A visão social em relação ao sistema de saneamento e a importância da sociedade na elaboração do plano

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A visão social em relação ao sistema de saneamento e a importância da sociedade na elaboração do plano"

Transcrição

1 A visão social em relação ao sistema de saneamento e a importância da sociedade na elaboração do plano

2 Nossa Realidade 57% da população brasileira não possui coleta de esgoto (SNIS 2008) O Brasil é o 9º colocado no ranking mundial da vergonha com 18 milhões de habitantes sem acesso a banheiro (OMS/UNICEF) A cobertura de saneamento no Brasil não condiz com um País que aspira ter um destaque global

3 Cenário Investe-se muito pouco em saneamento, o que torna a universalização muito distante. Menos de 30% das obras (Ministério das Cidades) do PAC foram concluídas até Pelos números do Instituto Trata Brasil, foram menos de 20%. As 81 maiores cidades do País, com mais de 300 mil habitantes, despejam, diariamente, 5,9 bilhões de litros de esgoto sem tratamento algum, contaminando solos, rios, mananciais e praias do País, com impactos diretos à saúde da população (Ranking Trata Brasil); 31% da população desconhece o que é Saneamento, somente 3% o relacionam à Saúde e 41% não pagaria para ter seu domicílio ligado à rede coletora de esgotos (ITB / IBOPE) Investimento atual Investimento necessário 0,22% do PIB 0,63% do PIB

4 Impactos SAÚDE: 7 crianças morrem todos os dias no País, vítimas de diarréia, e mais de 700 mil pessoas são internadas a cada ano nos hospitais públicos em conseqüência da falta de coleta e de tratamento dos esgotos; Dos 462 mil pacientes internados em 2009 por infecções gastrointestinais, faleceram no hospital; destes, poderiam ter sido salvos caso houvesse acesso universal ao saneamento básico (DATASUS, 2009); EDUCAÇÃO: Crianças expostas aos esgotos aprendem 18% menos TRABALHO: 217 mil trabalhadores precisam se afastar de suas atividades todos os anos devido a problemas gastrointestinais ligados à falta de saneamento; 11% das faltas do trabalhador estão relacionadas ao mesmo problema; ECONOMIA: 18% é a valorização média que o valor dos imóveis poderia sofrer caso houvesse acesso universal à rede de esgoto;

5 Nossos Objetivos Sensibilizar e mobilizar a sociedade sobre a importância de se investir em saneamento básico Ampliar os investimentos e os recursos do Poder Público para o desenvolvimento do setor Atingir a universalização do saneamento básico em todo o país até 2025

6 FGV Nossas Pesquisas Benefícios Econômicos da Expansão do Saneamento Brasileiro Impactos sociais e econômicos / Julho.2010 Atualização dos dados das série de Pesquisas considerando a PNAD (base de dados 2008) dados SNIS e do IBGE sobre Saneamento / Nov.09 Trata Brasil/FGV: Impactos sociais da falta de saneamento nas 79 cidades / Julho.09 Trata Brasil: Saneamento, Saúde e o Bolso do Consumidor / Nov.08 Trata Brasil: Saneamento, Saúde, Educação Trabalho e Turismo / Abril.08 Trata Brasil: Saneamento e Saúde / Nov.2007

7 IBOPE Percepções sobre Saneamento Básico Escopo da proposta: Amostra representativa do universo das 79 cidades com mais de 300 mil habitantes. (sexo, idade, escolaridade, classe social, renda familiar, número de moradores do domicílio, características da moradia) Entrevistas domiciliares: 1008 entrevistas - domiciliar entrevistado chefe da família Anúncio: 12 de Agosto de 2009

8 Cidades da amostra (%) 8

9 O que é Saneamento Básico? (resposta múltipla) Serviços de água 28% das respostas Serviços de esgoto 54% das respostas Coleta de lixo 15% das respostas Limpeza Pública 14% das respostas Saneamento Básico Pavimentação/ Reforma de calcadas 8% das respostas Limpeza/Despoluição de rios e córregos 5% das respostas 31% não sabem Saúde 3% das respostas Um terço dos entrevistados não sabe responder. Saneamento Básico é principalmente sinônimo de serviços de esgoto, de água, de coleta de lixo e limpeza pública. Base: Amostra (1008) (Por ser uma pergunta múltipla a soma dos resultados ultrapassa os 100%) P11) Pelo que o(a) sr(a) sabe, ainda que de ouvir falar, o que é SANEAMENTO BÁSICO? 9

10 Grau de importância de alguns serviços (percentuais de menções muito importante) (%) 91% 87% 85% SAÚDE SEGURANÇA PÚBLICA EDUCAÇÃO Sem ligação (71%) Periferia (70%) Nordeste (69%) Favela (64%) 75% 70% SANEAMENTO BÁSICO Sul (87%) Mais ricos (81%) COLETA DO ESGOTO Mais pobres (60%) Periferia (63%) Sem ligação (59%) Favela (59%) Nordeste (54%) Médio Porte (54%) Mais ricos (90%) Sul (82%) Interior (75%) Grande Porte (75%) 70% TRATAMENTO DO ESGOTO Nordeste (57%) Periferia (66%) Médio Porte (57%) Sem ligação (61%) Favela (57%) Mais pobres (56%) Mais ricos (88%) Sul (81%) Interior (81%) Considerando apenas os percentuais de muito importante, observa-se diferenças significativas entre os serviços avaliados. Os mais afetados pela ausência de saneamento são justamente os que lhe dão menos importância, possivelmente por uma condição de vida tão precária que os leva a outras prioridades. Além disso, vale destacar que as demais áreas estão constantemente na pauta das notícias, diferentemente do que ocorre com o saneamento. 10

11 Deve receber mais atenção... (%) Ambos Segurança Saneamento 12 Ambos Desemprego Saneamento Ambos Educação Saneamento 76 5 Ambos Saúde Saneamento Apesar de ser considerado tão importante quanto outras áreas, Saneamento ainda não é visto como uma área que mereça a mesma atenção. Quando instados a optar, por exemplo, entre as áreas de saneamento e a de saúde, escolhem a segunda, sem se dar conta do quanto uma é impactada pela outra. Base: Amostra (1008) P10) Pensando nesta cidade de modo geral, na sua opinião, a Prefeitura deve dar mais atenção à área de: 11

12 Escoamento do domicílio (%) REDE PÚBLICA (Rede geral de esgoto ou pluvial) 77 Cidades do Sul 87% Cidades do Sudeste 84% OUTROS/ NÃO COLETADO 20 Cidades do Nordeste 42% Cidades de médio porte 29% Fossa séptica 10 Fossa rudimentar Vala 3 3 Equivalente a 14 milhões de domicílios Direto no rio Direto no mar Não sabe Praticamente 1 em cada 5 domicílios declara que não está ligado à rede pública. Nota-se que quanto menor é a renda, a escolaridade e a classe social do entrevistado, menor é o percentual dos que estão ligados à rede. Base: Amostra (1008) P17) Vou fazer uma pergunta exatamente como é feita pelo IBGE. O escoadouro do banheiro ou sanitário é ligado a: 12

13 Quem não está ligado à rede pública, pagaria para ter o serviço? (%) Até R$10,00 9 Mais de R$10,00 a R$30,00 Mais de R$30,00 Nada/ Não está disposto a pagar pelo serviço Média R$ 44,40 41 Quase metade dos entrevistados não pagaria para ter o escoamento ligado à rede. A média de gastos, dentre os que se disporiam a pagar, é de R$ 44,40. Não sabe / Não respondeu 27 Base: Para quem não tem esgoto ligado (197) P18) Quando você estaria disposto a gastar para ligar o seu esgoto à rede pública? 13

14 Avaliação de serviços de Saneamento Prefeitura de modo geral 6,3 (%) Coleta de lixo 8,0 Tratamento de água 7,6 Coleta de esgoto 6,4 Nota 00 a 10 Tratamento de esgoto 5,9 Os serviços de coleta e tratamento apresentam notas bastante inferiores aos demais serviços pesquisados. A nota geral das Prefeituras, apesar de positiva, mostra que sua atuação está aquém da expectativa dos entrevistados. Base: Amostra (1008) P27) Pensando na atuação da Prefeitura, que nota de 0 a 10 o(a) sr(a) daria para o seu desempenho de modo geral? P27A) E que nota o(a) sr(a) dá para a atuação da Prefeitura na prestação dos serviços de: 14

15 Principal responsável pelo Saneamento (%) Governo Federal 4 Governo Estadual/Estado 16 Cidades do Norte/Centro-Oeste 21% Mais ricos 20% Governo Municipal/Prefeitura 68 Empresas privadas 4 Não sabe/ Não lembra 9 Apesar da maioria dos entrevistados entender que a administração municipal é a responsável pelos serviços de Saneamento Básico, quase 1/5 credita ao Governo Estadual a responsabilidade por esta área. Base: Amostra (1008) P12) E pelo que o(a) sr(a) sabe, ainda que de ouvir falar, qual desses é o principal responsável pelos serviços da área de SANEAMENTO BÁSICO? 15

16 Os candidatos e a questão do esgoto nas últimas eleições (%) Periferia 68% Cidades Norte/Centro-Oeste 67% Não ligados à rede geral 67% 9 Se mostraram preocupados Não se mostraram preocupados Não sabe / Não respondeu Para a maioria dos entrevistados, os serviços de esgoto não foram percebidos como uma preocupação dos candidatos a prefeito em Base: Amostra (1008) P32) Pensando nas eleições municipais que ocorreram no ano passado e nas promessas de campanha dos candidatos a prefeito, você diria que os candidatos se mostraram preocupados ou não se mostraram preocupados com os serviços de coleta e tratamento do esgoto? 16

17 Tema que levou em conta para escolher um candidato no ano passado Total Base: Amostra (1008) Saúde 19 Educação 10 Segurança 10 Emprego 8 Calçamento e pavimentação 5 Drogas 3 Habitação 3 Esgoto 2 Abastecimento de água 1 Assistência social 1 Lazer 1 Limpeza pública 1 Trânsito 1 Transporte coletivo 1 Nenhuma destas 17 Não votou/ Não vota 11 Não sabe / Não respondeu 4 Esgoto não foi um tema relevante para a escolha de um candidato mesmo entre os que declaram não possuir escoadouro ligado á rede pública. (%) P08) No ano passado nós tivemos eleição para prefeito. Qual desses temas o(a) sr(a) mais levou em conta na hora de escolher seu candidato a prefeito nas eleições do ano passado? 17

18 Reivindicações e cobranças (%) Base: Amostra (1008) Total Base: Amostra (1008) Fizeram abaixo assinado 5 Telefonam para órgãos competentes 4 Canalização de esgoto/ tirar esgoto a céu aberto 1 Desentupimento de bueiros/ boca de lobo 1 Desentupimento de esgoto 1 Reivindicação com políticos para limpeza de ruas 1 Ampliação e instalação da rede de esgoto 1 Fizeram passeatas/ protesto de moradores 1 Foi pessoalmente solicitar resolução de problema 1 Foi solicitar conserto de esgoto/ vazamento de água 1 Outras com menos de 1% 3 Não fizeram cobranças 84 Não sabe / Não respondeu 1 A grande maioria dos entrevistados nunca fez reivindicações para melhorias nos serviços de coleta e tratamento do esgoto. As taxas são mais expressivas entre os moradores de cidades de menor porte (88%). Mesmo dentre os que não estão ligados à rede 81% nunca fizeram qualquer reivindicação. P33) O(a) sr(a) costuma fazer algum tipo de cobrança ou reivindicação para que os serviços da área de esgoto melhorem? (CASO SIM) Quais cobranças ou reivindicações? 18

19 Medidas ou ações para resolver algum problema que Prefeitura não resolveu (%) Fizeram reivindicação/ cobrança 8 Mutirão para consertar encanamento 3 Limpeza de bueiros 1 Outros com menos de 1 3 Nenhuma medida foi tomada 62 Não sabe / Não respondeu 24 Cerca de 2/3 nunca ouviu falar de medidas realizadas pelos moradores da sua região para resolver um problema não solucionado pela Prefeitura (o percentual dos que não estão ligados à rede é similar). Além disso, ¼ não sabe se na região houve ou não alguma mobilização. Base: Amostra (1008) P34) Já aconteceu nesta cidade ou na sua região, de os moradores terem tomado alguma medida para resolver problemas de serviços de esgoto que a Prefeitura não resolveu? (CASO SIM) Que medidas foram tomadas? 19

20 Aprendemos com este estudo... Que existem diferenças regionais, mas que não existem regiões sem problema. E de modo geral aprendemos que: SANEAMENTO NÃO É UMA PRIORIDADE Consequência de um... Que nos mostra que esta é... Certo desconhecimento sobre o tema, apesar da identificação dos responsáveis pelos serviços e dos impactos causados pela ausência dos serviços UMA QUESTÃO QUASE INVISÍVEL Resignação para quem não está ligado à rede Distanciamento para quem não convive com o problema Traz pouca visibilidade para a Administração Pública Os eleitores não valorizam 20

21 Plano Municipal de Saneamento Básico - PMSB É exigido pela Lei /07; Possibilita planejar ações do município na direção de universalização do atendimento; A não elaboração do PMSB no prazo poderá trazer restrições para Obtenção de Recursos Federais para Investimentos no Setor de Saneamento; Poderão ser fornecidas diretrizes e estudos para viabilização de recursos; Definição de programa de Investimentos e cronograma de Metas organizado; Processo auxilia na maior segurança hídrica, prevenção de doenças, redução de desigualdades, preservação do meio ambiente e desenvolvimento econômico.

22 Plano Municipal de Saneamento Básico - PMSB É o principal instrumento para o planejamento e a gestão do saneamento básico, em âmbito municipal. Mobilização da sociedade para o Saneamento Básico Somente com a conscientização e cobrança da população local será possível alcançar a universalização do Saneamento na cidade e no País. A população, portanto, deve estar mobilizada para participar das decisões de Planejamento de sua cidade; o que ajudará a se chegar ao bom PMSB FORMA DE MOBILIZAÇÃO Cabe aos gestores do PMSB, ampliar a informação e sensibilização da população sobre a importância do tema para se universalizar o serviço de coleta e tratamento dos esgotos.

23 Como produzir um Plano bem elaborado Gestão Participativa Realização de Audiências Públicas: Participação na Fase de Elaboração do Plano de Investimentos; Ao final da Elaboração do Plano reunir e discutir o resultado com as forças representativas da região; O plano deve ser aprovado na Câmara de Vereadores (projeto de lei do executivo, portanto, converse com os seus representantes; Mais informações pode ser conseguidas no site do Ministério das Cidades e no site do Instituto Trata Brasil:

24 -Nossos Patrocinadores -Estruturação do Trata Brasil -Engajamento de entidades -Profissionais da saúde -Personalidades -Informação e mobilização -Formalização de parcerias -Sensibilização da imprensa -PARCEIROS ESTRATÉGICOS E APOIADORES

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE PERCEPÇÕES SOBRE SANEAMENTO BÁSICO

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE PERCEPÇÕES SOBRE SANEAMENTO BÁSICO PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE PERCEPÇÕES SOBRE SANEAMENTO BÁSICO MARÇO DE 2012 JOB2178 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Entender como a população brasileira percebe questões relacionadas

Leia mais

A percepção da população quanto ao Saneamento Básico e a responsabilidade do Poder Público. Job: 11/2178

A percepção da população quanto ao Saneamento Básico e a responsabilidade do Poder Público. Job: 11/2178 A percepção da população quanto ao Saneamento Básico e a responsabilidade do Poder Público Job: 11/2178 Metodologia e Amostra Objetivo Geral Levantar entre os responsáveis por domicílios suas percepções

Leia mais

Investe-se muito pouco em saneamento, o que torna a universalização muito distante.

Investe-se muito pouco em saneamento, o que torna a universalização muito distante. Nossa Realidade 57% da população brasileira não possui coleta de esgoto (SNIS 2008) O Brasil é o 9º colocado no ranking mundial da vergonha com 13 milhões de habitantes sem acesso a banheiro (OMS/UNICEF)

Leia mais

Importância do Saneamento Básico no Brasil: o papel da sociedade civil organizada

Importância do Saneamento Básico no Brasil: o papel da sociedade civil organizada Importância do Saneamento Básico no Brasil: o papel da sociedade civil organizada Como surgiu o Movimento Trata Brasil Da união das indústrias Amanco, Braskem, Solvay Indulpa e Tigre, foi criado em julho

Leia mais

Percepções sobre Saneamento Básico

Percepções sobre Saneamento Básico Percepções sobre Saneamento Básico Metodologia e Amostra Objetivo Geral Levantar entre os responsáveis por domicílios suas percepções sobre saneamento básico, principalmente sobre a área de esgoto. Universo

Leia mais

82,5% dos brasileiros são atendidos com abastecimento de água tratada

82,5% dos brasileiros são atendidos com abastecimento de água tratada Saneamento no Brasil Definição: Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), saneamento é o controle de todos os fatores do meio físico do homem que exercem ou podem exercer efeitos nocivos sobre o bem

Leia mais

Evento: Fórum das Águas de Manaus - AM

Evento: Fórum das Águas de Manaus - AM Evento: Fórum das Águas de Manaus - AM Nossa Realidade 57% da população brasileira não possui coleta de esgoto (SNIS 2008) O Brasil é o 9º colocado no ranking mundial da vergonha com 13 milhões de habitantes

Leia mais

Elaboração dos Planos de Saneamento Básico 13/12/2010. Nossa Realidade. Nossa Realidade. Nova Organização da Prestação de Serviços

Elaboração dos Planos de Saneamento Básico 13/12/2010. Nossa Realidade. Nossa Realidade. Nova Organização da Prestação de Serviços 13/12/2010 Quem somos Da união das indústrias Amanco, Braskem, Solvay Indulpa e Tigre, foi criado em julho de 2007, o Instituto Trata Brasil, uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, para

Leia mais

Estado do Piauí PI Prefeitura Municipal de Castelo do Piauí Plano Municipal de Saneamento Básico

Estado do Piauí PI Prefeitura Municipal de Castelo do Piauí Plano Municipal de Saneamento Básico QUESTIONÁRIO-MOBILIZAÇÃO SOCIAL Nome: Endereço: Município: Bairro: CEP: Quanto tempo reside nessa localidade? 1. ÁGUA AGESPISA ( ) PIPA ( ) BICA COLETOR ( ) POÇO ( ) OUTROS Você limpa sua cisterna e ou

Leia mais

Audiência Pública: Comissão de Meio Ambiente / 26.04.11

Audiência Pública: Comissão de Meio Ambiente / 26.04.11 Audiência Pública: Comissão de Meio Ambiente / 26.04.11 O Instituto Trata Brasil Missão Visão Valores Contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população em geral e para a redução da mortalidade

Leia mais

TRATA BRASIL NA COMUNIDADE VILA DIQUE. Nome: RAUL PINHO Formação: Engenheiro Civil, MBA Instituição: Instituto TRATA BRASIL

TRATA BRASIL NA COMUNIDADE VILA DIQUE. Nome: RAUL PINHO Formação: Engenheiro Civil, MBA Instituição: Instituto TRATA BRASIL TRATA BRASIL NA COMUNIDADE VILA DIQUE Nome: RAUL PINHO Formação: Engenheiro Civil, MBA Instituição: Instituto TRATA BRASIL Nossa Realidade Brasil é o 7º colocado no ranking mundial da vergonha com 18

Leia mais

Evento - Escola Superior do Ministério Público 25.02.11

Evento - Escola Superior do Ministério Público 25.02.11 Evento - Escola Superior do Ministério Público 25.02.11 Nossa Realidade 57% da população brasileira não possui coleta de esgoto (SNIS 2008) O Brasil é o 9º colocado no ranking mundial da vergonha com 13

Leia mais

Nas cidades brasileiras, 35 milhões de pessoas usam fossa séptica para escoar dejetos

Nas cidades brasileiras, 35 milhões de pessoas usam fossa séptica para escoar dejetos Nas cidades brasileiras, 35 milhões de usam fossa séptica para escoar dejetos Presentes em 21,4% dos lares brasileiros, tais instalações são consideradas inadequadas no meio urbano, pois podem contaminar

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS MARÇO DE 2014 JOB0402 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Avaliar a atual administração do município de Acopiara. Acopiara

Leia mais

NOSSA REALIDADE. A cobertura de saneamento no Brasil não condiz com um país que aspira ter um destaque global

NOSSA REALIDADE. A cobertura de saneamento no Brasil não condiz com um país que aspira ter um destaque global MAIO. 09 NOSSA REALIDADE A cobertura de saneamento no Brasil não condiz com um país que aspira ter um destaque global NOSSA REALIDADE A falta de rede geral de esgoto atinge hoje metade da população brasileira.

Leia mais

Cobertura de saneamento básico no Brasil segundo Censo Demográfico, PNAD e PNSB

Cobertura de saneamento básico no Brasil segundo Censo Demográfico, PNAD e PNSB Cobertura de saneamento básico no Brasil segundo Censo Demográfico, PNAD e PNSB Painel Cobertura e Qualidade dos Serviços de Saneamento Básico Zélia Bianchini Diretoria de Pesquisas 1 São Paulo, 08/10/2013

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A ILHABELA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A ILHABELA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A ILHABELA SETEMBRO DE 2008 JOB796 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto à população da área em estudo opiniões relacionadas à Ilhabela. Ilhabela

Leia mais

Simpósio Estadual Saneamento Básico e Resíduos Sólidos: Avanços Necessários MPRS 20.08.2015

Simpósio Estadual Saneamento Básico e Resíduos Sólidos: Avanços Necessários MPRS 20.08.2015 Simpósio Estadual Saneamento Básico e Resíduos Sólidos: Avanços Necessários MPRS 20.08.2015 O saneamento básico no Brasil não condiz com o país que é a 7ª. economia do mundo da população não possui coleta

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Águas no Brasil: A Visão dos Brasileiros

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Águas no Brasil: A Visão dos Brasileiros PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA Águas no Brasil: A Visão dos Brasileiros O que o brasileiro pensa sobre a conservação e o uso da água no Brasil METODOLOGIA OBJETIVO Levantar informações para subsidiar o planejamento

Leia mais

I B OP E Opinião. O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água

I B OP E Opinião. O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA Águas no Brasil: A visão dos brasileiros O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água Dezembro, 2006 METODOLOGIA OBJETIVO Levantar informações para

Leia mais

Pesquisa de Opinião Pública Nacional. Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral

Pesquisa de Opinião Pública Nacional. Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral Pesquisa de Opinião Pública Nacional Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral Julho de 2008 Roteiro I. Metodologia II. III. IV. Eleições e Política Corrupção eleitoral

Leia mais

Projeto Educação para o Voto

Projeto Educação para o Voto Projeto Educação para o Voto São Paulo, Maio de 2008 Ipsos Empresa de pesquisa de mercado e opinião pública Fundada na França em 1975 Trabalha com as maiores empresas mundiais em todos os segmentos [[

Leia mais

Reforma Política. Pesquisa telefônica realizada pelo IBOPE Inteligência a pedido do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil

Reforma Política. Pesquisa telefônica realizada pelo IBOPE Inteligência a pedido do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil Reforma Política Pesquisa telefônica realizada pelo IBOPE Inteligência a pedido do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil Introdução 2 Objetivos Abrangência Geográfica Método de coleta Datas

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS SETEMBRO DE 2011 JOB1696 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO Levantar um conjunto de informações sobre o clima da opinião

Leia mais

POLUIÇÃO VISUAL NA CIDADE DE SÃO PAULO

POLUIÇÃO VISUAL NA CIDADE DE SÃO PAULO Pesquisa Quantitativa de Opinião Pública POLUIÇÃO VISUAL NA CIDADE DE SÃO PAULO Julho/ 2006 Índice I. Metodologia e Amostra II. Contexto III. Poluição Visual IV. O Projeto de Lei V. Considerações Finais

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS JULHO DE 2013 JOB2726-8 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Trata-se de uma pesquisa de acompanhamento da opinião pública

Leia mais

Acesso à água para. consumo humano. André Monteiro Costa CPqAM/Fiocruz e-mail: andremc@cpqam.fiocruz.br

Acesso à água para. consumo humano. André Monteiro Costa CPqAM/Fiocruz e-mail: andremc@cpqam.fiocruz.br Acesso à água para consumo humano André Monteiro Costa CPqAM/Fiocruz e-mail: andremc@cpqam.fiocruz.br 1 Princí pios do acesso à água de c o n s u m o h u m a n o Acesso à água limpa e segura a ao esgotamento

Leia mais

Saneamento Básico no Brasil Situação e Proposta de Soluções. Novembro - 2009

Saneamento Básico no Brasil Situação e Proposta de Soluções. Novembro - 2009 Saneamento Básico no Brasil Situação e Proposta de Soluções Novembro - 2009 Como surgiu o Movimento Trata Brasil Da união das indústrias Amanco, Braskem, Solvay Indulpa e Tigre, foi criado em julho de

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A ONG WWF MAIO 2003 OPP 065 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL - Levantar informações para subsidiar o planejamento e avaliação da comunicação da WWF e

Leia mais

PESQUISA CNI-IBOPE. Dilma e Marina empatadas em um provável segundo turno. Popularidade da presidente Dilma cresce na comparação com junho

PESQUISA CNI-IBOPE. Dilma e Marina empatadas em um provável segundo turno. Popularidade da presidente Dilma cresce na comparação com junho Indicadores CNI PESQUISA CNI-IBOPE Avaliação do governo e pesquisa eleitoral Dilma e Marina empatadas em um provável segundo turno Na pesquisa estimulada, com a apresentação do disco com os nomes dos candidatos,

Leia mais

Elaboração da Pesquisa

Elaboração da Pesquisa Especificações Técnicas Período 16 a 20 de setembro de 2011 Abrangência Nacional Universo Eleitores com 16 anos ou mais Amostra 2.002 entrevistas em 141 municípios Margem de erro 2 pontos percentuais e

Leia mais

Em busca da sustentabilidade na gestão do saneamento: instrumentos de planejamento

Em busca da sustentabilidade na gestão do saneamento: instrumentos de planejamento Em busca da sustentabilidade na gestão do saneamento: instrumentos de planejamento Marcelo de Paula Neves Lelis Gerente de Projetos Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental Ministério das Cidades Planejamento

Leia mais

Brasil é o 9º colocado no ranking mundial da vergonha com 13 milhões de habitantes sem acesso a banheiro (OMS/UNICEF)

Brasil é o 9º colocado no ranking mundial da vergonha com 13 milhões de habitantes sem acesso a banheiro (OMS/UNICEF) Nossa Realidade Brasil é o 9º colocado no ranking mundial da vergonha com 13 milhões de habitantes sem acesso a banheiro (OMS/UNICEF) A cobertura de saneamento no Brasil não condiz com um País que aspira

Leia mais

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Este guia pretende nortear os Grupos Escoteiros do Brasil a desenvolverem um

Leia mais

APÊNDICE M-1 CRITÉRIOS DE ELEGIBILIDADE E AVALIAÇÃO DE PROJETOS DO SETOR DE SANEAMENTO MODELO DE QUESTIONÁRIO

APÊNDICE M-1 CRITÉRIOS DE ELEGIBILIDADE E AVALIAÇÃO DE PROJETOS DO SETOR DE SANEAMENTO MODELO DE QUESTIONÁRIO CRITÉRIOS DE ELEGIBILIDADE E AVALIAÇÃO DE PROJETOS DO SETOR DE SANEAMENTO MODELO DE QUESTIONÁRIO 1 CRITÉRIOS DE ELEGIBILIDADE E AVALIAÇÃO DE PROJETOS DO SETOR DE SANEAMENTO MODELO DE QUESTIONÁRIO Recomenda-se,

Leia mais

METODOLOGIA & PERFIL

METODOLOGIA & PERFIL Maio2010 JOB 100283 METODOLOGIA & PERFIL Metodologia e Amostra Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais. Objetivo Geral Levantar um conjunto de informações

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: PROBLEMAS E PRIORIDADES DO BRASIL PARA 2014 FEVEREIRO/2014

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: PROBLEMAS E PRIORIDADES DO BRASIL PARA 2014 FEVEREIRO/2014 16 RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: PROBLEMAS E PRIORIDADES DO BRASIL PARA 2014 FEVEREIRO/2014 16 Retratos da Sociedade Brasileira: Problemas e Prioridades do Brasil para 2014 CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA

Leia mais

SITUAÇÃO DO SANEAMENTO BÁSICO DO BAIRRO KIDÉ, JUAZEIRO/BA: UM ESTUDO DE CASO NO ÂMBITO DO PET CONEXÕES DE SABERES SANEAMENTO AMBIENTAL

SITUAÇÃO DO SANEAMENTO BÁSICO DO BAIRRO KIDÉ, JUAZEIRO/BA: UM ESTUDO DE CASO NO ÂMBITO DO PET CONEXÕES DE SABERES SANEAMENTO AMBIENTAL SITUAÇÃO DO SANEAMENTO BÁSICO DO BAIRRO KIDÉ, JUAZEIRO/BA: UM ESTUDO DE CASO NO ÂMBITO DO PET CONEXÕES DE SABERES SANEAMENTO AMBIENTAL Juliana Maria Medrado de Melo (1) Graduanda em Engenharia Agrícola

Leia mais

CARACTERÍSTICAS DE DIFERENTES MODELOS DE PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E ESGOTAMENTO SANITÁRIO: um estudo no Estado da Bahia

CARACTERÍSTICAS DE DIFERENTES MODELOS DE PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E ESGOTAMENTO SANITÁRIO: um estudo no Estado da Bahia CARACTERÍSTICAS DE DIFERENTES MODELOS DE PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E ESGOTAMENTO SANITÁRIO: um estudo no Estado da Bahia ALINE LINHARES LOUREIRO PATRÍCIA CAMPOS BORJA LUIZ ROBERTO

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ENSINO BÁSICO JULHO DE 2006 OPP165 OBJETIVO LOCAL ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA Levantar junto à população da área em estudo opiniões relacionadas ao ensino básico.

Leia mais

abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros

abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros Avaliação do Serviço o de abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros Pesquisa realizada entre 24 e 28 de Abril de 2010 Informações Metodológicas Tipo de pesquisa: Survey, utiliza-se de questionário

Leia mais

Apoio PROJETO TRATA BRASIL NA COMUNIDADE. Saneamento é saúde!

Apoio PROJETO TRATA BRASIL NA COMUNIDADE. Saneamento é saúde! Apoio PROJETO TRATA BRASIL NA COMUNIDADE Saneamento é saúde! Ordem na casa! Proteger o meio ambiente é dever de todos. E começar pelo saneamento pode ser uma boa alternativa Você já deve ter ouvido falar

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: Saneamento Básico, Diagnóstico Ambiental, Infraestrutura.

PALAVRAS-CHAVE: Saneamento Básico, Diagnóstico Ambiental, Infraestrutura. VI-039 - SANEAMENTO BÁSICO: UMA ANÁLISE ESTRUTURAL DO BAIRRO PEDRA DO LORDE EM JUAZEIRO-BA, COMO AÇÃO DO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL PET CONEXÕES DE SABERES - SANEAMENTO AMBIENTAL. Roberta Daniela da

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE Coordenação Regional de santa Catarina ATENÇÃO

MINISTÉRIO DA SAÚDE FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE Coordenação Regional de santa Catarina ATENÇÃO ATENÇÃO Apresentação do Seminário A Lei da Política Nacional do Saneamento Básico (lei 11.445/07) e o Inquérito Civil Público Estadual 04/04/PGJ/MPSC, realizado nos dias 30 e 31 de outubro de 2008. Arquivos

Leia mais

Nota técnica Março/2014

Nota técnica Março/2014 Nota técnica Março/2014 Sistemas de Saneamento no Brasil - Desafios do Século XXI João Sergio Cordeiro O Brasil, no final do ano de 2013, possuía população de mais de 200 milhões de habitantes distribuídos

Leia mais

IV Seminário Nacional do Programa Nacional de Crédito Fundiário Crédito Fundiário no Combate a Pobreza Rural Sustentabilidade e Qualidade de Vida

IV Seminário Nacional do Programa Nacional de Crédito Fundiário Crédito Fundiário no Combate a Pobreza Rural Sustentabilidade e Qualidade de Vida IV Seminário Nacional do Programa Nacional de Crédito Fundiário Crédito Fundiário no Combate a Pobreza Rural Sustentabilidade e Qualidade de Vida 30 DE NOVEMBRO DE 2011 CONTEXTO Durante os últimos anos,

Leia mais

cesop OPINIÃO PÚBLICA, Campinas, Vol. 19, nº 2, novembro, 2013, Encarte Tendências. p.475-485

cesop OPINIÃO PÚBLICA, Campinas, Vol. 19, nº 2, novembro, 2013, Encarte Tendências. p.475-485 cesop OPINIÃO PÚBLICA, Campinas, Vol. 19, nº 2, novembro, 2013, Encarte Tendências. p.475-485 Este encarte Tendências aborda as manifestações populares que tomaram as grandes cidades brasileiras em junho

Leia mais

MINISTÉRIO DAS CIDADES CONSELHO DAS CIDADES RESOLUÇÃO RECOMENDADA N 75, DE 02 DE JULHO DE 2009

MINISTÉRIO DAS CIDADES CONSELHO DAS CIDADES RESOLUÇÃO RECOMENDADA N 75, DE 02 DE JULHO DE 2009 DOU de 05/10/09 seção 01 nº 190 pág. 51 MINISTÉRIO DAS CIDADES CONSELHO DAS CIDADES RESOLUÇÃO RECOMENDADA N 75, DE 02 DE JULHO DE 2009 Estabelece orientações relativas à Política de Saneamento Básico e

Leia mais

CONFERÊNCIA LATINO-AMERICANA SOBRE MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL WORKSHOP: OS OITO OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO

CONFERÊNCIA LATINO-AMERICANA SOBRE MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL WORKSHOP: OS OITO OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO CONFERÊNCIA LATINO-AMERICANA SOBRE MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL WORKSHOP: OS OITO OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO Belo Horizonte, outubro de 2007 Objetivos de Desenvolvimento do Milênio

Leia mais

Pesquisa IBOPE Ambiental. Setembro de 2011

Pesquisa IBOPE Ambiental. Setembro de 2011 Pesquisa IBOPE Ambiental Setembro de 2011 Com quem falamos? Metodologia & Amostra Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas telefônicas. Objetivo geral Identificar

Leia mais

Saneamento Básico e Saúde

Saneamento Básico e Saúde Conferência Nacional de Segurança Hídrica Uberlândia - MG Saneamento Básico e Saúde Aparecido Hojaij Presidente Nacional da Assemae Sobre a Assemae A Associação Nacional dos Serviços Municipais de Saneamento

Leia mais

Scup e Política: vitória nas urnas pelas redes sociais

Scup e Política: vitória nas urnas pelas redes sociais Scup e Política: vitória nas urnas pelas redes sociais A campanha do prefeito de Duque de Caxias Alexandre Aguiar Cardoso, natural de Duque de Caxias, cidade da região metropolitana do Rio de Janeiro,

Leia mais

PERÍODO AMOSTRA ABRANGÊNCIA MARGEM DE ERRO METODOLOGIA. População adulta: 148,9 milhões

PERÍODO AMOSTRA ABRANGÊNCIA MARGEM DE ERRO METODOLOGIA. População adulta: 148,9 milhões OBJETIVOS CONSULTAR A OPINIÃO DOS BRASILEIROS SOBRE A SAÚDE NO PAÍS, INVESTIGANDO A SATISFAÇÃO COM SERVIÇOS PÚBLICO E PRIVADO, ASSIM COMO HÁBITOS DE SAÚDE PESSOAL E DE CONSUMO DE MEDICAMENTOS METODOLOGIA

Leia mais

Carta Regional dos Municípios de Itaguaí, Mangaratiba, Seropédica e Rio de Janeiro.

Carta Regional dos Municípios de Itaguaí, Mangaratiba, Seropédica e Rio de Janeiro. Carta Regional dos Municípios de Itaguaí, Mangaratiba, Seropédica e Rio de Janeiro. Nós, membros do poder público, usuários e sociedade civil organizada, estudantes e profissionais da educação, reunidos

Leia mais

Mais de 3800 vozes dizendo

Mais de 3800 vozes dizendo Mais de 3800 vozes dizendo A iniciativa Iniciativa 100% popular Não queremos culpar ninguém, nem quem assinou nem quem autorizou a assinatura do contrato. Estamos aqui pois entendemos que compete à Casa

Leia mais

Demonstrativo da extrema pobreza: Brasil 1990 a 2009

Demonstrativo da extrema pobreza: Brasil 1990 a 2009 Campinas, 29 de fevereiro de 2012 AVANÇOS NO BRASIL Redução significativa da população em situação de pobreza e extrema pobreza, resultado do desenvolvimento econômico e das decisões políticas adotadas.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PRESIDENTE KUBITSCHEK Estado de Minas Gerais MENSAGEM Nº

PREFEITURA MUNICIPAL DE PRESIDENTE KUBITSCHEK Estado de Minas Gerais MENSAGEM Nº MENSAGEM Nº Senhores membros da Câmara Municipal, Submeto à elevada deliberação de V. Exªs. o texto do projeto de lei que institui o Plano Plurianual para o período de 2002 a 2005. Este projeto foi elaborado

Leia mais

METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais.

METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais. METODOLOGIA METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO 2.085 pessoas foram entrevistadas, a partir de 16 anos, de todos os níveis econômicos em todas as regiões do país. As entrevistas foram

Leia mais

Investimento para Mulheres

Investimento para Mulheres Investimento para Mulheres Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência de mercado. Cem

Leia mais

N : PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Entrevistador: Nome do entrevistado: (xx)xxxxxxxx. Endereço: Cidade: Situação do domicílio: 1.Urbano 2.

N : PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Entrevistador: Nome do entrevistado: (xx)xxxxxxxx. Endereço: Cidade: Situação do domicílio: 1.Urbano 2. Entrevistador: Nome do entrevistado: Telefone: (xx)xxxxxxxx N : Endereço: Cidade: Situação do domicílio: 1.Urbano 2.Rural Estado: AC AP DF MA MT PE RJ RR SE AL BA ES MG PA PI RN RS SP AM CE GO MS PB PR

Leia mais

1 Abastecimento de água potável

1 Abastecimento de água potável Índice de atendimento urbano de água Planilha de Objetivos, Indicadores e GT Saneamento A Santa Maria que queremos Visão: Que até 2020 Santa Maria esteja entre os melhores Municípios do Rio Grande do Sul,

Leia mais

Ana Fonseca Secretária Extraordinária de Superação da Extrema Pobreza (SESEP/MDS) Reunião do SASF 2 de agosto de 2011 Brasília

Ana Fonseca Secretária Extraordinária de Superação da Extrema Pobreza (SESEP/MDS) Reunião do SASF 2 de agosto de 2011 Brasília Ana Fonseca Secretária Extraordinária de Superação da Extrema Pobreza (SESEP/MDS) Reunião do SASF 2 de agosto de 2011 Brasília LINHA E PÚBLICO DA EXTREMA POBREZA Linha de extrema pobreza: renda familiar

Leia mais

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE Rodada 125 18 e 19 de outubro de 2014 Registro no TSE: BR-01139/2014 ÍNDICE 1 DADOS TÉCNICOS... 03 2 ELEIÇÃO PRESIDENCIAL 2014... 04 2 1. DADOS TÉCNICOS PESQUISA CNT/MDA

Leia mais

Saneamento Básico no Brasil Situação e Proposta de Soluções. Junho - 2010

Saneamento Básico no Brasil Situação e Proposta de Soluções. Junho - 2010 Saneamento Básico no Brasil Situação e Proposta de Soluções Junho - 2010 Como surgiu o Movimento Trata Brasil Da união das indústrias Amanco, Braskem, Solvay Indulpa e Tigre, foi criado em julho de 2007,

Leia mais

Pesquisa de opinião pública. sobre. Energia elétrica. Brasil Junho de 2014

Pesquisa de opinião pública. sobre. Energia elétrica. Brasil Junho de 2014 Pesquisa de opinião pública sobre Energia Elétrica Brasil Junho de 2014 Pesquisa de opinião pública sobre Energia elétrica Brasil Junho de 2014 IBOPE Especificações Técnicas Universo População brasileira

Leia mais

IBGE revela pela 1ª vez a situação do esporte promovido pelos municípios

IBGE revela pela 1ª vez a situação do esporte promovido pelos municípios IBGE revela pela 1ª vez a situação do esporte promovido pelos municípios O Suplemento de Esporte da Pesquisa de Informações Básicas Municipais do IBGE (Munic) mostra que, apesar de 93,6% das cidades brasileiras

Leia mais

SANEAMENTO - DESAFIOS ÀREAS: RURAL e URBANA

SANEAMENTO - DESAFIOS ÀREAS: RURAL e URBANA SANEAMENTO - DESAFIOS ÀREAS: RURAL e URBANA Caxias do Sul Rio Grande do Sul 96 km POA região nordeste, altitude média 760 m População: 404.187 hab.ibge 2010 território: 165.731,00 ha; urbano: 13.344,00

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE SAÚDE PÚBLICA PANORAMA DO SANEAMENTO BÁSICO NO PAÍS

MINISTÉRIO DA SAÚDE FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE SAÚDE PÚBLICA PANORAMA DO SANEAMENTO BÁSICO NO PAÍS MINISTÉRIO DA SAÚDE FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE SAÚDE PÚBLICA PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO 2007-2010 INFRA-ESTRUTURA SOCIAL E URBANA SANEAMENTO PANORAMA DO SANEAMENTO

Leia mais

ELEITORAL VILA VELHA 2 TURNO

ELEITORAL VILA VELHA 2 TURNO ELEITORAL VILA VELHA 2 TURNO Outubro de 2012 ÍNDICE 1 METODOLOGIA... 3 2 ELEIÇÃO 2 TURNO... 4 2.1 - Transferência de votos... 5 3 AVALIAÇÃO POLÍTICA... 7 4 SERVIÇOS... 9 REALIZADORES... 11 2 1 METODOLOGIA

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO FINANCIAMENTO DA SAÚDE

REGULAMENTAÇÃO DO FINANCIAMENTO DA SAÚDE REGULAMENTAÇÃO DO FINANCIAMENTO DA SAÚDE O QUE É A EMENDA 29? Foi promulgada no ano de 2000 e considerada uma grande conquista social vez que vinculou recursos públicos para o financiamento da Saúde dos

Leia mais

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PROPOSTA DE AÇÃO Criar um fórum permanente onde representantes dos vários segmentos do poder público e da sociedade civil atuem juntos em busca de uma educação

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL FEVEREIRO 2008

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL FEVEREIRO 2008 APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL FEVEREIRO 2008 Nossa Realidade Nossa Realidade Há décadas, o Brasil investe apenas 1/3 do necessário em saneamento para atingir a universalização num prazo de 20 anos Mesmo com

Leia mais

Metodologia AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais.

Metodologia AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais. Junho / 2014 Metodologia Metodologia AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO 2.126 pessoas foram entrevistadas, a partir de 16 anos, de todos os níveis econômicos em todas as regiões do país. As entrevistas

Leia mais

1 Qualificar os serviços de Abastecimento de água potável

1 Qualificar os serviços de Abastecimento de água potável nos núcleos rurais com mais de 10 economias nas áreas quilombolas nas áreas indígenas Planilha de Objetivos, Indicadores e Ações Viabilizadoras GT Saneamento A Santa Maria que queremos Visão: "Que até

Leia mais

ANÁLISE DA INCIDÊNCIA DE DOENÇAS DE VEICULAÇÃO HÍDRICA NA REGIÃO DE JACARAÍPE E NOVA ALMEIDA, SERRA, ES. DEVAIR VIAL BRZESKY

ANÁLISE DA INCIDÊNCIA DE DOENÇAS DE VEICULAÇÃO HÍDRICA NA REGIÃO DE JACARAÍPE E NOVA ALMEIDA, SERRA, ES. DEVAIR VIAL BRZESKY ANÁLISE DA INCIDÊNCIA DE DOENÇAS DE VEICULAÇÃO HÍDRICA NA REGIÃO DE JACARAÍPE E NOVA ALMEIDA, SERRA, ES. DEVAIR VIAL BRZESKY Importância da água para a vida: Higiene pessoal. Preparação dos alimentos.

Leia mais

Datafolha, propaganda e eleitores nos estados

Datafolha, propaganda e eleitores nos estados Datafolha, propaganda e eleitores nos estados 23 de agosto de 2010 1. Vitória de Dilma no 1º turno Bastou uma semana de horário eleitoral gratuito em rádio e televisão ao lado do presidente Lula para Dilma

Leia mais

ENGENHARIA E ARQUITETURA PÚBLICA UMA VISÃO SISTÊMICA DA POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA A HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL.

ENGENHARIA E ARQUITETURA PÚBLICA UMA VISÃO SISTÊMICA DA POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA A HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL. ENGENHARIA E ARQUITETURA PÚBLICA UMA VISÃO SISTÊMICA DA POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA A HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL. 1- Apresentação A Constituição de 1988, denominada pelo saudoso Deputado

Leia mais

COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO URBANO, OBRAS, VIAÇÃO E TRANSPORTE COMISSÃO DO MEIO AMBIENTE. PROJETO DE LEI Nº 237/2012 Com o Substitutivo n o 1

COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO URBANO, OBRAS, VIAÇÃO E TRANSPORTE COMISSÃO DO MEIO AMBIENTE. PROJETO DE LEI Nº 237/2012 Com o Substitutivo n o 1 COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO URBANO, OBRAS, VIAÇÃO E TRANSPORTE COMISSÃO DO MEIO AMBIENTE PROJETO DE LEI Nº 237/2012 Com o Substitutivo n o 1 RELATÓRIO: De autoria do Vereador Amauri Cardoso, este projeto

Leia mais

ANEXO VII ESTRATÉGIA DE COMPATIBILIZAÇÃO DOS INVESTIMENTOS

ANEXO VII ESTRATÉGIA DE COMPATIBILIZAÇÃO DOS INVESTIMENTOS ANEXO VII ESTRATÉGIA DE COMPATIBILIZAÇÃO DOS INVESTIMENTOS MUNICÍPIO DE SANTOS 1 1. OBJETIVO O presente Plano tem por objetivo ordenar os trabalhos necessários para a viabilização das obras de Saneamento

Leia mais

IX CONFERÊNCIA ESTADUAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CURITIBA-PR

IX CONFERÊNCIA ESTADUAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CURITIBA-PR IX CONFERÊNCIA ESTADUAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CURITIBA-PR Rosiane Costa de Souza Assistente Social Msc Serviço Social/UFPA Diretora de Assistência Social Secretaria de Estado de Assistência Social do Pará

Leia mais

As Lições da Crise Hídrica na Região Metropolitana de São Paulo João Alberto Viol

As Lições da Crise Hídrica na Região Metropolitana de São Paulo João Alberto Viol As Lições da Crise Hídrica na Região Metropolitana de São Paulo João Alberto Viol Vice Presidente de Gestão e Assuntos Institucionais Resumo Planejamento das atividades de Infraestrutura de Saneamento

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO INTEGRADO DE SANEAMENTO BÁSICO E RESÍDUOS SÓLIDOS PRIORIDADE INSTITUCIONAL 4 EIXOS DE ATUAÇÃO ELABORAÇÃO DOS PLANOS MUNICIPAIS DE SANEAMENTO BÁSICO

Leia mais

Brasil avança, mas é quarto país mais desigual da América Latina, diz ONU

Brasil avança, mas é quarto país mais desigual da América Latina, diz ONU Brasil avança, mas é quarto país mais desigual da América Latina, diz ONU Estudo faz balanço de serviços urbanos básicos, como a gestão dos resíduos sólidos. (Foto: Reprodução) Apesar do crescimento econômico,

Leia mais

SITE REDE BRASIL ATUAL, 30 /10/2012. Haddad assumirá cidade deficitária em diversas áreas, afirmam especialistas

SITE REDE BRASIL ATUAL, 30 /10/2012. Haddad assumirá cidade deficitária em diversas áreas, afirmam especialistas SITE REDE BRASIL ATUAL, 30 /10/2012 Haddad assumirá cidade deficitária em diversas áreas, afirmam especialistas Últimos oito anos de gestão representaram estagnação ou retrocesso na cidade Por: Redação

Leia mais

FGTS 45 ANOS DE DESENVOLVIMENTO O BRASIL E PROMOVENDO A CIDADANIA

FGTS 45 ANOS DE DESENVOLVIMENTO O BRASIL E PROMOVENDO A CIDADANIA FGTS 45 ANOS DE DESENVOLVIMENTO O BRASIL E PROMOVENDO A CIDADANIA Inês Magalhães Secretária Nacional de Habitação Ministério das Cidades Brasília, 24 de novembro de 2011 Política Nacional de Habitação

Leia mais

Urbanização Brasileira

Urbanização Brasileira Urbanização Brasileira O Brasil é um país com mais de 190 milhões de habitantes. A cada 100 pessoas que vivem no Brasil, 84 moram nas cidades e 16 no campo. A população urbana brasileira teve seu maior

Leia mais

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL Natal, setembro de 2015 1 Sumário 1. Aspectos Metodológicos... 3 2. Descrição dos Resultados... 4 Itens de comemoração... 4 Gastos com presente... 4 Local e quando compra...

Leia mais

Panorama do Saneamento Básico no Brasil: situação em 2008 e os investimentos previstos para a Copa do Mundo de 2014

Panorama do Saneamento Básico no Brasil: situação em 2008 e os investimentos previstos para a Copa do Mundo de 2014 Panorama do Saneamento Básico no Brasil: situação em 2008 e os investimentos previstos para a Copa do Mundo de 2014 INTRODUÇÃO Reconhecendo a importância da oferta de saneamento para a melhoria da infraestrutura

Leia mais

PESQUISA IBOPE / INSTITUTO AVON

PESQUISA IBOPE / INSTITUTO AVON PESQUISA IBOPE / INSTITUTO AVON PERCEPÇÕES E REAÇÕES DA SOCIEDADE SOBRE A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER 2009 PARCERIAS INSTITUTO PATRÍCIA GALVÃO Planejamento e supervisão da pesquisa IBOPE INTELIGÊNCIA Campo

Leia mais

Relatório Estadual de Acompanhamento - 2008. Relatório Estadual de Acompanhamento 2008 Objetivos de Desenvolvimento do Milênio

Relatório Estadual de Acompanhamento - 2008. Relatório Estadual de Acompanhamento 2008 Objetivos de Desenvolvimento do Milênio Relatório Estadual de Acompanhamento 2008 Objetivos de Desenvolvimento do Milênio 1- Erradicar a extrema pobreza e a fome Meta 1: Reduzir pela metade, entre 1990 e 2015, a proporção da população com renda

Leia mais

Esta é a pesquisa de satisfação

Esta é a pesquisa de satisfação Esta é a pesquisa de satisfação dos usuários de saneamento básico realizada entre a categoria residencial dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário regulados pela Agência em 244 municípios

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO NÚCLEO DE ESTUDO E PESQUISA EM RESÍDUOS SÓLIDOS III SIMPÓSIO SOBRE RESÍDUOS SÓLIDOS III SIRS (2013)

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO NÚCLEO DE ESTUDO E PESQUISA EM RESÍDUOS SÓLIDOS III SIMPÓSIO SOBRE RESÍDUOS SÓLIDOS III SIRS (2013) UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO NÚCLEO DE ESTUDO E PESQUISA EM RESÍDUOS SÓLIDOS III SIMPÓSIO SOBRE RESÍDUOS SÓLIDOS III SIRS (2013) Estudo de caso: Diagnóstico do sistema de manejo de resíduos sólidos domiciliares

Leia mais

Saneamento Cachoeira Alta - GO

Saneamento Cachoeira Alta - GO ANEXO III INFORMAÇÕES PRELIMINARES DO MUNICÍPIO E DO PLANO DE MOBILIZAÇÃO SOCIAL Nome do Município/UF Cachoeira Alta- GO População 10.553habitantes Caracterização do sistema de saneamento Breve descrição

Leia mais

AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO 2013

AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO 2013 1 AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO Temas 2 Objetivo e metodologia Utilização dos serviços do plano de saúde e ocorrência de problemas Reclamação ou recurso contra o plano de

Leia mais

Mesa Redonda Universalização do saneamento e mobilização social em comunidades de baixa renda

Mesa Redonda Universalização do saneamento e mobilização social em comunidades de baixa renda Secretaria Nacional de Mesa Redonda Universalização do saneamento e mobilização social em comunidades de baixa renda PLANEJAMENTO E CONTROLE SOCIAL COMO ESTRATÉGIAS PARA UNIVERSALIZAR O SANEAMENTO Marcelo

Leia mais

SANEAMENTO É SAÚDE João José da Silva

SANEAMENTO É SAÚDE João José da Silva Democratização da Política de Serviços de Saneamento Básico por Meio de Inovações Sociotécnicas. Lições para enfrentar os desafios. Seminário do Projeto DESAFIO SANEAMENTO É SAÚDE João José da Silva Recife,

Leia mais

Curso de Desenvolvimento. sustentável.

Curso de Desenvolvimento. sustentável. 50 Série Aperfeiçoamento de Magistrados 17 Curso de Desenvolvimento Sustentável Juliana Andrade Barichello 1 O objetivo deste trabalho é discorrer sobre os principais pontos das palestras proferidas sobre

Leia mais

Pedro Carrano e Thiago Hoshino Brasil de Fato (Curitiba (PR)

Pedro Carrano e Thiago Hoshino Brasil de Fato (Curitiba (PR) Nosso déficit não é de casas, é de cidade Raquel Rolnik defende que atualmente não há políticas para moradia, apenas políticas focadas no setor imobiliário e financeiro 22/10/2012 Pedro Carrano e Thiago

Leia mais