cerca de 800% em 12 anos para seus investidores. Menos conhecido foi seu investimento no Grupo de propaganda Interpublic em 1973, que ofereceu ganhos superiores a 900% em pouco mais de 11 anos. Publicações: Suas únicas publicações são os relatórios anuais da Berkshire, que recentemente foram compilados no livro Ensaios de Warren Buffett: Lições para Investidores e Administradores.

36 Warren Buffett: : O Sábio de Omaha Um almoço na companhia da segunda pessoa mais rica do mundo foi vendido por dólares num leilão beneficente da ebay, superando o recorde de dólares conseguido no ano passado para o evento promovido para levantamento de fundos. (30/06/06) Ações não são simples pedaços de papel. Representam uma participação em um negócio. Desta forma, quando analisando um investimento, pense como dono do negócio. Foque no negócio, não na ação. O que a companhia faz? Quão bem ela faz? Existem muito poucos negócios que valem a pena comprar. O mundo é dividido em uma mão de excelentes negócios e uma massa de investimentos pobres e medíocres. Mantenha sua busca nos primeiros. Só venda se ocorrerem as seguintes situações: Se o valor da companhia não está crescendo em uma taxa satisfatória; Se o valor de mercado ultrapassar significativamente o valor intrínseco; Quando você precisar de dinheiro para investir em outra companhia que é ainda mais atrativa sob a ótica da diferença do valor intrínseco e o preço do mercado. Regra número Um: Nunca perca dinheiro. Regra número Dois: Nunca se esqueça da regra número Um. Coloque todos os ovos em uma só cesta. Mas vigie a cesta.

37 Warren Buffett Escolha umas poucas ações que provavelmente darão bons retornos a longo prazo, concentre a maior parte dos investimentos nelas e seja firme para agüentar qualquer abalo de curto prazo no mercado. Coloque todos os ovos em apenas uma cesta e vigie a cesta. Nossa meta é encontrar uma empresa fantástica a um preço razoável, não uma empresa medíocre por uma barganha. Charlie e eu descobrimos que o melhor é fazer bolsas de seda com seda; se tentarmos com orelhas de porco, fracassaremos. A chave do investimento bem-sucedido era a compra de ações de boas empresas quando os preços de mercado estavam bem abaixo do verdadeiro valor da empresa.

38 A Berkshire especializou-se em garimpar oportunidades no mercado. Editora de jornais Comércio de mercadorias variadas Indústria de bebidas 5,6% 8,4% 0,5% 18,0% Setor Elétrico 83,4% Petróleo Petrochina.com1,3% Banco 5,7% Serviços auxiliares para empresas Cartões de crédito 16,2% Indústria de artigos Investimentos de limpeza Financeiros 12,1% 3,0% 12,2%

39 A simplicidade e objetividade pode ser verificada no site da Berkshire Hathaway, que conforme a revista HSM de Junho/06, possui apenas 6 empregados.

40 ESTRATÉGIAS Análise dos Resultados Considera que investe em negócios, não em ações; não se preocupa com o movimento dos preços de suas ações, mas com as vendas, lucros, margens e necessidades de capital de suas empresas; não procura ganhos de capital de curto prazo, mas, compra participações em poucas empresas para mantê-las durante anos, se não décadas. Mestres Nas palavras de Buffett: "Sou 15% Philip Fisher e 85% Graham". Do Graham ele adotou o conceito de "margem de segurança". "Quarenta e dois anos depois de lê-las ainda acho que essas são as três palavras certas". De Fisher aprendeu os benefícios de "encontrar as verdadeiras grandes empresas, e ficar com elas por todas as flutuações do turbilhão que é o mercado". Diversificação 1 Se juntarmos o pensamento de Fisher de procurar as "verdadeiras grandes empresas" com a insistência de Graham de uma "margem enorme" entre preço e valor, é fácil entender porque há poucas firmas que preenchem os requisitos. Isso explica uma outra característica de Buffett: o pequeno número de seus investimentos. No fim de 1993, por exemplo, ele mantinha as ações de somente Nove empresas em carteira. Quatro destas empresas representaram 76% do valor total do portfólio.

41 ESTRATÉGIAS Diversificação 2 Escolha dos papéis Mas não é necessário diversificar para limitar o risco? Para justificar sua posição Buffett cita as palavras do economista Maynard Keynes: "Estou cada vez mais convencido que o método correto em investimento é investir somas relativamente grandes em negócios que se pensa que entende e em cuja administração se tem fé total. É um erro imaginar que se limita o risco quando se distribui fundos entre empresas que pouco conhece e em cuja administração não se tem nenhum razão particular para ter confiança especial". Limite-se aos investimentos que você consiga entender. De outra forma você nunca irá conseguir medir o verdadeiro valor daquilo que possui. A maioria dos homens tem que se barbear e as mulheres depilar as pernas. Logo, a Gillete tem um nicho fixo no mercado que nunca desaparecerá, e que se expande na mesma proporção que o crescimento da população mundial. Foco em Benjamin Graham Graham foi considerado por Buffett, a pessoa mais influente em sua vida, após seu pai. A seguir apresentamos a técnica inicial de seleção de papéis utilizada por Benjamin Graham e sua aplicação da Bovespa.

42 Benjamin Graham 1 Investia utilizando um método puramente quantitativo ao alcance de qualquer um, empregando informações de domínio público. 2 Asset allocation : percentual entre 25 a 75% deveria ser aplicado em Renda Variável. Defensivos 50/50 3 Graham não se saiu bem no crash. O fundo que administrava tombou, perdendo a maior parte do dinheiro de sua família, embora tenha recuperado as perdas anos depois. 4 $ aplicados em 1936, permitiriam retiradas médias anuais de $2.100 pelos próximos vinte e um anos, mantendo ainda seus $ originais no final" 5 Grahan, devido a Crise de 29 focava e preocupava-se muito com o posicionamento psicológico do investidor tendo efetuado várias citações para exemplificar a sua visão. Fonte: The Intelligent Investor

43 Graham e suas Estratégias Comprar uma nota de um dólar por cinqüenta centavos Em 1934, escreveu, em parceria com o Professor David L. Dodd, o monumental "Security Analysis". O Security era um livro muito técnico, Anos mais tarde, Grahan escreveu o The intelligent Investor o livro que veio a se tornar a bíblia do Value investing. O capítulo 8 de seu livro The intelligent Investor, intitulado O Investidor e as Flutuações do Mercado e o 20 Margem de Seguranaça são recomendaçõs pessoal de leitura(anual) por Warren Buffet Comentários De acordo com Grahan, existem seis coisas a serem observadas no processo de avaliação de uma ação: 1.) Os lucros estimados futuros; 2.) As perspectivas de crescimento de longo-prazo, 3.) A administração; 4.) A saúde financeira e estrutura de capital; 5.) O histórico de dividendos; e 6.) O Dividend Yeld. Fonte: The Intelligent Investor e site

44 Benjamin Graham (Professor do Warren Buffett)... Aquele investidor que se permite ficar preocupado ou até mesmo apavorado com as quedas de seus papéis na bolsa estará transformando sua maior vantagem em sua maior desvantagem. Para este homem seria melhor que não houvesse qualquer cotação na bolsa, para que ele não se deixasse contaminar pela angústia mental causada pelo erro de avaliação de outras pessoas. (Benjamin Graham)

45 Home Depot Com

46 Bradesco PN

47 Petrobras PN

48 Gerdau PN Receita consolidada (R$ Bilhões) Preço/LucroL X Preço/Valor Patrimonial da Ação Dividend Yield Dívida Líquida/ Patrimônio Líquido Liquidez Corrente GOAU ,64 5,3 32,8 3,0

49 O Modelo Graham Trabalho Empírico na Bovespa Metodologia: Através do site Economática, foi feito levantamento dos dados da população dos papéis negociados na Bovespa, utilizando a série histórica de dados financeiros e contábeis de 1994 a A partir daí, fomos utilizando filtros. Primeiramente, na questão do lucro constante ao longo da série, ou seja, a empresa não poderia apresentar nenhum prejuízo; O crescimento médio anual proporcionado pelo papel deveria superar 5%; O produto dos múltiplos P/L e P/Vpa deveria ser inferior a 22,5 no momento do investimento; A receita líquida acima de R$ 500 milhões na data do investimento;

50 O Modelo Graham Trabalho Empírico na Bovespa Metodologia: Como os balanços de 2005 ainda não se encontravam todos fechados, utilizamos a facilidade da economática de consolidar os últimos 12 meses, isto é, o 4º trimestre de A dívida líquida sobre o patrimônio líquido não poderia superar 50% no momento do investimento; Pagamento de dividendos pelo menos no ano anterior ao investimento; A liquidez corrente obrigatoriamente deveria superar 1,0 no momento do investimento. Assim, naturalmente, filtro após filtro, as empresas selecionadas continuavam a diminuir devido ao rigor dos critérios, e as carteiras resultantes em cada situação, seguem a seguir.

51 Resultados do Trabalho Empírico Carteira 1 Empresas Selecionadas Avipal ON Cemig PN Coteminas PN Duratex PN Fosfertil PN Guararapes PN Itausa PN Pao de Acucar PN Petrobras PN Souza Cruz ON Telesp Operac PN Weg PN Fechamento em 02/01/2001 0,002 0,022 0,095 8,934 0,003 3,417 1,385 0,068 8,700 7,500 13,68 1,250 Rentabilidade Fechamento em 29/12/2005 0,009 0,095 0,214 29,700 0,027 63,000 7,400 0,077 37,210 29,000 47,95 7,600 Retorno % 470% 440% 224% 332% 964% 1844% 534% 114% 428% 387% 351% 608% 566% Comentários: A carteira com os valores históricos mostraram que no período a carteira montada com base nos fundamentos de Graham com dados de 1994 a 2000, para investimento em 2001, renderiam quase 2,5 vezes a mais do que Ibovespa. Por outro lado, um investimento em um fundo passivo lastreado pelo Ibovespa, perderia de investimentos em renda fixa, como o Tesouro Direto. A seleção de papéis baseadas em Graham se mostrou eficiente. Comparativo de Resultados Carteira Graham Bovespa Selic 566% 219% 239%

52 Resultados do Trabalho Empírico Carteira 2 Empresas Selecionadas Avipal ON Coteminas PN Duratex PN Eletrobras PNB Fosfertil PN Guararapes PN Ipiranga Dist PN Magnesita PNA Petrobras PN Souza Cruz ON Weg PN Fechamento em 02/01/2001 0,003 0,143 13,41 0,034 0,004 5,128 25,60 0,004 13,06 11,50 1,875 Rentabilidade Fechamento em 29/12/2005 0,009 0,214 29,75 0,040 0,027 63,30 40,40 0,015 37,21 29,00 7,600 Retorno % 313% 149% 222% 115% 643% 1235% 158% 410% 285% 252% 405% 381% Comentários: A carteira com os ajustes referentes ao IPCA mostraram que no período a carteira montada com base nos fundamentos de Graham com dados de 1994 a 2000, para investimento em 2001, renderia quase três vezes a mais do que Ibovespa. Por outro lado, um investimento em um fundo passivo lastreado pelo Ibovespa, perderia de investimentos em renda fixa, como o Tesouro Direto. A seleção de papéis baseadas em Graham se mostrou eficiente. Comparativo de Resultados Carteira Graham Bovespa Selic 381% 135% 131%

53 Resultados do Trabalho Empírico Carteira 3 Empresas % lucro (12 anos) Código Comentários: Coteminas PN 21% CTMN4 A carteira C utiliza dados de 1994 a 2005, ajustados pelo IPCA para investimento em Duratex PN Embraco PN Fosfertil PN Gerdau PN Magnesita PNA 49% 8% 16% 45% 22% DURA4 EBCO4 FFTL4 GOAU4 MAGS5 A comprovação da efetividade dos retornos superiores aos Benchmarks utilizados precisariam ser avaliados no longo prazo, característica principal do foco de investimento do Value investing. Como conteúdo adicional, de jan/06 a out/07 os resultados parciais da carteira são mostrados a seguir: Petrobras PN 51% PETR4 Sadia SA PN 31% SDIA4

54 Resultados do Trabalho Empírico Atualização Empresa Código JANEIRO DE DE OUTUBRO DE 2007 Variação Coteminas CTNM4 10, ,01 35% Duratex DURA4 14, ,95 266% Fosfertil FFTL4 25, ,9 163% Gerdau Met GOAU4 29, % Magnesita MAGS5 0, , % Petrobras PETR4 34, ,49 89% Sadia S/A SDIA3 6, ,66 77% Graham 136% CDI CDI Acumulado 1470, ,792 26% Ibovespa IBOV % Comentários: A Embraco foi incorporada pela Multibrás S.A. Eletrodomésticos, que na AGO/E de 27/04/2006 alterou sua denominação social para Whirlpool S.A. Cada ação foi substituída por 1, ações da Whirlpool S.A., respeitando as espécies. O resultado é bastante interessante para o período testado frente aos benchmarks. Quem for fã de Markowitz e de outros expoentes da Teoria Moderna de finanças fique à vontade para calcular os pesos ideais de cada papel na carteira, bem como beta, riscos, liquidez e coisas do tipo...

55 A ferramenta Economática é muito útil nas análises dos filtros de Benjamin Graham

56 CONCLUSÕES Análise dos Resultados A visão fundamentalista de Graham rompeu as barreiras do tempo e suas idéias sobre como se tornar um Investidor Inteligente podem continuar a apoiar estratégias de investimentos tanto para grandes instituições financeiras, como para os pequenos aplicadores, onde Benjamin depositava maior devoção. Aplicabilidade Após a análise dos resultados da pesquisa, concluímos que as idéias de Graham para investimento em bolsa de valores, se aplicam ao contexto brasileiro, o que pode ser constatado tanto pelas corretoras que o utilizam, quanto pelos resultados obtidos pelas carteiras simuladas. Contribuições A pesquisa visa permitir que pessoas de variadas áreas do conhecimento, investidores, profissionais liberais possam ter um contato maior com o tema, conhecer as características do investimento em bolsa de valores, podendo ainda se basear em algumas ferramentas e estratégias para implementar seus investimentos.

57 O site Ação&Reação traz enormes contribuições e ferramentas para o estudo do Value Investing, trazendo inclusive a carteira com foco em Benjamin Graham e Warren Buffett

58 O site Ação&Reação traz enormes contribuições e ferramentas para o estudo do Value Investing, trazendo inclusive a carteira com foco em Benjamin Graham e Warren Buffett

59 O outro detalhe relevante seria a Margem de Segurança, ou seja, a distância do Preço-Alvo Carteiras Mensais Relatórios de Corretoras Você pode usar como base o material produzido pelas diversas corretoras. A grande maioria delas publica no site seu Guia de Ações contendo os preços alvo do papel para um período médio de 12 meses.

60 O outro detalhe relevante seria a Margem de Segurança, ou seja, a distância do Preço-Alvo Site Letras e Lucros

61 O site infomoney possibilita acesso a informações sobre o mercado além de disponibilizar a ferramenta Consenso de Mercado

62 Porém, a análise dos indicadores não-financeiros tem sido fortemente utilizados pelos analistas de mercado para tomada de decisão sobre compra e venda de ações.. Comentários Divulgação sobre a responsabilidade socialcorporativa Respeito ao meio Ambiente Market Share Crescimento da base de clientes Capacidade de lançar novos produtos Relação com Investidores 9,3 10,34 11,36 12,64 14,77 28,41 Governança já é item de máxima importância para o mercado, segundo pesquisa da FGV. O Êxito do Planejamento Estratégico e a execução do mesmo pela empresa, aparece em segundo lugar. Outro dado que chama atenção é a preocupação, por parte dos analistas, com o trato pessoal nas áreas de RI das empresas. Políticas de disclosure(abertura) Estratégia e capacidade administrativa Êxito na Execução da Estratégia Governança Corporativa 54,65 55,17 58,62 60, Máxima Importância (em %) (1) Valor Econômico 24/08/2005

63 Referências BERNSTEIN. P. L. Desafio aos Deuses: A Fascinante História do Risco.14.ed. Rio de Janeiro: Campus, CUNNINGHAM, L. Ensaios de Warren Buffett: Lições para Investidores e Administradores.Disal, GRAHAM, B. The Intelligent Investor. New York: Harper Business, HELLER, R. Entenda e Ponha em Prática as Idéias de Warren Buffett. São Paulo, Publifolha, LOWE, W. B. Warren Buffett: Dicas e Pensamentos do Maior Investidor do Mundo. Rio de Janeiro, Campus, PÓVOA, A. Valuation: Como Precificar Ações. São Paulo, Globo, Sites

64 Sugestão de Leitura

65 A chance de riqueza na Bolsa é similar a sua chance de riqueza em qualquer profissão, como médico, engenheiro, cantor, jogador de futebol, professor...!!!

66 Bolsa de Valores não é vídeo game de adulto!!!

67 Se uma jóia cair no lago, muitas pessoas cairão na água a fim de recuperá-la, agitando-a até que se torne turva. O homem sábio espera que a água se acalme de modo que a jóia venha a brilhar naturalmente, por si própria. Buda

68 BOA NOITE!!!

GESTÃO DE CARTEIRA DE 3 ATIVOS

GESTÃO DE CARTEIRA DE 3 ATIVOS GESTÃO DE CARTEIRA DE 3 ATIVOS Eduardo Martin Alves Magaz (e.alves@grad.ufsc.br) Mercado de Capitais I Newton Carneiro Affonso da Costa Jr RESUMO Neste trabalho de conclusão de disciplina é apresentada

Leia mais

cartilha_18x10.qxd 9/20/2005 1:45 PM Page 1 dicas dos especialistas Como investir em ações utilizando Análise Fundamentalista

cartilha_18x10.qxd 9/20/2005 1:45 PM Page 1 dicas dos especialistas Como investir em ações utilizando Análise Fundamentalista cartilha_18x10.qxd 9/20/2005 1:45 PM Page 1 dicas dos especialistas Como investir em ações utilizando Análise Fundamentalista cartilha_18x10.qxd 9/20/2005 1:45 PM Page 2 Como investir em ações utilizando

Leia mais

CARTA AO INVESTIDOR 4º TRIMESTRE

CARTA AO INVESTIDOR 4º TRIMESTRE CARTA AO INVESTIDOR 4º TRIMESTRE Você só precisa fazer algumas poucas coisas certas na vida desde que não faça muitas erradas. Warren Buffett Este material tem o único propósito de divulgar informações

Leia mais

Estabeleça estratégias

Estabeleça estratégias Dinheiro... Orçamento Economias Prazo Onde? Poupança DI CDB Tesouro Previdência Privada Fundos Ações Negócio próprio Estabeleça estratégias Dólar, ouro, imóveis, obras de arte, etc. Poupança Garantido*

Leia mais

Relatório de Gestão 2 Trimestre 2013

Relatório de Gestão 2 Trimestre 2013 Johnny Loser era conhecido por não ter muita sorte no mundo dos investimentos. Quase todas as suas decisões mostravam-se equivocadas, provocando sucessivas perdas de capital. Certo dia, cansou de tentar

Leia mais

INFORMATIVO FUNDOS GALT FIA - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES GERAL DIVIDENDO - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES. Química 12% Papel e Celulose 8%

INFORMATIVO FUNDOS GALT FIA - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES GERAL DIVIDENDO - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES. Química 12% Papel e Celulose 8% Outubro de 2015 INFORMATIVO FUNDOS GALT FIA - FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES O Geral Asset Long Term - GALT FIA é um fundo de investimento que investe em ações, selecionadas pela metodologia de análise

Leia mais

Carteira Top Pick Dezembro 01.12.13

Carteira Top Pick Dezembro 01.12.13 CARTEIRA COMENTÁRIO Carteira Top Pick Dezembro 01.12.13 A carteira direcional recomendada pela equipe de analistas da Socopa Corretora é mensalmente avaliada buscando relacionar as cinco melhores opções

Leia mais

Revisão Copel (CPLE6) Preço Teórico R$ 35,00 (COMPRA) 28.01.2009

Revisão Copel (CPLE6) Preço Teórico R$ 35,00 (COMPRA) 28.01.2009 Revisão Copel (CPLE6) Preço Teórico R$ 35,00 (COMPRA) 28.01.2009 Empresa Código Recomendação Fechamento* Preço-Teórico* Upside Risco Lote Copel PNB CPLE6 Compra 21,85 35,00 60,2% Elevado 1 EV/EBITDA (atual)

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO JANEIRO 2008

RELATÓRIO DE GESTÃO JANEIRO 2008 RELATÓRIO DE GESTÃO JANEIRO 2008 Este material tem o único propósito de divulgar informações e dar transparência à gestão executada pela Edge Investimentos, não deve ser considerado como oferta de venda

Leia mais

Relatório Analítico 27 de março de 2012

Relatório Analítico 27 de março de 2012 VENDA Código de Negociação Bovespa TGM A3 Segmento de Atuação Principal Logística Categoria segundo a Liquidez 2 Linha Valor de M ercado por Ação (R$) 29,51 Valor Econômico por Ação (R$) 32,85 Potencial

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO ABRIL 2008

RELATÓRIO DE GESTÃO ABRIL 2008 RELATÓRIO DE GESTÃO ABRIL 2008 Este material tem o único propósito de divulgar informações e dar transparência à gestão executada pela Edge Investimentos, não deve ser considerado como oferta de venda

Leia mais

SINCOR-SP 2015 JUNHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 JUNHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS JUNHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

ONDE INVESTIR SEU DINHEIRO. O Guia Absolutamente Completo

ONDE INVESTIR SEU DINHEIRO. O Guia Absolutamente Completo ONDE INVESTIR SEU DINHEIRO O Guia Absolutamente Completo Onde Investir Seu Dinheiro O Guia Absolutamente Completo Geralmente não costumo sugerir carteiras de investimento por dois motivos: (1) Não gosto

Leia mais

Segredo 11 Como investir em ações para construir riqueza

Segredo 11 Como investir em ações para construir riqueza Segredo 11 Como investir em ações para construir riqueza Um tempo atrás, escrevi um ensaio curto sobre como Warren Buffett havia enriquecido tanto, mas não mencionei o quão rico ele havia se tornado. Com

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T14

Divulgação de Resultados 1T14 Divulgação de Resultados 1T14 A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity ( Fundos

Leia mais

Investimentos O Governo Federal oferece 1.047 vagas de até R$ 8.300,00

Investimentos O Governo Federal oferece 1.047 vagas de até R$ 8.300,00 Investimentos Segundo pesquisas, ao se fazer um curso de graduação, por exemplo, a média salarial aumentará cerca de 168%, ou seja, quem ganha R$ 1000,00, ao terminar um curso de graduação tem grandes

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T15

Divulgação de Resultados 1T15 São Paulo - SP, 06 de Maio de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private equity

Leia mais

Divulgação de Resultados 2014

Divulgação de Resultados 2014 São Paulo - SP, 10 de Fevereiro de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity

Leia mais

15 de Outubro de 2015

15 de Outubro de 2015 out-14 nov-14 nov-14 dez-14 jan-15 jan-15 fev-15 mar-15 mar-15 abr-15 abr-15 mai-15 jun-15 jun-15 jul-15 jul-15 ago-15 set-15 set-15 jun-07 set-07 dez-07 mar-08 jun-08 set-08 dez-08 mar-09 jun-09 set-09

Leia mais

Insper Instituto de Ensino e Pesquisa. Cássia Menatto Mebius

Insper Instituto de Ensino e Pesquisa. Cássia Menatto Mebius Insper Instituto de Ensino e Pesquisa Certificate in Financial Administration CFM Cássia Menatto Mebius ESTUDO DE CASO: Aspectos da Análise fundamentalista versus análise gráfica para uma corretora São

Leia mais

7º Congresso Value Investing Brasil

7º Congresso Value Investing Brasil www.cvib.com.br 7º Congresso Value Investing Brasil 22 de maio de 2014 Value investing em private equity Cassiano Leme Constância Investimentos A CONSTÂNCIA INVESTIMENTOS não comercializa nem distribui

Leia mais

Fundo GBX Viena FIC de FIA Carta Mensal do Gestor/ Junho 2013

Fundo GBX Viena FIC de FIA Carta Mensal do Gestor/ Junho 2013 Fundo GBX Viena FIC de FIA Carta Mensal do Gestor/ Junho 2013 Prezados Investidores, O Ibovespa encerrou o mês de Junho com queda de 11,30%. No acumulado do ano de 2013, a queda alcança 22,14%. É o 6º

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO- DEZEMBRO -2011

RELATÓRIO DE GESTÃO- DEZEMBRO -2011 O ano de 11 terminou sem grandes surpresas. Na tentativa de manter aquecido o mercado consumidor brasileiro, a taxa básica de juros, que chegou a 1,5% ao longo do ano, encerrou o período em 11%. O crescimento

Leia mais

Investimentos para Investidores Institucionais Fernando Lovisotto

Investimentos para Investidores Institucionais Fernando Lovisotto Investimentos para Investidores Institucionais Fernando Lovisotto Importante: Este documento não constitui uma opinião ou recomendação, legal ou de qualquer outra natureza, por parte da Vinci Partners,

Leia mais

COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO

COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO COMO INVESTIR PARA GANHAR DINHEIRO Por que ler este livro? Você já escutou histórias de pessoas que ganharam muito dinheiro investindo, seja em imóveis ou na Bolsa de Valores? Após ter escutado todas essas

Leia mais

O efeito da rentabilidade...

O efeito da rentabilidade... O efeito da rentabilidade... A importância da variável taxa: R$ 500 reais mensais, por 25 anos 0,80% 1,17% 1,53% 1,88% 2,21% 10% 15% 20% 25% 30% 10% aa 15% aa 20% aa 25% aa 30% aa Ano 0 R$ 0 R$ 0 R$ 0

Leia mais

Luiz Fernando Rolla. Diretor de Finanças, Relações com Investidores e Controle de Participações

Luiz Fernando Rolla. Diretor de Finanças, Relações com Investidores e Controle de Participações Luiz Fernando Rolla Diretor de Finanças, Relações com Investidores e Controle de Participações Nossa base de acionistas assegura liquidez América do Norte Canadá Estados Unidos México Europa Luxemburgo

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO. 3º Trimestre 2013

RELATÓRIO DE GESTÃO. 3º Trimestre 2013 RELATÓRIO DE GESTÃO 3º Trimestre 2013 Este material tem o único propósito de divulgar informações e dar transparência à gestão executada pela Edge Investimentos, não deve ser considerado como oferta de

Leia mais

Análise Financeira de Balanço

Análise Financeira de Balanço UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Instituto de Engenharia de Produção e Gestão Contabilidade Gerencial EPR 30 Análise Financeira de Balanço Juliano Jun Tatsumi nº11462 Marina Carvalho Brandão nº11466 Itajubá,

Leia mais

Banco conseguiu os melhores resultados num universo de 140 competidores

Banco conseguiu os melhores resultados num universo de 140 competidores ! Matéria publicada em 24/09/2001 no jornal O Estado de São Paulo: Itaú vai à liderança de ranking de empresas Banco conseguiu os melhores resultados num universo de 140 competidores MÁRCIO ANAYA e DANIELA

Leia mais

The Warren Buffett Way

The Warren Buffett Way The Warren Buffett Way Investment Strategies of the World s Greatest Quando Buffett investe, ele vê uma empresa. A maioria dos investidores vê apenas um preço de ação. Eles gastam horas e esforço olhando,

Leia mais

SINCOR-SP 2015 JULHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 JULHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS JULHO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

Veja na tabela a seguir as performances de cada aplicação em setembro e no acumulado do ano. Desempenho em setembro. Ibovespa 4,84% -17,96% 30/09/2013

Veja na tabela a seguir as performances de cada aplicação em setembro e no acumulado do ano. Desempenho em setembro. Ibovespa 4,84% -17,96% 30/09/2013 Veículo: Exame.com Os melhores e os piores investimentos de setembro Ibovespa fecha o mês com a maior alta, seguido pelos fundos de ações small caps; na renda fixa, a LTN, título do Tesouro prefixado,

Leia mais

O Guia Definitivo de Dividendos para Iniciantes: 9 Passos para Escolher uma Ação de Longo Prazo e quando se livrar dela

O Guia Definitivo de Dividendos para Iniciantes: 9 Passos para Escolher uma Ação de Longo Prazo e quando se livrar dela O Guia Definitivo de Dividendos para Iniciantes: 9 Passos para Escolher uma Ação de Longo Prazo e quando se livrar dela Introdução Você sabia que é possível alcançar Independência Financeira através dos

Leia mais

FUNCEF DIRETORIA DE INVESTIMENTOS

FUNCEF DIRETORIA DE INVESTIMENTOS FUNCEF DIRETORIA DE INVESTIMENTOS Brasília 26/03/2015 2 Recebimento de contribuições: R$ 1.746 milhões; Pagamento de benefícios e pensões: R$ 2.086 milhões; Participantes: 137,0 mil ativos e assistidos;

Leia mais

Iniciando. Bolsa de Valores. O que é uma ação?

Iniciando. Bolsa de Valores. O que é uma ação? O que é uma ação? Por definição é uma fração de uma empresa. Por isso, quem detém ações de uma companhia é dono de uma parte dela, ou melhor, é um dos seus sócios e por conseguinte passa a ganhar dinheiro

Leia mais

XP CAPITAL PROTEGIDO X: BERKSHIRE HATHAWAY

XP CAPITAL PROTEGIDO X: BERKSHIRE HATHAWAY XP CAPITAL PROTEGIDO X: BERKSHIRE HATHAWAY BERKSHIRE HATHAWAY PORTFOLIO DE EMPRESAS Investimentos na Bolsa Americana Warren Buffett é considerado o maior investidor de todos os tempos. Sua filosofia consiste

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T15

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T15 Relações com Investidores DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T15 Apresentação: José Rubens de la Rosa CEO José Antonio Valiati CFO & Diretor de Relações com Investidores Thiago Deiro Gerente Financeiro & de

Leia mais

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas CICLO APIMEC 2010 Índice RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas 3 RS no Brasil DADOS DEMOGRÁFICOS RS BRASIL População

Leia mais

a) mercados de derivativos, tais como, exemplificativamente, índices de ações, índices de preços, câmbio (moedas), juros;

a) mercados de derivativos, tais como, exemplificativamente, índices de ações, índices de preços, câmbio (moedas), juros; CREDIT SUISSE HEDGINGGRIFFO 1. Públicoalvo LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS dezembro/2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o CSHG EQUITY HEDGE LEVANTE FUNDO DE INVESTIMENTO

Leia mais

Aprenda a investir na Bolsa de Valores

Aprenda a investir na Bolsa de Valores Aprenda a investir na Bolsa de Valores Investimento: Curso completo: R$ 350,00 à vista ou parcelado em até 5x (c/ juros) Módulos 1 ao 5: R$ 199,00 à vista ou parcelado em até 5x (c/ juros) Módulos 6 ao

Leia mais

Como funciona a análise fundamentalista de ações

Como funciona a análise fundamentalista de ações Como funciona a análise fundamentalista de ações Entenda como os investidores analisam balanços e fazem contas para avaliar se determinada empresa está ou não barata Julia Wiltgen, de EXAME.com GETTY IMAGES

Leia mais

Reunião Pública dos Analistas 4T11

Reunião Pública dos Analistas 4T11 Grjrr Reunião Pública dos Analistas 4T11 Porto Seguro Agenda Visão da Indústria de Seguros Cenário Atual Perspectivas Visão Geral da Porto Seguro Estrutura Linhas de Negócio Estratégia e Cultura Resultados

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL. Julho 2010 APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL. Julho 2010 APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL Edge Investimentos Ltda. Av. Ayrton Senna 3000 Bloco 2 324 Rio de Janeiro RJ Tel: +55 (21) 2421-4262 www.edgeinvestimentos.com.br Administrador/ Distribuidor:

Leia mais

FCLCapital. Junho 2015. www.fclcapital.com

FCLCapital. Junho 2015. www.fclcapital.com Junho 2015 www.fclcapital.com FCL Equities FIA Filosofia de Investimentos - Pág. 4 Estratégia Long-Biased - Pág. 5 Processo de Investimentos - Pág. 6 Gestão de Riscos - Pág. 10 1 Plano de Crescimento Plano

Leia mais

Relatório Semanal de Estratégia de Investimento

Relatório Semanal de Estratégia de Investimento 12 de janeiro de 2015 Relatório Semanal de Estratégia de Investimento Destaques da Semana Economia internacional: Deflação na Europa reforça crença no QE (22/11); Pacote de U$1 trilhão em infraestrutura

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 3T14

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 3T14 Relações com Investidores DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 3T14 Apresentação: José Rubens de la Rosa CEO José Antonio Valiati CFO & Diretor de Relações com Investidores Thiago A. Deiro Gerente Financeiro &

Leia mais

Identificação da Vantagem Competitiva de Longo Prazo nas Demonstrações Financeiras da AmBev na Visão de Warren Buffett

Identificação da Vantagem Competitiva de Longo Prazo nas Demonstrações Financeiras da AmBev na Visão de Warren Buffett Identificação da Vantagem Competitiva de Longo Prazo nas Demonstrações Financeiras da AmBev na Visão de Warren Buffett WESLEI APARECIDO ANDRADE Universidade Presbiteriana Mackenzie SENICHIRO KOSHIO Universidade

Leia mais

Ciências Econômicas. 4.2 Mercado de Capitais. Marcado Financeiro e de Capitais (Aula-2015/10.16) 16/10/2015. Prof. Johnny 1

Ciências Econômicas. 4.2 Mercado de Capitais. Marcado Financeiro e de Capitais (Aula-2015/10.16) 16/10/2015. Prof. Johnny 1 UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ Ciências Econômicas Mercado de Capitais Tributações Relatórios Professor : Johnny Luiz Grando Johnny@unochapeco.edu.br 4.2 Mercado de Capitais 4.3.1 Conceitos

Leia mais

CSHG Unique Comentário do Gestor

CSHG Unique Comentário do Gestor CSHG Unique Comentário do Gestor Outubro 2010 Para nós, essa é uma carta muito especial. Na busca por oferecer a melhor prateleira possível de produtos para nossos clientes, lançamos em 24 de setembro

Leia mais

PPS PORTFOLIO PERFORMANCE MSDPREV

PPS PORTFOLIO PERFORMANCE MSDPREV 1 MSDPREV ANÁLISE DE DESEMPENHO DOS FUNDOS DE INVESTIMENTOS OUT.14 RENDA FIXA MSDPREV RF (WESTERN) CLASSIFICAÇÃO: CLUSTER RENDA FIXA ÍNDICES - MODERADO Novembro/13 a Outubro/14 Nos últimos doze meses,

Leia mais

Conference Call. Maio 2008

Conference Call. Maio 2008 Conference Call Maio 2008 Cenário macro O Brasil é Investment Grade: E agora? Taxa de câmbio/ taxa de juros Atração de capital de longo prazo Potencial impacto positivo no PIB Disponibilidade de crédito:

Leia mais

A Lição de Lynch. O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros

A Lição de Lynch. O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros A Lição de Lynch O mago dos investimentos conta como ganhar nas bolsas depois de Buffet e Soros Por Laura Somoggi, de Marblehead (EUA) É muito provável que o nome Peter Lynch não lhe seja familiar. Ele

Leia mais

Três fatores principais diferenciam o XP TOP DIVIDENDOS FIA dos Fundos de Investimento tradicionais, comumente encontrados no mercado.

Três fatores principais diferenciam o XP TOP DIVIDENDOS FIA dos Fundos de Investimento tradicionais, comumente encontrados no mercado. XP TOP dividendos FIA INTRODUÇÃO O XP TOP DIVIDENDOS FIA é um Fundo de Investimento em Ações que tem como objetivo buscar a valorização de suas cotas em um horizonte de longo prazo, por meio da composição

Leia mais

MUDANÇAS DO MÊS. n 20 02/01/13 a 31/01/13. # Empresa Código Preço Preço Alvo. Var. Ano P/L 12. Upside 12m EV/E 12. Yield

MUDANÇAS DO MÊS. n 20 02/01/13 a 31/01/13. # Empresa Código Preço Preço Alvo. Var. Ano P/L 12. Upside 12m EV/E 12. Yield TOP 10 GRADUAL JANEIRO/2013 # Empresa Código Preço Preço Alvo Upside 12m Var. Ano P/L 12 EV/E 12 P/VPA Div. Yield 1 VALE5 40,87 55,70 +36% +14,5% 8,6 6,2 129% 5,5% 2 PETR4 19,52 30,50 +56% -6,9% 13,8 7,1

Leia mais

TÍTULO: DE POUPADOR A INVESTIDOR DESPERTANDO O GÊNIO FINANCEIRO DE INVESTIDORES CONSERVADORES

TÍTULO: DE POUPADOR A INVESTIDOR DESPERTANDO O GÊNIO FINANCEIRO DE INVESTIDORES CONSERVADORES TÍTULO: DE POUPADOR A INVESTIDOR DESPERTANDO O GÊNIO FINANCEIRO DE INVESTIDORES CONSERVADORES CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: CIÊNCIAS CONTÁBEIS INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE

Leia mais

1 - BTG Pactual Corporate Office Fund BRCR11

1 - BTG Pactual Corporate Office Fund BRCR11 1 - BTG Pactual Corporate Office Fund BRCR11 O FII BTG Pactual Corporate Office Fund é um fundo de investimento imobiliário do tipo corporativo, ou seja, tem como objetivo investir em ativos imobiliários

Leia mais

Finanças Pessoais e Mercado Financeiro 14º Encontro Informal - IBRI 11 de agosto de 2004. Mauricio Gallego Augusto Gestor de Renda Variável

Finanças Pessoais e Mercado Financeiro 14º Encontro Informal - IBRI 11 de agosto de 2004. Mauricio Gallego Augusto Gestor de Renda Variável Finanças Pessoais e Mercado Financeiro 14º Encontro Informal - IBRI 11 de agosto de 2004 Mauricio Gallego Augusto Gestor de Renda Variável 1 Objetivo Abordar assuntos que são focados pelos gurus das finanças

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SPINELLI FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 55.075.238/0001-78 SETEMBRO/2015

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SPINELLI FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 55.075.238/0001-78 SETEMBRO/2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o Spinelli Fundo de Investimento em Ações. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo,

Leia mais

RELATÓRIO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES RESULTADOS 1T10 156.512.000,00

RELATÓRIO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES RESULTADOS 1T10 156.512.000,00 RELATÓRIO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES RESULTADOS 156.512.000,00 Resultados do RESULTADOS São Paulo, 14 de maio de 2010 A BRADESPAR [BM&FBOVESPA: BRAP3 (ON), BRAP4 (PN); LATIBEX: XBRPO (ON), XBRPP (PN)]

Leia mais

FILOSOFIA DE INVESTIMENTO. Retorno esperado de um lançamento 80% 100% + 20% 100% ( ) = 60% ( 1 20% ) 20 =1,15%

FILOSOFIA DE INVESTIMENTO. Retorno esperado de um lançamento 80% 100% + 20% 100% ( ) = 60% ( 1 20% ) 20 =1,15% Através da CARTA TRIMESTRAL ATMOS esperamos ter uma comunicação simples e transparente com o objetivo de explicar, ao longo do tempo, como tomamos decisões de investimento. Nesta primeira carta vamos abordar

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO. 1º Trimestre 2012

RELATÓRIO DE GESTÃO. 1º Trimestre 2012 RELATÓRIO DE GESTÃO 1º Trimestre 2012 Este material tem o único propósito de divulgar informações e dar transparência à gestão executada pela Edge Investimentos, não deve ser considerado como oferta de

Leia mais

Renda Fixa: 88%[(78% [CDI+0,5%]+17% IMAB + 5%IMAB5)+12%(103%CDI)] Renda Variável Ativa = 100%(IBrx+6%) Inv. estruturados = IFM Inv. no exterior = BDRX

Renda Fixa: 88%[(78% [CDI+0,5%]+17% IMAB + 5%IMAB5)+12%(103%CDI)] Renda Variável Ativa = 100%(IBrx+6%) Inv. estruturados = IFM Inv. no exterior = BDRX Objetivo Os investimentos dos Planos Básico e Suplementar, modalidade contribuição definida, tem por objetivo proporcionar rentabilidade no longo prazo através das oportunidades oferecidas pelos mercados

Leia mais

Resumo de Análise de Projetos de Investimento

Resumo de Análise de Projetos de Investimento Agosto/2011 Resumo de Análise de Projetos de Investimento Valor Quanto vale um ativo? Quanto vale uma empresa? Quanto vale um projeto? Valor Contábil É o valor da empresa para a Contabilidade. Ou seja,

Leia mais

Carteira de Dividendos Maio/15

Carteira de Dividendos Maio/15 A Carteira de Dividendos Planner encerra abril com valorização de 5,23% acumulando ganho de 4,53% no ano A Carteira de Dividendos leva em consideração os seguintes itens na escolha das ações: i) forte

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PARA 2010

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PARA 2010 POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PARA 2010 Subordinada à Resolução CMN nº 3.792 de 24/09/09 1- INTRODUÇÃO Esta política tem como objetivo estabelecer as diretrizes a serem observadas na aplicação dos recursos

Leia mais

Evolução do lucro líquido (em milhões de reais) - jan fev mar abr mai jun jul ago set

Evolução do lucro líquido (em milhões de reais) - jan fev mar abr mai jun jul ago set DISCUSSÃO E ANÁLISE PELA ADMINISTRAÇÃO DO RESULTADO NÃO CONSOLIDADO DAS OPERACÕES: PERÍODO DE JANEIRO A SETEMBRO DE 2001 COMPARATIVO AO PERÍODO DE JANEIRO A SETEMBRO DE 2000 (em milhões de reais, exceto

Leia mais

Trading Idea (BBRK3 Compra)

Trading Idea (BBRK3 Compra) Trading Idea (BBRK3 Compra) Destaques/ Operação Sob a ótica fundamentalista, recomendamos a compra das ações da Brasil Brokers vislumbrando um posicionamento de médio/longo prazo. Entrada: até R$ 6,60

Leia mais

BICBANCO STOCK INDEX AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS

BICBANCO STOCK INDEX AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS BICBANCO STOCK INDEX AÇÕES FUNDO DE INVESTIMENTO EM TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS (Administrado pelo Banco Industrial e Comercial S.A.) DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS REFERENTES AO EXERCÍCIO FINDO EM 30 DE SETEMBRO

Leia mais

Investidor de Valor. Três oportunidades de comprar ações boas, baratas e líquidas

Investidor de Valor. Três oportunidades de comprar ações boas, baratas e líquidas Investidor de Valor Três oportunidades de comprar ações boas, baratas e líquidas Em trecho de carta do fundo Verde havia o seguinte dizer: temos uma clivagem clara na bolsa brasileira. De um lado, empresas

Leia mais

SINCOR-SP 2015 OUTUBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 OUTUBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS OUTUBRO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

Sumário O VEREDICTO DA HISTÓRIA RETORNO DAS AÇÕES E TÍTULOS DESDE 1802 3 PARTE I. CAPÍTULO l

Sumário O VEREDICTO DA HISTÓRIA RETORNO DAS AÇÕES E TÍTULOS DESDE 1802 3 PARTE I. CAPÍTULO l Sumário PARTE I O VEREDICTO DA HISTÓRIA CAPÍTULO l RETORNO DAS AÇÕES E TÍTULOS DESDE 1802 3 "Todo mundo está destinado a ser rico" 3 Retornos dos mercados financeiros desde 1802 5 A performance dos títulos

Leia mais

Relatório Mensal Agosto/2015

Relatório Mensal Agosto/2015 1. Cenário Econômico Relatório Mensal GLOBAL: A ata da reunião de julho do FOMC (Federal Open Market Committee) trouxe um tom mais conciliador. Embora a avaliação em relação à atividade econômica tenha

Leia mais

Avaliação Econômica Valuation

Avaliação Econômica Valuation Avaliação Econômica Valuation Wikipedia The process of determining the current worth of an asset or company. There are many techniques that can be used to determine value, some are subjective and others

Leia mais

Curso Introdução ao Mercado de Ações

Curso Introdução ao Mercado de Ações Curso Introdução ao Mercado de Ações Módulo 2 Continuação do Módulo 1 www.tradernauta.com.br Sistema de negociação da Bovespa e Home Broker Mega Bolsa Sistema implantado em 1997, é responsável por toda

Leia mais

INSPER INSTITUTO DE ENSINO E PESQUISA Certificate in Financial Management - CFM. Pedro de Albuquerque Seidenthal

INSPER INSTITUTO DE ENSINO E PESQUISA Certificate in Financial Management - CFM. Pedro de Albuquerque Seidenthal INSPER INSTITUTO DE ENSINO E PESQUISA Certificate in Financial Management - CFM Pedro de Albuquerque Seidenthal TAXA DE JUROS FUTURA: SIMULAÇÃO DE OPERAÇÕES ESPECULATIVAS São Paulo 2012 Pedro de Albuquerque

Leia mais

Bancos brasileiros prontos para um cenário de crescimento sustentado e queda de juros

Bancos brasileiros prontos para um cenário de crescimento sustentado e queda de juros 1 Bancos brasileiros prontos para um cenário de crescimento sustentado e queda de juros Tomás Awad Analista senior da Itaú Corretora Muito se pergunta sobre como ficariam os bancos num cenário macroeconômico

Leia mais

BICBANCO Stock Index Ações Fundo de Investimento em Títulos e Valores Mobiliários (Administrado pelo Banco Industrial e Comercial S.A.

BICBANCO Stock Index Ações Fundo de Investimento em Títulos e Valores Mobiliários (Administrado pelo Banco Industrial e Comercial S.A. BICBANCO Stock Index Ações Fundo de Investimento em Títulos e Valores Mobiliários (Administrado pelo Banco Industrial e Comercial S.A.) Demonstrações Financeiras Referentes ao Exercício Findo em 30 de

Leia mais

Cenário. Ibovespa 60.000 50.000 40.000 30.000 20.000 10.000. set-02. set-06. set-04. set-05. set-03. jan-02. jan-04. jan-03. jan-05. jan-06.

Cenário. Ibovespa 60.000 50.000 40.000 30.000 20.000 10.000. set-02. set-06. set-04. set-05. set-03. jan-02. jan-04. jan-03. jan-05. jan-06. Data Base: jun/07 Cenário O Brasil está começando a firmar-se como economia estável e previsível. A queda dos juros vem diminuindo o atrativo dos investimentos em títulos do Governo. Quanto mais credibilidade

Leia mais

SINCOR-SP 2015 AGOSTO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

SINCOR-SP 2015 AGOSTO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS AGOSTO 2015 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 Sumário Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita

Leia mais

SOBRE O AUTOR. Leonardo Rocha é formado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

SOBRE O AUTOR. Leonardo Rocha é formado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). SOBRE O AUTOR Leonardo Rocha é formado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Iniciou seu aprendizado em 2007, quando começou a estudar sobre o mercado financeiro.

Leia mais

Estudo Grendene - jmeloblog - h3p://jmeloblog.wordpress.com - Jean Melo RELATÓRIO DE AÇÕES

Estudo Grendene - jmeloblog - h3p://jmeloblog.wordpress.com - Jean Melo RELATÓRIO DE AÇÕES RELATÓRIO DE AÇÕES EMPRESA: GRENDENE CÓDIGO: GRND3 Quantidade de ações: 300.720.000 SETOR: CALÇADOS PREÇO ATUAL: R$ 8,88 MÁXIMA 52 SEM: R$9,84 MÍNIMA 52 SEM: R$6,93 RECOMENDAÇÃO: WATCH LIST Atividade Principal

Leia mais

Carta ao Cotista Abril 2015. Ambiente Macroeconômico. Internacional

Carta ao Cotista Abril 2015. Ambiente Macroeconômico. Internacional Carta ao Cotista Abril 2015 Ambiente Macroeconômico Internacional O fraco resultado dos indicadores econômicos chineses mostrou que a segunda maior economia mundial continua em desaceleração. Os dados

Leia mais

Luminus. Prezados Investidores e Amigos, Mas, afinal, o que é investir em Ações? Carta do Gestor: Filosofia de Investimentos

Luminus. Prezados Investidores e Amigos, Mas, afinal, o que é investir em Ações? Carta do Gestor: Filosofia de Investimentos Prezados Investidores e Amigos, Em março de 2012 tomei a decisão de fundar a. Não era a primeira vez que seria um empresário, mas era um desafio muito diverso daqueles aos quais eu estava acostumado, pois

Leia mais

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R Os 10 HÁBITOS DE SUCESSO D O S I N V E S T I D O R E S E M VA L O R W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R Aviso Importante O autor não tem nenhum vínculo com as pessoas, instituições financeiras e produtos,

Leia mais

Material complementar à série de videoaulas de Opções.

Material complementar à série de videoaulas de Opções. Apostila de Opções Contatos Bradesco Corretora E-mail: faq@bradescobbi.com.br Cliente Varejo: 11 2178-5757 Cliente Prime: 11 2178-5722 www.bradescocorretora.com.br APOSTILA DE OPÇÕES Material complementar

Leia mais

CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS

CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 CARTA DE CONJUNTURA DO SETOR DE SEGUROS 1 2 SUMÁRIO Palavra do presidente... 3 Objetivo... 4 1. Carta de Conjuntura... 5 2. Análise macroeconômica... 6 3. Análise do setor de seguros 3.1. Receita de

Leia mais

Desmistificando a Bolsa de Valores

Desmistificando a Bolsa de Valores Desmistificando a Bolsa de Valores Eustáchio Pagani / Maxwell Freitas para Empresa Familiares Conceito O que é Bolsa de Valores? O que é uma Ação? Quais os Tipos de Ações? Como comprar um Ação? Minha Estratégia

Leia mais

O site de RI como ferramenta de divulgação

O site de RI como ferramenta de divulgação O site de RI como ferramenta de divulgação Sites de RI em geral são muito bons e completos, com muitas informações. Um site é bom quando atende aos seus objetivos. É importante sabermos: Se as informações

Leia mais

FINANÇAS E MERCADOS FINANCEIROS A Consolidação do Mercado de Capitais Brasileiro João Basilio Pereima Neto *

FINANÇAS E MERCADOS FINANCEIROS A Consolidação do Mercado de Capitais Brasileiro João Basilio Pereima Neto * FINANÇAS E MERCADOS FINANCEIROS A Consolidação do Mercado de Capitais Brasileiro João Basilio Pereima Neto * O mercado de capitais brasileiro vai fechar o ano de 2007 consolidando a tendência estrutural

Leia mais

Alguns preferem papéis federais mais curtos, de menor risco, mas há os que sugerem títulos um pouco mais longos corrigidos pela inflação.

Alguns preferem papéis federais mais curtos, de menor risco, mas há os que sugerem títulos um pouco mais longos corrigidos pela inflação. Empírica Investimentos na mídia EXAME Janeiro 23/12/2014 Com juro alto, renda fixa é mais atrativa e Petrobras, opção A alta dos juros na semana passada por conta da instabilidade externa tornou mais atrativos

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO- JANEIRO -2012

RELATÓRIO DE GESTÃO- JANEIRO -2012 O pessimismo amplamente precificado em bolsa ao longo de 2011 parece ter sofrido uma mudança de rota em direção a céus mais azuis. Em janeiro de 2012, o Ibovespa subiu 11,13%, de tal forma a recuperar

Leia mais

REUNIÃO APIMEC-SP 3T04. 30 de novembro 2004

REUNIÃO APIMEC-SP 3T04. 30 de novembro 2004 REUNIÃO APIMEC-SP 3T04 30 de novembro 2004 Índice Perfil Corporativo Desempenho Econômico-Financeiro Mercado de Capitais Responsabilidade Corporativa Perspectivas Disclaimer Declarações contidas nesta

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VIDA FELIZ FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 07.660.310/0001-81 OUTUBRO/2015

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O VIDA FELIZ FUNDO DE INVESTIMENTO EM AÇÕES CNPJ 07.660.310/0001-81 OUTUBRO/2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o Vida Feliz Fundo de Investimento em Ações. As informações completas sobre esse fundo podem ser obtidas no Prospecto e no Regulamento do fundo,

Leia mais

INTRODUÇÃO AO MERCADO FINANCEIRO. EQUIPE TRADER O mercado fala, a gente entende.

INTRODUÇÃO AO MERCADO FINANCEIRO. EQUIPE TRADER O mercado fala, a gente entende. INTRODUÇÃO AO MERCADO FINANCEIRO EQUIPE TRADER O mercado fala, a gente entende. Mercado de Renda Variável, os preços estão em constante oscilação. Pela sua liquidez não existe pechincha. A importância

Leia mais

SUMÁRIO. Apresentação...2. Reminiscências de um especulador...3. Axiomas de Zurique...5

SUMÁRIO. Apresentação...2. Reminiscências de um especulador...3. Axiomas de Zurique...5 SUMÁRIO Apresentação...2 Reminiscências de um especulador...3 Axiomas de Zurique...5 Investimentos: Os segredos de George Soros e Warren Buffett...5 Negócios em Bolsa de Valores Estratégias para Investimentos...6

Leia mais

A seguir demonstraremos os passos a serem seguidos para uma seleção adequada e que atenda as expectativas dos investidores:

A seguir demonstraremos os passos a serem seguidos para uma seleção adequada e que atenda as expectativas dos investidores: Como escolher um Fundo de Investimento (Suitability) Tão importante quanto conhecer os Fundos de Investimento oferecidos é conhecer o seu perfil de investimento. Feito isso, você poderá selecionar corretamente

Leia mais

Olhando para o Futuro: como preparar sua aposentadoria

Olhando para o Futuro: como preparar sua aposentadoria Olhando para o Futuro: como preparar sua aposentadoria Olhando para o Futuro: como preparar sua aposentadoria Prof. William Eid Junior Professor Titular Coordenador do GV CEF Centro de Estudos em Finanças

Leia mais

Relatório de Administração Semestre findo em 30 de junho de 2015 JS Real Estate Multigestão Fundo de Investimento Imobiliário

Relatório de Administração Semestre findo em 30 de junho de 2015 JS Real Estate Multigestão Fundo de Investimento Imobiliário Relatório de Administração Semestre findo em 30 de junho de 2015 JS Real Estate Multigestão Fundo de Investimento Imobiliário 1. Objetivo do fundo O Fundo JS Real Estate Multigestão Fundo de Investimento

Leia mais