SUB Hamburg A/ Salazar e os Milionários. 2. a edição. ò QUETZAL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SUB Hamburg A/524436. Salazar e os Milionários. 2. a edição. ò QUETZAL"

Transcrição

1 SUB Hamburg A/ Salazar e os Milionários 2. a edição ò QUETZAL

2 índice Introdução e agradecimentos 9 Prólogo 13 Os encontros de domingo à noite 13 PARTE I SALAZAR E O DINHEIRO O universo restrito do presidente do conselho 19 A agenda de contactos em Sem carro para ir ver o presidente da República 20 Os planos de Salazar para a nova casa 21 As dicas para facilitar as obras 22 A arte de baixar os preços 23 As contas particulares de Salazar 24 Os hábitos do presidente do Conselho 27 As regras do regime para o capital 29 As fintas aos entraves do sistema 31 Os escândalos com os homens do dinheiro 32 O banco dos amigos de Salazar 34 Os pecados do desenvolvimento 35 PARTE II SALAZAR E RICARDO ESPÍRITO SANTO Família Espírito Santo 39 Os primeiros contactos e as cartas elogiosas 40 O concurso para a ponte sobre o Tejo e as antiguidades 40 As cartas mais marcantes 42 A estadia do Duque de Windsor em Cascais 46 O possível choque dos dois duques em Portugal 46

3 444 PEDRO JORGE CASTRO O alojamento do duque de Windsor 47 A segurança à volta dos duques e o dia-a-dia 48 O plano para raptar o duque e a pressão espanhola 50 Ministro alemão autoriza intervenção final de Ricardo Espírito Santo 52 A divulgação dos documentos alemães 54 Envolvimento no universo da espionagem 55 Um espião alemão num cartão para Salazar 55 O enigma da amante alemã no Ritz de Madrid 56 Os relatórios sobre o pós-guerra 57 As visitas frequentes do «Ricardinho» às embaixadas 59 A detenção na fronteira francesa em Três noites preso numa «caverna» nauseabunda 61 O desmentido de Salazar e o choque com França 64 O salto do Banco Espírito Santo durante a II Guerra Mundial. 67 Da «roupa suja em tribunal» ao pedido de desculpa 68 Os companheiros dos incidentes em França 70 Casa de Paris ocupada pelo ministro dos prisioneiros 72 A influência e as relações com os outros ministros 74 O convite para embaixador no Vaticano 74 Recados para Salazar 75 A intimidade com a namorada do presidente 77 Viagens, despesas e a entrevista para o livro 77 Os cuidados na condecoração para Christine Garnier 79 Os investimentos em arte 81 A criação da fundação numa data simbólica 81 O mobiliário nacional e a viagem da governanta a Paris 83 A zanga e a oferta de um tapete persa 84 As últimas mensagens 86 Autorização em código para operação militar 86 A dor no dia da morte do banqueiro 87 Outros contactos dos Espírito Santo com Salazar 89 Auxílio para um padre mil contos para uma nova fundação 90 O pedido de uma audiência para David Rockefeller 91 Apêndice documental 93 O relatório da polícia sobre a visita do Duque de Windsor 93 A conversa com o embaixador espanhol 99 A detenção na fronteira francesa 101 Aversão mais violenta do comunicado de Salazar 105 A correspondência com o presidente do Conselho 107

4 SALAZAR E os MILIONÁRIOS 445 PARTE III SALAZAR E OS OUTROS MILIONÁRIOS Família Mello 133 Alfredo da Silva 134 A ajuda de Salazar na crise de A irreverência de Alfredo da Silva e o apoio a Franco 136 Os problemas da navegação e o ouro devolvido 138 Pagar dívidas antes da morte 141 Manuel de Mello 143 A difícil sucessão do sogro 143 Os «direitos de patrão» de Jorge de Mello 144 O sonho da navegação aérea e a doença de Parkinson 145 Jorge de Mello 148 A reunião para decidir as partilhas da herança do pai 148 Um lema de Salazar para esculpir à entrada da fábrica 149 Os elogios e alguns desencontros 151 José de Mello 153 «Tive a sorte de nascer rico» 153 Um relatório de Angola sobre os confrontos com negros 155 Um choque com o Governo por causa das fragatas 156 Apêndice documental 159 Correspondência de Alfredo da Silva com Salazar 159 Correspondência de Manuel de Mello com Salazar 163 Correspondência de Jorge de Mello com Salazar 165 Correspondência de José Manuel de Mello para Salazar 172 António Champalimaud 191 O empréstimo do sogro e o primeiro favor de Salazar 191 A fábrica que negociou duas vezes por culpa do Governo 193 A prenda de Natal «por vias paralelas» e o exame final 195 A «causa do ferro» e o negócio das munições 197 A inauguração e as novas ajudas do Governo 199 Os contactos de António Champalimaud com Salazar 201 O caso da herança Sommer 202 A denúncia contra um ex-ministro 204 As relações com a PIDE e a fuga 205 Apêndice documental 207 A correspondência entre António Champalimaud e Salazar 207 Artur Cupertino de Miranda 220 Um banqueiro vigiado pela PIDE 220 Financiamento da oposição e apoio ao regime 222 Um maço de notas que deu demasiado nas vistas 225 As amantes do banqueiro e os jantares na sua quinta 226 Apêndice documental 229 As cartas de Artur Cupertino de Miranda para Salazar 229 Família Queiroz Pereira 232

5 446 PEDRO JORGE CASTRO Carlos Pereira 233 As visitas às obras e a oferta de casas para férias 233 As contas e os relatórios das obras nas casas de Salazar 234 Os choques com o ministro Duarte Pacheco 234 Pedro Queiroz Pereira 237 A tradição dos crisântemos e uma demissão 237 Manuel Queiroz Pereira : 239 Petróleos, Ritz e a questão de Marcello Caetano 239 Apêndice documental 241 Correspondência de Carlos Pereira para Salazar 241 Correspondência de Pedro Queiroz Pereira para Salazar 253 Correspondência de Manuel Queiroz Pereira para Salazar 257 Manuel Bulhosa 260 A sorte de ter ficado doente e os contactos com Salazar 260 Três administradores íntimos do ditador 262 António Medeiros e Almeida 265 O relógio que bateu o recorde dos leilões e a censura 265 A pressão para se tornar presidente da TAP 268 Um «sacrifício» em homenagem a Salazar 270 Correspondência de António Medeiros e Almeida com Salazar 271 Delfim Ferreira 283 O convite para a casa nova de Serralves 283 Bernardo Moniz da Maia 286 O risco de um despedimento maciço e um telegrama de agradecimento 286 A carta que levou Salazar a mudar de ideias 287 Miguel Quina 294 A gratidão pelas cartas de Salazar ao avô 294 Correspondência de Miguel Quina para Salazar 295 Família Fino 298 A conspiração dos industriais da concorrência 298 As ideias para vender tapeçarias ao Estado 299 Apêndice documental 301 A carta de Manuel Fino para Salazar 301 Correspondência de Guy Fino para Salazar 304 Duque de Palmeia ; 312 A escolha para embaixador em Londres 312 As ajudas aos membros da família Rothschild 316 A medalha, queijos de Azeitão e a chave do convento 317 A influência junto da rainha D. Amélia 319 A visita da rainha de Inglaterra ao Calhariz 321 As preocupações de Salazar com a Arrábida 322 Um texto inédito da duquesa de Palmeia sobre Salazar 323 Correspondência entre o duque de Palmeia e Salazar 327

6 SALAZAR E OS MILIONÁRIOS 447 PARTE IV SALAZAR E OS GRANDES NEGÓCIOS Hotel Ritz?. 337 Um capricho do presidente do Conselho 337 «Os favores legais ao grande hotel» 339 A inauguração e os primeiros anos 342 Apêndice documental 346 Correspondência de Manuel Queiroz Pereira para Salazar 346 As guerras do petróleo 361 Os primeiros anos da Sacor 361 Martin Sain e o seu mensageiro Ricardo Espírito Santo 363 «Os ministros passam, mas o presidente do Conselho fica» 364 Um retrato de Salazar e o bairro com o seu nome 365 Os conflitos com outros ministros 366 A sucessão na Sacor e o Pai Natal 367 A sociedade entre Bulhosa e Queiroz Pereira 368 Os ataques de Queiroz Pereira à Sacor 370 A ruptura entre Queiroz Pereira e Manuel Bulhosa 372 Apêndice documental 376 Correspondência de Ricardo Espírito Santo sobre petróleos 376 Correspondência de Manuel Queiroz Pereira sobre petróleos A carta de Manuel Bulhosa sobre a separação do sócio 388 As manobras do negócio dos diamantes 391 O joalheiro americano e uma estranha falta de voz 391 «O nosso empenho é vender e vender o mais possível» 393 Um negócio potencial de 30 milhões de dólares 394 A doação para um curso com o nome de Salazar 394 O papel decisivo de Ricardo Espírito Santo 396 Apêndice documental 397 A correspondência com Harry Winston 397 Epílogo. A fundação Salazar última homenagem dos milionários 403 A escolha de Medeiros e Almeida e Jorge de Mello 403 Lista dos donativos mais importantes 406 Notas 413 Bibliografia 434 índice onomástico 437

ÍNDICE PREFÁCIO: RETRATO DE UMA RELAÇÃO SINUOSA.. 7 PRÓLOGO: EXPECTATIVA DE MUDANÇA 15

ÍNDICE PREFÁCIO: RETRATO DE UMA RELAÇÃO SINUOSA.. 7 PRÓLOGO: EXPECTATIVA DE MUDANÇA 15 ÍNDICE PREFÁCIO: RETRATO DE UMA RELAÇÃO SINUOSA.. 7 PRÓLOGO: EXPECTATIVA DE MUDANÇA 15 Madrid Lisboa Madrid 18 1926 19 Alferrarede: «a criar musgo» 20 Diário de Notícias em cima da mesa 23 «Ninguém sabe

Leia mais

ÍNDICE. B. Marcello Caetano e Imprensa: relações de proximidade

ÍNDICE. B. Marcello Caetano e Imprensa: relações de proximidade ÍNDICE Índice de quadros Índice de figuras Agradecimentos Resumo/Abstract Introdução A. Encruzilhadas do Marcelismo B. Marcello Caetano e Imprensa: relações de proximidade C. Eleições de 1969: esperanças

Leia mais

JUDEUS EM PORTUGAL DURANTE A II GUERRA MUNDIAL

JUDEUS EM PORTUGAL DURANTE A II GUERRA MUNDIAL A/453225 Irene Flunser Pimentel JUDEUS EM PORTUGAL DURANTE A II GUERRA MUNDIAL EM FUGA DE HITLER E DO HOLOCAUSTO Com a colaboração de Christa Heinrich a e/fera do/ livro/ ÍNDICE Introdução 17 Capítulo

Leia mais

Amarílis Maria de Medeiros Chaves

Amarílis Maria de Medeiros Chaves Amarílis Maria de Medeiros Chaves Amarílis Chaves nasceu em Belo Horizonte, onde muito cedo despertou para as Artes Plásticas, nunca mais tendo parado este percurso, sempre na procura do traço certo, da

Leia mais

A Quinta do Anjinho faz parte de uma história que ainda poucos conhecem. O imóvel que é actualmente a sede da Escola Nacional de Bombeiros foi

A Quinta do Anjinho faz parte de uma história que ainda poucos conhecem. O imóvel que é actualmente a sede da Escola Nacional de Bombeiros foi AH i s t ó r i ad a Qu i n t ad oan j i n h o A Quinta do Anjinho faz parte de uma história que ainda poucos conhecem. O imóvel que é actualmente a sede da Escola Nacional de Bombeiros foi outrora o refúgio

Leia mais

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 2: Como Poupar

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 2: Como Poupar Educação Financeira Crédito Consignado Módulo 2: Como Poupar Objetivo Dar dicas importantes para que nossos clientes consigam ter uma poupança e vivam com mais segurança e tranquilidade O conteúdo deste

Leia mais

UNIDADE LETIVA 2 ANEXO 1

UNIDADE LETIVA 2 ANEXO 1 UNIDADE LETIVA 2 ANEXO 1 HISTÓRIAS COM GENTE DENTRO REFUGIADOS À procura da paz Testemunho de Ibraim (nome fictício) O meu nome é Ibraim, sou natural de um país africano, tenho 25 anos, e estou alojado

Leia mais

Direita admite mudanças na lei para criminalizar a má gestão. Direita admite mudanças na lei para criminalizar a má gestão

Direita admite mudanças na lei para criminalizar a má gestão. Direita admite mudanças na lei para criminalizar a má gestão Direita admite mudanças na lei para criminalizar a má gestão Diário de noticias, por Hugo Filipe Coelho 17-10-11 Direita admite mudanças na lei para criminalizar a má gestão Dinheiro público. PSD e CDS

Leia mais

Artigo 1.º. Entre Melgaço e Arbo, sobre o rio Minho, será construída uma ponte internacional que una Portugal e Espanha.

Artigo 1.º. Entre Melgaço e Arbo, sobre o rio Minho, será construída uma ponte internacional que una Portugal e Espanha. Decreto n.º 19/96 de 1 de Julho Convénio entre a República Portuguesa e o Reino de Espanha para a Construção de Uma Ponte Internacional sobre o Rio Minho entre as Localidades de Melgaço (Portugal) e Arbo

Leia mais

CONVENÇÃO ENTRE A REPÚBLICA PORTUGUESA A REPÚBLICA DA TUNÍSIA

CONVENÇÃO ENTRE A REPÚBLICA PORTUGUESA A REPÚBLICA DA TUNÍSIA CONVENÇÃO ENTRE A REPÚBLICA PORTUGUESA E A REPÚBLICA DA TUNÍSIA DE COOPERAÇÃO NO DOMÍNIO DA DEFESA A República Portuguesa e a República da Tunísia, doravante designadas conjuntamente por "Partes" e separadamente

Leia mais

LUÍS REIS TORGAL. SUB Hamburg A/522454 ESTADO NOVO. Ensaios de História Política e Cultural [ 2. IMPRENSA DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA

LUÍS REIS TORGAL. SUB Hamburg A/522454 ESTADO NOVO. Ensaios de História Política e Cultural [ 2. IMPRENSA DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA LUÍS REIS TORGAL SUB Hamburg A/522454 ESTADOS NOVOS ESTADO NOVO Ensaios de História Política e Cultural [ 2. a E D I Ç Ã O R E V I S T A ] I u IMPRENSA DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA 2 0 0 9 ' C O I M B R

Leia mais

Ensine a Regra Aqui ninguém toca aos seus filhos.

Ensine a Regra Aqui ninguém toca aos seus filhos. 1. Ensine a Regra Aqui ninguém toca aos seus filhos. Cerca de uma em cada cinco crianças é vítima de violência ou abuso sexual. Ajude a impedir que a sua criança seja uma vítima. Ensine-lhe a Regra Aqui

Leia mais

http://www.clarin.com/br/buenos-aires-presenca-grandeimaginario_0_1360664321.html

http://www.clarin.com/br/buenos-aires-presenca-grandeimaginario_0_1360664321.html http://www.clarin.com/br/buenos-aires-presenca-grandeimaginario_0_1360664321.html ENTREVISTA: VIK MUNIZ Buenos Aires tem uma presença muito grande no meu imaginário Gabriela Grosskopf Antunes Ele é um

Leia mais

Comunicar PAPA. Jornal. Bento XVI recebe José Maria Neves no Vaticano. Administração Pública. www.governo.cv

Comunicar PAPA. Jornal. Bento XVI recebe José Maria Neves no Vaticano. Administração Pública. www.governo.cv Jornal Comunicar Administração Pública Governo de Cabo Verde Edição Gratuita Mensal nº18 Setembro de 2010 Edição Especial www.governo.cv www.governo.cv PAPA Bento XVI recebe José Maria Neves no Vaticano

Leia mais

O CONDE DE TAROUCA E A DIPLOMACIA NA ÉPOCA MODERNA

O CONDE DE TAROUCA E A DIPLOMACIA NA ÉPOCA MODERNA A/483251 ISABEL CLUNY O CONDE DE TAROUCA E A DIPLOMACIA NA ÉPOCA MODERNA Prefácio ARMANDO MARQUES GUEDES Livros I Horizonte ÍNDICE PREFÁCIO 9 INTRODUÇÃO 13 Primeira Parte A CASA ALEGRETE/ /TAROUCA E A

Leia mais

Disciplina: Técnicas de Secretariado Beatriz Rodrigues nº4 12ºS

Disciplina: Técnicas de Secretariado Beatriz Rodrigues nº4 12ºS Escola Secundária com 3º ciclo de Paços de Ferreira 403374 Ano Lectivo 2011/12 CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE SECRETARIADO PLANEAMENTO E ORGANIZAÇÃO DE VIAGENS GUIA PRÁTICO Nº1 Disciplina: Técnicas de

Leia mais

O destino dos migrantes na Europa 18 de Agosto

O destino dos migrantes na Europa 18 de Agosto O destino dos migrantes na Europa 18 de Agosto Análise, Crise dos migrantes Perceba como o dinheiro, a cor da pele e a religião determinam a sorte dos migrantes na Europa. Os requerentes de asilo na Europa

Leia mais

MISSÃO EMPRESARIAL. ANGOLA - BENGUELA E MALANGE 8 a 16 de Novembro de 2014

MISSÃO EMPRESARIAL. ANGOLA - BENGUELA E MALANGE 8 a 16 de Novembro de 2014 MISSÃO EMPRESARIAL ANGOLA - BENGUELA E MALANGE 8 a 16 de Novembro de 2014 ANGOLA Com capital na cidade de Luanda, Angola é um país da costa ocidental de África, cujo território principal é limitado a norte

Leia mais

PROGRAMA DO CONGRESSO

PROGRAMA DO CONGRESSO Quinta-feira 3 Dez PROGRAMA DO CONGRESSO 15h00 Chegada de congressistas e acreditação 16h30 CERIMÓNIA OFICIAL DE ABERTURA 17h30 Sessão 1: «OS DESAFIOS E A RESPONSABILIDADE DE SER PORTUGUÊS» Os convidados

Leia mais

FUNDACIÓN MAPFRE VOLUME 3_ 1890/1930 A crise do liberalismo

FUNDACIÓN MAPFRE VOLUME 3_ 1890/1930 A crise do liberalismo Cronologia 1890 11 de janeiro Ultimatum inglês, que exige a retirada das forças militares portuguesas dos territórios entre Angola e Moçambique, sob pena de corte de relações diplomáticas. 1891 31 de janeiro

Leia mais

História B Aula 21. Os Agitados Anos da

História B Aula 21. Os Agitados Anos da História B Aula 21 Os Agitados Anos da Década de 1930 Salazarismo Português Monarquia portuguesa foi derrubada em 1910 por grupos liberais e republicanos. 1ª Guerra - participação modesta ao lado da ING

Leia mais

ECONOMIA. Esquema financeiro provoca buraco de 3 mil milhões em empresas públicas. Gostava muito que as gentes não se resignassem

ECONOMIA. Esquema financeiro provoca buraco de 3 mil milhões em empresas públicas. Gostava muito que as gentes não se resignassem JOÃO DUQUE Fundos de arrendamento podem ajudar as famílias E14 LUÍS MARQUES Estamos a caminho de um caos, de um caos político E12 JOÃO VIEIRA PEREIRA Constituição: mais que mudar é preciso incluir limites

Leia mais

Descoberta identidade

Descoberta identidade Descoberta identidade do segundo beneficiário das transferências de Rosalina Caso Feteira Acusação do Ministério Público brasileiro diz que os desvios de dinheiro estiveram na origem do crime de que é

Leia mais

Protocolo Bilateral entre o Governo da República Portuguesa e o Governo da República de Angola sobre Facilitação de Vistos. Artigo 1.

Protocolo Bilateral entre o Governo da República Portuguesa e o Governo da República de Angola sobre Facilitação de Vistos. Artigo 1. Protocolo Bilateral entre o Governo da República Portuguesa e o Governo da República de Angola sobre Facilitação de Vistos Artigo 1.º (Objecto) O presente Protocolo tem por objecto a criação de um mecanismo

Leia mais

REFORMA E CONTRARREFORMA. Professor Sebastião Abiceu 7º ano Colégio Marista de Montes Claros

REFORMA E CONTRARREFORMA. Professor Sebastião Abiceu 7º ano Colégio Marista de Montes Claros REFORMA E CONTRARREFORMA Professor Sebastião Abiceu 7º ano Colégio Marista de Montes Claros INTRODUÇÃO A Reforma Religiosa e o Renascimento ocorreram na mesma época e expressam a grande renovação de ideias

Leia mais

CONHECIMENTO DE LÍNGUAS / knowledge of languages

CONHECIMENTO DE LÍNGUAS / knowledge of languages Curriculum Vitae CRISTINA PORTELLA portella53@gmail.com NOME / name Maria Cristina Portella Ribeiro DATA DE NASCIMENTO / date of birth 20/01/1953 LOCAL DE NASCIMENTO / Place of birth Rio de Janeiro / Brasil

Leia mais

CURSOS História e Tecnologia em Design de Moda

CURSOS História e Tecnologia em Design de Moda PROCESSO SELETIVO 2006/1 História CURSOS História e Tecnologia em Design de Moda Só abra este caderno quando o fiscal autorizar. Leia atentamente as instruções abaixo. 1. Este caderno de prova contém dez

Leia mais

«FRANCISCO VIEIRA MACHADO»

«FRANCISCO VIEIRA MACHADO» «FRANCISCO VIEIRA MACHADO» O ilustre Governador do BNU Francisco Vieira Machado foi um dos mais ilustres políticos e banqueiros do tempo do Estado Novo. De entre a sua vasta biografia destaca-se a sua

Leia mais

Museu de Artes Decorativas Portuguesas Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva Lisboa

Museu de Artes Decorativas Portuguesas Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva Lisboa Museu de Artes Decorativas Portuguesas Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva Lisboa 18 Museu de Artes Decorativas Portuguesas Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva APRESENTAÇÃO Instalado no Palácio

Leia mais

Professor Thiago Espindula - Geografia. África

Professor Thiago Espindula - Geografia. África África A seguir, representação cartográfica que demonstra a localização da África, em relação ao mundo. (Fonte: www.altona.com.br) Europeus partilham a África A Conferência de Berlim, entre 1884 e 1885,

Leia mais

6 PASSOS PARA A PROSPERIDADE FINANCEIRA

6 PASSOS PARA A PROSPERIDADE FINANCEIRA 6 PASSOS PARA A PROSPERIDADE FINANCEIRA PASSO 01 SE PAGAR PRIMEIRO O primeiro passo para começar a criar prosperidade financeira na sua vida é pagar a si mesmo pelo menos 5% de toda sua renda mensal antes

Leia mais

CURRÍCULO JOSÉ MANUEL GALVÃO TELES exerce advocacia desde 1961. Actualmente é fundador e senior partner da Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva & Associados Sociedade de Advogados. Simultaneamente

Leia mais

O papel da Comunicação Social no Mercado de Capitais

O papel da Comunicação Social no Mercado de Capitais O papel da Comunicação Social no Mercado de Capitais Televisão Pública de Angola - Camama 16 de Julho de 2015 Objectivos Gerais Transmitir aos Colaboradores da TPA o impacto da actividade jornalística

Leia mais

CURRICULUM. . Engenheiro contratado no Laboratório de Ensaios Mecânicos da Direcção Geral dos Combustíveis (desde 1971 até 1973);

CURRICULUM. . Engenheiro contratado no Laboratório de Ensaios Mecânicos da Direcção Geral dos Combustíveis (desde 1971 até 1973); CURRICULUM Nome: António Luís Cansado de Carvalho de Mattos e Silva Data de nascimento: 5/3/1949, Lisboa Estado civil: casado, com três filhos BI: 303357 (Arq. I. Lisboa) Morada: Parque de Miraflores,

Leia mais

EUROPA BRASIL SÉCULO XIX AMÉRICA O BRASIL NO FINAL DO SÉCULO XVIII SÉCULO XVIII FINAL DA IDADE MODERNA

EUROPA BRASIL SÉCULO XIX AMÉRICA O BRASIL NO FINAL DO SÉCULO XVIII SÉCULO XVIII FINAL DA IDADE MODERNA O BRASIL NO FINAL DO SÉCULO XVIII SÉCULO XVIII FINAL DA IDADE MODERNA EUROPA Expansão dos Ideais Iluministas Revolução Francesa Fim do Antigo regime Ascensão da Burguesia ao poder Revolução Industrial

Leia mais

Presidente da Conferência: Jorge Coelho, Ex-Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações de Portugal.

Presidente da Conferência: Jorge Coelho, Ex-Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações de Portugal. ENTIDADE ORGANIZADORA: A Logistel, SA é uma Sociedade anónima, de que são accionistas o Grupo Barraqueiro, a TAAG Linhas Aéreas de Angola, o Instituto Superior Gestão e um Grupo de Personalidades prestigiadas

Leia mais

RESUMO DE IMPRENSA. Sexta-feira, 21 de Agosto de 2009

RESUMO DE IMPRENSA. Sexta-feira, 21 de Agosto de 2009 RESUMO DE IMPRENSA Sexta-feira, 21 de Agosto de 2009 JORNAL DE NEGÓCIOS 1. Escolher os melhores depósitos vai ser mais fácil (págs. 1, 20 e 21). Saiba o que muda com as novas regras do Banco de Portugal.

Leia mais

2008-actual Investigador do Centro de Estudos de História Contemporânea ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa.

2008-actual Investigador do Centro de Estudos de História Contemporânea ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa. David Mourão Ferreira Castaño Data de nascimento: 25/01/1979 Nacionalidade: Portuguesa Estado civil: Casado 3 filhos Morada: Av. das Túlipas, 41, 1º Dto. 1495-161 Miraflores Telemóvel: 96 402 23 88 E-mail:

Leia mais

www.grandtourbrasil.com.br INGLÊS EM 24 MESES!

www.grandtourbrasil.com.br INGLÊS EM 24 MESES! INGLÊS EM 24 MESES! CHEGA DE BLÁ,BLÁ,BLÁ INGLÊS SEM INTERCÂMBIO NÃO DÁ! FAÇA INGLÊS NA GTB IDIOMAS & INTERCÃMBIOS E PARTICIPE DO PROGRAMA DE 15 DIAS DE INTERCÂMBIO NA IRLANDA - DUBLIN! 06 motivos para

Leia mais

FUNDO MONETÁRIO INTERNACIONAL UM PEQUENO RELATO HISTÓRICO E UMA GRANDE CRISE

FUNDO MONETÁRIO INTERNACIONAL UM PEQUENO RELATO HISTÓRICO E UMA GRANDE CRISE FUNDO MONETÁRIO INTERNACIONAL UM PEQUENO RELATO HISTÓRICO E UMA GRANDE CRISE Semí Cavalcante de Oliveira INTRODUÇÃO Em maio de 2011, o diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), o francês

Leia mais

A ORDEM HOSPITALEIRA DE S. JOÃO DE DEUS EM PORTUGAL. 1550 João de Deus faleceu em Granada, na Casa dos Pisa, Espanha, e 8 de Março.

A ORDEM HOSPITALEIRA DE S. JOÃO DE DEUS EM PORTUGAL. 1550 João de Deus faleceu em Granada, na Casa dos Pisa, Espanha, e 8 de Março. 1 História de S. João de Deus S. João de Deus história A ORDEM HOSPITALEIRA DE S. JOÃO DE DEUS EM PORTUGAL 1495 João Cidade Duarte nasceu em Montemor-o-Novo. 1550 João de Deus faleceu em Granada, na Casa

Leia mais

Apoios para as crianças abandonas e mal tratadas acolhidas na Casa Santa Isabel

Apoios para as crianças abandonas e mal tratadas acolhidas na Casa Santa Isabel Quem somos? Apoios para as crianças abandonas e mal tratadas acolhidas na Casa Santa Isabel Somos um grupo de alunos da Escola Secundária do Restelo, do 12.º A, tendo como professora a docente Isabel Diogo

Leia mais

OURIVESARIAS / JOALHARIAS / RELOJOARIA

OURIVESARIAS / JOALHARIAS / RELOJOARIA 0146 A AFINADORA, LDA Rua Barros Queiroz, 39, 2º Esq 0700 AFONSO III - JÓIAS, UNIPESSOAL, LDA. Av. Afonso III, 21, 3º Dtº 1900 LISBOA 0715 ALCÂNTARA JÓIA - OURIVESARIA E JOALHARIA, LDA Rua de Alcântara,

Leia mais

BREVE HISTÓRIA DO PAPEL MOEDA

BREVE HISTÓRIA DO PAPEL MOEDA BREVE HISTÓRIA DO PAPEL MOEDA A nível mundial, o primeiro papel moeda surgiu na China, no séc. VII, na dinastia Tang, para facilitar aos comerciantes o transporte de grandes quantidades de moeda de metal,

Leia mais

Torre de Belém Lisboa

Torre de Belém Lisboa Torre de Belém Lisboa 12 Torre de Belém APRESENTAÇÃO Construída entre 1514 e 1519, estrategicamente localizada no rio Tejo, para defender a barra, a Torre de Belém é um misto de torre medieval e de baluarte

Leia mais

PARA O SEU NEGÓCIO Feira do Empreendedor Maio/2014

PARA O SEU NEGÓCIO Feira do Empreendedor Maio/2014 PARA O SEU NEGÓCIO Feira do Empreendedor Maio/2014 1 MBA Gestão Empresarial Inteligência Competitiva Planejamento Estratégico Varejo Alta Renda Empresarial Ciência da Computação Pós Inteligência Competitiva

Leia mais

PROC. N. 5673/05 P.L.L. N. 0266/05 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS

PROC. N. 5673/05 P.L.L. N. 0266/05 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS Trazemos à consideração dos nobres Vereadores o presente Projeto de Lei para, com o apoio desta Casa, conceder o título honorífico de Cidadão Emérito de Porto Alegre ao Ministro Luiz

Leia mais

29 de Julho de 2013 Construção

29 de Julho de 2013 Construção Construção 29 de Julho de 2013 Revista de Imprensa 29-07-2013 1. (PT) - Diário Económico, 29/07/2013, Canal do Panamá elege Sines para porto europeu de destino prioritário 1 2. (PT) - i, 29/07/2013, Sector

Leia mais

PROGRAMA. TERÇA FEIRA, 6 Novembro 2012. RECEÇÃO AOS PARTICIPANTES Restaurante Ponte D Água Mindelo. QUARTA FEIRA, 7 Novembro 2012

PROGRAMA. TERÇA FEIRA, 6 Novembro 2012. RECEÇÃO AOS PARTICIPANTES Restaurante Ponte D Água Mindelo. QUARTA FEIRA, 7 Novembro 2012 PROGRAMA TERÇA FEIRA, 6 Novembro 2012 19H00 RECEÇÃO AOS PARTICIPANTES Restaurante Ponte D Água Mindelo QUARTA FEIRA, 7 Novembro 2012 07H00 09H00 10H00 EMBARQUE PARA STO ANTÃO RECEÇÃO DE BOAS-VINDAS À ILHA

Leia mais

O pacote de austeridade que Paulo Portas e Maria Luísa Albuquerque esconderam aos portugueses

O pacote de austeridade que Paulo Portas e Maria Luísa Albuquerque esconderam aos portugueses Federação Nacional dos Professores www.fenprof.pt O pacote de austeridade que Paulo Portas e Maria Luísa Albuquerque esconderam aos portugueses A conferência de imprensa realizada por Paulo Portas e pela

Leia mais

EVARISTO FERREIRA MENDES

EVARISTO FERREIRA MENDES EVARISTO FERREIRA MENDES FUNÇÃO Docente convidado Co-coordenador das pós-graduações em Direito Comercial e coordenador adjunto do Mestrado em Direito Empresarial CONTACTOS Tel. +351 217 214 170 Fax +351

Leia mais

#BANRIDICAS. Dicas para sair do buraco ou virar milionário

#BANRIDICAS. Dicas para sair do buraco ou virar milionário #BANRIDICAS Dicas para sair do buraco ou virar milionário #1 GASTE MENOS DO QUE VOCÊ GANHA O primeiro passo é ter noção do quanto você ganha e também do quanto você gasta. Para descobrir isso, nada melhor

Leia mais

Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas 10 de Junho de 2010

Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas 10 de Junho de 2010 INTERVENÇÃO DO SENHOR PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE OEIRAS Dr. Isaltino Afonso Morais Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas 10 de Junho de 2010 LOCAL: Figueirinha, Oeiras REALIZADO

Leia mais

Organização de uma viagem a Lisboa e arredores

Organização de uma viagem a Lisboa e arredores Duração da viagem 6 dias na Grande Lisboa + 2 dias de viagem (Vigo-Lisboa e Lisboa-Vigo). No total, 8 dias. Visitas obrigatórias - Sintra: Palácio da Pena. Visita a Sintra de 1 dia, no mínimo podem ir

Leia mais

GANHE R$50.000,00 POR MÊS!!

GANHE R$50.000,00 POR MÊS!! GANHE R$50.000,00 POR MÊS!! Incrivel método para ganhar esse dinheiro todo mês www.jrceducprof.com.br (65)3637-8918 www.joserobertocesario.com.br/ganhe50milreaispormes.htm PROJETO: Além do mais, com este

Leia mais

Por Daniel Favero (*) - 02 Nov 2011

Por Daniel Favero (*) - 02 Nov 2011 Por Daniel Favero (*) - 02 Nov 2011 Diferentemente do que se imagina, Dilma Rousseff não participou do maior roubo praticado por organizações de esquerda para financiar a luta armada contra a ditadura

Leia mais

AGENDA. DDCSCD Serviços da Biblioteca Municipal de Montalegre. Dezembro 2015. Ande o frio onde andar, no Natal cá vem parar.

AGENDA. DDCSCD Serviços da Biblioteca Municipal de Montalegre. Dezembro 2015. Ande o frio onde andar, no Natal cá vem parar. AGENDA DDCSCD Serviços da Biblioteca Municipal de Montalegre Dezembro 2015 Ande o frio onde andar, no Natal cá vem parar. AUTOR em Destaque Hans Christian Andersen. Biografia Hans Christian Andersen nasceu

Leia mais

Secretário de Segurança nega não ter atendido convocações na Alesp

Secretário de Segurança nega não ter atendido convocações na Alesp Clipping produzido pelo Instituto de Políticas Públicas de Segurança da Fundação Santo André INSEFUSA 12/05/2006 Secretário de Segurança nega não ter atendido convocações na Alesp Diário de São Paulo,

Leia mais

PATRIMÔNIO EM PROSA E VERSO: a correspondência de Rodrigo Melo Franco de Andrade para Augusto Meyer. Laura Regina Xavier

PATRIMÔNIO EM PROSA E VERSO: a correspondência de Rodrigo Melo Franco de Andrade para Augusto Meyer. Laura Regina Xavier PATRIMÔNIO EM PROSA E VERSO: a correspondência de Rodrigo Melo Franco de Andrade para Augusto Meyer Laura Regina Xavier Justificativa Escolhemos o tema Patrimônio, tendo em vista a nossa realidade profissional,

Leia mais

O legado de AGOSTINHO DA SILVA 15 anos após a sua morte i

O legado de AGOSTINHO DA SILVA 15 anos após a sua morte i O legado de AGOSTINHO DA SILVA 15 anos após a sua morte i LUÍS CARLOS SANTOS luis.santos@ese.ips.pt Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal 1- Agostinho da Silva, um adepto da Educação

Leia mais

Lumiar. Sporting Clube de Portugal. Avenida General Norton de Matos (2.ª Circular) Campo Grande. Jardim do Campo Grande. Estádio Universitário

Lumiar. Sporting Clube de Portugal. Avenida General Norton de Matos (2.ª Circular) Campo Grande. Jardim do Campo Grande. Estádio Universitário ORDEM E PROGRESSO Carnide Lumiar Aeroporto Internacional de Lisboa A1 Porto 315 km Madrid 503 km Moscavide Ponte Vasco da Gama A12 - IC32 -A2 Algarve (Faro) 259 km Luz Sport Lisboa e Benfica Telheiras

Leia mais

Guia do uso consciente do crédito. Dicas e informações para você usar o crédito sem perder o sono.

Guia do uso consciente do crédito. Dicas e informações para você usar o crédito sem perder o sono. Guia do uso consciente do crédito Dicas e informações para você usar o crédito sem perder o sono. Afinal, o que é crédito? O crédito é o meio que permite a compra de mercadorias, serviços ou obtenção e

Leia mais

ANGOLA, PAÍS DO FUTURO

ANGOLA, PAÍS DO FUTURO ANGOLA, PAÍS DO FUTURO VENHA DESCOBRIR AS SUAS OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS Lisboa, 14 de Abril de 2009 Porto, 16 de Abril de 2009 Com o apoio técnico e jurídico de : SEMINÁRIO E MESAS REDONDAS Angola, 14,5

Leia mais

Guias do Al-Anon G-27

Guias do Al-Anon G-27 Guias do Al-Anon G-27 PARA UMA REUNIÃO ABERTA DE INFORMAÇÃO AO PÚBLICO Muitos Grupos realizam reuniões abertas de Informação ao Público para comemorar o aniversário do Grupo. Outros, realizam reuniões

Leia mais

Fundador da Comunidade Judaica do Porto

Fundador da Comunidade Judaica do Porto Fundador da Comunidade Judaica do Porto Arthur Carlos de Barros Bastos nasceu a 18 de Dezembro de 1887 em Amarante e faleceu no Porto a 8 de Março de 1961. Foi um militar de carreira, mas também um escritor

Leia mais

www.pwc.pt Room to grow European cities hotel forecast 2014 César Gonçalves Susana Benjamim 19 março 2014

www.pwc.pt Room to grow European cities hotel forecast 2014 César Gonçalves Susana Benjamim 19 março 2014 www.pwc.pt Room to grow European cities hotel forecast 2014 César Gonçalves Susana Benjamim 19 março 2014 Introdução 3ª edição do European cities hotel forecast; enquadrada pela 2ª vez; Colaboração da

Leia mais

Educação Financeira PASSATEMPOS. O Paraná Banco traz o assunto de forma divertida para você BOM PRA CABEÇA. Diretox Dominox caça-palavra

Educação Financeira PASSATEMPOS. O Paraná Banco traz o assunto de forma divertida para você BOM PRA CABEÇA. Diretox Dominox caça-palavra Educação Financeira O Paraná Banco traz o assunto de forma divertida para você BOM PRA CABEÇA PASSATEMPOS Diretox Dominox caça-palavra 2 O Paraná Banco propõe um desafio consciente a você! O Paraná Banco,

Leia mais

Acompanhamento Espiritual e Religioso em Cuidados Paliativos

Acompanhamento Espiritual e Religioso em Cuidados Paliativos Seminário O sabor do dióspiro Acompanhamento Espiritual e Religioso em Cuidados Paliativos Fátima, Domus Carmeli - 26 a 28 Novembro 2013 O Sabor do Dióspiro: o dióspiro é um fruto belo, do outono, que

Leia mais

Alfredo de Almeida Russell

Alfredo de Almeida Russell Diretoria-Geral de Comunicação e de Difusão do Conhecimento Acervo do Museu da Justiça Alfredo de Almeida Russell Natural da cidade do Rio de Janeiro, nasceu em 3 de agosto de 1875. Estudou no Colégio

Leia mais

AS INVASÕES FRANCESAS

AS INVASÕES FRANCESAS AS INVASÕES FRANCESAS 2ª invasão 1612 Maranhão Fundação da França Equinocial e a Cidade de São Luís Comandante Daniel de La Touche Obs: esse período Portugal passava para domínio espanhol 1ª invasão Rio

Leia mais

Portugal Wine Expert 2012

Portugal Wine Expert 2012 Portugal Wine Expert 2012 Em sua 5ª edição, concurso apresenta sua programação em paralelo com feira de vinhos Profissionais da enogastronomia, sobretudo sommeliers e restaurateurs do eixo São Paulo e

Leia mais

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar.

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Guia do uso consciente do crédito O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Afinal, o que é crédito? O crédito é o meio que permite a compra de mercadorias, serviços

Leia mais

OLIMPÍADAS NACIONAIS DE BIOLOGIA

OLIMPÍADAS NACIONAIS DE BIOLOGIA OLIMPÍADAS NACIONAIS DE BIOLOGIA OLIMPÍADAS DE BIOLOGIA 2012 Olimpíadas de Biologia uma longa história num curto período As Olimpíadas Nacionais de Biologia eram um sonho antigo, que foi tornado realidade

Leia mais

VISITA DE PRESCRITORES À REGIÃO DA BEIRA INTERIOR

VISITA DE PRESCRITORES À REGIÃO DA BEIRA INTERIOR VISITA DE PRESCRITORES À REGIÃO DA BEIRA INTERIOR VISITA DE PRESCRITORES À REGIÃO DA BEIRA INTERIOR À convite do NERGA Associação Empresarial da Região da Guarda e NERCAB Associação Empresarial de Castelo

Leia mais

PORTUGAL. ASSI FICADO OCUMENTOS SECRETOS NORTE- A M E RiM#0

PORTUGAL. ASSI FICADO OCUMENTOS SECRETOS NORTE- A M E RiM#0 PORTUGAL ASSI FICADO OCUMENTOS SECRETOS NORTE- A M E RiM#0 ÍNDICE PREFÁCIO 7 INTRODUÇÃO 11 1. KISSINGER E O 25 DE ABRIL «Como diabo íamos nós conseguir prever o golpe?» 15 Kissinger: Por que diabo tínhamos

Leia mais

E já surgia vitoriosa! Pois todos os vetos de Goulart foram rejeitados.

E já surgia vitoriosa! Pois todos os vetos de Goulart foram rejeitados. Senhoras e senhores Companheiros da Radiodifusão, É para mim e para todos os meus colegas da ABERT uma enorme alegria e uma honra receber tantos amigos e presenças ilustres nesta noite em que comemoramos

Leia mais

Discurso da Presidente da Comissão Organizadora das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, Profª Doutora Elvira

Discurso da Presidente da Comissão Organizadora das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, Profª Doutora Elvira Discurso da Presidente da Comissão Organizadora das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, Profª Doutora Elvira Fortunato Lamego, 10 de Junho de 2015 Senhor Presidente

Leia mais

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS 1945 Nasceu em Leiria. Curso de Pintura da Escola de Belas Artes de Lisboa. Frequentou o curso de Arquitectura de Belas Artes do Porto. EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS 2014 O Motim, Casa do Infante, Porto. Altar

Leia mais

EQUIPAS DE JOVENS DE NOSSA SENHORA O PAPEL DO CASAL ASSISTENTE

EQUIPAS DE JOVENS DE NOSSA SENHORA O PAPEL DO CASAL ASSISTENTE EQUIPAS DE JOVENS DE NOSSA SENHORA O PAPEL DO CASAL ASSISTENTE A experiência de um casal cristão que acompanha a equipa traz aos seus membros uma riqueza complementar à que caracteriza a presença do padre.

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE AS ATIVIDADES REALIZADAS NO ANO LETIVO 2014/15 NO ÂMBITO DOS OBJETIVOS DA GLOBAL COMPACT

RELATÓRIO SOBRE AS ATIVIDADES REALIZADAS NO ANO LETIVO 2014/15 NO ÂMBITO DOS OBJETIVOS DA GLOBAL COMPACT RELATÓRIO SOBRE AS ATIVIDADES REALIZADAS NO ANO LETIVO 2014/15 NO ÂMBITO DOS OBJETIVOS DA GLOBAL COMPACT Objetivos gerais: Promover os valores fundamentais nas áreas de direitos humanos, direito do trabalho,

Leia mais

ATUALIDADES. Top Atualidades Semanal DESTAQUE PROFESSOR MARCOS JOSÉ SEMANA 16 A 22 DE JUNHO. Material: Raquel Basilone SEMANA 16 A 22 DE JUNHO

ATUALIDADES. Top Atualidades Semanal DESTAQUE PROFESSOR MARCOS JOSÉ SEMANA 16 A 22 DE JUNHO. Material: Raquel Basilone SEMANA 16 A 22 DE JUNHO Bloqueio frustra visita de Aécio à Venezuela Em encíclica, papa responsabiliza ricos por problemas ambientais ATUALIDADES PROFESSOR MARCOS JOSÉ Material: Raquel Basilone Homem branco abre fogo e mata 9

Leia mais

Transalpino - Viagens & Turismo, Lda. Av. Guerra Junqueiro, 28 C - 1000-167 Lisboa Tel. 21 843 64 40 Fax. 21 846 42 35 Alvará Op 411 / 83

Transalpino - Viagens & Turismo, Lda. Av. Guerra Junqueiro, 28 C - 1000-167 Lisboa Tel. 21 843 64 40 Fax. 21 846 42 35 Alvará Op 411 / 83 ITINERÁRIO DE VIAGEM 1º Dia 14 Outubro 2011 Lisboa / Porto 07h30 - Saída em autocarro em direcção ao Porto. Paragem na estação de serviço Mealhada (15 minutos). Chegada ao Porto pelas 11h00. Visita do

Leia mais

CENTRO CULTURAL DE BELÉM. PALESTRAS SOBRE HISTÓRIA DE PORTUGAL Janeiro Março de 2015. Segunda Parte Época Moderna

CENTRO CULTURAL DE BELÉM. PALESTRAS SOBRE HISTÓRIA DE PORTUGAL Janeiro Março de 2015. Segunda Parte Época Moderna CENTRO CULTURAL DE BELÉM PALESTRAS SOBRE HISTÓRIA DE PORTUGAL Janeiro Março de 2015 Segunda Parte Época Moderna Nuno Gonçalo Monteiro Instituto de Ciências Sociais Universidade de Lisboa Quarta Sessão

Leia mais

PAULO OLAVO CUNHA FUNÇÃO

PAULO OLAVO CUNHA FUNÇÃO PAULO OLAVO CUNHA FUNÇÃO Professor Auxiliar Coordenador do Mestrado em Direito Empresarial e co-coordenador da Pós-Graduação em Direito das Sociedades Comerciais CONTACTOS Tel. +351 217 214 170 / +351

Leia mais

I REUNIÃO DE MINISTROS DA ENERGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Cascais, 23 de junho de 2015. Declaração de Cascais

I REUNIÃO DE MINISTROS DA ENERGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA. Cascais, 23 de junho de 2015. Declaração de Cascais I REUNIÃO DE MINISTROS DA ENERGIA DA COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA Cascais, 23 de junho de 2015 Declaração de Cascais Os Ministros responsáveis pela Energia da Comunidade dos Países de Língua

Leia mais

ISTOÉ Independente - versão para impressão

ISTOÉ Independente - versão para impressão ISTOÉ - Independente Imprimir Comportamento Edição: 2318 25.Abr.14-20:50 Atualizado em 24.Mai.14-10:19 A briga pela fortuna Maksoud Acusações de maus- tratos com registros policiais, uso abusivo de medicamentos

Leia mais

200 Opportunities to Discover PORTUGUESE. www.second-language-now.com

200 Opportunities to Discover PORTUGUESE. www.second-language-now.com BASIC QUESTIONS 200 Opportunities to Discover PORTUGUESE Basic Questions - Portuguese TABLE OF CONTENTS 1. SABE?...3 2. COMO?...4 3. QUANTO TEMPO?...5 4. QUANTOS?...6 5. QUANTO?...7 6. COM QUE FREQUÊNCIA?...8

Leia mais

MORTE DO ÍNDIO OZIEL GABRIEL: UMA TRAGÉDIA ANUNCIADA. Senhor Presidente,

MORTE DO ÍNDIO OZIEL GABRIEL: UMA TRAGÉDIA ANUNCIADA. Senhor Presidente, ** Discurso proferido pelo deputado GERALDO RESENDE (PMDB/MS), em sessão no dia 05/06/2013. MORTE DO ÍNDIO OZIEL GABRIEL: UMA TRAGÉDIA ANUNCIADA Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, No dia

Leia mais

Crises na Colônia Portuguesa e a Chegada da Família Real. Prof.ª viviane jordão

Crises na Colônia Portuguesa e a Chegada da Família Real. Prof.ª viviane jordão Crises na Colônia Portuguesa e a Chegada da Família Real Prof.ª viviane jordão INTRODUÇÃO Na segunda metade do século XVIII, novas ideias começaram a se difundir pela América portuguesa. Vindas da Europa,

Leia mais

Para as Vítimas de Crime

Para as Vítimas de Crime Para as Vítimas de Crime Através deste documento, explicaremos a sequência da investigação e do julgamento e o sistema que a vítima poderá utilizar. Será uma satisfação poder ajudar a amenizar os sofrimentos

Leia mais

Para auxiliar o planejamento estruturado da metodologia de realização do BRASIL TRADE, os seguintes pontos de reflexão estratégica foram observados:

Para auxiliar o planejamento estruturado da metodologia de realização do BRASIL TRADE, os seguintes pontos de reflexão estratégica foram observados: COMO FIZEMOS O BRASIL TRADE ORIENTE MÉDIO O BRASIL TRADE é a ação de promoção de negócios do Projeto Tradings composta por rodadas de negócio entre tradings e comerciais exportadoras brasileiras e compradores

Leia mais

Quatro dias no mar alto a bordo da Caravela Vera Cruz

Quatro dias no mar alto a bordo da Caravela Vera Cruz Quatro dias no mar alto a bordo da Caravela Vera Cruz Viagem de lançamento do veleiro WEST - 6-9 junho 2015 Projeto A ponte entre a escola e a Ciência Azul Ricardo Estevens, ES 2/3 Anselmo de Andrade,

Leia mais

Segunda-feira. Sessão de Abertura e Jantar de Boas- Vindas oferecido pela Prefeitura da cidade de Búzios.

Segunda-feira. Sessão de Abertura e Jantar de Boas- Vindas oferecido pela Prefeitura da cidade de Búzios. www.apavtnet.pt PROGRAMA DO CONGRESSO 01DEZ 02DEZ 03DEZ 04DEZ 05DEZ Sábado Chegada dos Congressistas à cidade de acolhimento do Congresso. Transfer para os hotéis. Entrega da pasta de Congressista no Welcome

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS DA UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA

FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS DA UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS DA UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA DA ARTE LICENCIATURA E MESTRADO EM HISTÓRIA DA ARTE DOCENTE: PROFESSOR DOUTOR CARLOS MOURA VIAGEM A MADRID:

Leia mais

República dominicana A DOMINICANA É A REPÚBLICA DAS CORES, UM PAÍS DE INESGOTÁVEIS ATRAÇÕES!

República dominicana A DOMINICANA É A REPÚBLICA DAS CORES, UM PAÍS DE INESGOTÁVEIS ATRAÇÕES! INVESTIR NA REPÚBLICA DOMINICANA MISSÃO EMPRESARIAL SETEMBRO 2014 República dominicana A DOMINICANA É A REPÚBLICA DAS CORES, UM PAÍS DE INESGOTÁVEIS ATRAÇÕES! A República Dominicana é conhecida pelas praias,

Leia mais

Resumo de Imprensa. Quarta-feira, dia 30 de Janeiro de 2008

Resumo de Imprensa. Quarta-feira, dia 30 de Janeiro de 2008 Resumo de Imprensa Quarta-feira, dia 30 de Janeiro de 2008 DIÁRIO ECONÓMICO 1. Exportações para Angola atingem valores recorde (págs.1, 12 e 13) As empresas portuguesas já vendem quase tanto para aquele

Leia mais

2013/2016, REALIZADA NA CÂMARA MUNICIPAL DE MURIAÉ, EDIFÍCIO MANUEL CORRÊA DO PRADO, SITUADA À PRAÇA CORONEL PACHECO DE MEDEIROS, S

2013/2016, REALIZADA NA CÂMARA MUNICIPAL DE MURIAÉ, EDIFÍCIO MANUEL CORRÊA DO PRADO, SITUADA À PRAÇA CORONEL PACHECO DE MEDEIROS, S ATA DA 9 a REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA 2ª SESSÃO LEGISLATIVA DA 33 a LEGISLATURA, 2013/2016, REALIZADA NA CÂMARA MUNICIPAL DE MURIAÉ, EDIFÍCIO MANUEL CORRÊA DO PRADO, SITUADA À PRAÇA CORONEL PACHECO DE MEDEIROS,

Leia mais

9 o 25b 00n 39 o 41b 10n 9 o 25b 00n 38 o 40b 40n 9 o 16b 50n 38 o 34b 50n. 9 o 12b 00n 38 o 24b 30n

9 o 25b 00n 39 o 41b 10n 9 o 25b 00n 38 o 40b 40n 9 o 16b 50n 38 o 34b 50n. 9 o 12b 00n 38 o 24b 30n N. o 213 14 de Setembro de 2002 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B 6441 3. o A eficácia da concessão está dependente de prévia sinalização, de acordo com as condições definidas nas Portarias n. os 1103/2000

Leia mais

Sistemas de gestão em confronto no SNS Pág. 1

Sistemas de gestão em confronto no SNS Pág. 1 Sistemas de gestão em confronto no SNS Pág. 1 OS QUATRO SISTEMAS DE GESTÃO ACTUALMENTE EM CONFRONTO NO ÂMBITO SERVIÇO NACIONAL DE SAÚDE (SNS) E O PROGRAMA DO PS PARA A SAÚDE RESUMO DESTE ESTUDO Neste momento

Leia mais