ofertar uma educação pública e de qualidade.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ofertar uma educação pública e de qualidade."

Transcrição

1 Informativo Bimestral do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro IFTM - Câmpus Patrocínio Ano 1 - Edição 5 - Julho/2013 Câmpus Patrocínio IFTM Câmpus Patrocínio recebeu Comissão de Avaliação do MEC para Processo de reconhecimento do Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas O IFTM Câmpus Patrocínio, recebeu nos dia 20 e 21 de maio, a visita da Comissão de Avaliação do MEC, com objetivo de avaliar in loco, segundo diretrizes e procedimentos estabeleci-dos pelo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior, o Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Esta avaliação é uma das etapas para o reconhecimento do Curso, sendo a outra, a prova do ENADE Exame Nacional de Desempenho de Estudantes que avalia o rendimento dos alunos dos cursos de graduação, ingressantes e concluintes, em relação aos conteúdos programáticos dos cursos em que estão matriculados. Durante estes dias, a comissão se reuniu com a Direção e Coordenação de Curso, docentes e discentes, servidores técnico- Palavra do Diretor administrativos, visitou as instalações (laboratórios, biblioteca, secretaria acadêmica, salas de aula), onde avaliaram criteriosamente os requisitos para o reconhecimento. Foi feita uma análise de toda a documentação disponível, sendo PPC do curso, Projeto Pedagógico Institucional, Listagem Bibliográfica, e documentos relevantes. Após a finalização dos trabalhos, a Comissão de Avaliação nos forneceu um parecer de reconhecimento favorável. Contudo, ficamos satisfeitos e parabenizamos toda a equipe de servidores, pois o Curso obteve nota 4, o que nos deixa felizes e tranquilos na certeza que o trabalho desenvolvido tem atingido o objetivo de nosso Instituto: ofertar uma educação pública e de qualidade. Atenção: IFTM adere 100% ao SISU Foi realizado no dia 30/06 o Vestibular e Processo Seletivo do IFTM para o 2º Semestre de Foram ofertadas 30 vagas para o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Lembrando que a partir de 2014 o IFTM irá aderir 100% ao SISU, portanto o candidato que tenha interesse em ingressar no Instituto para qualquer curso superior deverá ter realizado o ENEM Aguardamos ansiosos nossos novos alunos!

2 CÂMPUS PATROCÍNIO: NOVAS CONQUISTAS Informar as notícias que acontecem no Câmpus e mais ainda, demonstrar nossas conquistas são objetivos do nosso Informativo. A cada dia, vemos que nosso crescimento se torna ainda mais visível. Neste semestre, nosso Câmpus adquiriu um novo veículo que vai trazer maior conforto aos servidores. A construção do almoxarifado está em sua fase final; este novo espaço, possibilitará maior controle e eficácia na gestão de estoque. Mais um veículo oficial Almoxarifado Alunos do curso Técnico em Contabilidade visitam a Bolsa de Valores em São Paulo uma Bolsa de Valores, neste caso, a BM&F Bovespa. A relevância do projeto decorre da reconhecida importância do mercado de ações para a economia de um país. Acredita-se que a visita técnica contribuiu no sentido de ampliar o campo de visão do discente, e, assim, permitindo-lhe vislumbrar novos caminhos na profissão. Além disso, os alunos t i v e r a m a oportunidade de conhecer o maior centro comercial Alunos e professores em frente ao prédio da Bovespa em São Paulo. a céu aberto da América Latina, a No último dia 29, os alunos do curso extensão sob orientação do professor Rua Vinte Cinco de Março. Fechando os Técnico em Contabilidade do IFTM- Guilherme Borges, coordenador do trabalhos do dia, o grupo se dirigiu à Câmpus Patrocínio, estiveram em São Curso Técnico em Contabilidade, Estação da Luz para uma visita ao Paulo para realizar uma visita técnica à denominado Visita à Bovespa: Museu da Língua Portuguesa, que é um Bolsa dede Valores São Paulo, a paraconhecendo Aquisição Microônibusde segurança e conforto nossos alunos o mercado de ações espaço interativo de resgate das origens BOVESPA. brasileiro. O principal objetivo do da nossa língua mãe. Tal evento foi realizado como p r o j e t o é l e v a r a o s a l u n o s o parte da execução de um projeto de conhecimento do funcionamento de

3 Aluno do curso de ADS é exemplo de empreendedorismo Dica de livro Nesta coluna, apresentamos dicas de livros, sugeridas pelos nossos professores. Para aqueles que não leram é uma grande oportunidade de aprofundar o conhecimento adquirido em sala. Prof. Aline Fernanda Furtado Professora do Curso Técnico em Eletrônica Livro - Circuitos Digitais (Antônio Carlos de Lourenço, Eduardo César Alves Cruz, Sabrina Rodero Ferreira e Salomão Choueri Júnior) Sou suspeita pra falar deste livro, que me acompanhou ao longo da faculdade de Engenharia. Com ele é possível, de maneira simples e dinâmica, desvendar os mistérios do universo da Eletrônica Digital. Professora Flávia Bernardino Professora do Curso Técnico em Contabilidade Livro Gestão de Custos e Formação de Preços (Adriano Leal Bruni e Rubens Famá) Com uma linguagem simples e didática este livro discorre sobre o processo de gestão de custos e formação de preços, discutindo a importância do controle e de registro correto. Destaca aspectos relativos à tomada de decisão em uma abordagem multidisciplinar, associando Contabilidade, Finanças, Marketing e Estratégia. Os autores contextualizam a contabilidade financeira e gerencial, facilitando o processo de identificação dos componentes do custos, os diversos sistemas de custeio, o efeito dos tributos sobre os preços e custos. Além de todos esses atributos do livro, cabe destacar que o livro inova ao trazer aplicações dos conceitos utilizando a calculadora HP 12C e excel. Assim, o livro Gestão de Custos e Formação de Preços de Bruni e Famá é, sem sombra de dúvida, uma das leituras mais agradáveis da contabilidade de custos. Professor Ademir Professor do Curso Superior em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Livro: Introdução à Organização de Computadores (Mário A. Monteiro) O livro Introdução à Organização de Computadores do Autor Mário A. Monteiro é uma obra de apoio para professores e alunos que apresenta detalhes sobre componentes de um sistema de computação. Apresenta também um histórico sobre a criação e o processo evolutivo da computação. Por que Ler: Trata-se de uma obra com linguagem de fácil entendimento e com muitos exemplos e exercícios que podem auxiliar bastante no processo de aprendizagem." Os livros sugeridos estão disponíveis na Biblioteca do nosso Câmpus. Aproveitem! Boa leitura!! Equipe da DvU Tecnologia, ao fundo, Daniel Hiromy Moriya, aluno do 6º período de ADS. Os profissionais da área de gestão são categóricos: para criar seu próprio negócio é necessário ter coragem e atitude. Daniel Hiromy Moriya, aluno do 6º período do curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, é exemplo de que competência e oportunidade, quando aliadas, tornam um negócio rentável. Ele e mais dois sócios abriram a DvU Tecnologia, empresa no ramo de desenvolvimento de softwares customizados para o setor produtivo, atuando na área da agricultura e cadeia do café, desde o produtor rural até o suporte na comercialização e rastreabilidade do produto. Ampliando a visão empreendedora, Daniel e seus sócios criaram o Grupo DvU, uma holding de empresas focadas no agronegócio, atuando em áreas diferentes, porém convergindo seus esforços por meio de uma aliança estratégica. O Grupo DvU é composto pelas empresas: ellos intelligence, empresa de consultoria voltada ao desenvolvimento de novos mercados, a DvU Tecnologia gerando inovações tecnológicas e a Töke Comunicação e Desing que fecha este ciclo estratégico, fazendo a comunicação com o mercado. A cafeicultura rege a economia da cidade de Patrocínio, assim, pensar em soluções de softwares que visem a dinamizar a gestão desse produto, oferecendo um serviço de qualidade foi determinante para o sucesso da DvU Tecnologia, comenta Daniel Moriya. Dentre os sistemas desenvolvidos destaca-se a intranet da Federação dos Cafeicultores do Cerrado, onde o foco está na certificação de cafés especiais e um sistema de lotes desenvolvido sob demanda para a Copermonte Cooperativa Agrícola de Monte Carmelo, a DvU Tecnologia já atua nos Estados Unidos com 02 clientes exportadores de cafés especias, a OUR Coffees que é um braço da Copermonte e a Ally Coffees, empresa do grupo Monte Santo Tavares. Atualmente, a DvU Tecnologia, emprega o aluno Flávio Valovera, do 4º período do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas e vai abrir as portas para que outros alunos se juntem à equipe de trabalho. Para isso, Daniel Moriya e sua equipe farão um mini-curso na área de desenvolvimento, aberto aos alunos do IFTM Câmpus Patrocínio e àqueles que atenderem às expectativas dos sócios poderão vir a compor o quadro de funcionários da DvU Tecnologia. Daniel Moriya comentou que foi no IFTM Câmpus Patrocínio que refinou seus conhecimentos sobre desenvolvimento de sistemas para dar o grande passo na sua vida profissional. O conhecimento científico e técnico adquirido durante o curso de ADS foi de extrema importância para o amadurecimento profissional e melhoria dos serviços prestados pela DvU Tecnologia.

4 Alunos do 6º período do curso de ADS realizam as apresentações de estágios Prof Ademir, Prof Flamarion, Alunos Daniel e Charles e Prof Rogério O estágio Curricular obrigatório é um período de estudos práticos para a aprendizagem e experiência; período de extrema importância, pois traz benefícios para a aprendizagem prática dos alunos, apresentando resultados positivos. Os alunos concluintes dos Cursos Técnico em Contabilidade, Técnico em Eletrônica e Técnico em Informática, Superior em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, foram avaliados pelas bancas de professores de seus respectivos cursos. Entende-se que a avaliação é positiva, e espera-se que os alunos se conscientizem da importância d o e n v o l v i m e n t o n o e s t á g i o, considerando que tal atividade pode abrir portas para o mundo do trabalho. As primeiras apresentações de estágio dos alunos do curso de Análise e D e s e n v o l v i m e n t o d e S i s t e m a s aconteceram dia ---- e foi aberta a toda comunidade escolar. As empresas Dataconta LTDA e DuV Tecnologia acolheram os estagiários Charles e Daniel, respectivamente, permitindo aos estudantes vivenciar no ambiente empresarial os conhecimentos técnicos, teóricos e práticos adquiridos ao longo do curso. Os alunos comentaram sobre as atividades executadas durante o estágio e foram questionados, pela banca examinadora, sobre aspectos técnicos, profissionais e atitudinais que cercearam a conclusão do estágio. O IFTM Câmpus Patrocínio comemora o início das apresentações de estágios dos primeiros formandos do curso de ADS e se enche de orgulho, visto que é uma das etapas finais para a conclusão, com êxito, dos primeiros T e c n ó l o g o s e m A n á l i s e e Desenvolvimento de Sistemas. Relato de Estágio Por Charles Fiz o estágio na empresa Dataconta Sistemas LTDA a empresa atua no ramo de desenvolvimento, suporte e manutenção de softwares comerciais entre outros sistemas. A empresa t r a b a l h a c o m l i n g u a g e n s d e programação mais evoluídas como Delphi e NET oferecendo os sistemas para vários segmentos do mercado: Sindata ERP Sistema de Gestão Comercial Integra ERP Sistema de Gestão Comercial Web PesData: Sistema de Controle Pessoal CNT Sistema de Contabilidade Gefir: Sistema de Gerenciamento Rural O trabalho na empresa foi dividido em duas funções: suporte e manutenção do S i s t e m a S i n d a t a E R P e o desenvolvimento do Sistema Integra ERP. Durante o período que estagiei na empresa Dataconta Sistemas LTDA percebi o quanto o curso de ADS contribuiu efetivamente para o meu trabalho, facilitando o aprendizado das tarefas realizadas e servindo como base solida para o meu aprimoramento, qualidade e produtividade, enquanto profissional. Câmpus inaugura seu Laboratório de Iniciação Científica No mês de maio, foi inaugurado no Câmpus o Laboratório de Iniciação Científica, com o intuito de oferecer infra-estrutura e organizar os trabalhos desenvolvidos por alunos e professores. A sala está equipada com três netbooks, um notebook, mesas para estudo e discussão e acesso a internet. Segundo a Profª. Junia Magalhães, coordenadora de Pesquisa do Câmpus, o principal objetivo com a criação do laboratório é fomentar a pesquisa na instituição, oferecendo infra-estrutura adequada para que os pesquisadores e orientandos tenham um ambiente propício para a prática da pesquisa científica. Atualmente contamos com cinco projetos em andamento, sendo três de nível técnico e dois de nível superior. A Direção do Câmpus apoia e incentiva a pesquisa, oferecendo suporte e infraestrutura para que haja maior adesão de docentes para submissão de projetos. Da esquerda para a direita: Matheus Fernandes, Eduardo Cassiano e Maicon Douglas, alunos bolsistas. Maicon Douglas, Danielli Araújo, Junia Magalhães, Matheus Fernandes, Eduardo Cassiano e Clarimundo Machado professores e alunos utilizam o Laboratório de Iniciação Científica para o desenvolvimento dos projetos.

5 Membros do LEDUC têm dois artigos aceitos no II Colóquio Nacional - A Produção do Conhecimento em Educação Profissional - IFRN Equipe do LEDUC: momentos de estudo e reflexão. As servidoras Pâmela Freitas e Nara Moreira do Câmpus Patrocínio, membros do LEDUC, e Gianna Gobbi, servidora da PROEXT são autoras de dois artigos que foram submetidos ao II Colóquio Nacional A produção do Conhecimento em Educação Profissional no IFRN. As autoras farão a apresentação oral dos artigos intitulados: Práticas pedagógicas para o ensino da disciplina Sistemas de Telecomunicações sob a perspectiva da aprendizagem ativa e Avaliação e reflexão das políticas públicas do Programa de Assistência Estudantil no IFTM e os mesmos irão compor os anais do evento. Esse Colóquio é organizado pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte e se propõe a consolidar-se como espaço p a r a p r o d u ç ã o e d i f u s ã o d o conhecimento acerca da Educação Profissional e de suas interrelações com a educação básica em nosso país. A equipe do LEDUC Laboratório de Estudos em Educação convida a toda comunidade escolar a participar das atividades do grupo de estudos, que acontecem quinzenalmente, com boas discussões, café quentinho e pães de queijo. Aluna do curso de ADS trabalha na construção de um protótipo para otimizar a rota da coleta de lixo na cidade de Patrocínio. Ligia Pestilli, aluna do 6º período do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, está trabalhando com um protótipo que visa otimizar a rota dos caminhões de lixo nas vias urbanas de Patrocínio através da técnica de Algoritmos Genéticos. O problema de roteirização de veículos (VRP - Vehicle Routing Problem) consiste em determinar rotas a serem executadas por uma ou mais frotas de veículos tendo uma saída e um ponto de chegada, obedecendo as restrições que eventualmente existirão no trajeto. O objetivo da frota é chegar ao seu destino e ter atendido ao número máximo de clientes existentes naquela rota em um custo operacional menor. Com esse trabalho, objetiva-se que o número de distritos visitados aumente, visto que essa otimização diminuirá o tempo da rota que poderá ser redistribuído em outros distritos ainda não visitados ou até aumentar a freqüência de visitas em regiões pouco visitadas. O trabalho será apresentado como protótipo, tendo como projeto futuro a implementação da API do Google Maps e a disponibilidade em plataformas mobile, como o Android por exemplo. IFTM Câmpus Patrocínio marcou presença no evento O Mapa da Mina Aconteceu no período de 18 a 21 de junho, a quarta edição do evento Mapa da Mina promovido pela Prefeitura Municipal de Patrocínio, ADP (Agência de Desenvolvimento de Patrocínio), ACIP, CDL e SEBRAE. O evento apresenta as potencialidades empreendedoras do município, vislumbrando novas oportunidades a toda a população. Em sua 4ª edição, o Mapa da Mina ofereceu uma série de ambientes e atividades para os seus participantes: Ciclo de Palestras, Arena de Profissões, Salão Imóvel, Feira Comercial de Produtos e Serviços, Carreta SENAC, Seminário de Ciência, Tecnologia e Informação e Workshop Energias Renováveis. O IFTM - Câmpus Patrocínio participou do evento por meio de seu stand e disponibilizou algumas palestras para o público, sendo: Dia: 19/06- (Auditório para 500 pessoas) => Palestra: "Ciência & Tecnologia no Ensino Técnico: O exem-plo do IFTM Ituiutaba com robô que promete dar mais autonomia a pessoas com deficiência motora" com o palestrante Prof. André Luiz F r a n ç a B a t i s t a (IFTM -Câmpus Ituiutaba) Dia: 20/06- (Auditório para 100 pessoas) => Palestra: "A Utilização de Técnicas de Realidade Virtual no Controle de Próteses para membros Superiores" com Daniel Stefany Duarte Caetano Dia: 21/06- (Auditório para 100 pessoas) => Palestra : "Planejando o Orçamento Pessoal" com Prof (a) Flávia Ferreira Marques Bernardino (Técnico em Contabilidade- IFTM - Câmpus Patrocínio) Em todas as suas edições, O Mapa da Mina reuniu mais de 18 mil participantes, 160 empresas expositoras e 180 atividades voltadas para capacitação e realização de negócios. Tal evento é de suma importância para apresentar para a comunidade o trabalho r e a l i z a d o p e l o I F T M e s u a s potencialidades de inserção através do ensino, pesquisa e extensão.

6 IFTM Câmpus Patrocínio encerra a I Semana de Cursos Evento contou com a participação de toda a comunidade acadêmicaocorreu no período de 07 a 09 de maio de 2013 a I SEMANA DOS CURSOS IFTM-Campus Patrocínio. Durante estes dias foram oferecidos eventos direcionados aos alunos do Instituto Federal, com objetivo de integrar os cursos Técnicos em Contabilidade, Eletrônica e Superior em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, visando apresentar conhecimentos e atualidades das respectivas áreas. No primeiro dia, 07/05, foi ministrada a palestra Start ups - hora de retirar a sua ideia da gaveta, com o Prof.Msc.Hélio Rubens Soares (sócio proprietário e consultor da HSM Sistemas Ltda, Prof. da Fundação Getúlio Vargas e professor titular do Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia), posteriormente, houve a apresentação das propostas de projetos de trabalho de conclusão de curso, desenvolvidos pelos alunos, Amanda Pereira, Filipe Dornelas, Lucas Missio e Ocacir Borges, do 5º período do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, orientados pelo Professor Geise Divino da Silva. No segundo dia, 08 de maio, aconteceu a palestra Perspectivas e Desafios da Profissão Contábil, com o Prof.Msc. Sandro Ângelo de Andrade (professor e coordenador do curso de Ciências Contábeis do Centro Universitário de Patos de Minas e vice prefeito da referida cidade), posteriormente ocorreu a EMPREENDER1ª Mostra de Empreendedorismo do IFTM Campus Patrocinio, com trabalhos desenvolvidos pelos alunos do 1º período do curso Técnico em Contabilidade, orientados pela Professora e Coordenadora de Extensão Jane Paula Silveira. Finalizando, no dia 09 de maio foi ministrada a palestra Evolução da Telefonia Móvel no Brasil, do 3G ao 4G, pelo Sr. Jesus Cristiano de Carvalho (líder de equipe da Nokia Siemens). Na sequência a aconteceu a palestra Levitação por Indução, ministrada pelo Professor Dr. José Wilson Lima Nerys da Universidade Federal de Goiás. Alunos do 5º período de ADS apresentam suas propostas de Trabalho de Conclusão de Curso No dia 07/05, durante a Semana de Cursos, os alunos do 5º período do curso superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas apresentaram suas propostas de Trabalho de Conclusão de Curso, atividade integrante da disciplina de Tópicos Avançados em Desenvolvimento de Sistemas. Segundo o professor Geise da Silva, no projeto de TCC o aluno aplica os conhecimentos adquiridos no decorrer do curso, cujas atividades oportunizam aos tecnólogos revisão, aprofun-damento, sistematização e integração dos conteúdos em prol da execução de um projeto final. Durante a apresentação da proposta de cada estudante, os professores Ademir da Guia, Élson de Paula, Rogério Rodrigues, Matheus Garcia, Romeu Toffano e Will Roger fizeram questiona-mentos e agregaram mais conteúdo a ser inserido no desenvolvimento dos projetos de TCC dos discentes. O trabalho desenvolvido pelo professor Geise da Silva, no curso de ADS, reitera o compromisso do Câmpus Patrocínio em fortalecer a pesquisa aplicada, de qualidade, incentivando o planejamento e a implantação de soluções viáveis através do desenvolvimento de sistemas.

7 IFTM realizou a EMPREENDER 1ª Mostra de Empreendedorismo Aconteceu no dia 08 de maio, o projeto Empreender 1ª Mostra de Empreendedorismo coordenada pela professora Jane Paula Silveira. O projeto teve como objetivo incentivar os discentes do primeiro período do curso Técnico em Contabilidade a realizar na prática a teoria que aprenderam em sala de aula, na disciplina empreendedorismo e ampliar a capacidade de trabalhar coletivamente, envolvendo-se em grupos. E ainda familiarizar os alunos com termos administrativos, contábeis e empreendedores, contribuindo para que os mesmos estreitem suas relações com o empreendedorismo, inserindo-se melhor ao contexto da modernidade. A Mostra de Empreendedorismo ocorreu nas dependências do IFTM-Campus Patrocínio, onde quatro grupos apresentaram suas ideias, sendo eles: Collors Queca: Panquecas com diferencial de cores e sabores, sendo uma cor para o respectivo sabor, apresentando tamanho e formato diferenciados. K-fruit's : um produto inovador e diferente tem um sabor muito bom. O recheio é algo que surpreende, que nunca foi pensado é uma verdadeira descoberta, uma fruta com recheio de creme de chocolate Confeitaria Contábil: Desenvolveram o fantastic cake, um pequeno bolo, recheado com brigadeiro e coberto com chantilly e enfeitado com granulados coloridos. Criativ Biju: Os produtos são brincos confeccionados a partir do fundo da latinha de alumínio, utilizando na decoração barbante, pedra, tinta, e retalhos de pano., tendo como foco principal tentar conscientizar as pessoas de reaproveitar materiais recicláveis. Além disso, a Empreender contou com a participação do Núcleo de Apoio Contábil orientando sobre a formalização como Emprendedor Individual, e também com orientação contábil e fiscal básica.

8 Professor recebe Prêmio Internacional de Produção Científica em Contabilidade Entre os dias 11 e 14 do mês de junho foi realizado na capital mineira, Belo Horizonte, a IX Convenção de Contabilidade de Minas Gerais. No último dia do evento o professor Guilherme de Freitas Borges, coordenador do curso de Contabilidade do IFTM Campus Patrocínio, apresentou artigo intitulado Atitude discente em relação ao ensino de contabilidade em cursos de graduação em Administração: uma análise sob a ótica da estatística multivariada. O artigo é fruto de trabalho desenvolvido no âmbito do grupo de pesquisa LEDUC (Laboratório de Estudos em Educação / IFTM) e LETRA ( L a b o r a t ó r i o d e E s t u d o s Transdisciplinares / UFLA) com colaboração e coautoria da Profa. Dra. Flávia Luciana Naves, docente da Universidade Federal de Lavras. No encerramento do evento foram anunciados os artigos científicos contemplados no Prêmio Internacional de Produção Contábil Técnico -Científica Prof. Dr. Antônio Lopes de Sá. Tal premiação ocorre a cada dois anos, e, nesta edição, recebeu o nome de um dos maiores ícones em se tratando de Contabilidade a nível internacional. O prêmio tem o intuito de incentivar e reconhecer os melhores trabalhos selecionados para apresentação durante a Convenção. Foram premiados os três melhores trabalhos, sendo o professor Guilherme agraciado com a segunda colocação acompanhada de um prêmio em dinheiro no valor de R$ 4 mil. O I F T M C â m p u s P a t r o c í n i o parabeniza o Prof. Guilherme por mais esta conquista!! Alunos dão lição de solidariedade, desenvoltura e criatividade na V Mostra de Arte e Cultura do IFTM Acontece no dia 21/06 a V mostra de Arte e Cultura do IFTM cujo tema é Para além das perfeições: uma p e r s p e c t i v a i n c l u s i v a d e aprendizagem de línguas. Tal iniciativa é parte da proposta pedagógica do ensino de língua Instrumental que alia o ensino de Inglês e Português, associado à perspectiva de aprendizado de uma terceira língua: libras. O projeto sob a coordenação da professora Eloisa Elena, responsável pelas disciplinas, foi desenvolvido pelos alunos do primeiro período dos cursos de Te c n o l o g i a e m A n á l i s e e Desenvolvimento de Sistemas, Técnico em Eletrônica e Técnico em Contabilidade, com o auxílio dos alunos veteranos Júlia Denise Faria Bruno e Vinícius Martins Moreira. Para o bom desempenho do grupo, os alunos responsáveis contaram com pesquisa orientada por uma profissional de libras, estudos de tradução/transposição das duas vias de expressão (português e inglês) numa terceira (libras), o que constitui trabalho árduo, contudo prazeroso. Dessa forma, há que se reconhecer que Inclusão não constitui apenas uma questão de políticas públicas, esta deve dar seus primeiros passos no espaço circunscrito à escola o qual viabiliza convivência entre todos os tipos de inteligências e diferenças para que se propicie a realização de d i r e i t o s, n e c e s s i d a d e s e potencialidades. Por isso, àqueles que aderem um trabalho que vislumbre mobilização social, m u d a n ç a d e e s t r u t u r a s, mentalidades e atitudes em função de melhor educação, trabalho, saúde e lazer, as minhas mais sinceras e empolgadas congratulações.

9 Câmpus Patrocínio apresenta sete trabalhados no SIN A Coordenação de Pesquisa do Câmpus comemorou o número relevante de trabalhos apresenta-dos no III Seminário de Iniciação Científica e Inovação Tecnológica SIN do IFTM, que aconteceu nos dias 19 e 20 de junho. Foram apre-sentados sete trabalhos, sendo, 04 de alunos dos cursos técnicos e 02 do curso superior em ADS. Destaque para o aluno Henrique Araújo Lima, aluno do 3º período do Curso Técnico em Informática, que participou do SIN apresentando dois trabalhos, sendo eles: Incêndio florestal modelado via autômatos celulares bidimensionais e Desenvolvimen-to de jogos digitais para fins educa-cionais. O primeiro artigo abarca a temática ambiental e a utilização de tecnologias para minimizar os danos causados pela propagação de incêndios florestais, além de avaliar as condições necessárias para o desenvolvimento e pro-gressão deste tipo de fenômeno. Baseado neste problema, trabalho apresentou um estudo sobre os autômatos celulares, bem como suas aplicações no meio ambiente, e propôs a formalização de um modelo matemático que permita a simulação da propagação de incêndios em florestas de uma de-terminada área, a ser implementa-do computacionalmente utilizando a metodologia dos autômatos celulares. Desta forma, será possível, baseando-se em algumas infor-mações geográficas e computaci-onais, calcular a velocidade de prop a g a ç ã o d e s s e s i n c ê n d i o s. Te s t e s experimentais serão realiza-dos para, validar o modelo, contras-tar o modelo desenvolvido com de-mais modelos precursores, bem como analisar como cada um dos parâmetros utilizados afeta a velo-cidade de propagação das queimadas O segundo projeto visa aliar tecnologia e educação, através dos jogos em computador e em dispositivos móveis, em prol de uma aprendizagem lúdica e significativa. O projeto consiste de duas etapas: a primeira (i) criação de dois jogos educacionais de computador do tipo lógico-matemá-tico, mais especificamente, o jogo Resta um, um jogo de tabuleiro, que tem por objetivo realizar a troca de um objeto de uma extremidade para outra do tabuleiro, com o menor número de lances possíveis, e o segundo jogo denominado Troca-letras, que tem por objetivo realizar o menor lances, de tal maneira que o tabu-leiro, inicialmente, preenchido com letras x, no final do jogo tenha apenas letras o. Os dois jogos para desktop foram implementados na linguagem de programação C. A segunda etapa (ii) foi a criação de um jogo para dispositivos móveis na plataforma Corona SDK feito na linguagem de programação Lua, cujo objetivo é aperfeiçoar a coordenação motora de crianças através de um jogo denominado Gol a Gol. Para trabalhos futuros, espera-se construir uma biblioteca com mais jogos para que os mesmos sejam utilizados em salas de aula para o melhor aprendizado de crianças e adolescentes. Também apresentaram trabalhos os seguintes alunos: Letícia Cristina Gonçalves Desenvolvimento de jogo para dispositivos móveis como apoio ao processo de alfabetização. Matheus (falta sobre-nome) Amplificador Classe D usando Microcontrolador. Maicon Douglas S. Matos Gerador Automático de Horários com o Uso de Técnicas de I n t e l i g ê n c i a Computacional. Lucas Lopes - U s o d e Algoritmos Geneticos para a Alocação de Horários. Eduardo C. d a S i l v a Modelo criptográfico baseado em autômatos celulares heterogêneos para imagens digitais. O IFTM C â m p u s Patrocínio parabeniza o empenho de todos o s a l u n o s e professores! EXPEDIENTE Diretor Geral Câmpus Avançado Patrocínio Flamarion Assis Jerônimo Inácio Comissão de Comunicação e Marketing Fernanda Faustino Nogueira Nunes Nara Moreira Larissa Vieira de Melo Revisão Eloísa Elena Resende Ramos da Silva Diagramação Amanda Santos Pereira Aluna do 5º Período de ADS

Projeto Pedagógico do Curso

Projeto Pedagógico do Curso Projeto Pedagógico do Curso Fundamentação Diretrizes curriculares do MEC Diretrizes curriculares da SBC Carta de Princípios da UNICAP Projeto Pedagógico Institucional da UNICAP Diretrizes Curriculares

Leia mais

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014 A CPA (Comissão Própria De Avaliação) apresentou ao MEC, em março de 2015, o relatório da avaliação realizada no ano de 2014. A avaliação institucional, realizada anualmente, aborda as dimensões definidas

Leia mais

Comissão avalia qualidade de ensino da FABE

Comissão avalia qualidade de ensino da FABE CPA / PESQUISA Comissão avalia qualidade de ensino da FABE Avaliação positiva: A forma de abordagem dos objetivos gerais dos cursos também foi bem avaliada e a qualidade do corpo docente continua em alta.

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE NIVELAMENTO. Curso: Bacharelado em Administração de Empresas

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE NIVELAMENTO. Curso: Bacharelado em Administração de Empresas PROGRAMA INSTITUCIONAL DE NIVELAMENTO Curso: Bacharelado em Administração de Empresas São Paulo 2014 Conteúdo 1. Introdução... 3 2. Objetivos... 3 3. Política de Nivelamento... 3 4. Diretrizes do Nivelamento...

Leia mais

MARIANA IMPLEMENTA LEI GERAL DA MICRO E PEQUENA EMPRESA

MARIANA IMPLEMENTA LEI GERAL DA MICRO E PEQUENA EMPRESA INFORMATIVO DEZEMBRO DE 2013 Acesse também: www.mariana.gov.br MARIANA IMPLEMENTA LEI GERAL DA MICRO E PEQUENA EMPRESA Promover a criação de um ambiente favorável para valorizar a micro e pequena empresa,

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA TRIÂNGULO MINEIRO CAMPUS UBERLÂNDIA

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA TRIÂNGULO MINEIRO CAMPUS UBERLÂNDIA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA TRIÂNGULO MINEIRO CAMPUS UBERLÂNDIA SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA SEMANA MULTIDISCIPLINAR SEMANA DO LIVRO E DA BIBLIOTECA APOIO FINANCEIRO:

Leia mais

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Profª. Vânia Amaro Gomes Coordenação de Curso DIADEMA, 2015 Introdução Atualmente há uma grande dificuldade dos alunos egressos das Faculdades em obter emprego

Leia mais

BRINQUEDOTECA. prevista no Projeto Pedagógico de Curso, idealizado pelo primeiro Núcleo Docente

BRINQUEDOTECA. prevista no Projeto Pedagógico de Curso, idealizado pelo primeiro Núcleo Docente BRINQUEDOTECA A brinquedoteca da Faculdade de Sorocaba faz parte da proposta pedagógica prevista no Projeto Pedagógico de Curso, idealizado pelo primeiro Núcleo Docente Estruturante (NDE) desta unidade

Leia mais

REGULAMENTO. I Prêmio do Empreendedorismo Universitário

REGULAMENTO. I Prêmio do Empreendedorismo Universitário REGULAMENTO I Prêmio do Empreendedorismo Universitário 1. INTRODUÇÃO 1.1. O presente regulamento visa orientar os interessados em participar da 1.ª edição do Prêmio do Empreendedorismo Universitário, iniciativa

Leia mais

Curso de Pós-graduação lato sensu em Assessoria Organizacional com Ênfase em Gestão Empresarial. Faculdades Associadas de Uberaba - FAZU

Curso de Pós-graduação lato sensu em Assessoria Organizacional com Ênfase em Gestão Empresarial. Faculdades Associadas de Uberaba - FAZU Faculdades Associadas de Uberaba - FAZU Mantenedora: Fundação Educacional para o Desenvolvimento das Ciências Agrárias - FUNDAGRI Curso de Pós-graduação lato sensu em Assessoria Organizacional com Ênfase

Leia mais

Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL

Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL A DIRETORA DA ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS no exercício de suas atribuições legais, com fundamento no art. 65, inciso II da Lei

Leia mais

O Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores possui flexibilidade para atender dois tipos de certificações intermediárias, que são:

O Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores possui flexibilidade para atender dois tipos de certificações intermediárias, que são: 1) Formas de participação do Corpo Discente: O Colegiado do Curso é um órgão consultivo, deliberativo e normativo, onde é possível a participação do corpo discente nas decisões que competem a exposição

Leia mais

Informe Icesp Semanal Ano VI nº 68 07/11/14. Alex Rodrigues Alves. O temido exame da Ordem

Informe Icesp Semanal Ano VI nº 68 07/11/14. Alex Rodrigues Alves. O temido exame da Ordem Informe Icesp Semanal Ano VI nº 68 07/11/14 Alex Rodrigues Alves O temido exame da Ordem Informe Icesp Semanal Ano VI nº 68 07/11/14 Acadêmicos do curso de direito são aprovados na 2ª fase da OAB Por Vanusa

Leia mais

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006

Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Resolução nº 2/2006 3/2/2006 RESOLUÇÃO CNE Nº 2, DE 2 DE FEVEREIRO DE 2006 DOU 03.02.2006 Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de graduação em Engenharia Agrícola e dá outras providências.

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.640, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.640, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.640, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE CAPÍTULO I DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Art. 1º - O programa de Iniciação Científica da

Leia mais

A INSERÇÃO DO PIBID EM UMA ESCOLA ESTADUAL NO MUNICÍPIO DE DOM PEDRITO

A INSERÇÃO DO PIBID EM UMA ESCOLA ESTADUAL NO MUNICÍPIO DE DOM PEDRITO A INSERÇÃO DO PIBID EM UMA ESCOLA ESTADUAL NO MUNICÍPIO DE DOM PEDRITO RESUMO Autor 1 : Cristiane da Cunha Alves E-mail: crisalves1917@hotmail.com Co-autor 1 : Bianca Maria de Lima E-mail: biancalima17@live.com

Leia mais

GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO. fgv.br/vestibular

GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO. fgv.br/vestibular GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO fgv.br/vestibular IDEALISMO, EXCELÊNCIA E CREDIBILIDADE A Fundação Getulio Vargas surgiu em 20 de dezembro de 1944 com o objetivo de preparar profissionais qualificados em Administração

Leia mais

FACULDADE CASTANHAL-FCAT COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FCAT

FACULDADE CASTANHAL-FCAT COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FCAT 1 FACULDADE CASTANHAL-FCAT COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FCAT Dispõe sobre a estruturação e operacionalização do Programa de Iniciação Científica

Leia mais

ROLL DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

ROLL DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ROLL DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DISCIPLINAS CARGA HORÁRIA Linguagem e Interpretação de Texto 80 Contabilidade I 80 Economia 80 Matemática 80 Teoria Geral da Administração

Leia mais

ANAIS DA 66ª REUNIÃO ANUAL DA SBPC - RIO BRANCO, AC - JULHO/2014

ANAIS DA 66ª REUNIÃO ANUAL DA SBPC - RIO BRANCO, AC - JULHO/2014 1 ANAIS DA 66ª REUNIÃO ANUAL DA SBPC - RIO BRANCO, AC - JULHO/2014 O Pibid: ações de formação de professores que impactam a escola e a universidade Maurivan Güntzel Ramos mgramos@pucrs.br O presente texto

Leia mais

Respeito ao meio ambiente, colocando o conhecimento científico adquirido a serviço da sociedade e permitindo o desenvolvimento sustentável.

Respeito ao meio ambiente, colocando o conhecimento científico adquirido a serviço da sociedade e permitindo o desenvolvimento sustentável. Coordenação do Curso de Engenharia Química da UFPR (CCEQ) Planejamento Estratégico 2012-2017 Apresentação: O curso de Engenharia Química da UFPR foi criado em 1954 pelo Decreto-Lei nº 6.489, assim completará

Leia mais

TEMAS DE FILOSOFIA E EDUCAÇÃO: FUNDAMENTOS FILOSÓFICOS PARA A CONDUTA ÉTICA E CIDADANIA

TEMAS DE FILOSOFIA E EDUCAÇÃO: FUNDAMENTOS FILOSÓFICOS PARA A CONDUTA ÉTICA E CIDADANIA PROJETOS DE EXTENSÃO TEMAS DE FILOSOFIA E EDUCAÇÃO: FUNDAMENTOS FILOSÓFICOS PARA A CONDUTA ÉTICA E CIDADANIA Descrição: O projeto que se materializa através de minicursos (círculos de cultura) visa contribuir

Leia mais

CAPÍTULO I DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR

CAPÍTULO I DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET CAPÍTULO I DA ATIVIDADE COMPLEMENTAR Artigo 1º Considera-se Atividades Complementares atividades acadêmicas,

Leia mais

GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA APLICADA. fgv.br/vestibular

GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA APLICADA. fgv.br/vestibular GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA APLICADA fgv.br/vestibular IDEALISMO, EXCELÊNCIA E CREDIBILIDADE A Fundação Getulio Vargas surgiu em 20 de dezembro de 1944 com o objetivo de preparar profissionais qualificados

Leia mais

Você sabe onde quer chegar?

Você sabe onde quer chegar? Você sabe onde quer chegar? O Ibmec te ajuda a chegar lá. Gabriel Fraga, Aluno de Administração, 4º periodo, Presidente do Ibmex, Empresa Jr. Ibmec. Administração Ciências Contábeis Ciências Econômicas

Leia mais

Título: Nomes dos Autor: e-mail: Orientador: Introdução: Objetivo: Metodologia:

Título: Nomes dos Autor: e-mail: Orientador: Introdução: Objetivo: Metodologia: Título: As Olimpíadas de Matemática como Estímulo no Ensino Aprendizagem nas Escolas Públicas Nomes dos Autor: Cléber Soares Viana. e-mail: csoaresviana@bol.com.br Orientador: Sebastião Martins Siqueira

Leia mais

ESCOLA DE NEGÓCIOS CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIAS ECONÔMICAS REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

ESCOLA DE NEGÓCIOS CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIAS ECONÔMICAS REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES ESCOLA DE NEGÓCIOS CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIAS ECONÔMICAS REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES A Diretora da Escola de Negócios, no uso de suas atribuições estatutárias e regimentais, em

Leia mais

ENADE e CPC Como compreender seu desempenho e estratégias de melhoria de resultados. PROF. AMÉRICO DE ALMEIDA FILHO aalmeidaf@yahoo.com.

ENADE e CPC Como compreender seu desempenho e estratégias de melhoria de resultados. PROF. AMÉRICO DE ALMEIDA FILHO aalmeidaf@yahoo.com. ENADE e CPC Como compreender seu desempenho e estratégias de melhoria de resultados PROF. AMÉRICO DE ALMEIDA FILHO aalmeidaf@yahoo.com.br CPC Conceito Preliminar de Curso 1 - Nota dos Concluintes no ENADE

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO CIÊNCIAS CONTÁBEIS. Profa. LUCIANE ALVES FERNANDES. Coordenação de Estágio e Trabalho de Conclusão.

MANUAL DE ESTÁGIO CIÊNCIAS CONTÁBEIS. Profa. LUCIANE ALVES FERNANDES. Coordenação de Estágio e Trabalho de Conclusão. MANUAL DE ESTÁGIO CIÊNCIAS CONTÁBEIS Profa. LUCIANE ALVES FERNANDES Porto Alegre/RS 2014 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. O ESTÁGIO... 3 3. FUNDAMENTAÇÃO LEGAL DO ESTÁGIO... 3 4. OBJETIVOS DO ESTÁGIO... 3

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Identificação do Curso Nome do Curso: Sistemas de Informação Titulação: Bacharelado Modalidade de ensino: Presencial

Leia mais

FAEL comemora 15 anos de atividades

FAEL comemora 15 anos de atividades ANOS FAEL comemora 15 anos de atividades Hoje, comemoramos 15 anos de um projeto que visa à democratização do ensino e que tornou a FAEL uma referência em educação de qualidade. Com o objetivo de proporcionar

Leia mais

A Escola. Com uma média de 1.800 alunos por mês, a ENAP oferece cursos presenciais e a distância

A Escola. Com uma média de 1.800 alunos por mês, a ENAP oferece cursos presenciais e a distância A Escola A ENAP pode contribuir bastante para enfrentar a agenda de desafios brasileiros, em que se destacam a questão da inclusão e a da consolidação da democracia. Profissionalizando servidores públicos

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL INTERNA

INSTITUTO NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL INTERNA INSTITUTO NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL INTERNA RELATÓRIO FINAL DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL INTERNA PERÍODO DE REFERÊNCIA: 2011 SANTA RITA DO SAPUCAÍ

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB ANEXO II EDITAL Nº 001/2011/CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO

Leia mais

Elaboração: Comissão Própria de Avaliação CPA. Parâmetros: Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior SINAES

Elaboração: Comissão Própria de Avaliação CPA. Parâmetros: Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior SINAES Faculdade de Sorocaba AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL Elaboração: Comissão Própria de Avaliação CPA Parâmetros: Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior SINAES Sorocaba Dezembro 2014 1 Faculdade

Leia mais

Agnoax Augusto Rodrigues Pereira Padronização e a Gestão de Risco. Desenvolvimento Mobile: Padrões, filosofia e ferramentas

Agnoax Augusto Rodrigues Pereira Padronização e a Gestão de Risco. Desenvolvimento Mobile: Padrões, filosofia e ferramentas Nome palestrante Nome palestra Adoniran Coelho Gerenciamento de Riscos Geotécnicos em Obras Subterrâneas de Túneis Agnoax Augusto Rodrigues Pereira Padronização e a Gestão de Risco Alexandre de Oliveira

Leia mais

II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores

II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores II Congresso Nacional de Formação de Professores XII Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores LEVANTAMENTO E ANÁLISE DAS NECESSIDADES DOCENTES DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO INFANTIL E SÉRIES

Leia mais

Ensino de Programação nas Escolas Públicas: Criando. Novos Gênios

Ensino de Programação nas Escolas Públicas: Criando. Novos Gênios Ensino de Programação nas Escolas Públicas: Criando Novos Gênios BELIZARIO, B. N; AFONSO JUNIOR, O. P; OLIVEIRA, J. V. S; 1 Ensino de Programação nas Escolas Públicas: Criando Novos Gênios Orlando Pereira

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2015

CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2015 CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2015 A Direção Geral da Faculdade do Vale do Jaguaribe FVJ, no uso de suas atribuições legais e regimentais, torna pública, para o conhecimento dos interessados, a presente Chamada

Leia mais

MANUAL DISCENTE 2012

MANUAL DISCENTE 2012 MANUAL DISCENTE 2012 SUMARIO 1. Apresentação da Instituição 02 2. Organização Institucional 03 3. Missão, Visão, Princípios e Valores 04 4. Procedimentos Acadêmicos 05 5. Estágio Supervisionado e Trabalho

Leia mais

PLANO DE GESTÃO 2014 2015

PLANO DE GESTÃO 2014 2015 PLANO DE GESTÃO 2014 2015 1 APRESENTAÇÃO Este documento apresenta o Plano de Gestão proposto para ser executado, inicialmente, até Janeiro de 2015, da Direção-Geral do Campus Gurupi, e comunidade, pertencente

Leia mais

AUTOAVALIAÇÃO DO CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - CEAD

AUTOAVALIAÇÃO DO CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA - CEAD AUTOAVALIAÇÃO DO CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD COMISSÃO SETORIAL DE AVALIAÇÃO: Presidente: Prof. Ademilde Silveira Sartori Representantes Docentes: Prof. Rose Cler Estivalete Beche Prof. Solange

Leia mais

ANO I, NÚMERO 6, JUNHO/JULHO DE

ANO I, NÚMERO 6, JUNHO/JULHO DE JORNAL MATER CHRISTI ANO I, NÚMERO 6, JUNHO/JULHO DE 2015 A Faculdade de Ciências e Tecnologia Mater Christi realizou no dia 15 de junho de 2015, o Simulado ENADE nos Cursos de Administração, Ciências

Leia mais

Projeto Letras2.0. www.lingnet.pro.br 08/04/2012. www.lingnet.pro.br/moodle. Núcleo de Pesquisas em Linguagem, Educação e Tecnologia

Projeto Letras2.0. www.lingnet.pro.br 08/04/2012. www.lingnet.pro.br/moodle. Núcleo de Pesquisas em Linguagem, Educação e Tecnologia Projeto www.lingnet.pro.br/moodle O projeto é desenvolvido pelo www.lingnet.pro.br Núcleo de Pesquisas em Linguagem, Educação e Tecnologia 1 Por que 2.0? Web 2.0 Partilhar Colaborar prosumer = producer

Leia mais

AS CONTRIBUIÇÕES DO CENTRO DE APOIO POPULAR ESTUDANTIL DO TOCANTINS PARA A SOCIEDADE PORTUENSE

AS CONTRIBUIÇÕES DO CENTRO DE APOIO POPULAR ESTUDANTIL DO TOCANTINS PARA A SOCIEDADE PORTUENSE AS CONTRIBUIÇÕES DO CENTRO DE APOIO POPULAR ESTUDANTIL DO TOCANTINS PARA A SOCIEDADE PORTUENSE Cleudimar Pereira Dias Benvinda Barros Dourado (Orientadora) O Centro de Apoio Popular Estudantil do Tocantins

Leia mais

PLANO DE TRABALHO COM AÇÕES ESTRATÉGICAS PARA A DIREÇÃO GERAL DO IF BAIANO CAMPUS BOM JESUS DA LAPA NO QUADRIÊNIO 2014 2018

PLANO DE TRABALHO COM AÇÕES ESTRATÉGICAS PARA A DIREÇÃO GERAL DO IF BAIANO CAMPUS BOM JESUS DA LAPA NO QUADRIÊNIO 2014 2018 ~ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO CAMPUS BOM JESUS DA LAPA PLANO DE TRABALHO COM AÇÕES ESTRATÉGICAS PARA

Leia mais

DECLARAÇÃO DE ATIVIDADES DOCENTES

DECLARAÇÃO DE ATIVIDADES DOCENTES ADRIANA LANA RAMOS 00328096 ACD Apoio Acadêmico 1 Orientação de Monografias. ADM Atividade Administrativa 29 Vice-Diretora da Faculdade de Adminiostração e Finanças. EXT Extensão 10 Coordenadora do Projeto

Leia mais

BOLETIM DE SERVIÇO - FIPAR ON LINE

BOLETIM DE SERVIÇO - FIPAR ON LINE BOLETIM DE SERVIÇO - FIPAR ON LINE ANO II Nº 003 Editado pela Secretaria Geral das FIPAR Faculdades Integradas de Paranaíba FIPAR Paranaíba, 08 de agosto de 2008. AVISO DE PUBLICAÇÃO E ADEQUAÇÃO DE MATRIZ

Leia mais

Gaveta de Letras 1. Trabalho submetido ao XXII Prêmio Expocom 2015, na Categoria Produção Transdisciplinar, modalidade Produção Multimídia.

Gaveta de Letras 1. Trabalho submetido ao XXII Prêmio Expocom 2015, na Categoria Produção Transdisciplinar, modalidade Produção Multimídia. Gaveta de Letras 1 Maria Anna leal MARTINS 2 Ana Roberta Amorim da SILVA 3 Edmilson Rodrigues de Souza FILHO 4 Lara TORRÊS 5 Matheus Fábio da SILVA 6 Pedro Alves Ferreira JÚNIOR 7 Arlene Carvalho de Souza

Leia mais

Na lista das realizações destacadas, os PROFESSORES podem relembrar:

Na lista das realizações destacadas, os PROFESSORES podem relembrar: Professor: Muitas razões para votar em Scolforo e Édila O QUE FOI FEITO! Quando um membro de sua comunidade seja professor (a), técnico (a) administrativo ou estudante - apresentar uma crítica sobre algo

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ingressantes 2008 Semestre 1 Semestre 2

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ingressantes 2008 Semestre 1 Semestre 2 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ingressantes 2008 Cálculo I 40 Cálculo II 40 Princípios Desenvolvimento de Algoritmos I 80 Princípios Desenvolvimento de Algoritmos II 80 Matemática 40 Lógica Matemática 40 Probabilidade

Leia mais

PARECER CEE/PE Nº 81/2011-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 20/06/2011 I RELATÓRIO:

PARECER CEE/PE Nº 81/2011-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 20/06/2011 I RELATÓRIO: INTERESSADA: ESCOLA POLITÉCNICA DE PERNAMBUCO - POLI ASSUNTO: RENOVAÇÃO DE RECONHECIMENTO DO CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA DE TELECOMUNICAÇÕES RELATOR: CONSELHEIRO ARNALDO CARLOS DE MENDONÇA PROCESSO

Leia mais

PARTICIPAÇÃO DO GRUPO PET MATEMÁTICA NO PRÉ- VESTIBULAR POPULAR ALTERNATIVA

PARTICIPAÇÃO DO GRUPO PET MATEMÁTICA NO PRÉ- VESTIBULAR POPULAR ALTERNATIVA Resumo ISSN 2316-7785 PARTICIPAÇÃO DO GRUPO PET MATEMÁTICA NO PRÉ- VESTIBULAR POPULAR ALTERNATIVA Stephanie Abé abe.stephanie1@gmail.com Ana Caroline Pierini karolpierini@gmail.com Luana Kuister Xavier

Leia mais

ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA:

ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: 13. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA (X ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA

Leia mais

2. Disseminar o conhecimento gerado no Instituto Federal do Amazonas.

2. Disseminar o conhecimento gerado no Instituto Federal do Amazonas. Extensão ETENSÃO A implementação da politica de Extensão, no Instituto Federal do Amazonas reafirma a missão deste Instituto e seu comprometimento com o desenvolvimento local e regional promovendo a integração

Leia mais

ASSISTENTE DE PLANEJAMENTO E CONTROLE DE PRODUÇÃO

ASSISTENTE DE PLANEJAMENTO E CONTROLE DE PRODUÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CÂMPUS CANOAS PROJETO PEDAGÓGICO CURSO FIC PRONATEC Canoas

Leia mais

EXPERIÊNCIAS E PRÁTICAS NO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM GEOGRAFIA: MEIO AMBIENTE E LIXO URBANO

EXPERIÊNCIAS E PRÁTICAS NO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM GEOGRAFIA: MEIO AMBIENTE E LIXO URBANO EXPERIÊNCIAS E PRÁTICAS NO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM GEOGRAFIA: MEIO AMBIENTE E LIXO URBANO Angela Maria de Lima da SILVA 1 Universidade Federal de Campina Grande- Cajazeiras angelacidinha@hotmail.com

Leia mais

MUNICÍPIO DE MORRINHOS Estado de Goiás

MUNICÍPIO DE MORRINHOS Estado de Goiás LEI Nº 2.547, DE 18 DE SETEMBRO DE 2009. CERTIDÃO Certifico e dou fé que esta Lei foi publicada no placard do Município no dia- / / Autoriza a doação de lote pertencente ao Município de Morrinhos para

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014 1 FACULDADE DE ESTUDOS SOCIAIS DO ESPÍRITO SANTO PIO XII CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EM COMÉRCIO EXTERIOR I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014 O currículo

Leia mais

DOCÊNCIA ASSISTIDA NO ENSINO SUPERIOR: EXPERIÊNCIA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO CURSO DE MÚSICA LICENCIATURA DA UFRN

DOCÊNCIA ASSISTIDA NO ENSINO SUPERIOR: EXPERIÊNCIA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO CURSO DE MÚSICA LICENCIATURA DA UFRN DOCÊNCIA ASSISTIDA NO ENSINO SUPERIOR: EXPERIÊNCIA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO CURSO DE MÚSICA LICENCIATURA DA UFRN Autor: Anne Charlyenne Saraiva Campos; Co-autor: Emerson Carpegiane de Souza Martins

Leia mais

Novas Perspectivas de inclusão: uma experiência no ensino de história. Profª Drª Marcia Cristina Pinto Bandeira de Mello 1

Novas Perspectivas de inclusão: uma experiência no ensino de história. Profª Drª Marcia Cristina Pinto Bandeira de Mello 1 Novas Perspectivas de inclusão: uma experiência no ensino de história. Profª Drª Marcia Cristina Pinto Bandeira de Mello 1 Introdução: Como Professora do Colégio Pedro II (CPII), a mais de vinte anos,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROJETO DE LONGA DURAÇÃO 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1 Título do Projeto:

Leia mais

REFERENCIAIS ESTRATÉGICOS. PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011-2020: metas que envolvem a Educação Profissional

REFERENCIAIS ESTRATÉGICOS. PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011-2020: metas que envolvem a Educação Profissional REFERENCIAIS ESTRATÉGICOS Projeto de Lei nº 8.035, de 2010 PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO 2011-2020: metas que envolvem a Educação Profissional O PNE é formado por: 10 diretrizes; 20 metas com estratégias

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO - ESCOLA DE NEGÓCIOS. CURSOS: ADMINISTRAÇÃO, COMÉRCIO EXTERIOR e CIÊNCIAS CONTÁBEIS MANUAL DE ESTÁGIO ESCOLA DE NEGÓCIOS

MANUAL DE ESTÁGIO - ESCOLA DE NEGÓCIOS. CURSOS: ADMINISTRAÇÃO, COMÉRCIO EXTERIOR e CIÊNCIAS CONTÁBEIS MANUAL DE ESTÁGIO ESCOLA DE NEGÓCIOS MANUAL DE ESTÁGIO ESCOLA DE NEGÓCIOS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CURSO DE COMÉRCIO EXTERIOR CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Profª. Dra. Neyde Lopes de Souza Prof. Ms. Luiz Vieira da Costa SUMÁRIO Pág. 1. Apresentação...

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO - PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS ACADÊMICOS CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO PERFIL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO - PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS ACADÊMICOS CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO PERFIL PERFIL 3001 - Válido para os alunos ingressos a partir de 2002.1 Disciplinas Obrigatórias Ciclo Geral Prát IF668 Introdução à Computação 1 2 2 45 MA530 Cálculo para Computação 5 0 5 75 MA531 Álgebra Vetorial

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO PROCESSO SELETIVO 2011-2º.

MANUAL DO CANDIDATO PROCESSO SELETIVO 2011-2º. MANUAL DO CANDIDATO PROCESSO SELETIVO 2011-2º. semestre Caro Candidato, Este é o manual do processo seletivo para o Curso de Pedagogia do Instituto Superior de Educação de São Paulo Singularidades para

Leia mais

1 REFLEXÃO. 1 PERRENOUD, Philippe. Novas Competências para Ensinar. Porto Alegre: Artes Médicas, 2000, p.81.

1 REFLEXÃO. 1 PERRENOUD, Philippe. Novas Competências para Ensinar. Porto Alegre: Artes Médicas, 2000, p.81. UNIDADE DE GESTÃO TECNOLÓGICA (GETEC) PIC PLANEJAMENTO INTERDISCIPLINAR POR CURSO Curso: TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA Período: 2º e 4º Ano: 2011/2 Coordenador (a): Jackson Eduardo Gonçalves Professores a cooperação

Leia mais

RENOVAR PARA INOVAR! Plano de Gestão. Proposta de plano de gestão do candidato Érico S. Costa ao cargo de Diretor do Campus

RENOVAR PARA INOVAR! Plano de Gestão. Proposta de plano de gestão do candidato Érico S. Costa ao cargo de Diretor do Campus RENOVAR PARA INOVAR! Plano de Gestão Proposta de plano de gestão do candidato Érico S. Costa ao cargo de Diretor do Campus 2013-2016 0 1 Sumário Apresentação... 2 Análise Situacional... 2 Programas Estruturantes...

Leia mais

REGULAMENTO DA ORIENTAÇÃO ACADÊMICA DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

REGULAMENTO DA ORIENTAÇÃO ACADÊMICA DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS AVANÇADO EM JANDAIA DO SUL COLEGIADO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO REGULAMENTO DA ORIENTAÇÃO ACADÊMICA DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO JANDAIA

Leia mais

INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX

INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IZABELA HENDRIX RELATÓRIO AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - LICENCIATURA CAMPUS PL PERÍODO 2014 1 INSTITUTO METODISTA

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO À EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS/UEMG

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO À EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS/UEMG PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO À EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS/UEMG Maio de 2015 SUMÁRIO I - INTRODUÇÃO...2 II - CONCEPÇÃO EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA...3 III - CARACTERIZAÇÃO DAS ATIVIDADES

Leia mais

PROPAD PROJETO DE PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

PROPAD PROJETO DE PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO PROPAD PROJETO DE PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Centro Universitário Salesiano de São Paulo Campus São José Campinas 2013 Manual instrucional e normativo para o desenvolvimento do PROJETO

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

ATIVIDADES COMPLEMENTARES ATIVIDADES COMPLEMENTARES Regulamento das Atividades Complementares dos Cursos de Graduação da Faculdade Barretos Art. 1º - O presente Regulamento tem por finalidade definir normas e critérios para a seleção

Leia mais

Palavras Chave: Monitoria, Matemática no Ensino Superior, Reprovação em Matemática.

Palavras Chave: Monitoria, Matemática no Ensino Superior, Reprovação em Matemática. ISSN 2177-9139 MONITORIAS NAS DISCIPLINAS DE MATEMÁTICA NO ENSINO SUPERIOR: RESULTADOS E PERSPECTIVAS Juliana Borges Pedrotti julianabpedrotti@gmail.com Universidade Federal de Pelotas, Instituto de Física

Leia mais

CBA PERFIL DO ALUNO. Certification in Business Administration

CBA PERFIL DO ALUNO. Certification in Business Administration CBA Pós - Graduação QUEM SOMOS PARA PESSOAS QUE TÊM COMO OBJETIVO DE VIDA ATUAR LOCAL E GLOBALMENTE, SER EMPREENDEDORAS, CONECTADAS E BEM POSICIONADAS NO MERCADO, PROPORCIONAMOS UMA FORMAÇÃO DE EXCELÊNCIA,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ ESTADO DO PARANÁ

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ ESTADO DO PARANÁ A N E X O I E D I T A L D E C O N C U R S O P Ú B L I C O Nº 01/2015 D O S R E Q U I S I T O S E A T R I B U I Ç Õ E S D O S C A R G O S RETIFICAÇÃO

Leia mais

NORMATIZAÇÃO E REGULAÇÃO DOS DOCUMENTOS OFICIAIS DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LASSALISTA CURSOS DE GRADUAÇÃO

NORMATIZAÇÃO E REGULAÇÃO DOS DOCUMENTOS OFICIAIS DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LASSALISTA CURSOS DE GRADUAÇÃO NORMATIZAÇÃO E REGULAÇÃO DOS DOCUMENTOS OFICIAIS DAS INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LASSALISTA CURSOS DE GRADUAÇÃO PROVÍNCIA LA SALLE BRASIL - CHILE APRESENTAÇÃO O Setor de Educação Superior da Província

Leia mais

(Anexo II) DESCRIÇÃO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO

(Anexo II) DESCRIÇÃO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO (Anexo II) DESCRIÇÃO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO... 3 2 ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO Missão: Atuar nas diferentes áreas (administração, planejamento e orientação educacional) com o intuito

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO As ações de pesquisa do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas constituem um processo educativo

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR DE SELEÇÃO DISCENTE ESTUDANTES VOLUNTÁRIOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA GRUPOS DE PESQUISA (GPs) COM PROJETOS EM ANDAMENTO

EDITAL COMPLEMENTAR DE SELEÇÃO DISCENTE ESTUDANTES VOLUNTÁRIOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA GRUPOS DE PESQUISA (GPs) COM PROJETOS EM ANDAMENTO EDITAL COMPLEMENTAR DE SELEÇÃO DISCENTE ESTUDANTES VOLUNTÁRIOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA GRUPOS DE PESQUISA (GPs) COM PROJETOS EM ANDAMENTO N.º 07/2015 A Direção Acadêmica da FADERGS Faculdade de Desenvolvimento

Leia mais

2º RELATÓRIO PARCIAL DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

2º RELATÓRIO PARCIAL DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2º RELATÓRIO PARCIAL DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL - CPA Mantenedora: Fundação Presidente Antônio Carlos Mantida: Faculdade Presidente Antônio Carlos de Araguari

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL CONTINUADA (FIC)

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL CONTINUADA (FIC) PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL CONTINUADA (FIC) AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE Florestal 2014 Reitora da Universidade Federal de Viçosa Nilda de Fátima Ferreira Soares Pró-Reitor de Ensino

Leia mais

Curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio Subseqüente ao Ensino Médio, na modalidade a distância, para:

Curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio Subseqüente ao Ensino Médio, na modalidade a distância, para: Curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio Subseqüente ao Ensino Médio, na modalidade a distância, para: Técnico em Informática na Formação de Instrutores Carga Horária: 1000 horas Estágio Curricular:

Leia mais

106 anos. educação de vanguarda. Para ler a realidade e escrever o futuro. A história de uma

106 anos. educação de vanguarda. Para ler a realidade e escrever o futuro. A história de uma 106 anos Publicação da Coordenadoria de Comunicação Social do Instituto Metodista Izabela Hendrix - imprensa@metodistademinas.edu.br Informativo do Colégio Metodista Izabela Hendrix - Outubro 2010 A história

Leia mais

PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA PARA SOLUCIONAR E/OU MINIMIZAR

PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA PARA SOLUCIONAR E/OU MINIMIZAR PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO COORDENADORIA DE ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL SÍNTESE DE RELATORIO DE AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL E DE AVALIAÇÃO EXTERNA PONTOS FRACOS E PONTOS FORTES E PROPOSTA

Leia mais

PLANO DE AÇÃO 2014 Curso de Ciências Contábeis. Prof. Valter Guimarães. Melhorar atividade de Ensino OBJETIVO 01: Coluna C Ações Concretas

PLANO DE AÇÃO 2014 Curso de Ciências Contábeis. Prof. Valter Guimarães. Melhorar atividade de Ensino OBJETIVO 01: Coluna C Ações Concretas , Regina Vilanova, Alexandre Haick e Felipe Ramos. OBJETIVO 01: Melhorar atividade de Ensino Concretas Quais problemas identificados nos resultados da autoavaliação dificultam atingir o Objetivo acima?

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 010/2006

RESOLUÇÃO Nº 010/2006 Confere com o original RESOLUÇÃO Nº 010/2006 CRIA o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu de Educação Ambiental, em nível de Especialização. O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS e PRESIDENTE DO CONSELHO

Leia mais

Perguntas Frequentes 2014.1

Perguntas Frequentes 2014.1 3) Quais são os cursos que a Faceq oferece? Perguntas Frequentes 2014.1 1) O que é a Faculdade Eça de Queirós? A Faculdade Eça de Queirós está localizada no município de Jandira SP e foi autorizada a funcionar

Leia mais

Plano de Gestão 2013-2016 IFSP Campus Caraguatatuba

Plano de Gestão 2013-2016 IFSP Campus Caraguatatuba Visão Institucional O Campus Caraguatatuba do IFSP desenvolveu-se nos últimos anos, ampliando os cursos oferecidos, desde a Formação Inicial e Continuada, passando pelos Cursos Técnicos, de Tecnologia,

Leia mais

A INSERÇÃO DO PIBID NA FORMAÇÃO DOCENTE NO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO DO CAMPO DA UFCG

A INSERÇÃO DO PIBID NA FORMAÇÃO DOCENTE NO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO DO CAMPO DA UFCG A INSERÇÃO DO PIBID NA FORMAÇÃO DOCENTE NO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO DO CAMPO DA UFCG Andréa Augusta de Morais Ramos 1 /UFCG-CDSA - andreaedu.15@gmail.com Fabiano Custódio de Oliveira 2 /UFCG-CDSA

Leia mais

FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013

FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013 FACULDADE SETE LAGOAS - FACSETE COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO / CPA RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DA CPA NO ANO DE 2013 Sete Lagoas Março de 2014 Sumário 1. DADOS DA INSTITUIÇÃO... 4 1.1. Composição da Comissão

Leia mais

Planilha1 1. CONSOLIDAR OS CURSOS OFERTADOS

Planilha1 1. CONSOLIDAR OS CURSOS OFERTADOS Planilha1 Indicadores: 1. CONSOLIDAR OS CURSOS OFERTADOS Índice de Eficiência Acadêmica Meta: 55% Índice de Retenção do Fluxo Escolar Meta: 18% Relação Concluintes x vaga ofertada Meta: 5% Realização de

Leia mais

GUIA ACADÊMICO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURRICULARES

GUIA ACADÊMICO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURRICULARES GUIA ACADÊMICO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURRICULARES Válido para ingressantes a partir do 1º/2010 Prezado (a) acadêmico (a), Seja bem vindo ao Centro Universitário Instituto de Educação Superior de Brasília

Leia mais

Governo do Estado do Rio de Janeiro. Governador Luiz Fernando de Souza Pezão. Vice-Governador Francisco Dornelles. Produção do Material Reforço

Governo do Estado do Rio de Janeiro. Governador Luiz Fernando de Souza Pezão. Vice-Governador Francisco Dornelles. Produção do Material Reforço Governo do Estado do Rio de Janeiro Governador Luiz Fernando de Souza Pezão Vice-Governador Francisco Dornelles Secretaria de Estado de Educação Secretário de Educação Antônio José Vieira de Paiva Neto

Leia mais

negócios agroindustriais

negócios agroindustriais graduação administração linha de formação específica negócios agroindustriais Características gerais A Linha de Formação Específica de Negócios Agroindustriais da Univates visa ao desenvolvimento de competências

Leia mais

INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX

INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IZABELA HENDRIX RELATÓRIO AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL CURSO DE DIREITO - CAMPUS VN PERÍODO 2014 1 INSTITUTO METODISTA IZABELA HENDRIX CENTRO

Leia mais

Projeto de Reestruturação e Expansão REUNI - UFRN

Projeto de Reestruturação e Expansão REUNI - UFRN Projeto de Reestruturação e Expansão REUNI - UFRN Alguns indicadores I n d i c a d o r e s 2006 Acréscimo Número de Alunos Graduação (Regulares, Probásica e Educação a Distância) 23.924 Pós-Graduação (Mestrado

Leia mais

pesquisa histórias arte jogos

pesquisa histórias arte jogos O Colégio Trevo oferece quatro anos de ensino na Educação Infantil: Mini Maternal,Maternal, Jardim I e Jardim II. Cada sala de aula possui ambientes exclusivos, onde alunos desenvolvem suas habilidades

Leia mais

ACESSO, PERMANÊNCIA E SUCESSO ESCOLAR

ACESSO, PERMANÊNCIA E SUCESSO ESCOLAR ACESSO, PERMANÊNCIA E SUCESSO ESCOLAR É É importante que as pessoas se sintam parte de um processo de melhoria para todos Luiz Fábio Mesquita PROEN 2011 Luiz Alberto Rezende / Tânia Mára Souza / Patrícia

Leia mais