11 pontos bilaterais Natureza YIN Elemento Metal Acoplado ao Intestino Grosso (DACHANG)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "11 pontos bilaterais Natureza YIN Elemento Metal Acoplado ao Intestino Grosso (DACHANG)"

Transcrição

1 O Pulmão (FEI) 11 pontos bilaterais Natureza YIN Elemento Metal Acoplado ao Intestino Grosso (DACHANG)

2 1 O Pulmão (FEI) QI Pulmão (FEI) tem a função de dirigir o QI e a Respiração. O QI do ar junta-se ao QI dos alimentos para formar o QI Torácico. Pulmão (FEI) é o sistema YIN mais externo, sendo a conexão do organismo com o exterior, sendo por isso mais facilmente atacado por fatores patogênicos exteriores que debilitam o Pulmão (FEI), causando cansaço, voz fraca e dispnéia. O Pulmão (FEI) controla força da voz. DESCIDA E ELIMINAÇÃO Pulmão (FEI) controla a descida do ar inspirado até o Rim (SHEN) que deve recebê-lo para nutrir a "essência". A função descendente se aplica tanto ao QI quanto aos Fluidos Corpóreos em direção aos Rins e à Bexiga. Se a função de descendência do Pulmão (FEI) fosse obstruída, o QI se acumularia no Tórax causando tosse, dispnéia e plenitude torácica. Apareceriam retenções urinárias e edemas (principalmente em idosos). Se o Intestino Grosso (DACHANG) não receber o QI do Pulmão (FEI), não terá força para a defecação, causando constipação. DIFUSÃO O QI do Pulmão (FEI) tem a função de acelerar a distribuição do Sangue (XUE) e dos líquidos orgânicos no organismo. O Pulmão (FEI) dispersa os Fluidos Corpóreos uniformemente pelo organismo, fazendo com que a abertura e fechamento dos poros seja normal. Se o QI do Pulmão (FEI) é debilitado, o QI Defensivo (WEIQI) também será afetado, causando sudorese expontânea (o que causa uma perda ainda maior do QI Defensivo). O Pulmão (FEI) faz a excreção dos Fluidos Corpóreos por meio da sudorese e da urina.

3 EPIDERME 2 Pulmão (FEI) controla a epiderme que é aquecida pelo WEIQI e umedecida pelos líquidos JIN que controlam, a abertura e fechamento dos poros e a sudorese, tornando a pele lustrosa e brilhante. Tanto o WEIQI quanto os líquidos (JIN), são dispersados pelo Pulmão (FEI) para o espaço entre a pele e os músculos. Porisso, a epiderme é a primeira a sofrer do ataque do XIE de origem externa. Se o QI do Pulmão (FEI) estiver enfraquecido, não poderá distribuir o WEI QI e os líquidos JIN até a epiderme, havendo então insuficiência de proteção face às energias nocivas externas, principalmente o frio. Os pêlos nascem na pele e são parte de sua expressão. Quando a pele está enfraquecida, os pelos caem. NARIZ A respiração passa pelo nariz que é a abertura somática do Pulmão (FEI). O Agente Patogênico Calor, penetra muitas vezes pelo nariz para poder agredir o Pulmão (FEI). Esse ataque se expressa por nariz tapado e rinorréia. Sendo o nariz e a garganta locais de passagem da respiração, uma patologia do Pulmão (FEI) pode suscitar perturbações do olfato e da fonação. ALMA CORPÓREA (PO) Pulmão (FEI) é a residência da Alma Corpórea (PO) que pode ser descrita como a expressão somática da Alma. É ela quem nos dá a capacidade de termos sensações físicas como dor, coceira, sentimentos, audição, visão e etc. A Alma Corpórea (PO) está intimamente relacionada com o corpo e desce para a terra com a morte. A Alma Corpórea (PO) é a parte mais física e material da alma do ser humano e é diretamente afetada pelas emoções de tristeza ou lamento, as quais obstruem seus movimentos, dissolvendo o QI do Pulmão (FEI), suspendendo e alterando a respiração. Por essa função de abrigar a Alma Corpórea (PO), o tratamento do Pulmão (FEI) é muito importante nas alterações emocionais derivadas de depressão, tristeza ou lamento, assim como nas emoções contidas (nesses casos deve sempre que ser tratado o ponto P7 (LIEQUE)).

4 3 O Intestino Grosso (DA CHANG) 20 pontos bilaterais Natureza YANG Elemento Metal Acoplado ao Pulmão (FEI)

5 4 O Intestino Grosso (DA CHANG) EXCREÇÃO A função do Intestino Grosso (DACHANG) é de receber os resíduos alimentares provenientes do Intestino Delgado (XIAOCHANG), e, após ter absorvido a água excedente, excretá-los. material fecal ao chegar ao Intestino Grosso (DACHANG) e ser seco, ganha forma e consistência para então ser excretado em sua forma normal. Caso esta função esteja comprometida, as fezes perderão sua forma e consistência e serão exteriorizadas sob forma de diarréia aquosa. Quando existe calor no Intestino Grosso (DACHANG), as fezes secam demais e o paciente fica constipado. Pelo fato de o Baço (PI) controlar o transporte/transformação dos alimentos e Fluidos Corpóreos (JINYE) por todo o aparelho digestivo, muitas das funções que seriam atribuídas ao Intestino Grosso (DACHANG), são atribuídas ao Baço (PI). INTERDEPENDÊNCIA COM O PULMÃO (FEI) É o Pulmão (FEI) quem fornece ao Intestino Grosso (DACHANG), o QI necessário para promover o movimento peristáltico. Inversamente, a habilidade do Pulmão (FEI) em enviar o QI em descendência depende do desempenho do Intestino Grosso (DACHANG) em excretar as impurezas alimentares, ou seja, um caso de constipação pode dificultar a descendência do Pulmão (FEI), provocando dispnéia.

FLUIDOS CORPÓREOS (JIN YE) YE = FLUIDO DE ORGANISMOS VIVOS (DAS FRUTAS, POR EXEMPLO)

FLUIDOS CORPÓREOS (JIN YE) YE = FLUIDO DE ORGANISMOS VIVOS (DAS FRUTAS, POR EXEMPLO) FLUIDOS CORPÓREOS (JIN YE) OU FLUIDOS ORGÂNICOS JIN = ÚMIDO = ALGO LÍQUIDO YE = FLUIDO DE ORGANISMOS VIVOS (DAS FRUTAS, POR EXEMPLO) JIN - FLUIDOS YE - LÍQUIDOS PUROS, CLAROS, AQUOSOS, DILUÍDOS TURVOS,

Leia mais

PADRÕES DO FÍGADO (GAN)

PADRÕES DO FÍGADO (GAN) PADRÕES DO FÍGADO (GAN) ESTAGNAÇÃO DO QI DO FÍGADO (GAN) SENSAÇÃO DE DISTENSÃO E DOR NOS HIPOCÔNDRIOS - NO NÍVEL FÍSICO A ESTAGNAÇÃO DE FÍGADO SE MANIFESTA PRINCIPALMENTE NESTA REGIÃO, EM AMBOS OS LADOS.

Leia mais

OITO PRINCÍPI P O I S

OITO PRINCÍPI P O I S OITO PRINCÍPIOS TEM COMO FUNÇÃO IDENTIFICAR, ATRAVÉS DOS DADOS OBTIDOS DO PACIENTE: A LOCALIZAÇÃO DA DESARMONIA A NATUREZA DA DESARMONIA AS CONDIÇÕES DOS FATORES PATOGÊNICOS E DE RESISTÊNCIA DO ORGANISMO

Leia mais

FUNÇÕES DO CORAÇÃO (XIN) GOVERNAR O SANGUE (XUE)

FUNÇÕES DO CORAÇÃO (XIN) GOVERNAR O SANGUE (XUE) FUNÇÕES DO CORAÇÃO (XIN) GOVERNAR O SANGUE (XUE) * A TRANSFORMAÇÃO DO ZHENG QI EM SANGUE (XUE), OCORRE NO CORAÇÃO. * O CORAÇÃO É RESPONSÁVEL PELA CIRCULAÇÃO DO SANGUE (XUE) NO ORGANISMO. CONTROLAR OS VASOS

Leia mais

Interrogatório DOR. No CD Rom

Interrogatório DOR. No CD Rom Interrogatório No CD Rom - Um artigo complementar sobre a importância do Interrogatório na MTC. - Modelo de Ficha de Avalição de pacientes. Imprima Frente e Verso. ANAMNESE ELABORAR UM QUESTIONÁRIO DIRECIONAR

Leia mais

SANGUE (XUE) NA MTC, O XUE É UMA FORMA DE QI, MUITO DENSO E MATERIAL

SANGUE (XUE) NA MTC, O XUE É UMA FORMA DE QI, MUITO DENSO E MATERIAL SANGUE (XUE) NA MTC, O XUE É UMA FORMA DE QI, MUITO DENSO E MATERIAL SANGUE É INSEPARÁVEL DO QI, JÁ QUE O QI PROPORCIONA VIDA AO XUE, SEM O QUAL ELE SERIA UM FLUIDO INERTE XUE DERIVA EM SUA MAIORIA DO

Leia mais

Padrões de Desarmonia do Movimento Metal

Padrões de Desarmonia do Movimento Metal [Digite texto] Curso de Especialização em Acupuntura Veterinária Padrões de Desarmonia do Movimento Metal Prof a. Márcia Valéria Rizzo Scognamillo marciascognamillo@yahoo.com.br Junho de 2011 Geral I.

Leia mais

ELABORAR UM QUESTIONÁRIO

ELABORAR UM QUESTIONÁRIO INTERROGATÓRIO ANAMNESE ELABORAR UM QUESTIONÁRIO DIRECIONAR AS PERGUNTAS INICIALMENTE TOMANDO POR BASE OS 8 CRITÉRIOS, SUBSTÂNCIAS FUNDAMENTAIS, ZANG FU E ETIOPATOGENIA. DEIXAR QUE O PACIENTE JUSTIFIQUE

Leia mais

Ba gang 8 Princípios de Diagnóstico

Ba gang 8 Princípios de Diagnóstico I. INTRODUÇÃO Ba gang 8 Princípios de Diagnóstico Para se fazer qualquer tratamento em M.T.C, que seja mais do que meramente sintomático, é preciso um diagnóstico correto da disfunção em curso. O diagnóstico

Leia mais

EMBRIOLOGIA ENERGÉTICA

EMBRIOLOGIA ENERGÉTICA EMBRIOLOGIA ENERGÉTICA FECUNDAÇÃO: ovócito + espermatozóide multiplicação celular durante os primeiros dias o embrião tem forma arredondada (fase de mórula) por volta do 12 º dia, vai passando para uma

Leia mais

Centro Brasileiro de Acupuntura Dr. Alex da Silva Santos - 3023-0965 (cons.) 8141-6637 (cel.) 22 8149-5962 1. Introdução

Centro Brasileiro de Acupuntura Dr. Alex da Silva Santos - 3023-0965 (cons.) 8141-6637 (cel.) 22 8149-5962 1. Introdução Centro Brasileiro de Acupuntura Dr. Alex da Silva Santos - 3023-0965 (cons.) 8141-6637 (cel.) 22 8149-5962 1 Introdução Vocês já viram o desenho de duas silhuetas olhando uma para a outra? Em um momento

Leia mais

Etiopatogenia e Fisiopatologia

Etiopatogenia e Fisiopatologia ETFP 1 Etiopatogenia e Fisiopatologia O corpo humano tem a capacidade de resistir a diversos fatores patógenos para manter o equilíbrio relativo entre o interior do corpo e o mundo exterior. Esta capacidade

Leia mais

A Vesícula Biliar (DAN)

A Vesícula Biliar (DAN) A Vesícula Biliar (DAN) 44 pontos bilaterais Natureza YANG Elemento Madeira Acoplado ao Fígado (GAN) A Vesícula Biliar (DAN) A Vesícula Biliar (DAN) é considerada uma víscera de comportamento particular,

Leia mais

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 07. Acerca da história da Acupuntura, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO:

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 07. Acerca da história da Acupuntura, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: 8 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 07 QUESTÃO 17 Acerca da história da Acupuntura, todas as afirmativas estão corretas, EXCETO: a) Há 3.000 anos, agulhas de bronze e a pedra bian eram usadas como

Leia mais

Zang - Fu. Dr. Roberto Caron Cesac 2011

Zang - Fu. Dr. Roberto Caron Cesac 2011 Zang - Fu Dr. Roberto Caron Cesac 2011 Conceito A Teoria Zang- Fu é o centro da Teoria da Medicina Tradicional Chinesa, por ser a que melhor expressa a visão da Medicina Chinesa do organismo humano com

Leia mais

dr-cesar TERAPIAS ENERGÉTICAS CURSOS AMBULATÓRIO E CONSULTORIA

dr-cesar TERAPIAS ENERGÉTICAS CURSOS AMBULATÓRIO E CONSULTORIA PRINCIPAIS SÍNDROMES Autor - Wanderley Rocha Casalecchi PADRÕES DO FÍGADO (GAN) ESTAGNAÇÃO DO QI DO FÍGADO (GAN) MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS: SENSAÇÃO DE DISTENSÃO E DOR NOS HIPOCÔNDRIOS - NO NÍVEL FÍSICO A

Leia mais

Título Resumido. Poço (Jing)

Título Resumido. Poço (Jing) Analgesia Tendinomuscular pelo Ponto Poço (Jing) Material elaborado pelo corpo docente da EBRAMEC / CIEFATO Para os cursos da Escola Brasileira de Medicina Chinesa Direção Geral: Dr. Reginaldo de Carvalho

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DE PADRÕES DE ACORDO COM OS OITO PRINCÍPIOS

IDENTIFICAÇÃO DE PADRÕES DE ACORDO COM OS OITO PRINCÍPIOS IDENTIFICAÇÃO DE PADRÕES DE ACORDO COM OS OITO PRINCÍPIOS Aplicação dos 8 princípios Aplicável em todos os casos, para doenças interiores e exteriores Divisão : Exterior-Interior Calor-Frio: Calor por

Leia mais

BIOTIPOLOGIA CONSTITUCIONAL TIPO I AR YANG SUPREMO

BIOTIPOLOGIA CONSTITUCIONAL TIPO I AR YANG SUPREMO TIPO I AR YANG SUPREMO TAI YANG Características físicas: fronte larga, brilho intenso nos olhos, tórax bem desenvolvido (devido a hiperplasia do parênquima pulmonar), ombro largo, cintura proporcionalmente

Leia mais

ZANG FU Sistema de Órgãos e Vísceras da Medicina Tradicional Chinesa

ZANG FU Sistema de Órgãos e Vísceras da Medicina Tradicional Chinesa FISIOLOGIA ENERGÉTICA ZANG FU Sistema de Órgãos e Vísceras da Medicina Tradicional Chinesa FEI(Pulmão) DA CHANG(Intestino Grosso) Da Chang (Intestino Grosso) INTRODUÇÃO: Fei (Pulmão) e Da Chang (Intestino

Leia mais

Problemas Gastro-Intestinais

Problemas Gastro-Intestinais Problemas Gastro-Intestinais Parâmetros Ocidentais Vômito; Dor na região abdominal, gástrica, etc. Gastrite, Úlcera, Diarréia, Prisão de ventre (constipação) Cólica, Vermes. Anamnese: Tipo de dor ou desconforto:

Leia mais

Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! CIÊNCIAS - UNIDADE 4 RESPIRAÇÃO E EXCREÇÃO

Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! CIÊNCIAS - UNIDADE 4 RESPIRAÇÃO E EXCREÇÃO Lembrete: Antes de começar a copiar cada unidade, coloque o cabeçalho da escola e a data! Use canetas coloridas ou escreva palavras destacadas, para facilitar na hora de estudar. E capriche! Não se esqueça

Leia mais

9 pontos bilaterais Natureza YIN Elemento Fogo Acoplado ao Intestino Delgado

9 pontos bilaterais Natureza YIN Elemento Fogo Acoplado ao Intestino Delgado O CORAÇÃO (XIN) 9 pontos bilaterais Natureza YIN Elemento Fogo Acoplado ao Intestino Delgado O CORAÇÃO (XIN) Tem como função governar o Sangue (XUE), comandar os Vasos Sangüíneos (XUEMAI) e encerrar o

Leia mais

Métodos Diagnósticos na MTC. Prof. Thiago Resende

Métodos Diagnósticos na MTC. Prof. Thiago Resende Métodos Diagnósticos na MTC Prof. Thiago Resende Observações da Forma do Corpo Existem cinco diferentes maneiras de se classificar: Yin e Yang Cinco Elementos (Constitucional) Influências pré e pós natais

Leia mais

Antes de imprimir este material, considere a possibilidade de apreciá-lo no computador ou leitor de textos. Preserve o meio ambiente

Antes de imprimir este material, considere a possibilidade de apreciá-lo no computador ou leitor de textos. Preserve o meio ambiente Antes de imprimir este material, considere a possibilidade de apreciá-lo no computador ou leitor de textos. Preserve o meio ambiente SHEN LONG Curso de ACUPUNTURA TRADICIONAL CHINESA = ZANG FU = Coordenador

Leia mais

Elementos de Fisiologia Feminina Tradicional

Elementos de Fisiologia Feminina Tradicional Centro Brasileiro de Acupuntura Acupuntura Aplicada a Ginecologia e Obstetrícia Prof.: Marcelo Brum Elementos de Fisiologia Feminina Tradicional Aparelho Genital Feminino: Abrange: Útero; Ovários; Trompas

Leia mais

MEDICINA TRADICIONAL CHINESA Acupuntura Profa. Alessandra Barone. Histórico Teoria Yin Yang Teoria dos Cinco Elementos Substâncias Vitais

MEDICINA TRADICIONAL CHINESA Acupuntura Profa. Alessandra Barone. Histórico Teoria Yin Yang Teoria dos Cinco Elementos Substâncias Vitais MEDICINA TRADICIONAL CHINESA Acupuntura Profa. Alessandra Barone Histórico Teoria Yin Yang Teoria dos Cinco Elementos Substâncias Vitais Medicina Tradicional Chinesa Histórico Antes de 2000 a.c Origem

Leia mais

Dor segundo a Medicina Chinesa

Dor segundo a Medicina Chinesa XII Simpósio Brasileiro de Aperfeiçoamento em Acupuntura e Terapias Orientais Dor segundo a Medicina Chinesa Introdução Definição A IASP- International Association for the Study of Pain (Associação Internacional

Leia mais

Rafael Vercelino Fisioterapeuta Especialista em Dor e Acupuntura

Rafael Vercelino Fisioterapeuta Especialista em Dor e Acupuntura Neuropatias sob a visão da Medicina Chinesa Rafael Vercelino Fisioterapeuta Especialista em Dor e Acupuntura Neuropatias sob a visão da Medicina Chinesa Revisão da neurofisiologia da dor, Revisão da fisiopatologia

Leia mais

Teoria Dos Cinco Movimentos

Teoria Dos Cinco Movimentos Teoria Dos Cinco Movimentos Constitui a base teórica da MTC. Caracteriza-se por cinco processos básicos decorrentes das qualidades de cinco elementos comuns, encontrados na natureza, e que simbolizam todos

Leia mais

AVALIAÇÃO DE ACUPUNTURA E MEDICINA TRADICIONAL CHINESA

AVALIAÇÃO DE ACUPUNTURA E MEDICINA TRADICIONAL CHINESA AVALIAÇÃO DE ACUPUNTURA E MEDICINA TRADICIONAL CHINESA Ficha No.: Data: Nome: Data Nasc.: Naturalidade: Estado civil: Filhos: Endereço: Profissão: Fone(s): 1. Queixa Principal (QP): 2. História da Moléstia

Leia mais

PONTOS FONTE (YUAN) PONTOS DE CONEXÃO (LO) PONTOS DE TRANSPORTE POSTERIOR (BACK SHU) PONTOS DE COLETA FRONTAL (ALARME ou FRONT MU)

PONTOS FONTE (YUAN) PONTOS DE CONEXÃO (LO) PONTOS DE TRANSPORTE POSTERIOR (BACK SHU) PONTOS DE COLETA FRONTAL (ALARME ou FRONT MU) 1 PONTOS FONTE (YUAN) PONTOS DE CONEXÃO (LO) PONTOS DE TRANSPORTE POSTERIOR (BACK SHU) PONTOS DE COLETA FRONTAL (ALARME ou FRONT MU) PONTOS DE ACÚMULO (XI) PONTOS DE REUNIÃO (HUI) 1- PONTOS FONTE (YUAN)

Leia mais

LOMBALGIA. Segundo Bernard Auteroche. instituto de acupuntura tradicional 1

LOMBALGIA. Segundo Bernard Auteroche. instituto de acupuntura tradicional 1 LOMBALGIA Segundo Bernard Auteroche instituto de acupuntura tradicional 1 instituto de acupuntura tradicional 2 Fisiologia Energética n A MTC, através da acupuntura, nos ensina que o corpo humano é recoberto

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS RECUPERAÇÃO SEMESTRAL 3º Ano do Ensino Médio Disciplina: Biologia 1. Para os estudiosos, a manifestação de "... vida..." deve-se a características, tais como: ( ) uma composição química

Leia mais

CIRCULAÇÃO-SEXO Meridiano do PERICÁRDIO (MP) ou Mestre do Coração (MC) Estação: Verão Horário: 19 às 21 h Elemento: Fogo Yin CARACTERÍTICAS GERAIS Também conhecido como Mestre do Coração (MC), possui 9

Leia mais

8 Princípios ou 8 regras Apostila elaborada pela Dra. Maria Valéria D Avila Braga

8 Princípios ou 8 regras Apostila elaborada pela Dra. Maria Valéria D Avila Braga CENTRO DE PESQUISA E ESTUDO DA MEDICINA CHINESA DIREÇÃO: Prof. Dr. YSAO YAMAMURA 8 Princípios ou 8 regras Apostila elaborada pela Dra. Maria Valéria D Avila Braga A identificação dos padrões de acordo

Leia mais

67 pontos bilaterais Natureza YANG Elemento Água Acoplado ao Rim (SHEN)

67 pontos bilaterais Natureza YANG Elemento Água Acoplado ao Rim (SHEN) A Bexiga (PANGGUANG) 67 pontos bilaterais Natureza YANG Elemento Água Acoplado ao Rim (SHEN) A Bexiga (PANGGUANG) FUNÇÕES A Bexiga (PANGGUANG) tem como função reter os líquidos e expulsá-los, sendo responsável

Leia mais

O TUI NA NO TRATAMENTO DA ANSIEDADE

O TUI NA NO TRATAMENTO DA ANSIEDADE O TUI NA NO TRATAMENTO DA ANSIEDADE ANSIEDADE A ansiedade é uma reação ligada ao instinto de sobrevivência frente a situações e momentos de medo, perigo ou de tensão, que prepara a pessoa para o que poderá

Leia mais

Calcium Sandoz F. Calcium Sandoz FF NOVARTIS BIOCIÊNCIAS S.A. Comprimido Efervescente. 500mg de cálcio. 1.000mg de cálcio

Calcium Sandoz F. Calcium Sandoz FF NOVARTIS BIOCIÊNCIAS S.A. Comprimido Efervescente. 500mg de cálcio. 1.000mg de cálcio Calcium Sandoz F Calcium Sandoz FF NOVARTIS BIOCIÊNCIAS S.A. Comprimido Efervescente 500mg de cálcio 1.000mg de cálcio Calcium Sandoz F Calcium Sandoz FF carbonato de cálcio + lactogliconato de cálcio

Leia mais

Mantra tibetano para chamar o Buda da saúde

Mantra tibetano para chamar o Buda da saúde Mantra tibetano para chamar o Buda da saúde Om muni muni maha muni sakya muni soha Om tare tutare turê soha... 1 Pulsologia Chinesa os vinte e oito pulsos patológicos" Delvo Ferraz da Silva 2 Teorias de

Leia mais

Cloridrato de metformina

Cloridrato de metformina Cloridrato de metformina Prati-Donaduzzi Comprimido de liberação prolongada 500 mg e 750 mg Cloridrato de metformina_bula_paciente INFORMAÇÕES AO PACIENTE cloridrato de metformina Medicamento genérico

Leia mais

Prof. Msc. Eduardo B. Vasconcelos Prof. Msc. Jean Luís de Souza

Prof. Msc. Eduardo B. Vasconcelos Prof. Msc. Jean Luís de Souza Prof. Msc. Eduardo B. Vasconcelos Prof. Msc. Jean Luís de Souza ÓRGÃOS E VÍSCERAS Manifestação dos Ocultos ZÀNG FÚ FÚ Extraordinário Yin Yang Yang Xue e Jing Qi ocos Não é tocado pelos cereais C, P, BP,

Leia mais

ACUPUNTURA TRADICIONAL CHINESA HISTÓRIA DA MEDICINA CHINESA

ACUPUNTURA TRADICIONAL CHINESA HISTÓRIA DA MEDICINA CHINESA Teoria da Acupuntura ACUPUNTURA TRADICIONAL CHINESA A Medicina Tradicional Chinesa tem obtido um desenvolvimento através do tempo, pelo menos a 3000 anos. A Acupuntura promove diversas funções, ela controla

Leia mais

** Pessoas jovens com má alimentação e estresse emocional que também geram vento no Fígado também estão propícios a ter Parkinson.

** Pessoas jovens com má alimentação e estresse emocional que também geram vento no Fígado também estão propícios a ter Parkinson. Doença de Parkinson A Doença de Parkinson é uma síndrome caracterizada por lentidão de movimento, rigidez e tremor resultante de disfunção nos glânglios da base, com diminuição da dopamina e aumento da

Leia mais

ATM CERVICALGIAS DORSALGIAS

ATM CERVICALGIAS DORSALGIAS Center-AO Centro de Pesquisa e Estudo da Medicina Chinesa Universidade Federal de São Paulo Departamento de Ortopedia e Traumatologia Disciplina de Ortopedia Setor de Medicina Chinesa-Acupuntura ATM CERVICALGIAS

Leia mais

Autor: Alberto Bastos Fisioterapeuta Acupunturista. ARTRITE REUMATOIDE SEGUNDO A MEDICINA CHINESA E A TERAPÊUTICA NATURAL

Autor: Alberto Bastos Fisioterapeuta Acupunturista. ARTRITE REUMATOIDE SEGUNDO A MEDICINA CHINESA E A TERAPÊUTICA NATURAL Autor: Alberto Bastos Fisioterapeuta Acupunturista. ARTRITE REUMATOIDE SEGUNDO A MEDICINA CHINESA E A TERAPÊUTICA NATURAL A artrite reumatóide é uma doença auto-imune de etiologia desconhecida, caracterizada

Leia mais

ESTUDO DOS TRAJETOS DOS CANAIS DE ENERGIA TENDINO-MUSCULARES

ESTUDO DOS TRAJETOS DOS CANAIS DE ENERGIA TENDINO-MUSCULARES 1 ESTUDO DOS TRAJETOS DOS CANAIS DE ENERGIA TENDINO-MUSCULARES. Os Canais de Energia Tendino-Musculares não acompanham a alternância do Yang e do Yin, nem a relação Interior-Exterior, mas sim o sistema

Leia mais

AULA DE HÉRNIA DE DISCO: TTO. ATRAVÉS DA ACUPUNTURA

AULA DE HÉRNIA DE DISCO: TTO. ATRAVÉS DA ACUPUNTURA AULA DE HÉRNIA DE DISCO: TTO. ATRAVÉS DA ACUPUNTURA A doença não é uma Entidade mas uma condição flutuante do corpo do paciente, uma batalha entre a substância da doença e a tendência natural do corpo

Leia mais

Célia Regina Whitaker Carneiro 2012. crwcarneiro@terra.com.br

Célia Regina Whitaker Carneiro 2012. crwcarneiro@terra.com.br Célia Regina Whitaker Carneiro 2012 crwcarneiro@terra.com.br - TEORIA DO YIN/YANG - TEORIA DOS CINCO MOVIMENTOS - TEORIA DOS ZANG FU 6 pares de Canais de Energia Principais: 5 pares de Zang/Fu que compõem

Leia mais

Dietoterapia. Dietoterapia. Dietoterapia 14/11/2014. Alimentação Natural para cães segunda MVTC. Medicina Tradicional Chinesa

Dietoterapia. Dietoterapia. Dietoterapia 14/11/2014. Alimentação Natural para cães segunda MVTC. Medicina Tradicional Chinesa Alimentação Natural para cães segunda MVTC Quais são as 5 bases da Medicina Tradicional Chinesa? Carolina C. T. Haddad ACUVET Congresso Paulista de Especialidades Outubro/ 2014 Medicina Tradicional Chinesa

Leia mais

Tratamento das patologias vestibulares segundo a MVTC. Carolina C. T. Haddad Congresso da ABRAVET Março de 2012

Tratamento das patologias vestibulares segundo a MVTC. Carolina C. T. Haddad Congresso da ABRAVET Março de 2012 Tratamento das patologias vestibulares segundo a MVTC Carolina C. T. Haddad Congresso da ABRAVET Março de 2012 Sistema Vestibular Introdução Função: transmitir a informação do ouvido interno até o cérebro

Leia mais

CINCO ELEMENTOS E OS DESEQUILÍBRIOS ESTÉTICOS FACIAIS. Por Luciana Silva Terapeuta Natural/Ortomolecular/Acupunturista

CINCO ELEMENTOS E OS DESEQUILÍBRIOS ESTÉTICOS FACIAIS. Por Luciana Silva Terapeuta Natural/Ortomolecular/Acupunturista CINCO ELEMENTOS E OS DESEQUILÍBRIOS ESTÉTICOS FACIAIS Por Luciana Silva Terapeuta Natural/Ortomolecular/Acupunturista Cinco Elementos e as Emoções Elemento Madeira Estação do Ano: Primavera Propriedade:

Leia mais

DISTÚRBIOS URINÁRIOS DISTÚRBIOS URINÁRIOS

DISTÚRBIOS URINÁRIOS DISTÚRBIOS URINÁRIOS DISTÚRBIOS URINÁRIOS 1 Calor: Fígado Coração (ID) Tr.Aquecedor Deficiência Yin Rins Estagnação Estagnação Qi Fígado Deficiência T.Aq. Deficiência Yang Rins/ Baço Estagnação Umidade Bexiga Distúrbios Urinários

Leia mais

CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL CURSO DE ACUPUNTURA CORPO ENERGÉTICO. Elaborado por Profa. Romana de Souza Franco. 1

CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL CURSO DE ACUPUNTURA CORPO ENERGÉTICO. Elaborado por Profa. Romana de Souza Franco. 1 CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL CORPO ENERGÉTICO 1 CENTRO DE ESTUDOS FIRVAL INTRODUÇÃO: O corpo energético humano, às vezes chamado de corpo etéreo permeia e cerca o corpo físico sólido. É a soma dos campos de

Leia mais

O Pulmão: Visões do Passado

O Pulmão: Visões do Passado O Pulmão: Visões do Passado Shen Jin ao Doctor Shen's Compendium of Honoring Life (Shen Shi Zunsheng Shu), 1773: (Original em www.classicalchinesemedicine.org) Tradução Paulo Henrique Pereira Gonçalves

Leia mais

Acupuntura em Cardiologia Funcional. Prof. Ms. Jean Luis de Souza. Diretor Geral: IPGU

Acupuntura em Cardiologia Funcional. Prof. Ms. Jean Luis de Souza. Diretor Geral: IPGU Acupuntura em Cardiologia Funcional Prof. Ms. Jean Luis de Souza Presidente SOBRAFISA NACIONAL Diretor Geral: IPGU Acupuntura em Cardiologia Energética Funcional * PROGRAMA * SISTEMA CARDIOVASCULAR * ELEMENTOS

Leia mais

O auxílio da acupuntura no tratamento dos sintomas da ansiedade e depressão

O auxílio da acupuntura no tratamento dos sintomas da ansiedade e depressão 1 O auxílio da acupuntura no tratamento dos sintomas da ansiedade e depressão Luciana Gomes Cariri de Sousa1 lucianacariri@hotmail.com Dayana Priscila Maia Mejia2 Pós-graduação em Acupuntura Faculdade

Leia mais

Estudo de Caso - Psicoterapeuta Mônica Griesi Cintra

Estudo de Caso - Psicoterapeuta Mônica Griesi Cintra Estudo de Caso - Psicoterapeuta Mônica Griesi Cintra Dois Estudos de Caso - Terapia Complementar - Psicoterapeuta Mônica Griesi Cintra Estudo de caso 1: Sexo M, 24 anos Hipótese diagnóstica: depressão

Leia mais

Acupuntura e o Diafragma

Acupuntura e o Diafragma Observações sobre Acupuntura e o Diafragma Mikael Ikivesi Tao Tao Project (Finlândia) http://kiinalainenlaaketiede.fi/taotao Tradução e Adaptação para Português Leo Silveira Projeto Medicina Chinesa Clássica

Leia mais

Acupuntura e Pediatria Funcional Prof. Jean Luís de Souza Diretor do IPGU Presidente da FEDUC Presidente da SOBRAFISA Massagem Pediátrica Dinastia Sui Tang (581-907 DC) Dinastia Song (960-1644) é que a

Leia mais

CURSO DE FITOTERAPIA TRADICIONAL CHINESA PADRÕES ENERGÉTICOS

CURSO DE FITOTERAPIA TRADICIONAL CHINESA PADRÕES ENERGÉTICOS CURSO DE FITOTERAPIA TRADICIONAL CHINESA FÓRMULAS MAGISTRAIS CHINESAS PADRÕES ENERGÉTICOS SP 05/07/09 1 Oito princípios: Exterior: Cefálico Cefaléia capacete, costalgia Pulso superficial Face inespecífica

Leia mais

Problemas Gastro-Intestinais

Problemas Gastro-Intestinais Problemas Gastro-Intestinais Parâmetros Ocidentais: Vômito; Dor na região abdominal, gástrica, etc; Gastrite; Úlcera; Diarréia; Prisão de ventre (constipação / obstipação); Cólica (intestinal); Vermes.

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO III ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 4. o ANO/EF - 2015

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO III ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 4. o ANO/EF - 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC MINAS E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO III ETAPA LETIVA CIÊNCIAS 4. o ANO/EF - 2015 Caro (a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

3ª Série / Vestibular

3ª Série / Vestibular 3ª Série / Vestibular 01. Uma característica típica de todo o tecido conjuntivo é: (A) apresentar células em camadas unidas; (B) apresentar poucas camadas de células; (C) apresentar muito material intersticial;

Leia mais

Prof Thiago Scaquetti de Souza

Prof Thiago Scaquetti de Souza Prof Thiago Scaquetti de Souza SISTEMA RESPIRATÓRIO HUMANO Funções e anatomia O sistema respiratório humano possui a função de realizar as trocas gasosas (HEMATOSE). Esse sistema é composto pelas seguintes

Leia mais

ACUPUNTURA COMO TRATAMENTO AUXILIAR NAS ALTERAÇÕES COMPORTAMENTAIS EM CÃES

ACUPUNTURA COMO TRATAMENTO AUXILIAR NAS ALTERAÇÕES COMPORTAMENTAIS EM CÃES Lúcia Maria Rondas da Silveira ACUPUNTURA COMO TRATAMENTO AUXILIAR NAS ALTERAÇÕES COMPORTAMENTAIS EM CÃES INSTITUTO QUALITTAS 2009 2 Lúcia Maria Rondas da Silveira ACUPUNTURA COMO TRATAMENTO AUXILIAR NAS

Leia mais

TRATAMENTO PARA MIOMA. INSTITUTO Long Tao

TRATAMENTO PARA MIOMA. INSTITUTO Long Tao TRATAMENTO PARA MIOMA INSTITUTO Long Tao Mioma Uterino DEFINIÇÃO: É UM TUMOR BENIGNO QUE SURGE QUANDO UMA CÉLULA DO ÚTERO DA MULHER COMEÇA A SE MULTIPLICAR DE FORMA DESORDENADA. Definição na MTC: O mioma

Leia mais

de avaliação Paulo Minoru Minazaki Junior Palestra supervisionado pelos professores Edgar Cantelli e Helena Guimarães

de avaliação Paulo Minoru Minazaki Junior Palestra supervisionado pelos professores Edgar Cantelli e Helena Guimarães O Tui Na como método terapêutico e de avaliação Paulo Minoru Minazaki Junior Palestra supervisionado pelos professores Edgar Cantelli e Helena Guimarães Shiatsu Técnica japonesa; An Fa; Trabalha em uma

Leia mais

Prof. Henrique Adam Pasquini

Prof. Henrique Adam Pasquini Segundo a MTO Prof. Henrique Adam Pasquini RSRSRSRSRSRS... Prof. Henrique Adam Pasquini 2 INSPEÇÃO DA LÍNGUA MTC A Língua é o broto do Coração. Embriologia A Língua e o coração se originam de um mesmo

Leia mais

INTRODUÇÃO Á ANATOMIA HUMANA. Instituto Long Tao

INTRODUÇÃO Á ANATOMIA HUMANA. Instituto Long Tao INTRODUÇÃO Á ANATOMIA HUMANA Instituto Long Tao SISTEMA RESPIRATÓRIO A função do sistema respiratório é facultar ao organismo uma troca de gases com o ar atmosférico, assegurando permanente concentração

Leia mais

DETRUSITOL LA tartarato de tolterodina. APRESENTAÇÕES Detrusitol LA cápsulas de liberação prolongada de 4 mg em embalagens contendo 7 ou 30 cápsulas.

DETRUSITOL LA tartarato de tolterodina. APRESENTAÇÕES Detrusitol LA cápsulas de liberação prolongada de 4 mg em embalagens contendo 7 ou 30 cápsulas. DETRUSITOL LA tartarato de tolterodina I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nome comercial: Detrusitol LA Nome genérico: tartarato de tolterodina APRESENTAÇÕES Detrusitol LA cápsulas de liberação prolongada

Leia mais

TODAS AS COISAS TÊM SEU TEMPO. SALOMÃO

TODAS AS COISAS TÊM SEU TEMPO. SALOMÃO TODAS AS COISAS TÊM SEU TEMPO. SALOMÃO Fertilidade Natural: Reflexologia e Shiatsu CAPÍTULO 13 Reflexologia e Shiatsu O TOQUE DA FILOSOFIA ORIENTAL O indivíduo nasce, cresce, pode ser chamado de Maria,

Leia mais

DIAGNÓSTICO NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA

DIAGNÓSTICO NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA DIAGNÓSTICO NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA A base do diagnóstico da Medicina Tradicional Chinesa (MTC), está na observação dos sinais e sintomas do paciente, uma vez que eles refletem a condição dos Sistemas

Leia mais

DIAFORMIN (cloridrato de metformina) União Química Farmacêutica Nacional S/A Comprimido 850 mg

DIAFORMIN (cloridrato de metformina) União Química Farmacêutica Nacional S/A Comprimido 850 mg DIAFORMIN (cloridrato de metformina) União Química Farmacêutica Nacional S/A Comprimido 850 mg Diaformin cloridrato de metformina Comprimido IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO:

Leia mais

abcd Spiriva Respimat brometo de tiotrópio SPIRIVA RESPIMAT PACIENTE

abcd Spiriva Respimat brometo de tiotrópio SPIRIVA RESPIMAT PACIENTE Spiriva Respimat brometo de tiotrópio APRESENTAÇÃO Solução para inalação 2,5 mcg por puff: frasco de 4 ml (60 doses ou 60 puffs que equivalem a um mês de tratamento) acompanhado do inalador RESPIMAT. INALAÇÃO

Leia mais

LOSARTANA POTÁSSICA Hypermarcas S/A Comprimido revestido 50mg e 100mg

LOSARTANA POTÁSSICA Hypermarcas S/A Comprimido revestido 50mg e 100mg LOSARTANA POTÁSSICA Hypermarcas S/A Comprimido revestido 50mg e 100mg I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO: LOSARTANA POTÁSSICA Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999 APRESENTAÇÕES Comprimido revestido

Leia mais

GLIFAGE XR cloridrato de metformina Merck S/A Comprimidos de ação prolongada 500 mg / 750 mg / 1 g

GLIFAGE XR cloridrato de metformina Merck S/A Comprimidos de ação prolongada 500 mg / 750 mg / 1 g GLIFAGE XR cloridrato de metformina Merck S/A Comprimidos de ação prolongada 500 mg / 750 mg / 1 g Glifage XR cloridrato de metformina APRESENTAÇÕES Glifage XR 500 mg: embalagens contendo 30 comprimidos

Leia mais

CANAIS E COLATERAIS (JING-LUO)

CANAIS E COLATERAIS (JING-LUO) CANAIS E COLATERAIS (JING-LUO) A TEORIA DE JING-LUO ESTUDA AS ALTERAÇÕES FISIOPATOLÓGICAS DOS CANAIS E COLATERAIS E A RELAÇÃO ENTRE ESTES E OS ÓRGÃOS INTERNOS DO CORPO JING-LUO É O NOME DADO AO CONJUNTO

Leia mais

COMO SURGEM OS TECIDOS

COMO SURGEM OS TECIDOS TECIDO EPITELIAL COMO SURGEM OS TECIDOS Nos seres de reprodução sexuada, que constituem a maioria dos organismos, todas as células surgem a partir de uma única célula, a célula-ovo. Esta sofre divisões

Leia mais

Apostila de Fitoterapia- Noções Básicas

Apostila de Fitoterapia- Noções Básicas Apostila de Fitoterapia- Noções Básicas Histórico 2000 a.c- Medicina era praticada por mulheres da tribo do Norte Asiático- Xamãs Arqueologia fez a conexão das Feiticeiras com a Medicina 600 a.c.- Medicina

Leia mais

OS CINCO ELEMENTOS Os cinco elementos, madeira, fogo, terra, metal e água abarcam todos os fenômenos da natureza. Trata-se de um simbolismo que se aplica também ao homem. Nei Jing. Os chineses dividiram

Leia mais

INSUFICIÊNCIA RENAL CRÔNICA (IRC) Os Rins e suas funções.

INSUFICIÊNCIA RENAL CRÔNICA (IRC) Os Rins e suas funções. INSUFICIÊNCIA RENAL CRÔNICA (IRC) Os Rins e suas funções. Possuímos dois rins que têm cor vermelho-escura, forma de grão de feijão e medem cerca de 12 cm em uma pessoa adulta.localizam-se na parte posterior

Leia mais

1 O que é Urografina (Forma farmacêutica e Categoria farmacoterapêutica)

1 O que é Urografina (Forma farmacêutica e Categoria farmacoterapêutica) O nome do seu medicamento é: UROGRAFINA Leia atentamente este folheto antes de utilizar o medicamento. Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o reler. Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico

Leia mais

OS SENTIDOS: O TATO, O PALADAR, O OLFATO, A AUDIÇÃO E A VISÃO PROF. ANA CLÁUDIA PEDROSO

OS SENTIDOS: O TATO, O PALADAR, O OLFATO, A AUDIÇÃO E A VISÃO PROF. ANA CLÁUDIA PEDROSO OS SENTIDOS: O TATO, O PALADAR, O OLFATO, A AUDIÇÃO E A VISÃO PROF. ANA CLÁUDIA PEDROSO ATRAVÉS DOS SENTIDOS TEMOS A CAPACIDADE DE PERCEBER O AMBIENTE EXTERNO AO NOSSO ORGANISMO. ISSO É POSSÍVEL DEVIDO

Leia mais

Etiopatogenia na Medicina Chinesa

Etiopatogenia na Medicina Chinesa Etiopatogenia na Chinesa Prof. Eduardo Alexander Doutor em Saúde Coletiva - IMS/UERJ edu.alexander@gmail.com www.grandetriade.com.br Rio de Janeiro 2009 Quadro Resumo Racionalidades Médicas Racionalidades

Leia mais

FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR. Amlodipina Jaba 5 mg comprimidos Amlodipina Jaba 10 mg comprimidos. Amlodipina

FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR. Amlodipina Jaba 5 mg comprimidos Amlodipina Jaba 10 mg comprimidos. Amlodipina FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR Amlodipina Jaba 5 mg comprimidos Amlodipina Jaba 10 mg comprimidos Amlodipina Leia com atenção todo este folheto antes de começar a tomar este medicamento

Leia mais

Modalidade online. Máster Ibero-americano em ACUPUNTURA BIOENERGÉTICA E MOXABUSTÃO

Modalidade online. Máster Ibero-americano em ACUPUNTURA BIOENERGÉTICA E MOXABUSTÃO Modalidade online Máster Ibero-americano em ACUPUNTURA BIOENERGÉTICA E MOXABUSTÃO Primeiro Máster internacional e online em Acupuntura Bioenergética, nos idiomas espanhol e português, que conta com o respaldo

Leia mais

ESCOLA DE TERAPIAS ORIENTAIS DE SÃO PAULO ESMÉRIA ZANETTI BARBOSA

ESCOLA DE TERAPIAS ORIENTAIS DE SÃO PAULO ESMÉRIA ZANETTI BARBOSA ESCOLA DE TERAPIAS ORIENTAIS DE SÃO PAULO ESMÉRIA ZANETTI BARBOSA ACUPUNTURA COMO COADJUVANTE NO TRATAMENTO DA DOENÇA PERIODONTAL São Paulo 2011 ESMÉRIA ZANETTI BARBOSA ACUPUNTURA COMO COADJUVANTE NO TRATAMENTO

Leia mais

O que é a Terapia das Pedras? Terapia das Pedras. O que é a Terapia das Pedras? O que é a Terapia das Pedras? O que é a Terapia das Pedras?

O que é a Terapia das Pedras? Terapia das Pedras. O que é a Terapia das Pedras? O que é a Terapia das Pedras? O que é a Terapia das Pedras? O que é a Terapia das Pedras? Terapia das Pedras Professora: Debora Clinicamente é a aplicação de termoterapia, usando-se pedras aquecidas de efeito permanente e alternando com pedras extremamente frias.

Leia mais

CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM ENFERMAGEM CIRÚRGICA MÓDULO III Profª Mônica I. Wingert 301E COMPLICAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS

CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM ENFERMAGEM CIRÚRGICA MÓDULO III Profª Mônica I. Wingert 301E COMPLICAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS Complicações Cirúrgicas CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM ENFERMAGEM CIRÚRGICA MÓDULO III Profª Mônica I. Wingert 301E COMPLICAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS 1. Complicações Circulatórias Hemorragias: é a perda de sangue

Leia mais