O Cisco IBSG prevê o surgimento de mercados globais conectados

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O Cisco IBSG prevê o surgimento de mercados globais conectados"

Transcrição

1 O Cisco IBSG prevê o surgimento de mercados globais conectados Como as empresas podem usar a nuvem para se adaptar e prosperar em um mercado financeiro em rápida mudança Por Sherwin Uretsky, Aron Dutta e Jim Cooke Margens menores resultantes da comoditização da economia de transação e o alto custo para fornecer suporte a infraestruturas com utilização intensiva de TI estão impondo uma grande pressão nas empresas do mercado financeiro. Essa pressão está fazendo com que várias empresas repensem seus modelos de negócio para criar novos fluxos de receita, reduzir os custos e diferenciar suas marcas. Esses novos modelos também estão remodelando a maneira como as empresas abordam funções tradicionais, como análises de pré-negociação, gerenciamento de riscos e reconciliamento pós-negociação que foram realizadas em operações de atendimento, finanças e administração. Essas funções agora são vistas como processos fundamentais de negócio que podem ser alteradas e elevadas como um modelo operacional habilitado para nuvem. Além disso, a economia do gerenciamento de transações e o custo da execução de negociações estão impulsionando a diferenciação dos serviços do mercado financeiro, tanto física quanto digitalmente, por meio de novas plataformas que permitem o fornecimento de serviços baseados na rede. Os custos por unidade de transação, estruturas e modelos de preços baseados em OpEx determinarão a forma como estes serviços serão projetados e consumidos, mudando ativos com utilização intensiva de capital dos balanços das empresas do mercado financeiro e fornecendo um efeito positivo sobre a valorização da empresa. Os participantes ganhadores reavaliarão e redefinirão com sucesso suas relações com os prestadores de serviços existentes, tanto interna quanto externamente, no contexto mais amplo de suas estratégias de negócio e da mudança estrutural que está acontecendo nos mercados financeiros. Os principais instrumentos de sucesso incluem o desenvolvimento de modelos operacionais baseados em nuvem e a busca estratégica de recursos fornecidos através de serviços da rede. Esses fatores fornecerão às empresas do mercado financeiro a agilidade e o capital livre necessário para investir em novos produtos e serviços que são essenciais para suas estratégias de negócio. Desafios da TI: barreiras à inovação e à prosperidade do mercado financeiro O setor de serviços financeiros historicamente gasta mais em tecnologia da informação (TI) do que qualquer outro setor. Isso continua a ser verdade até mesmo quando as empresas saem da crise financeira mundial. Isso se deve principalmente ao aumento de demanda por: (IBSG) Cisco IBSG 2011 Cisco e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. 06/11

2 Criação de novas infraestruturas comerciais inovadoras para fornecer desempenho de baixa latência, suporte a novas classes de ativos e acesso global a um número crescente de destinos seguros com câmbios, corretores, investidores e provedores de serviços. Gerenciamento de um volume crescente de transações e dados para garantir lucros, gerenciamento de riscos e resposta a novos requisitos regulatórios. Desenvolvimento de novas fontes de receita (produtos e serviços) em todos os processos de pré-negociação, negociação e pós-negociação. Ao mesmo tempo, vários orçamentos operacionais ainda estão sendo cortados, enquanto um percentual crescente dos gastos com TI é usado apenas para manter as luzes acesas, reduzindo investimentos em novas iniciativas estratégicas (como as listadas acima) necessárias para impulsionar o crescimento de receita. Essa situação levou a uma adoção acelerada da computação em nuvem, modelos econômicos com compartilhamento de recursos e um novo ecossistema de provedores de serviços em nuvem para suprir essas necessidades. Computação em nuvem: o principal instrumento para agilizar os negócios Os modelos operacionais em nuvem que incluem tecnologia, economia e governança estão amadurecendo rapidamente. Como consequência, eles não estão servindo apenas para possibilitar as mudanças no modelo de negócio e nas novas economias que acabamos de discutir, eles também estão acelerando essas mudanças. Uma infraestrutura compartilhada e sob demanda que combina nuvens privadas virtuais locais com um conjunto crescente de utilitários para o mercado financeiro promoverá o desenvolvimento de plataformas de informação e de gerenciamento de transações perfeitas, transparentes e altamente econômicas. De acordo com o Yankee Group, os serviços de nuvem empresariais geraram US$9,2 bilhões de receita em todo o mundo em Espera-se que esse número cresça para $22,3 bilhões em 2014, uma taxa composta por um crescimento anual (CAGR) de 30 por cento. 1 Está claro que o palco está montado para o crescimento a longo prazo dos provedores de serviços em nuvem. Dentro do prazo dessa previsão, as habilidades, capacidades e propostas de valor dos provedores de serviços em nuvem ultrapassarão aquelas dos departamentos internos de TI empresarial. Novas oportunidades para empresas do mercado financeiro Dados os desafios e tendências, o (IBSG) trabalhou com empresas líderes no mercado financeiro e provedores de serviços em nuvem emergentes para identificar como os participantes podem se beneficiar de mudanças drásticas para modelos de negócio baseados em nuvem. O Cisco IBSG observou cinco oportunidades principais da mudança para a nuvem: 1. Os intervenientes tradicionais continuarão a separar os serviços e reconfigurar seus negócios para serem tanto clientes quanto provedores de serviços em nuvem. 2. Novos utilitários específicos do mercado financeiro surgirão para fornecer serviços em todos os aspectos dos processos de pré-negociação, negociação e pós-negociação. 1 Yankee Group, 10 de janeiro de Cisco IBSG 2011 Cisco e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. Página 2

3 3. Modelos federados se tornarão cada vez mais comuns, fornecendo definições de processos de negócios comuns e essenciais, e serviços de TI associados. Esses serviços serão disponibilizados para consumo na futura loja de aplicativos financeiros. 4. Economias novas e transparentes, como tipos de acordos de nível de serviço (SLA) e métricas de provedores de serviços de nuvem serão elementos fundamentais do novo mercado. 5. Um mercado conectado fornecerá acesso global e confiabilidade na segurança da plataforma para novas plataformas de negociação multilaterais e com vários ativos em tempo real, bem como mercados dinâmicos completamente novos (locais de liquidez). Centros de liquidez de última geração acionam a transformação do mercado financeiro Estruturas anteriores de mercado foram organizadas em todas as regiões, classes de ativos e tipos de instrumento tudo vinculado a um local de negociação específico. Por exemplo, cada commodity é negociada em seu próprio câmbio digital e físico. A proliferação de novas classes de ativos e estratégias de negócio complexas levou a falta de transparência e fluxos de transação extremamente caros e ineficientes. Centros de liquidez de última geração se tornarão o ponto de entrada para comunidades de ativos vinculadas a serviços de rede para funções comuns do mercado financeiro, como preços, OM/EM, gerenciamento de riscos, análises, segurança e gerenciamento de referências. Esses centros consistirão de três principais participantes : 1. Participantes do mercado que criam e fornecem liquidez, incluindo empresas compradoras e vendedores, câmbio e locais de liquidez 2. Novos provedores de serviço, incluindo provedores de acesso, provedores de plataformas e provedores de gerenciamento de transações 3. Instrumentos de mercado, como construtores da loja de aplicativos para a comunidade dos mercados financeiros (ou seja, análise de riscos, dados de mercado, algoritmos de negociação e mecanismos correspondentes) A forma como esses participantes estão conectados e fornecem serviços como parte de uma infraestrutura baseada em nuvem é referenciada como uma estrutura de negócios de alto desempenho, uma frase forjada pelo Cisco IBSG. Roteiro de cinco passos para obter as vantagens da nuvem A partir do trabalho com as empresas mais inovadoras e avançadas que estão implementando modelos de operação em nuvem, o Cisco IBSG identificou cinco passos que empresas do mercado financeiro podem emular para alcançar o sucesso neste setor em rápida mudança: 1. Determine quais processos da empresa são essenciais (por exemplo, processos que criam uma vantagem competitiva) e quais são contexto (por exemplo, processos necessários para realizar os negócios, mas que não criam uma vantagem competitiva). Os departamentos de Recursos Humanos e Contas a Pagar se enquadram nesta categoria. Faça qualquer esforço para padronizar processos de Cisco IBSG 2011 Cisco e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. Página 3

4 contexto usando modelos de processos padrão do mercado ou abertos. Isso melhorará suas escolhas em soluções automatizadas. 2. Determine quais aplicativos são usados para automatizar os processos de contexto. Em seguida, transforme isso em um conjunto padrão de recursos que possam ser mapeados para ofertas de aplicativos padronizadas. 3. Mapeie os recursos do aplicativo em modelos de infraestrutura padronizados para que uma arquitetura de referência técnica possa ser construída de forma ideal (melhor nível de serviço em relação ao preço). A arquitetura de referência pode ser utilizada como base para determinar o verdadeiro custo do fornecimento de serviços de aplicativos individuais, de forma que uma avaliação de custo por SLA possa ser realizada com relação ao modelo operacional em nuvem ideal a ser implementado (por exemplo, privado, híbrido, público, SaaS, PaaS, Iaas, etc.). 4. Priorize os aplicativos (cargas de trabalho) com base na afinidade para serem fornecidos em um modelo operacional em nuvem. É importante observar que os critérios de priorização variarão de acordo com o setor, mas as principais considerações são risco, requisitos de SLAs, fácil migração e benefício econômico. A inclinação típica é começar com o item que tem o maior benefício econômico. Entretanto, na experiência do Cisco IBSG, normalmente é melhor colher primeiro a fruta mais baixa. Os aplicativos que podem ser migrados com facilidade, que têm baixa interdependência com outros aplicativos e que requerem SLAs menos rigorosas são boas opções de primeiros candidatos. 5. Defina uma base para as características de desempenho, tanto econômicas quanto técnicas, antes e depois da migração para que você possa avaliar se as expectativas para os benefícios desejados foram alcançadas. Conforme os mercados financeiros globais continuam a mudar, os desafios com plataformas complexas e de tecnologia obsoleta e orçamentos de TI reduzidos acelerarão a adoção de recursos baseados em nuvem. Dada a situação, modelos operacionais baseados em nuvem se tornarão rapidamente a base para a concorrência e alterarão fundamentalmente o panorama econômico e os modelos de negócio dos participantes do mercado financeiro. O Cisco IBSG fornecerá mais detalhe sobre as implicações da computação em nuvem para os mercados financeiros em um documento que será publicado durante o segundo trimestre de 2011.~ O documento incluirá informações, benefícios, exemplos de implantação e próximos passos para as empresas do mercado financeiro. Para obter mais informações, entre em contato: Sherwin Uretsky Diretor Sênior, serviços financeiros, estratégia de mercados financeiros globais Aron Dutta Diretor Sênior, serviços financeiros, estratégia de mercados financeiros globais Jim Cooke Cisco IBSG 2011 Cisco e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. Página 4

5 Diretor sênior, transformação da tecnologia IBSG Jörgen Ericsson Líder global, prática de serviços financeiros Mais informações (IBSG), a consultoria global da empresa, ajuda os líderes das maiores organizações públicas e privadas do mundo a resolver desafios cruciais para os negócios. Através da conexão de estratégia, processo e tecnologia, os especialistas de mercado do Cisco IBSG permitem aos clientes transformar ideias visionárias em valor. Cisco e o logotipo Cisco são marcas comerciais da Cisco Systems, Inc. e/ou de suas afiliadas nos Estados Unidos e em outros países. A lista das marcas comerciais da Cisco pode ser encontrada em Todas as marcas de terceiros citadas pertencem aos seus respectivos proprietários. O uso do termo "parceiro" não implica uma relação de parceria entre a Cisco e qualquer outra empresa. (1007R) Cisco IBSG 2011 Cisco e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. Página 5

UM CAMINHO SIMPLES PARA UMA NUVEM PRIVADA

UM CAMINHO SIMPLES PARA UMA NUVEM PRIVADA UM CAMINHO SIMPLES PARA UMA NUVEM PRIVADA Julho de 2015 Com nuvens privadas de fácil uso concebidas para executar aplicativos corporativos essenciais para os negócios, as principais organizações se beneficiam

Leia mais

AGILIDADE ORGANIZACIONAL

AGILIDADE ORGANIZACIONAL PMI PULSO DA PROFISSÃO RELATÓRIO DETALHADO AGILIDADE ORGANIZACIONAL Destaques do Estudo O lento crescimento econômico e as prioridades mutantes do mercado global criaram um ambiente de negócios complexo

Leia mais

Cinco restrições de desenvolvimento/teste que afetam a velocidade, o custo e a qualidade dos seus aplicativos

Cinco restrições de desenvolvimento/teste que afetam a velocidade, o custo e a qualidade dos seus aplicativos Série de ebooks sobre desenvolvimento em paralelo ágil: Capítulo 2 Cinco restrições de desenvolvimento/teste que afetam a velocidade, o custo e a qualidade dos seus aplicativos Novas pressões, mais restrições

Leia mais

Documento técnico de negócios Gerenciamento de nuvens híbridas

Documento técnico de negócios Gerenciamento de nuvens híbridas Documento técnico de negócios Gerenciamento de nuvens híbridas Uma solução de gerenciamento de nuvens abrangente, segura e flexível Documento técnico de negócios Página 2 Frente às tendências significativas

Leia mais

Seja um Provedor Registrado de Educação do PMI (R.E.P.)

Seja um Provedor Registrado de Educação do PMI (R.E.P.) Seja um Provedor Registrado de Educação do PMI (R.E.P.) Faça Mais Negócios Aliando-se a Maior Associação de Profissionais de Gerenciamento de Projeto do Mundo O QUE SÃO OS R.E.P.S DO PMI? Os Provedores

Leia mais

Estratégia da VMware: O modelo corporativo definido por software e o desafio de simplificar a TI. Anderson Ferreira Bruno Amaral 22 Ago 2014

Estratégia da VMware: O modelo corporativo definido por software e o desafio de simplificar a TI. Anderson Ferreira Bruno Amaral 22 Ago 2014 Estratégia da VMware: O modelo corporativo definido por software e o desafio de simplificar a TI Anderson Ferreira Bruno Amaral 22 Ago 2014 Desafios de TI Arquitetura da VMware Estratégia da VMware Sucesso

Leia mais

Forneça a próxima onda de inovações empresariais com o Open Network Environment

Forneça a próxima onda de inovações empresariais com o Open Network Environment Visão geral da solução Forneça a próxima onda de inovações empresariais com o Open Network Environment Visão geral À medida que tecnologias como nuvem, mobilidade, mídias sociais e vídeo assumem papéis

Leia mais

Como ter sucesso no desenvolvimento e suporte de nuvens híbridas

Como ter sucesso no desenvolvimento e suporte de nuvens híbridas BOLETIM INFORMATIVO Como ter sucesso no desenvolvimento e suporte de nuvens híbridas Oferecido por: HP Gard Little Julho de 2014 Elaina Stergiades OPINIÃO DA IDC Ao planejar a adoção de novas tecnologias

Leia mais

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Parceiros de serviços em nuvem gerenciada Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Implemente a versão mais recente do software da SAP de classe mundial,

Leia mais

Conhecer a carga de processamento é essencial. para estratégias eficazes de nuvem híbrida empresarial

Conhecer a carga de processamento é essencial. para estratégias eficazes de nuvem híbrida empresarial Conhecer a carga de processamento é essencial Outubro de 2014 Objetivos do estudo Para o presente relatório, a IDC realizou uma pesquisa com grandes empresas de diferentes partes do mundo, a fim de analisar

Leia mais

Gestão e estratégia de TI Conhecimento do negócio aliado à excelência em serviços de tecnologia

Gestão e estratégia de TI Conhecimento do negócio aliado à excelência em serviços de tecnologia Gestão e estratégia de TI Conhecimento do negócio aliado à excelência em serviços de tecnologia Desafios a serem superados Nos últimos anos, executivos de Tecnologia de Informação (TI) esforçaram-se em

Leia mais

CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com

CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com SUMÁRIO Introdução... 4 Nuvem pública: quando ela é ideal... 9 Nuvem privada: quando utilizá-la... 12 Alternativas de sistemas

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO Utilitário ConfigXpress no CA IdentityMinder a minha solução de gerenciamento de identidades pode se adaptar rapidamente aos requisitos e processos de negócio em constante mudança? agility

Leia mais

2. Referencial Prático 2.1 Setor das Telecomunicações

2. Referencial Prático 2.1 Setor das Telecomunicações 19 2. Referencial Prático 2.1 Setor das Telecomunicações Até os anos 50, as concessões dos serviços de telecomunicações eram distribuídas indistintamente pelos governos federal, estadual e municipal. Tal

Leia mais

deverão liderá-lo. Ponto de vista Por Edimar Facco, sócio-líder de Auditoria da Deloitte

deverão liderá-lo. Ponto de vista Por Edimar Facco, sócio-líder de Auditoria da Deloitte Ponto de vista A auditoria do futuro começa agora A visão da Deloitte e de sua prática de Auditoria no Brasil sobre as transformações pelas quais vem passando o exercício dessa função Por Edimar Facco,

Leia mais

SOLUÇÕES DA SAP PARA ENGAJAMENTO DO CLIENTE REPRESENTAM MAIS QUE UM SIMPLES CRM

SOLUÇÕES DA SAP PARA ENGAJAMENTO DO CLIENTE REPRESENTAM MAIS QUE UM SIMPLES CRM SOLUÇÕES DA PARA ENGAJAMENTO DO CLIENTE REPRESENTAM MAIS QUE UM SIMPLES CRM As soluções da para Engajamento do Cliente representam mais do que um simples CRM. Ao integrar completamente marketing, comércio,

Leia mais

Capítulo 2. Processos de Software. 2011 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados. slide 1

Capítulo 2. Processos de Software. 2011 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados. slide 1 Capítulo 2 Processos de Software slide 1 Tópicos apresentados Modelos de processo de software. Atividades de processo. Lidando com mudanças. Rational Unified Process (RUP). Um exemplo de um processo de

Leia mais

Análise SWOT seguindo a metodologia do BMG

Análise SWOT seguindo a metodologia do BMG Análise SWOT seguindo a metodologia do BMG Análise SWOT (abreviatura das palavras em inglês Strong, Weakness, Opportunities e Threats) é uma análise ambiental que consiste em levantar pontos internos e

Leia mais

Perspectivas da Governança da Informação pela RSD:

Perspectivas da Governança da Informação pela RSD: Perspectivas da Governança da Informação pela RSD: O Imperativo da Governança da Informação Por que você precisa de uma estratégia de Governança da Informação Ao redor do globo, governos, hospitais e prestadores

Leia mais

Aumente o valor do ciclo de vida de cada cliente

Aumente o valor do ciclo de vida de cada cliente Engajamento com o Cliente Gerenciamento de Ciclo de Vida do Cliente Informativo Torne cada interação relevante e envolvente Aumente o valor do ciclo de vida de cada cliente Gerenciamento do ciclo de vida

Leia mais

Eleve a experiência do consumidor: como criar uma situação de win-win entre a TI e seus usuários

Eleve a experiência do consumidor: como criar uma situação de win-win entre a TI e seus usuários Eleve a experiência : como criar uma situação de win-win entre a TI e seus usuários Introdução Soluções da CA Por que é necessário melhorar a experiência dos usuários com os serviços de TI? A consumerização

Leia mais

RESUMO DA SOLUÇÃO Gerenciamento de acesso orientado a conteúdo da CA para SharePoint

RESUMO DA SOLUÇÃO Gerenciamento de acesso orientado a conteúdo da CA para SharePoint RESUMO DA SOLUÇÃO Gerenciamento de acesso orientado a conteúdo da CA para SharePoint Posso possibilitar o negócio e, ao mesmo tempo, proteger o conteúdo confidencial com o Microsoft SharePoint? agility

Leia mais

O Uso da Inteligência Competitiva e Seus Sete Subprocessos nas Empresas Familiares

O Uso da Inteligência Competitiva e Seus Sete Subprocessos nas Empresas Familiares O Uso da Inteligência Competitiva e Seus Sete Subprocessos nas Empresas Familiares O uso da Inteligência Competitiva como processo para monitorar tecnologias, legislação, ambiente regulatório, concorrência,

Leia mais

Gartner Symposium/ITxpo 2014 27 a 30 de outubro São Paulo, Brasil gartner.com/br/symposium

Gartner Symposium/ITxpo 2014 27 a 30 de outubro São Paulo, Brasil gartner.com/br/symposium 27 a 30 de outubro São Paulo, Brasil gartner.com/br/symposium Impulsionando os Negócios Digitais AGENDA track guide Cassio Dreyfuss Diretor da conferência, vice-presidente e líder de pesquisa para o Brasil

Leia mais

7 etapas para construir um Projeto Integrado de Negócios Sustentáveis de sucesso

7 etapas para construir um Projeto Integrado de Negócios Sustentáveis de sucesso 7 etapas para construir um Projeto Integrado de Negócios Sustentáveis de sucesso Saiba como colocar o PINS em prática no agronegócio e explore suas melhores opções de atuação em rede. Quando uma empresa

Leia mais

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA

PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA PlusPixel Marketing Digital SOMOS MAIS SOCIAIS DO QUE NUNCA Proposta de Marketing Digital Design inox Marketing de Resultados A PlusPixel vem oferecendo seus serviços desde o início da internet, isso nos

Leia mais

De olho no futuro. 10Minutos Energia

De olho no futuro. 10Minutos Energia 10Minutos Energia Como ganhar impulso no processo de transformação energética De olho no futuro Julho de 2015 Destaques Megatendências e disrupções estão tendo impactos profundos nas estratégias e no papel

Leia mais

A mudança na aquisição de soluções de tecnologia da informação. O que significa para a TI e a linha de negócios (LOB)

A mudança na aquisição de soluções de tecnologia da informação. O que significa para a TI e a linha de negócios (LOB) A mudança na aquisição de soluções de tecnologia da informação Maio de 2014 O novo comprador de tecnologia e a mentalidade de aquisição Existe hoje um novo comprador de tecnologia da informação Esse comprador

Leia mais

INOVAÇÃO PORTUGAL PROPOSTA DE PROGRAMA

INOVAÇÃO PORTUGAL PROPOSTA DE PROGRAMA INOVAÇÃO PORTUGAL PROPOSTA DE PROGRAMA FACTORES CRÍTICOS DE SUCESSO DE UMA POLÍTICA DE INTENSIFICAÇÃO DO PROCESSO DE INOVAÇÃO EMPRESARIAL EM PORTUGAL E POTENCIAÇÃO DOS SEUS RESULTADOS 0. EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS

Leia mais

por: Eliandro Alves, Elvio Filho, Julio Xavier e Sérgio Cordeiro Professor: Everton Rennê

por: Eliandro Alves, Elvio Filho, Julio Xavier e Sérgio Cordeiro Professor: Everton Rennê por: Eliandro Alves, Elvio Filho, Julio Xavier e Sérgio Cordeiro Professor: Everton Rennê ROTEIRO Histórico; Definição; Objetivos e/ou propósitos; Estrutura; Aplicação do modelo; Vantagens e desvantagens;

Leia mais

Terceirização de RH e o líder financeiro SUMÁRIO EXECUTIVO. Você e o RH estão falando a mesma língua? EM ASSOCIAÇÃO COM

Terceirização de RH e o líder financeiro SUMÁRIO EXECUTIVO. Você e o RH estão falando a mesma língua? EM ASSOCIAÇÃO COM SUMÁRIO EXECUTIVO Você e o RH estão falando a mesma língua? EM ASSOCIAÇÃO COM Os serviços de terceirização de RH economizam tempo e dinheiro para as empresas. Investimentos em engajamento dos funcionários

Leia mais

Desafios de Tecnologia da Informação e Otimização de Investimentos Aplicações para Ambientes Virtualizados Monitoração e Gerenciamento Acesso Remoto

Desafios de Tecnologia da Informação e Otimização de Investimentos Aplicações para Ambientes Virtualizados Monitoração e Gerenciamento Acesso Remoto Desafios de Tecnologia da Informação e Otimização de Investimentos Aplicações para Ambientes Virtualizados Monitoração e Gerenciamento Acesso Remoto a Aplicações Unix, Linux e Windows - Sage Scada e outros

Leia mais

CA Clarity PPM. Visão geral. Benefícios. agility made possible

CA Clarity PPM. Visão geral. Benefícios. agility made possible FOLHA DO PRODUTO CA Clarity PPM agility made possible O CA Clarity Project & Portfolio Management (CA Clarity PPM) o ajuda a inovar com agilidade, a transformar seu portfólio com confiança e a manter os

Leia mais

BSC Balance Score Card

BSC Balance Score Card BSC (Balance Score Card) BSC Balance Score Card Prof. Gerson gerson.prando@fatec.sp.gov.br Uma das metodologias mais visadas na atualidade éobalanced ScoreCard, criada no início da década de 90 por Robert

Leia mais

Connections with Leading Thinkers

Connections with Leading Thinkers Instituto de Alta Performance Connections with Leading Thinkers A economista Fernanda de Negri discute os méritos e deficiências das políticas de inovação brasileiras. Fernanda De Negri é diretora de Estudos

Leia mais

Engenharia de Software e Gerência de Projetos Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios

Engenharia de Software e Gerência de Projetos Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Engenharia de Software e Gerência de Projetos Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Cronograma das Aulas. Hoje você está na aula Semana

Leia mais

Nove Motivos do Porque as Soluções de Implementação Rápida SAP Podem Facilitar a Sua Vida Chegue Onde Quer Chegar, Um Passo de Cada Vez

Nove Motivos do Porque as Soluções de Implementação Rápida SAP Podem Facilitar a Sua Vida Chegue Onde Quer Chegar, Um Passo de Cada Vez Soluções de Implementação Rápida SAP Nove Motivos do Porque as Soluções de Implementação Rápida SAP Podem Facilitar a Sua Vida Chegue Onde Quer Chegar, Um Passo de Cada Vez O Melhor Gerenciador de Negócios

Leia mais

CA Mainframe Chorus for Storage Management Versão 2.0

CA Mainframe Chorus for Storage Management Versão 2.0 FOLHA DO PRODUTO CA Mainframe Chorus for Storage Management CA Mainframe Chorus for Storage Management Versão 2.0 Simplifique e otimize suas tarefas de gerenciamento de armazenamento, aumente a produtividade

Leia mais

Eficiência operacional no setor público. Dez recomendações para cortar custos

Eficiência operacional no setor público. Dez recomendações para cortar custos Eficiência operacional no setor público Dez recomendações para cortar custos 2 de 8 Introdução Com grandes cortes no orçamento e uma pressão reguladora cada vez maior, o setor público agora precisa aumentar

Leia mais

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS?

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? As ofertas de nuvem pública proliferaram, e a nuvem privada se popularizou. Agora, é uma questão de como aproveitar o potencial

Leia mais

Ernâni Teixeira Liberali Rodrigo Oliveira

Ernâni Teixeira Liberali Rodrigo Oliveira Ernâni Teixeira Liberali Rodrigo Oliveira O projeto Nugin (Núcleo de apoio ao planejamento e gestão da inovação) originou-se de um projeto FINEP. Foi proposto pelo IEL/SC, em parceria com a UFSC, com o

Leia mais

NUVEM HÍBRIDA: DEIXE AS PREOCUPAÇÕES COM SEGURANÇA NO PASSADO.

NUVEM HÍBRIDA: DEIXE AS PREOCUPAÇÕES COM SEGURANÇA NO PASSADO. NUVEM HÍBRIDA: DEIXE AS PREOCUPAÇÕES COM SEGURANÇA NO PASSADO. Muitas empresas brasileiras estão interessadas nas vantagens proporcionadas pela computação em nuvem, como flexibilidade, agilidade e escalabilidade,

Leia mais

Perspectivas dos serviços financeiros sobre o papel e o impacto real da nuvem

Perspectivas dos serviços financeiros sobre o papel e o impacto real da nuvem Perspectivas dos serviços financeiros sobre o papel e o impacto real da nuvem Sumário executivo A Ovum realizou recentemente, em parceria com a SAP, uma detalhada pesquisa independente com 400 CIOs seniores

Leia mais

Inteligência Competitiva e a. integração com Marketing e Redes Sociais

Inteligência Competitiva e a. integração com Marketing e Redes Sociais Inteligência Competitiva e a integração com Marketing e Redes Sociais Daniela Ramos Teixeira No artigo anterior*, mostramos que a integração da Inteligência Competitiva com a área de Vendas começa a ganhar

Leia mais

1. O Contexto do SBTVD

1. O Contexto do SBTVD CT 020/06 Rio de Janeiro, 27 de janeiro de 2006 Excelentíssimo Senhor Ministro Hélio Costa MD Ministro de Estado das Comunicações Referência: Considerações sobre o Sistema Brasileiro de Televisão Digital

Leia mais

Faculdade Integrada do Ceará FIC Graduação em Redes de Computadores

Faculdade Integrada do Ceará FIC Graduação em Redes de Computadores Faculdade Integrada do Ceará FIC Graduação em Redes de Computadores Disciplina - Sistemas Distribuídos Prof. Andrey Halysson Lima Barbosa Aula 12 Computação em Nuvem Sumário Introdução Arquitetura Provedores

Leia mais

Câmara dos Deputados CCTCI: Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática

Câmara dos Deputados CCTCI: Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática Câmara dos Deputados CCTCI: Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática A relevância tecnológica, econômica e estratégia da Computação em Nuvem (Cloud Computing) para a competitividade

Leia mais

Uso de Computação em Nuvem no SISP

Uso de Computação em Nuvem no SISP Uso de Computação em Nuvem no SISP STI-MP Brasília, 19 de abril de 2016 Computação em Nuvem O que é: Um modelo que permite acesso pela rede de forma onipresente, conveniente e sob demanda a um conjunto

Leia mais

O poder da presença O valor empresarial da colaboração presencial

O poder da presença O valor empresarial da colaboração presencial O poder da presença O valor empresarial da colaboração presencial Sumário executivo À medida que as organizações competem e crescem em uma economia global dinâmica, um novo conjunto de pontos cruciais

Leia mais

Uma abordagem estratégica para atender à demanda de Nuvem

Uma abordagem estratégica para atender à demanda de Nuvem White paper Para provedores de nuvem Uma abordagem estratégica para atender à demanda de Nuvem Introdução: os novos desafios dos clientes estimulam a adoção da nuvem Em um ambiente de negócios dinâmico,

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais Administração de Sistemas de Informação Gerenciais UNIDADE II: E-business Global e Colaboração Prof. Adolfo Colares Uma empresa é uma organização formal cujo o objetivo é produzir s ou prestar serviços

Leia mais

Atendendo à demanda de novas gerações de torcedores

Atendendo à demanda de novas gerações de torcedores Atendendo à demanda de novas gerações de torcedores Os torcedores vão a um evento ao vivo para participar de uma experiência tribal: a conexão com a ação, com seus astros favoritos, com outros torcedores

Leia mais

Connections with Leading Thinkers

Connections with Leading Thinkers Instituto de Alta Performance Connections with Leading Thinkers O empreendedor Gustavo Caetano discute oportunidades e desafios para start-ups inovadoras no Brasil. Gustavo Caetano é presidente da Samba

Leia mais

Cartilha do ALUNO EMPREENDEDOR POLITÉCNICA

Cartilha do ALUNO EMPREENDEDOR POLITÉCNICA 1 Cartilha do ALUNO EMPREENDEDOR POLITÉCNICA Diretor Acadêmico: Edison de Mello Gestor do Projeto: Prof. Marco Antonio da Costa 2 1. APRESENTAÇÃO Prepare seus alunos para explorarem o desconhecido, para

Leia mais

Provedor de serviços de software oferece solução econômica de gestão eletrônica

Provedor de serviços de software oferece solução econômica de gestão eletrônica Windows Azure Soluções para clientes - Estudo de caso Provedor de serviços de software oferece solução econômica de gestão eletrônica Visão geral País ou região: Índia Setor: Tecnologia da informação Perfil

Leia mais

Administração de Pessoas

Administração de Pessoas Administração de Pessoas MÓDULO 5: ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS 5.1 Conceito de ARH Sem as pessoas e sem as organizações não haveria ARH (Administração de Recursos Humanos). A administração de pessoas

Leia mais

Valores & Princípios. Grupo Freudenberg

Valores & Princípios. Grupo Freudenberg Valores & Princípios Grupo Freudenberg C o n d u ta e C o m p o r ta m e n t o C o n d u ta e C o m p o r ta m e n t o Nossos Princípios & Conduta e Comportamento 3 Os Nossos Princípios e o documento de

Leia mais

As Organizações e a Teoria Organizacional

As Organizações e a Teoria Organizacional Página 1 de 6 As Organizações e a Teoria Organizacional Autora: Sara Fichman Raskin Este texto é totalmente baseado no primeiro capítulo do livro Organizational theory: text and cases, do autor Jones Gareth,

Leia mais

otimizando os níveis de serviço por meio do monitoramento banco de dados uma introdução ao CA Nimsoft Monitor agility made possible

otimizando os níveis de serviço por meio do monitoramento banco de dados uma introdução ao CA Nimsoft Monitor agility made possible DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA otimizando os níveis de serviço por meio do monitoramento do banco de dados uma introdução ao CA Nimsoft Monitor agility made possible sumário O que é o CA Nimsoft Monitor? 3 CA Nimsoft

Leia mais

COMPETÊNCIAS DO CLIENTE: INCORPORAÇÃO NO MODELO DE NEGÓCIOS THOMAS STOB JUNIOR

COMPETÊNCIAS DO CLIENTE: INCORPORAÇÃO NO MODELO DE NEGÓCIOS THOMAS STOB JUNIOR COMPETÊNCIAS DO CLIENTE: INCORPORAÇÃO NO MODELO DE NEGÓCIOS THOMAS STOB JUNIOR RESUMO Este artigo defende a idéia de que na nova economia as empresas precisam incorporar a experiência do cliente a seus

Leia mais

Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2

Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2 Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2 Aula 1 Conceitos da Computação em Nuvem A computação em nuvem ou cloud computing

Leia mais

10 Dicas para uma implantação

10 Dicas para uma implantação 10 Dicas para uma implantação de Cloud Computing bem-sucedida. Um guia simples para quem está avaliando mudar para A Computação em Nuvem. Confira 10 dicas de como adotar a Cloud Computing com sucesso.

Leia mais

Uma infraestrutura de TI inadequada é a causa de prejuízo de três em cada cinco organizações

Uma infraestrutura de TI inadequada é a causa de prejuízo de três em cada cinco organizações Hoje o ambiente de negócios está pronto para as oportunidades, mas corre muitos riscos. Essa dicotomia está se revelando no mundo da TI principalmente nas salas de reuniões como nunca havíamos visto antes.

Leia mais

Não está gostando do jogo? Mude-o!

Não está gostando do jogo? Mude-o! WHITE PAPER Não está gostando do jogo? Mude-o! Entenda o mercado de Provedores de Serviços e descubra novas maneiras de aumentar os lucros, reduzir os custos, lançar novos serviços e muito mais; com informações

Leia mais

ANÁLISE DOS RESULTADOS DOS PROGRAMAS DE APOIO ÀS PMEs NO BRASIL Resumo Executivo PARA BAIXAR A AVALIAÇÃO COMPLETA: WWW.IADB.

ANÁLISE DOS RESULTADOS DOS PROGRAMAS DE APOIO ÀS PMEs NO BRASIL Resumo Executivo PARA BAIXAR A AVALIAÇÃO COMPLETA: WWW.IADB. ANÁLISE DOS RESULTADOS DOS PROGRAMAS DE APOIO ÀS PMEs NO BRASIL Resumo Executivo PARA BAIXAR A AVALIAÇÃO COMPLETA: WWW.IADB.ORG/EVALUATION ANÁLISE DOS RESULTADOS DOS PROGRAMAS DE APOIO ÀS PMEs NO BRASIL

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 14 PROFª BRUNO CALEGARO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 14 PROFª BRUNO CALEGARO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 14 PROFª BRUNO CALEGARO Santa Maria, 01 de Novembro de 2013. Revisão aula passada Projeto de Arquitetura Decisões de projeto de Arquitetura

Leia mais

Confiança no crescimento em baixa

Confiança no crescimento em baixa 10Minutos 19ª Pesquisa Global com CEOs Setor de Engenharia e Construção Confiança no crescimento em baixa Destaques Março 2016 Destaques Com 65% das indicações, suborno e corrupção são consideradas as

Leia mais

Soluções de Retrofit Modernize, aumentando confiabilidade e eficiência do seu equipamento

Soluções de Retrofit Modernize, aumentando confiabilidade e eficiência do seu equipamento Soluções de Retrofit Modernize, aumentando confiabilidade e eficiência do seu equipamento É hora de renovar O mercado de retrofit tem crescido exponencialmente nos últimos anos. Novas regulamentações

Leia mais

CA Mainframe Chorus for Security and Compliance Management Version 2.0

CA Mainframe Chorus for Security and Compliance Management Version 2.0 FOLHA DO PRODUTO CA Mainframe Chorus for Security and Compliance CA Mainframe Chorus for Security and Compliance Management Version 2.0 Simplifique e otimize suas tarefas de gerenciamento de segurança

Leia mais

FMC: Alinhando Tradição com Inovação através da Integração de Pessoas e Processos com Soluções de TI

FMC: Alinhando Tradição com Inovação através da Integração de Pessoas e Processos com Soluções de TI FMC: Alinhando Tradição com Inovação através da Integração de Pessoas e Processos com Soluções de TI Com o crescimento acelerado, uma das mais tradicionais empresas do Brasil em produtos agrícolas precisava

Leia mais

NOTA DA SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL - Perguntas e Respostas sobre o processo de concessão Viernes 30 de Septiembre de 2011 17:32

NOTA DA SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL - Perguntas e Respostas sobre o processo de concessão Viernes 30 de Septiembre de 2011 17:32 There are no translations available. PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL Perguntas e Respostas sobre o processo de concessão A concessão Por que o governo resolveu fazer a concessão? Nos

Leia mais

PESQUISA SOBRE CUSTO E GESTÃO DA INFORMAÇÃO

PESQUISA SOBRE CUSTO E GESTÃO DA INFORMAÇÃO PESQUISA SOBRE CUSTO E GESTÃO DA INFORMAÇÃO Resultados da América Latina 2012 SUMÁRIO 3 METODOLOGIA 4 INTRODUÇÃO 5 AS 7 SÃO 9 NÃO 11 RECOMENDAÇÕES INFORMAÇÕES ESTÃO AUMENTANDO VERTIGINOSAMENTE... E ELAS

Leia mais

Serviços do Cisco Connected Stadium Wi-Fi

Serviços do Cisco Connected Stadium Wi-Fi Folha de dados Serviços do Cisco Connected Stadium Wi-Fi Melhore a experiência móvel dos torcedores no estádio com os serviços do Cisco Connected Stadium Wi-Fi Resumo A solução Cisco Connected Stadium

Leia mais

NORMA ISO 14004. Sistemas de Gestão Ambiental, Diretrizes Gerais, Princípios, Sistema e Técnicas de Apoio

NORMA ISO 14004. Sistemas de Gestão Ambiental, Diretrizes Gerais, Princípios, Sistema e Técnicas de Apoio Página 1 NORMA ISO 14004 Sistemas de Gestão Ambiental, Diretrizes Gerais, Princípios, Sistema e Técnicas de Apoio (votação 10/02/96. Rev.1) 0. INTRODUÇÃO 0.1 Resumo geral 0.2 Benefícios de se ter um Sistema

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos

Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos Gerenciamento de Projetos Modulo III Grupo de Processos Prof. Walter Cunha falecomigo@waltercunha.com http://waltercunha.com Bibliografia* Project Management Institute. Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento

Leia mais

Capítulo 2 Objetivos e benefícios de um Sistema de Informação

Capítulo 2 Objetivos e benefícios de um Sistema de Informação Capítulo 2 Objetivos e benefícios de um Sistema de Informação 2.1 OBJETIVO, FOCO E CARACTERÍSTICAS DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Os Sistemas de Informação, independentemente de seu nível ou classificação,

Leia mais

Empreenda! 8ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios. Preparamos este roteiro para ajudá-lo(a) a desenvolver o seu Plano de Negócios.

Empreenda! 8ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios. Preparamos este roteiro para ajudá-lo(a) a desenvolver o seu Plano de Negócios. Empreenda! 8ª Edição Roteiro de Apoio ao Plano de Negócios Caro (a) aluno (a), Preparamos este roteiro para ajudá-lo(a) a desenvolver o seu Plano de Negócios. O Plano de Negócios deverá ter no máximo 20

Leia mais

Principais estudos e a perspectiva dos investidores. Roberta Simonetti GVces

Principais estudos e a perspectiva dos investidores. Roberta Simonetti GVces O VALOR DO ISE Principais estudos e a perspectiva dos investidores Roberta Simonetti GVces Conteúdo Principais tendências: investidores e executivos Risco vs. Retorno Ganhos de valor Valores tangíveis

Leia mais

Workshop sobre Empreendedorismo

Workshop sobre Empreendedorismo Workshop sobre Empreendedorismo Vasco Pinto 11 e 12/ Dez/ 2012 O que é o Empreendedorismo? O que é ser Empreendedor? Principais Características de um Empreendedor Diferenças entre Empreendedor e Empresário

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS. Causas de Fracasso:

PLANO DE NEGÓCIOS. Causas de Fracasso: PLANO DE NEGÓCIOS Causas de Fracasso: Falta de experiência profissional Falta de competência gerencial Desconhecimento do mercado Falta de qualidade dos produtos/serviços Localização errada Dificuldades

Leia mais

WMS e TMS. A integração entre os sistemas de gerenciamento de armazéns e transportes é fundamental para a otimização dos fluxos de trabalho

WMS e TMS. A integração entre os sistemas de gerenciamento de armazéns e transportes é fundamental para a otimização dos fluxos de trabalho WMS e TMS A integração entre os sistemas de gerenciamento de armazéns e transportes é fundamental para a otimização dos fluxos de trabalho O que um jogador de futebol e uma bailarina profissional têm em

Leia mais

A Lexmark Impulsiona a Transformação de TI com Soluções de Garantia de Serviços CA

A Lexmark Impulsiona a Transformação de TI com Soluções de Garantia de Serviços CA CUSTOMER SUCCESS STORY Fevereiro 2014 A Lexmark Impulsiona a Transformação de TI com Soluções de Garantia de Serviços CA PERFIL DO CLIENTE Indústria: Servicios de TI Empresa: Lexmark Colaboradores: 12.000

Leia mais

Sustentabilidade nas instituições financeiras Os novos horizontes da responsabilidade socioambiental

Sustentabilidade nas instituições financeiras Os novos horizontes da responsabilidade socioambiental Sustentabilidade nas instituições financeiras Os novos horizontes da responsabilidade socioambiental O momento certo para incorporar as mudanças A resolução 4.327 do Banco Central dispõe que as instituições

Leia mais

4 Avaliação Econômica de Redes Legada e NGN

4 Avaliação Econômica de Redes Legada e NGN 4 Avaliação Econômica de Redes Legada e NGN A Cadeia de Valores é uma representação de uma cadeia industrial que auxilia as empresas a identificarem e a avaliarem suas fontes de vantagens competitivas

Leia mais

Cloud Computing. Eduardo Roloff

Cloud Computing. Eduardo Roloff Cloud Computing Eduardo Roloff Sumário Conceituação Modelos de Serviços Modos de Implantação Oportunidades de Pesquisa Discussão Conceituação Cloud Computing é um modelo que pretende prover computação

Leia mais

Cimeira Empresarial UE-CELAC eucelac-bizsummit2015.eu. Quarta-feira, 10 de junho de 2015, 14h30-16h30 Documento de síntese para o Workshop 3

Cimeira Empresarial UE-CELAC eucelac-bizsummit2015.eu. Quarta-feira, 10 de junho de 2015, 14h30-16h30 Documento de síntese para o Workshop 3 Cimeira Empresarial UE-CELAC eucelac-bizsummit2015.eu Quarta-feira, 10 de junho de 2015, 14h30-16h30 Documento de síntese para o Workshop 3 Acesso ao financiamento e aos instrumentos financeiros O importante

Leia mais

Conceitos Básicos de Rede. Um manual para empresas com até 75 computadores

Conceitos Básicos de Rede. Um manual para empresas com até 75 computadores Conceitos Básicos de Rede Um manual para empresas com até 75 computadores 1 Conceitos Básicos de Rede Conceitos Básicos de Rede... 1 A Função de Uma Rede... 1 Introdução às Redes... 2 Mais Conceitos Básicos

Leia mais

é lei Agora Política Nacional de Resíduos Sólidos poder público, empresas, catadores e população Novos desafios para

é lei Agora Política Nacional de Resíduos Sólidos poder público, empresas, catadores e população Novos desafios para Política Nacional de Resíduos Sólidos Agora é lei Novos desafios para poder público, empresas, catadores e população Marco histórico da gestão ambiental no Brasil, a lei que estabelece a Política Nacional

Leia mais

IDC A N A L Y S T C O N N E C T I O N

IDC A N A L Y S T C O N N E C T I O N IDC A N A L Y S T C O N N E C T I O N Robert Young Gerente de pesquisas de software para gerenciamento de sistemas empresariais C o m o r e p e n s a r o gerenciamento de ativo s d e T I n a e ra da "Internet

Leia mais

Eixo Temático ET-03-004 - Gestão de Resíduos Sólidos VANTAGENS DA LOGÍSTICA REVERSA NOS EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS

Eixo Temático ET-03-004 - Gestão de Resíduos Sólidos VANTAGENS DA LOGÍSTICA REVERSA NOS EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS 198 Eixo Temático ET-03-004 - Gestão de Resíduos Sólidos VANTAGENS DA LOGÍSTICA REVERSA NOS EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS Isailma da Silva Araújo; Luanna Nari Freitas de Lima; Juliana Ribeiro dos Reis; Robson

Leia mais

Computação em nuvem. Mudança da função e da importância das equipes de TI O PONTO DE VISTA DOS EXECUTIVOS SOBRE A NUVEM.

Computação em nuvem. Mudança da função e da importância das equipes de TI O PONTO DE VISTA DOS EXECUTIVOS SOBRE A NUVEM. O PONTO DE VISTA DOS EXECUTIVOS SOBRE A NUVEM O ponto de vista dos executivos sobre a nuvem Janeiro de 2015 Computação em nuvem Mudança da função e da importância das equipes de TI Janeiro de 2015 1 Capacitação

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 1ª Série Empreendedorismo Administração A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de etapas,

Leia mais

Matriz global: 5 Speen Street Framingham, MA 01701 EUA Tel.: 508.872.8200 Fax: 508.935.4015 www.idc.com

Matriz global: 5 Speen Street Framingham, MA 01701 EUA Tel.: 508.872.8200 Fax: 508.935.4015 www.idc.com Matriz global: 5 Speen Street Framingham, MA 01701 EUA Tel.: 508.872.8200 Fax: 508.935.4015 www.idc.com B O L E T I M I N F O R M A T I V O M a x i m i z a n d o S e u A m b i e n t e V i r t u a l p a

Leia mais

Financial Services. Precisão competitiva. Metodologias específicas e profissionais especializados na indústria de seguros

Financial Services. Precisão competitiva. Metodologias específicas e profissionais especializados na indústria de seguros Financial Services Precisão competitiva Metodologias específicas e profissionais especializados na indústria de seguros Nossa experiência na indústria de seguros A indústria de seguros vem enfrentando

Leia mais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais O que é ERP Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para integrar os diversos departamentos de uma empresa,

Leia mais

ustentada pela experiência de seus mantenedores, com mais de 25 anos de prestação de serviços na área de educação, a Faculdade Alfa de Umuarama tem

ustentada pela experiência de seus mantenedores, com mais de 25 anos de prestação de serviços na área de educação, a Faculdade Alfa de Umuarama tem S ustentada pela experiência de seus mantenedores, com mais de 25 anos de prestação de serviços na área de educação, a Faculdade Alfa de Umuarama tem como um de seus pilares a continuidade ao ensino de

Leia mais

Processos de gerenciamento de projetos em um projeto

Processos de gerenciamento de projetos em um projeto Processos de gerenciamento de projetos em um projeto O gerenciamento de projetos é a aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas às atividades do projeto a fim de cumprir seus requisitos.

Leia mais

Respostas Dinâmica CRI Minas 10/05/12. Monitoramento de concorrentes/ fornecedor/ cliente/ internizar tecnologia de outros setores;

Respostas Dinâmica CRI Minas 10/05/12. Monitoramento de concorrentes/ fornecedor/ cliente/ internizar tecnologia de outros setores; Respostas Dinâmica CRI Minas 10/05/12 Abaixo estão as respostas das perguntas postas aos participantes do CRI Minas no dia 10 de maio que tratou do tema Inteligência Tecnológica. Cada mesa possuía uma

Leia mais

B O L E T I M I N F O R M A T I V O

B O L E T I M I N F O R M A T I V O B O L E T I M I N F O R M A T I V O L i n u x n o f o c o c e n t r a l : c a r g a s d e t r a b a l h o e s s e n c i a i s a o s n e g ó c i o s s e t o r n a m r a p i d a m e n t e o p a d r ã o Oferecido

Leia mais