ESTUDO DOS TRAJETOS DOS CANAIS DE ENERGIA TENDINO-MUSCULARES

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTUDO DOS TRAJETOS DOS CANAIS DE ENERGIA TENDINO-MUSCULARES"

Transcrição

1 1 ESTUDO DOS TRAJETOS DOS CANAIS DE ENERGIA TENDINO-MUSCULARES. Os Canais de Energia Tendino-Musculares não acompanham a alternância do Yang e do Yin, nem a relação Interior-Exterior, mas sim o sistema de união conhecido como "União dos 3 Yin e dos 3 Yang": Os três Yang do Pé unem-se na face, no processo do osso zigomático, no ponto ID-18 (Quanliao); Os três Yin do Pé unem-se na região do púbis, no ponto VC-3 (Zhongji); Os três Yang da Mão unem-se na região frontoparietal, no ponto VB-13 (Benshen); Os três Yin da Mão unem-se em cada lado do tórax, no ponto VB-22 (Yuanye). Os distúrbios energéticos dos Canais de Energia Tendino-Musculares manifestam-se nas regiões por onde passam, e seus sintomas podem ser puramente locais (articulares, tendinosos, musculares, ósseos...), dificilmente estando ligados às afecções das Vísceras ou dos Órgãos. Estes Canais de Energia Secundários são muito importantes no tratamento das afecções causadas por agentes externos (Energia Perversa). CLASSIFICAÇÃO DOS CANAIS DE ENERGIA TENDINO-MUSCULARES Os Canais de Energia Tendino-Musculares são classificados de acordo com a sua situação energética topográfica: do Exterior para o Interior, dos Canais de Energia situados mais superficialmente para os mais profundos. A) Canais de Energia Tendino-Musculares do Pé: Canal de Energia Tendino-Muscular da Bexiga (Tai Yang do Pé); Canal de Energia Tendino-Muscular da Vesícula Biliar (Shao Yang do Pé); Canal de Energia Tendino-Muscular do Estômago (Yang Ming do Pé); Canal de Energia Tendino-Muscular do Baço/Pâncreas (Tai Yin do Pé): Canal de Energia Tendino-Muscular do Fígado (Jue Yin do Pé); Canal de Energia Tendino-Muscular dos Rins (Shao Yin do Pé). B) Canais de Energia Tendino-Musculares da Mão: Canal de Energia Tendino-Muscular do Intestino Delgado (Tai Yang da Mão); Canal de Energia Tendino-Muscular do Triplo Aquecedor (Shao Yang da Mão): Canal de Energia Tendino-Muscular do Intestino Grosso (Yang Ming da Mão); Canal de Energia Tendino-Muscular do Pulmão (Tai Yin da Mão); Canal de Energia Tendino-Muscular da Circulação-Sexo (Jue Yin da Mão); Canal de Energia Tendino-Muscular do Coração (Shao Yin da Mão). PROCESSOS DE PENETRAÇÃO DA ENERGIA PERVERSA NOS CANAIS TENDINO-MUSCULARES Todos os Canais de Energia Principais possuem vias de Energia Secundárias (Canais de Energia Tendino- Musculares), que se comunicam com a epiderme. Quando o corpo é agredido pela Energia Perversa, esta passa primeiro pelos Canais de Energia Secundários para depois penetrar os Canais de Energia Principais. A Energia Perversa, após penetrar os Canais de Energia Secundários, vai agredir inicialmente os Canais de Energia Yang, que são mais superficiais, sendo o Canal de Energia Unitário Tai Yang, composto pelos Canais de Energia do Intestino Delgado e da Bexiga, que é o primeiro a ser atingido, pois é o mais superficial, aquele que se abre para o Exterior. Após acometer o Tai Yang, a Energia Perversa segue para o Shao Yang (Triplo Aquecedor + Vesícula Biliar), que está na situação intermediária, e, depois, para o Yang Ming ( Intestino Grosso + Estômago ), que é o Canal de Energia Yang mais profundo, aquele que se abre para o Interior; somente depois do acometimento de todos os Yang é que a Energia Perversa vai penetrar os Canais de Energia Yin, percorrendo também o sentido Exterior/Interior.

2 2 Canais de Energia Yin: Tai Yin (Pulmão + Baço/Pâncreas), que se abre para o Exterior; Jue Yin (Fígado + Circulação-Sexo), que é intermediário; Shao Yin (Rim + Coração), que se abre para o Interior. É importante ressaltar que nem sempre a Energia Perversa passa pelos Órgãos ou pelas Vísceras. Ela pode, na região do tórax, através de Canais de Energia Secundários, passar de um para outro Canal de Energia. Quando a Energia Perversa é o Vento ou a Umidade, ela pode acometer desde o início os Canais de Energia Yin, sem afetar os Canais de Energia Yang. Na fase inicial da doença, quando a Energia Perversa agride, e estando o Qi Correto do corpo ainda forte, ocorrerá uma luta entre estas duas Energias causando febre e sensação de Plenitude, que são manifestações Yang. Quando o Qi Correto exaure, as manifestações são de frio e de sinais de Vazio, significando o acometimento dos Canais de Energia Yin. A Energia Perversa pode acometer dois ou mais Canais de Energia ao mesmo tempo com manifestações clínicas próprias ou, ainda, manifestar-se no seu Canal de Energia acoplado. Enfim, o processo de penetração não é constante e não obedece a critérios fixos. A evolução depende do estado da Energia de Defesa Wei e da Energia Essencial. São estas duas Energias que vão condicionar a penetração ou não da Energia Perversa, que pode penetrar o corpo somente quando estas duas Energias ( Wei e Yang) estão enfraquecidas. DIAGNÓSTICO DAS AFECÇÕES ENERGÉTICAS DOS CANAIS DE ENERGIA TENDINO-MUSCULARES O diagnóstico de acometimento dos Canais de Energia Tendino-Musculares é simples e bastante preciso. Para se localizar o acometimento na pele, músculos, tendões, articulações, deve-se ater-se à sintomatologia clínica e à procura dos pontos dolorosos, cujas posições mostram o Canal de Energia Tendino-Muscular afetado. Os pontos dolorosos situados na pele são os locais onde ocorre a concentração de Energia Perversa. Os Canais de Energia Tendino-Musculares possuem pequenos Canais de Energia que terminam em inúmeros pontos na epiderme ( Pontos Ashi ) que ficam dolorosos quando são acometidos pela Energia Perversa. Muitas vezes, estes pontos correspondem aos pontos do Canal de Energia Principal, só que os pontos Ashi estão localizados mais superficialmente e é através destes pontos dolorosos que se faz o diagnóstico do Canal de Energia Tendino-Muscular acometido. Além de dor nestes pontos, ocorre também dor espontânea ou sob pressão dos pontos de reunião dos Canais de Energia Tendino-Musculares. TRATAMENTO DOS CANAIS DE ENERGIA TENDINO-MUSCULARES O tratamento das afecções energéticas do Canal de Energia Tendino-Muscular baseia-se na fisiopatologia energética. Portanto, estando o Canal de Energia Principal em Vazio de Qi e de Sangue, os Canais de Energia Tendino-Musculares estarão também em Vazio, propiciando a penetração de Energias Perversas, que levarão o Canal de Energia Tendino-Muscular afetado a um estado de Plenitude. Consequentemente, o ponto de origem (Ting), o trajeto do Canal de Energia Tendino-Muscular e as partes moles circunvizinhas tornam-se dolorosos, assim como o ponto de reunião dos Canais Tendino-Musculares correspondentes. Deve-se então, para o tratamento, fortalecer o Canal de Energia Principal e derivar a Energia para o Canal de Energia Tendino-Muscular pelo estímulo do ponto Ting; logo após, retirar a Energia Perversa estagnada ou presente nos Canais de Energia Tendino-Musculares, estimulando ou sangrando os pontos dolorosos situados nestes Canais e, também, o ponto de União.

3 A) CANAIS DE ENERGIA TENDINO MUSCULARES YANG DO PÉ 3 A.1) Canal de Energia Tendino-Muscular da Bexiga lº) O Canal de Energia Tendino-Muscular da Bexiga inicia no ponto Ting do Canal de Energia Principal da Bexiga, ponto B-67 ( Zhiyin ), localizado no 5º dedo do pé, segue para o maléolo lateral e sobe pela face ânterolateral da perna até o joelho; nesta região, toma sentido descendente indo até o maléolo lateral, onde se ramifica para o calcâneo; desta região, segue o sentido ascendente indo até a região posterior do joelho, onde se ramifica num Canal de Energia Tendino-Muscular Secundário que vai para os grupos musculares posterolaterais da perna, subindo até a fossa poplítea onde se depara com o Canal de Energia precedente; 2º) Em seguida, o Canal de Energia Tendino-Muscular da Bexiga passa pelos músculos laterais da coxa, sobe lateralmente o abdome e tórax e, na altura do ombro, ramifica-se: um ramo sobe posterolateralmente o pescoço, de onde sai um Canal de Energia para a língua, segue margeando o crânio, passa pela face entre o nariz e as sobrancelhas e vai para o nariz e para a maxila, onde se ramifica; o outro ramo margeia o ombro, vai para o tórax, e sobe para a região supraclavicular, indo para o osso mastóide, onde se ramifica; 3º) Da região supraclavicular, parte um Canal de Energia Tendino-Muscular Secundário que vai para a bochecha, onde se ramifica. O Canal de Energia Tendino-Muscular da Bexiga pode ser atacado pelas Energias Perversas, que causam as seguintes manifestações: Dores lancinantes e edema doloroso no 5º dedo do pé e na região do calcâneo; Contratura dos músculos da região posterior do membro inferior Sensação de dor semelhante à de fratura na coluna vertebral; Contratura dos músculos ao longo da coluna vertebral e do pescoço; Impossibilidade de levantar o braço e de movimentar o ombro; Dor lancinante localizada na escápula e na região da fossa supraclavicular; Hemicrania e nevralgias faciais. Tratamento das Afecções Energéticas do Canal de Energia Tendino-Muscular da Bexiga Estimular o ponto B-67 ( Zhiyin ) do Canal de Energia Principal da Bexiga; se a região periungueal estiver enegrecida, deve-se fazer a sangria com a agulha triangular, pois o que se enegreceu indica, além da estagnação de Energia, estagnação de Sangue; Dissipar os pontos dolorosos situados no trajeto do Canal de Energia Tendino-Muscular da Bexiga e estimular o ponto de união ID-18 (Quanliao), localizado na face; Fortalecer o Canal de Energia Principal da Bexiga fazendo uso do ponto de tonificação B-67 (Zhiyin), ou aplicar as regras de tonificação pelo Princípio dos Cinco Movimentos. A.2) Canal de Energia Tendino-Muscular da Vesícula Biliar 1º) O canal de Energia Tendino-Muscular da Vesícula Biliar começa no ponto Ting VB-44 ( Zuqiaoyin ) do Canal de Energia Principal da Vesícula Biliar, situado na margem ungueal lateral do 4º dedo do pé ; segue pela face ântero-lateral do pé e vai para o maléolo lateral e face lateral da perna e do joelho; 2º) Um Canal de Energia Tendino-Muscular Secundário parte da extremidade superior da tíbia e vai para a coxa e quadril; 3º) Um segundo Canal de Energia Tendino-Muscular Secundário penetra a região da coxa; 4º) Um terceiro Canal de Energia Tendino-Muscular Secundário parte do quadril, indo para a região da nádega e ao osso cóccix;

4 4 5º) Um ramo vertical procedente da face lateral do joelho passa pela parte lateral da coxa, do quadril e do abdome onde se dividi em dois ramos, um ramo indo para o tórax, seguindo para a região anterior do ombro, e o outro para o tórax e os seios e posteriormente para a região da fossa supraclavicular; 6º) Os dois ramos procedentes do tórax unidos compõe um Canal de Energia conjunto que passa através da orelha; esse novo Canal situa-se anteriormente ao Canal de Energia Principal da Bexiga, vai para a fronte, cruza com o Canal de Energia Tendino-Muscular da Vesícula Biliar do lado oposto, no topo do crânio, no ponto VG-20 ( Baihui ), desce para a região mandibular e se insere na bochecha; 7º) Um Canal de Energia Tendino-Muscular Secundário vai ao ângulo externo do olho, onde se insere no osso do assoalho da órbita, e o outro segue para o nariz, nele terminando. O Canal de Energia Tendino-Muscular da Vesícula Biliar pode ser atacado pelas Energias Perversas, que se manifestam por: Contratura muscular e dor do 4º dedo do pé Contratura muscular e dor situada no maléolo externo, assim como ao longo da perna na sua face lateral; Flexão e extensão do joelho dolorosas e limitadas, contratura muscular e dor na fossa poplítea; Dores na face ântero-lateral da coxa até a região do quadril; Dores na face posterior da coxa até o cóccix; Dores nos flancos até a região axilar, nos seios e na região supraclavicular; Dificuldade de mover os olhos para os lados. O Canal de Energia Tendino-Muscular da Vesícula Biliar divide-se na fossa supraclavicular, e os seus ramos cruzam a linha média, unindo-se ao Canal de Energia Tendino-Muscular da Vesícula Biliar do lado oposto e indo para a região cefálica. Por esse motivo, a sintomatologia é contralateral entre a cabeça e o resto do corpo. Quando o Canal de Energia Tendino-Muscular da Vesícula Biliar chega à fronte, ele se depara com os Canais de Energia Curiosos Yin Qiao e Yang Qiao, que cruzam a linha média; logo, a sintomatologia também é contralateral: é por isso que um traumatismo cefálico à direita provoca paralisia do lado esquerdo. Tratamento das afecções do Canal Tendino-Muscular da Vesícula Biliar Estimular o ponto Ting VB-44 (Zuqiaoyin) do Canal de Energia Principal da Vesícula Biliar; Dissipar os pontos dolorosos localizados no trajeto do Canal de Energia Tendino-Muscular da Vesícula Biliar e estimular o ponto de união ID-18 (Quanliao) situado na face; Fortalecer o Canal de Energia Principal da Vesícula Biliar utilizando o ponto de tonificação VB-43 (Xiaxi) ou o Princípio dos Cinco Movimentos. A.3) Canal de Energia Tendino-Muscular do Estômago lº) O Canal de Energia Tendino-Muscular do Estômago começa no ponto E-45 ( Lidui ), ponto Ting do Canal de Energia Principal do Estômago, localizado na margem ungueal lateral do 2º dedo do pé; recebe Canais de Energia Tendino-Musculares Secundários do 3º e do 4º dedos do pé, vai para o dorso do pé e do tornozelo, sobe lateralmente pela perna, pela coxa, pelo quadril, segue pelo flanco do abdome, e, na altura das últimas costelas, torna seu sentido posterior, inserindo-se na coluna vertebral dorsal; 2º) No tornozelo, forma-se um novo Canal de Energia Tendino-Muscular, que segue pela margem anterior da tíbia e face anterior do joelho, unindo-se ao ramo anterior através de um Canal de Energia Tendino- Muscular Secundário; 3º) Do joelho, um novo Canal de Tendino-Muscular segue pela face anterior da coxa, indo para a região pélvica onde vai juntar-se com os órgãos do aparelho reprodutor; desta região, segue pela parede ântero-lateral do abdome e do tórax, e, na altura o da região supraclavicular, dirige-se para o pescoço, contorna os lábios e segue para o olho, onde se une ao Canal de Energia Tendino-Muscular do Intestino Delgado;

5 4º) Um ramo secundário parte da mandíbula e atravessa a face, conectando-se com a orelha. 5 O Canal de Energia Tendino - Muscular do Estômago pode ser atacado pelas Energias Perversas, que provocam as seguintes manifestações: Contraturas musculares dos músculos localizados no dorso do pé, entre o 2º, 3º e 4º dedos do pé na face ântero-lateral da perna Câimbras nos músculos da coxa; Inchaço doloroso na parte anterior da pelve; Espasmo dos músculos abdominais; Dores na fossa supraclavicular; Dores e contraturas dos músculos do pescoço e da mandíbula; Espasmo muscular da boca; Flacidez dos músculos das pálpebras; Deformação súbita da boca. Caso sejam acometidos pelo Calor Perverso, os músculos tornam-se flácidos; caso sejam acometidos pelo Frio, tornam-se mais rígidos. Tratamento das Afecções do Canal de Energia Tendino-Muscular do Estômago Estimular o ponto Ting E-45 ( Lidui ) do Canal de Energia Principal do Estômago, situado no 2º dedo do pé; Dispersar os pontos dolorosos localizados no trajeto do Canal de Energia Tendino-Muscular do Estômago e estimular o ponto de união ID-18(Quanliao), situado na face; Fortalecer o Canal de Energia Principal do Estômago através do ponto de tonificação E-41 (Jiexi) ou através de tonificação pelo Princípio dos Cinco Movimentos. Ponto de União dos Três Canais de Energia Tendino-Musculares Yang do Pé Os três Canais de Energia Tendino-Musculares Yang do Pé ( Bexiga, Vesícula Biliar e Estômago) apresentam uma região em comum, localizada na face, no osso zigomático correspondente ao ponto ID-18 ( Quanliao) do Canal de Energia Principal do Intestino Delgado. No acometimento energético de um ou mais Canais de Energia Tendino-Musculares Yang do Pé, pode ocorrer bloqueio ou estagnação de Qi que, nesta região, provoca dor, que pode manifestar-se através da nevralgia facial. O diagnóstico energético do acometimento dos Canais de Energia Tendino-Musculares Yang do Pé está baseado na presença de nevralgia facial e irradiação de dor, e é esta dor irradiada que vai caracterizar o Canal Tendino- Muscular afetado; assim: Afecção energética do Canal de Energia Tendino-Muscular da Vesícula Biliar: a nevralgia é acompanhada de dor que desce da fronte para o ângulo da mandíbula, passando pela região temporal; Afecção energética do Canal de Energia Tendino-Muscular da Bexiga: a nevralgia facial é acompanhada de dor no canto interno do olho; Afecção energética do Canal de Energia Tendino-Muscular do Estômago: a nevralgia facial é acompanhada de dores nos lábios e na asa do nariz, irradiando-se para o canto interno do olho. Para o tratamento de nevralgia com as suas irradiações dolorosas, deve-se seguir os princípios gerais de tratamento das afecções do Canal de Energia Tendino-Muscular afetado, conforme já mencionado anteriormente.

6 B) CANAIS DE ENERGIA TENDINO MUSCULARES YIN DO PÉ 6 B.l) Canal de Energia Tendino-Muscular dos Rins 1º) O Canal de Energia Tendino-Muscular dos Rins inicia abaixo do 5º dedo do Pé, passa pelo R-1 ( Yongquan) do Canal de Energia Principal dos Rins, segue juntamente com o Canal de Energia Tendino - Muscular do Baço/Pâncreas até o maléolo medial e se insere no osso calcâneo. Na face interna da perna, na tuberosidade medial da tíbia, une-se ao Canal de Energia Tendino-Muscular da Bexiga, segue paralelamente ao Canal de Energia Tendino Muscular do Baço/Pâncreas até o triângulo de Scarpa, onde dirige-se para os genitais, penetra o abdome e segue pela face anterior da coluna vertebral, dispersando-se na nuca; 2º) Um Canal de Energia Tendino-Muscular Secundário origina-se dos genitais, contorna a região glútea do lado oposto, segue pela massa muscular localizada ao longo da coluna vertebral, indo até a nuca onde se insere no occipital, e se junta ao Canal de Energia Tendino-Muscular da Bexiga. O Canal de Energia Tendino-Muscular dos Rins pode ser atacado pelas Energias Perversas, que causam as seguintes manifestações: Contratura dos músculos localizados na região plantar; Dores no trajeto do Canal de Energia Tendino-Muscular dos Rins. Os distúrbios energéticos do Canal de Energia Tendino Muscular dos Rins são qualificados essencialmente por contraturas musculares generalizadas: se os distúrbios são de caráter Yin, situados no interior do abdome, o doente têm a sensação de peso na parte anterior do corpo ( tórax e abdome ), não podendo fazer a hiperextensão da coluna vertebral; se o distúrbio é de caráter Yang, manifestando-se no Exterior do corpo o doente têm a sensação de peso na região lombar, não podendo fazer a flexão da coluna vertebral. Tratamento do Canal de Energia Tedino-Muscular dos Rins Estimular o ponto Ting R-1(Yongquan) do Canal Principal dos Rins, situado na planta do pé; Dispersar os pontos dolorosos situados no trajeto do Canal de Energia Tendino-Muscular dos Rins e estimular o ponto de união VC-3(Zhongji), localizado na parede anterior da pelve; Fortalecer o Canal de Energia Principal dos Rins fazendo uso do ponto de tonificação R-7 (Fuliu) ou pelo processo de tonificação baseado no Princípio dos Cinco Movimentos. B.2) Canal de Energia Tendino-Muscular do Baço/Pâncreas 1º) Canal de Energia Tendino-Muscular do Baço/Pâncreas começa no ângulo ungueal medial do hálux, no ponto Ting BP-1 ( Yinbai ) do Canal Principal do Baço/Pâncreas, seguindo para o maléolo medial; sobe verticalmente, passando pela tuberosidade interna da tíbia, pela face medial da coxa, seguindo para o triângulo de Scarpa; dirige-se para os genitais, penetra o abdome, insere-se na cicatriz umbilical e segue para a região lateral e pela parede interna do tórax de onde segue até a coluna vertebral, na região dorsal, onde se insere. O Canal de Energia Tendino-Muscular do Baço/Pâncreas sendo atacado pelas Energias Perversas apresenta as seguintes manifestações: Contratura muscular e câimbras nos músculos do hálux, dor na face medial do tornozelo; Dores na perna e na face interna do joelho; Dores na parte interna da coxa até a região inguinal; Dores lancinantes, intoleráveis, nos genitais externos; Dores na cicatriz umbilical e nos lados do abdome; Dores irradiadas em toda a superfície interna do tórax e na parte média da coluna vertebral e região toracolombar.

7 Tratamento do Canal de Energia Tendino-Muscular do Baço/Pâncreas 7 Estimular o ponto BP-1 (Yinbai) do Canal Principal do Baço/Pâncreas, situado no hálux; Dispersar os pontos dolorosos localizados no trajeto do Canal de Energia Tendino-Muscular do Baço/Pâncreas e estimular o ponto de união VC-3 (Zhongji), situado na face anterior da pelve; Fortalecer o Canal de Energia Principal do Baço Pâncreas fazendo uso do ponto de tonificação BP- 2 (Dadu) ou pelo processo de tonificação baseado no Princípio dos Cinco Movimentos. B.3) Canal de Energia Tendino-Muscular do Fígado O Canal de Energia Tendino-Muscular do Fígado inicia no ponto Ting F-1 ( Dadun ) do Canal Principal do Fígado, localizado no ângulo ungueal lateral do hálux; segue pela face medial do pé, passa anteriormente ao maléolo medial, sobe pela face medial da tíbia, indo para a região abaixo da tuberosidade interna da tíbia, segue para o abdome, indo para o triângulo de Scarpa, e dirige-se para os genitais. O acometimento do Canal de Energia Tendino-Muscular do Fígado pelas Energias Perversas provoca: Dor na sínfise púbica; Dores no hálux, que se irradiam para o maléolo medial; Dores na tuberosidade da tíbia e na face medial do joelho; Contraturas e dores musculares na face medial da coxa; Disfunção dos genitais, impotência, contração dos genitais pelo Frio, flacidez dos genitais Calor; Dores agudas nos genitais externos e no canal da uretra; pelo Estando alterado o Yin da parte genital, o paciente torna-se impotente. Isso ocorre porque nos casos de excesso sexual, o Yin fica "ferido", por isso, o Yang torna-se enfraquecido, advindo daí a impossibilidade de ereção; Quando o distúrbio é causado pela penetração do Frio Perverso, o Yin torna-se retraído, do mesmo modo que o pênis retrai; quando o Canal é atacado pelo Calor Perverso, o Yin está dilatado e o pênis em ereção, sem poder voltar a forma normal (priapismo). Tratamento do Canal de Energia Tendino-Muscular do Fígado Estimular o ponto Ting do Canal de Energia Principal do Fígado, F-1 (Dadun), situado no hálux; Dispersar os pontos dolorosos localizados no percurso e estimular o ponto de união, o VC-3 (Zhongji), situado na pelve; Fortalecer o Canal de Energia Principal do Fígado fazendo uso do ponto de tonificação F-8 (Ququan), ou pelo processo de tonificação baseado no Princípio dos Cinco Movimentos. Ponto de União dos Três Canais Tendino-Musculares Yin do Pé Os três Canais de Energia Tendino-Musculares Yin do Pé ( Rim, Baço/Pâncreas, Fígado) unem-se novamente na região do púbis, no ponto VC-3 (Zhongji) do Ren Mai, localizado na linha média, um tsun acima da sínfise púbica. É neste ponto que eles penetram e se inserem nos músculos da parede anterior do abdome e do tórax. Quando a Energia Perversa procedente dos Canais de Energia Tendino-Musculares atacam estas regiões, ela ocasiona dores no baixo-ventre e na sínfise púbica.

8 8 A dor no baixo-ventre, mais propriamente na sínfise púbica, é o sintoma comum dos três Canais de Energia Tendino-Musculares Yin do Pé afetados. O diagnóstico do Canal de Energia Tendino-Muscular atacado faz-se pelos seguintes sintomas associados: Canal de Energia Tendino-Muscular dos Rins: dores no baixo-ventre e na sínfise púbica, acompanhadas de dores na região lombar, dolorosas à leve pressão; Canal de Energia Tendino-Muscular do Baço/Pâncreas: dores no baixo- ventre e na sínfise púbica, acompanhadas de dor na cicatriz umbilical com irradiação para o tórax. Canal de Energia Tendino-Muscular do Fígado; dores situadas no baixo-ventre, na sínfise púbica, sem irradiação para outras regiões;. Uma vez constatado o Canal de Energia Tendino-Muscular afetado, para o tratamento deve- se seguir os princípios gerais de tratamento dos Canais de Energia Tendino-Musculares. C) CANAIS DE ENERGIA TENDINO-MUSCULARES YIN DA MÃO C.l) Canal de Energia Tendino-Muscular do Pulmão lº) O Canal de Energia Tendino-Muscular do Pulmão começa no ponto Ting P-11(Shaoshang) do Canal de Energia do Pulmão, situado no ângulo ungueal radial no polegar, inserindo-se na eminência tenar; passa perto da artéria radial, segue pelo antebraço, inserindo-se no meio do cotovelo, sobe pela face medial do braço e penetra a região da axila, reaparecendo na fossa supraclavicular; insere-se no ombro, retorna à fossa supraclavicular, penetra o tórax, insere-se no tórax, ramica- se na região da cárdia e se insere lateralmente. O acometimento do Canal de Energia Tendino-Muscular do Pulmão pelas Energias Perversas provoca: Contraturas musculares e dores musculares no trajeto do Canal Tendino-Muscular: as dores são muito agudas e estão associadas a sinais de opressão torácica e ansiedade; Ombro doloroso com limitação de abdução; Dor na região dos hipocôndrios; Às vezes pode manifestar-se por hematêmese. Tratamento das Afecções do Canal de Energia Tendino-Muscular do Pulmão Estimular o ponto Ting do Canal de Energia Principal do Pulmão, o P-11 ( Shaoshang ), localizado no polegar; Dispersar os pontos dolorosos situados no trajeto do Canal de Energia Tendino-Muscular do Pulmão e estimular o ponto de união VB-22 (Yuanye), localizado no tórax; Tonificar o Canal de Energia Principal do Pulmão pelo ponto de tonificação P-9 (Taiyuan) ou pela técnica de tonificação através do Princípio dos Cinco Movimentos. C.2) Canal de Energia Tendino-Muscular da Circulação-Sexo lº) O Canal de Energia Tendino-Muscular da Circulação-Sexo começa no ponto Ting CS-9 ( Shangchong) do Canal de Energia Principal da Circulação-Sexo, situado no ângulo ungueal radial do dedo médio da mão; segue pela palma da mão e face anterior do antebraço, insere-se no meio do cotovelo e sobe pela face ulnar do braço, inserindo-se na axila, onde se ramifica para os lados; um Canal de Energia Secundário penetra profundamente o tórax, inserindo-se na parede interna do mesmo e no diafragma.

9 9 O acometimento do Canal de Energia Tendino-Muscular da Circulação-Sexo pelas Energias Perversas provoca: Contraturas musculares e dores musculares no trajeto do Canal de Energia Tendino-Muscular; Dores da região axilar e torácica; Opressão torácica. Tratamento das Afecções do Canal de Energia Tendino-Muscular da Circulação -Sexo Estimular o ponto Ting do Canal de Energia Principal da Circulação-Sexo, o CS-9 (Shangchong), localizado na mão; Dispersar os pontos dolorosos situados no trajeto do Canal de Energia Tendino-Muscular e estimular o ponto de união VB-22 (Yuanye), localizado no tórax; Tonificar o Canal de Energia Principal da Circulação-Sexo utilizando o ponto de tonificação CS-9 (Shangchong) ou pelo processo de tonificação baseado no Princípio dos Cinco Movimentos. C.3) Canal de Energia Tendino-Muscular do Coração 1º) O Canal de Energia Tendino-Muscular do Coração origina-se no ponto Ting C-9 (Shaochong) do Cana l de Energia Principal do Coração, situado no ângulo ungueal radial do 5º dedo; segue para a face ulnar do punho, insere-se no processo estilóide da ulna, segue pelo antebraço, insere-se na parte interna do cotovelo, chega à axila e se une ao Canal de Energia Tendino-Muscular do Pulmão; penetra o tórax, segue equidistante aos mamilos, insere-se na parede interna do tórax e segue para a região da cárdia, indo até a cicatriz umbilical, onde se fixa. O acometimento do Canal de Energia Tendino-Muscular do Coração pelas Energias Perversas provoca: Contraturas musculares dolorosas ao longo do trajeto do Canal de Energia Tendino-Muscular; Contratura muscular dolorosa na face medial do cotovelo quando da flexão; Contratura muscular e dores no peito; Inchaço doloroso na cicatriz umbilical. Tratamento das Afecções do Canal de Energia Tendino-Muscular do Coração Estimular o ponto Ting do Canal de Energia Principal do Coração, o C-9 (Shaochong); Dissipar os pontos dolorosos situados no trajeto do Canal de Energia Tendino-Muscular do Coração e estimular o ponto de união VB-22 (Yuanye), localizado no tórax; Tonificar o Canal de Energia Principal do Coração estimulando o ponto de tonificação C-9 (Shaochong) ou pelo princípio de tonificação baseado nos Cinco Movimentos. Ponto de União dos Três Canais de Energia Tendino-Musculares Yin da Mão Os três Canais de Energia Tendino-Musculares Yin da Mão (Pulmão, Circulação-Sexo, Coração) unem-se ao lado da caixa torácica, na região subaxilar, no ponto VB-22 (Yuanye) do Canal de Energia Principal da Vesícula Biliar. É por meio deste ponto de Acupuntura que esses três Canais de Energia Tendino-Musculares penetram a caixa torácica e se ramificam nos músculos desta região. Os distúrbios dos três Canais Tendino- Musculares Yin da Mão ocasionam dores subaxilares impedindo a elevação do braço.

10 10 O acometimento dos três Canais de Energia Tendino-Musculares Yin da Mão caracteriza-se pelo sintoma comum da dor na região subaxilar. O diagnóstico do Canal de Energia Tendino-Muscular é feito baseando-se na propagação da dor: Canal de Energia Tendino-Muscular do Pulmão: dor subaxilar acompanhada de dores do tórax, indolor à palpação; dores na região supraclavicular e nos ombros, acompanhadas de sensação de opressão torácica e ansiedade. Para o tratamento, deve-se estimular o ponto VB-22 ( Yuanye ), ponto de união, e os pontos dolorosos situados no ombro e no tórax, e tonificar o Canal de Energia Principal do Pulmão pelo ponto P-9 (Taiyuan). Canal de Energia Tendino-Muscular da Circulação-Sexo: a dor subaxilar é acompanhada de dor nos lados, que piora com a pressão, e dores que pioram com a pressão no tórax, acompanhadas de sinais de opressão torácica. Para o tratamento, deve-se estimular o ponto VB-22 ( Yuanye ), ponto de união, e os pontos dolorosos situados no trajeto do Canal de Energia Tendino-Muscular da Circulação- Sexo, e tonificar o Canal de Energia Principal da Circulação-Sexo. Canal de Energia Tendino-Muscular do Coração: dor subaxilar acompanhada de dores abdominais, localizadas entre a cicatriz umbilical e a base do coração, com sinais de estagnação de Energia. Para o tratamento, deve-se estimular o ponto VB-22 ( Yuanye ), ponto de união, e os pontos dolorosos do trajeto do Canal de Energia, e tonificar o Canal de Energia Principal do Coração. D) CANAIS DE ENERGIA TENDINO MUSCULARES YANG DA MÃO D.1) Canal de Energia Tendino-Muscular do Intestino Delgado 1º) O Canal de Energia Tendino-Muscular do Intestino Delgado origina-se no ponto Ting do Canal Principal do Intestino Delgado, o ID-1 ( Shaoze ), localizado no ângulo ungueal ulnar do 5º dedo; insere-se no punho, segue pela face lateral do antebraço, insere-se no epicôndilo lateral, vai pela região posterior do ombro e região posterolateral do pescoço e se insere no osso mastóideo, de onde parte um Canal Secundário que contorna a orelha, passa em frente a ela, desce, insere-se na mandíbula e sobe para o ângulo externo do olho. O Canal Principal segue para o ângulo mandibular, passa em frente a orelha, chega no ângulo externo do olho e se insere na fronte. O acometimento do Canal de Energia Tendino-Muscular do Intestino Delgado pelas Energias Perversas ocasiona: Dores musculares na face lateral do braço até o ombro; Dores no 5º dedo irradiadas para o epicôndilo lateral do cotovelo; Dores musculares na face posterior do ombro irradiando-se até o pescoço; Visão fraca; Perda da audição, otalgia e dores no queixo; Contratura dos músculos do pescoço ( torcicolo ); inchaço e sensação de frio e de calor no pescoço. Tratamento das Afecções do Canal de Energia Tendino-Muscular do Intestino Delgado Estimular o ID-1 (Shaoze), ponto Ting do Canal de Energia Principal do Intestino Delgado; Dispersar os pontos dolorosos localizados no percurso do Canal Tendino - Muscular e estimular o ponto de união VB-13 (Benshen), situado na região frontoparietal; Fortalecer o Canal de Energia Principal do Intestino Delgado fazendo uso do ponto de tonificação ID- 3 (Houxi) ou através do princípio de tonificação baseado nos Cinco Movimentos.

11 D.2) Canal de Energia Tendino-Muscular do Triplo Aquecedor 11 1º) O Canal de Energia Tendino-Muscular do Triplo Aquecedor origina-se no ponto Ting TA-1 ( Guanchong ) do Canal de Energia Principal do Triplo Aquecedor, no ângulo ungueal ulnar no 4º dedo; insere-se no punho, segue pela face posterolateral do antebraço, insere-se no cotovelo e vai para o ombro, indo pela face lateral do braço. Segue para o pescoço, onde se une ao Canal de Energia Tendino-Muscular do Intestino Delgado, chega à mandíbula, penetra profundamente a garganta e torna a aparecer na base da língua. Um Canal de Energia Secundário parte da mandíbula, passa em frente à orelha, chega ao ângulo externo do olho e se insere na fronte. O acometimento do Canal Tendino-Muscular do Triplo Aquecedor pelas Energias Perversas ocasiona: Contratura da língua. Câimbras e contraturas musculares no percurso do Canal de Energia Tendino-Muscular; Tratamento das Afecções do Canal de Energia Tendino-Muscular do Triplo Aquecedor Estimular ota-1 (Guanchong), ponto Ting do Canal de Energia Principal do Triplo Aquecedor; Dispersar os pontos dolorosos localizados no percurso do Canal de Energia Tendino- Muscular e estimular o ponto de união VB-13 (Benshen), situado na região frontoparietal; Fortalecer o Canal de Energia Principal do Triplo Aquecedor estimulando o ponto de tonificação TA-3 (Zhongzhu) ou aplicando o princípio de tonificação baseado nos Cinco Movimentos. D.3) Canal de Energia Tendino-Muscular do Intestino Grosso 1º) O Canal de Energia Tendino-Muscular do Intestino Grosso origina-se no ponto Ting IG-1 (Shangyang), localizado no ângulo ungueal radial do dedo indicador; insere-se no punho, segue pela face lateral do antebraço, inserindo-se lateralmente ao cotovelo, vai pelo braço e se insere no ombro; desta região, sai um ramo que contorna o ombro e vai até a coluna dorsal; o outro ramo vai para o pescoço, de onde sai um novo ramo que vai para o ângulo da mandíbula, onde se insere na maxila; dessa região, sai um outro ramo que vai para a fronte e para o crânio, onde cruza a linha média, indo até o ângulo mandibular do outro lado da face. O acometimento do Canal de Energia Tendino-Muscular do Intestino Grosso pelas Energias Perversas ocasiona: Dores,câimbras e contraturas musculares no trajeto do Canal de Energia Tendino-Muscular; Cefaléia; O braço não faz o movimento de abdução; O pescoço não pode realizar o movimento de rotação. Tratamento do Canal de Energia Tendino-Muscular do Intestino Grosso Estimular o IG-1 (Shangyang), ponto Ting do Canal de Energia Principal do Intestino Grosso; Dispersar os pontos dolorosos localizados no percurso do Canal Tendino-Muscular e estimular o ponto de união VB-13 (Benshen), situado na região frontoparietal; Fortalecer o Canal de Energia Principal do Intestino Grosso estimulando o ponto de tonificação IG-11 (Quchi) ou através do princípio de tonificação baseado nos Cinco Movimentos.

12 12 Ponto de União dos Três Canais de Energia Tendino-Musculares Yang da Mão Os três Canais de Energia Tendino-Musculares Yang da Mão (Intestino Delgado, Triplo Aquecedor, Intestino Grosso ) ligam-se ao lado da fronte, no ponto VB-13 (Benshen). Nesta região, as Energias Perversas que penetram os Canais de Energia Tendino-Musculares Yang da Mão causam o quadro clínico de enxaqueca. O diagnóstico do Canal de Energia Tendino-Muscular afetado é feito pela presença da enxaqueca e irradiação da dor; assim: Canal de Energia Tendino-Muscular do Intestino Delgado: a enxaqueca é acompanhada de dores no pescoço, no ombro, na mandíbula, na orelha e no canto externo do olho. Para o tratamento, deve-se estimular o ponto VB-13 ( Benshen ), os pontos dolorosos da face e do percurso do Canal de Energia Tendino - Muscular, e tonificar o ponto ID-3 ( Houxi ) do Canal de Energia Principal do Intestino Delgado; Canal de Energia Tendino-Muscular do Triplo Aquecedor: a enxaqueca é acompanhada de dores no pescoço, no ombro, no canto do olho e na garganta, acompanhadas de sensação de contratura da língua. Para o tratamento, deve-se puncionar o ponto VB-13 ( Benshen ), os pontos dolorosos da face e do percurso do Canal de Energia Tendino-Muscular e o ponto de tonificação TA-3 (Zhongzhu) do Triplo Aquecedor; Canal de Energia Tendino-Muscular do Intestino Grosso: a enxaqueca é acompanhada de contratura, de calor ou de dor na bochecha e cefaléia "em capacete", que contorna a fronte e desce para o maxilar inferior do outro lado da face. Para o tratamento, deve-se estimular o ponto VB-13 (Benshen), os pontos dolorosos da face e do percurso do Canal de Energia Tendino-Muscular, e tonificar o Canal de Energia Principal do Intestino Grosso através do ponto IG-11 (Quchi).

ESTUDO DOS TRAJETOS DOS CANAIS DE ENERGIA TENDINO-MUSCULARES

ESTUDO DOS TRAJETOS DOS CANAIS DE ENERGIA TENDINO-MUSCULARES ESTUDO DOS TRAJETOS DOS CANAIS DE ENERGIA TENDINO-MUSCULARES 1 INTRODUÇÃO Os Canais de Energia Tendino-Musculares são os Canais de Energia Secundários grandes e superficiais, de caráter Yang, que circulam

Leia mais

Título Resumido. Poço (Jing)

Título Resumido. Poço (Jing) Analgesia Tendinomuscular pelo Ponto Poço (Jing) Material elaborado pelo corpo docente da EBRAMEC / CIEFATO Para os cursos da Escola Brasileira de Medicina Chinesa Direção Geral: Dr. Reginaldo de Carvalho

Leia mais

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 07. Acerca da história da Acupuntura, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO:

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 07. Acerca da história da Acupuntura, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: 8 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 07 QUESTÃO 17 Acerca da história da Acupuntura, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: a) Há 3.000 anos, agulhas de bronze e a pedra bian eram usadas como

Leia mais

Meridianos Principais

Meridianos Principais Meridianos Principais 1. MERIDIANO DO FEI (Pulmão) - Tai Yin da mão 1. Trajeto externo: Inicia-se na fossa infraclavicular no ponto denominado P1. Segue pela margem ânterolateral do antebraço e na altura

Leia mais

LOMBALGIA. Segundo Bernard Auteroche. instituto de acupuntura tradicional 1

LOMBALGIA. Segundo Bernard Auteroche. instituto de acupuntura tradicional 1 LOMBALGIA Segundo Bernard Auteroche instituto de acupuntura tradicional 1 instituto de acupuntura tradicional 2 Fisiologia Energética n A MTC, através da acupuntura, nos ensina que o corpo humano é recoberto

Leia mais

MERIDIANO DO PULMÃO 11 PONTOS PONTO LOCALIZAÇÃO FUNÇÃO PAREDE TORÁCIA ANTERIOR, 1 CUN ABAIXO DE P2

MERIDIANO DO PULMÃO 11 PONTOS PONTO LOCALIZAÇÃO FUNÇÃO PAREDE TORÁCIA ANTERIOR, 1 CUN ABAIXO DE P2 MERIDIANO DO PULMÃO 11 PONTOS PONTO LOCALIZAÇÃO FUNÇÃO P1 NA PARTE SUPERIOR LATERAL DA PAREDE TORÁCIA ANTERIOR, 1 CUN ABAIXO DE P2 P2 P3 NA PARTE SUPERIOR LATERAL DA PAREDE TORÁCICA ANTERIOR, ACIMA DA

Leia mais

FISIOPATOLOGIA DAS ALGIAS PERIFÉRICAS

FISIOPATOLOGIA DAS ALGIAS PERIFÉRICAS FISIOPATOLOGIA DAS ALGIAS PERIFÉRICAS A Medicina Ocidental refere que os mais diversos fatores podem provocar dor: ferimentos, contusões, exposição ao calor, ao frio, a produtos químicos, etc. Esses fatores

Leia mais

CIRCULAÇÃO-SEXO Meridiano do PERICÁRDIO (MP) ou Mestre do Coração (MC) Estação: Verão Horário: 19 às 21 h Elemento: Fogo Yin CARACTERÍTICAS GERAIS Também conhecido como Mestre do Coração (MC), possui 9

Leia mais

Acupuntura e o Diafragma

Acupuntura e o Diafragma Observações sobre Acupuntura e o Diafragma Mikael Ikivesi Tao Tao Project (Finlândia) http://kiinalainenlaaketiede.fi/taotao Tradução e Adaptação para Português Leo Silveira Projeto Medicina Chinesa Clássica

Leia mais

de avaliação Paulo Minoru Minazaki Junior Palestra supervisionado pelos professores Edgar Cantelli e Helena Guimarães

de avaliação Paulo Minoru Minazaki Junior Palestra supervisionado pelos professores Edgar Cantelli e Helena Guimarães O Tui Na como método terapêutico e de avaliação Paulo Minoru Minazaki Junior Palestra supervisionado pelos professores Edgar Cantelli e Helena Guimarães Shiatsu Técnica japonesa; An Fa; Trabalha em uma

Leia mais

ATM CERVICALGIAS DORSALGIAS

ATM CERVICALGIAS DORSALGIAS Center-AO Centro de Pesquisa e Estudo da Medicina Chinesa Universidade Federal de São Paulo Departamento de Ortopedia e Traumatologia Disciplina de Ortopedia Setor de Medicina Chinesa-Acupuntura ATM CERVICALGIAS

Leia mais

CANAIS E COLATERAIS (JING-LUO)

CANAIS E COLATERAIS (JING-LUO) CANAIS E COLATERAIS (JING-LUO) A TEORIA DE JING-LUO ESTUDA AS ALTERAÇÕES FISIOPATOLÓGICAS DOS CANAIS E COLATERAIS E A RELAÇÃO ENTRE ESTES E OS ÓRGÃOS INTERNOS DO CORPO JING-LUO É O NOME DADO AO CONJUNTO

Leia mais

AULA DE HÉRNIA DE DISCO: TTO. ATRAVÉS DA ACUPUNTURA

AULA DE HÉRNIA DE DISCO: TTO. ATRAVÉS DA ACUPUNTURA AULA DE HÉRNIA DE DISCO: TTO. ATRAVÉS DA ACUPUNTURA A doença não é uma Entidade mas uma condição flutuante do corpo do paciente, uma batalha entre a substância da doença e a tendência natural do corpo

Leia mais

OS CINCO ELEMENTOS Os cinco elementos, madeira, fogo, terra, metal e água abarcam todos os fenômenos da natureza. Trata-se de um simbolismo que se aplica também ao homem. Nei Jing. Os chineses dividiram

Leia mais

Localização Situa-se no meio da planta do pé, na altura correspondente à articulação metatarsofalangiana dos 2º e 3º dedos do pé.

Localização Situa-se no meio da planta do pé, na altura correspondente à articulação metatarsofalangiana dos 2º e 3º dedos do pé. RIM 1 RIM 2 3 R1 (YONGQUAN) Situa-se no meio da planta do pé, na altura correspondente à articulação metatarsofalangiana dos 2º e 3º dedos do pé. A agulha de Acupuntura atravessa a pele, o tecido celular

Leia mais

ACUPUNTURA NO TRATAMENTO DE CEFALÉIAS. Camille Elenne Egídio INSTITUTO LONG TAO

ACUPUNTURA NO TRATAMENTO DE CEFALÉIAS. Camille Elenne Egídio INSTITUTO LONG TAO ACUPUNTURA NO TRATAMENTO DE CEFALÉIAS Camille Elenne Egídio INSTITUTO LONG TAO Se o problema tem solução, não esquente a cabeça, porque tem solução. Se o problema não tem solução, não esquente a cabeça,

Leia mais

dr-cesar TERAPIAS ENERGÉTICAS CURSOS AMBULATÓRIO E CONSULTORIA

dr-cesar TERAPIAS ENERGÉTICAS CURSOS AMBULATÓRIO E CONSULTORIA CRANIOPUNTURA DE YAMAMOTO - YNSA Dr. Wu Tou Kwang www.ceata.com.br Na YNSA, como em qualquer outro microssistema, não existem pontos, nem regiões delimitadas, mas apenas áreas com limites dinâmicos, variando

Leia mais

EMBRIOLOGIA ENERGÉTICA

EMBRIOLOGIA ENERGÉTICA EMBRIOLOGIA ENERGÉTICA FECUNDAÇÃO: ovócito + espermatozóide multiplicação celular durante os primeiros dias o embrião tem forma arredondada (fase de mórula) por volta do 12 º dia, vai passando para uma

Leia mais

11 pontos bilaterais Natureza YIN Elemento Metal Acoplado ao Intestino Grosso (DACHANG)

11 pontos bilaterais Natureza YIN Elemento Metal Acoplado ao Intestino Grosso (DACHANG) O Pulmão (FEI) 11 pontos bilaterais Natureza YIN Elemento Metal Acoplado ao Intestino Grosso (DACHANG) 1 O Pulmão (FEI) QI Pulmão (FEI) tem a função de dirigir o QI e a Respiração. O QI do ar junta-se

Leia mais

RECOMENDAÇÕES: 1) - Mantenha a respiração fluida; 2) Relaxe em cada alongamento. Alongar-se é, em grande parte uma atividade passiva Coloque-se na

RECOMENDAÇÕES: 1) - Mantenha a respiração fluida; 2) Relaxe em cada alongamento. Alongar-se é, em grande parte uma atividade passiva Coloque-se na RECOMENDAÇÕES: 1) - Mantenha a respiração fluida; 2) Relaxe em cada alongamento. Alongar-se é, em grande parte uma atividade passiva Coloque-se na posição e aguarde a musculatura soltar-se; 3) Não balance

Leia mais

TRATAMENTOS DE UM SÓ PONTO

TRATAMENTOS DE UM SÓ PONTO TRATAMENTOS DE UM SÓ PONTO Wu Tou Kwang Costuma-se dizer em Acupuntura que um bom terapeuta consegue tratar pacientes com 1 só ponto. É a mística de um grande acupunturista! Na China, isto é até relativamente

Leia mais

Aparelho Circulatório

Aparelho Circulatório Visão geral das funções dos Vasos Sanguíneos Os vasos sanguíneos formam um sistema tubular fechado que transporta o sangue do coração (artérias), aos tecidos do corpo (arteríolas, capilares e vénulas),

Leia mais

CANAIS DE ENERGIA UNITÁRIOS

CANAIS DE ENERGIA UNITÁRIOS CANAIS DE ENERGIA UNITÁRIOS Um canal de energia tem a sua parte Yang, que é a mão, e a sua parte Yin, que é o pé. As 2 partes têm a mesma Função e formam um Canal de Energia Unitário. Portanto, os 12 Canais

Leia mais

** Pessoas jovens com má alimentação e estresse emocional que também geram vento no Fígado também estão propícios a ter Parkinson.

** Pessoas jovens com má alimentação e estresse emocional que também geram vento no Fígado também estão propícios a ter Parkinson. Doença de Parkinson A Doença de Parkinson é uma síndrome caracterizada por lentidão de movimento, rigidez e tremor resultante de disfunção nos glânglios da base, com diminuição da dopamina e aumento da

Leia mais

A Lesão. A Lesão. A lesão provoca congestão local causada por obstrução de QiE XUE nas articulações

A Lesão. A Lesão. A lesão provoca congestão local causada por obstrução de QiE XUE nas articulações Acupuntura Acupuntura e Traumatologia e Traumatologia É o estudo das patologias próprias do sistema esquelético, causadas principalmente por traumatismos utilizando a especialidade de acupuntura como recurso

Leia mais

Acupuntura Escalpeana Craniopuntura de Yamamoto. Escola Chinesa Escola Japonesa. Professora Tânia Mara Flores Email: taniamaraflores@gmail.

Acupuntura Escalpeana Craniopuntura de Yamamoto. Escola Chinesa Escola Japonesa. Professora Tânia Mara Flores Email: taniamaraflores@gmail. Acupuntura Escalpeana Craniopuntura de Yamamoto Escola Chinesa Escola Japonesa Professora Tânia Mara Flores Email: taniamaraflores@gmail.com A craniopuntura divide-se em duas escolas: Chinesa e Japonesa

Leia mais

OS PONTOS DO MERIDIANO DO INTESTINO DELGADO Elemento: Fogo Horário: 13:00 às 15:00 hs. Estação: Verão YANG O Meridiano Principal do Intestino Delgado, é o Meridiano Yang do nível Tae Yang, dos membros

Leia mais

Mantra tibetano para chamar o Buda da saúde

Mantra tibetano para chamar o Buda da saúde Mantra tibetano para chamar o Buda da saúde Om muni muni maha muni sakya muni soha Om tare tutare turê soha... 1 Pulsologia Chinesa os vinte e oito pulsos patológicos" Delvo Ferraz da Silva 2 Teorias de

Leia mais

Acupuntura do. Acupuntura do 2 Metacarpo

Acupuntura do. Acupuntura do 2 Metacarpo Acupuntura do Material elaborado pelo corpo docente da EBRAMEC / CIEFATO Para os cursos da Escola Brasileira de Medicina Chinesa Direção Geral: Reginaldo de Carvalho Silva Filho Introdução Apresentação

Leia mais

MEDICINA TRADICIONAL CHINESA, ACUPUNTURA E TERAPIAS AFINS INDICAÇÕES

MEDICINA TRADICIONAL CHINESA, ACUPUNTURA E TERAPIAS AFINS INDICAÇÕES MEDICINA TRADICIONAL CHINESA, ACUPUNTURA E TERAPIAS AFINS INDICAÇÕES www.shenqui.com.br Na década de 80, após 25 anos de pesquisas, em renomadas instituições do mundo, a OMS publicou o documento Acupuncture:

Leia mais

CONGRESSO BRASILEIRO DE MEDICINA CHINESA EBRAMEC- SP julho/2012. Palestra: ACUPUNTURA DO BALANCEAMENTO Prof. Silvia Ferreira

CONGRESSO BRASILEIRO DE MEDICINA CHINESA EBRAMEC- SP julho/2012. Palestra: ACUPUNTURA DO BALANCEAMENTO Prof. Silvia Ferreira CONGRESSO BRASILEIRO DE MEDICINA CHINESA EBRAMEC- SP julho/2012 Palestra: ACUPUNTURA DO BALANCEAMENTO Prof. Silvia Ferreira Método desenvolvido pelo prof Wang Wen Yuan, da província de Shandong China.

Leia mais

Reumatismos de Partes Moles Diagnóstico e Tratamento

Reumatismos de Partes Moles Diagnóstico e Tratamento Reumatismos de Partes Moles Diagnóstico e Tratamento MARINA VERAS Reumatologia REUMATISMOS DE PARTES MOLES INTRODUÇÃO Também denominado de reumatismos extra-articulares Termo utilizado para definir um

Leia mais

BIOTIPOLOGIA CONSTITUCIONAL TIPO I AR YANG SUPREMO

BIOTIPOLOGIA CONSTITUCIONAL TIPO I AR YANG SUPREMO TIPO I AR YANG SUPREMO TAI YANG Características físicas: fronte larga, brilho intenso nos olhos, tórax bem desenvolvido (devido a hiperplasia do parênquima pulmonar), ombro largo, cintura proporcionalmente

Leia mais

ANATOMIA. Osso. VISTA LATERAL DO SACRO (Braço maior e menor e fixações musculares)

ANATOMIA. Osso. VISTA LATERAL DO SACRO (Braço maior e menor e fixações musculares) SACRO CBES ANATOMIA Osso O sacro é formado por 5 vértebras fundidas. Os forâmens de conjugação se transformam em forâmens sacrais anteriores e posteriores. Sua face anterior é côncava e lisa Sua face posterior

Leia mais

O TUI NA NO TRATAMENTO DA ANSIEDADE

O TUI NA NO TRATAMENTO DA ANSIEDADE O TUI NA NO TRATAMENTO DA ANSIEDADE ANSIEDADE A ansiedade é uma reação ligada ao instinto de sobrevivência frente a situações e momentos de medo, perigo ou de tensão, que prepara a pessoa para o que poderá

Leia mais

FLUIDOS CORPÓREOS (JIN YE) YE = FLUIDO DE ORGANISMOS VIVOS (DAS FRUTAS, POR EXEMPLO)

FLUIDOS CORPÓREOS (JIN YE) YE = FLUIDO DE ORGANISMOS VIVOS (DAS FRUTAS, POR EXEMPLO) FLUIDOS CORPÓREOS (JIN YE) OU FLUIDOS ORGÂNICOS JIN = ÚMIDO = ALGO LÍQUIDO YE = FLUIDO DE ORGANISMOS VIVOS (DAS FRUTAS, POR EXEMPLO) JIN - FLUIDOS YE - LÍQUIDOS PUROS, CLAROS, AQUOSOS, DILUÍDOS TURVOS,

Leia mais

CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL CURSO DE ACUPUNTURA CORPO ENERGÉTICO. Elaborado por Profa. Romana de Souza Franco. 1

CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL CURSO DE ACUPUNTURA CORPO ENERGÉTICO. Elaborado por Profa. Romana de Souza Franco. 1 CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL CORPO ENERGÉTICO 1 CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL INTRODUÇÃO: O corpo energético humano, às vezes chamado de corpo etéreo permeia e cerca o corpo físico sólido. É a soma dos campos de

Leia mais

Métodos Diagnósticos na MTC. Prof. Thiago Resende

Métodos Diagnósticos na MTC. Prof. Thiago Resende Métodos Diagnósticos na MTC Prof. Thiago Resende Observações da Forma do Corpo Existem cinco diferentes maneiras de se classificar: Yin e Yang Cinco Elementos (Constitucional) Influências pré e pós natais

Leia mais

MÉTODO DE SELEÇÃO DE PONTOS MÉTODO LOCAL DISTANTE

MÉTODO DE SELEÇÃO DE PONTOS MÉTODO LOCAL DISTANTE MÉTODO DE SELEÇÃO DE PONTOS MÉTODO LOCAL DISTANTE Como selecionar pontos? Critérios para selecionar pontos Que critérios são esses? Lembrete Diagnóstico pronto antes!!! QP Diagnóstico Principio de tratamento

Leia mais

PONTOS DE ACUPUNTURA CONCEITO LOCALIZAÇÃO INSERÇÃO e MANIPULAÇÃO DAS AGULHAS MÉTODOS DE TONIFICAÇÃO E SEDAÇÃO CLASSIFICAÇÃO TE Qi

PONTOS DE ACUPUNTURA CONCEITO LOCALIZAÇÃO INSERÇÃO e MANIPULAÇÃO DAS AGULHAS MÉTODOS DE TONIFICAÇÃO E SEDAÇÃO CLASSIFICAÇÃO TE Qi PONTOS DE ACUPUNTURA CONCEITO LOCALIZAÇÃO INSERÇÃO e MANIPULAÇÃO DAS AGULHAS MÉTODOS DE TONIFICAÇÃO E SEDAÇÃO CLASSIFICAÇÃO TE Qi Dr. Henrique Sidi CONCEITO ENERGÉTICO - representação mais exterior dos

Leia mais

CENTER FISIO - IMES INSTITUTO MINEIRO DE ESTUDOS SISTÊMICOS ÁGUA MERIDIANOS EXTRAORDINÁRIOS TENDINIOMUSCULARES

CENTER FISIO - IMES INSTITUTO MINEIRO DE ESTUDOS SISTÊMICOS ÁGUA MERIDIANOS EXTRAORDINÁRIOS TENDINIOMUSCULARES CENTER FISIO - IMES INSTITUTO MINEIRO DE ESTUDOS SISTÊMICOS ÁGUA MERIDIANOS EXTRAORDINÁRIOS TENDINIOMUSCULARES MERIDIANOS TENDINEOMUSCULARES JING- JIN (Vias de Passagem dos Tendineomusculares) Jin tendão,

Leia mais

6/22/2015. Prof. Gustavo Vilela da Silveira, MSc

6/22/2015. Prof. Gustavo Vilela da Silveira, MSc Acupuntura na Osteoartrose Prof. Gustavo Vilela da Silveira, MSc Osteoartrose 1 Osteoartrose Outras denominações ; Artrose; Doença Articular Degenerativa; Artrite Degenerativa. 2 É a doença articular mais

Leia mais

SIGLAS E ABREVIAÇÕES - TÉCNICAS DE PASSE - CHACRAS - ÓRGÃOS

SIGLAS E ABREVIAÇÕES - TÉCNICAS DE PASSE - CHACRAS - ÓRGÃOS SIGLAS E ABREVIAÇÕES - TÉCNICAS DE PASSE - CHACRAS - ÓRGÃOS TÉCNICAS DE PASSE AFA - AFLORAÇÃO ATIVANTE AFC - AFLORAÇÃO CALMANTE CIA - CIRCULAR ATIVANTE CIC - CIRCULAR CALMANTE COA - CONCENTRADO ATIVANTE

Leia mais

Seqüência completa de automassagem

Seqüência completa de automassagem Seqüência completa de automassagem Os exercícios descritos a seguir foram inspirados no livro Curso de Massagem Oriental, de Armando S. B. Austregésilo e podem ser feitos em casa, de manhã ou à tardinha.

Leia mais

PONTOS FONTE (YUAN) PONTOS DE CONEXÃO (LO) PONTOS DE TRANSPORTE POSTERIOR (BACK SHU) PONTOS DE COLETA FRONTAL (ALARME ou FRONT MU)

PONTOS FONTE (YUAN) PONTOS DE CONEXÃO (LO) PONTOS DE TRANSPORTE POSTERIOR (BACK SHU) PONTOS DE COLETA FRONTAL (ALARME ou FRONT MU) 1 PONTOS FONTE (YUAN) PONTOS DE CONEXÃO (LO) PONTOS DE TRANSPORTE POSTERIOR (BACK SHU) PONTOS DE COLETA FRONTAL (ALARME ou FRONT MU) PONTOS DE ACÚMULO (XI) PONTOS DE REUNIÃO (HUI) 1- PONTOS FONTE (YUAN)

Leia mais

3. Pressione o cotovelo, com a maior força possível com a outra mão, em direção ao outro ombro. Fique nesta posição por 10 segundos. Repita 3X.

3. Pressione o cotovelo, com a maior força possível com a outra mão, em direção ao outro ombro. Fique nesta posição por 10 segundos. Repita 3X. THIAGO MURILO EXERCÍCIOS PARA DEPOIS DO TÊNIS 1. Em Pé de costas para um canto de parede flexione a sua perna mais forte para frente, alinhe a coluna e leve os braços para trás até apoiar as palmas das

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDO Abdome

ROTEIRO DE ESTUDO Abdome ROTEIRO DE ESTUDO Abdome ARTÉRIAS O suprimento arterial do abdome é todo proveniente da aorta, que torna-se aorta abdominal após passar pelo hiato aórtico do diafragma ao nível de T12, e termina dividindose

Leia mais

Agulha de Fogo, da teoria à prática

Agulha de Fogo, da teoria à prática II Congresso Brasileiro de Medicina Chinesa Agulha de, da teoria à prática Material elaborado pelo corpo docente da EBRAMEC / CIEFATO Para os cursos da Escola Brasileira de Medicina Chinesa Direção Geral:

Leia mais

Confederação Brasileira de Tiro Esportivo Originária da Confederação do Tiro Brasileiro decreto 1503 de 5 de setembro de 1906

Confederação Brasileira de Tiro Esportivo Originária da Confederação do Tiro Brasileiro decreto 1503 de 5 de setembro de 1906 Exercícios com Elástico Os Exercícios com elástico irão trabalhar Resistência Muscular Localizada (RML). Em cada exercício, procure fazer a execução de maneira lenta e com a postura correta. Evitar o SOLAVANCO

Leia mais

ACUPUNTURA TRADICIONAL CHINESA HISTÓRIA DA MEDICINA CHINESA

ACUPUNTURA TRADICIONAL CHINESA HISTÓRIA DA MEDICINA CHINESA Teoria da Acupuntura ACUPUNTURA TRADICIONAL CHINESA A Medicina Tradicional Chinesa tem obtido um desenvolvimento através do tempo, pelo menos a 3000 anos. A Acupuntura promove diversas funções, ela controla

Leia mais

AVALIAÇÃO DE ACUPUNTURA E MEDICINA TRADICIONAL CHINESA

AVALIAÇÃO DE ACUPUNTURA E MEDICINA TRADICIONAL CHINESA AVALIAÇÃO DE ACUPUNTURA E MEDICINA TRADICIONAL CHINESA Ficha No.: Data: Nome: Data Nasc.: Naturalidade: Estado civil: Filhos: Endereço: Profissão: Fone(s): 1. Queixa Principal (QP): 2. História da Moléstia

Leia mais

Canais Tendino Musculares, Trajetos e sintomatologia

Canais Tendino Musculares, Trajetos e sintomatologia Canais Tendino Musculares, Trajetos e sintomatologia Autor: Jaqueline Gomes da Fonseca, Fisioterapeuta, Especialista em Acupuntura Revisor: Prof. Marcelo Fabian Oliva, Pos Graduado em Acupuntura Tradicional

Leia mais

XII I I S im i pós pós o B ras r i as l i e l i e r i o de o de Aper pe f r e f i e ç i oam oam n e to t e o m e

XII I I S im i pós pós o B ras r i as l i e l i e r i o de o de Aper pe f r e f i e ç i oam oam n e to t e o m e XII Simpósio Brasileiro de Aperfeiçoamento em Acupuntura e Terapias Orientais 三 Método de Três Agulhas Introdução Definição O Método de Três Agulhas é uma forma de acupuntura que utiliza seleções e combinações

Leia mais

ESCOLA DE TERAPIAS ORIENTAIS DE SÃO PAULO SUSILAINE MORAES AQUINO 35 - B

ESCOLA DE TERAPIAS ORIENTAIS DE SÃO PAULO SUSILAINE MORAES AQUINO 35 - B 1 ESCOLA DE TERAPIAS ORIENTAIS DE SÃO PAULO SUSILAINE MORAES AQUINO 35 - B PRINCÍPIOS DA MAGNETOTERAPIA APLICADA À ACUPUNTURA São Paulo 2011 2 SUMÁRIO 1. HISTÓRICO... 3 2. TEORIA GERAL... 4 3. INDICAÇÕES...

Leia mais

CHAVES DE PERNA DE PESCOÇO

CHAVES DE PERNA DE PESCOÇO 1 CHAVES DE PERNA E DE PESCOÇO DO LIVRO "MA METHODE DE JUDO" DE M. KAWAISHI - 7 0 DAN Judo. NOTA IMPORTANTE - Estas chaves não permitidas em combates de TRADUZIDO POR JOSÉ C. MAFRA - 6 0 DAN 2 CHAVES DE

Leia mais

Teste de Flexibilidade

Teste de Flexibilidade Teste de Flexibilidade Introdução O teste de Fleximetria foi aprimorado pelo ICP à partir do teste do Flexômetro de LEIGHTON deve ser aplicado com a intenção de se coletar informações sobre o funcinamento

Leia mais

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE

CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO CIÊNCIAS E PROGRAMA DE SAÚDE 14 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI PRAIA GRANDE - SP ACREDITE EM VOCÊ Profª Elaine Terroso Esse material foi elaborado

Leia mais

Algumas das Doenças Tratáveis com Acupuntura

Algumas das Doenças Tratáveis com Acupuntura Algumas das Doenças Tratáveis com Acupuntura REGIÃO CERVICAL, OMBROS E MEMBROS SUPERIORES Dor muscular dor decorrente de traumatismo esportivo, por erro de postura e/ou tensão emocional. Exemplo: dor no

Leia mais

Elementos de Fisiologia Feminina Tradicional

Elementos de Fisiologia Feminina Tradicional Centro Brasileiro de Acupuntura Acupuntura Aplicada a Ginecologia e Obstetrícia Prof.: Marcelo Brum Elementos de Fisiologia Feminina Tradicional Aparelho Genital Feminino: Abrange: Útero; Ovários; Trompas

Leia mais

OITO PRINCÍPI P O I S

OITO PRINCÍPI P O I S OITO PRINCÍPIOS TEM COMO FUNÇÃO IDENTIFICAR, ATRAVÉS DOS DADOS OBTIDOS DO PACIENTE: A LOCALIZAÇÃO DA DESARMONIA A NATUREZA DA DESARMONIA AS CONDIÇÕES DOS FATORES PATOGÊNICOS E DE RESISTÊNCIA DO ORGANISMO

Leia mais

ARTROSES ARTRITES OSTEO... HÉRNIA ARTRALGIAS...OSES...ITES ETC.

ARTROSES ARTRITES OSTEO... HÉRNIA ARTRALGIAS...OSES...ITES ETC. ORTOPEDIA & REUMATO MTC ARTROSES ARTRITES OSTEO... HÉRNIA ARTRALGIAS...OSES...ITES ETC. CAUSAS CLÍNICAS OCIDENTE CAUSAS CLÍNICAS ORIENTE 1. VENTO 2. FRIO 3. CALOR 4. UMIDADE 5. TRAUMA ORTOPEDIA & REUMATO

Leia mais

Acupuntura no tratamento de Lombalgias

Acupuntura no tratamento de Lombalgias Acupuntura no tratamento de Lombalgias Ana Fátima Coutinho Mello 1 Dayana Priscila Maia Mejia 2 e-mail: anafatima_mello@yahoo.com.br Pós-graduação em Acupuntura Faculdade Ávila Resumo De acordo com a medicina

Leia mais

18/03/2014 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA. Toca da Raposa - MG. Prof.Msc.Moisés Mendes da Silva FORMAÇÃO: Graduado em Educação Física-UFPI;

18/03/2014 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA. Toca da Raposa - MG. Prof.Msc.Moisés Mendes da Silva FORMAÇÃO: Graduado em Educação Física-UFPI; INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA Prof.Msc.Moisés Mendes da Silva FORMAÇÃO: Graduado em Educação Física-UFPI; Pós-Graduado em Educação Física Escolar-UFPI Mestre em Ciências e Saúde -UFPI EXPERIÊNCIA PROFISSICIONAL

Leia mais

GRUPO 3 Padrão FCI N o 85 12/01/2011

GRUPO 3 Padrão FCI N o 85 12/01/2011 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA Fédération Cynologique Internationale GRUPO 3 Padrão FCI N o 85 12/01/2011 Padrão Oficial da Raça WEST HIGHLAND WHITE TERRIER M.Davidson, illustr. NKU Picture Library

Leia mais

Dor segundo a Medicina Chinesa

Dor segundo a Medicina Chinesa XII Simpósio Brasileiro de Aperfeiçoamento em Acupuntura e Terapias Orientais Dor segundo a Medicina Chinesa Introdução Definição A IASP- International Association for the Study of Pain (Associação Internacional

Leia mais

Exercícios de força muscular

Exercícios de força muscular Exercícios de força muscular ABDOMINAIS Objectivos: Melhoria funcional e reforço muscular do Core. Posição Inicial - Deite-se em decúbito dorsal (barriga para cima), coloque as pernas flectidas a 45º,

Leia mais

Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! CIÊNCIAS - UNIDADE 4 RESPIRAÇÃO E EXCREÇÃO

Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! CIÊNCIAS - UNIDADE 4 RESPIRAÇÃO E EXCREÇÃO Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! Use canetas coloridas ou escreva palavras destacadas, para facilitar na hora de estudar. E capriche! Não se esqueça

Leia mais

TRATAMENTO PARA MIOMA. INSTITUTO Long Tao

TRATAMENTO PARA MIOMA. INSTITUTO Long Tao TRATAMENTO PARA MIOMA INSTITUTO Long Tao Mioma Uterino DEFINIÇÃO: É UM TUMOR BENIGNO QUE SURGE QUANDO UMA CÉLULA DO ÚTERO DA MULHER COMEÇA A SE MULTIPLICAR DE FORMA DESORDENADA. Definição na MTC: O mioma

Leia mais

EXERCÍCIOS SISTEMA ESQUELÉTICO

EXERCÍCIOS SISTEMA ESQUELÉTICO EXERCÍCIOS SISTEMA ESQUELÉTICO 1. Quais as funções do esqueleto? 2. Explique que tipo de tecido forma os ossos e como eles são ao mesmo tempo rígidos e flexíveis. 3. Quais são as células ósseas e como

Leia mais

Conteúdo: Partes do corpo humano. Atividade física eleva a qualidade de vida. Cuidando das articulações. FORTALECENDO SABERES

Conteúdo: Partes do corpo humano. Atividade física eleva a qualidade de vida. Cuidando das articulações. FORTALECENDO SABERES 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I Conteúdo: Partes do corpo humano. Atividade física eleva a qualidade de vida. Cuidando das articulações. 3 CONTEÚDO

Leia mais

Capsulite Adesiva ou Ombro Congelado Congelado

Capsulite Adesiva ou Ombro Congelado Congelado 1 Consiste em uma articulação do ombro com dor e rigidez que não pode ser explicada por nenhuma alteração estrutural. Obs: Embora seja comum o uso destes termos nas aderências pós traumáticas do ombro,

Leia mais

Apostila de Anatomia e Fisiologia Humana Sistema Muscular - Professor Raphael Varial. Sistema Muscular

Apostila de Anatomia e Fisiologia Humana Sistema Muscular - Professor Raphael Varial. Sistema Muscular Introdução Sistema Muscular Os músculos representam cerca de 50 a 60% do peso do corpo, quando eles se contraem afetam o movimento de todo o corpo, do sangue, do alimento e da respiração por exemplo. Existem

Leia mais

Reitora Suely Vilela. Diretor da Faculdade de Saúde Pública Chester Luiz Galvão César. Chefe do Departamento de Nutrição Carlos Augusto Monteiro

Reitora Suely Vilela. Diretor da Faculdade de Saúde Pública Chester Luiz Galvão César. Chefe do Departamento de Nutrição Carlos Augusto Monteiro Reitora Suely Vilela Diretor da Faculdade de Saúde Pública Chester Luiz Galvão César Chefe do Departamento de Nutrição Carlos Augusto Monteiro Chefe do Laboratório de Avaliação Nutricional de Populações

Leia mais

Terceira Série aplicada na Fazenda Esperança 1 [entre a segunda quinzena de fevereiro e primeira quinzena de maio]

Terceira Série aplicada na Fazenda Esperança 1 [entre a segunda quinzena de fevereiro e primeira quinzena de maio] Terceira Série aplicada na Fazenda Esperança 1 [entre a segunda quinzena de fevereiro e primeira quinzena de maio] Sarvananda Deva 1. Postura da Águia Garuda [Garudasana]: Esta postura de equilíbrio em

Leia mais

CÃO FILA DE SÃO MIGUEL

CÃO FILA DE SÃO MIGUEL CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA Fédération Cynologique Internationale GRUPO 2 Padrão FCI N o 340 20/06/2007 Padrão Oficial da Raça CÃO FILA DE SÃO MIGUEL CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CINOFILIA Filiada

Leia mais

Ossos - órgãos passivos do movimento. Músculos - órgãos ativos do movimento. Introdução

Ossos - órgãos passivos do movimento. Músculos - órgãos ativos do movimento. Introdução Ossos - órgãos passivos do movimento Músculos - órgãos ativos do movimento Introdução Organização dos músculos esqueléticos Sistema muscular: anatomia microscópica Porção ativa ventre muscular Porções

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA GINÁSTICA 1 GINÁSTICA NO SOLO

EDUCAÇÃO FÍSICA GINÁSTICA 1 GINÁSTICA NO SOLO EDUCAÇÃO FÍSICA GINÁSTICA Para a realização dos exercícios de ginástica, foram usados alguns materiais e aparelhos, cuja manipulação e utilização, exigiram determinados cuidados específicos: Tapete de

Leia mais

PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA GRUPO 35 SUBGRUPO

PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA GRUPO 35 SUBGRUPO PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA GRUPO 35 SUBGRUPO NOBEMBRO 2007 1 A TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA (TC) CARACTERIZA-SE POR SER EXAME DE ALTA COMPLEXIDADE E CUSTO ELEVADO, PORTANTO

Leia mais

Problemas Gastro-Intestinais

Problemas Gastro-Intestinais Problemas Gastro-Intestinais Parâmetros Ocidentais Vômito; Dor na região abdominal, gástrica, etc. Gastrite, Úlcera, Diarréia, Prisão de ventre (constipação) Cólica, Vermes. Anamnese: Tipo de dor ou desconforto:

Leia mais

Vasos Maravilhosos. Dr. Juliano C. Franceschi

Vasos Maravilhosos. Dr. Juliano C. Franceschi Vasos Maravilhosos Dr. Juliano C. Franceschi Vasos Maravilhosos Vaso Concepção (Ren( Mai) Yin Vaso Penetrador (Chong Mai) Vaso Yin de Conexão (Yin Wei Mai) Vaso Yin do Calcanhar (Yin Qiao Mai) Yang Vaso

Leia mais

Sento assim a MTC permite- nos saber que os dentes estão ligados, pelos meridianos, a órgãos e estruturas tecidulares à distância.

Sento assim a MTC permite- nos saber que os dentes estão ligados, pelos meridianos, a órgãos e estruturas tecidulares à distância. A Acupuntura, no paradigma de saúde tem como preocupação o perfeito equilíbrio energético entre os meridianos que interligam todos os órgãos e vísceras. Sento assim a MTC permite- nos saber que os dentes

Leia mais

Trabalho do sistema excretor

Trabalho do sistema excretor GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP DEPARTAMENTO DE PEDAGOGIA Trabalho do sistema excretor

Leia mais

AULA DE 5 ELEMENTOS, MANOBRAS E MERIDIANOS CURSO DE TERAPIAS CORPORAIS

AULA DE 5 ELEMENTOS, MANOBRAS E MERIDIANOS CURSO DE TERAPIAS CORPORAIS AULA DE 5 ELEMENTOS, MANOBRAS E MERIDIANOS CURSO DE TERAPIAS CORPORAIS YIN ~ YANG YANG EXTROVERSÃO INQUIETAÇÃO VOZ ALTA, FALANTE INSÔNIA AÇÃO YIN INTROVERSÃO APATIA VOZ BAIXA, SILÊNCIO SONOLÊNCIA ANÁLISE

Leia mais

AVALIAÇÃO DO OMBRO ANATOMIA DO OMBRO ANATOMIA DO OMBRO ANATOMIA DO OMBRO ANATOMIA DO OMBRO ANATOMIA DO OMBRO Articulação Sinovial Forma de sela Três graus de liberdade Posição de Repouso Posição de aproximação

Leia mais

Curso de Formação dos chakras

Curso de Formação dos chakras Conceitos relacionais Curso de Formação dos chakras Akhenaton, Unipessoal Lda Formador: Valdemar Pedro 2012 Objetivos Gerais 2ª Sessão Modulo I No final Os formandos deverão estar dotados, com conhecimentos

Leia mais

PONTOS ESPECIAIS PARA DIVERSOS TRATAMENTOS. Camille Elenne Egídio INSTITUTO LONG TAO

PONTOS ESPECIAIS PARA DIVERSOS TRATAMENTOS. Camille Elenne Egídio INSTITUTO LONG TAO PONTOS ESPECIAIS PARA DIVERSOS TRATAMENTOS Camille Elenne Egídio INSTITUTO LONG TAO "A saúde é o resultado não só de nossos atos como também de nossos pensamentos." (Mahatma Gandhi) SHIATSU TERAPIA Terapia

Leia mais

LER/DORT. Lesões por Esforços Repetitivos (LER) Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (Dort)

LER/DORT. Lesões por Esforços Repetitivos (LER) Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (Dort) LER/DORT Lesões por Esforços Repetitivos (LER) Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (Dort) Introdução: O que é LER/Dort? São danos decorrentes da utilização excessiva imposta ao sistema

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo Centro Biomédico Curso de Psicologia. Reflexos Medulares. Elio waichert

Universidade Federal do Espírito Santo Centro Biomédico Curso de Psicologia. Reflexos Medulares. Elio waichert Universidade Federal do Espírito Santo Centro Biomédico Curso de Psicologia Reflexos Medulares Elio waichert # Objetivos Apresentar as características da medula espinhal; Classificar os receptores sensoriais

Leia mais

PC1 (TIANCHI) PERICÁRDIO. Localização Situa-se a um tsun lateral ao mamilo, no 4º espaço intercostal.

PC1 (TIANCHI) PERICÁRDIO. Localização Situa-se a um tsun lateral ao mamilo, no 4º espaço intercostal. PERICÁRDIO PC1 (TIANCHI) Situa-se a um tsun lateral ao mamilo, no 4º espaço intercostal. A agulha de Acupuntura atravessa a pele e o tecido celular subcutâneo, penetre o músculo peitoral maior e atinge

Leia mais

ERGONOMIA. Anatomia e Fisiologia - Limitações do Organismo Humano

ERGONOMIA. Anatomia e Fisiologia - Limitações do Organismo Humano Verificamos um exemplo, da operária, de como é importante para o profissional de Segurança e Higiene do Trabalho conhecer as limitações do corpo humano e como este pode se sobrecarregar, com o intuito

Leia mais

PADRÕES DO FÍGADO (GAN)

PADRÕES DO FÍGADO (GAN) PADRÕES DO FÍGADO (GAN) ESTAGNAÇÃO DO QI DO FÍGADO (GAN) SENSAÇÃO DE DISTENSÃO E DOR NOS HIPOCÔNDRIOS - NO NÍVEL FÍSICO A ESTAGNAÇÃO DE FÍGADO SE MANIFESTA PRINCIPALMENTE NESTA REGIÃO, EM AMBOS OS LADOS.

Leia mais

MASSAGEM PARA GRÁVIDAS (Massagem Estética Californiana)

MASSAGEM PARA GRÁVIDAS (Massagem Estética Californiana) 1 MASSAGEM PARA GRÁVIDAS (Massagem Estética Californiana) Um dos momentos mais especiais na vida de uma mulher é, sem dúvida, estar grávida. Esta é uma altura em que não é preciso motivos para celebrar

Leia mais

Global Training. The finest automotive learning

Global Training. The finest automotive learning Global Training. The finest automotive learning Cuidar da saúde com PREFÁCIO O Manual de Ergonomia para o Motorista que você tem em agora em mãos, é parte de um programa da Mercedes-Benz do Brasil para

Leia mais

ANATOMIA TEMA DA AULA: O SISTEMA MUSCULAR

ANATOMIA TEMA DA AULA: O SISTEMA MUSCULAR ANATOMIA TEMA DA AULA: O SISTEMA MUSCULAR Objetivos Mediar os conhecimentos científicos dos conteúdos propostos para que o aluno seja capaz de: Entender a morfologia dos músculos estriados esqueléticos;

Leia mais