PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 07. Acerca da história da Acupuntura, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 07. Acerca da história da Acupuntura, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO:"

Transcrição

1 8 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 07 QUESTÃO 17 Acerca da história da Acupuntura, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: a) Há anos, agulhas de bronze e a pedra bian eram usadas como instrumentos para tratar doenças. b) Após a guerra do ópio e a revolução de 1911, o governo da China ordenou continuamente a proibição da Medicina Tradicional, resultando no declínio da acupuntura e da Moxibustão. c) A partir da fundação da República Popular da China, uma série de medidas foram desenvolvidas para aplicar e tornar científicos os conhecimentos da Acupuntura e Moxibustão. d) Com a Fundação da República, a acupuntura e a Moxibustão foram introduzidas na Coréia, no Japão e no Vietnã, consideradas como parte importante da medicina tradicional desses países. QUESTÃO 18 Em relação aos pontos principais da interdependência do Yin-Yang, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: a) Nada é totalmente Yin ou totalmente Yang. b) Yang contém a semente do Yin e vice-versa. c) Yang transforma-se em Yin e Yin transforma-se em Jing. d) Embora sejam estágios opostos, Yin-Yang formam uma unidade e são complementares. QUESTÃO 19 Acerca da teoria do Yin-Yang, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: a) Quando a interdependência do Yin e Yang são aplicadas à fisiologia do corpo humano, o Yang corresponde às substâncias nutrientes e o Yin às atividades funcionais. b) A oposição do Yin e Yang é principalmente refletida em sua habilidade de combater e assim controlar um ao outro. c) Há três divisões para o Yin e para o Yang: o Yin Maior é chamado Taiyin, o Yin Menor é chamado Shaoyin e o Yin Decaído é chamado Jueyin; o Yang Maior é chamado Taiyang, o Yang Extremo é chamado Yangming e o Yang Escasso é chamado Shaoyang. d) Quando fatores patogênicos Yang causam doenças, isto pode conduzir a um excesso de Yang que consome o Yin e dá origem a síndromes de calor.

2 9 QUESTÃO 20 A Teoria dos Cinco Elementos é aplicada para estudar a fisiologia e a patologia dos órgãos Zang Fu e tecidos do corpo humano usando analogia com os cinco elementos: Água, Fogo, Madeira, Metal e Terra. Em relação à lei do Movimento dos cinco elementos, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: a) A transmissão que segue o ciclo de interdominância envolve excesso de dominância e contra dominância. b) No ciclo de geração, madeira gera o fogo, o fogo gera o metal, o metal gera a água e a água, por sua vez, gera a madeira. c) A transmissão que segue o ciclo de intergeração envolve distúrbios da mãe que afeta o filho e filho que afeta a mãe. d) No ciclo de dominância, madeira domina o fogo, o fogo domina o metal, o metal domina a água e a água, por sua vez, domina a madeira. QUESTÃO 21 Acerca da classificação dos Canais de Energia, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: a) Os Canais de Energia Principais são constituídos de 12 canais, compostos de: 3 Canais de Energia Yin da mão, 3 canais de Energia Yin do pé, 3 Canais de Energia Yang da mão, 3 Canais de Energia Yang do pé. b) Os distúrbios energéticos dos Canais de Energia Tendino-Musculares manifestam-se nas regiões por onde passam; estando ligados às afecções dos órgãos e das vísceras, raramente podem ser apenas sintomas locais. c) Existem 2 tipos de Canais de Energia Luo ou Lo: o transversal, que une dois meridianos ou Canais acoplados, e o longitudinal, que segue um trajeto quase semelhante ao principal, penetrando na cavidade tóraco-abdominal. d) Os Canais de Energia Divergentes ou Distintos são em número de 12 e se originam dos Canais de Energia principais. Formam pares constituídos de um Canal de Energia Divergente proveniente de um Canal de Energia Yang e outro proveniente de um canal de Energia Yin acoplado.

3 10 QUESTÃO 22 Estão corretamente relacionados os seguintes sistemas internos e suas características, EXCETO: a) Entre as funções do coração está: controlar a sudorese. b) Entre as funções do fígado está: abrigar o pensamento, influenciando a capacidade de memorização e concentração. c) Entre as funções do baço está: distribuir Essências alimentares para todas as partes do organismo e, em particular, para os membros. d) Entre as funções do pulmão está: dispersar o Qi Defensivo e os fluidos corpóreos (JinYe) de todo organismo para o espaço entre a pele e os músculos, aquecendo e protegendo a pele e músculos. QUESTÃO 23 Sobre a fisiologia dos Zang Fu, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: a) O rim controla a recepção do Qi, abre-se nos ouvidos, manifesta-se no cabelo, odeia secura. b) O baço controla o sangue, abre-se na boca, abriga o pensamento, odeia umidade. c) O fígado armazena o sangue, controla os tendões e os músculos, se abre na língua, odeia o vento. d) O pulmão controla os vasos sangüíneos e os meridianos, abre-se no nariz, governa a voz, odeia o frio. QUESTÃO 24 A observação da língua é um pilar do diagnóstico porque proporciona sinais claramente de desarmonia. Uma língua com rachadura no meio e que não alcance a ponta indica: a) vazio do Qi do coração. b) aumento do yang do fígado. c) retenção de umidade e calor. d) deficiência do Yin do estomago.

4 11 QUESTÃO 25 Todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: a) F14 é um ponto de tonificação do Canal de Energia do Fígado. Fortalece o Qi do joelho, relaxa os tendões e os músculos. Indicado para afecções do joelho, afecções geniturinárias, entre outras. b) F13 é o ponto de reunião do Qi dos órgãos. Indicado para distensão abdominal, diarréia, entre outras. c) F3 é o ponto fonte do Canal de Energia do Fígado. Dissipa a umidade-calor, tonifica e harmoniza o Qi do fígado. Indicado para dismenorréia, irritabilidade, entre outras. d) F2 é o ponto de dispersão do Canal de Energia do Fígado. Dissipa o Yang excessivo do fígado, acalma o Shen. Indicado para insônia, constipação intestinal, entre outras. QUESTÃO 26 Todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: a) A utilização dos pontos de acupuntura: IG15, TA14, ID9, ID10, IG6 e ID11 são aplicáveis a todos os tipos de ombralgia. b) A estagnação de Qi e do sangue no canal de energia do Intestino Grosso pode levar a dor na face lateral do cotovelo com irradiação para braço e antebraço. IG11 pode ser usado como ponto local e IG 4 e VB 34 como pontos a distância. c) A estagnação de Qi e do sangue nos canais de energia unitários Tai yin, Yang ming, Tai yang, Shao yang, Jueyin e Shao yin pode levar a ombralgias. IG15, TA14, ID 9 podem ser usados como pontos locais e E38, ID6 como pontos a distância. d) A obstrução da circulação de Qi e sangue no canal de energia do intestino delgado podem levar ao aparecimento de dor na face medial do punho caracterizada como síndrome do túnel do carpo, excetuando os casos traumáticos. PC 4 pode ser usado como ponto local e TA 5, IG 4 como pontos a distância. QUESTÃO 27 Sobre os princípios básicos de tratamento, todas as afirmativas são verdadeiras, EXCETO: a) Na prática clínica, é mais comum tratar somente as manifestações. b) Nos casos crônicos, trata-se tanto a raiz quanto a manifestação, simultaneamente, quando as manifestações clínicas angustiam o paciente. c) De modo geral, tratar somente a raiz é suficiente para eliminar todas as manifestações clínicas na maioria dos casos. d) Nos casos agudos, muito graves e urgentes, a manifestação precisa ser tratada primeiro.

5 12 QUESTÃO 28 Sobre os oito princípios, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: a) São sinais de deficiência de sangue: palidez, visão turva, depressão, cansaço, memória debilitada, parestesia, pulso fino, língua pálida. b) As principais manifestações clínicas do vazio de Yin são: febre baixa à tarde, sudorese noturna, emagrecimento, calor nos cinco palmos, pulso flutuante, língua seca com coloração vermelha e descascada. c) As principais manifestações clínicas da deficiência ou vazio de Qi são: palidez, calafrios, ausência de sede, membros frios, desejo de beber líquidos quentes, urina clara, fezes pastosas ou diarréicas. d) São sinais de condição de vazio: patologias crônicas, voz débil, memória fraca, sudorese leve, respiração superficial, zumbido com freqüência baixa, perda de fezes e pulso tipo vazio. QUESTÃO 29 Sobre os Vasos ou Canais Extraordinários, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: a) Vaso Governador tem seu ponto de abertura ID3, origina-se diretamente do rim. Pode ser usado para fortalecer o yang do corpo e do rim e expelir o vento. b) A fisiologia energética difere da dos Canais Principais, não possuindo pontos de acupuntura próprios, excetuando-se os do Ren Mai e Du Mai. c) Vaso Penetrador tem seu ponto de abertura BP4, origina-se diretamente do rim. Exerce influência sobre o abdome, útero, tórax e coração. d) Vaso Diretor tem seu ponto de abertura P7, origina-se diretamente do rim. Exerce influência sobre todos os meridianos Yang do organismo. Pode ser usado para nutrir o Yang Qi do organismo, nutrir a coluna e o cérebro. QUESTÃO 30 Em relação à lombalgia, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: a) Calor perverso ou falso calor no canal de energia principal do estômago levam à estagnação de Qi e sangue na região lombar, ocasionando lombalgia que irradia para coxa, joelho e pé. b) A obstrução do Qi do canal de energia Curioso Du Mai, ao nível da coluna lombar, pelo acometimento das Energias Perversas, leva à lombalgia, associada a visão embaraçada, língua endurecida (que impede a fala) e espasmo muscular da coxa e perna. c) Frio e umidade acometendo o Canal Principal da bexiga podem provocar lombalgia que se irradia para membros inferiores e para toda a coluna vertebral desde o cóccix até a nuca. d) A alteração do Qi, seja em vazio ou plenitude, do canal de Energia Tendino Muscular da bexiga pode provocar lombalgia que se irradia para o ombro associada a visão turva e incontinência urinária.

6 13 QUESTÃO 31 Em relação ao esquema de pontos propostos abaixo, correlacione-os com a síndrome patológica correspondente: 1- Ren 12, E36, BP6, BP 3 2- R3, P7, R6, B43, P9, P1, BP6, Ren 4 3- P9, Ren 17, B43, B13, Du12, Ren 4, R6, Ren 12, P10 4- C7, PC6, Ren 14, Ren 15, Ren 4, C6, BP6, R7, R6 5- R3, R6, F8, Ren 4, B23, B20, B17, B18, B10, Du20 A associação CORRETA é: a) 1 B, 2 C, 3 E, 4 A, 5 D b) 1 C, 2 E, 3 B, 4 A, 5 D c) 1 E, 2 B, 3 C, 4 A, 5 D d) 1 B, 2 E, 3 C, 4 A, 5 D A- Deficiência do Yin do coração B- Deficiência do Yin do estômago C- Deficiência do Yin do rim e do pulmão D- Deficiência do Yin do rim e do fígado E- Deficiência do Yin do pulmão

7 14 QUESTÃO 32 Em relação ao esquema de pontos propostos abaixo, correlacione-os com a síndrome patológica e seus sintomas correspondentes: 1. Cefaléia, febre baixa, sensação de queimação no ânus, perda de fezes com odor desagradável, náusea, sede sem desejo de ingerir líquidos, sensação de peso, anorexia. 2. Cefaléia temporal, irritabilidade, propensão a explosões de fúria, zumbido, surdez, tontura, sede, distúrbios de sono, gosto amargo na boca, constipação com fezes ressecadas. 3. Irritabilidade pré-menstrual, dismenorréia, sensação de caroço na garganta, eructação, regurgitação ácida, depressão, distensão e dor no hipocôndrio. 4. Agitação mental, sensação de inquietude e de calor, insônia, palpitação, sede, úlceras na boca, rubor facial, gosto amargo na boca, urina escura. 5. Cefaléia surda occipital, insônia, parestesia de membros, rubor malar, tontura, visão turva, propensão a explosões de fúria, lombalgia, zumbido, sudorese noturna, emissão noturna. A associação CORRETA é: a) 1 B, 2 E, 3 C, 4 A, 5 D b) 1 B, 2 C, 3 E, 4 A, 5 D c) 1 E, 2 B, 3 C, 4 A, 5 D d) 1 C, 2 E, 3 B, 4 A, 5 D A- BP6, R6, C7, C8, C9, Ren 15 B- BP 9, BP6, Du9, IG11, B20, VB34 C- F2, F3, VB20, VB13, Taiyang D- R3, R6, F8, Ren 4, B17, B18, B20, B23, B10, Du20 E- VB34, F3, F13, F14, TA6, PC6 QUESTÃO 33 Sobre a localização de pontos, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: a) R7 - situa-se a dois tsun acima do R3 (taixi) b) PC6 ou CS6 - situa-se a dois tsun da prega de flexão do punho, no meio da face anterior do antebraço, entre os dois tendões dos músculos palmar longo e flexor radial do carpo. c) Ren 4 ou VC4 - situa-se no ventre, na sua linha média, a três tsun abaixo da cicatriz umbilical. d) TA15 - posicionando-se o braço em abdução, forma-se uma depressão entre o acrômio e a tuberosidade maior do úmero. O ponto situa-se nesta depressão interóssea.

8 15 QUESTÃO 34 Caso clínico: Uma mulher de 31anos queixava-se de cansaço, aumento de peso, constipação e calafrios. No passado, também desenvolveu um aumento da tireóide. Sua língua estava muito pálida e edemaciada. O pulso estava muito fino, profundo e lento. Sobre o caso clínico descrito, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: a) É um caso de deficiência de Yang com frio cheio no interior. b) A Deficiência de Yang, neste caso, promoverá a constipação. c) O Yang Qi deficiente é incapaz de promover a função descendente dos intestinos. d) A umidade interna é manifestada por aumento de peso, língua e glândula tireóide aumentadas. QUESTÃO 35 Em relação à identificação de padrões de acordo com os Sistemas internos, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: a) Paciente queixando-se de tontura, visão turva, nervosismo, timidez, propensão a sustos, falta de coragem, suspiro, língua pálida ou normal, pulso debilitado, revela uma deficiência da vesícula biliar. b) Paciente apresentando dor em pontadas no epigástrio, que piora com o calor e pressão, dor após a ingestão de alimentos, vômitos com sangue de coloração escura, sangue nas fezes, língua com pontos púrpuros revela uma estagnação de sangue no estômago. c) Paciente queixando-se de tontura, parestesia dos membros, insônia, visão turva, flutuação nos olhos, menstruação escassa ou amenorréia, aspecto pálido, debilidade muscular, espasmos musculares, câimbras e unhas quebradiças revela uma deficiência de sangue do baço. d) Paciente apresentando edema em pernas e tornozelos, sensação de frio nas pernas e costas, plenitude e distensão abdominal, lombalgia e sensação de frio revela uma deficiência de Yang do rim com água fluindo em abundância.

9 16 QUESTÃO 36 Em relação à fisiopatologia dos canais de energia, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: a) As algias periféricas não estão correlacionadas com as alterações dos Zang Fu. b) O fluxo energético dos Canais de Energia reflete o estado dos Zang Fu, assim como as alterações energéticas ocasionadas pelo ambiente. c) Os Canais de Energia e seus pontos de acupuntura são sede de manifestações interiores, assim como o local para entrada de Energias Perversas. d) As energias perversas penetram a pele através das ramificações subdérmicas dos canais secundários Tendino-musculares e atingem os Canais principais. QUESTÃO 37 Em relação ao uso da Moxa, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: a) É contra indicada no ponto VC8 ou Ren 8. b) Aumenta a Energia yang dos Canais de energia. c) Atua no exterior, fortalecendo o interior: os Zang Fu. d) A aplicação de calor, através da Moxa, aquece os pontos de acupuntura. INSTRUÇÃO: As questões 38, 39 e 40 referem-se ao seguinte caso clínico: Uma mulher de 35 anos queixava-se de dismenorréia com coágulos de coloração escura, distensão mamária na fase pré menstrual, leucorréia de coloração branca e consistência pouco espessa, sensação de peso, calafrios, tontura. Também apresentava dor abdominal no meio do ciclo. Seu pulso era profundo e agitado, e sua língua era púrpura-azulada, edemaciada com saburra pegajosa. QUESTÃO 38 A etiologia da patologia deste caso é: a) Invasão do calor. b) Invasão do vento. c) Alterações emocionais. d) Dieta inadequada.

10 17 QUESTÃO 39 O diagnóstico desta paciente é: a) Deficiência do Yin do rim. b) Deficiência do Yang do rim. c) Deficiência do sangue do fígado. d) Estagnação do sangue do fígado. QUESTÃO 40 O tratamento proposto para o caso é: a) B23, Du4, Ren4, Ren6, R3, R7, B52 b) VB34, F3, B18, B17, BP6, Ren 6 c) F8, F3, BP6, R3, B20, B23, B17, B18, VB20, Du16, Du20 d) Ren4, R3, R6, R10, R9, BP6, Ren 1, C7 QUESTÃO 41 Em relação à transformação do Qi, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: a) O fogo do coração descende para o rim, para aquecê-lo e manter o equilíbrio fogo e água, yin e yang. b) A água do rim ascende para o coração para nutrir seu aspecto yin e manter o equilíbrio fogo e água, yin e yang. c) O Baço é Yang e seu Qi descendente: ele transporta e transforma o que for de natureza Yin; o estômago envia o Qi em ascendência. Os dois juntos são cruciais para a produção do Qi e do sangue. d) O Fígado envia o Qi em ascendência, o pulmão envia o Qi em descendência. Os dois juntos asseguram o Fluxo suave do Qi entre os aquecedores superior e inferior e entre os sistemas internos. QUESTÃO 42 A respeito da identificação dos padrões de acordo com os oito princípios, é CORRETO afirmar: a) O calor-cheio origina-se da deficiência yin do rim, afetando o fígado o coração e o pulmão. b) O frio cheio origina-se do excesso de Yin. O frio contrai e obstrui a circulação do Yang Qi, provocando dor. c) O excesso de Yang Qi, geralmente devido à estagnação do sangue, leva a uma condição de calor-vazio que afeta coração e fígado. d) Quando o Yang Qi está em excesso, gera uma deficiência no baço que fracassa em aquecer os músculos, causando calafrios, típicos do frio-vazio.

11 18 QUESTÃO 43 Em relação à sudorese, é CORRETO afirmar: a) Ocorre no corpo inteiro, se houver calor no estômago ou calor umidade. b) Ocorre somente nas mãos em caso de deficiência do estômago e do baço. c) Pode ocorrer numa invasão exterior de vento-frio, nos casos de deficiência. d) Ocorre somente nas palmas, sola do pé e tórax, nos casos de deficiência de Yang. QUESTÃO 44 O Qi original pode ser tratado na acupuntura, EXCETO: a) Puncionando e aplicando Moxa no ponto Mingmen Du4. b) Puncionando os pontos fontes dos doze Meridianos Principais. c) Puncionando e aplicando Moxa nos pontos sobre o Vaso Diretor abaixo da cicatriz umbilical. d) Puncionando os pontos de abertura do Vaso Governador ou Du Mai e do Vaso Diretor ou Ren Mai. QUESTÃO 45 A respeito dos pontos de acupuntura, pode-se afirmar: a) Os pontos Shu dorsais promovem a união e harmonia das Energias Yin, eliminando os excessos de Yin Qi dos Zang Fu. b) Os oito pontos de influência devem ser empregados quando existem afecções correspondentes às estruturas do corpo como, por exemplo, nas doenças dos ossos, estimular B11. c) Os pontos Mo ou pontos de alarme devem ser empregados nas doenças agudas acompanhadas de febre. d) Pontos Luo ou de Conexão devem ser usados, principalmente, nos casos de invasão por energias Perversas. QUESTÃO 46 A cerca dos 5 elementos, é CORRETO afirmar: a) A cor vermelha da face indica um desequilíbrio do elemento Madeira. b) Um paladar azedo corresponde a um desequilíbrio do elemento Terra. c) Uma sensibilidade exagerada ao vento é característica do elemento Metal. d) Preocupação excessiva ou excesso de concentração estão relacionados com o elemento Terra.

12 19 QUESTÃO 47 A respeito da identificação dos padrões dos fluidos corpóreos, pode-se afirmar: a) O edema se origina da deficiência do baço, coração ou rim, ou mesmo dos três. b) Fleuma obscurecendo o coração provoca sintomas de tontura, náusea, vômito, parestesia de membros, tosse de fleuma, crepitação na garganta e afasia. c) A deficiência dos fluídos corpóreos afeta, na maior parte, o pulmão, estômago, rim e intestino grosso. d) As principais causas para formação de fleuma é a deficiência do baço em transformar e a deficiência do coração em transportar os fluidos corpóreos. QUESTÃO 48 As alterações nos meridianos originam-se dos seguintes fatores, EXCETO: a) lesões esportivas. b) desuso de um membro ou parte do corpo. c) invasão de fatores patogênicos externos. d) desarmonias dos sistemas internos. QUESTÃO 49 Paciente apresentando tosse, febre, prurido na garganta, secreção nasal com muco claro e aquoso, espirro, aversão ao frio, cefaléia occipital e dores generalizadas, língua: saburra branca e fina. A respeito do princípio de tratamento, pode-se afirmar, EXCETO: a) Aquecer o interior, usando IG4. b) Libertar o exterior, usando B12. c) Dispersar o vento frio, usando P7. d) Estimular o Pulmão em suas funções de descendência e dispersão, usando P7. QUESTÃO 50 A respeito do ponto extra ou fora dos Canais de Energia, YINTANG, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: a) Usado para cefaléia associado a VB20 e IG4. b) Usado para insônia associado a C7 e BP6. c) Estimula o Yin associado a Moxa. d) Acalma Shen e clareia a mente.

13 20 ATENÇÃO COM SUA ESCRITA HABITUAL, TRANSCREVA, PARA O ESPAÇO RESERVADO PELA COMISSÃO, NA FOLHA DE RESPOSTAS, A SEGUINTE FRASE: Os cristais e as pedras preciosas são a expressão mais pura da energia e da luz.

OITO PRINCÍPI P O I S

OITO PRINCÍPI P O I S OITO PRINCÍPIOS TEM COMO FUNÇÃO IDENTIFICAR, ATRAVÉS DOS DADOS OBTIDOS DO PACIENTE: A LOCALIZAÇÃO DA DESARMONIA A NATUREZA DA DESARMONIA AS CONDIÇÕES DOS FATORES PATOGÊNICOS E DE RESISTÊNCIA DO ORGANISMO

Leia mais

PADRÕES DO FÍGADO (GAN)

PADRÕES DO FÍGADO (GAN) PADRÕES DO FÍGADO (GAN) ESTAGNAÇÃO DO QI DO FÍGADO (GAN) SENSAÇÃO DE DISTENSÃO E DOR NOS HIPOCÔNDRIOS - NO NÍVEL FÍSICO A ESTAGNAÇÃO DE FÍGADO SE MANIFESTA PRINCIPALMENTE NESTA REGIÃO, EM AMBOS OS LADOS.

Leia mais

Elementos de Fisiologia Feminina Tradicional

Elementos de Fisiologia Feminina Tradicional Centro Brasileiro de Acupuntura Acupuntura Aplicada a Ginecologia e Obstetrícia Prof.: Marcelo Brum Elementos de Fisiologia Feminina Tradicional Aparelho Genital Feminino: Abrange: Útero; Ovários; Trompas

Leia mais

** Pessoas jovens com má alimentação e estresse emocional que também geram vento no Fígado também estão propícios a ter Parkinson.

** Pessoas jovens com má alimentação e estresse emocional que também geram vento no Fígado também estão propícios a ter Parkinson. Doença de Parkinson A Doença de Parkinson é uma síndrome caracterizada por lentidão de movimento, rigidez e tremor resultante de disfunção nos glânglios da base, com diminuição da dopamina e aumento da

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DE PADRÕES DE ACORDO COM OS OITO PRINCÍPIOS

IDENTIFICAÇÃO DE PADRÕES DE ACORDO COM OS OITO PRINCÍPIOS IDENTIFICAÇÃO DE PADRÕES DE ACORDO COM OS OITO PRINCÍPIOS Aplicação dos 8 princípios Aplicável em todos os casos, para doenças interiores e exteriores Divisão : Exterior-Interior Calor-Frio: Calor por

Leia mais

O TUI NA NO TRATAMENTO DA ANSIEDADE

O TUI NA NO TRATAMENTO DA ANSIEDADE O TUI NA NO TRATAMENTO DA ANSIEDADE ANSIEDADE A ansiedade é uma reação ligada ao instinto de sobrevivência frente a situações e momentos de medo, perigo ou de tensão, que prepara a pessoa para o que poderá

Leia mais

LOMBALGIA. Segundo Bernard Auteroche. instituto de acupuntura tradicional 1

LOMBALGIA. Segundo Bernard Auteroche. instituto de acupuntura tradicional 1 LOMBALGIA Segundo Bernard Auteroche instituto de acupuntura tradicional 1 instituto de acupuntura tradicional 2 Fisiologia Energética n A MTC, através da acupuntura, nos ensina que o corpo humano é recoberto

Leia mais

Padrões de Desarmonia do Movimento Metal

Padrões de Desarmonia do Movimento Metal [Digite texto] Curso de Especialização em Acupuntura Veterinária Padrões de Desarmonia do Movimento Metal Prof a. Márcia Valéria Rizzo Scognamillo marciascognamillo@yahoo.com.br Junho de 2011 Geral I.

Leia mais

ESTUDO DOS TRAJETOS DOS CANAIS DE ENERGIA TENDINO-MUSCULARES

ESTUDO DOS TRAJETOS DOS CANAIS DE ENERGIA TENDINO-MUSCULARES 1 ESTUDO DOS TRAJETOS DOS CANAIS DE ENERGIA TENDINO-MUSCULARES. Os Canais de Energia Tendino-Musculares não acompanham a alternância do Yang e do Yin, nem a relação Interior-Exterior, mas sim o sistema

Leia mais

de avaliação Paulo Minoru Minazaki Junior Palestra supervisionado pelos professores Edgar Cantelli e Helena Guimarães

de avaliação Paulo Minoru Minazaki Junior Palestra supervisionado pelos professores Edgar Cantelli e Helena Guimarães O Tui Na como método terapêutico e de avaliação Paulo Minoru Minazaki Junior Palestra supervisionado pelos professores Edgar Cantelli e Helena Guimarães Shiatsu Técnica japonesa; An Fa; Trabalha em uma

Leia mais

11 pontos bilaterais Natureza YIN Elemento Metal Acoplado ao Intestino Grosso (DACHANG)

11 pontos bilaterais Natureza YIN Elemento Metal Acoplado ao Intestino Grosso (DACHANG) O Pulmão (FEI) 11 pontos bilaterais Natureza YIN Elemento Metal Acoplado ao Intestino Grosso (DACHANG) 1 O Pulmão (FEI) QI Pulmão (FEI) tem a função de dirigir o QI e a Respiração. O QI do ar junta-se

Leia mais

FLUIDOS CORPÓREOS (JIN YE) YE = FLUIDO DE ORGANISMOS VIVOS (DAS FRUTAS, POR EXEMPLO)

FLUIDOS CORPÓREOS (JIN YE) YE = FLUIDO DE ORGANISMOS VIVOS (DAS FRUTAS, POR EXEMPLO) FLUIDOS CORPÓREOS (JIN YE) OU FLUIDOS ORGÂNICOS JIN = ÚMIDO = ALGO LÍQUIDO YE = FLUIDO DE ORGANISMOS VIVOS (DAS FRUTAS, POR EXEMPLO) JIN - FLUIDOS YE - LÍQUIDOS PUROS, CLAROS, AQUOSOS, DILUÍDOS TURVOS,

Leia mais

AULA DE HÉRNIA DE DISCO: TTO. ATRAVÉS DA ACUPUNTURA

AULA DE HÉRNIA DE DISCO: TTO. ATRAVÉS DA ACUPUNTURA AULA DE HÉRNIA DE DISCO: TTO. ATRAVÉS DA ACUPUNTURA A doença não é uma Entidade mas uma condição flutuante do corpo do paciente, uma batalha entre a substância da doença e a tendência natural do corpo

Leia mais

Problemas Gastro-Intestinais

Problemas Gastro-Intestinais Problemas Gastro-Intestinais Parâmetros Ocidentais Vômito; Dor na região abdominal, gástrica, etc. Gastrite, Úlcera, Diarréia, Prisão de ventre (constipação) Cólica, Vermes. Anamnese: Tipo de dor ou desconforto:

Leia mais

Interrogatório DOR. No CD Rom

Interrogatório DOR. No CD Rom Interrogatório No CD Rom - Um artigo complementar sobre a importância do Interrogatório na MTC. - Modelo de Ficha de Avalição de pacientes. Imprima Frente e Verso. ANAMNESE ELABORAR UM QUESTIONÁRIO DIRECIONAR

Leia mais

ELABORAR UM QUESTIONÁRIO

ELABORAR UM QUESTIONÁRIO INTERROGATÓRIO ANAMNESE ELABORAR UM QUESTIONÁRIO DIRECIONAR AS PERGUNTAS INICIALMENTE TOMANDO POR BASE OS 8 CRITÉRIOS, SUBSTÂNCIAS FUNDAMENTAIS, ZANG FU E ETIOPATOGENIA. DEIXAR QUE O PACIENTE JUSTIFIQUE

Leia mais

Ba gang 8 Princípios de Diagnóstico

Ba gang 8 Princípios de Diagnóstico I. INTRODUÇÃO Ba gang 8 Princípios de Diagnóstico Para se fazer qualquer tratamento em M.T.C, que seja mais do que meramente sintomático, é preciso um diagnóstico correto da disfunção em curso. O diagnóstico

Leia mais

CANAIS E COLATERAIS (JING-LUO)

CANAIS E COLATERAIS (JING-LUO) CANAIS E COLATERAIS (JING-LUO) A TEORIA DE JING-LUO ESTUDA AS ALTERAÇÕES FISIOPATOLÓGICAS DOS CANAIS E COLATERAIS E A RELAÇÃO ENTRE ESTES E OS ÓRGÃOS INTERNOS DO CORPO JING-LUO É O NOME DADO AO CONJUNTO

Leia mais

EMBRIOLOGIA ENERGÉTICA

EMBRIOLOGIA ENERGÉTICA EMBRIOLOGIA ENERGÉTICA FECUNDAÇÃO: ovócito + espermatozóide multiplicação celular durante os primeiros dias o embrião tem forma arredondada (fase de mórula) por volta do 12 º dia, vai passando para uma

Leia mais

CIRCULAÇÃO-SEXO Meridiano do PERICÁRDIO (MP) ou Mestre do Coração (MC) Estação: Verão Horário: 19 às 21 h Elemento: Fogo Yin CARACTERÍTICAS GERAIS Também conhecido como Mestre do Coração (MC), possui 9

Leia mais

CURSO DE FITOTERAPIA TRADICIONAL CHINESA PADRÕES ENERGÉTICOS

CURSO DE FITOTERAPIA TRADICIONAL CHINESA PADRÕES ENERGÉTICOS CURSO DE FITOTERAPIA TRADICIONAL CHINESA FÓRMULAS MAGISTRAIS CHINESAS PADRÕES ENERGÉTICOS SP 05/07/09 1 Oito princípios: Exterior: Cefálico Cefaléia capacete, costalgia Pulso superficial Face inespecífica

Leia mais

MERIDIANO DO PULMÃO 11 PONTOS PONTO LOCALIZAÇÃO FUNÇÃO PAREDE TORÁCIA ANTERIOR, 1 CUN ABAIXO DE P2

MERIDIANO DO PULMÃO 11 PONTOS PONTO LOCALIZAÇÃO FUNÇÃO PAREDE TORÁCIA ANTERIOR, 1 CUN ABAIXO DE P2 MERIDIANO DO PULMÃO 11 PONTOS PONTO LOCALIZAÇÃO FUNÇÃO P1 NA PARTE SUPERIOR LATERAL DA PAREDE TORÁCIA ANTERIOR, 1 CUN ABAIXO DE P2 P2 P3 NA PARTE SUPERIOR LATERAL DA PAREDE TORÁCICA ANTERIOR, ACIMA DA

Leia mais

Etiopatogenia e Fisiopatologia

Etiopatogenia e Fisiopatologia ETFP 1 Etiopatogenia e Fisiopatologia O corpo humano tem a capacidade de resistir a diversos fatores patógenos para manter o equilíbrio relativo entre o interior do corpo e o mundo exterior. Esta capacidade

Leia mais

ATM CERVICALGIAS DORSALGIAS

ATM CERVICALGIAS DORSALGIAS Center-AO Centro de Pesquisa e Estudo da Medicina Chinesa Universidade Federal de São Paulo Departamento de Ortopedia e Traumatologia Disciplina de Ortopedia Setor de Medicina Chinesa-Acupuntura ATM CERVICALGIAS

Leia mais

8 Princípios ou 8 regras Apostila elaborada pela Dra. Maria Valéria D Avila Braga

8 Princípios ou 8 regras Apostila elaborada pela Dra. Maria Valéria D Avila Braga CENTRO DE PESQUISA E ESTUDO DA MEDICINA CHINESA DIREÇÃO: Prof. Dr. YSAO YAMAMURA 8 Princípios ou 8 regras Apostila elaborada pela Dra. Maria Valéria D Avila Braga A identificação dos padrões de acordo

Leia mais

Métodos Diagnósticos na MTC. Prof. Thiago Resende

Métodos Diagnósticos na MTC. Prof. Thiago Resende Métodos Diagnósticos na MTC Prof. Thiago Resende Observações da Forma do Corpo Existem cinco diferentes maneiras de se classificar: Yin e Yang Cinco Elementos (Constitucional) Influências pré e pós natais

Leia mais

ACUPUNTURA NO TRATAMENTO DE CEFALÉIAS. Camille Elenne Egídio INSTITUTO LONG TAO

ACUPUNTURA NO TRATAMENTO DE CEFALÉIAS. Camille Elenne Egídio INSTITUTO LONG TAO ACUPUNTURA NO TRATAMENTO DE CEFALÉIAS Camille Elenne Egídio INSTITUTO LONG TAO Se o problema tem solução, não esquente a cabeça, porque tem solução. Se o problema não tem solução, não esquente a cabeça,

Leia mais

ACUPUNTURA TRADICIONAL CHINESA HISTÓRIA DA MEDICINA CHINESA

ACUPUNTURA TRADICIONAL CHINESA HISTÓRIA DA MEDICINA CHINESA Teoria da Acupuntura ACUPUNTURA TRADICIONAL CHINESA A Medicina Tradicional Chinesa tem obtido um desenvolvimento através do tempo, pelo menos a 3000 anos. A Acupuntura promove diversas funções, ela controla

Leia mais

Dor segundo a Medicina Chinesa

Dor segundo a Medicina Chinesa XII Simpósio Brasileiro de Aperfeiçoamento em Acupuntura e Terapias Orientais Dor segundo a Medicina Chinesa Introdução Definição A IASP- International Association for the Study of Pain (Associação Internacional

Leia mais

MEDICINA TRADICIONAL CHINESA Acupuntura Profa. Alessandra Barone. Histórico Teoria Yin Yang Teoria dos Cinco Elementos Substâncias Vitais

MEDICINA TRADICIONAL CHINESA Acupuntura Profa. Alessandra Barone. Histórico Teoria Yin Yang Teoria dos Cinco Elementos Substâncias Vitais MEDICINA TRADICIONAL CHINESA Acupuntura Profa. Alessandra Barone Histórico Teoria Yin Yang Teoria dos Cinco Elementos Substâncias Vitais Medicina Tradicional Chinesa Histórico Antes de 2000 a.c Origem

Leia mais

Acupuntura e o Diafragma

Acupuntura e o Diafragma Observações sobre Acupuntura e o Diafragma Mikael Ikivesi Tao Tao Project (Finlândia) http://kiinalainenlaaketiede.fi/taotao Tradução e Adaptação para Português Leo Silveira Projeto Medicina Chinesa Clássica

Leia mais

Título Resumido. Poço (Jing)

Título Resumido. Poço (Jing) Analgesia Tendinomuscular pelo Ponto Poço (Jing) Material elaborado pelo corpo docente da EBRAMEC / CIEFATO Para os cursos da Escola Brasileira de Medicina Chinesa Direção Geral: Dr. Reginaldo de Carvalho

Leia mais

CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL CURSO DE ACUPUNTURA CORPO ENERGÉTICO. Elaborado por Profa. Romana de Souza Franco. 1

CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL CURSO DE ACUPUNTURA CORPO ENERGÉTICO. Elaborado por Profa. Romana de Souza Franco. 1 CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL CORPO ENERGÉTICO 1 CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL INTRODUÇÃO: O corpo energético humano, às vezes chamado de corpo etéreo permeia e cerca o corpo físico sólido. É a soma dos campos de

Leia mais

OS CINCO ELEMENTOS Os cinco elementos, madeira, fogo, terra, metal e água abarcam todos os fenômenos da natureza. Trata-se de um simbolismo que se aplica também ao homem. Nei Jing. Os chineses dividiram

Leia mais

Acupuntura do. Acupuntura do 2 Metacarpo

Acupuntura do. Acupuntura do 2 Metacarpo Acupuntura do Material elaborado pelo corpo docente da EBRAMEC / CIEFATO Para os cursos da Escola Brasileira de Medicina Chinesa Direção Geral: Reginaldo de Carvalho Silva Filho Introdução Apresentação

Leia mais

FADIGA, NEURASTENIA ou. Paulo Lessa IAMMG Instituto de Acupuntura Médica de Minas Gerais IVN SP Instituto Van Nghi São Paulo

FADIGA, NEURASTENIA ou. Paulo Lessa IAMMG Instituto de Acupuntura Médica de Minas Gerais IVN SP Instituto Van Nghi São Paulo FADIGA, NEURASTENIA ou TRANSTORNOS SOMATOFORMES Paulo Lessa IAMMG Instituto de Acupuntura Médica de Minas Gerais IVN SP Instituto Van Nghi São Paulo Sinais e sintomas relatados por pacientes com fadiga

Leia mais

AVALIAÇÃO DE ACUPUNTURA E MEDICINA TRADICIONAL CHINESA

AVALIAÇÃO DE ACUPUNTURA E MEDICINA TRADICIONAL CHINESA AVALIAÇÃO DE ACUPUNTURA E MEDICINA TRADICIONAL CHINESA Ficha No.: Data: Nome: Data Nasc.: Naturalidade: Estado civil: Filhos: Endereço: Profissão: Fone(s): 1. Queixa Principal (QP): 2. História da Moléstia

Leia mais

dr-cesar TERAPIAS ENERGÉTICAS CURSOS AMBULATÓRIO E CONSULTORIA

dr-cesar TERAPIAS ENERGÉTICAS CURSOS AMBULATÓRIO E CONSULTORIA PRINCIPAIS SÍNDROMES Autor - Wanderley Rocha Casalecchi PADRÕES DO FÍGADO (GAN) ESTAGNAÇÃO DO QI DO FÍGADO (GAN) MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS: SENSAÇÃO DE DISTENSÃO E DOR NOS HIPOCÔNDRIOS - NO NÍVEL FÍSICO A

Leia mais

A Lesão. A Lesão. A lesão provoca congestão local causada por obstrução de QiE XUE nas articulações

A Lesão. A Lesão. A lesão provoca congestão local causada por obstrução de QiE XUE nas articulações Acupuntura Acupuntura e Traumatologia e Traumatologia É o estudo das patologias próprias do sistema esquelético, causadas principalmente por traumatismos utilizando a especialidade de acupuntura como recurso

Leia mais

Centro de Acupunctura do Funchal

Centro de Acupunctura do Funchal Centro de Acupunctura do Funchal Medicina Tradicional Chinesa Dr António Franco Medicina Tradicional Chinesa Centro de Acupunctura do Funchal CAF Medicina Tradicional Chinesa Existe há pelo menos 5 mil

Leia mais

PONTOS FONTE (YUAN) PONTOS DE CONEXÃO (LO) PONTOS DE TRANSPORTE POSTERIOR (BACK SHU) PONTOS DE COLETA FRONTAL (ALARME ou FRONT MU)

PONTOS FONTE (YUAN) PONTOS DE CONEXÃO (LO) PONTOS DE TRANSPORTE POSTERIOR (BACK SHU) PONTOS DE COLETA FRONTAL (ALARME ou FRONT MU) 1 PONTOS FONTE (YUAN) PONTOS DE CONEXÃO (LO) PONTOS DE TRANSPORTE POSTERIOR (BACK SHU) PONTOS DE COLETA FRONTAL (ALARME ou FRONT MU) PONTOS DE ACÚMULO (XI) PONTOS DE REUNIÃO (HUI) 1- PONTOS FONTE (YUAN)

Leia mais

A Vesícula Biliar (DAN)

A Vesícula Biliar (DAN) A Vesícula Biliar (DAN) 44 pontos bilaterais Natureza YANG Elemento Madeira Acoplado ao Fígado (GAN) A Vesícula Biliar (DAN) A Vesícula Biliar (DAN) é considerada uma víscera de comportamento particular,

Leia mais

Célia Regina Whitaker Carneiro 2012. crwcarneiro@terra.com.br

Célia Regina Whitaker Carneiro 2012. crwcarneiro@terra.com.br Célia Regina Whitaker Carneiro 2012 crwcarneiro@terra.com.br - TEORIA DO YIN/YANG - TEORIA DOS CINCO MOVIMENTOS - TEORIA DOS ZANG FU 6 pares de Canais de Energia Principais: 5 pares de Zang/Fu que compõem

Leia mais

BIOTIPOLOGIA CONSTITUCIONAL TIPO I AR YANG SUPREMO

BIOTIPOLOGIA CONSTITUCIONAL TIPO I AR YANG SUPREMO TIPO I AR YANG SUPREMO TAI YANG Características físicas: fronte larga, brilho intenso nos olhos, tórax bem desenvolvido (devido a hiperplasia do parênquima pulmonar), ombro largo, cintura proporcionalmente

Leia mais

Acupuntura Escalpeana Craniopuntura de Yamamoto. Escola Chinesa Escola Japonesa. Professora Tânia Mara Flores Email: taniamaraflores@gmail.

Acupuntura Escalpeana Craniopuntura de Yamamoto. Escola Chinesa Escola Japonesa. Professora Tânia Mara Flores Email: taniamaraflores@gmail. Acupuntura Escalpeana Craniopuntura de Yamamoto Escola Chinesa Escola Japonesa Professora Tânia Mara Flores Email: taniamaraflores@gmail.com A craniopuntura divide-se em duas escolas: Chinesa e Japonesa

Leia mais

Meridianos Principais

Meridianos Principais Meridianos Principais 1. MERIDIANO DO FEI (Pulmão) - Tai Yin da mão 1. Trajeto externo: Inicia-se na fossa infraclavicular no ponto denominado P1. Segue pela margem ânterolateral do antebraço e na altura

Leia mais

Fernanda Bento dos Santos

Fernanda Bento dos Santos Fernanda Bento dos Santos Protetor do Coração:Invasões de fatores patogênicos exteriores Residência da Mente:Problemas mental-emocionais Centro do Tórax :doença do canal Três fatores principais que diferenciam

Leia mais

dr-cesar TERAPIAS ENERGÉTICAS CURSOS AMBULATÓRIO E CONSULTORIA

dr-cesar TERAPIAS ENERGÉTICAS CURSOS AMBULATÓRIO E CONSULTORIA CRANIOPUNTURA DE YAMAMOTO - YNSA Dr. Wu Tou Kwang www.ceata.com.br Na YNSA, como em qualquer outro microssistema, não existem pontos, nem regiões delimitadas, mas apenas áreas com limites dinâmicos, variando

Leia mais

SANGUE (XUE) NA MTC, O XUE É UMA FORMA DE QI, MUITO DENSO E MATERIAL

SANGUE (XUE) NA MTC, O XUE É UMA FORMA DE QI, MUITO DENSO E MATERIAL SANGUE (XUE) NA MTC, O XUE É UMA FORMA DE QI, MUITO DENSO E MATERIAL SANGUE É INSEPARÁVEL DO QI, JÁ QUE O QI PROPORCIONA VIDA AO XUE, SEM O QUAL ELE SERIA UM FLUIDO INERTE XUE DERIVA EM SUA MAIORIA DO

Leia mais

PONTOS DE ACUPUNTURA CONCEITO LOCALIZAÇÃO INSERÇÃO e MANIPULAÇÃO DAS AGULHAS MÉTODOS DE TONIFICAÇÃO E SEDAÇÃO CLASSIFICAÇÃO TE Qi

PONTOS DE ACUPUNTURA CONCEITO LOCALIZAÇÃO INSERÇÃO e MANIPULAÇÃO DAS AGULHAS MÉTODOS DE TONIFICAÇÃO E SEDAÇÃO CLASSIFICAÇÃO TE Qi PONTOS DE ACUPUNTURA CONCEITO LOCALIZAÇÃO INSERÇÃO e MANIPULAÇÃO DAS AGULHAS MÉTODOS DE TONIFICAÇÃO E SEDAÇÃO CLASSIFICAÇÃO TE Qi Dr. Henrique Sidi CONCEITO ENERGÉTICO - representação mais exterior dos

Leia mais

Acupuntura no tratamento de Lombalgias

Acupuntura no tratamento de Lombalgias Acupuntura no tratamento de Lombalgias Ana Fátima Coutinho Mello 1 Dayana Priscila Maia Mejia 2 e-mail: anafatima_mello@yahoo.com.br Pós-graduação em Acupuntura Faculdade Ávila Resumo De acordo com a medicina

Leia mais

Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! CIÊNCIAS - UNIDADE 4 RESPIRAÇÃO E EXCREÇÃO

Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! CIÊNCIAS - UNIDADE 4 RESPIRAÇÃO E EXCREÇÃO Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! Use canetas coloridas ou escreva palavras destacadas, para facilitar na hora de estudar. E capriche! Não se esqueça

Leia mais

Rafael Vercelino Fisioterapeuta Especialista em Dor e Acupuntura

Rafael Vercelino Fisioterapeuta Especialista em Dor e Acupuntura Neuropatias sob a visão da Medicina Chinesa Rafael Vercelino Fisioterapeuta Especialista em Dor e Acupuntura Neuropatias sob a visão da Medicina Chinesa Revisão da neurofisiologia da dor, Revisão da fisiopatologia

Leia mais

www.amcbr.com.br Lien ch i Oito movimentos

www.amcbr.com.br Lien ch i Oito movimentos Lien ch i Oito movimentos A prática de exercícios físicos em países do oriente é hábito comum e seria estranho andar pela manhã nas ruas da China ou do Japão e não ver ninguém fazendo Tai chi chuan ou

Leia mais

Tratamento das patologias vestibulares segundo a MVTC. Carolina C. T. Haddad Congresso da ABRAVET Março de 2012

Tratamento das patologias vestibulares segundo a MVTC. Carolina C. T. Haddad Congresso da ABRAVET Março de 2012 Tratamento das patologias vestibulares segundo a MVTC Carolina C. T. Haddad Congresso da ABRAVET Março de 2012 Sistema Vestibular Introdução Função: transmitir a informação do ouvido interno até o cérebro

Leia mais

Prof. Carolina C. T. Haddad. Instituto Bioethicus. Curso de Especialização em Acupuntura Veterinária PULSOLOGIA

Prof. Carolina C. T. Haddad. Instituto Bioethicus. Curso de Especialização em Acupuntura Veterinária PULSOLOGIA Instituto Bioethicus Curso de Especialização em Acupuntura Veterinária PULSOLOGIA A arte da palpação é de extrema importância dentro do exame semiológico da Medicina Veterinária Tradicional Chinesa e a

Leia mais

Acupuntura em Cardiologia Funcional. Prof. Ms. Jean Luis de Souza. Diretor Geral: IPGU

Acupuntura em Cardiologia Funcional. Prof. Ms. Jean Luis de Souza. Diretor Geral: IPGU Acupuntura em Cardiologia Funcional Prof. Ms. Jean Luis de Souza Presidente SOBRAFISA NACIONAL Diretor Geral: IPGU Acupuntura em Cardiologia Energética Funcional * PROGRAMA * SISTEMA CARDIOVASCULAR * ELEMENTOS

Leia mais

Dietoterapia. Dietoterapia. Dietoterapia 14/11/2014. Alimentação Natural para cães segunda MVTC. Medicina Tradicional Chinesa

Dietoterapia. Dietoterapia. Dietoterapia 14/11/2014. Alimentação Natural para cães segunda MVTC. Medicina Tradicional Chinesa Alimentação Natural para cães segunda MVTC Quais são as 5 bases da Medicina Tradicional Chinesa? Carolina C. T. Haddad ACUVET Congresso Paulista de Especialidades Outubro/ 2014 Medicina Tradicional Chinesa

Leia mais

PONTOS ESPECIAIS PARA DIVERSOS TRATAMENTOS. Camille Elenne Egídio INSTITUTO LONG TAO

PONTOS ESPECIAIS PARA DIVERSOS TRATAMENTOS. Camille Elenne Egídio INSTITUTO LONG TAO PONTOS ESPECIAIS PARA DIVERSOS TRATAMENTOS Camille Elenne Egídio INSTITUTO LONG TAO "A saúde é o resultado não só de nossos atos como também de nossos pensamentos." (Mahatma Gandhi) SHIATSU TERAPIA Terapia

Leia mais

FISIOPATOLOGIA DAS ALGIAS PERIFÉRICAS

FISIOPATOLOGIA DAS ALGIAS PERIFÉRICAS FISIOPATOLOGIA DAS ALGIAS PERIFÉRICAS A Medicina Ocidental refere que os mais diversos fatores podem provocar dor: ferimentos, contusões, exposição ao calor, ao frio, a produtos químicos, etc. Esses fatores

Leia mais

Autor: Alberto Bastos Fisioterapeuta Acupunturista. ARTRITE REUMATOIDE SEGUNDO A MEDICINA CHINESA E A TERAPÊUTICA NATURAL

Autor: Alberto Bastos Fisioterapeuta Acupunturista. ARTRITE REUMATOIDE SEGUNDO A MEDICINA CHINESA E A TERAPÊUTICA NATURAL Autor: Alberto Bastos Fisioterapeuta Acupunturista. ARTRITE REUMATOIDE SEGUNDO A MEDICINA CHINESA E A TERAPÊUTICA NATURAL A artrite reumatóide é uma doença auto-imune de etiologia desconhecida, caracterizada

Leia mais

MEDICINA TRADICIONAL CHINESA, ACUPUNTURA E TERAPIAS AFINS INDICAÇÕES

MEDICINA TRADICIONAL CHINESA, ACUPUNTURA E TERAPIAS AFINS INDICAÇÕES MEDICINA TRADICIONAL CHINESA, ACUPUNTURA E TERAPIAS AFINS INDICAÇÕES www.shenqui.com.br Na década de 80, após 25 anos de pesquisas, em renomadas instituições do mundo, a OMS publicou o documento Acupuncture:

Leia mais

Etiopatogenia na Medicina Chinesa

Etiopatogenia na Medicina Chinesa Etiopatogenia na Chinesa Prof. Eduardo Alexander Doutor em Saúde Coletiva - IMS/UERJ edu.alexander@gmail.com www.grandetriade.com.br Rio de Janeiro 2009 Quadro Resumo Racionalidades Médicas Racionalidades

Leia mais

Centro Brasileiro de Acupuntura Dr. Alex da Silva Santos - 3023-0965 (cons.) 8141-6637 (cel.) 22 8149-5962 1. Introdução

Centro Brasileiro de Acupuntura Dr. Alex da Silva Santos - 3023-0965 (cons.) 8141-6637 (cel.) 22 8149-5962 1. Introdução Centro Brasileiro de Acupuntura Dr. Alex da Silva Santos - 3023-0965 (cons.) 8141-6637 (cel.) 22 8149-5962 1 Introdução Vocês já viram o desenho de duas silhuetas olhando uma para a outra? Em um momento

Leia mais

Problemas Gastro-Intestinais

Problemas Gastro-Intestinais Problemas Gastro-Intestinais Parâmetros Ocidentais: Vômito; Dor na região abdominal, gástrica, etc; Gastrite; Úlcera; Diarréia; Prisão de ventre (constipação / obstipação); Cólica (intestinal); Vermes.

Leia mais

Aula de Localização de Pontos e Meridianos do Movimento Metal. Pulmão e Intestino Grosso. Instituto Quallitas. Novembro de 2009.

Aula de Localização de Pontos e Meridianos do Movimento Metal. Pulmão e Intestino Grosso. Instituto Quallitas. Novembro de 2009. Aula de Localização de Pontos e Meridianos do Movimento Metal Pulmão e Intestino Grosso Instituto Quallitas Novembro de 2009 Funções do Pulmão 1. Governar Qi e a Respiração Controla o Qi da respiração

Leia mais

TRATAMENTO PARA MIOMA. INSTITUTO Long Tao

TRATAMENTO PARA MIOMA. INSTITUTO Long Tao TRATAMENTO PARA MIOMA INSTITUTO Long Tao Mioma Uterino DEFINIÇÃO: É UM TUMOR BENIGNO QUE SURGE QUANDO UMA CÉLULA DO ÚTERO DA MULHER COMEÇA A SE MULTIPLICAR DE FORMA DESORDENADA. Definição na MTC: O mioma

Leia mais

S/s cansaço, letargia, fraqueza, problemas de apetite, distensão abdominal, fezes soltas e insegurança.

S/s cansaço, letargia, fraqueza, problemas de apetite, distensão abdominal, fezes soltas e insegurança. Síndromes do Baço Deficiência do Qi do Baço S/s cansaço, letargia, fraqueza, problemas de apetite, distensão abdominal, fezes soltas e insegurança. Pulso- vazio. Língua pálida e flácida, marcas de dentes.

Leia mais

Caso 1. nda. Pulso Flutuante e lentificado.

Caso 1. nda. Pulso Flutuante e lentificado. Caso 1 Paciente com dor e limitação de movimento do pescoço o háh um dia. Acompanha cefaléia occipital, dores pelo corpo, tosse, secreção nasal clara e febre baixa sem transpiração. Língua nda. Pulso Flutuante

Leia mais

Acupuntura e Pediatria Funcional Prof. Jean Luís de Souza Diretor do IPGU Presidente da FEDUC Presidente da SOBRAFISA Massagem Pediátrica Dinastia Sui Tang (581-907 DC) Dinastia Song (960-1644) é que a

Leia mais

Agulha de Fogo, da teoria à prática

Agulha de Fogo, da teoria à prática II Congresso Brasileiro de Medicina Chinesa Agulha de, da teoria à prática Material elaborado pelo corpo docente da EBRAMEC / CIEFATO Para os cursos da Escola Brasileira de Medicina Chinesa Direção Geral:

Leia mais

Mantra tibetano para chamar o Buda da saúde

Mantra tibetano para chamar o Buda da saúde Mantra tibetano para chamar o Buda da saúde Om muni muni maha muni sakya muni soha Om tare tutare turê soha... 1 Pulsologia Chinesa os vinte e oito pulsos patológicos" Delvo Ferraz da Silva 2 Teorias de

Leia mais

6/22/2015. Prof. Gustavo Vilela da Silveira, MSc

6/22/2015. Prof. Gustavo Vilela da Silveira, MSc Acupuntura na Osteoartrose Prof. Gustavo Vilela da Silveira, MSc Osteoartrose 1 Osteoartrose Outras denominações ; Artrose; Doença Articular Degenerativa; Artrite Degenerativa. 2 É a doença articular mais

Leia mais

AULA DE 5 ELEMENTOS, MANOBRAS E MERIDIANOS CURSO DE TERAPIAS CORPORAIS

AULA DE 5 ELEMENTOS, MANOBRAS E MERIDIANOS CURSO DE TERAPIAS CORPORAIS AULA DE 5 ELEMENTOS, MANOBRAS E MERIDIANOS CURSO DE TERAPIAS CORPORAIS YIN ~ YANG YANG EXTROVERSÃO INQUIETAÇÃO VOZ ALTA, FALANTE INSÔNIA AÇÃO YIN INTROVERSÃO APATIA VOZ BAIXA, SILÊNCIO SONOLÊNCIA ANÁLISE

Leia mais

Síndrome dos seis meridianos

Síndrome dos seis meridianos Síndrome dos seis meridianos CAMADAS 1ªTAE YANG (ID B) SUPERFICIAL 2ªCHAO YANG (VB TR) MÉDIO 3ªYANG MING (E IG) PROFUNDO 4ªTAE YIN (P BP) SUPERFICIAL 5ªCHAO YIN (C R) MÉDIO 6ªTSIUE YIN (F CS) PROFUNDO

Leia mais

ESCOLA DE TERAPIAS ORIENTAIS DE SÃO PAULO SUSILAINE MORAES AQUINO 35 - B

ESCOLA DE TERAPIAS ORIENTAIS DE SÃO PAULO SUSILAINE MORAES AQUINO 35 - B 1 ESCOLA DE TERAPIAS ORIENTAIS DE SÃO PAULO SUSILAINE MORAES AQUINO 35 - B PRINCÍPIOS DA MAGNETOTERAPIA APLICADA À ACUPUNTURA São Paulo 2011 2 SUMÁRIO 1. HISTÓRICO... 3 2. TEORIA GERAL... 4 3. INDICAÇÕES...

Leia mais

ACUPUNTURA COMO TRATAMENTO AUXILIAR NAS ALTERAÇÕES COMPORTAMENTAIS EM CÃES

ACUPUNTURA COMO TRATAMENTO AUXILIAR NAS ALTERAÇÕES COMPORTAMENTAIS EM CÃES Lúcia Maria Rondas da Silveira ACUPUNTURA COMO TRATAMENTO AUXILIAR NAS ALTERAÇÕES COMPORTAMENTAIS EM CÃES INSTITUTO QUALITTAS 2009 2 Lúcia Maria Rondas da Silveira ACUPUNTURA COMO TRATAMENTO AUXILIAR NAS

Leia mais

CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL EIZO MATSUURA LUCIMARA MARCIA RIBEIRO TRATAMENTO DE PACIENTES ACOMETIDOS POR LOMBALGIA SEGUNDO MEDICINA TRADICIONAL CHINESA

CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL EIZO MATSUURA LUCIMARA MARCIA RIBEIRO TRATAMENTO DE PACIENTES ACOMETIDOS POR LOMBALGIA SEGUNDO MEDICINA TRADICIONAL CHINESA CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL EIZO MATSUURA LUCIMARA MARCIA RIBEIRO TRATAMENTO DE PACIENTES ACOMETIDOS POR LOMBALGIA SEGUNDO MEDICINA TRADICIONAL CHINESA SÃO JOSÉ DOS CAMPOS 2010 CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL EIZO

Leia mais

Conteúdo: Partes do corpo humano. Atividade física eleva a qualidade de vida. Cuidando das articulações. FORTALECENDO SABERES

Conteúdo: Partes do corpo humano. Atividade física eleva a qualidade de vida. Cuidando das articulações. FORTALECENDO SABERES 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I Conteúdo: Partes do corpo humano. Atividade física eleva a qualidade de vida. Cuidando das articulações. 3 CONTEÚDO

Leia mais

Localização Situa-se no meio da planta do pé, na altura correspondente à articulação metatarsofalangiana dos 2º e 3º dedos do pé.

Localização Situa-se no meio da planta do pé, na altura correspondente à articulação metatarsofalangiana dos 2º e 3º dedos do pé. RIM 1 RIM 2 3 R1 (YONGQUAN) Situa-se no meio da planta do pé, na altura correspondente à articulação metatarsofalangiana dos 2º e 3º dedos do pé. A agulha de Acupuntura atravessa a pele, o tecido celular

Leia mais

INSTITUTO HOMEOPÁTICO JACQUELINE PEKER

INSTITUTO HOMEOPÁTICO JACQUELINE PEKER INSTITUTO HOMEOPÁTICO JACQUELINE PEKER ACUPONTOS SHU DORSAIS E MU VENTRAIS DOS ZANG-FU REVISÃO DE LITERATURA SHEILA CÔRTES FONSECA Belo Horizonte 2011 SHEILA CÔRTES FONSECA ACUPONTOS SHU DORSAIS E MU VENTRAIS

Leia mais

Rol de Atividades dos Biomédicos

Rol de Atividades dos Biomédicos O Rol de Atividades dos Biomédicos refere-se a um parecer descritivo dos procedimentos desempenhados na especialidade da Acupuntura na Biomedicina, conforme Resolução no. 185, de 26 de agosto de 2010,

Leia mais

Profa. M árcia a L uz

Profa. M árcia a L uz Profa. Márcia Luz MERIDIANO PRINCIPAL DO CORAÇÃO Elemento: Fogo - Imperial Horário: 11:00 às13 13:00 hs. Estação: Verão YIN TA ID CS C BP E O Meridiano do Coração se abre na língua e se espelha na face.

Leia mais

RYODORAKU. Mensuração Diagnóstica Eletrônica POR DENISE DARIN

RYODORAKU. Mensuração Diagnóstica Eletrônica POR DENISE DARIN RYODORAKU Mensuração Diagnóstica Eletrônica POR DENISE DARIN SIGNIFICADO DO RYODORAKU Ryo significa boa, Do conduzir e Raku linha ou canal. Caminhos Permeáveis (Linha de boa eletrocondutividade). É um

Leia mais

Modalidade online. Máster Ibero-americano em ACUPUNTURA BIOENERGÉTICA E MOXABUSTÃO

Modalidade online. Máster Ibero-americano em ACUPUNTURA BIOENERGÉTICA E MOXABUSTÃO Modalidade online Máster Ibero-americano em ACUPUNTURA BIOENERGÉTICA E MOXABUSTÃO Primeiro Máster internacional e online em Acupuntura Bioenergética, nos idiomas espanhol e português, que conta com o respaldo

Leia mais

CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM ENFERMAGEM CIRÚRGICA MÓDULO III Profª Mônica I. Wingert 301E COMPLICAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS

CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM ENFERMAGEM CIRÚRGICA MÓDULO III Profª Mônica I. Wingert 301E COMPLICAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS Complicações Cirúrgicas CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM ENFERMAGEM CIRÚRGICA MÓDULO III Profª Mônica I. Wingert 301E COMPLICAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS 1. Complicações Circulatórias Hemorragias: é a perda de sangue

Leia mais

Algumas das Doenças Tratáveis com Acupuntura

Algumas das Doenças Tratáveis com Acupuntura Algumas das Doenças Tratáveis com Acupuntura REGIÃO CERVICAL, OMBROS E MEMBROS SUPERIORES Dor muscular dor decorrente de traumatismo esportivo, por erro de postura e/ou tensão emocional. Exemplo: dor no

Leia mais