HABILIDADE FINANCEIRA DOS BRASILEIROS. Fevereiro de 2016

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "HABILIDADE FINANCEIRA DOS BRASILEIROS. Fevereiro de 2016"

Transcrição

1 HABILIDADE FINANCEIRA DOS BRASILEIROS Fevereiro de 2016

2 OBJETIVOS DO ESTUDO Compreender o grau de conhecimento e a habilidade dos brasileiros em lidar com o dinheiro e suas finanças.

3 METODOLOGIA Público alvo: residentes em todas as capitais brasileiras, com idade igual ou superior a 18 anos, ambos os sexos e todas as classes sociais. Método de coleta: pesquisa realizada via web e pós-ponderada considerando sexo, idade, escolaridade, classe e região do país. Tamanho amostral da pesquisa: 804 casos, gerando uma margem de erro no geral de 3,5 p.p para um intervalo de confiança a 95%. Data de coleta dos dados: primeira quinzena de dezembro de 2015 Obs.: Ao longo do relatório alguns gráficos não fecham em 100% devido ao arredondamento dos valores e/ou respostas múltiplas.

4 Caracterização da Amostra

5 ESTADOS: Cidade onde mora % da amostra Cidade onde mora % da amostra Aracaju 1,2% Manaus 3,3% Belém 2,7% Natal 2,0% Belo Horizonte 5,3% Palmas 0,5% Boa vista 0,5% Porto alegre 3,5% Brasilia 5,5% Porto velho 0,8% Campo Grande 1,8% Recife 3,3% Cuiabá 1,2% Rio Branco 0,7% Curitiba 4,2% Rio de Janeiro 15,2% Florianópolis 1,0% Salvador 6,2% Fortaleza 5,2% São Luís 1,8% Goiânia 3,0% São Paulo 25,0% Joao Pessoa 1,5% Teresina 1,5% Macapá 0,7% Vitória 0,8% Maceió 1,7% BASE Geral 804

6 SEXO I IDADE Sexo Idade 11,0% 16,3% 12,0% 48,7% 51,3% 16,7% 23,7% 20,3% Homem Mulher 18 a 24 anos 25 a 34 anos 35 a 44 anos 45 a 54 anos 55 a 64 anos 65 ou mais Slide 6 BASE Geral 804

7 ESTADO CIVIL I OCUPAÇÃO Estado Civil 1,4% 7,3% 15,5% 31,1% Ocupação 3,6% 4,3% 11,4% 9,8% 19,1% 45,4% 0,5% 1,7% 4,2% 44,7% Slide 7 Solteiro União estável Viúvo Casado Separado/divorciado BASE Geral 804 Aposentado/Pensionista Atualmente desempregado Autônomo Dona de casa Empresário/Comerciante Estudante/Universitário que não esteja estagiando Funcionário empresa privada, incluindo estagiário Funcionário público Profissional liberal

8 CLASSE Classe 77,7% 22,3% A/B C/D/E Número médio de moradores por domicílio: 3,18 Slide 8 BASE Geral 804

9 Conhecimento e Habilidades Financeiras

10 CONHECIMENTO E HABILIDADE FINANCEIRA Apenas 38% se sentem seguros para gerenciar o dinheiro pessoal e familiar, principalmente homens, pessoas mais velhas e das classes A/B. Este resultado é consequência, possivelmente, do baixo grau de conhecimento de práticas financeiras que foram investigadas. De um forma geral, as médias foram baixas, indicando um conhecimento não muito expressivo em itens fundamentais para uma gestão financeira eficiente como: juros cobrados em empréstimos e cartão de crédito e decisões sobre investimentos. Para confirmar o grau de conhecimento declarado pelos entrevistados foram realizados alguns testes práticos de habilidades matemáticas e financeiras simulando situações reais do dia a dia que, se usadas na prática, favorecem a escolha das opções mais adequadas para uma boa gestão das finanças.

11 CONHECIMENTO E HABILIDADE FINANCEIRA No primeiro teste, os entrevistados optaram entre comprar um livro imediatamente ou pela internet, neste caso com desconto. Porém se considerarmos o valor do frete, além de esperar mais tempo para comprá-lo, o entrevistado pagará mais por ele. O resultado evidencia a falta de habilidade financeira para a tomada de decisão de ao menos 21% dos entrevistados que não escolhem a opção mais adequada. No segundo teste é colocado o cenário no qual o entrevistado tem uma reserva financeira, mas não tem dinheiro do orçamento mensal para pagar a fatura do cartão de crédito. Mais um vez temos uma parcela significativa que não faz a melhor opção (35%, sendo que 17,5% escolhe a pior possível: fazer o pagamento apenas do mínimo. Mais uma vez a falta de habilidade matemática, associada ao baixo conhecimento de itens como taxas de juros explicam este comportamento.

12 CONHECIMENTO E HABILIDADE FINANCEIRA No terceiro teste o seguinte cenário foi traçado: imagine que você vai a uma lanchonete com a intenção de comprar apenas um sanduíche e ao chegar encontra preços promocionais para combos de produtos. 72% dos entrevistados mudam de ideia e não compram apenas o sanduíche, influenciados possivelmente pela necessidade que os consumidores têm de tirar vantagem de promoções, mesmo quando não são necessárias. No quarto teste simulamos uma pessoa que ganha por mês R$ 3.000,00, com um custo fixo de R$ 2.500,00 sendo que deste, ele gasta R$ 350,00 por mês com ônibus e táxi. Há uma promoção de um carro popular com prestações de R$ 350,00. 43% dos entrevistados indicariam a compra do carro, desconsiderando outros gastos envolvidos e privilegiando a concretização do benefício imediato. No último teste, foi simulada uma compra de uma TV com 3 possíveis formas de pagamento. Uma das opções oferecia um desconto à vista e vários benefícios que seriam desfrutados com a compra da próxima TV, mas apenas 18% a escolheram, possivelmente pela tendência ao imediatismo, desconsiderando possíveis benefícios futuros.

13 CONHECIMENTO E HABILIDADE FINANCEIRA O resultado dos testes sugerem que há uma parcela significativa de entrevistados que nem sempre decidem pelas melhores opções para seu bolso. Há uma parcela significativa da população que por falta de habilidade matemática (saber fazer contas corretamente, calcular juros, etc) e baixo conhecimento sobre preceitos de uma gestão financeira adequada, faz escolhas prejudiciais para si mesmo. Além disto, influenciados pela necessidade imediata de tirar vantagens de ofertas promocionais, acabam adquirindo produtos não planejados desconsiderando gastos envolvidos. Incidência encontrada na aquisição de produtos de baixo e alto valor.

14 COMO SE SENTE A RESPEITO DOS SEUS CONHECIMENTOS PARA GERENCIAR/ ORGANIZAR O SEU DINHEIRO? Apenas 38% se sentem seguros para gerenciar o dinheiro pessoal e familiar, principalmente homens, pessoas mais velhas e das classes A/B. Geral Sexo Idade Classe 38,0% 23,2% 43,1% 26,9% 33,1% 19,6% 25,1% 24,6% 36,8% 23,1% 62,4% 60,6% 31,5% 25,6% 38,8% 30,0% 47,3% 50,3% 40,0% 20,7% 16,9% 14,8% 24,7% 42,9% Total Homem Mulher 18 a a ou mais A/B C/D/E Inseguro, gostaria de ter mais informações Indiferente, não é uma questão que me preocupa muito Seguro, acredito que tenho bom conhecimento na área Total Homem Mulher 18 a a ou mais A/B C/D/E

15 GRAU DE CONHECIMENTO SOBRE FINANÇAS MÉDIA 1 A 10: De uma forma geral, as médias atribuídas pelos entrevistados não foram muito altas. Vale destacar que a maior média foi relativa a administração do orçamento financeiro, sendo baixo o conhecimento das pessoas para escolhas relativas a parcelamentos no cartão e empréstimos, assim como nas decisões ligadas a investimentos. Homens e pessoas das classes A/B são os que possuem melhor conhecimento de uma forma geral. Os entrevistados atribuíram nota de 1 a 10 para o próprio grau de conhecimento com relação a cada um dos itens. O número apresentado refere-se à média desta nota. RU (por item) GERAL Homem Sexo Idade Classe Mulher De 18 a 34 anos De 35 a 54 anos 55 ou mais A/B C/D/E Administração do seu orçamento financeiro 6,6 6,9 6,4 6,1 6,7 7,6 7,6 6,4 Juros cobrados no cartão de crédito 6,5 6,8 6,2 5,4 7,1 7,6 7,9 6,1 Juros cobrados em empréstimos 6,5 6,9 6,2 5,4 6,9 7,7 8,0 6,1 O melhor investimento para você, considerando sua realidade 5,3 5,7 4,9 4,6 5,4 6,3 5,9 5,1 Investimentos com melhores taxas de retorno 4,9 5,3 4,5 4,4 4,8 6,0 5,6 4,7 1,0 a 5,0 5,1 a 7,0 7,1 a 8,0 8,1 a 10,0 Total Homem Mulher 18 a a ou mais A/B C/D/E

16 TESTES E SIMULAÇÕES Com a intenção de investigar se na prática as pessoas têm um grau de conhecimento consistente sobre o universo básico das finanças pessoais, foram feitas 5 simulações de consumo frequentes em situações cotidianas e que precisam de certa habilidade para uma boa tomada de decisão. Com estas simulações, torna-se possível confirmar ou não, o cenário até então encontrado de baixo conhecimento de elementos importantes da educação financeira e insegurança de parte significativa dos entrevistados. Estes testes foram elaborados à luz da teoria da economia comportamental, tendo em vista alguns padrões de comportamento: benefício imediato x futuro; efeito posse / tirar vantagem de algo mesmo não precisando; desconsideração do futuro; inabilidade financeira; teoria do desconto hiperbólico (influência para as pessoas parcelarem as compras); escolha intertemporal (benefício no presente e pagamento no futuro).

17 TESTE 1 Vamos agora pensar que você precisa comprar um livro, mas não tem muita urgência. Em um passeio pelo shopping você o encontrou pelo valor de R$ 20,00 e pela internet você sabe que ele está com um desconto de 30% e valor de frete de R$ 10,00. Qual a melhor opção de compra? (RU) Melhor opção: shopping

18 CONSIDERANDO O CENÁRIO TRAÇADO, QUAL A MELHOR OPÇÃO DE COMPRA? 76% escolheu a melhor opção de compra que é no shopping, principalmente os homens, e 15% opta pela internet, mesmo o preço sendo maior considerando o valor do frete, principalmente as pessoas das classes C/D/E. Geral Sexo Idade Classe 2,8% 2,7% 2,8% 5,9% 3,4% 3,1% 8,3% 5,7% 3,2% 2,2% 3,2% 0,6% 3,4% 9,9% 10,6% 4,8% 13,3% 15,5% 17,4% 17,7% 18,2% 10,7% 7,9% 16,9% 75,8% 80,5% 71,3% 72,9% 77,3% 78,3% 78,8% 74,9% Total Homem Mulher 18 a a ou mais A/B C/D/E Comprar no shopping Comprar pela internet Tanto faz, o valor é o mesmo Não sei Total Homem Mulher 18 a a ou mais A/B C/D/E

19 TESTE 2 Você tem uma determinada quantia na poupança ou outro investimento, e devido a alguns imprevistos, você não consegue pagar a fatura integral do cartão de crédito. O que você faria nesta situação? Melhor opção: usar parte da reserva financeira e pagar o cartão integralmente

20 O QUE VOCÊ FARIA NESTA SITUAÇÃO? 65% dos entrevistados usam corretamente o dinheiro da poupança, principalmente os homens, pessoas com 55 anos ou mais e das classes A/B. 17% opta por pagar o mínimo do cartão, principalmente as mulheres, pessoas até 54 anos e das classes C/D/E. Sendo esta opção a menos favorável para a saúde das finanças em função das altas taxas de juros cobradas. RU GERAL Homem Sexo Idade Classe Mulher De 18 a 34 anos De 35 a 54 anos 55 ou mais A/B C/D/E Uso o dinheiro que tenho na poupança ou outro investimento para pagar o valor integral do cartão 65,2% 72,2% 58,6% 58,4% 62,0% 82,4% 85,3% 59,5% Pago o valor mínimo do cartão 17,5% 13,5% 21,2% 20,7% 19,1% 9,1% 8,1% 20,1% Peço dinheiro emprestado para amigos ou familiares para pagar o valor integral do cartão Faço um empréstimo para pagar o valor integral do cartão 8,9% 6,6% 11,0% 12,9% 7,6% 3,8% 3,1% 10,5% 1,9% 2,2% 1,6% 0,7% 4,3% 0,0% 1,3% 2,0% Outro 2,1% 1,8% 2,3% 1,9% 1,8% 2,7% 0,0% 2,6% Não sei 4,5% 3,7% 5,2% 5,4% 5,1% 2,1% 2,1% 5,2% Total Homem Mulher 18 a a ou mais A/B C/D/E

21 MOTIVOS QUE JUSTIFICAM A FORMA DE PAGAMENTO ESCOLHIDA: Percebe-se que há muito equívoco e falta de informação de parcela significativa dos entrevistados acerca da opções mais recomendáveis para administração das dívidas, uma vez que as justificativas dadas não são compatíveis com a realidade, quando analisada a pior situação possível, ou seja, o pagamento do valor mínimo do cartão. RU Total Pago o valor mínimo do cartão Uso o dinheiro que tenho na poupança ou outro investimento para pagar o valor integral do cartão Peço dinheiro emprestado para amigos ou familiares para pagar o valor integral do cartão Faço um empréstimo para pagar o valor integral do cartão Outro Acredito que perco menos dinheiro agindo assim 59,0% 29,3% 69,0% 45,2% 80,6% 33,2% Sinto-me mais confortável agindo desta forma, não tenho que pensar muito Não gosto de usar a reserva financeira que tenho pois gosto de ter segurança de ter dinheiro guardado para imprevistos 20,4% 13,4% 21,6% 21,8% 8,0% 48,8% 16,0% 48,2% 5,5% 33,0% 5,2% 10,7% Outro 1,8% 4,2% 1,3% 0,0% 6,3% 0,0% Não sei 2,8% 4,9% 2,5% 0,0% 0,0% 7,4% Pago o valor mínimo Uso o dinheiro que tenho na poupança ou outro Peço dinheiro emprestado para amigos ou Faço um empréstimo para pagar Total do cartão investimento para pagar o valor integral do cartão familiares para pagar o valor integral do cartão o valor integral do cartão Outro

22 TESTE 3 Imagine que você vai a uma lanchonete com a intenção de comprar apenas um sanduíche. Quando chega à lanchonete, você encontra os seguintes preços individuais: VOCÊ PODE OPTAR TAMBEM PELO COMBO: Melhor opção: comprar apenas o lanche

23 CONSIDERANDO O CENÁRIO TRAÇADO, O QUE VOCÊ COMPRARIA? Apenas 25% mantêm o objetivo original de comprar apenas um sanduíche (pessoas acima de 35 anos e classes A/B), sendo que 58% opta pelo combo, principalmente mulheres, pessoas de 18 a 34 anos e das classes C/D/E. Idade Geral Sexo Classe 3,0% 2,8% 3,2% 3,5% 3,9% 2,0% 0,0% 2,0% 2,2% 1,8% 2,3% 1,0% 3,2% 3,9% 3,1% 1,6% 11,8% 14,0% 9,8% 8,7% 17,3% 8,5% 14,4% 11,1% 25,0% 27,6% 22,6% 17,5% 27,1% 34,7% 32,5% 22,9% 58,2% 53,5% 62,7% 68,0% 52,7% 49,9% 49,9% 60,6% Total Homem Mulher 18 a a ou mais A/B C/D/E O combo Apenas o sanduíche O sanduíche e um refrigerante O sanduíche e uma porção de batata Não sei Total Homem Mulher 18 a a ou mais A/B C/D/E

24 MOTIVOS QUE JUSTIFICAM A OPÇÃO DE COMPRA ESCOLHIDA: A sensação de estar fazendo um bom negócio é o principal motivador para 61% daqueles que, mesmo tendo planejado comprar apenas um, sanduíche, optaram por compra um combo. Total Apenas o sanduíche O sanduíche e um refrigerante O sanduíche e uma porção de batata O combo Porque é mais vantajosa, sinto que estou fazendo um bom negócio Porque gosto de comprar apenas o que de fato preciso, gasto somente com coisas que são necessárias 60,9% 9,2% 26,5% 68,7% 89,8% 36,9% 89,1% 70,5% 31,0% 7,9% Outro 1,6% 1,7% 2,9% 0,3% 1,3% Não sabe 0,6% 0,0% 0,0% 0,0% 1,0% Total Apenas o sanduíche O sanduíche e um refrigerante O sanduíche e uma porção de batata O combo

25 TESTE 4 Vamos imaginar uma pessoa que ganha por mês R$ 3.000,00. O seu custo fixo hoje é de R$ 2.500,00 sendo que deste, ele gasta R$ 350,00 por mês com ônibus e taxi. Há uma promoção de um carro popular com prestações de R$ 350,00. O que você acha que esta pessoa deve fazer? Melhor opção: não comprar o carro

26 VOCÊ ACHA QUE ESTA PESSOA DEVE COMPRAR O CARRO? 24% opta pela compra do carro por acreditar, erroneamente, que os gastos não irão aumentar, principalmente pessoas de 18 a 34 anos e das classes C/D/E. Não foi considerado as despesas existentes para a manutenção do carro, que certamente desequilibrarão o orçamento mensal. Sexo Idade Classe MOTIVOS - RU GERAL Homem Mulher De 18 a 34 anos De 35 a 54 anos 55 ou mais A/B C/D/E Continuar utilizando ônibus e taxi, pois irá gastar muito mais com novas despesas do que gasta hoje com transporte se comprar o carro Comprar o carro, pois a prestação fica praticamente no mesmo valor gasto hoje com transporte Comprar o carro, pois mesmo tendo outras despesas e gastando mais do que gasta hoje com transporte, irá valer a pena 49,9% 56,3% 43,9% 39,0% 53,3% 63,7% 62,2% 46,4% 24,0% 24,5% 23,6% 29,2% 22,2% 18,0% 16,4% 26,2% 19,5% 12,1% 26,5% 25,3% 16,9% 13,6% 20,1% 19,4% Não sei 6,5% 7,0% 6,0% 6,5% 7,7% 4,7% 1,3% 8,0% Total Homem Mulher 18 a a ou mais A/B C/D/E

27 TESTE 5 Vamos imaginar agora que você precisa comprar uma TV e após fazer pesquisas, encontrou o modelo que mais agrada você a um preço de R$ A loja ofereceu três possibilidades de pagamento: Melhor opção: 1

28 CONSIDERANDO O CENÁRIO TRAÇADO, O QUE VOCÊ COMPRARIA? 67% opta pela compra à vista com 15% de desconto, principalmente homens, pessoas com 35 anos ou mais e das classes A/B. Geral Sexo Idade Classe 4,7% 4,2% 5,2% 6,1% 2,8% 5,5% 17,6% 16,6% 14,7% 18,4% 14,0% 22,2% 10,7% 8,5% 10,6% 5,9% 12,8% 13,6% 0,6% 14,1% 8,7% 5,9% 18,6% 11,3% 67,0% 70,6% 63,5% 58,1% 71,9% 74,7% 76,5% 64,3% Total Homem Mulher 18 a a ou mais A/B C/D/E Prefiro a Opção 1 Prefiro a Opção 2 Prefiro a Opção 3 Não sei Total Homem Mulher 18 a a ou mais A/B C/D/E

29 MOTIVOS QUE JUSTIFICAM A OPÇÃO DE COMPRA ESCOLHIDA: Percebe-se que em alguns casos, a justificativa dada não é coerente com a opção feita pelo entrevistado, demonstrando mais uma vez uma possível falta de habilidade financeira para a tomada de decisão. MOTIVOS Total Prefiro a Opção 1 Prefiro a Opção 2 Prefiro a Opção 3 Prefiro pagar à vista com desconto para economizar 65,4% 78,3% 5,6% 53,0% Prefiro pagar à vista para não fazer dívidas 19,4% 20,5% 10,7% 20,6% Gosto de prestações com valores menores, de forma que eu fique com um dinheiro reservado para imprevistos Gosto de prestações com valores menores, de forma que eu possa comprar outros produtos financiados 9,5% 0,2% 63,5% 12,0% 2,5% 0,7% 12,9% 3,2% Não resisto a promoções 2,1% 0,0% 0,0% 11,3% Outro 1,0% 0,3% 7,3% 0,1% Total Prefiro a Opção 1 Prefiro a Opção 2 Prefiro a Opção

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente Maio de 2015 Slide 1 OBJETIVOS DO ESTUDO Mapear atitudes e comportamentos das pessoas que não possuem conta corrente em banco com relação

Leia mais

Mais da metade dos brasileiros pagam compras com o cartão de crédito, principalmente roupas, calçados e eletrodomésticos

Mais da metade dos brasileiros pagam compras com o cartão de crédito, principalmente roupas, calçados e eletrodomésticos USO DO CARTÃO DE CRÉDITO Mais da metade dos brasileiros pagam compras com o cartão de crédito, principalmente roupas, calçados e eletrodomésticos Mais da metade dos brasileiros (53%) faz uso do cartão

Leia mais

PESQUISA EDUCAÇÃO FINANCEIRA. Orçamento Pessoal e Conhecimentos Financeiros

PESQUISA EDUCAÇÃO FINANCEIRA. Orçamento Pessoal e Conhecimentos Financeiros PESQUISA EDUCAÇÃO FINANCEIRA Orçamento Pessoal e Conhecimentos Financeiros Janeiro 2015 1. INTRODUÇÃO Quatro em cada dez consumidores consideram-se desorganizados financeiramente, mas sete em cada dez

Leia mais

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 METODOLOGIA Plano amostral Público alvo: Consumidores de todas as Capitais do Brasil. Tamanho amostral da Pesquisa: 623 casos, gerando um erro máximo de 3,9%

Leia mais

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente Junho/2015

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente Junho/2015 O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente Junho/2015 1. INTRODUÇÃO 84% dos consumidores que não possuem conta corrente fazem compras parceladas O fato de não possuir conta em banco

Leia mais

SONDAGEM DATAS COMEMORATIVAS BLACK FRIDAY

SONDAGEM DATAS COMEMORATIVAS BLACK FRIDAY SONDAGEM DATAS COMEMORATIVAS BLACK FRIDAY Novembro 2015 INTRODUÇÃO O SPC Brasil e a CNDL (Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas) desenvolveram uma sondagem para as datas comemorativas com o objetivo

Leia mais

Entenda a tributação dos fundos de previdência privada O Pequeno Investidor 04/11/2013

Entenda a tributação dos fundos de previdência privada O Pequeno Investidor 04/11/2013 Entenda a tributação dos fundos de previdência privada O Pequeno Investidor 04/11/2013 Antes de decidir aplicar seu dinheiro em fundos de previdência privada, é preciso entender que é uma aplicação que

Leia mais

APRENDENDO A PLANEJAR

APRENDENDO A PLANEJAR APRENDENDO A PLANEJAR A melhor e talvez a única llmaneira de ter um fffffffffffffff orçamento realista, que o ajude a controlar as contas no dia-a-dia e a realizar sonhos, é fazer um dddddd inventário

Leia mais

Como o consumidor brasileiro paga as contas (consumidores) Outubro 2012

Como o consumidor brasileiro paga as contas (consumidores) Outubro 2012 Como o consumidor brasileiro paga as contas (consumidores) Outubro 2012 METODOLOGIA Plano amostral Público alvo: Consumidores de todas as Capitais do Brasil. Tamanho amostral da Pesquisa Perfil Adimplente

Leia mais

Ao saber destes aumentos por jornais (impressos e TV), estimulamos a pergunta de se isso impacta na forma que ele gasta seu dinheiro:

Ao saber destes aumentos por jornais (impressos e TV), estimulamos a pergunta de se isso impacta na forma que ele gasta seu dinheiro: PESQUISA: 2015 AMOSTRA: 525 pessoas da classe AB 13 de dezembro 5 capitais brasileiros: Curitiba, São Paulo, Belo Horizonte, Salvador e Brasília A ideia da pesquisa foi entender as expectativas do brasileiro

Leia mais

Planejamento Financeiro Feminino

Planejamento Financeiro Feminino Planejamento Financeiro Feminino Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência de mercado.

Leia mais

Oito em cada dez consumidores procuram ou são procurados pelos credores para negociar

Oito em cada dez consumidores procuram ou são procurados pelos credores para negociar PESQUISA RECUPERAÇÃO DE CRÉDITO E COBRANÇA Oito em cada dez consumidores procuram ou são procurados pelos credores para negociar Taxa de sucesso das cobranças chega a 56% Pesquisa do SPC Brasil e Meu Bolso

Leia mais

Como economizar dinheiro negociando com seu banco. negociecomseubanco.com.br 1

Como economizar dinheiro negociando com seu banco. negociecomseubanco.com.br 1 negociecomseubanco.com.br 1 Sumário Negocie Com Seu Banco... 3 Quem Somos... 3 Nossa Missão... 3 Este Ebook... 3 Introdução... 4 Como negociar... 6 1. Pesquise as taxas de juros na Negocie Com Seu Banco...

Leia mais

O impacto das emoções na nossa vida GET-PE

O impacto das emoções na nossa vida GET-PE O impacto das emoções na nossa vida financeira e em nossos investimentos. financeira e em nossos investimentos. GET-PE GET-PE Grupo de Estudo e Trabalho em Psicologia Econômica www.getpe.com.br BEM-VINDOS!

Leia mais

Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo. Campus da UNESP de São José do Rio Preto, 30/09/2015

Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo. Campus da UNESP de São José do Rio Preto, 30/09/2015 Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo Campus da UNESP de São José do Rio Preto, 30/09/2015 Objetivo geral Disseminar conhecimento financeiro e previdenciário dentro e fora da SP-PREVCOM

Leia mais

Motivos de transferência do negócio por parte dos franqueados

Motivos de transferência do negócio por parte dos franqueados Motivos de transferência do negócio por parte dos franqueados Por Maria Teresa Somma Com o intuito de entender os motivos que levam franqueados a transferir o seu negócio, foi realizada uma pesquisa exploratória

Leia mais

As 10 Melhores Dicas de Como Fazer um Planejamento Financeiro Pessoal Poderoso

As 10 Melhores Dicas de Como Fazer um Planejamento Financeiro Pessoal Poderoso As 10 Melhores Dicas de Como Fazer um Planejamento Financeiro Pessoal Poderoso Nesse artigo quero lhe ensinar a fazer um Planejamento Financeiro Pessoal Poderoso. Elaborei 10 dicas para você fazer um excelente

Leia mais

1 IRPF - Entrega A partir do dia 06 de março tem início o período de entrega da Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda Pessoa Física. É importante ficar atento principalmente se você for obrigado

Leia mais

O CONSUMO VIRTUAL NO BRASIL

O CONSUMO VIRTUAL NO BRASIL O CONSUMO VIRTUAL NO BRASIL Março 2015 1. PANORAMA DO CONSUMO VIRTUAL NO BRASIL Eletroeletrônicos, livros e calçados foram os itens mais comprados em 2014. Índice de satisfação do consumidor virtual brasileiro

Leia mais

Matemática III. IFRS Campus Rio Grande

Matemática III. IFRS Campus Rio Grande 1.31. Introdução à Matemática Financeira Uma das aplicações das sequências é a Matemática Financeira. odemos associar os dois sistemas monetários com nossas As e Gs! O sistema de juros simples é associado

Leia mais

Criação de Orçamentos

Criação de Orçamentos Criação de Orçamentos As pessoas primeiro, depois o as coisas. Suze Orman, Consultora financeira H á muitas maneiras de gastar seu dinheiro. Será que você deve comprar aquele livro que você está querendo

Leia mais

B R A S I L EMERGENTE E X P E C T A T I V A D E V I D A E C O N S U M O E M 2 0 1 5

B R A S I L EMERGENTE E X P E C T A T I V A D E V I D A E C O N S U M O E M 2 0 1 5 B R A S I L EMERGENTE E X P E C T A T I V A D E V I D A E C O N S U M O E M 2 0 1 5 O I N V E S T I M E N T O P E L A L Ó G I C A D A D E M A N D A R E N A T O M E I R E L L E S r e n a t o @ d a t a p

Leia mais

Os brasileiros diante da microgeração de energia renovável

Os brasileiros diante da microgeração de energia renovável Os brasileiros diante da microgeração de energia renovável Contexto Em abril de 2012, o governo através da diretoria da agência reguladora de energia elétrica (ANEEL) aprovou regras destinadas a reduzir

Leia mais

Guia Financ F eir inanc o eir 1

Guia Financ F eir inanc o eir 1 Guia Financeiro1 DÍVIDAS: PROTEJA SEU BOLSO! DÍVIDAS SÃO SEMPRE RUINS? Pare e pense: você está endividado? Nem sempre isso é um problema: muitas pessoas têm dívidas, mas não sabem. Ao usar o cartão de

Leia mais

Mercado de meios de pagamento eletrônico. ANO II Outubro/2009

Mercado de meios de pagamento eletrônico. ANO II Outubro/2009 Mercado de meios de pagamento eletrônico ANO II Outubro/2009 Objetivo Estudar a utilização dos meios eletrônicos de pagamento e os níveis de satisfação dos consumidores e estabelecimentos comerciais, em

Leia mais

Dicas para investir em Imóveis

Dicas para investir em Imóveis Dicas para investir em Imóveis Aqui exploraremos dicas de como investir quando investir e porque investir em imóveis. Hoje estamos vivendo numa crise política, alta taxa de desemprego, dólar nas alturas,

Leia mais

Economia da Educação 2013/2014 Pedro Telhado Pereira 4/7/2014 (Duração - 120 minutos)

Economia da Educação 2013/2014 Pedro Telhado Pereira 4/7/2014 (Duração - 120 minutos) Economia da 2013/2014 Pedro Telhado Pereira 4/7/2014 (Duração - 120 minutos) Nome completo: Nº: Nas folhas do enunciado aparecem espaços para as suas respostas. I Uma das competências que deve ter adquirido

Leia mais

Para demonstrar melhor essa relação dos descontroles, abaixo destacaremos os fatores importante de que trataremos nesta etapa de finanças pessoais:

Para demonstrar melhor essa relação dos descontroles, abaixo destacaremos os fatores importante de que trataremos nesta etapa de finanças pessoais: FINANÇAS PESSOAIS Finanças na corda bamba Muitas vezes o desequilíbrio financeiro não está ligado necessariamente a aspectos financeiro, mas sim a aspectos psicológicos, ou seja, você até elabora seus

Leia mais

Guia do Crédito Certo. Para entender e usar corretamente.

Guia do Crédito Certo. Para entender e usar corretamente. Guia do Crédito Certo Para entender e usar corretamente. Índice 1 2 3 4 5 6 7 8 9 Conhecendo o crédito. 1 \ O que fazer para ter uma vida financeira saudável? 2 Para que serve o crédito? 5 O Crédito Certo

Leia mais

RELEASE Belo Horizonte, 1º de setembro de 2014

RELEASE Belo Horizonte, 1º de setembro de 2014 RELEASE Mesmo tendo de um a três cartões de crédito, consumidor da capital mineira prefere pagar em dinheiro Eles privilegiam o pagamento a vista e controlam os impulsos na hora das compras. Mas a maioria

Leia mais

Oito em cada dez brasileiros não sabem como controlar as próprias despesas, mostra estudo do SPC Brasil

Oito em cada dez brasileiros não sabem como controlar as próprias despesas, mostra estudo do SPC Brasil Oito em cada dez brasileiros não sabem como controlar as próprias despesas, mostra estudo do SPC Brasil Mais de um terço dos brasileiros desconhecem o valor das contas que vencem no próximo mês. Falta

Leia mais

PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE TESOURO DIRETO 4ª EDIÇÃO

PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE TESOURO DIRETO 4ª EDIÇÃO AS 10 PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE TESOURO DIRETO 4ª EDIÇÃO Olá, Investidor. Esse projeto foi criado por Bruno Lacerda e Rafael Cabral para te ajudar a alcançar mais rapidamente seus objetivos financeiros.

Leia mais

BEM VINDAS NOVAS CONSULTORAS

BEM VINDAS NOVAS CONSULTORAS BEM VINDAS NOVAS CONSULTORAS Os produtos Mary Kay tem 2 grandes defeitos: Não tem boca e Não tem pernas!! Mas você tem!! CONTROLE FINANCEIRO Para saúde do seu negócio independente Não ter um CONTROLE financeiro

Leia mais

[ GUIA ] GESTÃO FINANCEIRA PARA EMPREENDEDORES

[ GUIA ] GESTÃO FINANCEIRA PARA EMPREENDEDORES [ GUIA ] GESTÃO FINANCEIRA PARA EMPREENDEDORES D e s c u b r a c o m o m a n t e r o c a p i t a l d a e m p r e s a s o b c o n t r o l e p a r a f a z e r o n e g ó c i o c r e s c e r. Uma boa gestão

Leia mais

O papel das empresas e o lucro. 20 de Setembro de 2009

O papel das empresas e o lucro. 20 de Setembro de 2009 O papel das empresas e o lucro 1 20 de Setembro de 2009 O papel das empresas e o lucro Roberta Atherton Magalhães Dias No ano de 2005, a Futura realizou uma pesquisa que avaliava, na percepção dos capixabas,

Leia mais

FACETAS DA MULHER BRASILEIRA: INTERESSES, DESEJOS E INFLUÊNCIA NO MERCADO DE CONSUMO

FACETAS DA MULHER BRASILEIRA: INTERESSES, DESEJOS E INFLUÊNCIA NO MERCADO DE CONSUMO FACETAS DA MULHER BRASILEIRA: INTERESSES, DESEJOS E INFLUÊNCIA NO MERCADO DE CONSUMO Fevereiro 2016 PERFIL DA MULHER BRASILEIRA 68,0% das entrevistadas dão nota igual ou maior que SETE para a própria felicidade

Leia mais

Poupança, CDB ou Tesouro Direto? Veja vantagens de cada investimento

Poupança, CDB ou Tesouro Direto? Veja vantagens de cada investimento Poupança, CDB ou Tesouro Direto? Veja vantagens de cada investimento A poupança é mais popular, mas rendimento perde da inflação. Saiba como funciona cada uma dos três formas de guardar seu dinheiro. Karina

Leia mais

Gestão dos Pequenos Negócios

Gestão dos Pequenos Negócios Gestão dos Pequenos Negócios x Rangel Miranda Gerente Regional do Sebrae Porto Velho, RO, 20 de outubro de 2015 A Conjuntura Atual Queda na produção industrial Desemprego Alta dos juros Restrição ao crédito

Leia mais

Pesquisa Nacional de Franquias

Pesquisa Nacional de Franquias Pesquisa Nacional de Franquias Perfil e comportamento dos clientes em praças de alimentação São Paulo, maio de 2011 Pesquisa nacional Perfil e Comportamento de Clientes de Praças de Alimentação 1 Agenda

Leia mais

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - MOSSORÓ

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - MOSSORÓ PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - MOSSORÓ Mossoró, setembro de 2015 1 Sumário 1. Aspectos Metodológicos... 3 2. Descrição dos Resultados... 4 Itens de comemoração... 4 Gastos com presente... 4 Local e quando

Leia mais

1) Você tem conta bancária?

1) Você tem conta bancária? 1) Você tem conta bancária? Sim 33 37 Não 67 63 2) Você sabe quanto paga de tarifas bancárias? Sim 36 33 Não 64 67 3) O custo das tarifas bancárias influi (ou influiria) na sua escolha de qual banco tornar-se

Leia mais

Conseguimos te ajudar?

Conseguimos te ajudar? Controlar suas finanças deve ser um hábito. Não com o objetivo de restringir seus sonhos de consumo, mas sim de convidá-lo a planejar melhor a realização da cada um deles, gastando o seu dinheiro de maneira

Leia mais

Desde 1974, estimulando a poupança e ajudando a realizar sonhos! Setembro de 2015

Desde 1974, estimulando a poupança e ajudando a realizar sonhos! Setembro de 2015 cogem news Desde 1974, estimulando a poupança e ajudando a realizar sonhos! Setembro de 2015 Mês COGEM Poupança Janeiro 0,87% 0,59% Fevereiro 0,87% 0,52% Março 0,90% 0,63% Abril 0,94% 0,61% Maio 0,94%

Leia mais

Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento

Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento Objetivos das Famílias e os Fundos de Investimento Prof. William Eid Junior Professor Titular Coordenador do GV CEF Centro de Estudos em Finanças Escola

Leia mais

E-BOOK COMO SE PREPARAR PARA A NEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS. CAPÍTULO 3 Direitos e deveres do consumidor endividado

E-BOOK COMO SE PREPARAR PARA A NEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS. CAPÍTULO 3 Direitos e deveres do consumidor endividado E-BOOK COMO SE PREPARAR PARA A NEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS CAPÍTULO 3 Direitos e deveres do consumidor endividado Numa daquelas confusões da vida, Juliana pagou a parcela mínima do cartão de crédito e usou o

Leia mais

O EMPREGO DOMÉSTICO. Boletim especial sobre o mercado de trabalho feminino na Região Metropolitana de São Paulo. Abril 2007

O EMPREGO DOMÉSTICO. Boletim especial sobre o mercado de trabalho feminino na Região Metropolitana de São Paulo. Abril 2007 O EMPREGO DOMÉSTICO Boletim especial sobre o mercado de trabalho feminino na Abril 2007 Perfil de um emprego que responde por 17,7% do total da ocupação feminina e tem 95,9% de seus postos de trabalho

Leia mais

Deixar de dever e ter dinheiro para investir em 3 meses

Deixar de dever e ter dinheiro para investir em 3 meses Deixar de dever e ter dinheiro para investir em 3 meses Descubra a sua real situação financeira para ter controle sobre ela. É muito comum encontrar pessoas que gastam mais do que ganham e nem sequer se

Leia mais

RELATÓRIO DE PESQUISA COPA DAS CONFEDERAÇÕES CONSUMIDOR

RELATÓRIO DE PESQUISA COPA DAS CONFEDERAÇÕES CONSUMIDOR RELATÓRIO DE PESQUISA COPA DAS CONFEDERAÇÕES CONSUMIDOR Julho 2013 COPA DAS CONFEDERAÇÕES - CONSUMIDOR Pesquisa realizada pela CNDL e SPC Brasil. Foram realizadas 620 entrevistas, com um erro máximo de

Leia mais

Relatório de Pesquisa. Março 2013

Relatório de Pesquisa. Março 2013 Relatório de Pesquisa SONDAGEM CONJUNTURAL DO VAREJO BRASILEIRO Março 2013 SONDAGEM CONJUNTURAL DO VAREJO BRASILEIRO Pesquisa realizada pela CNDL e SPC Brasil. Foram ouvidos em todo o país 615 varejistas.

Leia mais

Economia Doméstica - Finanças Pessoais -

Economia Doméstica - Finanças Pessoais - Economia Doméstica - Finanças Pessoais - Parte A Introdução e Visão Geral Parte B Planejamento e Acompanhamento - Técnicas Prof. Maurício Cury POUPAR x GASTAR Situação: Dois casais amigos onde, cada casal

Leia mais

Meios de pagamento aceitos pelas micro e pequenas empresas brasileiras Agosto/15

Meios de pagamento aceitos pelas micro e pequenas empresas brasileiras Agosto/15 Meios de pagamento aceitos pelas micro e pequenas empresas brasileiras Agosto/15 Conceder desconto no pagamento à vista é estratégia adotada por grande parte dos empresários. Cartões ganham cada vez mais

Leia mais

Empreenda (Quase) Sem Dinheiro

Empreenda (Quase) Sem Dinheiro Empreenda (Quase) Sem Dinheiro Prof. Dr. José Dornelas www.planodenegocios.com.br Bem-vindoà versão de demonstração do curso Empreenda (Quase) Sem Dinheiro! Vocêpoderá conferir alguns vídeos do curso antes

Leia mais

RELATÓRIOS GERENCIAIS

RELATÓRIOS GERENCIAIS RELATÓRIOS GERENCIAIS Neste treinamento vamos abordar o funcionamento dos seguintes relatórios gerenciais do SisMoura: Curva ABC Fluxo de Caixa Semanal Análise de Lucratividade Análise Financeira o Ponto

Leia mais

Hábitos de Consumo Dia dos Namorados 2015

Hábitos de Consumo Dia dos Namorados 2015 Hábitos de Consumo Dia dos Namorados 2015 3 de junho de 2015 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1 Objetivo, metodologia e amostra o Objetivo: a sondagem ter por objetivo identificar os hábitos de compras

Leia mais

Inflação castiga mais o bolso dos que menos têm

Inflação castiga mais o bolso dos que menos têm Inflação castiga mais o bolso dos que menos têm Variação de preços na faixa de um a 2,5 salários mínimos acumula alta de 11,22% em 12 meses, acima dos 10,48% do IPCA. Desprotegida, população vê a renda

Leia mais

CAPITAL DE GIRO: ESSÊNCIA DA VIDA EMPRESARIAL

CAPITAL DE GIRO: ESSÊNCIA DA VIDA EMPRESARIAL CAPITAL DE GIRO: ESSÊNCIA DA VIDA EMPRESARIAL Renara Tavares da Silva* RESUMO: Trata-se de maneira ampla da vitalidade da empresa fazer referência ao Capital de Giro, pois é através deste que a mesma pode

Leia mais

Política de cotas para mulheres na política tem 75% de aprovação

Política de cotas para mulheres na política tem 75% de aprovação Política de cotas para mulheres na política tem 75% de aprovação População conhece pouco a atual lei de cotas, mas acha que os partidos que não cumprem a lei deveriam ser punidos A maioria da população

Leia mais

EDUCAÇÃO FINANCEIRA. Carol Oliveira Diretora de Vendas Independente Mary Kay

EDUCAÇÃO FINANCEIRA. Carol Oliveira Diretora de Vendas Independente Mary Kay EDUCAÇÃO FINANCEIRA Carol Oliveira Diretora de Vendas Independente Mary Kay COMO A REALIDADE ENSINA... DESPESAS MENSAIS Aluguel Empréstimos Água, luz e internet Despesas com alimentação Despesa com filhos

Leia mais

Tema: O que, como, quando e quanto compra é o que precisamos entender. tomada de decisão do jovem na hora da compra.

Tema: O que, como, quando e quanto compra é o que precisamos entender. tomada de decisão do jovem na hora da compra. Radar Jovem 2015 Tema: Já sabemos que o jovem é um dos consumidores que mais possui poder aquisitivo do país*. O que, como, quando e quanto compra é o que precisamos entender agora. Nesse estudo iremos

Leia mais

Cenários & Oportunidades 2012. QuorumBrasil 1

Cenários & Oportunidades 2012. QuorumBrasil 1 Cenários & Oportunidades 2012 QuorumBrasil 1 Com quem falamos? 1.100 entrevistas, distribuídas nas cidades de São Paulo, Porto Alegre, Fortaleza, Goiânia e Belém. 800 clientes com mais de 12 meses de relacionamento,

Leia mais

12 perguntas. que você precisa fazer para o seu cliente.

12 perguntas. que você precisa fazer para o seu cliente. 12 perguntas que você precisa fazer para o seu cliente. Introdução Neste final de ano, a Icatu Seguros quer convidar a todos para uma reflexão sobre decisões aparentemente simples, mas que nem sempre são

Leia mais

Seis em cada dez mães cedem à vontade dos filhos na hora das compras, revela pesquisa

Seis em cada dez mães cedem à vontade dos filhos na hora das compras, revela pesquisa Seis em cada dez mães cedem à vontade dos filhos na hora das compras, revela pesquisa Quatro em cada dez mães gastam mais que o planejado quando levam os filhos às compras e 46% não impõem regras para

Leia mais

O exercício final consiste de um estudo de caso, exposto neste documento. Devem ser gerados, como resultados

O exercício final consiste de um estudo de caso, exposto neste documento. Devem ser gerados, como resultados Prof. Leonardo A. M. Moraes Exercício Final 1 Instruções O exercício final consiste de um estudo de caso, exposto neste documento. Devem ser gerados, como resultados uma pequena apresentação em Microsoft

Leia mais

Planejamento Financeiro

Planejamento Financeiro Planejamento Financeiro I Curso Planejamento e Educação Financeira Uma parceria Órama e Dinheirama. Planejamento Financeiro Por Sandra Blanco Consultora de Investimentos da Órama, mais de anos de mercado,

Leia mais

1. QUAL O VALOR MÁXIMO DE MULTA A SER COBRADO NO PAGAMENTO DE CONTAS EM ATRASO?

1. QUAL O VALOR MÁXIMO DE MULTA A SER COBRADO NO PAGAMENTO DE CONTAS EM ATRASO? 1. QUAL O VALOR MÁXIMO DE MULTA A SER COBRADO NO PAGAMENTO DE CONTAS EM ATRASO? Depende de cada caso. De acordo com o art. 52, 1, do CDC - Código de Defesa do Consumidor, quando o fornecimento de produtos

Leia mais

Titulo: Fluxo de Caixa. 2016 Fernando Nunes. Todos os direitos reservados Ilustração: Jackson Santos. Edição: Glaciele Kaufmann 1 Edição

Titulo: Fluxo de Caixa. 2016 Fernando Nunes. Todos os direitos reservados Ilustração: Jackson Santos. Edição: Glaciele Kaufmann 1 Edição Titulo: Fluxo de Caixa 2016. Todos os direitos reservados Ilustração: Jackson Santos Edição: Glaciele Kaufmann 1 Edição Introdução Pedro era um pequeno empresário que trabalhava muito em seu negócio.

Leia mais

Educação Financeira As Cinco Regras mais Importante da Educação Financeira para Enfrentar a Crise. A Terceira é a Minha Favorita

Educação Financeira As Cinco Regras mais Importante da Educação Financeira para Enfrentar a Crise. A Terceira é a Minha Favorita Educação Financeira As Cinco Regras mais Importante da Educação Financeira para Enfrentar a Crise. A Terceira é a Minha Favorita Flávio José de Almeida Ferreira Fevereiro/2016 Sumário Introdução... 3 Educação

Leia mais

ORÇAMENTO DOMÉSTICO PLANEJAMENTO DE COMPRAS FORMAS DE PAGAMENTO ECONOMIA DOMÉSTICA

ORÇAMENTO DOMÉSTICO PLANEJAMENTO DE COMPRAS FORMAS DE PAGAMENTO ECONOMIA DOMÉSTICA 2009 ORÇAMENTO DOMÉSTICO PLANEJAMENTO DE COMPRAS FORMAS DE PAGAMENTO ECONOMIA DOMÉSTICA A elaboração do orçamento doméstico nem sempre é uma tarefa fácil. Definir quais são as suas necessidades e planejar

Leia mais

Sumário. Introdução - O novo hábito... 1. Capítulo 1 - Pra que serve tudo isso?... 3. Sobre o vocabulário... 4. Benefícios... 7

Sumário. Introdução - O novo hábito... 1. Capítulo 1 - Pra que serve tudo isso?... 3. Sobre o vocabulário... 4. Benefícios... 7 Sumário Introdução - O novo hábito... 1 Capítulo 1 - Pra que serve tudo isso?... 3 Sobre o vocabulário... 4 Benefícios... 7 Perguntas Frequentes sobre o Orçamento Doméstico... 10 Capítulo 2 - Partindo

Leia mais

Educação Financeira. Sócio diretor: André Daniel Hayashi andre.hayashi@ctminvest.com.br

Educação Financeira. Sócio diretor: André Daniel Hayashi andre.hayashi@ctminvest.com.br Educação Financeira Sócio diretor: André Daniel Hayashi andre.hayashi@ctminvest.com.br É comum estar endividado? 21% 9% 70% Endividados Poupadores Investidores Slide 2/4 ALERTA!! Juros no cartão de crédito:

Leia mais

Sumário. 1 Introdução. Demonstrações Contábeis Decifradas. Aprendendo Teoria

Sumário. 1 Introdução. Demonstrações Contábeis Decifradas. Aprendendo Teoria Sumário 1 Introdução... 1 2 Instrumentos Financeiros e Conceitos Correlatos... 2 3 Classificação e Avaliação de Instrumentos Financeiros... 4 4 Exemplos s Financeiros Disponíveis para Venda... 7 4.1 Exemplo

Leia mais

Declare guerra às dívidas!

Declare guerra às dívidas! Declare guerra às dívidas! Na semana passada nossa primeira dica foi dirigida aos trabalhadores que têm algum dinheiro guardado. Demos algumas sugestões simples para evitar que o tão sacrificado pé de

Leia mais

HP 12C Conhecimentos Básicos

HP 12C Conhecimentos Básicos HP 12C Conhecimentos Básicos 1 HP 12C Conhecimentos Básicos Apresentação Caro Participante, Este material foi criado objetivando ser uma base de estudo com o propósito de servir de apoio ao treinamento

Leia mais

O cidadão e o bem-estar financeiro. Gabriel Garber e Sérgio Mikio Koyama Departamento e Estudos e Pesquisas Banco Central do Brasil

O cidadão e o bem-estar financeiro. Gabriel Garber e Sérgio Mikio Koyama Departamento e Estudos e Pesquisas Banco Central do Brasil O cidadão e o bem-estar financeiro Gabriel Garber e Sérgio Mikio Koyama Departamento e Estudos e Pesquisas Banco Central do Brasil Contextualização 63 questões fechadas 8 perfil 13 conhecimento 22 de atitude

Leia mais

51% das mulheres brasileiras declaram que estão vivendo melhor do que há um ano

51% das mulheres brasileiras declaram que estão vivendo melhor do que há um ano 51% das mulheres brasileiras declaram que estão vivendo melhor do que há um ano 51% das mulheres brasileiras declaram que estão vivendo melhor do que há um ano Levantamento do IBOPE Media feito em todo

Leia mais

! Revisão de conceitos importantes! Fluxo com VRG diluído! Fluxo com VRG no final do contrato! Comparação com outras alternativas de financiamento

! Revisão de conceitos importantes! Fluxo com VRG diluído! Fluxo com VRG no final do contrato! Comparação com outras alternativas de financiamento CAVALCANTE & COMO MONTAR O FLUXO DE CAIXA EM! Revisão de conceitos importantes! Fluxo com VRG diluído! Fluxo com VRG no final do contrato! Comparação com outras alternativas de financiamento Autores: Francisco

Leia mais

VAMOS PLANEJAR... As três palavras mágicas para um bom planejamento financeiro...

VAMOS PLANEJAR... As três palavras mágicas para um bom planejamento financeiro... FASCÍCULO IV VAMOS PLANEJAR... Se você ainda não iniciou seu planejamento financeiro, é importante fazê-lo agora, definindo muito bem seus objetivos, pois, independentemente da sua idade, nunca é cedo

Leia mais

DESTRINCHANDO IR PROGRESSIVO OU REGRESSIVO?

DESTRINCHANDO IR PROGRESSIVO OU REGRESSIVO? DESTRINCHANDO IR PROGRESSIVO OU REGRESSIVO? Escrito em 25 de setembro de 2013 Por Christian Fernandes em. Receba atualizações clicando aqui. Última Atualização em23 de junho de 2015 Introdução Uma das

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA: UM INSTRUMENTO AO PROCESSO DECISÓRIO

DEMONSTRAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA: UM INSTRUMENTO AO PROCESSO DECISÓRIO DEMONSTRAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA: UM INSTRUMENTO AO PROCESSO DECISÓRIO Priscila Rubbo 1 Paulo Roberto Pegoraro 2 Resumo: O demonstrativo do fluxo de caixa tem como finalidade a projeção das entradas e saídas

Leia mais

Etapas para a preparação de um plano de negócios

Etapas para a preparação de um plano de negócios 1 Centro Ensino Superior do Amapá Curso de Administração Disciplina: EMPREENDEDORISMO Turma: 5 ADN Professor: NAZARÉ DA SILVA DIAS FERRÃO Aluno: O PLANO DE NEGÓCIO A necessidade de um plano de negócio

Leia mais

ATENÇÃO. O Banco do Brasil apesar de não ser mais uma autoridade, ainda exerce atividades típicas de Banco Central.

ATENÇÃO. O Banco do Brasil apesar de não ser mais uma autoridade, ainda exerce atividades típicas de Banco Central. 1. BREVE HISTÓRICO DO SFN O SFN brasileiro é relativamente novo. Tem pouco mais de 50 anos. Foi criado em 1964. Mas isso não quer dizer que não existiam instituições financeiras anteriormente. Com a vinda

Leia mais

COMPONENTES DA ESTRUTURA DO PLANO DE NEGÓCIO

COMPONENTES DA ESTRUTURA DO PLANO DE NEGÓCIO COMPONENTES DA ESTRUTURA DO PLANO DE NEGÓCIO No Modelo de Plano de Negócio, disponível no seu ambiente do Concurso você terá um passo a passo para elaborar o seu Plano, bem como todo o conteúdo necessário

Leia mais

Sondagem Festas Juninas 2015

Sondagem Festas Juninas 2015 Sondagem Festas Juninas 0 de Maio de 0 0 Copyright Boa Vista Serviços Índice o Objetivo, metodologia e amostra... 0 o Perfil dos respondentes... 0 o Comemoração das Festas Juninas... 09 o Do que os consumidores

Leia mais

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 3: Gerenciamento de dívidas

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 3: Gerenciamento de dívidas Educação Financeira Crédito Consignado Módulo 3: Gerenciamento de dívidas Objetivo Auxiliar no gerenciamento de dívidas e de como quitá-las, conscientizando as pessoas da importância em diminui-las e de

Leia mais

SIPS- BASE SOBRE BANCOS

SIPS- BASE SOBRE BANCOS SIPS- BASE SOBRE BANCOS Nome Campo Descrição Valores atribuídos Local de Moradia REGI Região 1.Região Sul 2.Região Sudeste 3.Região Centro-Oeste 4.Região Nordeste 5.Região Norte ESTA Estado Não identificado

Leia mais

COMO FUNCIONA NOSSA CONSULTORIA DE MARKETING DIGITAL ESPECIALIZADA EM VENDAS ONLINE

COMO FUNCIONA NOSSA CONSULTORIA DE MARKETING DIGITAL ESPECIALIZADA EM VENDAS ONLINE www.agenciaatos.com.br COMO FUNCIONA NOSSA CONSULTORIA DE MARKETING DIGITAL ESPECIALIZADA EM VENDAS ONLINE APLICAÇÃO DA CONSULTORIA EM VENDAS ONLINE É assim que os resultados são gerados. No entanto, é

Leia mais

1 Onde estou e aonde quero chegar

1 Onde estou e aonde quero chegar Seu futuro é agora O Programa RENDA MAIS da Fundação Atlântico tem como objetivo fomentar o conhecimento sobre educação financeira e previdenciária junto aos seus Participantes. No módulo de Educação Financeira

Leia mais

GASTOS VARIÁVEIS, FIXOS E SEMI-VARIÁVEIS (alguns conhecimentos indispensáveis para quem trabalha com análises econômicas e financeiras) ASSOCIADOS

GASTOS VARIÁVEIS, FIXOS E SEMI-VARIÁVEIS (alguns conhecimentos indispensáveis para quem trabalha com análises econômicas e financeiras) ASSOCIADOS UP-TO-DATE. ANO I. NÚMERO 45 GASTOS VARIÁVEIS, FIXOS E SEMI-VARIÁVEIS (alguns conhecimentos indispensáveis para quem trabalha com análises econômicas e financeiras)! Gasto variável se associa ao produto!

Leia mais

PESQUISADORES. Pesquisadores

PESQUISADORES. Pesquisadores Pesquisadores Objetivos 2 Conhecer a opinião dos pesquisadores apoiados pela FAPESP sobre o tema Ciência e Tecnologia. 3 Principais resultados Principais resultados 4 Melhores recursos financeiros e credibilidade

Leia mais

PESQUISA DE JUROS ANEFAC ref a Novembro/2013 Após seis elevações no ano, taxas de juros das operações de crédito ficam estáveis

PESQUISA DE JUROS ANEFAC ref a Novembro/2013 Após seis elevações no ano, taxas de juros das operações de crédito ficam estáveis PESQUISA DE JUROS ANEFAC ref a Novembro/201 Após seis elevações no ano, taxas de juros das operações de crédito ficam estáveis Com 4,27 no mes, Minas Gerais e Paraná registraram as maiores taxas de juros

Leia mais

Pesquisa de Orçamentos Familiares

Pesquisa de Orçamentos Familiares Pesquisa de Orçamentos Familiares IBGE (parte 1) Daniel Lourenço Silva, Lélio Lima Prado e Lívia Duarte Universidade Federal de Juiz de Fora Abril 2012 UFJF (Institute) ECONS - Laboratório de Economia

Leia mais

Rodobens é destaque no website Infomoney

Rodobens é destaque no website Infomoney Rodobens é destaque no website Infomoney Por: Conrado Mazzoni Cruz 19/04/07-09h55 InfoMoney SÃO PAULO - Atualmente, falar sobre o mercado imobiliário brasileiro é entrar na discussão sobre um possível

Leia mais

Questionário sobre Finanças Pessoais - Projeto de Pesquisa II

Questionário sobre Finanças Pessoais - Projeto de Pesquisa II Questionário sobre Finanças Pessoais - Projeto de Pesquisa II Editar este formulário Esta é uma pesquisa sobre Finanças Pessoais e parte integrante da disciplina de Projeto de Pesquisa II do curso de Administração

Leia mais

Sessão 4: Avaliação na perspectiva de diferentes tipos de organizações do setor sem fins lucrativos

Sessão 4: Avaliação na perspectiva de diferentes tipos de organizações do setor sem fins lucrativos Sessão 4: Avaliação na perspectiva de diferentes tipos de organizações do setor sem fins lucrativos Avaliação Econômica como instrumento para o aprimoramento da gestão das ações sociais 26/09/2013 Fundação

Leia mais

Será uma carta entregue em mãos após uma marcha que terá início em São Paulo logo após a eleição e terminará no Palácio do Planalto em Brasília.

Será uma carta entregue em mãos após uma marcha que terá início em São Paulo logo após a eleição e terminará no Palácio do Planalto em Brasília. Pesquisa de Opinião CONTEXTO Carta de um Brasileiro é um movimento de mobilização social com objetivo de entregar à Presidente da República eleita em outubro de 2010 os principais desejos e necessidades

Leia mais

1. INTRODUÇÃO. Espero que faça um bom proveito do conteúdo e que, de alguma forma, este e-book facilite a sua decisão de adquirir um planejamento.

1. INTRODUÇÃO. Espero que faça um bom proveito do conteúdo e que, de alguma forma, este e-book facilite a sua decisão de adquirir um planejamento. 1. INTRODUÇÃO Muitas pessoas ficam em dúvida sobre o que considerar na hora de contratar um planejamento de estudos. Esta é uma dificuldade aceitável, tendo em vista que existem opções no mercado que não

Leia mais

ELEMENTOS BÁSICOS NA ELABORAÇÃO DO ORÇAMENTO DE CAPITAL

ELEMENTOS BÁSICOS NA ELABORAÇÃO DO ORÇAMENTO DE CAPITAL ELEMENTOS BÁSICOS NA ELABORAÇÃO DO ORÇAMENTO DE CAPITAL 16/08/2011 1 CAPITAL: Refere-se aos ativos de longo prazo utilizados na produção; ORÇAMENTO: é o plano que detalha entradas e saídas projetadas durante

Leia mais

Qual seu nível de preocupação?

Qual seu nível de preocupação? FASE DIFÍCIL EXIGE ORGANIZAÇÃO E DISCIPLINA. Qual seu nível de preocupação? Faça o teste e veja se o descontrole financeiro está afetando seu desempenho no trabalho. www.serasaconsumidor.com.br/testes/teste-indicador-de-educacao-financeira/

Leia mais

Como gerenciar as finanças em tempos de crise? Autor: Paulo Costa - Data: 24/09/2015

Como gerenciar as finanças em tempos de crise? Autor: Paulo Costa - Data: 24/09/2015 Como gerenciar as finanças em tempos de crise? Autor: Paulo Costa - Data: 24/09/2015 Estamos em crise? Como a crise política e econômica vivida atualmente no Brasil afeta você e sua família? Inflação Desemprego

Leia mais