Percepções sobre Saneamento Básico

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Percepções sobre Saneamento Básico"

Transcrição

1 Percepções sobre Saneamento Básico

2 Metodologia e Amostra Objetivo Geral Levantar entre os responsáveis por domicílios suas percepções sobre saneamento básico, principalmente sobre a área de esgoto. Universo População com 18 anos ou mais, residente em municípios brasileiros com mais de 300 mil habitantes. Período de Campo De 21 a 29 de junho de 2009 Amostra Representativa das 79 cidades com mais de 300 mil habitantes. Foram realizadas 1008 entrevistas no total. Margem de Erro A margem de erro é de 3 pontos percentuais considerando nível de confiança de 95%. 2

3 Considerações Metodológicas - Definição de termos utilizados na pesquisa - Porte das cidades Até 500 mil habitantes: menor porte De 500 mil a 1 milhão: médio porte Mais de 1 milhão: grande porte Condição do Município Capitais Periferia (cidades da Região Metropolitana) Interior Regiões Os resultados por regiões são representativos das 79 cidades com mais de 300 mil habitantes e não representam a situação das regiões do país como um todo. 3

4 Perfil da amostra Sexo Idade Masculino Feminino e mais Grau de Instrução Classe Social Fundamental Médio Superior A/B C D/E 4

5 Perfil da amostra Renda Familiar Região % Nordeste Até 1 SM 1 a 2 SM 2 a 5 SM Mais de 5 SM Não sabe/ Não respondeu 13% Norte/ Centro-Oeste Sudeste 58% Sul 10% 5

6 Cidades com mais de 300 mil habitantes que fizeram parte da amostra UF Município UF Município AM Manaus RJ São Gonçalo PA Belém RJ São João de Meriti PA Ananindeua RJ Campos dos Goytacazes AL Maceió SP São Paulo BA Salvador SP Diadema BA Feira de Santana SP Guarulhos BA Vitória da Conquista SP Itaquaquecetuba CE Fortaleza SP Moji das Cruzes CE Caucaia SP Osasco MA São Luís SP Santo André PB João Pessoa SP São Bernardo do Campo PB Campina Grande SP Santos PE Recife SP São Vicente PE Jaboatão dos Guararapes SP São José dos Campos PE Paulista SP Sorocaba PE Olinda SP Campinas PI Teresina SP Jundiaí RN Natal SP Piracicaba SE Aracaju SP Bauru ES Vitória SP Ribeirão Preto ES Serra SP São José do Rio Preto ES Vila Velha PR Curitiba MG Belo Horizonte PR Londrina MG Contagem PR Maringá MG Ribeirão das Neves PR Foz do Iguaçu MG Montes Claros RS Porto Alegre MG Uberlândia RS Canoas MG Juiz de Fora RS Caxias do Sul RJ Rio de Janeiro SC Joinville RJ Belford Roxo DF Brasília RJ Duque de Caxias GO Goiânia RJ Niterói GO Anápolis RJ Nova Iguaçu MS Campo Grande MT Cuiabá 6

7 Inscrição em Programas Sociais Bolsa Família Bolsa Escola Outros com menos de 1% Chega a quase 1/5 (17%) o total de beneficiários de programas sociais. No Nordeste 1/3 dos entrevistados estão inscritos em alguma programa (percentual do Bolsa Família duplica: 27%). Não recebe nenhum benefício 74 Não sabe / Não respondeu 8 P53) Você ou alguém da sua residência está inscrito em alguns dos seguintes programas? 7

8

9 Composição do domicílio Média de pessoas 3,7 Média dos que trabalham 1,9 6% dos domicílios têm crianças menores de 1 ano 1/3 dos domicílios têm crianças de 1 e 5 anos 31% têm crianças com idade entre 6 e 12 anos P01) Contando você, quantas pessoas moram aqui na sua residência? / P02) E quantas dessas pessoas são crianças menores de um ano (0 a 11 meses)? / P03) E quantas são crianças de 01 a 05 anos? / P04) E quantas são crianças de 06 anos a 12 anos? / P05) Considerando todas as pessoas que moram na sua casa, inclusive você, quantas trabalham? E quantas trabalham com carteira assinada? E quantas trabalham sem carteira assinada? 9

10 Infraestrutura do domicílio Escoamento sanitário REDE PÚBLICA (Rede geral de esgoto ou pluvial) 77 Cidades do Sul 87% Cidades do Sudeste 84% OUTROS/ NÃO COLETADO 20 Fossa séptica 10 Fossa rudimentar Vala 3 3 Praticamente 1 em cada 5 domicílios declara que não está ligado à rede pública. Direto no rio Direto no mar 2 1 Os índices são maiores principalmente nas cidades da região Nordeste (56% estão ligados) e de médio porte (68% estão ligados). Não sabe 3 Nota-se, ainda, que quanto menor é a renda, a escolaridade e a classe social do entrevistado, menor é o percentual dos que estão ligados à rede. P17) Vou fazer uma pergunta exatamente como é feita pelo IBGE. O escoadouro do banheiro ou sanitário é ligado a: 10

11 Infraestrutura do domicílio Outros fatores 12% dos domicílios não estão em condições de ideais (8% são de alvenaria sem acabamento e 3% são de madeira ou materiais precários). 22% moram em rua sem asfalto (nas cidades do NE são 60%) 42% residem próximo a um córrego (20%) ou têm esgoto a céu aberto (22%) P17) Vou fazer uma pergunta exatamente como é feita pelo IBGE. O escoadouro do banheiro ou sanitário é ligado a: 11

12 Pagaria para estar ligado à rede... Média R$ 44,40 Até R$10,00 9 Mais de R$10,00 a R$30,00 Mais de R$30, Quase metade dos entrevistados não pagaria para ter o escoamento ligado à rede. Nada/ Não está disposto a pagar pelo serviço 41 A média de gastos, dentre os que se disporiam a pagar, é de R$ 44,40 Não sabe / Não respondeu 27 Base: Para quem não tem esgoto ligado (197) P18) Quando você estaria disposto a gastar para ligar o seu esgoto à rede pública? 12

13 Coleta de esgoto do domicílio CONCEITO APRESENTADO AOS ENTREVISTADOS COLETA DO ESGOTO: ESGOTO QUE SAI DAS CASAS E VAI PARA A REDE PÚBLICA. TRATAMENTO DO ESGOTO: PROCESSO DE DESCONTAMINAÇÃO DO ESGOTO QUE SAI DAS CASAS E É COLETADO PELA REDE PÚBLICA PARA QUE VOLTE LIMPA PARA O MEIO AMBIENTE Após a explicação do conceito o número de domicílios ligados à rede coletora sofre ligeira diminuição (passa de 77% para 74%). É coletado Não é coletado Não sabe P19) Pensando no conceito de coleta de esgoto que acabei de citar, o(a) sr(a) diria que o esgoto da sua casa é ou não é coletado pela rede pública? 13

14 Pagamento da tarifa de esgoto Paga tarifa de esgoto 65 71% considerando os edifícios e condomínios Não paga tarifa de esgoto 11 Cidades do Nordeste 28% Cidades de porte médio 17% Favelas 16% Edifício/ Condomínio 6 Não recebe conta de água/ Isento 9 Não sabe se paga tarifa de esgoto 8 Periferia 19% Cidades de porte médio 13% Pouco mais de 2/3, declara pagar a tarifa de esgoto na conta de água. P47) Em todas as regiões onde existe rede de esgoto, no valor da conta de água já vem cobrado uma tarifa pelo serviço de esgoto. Essa tarifa pode ser de até 80% do valor total da conta. O seu domicílio paga essa tarifa de esgoto que vêm na conta de água? 14

15 Opinião sobre o valor da conta de água O valor que cobram é caro em relação à qualidade do serviço prestado 50 Cidades do Norte/ Centro-Oeste 72% Interior 56% Renda Fam. entre 2 e 5 SM 55% O valor que cobram é adequado em relação à qualidade do serviço prestado 26 O valor que cobram é barato em relação à qualidade do serviço prestado 2 Edifício/Condomínio 6 Não recebe conta de água/ Isento 9 Não sabe / Não respondeu 5 Para metade dos entrevistados, valor da conta de água é caro em relação ao serviço que recebem. 15 P48) Em sua opinião, pensando no valor da sua conta de água, independentemente de ter ou não a tarifa do esgoto, o(a) sr(a) diria que:

16 Situações que costumam ocorrer no domicílio 18% Ocorre sempre/ De vem em quando Refluxos / retorno do esgoto nos ralos, pias ou sanitário Cheiros desagradáveis associados ao esgoto % Cidades do Sul 25% Menor renda familiar 25% Periferia 23% Cidades do Nordeste 22% Cidades do Nordeste 44% Não ligados à rede pública 44% Menor renda familiar 44% Cidades do Sul 40% Favelas 40% Inundações / enchentes quando chove 17% Não ligados à rede pública 26% Menor renda familiar 24% Cidades do Nordeste 22% Costuma ocorrer sempre Costuma ocorrer de vez em quando Costuma ocorrer raramente Não costuma ocorrer Não sabe / Não respondeu Quase 1/5 sofre com problemas de refluxo, praticamente a mesma quantidade que aponta problemas com enchentes e inundações. O mal cheiro dos esgotos afeta uma proporção maior, sendo apontado por mais de 1/3 dos domicílios pesquisados. P49) Dentre as situações que eu citar, por favor me diga se elas costumam ou não ocorrer na sua residência: 16

17 Opinião sobre a qualidade de vida Muito boa / boa 58 Nem boa, nem ruim 35 Muito ruim/ Ruim 6 Menor renda 12% Favela 10% Apenas pouco mais da metade considera a qualidade de vida boa ou muito boa. P06) E, de uma maneira geral o(a) sr(a) considera que a sua qualidade de vida é: 17

18

19 Áreas mais problemáticas Total Total Saúde 49 Segurança 46 Drogas 40 Educação 28 Emprego 27 Calçamento e pavimentação 11 Limpeza pública 11 Esgoto 10 Abastecimento de água 9 Transporte coletivo 9 Habitação 8 Lazer 8 Trânsito 8 Assistência social 6 Iluminação pública 6 Coleta de lixo 4 Meio ambiente 3 Ocupação desordenada 3 Crescimento da população 2 Nenhuma destas 1 Esgoto + Limpeza Pública + Coleta de Lixo + Abastecimento de água somam 35% das respostas O esgoto é a 7ª área de maior problema, sendo mais citado entre: - os que não estão ligados à rede (22%) - os moradores das favelas (17%) - das cidades de médio porte (16%) - das periferias (15%) - de cidades nordestinas (14%) Os que estão ligados à rede apresentam índices similares ao total da amostra. P07) Na sua opinião, em qual destas áreas sua cidade está tendo maiores problemas? E em segundo lugar? E em terceiro lugar? 19

20 Tema que levou em conta para escolher um candidato no ano passado Total Saúde 19 Educação 10 Segurança 10 Emprego 8 Calçamento e pavimentação 5 Drogas 3 Habitação 3 Esgoto 2 Abastecimento de água 1 Assistência social 1 Lazer 1 Limpeza pública 1 Trânsito 1 Transporte coletivo 1 Nenhuma destas 17 Não votou/ Não vota 11 Não sabe / Não respondeu 4 Esgoto não foi um tema relevante para a escolha de um candidato mesmo entre os que declaram não possuir escoadouro ligado á rede pública. P08) No ano passado nós tivemos eleição para prefeito. Qual desses temas o(a) sr(a) mais levou em conta na hora de escolher seu candidato a prefeito nas eleições do ano passado? 20

21 Áreas mais problemáticas frente ao tema que levou em conta na eleição passado Maiores problemas Total Tema que mais levou em conta (1008) Saúde Segurança Drogas 40 3 Educação Emprego 27 8 Calçamento e pavimentação 11 5 Limpeza pública 11 1 Esgoto 10 2 Abastecimento de água 9 1 Transporte coletivo 9 1 Habitação 8 3 Lazer 8 1 Trânsito 8 1 Assistência social 6 1 Iluminação pública 6 - Coleta de lixo 4 - Meio ambiente 3 - Ocupação desordenada 3 - Crescimento da população 2 - Nenhuma destas 1 17 Não votou/ Não vota - 11 Não sabe / Não respondeu

22 Os candidatos e a questão do esgoto nas últimas eleições Periferia 68% Cidades Norte/Centro-Oeste 67% Não ligados à rede geral 67% 9 Se mostraram preocupados Não se mostraram preocupados Não sabe / Não respondeu Para a maioria dos entrevistados, os serviços de esgoto não foram uma preocupação dos candidatos a prefeito em P32) Pensando nas eleições municipais que ocorreram no ano passado e nas promessas de campanha dos candidatos a prefeito, você diria que os candidatos se mostraram preocupados ou não se mostraram preocupados com os serviços de coleta e tratamento do esgoto? 22

23 Grau de importância de alguns serviços (soma das menções muito importante/importante ) 100% 99% 99% SAÚDE EDUCAÇÃO SEGURANÇA PÚBLICA 98% 99% 99% SANEAMENTO BÁSICO COLETA DO ESGOTO TRATAMENTO DO ESGOTO Saneamento Básico, coleta e tratamento de esgoto são considerados tão importantes quanto as demais áreas avaliadas. P09) E para o(a) sr(a) o serviço na área de (CITE SERVIÇO) é muito importante, importante, pouco importante ou nada importante?. P21) Agora pensando em você e na sua família, o(a) sr(a) diria que o serviço de coleta do esgoto é: P24) Pensando agora em tratamento do esgoto, para você e sua família esse tipo de serviço é: 23

24 Grau de importância de alguns serviços (percentuais de muito importante) 91% 87% 85% SAÚDE SEGURANÇA PÚBLICA EDUCAÇÃO Sem ligação (71%) Periferia (70%) Nordeste (69%) Favela (64%) 75% 70% SANEAMENTO BÁSICO Sul (87%) Mais ricos (81%) COLETA DO ESGOTO Mais pobres (60%) Periferia (63%) Sem ligação (59%) Favela (59%) Nordeste (54%) Médio Porte (54%) Mais ricos (90%) Sul (82%) Interior (75%) Grande Porte (75%) 70% TRATAMENTO DO ESGOTO Nordeste (57%) Periferia (66%) Médio Porte (57%) Sem ligação (61%) Favela (57%) Mais pobres (56%) Mais ricos (88%) Sul (81%) Interior (81%) Considerando apenas os percentuais de muito importante, observa-se diferenças significativas entre os serviços avaliados. 24

25 Deve receber mais atenção Ambos Segurança Saneamento 12 Ambos Desemprego Saneamento Ambos Educação Saneamento 76 5 Ambos Saúde Saneamento Apesar de ser considerado tão importante quanto outras áreas, Saneamento ainda não é visto como uma área que mereça a mesma atenção. Segundo os entrevistados, outras áreas, mesmo que diretamente ligadas à oferta de saneamento, como a saúde, devem ser priorizadas pela administração municipal. P10) Pensando nesta cidade de modo geral, na sua opinião, a Prefeitura deve dar mais atenção à área de: 25

26

27 O que é Saneamento Básico? Serviços de esgoto 54% Serviços de água 28% Coleta de Lixo 15% Limpeza Pública 14% Saneamento Básico Pavimentação Reformas de calçadas 8% Limpeza/Despoluição de rios e córregos 5% 31% não sabe Saúde 3% Saneamento Básico é principalmente sinônimo de serviços de esgoto, de água, de coleta de lixo e limpeza pública. Um terço dos entrevistados não sabe responder. P11) Pelo que o(a) sr(a) sabe, ainda que de ouvir falar, o que é SANEAMENTO BÁSICO? 27

28 O que é Saneamento Básico? (5 respostas mais citadas por região) 1ª 2ª 3ª 4ª 5ª Total da amostra Esgoto Água Lixo Limpeza Pública Pavimentação de calçadas Norte/Centro-Oeste Esgoto Água Limpeza Pública Pavimentação de calçadas e Coleta de Lixo Iluminação Pública Nordeste Esgoto Limpeza Pública Água Pavimentação de calçadas e Coleta de Lixo Limpeza de bueiros Sudeste Esgoto Água Lixo Limpeza Pública Pavimentação de calçadas Sul Esgoto Água Lixo Limpeza Pública Pavimentação de calçadas P11) Pelo que o(a) sr(a) sabe, ainda que de ouvir falar, o que é SANEAMENTO BÁSICO? 28

29 Principal responsável pelo Saneamento Governo Federal 4 Governo Estadual/Estado 16 Cidades do Norte/Centro-Oeste 21% Mais ricos 20% Governo Municipal/Prefeitura 68 Empresas privadas 4 Não sabe/ Não lembra 9 Apesar da maioria dos entrevistados entender que a administração municipal é a responsável pelos serviços de Saneamento Básico, quase 1/5 credita ao Governo Estadual a responsabilidade por esta área. P12) E pelo que o(a) sr(a) sabe, ainda que de ouvir falar, qual desses é o principal responsável pelos serviços da área de SANEAMENTO BÁSICO? 29

30 Presença de serviços de Saneamento na região Não Existe Existe Não sabe/ Não respondeu 2 Coleta de lixo 98-4 Abastecimento de água 96-9 Água tratada Coleta do esgoto Retirada de entulhos das ruas Tratamento do esgoto Limpeza de bueiros 53 7 Para um quarto dos entrevistados região onde mora não tem coleta de esgoto e 1/3 não conta com tratamento do esgoto. P13) E quais desses tipos de serviços de SANEAMENTO BÀSICO que eu vou citar existem aqui na sua região? 30

31 Serviços de Saneamento mais urgentes Limpeza de bueiros/ Boca de lobo 21 Coleta do esgoto Retirada de entulhos das ruas e áreas abandonadas Canalização de córregos Não ligados à rede 37% Cidades do Nordeste 28% Cidades do N/CO 23% Cidades de médio porte 23% Favela 19% Coleta de lixo 12 Prevenção de enchentes 12 Tratamento do esgoto Aterros sanitários/ lixões 6 10 Cidades do Sul 17% Cidades do Nordeste 15% Favela 15% Não ligados à rede 14% Estações de tratamento de água 5 Abastecimento de água 4 Pavimentação/ reforma de ruas/ calçadas 3 Limpeza pública Não/ Nenhum Não sabe / Não respondeu Dentre os que têm escoadouro ligado à rede pública não observa-se diferença significativa em relação aos resultados do total da amostra. P14) E que tipo de serviços da área de SANEAMENTO BÁSICO mais urgentes a Prefeitura não oferece ou deveria melhorar? 31

32 Ranking de importância dos serviços de primeira necessidade 90% 53% 53% Luz 72% Água 1º lugar Esgoto 2º lugar Telefone 3º lugar 4º lugar Considerado o terceiro serviço de maior importância dentre os pesquisados, só é mais importante que o serviço de telefonia. P15) Dessa lista de serviços de primeira necessidade qual o(a) sr(a) considera mais importante? E em segundo lugar? E em terceiro lugar? E em quarto lugar? 32

33 Avaliação de serviços diversos Fornecimento de Luz 8,5 Cidades do N/CO 8,3 Periferia 8,3 Não ligados à rede 8,3 Favelas 8,1 Mais pobres 8,2 Abastecimento de Água 7,9 Cidades do N/CO 7,2 Periferia 6,9 Não ligados à rede 7,2 Favelas 7,3 Mais pobres 7,5 Telefonia Celular 7,1 Cidades do Sudeste 7,0 Interior 6,7 Mais ricos 6,9 Favelas 6,9 Nota 00 a 10 Telefonia Fixa 7,2 Cidades do N/CO 6,9 Interior 6,7 Cidades de pequeno porte 7,1 Favelas 7,0 Não ligados à rede 7,0 Mais pobres 6,7 Os serviços recebem notas positivas, com destaque para o fornecimento de energia elétrica. Analisando os dados entre os segmentos, percebe-se em quase todos os serviços que quanto mais crítica é a situação social do entrevistado pior é nota que atribui (sempre abaixo da média do total da amostra). P16) Agora para cada serviço que eu vou citar, gostaria que o(a) sr(a) o avaliasse dando uma nota de 0 a 10. Que nota o(a) sr(a) dá para o serviço de: 33

34 Avaliação de serviços de Saneamento Prefeitura de modo geral 6,3 Coleta de lixo 8,0 Tratamento de água 7,6 Coleta de esgoto 6,4 Nota 00 a 10 Tratamento de esgoto 5,9 Apesar de positiva, a nota geral da atuação da Prefeitura mostra que sua atuação está aquém da expectativa dos entrevistados. Os serviços de coleta e tratamento apresentam notas bastante inferiores aos demais serviços pesquisados. P27) Pensando na atuação da Prefeitura, que nota de 0 a 10 o(a) sr(a) daria para o seu desempenho de modo geral? P27A) E que nota o(a) sr(a) dá para a atuação da Prefeitura na prestação dos serviços de: 34

35 Avaliação de serviços de Saneamento Prefeitura de modo geral 6,3 Coleta de lixo 8,0 Mais pobres 6,0 Periferia 5,9 Cidades de médio porte 6,1 Favelas 5,5 Não ligados à rede 5,6 Cidades do Nordeste 7,5 Periferia 7,7 Não ligados à rede 7,2 Favelas 7,2 Mais pobres 7,6 Tratamento de água Coleta de esgoto Tratamento de esgoto 7,6 6,4 5,9 Nota 00 a 10 Cidades do Nordeste 6,8 Cidades do N/CO 6,8 Periferia 6,8 Não ligados à rede 6,1 Favelas 6,8 Mais pobres 7,0 Cidades do Nordeste 4,9 Cidades do N/CO 5,5 Periferia 5,5 Não ligados à rede 3,0 Favelas 4,8 Mais pobres 5,4 Cidades do Nordeste 4,6 Cidades do N/CO 5,2 Periferia 4,3 Não ligados à rede 2,8 Favelas 4,1 Mais pobres 5,1 P27) Pensando na atuação da Prefeitura, que nota de 0 a 10 o(a) sr(a) daria para o seu desempenho de modo geral? P27A) E que nota o(a) sr(a) dá para a atuação da Prefeitura na prestação dos serviços de: 35

36 Satisfação com serviços de coleta e tratamento do esgoto Coleta de esgoto Tratamento de esgoto Totalmente satisfeito com o serviço Satisfeito com o serviço Nem satisfeito, nem insatisfeito com o serviço Insatisfeito com o serviço Totalmente insatisfeito com o serviço 6 7 Não tem tratamento de esgoto 2 Não sabe / Não respondeu 2 4 Cerca de ¼ dos entrevistados estão insatisfeitos ou muito insatisfeitos com os serviços de coleta e tratamento do esgoto. P28) Pensando nos serviços de coleta do esgoto da sua cidade, o(a) sr(a), você diria que está: P29) E agora pensando no serviço de tratamento do esgoto da sua cidade, o(a) sr(a), você diria que está: 36

37 Satisfação com serviços de coleta Totalmente satisfeito com o serviço Satisfeito com o serviço Nem satisfeito, nem insatisfeito com o serviço Insatisfeito com o serviço Totalmente insatisfeito com o serviço Não sabe / Não respondeu Os mais satisfeitos com os serviços de coleta de esgoto são: - os entrevistados da região Sul (61%) - do interior (63%) - com renda familiar entre 2 e 5 SM (59%) - os que estão ligados à rede pública (59%) Dentre os insatisfeitos destacam-se os entrevistados: - mais escolarizados (34%) - os das cidades da região Nordeste (47%) - da Periferia (31%) - das cidades de médio porte (37%) - de favelas (44%) P28) Pensando nos serviços de coleta do esgoto da sua cidade, o(a) sr(a), você diria que está: P29) E agora pensando no serviço de tratamento do esgoto da sua cidade, o(a) sr(a), você diria que está: 37

38 Satisfação com serviços de tratamento do esgoto Totalmente satisfeito com o serviço 10 Os mais satisfeitos com os serviços de tratamento de esgoto são: Satisfeito com o serviço Nem satisfeito, nem insatisfeito com o serviço os entrevistados da região Sul (56%) - do interior (57%) - com renda familiar entre 2 e 5 SM (48%) Insatisfeito com o serviço 20 Dentre os insatisfeitos destacam-se os entrevistados: Totalmente insatisfeito com o serviço Não tem tratamento de esgoto mais escolarizados (31%) - os das cidades da região Nordeste (46%) - das cidades de médio porte (37%) - mais pobres (36%) - de favelas (47%) Não sabe / Não respondeu 4 P28) Pensando nos serviços de coleta do esgoto da sua cidade, o(a) sr(a), você diria que está: P29) E agora pensando no serviço de tratamento do esgoto da sua cidade, o(a) sr(a), você diria que está: 38

39 Avaliação dos serviços de coleta de esgoto (entre os que afirmam ter o esgoto coletado) Totalmente adequados Parcialmente adequados Apenas metade considera os serviços de coleta totalmente adequados. Para 1/3 os serviços de coleta de esgoto são parcialmente adequados. Inadequados Não sabe / Não respondeu 6 8 Favelas 25% Cidades do Nordeste 14% Renda familiar entre 1 e 2 SM 12% Os que mais tem esta opinião são os que moram nas cidades do Norte/Centro-Oeste (46%), das periferias (44%) e os das cidades de médio porte (45%). Base:Para quem afirma que tem o esgoto coletado (742) P20) Você diria que os serviços de coleta do esgoto que o seu domicílio recebe são: 39

40 Coleta do esgoto e qualidade de vida 32 Muito melhor Motivos 52 Melhor Pior Muito pior Evita doenças/ problemas de saúde Canalização evita sujeira a céu aberto/ com a canalização há Evita o mau cheiro Evita a presença de insetos/ moscas/ mosquitos Não sabe/não respondeu Parcela expressiva dos entrevistados (84%) considera sua qualidade de vida melhor ou muito melhor em função da maneira como seu esgoto é coletado. Evita a presença de ratos Evita enchentes/ alagamentos/ rachaduras Evita a poluição dos solos/ rios Limpeza pública é eficiente Ocorre o tratamento da água Ocorre o escoamento de esgoto Entre os que não estão ligados à rede pública metade (47%) considera que a vida é muito melhor ou melhor. Outros com menos de 1% 1 Não sabe / Não respondeu 26 Base: Para quem disse muito melhor/ melhor (841) P22) Pensando na forma como o esgoto do seu domicílio ou desta região é coletado, o(a) sr(a) diria que isso faz com que a sua qualidade de vida e da sua família seja muito melhor, melhor, pior ou muito pior? P23) E por quais motivos o(a) sr(a) considera que a sua qualidade de vida e a da sua família seja (LEIA RESPOSTA DA P22) em função da forma como o esgoto é coletado? 40

41 Coleta do esgoto e qualidade de vida Motivos positivos Evita doenças/ problemas de saúde Canalização evita sujeira a céu aberto/ com a canalização há Evita o mau cheiro Evita a presença de insetos/ moscas/ mosquitos Evita a presença de ratos Evita enchentes/ alagamentos/ rachaduras Evita a poluição dos solos/ rios Cidades do Sul 56% Mais ricos 59% Cidades do Sudeste 29% Renda Fam. Entre 2 a 5 SM 27% Cidades do Sul 26% Mais ricos Cidades do Sul 24% Cidades do Sul 20% Mais ricos 19% Limpeza pública é eficiente Ocorre o tratamento da água Ocorre o escoamento de esgoto Outros com menos de 1% Não sabe / Não respondeu 26 Base: Para quem disse muito melhor/ melhor (841) 41

42 Coleta do esgoto e qualidade de vida Motivos negativos 32 Muito melhor Causa doenças/ problemas de saúde Melhor Pior Muito pior Causa mau cheiro Causa a proliferação de insetos/ moscas/ mosquitos Causa a proliferação de ratos Causa prejuízos ambientais Causa entupimentos/ alagamentos Falta de coleta de esgoto Não sabe/não respondeu Causa enchentes/ inundações Esgoto fica à céu aberto Falta de tratamento de esgoto Os que consideram que a qualidade de vida é pior ou muito moram nas regiões menos privilegiadas e estão em situação social mais crítica: - Cidades do Norte/Centro-Oeste (19%) - Cidades do Nordeste (26%) - Periferias (18%) - Cidades de médio porte (23%) - Mais pobres (21%) Entupimento de bueiros/ boca de lobo Não há pavimentação/ asfaltamento de ruas Não tem capacidade para atender à demanda Acúmulo de sujeira onde o esgoto é depositado Pagamento de taxa por serviço inadequado Irresponsabilidade dos prestadores de serviço Não sabe / Não respondeu Base: Para quem disse pior/ muito pior (130) P22) Pensando na forma como o esgoto do seu domicílio ou desta região é coletado, o(a) sr(a) diria que isso faz com que a sua qualidade de vida e da sua família seja muito melhor, melhor, pior ou muito pior? P23) E por quais motivos o(a) sr(a) considera que a sua qualidade de vida e a da sua família seja (LEIA RESPOSTA DA P22) em função da forma como o esgoto é coletado? 42

43 Destino e tratamento do esgoto Para onde vai o esgoto? Recebe tratamento? Direto para o rio Rede/ Centro de tratamento de esgoto Todo o esgoto coletado recebe tratamento 17 Direto para o mar Direto para o córrego 5 9 Apenas parte do esgoto coletado recebe tratamento 50 Direto para a rua 1 O esgoto coletado não recebe tratamento algum 16 Sistema de Drenagem 1 Outros com menos de 1% 1 Não sabe / Não respondeu 17 Não sabe / Não respondeu Pouco mais de ¼ dos entrevistados desconhece o destino do esgoto da sua cidade, percentual similar dos que acreditam que os resíduos seguem para um Centro de Tratamento. Para 1/3 o esgoto segue direto para os rios. 28 Quase 1/5 da amostra não sabe opinar sobre o tratamento do esgoto da cidade onde mora. P25) E pelo que você sabe, mesmo que de ouvir falar, para onde vai o esgoto da sua cidade? P26) Pelo que você sabe, mesmo que de ouvir falar, aqui na sua cidade: 43

44 Destino do esgoto Direto para o rio 32 Não ligados à rede pública 38% Cidades do Sudeste 36% Periferias 37% Cidades de porte médio 37% Rede/ Centro de tratamento de esgoto Direto para o mar Direto para o córrego Mais ricos 38% Cidades do Sul 37% Cidades de porte médio 37% Mais escolarizados 34% Interior 31% Direto para a rua 1 Sistema de Drenagem 1 Outros com menos de 1% 1 Não sabe / Não respondeu 28 Menos escolarizados 32% Cidades do Nordeste 38% Periferias 32% Mais pobres 35% Favelas 33% P25) E pelo que você sabe, mesmo que de ouvir falar, para onde vai o esgoto da sua cidade? P26) Pelo que você sabe, mesmo que de ouvir falar, aqui na sua cidade: 44

45 Tratamento do esgoto Todo o esgoto coletado recebe tratamento 17 Apenas parte do esgoto coletado recebe tratamento 50 O esgoto coletado não recebe tratamento algum 16 Não ligados à rede pública 36% Cidades do Nordeste 26% Mais pobres 22% Não sabe / Não respondeu 17 Periferias 26% P25) E pelo que você sabe, mesmo que de ouvir falar, para onde vai o esgoto da sua cidade? P26) Pelo que você sabe, mesmo que de ouvir falar, aqui na sua cidade: 45

46 Expansão da rede coletora X tratamento do que é coletado Ampliar a rede de esgoto que já existe, mesmo que não consiga tratar todo o esgoto coletado 54 Interior 63% Não ligados à rede 58% Tratar o que é coletado atualmente, mesmo que não consiga coletar todo o esgoto da cidade 40 Periferia 47% Não sabe / Não respondeu 6 Apesar dos índices de importância entre coleta e tratamento serem similares, mais de metade dos entrevistados prefere a ampliação da rede de coleta. Percebe-se que quanto menor é o porte do município mais tende a priorizar a extensão da rede. Surpreendentemente a proporção dos que preferem tratamento é praticamente a mesma entre os que não estão ligados à rede pública (40% contra 37% respectivamente). P30) Com relação aos serviços na área de esgoto, o(a) sr(a) diria que a Prefeitura deveria: 46

47 Atuação da atual administração nos serviços de coleta e tratamento do esgoto Feito de tudo para que toda a cidade tenha serviço de coleta e tratamento de esgoto 9 Tem se esforçado, mas não o bastante para que toda a cidade tenha serviço de coleta e tratamento de esgoto 61 Não tem feito nada para que toda a cidade tenha serviço de coleta e tratamento de esgoto 24 Cidades do Nordeste 34% Mais pobres 33% Periferias 39% Não ligados à rede 45% Não sabe / Não respondeu 6 Apesar da maioria afirmar que a administração municipal se esforça, embora não o bastante para que os serviços de coleta e tratamento sejam universais, ¼ dos entrevistados considera que ela não faz nada para que a cidade tenha um atendimento pleno destes serviços. P31) E na sua opinião, a atuação da atual administração municipal tem: 47

48 Consequências negativas em função da falta de coleta e tratamento Doenças/ Problemas de saúde 70 Menor entre os que não estão ligados à rede (66%) e moradores de favela (64%) Mau cheiro/ Cheiro ruim Presença de ratos Presença de insetos/ moscas/ mosquitos Mais expressivo entre os entrevistados do Sul (49%) das Cidades de médio e pequeno porte (47% e 48%) e de Favelas (51%) Maior entre os que estão ligados à rede (41%) e moradores de favelas (50%) Poluição de rios Contaminação do solo Maior entre os moradores de favelas (35%) Desvalorização imobiliária Enchentes Outros com menos de 1% Não sabe / Não respondeu É bastante expressivo o conhecimento dos entrevistados sobre os impactos negativos gerados pela falta de serviços de coleta e tratamento. P35) Agora gostaria que você me dissesse algum tipo de consequência negativa que pode ocorrer em função da falta de coleta e tratamento do esgoto? Mais algum? Algum outro? 48

49 Doenças que podem ser causadas pela falta de coleta e tratamento Total Diarréia 42 Leptospirose 35 Doença de rato 29 Doença de pele 28 Vômito 25 Virose 21 Febre 21 Dengue 9 Infecção nos olhos 7 Hepatite 3 Verminose 3 Alergia 1 Problemas respiratórios 1 Infecções (sem especificar) 1 Outros com menos de 1% 6 Não sabe / Não respondeu 6 P40) Na sua opinião, a falta de coleta e tratamento de esgoto pode causar alguma doença? (CASO SIM) Quais doenças? 49

50 Problema relacionado com esgoto vivenciados pelo entrevistado ou pessoas próximas Problemas de Saúde 11 Entupimento 9 Presença de ratos Problemas com enchentes (alagamento, rachaduras) Presença de insetos/ moscas/ mosquitos Problemas ambientais (poluição do solo) Outros com menos de 1% 1 1 Não teve problema relacionado ao esgoto 69 Não sabe 2 Cerca de 1/3 dos entrevistados já vivenciou ou conhece alguém que já teve problemas relacionados ao esgoto. Percentuais mais expressivos entre os entrevistados do Sul (43%), das Periferias (40%), mais pobres (39%) e entre os que não estão ligados à rede pública (42%). P36) Você ou alguém próximo já passou por algum problema relacionado ao esgoto, ainda que indiretamente? 50

51 Problemas de saúde que entrevistado ou pessoa próxima já teve Total Base: Para quem teve problemas de saúde (112) Doença de pele 38 Diarréia 24 Febre 20 Vômito 17 Leptospirose 13 Virose 11 Dengue 11 Alergia 4 Dor de cabeça 4 Hepatite 4 Infecção nos olhos 3 Febre amarela 2 Cólera 2 Filariose 1 Meningite 1 Malária 1 Não sabe 4 P37) E que tipos de problemas de saúde você ou alguém próximo teve? 51

52 Ausência do trabalho nos últimos 3 meses Total Gripe 6 Diarréia 4 Febre 4 Virose 3 Vômito 2 Enxaqueca 1 Problemas gástricos 1 Problemas respiratórios (bronquite, asma) 1 Pressão alta/ Hipertensão 1 Dengue 1 Inflamação nos olhos 1 Outros com menos de 1% 6 Não faltou ao trabalho 74 Não trabalhou 7 Não sabe 1 Praticamente 1/5 deixou de comparecer ao trabalho em algum ocasião em decorrência de algum tipo de doença (percentual similar entre os que não estão ligados à rede (22%). A virose atinge 7% entre os que não têm o esgoto ligado à rede pública. P38) Nos últimos 3 meses você ou algum morador da sua residência faltou ao trabalho por algum tipo de doença? 52

53 Ausência de crianças na escola nos últimos 3 meses Gripe 12 Diarréia Febre Vômito Problemas respiratórios (bronquite, asma) Virose Conjuntivite Catapora Doenças de pele Alergias Fratura de ossos Inflamação nos ouvidos Mordida de cachorro Nenhuma criança faltou Não sabe Um terço das crianças menores de 6 anos deixou de ir à escola em alguma ocasião nos últimos 3 meses por motivo de doença (dentre as que moram em favelas o percentual sobe para 41%. 67 Base: Tem crianças menores de 6 anos que frequentam a escola (159) P39) E nos últimos 3 meses alguma criança menor de 6 anos faltou da escola ou creche por algum tipo de doença? (CASO SIM) Por que tipos de doenças? 53

54 Presença de doenças ligadas à falta de saneamento Na Região Com Adultos Com Crianças Diarréia Vômitos Doenças de pele Infecções nos olhos Não tem crianças 59 Nenhuma dessas Não sabe / Não respondeu As doenças hídricas - Diarréia e Vômito têm índices mais expressivos entre os que não têm o escoadouro ligado à rede pública. P41) Pelo que você sabe ou já ouvir falar, quais dessas doenças ocorrem com mais freqüência aqui na sua região? P42) Agora considerando apenas as pessoas adultas, ou seja, as que tem 13 anos ou mais e que moram na sua residência, alguma delas teve alguma dessas doenças nos últimos 3 meses? P43) E considerando apenas as crianças de 0 a 5 anos que moram na sua residência, alguma delas teve alguma dessas doenças nos últimos 3 meses? 54

55

56 Reivindicações e cobranças Total Fizeram abaixo assinado 5 Telefonam para órgãos competentes 4 Canalização de esgoto/ tirar esgoto a céu aberto 1 Desentupimento de bueiros/ boca de lobo 1 Desentupimento de esgoto 1 Reivindicação com políticos para limpeza de ruas 1 Ampliação e instalação da rede de esgoto 1 Fizeram passeatas/ protesto de moradores 1 Foi pessoalmente solicitar resolução de problema 1 Foi solicitar conserto de esgoto/ vazamento de água 1 Outras com menos de 1% 3 Não fazem cobranças 84 Não sabe / Não respondeu 1 A grande maioria dos entrevistados nunca fez reivindicações para melhorias nos serviços de coleta e tratamento do esgoto. As taxas são mais expressivas entre os moradores de cidades de menor porte (88%). Mesmo dentre os que não estão ligados à rede 81% nunca fizeram qualquer reivindicação. P33) O(a) sr(a) costuma fazer algum tipo de cobrança ou reivindicação para que os serviços da área de esgoto melhorem? (CASO SIM) Quais cobranças ou reivindicações? 56

A percepção da população quanto ao Saneamento Básico e a responsabilidade do Poder Público. Job: 11/2178

A percepção da população quanto ao Saneamento Básico e a responsabilidade do Poder Público. Job: 11/2178 A percepção da população quanto ao Saneamento Básico e a responsabilidade do Poder Público Job: 11/2178 Metodologia e Amostra Objetivo Geral Levantar entre os responsáveis por domicílios suas percepções

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE PERCEPÇÕES SOBRE SANEAMENTO BÁSICO

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE PERCEPÇÕES SOBRE SANEAMENTO BÁSICO PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE PERCEPÇÕES SOBRE SANEAMENTO BÁSICO MARÇO DE 2012 JOB2178 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Entender como a população brasileira percebe questões relacionadas

Leia mais

A visão social em relação ao sistema de saneamento e a importância da sociedade na elaboração do plano

A visão social em relação ao sistema de saneamento e a importância da sociedade na elaboração do plano A visão social em relação ao sistema de saneamento e a importância da sociedade na elaboração do plano Nossa Realidade 57% da população brasileira não possui coleta de esgoto (SNIS 2008) O Brasil é o 9º

Leia mais

Importância do Saneamento Básico no Brasil: o papel da sociedade civil organizada

Importância do Saneamento Básico no Brasil: o papel da sociedade civil organizada Importância do Saneamento Básico no Brasil: o papel da sociedade civil organizada Como surgiu o Movimento Trata Brasil Da união das indústrias Amanco, Braskem, Solvay Indulpa e Tigre, foi criado em julho

Leia mais

Estado do Piauí PI Prefeitura Municipal de Castelo do Piauí Plano Municipal de Saneamento Básico

Estado do Piauí PI Prefeitura Municipal de Castelo do Piauí Plano Municipal de Saneamento Básico QUESTIONÁRIO-MOBILIZAÇÃO SOCIAL Nome: Endereço: Município: Bairro: CEP: Quanto tempo reside nessa localidade? 1. ÁGUA AGESPISA ( ) PIPA ( ) BICA COLETOR ( ) POÇO ( ) OUTROS Você limpa sua cisterna e ou

Leia mais

Judicael Clevelário Júnior

Judicael Clevelário Júnior ANÁLISE DOS IMPACTOS NA SAÚDE E NO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE DECORRENTES DE AGRAVOS RELACIONADOS AO ESGOTAMENTO SANITÁRIO INADEQUADO NOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS COM MAIS DE 300.000 HABITANTES Denise Maria

Leia mais

Instituto Trata Brasil divulga novo ranking do saneamento com avaliação dos serviços nas 81 maiores cidades do País

Instituto Trata Brasil divulga novo ranking do saneamento com avaliação dos serviços nas 81 maiores cidades do País Instituto Trata Brasil divulga novo ranking do saneamento com avaliação dos serviços nas 81 maiores cidades do País Estudo revela lentidão nos avanços do atendimento voltado à água e esgotos, além de mostrar

Leia mais

FINANCIAMENTO DOS MUNICÍPIOS DO BRASIL Um balanço o entre aspectos sociais e econômicos

FINANCIAMENTO DOS MUNICÍPIOS DO BRASIL Um balanço o entre aspectos sociais e econômicos Seminário Internacional sobre Tributação Imobiliária FINANCIAMENTO DOS MUNICÍPIOS DO BRASIL Um balanço o entre aspectos sociais e econômicos Maria Cristina Mac Dowell maria-macdowell.azevedo@fazenda.gov.br

Leia mais

esgotamento sanitário inadequado e impactos na saúde da população

esgotamento sanitário inadequado e impactos na saúde da população esgotamento sanitário inadequado e impactos na saúde da população um diagnóstico da situação nos 81 municípios brasileiros com mais de 300 mil habitantes Índice 2 Introdução 3 4 Resumo 6 8 12 14 16 18

Leia mais

Seleção Territorial Enfrentamento a Violência contra Juventude Negra Classificação 2010

Seleção Territorial Enfrentamento a Violência contra Juventude Negra Classificação 2010 Posição Nome do Município Estado Região RM, RIDE ou Aglomeração Urbana 1 Salvador BA Nordeste RM Salvador 2 Maceió AL Nordeste RM Maceió 3 Rio de Janeiro RJ Sudeste RM Rio de Janeiro 4 Manaus AM Norte

Leia mais

OS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2012

OS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2012 OS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2012 (Estudo Técnico nº 175) François E. J. de Bremaeker Salvador, julho de 2012 2 OS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2012 François E. J. de Bremaeker Economista e Geógrafo Associação

Leia mais

Coordenação-Geral dos Direitos da População em Situação de Rua. Política Nacional para a População em Situação de Rua

Coordenação-Geral dos Direitos da População em Situação de Rua. Política Nacional para a População em Situação de Rua Política Nacional para a O Desafio da Implementação das Políticas Transversais Professor: Carlos Ricardo Período: Novembro de 2013 Reconhecimento das experiências desenvolvidas há mais de 20 anos (1980

Leia mais

AVISO SESSÃO PÚBLICA nº 01/2015 04 de setembro de 2015

AVISO SESSÃO PÚBLICA nº 01/2015 04 de setembro de 2015 AVISO SSÃO PÚBLICA nº 01/2015 04 de setembro de 2015 Contrato nº 27/2011 - Serviços de Publicidade Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome SLA Propaganda LTDA. Atendendo ao que dispõe o 2º,

Leia mais

MOBILIDADE MÉDIAS CIDADES

MOBILIDADE MÉDIAS CIDADES MOBILIDADE MÉDIAS CIDADES Objetivo Fomentar ações estruturantes para o sistema de transporte coletivo urbano por meio de qualificação e ampliação da infraestrutura de mobilidade urbana Quem pode pleitear?

Leia mais

UF MUNICÍPIO TIPO TELEFONE 1 TELEFONE 2 E-MAIL INSTITUCIONAL 1

UF MUNICÍPIO TIPO TELEFONE 1 TELEFONE 2 E-MAIL INSTITUCIONAL 1 AC Rio Branco Cerest Estadual (68) 3223-4266 cerest.saude@ac.gov.br AL Maceió Cerest Estadual (82) 3315-2759 (82) 3315-3920 cerest@saude.al.gov.br AL Maceió Cerest Regional (82) 3315-5260 cerest@sms.maceio.al.gov.br

Leia mais

50 cidades com as melhores opções para aberturas de franquias

50 cidades com as melhores opções para aberturas de franquias 50 cidades com as melhores opções para aberturas de franquias Pesquisa realizada pela Rizzo Franchise e divulgada pela revista Exame listou as 50 cidades com as melhores oportunidades para abertura de

Leia mais

82,5% dos brasileiros são atendidos com abastecimento de água tratada

82,5% dos brasileiros são atendidos com abastecimento de água tratada Saneamento no Brasil Definição: Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), saneamento é o controle de todos os fatores do meio físico do homem que exercem ou podem exercer efeitos nocivos sobre o bem

Leia mais

Instituto Nacional do Seguro Social INSS Concurso Público para Analista do Seguro Social

Instituto Nacional do Seguro Social INSS Concurso Público para Analista do Seguro Social As inscrições para o concurso público do Instituto Nacional do Seguro Social INSS estarão abertas no período de 12 de agosto a 13 de setembro. São 300 vagas para o cargo de Analista do Seguro Social, sendo

Leia mais

Saneamento Básico no Brasil Situação e Proposta de Soluções. Novembro - 2009

Saneamento Básico no Brasil Situação e Proposta de Soluções. Novembro - 2009 Saneamento Básico no Brasil Situação e Proposta de Soluções Novembro - 2009 Como surgiu o Movimento Trata Brasil Da união das indústrias Amanco, Braskem, Solvay Indulpa e Tigre, foi criado em julho de

Leia mais

Lote Produzidos Cidade UF Qte faturada

Lote Produzidos Cidade UF Qte faturada Lote Produzidos Cidade UF Qte faturada 1400008703 BELEM PA 339 1400008703 BELO HORIZONTE MG 2.034 1400008703 BRASILIA DF 1.356 1400008703 CONGONHAS MG 54 1400008703 CUIABA MT 678 1400008703 GOIANIA GO

Leia mais

DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA

DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA Analista de Correios / Administrador AC / Rio Branco 123 1 123,00 Analista de Correios / Técnico em Comunicação Social Atuação: Jornalismo AC / Rio Branco 27 1 27,00 Médico do Trabalho Formação: Medicina

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO-GERAL DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO

MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO-GERAL DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO Nota Técnica elaborada em 01/2014 pela CGAN/DAB/SAS. MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO-GERAL DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO NOTA TÉCNICA Nº15/2014-CGAN/DAB/SAS/MS

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS MARÇO DE 2014 JOB0402 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Avaliar a atual administração do município de Acopiara. Acopiara

Leia mais

MICROCEFALIA DENGUE CHIKUNGUNYA ZIKA NOVEMBRO DE 2015

MICROCEFALIA DENGUE CHIKUNGUNYA ZIKA NOVEMBRO DE 2015 MICROCEFALIA DENGUE CHIKUNGUNYA ZIKA NOVEMBRO DE 2015 Situação da microcefalia no Brasil Até 21 de novembro, foram notificados 739 casos suspeitos de microcefalia, identificados em 160 municípios de nove

Leia mais

Proposta para a Licitação da Folha de Pagamentos de Benefícios do INSS

Proposta para a Licitação da Folha de Pagamentos de Benefícios do INSS Proposta para a Licitação da Folha de Pagamentos de Benefícios do INSS Brasília, 11 de junho de 2014. SISTEMÁTICA ATUAL Desde 01/01/2010, o INSS direciona os benefícios para o vencedor do Lote, desde que

Leia mais

(continua) TABELA 1.1 Composição e População da Aglomeração Urbana (AUPOA) e Região Metropolitana de Porto Alegre (RMPOA)

(continua) TABELA 1.1 Composição e População da Aglomeração Urbana (AUPOA) e Região Metropolitana de Porto Alegre (RMPOA) 1 INTRODUÇÃO Este relatório consolida os principais resultados obtidos com a pesquisa sobre acidentes de trânsito nas aglomerações urbanas brasileiras pesquisa Renavam, efetuada como parte integrante do

Leia mais

Novo Cenário de Iluminação Pública no Brasil: Perspectivas e Oportunidades de Negócios

Novo Cenário de Iluminação Pública no Brasil: Perspectivas e Oportunidades de Negócios Novo Cenário de Iluminação Pública no Brasil: Perspectivas e Oportunidades de Negócios 2 Promon Intelligens Promon Intelligens 2014 Novo panorama de Iluminação Pública no Brasil A publicação da Resolução

Leia mais

Regiões Metropolitanas do Brasil

Regiões Metropolitanas do Brasil Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia IPPUR/UFRJ CNPQ FAPERJ Regiões Metropolitanas do Brasil Equipe responsável Sol Garson Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro Juciano Martins Rodrigues Regiões Metropolitanas

Leia mais

Ranking Município P2i - Lead Alto Padrão Médio Padrão Baixo Padrão

Ranking Município P2i - Lead Alto Padrão Médio Padrão Baixo Padrão 1 São Bernardo do Campo -SP 0,8200 Ótimo Ótimo Ótimo 2 Campo Grande -MS 0,7670 Ótimo Ótimo Ótimo 3 Santo André -SP 0,7670 Ótimo Ótimo Ótimo 4 Osasco -SP 0,7460 Ótimo Ótimo Ótimo 5 Natal -RN 0,7390 Ótimo

Leia mais

benefícios econômicos da expansão do saneamento Brasileiro

benefícios econômicos da expansão do saneamento Brasileiro benefícios econômicos da expansão do saneamento Brasileiro ÍNDICE APRESENTAÇÃO 3 6 destaques 4 RETRATO DO SANEAMENTO 6 57% dos brasileiros ainda não têm esgoto coletado 6 70 anos de um desafio que ainda

Leia mais

Interior de SP. Mailing Jornais

Interior de SP. Mailing Jornais São Paulo AGORA SÃO PAULO BRASIL ECONÔMICO D.C.I. DESTAK (SP) DIÁRIO DO COMMERCIO (SP) DIÁRIO DE SÃO PAULO DIÁRIO DO GRANDE ABC EMPREGO JÁ (SP) EMPREGOS & CONCURSOS (SP) EMPRESAS & NEGÓCIOS (SP) FOLHA

Leia mais

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL CONCURSO PÚBLICO PARA FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA PARA O CARGO DE TÉCNICO BANCÁRIO NOVO CARREIRA ADMINISTRATIVA

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL CONCURSO PÚBLICO PARA FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA PARA O CARGO DE TÉCNICO BANCÁRIO NOVO CARREIRA ADMINISTRATIVA Técnico Bancário Novo AC Cruzeiro do Sul 1618 CR* Técnico Bancário Novo AC Rio Branco 6648 CR * Técnico Bancário Novo AC Sena Madureira 1065 CR* Técnico Bancário Novo AL Maceió 22524 CR * Técnico Bancário

Leia mais

CONVOCAÇÕES REALIZADAS ATÉ 01/01/2012

CONVOCAÇÕES REALIZADAS ATÉ 01/01/2012 SERVIÇO FEDERAL DE PROCESSAMENTO DE DADOS (SERPRO) CONCURSO PÚBLICO PARA PREENCHIMENTO DE E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA PARA OS CARGOS DE ANALISTA E DE TÉCNICO EDITAL Nº 1 SERPRO, DE 08 DE OUTUBRO

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: PROBLEMAS E PRIORIDADES DO BRASIL PARA 2014 FEVEREIRO/2014

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: PROBLEMAS E PRIORIDADES DO BRASIL PARA 2014 FEVEREIRO/2014 16 RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: PROBLEMAS E PRIORIDADES DO BRASIL PARA 2014 FEVEREIRO/2014 16 Retratos da Sociedade Brasileira: Problemas e Prioridades do Brasil para 2014 CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA

Leia mais

Experiências de APLs e outros Arranjos de Empresas no Estado do Rio de Janeiro: resultados alcançados e cenários futuros

Experiências de APLs e outros Arranjos de Empresas no Estado do Rio de Janeiro: resultados alcançados e cenários futuros Experiências de APLs e outros Arranjos de Empresas no Estado do Rio de Janeiro: resultados alcançados e cenários futuros > Lia Hasenclever (IE/UFRJ) 10º Encontro da ReINC 08 e 09 de novembro de 2007 Grupo

Leia mais

Página 1 de 8 IPI - Jurisdição - Regiões fiscais 18 de Maio de 2012 Em face da publicação da Portaria MF nº 203/2012 - DOU 1 de 17.05.2012, este procedimento foi atualizado (novas disposições - tópico

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A ILHABELA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A ILHABELA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A ILHABELA SETEMBRO DE 2008 JOB796 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto à população da área em estudo opiniões relacionadas à Ilhabela. Ilhabela

Leia mais

Desde as primeiras edições do

Desde as primeiras edições do TV POR ASSINATURAanálise Disputa acirrada Segmento é hoje um competidor importante em novos serviços, mas aia há espaço a ocupar. Desde as primeiras edições do Atlas Brasileiro de Telecomunicações o mercado

Leia mais

METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais.

METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais. METODOLOGIA METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO 2.085 pessoas foram entrevistadas, a partir de 16 anos, de todos os níveis econômicos em todas as regiões do país. As entrevistas foram

Leia mais

A Importância do Fortalecimento Fiscal dos Municípios

A Importância do Fortalecimento Fiscal dos Municípios A Importância do Fortalecimento Fiscal dos Municípios Maria Cristina Mac Dowell Diretora-Geral Adjunta Escola de Administração Fazendária Esaf/MF maria-macdowell.azevedo@fazenda.gov.br macdowell.azevedo@fazenda.gov.br

Leia mais

REGULAMENTO TIM LIBERTY WEB

REGULAMENTO TIM LIBERTY WEB REGULAMENTO TIM LIBERTY WEB O plano TIM Liberty Web é composto por seis pacotes para utilização em computadores, notebooks ou tablets com as seguintes características. Pacote de dados Volume de Valor do

Leia mais

POLITICAS PARA O TRÂNSITO SEGURO DE MOTOS

POLITICAS PARA O TRÂNSITO SEGURO DE MOTOS Seminário POLITICAS PARA O TRÂNSITO SEGURO DE MOTOS LEGISLAÇÃO, FISCALIZAÇÃO E POLÍTICA DE SEGURANÇA Brasília DF 13 de setembro de 2012 Regulamentação da atividade de mototaxista Mesmo diante da ausência

Leia mais

Veja cidades que mais contrataram e que mais demitiram no 1º semestre

Veja cidades que mais contrataram e que mais demitiram no 1º semestre 1 de 5 20/7/2011 14:20 20/07/2011 06h21 - Atualizado em 20/07/2011 06h21 Veja cidades que mais contrataram e que mais demitiram no 1º semestre São Paulo lidera ranking, com 136 mil vagas criadas de janeiro

Leia mais

Instituto Nacional do Seguro Social INSS Concurso Público para Analista do Seguro Social

Instituto Nacional do Seguro Social INSS Concurso Público para Analista do Seguro Social As inscrições para o concurso público do Instituto Nacional do Seguro Social INSS estarão abertas no período de 12 de agosto a 13 de setembro. São 300 vagas para o cargo de Analista do Seguro Social, sendo

Leia mais

Esta é a pesquisa de satisfação

Esta é a pesquisa de satisfação Esta é a pesquisa de satisfação dos usuários de saneamento básico realizada entre a categoria residencial dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário regulados pela Agência em 244 municípios

Leia mais

SITUAÇÃO ATÉ 10/04/2015 CONTRATAÇÕES AUTORIZADAS (2) VAGAS OFERTADAS (1)

SITUAÇÃO ATÉ 10/04/2015 CONTRATAÇÕES AUTORIZADAS (2) VAGAS OFERTADAS (1) SERVIÇO FEDERAL DE PROCESSAMENTO DE DADOS (SERPRO) CONCURSO PÚBLICO PARA PREENCHIMENTO DE E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA PARA OS CARGOS DE ANALISTA E DE TÉCNICO EDITAL Nº 1 SERPRO, DE 26 DE FEVEREIRO

Leia mais

NOTA TÉCNICA ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2014

NOTA TÉCNICA ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2014 NOTA TÉCNICA ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2014 A divulgação anual das estimativas da população residente nos municípios brasileiros obedece

Leia mais

Situação da Tuberculose no Brasil

Situação da Tuberculose no Brasil Ministério da Saúde Secretaria de Vigilância em Saúde Departamento de Vigilância Epidemiológica Programa Nacional de Controle da Tuberculose Situação da Tuberculose no Brasil Draurio Barreira Coordenador

Leia mais

Pesquisa Avaliação Administrativa Município de São Paulo

Pesquisa Avaliação Administrativa Município de São Paulo Pesquisa Avaliação Administrativa Município de São Paulo Dezembro 200 2 Metodologia & Amostra Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais. Objetivo

Leia mais

Panorama do Aborto Legal no Brasil

Panorama do Aborto Legal no Brasil Panorama do Aborto Legal no Brasil PESQUISA IBOPE/CDD indica que a maioria desconhece em que condições legais o aborto pode ser realizado Quase metade dos brasileiros (48%) desconhece as situações em que

Leia mais

Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014

Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014 Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014 EQUIPE TÉCNICA DO IPETURIS Coordenação: Mariana Nery Pesquisadores: César Melo Tamiris Martins Viviane Silva Suporte: Gerson

Leia mais

Fonte: CPS/FGV a partir dos microdados da POF/IBGE

Fonte: CPS/FGV a partir dos microdados da POF/IBGE Agentes de Crédito e Grupos Solidários Segurado Segurador Agente de Seguro Segurado Segurado Definição de Microseguros Critério Renda Per Capita % Pop E 13.48 DE 34.96 83.83 1 SM 51.05 2 SM 74.82 3 SM

Leia mais

ÓRGÃO: JUSTIÇA FEDERAL

ÓRGÃO: JUSTIÇA FEDERAL ÓRGÃO: JUSTIÇA FEDERAL Programa: 0569 - PRESTAÇÃO JURISDICIONAL NA JUSTIÇA FEDERAL Objetivo: Garantir pleno exercício do direito por meio da prestação dos serviços jurisdicionais, observando o disposto

Leia mais

Ministério das Cidades. Plano de Ação em Habitação e Saneamento em Regiões Metropolitanas

Ministério das Cidades. Plano de Ação em Habitação e Saneamento em Regiões Metropolitanas Ministério das Cidades Plano de Ação em Habitação e Saneamento em Regiões Metropolitanas UMA VISÃO GERAL DO QUADRO METROPOLITANO BRASILEIRO Definição Formal 26 26 Regiões Metropolitanas definidas em em

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DAS CONVOCAÇÕES

ACOMPANHAMENTO DAS CONVOCAÇÕES ACOMPANHAMENTO DAS CONVOCAÇÕES PROFISSIONAL JÚNIOR ADMINISTRAÇÃO NACIONAL 57ª PROFISSIONAL JÚNIOR ADMINISTRAÇÃO NACIONAL PNE * PROFISSIONAL JÚNIOR ANALISTA DE SISTEMAS - ÊNFASE EM DESENVOLVIMENTO EM ERP

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ENSINO BÁSICO JULHO DE 2006 OPP165 OBJETIVO LOCAL ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA Levantar junto à população da área em estudo opiniões relacionadas ao ensino básico.

Leia mais

PESQUISA DE SATISFAÇÃO PARTICIPANTES

PESQUISA DE SATISFAÇÃO PARTICIPANTES PESQUISA DE SATISFAÇÃO PARTICIPANTES Brasília, janeiro/2011 Objetivos específicos da pesquisa 2 Avaliar a quantidade e a qualidade da rede credenciada. Avaliar os serviços oferecidos: o Plano CASSI Família

Leia mais

DESEMPENHO DA GESTÃO PÚBLICA DAS MAIORES

DESEMPENHO DA GESTÃO PÚBLICA DAS MAIORES DESEMPENHO DA GESTÃO PÚBLICA DAS MAIORES CIDADES BRASILEIRAS Agosto de 2013 DESAFIOS DA GESTÃO MUNICIPAL» O mundo está cada vez mais urbano. A maior parte da população mundial vive em cidades. Estudos

Leia mais

Crédito Suplementar. 2049 Moradia Digna 2.000.000.000 OPERAÇÕES ESPECIAIS 28 845 2049 00AF Integralização de Cotas ao Fundo de Arrendamento

Crédito Suplementar. 2049 Moradia Digna 2.000.000.000 OPERAÇÕES ESPECIAIS 28 845 2049 00AF Integralização de Cotas ao Fundo de Arrendamento ÓRGÃO: 56000 - Ministério das Cidades UNIDADE: 56101 - Ministério das Cidades ANEXO I PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTAÇÃO) Crédito Suplementar Recurso de Todas as Fontes R$ 1,00 FUNCIONAL PROGRAMÁTICA

Leia mais

PESQUISA REFEIÇÃO ASSERT Preço Médio 2013. Preparado com exclusividade para:

PESQUISA REFEIÇÃO ASSERT Preço Médio 2013. Preparado com exclusividade para: PESQUISA REFEIÇÃO ASSERT Preço Médio 2013 Preparado com exclusividade para: Pesquisa Refeição Assert Preço Médio 2013 Introdução Objetivo Metodologia/Amostra Contexto Inflacionário Cenário Os preços das

Leia mais

Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício

Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício 1 Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício 2013 Índice 2 OBJETIVO E PÚBLICO ALVO METODOLOGIA PLANO DE SAÚDE O MERCADO DE PLANO DE SAÚDE PERFIL

Leia mais

I B OP E Opinião. O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água

I B OP E Opinião. O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA Águas no Brasil: A visão dos brasileiros O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água Dezembro, 2006 METODOLOGIA OBJETIVO Levantar informações para

Leia mais

OAB/RN RELATÓRIO DE APROVADOS NA PROVA OBJETIVA POR INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR

OAB/RN RELATÓRIO DE APROVADOS NA PROVA OBJETIVA POR INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR OAB/RN RELATÓRIO DE APROVADOS NA PROVA OBJETIVA POR INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR Tabela 01 - Aprovados Prova Objetiva - Exame de Ordem 2009.3, Natal/RN, 2009. UF MUNICÍPIO DA IES IES INSCRITOS PRESENTES

Leia mais

METODOLOGIA & PERFIL

METODOLOGIA & PERFIL Maio2010 JOB 100283 METODOLOGIA & PERFIL Metodologia e Amostra Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais. Objetivo Geral Levantar um conjunto de informações

Leia mais

Hábitos de Consumo e Compras Fim de ano e Natal 2015. Perspectivas da economia / Comprometimento de renda. Novembro/2015. Copyright Boa Vista SCPC 1

Hábitos de Consumo e Compras Fim de ano e Natal 2015. Perspectivas da economia / Comprometimento de renda. Novembro/2015. Copyright Boa Vista SCPC 1 Hábitos de Consumo e Compras Fim de ano e Natal 2015 Perspectivas da economia / Comprometimento de renda Novembro/2015 Copyright Boa Vista SCPC 1 Objetivo, metodologia e amostra o Objetivo: Pesquisa para

Leia mais

METODOLOGIA E AMOSTRA

METODOLOGIA E AMOSTRA SOBRE A PESQUISA METODOLOGIA E AMOSTRA Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais. Objetivo Geral O projeto tem por objetivo geral mapear as percepções,

Leia mais

Reforma Política. Pesquisa telefônica realizada pelo IBOPE Inteligência a pedido do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil

Reforma Política. Pesquisa telefônica realizada pelo IBOPE Inteligência a pedido do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil Reforma Política Pesquisa telefônica realizada pelo IBOPE Inteligência a pedido do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil Introdução 2 Objetivos Abrangência Geográfica Método de coleta Datas

Leia mais

Evento: Fórum das Águas de Manaus - AM

Evento: Fórum das Águas de Manaus - AM Evento: Fórum das Águas de Manaus - AM Nossa Realidade 57% da população brasileira não possui coleta de esgoto (SNIS 2008) O Brasil é o 9º colocado no ranking mundial da vergonha com 13 milhões de habitantes

Leia mais

O Desempenho do ISS após a L/C 116/03

O Desempenho do ISS após a L/C 116/03 O Desempenho do ISS após a L/C 116/03 Sancionada em 2003, no início do mandato do Presidente Lula, a Lei Complementar nº. 116 foi festejada até como pilar de sustentação financeira dos s, graças ao significativo

Leia mais

Pesquisa de opinião pública. sobre. Energia elétrica. Brasil

Pesquisa de opinião pública. sobre. Energia elétrica. Brasil 2ª Pesquisa de opinião pública sobre Energia Elétrica Brasil Julho de 2015 Pesquisa de opinião pública sobre Energia elétrica Brasil Junho de 2014 IBOPE Metodologia Pesquisa quantitativa com aplicação

Leia mais

Veja cidades que mais contrataram e as que mais demitiram em julho

Veja cidades que mais contrataram e as que mais demitiram em julho Page 1 of 7 20/08/2010 06h53 - Atualizado em 20/08/2010 06h53 Veja cidades que mais contrataram e as que mais demitiram em julho Cinco capitais demitiram mais do que contrataram, entre elas Brasília (DF).

Leia mais

Censo Nacional das Bibliotecas Públicas P

Censo Nacional das Bibliotecas Públicas P Ministério da Cultura Secretaria de Articulação Institucional Diretoria de Livro, Leitura e Literatura Fundação Biblioteca Nacional Sistema Nacional de Bibliotecas PúblicasP Censo Nacional das Bibliotecas

Leia mais

ANEXO II - PLANILHA DE FORMAÇÃO DE PREÇOS - MODELO DE PROPOSTA PROPOSTADEFORNECIMENTO

ANEXO II - PLANILHA DE FORMAÇÃO DE PREÇOS - MODELO DE PROPOSTA PROPOSTADEFORNECIMENTO ANEXO II - PLANILHA DE FORMAÇÃO DE PREÇOS - MODELO DE PROPOSTA PROPOSTADEFORNECIMENTO Ref.:COTAÇÃO ELETRÔNICANº003/2015 ApresentamosnossapropostaparafornecimentodosItensabaixodiscriminados,conformeAnexoI

Leia mais

OBJETIVOS DO EVENTO APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA II NIVELAMENTO DAS INFORMAÇÕES DIRIMIR DÚVIDAS COLHER SUGESTÕES

OBJETIVOS DO EVENTO APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA II NIVELAMENTO DAS INFORMAÇÕES DIRIMIR DÚVIDAS COLHER SUGESTÕES OBJETIVOS DO EVENTO APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA II NIVELAMENTO DAS INFORMAÇÕES DIRIMIR DÚVIDAS COLHER SUGESTÕES MINHA CASA, MINHA VIDA Ampliação das oportunidades de acesso das famílias

Leia mais

A fórmula da Alterdata. Ladmir Carvalho

A fórmula da Alterdata. Ladmir Carvalho A fórmula da Alterdata Ladmir Carvalho Transformações expressivas ao longo do tempo 1989 A Alterdata é fundada em Petrópolis/RJ com sistemas de DP e Contabilidade 1990 Nasce a Escrita Fiscal 1991 Filial

Leia mais

PORTARIA GM Nº 1.278, DE 25 DE JUNHO DE 2008

PORTARIA GM Nº 1.278, DE 25 DE JUNHO DE 2008 PORTARIA GM Nº 1.278, DE 25 DE JUNHO DE 2008 Redefine os limites financeiros destinados ao custeio da Nefrologia (TRS), dos Estados, Distrito Federal e Municípios. O MINISTRO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso

Leia mais

d) ampliar a produção acadêmica e científica sobre questões relacionadas à educação, a partir das bases de dados do INEP;

d) ampliar a produção acadêmica e científica sobre questões relacionadas à educação, a partir das bases de dados do INEP; MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CAPES Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - INEP EDITAL n o 001/2006/INEP/CAPES

Leia mais

Pesquisa Hábitos do Consumidor da Classe C. 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1

Pesquisa Hábitos do Consumidor da Classe C. 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1 Pesquisa Hábitos do Consumidor da Classe C 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1 Índice Objetivo, metodologia e amostra... 03 Perfil dos Respondentes... 04 Principais constatações sobre os hábitos de consumo

Leia mais

Diretoria de Geociências Coordenação de Geografia. Regiões de Influência das Cidades

Diretoria de Geociências Coordenação de Geografia. Regiões de Influência das Cidades Diretoria de Geociências Coordenação de Geografia Regiões de Influência das Cidades 2007 Objetivos Gerais Hierarquizar os centros urbanos Delimitar as regiões de influência associadas aos centros urbanos

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE PLANO DE EXPANSÃO REDE LAR Por: Ellen Rainha P. G. Pires Orientador Profº Luiz Claudio Lopes Alves Rio de Janeiro 2010 UNIVERSIDADE

Leia mais

PAC 2 superará em 72% a execução total do PAC 1

PAC 2 superará em 72% a execução total do PAC 1 EXECUÇÃO GLOBAL DO PAC 2 ATÉ OUTUBRO DE 2014 R$ 1,009 trilhão 91,3% do previsto até 2014 ATÉ DEZEMBRO DE 2014 R$ 1,066 trilhão 96,5% do previsto até 2014 PAC 2 superará em 72% a execução total do PAC 1

Leia mais

abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros

abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros Avaliação do Serviço o de abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros Pesquisa realizada entre 24 e 28 de Abril de 2010 Informações Metodológicas Tipo de pesquisa: Survey, utiliza-se de questionário

Leia mais

A REVISTA DA. FAMília brasileira

A REVISTA DA. FAMília brasileira A REVISTA DA FAMília brasileira 80 anos presente na cultura brasileira Uma revista muito especial que faz sucesso entre seus leitores desde 1934 Um público numeroso e qualificado, comprovado pelos números:

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Águas no Brasil: A Visão dos Brasileiros

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Águas no Brasil: A Visão dos Brasileiros PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA Águas no Brasil: A Visão dos Brasileiros O que o brasileiro pensa sobre a conservação e o uso da água no Brasil METODOLOGIA OBJETIVO Levantar informações para subsidiar o planejamento

Leia mais

Inventar com a diferenca,

Inventar com a diferenca, Inventar com a diferenca, cinema e direitos humanos PATROCÍNIO APOIO REALIZAÇÃO Fundação Euclides da Cunha O que é Inventar com a diferença: cinema e direitos humanos O projeto visa oferecer formação e

Leia mais

N : PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Entrevistador: Nome do entrevistado: (xx)xxxxxxxx. Endereço: Cidade: Situação do domicílio: 1.Urbano 2.

N : PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Entrevistador: Nome do entrevistado: (xx)xxxxxxxx. Endereço: Cidade: Situação do domicílio: 1.Urbano 2. Entrevistador: Nome do entrevistado: Telefone: (xx)xxxxxxxx N : Endereço: Cidade: Situação do domicílio: 1.Urbano 2.Rural Estado: AC AP DF MA MT PE RJ RR SE AL BA ES MG PA PI RN RS SP AM CE GO MS PB PR

Leia mais

= P ( 10 db EIRP EIRP = EIRP = Effective Isotropic Radiated Power. EIRP. = Effective Isotropic Radiated Power

= P ( 10 db EIRP EIRP = EIRP = Effective Isotropic Radiated Power. EIRP. = Effective Isotropic Radiated Power Ewaldo Luiz de Mattos Mehl Universidade Federal do Paraná Departamento de Engenharia Elétrica mehl@eletrica.ufpr.br Conceito de E.I.R.P Seção IX Seção X Sinalização de Torres Conclusões EIRP = Effective

Leia mais

Resolução nº 089/CONSUNI/2012 (MG) 10. Ciências Contábeis Resolução nº 105/CONSUNI/2009. Resolução nº 103/CONSUNI/2009 (MG) 45

Resolução nº 089/CONSUNI/2012 (MG) 10. Ciências Contábeis Resolução nº 105/CONSUNI/2009. Resolução nº 103/CONSUNI/2009 (MG) 45 Edital A Universidade Estácio de Sá faz saber que estarão abertas, no período de 10 de Novembro à 25 de Março de 2015, as inscrições para os Processos Seletivos Agendados e Processos de Seleção destinados

Leia mais

SENSUS. Relatório Frequências CNT SENSUS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA 99. 16 a 20 de Novembro de 2009

SENSUS. Relatório Frequências CNT SENSUS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA 99. 16 a 20 de Novembro de 2009 Pesquisa e Consultoria Relatório Frequências PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA 99 CNT 16 a 20 de Novembro de 2009 SAUS Q 01 - Bloco J - Entradas 10 e 20 Rua Grão Pará, 737 4ºandar Ed. CNT - 11

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria da Receita Federal do Brasil. Portaria RFB nº 2.327, de 23 de setembro de 2009. (*)

MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria da Receita Federal do Brasil. Portaria RFB nº 2.327, de 23 de setembro de 2009. (*) MINISTÉRIO DA FAZENDA Secretaria da Receita Federal do Brasil Portaria RFB nº 2.327, de 23 de setembro de 2009. (*) Institui o Concurso de Remoção de 2009, destinado a ocupantes do cargo de Auditor-Fiscal

Leia mais

NOTA TÉCNICA 63 2011 PROPOSTA DE AMPLIAÇÃO DO PROJETO VIDA NO TRÂNSITO

NOTA TÉCNICA 63 2011 PROPOSTA DE AMPLIAÇÃO DO PROJETO VIDA NO TRÂNSITO NOTA TÉCNICA 63 2011 PROPOSTA DE AMPLIAÇÃO DO PROJETO VIDA NO TRÂNSITO Repasse financeiro do Fundo Nacional de Saúde aos Fundos de Saúde Estaduais, Municipais e do Distrito Federal, por meio do Piso Variável

Leia mais

UN 4 0,00 Catraca pedestal com cofre com leitor smart card

UN 4 0,00 Catraca pedestal com cofre com leitor smart card ITEM 1 - Município - Rio de Janeiro - RJ ANEXO II DO TERMO DE REFERÊNCIA QT Valor Unitário R$ Valor Total R$ 1 - Projeto (verba para infraestrutura e ativação local) VB 1 Software de Acesso - Licença Web

Leia mais

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde INFORME SARGSUS Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde 1 ESFERA MUNICIPAL 1.1 Relatório de Gestão Ano 2013 Até a presente data,

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS SETEMBRO DE 2011 JOB1696 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO Levantar um conjunto de informações sobre o clima da opinião

Leia mais

PROJETO DA REDE NACIONAL DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO INTERESTADUAL DE PASSAGEIROS VOLUME I - MODELO FUNCIONAL

PROJETO DA REDE NACIONAL DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO INTERESTADUAL DE PASSAGEIROS VOLUME I - MODELO FUNCIONAL PROJETO DA REDE NACIONAL DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO INTERESTADUAL DE PASSAGEIROS VOLUME I - MODELO FUNCIONAL ANEXO ÚNICO - RESULTADO DOS ESTUDOS DE DAS LIGAÇÕES NOVAS E ORIUNDAS DE MEDIDAS JUDICIAIS 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

A construção da saúde pelo saneamento dos municípios. Eng Civil Henrique Pires

A construção da saúde pelo saneamento dos municípios. Eng Civil Henrique Pires A construção da saúde pelo saneamento dos municípios Eng Civil Henrique Pires 2011 O Homem e a água uma longa história Os primeiros poços, chafarizes, barragens e aquedutos foram construídos no Egito,

Leia mais

Perfil Municipal de Fortaleza Tema V: Aspectos Educacionais. 23 de Agosto/2012 Fortaleza - Ceará

Perfil Municipal de Fortaleza Tema V: Aspectos Educacionais. 23 de Agosto/2012 Fortaleza - Ceará IPECE Informe nº 38 Perfil Municipal de Fortaleza Tema V: Aspectos Educacionais 23 de Agosto/2012 Fortaleza - Ceará 1. INTRODUÇÃO O Neste documento serão analisados os aspectos educacionais da capital

Leia mais