Sr. empresário sabia que existe uma lei sobre pagamentos a horas?

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sr. empresário sabia que existe uma lei sobre pagamentos a horas?"

Transcrição

1 EDIÇÃO PDF Quinta-feira, Edição às 08h30 Directora Graça Franco Editor Pedro Leal Sr. empresário sabia que existe uma lei sobre pagamentos a horas? Clima político "não é perigoso, é perigosíssimo" Adolescente morre em novo acidente com moto-4 Patriarca reza com as palavras de Sophia Ida às compras leva a descoberta: 237 quilos de cocaína em bananas Sarkozy nega acusações de corrupção JOSÉ LUÍS RAMOS PINHEIRO Cabeças de aluguer MATTEO RENZI A "selfie" da Europa tem "uma cara cansada e resignada" Jardel consumiu cocaína. "E o médico do FC Porto sabia" Orquestra Buena Vista Social Club abre o CoolJazz Fest

2 Quinta-feira, Clima político "não é perigoso, é perigosíssimo" Antigo ministro Marçal Grilo ficou "triste" com o debate do Estado da Nação, não acredita em consensos até às legislativas e diz que o Conselho de Estado desta quintafeira não deve ir além de um voto pio. O clima político em Portugal não é perigoso, é perigosíssimo, alerta o antigo ministro da Educação Eduardo Marçal Grilo, em entrevista à Renascença. Marçal Grilo ficou particularmente triste com o tom do debate do Estado da Nação, desta quarta-feira, que comparou a uma peça de teatro de má qualidade, com actores secundários. A minha tristeza é que, num quadro tão difícil como o país tem e com um futuro imprevisível, o debate está cheio de picardias e de graças algumas sem graça nenhuma. Uma pessoa que esteja numa situação difícil e que olhe para aquele debate à espera de encontrar qualquer resposta aos seus problemas fica desesperado, irritado ou desliga o aparelho e diz que com esta gente não me entendo, diz o administrador da Fundação Calouste Gulbenkian. Para Marçal Grilo, o clima político não é perigoso, é perigosíssimo, uma situação preocupante na medida em que os políticos têm um poder em relação ao andamento dos negócios da vida pública que pode influenciar de forma muito negativa o nosso futuro colectivo. Consenso político? "Não vejo como seja possível" O Presidente da República, Cavaco Silva, tem insistido muito na necessidade de convergência e consensos, mas Marçal Grilo não vê como seja possível. Perante o debate de hoje [quarta-feira] e o que se está a passar no PS, não creio que possamos ter condições para uma negociação entre partidos e forças da sociedade civil antes das eleições legislativas, afirma. Marçal Grilo espera que haja algum senso após as legislativas e que as lideranças dos principais partidos sejam capazes de se entender quanto ao futuro, porque estão em causa coisas muito sérias. Em relação ao Conselho de Estado convocado por Cavaco Silva para esta quinta-feira, o antigo ministro não tem grandes expectativas. O Presidente está numa situação que não é fácil. O Presidente fez há um ano aquela grande tentativa de oferecer eleições antecipadas em troca de um acordo entre os três partidos do arco do poder. Essa tentativa falhou, hoje em dia as condições são diferentes, designadamente a situação interna do PS, portanto, não me parece que o Conselho de Estado possa ir muito além de uma espécie de voto pio relativamente a qualquer apelo que faça em relação aos partidos para se entenderem, sublinha. Nesta entrevista à Renascença, Marçal Grilo falou também de Educação, de emigração e do falhanço das elites políticas portuguesas. Adolescente morre em novo acidente com moto-4 Desastre ocorrido em Tavira provocou também ferimentos graves numa criança de dez anos. É o segundo acidente em menos de uma semana a vitimar crianças. Por Celso Paiva Sol Um adolescente de 14 anos morreu e outro de dez anos ficou gravemente ferido na sequência de um acidente com uma moto-4, registado esta quarta-feira na Estrada Nacional 124, no concelho algarvio de Tavira. O desastre ocorreu por volta das 14h20, na zona de Feiteira, localidade onde os dois jovens residiam e, ao que tudo indica, deveu-se ao despiste da moto-4 em que os dois seguiam. A criança de dez anos, que ficou gravemente ferida, foi levada pelo INEM para o Hospital de Faro. Este é o segundo acidente em menos de uma semana a vitimar crianças que seguiam em motos deste género. Na sexta-feira, duas crianças morreram e outra ficou ferida com gravidade num despiste em Penela, no distrito de Coimbra. Ida às compras leva a descoberta: 237 quilos de cocaína em bananas A descoberta foi feita por um consumidor em pleno supermercado. PJ encontrou pacotes com droga em supermercados de sete cidades diferentes. Por Celso Paiva Sol A Policia Judiciária apreendeu esta terça-feira 237 quilos de cocaína escondidos em caixas de bananas em várias lojas da mesma cadeia de supermercados. A descoberta foi feita por um consumidor em pleno supermercado. Enquanto escolhia bananas, o cliente

3 Quinta-feira, acabou por encontrar um pacote muito semelhante àqueles que são vistos na televisão, em imagens de apreensões de droga feitas pela polícia. O gerente do supermercado foi alertado e a PJ foi chamada. Numa corrida contra o tempo, começou uma autêntica caça a todas as paletes de bananas, que faziam parte do mesmo lote importado pela cadeia de supermercados. A Policia Judiciária conseguiu perceber que as bananas vinham de Espanha, de um importador que recebeu recentemente, por via marítima, um contentor oriundo da Colômbia. As bananas foram depois exportadas para Portugal por via terrestre. De supermercado em supermercado, todos da mesma cadeia, a PJ foi descobrindo cada vez mais pacotes (198, no total) em cidades como Valongo, Valença, Famalicão, Amarante, Porto e Marco de Canaveses. GNR desmantela rede de fraude fiscal em empresas de marisco Foram constituídos 50 arguidos acusados de branqueamento de capitais e facturação falsa. Por Celso Paiva Sol Terminou a operação de combate à fraude fiscal no sector da comercialização de marisco que a GNR e a Autoridade Tributária realizaram ao longo de todo o dia nos distritos de Lisboa, Porto, Coimbra e Faro. Foram constituídos 50 arguidos, entre os quais um grupo de seis empresários, considerados os mentores do esquema e cerca de uma dezena de técnicos oficiais de contas. Até às 17h30 não havia detidos. Foram feitas 50 buscas, a maior parte delas a 35 empresas que estão a ser investigadas e respectivos técnicos oficiais de contas. Em causa estão vários esquemas de branqueamento de capitais e fraude fiscal, que vão desde a facturação falsa para a obtenção de reembolso indevido de IVA até à utilização de empresas "fantasma" para a importação de marisco de vários países europeus. Os investigadores acreditam que os crimes são praticados desde 2011 e que já terão lesado o Estado em pelo menos um milhão de euros. CONVERSAS CRUZADAS. A economia e as finanças do país em debate. Com Daniel Bessa, Carvalho da Silva, Silva Penda e Álvaro Santos Almeida, num debate conduzido por José Bastos. Ordem dos Engenheiros critica vistoria às obras da barragem do Tua Foi um "acto de publicidade" do inspectorgeral do Trabalho, diz bastonário sobre a inspecção à obra durante a qual já morreram quatro trabalhadores. Foto: DR O presidente da região Norte da Ordem dos Engenheiros insurgiu-se esta quarta-feira contra a actuação da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) na barragem do Tua, defendendo que a obra é exemplar ao nível da segurança na construção. A posição de Fernando de Almeida Santos surge na sequência da acção inspectiva realizada, na terça-feira, pela ACT em Foz Tua, com a participação do inspectorgeral, Pedro Pimenta Braz, que deu conta de que foram feitas 30 notificações e levantados vários autos por falhas de segurança e outras irregularidades detectadas nos estaleiros. "Fico absolutamente apreensivo com este acto de publicidade feito pelo nosso inspector-geral do Trabalho, não é mais do que um acto de publicidade e de autopromoção nas televisões todas", considerou o dirigente regional da Ordem dos Engenheiros (OE), que classificou a actuação da ACT de "inaceitável". Anomalias "menores" Fernando de Almeida Santos garantiu que a Ordem tem tido o cuidado de visitar as poucas obras de alguma dimensão que estão a ser feitas em Portugal, e que a de Foz Tua "tem exemplos de segurança únicos na Europa". "Todas as vinte e tal anomalias que foram detectadas, são anomalias menores e foram corrigidas no momento", defendeu, alegando que as falhas não têm comparação "com aquilo que de bom está em obra". O representante dos engenheiros indicou que "cerca de 3% do valor do custo da obra é gasto em segurança na construção" nesta barragem em que a EDP está a investir mais de 300 milhões de euros. Fernando de Almieda Santos questionou ainda as "habilitações técnicas" dos inspectores de trabalho para inspeccionarem actividades de engenharia,

4 Quinta-feira, argumentando que "um inspector tanto entra a verificar uma obra como uma unidade industrial, um comércio ou uma instalação hospitalar". A OE acusou ainda a ACT e a tutela governamental de "não terem a coragem política e técnica de rever um regulamento de segurança na construção, que está mais do que obsoleto, esta em vigor desde 1958". Fernando de Almeida Santos exortou ainda a ACT a "forçar a saída da lei", aguardada há uma década, sobre a classificação dos coordenadores de segurança. Portugal é o único país da Europa que não tem essa qualificação definida, segundo disse. Quatro mortos A construção da barragem de Foz Tua, em Trás-os- Montes, registou quatro acidentes com quatro mortos e oito feridos, em três anos de obra. A conclusão dos trabalhos está prevista para Pedro Pimenta Braz adiantou, na terça-feira, que estas acções inspectivas são para continuar, numa altura em decorre o pico da obra, com cerca de 600 trabalhadores, e os riscos aumentam, nomeadamente o perigo de queda em altura com a construção do paredão. JOSÉ LUÍS RAMOS PINHEIRO Cabeças de aluguer Os cidadãos recorrem aos tribunais por tudo e às vezes por quase nada. Os governos não se livram dos crivos dos tribunais constitucionais, chamados a decidir o que é constitucional; e o que viola a lei fundamental. que agora se prepara no parlamento, com as chamadas barrigas de aluguer. Já há mesmo quem se arrogue, do alto da sua doutrina, o direito de rever o conceito de maternidade; na ilusão patética de que efémeras cabeças bem pensantes de uma dada conjuntura pudessem e devessem rever conceitos universais e permanentes, como a maternidade ou a paternidade. Alguns recomendam-se como progressistas e assumem uma estratégia ideológica para desconstruir a sociedade; outros, prisioneiros do politicamente correcto, votarão esta medida ou a sua contrária em função de um decisivo critério: a mera direcção do vento. Somadas, arrogância e ignorância são uma mistura explosiva. Pão com chouriço ou torresmos recebe benesse das Finanças Autoridade tributária decidiu reduzir para 6% o IVA do pão feito com produtos locais. Foto: DR Nas sociedades actuais, nada se perdoa. Direitos e deveres são escalpelizados ao milímetro. Medem-se progressos e retrocessos - financeiros, contratuais, económicos e políticos. Os cidadãos recorrem aos tribunais por tudo e às vezes por quase nada. Os governos não se livram dos crivos dos tribunais constitucionais, chamados a decidir o que é constitucional; e o que viola a lei fundamental. Neste jogo - essencial à vida democrática - há avanços, mas também recuos. Porque não vale tudo; porque nem tudo se pode passar como o legislador quer e deseja. Já nos temas civilizacionais, a música é outra. Para as chamadas questões fracturantes também precisávamos de um tribunal constitucional que obrigasse a repensar decisões gratuitas, como aquela O IVA do pão com chouriço, com nozes, passas ou torresmos locais está mais baixo desde sexta-feira passada, dia em que a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) reduziu o imposto desses produtos regionais de 23% para 6%. O ofício emitido na sexta-feira, pelo subdirector geral da AT, Miguel Silva Pinto, determina uma revisão em baixa da taxa de IVA daqueles produtos, que desde Janeiro estavam a ser tributados à taxa normal de 23%, acima da taxa intermédia a que eram tributados antes. O subdirector geral explica que esta revisão se deve à interpretação de uma portaria que define e classifica os diferentes tipos de pão e os produtos afins do pão, e que considera pão especial o pão fabricado com produtos locais, como o chouriço dos fumeiros de lamego ou com nozes da região centro. Desde sexta-feira, alguns tipos de "pão especial", desde que integrem os ingredientes listados na portaria 452/98, passam a beneficiar da mesma taxa de IVA do pão, de 6%.

5 Quinta-feira, "É uma medida positiva, como qualquer medida de abaixamento de impostos, mas que é muito importante porque vai beneficiar a economia local", comentou a secretária-geral da Associação do Comércio e da Indústria de Panificação, Pastelaria e Similares (ACIP), Graça Calisto, à Lusa. Na opinião desta responsável, uma baixa da taxa de IVA pode não implicar uma descida dos preços do pão com chouriço, nozes, passas ou torresmos: "Tudo depende das margens, porque em muitos casos estão esmagadas e uma descida do IVA não vai ter reflexos no preço final", considerou Graça Calisto. "Pode é facilitar as economias locais para que façam mais produto" com taxa reduzida de IVA, defendeu. Sr. empresário sabia que existe uma lei sobre pagamentos a horas? Legislação entrou em vigor há um ano, mas de acordo com um estudo da ACEGE muitos ainda não a utilizam por desconhecimento. Por Paulo Ribeiro Pinto Mais de 40% dos empresários portugueses desconhecem a lei sobre pagamentos a horas. A legislação entrou em vigor há um ano, mas de acordo com um estudo da Associação Cristã de Empresários e Gestores (ACEGE) muitos ainda não a utilizam por desconhecimento. O inquérito procurou saber até que ponto a lei sobre pagamentos a horas estava a ser utilizada pelos empresários portugueses. A conclusão é que 41% a desconhecem por completo. Mesmo assim, a ACEGE reconhece que entre os que demonstraram conhecer a lei, 20% já cobraram juros de mora quando o pagamento ultrapassa os 60 dias permitidos por lei. O inquérito da associação revela ainda que a maior parte das empresas que não conseguiu cumprir os prazos (71%), justifica com a falta de pagamento dos seus clientes: o chamado efeito bola de neve, que conduz muitas vezes ao despedimento de trabalhadores e no limite à falência. Os empresários inquiridos sugerem mais acção por parte da Autoridade da Concorrência, que deveria aplicar multas às empresas incumpridoras ou fazer depender o acesso aos fundos comunitários ao pagamento atempado das dívidas. O inquérito foi realizado pela Netsonda entre os dias 20 e 26 de Junho, com mais de 500 respostas online. Salário médio dos trabalhadores temporários é de 582 euros Relatório revela que cerca de 43,3% dos temporários receberam salários entre os 485 euros e os 600 euros em O salário médio anual dos trabalhadores temporários era de 582 euros em 2012, o que equivale a mais 20% do que o salário mínimo, mas menos 1,3% do que o rendimento médio do sector em De acordo com o relatório de 2013 que o Provedor da Ética Empresarial e do Trabalhador Temporário (PEETT) vai apresentar publicamente esta quinta-feira, em Lisboa, o salário médio anual auferido pelos trabalhadores temporários era de 589,73 euros em Cerca de 43,3% dos trabalhadores temporários auferiram em 2012 salários entre os 485 euros e os 600 euros. Segundo dados do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) citados pelo PEETT, 32% dos temporários auferiu o salário mínimo nacional (485 euros) e 13,1% recebeu vencimentos mensais entre os 600 e os 750 euros. De acordo com o documento, a que a agência Lusa teve acesso, valores superiores a euros são escassos no universo do trabalho temporário e abrangem apenas 3,2% trabalhadores. O relatório salienta ainda que existem diferenças salariais no sector em função do género e da idade: as mulheres recebem em média menos 33 euros do que os homens e os jovens recebem menos 37 euros, em média, do que os adultos. O Provedor do Trabalhador Temporário (PEETT), Vitalino Canas, recebeu 102 novos pedidos de trabalhadores em 2013, 27 dos quais sob a forma de queixa contra empresas do sector, refere o relatório anual do PEETT. Suspensas candidaturas a estágios comparticipados Quem se tentar inscrever no site do IEFP é informado, através de uma mensagem escrita, da situação que vai vigorar durante as próximas três semanas. O Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) suspendeu as candidaturas aos Estágios-emprego, até que cheguem ao terreno as alterações em apreciação pelos parceiros sociais.

6 Quinta-feira, Quem se tentar inscrever no site do IEFP é informado, através de uma mensagem escrita, da situação que teve início no dia 30 de Junho. "Na sequência de proposta de alteração da legislação da medida Estágios Emprego, em apreciação pelos parceiros sociais, deliberou o Conselho Directivo do IEFP, I.P. suspender as candidaturas a esta medida, durante as próximas três semanas, até à concretização das alterações propostas", pode ler-se na nota. O Governo já apresentou aos parceiros sociais um conjunto de alterações a esta medida de apoio ao emprego, reduzindo, em regra, a duração dos estágios (de 12 para nove meses) e o valor da comparticipação. Um Conselho de Estado sem consenso à vista Presidente da República quer discutir situação política e económica e fundos europeus. Por Eunice Lourenço O Conselho de Estado reúne-se esta quinta-feira à tarde para, de acordo com a convocatória, discutir a situação política, social e económica e o acordo entre Portugal e a União Europeia para os fundos estruturais. Há mais de um ano que o Presidente da República não convocava o seu órgão de aconselhamento e, se há um ano, não havia perspectivas de consenso, agora o cenário não é diferente. Quem tenha ouvido o debate do Estado da Nação percebe que aquilo que Cavaco Silva mais tem apelado - um consenso alargado - não é possível. Cavaco Silva convocou os seus conselheiros para discutirem a situação económica, social e política, face à conclusão do programa de ajustamento. Quase o mesmo tema de há um ano, quando os conselheiros debateram durante sete horas as perspectivas da economia portuguesa no pós-troika. O Presidente volta, assim, a insistir numa tentativa de consenso sobre o futuro do país, a que acrescenta o acordo de parceria entre Portugal e a União Europeia para os fundos estruturais que o país vai receber até 2020 e que são vistos como a última grande oportunidade de Portugal. António José Seguro gostava de acrescentar a esta ordem de trabalhos a renegociação da dívida. Uma ideia do líder do PS que ainda esta quarta-feira, no Parlamento, o primeiro-ministro disse que cada vez que se fala em renegociação dá-se uma machadada nos instrumentos de estabilização económica na Europa. O debate do Estado da Nação foi, além dessa questão, claro sobre a impossibilidade de compromissos entre os dois principais partidos. Foi como se falassem de dois países, duas situações diferentes. Onde Passos Coelho vê a recuperação da autonomia nacional, Seguro vê três gerações destruídas. Onde o Governo vê sinais de esperança e um novo ciclo, a oposição vê um estado de negação sobre a realidade. Onde a direita já vê a luz, a esquerda pergunta quanto custou. Um ano depois da crise política e da sua tentativa de consenso, Cavaco Silva deve, assim, continua a ver muito longo o compromisso que considera tão necessário para o futuro de Portugal. Um estendal no Parlamento pelo fim dos sacos de plástico gratuitos Dia Internacional sem Sacos assinala-se esta quinta-feira. Quercus alerta para consequências do uso excessivo de sacos descartáveis. Os ambientalistas da Quercus vão instalar um estendal em frente à Assembleia da República. O objectivo é alertar os deputados para o problema ambiental e económico da utilização de sacos de plástico e propor a suspensão gradual da sua oferta nas lojas. Para marcar o Dia Internacional sem Sacos, a associação de defesa do ambiente vai colocar esta quinta-feira um estendal em frente da Assembleia da República para alertar para o problema do uso excessivo de sacos descartáveis", explica Carmen Lima, da Quercus. "Vamos apresentar a todos os grupos parlamentares da Assembleia um parecer sobre o uso excessivo dos sacos de plástico e uma proposta para legislar a redução da distribuição gratuita dos sacos descartáveis no grande e pequeno retalho", avança. Carmen Lima garante que esta "não é uma proposta radical e o objectivo é que, no prazo de quatro anos, se vá reduzindo gradualmente até a total suspensão da distribuição gratuita de sacos descartáveis", para que haja adaptação da parte dos clientes já habituados à oferta nas lojas. A Quercus propõe para o grande retalho metas de diminuição da oferta de sacos e a aplicação de campanhas de sensibilização aos clientes sobre "os problemas do uso excessivo de sacos descartáveis e a necessidade de educar e adoptar novamente hábitos mais sustentáveis, de optar por sacos reutilizáveis e trazer sacos de casa". As estimativas apontam para que cada português utilize

7 Quinta-feira, cerca de 466 sacos descartáveis por ano, uma média que desce para 198 no total da Europa. Um trabalho da Faculdade de Ciências e Tecnologia concluiu que 97% da poluição marinha corresponde a resíduos de plástico e destes 27% são elementos que incluem fragmentos de sacos de plástico descartáveis, que permanecem na natureza até 500 anos e, ao dividir-se em pequenos fragmentos, são confundidos com alimentos pelos animais que os ingerem. "É um problema grave que está a tomar proporções muito elevadas, a nível ambiental e na economia", pois as zonas costeiras, como as praias, também registam uma grande contaminação por plástico, o que tem impactos, por exemplo, no turismo, adverte Carmen Lima. Para a Quercus, as lojas devem decidir as medidas para substituir a oferta de sacos, do uso de sacos reutilizáveis ou de papel, à instalação de eco-caixas (que não oferecem sacos) ou a aplicação de uma taxa por cada saco. Na Europa, enquanto a Irlanda suspendeu a distribuição gratuita de sacos, a França anunciou ir seguir o mesmo caminho, a Itália substituiu os descartáveis por biodegradáveis, Espanha deixa ao cliente a opção de escolha do material, em quatro possibilidades. O PS e Os Verdes apresentam propostas para reduzir os sacos de plástico e promover a reutilização, com os socialistas a defender um sistema de desconto mínimo sobre o preço dos produtos vendidos ao consumidor, não inferior a cinco cêntimos, por cada cinco euros de compras, quando o cliente prescindir dos sacos de plástico gratuitos. Os Verdes recomendam ao Governo que defina metas "significativas" para a redução da utilização de sacos, que não deve ficar abaixo de 80% nos próximos cinco anos. Em meados de Abril, o Parlamento Europeu aprovou medidas no sentido de reduzir, em pelo menos 80%, a utilização de sacos de plástico até PS acusa Governo de "destruir três gerações". Passos quer pleno emprego Debate do Estado da Nação ficou ainda marcado por um apelo do ministro da Economia a um entendimento que permita criar condições para uma "moderação fiscal". emprego e a geração dos filhos a quem a única mensagem que o senhor foi capaz de enviar foi: 'Emigrem porque neste país os jovens não têm qualquer oportunidade'", disse Seguro. O líder socialista considerou que a esperança dos portugueses também foi destruída e traçou um retrato "negro" sobre a actual situação do país. Defendeu que tudo começou a 21 de Junho de 2011, com a tomada de posse do Governo de coligação PSD/CDS e com a opção "deliberada" por um "caminho de empobrecimento". Na resposta, o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, pegou na questão da data para responder ao secretáriogeral do PS e para criticar os governos socialistas de José Sócrates. "Estranho que o senhor venha dizer que tudo começou a 21 de Junho de 2011, porque tenho ouvido nas últimas semanas o senhor deputado a explicar que tudo começou muito antes - e tenho concordado com as suas observações, porque tudo começou muito antes", observou o líder do executivo. Apelos ao compromisso O primeiro-ministro defendeu a necessidade de um compromisso nacional que permita construir em Portugal uma sociedade de pleno emprego. A luta contra o desemprego ocupa a prioridade da nossa agenda. A sociedade que queremos construir em Portugal é uma sociedade de pleno emprego, de participação económica e cívica, e de multiplicação de oportunidades para todos", afirmou Passos. Já o ministro da Economia, António Pires de Lima, apelou a um entendimento entre agentes políticos e institucionais que permita criar condições para uma "moderação fiscal" que "contagie positivamente a economia" nacional. Pires de Lima aproveitou o debate do Estado da Nação para anunciar que a multinacional IBM vai instalar em Lisboa um dos seus centros mundiais, não revelando mais pormenores. Portas irónico O encerramento do debate, que durou cerca de quatro horas e meia, ficou a cargo do vice-primeiro-ministro. Paulo Portas insistiu que Portugal está melhor após o plano de ajustamento e tentou desmontar os argumentos da oposição. "Se o desemprego sobe, é o patrão que despede. Se o desemprego desce, é a emigração que floresce. Se os juros descem, a virtude é da Europa, mas se os juros sobem, a culpa é do Governo. Se a economia retrocede, são as reformas que não resultam, mas se a economia anima, a proeza é da Constituição. Só falta dizer que os turistas que maciçamente escolhem Portugal como destino vêm para cá para manifestar-se contra o Governo", ironizou Paulo Portas. O Governo destruiu três gerações de portugueses em três anos, acusou o secretário-geral do PS, António José Seguro, durante o debate do Estado da Nação, realizado esta quarta-feira, na Assembleia da República. "A geração dos avós a quem o senhor cortou nas pensões e nas reformas e dificultou o acesso aos cuidados de saúde, na geração dos pais a quem o senhor provocou o maior aumento de impostos e a quem, com a sua política de destruição, destruiu

8 Quinta-feira, ESTADO DA NAÇÃO "Aumentar a pobreza não é incompetência, é opção" Uma espécie de elogio do PCP ao Governo. "Há quem o considere incompetente", mas enganam-se: o objectivo da maioria PSD/PP é "aumentar a exploração". O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, considera que o objectivo central do Governo é aumentar a pobreza e a exploração dos portugueses. Se a pobreza aumenta, não é por incompetência do Executivo, mas sim por opção. Na sua intervenção no debate do Estado da Nação, esta quarta-feira, o líder comunista saiu numa falsa defesa do executivo liderado por Passos Coelho. Para Jerónimo de Sousa, "o primeiro-ministro lida mal com os factos ou procura distorcê-los" e "há quem o considere incompetente", embora o PCP assegure de que "não é incompetência, é opção": o objectivo central da maioria PSD/PP é aumentar a exploração". Na resposta, Passos Coelho voltou a afirmar que o país está a começar a entrar no caminho certo, mas que o PCP não sabe lidar com essa realidade, uma vez que o discurso do partido baseia-se no descontentamento. Ainda do lado da esquerda parlamentar, o Bloco de Esquerda e o Partido Ecologista Os Verdes lembraram os elevados números do desemprego, desvalorizando a tendência de queda da taxa de desemprego (tal deve-se ao fenómeno da emigração, dizem). O debate do Estado da Nação começou começa às 14h00 e deve prolongar-se até por volta das 18h00, sem grandes atrasos, uma vez que os deputados são esperados no Panteão Nacional, em Lisboa, para acompanhar a trasladação de Sophia de Mello Breyner Andresen. Patriarca reza com as palavras de Sophia Poesia de Sophia de Mello Breyner "é de luz que se trata, luz solar e esplendorosa", afirmou D. Manuel Clemente na missa em honra da poetisa que vai ficar, a partir desta quarta-feira, no Panteão Nacional. Populares aguardam junto ao Panteão Nacional. Foto: Mário Cruz/Lusa O Patriarca de Lisboa revelou esta quarta-feira que reza com as palavras de Sophia de Mello Breyner Andresen. D. Manuel Clemente falava na missa que celebrou em honra da poetisa. A celebração, à qual assistiram cerca de 80 pessoas, decorreu na Capela do Rato, de onde a urna segue para o Panteão Nacional. "Eu rezo com palavras de Sophia", disse o Patriarca de Lisboa no início da homilia, acrescentando que a poesia de Sophia "é de luz que se trata, luz solar e esplendorosa, luz surpreendente, intensa demais para o olhar de quaisquer". Ao longo da cerimónia, D. Manuel Clemente citou amiúde poemas de Sophia de Mello Breyner e traçou a sua biografia desde "a recolhida luz do Porto, onde nasceu, à luz clara e alargada de Lisboa", cidade onde morreu há uma década, aos 84 anos. Durante a eucaristia, foi lido um excerto da Carta de S. João, por Guilherme d Oliveira Martins, presidente do Centro Nacional de Cultura (CNC), e o salmo "Esta é a geração dos que procuram o Senhor", pela escritora Leonor Xavier. No momento das preces, foram pedidas orações pelos artistas e pelos escritores e por um "Portugal mais justo e fraterno", como evidencia a obra de Sophia. Na missa estiveram presentes, entre outras personalidades, o ensaísta Eduardo Lourenço, a actriz e ex-deputada Maria Barroso Soares, o presidente da Fundação Calouste Gulbenkian, Artur Santos Silva, o presidente da Fundação Inês de Castro, José Miguel Júdice, e a jornalista Maria João Avillez. CONVERSAS CRUZADAS. A economia e as finanças do país em debate. Com Daniel Bessa, Carvalho da Silva, Silva Penda e Álvaro Santos Almeida, num debate conduzido por José Bastos.

9 Quinta-feira, Orquestra Buena Vista Social Club abre o CoolJazz Fest Cartaz em Oeiras inclui, entre outros, Mariza, Suzanne Vega e Gregory Porter. A Orquestra Buena Vista Social Club, com Omara Portuondo, abre esta sexta-feira, nos Jardins do Marquês de Pombal, em Oeiras, o 11.º CoolJazz Fest. A fadista Ana Moura, distinguida em 2008 com o Prémio Amália Melhor Intérprete, é a convidada especial da orquestra cubana, que está a realizar a sua digressão internacional de despedida dos palcos. Em Oeiras, a orquestra, que já actuou em anteriores edições, sobe ao palco com alguns dos seus membros fundadores, designadamente o guitarrista Eliades Ochoa, a cantora Omara Portuondo e ainda Guajiro Mirabal, Barbarito Torres e Jesus "Aguaje" Ramos. Esta edição marca também o regresso aos palcos nacionais de Suzanne Vega que atua no dia 6 nos Jardins do Marquês. A cantora e compositora folk norte-americana vai apresentar o seu novo álbum de originais, "Tales from the Realm of the Queen of Pentacles", que marca o regresso aos estúdios depois de sete anos de interregno. A primeira parte é garantida pela portuguesa Márcia. No dia 10 de Julho toca Mimicat, seguindo-se os Pink Martini que vão apresentar o seu novo álbum, "Get Happy", publicado em Setembro do ano passado. José James e Laura Mvula fazem a noite do dia 13 de Julho, também nos Jardins do Marquês, onde será instalado um ecrã gigante para a transmissão da final do Mundial de Futebol, que se joga no Brasil. A fadista Mariza actua no dia 24 de Julho, no estádio municipal de Oeiras, num concerto que conta com a participação especial do fadista Ricardo Ribeiro e do músico Pedro Jóia. No dia 26 de Julho, o músico norte-americano de jazz Gregory Porter, que no ano passado venceu um Grammy na categoria de Best Jazz Vocal Álbum, encerra o CoolJazz Fest, sendo a primeira parte garantida pelo projeto Vahagn & The Sky People. Veja aqui o cartaz completo Fotógrafa brasileira vence Prémio BES Photo Letícia Ramos tem patente em Lisboa a exposição "Nós sempre teremos Marte". O fotógrafa brasileira Letícia Ramos é a vencedora da 10.ª edição do Prémio BES Photo, no valor de 40 mil euros, foi anunciado esta quarta-feira pela organização, no Museu Colecção Berardo, em Lisboa. Letícia Ramos considera que o júri "foi muito corajoso" ao escolher um trabalho em que a própria artista receava ter ido "demasiado longe". "São fotografias em que não sabemos se é passado, presente ou futuro. A verdade dessas imagens pode ser questionada", disse a artista aos jornalistas, no final da entrega do prémio. Questionada sobre a escolha do júri, por unanimidade, disse que "não esperava" e que a opção "foi corajosa, o que demonstra que este prémio é cada vez mais importante". Letícia Ramos nasceu em 1976 e estudou arquitectura, urbanismo e cinema. Publicou o livro "Cuaderno de Bitácora" e venceu o Prémio Brasil Fotografia, em 2012, com o trabalho fotográfico produzido durante uma viagem de veleiro ao Pólo Norte. "Nós sempre teremos Marte" é o nome da série de trabalhos de Letícia Ramos que está em exposição no Museu Colecção Berardo, no Centro Cultural de Belém (CCB). As fotografias são uma homenagem à imaginação científica romântica, à ideia do futuro nos anos 50, aos inventores e aos descobridores de mundos distantes. A exposição, é composta de fotografias, produzidas a partir de processo de microfilmagem, e por uma curtametragem. Os finalistas desta edição do prémio BES Photo eram Délio Jasse (Angola), José Pedro Cortes (Portugal) e Letícia Ramos, todos com obras inéditas, expostas desde o final de Maio, no Museu Berardo, no âmbito do galardão. O prémio assinalou este ano a quarta edição com estatuto internacional, abrangendo não apenas artistas de nacionalidade portuguesa, mas também brasileira e dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa. [notícia actualizada às 22h48 - com declarações de Letícia Ramos] Lisboa renova consagração a Maria, três décadas depois A festa, marcada para sábado na Igreja da Graça, inclui procissão. Na véspera há vigília e procissão das velas. Foi a 23 de Julho de 1985 que a cidade de Lisboa foi consagrada pela primeira vez ao Imaculado Coração de Maria. Este sábado essa consagração vai ser renovada. Organizada pelo Grupo da Imaculada, a festa terá início às 16 horas na Igreja da Graça, seguida de procissão, às 17h, até ao largo da Senhora do Monte, um dos mais conhecidos miradouros de Lisboa, e onde se encontra uma imagem de Maria. Às 17h30 terá, então, lugar a cerimónia de renovação da consagração da cidade a Nossa Senhora. Já esta sexta-feira, 4 de Julho, às 20h30 haverá uma vigília com procissão das velas. Vai sair da Senhora do Monte, passar pela Capela de Nossa Senhora da Glória e pela igreja de São Vicente de Fora e terminar na igreja da Graça onde, às 21h30, haverá celebração da missa e adoração do Santíssimo.

Resumo de Imprensa. Quarta-feira, dia 30 de Janeiro de 2008

Resumo de Imprensa. Quarta-feira, dia 30 de Janeiro de 2008 Resumo de Imprensa Quarta-feira, dia 30 de Janeiro de 2008 DIÁRIO ECONÓMICO 1. Exportações para Angola atingem valores recorde (págs.1, 12 e 13) As empresas portuguesas já vendem quase tanto para aquele

Leia mais

NOS@EUROPE. Anexo I. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Gestoras Escola Secundária com 3º CEB do Fundão

NOS@EUROPE. Anexo I. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Gestoras Escola Secundária com 3º CEB do Fundão Anexo I NOS@EUROPE O Desafio da Recuperação Económica e Financeira Prova de Texto Gestoras Escola Secundária com 3º CEB do Fundão Ana Maria Ribeiro da Cruz Diana Patrícia Henriques Fernandes Joana Catarina

Leia mais

Resumo de Imprensa. Quarta-feira, 3 de Dezembro de 2008

Resumo de Imprensa. Quarta-feira, 3 de Dezembro de 2008 Resumo de Imprensa Quarta-feira, 3 de Dezembro de 2008 DIÁRIO ECONÓMICO 1. Indústria automóvel ganha novos apoios financeiros (págs. 1, 4 a 7) José Sócrates e Manuel Pinho avançam hoje com um plano para

Leia mais

Resumo de Imprensa. Sábado e domingo, 18 e 19 de Outubro de 2008

Resumo de Imprensa. Sábado e domingo, 18 e 19 de Outubro de 2008 Resumo de Imprensa Sábado e domingo, 18 e 19 de Outubro de 2008 PÚBLICO (domingo, 19) 1. Bastaram 20 minutos de chuva intensa para criar o caos em Lisboa (pág. 1 e 25) 2. Contestação ao Governo. Manifestação

Leia mais

1. António Costa promete mudança política, Antena 1 - Notícias, 07-04-2015 1

1. António Costa promete mudança política, Antena 1 - Notícias, 07-04-2015 1 Radios_8_Abril_2015 Revista de Imprensa 1. António Costa promete mudança política, Antena 1 - Notícias, 07-04-2015 1 2. Sindicatos da PSP enviam proposta conjunta ao ministério, TSF - Notícias, 07-04-2015

Leia mais

NOS ÚLTIMOS 4 ANOS TIVEMOS DE RESPONDER A UMA SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA. A UM PROGRAMA DE EMERGÊNCIA FINANCEIRA, SOUBEMOS RESPONDER COM A CRIAÇÃO DE UM

NOS ÚLTIMOS 4 ANOS TIVEMOS DE RESPONDER A UMA SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA. A UM PROGRAMA DE EMERGÊNCIA FINANCEIRA, SOUBEMOS RESPONDER COM A CRIAÇÃO DE UM DISCURSO PROGRAMA DE GOVERNO 9.11.2015 MSESS PEDRO MOTA SOARES - SÓ FAZ FÉ VERSÃO EFECTIVAMENTE LIDA - SENHOR PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA SENHORAS E SENHORES DEPUTADOS NOS ÚLTIMOS 4 ANOS TIVEMOS

Leia mais

Apresentação e Discussão do Orçamento Retificativo para 2012

Apresentação e Discussão do Orçamento Retificativo para 2012 Apresentação e Discussão do Orçamento Retificativo para 2012 Excelentíssimo Senhor Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira Excelentíssimas Senhoras e Senhores Deputados A proposta do Orçamento

Leia mais

RESOLUÇÃO PROPOSTA DE LEI DO CÓDIGO DE TRABALHO CONTINUA INACEITÁVEL NEGOCIAÇÃO DEVE PROSSEGUIR

RESOLUÇÃO PROPOSTA DE LEI DO CÓDIGO DE TRABALHO CONTINUA INACEITÁVEL NEGOCIAÇÃO DEVE PROSSEGUIR RESOLUÇÃO PROPOSTA DE LEI DO CÓDIGO DE TRABALHO CONTINUA INACEITÁVEL NEGOCIAÇÃO DEVE PROSSEGUIR 1. Desde que em Julho passado o Governo anunciou a apresentação de um projecto de Código Laboral, decorreram

Leia mais

1. (PT) - Turisver, 20/09/2012, Pedro Duarte 1. 3. (PT) - Diário Económico, 25/09/2012, Unicer antecipa crescimento de 15% das vendas em Angola 5

1. (PT) - Turisver, 20/09/2012, Pedro Duarte 1. 3. (PT) - Diário Económico, 25/09/2012, Unicer antecipa crescimento de 15% das vendas em Angola 5 Tema de pesquisa: Internacional 25 de Setembro de 2012 Revista de Imprensa 25-09-2012 1. (PT) - Turisver, 20/09/2012, Pedro Duarte 1 2. (PT) - Jornal de Negócios - Negócios Mais, 25/09/2012, Bluepharma

Leia mais

Marinho Pinto. O Ministério da Justiça está a ser usado para ajustes de contas

Marinho Pinto. O Ministério da Justiça está a ser usado para ajustes de contas Cavaco Silva convoca mandões da Justiça para Belém Marinho Pinto. O Ministério da Justiça está a ser usado para ajustes de contas De acordo com a Ordem dos Advogados, apenas 2238 processos estavam irregulares

Leia mais

Acelerar a resolução de litígios entre empresas e chamar arbitragens internacionais a Portugal são dois propósitos do novo quadro legal

Acelerar a resolução de litígios entre empresas e chamar arbitragens internacionais a Portugal são dois propósitos do novo quadro legal RESOLUÇÃO ALTERNATIVA DE LITÍGIOS Arbitragem voluntária tem nova lei a boleia da troika Acelerar a resolução de litígios entre empresas e chamar arbitragens internacionais a Portugal são dois propósitos

Leia mais

PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS Grupo Parlamentar PROJETO DE LEI N.º 331/XII-2ª

PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS Grupo Parlamentar PROJETO DE LEI N.º 331/XII-2ª PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS Grupo Parlamentar PROJETO DE LEI N.º 331/XII-2ª COMBATE A PRECARIEDADE LABORAL E REFORÇA A PROTECÇÃO DOS TRABALHADORES NA CONTRATAÇÃO A TERMO Desde a apresentação do Programa

Leia mais

6º Congresso Nacional da Administração Pública

6º Congresso Nacional da Administração Pública 6º Congresso Nacional da Administração Pública João Proença 30/10/08 Desenvolvimento e Competitividade: O Papel da Administração Pública A competitividade é um factor-chave para a melhoria das condições

Leia mais

SINAIS POSITIVOS TOP 20 (atualizado a 10JUL2014)

SINAIS POSITIVOS TOP 20 (atualizado a 10JUL2014) SINAIS POSITIVOS TOP 20 (atualizado a 10JUL2014) 1. Taxa de Desemprego O desemprego desceu para 14,3% em maio, o que representa um recuo de 2,6% em relação a maio de 2013. Esta é a segunda maior variação

Leia mais

Exmos. Senhores Membros do Governo (Sr. Ministro da Saúde - Prof. Correia de Campos e Sr. Secretário de Estado da Saúde -Dr.

Exmos. Senhores Membros do Governo (Sr. Ministro da Saúde - Prof. Correia de Campos e Sr. Secretário de Estado da Saúde -Dr. Exmos. Senhores Membros do Governo (Sr. Ministro da Saúde - Prof. Correia de Campos e Sr. Secretário de Estado da Saúde -Dr. Francisco Ramos) Ex.mo Senhor Presidente da Comissão Parlamentar da Saúde, representado

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 124/IX ALTERA AS REGRAS DO SIGILO BANCÁRIO E GARANTE A TRANSPARÊNCIA FISCAL. Exposição de motivos

PROJECTO DE LEI N.º 124/IX ALTERA AS REGRAS DO SIGILO BANCÁRIO E GARANTE A TRANSPARÊNCIA FISCAL. Exposição de motivos PROJECTO DE LEI N.º 124/IX ALTERA AS REGRAS DO SIGILO BANCÁRIO E GARANTE A TRANSPARÊNCIA FISCAL Exposição de motivos O sigilo bancário foi instituído em Portugal, como noutros países, como uma garantia

Leia mais

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA COMISSÃO DE ASSUNTOS EUROPEUS PROJECTO DE RESOLUÇÃO N.º 557/X/4.ª

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA COMISSÃO DE ASSUNTOS EUROPEUS PROJECTO DE RESOLUÇÃO N.º 557/X/4.ª PROJECTO DE RESOLUÇÃO N.º 557/X/4.ª Iniciativa Europeia Proposta de Decisão - Quadro COM (2007) 654 final SEC (2007) 1422 e 1453, relativa à utilização dos dados do Registo de Identificação de Passageiros

Leia mais

Percepção de Portugal no mundo

Percepção de Portugal no mundo Percepção de Portugal no mundo Na sequência da questão levantada pelo Senhor Dr. Francisco Mantero na reunião do Grupo de Trabalho na Aicep, no passado dia 25 de Agosto, sobre a percepção da imagem de

Leia mais

NOS@EUROPE. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Nome da Equipa GMR2012

NOS@EUROPE. O Desafio da Recuperação Económica e Financeira. Prova de Texto. Nome da Equipa GMR2012 NOS@EUROPE O Desafio da Recuperação Económica e Financeira Prova de Texto Nome da Equipa GMR2012 Alexandre Sousa Diogo Vicente José Silva Diana Almeida Dezembro de 2011 1 A crise vista pelos nossos avós

Leia mais

CGTP-IN APRESENTA PETIÇÃO: PELO DIREITO AO EMPREGO E À PROTECÇÃO SOCIAL NO DESEMPREGO

CGTP-IN APRESENTA PETIÇÃO: PELO DIREITO AO EMPREGO E À PROTECÇÃO SOCIAL NO DESEMPREGO CGTP-IN APRESENTA PETIÇÃO: PELO DIREITO AO EMPREGO E À PROTECÇÃO SOCIAL NO DESEMPREGO O direito ao trabalho e ao emprego com direitos é cada vez mais posto em causa no nosso país. As políticas seguidas

Leia mais

9.ª EDIÇÃO 24 Fevereiro a 02 Março ORGANIZAÇÃO SINDICATO DOS JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL PRODUÇÃO RM PREMIUM EVENTS

9.ª EDIÇÃO 24 Fevereiro a 02 Março ORGANIZAÇÃO SINDICATO DOS JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL PRODUÇÃO RM PREMIUM EVENTS 9.ª EDIÇÃO 24 Fevereiro a 02 Março ORGANIZAÇÃO SINDICATO DOS JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL PRODUÇÃO RM PREMIUM EVENTS conceito O futebol, fonte de paixão e emoção, continua a potenciar extremismos

Leia mais

MENSAGEM DE ANO NOVO. Palácio de Belém, 1 de Janeiro de 2008

MENSAGEM DE ANO NOVO. Palácio de Belém, 1 de Janeiro de 2008 MENSAGEM DE ANO NOVO Palácio de Belém, 1 de Janeiro de 2008 Portugueses No primeiro dia deste Novo Ano, quero dirigir a todos uma saudação amiga e votos de boa saúde e prosperidade. Penso especialmente

Leia mais

Senador Pedro Taques Discurso Manifestações

Senador Pedro Taques Discurso Manifestações Senador Pedro Taques Discurso Manifestações Senhor presidente, Senhoras senadoras, senhores senadores Amigos das redes sociais que também estão nas ruas Estamos em época de competição de futebol. Nosso

Leia mais

ESCLARECIMENTO ORDEM DOS ARQUITECTOS, ENCOMENDA PÚBLICA E PARQUE ESCOLAR. UMA CRONOLOGIA 29-03-2010

ESCLARECIMENTO ORDEM DOS ARQUITECTOS, ENCOMENDA PÚBLICA E PARQUE ESCOLAR. UMA CRONOLOGIA 29-03-2010 ESCLARECIMENTO ORDEM DOS ARQUITECTOS, ENCOMENDA PÚBLICA E PARQUE ESCOLAR. UMA CRONOLOGIA 29-03-2010 Por forma a melhor esclarecer os membros da OA quanto à posição e actuação da Ordem, nos últimos dois

Leia mais

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE GABINETE DO PRIMEIRO-MINISTRO

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE GABINETE DO PRIMEIRO-MINISTRO REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR-LESTE GABINETE DO PRIMEIRO-MINISTRO ALOCUÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O PRIMEIRO-MINISTRO, MINISTRO DA DEFESA E SEGURANÇA KAY RALA XANANA GUSMÃO POR OCASIÃO DA VISITA À ACADEMIA

Leia mais

RESUMO DE IMPRENSA. Quinta-feira, 31 de Julho de 2008

RESUMO DE IMPRENSA. Quinta-feira, 31 de Julho de 2008 RESUMO DE IMPRENSA Quinta-feira, 31 de Julho de 2008 JORNAL DE NEGÓCIOS 1. Queda nos lucros da banca retira 80 milhões ao Fisco. Resultados dos quatro maiores bancos privados caíram mais de 40% no primeiro

Leia mais

Resumo de Imprensa. Quarta-feira, 26 de Novembro de 2008

Resumo de Imprensa. Quarta-feira, 26 de Novembro de 2008 Resumo de Imprensa Quarta-feira, 26 de Novembro de 2008 DIÁRIO ECONÓMICO 1. Constâncio tem saída para salvar BPP (págs. 1, 6 a 11) Banco de Portugal indica administradores para o banco de João Rendeiro

Leia mais

Sr. Presidente da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores Sras. e Srs. Deputados Sra. e Srs. membros do Governo

Sr. Presidente da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores Sras. e Srs. Deputados Sra. e Srs. membros do Governo A mulher e o trabalho nos Piedade Lalanda Grupo Parlamentar do Partido Socialista A data de 8 de Março é sempre uma oportunidade para reflectir a realidade da mulher na sociedade, apesar de estes dias

Leia mais

Presidente da CBF participa de reunião na Câmara dos Deputados

Presidente da CBF participa de reunião na Câmara dos Deputados Frente Parlamentar em Defesa dos Conselheiros Tutelares é reinstalada na Câmara dos Deputados Com o objetivo de discutir e acompanhar as demandas dos Conselhos Tutelares na Câmara dos Deputados, foi reinstalada

Leia mais

SINDICATO DOS JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL

SINDICATO DOS JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL SINDICATO DOS JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL PROPOSTA DE ALTERAÇÃO QUADROS COMPETITIVOS NACIONAIS A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) apresentou, a 4 de Abril de 2005, uma proposta de alteração

Leia mais

Grupo Parlamentar INQUÉRITO PARLAMENTAR N.º 3/X

Grupo Parlamentar INQUÉRITO PARLAMENTAR N.º 3/X Grupo Parlamentar INQUÉRITO PARLAMENTAR N.º 3/X COMISSÃO EVENTUAL DE INQUÉRITO PARLAMENTAR AO ACOMPANHAMENTO DO CONTRATO DE GESTÃO DO HOSPITAL AMADORA - SINTRA 1 - Em 4 de Junho de 2004, a Administração

Leia mais

Várias Publicações. LusaTV: Aumento da carga fiscal melhorou qualidade da Segurança Social - Sec. Estado

Várias Publicações. LusaTV: Aumento da carga fiscal melhorou qualidade da Segurança Social - Sec. Estado 17-03-2006 13:11:00. Fonte LUSA. Notícia SIR-7829164 Temas: economia portugal finanças sociedade LusaTV: Aumento da carga fiscal melhorou qualidade da Segurança Social - Sec. Estado DATA:. ASSUNTO: Conferência

Leia mais

O pacote de austeridade que Paulo Portas e Maria Luísa Albuquerque esconderam aos portugueses

O pacote de austeridade que Paulo Portas e Maria Luísa Albuquerque esconderam aos portugueses Federação Nacional dos Professores www.fenprof.pt O pacote de austeridade que Paulo Portas e Maria Luísa Albuquerque esconderam aos portugueses A conferência de imprensa realizada por Paulo Portas e pela

Leia mais

Maria Cavaco Silva defende «Casas do Avô» de Norte a Sul do país

Maria Cavaco Silva defende «Casas do Avô» de Norte a Sul do país Page 1 of 6 Restaurantes Contactos A equipa RSS Receba por email Pesquisar Submeter consulta Home Actualidade As suas notícias Cultura Desporto Educação Entrevista Fotos Negócios Opinião Região Saúde Últimas

Leia mais

JOGOS DE QUALIFICAÇÃO PARA O EURO-2017

JOGOS DE QUALIFICAÇÃO PARA O EURO-2017 DOSSIÊ DE IMPRENSA PORTUGAL vs SUÍÇA 10.02.2015 Estádio, xxhxx 12.02.2015 Estádio, xxhxx JOGOS DE QUALIFICAÇÃO PARA O EURO-2017 PORTUGAL x MONTENEGRO 26 de novembro 2015 Estoril - 15H00 ESPANHA x PORTUGAL

Leia mais

OBJECTIVO 2015. Cinco anos para construir uma verdadeira Parceria Global para o Desenvolvimento PROPOSTA DE ACÇÃO FEC

OBJECTIVO 2015. Cinco anos para construir uma verdadeira Parceria Global para o Desenvolvimento PROPOSTA DE ACÇÃO FEC OBJECTIVO 2015 Cinco anos para construir uma verdadeira Parceria Global para o Desenvolvimento PROPOSTA DE ACÇÃO INTRODUÇÃO O ano de 2010 revela-se, sem dúvida, um ano marcante para o combate contra a

Leia mais

Genialidade, Fernando Pessoa

Genialidade, Fernando Pessoa Um homem de génio é produzido por um conjunto complexo de circunstâncias, começando pelas hereditárias, passando pelas do ambiente e acabando em episódios mínimos de sorte. Genialidade, Fernando Pessoa

Leia mais

ACORDO ENTRE A REPÚBLICA PORTUGUESA E OS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA RELATIVO À ASSISTÊNCIA MÚTUA ENTRE OS RESPECTIVOS SERVIÇOS ADUANEIROS.

ACORDO ENTRE A REPÚBLICA PORTUGUESA E OS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA RELATIVO À ASSISTÊNCIA MÚTUA ENTRE OS RESPECTIVOS SERVIÇOS ADUANEIROS. Decreto n.º 25/95 Acordo entre a República Portuguesa e os Estados Unidos da América Relativo à Assistência Mútua entre os Respectivos Serviços Aduaneiros Nos termos da alínea c) do n.º 1 do artigo 200.º

Leia mais

Tratado de Lisboa 13 Dezembro 2007. Conteúdo e desafios

Tratado de Lisboa 13 Dezembro 2007. Conteúdo e desafios Tratado de Lisboa 13 Dezembro 2007 Conteúdo e desafios Os Tratados Tratado de Paris (CECA) 18 de Abril de 1951 Tratados de Roma (CEE e CEEA) 25 de Março de 1957 Acto Único Europeu 17 de Fevereiro 1986

Leia mais

Senhor Presidente da Assembleia, Senhoras e Senhores Deputados, Senhor Presidente, Senhora e Senhores membros do Governo.

Senhor Presidente da Assembleia, Senhoras e Senhores Deputados, Senhor Presidente, Senhora e Senhores membros do Governo. Intervenção proferida pelo Deputado Luís Henrique Silva, na Sessão Plenária de Novembro de 2006 Senhor Presidente da Assembleia, Senhoras e Senhores Deputados, Senhor Presidente, Senhora e Senhores membros

Leia mais

4. Síria. Repressão aumenta e EUA agravam sanções (págs. 1 e 14)

4. Síria. Repressão aumenta e EUA agravam sanções (págs. 1 e 14) RESUMO DE IMPRENSA Domingo, 01 de Maio de 2011 PÚBLICO (DOMINGO, 01) 1. Uma multidão em nome de João Paulo II. A beatificação de um papa obscurantista, ou do obreiro de um renascimento católico? (manchete,

Leia mais

1. (PT) - TVI 24 - Política Mesmo, 25/06/2014, Discurso de António José Seguro: Direto 1

1. (PT) - TVI 24 - Política Mesmo, 25/06/2014, Discurso de António José Seguro: Direto 1 Tv's_25_Junho_2014 Revista de Imprensa 26-06-2014 1. (PT) - TVI 24 - Política Mesmo, 25062014, Discurso de António José Seguro: Direto 1 2. (PT) - RTP Informação - Grande Jornal, 25062014, Consultas no

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 307/VIII DEFINE E REGULA AS HONRAS DO PANTEÃO NACIONAL

PROJECTO DE LEI N.º 307/VIII DEFINE E REGULA AS HONRAS DO PANTEÃO NACIONAL PROJECTO DE LEI N.º 307/VIII DEFINE E REGULA AS HONRAS DO PANTEÃO NACIONAL As «Honras do Pantheon», tributárias da Revolução Francesa, tiveram entre nós consagração legislativa em Decreto Régio de 25 de

Leia mais

Ex.ª Srª. Presidente da Mesa da Assembleia Municipal

Ex.ª Srª. Presidente da Mesa da Assembleia Municipal Ex.ª Srª. Presidente da Mesa da Assembleia Municipal Exm.º Sr. Presidente da Câmara Exmos. Srs. Vereadores Caros Colegas Ilustres presentes Relativamente à proposta 313 de 2014, que visa apreciar as Demonstrações

Leia mais

Seminário. Orçamento do Estado 2016. 3 de Dezembro de 2015. Auditório da AESE. Discurso de abertura

Seminário. Orçamento do Estado 2016. 3 de Dezembro de 2015. Auditório da AESE. Discurso de abertura Seminário Orçamento do Estado 2016 3 de Dezembro de 2015 Auditório da AESE Discurso de abertura 1. Gostaria de dar as boas vindas a todos os presentes e de agradecer à AESE, na pessoa do seu Presidente,

Leia mais

CARTA EUROPEIA DAS PEQUENAS EMPRESAS

CARTA EUROPEIA DAS PEQUENAS EMPRESAS CARTA EUROPEIA DAS PEQUENAS EMPRESAS As pequenas empresas são a espinha dorsal da economia europeia, constituindo uma fonte significativa de emprego e um terreno fértil para o surgimento de ideias empreendedoras.

Leia mais

MENSAGEM DE ANO NOVO DE SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA REPÚBLICA

MENSAGEM DE ANO NOVO DE SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA REPÚBLICA MENSAGEM DE ANO NOVO DE SUA EXCELÊNCIA O PRESIDENTE DA REPÚBLICA --- EMBARGO DE DIVULGAÇÃO ATÉ ÀS 21:00 HORAS DE 01.01.13 --- Palácio de Belém, 1 de janeiro de 2013 --- EMBARGO DE DIVULGAÇÃO ATÉ ÀS 21:00

Leia mais

2º CONGRESSO DAS EMPRESAS E DAS ATIVIDADES ECONÓMICAS. Lisboa, 9 e 10 de julho de 2015. Sessão de Abertura. António Saraiva, Presidente da CIP

2º CONGRESSO DAS EMPRESAS E DAS ATIVIDADES ECONÓMICAS. Lisboa, 9 e 10 de julho de 2015. Sessão de Abertura. António Saraiva, Presidente da CIP 2º CONGRESSO DAS EMPRESAS E DAS ATIVIDADES ECONÓMICAS Lisboa, 9 e 10 de julho de 2015 Sessão de Abertura António Saraiva, Presidente da CIP Bom Dia, Senhoras e Senhores Embaixadores, Senhores Representantes

Leia mais

Projecto de Lei n.º 304/XI /1.ª

Projecto de Lei n.º 304/XI /1.ª PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS Grupo Parlamentar Projecto de Lei n.º 304/XI /1.ª Revoga os benefícios fiscais concedidos a PPR s planos de poupança reforma - e ao regime público de capitalização Procede a

Leia mais

1 - Publituris, 23-02-2007, Viagens e Turismo avaliados em 3 mil ME

1 - Publituris, 23-02-2007, Viagens e Turismo avaliados em 3 mil ME Noticias APAVT - Fevereiro 2007 Revista de Imprensa 09-10-2007 1 - Publituris, 23-02-2007, Viagens e Turismo avaliados em 3 mil ME 2 - Diário Económico, 22-02-2007, Segmento de negócios representa metade

Leia mais

Declaração ao país. António José Seguro. 19 de Julho de 2013. Boa tarde. Durante esta semana batemo-nos para que:

Declaração ao país. António José Seguro. 19 de Julho de 2013. Boa tarde. Durante esta semana batemo-nos para que: Declaração ao país António José Seguro 19 de Julho de 2013 Boa tarde. Durante esta semana batemo-nos para que: Não houvesse mais cortes nas reformas e nas pensões Não houvesse mais despedimentos na função

Leia mais

Tendo isso em conta, o Bruno nunca esqueceu que essa era a vontade do meu pai e por isso também queria a nossa participação neste projecto.

Tendo isso em conta, o Bruno nunca esqueceu que essa era a vontade do meu pai e por isso também queria a nossa participação neste projecto. Boa tarde a todos, para quem não me conhece sou o Ricardo Aragão Pinto, e serei o Presidente do Concelho Fiscal desta nobre Fundação. Antes de mais, queria agradecer a todos por terem vindo. É uma honra

Leia mais

PACTO SOCIAL AMEAÇADO

PACTO SOCIAL AMEAÇADO PACTO SOCIAL AMEAÇADO Luiz Carlos Bresser-Pereira Folha de S. Paulo, 26.03.1981 A elevação decisiva das taxas de inflação e a configuração clara de uma recessão econômica nos dois primeiros meses de 1981

Leia mais

CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE"

CICLO DE CONFERÊNCIAS 25 ANOS DE PORTUGAL NA UE Boletim Informativo n.º 19 Abril 2011 CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE" A Câmara Municipal de Lamego no âmbito de atuação do Centro de Informação Europe Direct de Lamego está a promover

Leia mais

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Centro Cultural de Belém, Lisboa, 11 de Outubro de 2006 Intervenção do Secretário

Leia mais

Quero, também, que os Estaleiros Navais de Viana do Castelo sejam capazes de colocar no exterior noutros mercados, projectos

Quero, também, que os Estaleiros Navais de Viana do Castelo sejam capazes de colocar no exterior noutros mercados, projectos DECLARAÇÕES AOS JORNALISTAS DO MINISTRO PAULO PORTAS, EM VIANA DO CASTELO, APÓS REUNIÕES DE TRABALHO COM O CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO E COM A COMISSÃO DE TRABALHADORES DOS ESTALEIROS NAVAIS DE VIANA DO

Leia mais

Figo: «Objetivo é ajudar quem precisa»

Figo: «Objetivo é ajudar quem precisa» MEIO: WWW.RECORD.PT CORES P&B DATA: 9 DE DEZEMBRO DE 2013 Figo: «Objetivo é ajudar quem precisa» Luís Figo recebeu quase mil crianças na festa de Natal da sua Fundação, no Circo Aquático Show, em Lisboa.

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES 2014

PLANO DE ACTIVIDADES 2014 PLANO DE ACTIVIDADES 2014 A - INTRODUÇÃO O ano de 2013 que agora termina, foi decisivo para a continuidade da Fundação do Desporto. O Governo, através do Sr. Ministro-Adjunto e dos Assuntos Parlamentares,

Leia mais

FERNANDO LEAL DA COSTA: "FISCALIZAÇÃO E PUNIÇÃO SÃO DECISIVAS NA NOVA LEI DO ÁLCOOL" 1

FERNANDO LEAL DA COSTA: FISCALIZAÇÃO E PUNIÇÃO SÃO DECISIVAS NA NOVA LEI DO ÁLCOOL 1 FERNANDO LEAL DA COSTA: "FISCALIZAÇÃO E PUNIÇÃO SÃO DECISIVAS NA NOVA LEI DO ÁLCOOL" 1 FERNANDO LEAL DA COSTA: "FISCALIZAÇÃO E PUNIÇÃO SÃO DECISIVAS NA NOVA LEI DO ÁLCOOL" "Fiscalização e punição dos infractores

Leia mais

Famílias falidas esquecem-se do perdão do resto da dívida

Famílias falidas esquecem-se do perdão do resto da dívida Famílias falidas esquecem-se do perdão do resto da dívida ENDIVIDAMENTO DAS FAMÍLIAS Tem meio ano para pedir insolvência Nem sempre é fácil perceber quando se entra em insolvência. Raul Gonzalez dá um

Leia mais

Resolução da CES sobre Governação Económica e Social

Resolução da CES sobre Governação Económica e Social Resolução da CES sobre Governação Económica e Social Adoptada no Comité Executivo a 13-14 de Outubro de 2010 Governação económica europeia e a U.E.2020: As propostas da Comissão 1. Um Pacto de Estabilidade

Leia mais

Sistemas de gestão em confronto no SNS Pág. 1

Sistemas de gestão em confronto no SNS Pág. 1 Sistemas de gestão em confronto no SNS Pág. 1 OS QUATRO SISTEMAS DE GESTÃO ACTUALMENTE EM CONFRONTO NO ÂMBITO SERVIÇO NACIONAL DE SAÚDE (SNS) E O PROGRAMA DO PS PARA A SAÚDE RESUMO DESTE ESTUDO Neste momento

Leia mais

Direita admite mudanças na lei para criminalizar a má gestão. Direita admite mudanças na lei para criminalizar a má gestão

Direita admite mudanças na lei para criminalizar a má gestão. Direita admite mudanças na lei para criminalizar a má gestão Direita admite mudanças na lei para criminalizar a má gestão Diário de noticias, por Hugo Filipe Coelho 17-10-11 Direita admite mudanças na lei para criminalizar a má gestão Dinheiro público. PSD e CDS

Leia mais

1. Greve no Metro de Lisboa, Antena 1 - Notícias, 25-05-2015 1. 2. Greve no Metro de Lisboa, Antena 1 - Notícias, 25-05-2015 2

1. Greve no Metro de Lisboa, Antena 1 - Notícias, 25-05-2015 1. 2. Greve no Metro de Lisboa, Antena 1 - Notícias, 25-05-2015 2 Radios_25_Maio_2015 Revista de Imprensa 1. Greve no Metro de Lisboa, Antena 1 - Notícias, 25-05-2015 1 2. Greve no Metro de Lisboa, Antena 1 - Notícias, 25-05-2015 2 3. PS quer alterar o Código do IVA,

Leia mais

Inovação pode poupar. dinneiro

Inovação pode poupar. dinneiro Textos ANA SOFIA SANTOS Fotos PAULO VAZ HENRIQUES novação disruptiva é "aquela que permite tornar bens e serviços complexos e caros em bens e serviços simples e baratos". Marta Temido, presidente da presidente

Leia mais

Vida e Ambiente Violência

Vida e Ambiente Violência Vida e Ambiente Violência Trabalho realizado por: João Afonso Silva, Ricardo Morais, Rui Cruz, Carla, Filipa e Inês Escola Secundária do Padrão da Légua, 10º F O que é? Violência contra o ambiente é danificar

Leia mais

COMISSÃO DE SAÚDE ATA NÚMERO 35/XII/ 1.ª SL

COMISSÃO DE SAÚDE ATA NÚMERO 35/XII/ 1.ª SL Aos 29 dias do mês de Fevereiro de 2012, pelas 10:00 horas, reuniu a Comissão de Saúde, na sala 2 do Palácio de S. Bento, na presença dos Senhores Deputados constantes da folha de presenças que faz parte

Leia mais

ECONOMIA. Esquema financeiro provoca buraco de 3 mil milhões em empresas públicas. Gostava muito que as gentes não se resignassem

ECONOMIA. Esquema financeiro provoca buraco de 3 mil milhões em empresas públicas. Gostava muito que as gentes não se resignassem JOÃO DUQUE Fundos de arrendamento podem ajudar as famílias E14 LUÍS MARQUES Estamos a caminho de um caos, de um caos político E12 JOÃO VIEIRA PEREIRA Constituição: mais que mudar é preciso incluir limites

Leia mais

Geografia A. * Análise de Notícias. Escola ES/3 de Carvalhos Março 2007

Geografia A. * Análise de Notícias. Escola ES/3 de Carvalhos Março 2007 Escola ES/3 de Carvalhos Março 2007 Geografia A * Análise de Notícias Natureza das notícias: socio-económica Localização temporal: actualidade Localização espacial: Europa Jornal: Expresso Data de edição:

Leia mais

Quase metade dos cursos superiores impedidos de aumentar vagas

Quase metade dos cursos superiores impedidos de aumentar vagas Pág: 6 ID: 59471903 28-05-2015 Quase metade dos cursos superiores impedidos de aumentar vagas Área: 26,00 x 31,31 cm² Corte: 1 de 5 estaque Cursos superiores e mercado de trabalho Superior 45% dos cursos

Leia mais

A crise na Zona Euro - Implicações para Cabo Verde e respostas possíveis:

A crise na Zona Euro - Implicações para Cabo Verde e respostas possíveis: A crise na Zona Euro - Implicações para Cabo Verde e respostas possíveis: Uma Mesa-Redonda Sector Público-Privado 7/10/2011 Centro de Políticas e Estratégias, Palácio do Governo, Praia. A crise na Zona

Leia mais

ESTATUTO DA ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA

ESTATUTO DA ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA ESTATUTO DA ASSEMBLEIA PARLAMENTAR DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Nós, representantes democraticamente eleitos dos Parlamentos de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné- Bissau, Moçambique, Portugal,

Leia mais

Novo Aeroporto de Lisboa e privatização da ANA

Novo Aeroporto de Lisboa e privatização da ANA Novo Aeroporto de Lisboa e privatização da ANA O turismo de Portugal não precisa de uma cidade aeroportuária nem de um mega aeroporto; O desenvolvimento do turismo de Portugal, num quadro de coesão territorial

Leia mais

Câmara Municipal de VRSA cria página no facebook

Câmara Municipal de VRSA cria página no facebook Page 1 of 6 Restaurantes Contactos A equipa RSS Receba por email Pesquisar Submeter consulta Home Actualidade As suas notícias Cultura Desporto Educação Entrevista Fotos Negócios Opinião Região Saúde Últimas

Leia mais

12ª AVALIAÇÃO DO PROGRAMA DE AJUSTAMENTO ECONÓMICO E FINANCEIRO POSIÇÃO DA UGT

12ª AVALIAÇÃO DO PROGRAMA DE AJUSTAMENTO ECONÓMICO E FINANCEIRO POSIÇÃO DA UGT 12ª AVALIAÇÃO DO PROGRAMA DE AJUSTAMENTO ECONÓMICO E FINANCEIRO POSIÇÃO DA UGT Estando a chegar ao fim o Programa de Ajustamento Económico e Financeiro (PAEF) e, consequentemente, as avaliações regulares

Leia mais

RESUMO DE IMPRENSA. Quarta-feira, dia 29 de Abril de 2009

RESUMO DE IMPRENSA. Quarta-feira, dia 29 de Abril de 2009 RESUMO DE IMPRENSA Quarta-feira, dia 29 de Abril de 2009 DIÁRIO ECONÓMICO 1. Moody s em Lisboa para avaliar o risco da economia portuguesa. Fernando Ulrich diz que Portugal tem argumentos para evitar uma

Leia mais

MENSAGEM DO PRESIDENTE2012

MENSAGEM DO PRESIDENTE2012 1. Pela 12 ª vez relatamos atividades e prestamos contas. Este é dos actos mais nobres de um eleito, mostrar o que fez, como geriu o dinheiro dos cidadãos, dar transparência à governação. Constitui um

Leia mais

RELATÓRIO E PARECER À PETIÇÃO SOBRE AS LIGAÇÕES AÉREAS AÇORES/PORTO.

RELATÓRIO E PARECER À PETIÇÃO SOBRE AS LIGAÇÕES AÉREAS AÇORES/PORTO. RELATÓRIO E PARECER À PETIÇÃO SOBRE AS LIGAÇÕES AÉREAS AÇORES/PORTO. HORTA, 13 DE JUNHO DE 2005 CAPITULO I INTRODUÇÃO Em 6 de Abril de 2005 deu entrada na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos

Leia mais

NOVIDADES LEGISLATIVAS E REGULAMENTARES MAIS SIGNIFICATIVAS

NOVIDADES LEGISLATIVAS E REGULAMENTARES MAIS SIGNIFICATIVAS DESTAQUES DE 27 A 31 DE MAIO NOVIDADES LEGISLATIVAS E REGULAMENTARES MAIS SIGNIFICATIVAS ACTIVIDADE PARLAMENTAR E PROCESSO LEGISLATIVO ÚLTIMAS INICIATIVAS Proposta de Lei 151/XII Procede à primeira alteração

Leia mais

Senhor Presidente. Senhor Presidente,

Senhor Presidente. Senhor Presidente, Intervenção proferida pelo Deputado Clélio Meneses aquando da discussão do Plano e Orçamento para 2012. Senhor Presidente Senhoras e Senhores Deputados Senhor Presidente, Senhora e Senhores Membros do

Leia mais

Este vai ser um ano óptimo para fazer negócio 30 de Janeiro de 2009, por FILIPE PACHECO

Este vai ser um ano óptimo para fazer negócio 30 de Janeiro de 2009, por FILIPE PACHECO 25 de Maio de 2009 PUBLICIDADE Este vai ser um ano óptimo para fazer negócio 30 de Janeiro de 2009, por FILIPE PACHECO Miguel Blanc, CEO do grupo FinagenceAFinagence, que detém a L Agence, Addvoices, Scriptmakers

Leia mais

RESUMO DE IMPRENSA. Sábado e domingo, dias 18 e 19 de Abril de 2009

RESUMO DE IMPRENSA. Sábado e domingo, dias 18 e 19 de Abril de 2009 RESUMO DE IMPRENSA Sábado e domingo, dias 18 e 19 de Abril de 2009 PÚBLICO (SÁBADO, 18) 1. Crise. Cavaco alerta Governo para perigos da ocultação da realidade. Cavaco duro como nunca para Governo e empresários.

Leia mais

IMF Survey. África deve crescer mais em meio a mudanças nas tendências mundiais

IMF Survey. África deve crescer mais em meio a mudanças nas tendências mundiais IMF Survey PERSPECTIVAS ECONÓMICAS REGIONAIS África deve crescer mais em meio a mudanças nas tendências mundiais Por Jesus Gonzalez-Garcia e Juan Treviño Departamento da África, FMI 24 de Abril de 2014

Leia mais

Portugal é 4 0. na criação de empresas na

Portugal é 4 0. na criação de empresas na Portugal é 4 0. na criação de empresas na Europa, mas está também no topo do 'ranking' dos países em que as empresas têm maior taxa de mortalidade, soube-se no "VIII Encontro PT Negócios/Diário Económico",

Leia mais

Mudança - PS,BE,PND,MPT, PTP e PAN

Mudança - PS,BE,PND,MPT, PTP e PAN Autárquicas 2013 Funchal Situação Política, financeira, económica e social O Concelho do Funchal vive uma situação dramática, a pior desde a implementação da democracia, da autonomia e do poder local democrático.

Leia mais

Falar a uma só voz: Definir e defender o interesse europeu

Falar a uma só voz: Definir e defender o interesse europeu SPEECH/10/21 José Manuel Durão Barroso Presidente da Comissão Europeia Falar a uma só voz: Definir e defender o interesse europeu Sessão plenária do PE: votação do novo Colégio Bruxelas, 9 de Fevereiro

Leia mais

Programa Urgente de Combate à Precariedade Laboral na Administração Pública

Programa Urgente de Combate à Precariedade Laboral na Administração Pública PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS Grupo Parlamentar Projeto de Lei nº 481/XII 3.ª Programa Urgente de Combate à Precariedade Laboral na Administração Pública Exposição de Motivos I O recurso ilegal à precariedade

Leia mais

MANUAL DO JOVEM DEPUTADO

MANUAL DO JOVEM DEPUTADO MANUAL DO JOVEM DEPUTADO Edição 2014-2015 Este manual procura expor, de forma simplificada, as regras do programa Parlamento dos Jovens que estão detalhadas no Regimento. Se tiveres dúvidas ou quiseres

Leia mais

O GOVERNO. Art.º 182º da Constituição da República Portuguesa

O GOVERNO. Art.º 182º da Constituição da República Portuguesa O GOVERNO Art.º 182º da Constituição da República Portuguesa «O Governo é o órgão de condução da política geral do país e o órgão superior da Administração Pública.» 1 Pela própria ideia que se retira

Leia mais

GRUPO MADEIRENSE GERE 4.500 CARROS DE ALUGUER. 'Sixt' tem quatro bases. no País. O negócio tem crescido em Lisboa e. é estável na Região p.

GRUPO MADEIRENSE GERE 4.500 CARROS DE ALUGUER. 'Sixt' tem quatro bases. no País. O negócio tem crescido em Lisboa e. é estável na Região p. GRUPO MADEIRENSE GERE 4.500 CARROS DE ALUGUER 'Sixt' tem quatro bases no País. O negócio tem crescido em Lisboa e é estável na Região p.i Maior sazonalidade obriga a uma gestão adequada Filipe Sousa, gerente

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 92/IX INVESTIGAÇÃO DE PATERNIDADE/MATERNIDADE - (ALTERAÇÃO DE PRAZOS) Exposição de motivos

PROJECTO DE LEI N.º 92/IX INVESTIGAÇÃO DE PATERNIDADE/MATERNIDADE - (ALTERAÇÃO DE PRAZOS) Exposição de motivos PROJECTO DE LEI N.º 92/IX INVESTIGAÇÃO DE PATERNIDADE/MATERNIDADE - (ALTERAÇÃO DE PRAZOS) Exposição de motivos O conhecimento da ascendência verdadeira é um aspecto relevante da personalidade individual,

Leia mais

- uma luta com história - aniversário 1975-2015

- uma luta com história - aniversário 1975-2015 - uma luta com história - 40 0 aniversário 1975-2015 - uma luta com história Desde a aprovação do retrógrado diploma (Lei 68/2013) que aumentou o horário para as 40 horas em toda a Administração Pública,

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 315/X DETERMINA A DERROGAÇÃO DO SIGILO BANCÁRIO COMO INSTRUMENTO PARA O COMBATE À FRAUDE FISCAL

PROJECTO DE LEI N.º 315/X DETERMINA A DERROGAÇÃO DO SIGILO BANCÁRIO COMO INSTRUMENTO PARA O COMBATE À FRAUDE FISCAL PROJECTO DE LEI N.º 315/X DETERMINA A DERROGAÇÃO DO SIGILO BANCÁRIO COMO INSTRUMENTO PARA O COMBATE À FRAUDE FISCAL Exposição de motivos No seu Programa de candidatura e depois no Programa de Governo o

Leia mais

DISCURSO PROFERIDO POR VÍTOR CALDEIRA, PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS EUROPEU

DISCURSO PROFERIDO POR VÍTOR CALDEIRA, PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS EUROPEU TRIBUNAL DE CONTAS EUROPEU ECA/09/69 DISCURSO PROFERIDO POR VÍTOR CALDEIRA, PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS EUROPEU ******* APRESENTAÇÃO DO RELATÓRIO ANUAL RELATIVO AO EXERCÍCIO DE 2008 À COMISSÃO DO

Leia mais

COMBATE AO TRABALHO INFANTIL Nota de Imprensa

COMBATE AO TRABALHO INFANTIL Nota de Imprensa COMBATE AO TRABALHO INFANTIL Nota de Imprensa No próximo dia 12 de Junho, comemora-se o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil. O PETI e o Escritório da OIT Organização Internacional do Trabalho em

Leia mais

FESTIVAL DE GOLOS RESULTADO ESMAGADOR NUMA MANHÃ GLORIOSA DE DESPORTIVISMO E BOA DISPOSIÇÃO PÁG 04

FESTIVAL DE GOLOS RESULTADO ESMAGADOR NUMA MANHÃ GLORIOSA DE DESPORTIVISMO E BOA DISPOSIÇÃO PÁG 04 FESTIVAL DE GOLOS RESULTADO ESMAGADOR NUMA MANHÃ GLORIOSA DE DESPORTIVISMO E BOA DISPOSIÇÃO PÁG 04 SEM MÃOS A MEDIR... O HOMEM DO JOGO PÁG 03 SAIBA TUDO SOBRE O JOGO OS ÓSCARES DE O JOGO DA BOLA PÁG 07

Leia mais

--- DATA DA REUNIÃO: Vinte de abril de dois mil e doze. -------------------------------

--- DATA DA REUNIÃO: Vinte de abril de dois mil e doze. ------------------------------- REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA AT A N º 1 0 /2012 - ABRIL --- DATA DA REUNIÃO: Vinte de abril de dois mil e doze. ------------------------------- --- LOCAL DA REUNIÃO:

Leia mais

que mais ignoraram esses riscos. Quase todos os jovens inquiridos concordaram que esse comportamento é perigoso.

que mais ignoraram esses riscos. Quase todos os jovens inquiridos concordaram que esse comportamento é perigoso. 19/Ago/2014 Lisboa 1 em Cada 4 Jovens na Europa já Tiraram uma Selfie Durante a Condução, de Acordo com os Dados Sobre a Distracção de Novos Condutores Um novo estudo efectuado pela Ford sobre a distracção

Leia mais

COMISSÃO DE SAÚDE ACTA NÚMERO 145/XII/ 4.ª SL

COMISSÃO DE SAÚDE ACTA NÚMERO 145/XII/ 4.ª SL Aos 24 dias do mês de setembro de 2014, pelas 14:00 horas, reuniu a Comissão de Saúde, na sala 2 do Palácio de S. Bento, na presença dos Senhores Deputados constantes da folha de presenças que faz parte

Leia mais

Em primeiro lugar, gostaria, naturalmente, de agradecer a todos, que se disponibilizaram, para estar presentes nesta cerimónia.

Em primeiro lugar, gostaria, naturalmente, de agradecer a todos, que se disponibilizaram, para estar presentes nesta cerimónia. Cumprimentos a todas as altas individualidades presentes (nomeando cada uma). Caras Colegas, Caros Colegas, Minhas Senhoras, Meus Senhores, Meus Amigos Em primeiro lugar, gostaria, naturalmente, de agradecer

Leia mais